Índice. Antenas. Satélite. Complementos mecânicos. Distribuição e acessórios. Electrónica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. Antenas. Satélite. Complementos mecânicos. Distribuição e acessórios. Electrónica"

Transcrição

1 Catálogo Geral 006

2 Índice 5 anos a sintonizar PORTUGAL Antenas Antenas FM/BI...5 FM...5 Banda I monocanal...5 Antenas BIII/DAB...6 Multicanal...6 DAB...6 Antenas mistas...7 VHF/UHF...7 Antenas mistas especiais...8 Antena Nova...8 Antena Omninova...8 Antenas UHF...8 Monolíticas...8 Tipo X...9 Tipo V...9 Antena Painel...0 Infinito...0 Antenas UHF Gama digital... Dat Dat MRD...3 Antena Portátil tdt...3 Mira...3 Antenas interiores...4 Activas...4 Satélite Antenas parabólicas...7 Off-set...7 Suportes...7 Kit Off-set FE+LNB...8 Foco centrado...8 Acessórios...8 LNB...9 LNB...9 Acessórios...0 Complementos mecânicos Mastros...3 Suplementos e suportes...3 Cabos...4 Acessórios...4 Torres...5 Bases torres...6 Acessórios torres...6 Electrónica Misturadores para mastro...9 Amplificadores de mastro...30 Amplificadores de mastro. Gama FI MIX...3 Misturadores SAT-MATV...3 Fontes de alimentação...3 Electrónica TV Terrestre/Satélite...33 Amplificação Interior de Vivenda...33 Amplificação Interior de Vivenda (TV Cabo + Net Cabo)...34 Acessórios de amplificação Amplificadores de linha Filtros rejeição Atenuadores...35 Centrais amplificadoras TV Terrestre entradas entradas entradas...37 Para colunas/ramais de distribuição MATV ( MHz)...38 Para colunas/ramais de distribuição (CATV) MATV ( MHz) + Vr (5...30/65 MHz)...39 Para colunas/ramais de distribuição MATV ( MHz) + FI ( MHz)...40 Serie intempérie...4 Amplificação programável (MATV/CATV) Central de cabeça Avant...43 T Amplificação monocanal Sistema T Sistema T03. Amplificador FI...46 T Sistema CDC Control de Centrais de Cabeça Modem...48 Moduladores universais...49 Processador de Canais Analógicos e/s...50 Processador de Canais Digitais Terrestres...5 Transmodulador Digital Terrestre COFDM-PAL COFDM-QAM...53 Transmodulador QPSK-PAL...54 Transmodulador QPSK-PAL (CAM)...55 Transmodulador QPSK-QAM (TDT)...56 Processadores FI...58 Central amplificação FI...59 Receptor Analógico Satélite...60 Central híbrida T05 MATV...6 Electrónica TV Terrestre...6 Fontes de alimentação...6 Acessórios T03-T Montagem Rack s...64 Comutadores LNB...65 Multicomutadores...66 Sistema Universal Multimat...66 Distribuição e acessórios Repartidores/misturadores...73 Encaixes rápidos...73 Repartidores interior...74 Easy F...76 Conector F...77 Produto Repartidores Derivadores Combinação para Acessórios...79 TV Cabo MHz...80

3 Índice Derivadores interior...8 Easy F e 4 Direcções MHz...8 Conector F e 4 Direcções MHz SMATV 6 e 8 Direcções MHz...84 TV Cabo SCATV MHz...86 Repartidores exterior...87 CATV MHz...87 Acopladores exterior...88 Tomadas...89 Separadoras...89 Cascata...90 Tomada mista...9 Terminal Banda Larga RJ Tomada TV Cabo...9 Separadora Multimedia...9 Cascata Multimedia...9 SMATV D MHz...9 Acessórios tomadas...9 Conectores...93 EMC Profissionais...93 EMC...93 Empalmes e adaptadores...94 Tipo F...94 SCATV 5/ F Compressão...95 Acessórios de conexão...95 Cabo coaxial...96 ITED...96 TV Cabo...99 Par de cobre Réguas e acessórios...03 Réguas...03 Carátulas...03 Suportes...04 Utensílios...04 Cabos...05 De telefonia...05 Cabo Siamês...06 De dados...08 Receptores individuais Utensílios Medidores de campo...4 FSM FSM FSM Vários...48 Ferramentas e acessórios...48 Ferramentas...49 Publicações...50 Software...50 Microreemissores Microreemissores...53 Reemissores...53 Gap-Fillers...53 Acessórios Microreemissores...60 Acessórios lar Digidom...67 Comandos à distância universais...67 Transmissores A/V...67 Transmissores Infra-Vermelhos (IV)...68 Modulador doméstico...69 Quadros técnicos e anexos Tabelas de conversão...73 Planificação de Frequências...73 Redução do nível de saída...73 Standard de Rádiofrequência...74 Normas de TV...75 Tabelas de canais-frequências...76 Código de cores para Telefonia Básica...77 Tabelas emissores...78 Glossário de medidas...80 Índice por referências...83 Certificado AENOR...85 Receptores individuais TV DIGITAL TERRESTE...3 ZAS...3 Receptores individuais TV SAT...6 Digital de Satélite com modulador...6 Digital de Satélite RSD...7 Televés Integra Vivienda unifamiliar... Kits... Vivienda colectiva...9 Televés Internet...36

4 Ant São construídas integralmente em alumínio e utilizam plástico Antenas resistente às radiações UV. Portanto, não se oxidam, e resistem às mais duras condições climatéricas, em especial nas zonas costeiras onde a concentração salina ambiental é muito alta. Antenas FM/BI...5 FM...5 Banda I monocanal...5 Antenas BIII/DAB...6 Multicanal...6 DAB...6 Antenas mistas...7 VHF/UHF...7 Antenas mistas especiais...8 Antena Nova...8 Antena Omninova...8 Antenas UHF...8 Monolíticas...8 Tipo X...9 Tipo V...9 Antena Painel...0 Infinito...0 Antenas UHF Gama digital... Dat 45 Dat MRD...3 Antena Portátil tdt...3 Mira...3 Antenas interiores...4 Activas...4

5 4

6 ANTENAS FM/BI ANTENAS Circular FM Antena com dipólo colocado circularmente, pelo que se obtêm um diagrama de radiação omnidireccional. 0 Referências 0 Banda FM Ganho db Relação F/T 0 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N 00 N/m 37 Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 Banda I monocanal Antena Yagi de 3 elementos para a recepção da Banda I de televisão. Tem garantida a inquebrabilidade dos seus elementos. Com a inclusão no interior dos mesmos de matéria tubular em borracha, que funciona como amortecedora das vibrações provocadas pelos ventos, evita-se deste modo a entrada em oscilação, até à ruptura, dos elementos da antena. 0 Referências 0 Canal -4 Ganho 6 db Relação F/T 8 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N 00 N/m 57 Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 5

7 ANTENAS BIII/DAB Multicanal 065 REF. DENOMINAÇÃO c., 7 elementos 9 5- c., 9 elementos (caixa individual) 56 9 c., 9 elementos 9 5- c., 9 elementos (caixa 5 uds.) 9/9 Antena para a recepção de sinais de televisão na banda III. É uma antena tipo Yagi, composta por 7 elementos: um reflector, um dipólo fixo e cinco elementos directores. A caixa de conexões inclui o dispositivo adaptador de impedâncias entre o dipólo e o cabo coaxial da baixada. Referências Banda BIII Ganho db Relação F/T Comprimento mm Carga ao 800 N/m N vento 00 N/m Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h Resposta em frequência G (db) F (MHz) Diagrama de radiação Plano E Plano H 0 DAB REF. DENOMINAÇÃO 050 DAB, 3 elementos Antena especialmente desenhada para a recepção dos sinais de rádio digital DAB (Digital Audio Broadcasting). É uma antena de 3 elementos (reflector, dipólo e elemento director) que cobre toda a banda reservada para tais emissões. Incorpora adaptador de impedâncias na sua caixa de conexão. 050 Referências 050 Banda DAB/BIII 90-3 MHz Ganho 8 db Relação F/T >5 Comprimento mm 555 Carga ao vento 800 N/m 36.5 N 00 N/m 50. Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 6

8 ANTENAS MISTAS ANTENAS VHF/UHF REF. DENOMINAÇÃO 030 Logarítmica BIII/UHF 035 BIII/UHF 0 elementos 096 DAT 45 Mista 098 DAT 45 Mista + MRD TOTALMENTE BLINDADA 030 Antenas pensadas para a recepção das banda III e UHF de televisão. A 030, é uma antena logarítmica, cuja estrutura está formada por uma série de dipólos activos, cada um sintonizado numa frequência diferente. Constituindo assim uma antena de banda larga. A 096, é uma antena do tipo array angular. O seu desenho, composto por três conjuntos de elementos directores colocados angularmente proporciona-lhe um ganho e largura de banda superiores às Yagi convencionais. 096/098 Referências Canais 5-/-69 Ganho 8.5/0 4/ 8.5/6 8.5/9 db Relação F/T >0 >6 >0 >0 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N 00 N/m Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h Resposta em frequência G (db) UHF VHF F (MHz) 096 Diagrama de radiação 096 VHF Plano E Plano H UHF Plano E Plano H 0 G (db) UHF VHF UHF VHF F (MHz) Plano E Plano H Plano E Plano H 0 7

9 ANTENAS MISTAS ESPECIAIS Antena Nova 440 REF. DENOMINAÇÃO 440 Antena Nova 444 Antena Omninova Invenção de patente europeia. É uma antena electrónica tipo Yagi de 7 elementos impressos e integrados, com amplificação separada incorporada. Está dotada de filtros de rejeição nas bandas de telecomunicação (CB7, radioamadores, telefonia móvel). É uma antena de altas prestações, criada especialmente para ser utilizada em caravanas e campismo. Também tem uma ampla aplicação como complemento ou substituição da antena colectiva, já que é muito fácil de instalar e é muito robusta. Referências BI/BIII 5 6 Ganho FM db 7 8 UHF Corrente AC DC V -4-4 Saída comutação 0/8 (ON/OFF) 0/8 (ON/OFF) Consumo máximo ma Diagrama de radiação UHF Plano E Plano H 0 Diagrama de radiação UHF Plane E Plane H 0 ANTENAS UHF Monolíticas REF. DENOMINAÇÃO 3 Elem., c. -69, db 0 3 Elem., c. -37, 6.5 db 08 3 Elem., c. -37, db 45 3 Elem., c. -69, 6.5 db É uma antena tipo Yagi composta por 3 ou 3 elementos directores, dipólo triangular, e duplo reflector tipo V. TOTALMENTE BLINDADA Referências Canal Ganho db Relação F/T Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N 00 N/m Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h Resposta em frequência G (db) F (MHz) Diagrama de radiação Plano E Plano H 0 8

