Q&A. 1. O que é um Power Cloud. 2. O que é um Cloud. 3. O que a Power Share. 4. Quanto custa uma Power Share. 5. Por que comprar uma Power Share?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Q&A. 1. O que é um Power Cloud. 2. O que é um Cloud. 3. O que a Power Share. 4. Quanto custa uma Power Share. 5. Por que comprar uma Power Share?"

Transcrição

1

2 1. O que é um Power Cloud O Power Cloud uma reunião de centrais de energia renovável construída pela WOR(l)D NRG em vários países. O conceito de Cloud deriva do fato que cada central (Cloud) é coligada a outra via Internet com a finalidade de fornecer os dados da produção de Energia em tempo real e de serem mostrados como a produção de uma única mega central, ainda que deslocadas em Países diversos. O conceito de Cloud deriva do fato que, como no conceito de Cloud informático os dados podem ser conservados em um ou mais servidores dos quais não se conhece a posição física, o proprietário de uma Power Share (veja ponto 3) é de fato um produtor de energia elétrica, mas não possui uma central eletrécia no sentido tradicional do termo visto que suas Power Share, podem ser também alocadas em Clouds diversos. 2. O que é um Cloud. Um Cloud é uma central elétrica fotovoltaica de 1,2MW situado nos parques fotovoltaicos constrídos pela WOR(l)D NRG por meio de sua subsidiária Power Clouds Pte Ltd. Um Cloud é constituído por painéis solares fotovoltaicos com capacidade de 240Watt e toda a infraestrutura de instalação e produção de energia elétrica. Os painéis que forma o Cloud corriespondem a muitas Power Share. 3. O que a Power Share. A Power Share é um título de propriedade de um painel fotovoltaico com capacidade de 240Watt, instalado, configurado e conectado à rede de distribuição de um ooperador de energia local. O painel faz parte de uma inteira central elétrica fotovoltaica, constituída por outros painéis conectados entre si. Todos os painéis, além disso, estão conectados às instalações de conversão e distribuição de energia produzida e conectadas à rede do operador por meio de cabines de baixa, média ou alta tensão. 4. Quanto custa uma Power Share. Uma Power Share, ou um painel fotovoltaico de 240Watt, inclusa a infraestrutura de instalação e conexão à rede elétrica, custa $ Este é instalado diretamente em um dos parques fotovoltaicos construídos pela WOR(l)D NRG. O preço da Power Share inclui todos os custos de transporte, instalação, configuração, conexão à rede elétrica, manutenção, e tem incluído toda a infraestrutura que permite a produção de energia elétrica e a sua distribuição na rede de operador de energia local. Além disso, prevê um seguro contra furto, atos de vandalismo, desastres naturais e meteorológicos por 20 anos. O painel tem garantia de 25 anos. 5. Por que comprar uma Power Share? Um painel fotovoltaico, instalado em um parque fotovoltaico e conectado à rede do operador, produzirá energia elétrica que será comprada do próprio operador local do País no qual situa-se a central. Em alguns Países, além disso, são previstos incentivos de 15 a 20 anos sobre a produção de energia renovável, garantida pelos próprios governos e as diretrizes do Protocolo de Kyoto. Tal energia, somada aos incentivos, produzirá uma renda anual sobre a produção de energia de cada painel que corresponderá ao seu proprietário líquido e já inclusos custos de administração e gestão do sistema. Tal cota pode oscilar de 15% a 20% ao ano sobre o valor total do custo do painel. Deve ser também considerado o valor da energia, em constante aumento, portanto tal renda pode sofrer aumentos ano após ano. A renda pode sofrer variações com base no custo da energia produzida e aos incentivos estatais previstos para o Cloud em particular no qual se está instalando o painel.

