Maker Planet Manual do Usuário

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário"

Transcrição

1 Maker Planet Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o Maker Planet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento. Arquivo gerado na terça-feira, 26 de maio de 2009 Autor: Lourival Oliveira da Silva Versão: Rascunho

2 Conteúdo Guia Rápido... 4 Publicando uma aplicação feita em Maker 2 na Web... 5 Dados de acesso... 5 Acessando o Painel de Controle... 5 Introdução ao Painel de Controle... 5 Fazendo Upload de sua aplicação... 6 Histórico de uso de memória... 6 Importação do FRZ (Experimental)... 7 Opções avançadas... 7 Webrun visual settings... 7 Webrun advanced settings... 8 DNS Integration... 8 Webrun version and temp files... 9 Protegendo o código fonte... 9 Como remover o código fonte do JAR Administração do Banco de dados Criando um novo banco de dados Fazendo o backup Enviando um backup para o servidor Upload do backup via FTP Copiando o backup do servidor Restaurando um backup Excluindo um banco de dados Mais ferramentas administrativas Criando as tabelas FR do Maker Tabelas utilizadas após a geração de código Otimizando sua aplicação para web Reduzindo o consumo de memória Reduza o número de aplicações publicadas Limitando a quantidade de registros consultados Reduzindo o número de listas dinâmicas (lookups) Reduzindo o tráfego de rede Aumentado a segurança

3 Acompanhando suas faturas Integração com websites Tela de login personalizada Redirecionando subdomínios para uma aplicação específica Anexo I - Configurando o servidor DNS no Parallels Plesk Control Panel Anexo II Pagamento via PagSeguro UOL

4 Guia Rápido Veja como publicar uma aplicação rapidamente no Maker Planet. 1. Gere o código fonte da aplicação que será publicada no formato JAR; 2. Mude o nome do JAR para que tenha o mesmo nome do WFRE do projeto (ex: Sistema de Exemplo.jar e Sistema de Exemplo.wfre ); 3. Acesse o Maker Planet e faça login no Painel de Controle; 4. Faça upload do JAR e do WFRE na seção Maker Applications (primeira aba); Crie o banco de dados remotamente usando um dos métodos abaixo: a. Usando um backup do banco de dados: i. Faça um backup do banco de dados da aplicação; ii. Faça o upload do Backup do backup do banco de dados; iii. Restaure o backup remotamente; b. Usando o script para criação das tabelas: i. Crie uma nova base de dados usando o Painel de Controle; ii. Acesse o banco usando uma das ferramentas administrativas disponíveis no site; iii. Execute o script de criação do banco de dados; 5. Inicie o seu servidor de aplicação; 6. Acesse o sistema e faça as configurações necessárias no WFRE a. Defina o login e senha do banco; b. Defina o nome do host e a porta do servidor; 4

5 Publicando uma aplicação feita em Maker 2 na Web Este tópico descreve como utilizar o Maker Planet para publicar suas aplicações feitas em Maker 2 na Web. Dados de acesso Após a confirmação do seu cadastro no Maker Planet você receberá um com os dados de sua conta de usuário e senha. Serão entregues duas senhas, uma para sua conta pessoal e outra para as atividades do sistema como FTP e banco de dados. Acessando o Painel de Controle No site do Maker Planet você deve clicar sobre o link do Painel de Controle, será exibida a tela de login, use os dados recebidos para acessar sua conta. Introdução ao Painel de Controle O Painel de Controle é uma aplicação Maker que permite que você administre as aplicações publicadas na Maker Planet. Além de controlar detalhes técnicos do seu sistema, você também pode acompanhar as faturas. Relação de contratos de hospedagem ativos, administração do tomcat e atualização das aplicações Faturas emitidas e pagamento de faturas 5

6 Fazendo Upload de sua aplicação O primeiro passo é gerar o JAR com a aplicação compilada em seu ambiente de desenvolvimento. Veja como gerar o JAR nos seguintes tópicos do Manual do Maker 2: exportar_codigo_jar.htm Agora basta clicar no botão Upload, o arquivo será adicionado à pasta systems do Webrun. Somente arquivos JAR e WFRE podem ser adicionados aqui. Após adicionar um JAR você deve reiniciar o Tomcat para que a aplicação seja atualizada. Histórico de uso de memória Este gráfico permite acompanhar o uso de memória de sua aplicação ao longo dos últimos dias. Você também pode consultar o relatório detalhado contendo os dados dos últimos dias de sua aplicação. É importante acompanhar o uso de memória para evitar que falte memória para sua aplicação devido ao aumento de carga após a implantação. No relatório você também poderá observar o 6