10 ANTENAS UHF ANTENAS Tipo X A principal característica desta antena é o desenho em forma de X, onde estão os elementos directores. Para além do seu duplo reflector em V e o seu dipólo triangular, a longitude desta é menor que a das antenas Yagi convencionais. E muito fácil de instalar, já que os elementos se integram fixados sobre o suporte e rápidos para serem endereçados através de um simples rodar dos mesmos. 044 TOTALMENTE BLINDADA Referências 044 Canal -69 Ganho 6.5 db Relação F/T 6 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N 00 N/m 46.5 Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 Tipo V REF. DENOMINAÇÃO Elem., c. -45, 4 db Elem., c. -69, 4 db TOTALMENTE BLINDADA 443 Está composta por um array angular de dois conjuntos de elementos directores dispostos em V, duplo reflector e dipólo triangular. Caracteriza-se pelas suas reduzidas dimensões frente às Yagi convencionais de iguais prestações. Referências Canal Ganho 4 4 db Relação F/T 3 5 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m N N/m Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 9

11 ANTENAS UHF Antena Painel 083 Antena desenhada para aqueles casos em que se veja o sinal de vários reemissores na mesma direcção e quando a directividade não é um parâmetro importante. Está composta por quatro dipólos apilhados e um painel reflector. Os dipólos estão em fase por intermédio da cruz da linha que os une. TOTALMENTE BLINDADA Referências 083 Canal -69 Ganho 4 db Relação F/T 0 Resposta em frequência G (db) 6 Diagrama de radiação 80 Comprimento mm Carga ao vento 800 N/m 39 N 00 N/m Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 Infinito REF. DENOMINAÇÃO 5 Antena Infinito UHF 45 Antena Infinito UHF individual TOTALMENTE BLINDADA Esta antena apresenta uma configuração de duplo array, no plano horizontal, de elementos circulares realizados em liga de alumínio. Tem a mesma facilidade de instalação que as antenas X, ao servir-se com os elementos directores fixados sobre o seu suporte. Referências 5 45 Canal -69 Ganho 5.5 db Relação F/T >5 Comprimento mm 044 Carga ao vento 800 N/m 67 N 00 N/m 9 Resposta em frequência G (db) /45 Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 0

12 ANTENAS UHF GAMA DIGITAL ANTENAS Antenas DAT (Digital Antena Terrestre) Antenas indicadas para a recepção digital terrestre, fáceis de instalar, com características eléctricas e mecânicas que as fazem tecnologicamente superiores. Mordaça robusta e indeformável. por eixo, fazem que esta antena seja directiva, e ao mesmo tempo, de banda larga. Assim, a sua resposta vêse optimizada não só nos canais altos, mas também no resto da banda de UHF. Sua directividade evita a captação de sinais parasitas que piorariam a relação C/N do sinal. DAT 45 Os reflectores fornecem-se com parafusos presos de forma a evitar a sua perda ou queda durante as operações de instalação. Plásticos em ABS resistentes aos raios ultra violetas mantendo inalterável a original. O adaptador de impedâncias está alojado num chassis completamente blindado de zamak que incorpora um conector F. Esta cons- O array angular de 3 eixos, de 8 elementos directores DAT 75 trução garante duas essenciais faculdades da recepção DTT: Elevada imunidade aos mais interferentes sinais gerados pela actividade humana (motores, fontes de alimentação,..). Perfeita adaptação de impedância que elimina reflexões de sinal causadoras de possíveis distúrbios na transmissão. Por opção o dipolo convencional pode ser substituído pelo MRD (Margin Rising Device) cuja principal função é aumentar a relação C/N do sinal, permitindo a recepção de sinais TV em áreas de escassa cobertura graças à conseguida eliminação do Ruído Impulsivo. Este elemento está instalado na mesma caixa de conexões da antena e funciona de forma a que: a) Na ausência de alimentação é um adaptador de impedâncias. A antena é fornecida com um conector F e uma protecção de plástico o que assegura a protecção da conexão e evita a possibilidade da entrada de água na caixa de conexões. Com o novo desenho do dipólo, em forma de "U", consegue-se um rendi- b) Quando é alimentado actua como um efectivo redutor do ruído impulsivo e pré-amplificador de baixa figura de ruído. mento excelente. A sua forma permite compensar as perdas originadas pela presença da caixa metálica da conexão.

13 ANTENAS UHF GAMA DIGITAL DAT 45 UHF REF. DENOMINAÇÃO 095/ DAT DAT 45 individual TOTALMENTE BLINDADA Antenas especialmente indicadas para a recepção de TV digital terrestre. Caixa de antena blindada com conector F. Possibilidade de inserção do MRD. Referências Canal -69 Ganho 7 db Relação F/T 8 Comprimento mm 00 Carga ao vento 800 N/m 09.5 N 00 N/m 50.5 Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0 DAT 75 UHF Antena de elevado ganho e directividade para zonas em que as condições de recepção sejam especialmente difíceis. 097 TOTALMENTE BLINDADA Referências 097 Canal -69 Ganho 9 db Relação F/T 3 Comprimento mm 85 Carga ao vento 800 N/m 44 N 00 N/m 98 Resposta em frequência G (db) Diagrama de radiação Presso do vento N/m Velocidade do vento Km/h F (MHz) Plano E Plano H 0

14 ANTENAS UHF/ ANTENAS MRD adaptador activo Redutor de ruído impulsivo cuja baixa figura de ruido garante cobertura em zonas onde não se receba sinal digital Pelo seu desenho, permite instalar-se na antena a qualquer momento, já que: Sem alimentação funciona como adaptador de impedância. Com alimentação constitui um efectivo redutor de ruído impulsivo e pré-amplificador de baixa figura de ruído. TOTALMENTE BLINDADA Referências 5050 Margem de frequências MHz Ganho db 3 Nível de saída dbµv 0 () Figura de ruído db Alimentação Vdc -4 Consumo ma 30 () DIN45004B Caixa ligações não blindada Caixa ligações blindada ANTENA PORTÁTIL MIRA 30 A antena Mira Digital Portátil, está especialmente desenhada para a recepção de sinais digitais terrestres no interior da habitação. A nova antena MIRA proporciona: Protecção contra sinais interferentes provenientes de serviços fora da banda UHF (incorpora filtros de rejeição às bandas de telemóvel). Maior qualidade de imagem de televisão analógica. Recepção de televisão digital em lugares onde outras antenas interiores não garantem cobertura Resposta em frequência Diagrama de radiação Referências 30 Bandas MHz UHF Ganho 5 db Figura de ruído.5 Alimentação DC -8 V Alimentação AC 30 Consumo ma 75/8 (ON/OFF) G (db) MHz 86 MHz Outras GSM Banda telemóveis Plane E Plane H 0 3

15 ANTENAS INTERIORES Activas REF. DENOMINAÇÃO Mista V-U turbot 335 UHF turbot 33 Activa V/U 308 Lupa Antenas de instalação no interior da vivenda, com amplificador incorporado. 335 Referências Bandas V/UHF UHF V/UHF V/UHF Ganho db 7/ /36 9/36 Alimentação DC 9 V Alimentação AC EXEMPLO DE APLICAÇÃO 33 Vdc EXEMPLO DE APLICAÇÃO 308 Regulação de amplificação Premir para fora Led aceso 4

16 Satélite Sat Antenas reflectoras fabricadas em aço electrozincado e acabamento em pintura de poliéster. Ampla gama de LNB para satisfazer qualquer necessidade. Sistemas de distribuição multicomutador expansíveis para se adaptarem a todas as situações. Antenas parabólicas...7 Off-set...7 Suportes...7 Kit Off-set FE+LNB...8 Foco centrado...8 Acessórios...8 LNB...9 LNB...9 Acessórios...0

17 6

18 ANTENAS PARABÓLICAS SATÉLITE OFF-SET Embalagens Pack s (Un.) FE Un. REF. DENOMINAÇÃO Lar. 0 Embalagens unitárias Aluminio Lar Lar Lar. 0 Embalagens unitárias FE Lar Lar Br Lar Lar Br Br Lar Lar Br Br Lar Lar Lar Br. 0 Embalagens Pack s (Un.) INOX Un Lar Br. 5 Desenhadas utilizando os mais modernos programas de CAD para garantir o máximo rendimento da antena. Estão fabricadas em aço ou aluminio e revestidas com acabamento de tinta de poliéster aplicada electroestaticamente para evitar a sua deterioração com o tempo. Dimensões da antena (mm) Ganho a.7 GHz db Largura de banda GHz 0.7 a.75 Ângulo OFFSET (º) Espessura mm (Al); 0.65 (FE) Ângulo de elevação (º) Carga ao vento N/m Diâmetros mm 670x x86 900x x08 300x40 Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h Suportes REF. DENOMINAÇÃO 7390 Suporte E parede/solo Ø45X, Suporte L parede Ø35X, Suporte L parede 380/350 Ø45X,5 737 Suporte L parede 500/450 Ø45X 7576 Base T solo Ø60X, Ferragem base chumbar para 739/ Suporte L parede Ø35X, / Acessórios galvanizados e/ou tratados com RPR para aumentar a sua protecção à oxidação

19 ANTENAS PARABÓLICAS Kit OFFSET FE+LNB REF. DENOMINAÇÃO BR. - LNB (00 un.) BR. - LNB (00 un.) BR. - LNB (0 un.) N - LNB (0 un.) BR. - LNB (5 un.) BR. - LNB (0 un.) BR. - LNB (00 un.) Foco centrado REF. DENOMINAÇÃO 7434 Antena,0 m 7495 Kit SE fixo,40 ( ant+feed+base+ferr) 7498 Kit SE fixo parabola,80 Antena parabólica de foco centrado, construída em alumínio e com suporte focal. Referências Diâmetro mm Largura de banda GHz 0.7 a.75 Ganho a.7 GHz db Distância focal mm Espessura 3 Peso do sistema Kg Carga ao N/m vento Pressão do vento N/m Velocidade do vento Km/h Acessórios REF. DENOMINAÇÃO 7576 Base disco 00 (T solo) 739 Para discos de Base de construção KIT s