3 6. Quem garante que a energia produzida será comprada pelos operadores locais? WOR(l)D NRG implementa suas instalações exclusivamente nos países participantes do Protocolo de Kyoto (184). Entre as disposições do Protocolo há regras sobre a quota de produção de energia renovável que todos os países produtores de combustíveis fósseis, poluentes ou não, devem comprometer-se a produzir ou comprar. Esta regra garante e impõe obrigação por parte dos governos em garantir a compra de energia renovável, que se traduz em segurança por parte da WOR(l)D NRG em vender a energia produzida sem qualquer risco de mercado. 7. Quais são os países nos quais a WOR(l)D NRG realiza seus Clouds? Teoricamente a WOR(l)D NRG poderia construir suas centrais em qualquer dos 184 Países que tenham aderido ao protocolo de Kyoto. Todavia, com a finalidade de garantir a máxima renda dos painéis fotovoltaicos instalados a WOR(l)D NRG escolhe os países nos quais existam algumas condições estratégicas: maiores custos de energia paga pelos operadores, existência de incentivos estatais ou comunitários, infraestrutura adequada de transporte e distribuição de energia, estabilidade política e financeira do país, segurança, melhor rendimento do ponto de vista da radiação solar por cm2. 8. Posso considerar a Power Share um investimento financeiro? Não. A Power Share não é um investimento financeiro mas ao contrário é a compra de um painel fotovoltaico, o qual produz energia que a WOR(l)D NRG gerencia em nome do proprietário. A renda anual paga mensalmente não será nada além do valor da energia paga pelos operadores, mais eventuais incentivos estatais já incluídos valores de administração e gestão do parque fotovoltaico. 9. Como posso estar seguro que a renda do painel seja aquela declarada no material de marketing referente a apresentação da Power Cloud? O valor indicado de 15%-20% é apenas a título demonstrativo e é o resultado de simulações sobre os custos de produção e os custos de mais incentivos governamentais para a produção anual de MWh produzida por um Cloud de 1,2 MW, instalado na Romênia. Portanto, esse valor pode variar de acordo com a quantidade real de energia produzida (MWh), o custo da energia pago pelo operador do país no qual está instalado o Cloud e o valor de incentivos do governo e suas possíveis variação. 10. Durante quantos anos posso receber a renda proveniente da produção do meu painel? O valor de compra do painel é garantido pelos incentivos estatais, tais incentivos garantem a cobertura do investimento e um elevado ganho; todavia a vida do módulo não é limitada à duração do incentivo visto que a WOR(l)D utiliza apenas módulos fotovoltaicos feitos com tecnologias de ponta para os quais o fabricante garante que após 25 anos de operação continua a ser garantido um desempenho não inferior a 80% (0,8%/ano) do nominal. Deste modo, a deterioração do desempenho é muito menor do que o aumento no valor da sua produção (que aumenta em 3-4% / ano).

4 11. Como posso obter o retorno do meu investimento? Como explicado no ponto 8, a Power Share não é um investimento financeiro, mas um investimento na compra dos painéis fotovoltaicos, portanto o retorno do investimento é previsto apenas por meio da venda ou transferência da Power Share (ou seja, dos painéis), possível em três modalidades: 1. Depois dos primeiros 12 meses a WOR(l)D NRG garante a opção Buy Back, ou seja, o cliente pode solicitar após mínimo 12 meses da compra da Power Share, de exercer tal opção obrigando a WOR(l)D NRG a recomprar o painel ao mesmo custo de venda orginal, menos os custos administrativo de gestão da transação ($25 4% del valore totale.). 2. Venda privada do painel a outra pessoa física, com transferência do título de propriedade (custo administrativo de $25). 3. Venda do painel por meio da plataform de trading privada da WOR(l)D NRG (disponívelç a partir do 12 mês do lançamento do projeto). 12. O que acontece com minha Power Share após 20 anos? Após 20 anos, o rendimento de painéis fotovoltaicos está destinado a diminuir em cerca de 10%^, chengando a 20% após o 25 ano. Consequentemente, a produção de energia é reduzida, mais ou menos de acordo com tal percentual. É claro que se deve considerar que, no curso de 20 anos o custo da energia será aumentada, de acordo com estimativas fornecidas por vários órgãos de estatísticas, mais do que o dobro. 13. O que acontece se um Cloud é danificado ou destruído por eventos externos? Todos os Clouds da WOR(l)D NRG são cobertos por um apólice de seguro que cobre o seu valor quase integralmente em caso de eventos deste gênero. 14. Posso trasferir ou vender um título de propriedade das Power Shares? Os títulos de propriedade das Power Shares serão válidos ao portador, portanto podem ser transferidos, vendidos, doados. 15. O que recebo concretamente quando adquiro uma Power Share. Com a compra de uma Power Share, você está comprando um painel fotovoltaico incluindo instalação, configuração e conexão à infraestrutura da central elétrica para distribuição de energia produzida ao operador de rede local. O painel será transportado diretamente até a área da central em contrução e será de propriedade de seu comprador. O painel será identificado com um Número de Série. Além disso o proprietário do Painel receberá em casa um Título de propriedade impresso que indicará o Número de Série do painel e a data de emissão do certificado. Será ainda disponibilizada uma account online no site de onde será possível seguir o andamento da produção do painel e de todas as informações referentes ao seu rendimento. 16. Quando e como é paga a renda da Power Share? Para cada Cloud é indicada uma data estimada de ínício de produção, que não é necessariamente correspondente à data efetiva de início de produção. A produção será efetiva no momento em que o operador local ligará o medidor. A partir daquele momento, a energia produzida será calculada pelo operador e paga em base mensal. A WOR(l)D NRG, por meio da área privativa Power Share do site fornecerá ao proprietário do painel as indicações sobre o valor pago pelo operador, mais o valor de eventuais incentivos. As somas poderão ser pagas via Depósito Bancário, ou utilizando o exclusivo cartão de Débito da WOR(l)D. Os cartões de Débito da WOR(l)D podem ser solicitados quando alcançados pelo menos $100 de renda.