7 número de acessos (sessões de usuários) durante o dia, verificando a relação entre a quantidade de usuários e o consumo de memória. Importação do FRZ (Experimental) Através desta interface é possível atualizar sua aplicação rapidamente, se valendo dos recursos de exportação/importação do Maker (FRZ). Opções avançadas Webrun visual settings Esta seção permite definir detalhes da aparência do seu Webrun. Custom background Utilize para especificar a imagem de fundo do Webrun na tela de seleção do sistema. 7

8 Custom login image Utilize para redefinir a imagem que aparece no banner da tela de login. Webrun advanced settings Aqui estão listadas algumas opções de configuração do Webrun que você deve dedicar alguma atenção. Optimize to internet O Webrun por padrão transfere muito mais código para a camada cliente do que o normalmente necessário, isso ocorre porque ele vem configurado para o ambiente de Intranet onde é aceitável tal desperdício devido aos benefícios que ele pode oferecer. Porém você pode melhorar significativamente a performance de suas aplicações. Consulte o manual do Webrun para saber as implicações de tal recurso. Enable Task Schudeler Ativa o agendador de tarefas do Webrun, sem essa opção os fluxos agendados não irão executar, caso não tenha nenhum fluxo agendado desative tal opção para poupar recursos. Debug mode Ative somente quando estiver encontrando problemas em sua aplicação e deseja mais detalhes sobre o erro, desative assim que solucionar o problema. Rule timeout Determina o tempo máximo de execução dos fluxos. Coloque o menor valor possível pois se o fluxo demorar muito provavelmente há um erro de programação que pode estar desperdiçando os recursos do servidor. DNS Integration Permite especificar uma URL alternativa para acesso a sua aplicação, aqui você informará a URL que o cliente irá utilizar sem o HTTP, por exemplo: apps.meusite.com.br. Para adicionar mais de uma URL use um espaço como separador. Depois você deve configurar o seu servidor DNS para redirecionar as requisições para a conta nos servidores do Maker Planet através de um registro CNAME. Para tal adicione um registro CNAME ao seu servidor DNS que irá redirecionar um subdomínio (neste exemplo apps) do seu site para os servidores do MakerPlanet, por exemplo para que seus clientes acessem os seus sistemas através da URL e sejam redirecionados para basta adicionar o seguinte registro no seu DNS: Tipo: CNAME Origem: apps Destino: minhaconta.makerplanet.com Há um período para atualização do DNS, após algum tempo (< 4h) o redirecionamento do seu site começará a funcionar e você será redirecionado para o MakerPlanet, que também tem um período para atualização das URL s alternativas (24h-72h), enquanto esta atualização não for efetuada você verá o site do Maker Planet. 8

9 Usando o DNS dos servidores do MakerPlanet Caso você ainda não tenha um DNS para o seu domínio, ou ele somente será usado para a aplicação você poderá utilizar o Name Servers do Maker Planet, para tal adicione os seguintes servidores como Name Servers no registro no seu domínio: Name Server 1 Nome: ns1.makerplanet.com.br IP: Name Server 2 Nome: ns2.makerplanet.com.br IP: Webrun version and temp files Utilize para controlar a versão do Webrun e Gerador de relatórios utilizado. Webrun version Aqui você pode especificar qual versão do Webrun será utilizada em sua aplicação, você pode alterar a versão utilizada a qualquer momento, mas antes é necessário parar o Tomcat. Republish Use este comando para limpar o context do Webrun, a pasta work será apagada, e o WAR do Webrun será republicado apagando qualquer alteração na pasta do Webrun restaurando-o para o estado original. Maker Reports Esta opção permite substituir a versão do gerador de relatórios em uso no seu Webrun, é recomendável parar o Tomcar antes de trocar a versão para evitar que algum relatório em execução impeça a conclusão da tarefa. HTTP, HTTPS e Client Authentication Permite configurar o acesso via HTTPS, HTTP e autenticação da máquina cliente. Autenticação da máquina do cliente Este recurso restringe o acesso ao sistema somente através de computadores com um certificado SSL instalado, ou seja, somente os computadores em que você adicionar o certificado terão acesso ao sistema, esta opção desabilita o acesso via HTTP. Protegendo o código fonte Não é necessário fazer UPLOAD das tabelas FR que contém os códigos fontes do seu sistema, no Maker Planet você pode trabalhar com o JAR, que é a versão compilada de sua aplicação. Um aspecto que devemos observar quando trabalhamos com o JAR é que ele contém tanto o sistema compilado (bytecode), quanto o código fonte em Java (*.java), ou seja, é possível editar seu sistema, ou observar detalhes do funcionamento através dos códigos das classes em Java. Para evitar tal situação basta remover os códigos fonte do arquivo JAR. 9