20 LNB SATÉLITE LNB REF. DENOMINAÇÃO 7475 H/V com alimentador offset 7455 H/V com alimentador offset branco 7476 H/V sem alimentador offset 7477 Ha-Va-Hb-Vb com alimentador offset 7478 Twin com alimentador offset 7494 Ha-Va-Hb-Vb sem alimentador offset 760 Universal QUAD cinzento 763 Universal OCTO cinzento 76 Monobloco LNB cinzento 7475/7455 Individual 7478 utilizadores independentes utilizadores independentes utilizadores independentes 7476 Individual 76 Monobloco 7494 Colectiva 7477 Colectiva Referências 7475/ / Frequência de entrada MHz Frequência de saída 950/950-00/50 Nº de saídas (H/V) (H/V) 4 (H b -V b -H a -V a ) x (H b -V b -H a -V a ) 4x (H b -V b -H a -V a ) 8x (H b -V b -H a -V a ) (H/V) Ganho db Figura de ruído Oscilador local GHz 9.75/0.6 Alimentação Vdc 0 Consumo máximo ma Temperatura funcionamento ºC EXEMPLO DE APLICAÇÃO

21 ACESSÓRIOS LNB Injector 7450 Injector de corrente para alimentação do LNB. FI+RF+DC Referências 7450 Tensão de entrada máxima Vdc 4 Máxima corrente A Margem de frequências MHz 0-50 Perdas de inserção 0.5 db Perdas de retorno >0 FI + RF Guia de onda DC REF. DENOMINAÇÃO Suporte alimentador foco centrado 9344 Alimentador foco centrado 9344 Guia de onda encarregado de receber a radiação electromagnética e conduzi-la ao conversor Suportes multisatélite REF. DENOMINAÇÃO 7508 Para discos de 800 mm (Astra+Hot Bird) 7590 Para discos de 000 mm (Astra+Hot Bird) 759 Para discos de 00 mm (Astra+Hot Bird) 756 Para discos de 800 mm (Sirius+Hot Bird) 759 Para discos de 300 mm (Astra+Hot Bird) Dispositivo patenteado pela Televés que permite a recepção de vários satélites situados em distintas posições orbitais com uma só antena SAT (Astra 9, E) 7590/759 Feixe 6,º A Feixe A SAT (Eutelsat 3 E) 0

22 Com Os elementos mecânicos estão tratados com o sistema de Complementos mecânicos protecção anti corrosão RPR (Recobrimento Protector Reactivo), que adiciona, ao processo normal de zincagem de todos os elementos, um escudo adicional de protecção contra os agentes oxidantes. Mastros...3 Suplementos e suportes...3 Cabos...4 Acessórios...4 Torres...5 Bases torres...6 Acessórios torres...6

23

24 COMPLEMENTOS MECÂNICOS COMPLEMENTOS MECÂNICOS Mastros REF. DENOMINAÇÃO mm,5 m mm,5 m mm,5 m mm m mm,5 m mm,5 m mm,5 m mm,5 m mm 3 m mm 3 m mm 3 m mm 3 m vermelho mm 3 m inox Referências () 3076 () Longitude Diâmetro mm Espessura Momento flector Nxm () Vermelho / () Inox Suplementos e suportes para mastros REF. DENOMINAÇÃO Suplementos mastros 7 Suplem. mastro de janela Chaminé 4 Angular 44 Tubular 45 Tubular reforçado Parede Aparafusável 409 Esquadria mm L 403 V c/tirante mm U Parede Chumbar mm V mm I mm U reforçado mm I reforçado

25 COMPLEMENTOS MECÂNICOS 00 Ø30x Ref Ref Ref Ø30x Ref. 45 Ref. 409 Ref x30x Ref. 403 Ref. 404 Ref Ref. 405 Ref Ref ,5 Cabos REF. DENOMINAÇÃO Cabos de aço 043 de mm 044 de,5 mm 045 de 3 mm 3034 de 4 mm 3059 de 5 mm Acessórios REF. DENOMINAÇÃO 000/ Isoladores 000 Aberto 0 Fechado Complementos 408 Placa/braçadeira ventos 4 Cantoneira 43 Abraçadeira 047 Abraç. c/garra mastro Ø Kit montagem ventos

26 COMPLEMENTOS MECÂNICOS COMPLEMENTOS MECÂNICOS Torres REF. DENOMINAÇÃO 80 RPR 30 Intermédio 3 m 303 Superior m 305 Superior 3 m 305 Inferior 3 m 80 SE RPR 304 Superior,5 m 305 Superior c/aro,5 m 307 Intermédio,5 m 360 RPR 3053 Superior 3 m 3054 Inferior 3 m 3055 Intermédio 3 m 360 Cor 3090 Intermédio 3 m vermelho 309 Intermédio 3 m vermelho 309 Intermédio 3 m branco 3093 Superior 3 m vermelho 450 Cor 30 Lanço inferior vermelho 3 Lanço médio branco 3 Lanço médio vermelho 33 Lanço superior vermelho 600 Cor 30 Lanço base branco 30 Lanço base vermelho 303 Lanço vento branco 304 Lanço vento vermelho Referências 80 SE Tubos aço principais 0x,5 0x 30x 38x,6 70x4 mm Barras aço transversais Altura máxima com mastro de 3 m m 7,5 0,5 50, RPR cor vermelho cor branco 7,5 m max. 0,5 m max. 50,5 m max. 68 m max. 04 m max. 80SE Lanço base Lanço espias 5

27 COMPLEMENTOS MECÂNICOS Bases torres 309 REF. 300 DENOMINAÇÃO Serie SE 309 Base rígida 300 Placa base rígida Placa base rígida 3039 Base rígida cravar 3056 Base basculante 3056 Base basculante 3057 Base fixa Base basculante 36 Base fixa 306 Jogo base articulada 307 Placa base espias 308 Ferragens base torre 309 Ferragens espias 35 Base fixa Acessórios torres REF. DENOMINAÇÃO 3034 Cabo aço Ø 4 mm 3059 Cabo aço Ø 5 mm 3058 Argola ventos (360) 35 Argola ventos (450) 305 Terminal p/mastro (600) Série

28 Electrónica Ele A gama de dispositivos electrónicos abarca todas as necessidades do instalador. Desenhos inovadores para a simplificação do trabalho, cumprindo todas as Directivas da CE e utilizando tecnologia de ponta. Misturadores para mastro...9 Amplificadores de mastro...30 Amplificadores de mastro. Gama FI MIX...3 Misturadores SAT-MATV...3 Fontes de alimentação...3 Electrónica TV Terrestre/Satélite...33 Amplificação Interior de Vivenda...33 Amplificação Interior de Vivenda (TV Cabo + Net Cabo)...34 Acessórios de amplificação...35 Centrais amplificadoras TV Terrestre...36 Para colunas/ramais de distribuição...38 Para colunas/ramais de distribuição (CATV)...39 Para colunas/ramais de distribuição...40 Serie intempérie...4 Amplificação programável (MATV/CATV)...43 T Amplificação monocanal Sistema T Sistema T03. Amplificador FI...46 T Sistema CDC...47 Moduladores universais...49 Processador de Canais Analógicos e/s...50 Processador de Canais Digitais Terrestres...5 Transmodulador Digital Terrestre...5 Transmodulador QPSK-PAL...54 Transmodulador QPSK-PAL (CAM)...55 Transmodulador QPSK-QAM (TDT)...56 Processadores FI...58 Central amplificação FI...59 Receptor Analógico Satélite...60 Central híbrida T05 MATV...6 Electrónica TV Terrestre...6 Fontes de alimentação...6 Acessórios T03-T Montagem Rack s...64 Comutadores LNB...65 Multicomutadores...66 Sistema Universal Multimat...66

29 8

30 MASTRO ELECTRÓNICA Misturadores para mastro REF. DENOMINAÇÃO 4040 Terrestre 4040 Universal FM-DAB-UHF (dc) 404 Universal VHF-UHF-UHF (dc) Misturadores de bandas apresentados em cofre ABS para exterior. Conexão através do sistema Easy F, facilitando a instalação, garantindo a blindagem e firmeza na fixação. Fêmea F no interior Referências EXEMPLO DE APLICAÇÃO Bandas a misturar BI/FM BIII/DAB UHF VHF UHF UHF Ref UHF Perdas de passagem tip. tip. tip. 5 tip. Perdas de retorno db 0 Rejeição entre entradas >0 >40 (VHF-UHF) >8 (UHF-UHF) Passagem DC máx. ma VHF FM Índice de protecção IP 3 DETALHE DA LIGAÇÃO EASY F 9

31 U U U UHF Ch-AB U U -9 MASTRO Amplificadores de mastro 5357 REF. DENOMINAÇÃO 5356 e/s BI/FM/BIII/UHF e/s BI/BIII-FM-U e/s BI/BIII-FM-U-U e/s U( cn)-u-vmix-fimix Amplificadores de banda larga apresentados em cofre ABS para exterior. Conexão mediante sistema EasyF, com as vantagens do conector F e da Braçadeira. Referências Entradas BI/BIII/DAB FM UHF BI/BIII FM UHF BI/BIII FM Margem frequência MHz UHF UHF UHF FM BI/BIII UHF UHF () ver nota Ganho 5/ / / Regulação ganho db Figura de ruído Tensão de saída dbµv Pass. DC entrada ma Rejeição entradas db - 8 Alimentação Vdc 4 Consumo ma 70 Índice de protecção IP 3 () Segundo canal de corte: Canal de corte máx. 55 / Canal corte mín. 30 UHF EXEMPLO DE APLICAÇÃO UHF UHF Ref CC:40 C46/49/5 UHF CC- (fc) (fc) CC+ 69 CC () Canais de corte Max. canal corte 55 Min. canal corte 30 CC canal corte Banda funcionamento 4 Vdc Ref C38 C6 VHF FM Ref Sistema de distribuição 30

32 MASTRO ELECTRÓNICA Amplificadores de mastro. Gama FI Mix REF. DENOMINAÇÃO 5354 e/4s U/Vmix-FI mix 4s e/s U/Vmix-FI mix 535 4e/s BI/BIII-FM-U-FI mix 535 4e/s U-U-Vmix-FI mix e/s U(ch)-U-Vmix-FI mix Amplificadores de banda larga apresentados em cofre ABS para exterior, com um Índice de protecção IP=3. Conexão através do sistema EasyF, com as vantagens do conector F e da Braçadeira. Todos têm a capacidade de misturar o sinal de satélite Referências Entradas VHF/UHF FI VHF UHF FI Margem frequências MHz Ganho db Reg. ganho Nível de saída DIN B dbµv Fig. de ruído db Passagem corrente DC ma Alimentação Vdc 4 Consumo ma 40 Conectores tipo Easy-F Referências Entradas BI/BIII FM UHF FI VHF UHF UHF FI VHF UHF CN. UHF FI + DC Margem frequência MHz () ver nota Ganho db Reg. ganho Nível de saída DIN B dbµv Fig. de ruído db Passagem corrente DC ma Alimentação Vdc 4 Consumo ma 40 Conectores tipo Easy-F () Especificar canal a pedido EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref. 535 UHF FI Ref /8 Vdc VHF FM Receptor Satélite 3