5 17. Quantas Power Share posso comprar? Teoricamente não existe limite quanto ao número de Power Shares que podem ser adquiridas. Obviamente a compra é sujeita à disponibilidade dos painéis em venda para cada um dos Clouds em construção. 18. Quanto tempo passa do momento em que invisto nos painéis solares e começo a receber a renda? A construção dasclouds prevê 3 fases, Funding (investimento) - Building (construção) - Production (produção). A produção pode iniciar apenas quando as duas primeiras fases forem completadas. Em alguns casos as fases de Funding e de Building podem ser realizadas em paralelo com a finalidade de otimizar os tempos de início de produção que, de qualquer modo, não será inferior a 3 meses. 19. Começo a receber a renda das minhas Power Shares ainda que a produção não tenha iniciado? NÃO. A renda é gerada pela venda da energia aos operadores locais aos eventuais incentivos, portanto é impossível pagar qualquer renda se a fase de produção ainda não foi iniciada. 20. Quem me garante que as Power Cloud são legais e que existem as autorizações e licenças necessárias para o desenvolvimento da atividade de produção de energia? WOR(l)D NRG inicia a construção das centrais elétricas somente após ter adquirido todas as licenças e permissões necessárias nos Países interessados. Na página serão fornecidas todas as informações legais para cada um dos Clouds, indicando os dados das sociedades locais constituídas ou compradas pela WOR(l)D NRG e as relativas permissões e liceças obtidas. 21. É possível que o projeto Power Cloud possa não ser bem aceito pelos produtores de energia tradicional? O projeto Power Cloud é realizado em plena conformidade com as disposições o espírito e a filosofia do Protocolo de Kyoto, ao qual aderiram 184 países ao redor do mundo. 22. Amo a idéia da Power Cloud, seja por sua oportunidade de negócios, que por sua missão global, como posso participar na promoção deste projeto? O modelo de negócios Power Cloud é revolucionário porque usa o poder do boca a boca para movimentar e conscientizar milhões de pessoas em todo o mundo, proporcionando seja uma solução eco-sustentável para o nosso planeta, que uma oportunidad real de negócios utilizando a venda direta ou o boca a boca. Contate a pessoa que lhe apresentou o projeto Power Cloud e peça mais informações, ou envie um para para conhecer um promotor que possa entrar em contato com você.

SISTEMA DE INSCRIÇÕES ONLINE

SISTEMA DE INSCRIÇÕES ONLINE PROPOSTA COMERCIAL SISTEMA DE INSCRIÇÕES ONLINE PARA EVENTOS Para: ADVB Aos cuidados de: Mastrângela APRESENTAÇÃO Viemos apresentar a nossa proposta comercial para utilização de eventize! para seus eventos

Leia mais

ENERGIA SOLAR. Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente.

ENERGIA SOLAR. Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente. ENERGIA SOLAR Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente. Energy Team - experiência Vem analisando o mercado brasileiro desde 2006 e em 2008 participou da primeira feira de fonte de energias

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS

CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS CONCEITOS INICIAIS PARA DIMENSIONAMENTO SISTEMA FOTOVOLTAICO EM RESIDÊNCIAS Introdução a Engenharia Professores: Márcio Zamboti Fortes e Vitor Hugo Ferreira (UFF) Bruno Henriques Dias e Flávio Gomes (UFJF)

Leia mais

Conectando seu negócio aos seus objetivos

Conectando seu negócio aos seus objetivos Conectando seu negócio aos seus objetivos CONSTRUINDO UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 2001 2005 2008 2010 2011 2012 2013 Líder em seguro de celular no mercado de Telecom Investimento e desenvolvimento do sistema

Leia mais

Processo de Pagamento de solicitações de ingressos para o Público Geral para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

Processo de Pagamento de solicitações de ingressos para o Público Geral para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 1. Quais são os meios de pagamento aceitos? Nas Fases de Vendas nº 1 e nº 2, é possível realizar pagamentos para compra de Ingressos pelos seguintes meios: - Cartão de pagamento - VISA - Outros cartões

Leia mais

Módulos de Formação 2013

Módulos de Formação 2013 Módulos de Formação 2013 Documento de trabalho Editores Banco de Portugal Comissão do Mercado de Valores Mobiliários Instituto de Seguros de Portugal Design, impressão e acabamento Banco de Portugal Departamento

Leia mais

TEF Transferência Eletrônica de Fundos

TEF Transferência Eletrônica de Fundos 1. VISÃO GERAL 1.1 OBJETIVOS: O TEF é uma solução eficiente e robusta para atender as necessidades do dia a dia de empresas que buscam maior comodidade e segurança nas transações com cartões, adequação

Leia mais

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O ALFAPREV RF PRIVATE - Fundo de Investimento

Leia mais

Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida

Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida Secretário de Infraestrutura Energia Renovável em Pernambuco Desenvolvimento Técnico,

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e

Fundo de Investimento Imobiliário Península (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e Fundo de Investimento Imobiliário Península Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e parecer dos auditores independentes 2 3 Balanços patrimoniais em 31 de dezembro Ativo 2009 2008

Leia mais

Plataforma de Engajamento

Plataforma de Engajamento A combinação das soluções Setia para potencializar seu negócio Apresentação / Agenda 1. Apresentação 2. Módulos 3. Modelo de Instalação 4. Modelo de Integração 5. Modelo Comercial / Apresentação Ex. Call

Leia mais

Otimização técnico-econômica de sistemas fotovoltaicos com baterias para armazenamento