10 Como remover o código fonte do JAR Ao exportar sua aplicação para um arquivo JAR o código fonte em Java é adicionado ao JAR também, caso não seja interessante para o seu negócio você pode remover os fontes em Java do JAR deixando somente as classes compiladas. Para remover os fontes em Java abra o arquivo JAR com uma ferramenta compatível com ZIP (WINRAR ou WINZIP - por exemplo), localize a pasta `src na raiz do zip e delete-a. Isso removerá todos os fontes em JAVA contido no JAR gerado pelo Webrun. 10

11 Administração do Banco de dados Este tópico cobre a administração dos seus bancos de dados nos servidores. A interface web fornece as funcionalidades principais para publicação e manutenção de uma aplicação Maker. Criando um novo banco de dados A interface administrativa permite criar novos bancos de dados remotamente. Fazendo o backup Para iniciar um backup selecione um banco de dados e clique sobre o botão Make a backup now, o backup será listado na aba Backups onde poderá ser baixado, restaurado ou excluído. 11

12 Enviando um backup para o servidor Cada backup deve ser enviado usando o botão correspondente ao DBMS. Upload do backup via FTP Quando o backup for muito grande você pode fazer o upload via FTP, para tal acesse o ftp.makerplanet.com usando um cliente FTP como WINSCP (http://winscp.net/), ou o próprio FTP disponível no prompt de comando do Windows. Após conectar-se via FTP você deve acessar a pasta de backups de banco de dados \backups\databases agora basta fazer o upload do arquivo. Ao fazer upload certifique-se de que os backups tenham a extensão padrão correspondente ao banco, no MakerPlanet convencionamos o seguinte: PostgreSQL - *.backup MS SQL Server - *.bak MySQL - *.sql 12

13 Após fazer o upload do arquivo use o botão Refresh para que os novos arquivos sejam reconhecidos pela interface administrativa e então você poderá utilizá-los para um restore. Exemplo de upload de backup usando o FTP do Windows C:\>ftp ftp.makerplanet.com Connected to ftp.makerplanet.com. 220 Wellcome to MakerPlanet FTP User (ftp.makerplanet.com:(none)): login 331 Password required for Password: ***** 230 User login logged in. ftp>cd backups\databases 250 CWD command successful. "/backups/databases" is current directory. ftp>lcd c:\meusbackups\ Local directory now c:\meusbackups\ ftp>binary 200 Type set to I. ftp>put meusistema.backup OBS: O comando binary especifica que o arquivo sendo transmitido não é um texto, se for omitido pode causar erros na transmissão. Copiando o backup do servidor Você pode fazer o download do backup através da interface administrativa usando sua conta FTP. 13

14 Restaurando um backup Maker Planet - Manual do usuário Ao selecionar um backup para ser restaurado você pode definir se ele será efetuado sobre um banco de dados existente ou um novo banco de dados. Se for um novo banco de dados informe o nome e o Charset/Collation do banco de dados que será criado. Excluindo um banco de dados Basta selecionar um banco de dados e clicar sobre o botão Drop Database, pare o tomcat antes de tentar remover um banco de dados para certificar-se de que não haja nenhuma conexão ativa com o BD que está sendo excluído. Se o banco de dados não for excluído verifique o log para determinar a causa. Mais ferramentas administrativas Além da interface do Painel de Controle o Maker Planet oferece três outras ferramentas administrativas especificas para cada banco de dados suportado, são elas: 14