33 MASTRO Misturadores SAT-MATV REF. DENOMINAÇÃO Terrestre-Satélite 745 Misturador RF+FI 7407 Misturador-Repartidor FI-D Combinador/separador de sinais de FI e MATV. Permite a passagem de corrente na linha de FI. EXEMPLO DE APLICAÇÃO MATV Extra Box Referências Bandas misturadas TV-FI TV-FI Entradas com passagem D/C (FI) (FI) Perdas inserção TV < <4 Perdas inserção FI db < < Rejeição TV-FI >0 >0 Dimensões mm 98x75x6 93x78x5 Ref. 96 UTP Cat5E Ref. 56 Ref. 574 Power Box FI FI Ref MATV+FI MATV+FI Ref. 56 Ref. 574 Extra Box Fontes de alimentação REF. DENOMINAÇÃO / Alim. 00 ma 4 V com conector F 5495 Alim. 00 ma 4 V EasyF 5496 Alim. 50 ma V EasyF - Gama FI-MIX EXEMPLO DE APLICAÇÃO Referências Tensão de entrada AC V Tensão de saída DC Corrente máx. saída DC ma MATV - - db Atenuação inserção FI - - db Passagem DC A - - Ref V 8 V +KHz Ref V Conexão EasyF F EasyF Dimensões mm 43x75x50 66x0x46 43x75x50 3

34 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Amplificação Interior de Vivenda REF. DENOMINAÇÃO Tipo Tipo MHz Conectores CEI 4394 saída G 6 db Vs 06 dbµv Tipo 4395 saídas G db Vs 03 dbµv Tipo saídas G 9 db Vs 90 dbµv Tipo Easy F 5505 saídas G 8 db Vs >97 dbµv Tipo Conectores F 4397 saídas G 6 db Vs 03 dbµv Tipo saídas G 9 db Vs 90 dbµv Tipo MHz 4385 saídas G 7/30 db Vs 08/4 dbµv Tipo 4 Tipo 3 Tipo 4 Referências / Entradas Banda canal principal MHz / Ganho VHF db UHF Nº saídas 4 Nível de saída VHF dbµv DIN B UHF Figura de ruído VHF <4 <4 <4 <4 3 db UHF <,5 <3 <,5 <3 <3 Alimentação Vac 30 Conectores tipo CEI F F EasyF Dimensões mm 5x75x45 5x75x45 9x73x54 Referências 4385 Canal FI Saídas Gama de frequências MHz Ganho db 0-30 Nível de saída IMD3 (-35 db, p) 4 dbµv IMD (-35 db, p) 4 Canal MATV Gama de frequências MHz Ganho db 7 DIN B 08 IMD3 (-60 db, p) 05 Nível de saída IMD (-60 db, p) 93 dbµv CTB (-60 db, 4p) 88 CSO (-60 db, 4p) 88 XMOD (-60 db, 4p) 88 Figura de ruído db <5 Geral Tensão de alimentação VA 30 Conectores tipo CEI F Dimensões mm 0x0x48 EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref. 745 Ref DC + KHz DC + KHz Ref Ref. 56 Ref. 56 Ref. 56 Ref. 56 Ref. 56 Ref

35 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE Amplificação Interior de Vivenda TV Cabo + Net Cabo REF. DENOMINAÇÃO 550 saídas R5-65 MHz 55 saídas R5-30 MHz 555 saídas CATV Eq./Reg. R5-65 MHz 556 saídas MATV (V/U) R5-65 retorno activo Referências * 555 Frequências MHz via directa via retorno via directa via retorno via directa via retorno via directa via retorno Ganho db Entradas Nº saídas Nível de saída dbµv Figura de ruído db Alimentação Vac 30 Alimentação Led SIM Conectores tipo F (fêmea) Dimensões mm 0x0x48 8x0x55 * Utilizar apenas em instalações sem NET CABO EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref. 550 Ref. 556 Ref. 555 Operador TV Cabo Operador TV Cabo Ref. 53 Ref. 5 Ref. 5 Ref Ref Ref Ref Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Ref. 53 Retorno activo Modem Cabo 34

36 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Acessórios de Amplificação Amplificadores de linha REF. DENOMINAÇÃO 4006 UHF 3 db 7485 FI 0 db Amplificadores alimentados através do cabo coaxial para adequar o nível de entrada em equipamentos da Central de cabeça. A ref permite a passagem da corrente de alimentação para o conversor LNB. Referências Canal MATV Margem de frequências MHz Ganho db 3 -,5 Nível de saída DIN B dbµv 98 - Figura de ruído db < Canal FI Gama de frequências MHz Ganho db - 0 Nível de saída DIN VDE0855/ dbµv -,5 Figura de ruído db - < 5,5 Geral Consumo 3 (4 Vdc) 60 ( 8Vdc) ma Máx. corrente de passagem (S-E) Filtros rejeição Referências REF. DENOMINAÇÃO Ajustes 4 Nº de canais 46 canais ajustes UHF < < < 47 canais 4 ajustes Perdas BIII < < canal, F rápida inserção FM <0 < Cofre para instalação BI <5 < - db P em intempérie v n > > >5 Atenuação P P v * v n± - <3 < < <5 P v n± <3 - - < Conectores CEI F Passagem de contínua Sim (*) Portadora de vídeo n: canal sintonizado Atenuadores REF. DENOMINAÇÃO 565 Ajustável 0 db (db) ajustável, passagem DC Referências Tipo regulável Margem de atenuação db 0-0 Banda de trabalho MHz Passagem DC contínua Sim Conector CEI 9,5 F

37 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE Centrais amplificadoras TV terrestre 3 entradas REF. DENOMINAÇÃO Kompact grande potência 53 Minikom média potência Referências Entradas 3 3 EXEMPLO DE APLICAÇÃO Banda amplificada FM - BI/BIII - UHF FM - BI/BIII - UHF Ganho Nível de saída DIN B Figura de ruído Margem de regulação VHF db UHF 55 4 VHF 8 5 dbµv UHF 6 VHF <6 <6 db UHF <8 <6 VHF 0 0 db UHF 0 5 Corrente máx. prés ma 50 (BI/BIII + UHF) 60 (UHF) Consumo AC W 3 9 Dimensões mm 58x50x60 80x0x55 Centrais amplificadoras TV terrestre 4 entradas REF. DENOMINAÇÃO 539 Minikom média potência 539 Referências 539 Banda amplificada FM BI/BIII UHF UHF Ganho db Nível de saída DIN B dbµv Figura de ruído db 7 6 <8,5 <8,5 Margem de regulação db Corrente máx. prés ma Consumo AC W 9 Dimensões mm 80x0x55 36

38 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Centrais amplificadoras TV terrestre 5 entradas REF. DENOMINAÇÃO Kompact média potência 5384 Kompact grande potência Referências Entradas 5 5 Banda amplificada BI/BIII - FM - BIV - BV - UHF BI/BIII - FM - BIV - BV - UHF Ganho VHF db UHF Nível de saída VHF 8 4 dbµv DIN B UHF 4 Figura de ruído VHF < 6 < 5 db UHF < 8 < 8.5 Margem de VHF 0 0 db regulação UHF 0 0 Corrente máx. prés ma 50 (BIV-BV-U) 50 (BI/BIII) 60 (BIV-BV-U) Consumo AC W 30 9 Dimensões mm 93x47x48 EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref BV BIV UHF BI/BIII FM Ref Saida teste Saida 37

39 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE Para colunas / ramais de distribuição MATV ( MHz) REF. DENOMINAÇÃO Minikom média potência 5308 Kompact grande potência amplicação conjunta 5385 Kompact grande potência amplicação separada Internamente possuem duas etapas de amplificação independentes para cada uma das bandas de VHF e UHF. Dotadas de atenuadores e filtros selectivos em cada entrada. EXEMPLO DE APLICAÇÃO FM C4 C0 C5 C30 C36 C50 C58 Ref. 548 Ref Piso 4 Piso 5 Piso 6 3 Piso 4 Piso 5 Piso 6 Referências Entradas Banda amplificada VHF(47-454)/ UHF VHF(47-4)/ UHF Ganho VHF db UHF Nível de saída VHF 5 5 dbµv DIN B UHF 6 0 Figura de ruído VHF < 6 8 < 5.5 db UHF < < 6.5 Margem de VHF db regulação UHF Corrente máx. prés ma Consumo AC W Dimensões mm 80x0x55 93x47x48 93x47x48 38

40 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Para colunas / ramais de distribuição (CATV) MATV ( MHz) + Vr (5...30/65 MHz) REF. DENOMINAÇÃO 5383 Kompact média potência (Alimentação Local) 45 Kompact power doubling (Alimentação Local) 5379 Kompact média potência (Alimentação Local) 450 Kompact power doubling (Alimentação Local) 5380 Kompact média potência (Alimentação Remota) Amplificadores de linha com chassis de zamak e conectores F para aplicações em redes de SCATV. Os modelos Kompact incorporam saída de teste e fonte de alimentação de baixo consumo. 450 Referências / Canal MATV Gama de frequências MHz Atenuador Equalizador db Preacentuador Ganho 37 () 44 () 37 () 44 () DIN B >4 >0 >4 > 0 IMD3 (-60 db, p) 7 7 Nível de saída IMD (-60 db, p) dbµv CTB (-60 db, 4p) CSO (-60 db, 4p) XMOD (-60 db, 4p) Figura de ruído 7.5 typ tip < 0 Perdas de retorno e/s db tip. > Planicidade ± 0.9 ± ± 0.9 ± Canal de retorno Gama de frequências MHz Atenuador db Ganho 0 DIN B Nível de saída IMD3 (-60 db, p) dbµv IMD (-60 db, p) Planicidade ± ± ± ± db Perdas de retorno e/s Geral Tensão de alimentação Vac (local) 30 (local) / (local) Consumo máx. W Passagem de corrente A (V) (Vdc) (Vdc) Vdc / Vac (Vdc) Consumo ma 300 (3) (4 Vdc) 430 (4 Vdc) 300 (4 Vdc)/0 ( ) 430 (4 Vdc) Nº máx. de centrais que pode alimentar nº (600 ma) (450 ma) (600 ma) / - (450 ma) Dimensões mm 93x47x48 (): Com módulo amplificador, 9 db sem módulo; (): Com módulo amplificador, 6 db sem módulo; (3):Com módulo amplificador, 50 ma sem módulo EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref Ref