Otimização técnico-econômica de sistemas fotovoltaicos com baterias para armazenamento Otimização técnico-econômica de sistemas fotovoltaicos com baterias para armazenamento Aluno: Maria Samara Nascimento Amorim Orientador: Álvaro de Lima Veiga Filho 1. Introdução Geral Energia fotovoltaica

Leia mais

Programas de atendimento ao cliente SureService. Aumente sua vantagem competitiva e a lucratividade de seus negócios

Programas de atendimento ao cliente SureService. Aumente sua vantagem competitiva e a lucratividade de seus negócios Programas de atendimento ao cliente SureService Aumente sua vantagem competitiva e a lucratividade de seus negócios Suporte sob medida para se ajustar perfeitamente Aumente a eficiência, corte custos,

Leia mais

Armazenamento de Energia Renovável

Armazenamento de Energia Renovável Solar Eólico Armazenamento de Energia Renovável Biomassa Eficiência Energética Comercial Parques Público Rural Industrial Residencial MICRO E MINIGERAÇÃO DE ENERGIA A ANEEL permitiu aos consumidores através

Leia mais

PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO)

PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO) PLANO BÁSICO LOCAL (Região III, Setor 3 da Região - I do PGO) A. Empresa: Oi (Telemar Norte Leste S.A.) B. Nome do Plano: C. Identificação para a Anatel: D. Modalidade do STFC coberta: Local E. Descrição

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Vale do Rio Doce Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO DA COSTA 1, Cinthya Borges Lopes DA SILVA 2, Michele Gomes FERREIRA 3, João Marcelo Dias

Leia mais

Geração de energia elétrica

Geração de energia elétrica Geração de energia elétrica Capítulo 4 Sistemas solares para geração de eletricidade Lineu Belico dos Reis Os sistemas baseados no uso da energia transmitida à Terra pelo Sol para geração de eletricidade

Leia mais

Seja dono. da sua ENERGIA

Seja dono. da sua ENERGIA Seja dono AV Afonso Vaz De melo 677 Sala 301 CEP: 30.640-070 Belo Horizonte (MG) Tel. +55 31 3689-7452 info@solarfast.it www.solarfast.it da sua ENERGIA Energia solar Fontes renováveis, economia de energia,

Leia mais

QUE VOCÊ E O MUNDO PRECISA! ENERGIA

QUE VOCÊ E O MUNDO PRECISA! ENERGIA Solar Brasil A ENERGIA QUE VOCÊ E O MUNDO PRECISA! QUEM SOMOS A ELECTRO SOLAR BRASIL, é uma empresa que Solar Brasil A ENERGIA QUE VOCÊ E O MUNDO PRECISA! tem como objetivo fornecer uma alternativa de

Leia mais

Autor. O que você vai encontrar no manual

Autor. O que você vai encontrar no manual O que você vai encontrar no manual 1. Conceitos Fundamentais 2. Como identificar o recurso solar local 3. Como fazer o levantamento do consumo 4. Como escolher o módulo fotovoltaico 5. Produção de energia

Leia mais

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante)

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) FLUXO DE CAIXA Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) Brainstorming: Chuva de ideias ou Toró de parpite: O QUE É FLUXO DE CAIXA? (Objetivo: Saber

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e Fundo de Investimento Imobiliário Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2009 e de 2008 e parecer dos auditores independentes 2 Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo 2009 2008 Passivo e patrimônio

Leia mais

Decisões Certas Inteligência, métodos quantitativos e experiência para construir a melhor decisão dos seus investimentos

Decisões Certas Inteligência, métodos quantitativos e experiência para construir a melhor decisão dos seus investimentos Decisões Certas Inteligência, métodos quantitativos e experiência para construir a melhor decisão dos seus investimentos Tito Livio M. Cardoso tito.livio@decisoescertas.com.br www.decisoescertas.com.br

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

Retorno do investimento com aplicativos empresariais em celulares.

Retorno do investimento com aplicativos empresariais em celulares. Retorno do investimento com aplicativos empresariais em celulares. Introdução A simulação do retorno sobre o investimento (do inglês ROI return on investment) tem sido utilizada como importante ferramenta

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

Inventa o futuro INFOTINT. Sistema informático de gestão das tinturarias têxteis. www.tecnoeas.com.br

Inventa o futuro INFOTINT. Sistema informático de gestão das tinturarias têxteis. www.tecnoeas.com.br Inventa o futuro www.tecnoeas.com.br INFOTINT Sistema informático de gestão das tinturarias têxteis INFOTINT Sistema informático de gestão das tinturarias têxteis InfoTint é um sistema pensado para o total

Leia mais

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos:

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos: A sua Solução de Gestão Empresarial O Precision é a solução de Gestão Empresarial de baixo custo que a Maggiore Sistemas disponibiliza para pequenas e médias empresas. Desenvolvido e comercializado em

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET De um lado,easymail PANFLETO VIRTUAL, sediada na cidade de Belo Horizonte, na Rua Rio de Janeiro 1.062/202/4/6, CENTRO,