15 phppgadmin PostgreSQL - phpmyadmin MySQL Web Data Administrator MS-SQL Server Criando as tabelas FR do Maker Ao se publicar uma aplicação Maker devem ser mantidas algumas tabelas no banco de dados de produção, de acordo com o tipo de publicação e dos recursos desejados essa lista de tabelas pode se modificar. Tabelas utilizadas após a geração de código Ao publicar sua aplicação você precisará criar as tabelas abaixo no banco de dados. As tabelas do Agendador de tarefas são opcionais. Tabelas necessárias para a publicação das aplicações com JAR ou WAR FR_SISTEMA FR_USUARIO FR_GRUPO Controle de acesso FR_USUARIO_GRUPO FR_USUARIO_SISTEMA FR_PERMISSAO FR_LOG Log de atividades FR_LOG_EVENT FR_RELATORIO Gerador de relatórios Agendador de tarefas Identificação do usuário no SGDB FR_TAREFA FR_TAREFA_TEMPO FR_REGRAS FR_SESSAO FR_SESSAO_VI Relatórios do sistema (desnecessário a partir da versão ) 15

16 Otimizando sua aplicação para web Uma aplicação web precisa ser executada com melhor utilização dos recursos, já que há diversas limitações impostas pelo cenário atual da internet, especialmente no Brasil. O Webrun é um aplicativo suficientemente versátil para atender à uma Intranet, assim como a publicações na Internet. Mas ao usarmos essa abordagem devemos ter alguns pontos em mente. Reduzindo o consumo de memória A memória que o Webrun consome pode aumentar consideravelmente quando se deixa de lado alguns detalhes na construção do seu software. Reduza o número de aplicações publicadas Cada aplicação publicada consome recursos que poderiam ser economizados publicando o software em um único aplicativo separado em módulos. Ou seja, se você tem um módulo financeiro, e outro administrativo separe-os em módulos de um mesmo programa, e use os recursos de permissão para exibir/ocultar os recursos que cada usuário tem acesso. Limitando a quantidade de registros consultados Uma base de dados pode crescer rapidamente após a implantação, ou seja, consultas que inicialmente retornavam poucas dezenas de registros podem com o passar do tempo retorna milhares ou mesmo milhões de registros, para evitar que o consumo de memória suba com o tempo use limitadores de SELECT (TOP/LIMIT/FIRST) para determinar a quantidade máxima de registros que as consultas irão retornar, assim formulários e listas dinâmicas não carregarão mais registros do que um valor razoável (< 200). Reduzindo o número de listas dinâmicas (lookups) Não utilize listas dinâmicas para exibir valores que podem vir no SELECT do formulário, ou seja, se você tem uma tela para consultar o histórico escolar de um aluno, por exemplo, o nome do curso e do professor não precisam ser listas dinâmicas, pode-se adicionar um JOIN ao SELECT e trazer esses dados mais rapidamente usando menos consultas ao banco de dados. Tente reduzir o número de listas dinâmicas (lookups) ao estritamente necessário. Reduzindo o tráfego de rede Há alguns parâmetros que fazem com que seu aplicativo somente envie para os clientes (browsers) as regras em uso de cada tela, assim como os componentes (lookup, edit, grid,...) usados em cada tela reduzindo assim o tráfego de rede, além do processamento necessário para carga do aplicativo. Aumentado a segurança Quando uma aplicação é publicada na web sua visibilidade aumenta, consequentemente devemos nos preocupar mais com a segurança da aplicação. Há parâmetros de configuração que reforçam a segurança como, por exemplo: Seguranca:Permissao:RemoverCamposInvisiveis Não envia para o cliente/navegador os campos invisíveis. RestringirAcessoAdministrativo Remove o link de acesso a interface adminitrativa do Webrun. 16

17 Acompanhando suas faturas Dez dias antes do vencimento de sua mensalidade a fatura correspondente estará acessível no Painel de Controle. A fatura pode ser paga através do PagSeguro UOL, ou através do PayPal. 17