41 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE Para colunas / ramais de distribução MATV ( MHz) + FI ( MHz) REF. DENOMINAÇÃO Kompact media potência MATV+FI+VR Push-Pull 5398 Kompact grande potência Hibrido 537 Minikom grande potência MATV+FI 539 Minikom média potência MATV (mist)+fi 5363 Minikom FI + mistura MATV 5398 Referências / Entradas (MATV/FI) (FI/MATV+FI) (FI/MATV+FI/MATV) (FI-MATV) Saídas (MATV/FI) (FI/MATV-FI/MATV) (FI/MATV) Canal de FI Gama de frequências MHz Atenuador 0-0 Equalizador db Ganho ± Nível de saída DIN VDE0855/ dbµv Figura de ruído db 0 0 <9 Canal MATV Gama de frequências MHz Atenuador Equalizador db Preacentuador Ganho 37 () 36 () DIN B >4 > IMD3 (-60 db, p) Nível de saída IMD (-60 db, p) dbµv CTB (-60 db, 4p) CSO (-60 db, 4p) XMOD (-60 db, 4p) Planicidade ± ± - - db Figura de ruído < Canal retorno Gama de frequências MHz Atenuador db Ganho DIN B Nível de saída IMD3 (-60 db, p) dbµv IMD (-60 db, p) Planicidade db ± Geral Nível de alimentação Vac 30 Consumo máx. W Passagem DC autom. ma (3/7 V) Amplitude tom KHz Vpp ± () 7 sem módulo () 8 sem módulo 40

42 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Serie Intempérie Amplificador REF. DENOMINAÇÃO Intempérie CR5-65 MHz híbrida telealimentada em AC 45 Intempérie CR5-30 MHz híbrida telealimentada em AC 5456 Fonte de telealimentação AC intempérie 9 Suporte para amplificador CATV/Fonte AC Os amplificadores de intempérie estão alojados num chassis estanque e são alimentados pela linha em corrente alterna por meio da fonte ref Fabricada em chassis de fundição para montagem em parede, dotada de protecção frente a sobrecargas eléctricas, permite a configuração para uma ou duas saídas. Incorpora conectores de 5/ Referências Canal MATV Gama de frequências MHz Atenuador Equalizador db Preacentuador Ganho 36 () 36 () DIN B > 8 >8 IMD3 (-60 db, p) 7 7 Nível de saída IMD (-60 db, p) dbµv CTB (-60 db, 4p) CSO (-60 db, 4p) XMOD (-60 db, 4p) Figura de ruído < 0 8 Perdas de retorno e/s db > 4 Planicidade ± ± Canal de retorno Gama de frequências MHz Atenuador db Ganho DIN B 5 5 Nível de saída IMD3 (-60 db, p) dbµv IMD (-60 db, p) Planicidade ± ± db Perdas de retorno e/s 4 4 Geral Tensão de alimentação Vac (linha) Consumo máx. W 30 Passagem de corrente A 5 (Vac) Consumo a 4 Vdc ma 430 Nº máx. de centrais que pode alimentar nº - Dimensões mm 330x30x05 (): Com módulo amplificador, 9 db sem módulo 9 FONTE DE ALIMENTAÇÃO Referências 5456 Tensão de entrada 30±5 Vef. CA Tensão de saída 57 Máxima corrente de saída Aef 5 Potência máxima consumida mm 375 Margem de frequência MHz Dimensões mm 330x30x05 CONFIGURAÇÃO DAS SAÍDAS Configuração (E /S ) Perdas de passagem 0.5 db Perdas de retorno 4 Configuração (E /S /S ) Perdas de passagem E -S Perdas de passagem E -S 4.5 db Perdas de retorno 3 Rejeição entre S -S

43 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE EXEMPLO DE APLICAÇÃO Coluna ITED Ref. 548 ATE/SUP 6 Ref. 530 Ref Ref Ref. 53 Ref Ref Ref. 547 SMATV 3 Ref. 53 Ref. 547 Ref. 533 Ref. 534 Ref. 546 ATE/INF 45 R/C Ref. 534 Ref. 545 Ref TV Cabo CATV EXEMPLO DE APLICAÇÃO Ref Ref Ref

44 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE ELECTRÓNICA Amplificação programável (MATV/CATV) Central de cabeça Avant MODO CONTROL via modem PC REF. DENOMINAÇÃO Avant 5 BI/III/DAB-FM-0 UHF-SAT Acessórios 66 Software de programação (5375) 68 Software de controlo remoto por CDC 734 Programador universal 535 VHF UHF3 FM BI/BIII UHF UHF FI SAT UHF Filtro Canal A Filtro Canal B Filtro Canal C Filtro Canal D Filtro Canal E Filtro Canal F Filtro Canal G Filtro Canal H Filtro Canal I Filtro Canal J Filtro FM Filtro BI/ BIII Filtro MHz MHz MHz mp Reset PROG MATV MATV + FI SAT Referências 535 Entradas UHF UHF UHF3 FM BI/BIII/DAB VHF/UHF FI/SAT Bandas de frequência MHz / Configuração de filtros Nº canais por filtro 0-5 () Ganho Automático 4 45 db Regulação de ganho 0-0 () OFF () OFF () Margem de entrada óptimo dbµv Regulação manual de ganho ±9 (por monocanal) ±9 ± Regulação de pendente db () Nível de saída 7 (3) (3) 7 (3) 3 dbµv Regulação nível de saída Figura de ruído 9 tip 0-9 db Rejeição 0 (±6 MHz) 0 (±6 MHz) - 40 (86 MHz) Saída de alimentação pelas portas de entrada (5) Vdc Corrente máxima em cada porta (4) ma Tensão de rede Vac 30±5% - 50/60 Hz Consumo w 30 Índice de protecção IP 0 Dimensões mm 30x50x60 () A ganho regula-se automaticamente, dependendo do nível de saída desejado e do sinal de entrada / () Programável / (3) O nível de saída depende do nº de canais / (4) Corrente total disponível / (5) ON - OFF - AUTO 3/7 + khz 43

45 ELECTRÓNICA TV TERRESTRE/SATÉLITE Central de amplificação com entradas FM, VHF e 3 UHF preparada para sinais analógicos e futuros digitais, podendo já funcionar simultaneamente com os sinais digitais espanhóis em zonas de fronteira. À entrada de VHF poder-se-á ligar uma antena de BI, BIII ou mesmo uma antena DAB para recepção da rádio digital terrestre. As entradas de UHF (0 filtros ajustáveis de a 5 canais cada) podem ser utilizadas para a ligação das convencionais antenas analógicas/digitais da banda em questão, bem como para o canal de vídeo porteiro, o canal de satélite modulado ou mesmo o circuito de CCTV. Nomeadamente para este último caso, e se o número de câmaras a modular for considerável poder-se-á utilizar a entrada de banda larga (47-430MHz e MHz). Os níveis de saída dos canais equilibram-se automaticamente com uma certa compensação na banda, se necessário. Com a uma entrada de FI permite a amplificação satélite onde se pode seleccionar a tensão de alimentação para o conversor de satélite. Com esta enorme versatilidade, facilidade de instalação e essencialmente pela qualidade no tratamento dos sinais analógicos e/ou digitais, a central Avant é uma central recomendada quer para vivendas unifamiliares bem como para pequenas instalações colectivas. EXEMPLO DE APLICAÇÃO C C5 C63 C60 C43 C46 C49 C44 FM TELECOM (Canais Franceses) Ref Ref C7 Ref. 56 UHF UHF UHF3 Ref. 56 Ref. 56 Ref. 56 Ref. 535 MATV 3470 Ref. 568 Ref. 56 Ref V 50/60Hz Ref. 56 Avant5 configuração Resultado do ajuste Avant 5 44

46 SISTEMA T03 ELECTRÓNICA Amplificação monocanal Sistema T03 REF. DENOMINAÇÃO Amplificadores 5080 FI 508 BI 508 FM 5083 BIII 5086 UHF multicanal tdt 5087 Banda S baixa 5088 Banda S alta 5089 Hiperbanda 5097 UHF c/cag 5098 UHF selectivo 500 UHF 5099 DAB Amplificadores monocanais com conectores "F" realizados em zamak que podem ser montados em formato livro ou em rack. Possuem sistema "Z" de auto-separação de entrada e auto-mistura de saída. A ligação entre a fonte e os módulos, como entre os módulos, é realizada através de umas pontes cableadas com conectores adequados. Possuem passagem de corrente pelas fichas de entrada para alimentar pré-amplificadores, podendo desligar-se com o interruptor existente no frontal do equipamento * Acessórios na páxina 6-63 Referências Banda UHF UHF Selectivo UHF DAB Largura de banda MHz Gama de freq Ganho db Nível de saída dbµv 0 4 Norma EM di=50db (ch 4MHz) Figura de ruído < <9 Margem de regulação Margem de actuação CAG Rejeição entre canais db 3 (n±) 5 (n±) 50 (n±3) 8 (n±) 50 (n±) 5 (n±) 50 (n±) 0 (n±) Planicidade <.5 < < <3 Consumo a 4 Vdc 90 ma Alim. prés (4 Vdc) 00 Dimensões mm 35x97x83 *, 3 ou 4 canais de UHF ** 5 canais de UHF *** Rejeição a 77 (MHz) e 0 (MHz) Referências Banda BI FM BIII UHF DIGITAL S baixa S alta Hiperbanda Largura de banda /4/3/ MHz Gama de freq * / ** Ganho db Nível de saída dbµv Norma EM Figura de ruído <9 <9 Margem de regulação db Rejeição entre can. 40 (n±) 30*** 30 (n±) 0 (cn.65) 30 (n±) 30 (n±) 30 (n±) Planicidade < <3 < Consumo a 4 Vdc ma Alim. prés (4 Vdc) ma 00 Dimensões mm 35x97x83 45

47 SISTEMA T03 Amplificação monocanal Sistema T03. Amplificador de FI 5080 Referências 5080 Entradas/saídas - FI Gama de freq. MHz Ganho Equalizador db 0- Atenuador 0-0 Nível de saída DIN VDE0855/ dbµv 4 Figura de ruído db <.5 MATV Gama de freq. MHz Perdas de inserção db.5 Geral Consumo (4 Vdc) 30 ma Alim. LNB 400 Dimensões mm 35x97x83 Amplificadores monocanais com conectores "F" realizados em zamak que podem ser montados em formato livro ou em rack. Possuem sistema "Z" de auto-separação de entrada e auto-mistura de saída. A ligação entre a fonte e os módulos, como entre os módulos, é realizada através de umas pontes cableadas com conectores adequados. Possuem passagem de corrente pelas fichas de entrada para alimentar pré-amplificadores, podendo desligar-se com o interruptor existente no frontal do equipamento. EXEMPLO DE APLICAÇÃO ITED+TV CABO DTH Castelo Branco DTH CABO Ref. 406 FM C8 C3 C34 C37 Saída