Leia mais

Seguro de Crédito Comercial

Seguro de Crédito Comercial Seguro de Crédito Comercial seguro de crédito O que é:... uma modalidade de seguro que protege o seu negócio contra o risco de inadimplência ou atrasos no pagamento de vendas de produtos ou serviços. A

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

Proposta de Minigeração para as instalações da EDP Distribuição em Setúbal. Lisboa, 22 de Março de 2013

Proposta de Minigeração para as instalações da EDP Distribuição em Setúbal. Lisboa, 22 de Março de 2013 Proposta de Minigeração para as instalações da EDP Distribuição em Setúbal Lisboa, 22 de Março de 2013 A EDP Distribuição apresenta potencial para a aposta na Minigeração solar fotovoltaica Oportunidade

Leia mais

Finança Pessoal. Artigo Clube de Investimento Versão completa em PDF Versão 1.0 www.financapessoal.com.br

Finança Pessoal. Artigo Clube de Investimento Versão completa em PDF Versão 1.0 www.financapessoal.com.br Bem-vindo aos artigos do Finança Pessoal. Nesse primeiro artigo vamos esclarecer as informações sobre os Clubes de Investimentos e vamos fazer um passo-a-passo de como montar um clube. Esse artigo é uma

Leia mais

Apresentação oficial Bitbonum Rewards Club

Apresentação oficial Bitbonum Rewards Club 1 Apresentação oficial Bitbonum Rewards Club A fé te conduz à conquista, a conquista te leva à vitória, a vitória te dá o SUCESSO! contact@bitbonum.com / www.bitbonum.com Copyright 2015 Bitbonum Company,

Leia mais

Riscos relacionados ao Santander Brasil e ao setor de Serviços Financeiros Brasileiro

Riscos relacionados ao Santander Brasil e ao setor de Serviços Financeiros Brasileiro Riscos relacionados ao Santander Brasil e ao setor de Serviços Financeiros Brasileiro Estamos expostos aos efeitos das perturbações e volatilidade nos mercados financeiros globais e nas economias nos países

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios

Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios Prof. Dr. Luciano Schuch Schuch.prof@gmail.com Sumário Potencial energético Previsões Sistemas fotovoltaicos Cenário Nacional Legislação ANEEL Projeto

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 Ref.: 1º semestre 2014 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR Em conformidade com o Art. 39 da Instrução CVM 472, de 31 de maio de 2008, apresentamos

Leia mais

Regulamento. Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania Seleção Pública de Projetos 2010. Regulamento

Regulamento. Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania Seleção Pública de Projetos 2010. Regulamento Regulamento Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania Seleção Pública de Projetos 2010 Regulamento 1 Projetos Serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos governamentais, não-governamentais

Leia mais

NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS

NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS Sessão de Esclarecimento Associação Comercial de Braga 8 de abril de 2015 / GlobFive e Creative Zone PT2020 OBJETIVOS DO PORTUGAL 2020 Promover a Inovação empresarial (transversal);

Leia mais

da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia!

da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia! da qualidade ISO 9001:2008 certificados, a IPCE tem como A Qualidade na energia! Tecnologia & Segurança Tecnologia que Proporciona Segurança A qualidade, conceito evolutivo e constante, exige a renovação

Leia mais

Enquadramento do novo regime de Produção Distribuída. Setembro de 2014

Enquadramento do novo regime de Produção Distribuída. Setembro de 2014 Enquadramento do novo regime de Produção Distribuída Setembro de 2014 Introdução Objectivos da apresentação Apresentar ponto de situação do atual enquadramento legislativo da Micro e Miniprodução Apresentar

Leia mais

RMS Sistema de gestão de energias renováveis. Solução de mobilidade para análise de desempenho de operações em tempo real

RMS Sistema de gestão de energias renováveis. Solução de mobilidade para análise de desempenho de operações em tempo real Solução de mobilidade para análise de desempenho de operações em tempo real RMS Sistema de gestão de energias renováveis Uma plataforma para monitorar e controlar, em tempo real e de forma eficiente, todo

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Quem Somos. www.stone.com.br

Quem Somos. www.stone.com.br Manual E-commerce ÍNDICE 03 04 05 05 06 07 08 09 10 11 12 Quem Somos Como funciona O que é um Gateway? Gateways parceiros Cancelamento de uma transação Chargebacks Portal de Serviços Conciliação Dicas

Leia mais

Manual de instruções / Certificado de garantia Controlador CCL-PC

Manual de instruções / Certificado de garantia Controlador CCL-PC Manual de instruções / Certificado de garantia Controlador CCL-PC REV1 03/2015 Índice - 1 Introdução...2-1.1 Especificações...2-1.2 Características......3-1.3 Guia de uso e operação...3-1.4 Cabo de rede

Leia mais

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor 5º Workshop da Plataforma do Empreendedor Lisboa, AIP-CE 27 de Maio de 2010 EMPREENDEDORISMO Da ideia à actividade. O Montepio apoia a criação de negócios independentemente da sua dimensão e está disponível

Leia mais

- Projeto & Concepção - Solicitação de Acesso - Venda de Equipamentos - Instalação - Conexão com Distribuidora. Campinas

- Projeto & Concepção - Solicitação de Acesso - Venda de Equipamentos - Instalação - Conexão com Distribuidora. Campinas A Blue Sol Energia Solar visa disseminar a tecnologia fotovoltaica e o conhecimento sobre os temas no Brasil promovendo, portanto, uma fonte limpa, renovável e inesgotável de energia, alinhada com a crescente

Leia mais

Marketplaces. Como usar o Moip em Marketplaces ou em aplicações com comissionamento

Marketplaces. Como usar o Moip em Marketplaces ou em aplicações com comissionamento Como usar o Moip em Marketplaces ou em aplicações com comissionamento Índice Como usar o Moip em seu Marketplace ou em aplicações em que utilizem comissionamento... 03 1 - Estrutura de uma transação...

Leia mais

Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamento

Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamento Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamento Audiência Pública CAE junho de 2009 Agenda 2 Introdução Relatório Metodologia e Fonte de Dados Aspectos Abordados Introdução 3 Projeto de Modernização

Leia mais

TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE FUNDOS

TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE FUNDOS TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE FUNDOS Francislane Pereira Edson Ataliba Moreira Bastos Junior Associação Educacional Dom Bosco - AEDB Denis Rocha da Silva RESUMO Este artigo tem por objetivo apresentar a

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO COPACABANA ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição, em

Leia mais

Financiamento para SUSTENTABILIDADE

Financiamento para SUSTENTABILIDADE Financiamento para SUSTENTABILIDADE POSICIONAMENTO DO SANTANDER Gerar RESULTADOS para o negócio e para todos, com práticas de gestão e soluções financeiras transformadoras que perenizem o meio ambiente

Leia mais

Termo de adesao.qxp:layout 1 12/4/08 5:02 PM Page 1

Termo de adesao.qxp:layout 1 12/4/08 5:02 PM Page 1 Termo de adesao.qxp:layout 1 12/4/08 5:02 PM Page 1 Termo de adesao.qxp:layout 1 12/4/08 5:02 PM Page 2 PROGRAMA Bayer para Você A ser preenchido pela BAYER: TERMO DE ADESÃO Estabelecimento Número : Data:

Leia mais

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 44 4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 4.1 Cheque O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser

Leia mais

Franz Schoenborn. Meios de Pagamento

Franz Schoenborn. Meios de Pagamento Franz Schoenborn Meios de Pagamento Agenda allpago tudo em uma só integração Mercado e estatísticas Gateways x Facilitadores x Direto Módulo Magento Agenda allpago tudo em uma só integração Mercado e estatísticas

Leia mais

Proposta Comercial EDUNIX SISTEMA DE GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Proposta Comercial EDUNIX SISTEMA DE GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO Proposta Comercial EDUNIX SISTEMA DE GESTÃO PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO Sumário Empresa... 3 Missão... 3 Visão... 3 Valores... 3 Solução... 4 Principais características... 4 Lista de funcionalidades...

Leia mais

ENVIAR APÓLICE POR E-MAIL CORREIO INFORMAÇÕES DE PAGAMENTO

ENVIAR APÓLICE POR E-MAIL CORREIO INFORMAÇÕES DE PAGAMENTO PROPOSTA DE SEGURO EMPRESARIAL ORIGEM: 39 Nº PROPOSTA: RAZÃO SOCIAL ESTIPULANTE: CNPJ: ¹Pessoa Politicamente Exposta: Sim Não Relacionamento Próximo Nacionalidade: Reside no Brasil: Sim Não ¹Pessoa Politicamente

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS A POP3 reuniu aqui as principais orientações para registro, renovação e transferência de domínios, entre outras questões que possam ajudar você a entender como funcionam

Leia mais

REALIZAÇÃO APOIO ORGANIZAÇÃO VISITA TÉCNICA A PORTUGAL E ESPANHA

REALIZAÇÃO APOIO ORGANIZAÇÃO VISITA TÉCNICA A PORTUGAL E ESPANHA VISITA TÉCNICA A PORTUGAL E ESPANHA OBJETIVOS DA VISITA Complementar a capacitação dos profissionais que frequentam os nosso cursos de sistema solares fotovoltaicos, promovendo o contacto com profissionais

Leia mais

Débito à Vista. Guia rápido Débito à Vista

Débito à Vista. Guia rápido Débito à Vista Guia rápido Débito à Vista As transações com cartões de débito além de trazer agilidade e segurança para seu estabelecimento e clientes também alavanca o seu negócio. Veja como: Acesso a mais de 34 milhões

Leia mais

Leilões de Energia Elétrica Mercado Regulado Brasileiro Visão Panorâmica

Leilões de Energia Elétrica Mercado Regulado Brasileiro Visão Panorâmica Leilões de Energia Elétrica Mercado Regulado Brasileiro Visão Panorâmica Reunião Técnica da ABINEE Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica 19 de novembrode 2013 Alexandre Viana Gerência