18 Integração com websites As aplicações hospedadas nos servidores do Maker Planet podem ser integradas com seu website de diferentes formas, a primeira alternativa consiste em usar uma tela de login personalizada no website que já redireciona para a aplicação desejada, ou usar diferentes URLs para apontar para diferentes sistemas, observe as duas abordagens abaixo. Tela de login personalizada Para personalizar tela de login dê uma olhada neste artigo na Wiki da Softwell: Redirecionando subdomínios para uma aplicação específica É possível definir múltiplos domínios apontando para uma única conta no Maker Planet, por exemplo: demonstration.makerplanet.com e demo.makerplanet.com são definidos como aliases para a mesma conta, este recurso pode ser estendido para que cada URL seja direcionada para uma aplicação específica, para tal é necessário a edição do arquivo index.jsp, que se encontra na raiz do Webrun. O objetivo deste código é lê a URL de origem da requisição (request) e comparar com os itens da lista, se tiver um sistema correspondente a requisição é redirecionada para o sistema, exibindo a tela de login. No exemplo hipotético abaixo se a requisição vier de demo1.makerplanet.com o sistema com a sigla SGP é aberto, se vier de demo2.makerplanet.com irá para o sistema TER. Quando for utilizar sistemas com a mesma sigla use o recurso de nome de instância e passe o nome da instância junto com o nome do sistema, por exemplo, se houvesse um sistema com a sigla MPL e duas instâncias desse sistema chamadas MATRIZ e FILIAL, o sys ficaria com MPL_MATRIZ e MPL_FILIAL respectivamente. index.jsp --INICIO DO ARQUIVO <% %> String targeturl = ""; String URL = request.getservername(); if (URL.equals("demo1.makerplanet.com ")) targeturl = "/logon.jsp?sys=sgp"; if (URL.equals("demo2.makerplanet.com")) targeturl = "/logon.jsp?sys=tre"; if (URL.equals("demo3.makerplanet.com")) targeturl = "/logon.jsp?sys=mpl_matriz"; if (URL.equals("demo4.makerplanet.com")) targeturl = "/logon.jsp?sys=mpl_filial"; response.setstatus(301); response.setheader( "Location", targeturl ); response.setheader( "Connection", "close" ); --FIM DO ARQUIVO Lembre-se de colocar o arquivo index.jsp dentro do Maker.Commons para evitar que o código se perca durante uma atualização do Webrun. 18

19 Anexo I - Configurando o servidor DNS no Parallels Plesk Control Panel Alguns provedores de hospedagem usam o Plesk como interface administrativa, esta interface permite a configuração do DNS diretamente pelo cliente, se esta opção estiver liberada pelo seu provedor, caso não esteja entre em contato com o seu provedor para obter alternativas. Caso esteja selecione o domínio que deseja integrar, neste exemplo vamos usar como exemplo a URL lourival.eti.br, localize o e clique sobre o ícone DNS Settings. Será exibida a lista de entradas existentes no DNS e um botão para adicionar novos registros Add Record. Clique sobre este botão para que seja exibida a interface de cadastro de novos registros. Selecione o tipo de registro, que deve ser CNAME, no próximo campo você deve informar o nome do subdomínio que será redirecionado, neste exemplo apps, e por fim a URL da conta no MakerPlanet sem o HTTP, algo do tipo minhaconta.makerplanet.com. Basta clicar em OK e aplicar as alterações. 19

20 Anexo II Pagamento via PagSeguro UOL 1. Façao o Login no Painel de Controle: 2. Clique sobre o botão... da fatura exibida na grade inferior da sua tela inicial no Painel de Controle; 3. Será exibido uma tela com os detalhes da fatura, utilize o botão Make this payment using PagSeguro para ser redirecionado para o site do PagSeguro UOL; 20

21 4. Neste ponto você estará no site da UOL, siga as informações oferecidas pelo sistema, é possível efetuar o pagamento usando boleto, cartão de crédito, depósito em conta, entre diversos outros; 5. Observe a barra de endereço ou o cadeado indicando que este é um site seguro, essa é a garantia de que você está no local correto; 21

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o Maker Planet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

MakerPlanet. Manual do Usuário. www.makerplanet.com

MakerPlanet. Manual do Usuário. www.makerplanet.com MakerPlanet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o MakerPlanet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

MakerPlanet. Manual do Usuário. www.makerplanet.com

MakerPlanet. Manual do Usuário. www.makerplanet.com MakerPlanet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o MakerPlanet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Caro cliente,