48 SISTEMA T05 ELECTRÓNICA Sistema CDC Controlador de Centrais de Cabeça - CDC REF. DENOMINAÇÃO 505 Unidade CDC saída PAL* * - CD Instalação - Cabo controlo Modulo PC - Cabo controlo Modulo Modem - Cabo controlo Avant 505 * Acessórios na páxina 6-63 O Gestor de Centrais de cabeça permite o controlo à distância de uma central de cabeça através de uma conexão telefónica, mediante a utilização de um modem standard, ou de um controlo local da mesma através de uma ligação directa entre um PC e o próprio controlador. Os serviços que oferece são: 3 Controlo remoto da programação de dispositivos. Monitorização do estado da central de cabeça. Programar uma configuração completa de uma central de cabeça para evitar a programação unidade a unidade. Gerar um canal de TV privado para proporcionar informação da rede interna. Página de informação do estado dos dispositivos da central de cabeça. Audio Ref Entrada Audio OSD Entrada RF de mistura 3 Saída RF 4 Ligação Módem (ligação remota) 5 Ligação Programador/PC (ligação local) 6 Entrada alimentação módulo 7 LED aceso 8 Conector BUS de controlo RS 485 A/V PRGM CDC PWR CTRL CDC Referências 505 Gestão de dispositivos Nº máx. de dispositivos no bus 54 Bus de controlo RS485, 3 fios Gestão OSD Páginas de inf. da Central de cabeça 4 máx. Páginas de dados configuráveis 4 máx. Atraso entre páginas configurável Conexão Módem Módem externo série, compatível AT a 9600 baud Velocidade de transmissão 9600 baud Saída de RF BLV Frequência de saída MHz (ou tabela de canais) Intervalos de frequência khz 50 Nível de saída máximo dbµv 80±5 (programável) Margem de regulação 5 ROE de saída db 4 tip. Perdas de passagem <.5 Espúrios em banda dbc 60 tip. Audio Largura de banda KHz 5 Impedância Ω 0000 Pre-énfasis µs 50 Desvio (KHz/.7 Vpp entr) % Programável Distorção (KHz desv.±30 KHz) % < Relação S/N db >45 Nível de entrada dbµv >94 <5 Geral Consumos ma (Vdc) 600 (5); 00 (5) 47

O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS EDIÇÃO LIMITADA SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS

O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS EDIÇÃO LIMITADA SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS enda-pt-manual de Aplic.indd 1 EDIÇÃO LIMITADA 23/01/2013 9:47:5 O manual de aplicações práticas de instalações

Leia mais

ANTENAS SATÉLITE. Parábolas offset QSD em alumínio ANTENAS SATÉLITE QSD. 30 Catálogo 2013 / 2014

ANTENAS SATÉLITE. Parábolas offset QSD em alumínio ANTENAS SATÉLITE QSD. 30 Catálogo 2013 / 2014 ANTENAS SATÉLITE QSD Parábolas offset QSD em alumínio QR-A00103 A PARÁBOLA DE ALUMÍNIO DE ALTA DURABILIDADE. A nova gama de parábolas de alumínio QSD foi desenvolvida com base em análises rigorosas quanto

Leia mais

Ref. Descrição Embalagem Preço Unitário EAN 13

Ref. Descrição Embalagem Preço Unitário EAN 13 1030 Antena BIII/UHF Logarítmica (C5-12/C21-69) 10 33,83 8424 450 010 303 1050 Antena DAB - 3E 1 28,09 8424 450 010 501 1083 Antena UHF Painel - Painel (C21-69) 5 49,07 8424 450 010 839 1121 Antena UHF

Leia mais

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS UHF ALCAD SÉRIE CINZA REFLECTOR PEQUENO 200.BU-269 200.BU-453 200.BU-454 200.BU-569 200.BU-547 200.BU-539 200.BU-455 ALCAD 200.BU-229 200.BU-238 200.BU-469 ANTENA UHF 21/69

Leia mais

Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO

Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO Digital Active Outdoor DVB-T/T2 Antenna SRT ANT 15 ECO User Manual Manuel d utilisateur Bedienungsanleitung Istruzioni d uso Manual de usuario Manual do Usuário Használati útmutató Návod k obsluze Bruksanvisning

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004)

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004) Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 4 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

Comandos. Comando domótico de 3 canais estéreo com sintonizador FM. Ecrã táctil. Sintonizador FM com RDS e 12 Memórias de FM.

Comandos. Comando domótico de 3 canais estéreo com sintonizador FM. Ecrã táctil. Sintonizador FM com RDS e 12 Memórias de FM. Para que tenha prazer ao desfrutar do sistema Comandos O comando é o seu principal ponto de acesso a todas as funcionalidades do sistema PRIMUS. Para isto a AKP desenhou e desenvolveu todos os seus comandos

Leia mais

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06)

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06) REGRAS de EXECUÇÃO António M. S. Francisco (revisão 01/06) INTERNET Para informação completa e detalhada consultar o manual ITED em: http://www.anacom.pt Para informação sobre material (catálogo) para

Leia mais

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

TELEVESINTEGRA. Sistema 2 Elementos (Sem GIC) INSTALAÇÃO UNIFAMILIAR. 310 Catálogo 2013 / 2014

TELEVESINTEGRA. Sistema 2 Elementos (Sem GIC) INSTALAÇÃO UNIFAMILIAR. 310 Catálogo 2013 / 2014 TELEVES INTEGRA INSTALAÇÃO UNIFAMILIAR QR-A00182 Sistema (Sem GIC) Básico: Videoporteiro 7647 + Monitor 768621. Este sistema caracteriza-se principalmente por não necessitar de GIC (Gestor Integral de

Leia mais

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h)

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de O curso tem como objectivos específicos, dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam: Obter a RENOVAÇÃO da CERTIFICAÇÃO reconhecida pela ANACOM como técnico de projecto

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 MANUAL ITED 1ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 10 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

RADIOBAND. jcmtechnologies. sistema de comunicação via rádio para bandas de segurança. elementos de segurança

RADIOBAND. jcmtechnologies. sistema de comunicação via rádio para bandas de segurança. elementos de segurança ES01 sistema para bandas de segurança aplicáveis ás portas enrolável basculantes deslizantes batentes seccionadas guilhotina rápidas barreiras RADIOBAND sistema de comunicação via rádio para bandas de

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI GERAÇÃO 3.1 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 8 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE índice...2 1. Introdução...3 2. Documentos normativos aplicados...3

Leia mais

Soluções para a recepção e distribuição do sinal de TV

Soluções para a recepção e distribuição do sinal de TV PT TABELA 2014 Soluções para a recepção e distribuição do sinal de TV NOVO MEDIDOR DE CAMPO COM PROCESSAMENTO DIGITAL Vê-lo-á mais claro Precisão matemática e funcionalidade exclusiva agora num ecrã de

Leia mais

Os principais componentes de uma Rede Habitacional

Os principais componentes de uma Rede Habitacional Os principais componentes de uma Rede Habitacional Bastidor de Distribuição de Cabelagem Estruturada Conector OmniMedia para bastidor Módulo Rádio/Televisão Módulo Telefone/Fax Portal Internet Extensões

Leia mais

FIBRA ÓPTICA. Uma solução profissional para grandes redes de distribuição DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓPTICA. 158 Catálogo 2013 / 2014

FIBRA ÓPTICA. Uma solução profissional para grandes redes de distribuição DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓPTICA. 158 Catálogo 2013 / 2014 DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓPTICA Uma solução profissional para grandes redes de distribuição A utilização de fibra óptica é a solução profissional para resolver o problema da distribuição do sinal de TV em grandes

Leia mais

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões MINICOLUNAS ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Minicolunas para instalações elétricas de châo para

Leia mais

ANTENAS E FILTROS PARA FM (87-108 MHz)

ANTENAS E FILTROS PARA FM (87-108 MHz) ANTENAS E FILTROS PARA FM (87-108 MHz) Ra Chamantá, 383 - V.Prdente - SP - Fone/Fax (11) 2020-0055 - SITE: www.electril.com - e-mail: electril@terra.com.br 87 a 98MHz 97 a 108MHz ANTENA BANDA LARGA PARA

Leia mais

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em "espera" ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc.

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em espera ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc. 1 Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores de sinais de TV via satélite. Estamos certos de que o receptor Century USR 1900 lhe proporcionará a melhor imagem e também bons momentos

Leia mais

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes Invólucros Metálicos. Cajas Salientes ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Caixa metálica para instalação

Leia mais

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio Transmissor de áudio e vídeo sem fio Manual de operação Índice I. Introdução... 1 II. Informações de segurança... 1 III. Especificações... 1 IV. Instruções de instalação... 2 1. Opções de posicionamento...

Leia mais

Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com

Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com Fundamentos em Sistemas de Computação Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com Camada Física Primeira cada do modelo OSI (Camada 1) Função? Processar fluxo de dados da camada 2 (frames) em sinais

Leia mais

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO SISTEMA LISROLL www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO 2 MAIS DO QUE UM ESTORE AJUSTÁVEL, UMA PERSIANA AJUSTÁVEL... Índice Características Especificações técnicas Ficha técnica Motores Certificados pág. 4 pág.