Leia mais

X 145880_40 2015-06-29

X 145880_40 2015-06-29 Índice Dynafleet... 1 Introdução... 1 Design e função... 1 Gerenciamento do sistema... 3 Conformidade ANATEL... 4 Dynafleet 1 Introdução Dynafleet, generalidades Dynafleet é a solução da Volvo para o gerenciamento

Leia mais

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL 1 ÍNDICE 1. WIX SISTEMAS E O /LOJA VIRTUAL 03 1.1.1 GRANDE VARIEDADE DE LAYOUTS E PERSONALIZAÇÃO 03 1.1.2 SERVIDOR E SSL (CADEADO DE SEGURANÇA) COMPARTILHADOS 04 2. RECURSOS 05 3. NOSSOS PLANOS DE /LOJA

Leia mais

Curso Preparatório CPA20

Curso Preparatório CPA20 Página 1 de 8 Você acessou como Flávio Pereira Lemos - (Sair) Curso Preparatório CPA20 Início Ambiente ) CPA20_130111_1_1 ) Questionários ) Passo 2: Simulado Módulo IV ) Revisão da tentativa 3 Iniciado

Leia mais

2. Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros

2. Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros TÍTULO : PLANO CONTÁBIL DAS INSTITUIÇÕES DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - COSIF 1 35. Instrumentos Financeiros 1. Conceitos 1 - Para fins de registro contábil, considera-se: (Res 3534 art 2º) a) instrumento

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução Normativa nº 482/2012

Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução Normativa nº 482/2012 Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução Normativa nº 482/2012 Este documento é apenas explicativo e não tem força normativa. 1 O que é o Sistema de Compensação de Energia Elétrica?...1 2 Quanto

Leia mais

Proposta de Franquia SMS Marketing. A Empresa

Proposta de Franquia SMS Marketing. A Empresa Proposta de Franquia SMS Marketing A Empresa A DeOlhoNaWeb Soluções Digitais é uma empresa de internet em forte crescimento, que foi fundada em 2012 com objetivo de oferecer soluções inovadoras por um

Leia mais

Banco do Brasil. Instruções do Programa Refazendo o Caminho

Banco do Brasil. Instruções do Programa Refazendo o Caminho Banco do Brasil Instruções do Programa Refazendo o Caminho Rio de Janeiro, 27 de março de 2008 Banco do Brasil 2 PROGRAMA REFAZENDO O CAMINHO Objetivo Visando aproveitar as s cursadas, o foi planejado

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 4 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Projeto Megawatt Solar Geração Solar Fotovoltaica Integrada ao Edifício Sede da ELETROSUL. Ediu Campos Departamento de Planejamento do Sistema

Projeto Megawatt Solar Geração Solar Fotovoltaica Integrada ao Edifício Sede da ELETROSUL. Ediu Campos Departamento de Planejamento do Sistema Projeto Megawatt Solar Geração Solar Fotovoltaica Integrada ao Edifício Sede da ELETROSUL Ediu Campos Departamento de Planejamento do Sistema Missão: Atuar nos mercados de energia de forma integrada, rentável

Leia mais

SEGURO MULTIRRISCOS HABITAÇÃO VANTAGENS PARA QUEM? UM SEGURO À MEDIDA SEGURO INOVADOR PROTEÇÃO BASE PROTEÇÃO ALARGADA OPCIONAIS PROTEÇÃO SENHORIO

SEGURO MULTIRRISCOS HABITAÇÃO VANTAGENS PARA QUEM? UM SEGURO À MEDIDA SEGURO INOVADOR PROTEÇÃO BASE PROTEÇÃO ALARGADA OPCIONAIS PROTEÇÃO SENHORIO VANTAGENS MAIS PROTEÇÃO E INOVAÇÃO Reembolso de despesas com o IMI e Quotas de Condomínio em caso de Desemprego, Hospitalização e Incapacidade por Acidente ou Doença. MAIS ABRANGENTE Os Objetos Especiais

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Quais as vantagens do Multi Moeda Cash Passport em relação a Cheques de Viagem e ao Cartão de Crédito? Os cartões de crédito aplicam a Variação Cambial,

Leia mais

COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL?

COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL? EGC 9003-11 COMÉRCIO ELETRÔNICO PROFESSOR: LUIS ALBERTO GÓMEZ COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL? ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO Conceito de comércio e seus componentes Perguntas essenciais Passo a passo de como criar

Leia mais

Descrição de Serviço Serviço de controle e recuperação de notebook e Serviço de exclusão remota de dados

Descrição de Serviço Serviço de controle e recuperação de notebook e Serviço de exclusão remota de dados Descrição de Serviço Serviço de controle e recuperação de notebook e Serviço de exclusão remota de dados Visão geral do Serviço A Dell tem a satisfação de oferecer o Serviço de controle e recuperação de

Leia mais

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica Promovido por Texto atualizado em 22 de Maio de 2013 Índice 1. Contextualização... 3 2. Objetivo... 3 3. Público-Alvo... 3 4. Entidades promotoras...

Leia mais

WEG Depto Negócios em Energia Solar. Eng. Casiano Rodrigo Lehmert (47) 3276 4707 casianorl@weg.net

WEG Depto Negócios em Energia Solar. Eng. Casiano Rodrigo Lehmert (47) 3276 4707 casianorl@weg.net WEG Depto Negócios em Energia Solar Eng. Casiano Rodrigo Lehmert (47) 3276 4707 casianorl@weg.net Autoprodução Solar: Vale a pena? Visão mundial Visão Brasil Evolução Mercado Energia Solar Europa Potencial

Leia mais

O mercado de pagamentos eletrônicos e o TEF

O mercado de pagamentos eletrônicos e o TEF O mercado de pagamentos eletrônicos e o TEF Apresentação para Clientes Barueri, Julho de 2012 Esta apresentação é para uso exclusivo do cliente. Nenhuma de suas partes pode ser veiculada, transcrita ou

Leia mais

Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015

Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015 Protocolo para Colaboradores Unicer Janeiro 2015 O PROTOCOLO E SUAS VANTAGENS O Protocolo é um acordo entre um Parceiro e o Banco, atribuindo vantagens aos seus Colaboradores em produtos e serviços financeiros

Leia mais

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011

Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011 Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Ano referência: Emissões de 2011 Resumo Este documento apresenta o Inventário corporativo de Emissões Diretas e Indiretas

Leia mais

FICHA TÉCNICA Energia Solar Painéis Fotovoltaicos

FICHA TÉCNICA Energia Solar Painéis Fotovoltaicos FICHA TÉCNICA Energia Solar Painéis Fotovoltaicos Nº Pág.s: 6 nº 04 20. Novembro. 2006 Painéis Fotovoltaicos 01 Uma das tecnologias renováveis mais promissoras e recentes de geração de energia eléctrica

Leia mais

SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE

SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO -- FGTS CARTEIRA LIVRE, doravante designado abreviadamente

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Fabio Faria)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Fabio Faria) PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Fabio Faria) Institui o Programa de Incentivo à Geração Distribuída de Energia Elétrica a partir de Fonte Solar - PIGDES e altera a Lei nº 10.438, de 26 de abril de 2002.

Leia mais

1. EZ300 GENESIS II - 1 -

1. EZ300 GENESIS II - 1 - EZ300 GENESIS II 1. EZ300 GENESIS II O EZ300 GENESIS II é uma solução competitiva para acesso a serviços de terminal Windows, Linux e a emuladores terminais diversos. Possui um desenho arrojado e formato

Leia mais

Você sabia que... O pagamento numa loja virtual. Guia #6 Como as formas de pagamento podem interferir nas minhas vendas

Você sabia que... O pagamento numa loja virtual. Guia #6 Como as formas de pagamento podem interferir nas minhas vendas Guia #6 Como as formas de pagamento podem interferir nas minhas vendas Você sabia que... Hoje, 77% dos brasileiros já utilizam cartão de crédito, aponta estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil)

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

Como aumentar as vendas do seu e-commerce. Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento

Como aumentar as vendas do seu e-commerce. Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento Como aumentar as vendas do seu e-commerce Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento 2013 O e-commerce se prepara para um crescimento histórico 2000 Banda larga chega ao Brasil. É lançado no

Leia mais

RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO NBC T 16.1 - CONCEITUAÇÃO, OBJETO E CAMPO DE APLICAÇÃO A Contabilidade Pública aplica, no processo gerador de informações, os princípios

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

Transferências Cartão Prépago para Banco

Transferências Cartão Prépago para Banco Transferências Cartão Prépago para Banco Transferências: Cartão Prépago para Banco O serviço de transferência Cartão para Banco [CARD TO BANK] permite transferir fundos do seu cartão prépago para sua conta

Leia mais

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012 Prof. Cid Roberto Concurso 2012 Grupo Conhecimentos Bancários no Google http://goo.gl/gbkij Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) http://goo.gl/4a6y7 São realizadas por bancos de investimentos e demais

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015 CONCURSO DE SELEÇÃO DE HISTÓRIA

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS BÁNCARIOS

TABELA DE SERVIÇOS BÁNCARIOS SALDOS MÍNIMOS NECESSÁRIOS: Conta Corrente Pessoa Física (PF) $5,000.00 $5,000.00 Pessoa Jurídica (PJ) $10,000.00 $10,000.00 "Money Market" $20,000.00 $20,000.00 Certificado de Depósito $50,000.00 Não

Leia mais

PROPOSTA DE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS. ENTRE WORLDXCHANGE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS LTDA, pessoa

PROPOSTA DE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS. ENTRE WORLDXCHANGE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS LTDA, pessoa PROPOSTA DE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS DE VOZ SOBRE IP ENTRE WORLDXCHANGE INTERMEDIAÇÃO DE NEGÓCIOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Cidade de Vitória, Estado do Espírito Santo, na

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO CAPITAL SEGURO ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição,

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

Sua empresa na Internet!!! Veja como é simples, rápido e fácil

Sua empresa na Internet!!! Veja como é simples, rápido e fácil Sua empresa na Internet!!! Veja como é simples, rápido e fácil Principais Vantagens Cartão de visitas da sua empresa: Você apresenta sua empresa de forma dinâmica, moderna e bastante profissional. Divulgação:

Leia mais