PROPOSTA COMERCIAL. Caro cliente, PROPOSTA COMERCIAL Caro cliente, O MakerPlanet.COM é uma empresa que oferece serviçso de hospedagem especializado em publicação de aplicações Maker na internet. Todos os nossos planos são totalmente compatíveis

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Parallels Plesk Panel 11 Tour prático do Produto para Proprietários de Website

Parallels Plesk Panel 11 Tour prático do Produto para Proprietários de Website Parallels Plesk Panel 11 Tour prático do Produto para Proprietários de Website Este documento fornece um breve tour prático do painel de controle de hospedagem do Parallels Plesk Panel 11 para um proprietário

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html Page 1 of 9 Veja abaixo como proceder para alterar as configurações de hospedagem do seu site: Na nova plataforma de hospedagem, a estrutura de diretórios FTP vai mudar um pouco. Ou seja, em caso de atualização

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla

Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla Sumário Criando Servidor/Conta Livezilla... 1 Configurando e colocando ícone Livezilla no Site... 12 Editando perfil seu e do chat... 22 Criando Servidor/Conta

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Procedimentos para Instalação do SISLOC

Procedimentos para Instalação do SISLOC Procedimentos para Instalação do SISLOC Sumário 1. Informações Gerais...3 2. Instalação do SISLOC...3 Passo a passo...3 3. Instalação da Base de Dados SISLOC... 11 Passo a passo... 11 4. Instalação de

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. Guia de Instalação do SolidWorks 2010 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

MULTIACERVO - VERSÃO 17.*

MULTIACERVO - VERSÃO 17.* MULTIACERVO - VERSÃO 17.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 16.* PARA 17.* CONTEÚDO: A) Procedimentos comuns para todas as arquiteturas B) Procedimentos exclusivos arquitetura Cliente/Servidor MS-SQL-SERVER

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started.

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started. 1 - Como obter seu DNS Dinâmico no No-IP O No-IP, é um sistema de DNS (Domain Name Server), que converte o seu endereço IP em um nome. O que o No-IP faz, é converter o nome do tipo minhacameraip.no-ip.org

Leia mais

Manual do Usuário. Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia. REV. 2.0 Diadema Outubro 2010. Índice

Manual do Usuário. Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia. REV. 2.0 Diadema Outubro 2010. Índice Manual do Usuário Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia REV. 2.0 Diadema Outubro 2010 Índice Introdução Este manual tem como objetivo detalhar o funcionamento do aplicativo Intranet responsável

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS Prof. Celso Masotti São Paulo - 2009 A estrutura completa de um nome para navegação é: www.dns.dpn.cctld Não entendeu? E se eu colocar dessa forma? www.parafusos.com.br I -

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION Parabéns por instalar o CRACKIT MV! Agora chegou a hora de configurá-lo e administrá-lo. Todo o ambiente de administração do CRACKIT MV é web, ou seja via Browser

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Backups Via FTP (File Transfer Protocol)

Backups Via FTP (File Transfer Protocol) O que é FTP? Backups Via FTP (File Transfer Protocol) FTP significa File Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Arquivos), e é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos, sendo

Leia mais

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda.

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda. Manual Ilha Web Imóveis Sistema para Imobiliárias e Corretores Ilha Web Internet Ltda. Sumário 1 REQUISITOS DO SERVIDOR...3 2 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO...4 2.1 CRIE UMA BASE DE DADOS...4 2.2 MODIFIQUE O

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

REGISTRANDO DOMÍNIOS, COMO PUBLICAR UM SITE? DIRECIONANDO O DNS. Professor Carlos Muniz

REGISTRANDO DOMÍNIOS, COMO PUBLICAR UM SITE? DIRECIONANDO O DNS. Professor Carlos Muniz REGISTRANDO DOMÍNIOS, DIRECIONANDO O Registrando Domínios Muito se tem falado sobre o crescimento em mídia on-line, sobre a ampliação do uso dessa ferramenta para comunicar...seja para negócios, para estudar,

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Introdução Após instalar a versão gratuita do HSC Internet Secure Suite (HSC ISS Free), o cliente adquiriu uma licença de uso Standard ou Enterprise

Leia mais

Instalação do Eiche Hotel OFFLINE (Windows)