Leia mais

Folha de dados - SRB 201ZHX3-24VDC

Folha de dados - SRB 201ZHX3-24VDC 11.09.2012-02:01:05h Folha de dados - SRB 201ZHX3-24VDC Comandos bimanual / Supervisão de comandos bimanuais de acordo com a norma EN 574 III A / SRB 201ZHX3 Supervisão de comandos bimanuais de acordo

Leia mais

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA)

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA) 1.1. Caldeiras murais a gás de condensação 1.1.2. Gama Platinum PLUS Componentes opcionais GAMA PLATINUM 140040385 Regulador climático programável THINK com cabos 145,00 140040437 Regulador climático programável

Leia mais

Rede Autónoma Wireless Owlet Controlador de Luminária LuCo-AD 1-10V/DALI Ficha Técnica

Rede Autónoma Wireless Owlet Controlador de Luminária LuCo-AD 1-10V/DALI Ficha Técnica Descrição O LuCo-AD é um controlador inteligente e autónomo preparado para ser instalado numa luminária de exterior com aplicação residencial, viária e urbana. LuCo-AD controla o Driver/Balastro através

Leia mais

Estruturas de serrotes para metais

Estruturas de serrotes para metais Serração Serras alternativas As máquinas de serração e as serras RIDGID foram desenvolvidas por profissionais para profissionais. Quaisquer que sejam as suas exigências em questões de serração, o programa

Leia mais

VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D. P302-PT-R4a

VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D. P302-PT-R4a VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D P02-PT-R4a Série 608 / 609 REGULAÇÃO DA PRESSÃO SENTRONIC D: Uma nova geração de reguladores electrónicos de pressão, de controlo

Leia mais

M12 Mixer Splitter Ativo - 12x48

M12 Mixer Splitter Ativo - 12x48 M12 Mixer Splitter Ativo - 12x48 Um novo e revolucionário produto, que distribui sinais de microfones e instrumentos musicais para até 4 consoles de áudio. - 1 - O Mixer Splitter M12 é um produto único

Leia mais

Circuitos de Comunicação Introdução

Circuitos de Comunicação Introdução Circuitos de Comunicação Introdução Gil Pinheiro UERJ-FEN-DETEL Circuitos de Comunicação Objetivo: Estudar os blocos funcionais eletrônicos e de processamento digital de sinais que são utilizados nas comunicações

Leia mais

Apresentação Linha de Produtos

Apresentação Linha de Produtos Apresentação Linha de Produtos Linha de Atuação Foco da Empresa Equipamentos para instalações de CFTV Linhas de Produtos - Conversores de Vídeo Passivos - Conversores de Vídeo Ativos - Isoladores de Sinal

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Direcção de Fiscalização Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem Pontos de fronteira Ligações de

Leia mais

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: + 358 29 006 260 Fax: + 358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.fi 1/12 GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante

Leia mais

RECEPÇÃO E ADAPTAÇÃO TDT...23 Adaptador ZAS HD...23 Transmodulador regenerador COFDM/COFDM...24

RECEPÇÃO E ADAPTAÇÃO TDT...23 Adaptador ZAS HD...23 Transmodulador regenerador COFDM/COFDM...24 Guia de Produto Índice INTRODUÇÃO...3 O ESPECTRO RÁDIOELÉCTRICO...4 PRODUTO...5 Filtros... 6 Formato F e easy F... 6 Filtro de Microcavidades... 7 Antenas Inteligentes... 8 Antena DAT HD BOSS 790... 9

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

Figura - Radio em 1920.

Figura - Radio em 1920. Curiosidade: Muitos dos primeiros receptores AM com alimentação AC (para as válvulas) funcionavam com o chassi ligado ao neutro da rede (como terra), freqüentemente, ao se inverter a posição da tomada,

Leia mais

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

COAXDATA. Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET. 200 Mbps. 700 Mbps. 300 Catálogo 2013 / 2014

COAXDATA. Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET. 200 Mbps. 700 Mbps. 300 Catálogo 2013 / 2014 ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET QR-A00171 Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit A largura de banda do cabo coaxial permite combinar outros serviços no cabo sem interferir o sinal de televisão. O Coaxdata é um

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

Sectores de aplicação: Estações de comunicação, repetidores telefónicos, parques eólicos, etc.

Sectores de aplicação: Estações de comunicação, repetidores telefónicos, parques eólicos, etc. novidades Comunicação segurança vía IP e Sectores de aplicação: UNIDADE EXTERIOR/BOTONEIRA ÁUDIO E VÍDEO A CORES ALEA VIA IP 1 BOTÃO DE CHAMADA. A botoneira PDV501SIP da GUINAZ permite uma gestão das comunicações

Leia mais

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net Armário Outdoor com Free Cooling ou Ar Condicionado NOTAS Os armários outdoor estão desenhados para instalação em ambientes de exterior sujeitos a condições de chuva, vento, calor ou radiação solar. O

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Sistemas de iluminação, tomadas interiores, extracção de fumos, ar condicionado, centrais de intrusão e incêndio Regras de execução Elaboração: GTRPT Homologação:

Leia mais

RECEPTORES E ACESSÓRIOS LAR

RECEPTORES E ACESSÓRIOS LAR RECEPTORES E ACESSÓRIOS LAR RECEPTORES INDIVIDUAIS - TV TERRESTRE Receptor Digital Terrestre zas Hbb QR-A00120 Receptor TDT híbrido (SD e HDTV) com ligação à internet. Acesso ao conteúdo HbbTV, o que permite

Leia mais

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA A complexidade de serviços subterrados, tais como cabos elétricas, condutas de água, cabos de telecomunicações, etc. aumenta cada vez

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 6110 10 6120 10 6110 21 6120 16 Emb. Ref. 10 A - 250 V9 módulos 20 6110 10 1 módulo borne automático 1 20 6110 00 1 módulo 1 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 10

Leia mais

Instruções de Utilização. Pré-amplificador de 8 vias 0530 00

Instruções de Utilização. Pré-amplificador de 8 vias 0530 00 Instruções de Utilização Pré-amplificador de 8 vias 0530 00 Descrição das funções O pré-amplificador de 8 vias amplifica os sinais de áudio de 8 fontes como, p. ex., o rádio, o leitor de CD, etc., para

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI MANUAL ITED 2ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 2 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS

Leia mais

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 ventilação Défumair XTA caixa de desenfumagem à transmissão F400-120 vantagens Desempenhos optimizados. Modularidade: 4 versões possíveis. Construção monobloco.

Leia mais

BADISCO PROFISSIONAL PT-1000 EQUIPAMENTO DE TESTE DE LINHA

BADISCO PROFISSIONAL PT-1000 EQUIPAMENTO DE TESTE DE LINHA BADISCO PROFISSIONAL PT-1000 EQUIPAMENTO DE TESTE DE LINHA DISCAGEM POR PULSO E TOM INDICAÇÃO DE POLARIDADE DE LINHA MEMORIZA ÚTIMO NÚMERO DISCADO MONITORAÇÃO EM ALTA IMPEDÂNCIA PROTEÇÃO CONTRA REDIOINTERFERÊNCIA

Leia mais

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE Catálogo Técnico INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE CATÁLOGO TÉCNICO ÍNDICE CATÁLOGO TÉCNICO... 1 INTRODUÇÃO... 2 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 2 DADOS TÉCNICOS... 3 ENSAIOS DE TIPO REALIZADOS...

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Manual ITED 2.ª Edição Direcção de Fiscalização Julho de 2010 Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem

Leia mais

- ANTENAS - INTERFONIA - TELEFONIA - VÍDEO PORTEIRO - FECHADURAS E FECHOS - FIOS E CABOS QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DE SUA SEGURANÇA

- ANTENAS - INTERFONIA - TELEFONIA - VÍDEO PORTEIRO - FECHADURAS E FECHOS - FIOS E CABOS QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DE SUA SEGURANÇA ISO - ANTENAS - INTERFONIA - TELEFONIA - VÍDEO PORTEIRO - FECHADURAS E FECHOS - FIOS E CABOS EMPRESA CERTIFICADA 9001:2000 QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DE SUA SEGURANÇA FIOS E CABOS Para sua maior

Leia mais

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi Série - Mini relé industrial 8-16 SÉRIE Características.52.61 1 ou 2 contatos.52-2 contatos reversíveis 8.61-1 contato reversível 16 Montado diretamente em base ou via conectores Faston Bobinas em C ou

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

Amplificadores Misturadores AMG 5EC

Amplificadores Misturadores AMG 5EC Matrizes Oferecemos uma gama de produtos concebidos para a realização de instalações bastante versatéis, destinados a tratar os sinais de áudio, comutação e gestão de prioridades e, controlo das instalações.

Leia mais

COLUNAS COM SISTEMA DE ELEVADOR MARCA CONCRETE UTILITIES. Estádio do Restelo CF Os Belenenses

COLUNAS COM SISTEMA DE ELEVADOR MARCA CONCRETE UTILITIES. Estádio do Restelo CF Os Belenenses COLUNAS COM SISTEMA DE ELEVADOR MARCA CONCRETE UTILITIES Estádio do Restelo CF Os Belenenses As torres equipadas com sistema de Elevador Móvel são utilizadas normalmente na iluminação de Grandes Recintos

Leia mais

Engenheiro Eletrônico pela Unicamp e Mestre em Engenharia Eletrônica pelo INPE.

Engenheiro Eletrônico pela Unicamp e Mestre em Engenharia Eletrônica pelo INPE. Antena Coletiva: Projeto e Cuidados para Receber a TV Digital Este tutorial apresenta considerações para projeto de sistemas de antena coletiva para distribuir sinais de TV digital de alta definição, HD,

Leia mais

Módulo de Alimentação de Controlo do Motor LQSE-4M-D Controlador de Motor CA 4 saídas. Unidade do. Painel de parede seetouch QSR.

Módulo de Alimentação de Controlo do Motor LQSE-4M-D Controlador de Motor CA 4 saídas. Unidade do. Painel de parede seetouch QSR. LUTRON Módulo de de Controlo do Motor Controlador de Motor CA 4 saídas Módulo de de Controlo do Motor O módulo de alimentação de controlo do motor consiste numa interface que disponibiliza a integração

Leia mais

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO

Leia mais

ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30

ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30 ANALISADOR DE QUALIDADE DE ENERGIA MODELO PQM-701 CLASSE A SEGUNDO NORMA 6100-4-30 Suporte redes do tipo: Monofásico; Bifásico, com neutro comum; Trifásico com ligação estrela com e sem neutro Trifásico

Leia mais

Ecrã 3 Radio FM/AM/ Lê FORMATOS DVD/VCD/CD/MP3/ MEPG4/JPEG(DIVX) MU-MP5 Entrada video Aux/saida 4x 40W 110 Saida video

Ecrã 3 Radio FM/AM/ Lê FORMATOS DVD/VCD/CD/MP3/ MEPG4/JPEG(DIVX) MU-MP5 Entrada video Aux/saida 4x 40W 110 Saida video Radio RDS/FM/AM/XM Lê DVD/VCD/CD/MP3/ MEPG4/JPEG(DIVX) Ecrâ 4.3 " touchscreen incorporado no painel Leitor de mini usb MU-8300 Sintonizador TV, VHL, VHF, UHF 180 Potência saida 4x45W ou 4x60W Entrada aux

Leia mais

SOLUÇÕES BRASILSAT CONTRA INTERFERÊNCIA - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C

SOLUÇÕES BRASILSAT CONTRA INTERFERÊNCIA - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C - Aplicações em comunicações via satélite em Banda C V2.0 - AÇÃO DIVERSIDADE - BrasilSat, uma empresa socialmente responsável CAUSAS DE INTERSISTÊMICAS (ESPAÇO PARA TERRA): Dentro da Faixa de 3,625 a 4,2GHz

Leia mais

Torres Luminosas Compactas e Modulares

Torres Luminosas Compactas e Modulares Torres Luminosas Compactas e Modulares Safe solutions for your industry Índice TLC-60 Torre Luminosa Compacta Página 4 TLM-70 Torre Luminosa Modular Página 10 3 TLC-60 Torre Luminosa Compacta Desenvolvida

Leia mais

ANTENAS. TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS

ANTENAS. TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS ANTENAS TIPOS e CONCEITOS BÁSICOS Desde os primeiros dias do rádio as antenas envolveram os operadores. Houveram muitos desejos e restrições. Cada tipo de antena foi desenvolvido para ajudar alguém em

Leia mais

www.philips.com/welcome

www.philips.com/welcome Register your product and get support at www.philips.com/welcome SDV1225T/55 PT Manual do Usuário Sumário 1 Importante 4 Segurança 4 Aviso para os EUA 4 Aviso para o Canadá 4 Reciclagem 4 Português 2

Leia mais

Rev.1 18.01.2013. Estantes cantoneira

Rev.1 18.01.2013. Estantes cantoneira 18.01.2013 Estantes cantoneira O sistema de estantes em cantoneira foi concebido para satisfazer as necessidades de armazenagem nas indústrias, oficinas, armazéns, etc, tendo em vista uma solução económica.

