Paisagista. "Profissional que trabalha com projetos de paisagens naturais e urbanas"

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Paisagista. "Profissional que trabalha com projetos de paisagens naturais e urbanas""

Transcrição

1 Paisagista "Profissional que trabalha com projetos de paisagens naturais e urbanas" Fonte: Dicionário Michaelis O que é ser um paisagista? Paisagista, ou arquiteto paisagista é o profissional que trabalha com o desenvolvimento, gestão e manutenção de projetos design em espaços naturais e urbanos, visando a harmonia entre o meio ambiente e espaço das cidades. Ou seja, esse profissional projeta jardins públicos ou privados, praças, parques, áreas comuns em edifícios, zoológicos, canteiros, espaços de lazer e recreação e de monumentos históricos, sítios, entre outros, sempre com o objetivo de interligar a preservação do meio ambiente natural e construído com a estética do design. O profissional também pode participar de projetos multidisciplinares de recuperação de áreas devastadas, trabalhando em conjunto com profissionais de diversas áreas. Quais as características desejáveis para ser um paisagista? Para ser um paisagista é necessário que o profissional goste da natureza e que tenha interesse pelas artes. Outras características desejáveis são: visão artística sensibilidade visão de projeto metodologia dinamismo responsabilidade Qual a formação necessária para ser um paisagista?

2 Para ser um paisagista, o profissional deve ter diploma de algum curso certificado pelo MEC. Só há um curso de graduação em Composição Paisagística no país, na Faculdade de Belas Artes da UFRJ, mas existem muitos outros cursos técnicos e de curta duração que dão bases para que o profissional exerça a profissão, visto que a mesma ainda não é regulamentada. Muitos cursos de arquitetura contém várias matérias do paisagismo, com maior ou menor ênfase, dependendo da escola, podendo ser também uma opção para quem quer se tornar um paisagista profissional. É muito importante que o profissional do paisagismo esteja sempre interessado em se desenvolver e aprender coisas novas, e pode fazê-lo participando de cursos, workshops e analisando exposições de outros profissionais. Principais atividades analisar a área a ser trabalhada analisar as necessidades da área, levando em conta sua funcionalidade, a topografia do local e a preservação do meio ambiente elaborar o projeto paisagístico, envolvendo, se necessário, profissionais de outras áreas submeter o projeto à aprovação do contratante, patrocinador ou do órgão governamental responsável após a aprovação, contratar todos os profissionais necessários comprar os materiais, plantas, sementes, etc que serão utilizadas coordenar o andamento do projeto realizar mudanças, se necessário entregar e expor seu trabalho pronto Área de atuação e especialidades O profissional do paisagismo trabalha com projetos de design em áreas abertas e fechadas, projetando jardins públicos ou privados, praças, parques, áreas comuns em edifícios, zoológicos, canteiros, espaços de lazer e recreação e de

3 monumentos históricos, sítios, etc, sempre levando em conta a funcionalidade, a topografia do local, os aspectos culturais e sociais, os recursos naturais e a preservação do meio ambiente. Esse profissional também pode atuar em equipes multidisciplinares de recuperação de áreas danificadas ou devastadas, trabalhar com o cultivo de plantas e árvores para a integração em projetos paisagísticos, ou na produção de arranjos de plantas para o mesmo fim. Mercado de trabalho O mercado de trabalho é amplo para o paisagista. O setor público emprega muitos profissionais da área, principalmente em projetos de recuperação de áreas destruídas e no paisagismo urbano, como na projeção de parques, praças e canteiros. Mas hoje o setor privado ainda é o que mais emprega, destacando a participação de paisagistas no projeto de áreas comuns de novos empreendimentos imobiliários comerciais e residenciais e na manutenção e redesenho de projetos em shoppings, restaurantes, jardins privados, etc. Curiosidades A origem da profissão de paisagista remonta as culturas antigas, da Pérsia e Egito à Grécia e Roma no tratamento de seus jardins. Durante a Idade Média o interesse pelo espaço exterior diminuiu, porém, com o Renascimento, foi revivido com esplendidos resultados na Itália e deu origem às vilas ornamentadas, jardins, e grandes praças exteriores. Tais fatos influenciaram profundamente os castelos e jardins urbanos da França do século XVII, onde a arquitetura da paisagem e o projeto alcançaram níveis de sofisticação e formalidade. Os projetistas tornaram-se muito conhecidos, como Andre Le Nôtre, que projetou os jardins de Versailles e Vaux-le-Vicomte, que está entre os mais famosos dos precursores da atual arquitetura da paisagem. No século XVIII, a maioria dos "jardineiros paisagistas" ingleses, como Lancelot "Capability" Brown, que remodelou o espaço exterior do Blenheim Palace,