Instalação do Eiche Hotel OFFLINE (Windows) 1 Instalação do Eiche Hotel OFFLINE (Windows) Modo de instalação: OFFLINE Acesso: Local ou rede (intranet) Sistema operacional: Microsoft Windows (Windows 98, Windows ME, Windows 2000, Windows XP, Windows

Leia mais

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES FAQ PERGUNTAS FREQUENTES 1 SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1.Quais são as características do Programa?...4 2.Quais são os pré-requisitos para instalação do Sigep Web?...4 3.Como obter o aplicativo para instalação?...4

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Aviso sobre direitos autorais 2004 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. Guia de Instalação do SolidWorks 2009 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 SUMÁRIO CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA... 3 INSTALAÇÃO DO GERENCIADOR DE CERTIFICADOS

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10 Sumário 1. Instalação GVcollege... 4 1.1. GVsetup... 4 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6 1.2. Configurações... 10 1.2.1. APS Licence Service... 11 1.2.2. APS Licence File... 11 1.2.3. DBXconfig...

Leia mais

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com Manual do IpêCMS Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com INTRODUÇÃO Objetivo IpêCMS é um mini CMS open source distribuido atraves da licença GPL. É desenvolvido em linguagem

Leia mais

Proxy. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama

Proxy. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Proxies 4 1.1 Introdução.......................................... 4 1.2 Uso..............................................

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DE USO. Neste material você encontrará todas as informações básicas para uso do seu gerenciador financeiro HOSTMGR.

DOCUMENTAÇÃO DE USO. Neste material você encontrará todas as informações básicas para uso do seu gerenciador financeiro HOSTMGR. DOCUMENTAÇÃO DE USO Neste material você encontrará todas as informações básicas para uso do seu gerenciador financeiro HOSTMGR. Este material ainda está em desenvolvimento, entretanto estamos disponibilizando

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

Painel de Revendedor - Guia

Painel de Revendedor - Guia Painel de Revendedor - Guia 1. Colocação do aviso legal. Idiomas. Aviso legal (texto). Aviso legal (link) 2. Desenho e aparência. Editar design. Editar temas e ícones 3. Criar novos clientes. Criar uma

Leia mais

MAN001 Atualização Protocolo e Ação Social Versão 2 Cliente: Duralex Sistemas

MAN001 Atualização Protocolo e Ação Social Versão 2 Cliente: Duralex Sistemas MAN001 Atualização Protocolo e Ação Social Versão 2 Autor Data Versão Boby Mayky 18/06/2014 1.0 Diego Hordi 18/06/2014 1.1 1. Objetivo O objetivo deste manual é apresentar as rotinas necessárias para atualização

Leia mais

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Características do Software Urano Integra 2.2 Data: 12/05/2014

Leia mais

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 -

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 - 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0 Manual de Instalação e Configuração Módulo Remote (G2KA) para NFSE v1.0 Página 1 Sumário 1 Download e Instalação... 3 2 Configuração... 5 3 Inicialização Manual... 8 4 Inicialização via serviço do Windows...

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: n-mf Xerox Versão do produto: 4.7 Autor: Bárbara Vieira Souza Versão do documento: 1 Versão do template: Data: 04/04/01 Documento destinado a: Parceiros NDDigital, técnicos

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Seu manual do usuário F-SECURE ONLINE BACKUP http://pt.yourpdfguides.com/dref/2859647

Seu manual do usuário F-SECURE ONLINE BACKUP http://pt.yourpdfguides.com/dref/2859647 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para F-SECURE ONLINE BACKUP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

Instalando servidor Apache com MySQL e as linguagens ColdFusion e PHP. XAMPP 1.6.7 (xampp-win32-1.6.7-installer.exe), veja aqui.