Leia mais

Kit de Montagem de Mastro

Kit de Montagem de Mastro Parabéns pela aquisição do seu novo kit de montagem de mastro! Kit de Montagem de Mastro Manual de Instalação Este kit de montagem de mastro foi concebido para postes com 48 milímetros de diâmetro externo

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: ED-2950

SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: ED-2950 SISTEMA DE TREINAMENTO EM COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA Modelo: DESCRIÇÃO O sistema de treinamento em comunicação apresenta experimentos planejados para desenvolver comunicações eletrônicas fundamentais. O é

Leia mais

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z KOBO-pH transmissor de ph APM-Z LINHA COMPACTA Range de medição ph da -1 a 14 Comutável de ph a ORP Display p/ valor de ph, mv/orp (Potencial de redução e oxidação) e temperatura Simples programação e

Leia mais

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 Catálogo do Transmissor Gravimétrico de Densidade DG-420 Pág. 1 TRANSMISSOR UNIPRO IV ESPECIFICAÇÕES Alimentação: Alimentação universal

Leia mais

W o r l d w i d e P a r t n e r

W o r l d w i d e P a r t n e r GE Consumer & Industrial Power Protection W o r l d w i d e P a r t n e r Série CB Contactores até 45kW NOVIDADE Série PB Unidades de Comando e Sinalização GE imagination at work Série CB Contactores Tipo

Leia mais

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W Série - Contator modular 25-40 - 63 A SÉRIE Características.32.0.xxx.1xx0.32.0.xxx.4xx0 Contator modular de 25A - 2 contatos Largura do módulo, 17.5 mm Contatos NA com abertura 3mm com dupla abertura Energização

Leia mais

Manual de Instruções. Crossover 4 Vias HD-X4W. Especificações Técnicas (Crossover 4 Vias) Nível máximo de entrada

Manual de Instruções. Crossover 4 Vias HD-X4W. Especificações Técnicas (Crossover 4 Vias) Nível máximo de entrada Especificações Técnicas (Crossover 4 Vias) Nível máximo de entrada 9V RMS Tweeter CH Crossover /octave 2K, 4K, 6K, 8K Mid CH Crossover /octave Low: 0, 0, 0Hz em Flat High:,, 1,Hz Mid Bass Crossover /octave

Leia mais

Memória Descritiva de Sistema de Comunicação Marítima para o Porto de Abrigo de Ponta Delgada

Memória Descritiva de Sistema de Comunicação Marítima para o Porto de Abrigo de Ponta Delgada Memória Descritiva de Sistema de Comunicação Marítima para o Porto de Abrigo de Ponta Delgada Sistema de Comunicação Marítima para o Porto de Abrigo 1(10) Índice 1. Objectivo... 3 2. Descrição do Sistema

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

ATI 3play - características gerais

ATI 3play - características gerais patente nº 104593 ATI 3play - características gerais Primário e Secundário Cat 6 (classe E). Conectores RJ45, permanent link Cat 6, de acesso exterior para injecção de sinais de equipamento activo ( RC-PC

Leia mais

Acompanha: 1 cabo de 4m 1 adaptador para plug p10 1 antena 1 receptor. Este microfone pode ser usado com ou sem fio.

Acompanha: 1 cabo de 4m 1 adaptador para plug p10 1 antena 1 receptor. Este microfone pode ser usado com ou sem fio. VX 101: Produto:VHF Sistema de Microfone sem fio de um canal Frequência de Recepção: VHF 165 270 Mhz Estabilidade de frequência:< 0.002% Sensibilidade: 80 dbm Taxa de S/N: > 70dB Voltagem de energia AC

Leia mais

6 Cálculo de cobertura de sistemas de TV Digital

6 Cálculo de cobertura de sistemas de TV Digital 6 Cálculo de cobertura de sistemas de TV Digital Neste capítulo, os modelos desenvolvidos serão utilizados para a avaliação da cobertura de sistemas de TV digital na cidade de São Paulo. Partindo dos limiares

Leia mais

PRS 9. Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9

PRS 9. Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9 PRS 9 Instruções de funcionamento 810549-00 Programador PRS 9 1 Dimensões/Componentes 128.5 169 30.01 (6TE) Fig. 1 A B C D E I H G J F MAX 70 C Fig. 2 MAX 95 % 2 Legenda A B C D E F G H I J Selector S1

Leia mais

VAPZ. Acessórios eléctricos. Acessórios

VAPZ. Acessórios eléctricos. Acessórios Controlo ECOWATT Elementos de controlo para sistemas de modelação dos caudais em instalações de ventilação de edifícios públicos, comerciais ou residenciais, que controla continuamente a velocidade dos

Leia mais

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W Características 22.32.0.xxx.1xx0 Série 22 - Contator modular 25 A 22.32.0.xxx.4xx0 Contator modular de 25A - 2 contatos Largura do módulo, 17.5 mm Contatos NA com abertura 3mm com dupla abertura Energização

Leia mais

Sistema portátil PA Entretainer 3 Manual Simplificado

Sistema portátil PA Entretainer 3 Manual Simplificado Introdução Sistema portátil PA Entretainer 3 Manual Simplificado 2 X 150W estéreo Processador de efeitos incorporado com 99 efeitos 4 Entradas de Linha/Micro 2 Entradas estéreo, 2 receptores UHF de microfones

Leia mais

Soluções para escritórios tehalit.office

Soluções para escritórios tehalit.office Soluções para escritórios tehalit.office A oferta tehalit.office foi concebida para dar resposta à maioria dos problemas de distribuição, de correntes fortes e fracas, na alimentação aos postos de trabalho.

Leia mais

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma cabeça escrava para redes PROFIBUS-DP do tipo modular, podendo usar todos os módulos de E/S da série. Pode ser interligada a IHMs (visores

Leia mais

RECEPTOR AM DSB. Transmissor. Circuito Receptor AM DSB - Profº Vitorino 1

RECEPTOR AM DSB. Transmissor. Circuito Receptor AM DSB - Profº Vitorino 1 RECEPTOR AM DSB Transmissor Circuito Receptor AM DSB - Profº Vitorino 1 O receptor super-heteródino O circuito demodulador que vimos anteriormente é apenas parte de um circuito mais sofisticado capaz de

Leia mais

Manual de Operação do USR - 1950

Manual de Operação do USR - 1950 Manual de Operação do USR - 1950 A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores

Leia mais

CENTRAIS DE CABEÇA T05

CENTRAIS DE CABEÇA T05 CENTRAIS DE CABEÇA T05 SMATV QR-000 Processadores FI/FI (simples/triplo) Sistema modular que permite a selecção de um (ref. 5860) ou três transponders (ref. 58640) da banda de FI satélite e efectua um

Leia mais

HARTING News IP 65/67. Julho, 2004. Flexibilidade e facilidade de instalação mediante o repetidor PROFIBUS PRC 67-10

HARTING News IP 65/67. Julho, 2004. Flexibilidade e facilidade de instalação mediante o repetidor PROFIBUS PRC 67-10 Neste número: Novos Dispositivos para PROFIBUS HARTING amplia a sua gama de dispositivos para PROFIBUS, Repetidores e Conversores RS-485, para oferecer maiores possibilidades de instalação de uma rede

Leia mais

GS 16SVR960 Sistema de Gravação de Vídeo - 960H - 16 canais

GS 16SVR960 Sistema de Gravação de Vídeo - 960H - 16 canais www.gigasecurity.com.br GS 16SVR960 Sistema de Gravação de Vídeo - 960H - 16 canais Gravador de vídeo Fonte bivolt Proteção de surto HD opcional Acesso via internet Sistema de gravação de vídeo Muito mais

Leia mais

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Índice Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2 Recuperadores de Energia RECUP...3.6 Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Unidade de Fluxos Cruzados EBF...3.11

Leia mais

CABOS ACESS. ALIMENTAÇÃO FOTO REF. DESCRIÇÃO CÓD. PREÇO CABOS DE ALARME - SEM ALUMÍNIO CABOS DE ALARME - PRÉ-ESTANHADO SEM ALUMÍNIO

CABOS ACESS. ALIMENTAÇÃO FOTO REF. DESCRIÇÃO CÓD. PREÇO CABOS DE ALARME - SEM ALUMÍNIO CABOS DE ALARME - PRÉ-ESTANHADO SEM ALUMÍNIO CABOS DE ALARME - SEM ALUMÍNIO AN222 Cabo 2x0,22, rolo de 100 metros 2001 AN422 Cabo 4x0,22, rolo de 100 metros 2002 AN622 Cabo 6x0,22, rolo de 100 metros 2003 AN822 Cabo 8x0,22, rolo de 100 metros 2004

Leia mais

Equipamentos Diversos

Equipamentos Diversos Equipamentos Diversos Nota: Materiais não tabelados sob consulta Guias de Fibra Guias de fibra de vidro de alta qualidade com excelente resistência à tracção Revestidas exteriormente por uma bainha de

Leia mais

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto.

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto. Hottes > hottes tradicionais grande conforto cozinhas Mezzo Compensação hotte de cozinha tradicional Conforto vantagens Compensação integrada. Filtros de choque montados de série. Iluminação encastrada

Leia mais