4 rejeitou a ênfase geométrica da França em favor da imitação das formas da natureza. Uma exceção importante foi Sir Humphrey Repton. Ele reintroduziu a estrutura formal no projeto da paisagem com a criação dos primeiros grandes parques públicos como o Victoria Park em London (1845) e o Birkenhead Park em Liverpool (1847). Por sua vez, estes dois parques influenciaram enormemente o desenvolvimento da arquitetura da paisagem nos Estados Unidos e Canadá. Já na América do Norte, a história da profissão começa com Frederick Law Olmsted, que rejeitou o nome de "jardineiro paisagista" em favor de "arquiteto paisagista", que ele sentia refletir melhor o alcance da profissão. Em 1863, o uso oficial da designação "arquiteto paisagista" pelos responsáveis pelos parques de Nova York marcou a gênese simbólica da arquitetura da paisagem como uma nova profissão de projeto. Olmsted tornou-se um pioneiro e visionário da profissão. Seus projetos ilustram seu alto padrão profissional, incluindo o projeto do Central Park em Nova York com Calvert Vaux no final da década de 1850 e o exterior do Congresso Norte Americano nos anos Nos anos seguintes, a profissão de arquiteto paisagista ampliou-se. Ela desempenhou um importante papel em suprir crescente necessidade da nação por ambientes urbanos bem planejados e projetados. Parques urbanos, sistemas de parques metropolitanos, subúrbios residenciais e campus universitários foram planejados e surgiram em grande número, culminando com o movimento City Beautiful na virada do século. Embora a profissão propriamente dita tenha crescido vagarosamente, seus pioneiros, incluindo Olmsted, Vaux e Horace Cleveland, estavam entre os primeiros a tomar parte no movimento de planejamento das cidades e em despertar interesse pelo projeto de cidadania. Olmsted também juntou-se a outros arquitetos paisagistas para trabalhar em projetos em outros ambientes urbanos, tais como Yosemite Valley e Niagara Falls. Em 1899, a ASLA - American Society of Landscape Architects, Associação Americana de Arquitetos Paisagistas foi fundada por 11 pessoas em Nova York _ muitas

5 delas associadas a Olmsted. A ASLA continuou a representar os arquitetos paisagistas por todo os Estados Unidos. Em 1900, Frederick Law Olmsted Jr., filho de Olmsted organizou e ensinou na Universidade de Harvard o primeiro curso de arquitetura da paisagem. A Arquitetura da paisagem continuou a influenciar o movimento de planejamento e embelezamento das cidades no século XX, bem como as cidades cresceram usando serviços de arquitetos paisagistas profissionalmente treinados. O Plano de L'Enfant (século XVIII) para a área externa do Capitólio foi revivido e ampliado pela Comissão McMillan de Chicago, Cleveland e outras cidades também usaram arquitetos paisagistas para projetar planos de desenvolvimento geral. Por volta de 1920, arquitetura e a arquitetura da paisagem foram separadas, e consideradas como profissões diferentes, com seus próprios programas e níveis de organização. Ainda assim, a arquitetura da paisagem continuou sendo a causa mais importante no planejamento urbano e no desenho urbano. Durante e depois da Depressão, oportunidades de projetar parques nacionais e estaduais, cidades, parkways e novos sistemas de parques urbanos ampliaram a profissão. A orientação da arquitetura da paisagem Americana retomou suas raízes nos projetos públicos, uma tendência que continuou de meados do século XX até os dias de hoje. Fonte de pesquisa: Portal Brasil Profissões

HISTÓRIA DO PAISAGISMO

HISTÓRIA DO PAISAGISMO 1 EMENTA Introdução. Aspectos relacionados ao mercado de flores no Brasil; métodos de propagação de flores e plantas ornamentais. Cultivo de flores de corte e vaso (gladíolo, crisântemo, violeta, rosa,

Leia mais

PAISAGISMO PARQUES E JARDINS. Prof. Eliseu Figueiredo Neto

PAISAGISMO PARQUES E JARDINS. Prof. Eliseu Figueiredo Neto PAISAGISMO PARQUES E JARDINS Prof. Eliseu Figueiredo Neto 1 CONCEITOS PAISAGEM Refere-se ao espaço de terreno abrangido em um lance de vista, ou extensão territorial a partir de um ponto determinado. 2

Leia mais

Túnel das Glicínias, Kawachi Fuji, Japão. História do Paisagismo

Túnel das Glicínias, Kawachi Fuji, Japão. História do Paisagismo Túnel das Glicínias, Kawachi Fuji, Japão História do Paisagismo Mesopotâmia Construídos em 800 a.c. Terraços arborizados e Arquitetura em patamares Irrigados artificialmente Fontes e espelhos d água Egito

Leia mais

Portaria de acesso social, vista interna. Fonte: SAMPAIO, 10/out/2009. Portaria de serviços, vista interna Fonte: SAMPAIO, 10/out/2009.

Portaria de acesso social, vista interna. Fonte: SAMPAIO, 10/out/2009. Portaria de serviços, vista interna Fonte: SAMPAIO, 10/out/2009. CONDOMÍNIOS VERTICAIS RESIDENCIAIS NA CIDADE DE SÃO PAULO (2000-2008): CONDOMÍNIOS - CLUBE O Condomínio Ilhas do Sul abrange uma área total de 30.178m² e tem 118.000m² de área construída. O acesso se faz

Leia mais

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h -

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h - V- MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 3. Estética e História das Artes 05 75h

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO FEAR -Faculdade de Engenharia e Arquitetura FEAR CAMPUS Fig.1 Mapa Campus I (Adaptado pela autora) Fonte: WebSite www.upf.com.br FEAR ENSINO O curso de Arquitetura e Urbanismo da UPF, iniciou suas atividades

Leia mais

A região onde actualmente se localiza a cidade de Nova Iorque era habitada anteriormente por nativos americanos, principalmente pelo povo nativo

A região onde actualmente se localiza a cidade de Nova Iorque era habitada anteriormente por nativos americanos, principalmente pelo povo nativo Nova Iorque. Grande porto natural na costa atlântica do Nordeste dos Estados Unidos. Composta por cinco distritos: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island. Populaçãoem mais de 8,3 milhões de

Leia mais

O conceito de parque ainda gera controvérsias. Comumente confundido com o

O conceito de parque ainda gera controvérsias. Comumente confundido com o 1 INTRODUÇÃO O conceito de parque ainda gera controvérsias. Comumente confundido com o jardim público e até mesmo com as praças ajardinadas, o parque público abrange usos e funções das mais complexas,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo.

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo. RESOLUÇÃO CONSEPE 59/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

A ARTE DIZ O INDIZÍVEL; EXPRIME O INEXPRIMÍVEL, TRADUZ O INTRADUZÍVEL. LEONARDO DA VINCI

A ARTE DIZ O INDIZÍVEL; EXPRIME O INEXPRIMÍVEL, TRADUZ O INTRADUZÍVEL. LEONARDO DA VINCI A ARTE DIZ O INDIZÍVEL; EXPRIME O INEXPRIMÍVEL, TRADUZ O INTRADUZÍVEL. LEONARDO DA VINCI A INSPIRAÇÃO As linhas, os contornos, os tons, a vista. O encanto de uma das regiões mais bonitas de Fortaleza,

Leia mais

Imagem meramente ilustrativa

Imagem meramente ilustrativa Imagem meramente ilustrativa O Parque Office é um empreendimento pioneiro na cidade, serão as primeiras torres comerciais agregadas a um shopping em Belém. Um empreendimento seguro que você faz para construir

Leia mais

Park Movement. Antonio Castelnou

Park Movement. Antonio Castelnou Park Movement Antonio Castelnou CASTELNOU Introdução Os EUA, como colônia britânica de 1607 a 1783, tiveram como principais elementos de sua tradição urbanística aqueles provenientes da Inglaterra, derivados

Leia mais

CIDADES EDUCADORAS DICIONÁRIO

CIDADES EDUCADORAS DICIONÁRIO CIDADES EDUCADORAS A expressão Cidade Educativa, referindo-se a um processo de compenetração íntima entre educação e vida cívica, aparece pela primeira vez no Relatório Edgar Faure, publicado em 1972,

Leia mais

Terceira Ponte Lago Sul - Brasília/DF

Terceira Ponte Lago Sul - Brasília/DF Terceira Ponte Lago Sul - Brasília/DF Alexandre Chan - arquiteto e urbanista A Cidade e a Circulação Trinta e oito anos depois de sua inauguração, Brasília ultrapassou todas as expectativas para seu desenvolvimento.

Leia mais

PERFIL DO CURSO INFORMAÇÕES SOBRE AS ATRIBUIÇÕES DOS ARQUITETOS E URBANISTAS INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE TRABALHO

PERFIL DO CURSO INFORMAÇÕES SOBRE AS ATRIBUIÇÕES DOS ARQUITETOS E URBANISTAS INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE TRABALHO UNIÃO DE ENSINO E CULTURA DE GUARAPUAVA - UNIGUA FACULDADE GUARAPUAVA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO PERFIL DO CURSO INFORMAÇÕES SOBRE AS ATRIBUIÇÕES DOS ARQUITETOS E URBANISTAS INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 258 DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 258 DE 2011 PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 258 DE 2011 Regulamenta a profissão de quiropraxista, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta lei regula a atividade do profissional de quiropraxia,

Leia mais

Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho. Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital

Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho. Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital Assessor Executivo Luis Roberto Wanderley de Siqueira Diretor Presidente da Empresa de Manutenção

Leia mais

UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1

UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ARQUITETURA E URBANISMO PROFESSORA: ELOANE CANTUÁRIA TURMAS: 1ARQV-1 e 1ARQN-1 UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1 MACAPÁ-AP MARÇO/2006

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO PLANO DE ENSINO

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO PLANO DE ENSINO CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO ÁREA: CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA TEORIA E PRATICA DO PAISAGISMO CÓDIGO ARQ 328 CARGA HORÁRIA TOTAL

Leia mais

Hevelyn Baer Villar_ Trabajo Final de Graduação Interdisciplinar

Hevelyn Baer Villar_ Trabajo Final de Graduação Interdisciplinar Trabalho Final de Graduação Interdisciplinar Centro Cultural Maembipe O projeto foi indicado pela Universidade Estadual de Londrina para participar no concurso Ópera Prima de projetos de Fim de Graduação.

Leia mais

COSMOPOLITANO SHOPPING. orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável

COSMOPOLITANO SHOPPING. orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável COSMOPOLITANO SHOPPING orgânico moderno conectado novo completo diverso dinâmico confortável Uma cidade do mundo deve abraçar o mundo. Crescer e prosperar junto com ele. Na era dos novos negócios, coragem

Leia mais

José Elias, 141. Conceito:

José Elias, 141. Conceito: Conceito: menu No meio do jardim tem um escritório. Na beira da janela, uma floreira. Na alma,inspiração. Nasce no ponto mais valorizado do Alto da Lapa o único projeto comercial que leva o verde para

Leia mais

Imagem meramente ilustrativa

Imagem meramente ilustrativa Imagem meramente ilustrativa O Parque Office é um empreendimento pioneiro na cidade, serão as primeiras torres comerciais agregadas a um shopping em Belém. Um empreendimento seguro que você faz para construir

Leia mais

Um edifício que já nasce com uma grande história.

Um edifício que já nasce com uma grande história. Um edifício que já nasce com uma grande história. O Residencial Arauco nasce para ser icônico. Para ser parte da cidade e para ajudá-la a contar a própria história. Um marco histórico A região que abraça

Leia mais

Oportunidade de morar em SBC em Dez/2011

Oportunidade de morar em SBC em Dez/2011 Edição 3, Ano1 Imagem Ilustrativa LANÇAMENTOS DA JACUTINGA JÁ SÃO SUCESSO DE VENDAS OPORTUNIDADE! PRONTOS PARA MORAR Central Park e Piazza Di Spagna Oportunidade de morar em SBC em Dez/2011 Com 3 dormitórios

Leia mais

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland A BHMS Business & Hotel Management School está localizada na cidade de Lucerna e é membro do grupo suíço de escolas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CACCAU Centro de Atividades Complementares do Curso de Arquitetura e Urbanismo REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Nas

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO 2010-2012 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA ARQUITETURA E URBANISMO

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO 2010-2012 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA ARQUITETURA E URBANISMO PAVILHÕES Os edifícios para grandes exposições têm marcado a história da Arquitetura desde 1851, com a construção do Palácio de Cristal, concebido por Joseph Paxton para a primeira Exposição Universal,

Leia mais

Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo

Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo O Mercado Municipal de São Paulo é uma construção histórica localizada na região central da capital. Obra projetada pelo arquiteto Franscisco de Paula Ramos de

Leia mais

PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público

PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público PRAÇA DA REPÚBLICA jardim público Com o objetivo de celebrar e promover as flores, os jardins e espaços verdes, a produção e o comércio locais de flores, assim como as tradições e festividades associadas

Leia mais

REGULAMENTO DE VIAGEM DE ESTUDOS

REGULAMENTO DE VIAGEM DE ESTUDOS REGULAMENTO DE VIAGEM DE ESTUDOS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Florianópolis (SC), 2013 1 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA INSTITUIÇÃO Mantenedora: Sistema Barddal de Ensino Grupo UNIESP Mantida: Faculdades

Leia mais

CARTA DE FLORENÇA Pág. 1 de7 JARDINS HISTÓRICOS. Carta de Florença 1982. Adoptada pelo ICOMOS em Dezembro de 1982

CARTA DE FLORENÇA Pág. 1 de7 JARDINS HISTÓRICOS. Carta de Florença 1982. Adoptada pelo ICOMOS em Dezembro de 1982 Pág. 1 de7 JARDINS HISTÓRICOS Carta de Florença 1982 Adoptada pelo ICOMOS em Dezembro de 1982 Tradução por António de Borja Araújo, Engenheiro Civil IST Dezembro de 2006 Pág. 2 de7 PREÂMBULO O ICOMOS-IFLA

Leia mais

The Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) is welcoming international students to our Brazilian. Studies Short-Term Program.

The Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) is welcoming international students to our Brazilian. Studies Short-Term Program. Enjoy the opportunity to study and live Brazil. The Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) is welcoming international students to our Brazilian Studies Short-Term Program. This Program

Leia mais

Desenvolvimento histórico

Desenvolvimento histórico Desenvolvimento histórico Desde a Antiguidade, o verde esteve associado às atividades lúdicas do ser humano. Os JARDINS SUSPENSOS DA BABILÔNIA foram construídos em 800 a.c., sendo considerados uma das

Leia mais

ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX

ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX Neoclassicismo ou Academicismo: * Últimas décadas do século XVIII e primeiras do XIX; * Retoma os princípios da arte da Antiguidade grecoromana; * A

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO - SNUC

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO - SNUC - SNUC PREVISÃO LEGAL Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e àcoletividade

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Ana Filipa Sequeira Raimundo

CURRICULUM VITAE. Ana Filipa Sequeira Raimundo CURRICULUM VITAE Ana Filipa Sequeira Raimundo Índice 1. IDENTIFICAÇÃO... 3 2. HABILITAÇÕES... 3 3. ATIVIDADE PROFISSIONAL... 4 4. AFILIAÇÕES... 5 5. CERTIFICADOS... 5 6. ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS... 5 7.

Leia mais

AS CIDADES ITALIANAS DA RENASCENÇA

AS CIDADES ITALIANAS DA RENASCENÇA AS CIDADES ITALIANAS DA RENASCENÇA O novo modelo de projeção estabelecido no início do século XV se aplica teoricamente a todo gênero de objetos, desde os artefatos menores à cidade e ao território. Mas

Leia mais

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti Palácio de Versailles Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti O Palácio de Versalhes (em francês Château de Versailles) é um château real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia

Leia mais

ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna.

ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna. ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna.com 1 ADREPAL Espaço Fortuna artes e ofícios Tel. 212 871 068 Fax. 212

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda Universidade Estácio de Sá Artes, Design e Moda A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970,

Leia mais

C on struç ão e J ardin s

C on struç ão e J ardin s C on struç ão e J ardin s Volume X Jardins um Guia de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Tecnico não pode ser reproduzido ou distribuido sem a expressa autorizacao de. 2 Índice Conceito

Leia mais

ESTUDO PARA INTERVENCAO EM MONUMENTOS E SITIOS HISTORICOS: O Caso do Mercado de Farinha de Caruaru-PE

ESTUDO PARA INTERVENCAO EM MONUMENTOS E SITIOS HISTORICOS: O Caso do Mercado de Farinha de Caruaru-PE ESTUDO PARA INTERVENCAO EM MONUMENTOS E SITIOS HISTORICOS: O Caso do Mercado de Farinha de Caruaru-PE TENORIO, LUCIENE A. (1); CARVALHO, AMANDA B. (2); ZHAYRA, ADELAIDE C. (3) 1. LVF Empreendimentos LTDA.

Leia mais

surge o rei do futebol para o mundo. surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10,

surge o rei do futebol para o mundo. surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10, Quando uma cidade inglesa se une a um novo ritmo musical e a quatro rapazes, surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10, surge o rei do futebol

Leia mais

REVITALIZAÇÕES PORTUÁRIAS NO MUNDO A TRANSFORMAÇÃO DAS CIDADES E A INCORPORAÇÃO DE NOVOS CONCEITOS

REVITALIZAÇÕES PORTUÁRIAS NO MUNDO A TRANSFORMAÇÃO DAS CIDADES E A INCORPORAÇÃO DE NOVOS CONCEITOS REVITALIZAÇÕES PORTUÁRIAS NO MUNDO A TRANSFORMAÇÃO DAS CIDADES E A INCORPORAÇÃO DE NOVOS CONCEITOS FRENTE MARÍTIMA ALGUMAS DAS CIDADES MAIS FASCINANTES DO MUNDO, COMO GÊNOVA, LISBOA, LONDRES, BARCELONA,

Leia mais

MORFOLOGIA URBANA DAS ÁREAS DE FUNDO DE VALE DO CÓRREGO DO VEADO EM PRESIDENTE PRUDENTE, SP

MORFOLOGIA URBANA DAS ÁREAS DE FUNDO DE VALE DO CÓRREGO DO VEADO EM PRESIDENTE PRUDENTE, SP 361 MORFOLOGIA URBANA DAS ÁREAS DE FUNDO DE VALE DO CÓRREGO DO VEADO EM PRESIDENTE PRUDENTE, SP Andressa Mastroldi Ferrarezi, Arlete Maria Francisco Curso de Arquitetura e Urbanismo; Departamento de Planejamento,

Leia mais

TORRE DE TV: PROPORCIONANDO BEM ESTAR

TORRE DE TV: PROPORCIONANDO BEM ESTAR TORRE DE TV: PROPORCIONANDO BEM ESTAR Authors: Eliete Araujo¹, Ivana Santos¹, Fabiana Rajão¹, Laura Guerreiro¹ Affiliation: 1 - UniCEUB Keywords: Torre. Requalificar. Inteligente. I. INTRODUÇÃO Este trabalho

Leia mais

Projeto: Brasília, 50 Anos

Projeto: Brasília, 50 Anos CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS AUXILIARES DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE Instituto São José Sobradinho - DF Projeto: Brasília, 50 Anos A comemoração dos 50 anos da capital do Brasil abre espaço para estudar os traços

Leia mais

Neoclássico. França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264

Neoclássico. França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264 Neoclássico França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264 Definição Neoclássico Movimento cultural dado no século

Leia mais

Chope na Ilha. Rústico aconchego. c a s e. Da Redação A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM

Chope na Ilha. Rústico aconchego. c a s e. Da Redação A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM c a s e Chope na Ilha Da Redação Rústico aconchego A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM da capital paulista, acaba de ganhar uma casa que oferece serviços e ambientes de restaurante, choperia e estar.

Leia mais

O Tangará é um pássaro característico da região sudeste paulista que tem seu nome derivado de duas palavras da língua tupi que significam andar em

O Tangará é um pássaro característico da região sudeste paulista que tem seu nome derivado de duas palavras da língua tupi que significam andar em O Tangará é um pássaro característico da região sudeste paulista que tem seu nome derivado de duas palavras da língua tupi que significam andar em volta. Por isso, é considerado um verdadeiro acrobata.

Leia mais

Material preliminar sujeito a alteração. Uso interno.

Material preliminar sujeito a alteração. Uso interno. breve lançamento Material preliminar sujeito a alteração. Uso interno. London. A vanguarda veio morar na tradição. Morar bem é estar na vanguarda. É estar à frente. É perceber que o seu estilo de vida

Leia mais

Grande Florianópolis: Única e fascinante.

Grande Florianópolis: Única e fascinante. kplatz.com.br Grande Florianópolis: Única e fascinante. São José, na Região Metropolitana da Grande Florianópolis, já ocupa o 5º lugar no ranking da economia catarinense. Através da concentração de indústrias

Leia mais

BOLETIM. Esta importante indicação prova que a Bahia já é capaz de competir globalmente com projetos de alto padrão (Edilson Duarte)

BOLETIM. Esta importante indicação prova que a Bahia já é capaz de competir globalmente com projetos de alto padrão (Edilson Duarte) BOLETIM Outubro, 2015 Haras Residence é indicado a prêmio Internacional Esta importante indicação prova que a Bahia já é capaz de competir globalmente com projetos de alto padrão (Edilson Duarte) HARAS

Leia mais

COMÉRCIO E CIDADE : UMA RELAÇÃO DE ORIGEM

COMÉRCIO E CIDADE : UMA RELAÇÃO DE ORIGEM 1 COMÉRCIO E CIDADE : UMA RELAÇÃO DE ORIGEM Heliana Comin Vargas Publicado no Portal do Estado de São Paulo. www.estadao.com.br/ext/eleicoes/artigos31/08/2000 Desde o início das civilizações, comércio

Leia mais

O REDESENHO DO ESPAÇO ABERTO DA CIDADE CONTEMPORÂNEA. ESTUDO COMPARATIVO MACROZONA 8.

O REDESENHO DO ESPAÇO ABERTO DA CIDADE CONTEMPORÂNEA. ESTUDO COMPARATIVO MACROZONA 8. O REDESENHO DO ESPAÇO ABERTO DA CIDADE CONTEMPORÂNEA. ESTUDO COMPARATIVO MACROZONA 8. Aline Priscila Malagutti Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Centro de Ciências Exatas, Ambientais e Tecnologias alininha_malagutti@hotmail.com

Leia mais

MARCA. ponto PARA A SUA. Os desafios ambientais abrem oportunidades para olhares mais atentos.

MARCA. ponto PARA A SUA. Os desafios ambientais abrem oportunidades para olhares mais atentos. Os desafios ambientais abrem oportunidades para olhares mais atentos. Ao adotar uma praça, sua empresa cria novas formas de atuar na responsabilidade social, amplia perspectivas de mercado e desenvolve

Leia mais

Grande Florianópolis: Surpreendente em todos os sentidos.

Grande Florianópolis: Surpreendente em todos os sentidos. kplatz.com.br Grande Florianópolis: Surpreendente em todos os sentidos. São José, na Região Metropolitana da Grande Florianópolis, já ocupa o 5º lugar no ranking da economia catarinense. Através da concentração

Leia mais

ALMARES A história como exemplo, o mar como inspiração

ALMARES A história como exemplo, o mar como inspiração Edif cio ALMARES A história como exemplo, o mar como inspiração Edif cio ALMARES O RESPEITO E A PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA, DE POSSUIR O MAIOR PORTO DA AMÉRICA LATINA E, CLARO, O MAR, FAZEM COM QUE SANTOS

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ARQUITETURA E URBANISMO. COORDENADOR Roberto de Almeida Goulart Lopes rgoulart@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ARQUITETURA E URBANISMO. COORDENADOR Roberto de Almeida Goulart Lopes rgoulart@ufv.br 76 Currículos dos Cursos UFV ARQUITETURA E URBANISMO COORDENADOR Roberto de Almeida Goulart Lopes rgoulart@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 77 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

A IDÉIA DE SISTEMA DE ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS NA AÇÃO DE PAISAGISTAS PIONEIROS NA AMÉRICA LATINA Fany Cutcher Galender

A IDÉIA DE SISTEMA DE ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS NA AÇÃO DE PAISAGISTAS PIONEIROS NA AMÉRICA LATINA Fany Cutcher Galender 1 A IDÉIA DE SISTEMA DE ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS NA AÇÃO DE PAISAGISTAS PIONEIROS NA AMÉRICA LATINA Fany Cutcher Galender Trabalho apresentado à disciplina AUP 5810-Paisagismo, ministrada sob responsabilidade

Leia mais

A em pre sa. Institucional. Edifício Waterloo

A em pre sa. Institucional. Edifício Waterloo A em pre sa Institucional Desde 2003 no mercado do Vale do Aço, a Costa Construtora investe em qualidade e tecnologia com o objetivo de atender toda a demanda na área de construção civil e melhorar o desempenho

Leia mais

ARQUITETURA MODERNA BRASILEIRA (a partir de 1944)

ARQUITETURA MODERNA BRASILEIRA (a partir de 1944) ARQUITETURA MODERNA BRASILEIRA (a partir de 1944) Lúcio Costa e Oscar Niemeyer TEORIA E HISTÓRIA DA ARQUITETURA IV Profa. Dra. Deusa Maria R. Boaventura Profa. Isabela Ferrante 1. Arquitetura Moderna Brasileira

Leia mais

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia)

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia) MUSEU DO CARRO ELÉTRICO Inaugurado em 1992, o Museu do Carro Elétrico nasceu da dedicação e voluntarismo de um pequeno grupo de entusiastas e apaixonados por este meio de transporte coletivo, impulsionados

Leia mais

Integração Laser Scanner - BIM

Integração Laser Scanner - BIM Fernando Cesar Ribeiro Toppar Engenharia de Levantamentos Marcelo Nepomuceno Uso da nuvem de pontos geradas em levantamentos por Laser Scanner para modelagem de geometria e informações para construção

Leia mais

Arquitetura: do repertório à prática

Arquitetura: do repertório à prática Arquitetura: do repertório à prática Arquiteto: - tecton, em grego, designava um artífice ligado à construção de objetos por junção de peças; - arqui, prefixo que indica superioridade. Arquitetura: Aurélio:

Leia mais

CASTRIOTA, L.B. Patrimônio Cultural. Conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009.

CASTRIOTA, L.B. Patrimônio Cultural. Conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009. INVENTÁRIO DE BENS CULTURAIS DE RIBEIRÃO PRETO SP Henrique Telles Vichnewski 1 Lílian Rodrigues de O. Rosa 2 Nainôra Maria B. de Freitas 3 O Inventário de Bens Culturais de Ribeirão Preto faz parte do

Leia mais

JUQUEHY S I N G U L A R, C O M O V O C Ê.

JUQUEHY S I N G U L A R, C O M O V O C Ê. JUQUEHY S I N G U L A R, C O M O V O C Ê. Foto do local FRONT BEACH JUQUEHY. UM BRINDE AO SEU MELHOR MOMENTO. Contemplar o mar, o nascer e o pôr do sol. Sentir a brisa do oceano tocar o seu corpo. Pisar

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO 132 ARQUITETURA E URBANISMO COORDENADORA DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Aline Werneck Barbosa de Carvalho abarbosa@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 CURRÍCULO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

Leia mais

ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS

ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS 2 3 Artes da Infância infans Do latim, infans significa aquele que ainda não teve acesso à linguagem falada. Na infância adquirimos conhecimentos, acumulamos vivências e construímos

Leia mais

Vale do Loire - foto em setembro de 2008. Apartamento do Reserva Albalonga - foto em julho de 2011. Chácara Suíça - foto em julho de 2011

Vale do Loire - foto em setembro de 2008. Apartamento do Reserva Albalonga - foto em julho de 2011. Chácara Suíça - foto em julho de 2011 Vale do Loire - foto em setembro de 2008 O Parque Tropical é completo porque reúne segurança, qualidade, valor, estilo e inovação, além de ter na marca da incorporadora um dos seus principais diferenciais.

Leia mais

A ideia inicial é tornar o conteúdo mais dinâmico, menos descritivo e valorizar mais as pesquisas, as atividades lúdicas, artísticas, investigativas

A ideia inicial é tornar o conteúdo mais dinâmico, menos descritivo e valorizar mais as pesquisas, as atividades lúdicas, artísticas, investigativas A ideia inicial é tornar o conteúdo mais dinâmico, menos descritivo e valorizar mais as pesquisas, as atividades lúdicas, artísticas, investigativas e as representações subjetivas sobre os conceitos estudados.

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO RONALDO FONSECA

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO RONALDO FONSECA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI N 0 5.618, DE 2005 (Apensados os Projetos de Lei nº 7.456, de 2006 e nº 7.741, de 2010) Dispõe sobre a regulamentação da profissão

Leia mais

Rua Ângelo Ongaro, 903, Parque Versailles, Sumaré SP 19 3873-5571 / 11 5508-4500

Rua Ângelo Ongaro, 903, Parque Versailles, Sumaré SP 19 3873-5571 / 11 5508-4500 dmv.com.br Empreendedor Empreendedor A SmithCo atua no mercado há mais de 30 anos, já A PIB - Parques Industriais Brasileiros, constrói, aluga e gerou ativos imobiliários na ordem de R$ 2,90 bilhões e

Leia mais

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 Regime de funcionamento do curso. 4.1.2 Natureza das disciplinas

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 Regime de funcionamento do curso. 4.1.2 Natureza das disciplinas 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso O objetivo deste Guia é apresentar as informações básicas sobre o Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Uberlândia, servindo

Leia mais

Planejamento e Desenho Urbano. Antonio Castelnou

Planejamento e Desenho Urbano. Antonio Castelnou Planejamento e Desenho Urbano Antonio Castelnou CASTELNOU Introdução A Segunda Guerra Mundial (1939/45) provocou uma destruição material muito maior que a primeira. Contudo, o auxílio americano e o progresso

Leia mais

HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado. Teoria da Percepção Gisele Carvalho. Teoria da Percepção

HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado. Teoria da Percepção Gisele Carvalho. Teoria da Percepção CURSO: Arquitetura SEMESTRE: 2016.1 PERÍODO:1 PERÍODO Desenho Artistico Teoria da Percepção / Desenho Artistico Desenho Artistico Geometria Geometria Teoria da Percepção Teoria da Percepção / / História

Leia mais

Temário para Trabalhos Técnicos

Temário para Trabalhos Técnicos PROJETO COMERCIAL A Entidade A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PAVIMENTAÇÃO, voltada exclusivamente para a tecnologia de rodovias, aeroportos, vias urbanas e ferrovias, tem atuação em todo o território brasileiro,

Leia mais

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS O programa irá prepará-lo para ser um especialista em Design de Interiores Comerciais na elaboração de projetos comerciais ou de serviços. MBA EM DESIGN DE INTERIORES

Leia mais

Levantamento Histórico

Levantamento Histórico Praça Roosevelt Levantamento Histórico Até o final do século XIX, o local onde se encontra a Praça Roosevelt era a chácara de Dona Veridiana Prado. Este local teve diversos usos durante este período, desde

Leia mais

itabira diagnóstico e propostas

itabira diagnóstico e propostas itabira diagnóstico e propostas A CVRD foi constituída, em 1942, a partir de ativos minerários existentes, sobretudo as minas de Itabira. Cauê foi a maior mina de minério de ferro do Brasil As operações

Leia mais

2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi

2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi 30 2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi convidado para projetar o Hotel Imperial em Tóquio, no Japão. A obra deveria

Leia mais

COMITÊ BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA ARTE CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA ANPUH E AOS COLEGAS HISTORIADORES

COMITÊ BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA ARTE CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA ANPUH E AOS COLEGAS HISTORIADORES CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA ANPUH E AOS COLEGAS HISTORIADORES História Prezado Prof. Benito Bisso Schmidt Presidente da Associação Nacional dos Professores Universitários de Tendo tomado conhecimento

Leia mais

Tamwood International

Tamwood International Tamwood International Os departamentos da Tamwood são: Tamwood International College Programas de Inglês para Adultos Acampamentos de Verão e de Inverno para Crianças e Adolescentes Programas de Trabalho

Leia mais

PROJETOS ARQUITETÔNICOS

PROJETOS ARQUITETÔNICOS PROJETOS ARQUITETÔNICOS ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Metodologia do Projeto Arquitetônico Detalhes Arquitetônicos Ergonomia e Acessibilidade Conforto Ambiental em Projetos Arquitetônicos

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA. Proposta de Reestruturação da Arquitetura Acadêmica da Educação Superior no Brasil

UNIVERSIDADE NOVA. Proposta de Reestruturação da Arquitetura Acadêmica da Educação Superior no Brasil UNIVERSIDADE NOVA Proposta de Reestruturação da Arquitetura Acadêmica da Educação Superior no Brasil Proposta Universidade Nova: implantação do Bacharelado Interdisciplinar (BI) ajuste da estrutura curricular

Leia mais

Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui.

Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui. Beira-Mar de São José kplatz.com.br Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui. Crescer e se desenvolver. Palavras-chave que destacam a Região Metropolitana da Grande Florianópolis. As mais

Leia mais

Paisagem de alta performance, infraestrutura verde e suas. aplicações na gestão da. água.

Paisagem de alta performance, infraestrutura verde e suas. aplicações na gestão da. água. Paisagem de alta performance, infraestrutura verde e suas MARCELO VASSALO aplicações na gestão da Arquiteto Paisagista contato@marcelovassalo.com.br água. PAISAGEM DE ALTA PERFORMANCE É AQUELA QUE INCORPORA

Leia mais

Quando você escolhe certo, sua família é quem comemora.

Quando você escolhe certo, sua família é quem comemora. Quando você escolhe certo, sua família é quem comemora. Bem-estar, ótima localização, lazer e segurança: bem-vindo ao seu futuro endereço. escolha VIVER BEM COM A SUA FAMÍLIA. Perspectiva ilustrada do

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, BACHARELADO CURRÍCULO 1620 REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

comunicação visual para a

comunicação visual para a projetos de design e comunicação visual para a cidade contemporânea solange de oliveira patrícia a. nascimento sheila nicolini neto orgel ramos júnior estudo de casos Parque das Nações (Lisboa); Estação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca deirantes de ontem, mas dos homens

Leia mais

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY Os seis passos para a modernidade Chegada da Família Real Portuguesa (1808); Missão Artística Francesa; Academia Imperial

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, BACHARELADO CURRÍCULO 1610 REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

P O R T O M A R A V I L H A

P O R T O M A R A V I L H A P O R T O M A R A V I L H A P O R T O M A R A V I L H A Porto do Rio Zona Portuária Hoje Da fundação aos dias de hoje Oficialmente, o Porto do Rio de Janeiro foi inaugurado em 1910, o que impulsionou o

Leia mais

12 A16 JUNHO PLANOS DE PATROCÍNIO DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS.

12 A16 JUNHO PLANOS DE PATROCÍNIO DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS. 10anos fenahabit.com.br REALIZANDO SONHOS, CONCRETIZANDO NEGÓCIOS. AS MELHORES EMPRESAS ESTÃO AQUI. feirafabricon.com.br DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS. PLANOS DE PATROCÍNIO

Leia mais

VII Semana de Ciência e Tecnologia IFMG Câmpus Bambuí VII Jornada Científica e I Mostra de Extensão 21 a 23 de outubro de 2014

VII Semana de Ciência e Tecnologia IFMG Câmpus Bambuí VII Jornada Científica e I Mostra de Extensão 21 a 23 de outubro de 2014 Plantando a Semente, Cultivando Vidas Alex Lopes Carvalho 1 ; Vagner Aparecido Vítor² Ricardo Monteiro Corrêa ³; ¹ Estudantes de Agronomia. Instituto Federal Minas Gerais (IFMG) campus Bambuí. Bambuí MG.

Leia mais

SE HOUVESSE UM LUGAR ONDE VOCÊ PUDESSE VIVER O RESTO DE SUA VIDA, COMO SERIA? ONDE SERIA?

SE HOUVESSE UM LUGAR ONDE VOCÊ PUDESSE VIVER O RESTO DE SUA VIDA, COMO SERIA? ONDE SERIA? SE HOUVESSE UM LUGAR ONDE VOCÊ PUDESSE VIVER O RESTO DE SUA VIDA, COMO SERIA? ONDE SERIA? UM SANTUÁRIO PARA O CORPO UMA COMUNIDADE PARA A MENTE UM PARQUE DE DIVERSÕES PARA A ALMA A VIDA EQUILIBRADA É A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura

Leia mais

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. ANA PAULA CORDEIRO ARTE ARTE? O QUE É? QUAL SUA NECESSIDADE? QUAL SUA FUNÇÃO? ARTE: O QUE É? ARTE Uma forma de criação de linguagens- a linguagem visual,

Leia mais