Instalando servidor Apache com MySQL e as linguagens ColdFusion e PHP. XAMPP 1.6.7 (xampp-win32-1.6.7-installer.exe), veja aqui. Instalando servidor Apache com MySQL e as linguagens ColdFusion e PHP. Escrito por Marcio Nakano (marcionakano.com.br) Data: 29/09/2008 Disponível em http:///blog/post/instalando-apache-mysql-coldfusionphp.pdf

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MySQL

Manual de Instalação e Configuração MySQL Manual de Instalação e Configuração MySQL Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: 1. Baixar os seguintes arquivos no através do link http://ip.sysfar.com.br/install/ mysql-essential-5.1.46-win32.msi mysql-gui-tools-5.0-r17-win32.msi

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Arquivos de Instalação... 4. Instalação JDK... 7. Instalação Apache Tomcat... 8. Configurando Tomcat... 9

Arquivos de Instalação... 4. Instalação JDK... 7. Instalação Apache Tomcat... 8. Configurando Tomcat... 9 Instalando e Atualizando a Solução... 3 Arquivos de Instalação... 4 Instalação do Servidor de Aplicação... 7 Instalação JDK... 7 Instalação Apache Tomcat... 8 Configurando Tomcat... 9 Configurando Banco

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste.

Agradeço a todos, que colaboraram ou colaboram direta ou indiretamente pela realização deste. Introdução Configuração Mikrotik Busquei neste passo a passo, ajudar, de certa forma, aqueles que sentem dificuldade para realizar simples tarefas neste SO, Mikrotik. Basicamente a estrutura de todo este

Leia mais

Guia de início rápido do Powersuite

Guia de início rápido do Powersuite 2013 Ajuste e cuide do desempenho de seu computador com um aplicativo poderoso e ágil. Baixando e instalando o Powersuite É fácil baixar e instalar o Powersuite geralmente, demora menos de um minuto. Para

Leia mais

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS)

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS) Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 Sumário... 2 Criando as Unidades Organizacionais... 16 Criando Grupos... 17 Criação de Usuários.... 20 Habilitando a Lixeira do AD DS.... 24

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28 Volume 1 ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM Manual Técnico 4.28 P A C O T E I N S T I T U I Ç Õ E S D E E N S I N 0 - E M P R E S A S Manual Técnico 4.28 ACRONUS SOFTWARE 08.104.732/0001-33

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles:

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Netz Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Java SE 6, que pode ser instalado através da JDK.

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart.

BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. 16/08/2013 BI Citsmart Fornece orientações necessárias para instalação, configuração e utilização do BI Citsmart. Versão 1.0 19/12/2014 Visão Resumida Data Criação 19/12/2014 Versão Documento 1.0 Projeto

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese.

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese. 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Instalação, configuração e manual 1 Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS

Leia mais

Revisão: - 1 Desinstalando Versões Anteriores

Revisão: - 1 Desinstalando Versões Anteriores Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Procedimentos de Instalação do Urano Integra 2.1e no Windows

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

Configurando Minha Loja com o PagSeguro

Configurando Minha Loja com o PagSeguro Configurando Minha Loja com o PagSeguro 1- Introdução A partir de agora vamos configurar o principal Meio de Pagamento de sua loja, o Pagseguro. Com o PagSeguro além da segurança de estar utilizando um

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO 1 1. PROCEDIMENTOS ANTES DA INSTALAÇÃO SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios 1.1. Solicitar Senha para Fechamento de PLP Solicitar ao seu consultor comercial a senha

Leia mais

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4.

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4. Diego M. Rodrigues (diego@drsolutions.com.br) O NTOP é um programa muito simples de ser instalado e não requer quase nenhuma configuração. Ele é capaz de gerar excelentes gráficos de monitoramento das

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Índice Resumo sobre este documento... 3 Integrando o IBM HTTP Server com o IBM WebSphere Application Server... 3

Leia mais

MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.*

MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.* MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.* CONTEÚDO: A) Procedimentos comuns para todas as arquiteturas B) Procedimentos exclusivos arquitetura com sgbd MS-SQL-SERVER C) Procedimentos

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

FileZilla Server. O FileZilla Server é um ótimo servidor FTP, conta com diversas funções e fácil instalação e configuração.

FileZilla Server. O FileZilla Server é um ótimo servidor FTP, conta com diversas funções e fácil instalação e configuração. FileZilla Server Já apresentei um tutorial sobre o FileZilla, um cliente FTP com versões para vários sistemas operacionais, agora vou falar sobre o FileZilla Server, um programa que transforma seu computador

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp.

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Após ter criado um diretório virtual, quer seja de http ou de ftp, você pode configurar uma série de opções para este diretório. As configurações

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Server

Manual do usuário. Mobile Server Manual do usuário Mobile Server Mobile Server Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais