PROGRAMA DE SOCIOLOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE SOCIOLOGIA"

Transcrição

1 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA 11ª e 12ª classes 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Áreas de Ciências Económico-Jurídicas e de Ciências Humanas

2 Ficha Técnica Título Programa de Sociologia - 11ª e 12ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica, S.A. Ano / Edição / Tiragem / N.º de Exemplares 2013 / 2.ª Edição / 1.ª Tiragem / Ex EDITORA MODERNA Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução desta obra por qualquer meio (fotocópia, offset, fotografia, etc.) sem o consentimento escrito da editora, abrangendo esta proibição o texto, as ilustrações e o arranjo gráfico. A violação destas regras será passível de procedimento judicial, de acordo com o estipulado no código dos direitos de autor.

3 ÍNDICE Introdução Objectivos Gerais da Disciplina Objectivos da Disciplina no 2º Ciclo do Ensino Secundário ª Classe - Programa da Disciplina Esquema Geral dos Conteúdos da 11ª Classe Conteúdos Programáticos Objectivos por Temas Avaliação ª Classe - Programa da Disciplina Pré-Requisitos Esquema Geral dos Conteúdos da 12ª Classe Conteúdos Programáticos Objectivos por Temas Sugestões Metodológicas Avaliação Bibliografia

4 11ª E 12ª CLASSES INTRODUÇÃO A sociologia é uma ciência que facilita a compreensão da realidade social e a dinâmica da sociedade em que o indivíduo está inserido e do mundo em geral. Sendo assim, é importante o seu estudo, pois o nosso país e o mundo são palco de numerosos acontecimentos de carácter político, cultural e sócio-económico que exigem a compreensão e a análise crítica por parte do cidadão o que, por sua vez, permitirá que ele reaja e actue sobre os mesmos, tornando-o um ser participativo. Ao inserirmos esta disciplina no currículo do 2 Ciclo do Ensino Secundário, quisemos exactamente dotar o jovem estudante de meios para essa análise reflexiva. Esta disciplina será leccionada em dois anos com dois tempos semanais por trimestre, o que equivale a cerca de 60 horas/ano. Assim esperamos, caros professores e alunos, que este seja um instrumento útil no vosso dia-a-dia laboral. 4

5 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA OBJECTIVOS GERAIS DA DISCIPLINA Proporcionar a compreensão da relatividade e multiplicidade dos valores culturais e sociais em diferentes espaços e tempos, Proporcionar um conjunto de elementos que facilitem a compreensão da multiplicidade e riqueza das relações sociais, Desenvolver a reflexão crítica e atitudes de tolerância face às ideias, crenças, culturas, opiniões e valores diferentes dos próprios, Compreender o Homem e seu comportamento em sociedade, Interpretar o meio social em ordem a uma inserção social e profissional crítica. 5

6 11ª E 12ª CLASSES OBJECTIVOS DA DISCIPLINA NO 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO A sociologia tem por objectivo fundamental facultar aos estudantes quadros teóricos de referência, conceitos e metodologias que lhes permitam: 1) Perspectivar as funções do curso, tendo em conta a análise da realidade sociológica envolvente. 2) Conhecer os métodos da Sociologia aplicados à pesquisa sociológica no domínio visado pelas ciências Físicas e Biológicas, Económicas e Jurídicas, Humanas e das Artes Visuais. 3) Fundamentar a legislação de acordo com o perfil profissional, sua vivência institucional e de relação com a comunidade. 4) Analisar os fundamentos sociais do desenvolvimento a nível micro e macro. 5) Reflectir sobre o papel das ciências em geral, e da Física, Biologia, Economia, Direito, Ciências Humanas e Artes Visuais em particular, na criação de identidades sociais e culturais específicas. 6) Preparar o jovem para uma atitude reflexiva e uma actuação socioprofissional consciente. 7) Assumir uma posição na sua prática profissional coerente com os valores éticos profissionais. 8) Entender as perspectivas actuais de desenvolvimento da Física, Biologia, Economia, Direito, Ciências Humanas e Artes Visuais à luz dos conhecimentos adquiridos. 6

7 11ª Classe Programa da Disciplina

8 11ª E 12ª CLASSES ESQUEMA GERAL DOS CONTEÚDOS DA 11ª CLASSE HORAS PREVISTAS 1ª Parte 1º TRIMESTRE Tema 1 - Introdução ao estudo da Sociologia horas 1. A Sociologia como conhecimento... 6 horas 2. A Sociologia como ciência: o método em Sociologia horas Reserva... 4 horas 2º TRIMESTRE Tema 2 - Cultura e Sociedade horas 1. A Sociologia em Angola... 6 horas 2. A sociedade e a cultura. Padrões culturais horas Reserva... 4 horas 2ª Parte 3º TRIMESTRE Tema 3 - Conteúdos e organização da vida social horas 1. A estrutura social... 6 horas 2. A socialização... 8 horas 3. Controlo social e desvio... 4 horas Reserva... 2 horas Total Geral horas 8

9 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS HORAS PREVISTAS 1ª Parte Tema 1 - Introdução ao estudo da Sociologia horas 1. A Sociologia como conhecimento... 6 horas 1.1. Conceito e objecto da sociologia A Sociologia e as outras Ciências Sociais: Unidade do social e pluralidade das Ciências Sociais; Articulação entre a Sociologia e as outras Ciências Sociais; A complementaridade e a interdependência nas Ciências Sociais. 2. A Sociologia como ciência: o método em Sociologia horas 2.1. O conhecimento científico em Ciências Sociais Objectividade em Ciências Sociais A atitude científica e a atitude ideológica Métodos e técnicas de pesquisa em Ciências Sociais: Classificação dos métodos em Ciências Sociais: Método experimental; Método de medidas ou análise extensiva; Método de casos ou análise intensiva. Tema 2 - Cultura e Sociedade horas 1. A Sociologia em Angola... 6 horas 1.1. Estudo de algumas condicionantes: Condicionantes científicas Condicionantes políticas Condicionantes culturais Contributo para a sociologia de outras Ciências Sociais afins: Etnografia Demografia Antropologia Direito: O Direito em Angola Estudo de alguns documentos (Lei Constitucional, legislação ligada aos cursos estudados). 9

10 11ª E 12ª CLASSES 2. A sociedade e a cultura. Padrões culturais horas 2.1. Um conceito de cultura Componentes da cultura O Homem como produtor/produto da cultura Padrões de cultura Valores culturais Relativismo e etnocentrismo cultural Ideologia, cultura, contracultura e aculturação Ideologia/ideologias Ideologia, cultura, contracultura Ideologia e cultura Subcultura Contracultura Aculturação. 2ª Parte Tema 3 - Conteúdos e organização da vida social horas 1. A estrutura social... 6 horas 1.1. Organização social Papel social e estatuto social Processos de interacção social. Formas de sociabilidade Tipos de agrupamentos: Os grupos sociais: Grupos primários e secundários; Grupos de pertença e de referência Normas e valores como estruturadores de grupos e papéis sociais. 2. A socialização... 8 horas 2.1. Noção de socialização Processos e etapas de socialização Agentes de socialização Algumas teorias de socialização: Teoria de aprendizagem social; Teoria do desenvolvimento cognitivo; Teoria da comparação social. 10

11 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA 3. Controlo social e desvio... 4 horas 3.1. A cultura e o controlo social Normas sociais, valores e comportamentos Controlo social, comportamentos desviantes e anomia. 11

12 11ª E 12ª CLASSES OBJECTIVOS POR TEMAS Tema 1 - Introdução ao estudo da Sociologia Subtema 1 - A Sociologia como conhecimento: Reconhecer a Sociologia como ciência; Indicar o objecto da Sociologia; Definir facto social; Definir Sociologia; Compreender o conceito de unidade do social ; Justificar a necessidade do conhecimento compartimentado nas Ciências Sociais; Justificar a necessidade de relacionar as partes para compreensão do todo; Indicar os pontos de contacto entre as Ciências Sociais estudadas; Justificar a necessidade de articulação entre a Sociologia e as outras Ciências Sociais. Subtema 2 - A Sociologia como ciência: o método da Sociologia: Explicar a necessidade do conhecimento científico em Ciências Sociais; Justificar a necessidade de objectividade nas Ciências Sociais; Descrever o processo de pesquisa científica em Ciências Sociais; Indicar as características da observação científica; Distinguir os métodos quantitativos dos qualitativos; Citar algumas dificuldades na utilização dos métodos quantitativos em Ciências Sociais; Comparar o método compreensivo com o método explicativo; Enumerar algumas técnicas de pesquisa em Ciências Sociais; Descrever as vantagens e desvantagens da sua utilização; Referir situações que justificam a sua utilização. Tema 2 - Cultura e Sociedade Subtema 1 - A Sociologia em Angola: Explicar as razões do estudo incipiente desta ciência em África e em particular em Angola; Apontar situações propícias para a manifestação de algumas condicionantes ao desenvolvimento desta ciência; 12

13 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA Enumerar algumas condicionantes: científicas, políticas e culturais; Enumerar as ciências que, em Angola, prestaram contributo à Sociologia; Descrever o contributo de outras Ciências Sociais para o desenvolvimento da Sociologia em Angola; Identificar autores africanos que se debruçaram sobre esta temática. Subtema 2 - A sociedade e a cultura. Padrões culturais: Analisar o papel dos padrões de cultura nos comportamentos sociais do indivíduo e dos grupos; Enunciar um conceito de cultura; Distinguir os componentes da cultura; Mostrar o Homem como um ser social e cultural; Mostrar que o Homem como produto/ produtor de cultura tem dificuldades em ultrapassar os seus padrões culturais; Identificar culturas diferentes; Justificar a existência de padrões de cultura diferentes; Justificar o facto dos padrões de cultura serem definidos pelo quadro informativo vigente em cada cultura; Explicar a interdependência entre ideologia e cultura; Reconhecer o papel da ideologia na actuação histórica de cada grupo; Definir ideologia; Justificar o facto da ideologia criar/recriar valores. Tema 3 - Conteúdos e organização da vida social Subtema 1 - A estrutura social: Explicar a noção de organização social; Identificar diferentes formas de organização social; Interpretar o conceito de papel social; Interpretar o conceito de estatuto social; Interpretar o conceito de posição social; Explicar os processos de interacção social; Referir a sociabilidade como característica no ser humano; Distinguir formas de sociabilidade; Descrever tipos de agrupamentos; Identificar diferentes grupos; Reconhecer que as normas e valores definem os padrões de cultura; Relacionar valor cultural, norma e padrões de cultura. 13

14 11ª E 12ª CLASSES Subtema 2 A socialização: Explicar o papel da socialização no comportamento do indivíduo; Definir socialização; Identificar alguns agentes de socialização; Descrever o papel dos agentes de socialização; Justificar a socialização como um processo contínuo; Identificar a socialização como um processo de transmissão cultural; Enunciar algumas teorias de socialização. Subtema 3 - Controlo social e desvio: Explicar o que é ordem social; Relacionar ordem social e cultura; Relacionar ordem social, valores e comportamentos (desviantes e não conformistas); Definir controlo social; Distinguir casos de comportamentos desviantes e de comportamentos não conformistas. 14

15 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA AVALIAÇÃO A avaliação deve ser encarada como um mecanismo de carácter social, eminentemente formativo e que possibilita a reflexão, por parte do professor, da sua prática pedagógica e a reflexão analítica e correctiva do aluno. Para além da avaliação contínua e formativa ao longo dos trimestres, prevê-se a existência de dois momentos formais de avaliação sumativa: Realização de um texto individual; Realização de um trabalho de grupo. O professor deverá também ter em conta a pontualidade, a assiduidade e a participação dos alunos no decorrer das aulas. 15

16

17 12ª Classe Programa da Disciplina

18 11ª E 12ª CLASSES PRÉ-REQUISITOS Na 12ª Classe, para melhor gestão do programa, recomenda-se que o(a) professor(a) faça uma revisão aos conteúdos referentes ao subtema 1, 2 e 3 do Tema 3 da 11ª Classe, que tratam da estrutura social, da socialização e do controlo social e desvio, como pré-requisitos para os conteúdos da 12ª Classe. 18

19 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA ESQUEMA GERAL DOS CONTEÚDOS DA 12ª CLASSE HORAS PREVISTAS 3ª Parte 1º TRIMESTRE Tema 4 - Reprodução social e mobilidade social horas 1. Classes sociais e estratificação social... 8 horas 2. A reprodução social... 8 horas Reserva... 4 horas 2º TRIMESTRE Tema 5 - Mudança social e População horas 1. Mudança social... 8 horas 2. População. Noções de crescimento populacional horas Reserva... 2 horas 4ª Parte 3º TRIMESTRE Tema 6 - Sociologia, sociologias e desenvolvimento social horas 1. Sociologia da família horas 2. Políticas alternativas de desenvolvimento na sociedade angolana... 6 horas Reserva... 4 horas Total Geral horas 19

20 11ª E 12ª CLASSES CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS HORAS PREVISTAS 3ª Parte Tema 4 - Reprodução social e mobilidade social horas 1. Classes sociais, estratificação e mobilidade social... 8 horas 1.1. Conceito de estratificação social e de classes sociais Perspectiva teórica de estratificação social Critérios de estratificação social A estratificação social nas sociedades africanas: o caso angolano Tipos de mobilidade. Grau de aceitação do sistema de estratificação social e mobilidade social. 2. A reprodução social... 8 horas 2.1. Papel da socialização na reprodução social Instituições sociais. Conceito e elementos: Papel das instituições sociais na reprodução social; Os aparelhos ideológicos do Estado; Papel da instituição Família e da Instituição Escola na reprodução social; Os mass media; As contra-instituições. Tema 5 - Mudança social e população horas 1. Mudança social... 8 horas 1.1. Movimentos sociais e mudança social Conceito de evolução social: Vias e tipos de mudança; Mudanças sociais contínuas (evolutivas e de reformas progressivas) e mudanças descontínuas (ruptura social e imposição exterior) Consequências da mudança social: A aceitação e a resistência à mudança social. 20

21 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA 2. População. Noções de crescimento populacional horas 2.1. Migrações e estabilização populacional Integração cultural e habitacional das populações rurais nas cidades Políticas de desenvolvimento rural Políticas de desenvolvimento urbano: A cidade moderna e o interculturalismo. 4ª Parte Tema 6 - Sociologia, sociologias e desenvolvimento social horas 1. Sociologia da família horas 1.1. A família. Sua estrutura Família nuclear/família extensa Funções sociais da família: A função sexual; A função de socialização; A função económica A família angolana: A família em mudança; Código da família Políticas de desenvolvimento familiar no mundo e em Angola. 2. Políticas alternativas de desenvolvimento na sociedade angolana... 5 horas 2.1. A nível local A nível global. 21

22 11ª E 12ª CLASSES OBJECTIVOS POR TEMAS Tema 4 - Reprodução social e mobilidade social Subtema 1 - Classes sociais e estratificação social: Identificar duas perspectivas teóricas de desigualdade social; Conhecer o conceito de estratificação social; Conhecer o conceito de classe social; Reconhecer alguns critérios de estratificação social; Distinguir estrato social de classe social; Descrever a estratificação social em Angola; Definir mobilidade social; Relacionar estratificação e mobilidade social. Subtema 2 - A reprodução social: Reconhecer o papel da socialização na reprodução social; Identificar a socialização como um processo de estabilização e reprodução social; Reconhecer o papel das instituições sociais na reprodução social; Enumerar algumas instituições sociais; Conhecer o conceito de instituição; Reconhecer o papel da ideologia na reprodução social; Reconhecer a família e a escola como agentes de socialização importantes na reprodução social; Reconhecer o papel dos mass media na reprodução social; Reconhecer as contra-instituições como alternativa à ordem social instituída; Justificar o aparecimento de contra-instituições. Tema 5 - Mudança social e População Subtema 1 - Mudança social: Explicar o conceito de mudança; Referir factores de mudança; Caracterizar movimentos sociais; Distinguir mudança de evolução social; Identificar alguns tipos e vias de mudança; Caracterizar os tipos e as vias de mudança identificados; Referir algumas consequências da mudança social. 22

23 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA Subtema 2 - População. Noções de crescimento populacional: Definir população; Interpretar noções de crescimento populacional; Definir imigrações; Reconhecer o papel das migrações na estabilização populacional; Reconhecer o papel da integração cultural e habitacional na estabilização populacional; Identificar o multiculturalismo como característica das cidades modernas. Tema 6 - Sociologia, sociologias e desenvolvimento social Subtema 1 - Sociologia da família: Relacionar os tipos de sociedade, a estrutura e as funções da família; Reconhecer o papel da família na integração cultural e habitacional; Identificar a situação da família angolana; Indicar as funções da família; Interpretar as políticas de desenvolvimento familiar no mundo e em Angola. Subtema 2 - Políticas alternativas de desenvolvimento na sociedade angolana: Reconhecer as políticas de desenvolvimento a nível local e global; Justificar as opções de desenvolvimento da sociedade angolana. 23

24 11ª E 12ª CLASSES SUGESTÕES METODOLÓGICAS A Sociologia é uma ciência viva, pelo que não há nada mais errado do que tratá-la abstractamente. É preciso construir o conhecimento do aluno partindo do seu conhecimento quotidiano, do lugar comum, e enquadrar esse conhecimento nas referências teóricas a analisar, generalizando-o posteriormente. No tratamento dos diversos temas prevê-se a utilização de metodologias diversificadas que englobam desde a exposição sistemática de informação por parte do professor até à realização, pelos estudantes, de pequenos trabalhos de investigação. O recurso a técnicas variadas não fará contudo esquecer a importância do desenvolvimento da autonomia no processo de aprendizagem/formação. Nesse sentido, os docentes deverão facilitar: O acesso a outras fontes de informação, incluindo o contacto com profissionais ou agentes sociais com experiências relevantes para a análise das diversas temáticas que integram o programa; A articulação entre os conteúdos ministrados e a observação/análise de situações educativas concretas; Trabalhos de grupo; Debate. O método expositivo deverá ser utilizado para todos os temas, para sistematizar os conhecimentos. 24

25 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA AVALIAÇÃO A avaliação deve ser encarada como um mecanismo de carácter social, eminentemente formativo e que possibilite a reflexão por parte do professor da sua prática pedagógica e a reflexão analítica e correctiva do aluno. Para além da avaliação contínua e formativa ao longo dos trimestres, prevê-se a existência de dois momentos formais de avaliação sumativa: Realização de um teste individual; Realização de um trabalho de grupo. O professor deverá também ter em conta a pontualidade, a assiduidade e a participação dos alunos no decorrer das aulas. No início do ano lectivo, o professor deverá fazer uma prova diagnóstica para saber o estado da turma e estabelecer um ponto de partida comum para todos. 25

26 11ª E 12ª CLASSES 26 BIBLIOGRAFIA CODESRIA. Ciências Sociais em África. Alguns projectos de Investigação, Codesria. Dakar COLAÇO, João Carlos. Mentalidade chapa 100 na cidade de Maputo. Estudos Moçambicanos, número especial. Maputo. Centro de Estudos Africanos, Universidade Eduardo Mondeane. Pp COSTA, Luís J. Manuel da - A Sociologia em Angola. Posições e Proposições - in Ngola: Revista de Estudos Sociais; Associação de Antropólogos e Sociólogos de Angola (AASA) - Jan-Dez, n. 1. CUVILIER, Armando. Manual de Sociologia. Volume I. Colecção Coimbra Editora. Luanda. DIOP, Moamar Coumba e Diof, Mamadou. As sucessões legais: Mecanismos de transferência de poder em África, in Ciências Sociais em África. Alguns projectos de investigação. Dakar. Codesria. Pp FOUNOU-Tehuigoua, Bernardo (1997) - Crise Africana: alternativas. Lisboa, Editora Dinossauro. GINSBERG, Morris. Introdução à Sociologia. 2ª Edição. Publicações Europa- América, Lda. Colecção Saber. GURVITCH, Georges. Tratado de Sociologia. Volume II. Lisboa. Tradução de Martins Fontes GURVITCH, Georges. A vocação actual de Sociologia. Volume I. Edições Cosmos. Colecção Coordenadas HORTON, Paul B. e Hunt, L. Chester. Sociologia. Mcgraw Hill. São Paulo KAJIBANGA, Víctor (1999) - A Sociologia da Cultura Africana na obra de Mário Pinto de Andrade, in Africana Studia, n.º 1, Porto, Edição da Fundação Eng. António de Almeida, Pg

27 PROGRAMA DE SOCIOLOGIA KAJIBANGA, Víctor (1999) - A Alma Sociológica na Ensaística de Mário Pinto de Andrade. Uma introdução ao estudo de vida e obra do primeiro sociólogo angolano. Lisboa, Veja, 143 p. OLIVEIRA, Maria da Luz; Pais, Maria João e Cabrito, Belmiro Gil. Sociologia. Texto Editora. Lisboa ª Edição. VARGAS, José. Sociologia 12 ano. Porto Editora. 27

PROGRAMA DE Análise. 11ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário

PROGRAMA DE Análise. 11ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário PROGRAMA DE Análise Sociológica da Educação, ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Análise Sociológica da Educação,

Leia mais

PROGRAMA DE TEORIA E METODOLOGIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª e 13ª classes

PROGRAMA DE TEORIA E METODOLOGIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª e 13ª classes PROGRAMA DE TEORIA E METODOLOGIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª e 13ª classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Educação Física Ficha Técnica Título Programa de Teoria e Metodologia

Leia mais

PROGRAMA DE PSICOLOGIA DESPORTIVA 11ª Classe

PROGRAMA DE PSICOLOGIA DESPORTIVA 11ª Classe PROGRAMA DE PSICOLOGIA DESPORTIVA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Educação Física Ficha Técnica Título Programa de Psicologia Desportiva - 11ª Classe Formação

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE HISTÓRIA

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE HISTÓRIA PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE HISTÓRIA 11ª, 12ª e 13ª classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino de História - 11ª, 12ª

Leia mais

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais Instituto Superior de Ciências da Educação DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE LICENCIATURA EM ENSINO DE SOCIOLOGIA Tópicos de matérias para a prova de exame de admissão 1- As Ciências Sociais no

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 7ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 7ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 7ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo - 7ª Classe 1º Ciclo

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo - 9ª Classe 1º Ciclo

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo

Leia mais

PROGRAMA DE INFORMÁTICA

PROGRAMA DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE INFORMÁTICA (NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS) 10ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Informática

Leia mais

MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA SOCIOLOGIA (CÓDIGO 344 ) 12ºAno de Escolaridade (Dec.-Lei nº74/2004) (Duração: 90 minutos)

MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA SOCIOLOGIA (CÓDIGO 344 ) 12ºAno de Escolaridade (Dec.-Lei nº74/2004) (Duração: 90 minutos) 1. Unidades temáticas, conteúdos e objetivos/competências I O que é a Sociologia Unidades temáticas/conteúdos* 1. Sociologia e conhecimento sobre a realidade social 1.1. Ciências Sociais e Sociologia 1.2.

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Formação Profissional Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino de Matemática

Leia mais

PROGRAMA DE GEOGRAFIA 10ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário

PROGRAMA DE GEOGRAFIA 10ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário PROGRAMA DE GEOGRAFIA 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Geografia - 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário

Leia mais

Novos Programas: Outras Práticas Pedagógicas 1

Novos Programas: Outras Práticas Pedagógicas 1 Novos Programas: Outras Práticas Pegógicas 1 Maria Conceição Antunes Num estudo sobre os professores de no Ensino Secundário, em que participei (e que foi apresentado neste mesmo local, em 1996, no I Encontro

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA I + II/RELATÓRIO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA I + II/RELATÓRIO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA I + II/RELATÓRIO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso MESTRADO EM ENSINO DE ARTES VISUAIS

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CONTEÚDOS DE SOCIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE SOCIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONTEÚDOS DE SOCIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas

Leia mais

Educação para a Cidadania linhas orientadoras

Educação para a Cidadania linhas orientadoras Educação para a Cidadania linhas orientadoras A prática da cidadania constitui um processo participado, individual e coletivo, que apela à reflexão e à ação sobre os problemas sentidos por cada um e pela

Leia mais

Experiências Pré-Profissionais. Na Direção Regional de Educação. Conceito de Experiências Pré-Profissionais

Experiências Pré-Profissionais. Na Direção Regional de Educação. Conceito de Experiências Pré-Profissionais Na Direção Regional de Educação As equipas de educação especial da Direcção Regional de Educação (DRE) atendem uma população variada, com diferentes problemáticas que determinam a necessidade de diferenciar

Leia mais

PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO

PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO PROGRAMA DE INTRODUÇÃO AO DIREITO 10ª Classe 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO GERAL Área de Ciências Económico-Jurídicas Ficha Técnica Título Programa de Introdução ao Direito - 10ª Classe Editora Editora

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO EM CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS

CURSO DE FORMAÇÃO EM CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS 1 CURSO DE FORMAÇÃO EM CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS INTRODUÇÃO Os Cuidados de Saúde Primários (CSP), em Portugal, atravessam um momento de grande crescimento científico e afirmação como pilar essencial

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Ano Lectivo 2008/2009 SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Cursos: Licenciatura em Sociologia e Licenciatura em Sociologia e Planeamento (1º ciclo) Unidade Curricular: Sociologia Objecto e Método Localização no

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de

Leia mais

PROGRAMA DE FUTEBOL 10ª Classe

PROGRAMA DE FUTEBOL 10ª Classe PROGRAMA DE FUTEBOL 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Educação Física Ficha Técnica Título Programa de Futebol - 10ª Classe Formação de Professores do 1º

Leia mais

PROGRAMA DE INFORMÁTICA

PROGRAMA DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE INFORMÁTICA 10ª Classe 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Todas as áreas Ficha Técnica Título Programa de Informática - 10ª Classe Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento

Leia mais

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR INTRODUÇÃO ÍNDICE - Objectivos de Educação Pré-Escolar - Orientações Curriculares - Áreas de Conteúdo/Competências - Procedimentos de Avaliação - Direitos e Deveres dos Encarregados de Educação - Calendário

Leia mais

PROGRAMAS DE METODOLOGIA DE ENSINO DO PORTUGUÊS

PROGRAMAS DE METODOLOGIA DE ENSINO DO PORTUGUÊS PROGRAMAS DE METODOLOGIA DE ENSINO DO PORTUGUÊS 11ª, 12ª e 13ª Classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Português Ficha Técnica Título Programas de Metodologia de

Leia mais

A colaboração, a investigação e a reflexão contínuas são os pilares que podem

A colaboração, a investigação e a reflexão contínuas são os pilares que podem A colaboração, a investigação e a reflexão contínuas são os pilares que podem sustentar esta aspiração. 2. COMO CONCRETIZAR A MUDANÇA O Projecto Educativo de Escola (PEE) pode constituir um instrumento

Leia mais

PROGRAMA DE GINÁSTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE GINÁSTICA 11ª Classe PROGRAMA DE GINÁSTICA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Educação Física Ficha Técnica Título Programa de Ginástica - 11ª Classe Formação de Professores do

Leia mais

Indicadores Gerais para a Avaliação Inclusiva

Indicadores Gerais para a Avaliação Inclusiva PROCESSO DE AVALIAÇÃO EM CONTEXTOS INCLUSIVOS PT Preâmbulo Indicadores Gerais para a Avaliação Inclusiva A avaliação inclusiva é uma abordagem à avaliação em ambientes inclusivos em que as políticas e

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR ANO LECTIVO: 2013/2014 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR MESTRADO/LICENCIATURA 1.Unidade Curricular Nome: PSICOLOGIA DO ENVELHECIMENTO Área Científica: Psicologia Curso: Mestrado em Gerontologia Social Semestre:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

A procura social da educação Aumento da população escolarizada : massificação escolar. Aumento da esperança de vida escolar; Valorização dos diplomas; Necessidade de especialização. A educação é considerada

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DIPLOMÁTICA DE PORTUGAL (MEDIEVAL E MODERNA) Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DIPLOMÁTICA DE PORTUGAL (MEDIEVAL E MODERNA) Ano Lectivo 2014/2015 UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular HISTÓRIA DIPLOMÁTICA DE PORTUGAL (MEDIEVAL E MODERNA) Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso

Leia mais

PROGRAMA DE HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª Classe

PROGRAMA DE HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª Classe PROGRAMA DE HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 12ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Disciplina de Educação Física Ficha Técnica Título Programa de História de Educação Física -

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular FINANÇAS

Leia mais

a) Caracterização do Externato e meio envolvente; b) Concepção de educação e valores a defender;

a) Caracterização do Externato e meio envolvente; b) Concepção de educação e valores a defender; Projecto Educativo - Projecto síntese de actividades/concepções e linha orientadora da acção educativa nas suas vertentes didáctico/pedagógica, ética e cultural documento destinado a assegurar a coerência

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Antropologia das Sociedades Complexas Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Antropologia das Sociedades Complexas Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular Antropologia das Sociedades Complexas Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe 2º Ciclo do Ensino Secundário Geral Ensino Técnico-Profissional FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia de Ensino de Inglês - 11ª Classe Formação de

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06 Curso: 9 DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências da Educação Pedagogia (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 09/0/0 :06 s por Curso Magistério: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ens. Fundamental CNA.0.00.00-8

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia 1. Componentes curriculares O currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia engloba as seguintes dimensões. 1.1. Conteúdos de natureza teórica Estes conteúdos

Leia mais

PROGRAMA DE FÍSICA. 10ª Classe

PROGRAMA DE FÍSICA. 10ª Classe PROGRAMA DE FÍSICA (NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS) 10ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Física - 10ª

Leia mais

Educação Especial. 2. Procedimentos de Referenciação e Avaliação e Elaboração do Programa Educativo Individual

Educação Especial. 2. Procedimentos de Referenciação e Avaliação e Elaboração do Programa Educativo Individual Educação Especial O Grupo da Educação Especial tem como missão fundamental colaborar na gestão da diversidade, na procura de diferentes tipos de estratégias que permitam responder às necessidades educativas

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais)

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) UFPR SETOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) 1º ANO

Leia mais

GABINETE DA MINISTRA DESPACHO

GABINETE DA MINISTRA DESPACHO DESPACHO A concretização do sistema de avaliação do desempenho estabelecido no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário (ECD), recentemente regulamentado,

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA 11ª, 12ª e 13ª classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Metodologia do Ensino de Educação

Leia mais

PROGRAMA DE MATEMÁTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE MATEMÁTICA 11ª Classe PROGRAMA DE MATEMÁTICA 11ª Classe PRÉ-ESCOLAR Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Matemática - 11ª Classe Formação de Professores para o

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ECONOMIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ECONOMIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ECONOMIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Relações Internacionais 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Escola Secundária com 3º CEB de Coruche EDUCAÇÃO SEXUAL

Escola Secundária com 3º CEB de Coruche EDUCAÇÃO SEXUAL Escola Secundária com 3º CEB de Coruche 0 EDUCAÇÃO SEXUAL INTRODUÇÃO A Educação da sexualidade é uma educação moral porque o ser humano é moral. É, também, uma educação das atitudes uma vez que, com base

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA Regulamento do Curso Vocacional Artes e Multimédia Ensino Básico 3º ciclo Artigo 1.º Âmbito e Enquadramento O presente regulamento estabelece as diretrizes essenciais

Leia mais

Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Sociologia

Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Sociologia Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Ensino Médio Elaborar uma proposta curricular para implica considerar as concepções anteriores que orientaram, em diferentes momentos, os

Leia mais

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA NOTA EXPLICATIVA DA AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS NO ÂMBITO DO 1º CICLO DE ESTUDOS DO CURSO DE LICENCIATURA/MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITECTURA, CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA ARQUITECTURA.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular IMIGRAÇÃO E SEGURANÇA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular IMIGRAÇÃO E SEGURANÇA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular IMIGRAÇÃO E SEGURANÇA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO Técnico de Eletrotecnia e Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos / 2015/2018 DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/ José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros CURSO PROFISSIONAL NÍVEL SECUNDÁRIO Planificação Anual 201-2014 COMUNICAÇÃO E

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação Ferramentas Digitais/Gráficas I Área Científica Design Gráfico e Multimédia Ciclo de Estudos Obrigatório Carácter: Obrigatório Semestre

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL 7ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Educação Laboral - 7ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

APPDA-Setúbal. Educação

APPDA-Setúbal. Educação APPDA-Setúbal Educação Enquadramento Constitui desígnio do XVII Governo Constitucional promover a igualdade de oportunidades, valorizar a educação e promover a melhoria da qualidade do ensino. Um aspeto

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular FINANÇAS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular FINANÇAS PÚBLICAS (02311) 5.

Leia mais

Planificação Anual. Psicologia e Sociologia. 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional de Técnico de Secretariado. Ano Letivo 2014/2015

Planificação Anual. Psicologia e Sociologia. 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional de Técnico de Secretariado. Ano Letivo 2014/2015 Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual Psicologia e Sociologia 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional de Técnico de Secretariado Ano Letivo 2014/2015 Prof. João Manuel

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FILOSOFIA DO DIREITO Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FILOSOFIA DO DIREITO Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular FILOSOFIA DO DIREITO Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular FILOSOFIA DO DIREITO (02339)

Leia mais

Curso de Formação Complementar. Apresentação

Curso de Formação Complementar. Apresentação Curso de Formação Complementar I Apresentação O curso de Formação Complementar destina-se a jovens titulares de cursos de Tipo 2, Tipo 3 ou outros cursos de qualificação inicial de nível 2, que pretendam

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

Aplicações Informáticas B

Aplicações Informáticas B Prova de Exame Nacional de Aplicações Informáticas B Prova 703 2008 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção-Geral

Leia mais

Planificação Anual. Escola Secundária de Pombal - (400634) Referência ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS GERAIS

Planificação Anual. Escola Secundária de Pombal - (400634) Referência ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS GERAIS Planificação Anual Escola Secundária de Pombal - (400634) Referência Direcção Regional de Educação do Centro Equipa de Apoio às Escolas - Leiria ANO LECTIVO - 2010/ 2011 ÁREA DISCIPLINAR DE ECONOMIA E

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA

CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL NA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PORTUGUESA

A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL NA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PORTUGUESA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CRIMINOLOGIA CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL NA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PORTUGUESA ÍNDICE

Leia mais

PLANIFICAÇÕES ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS. Diálogo orientado;

PLANIFICAÇÕES ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS. Diálogo orientado; PLANIFICAÇÕES SECUNDÁRIO PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE ECONOMIA A 10º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS MATERIAIS CURRICULARES

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DA GEOGRAFIA

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DA GEOGRAFIA PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DA GEOGRAFIA 12ª Classe Formação de Professores para o Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino da Geografia - 12ª Classe Formação de Professores

Leia mais

POR UMA ESCOLA INCLUSIVA

POR UMA ESCOLA INCLUSIVA POR UMA ESCOLA INCLUSIVA Sílvia Ferreira * Resumo: A promoção de uma escola democrática, onde incluir se torne um sinónimo real de envolver, é um desafio com o qual os profissionais de Educação se deparam

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBLEMAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBLEMAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular PROBLEMAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Serviço Social (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO COMERCIAL DA EMPRESA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO COMERCIAL DA EMPRESA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO COMERCIAL DA EMPRESA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO COMERCIAL

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR:

ESTRUTURA CURRICULAR: ESTRUTURA CURRICULAR: Definição dos Componentes Curriculares Os componentes curriculares do Eixo 1 Conhecimentos Científico-culturais articula conhecimentos específicos da área de história que norteiam

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES 96 HORAS

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES 96 HORAS FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES 96 HORAS MÓDULOS HORAS FORMADOR 1 - FORMADOR: SISTEMA, CONTEXTOS E PERFIL 10H FRANCISCO SIMÕES 2 SIMULAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL 13H FILIPE FERNANDES 3 COMUNICAÇÃO

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

Convém ter presente que o objecto da EC está sujeito a mutações e que pode e deve ser revisto.

Convém ter presente que o objecto da EC está sujeito a mutações e que pode e deve ser revisto. Apenas um alerta Convém ter presente que o objecto da EC está sujeito a mutações e que pode e deve ser revisto. Segundo García Garrido (1986) seria preciso encontrar uma nova formulação do objecto que

Leia mais

Colaborações em ambientes online predispõem a criação de comunidades de

Colaborações em ambientes online predispõem a criação de comunidades de Ficha de Leitura Tipo de documento: Artigo Título: Colaboração em Ambientes Online na Resolução de Tarefas de Aprendizagem Autor: Miranda Luísa, Morais Carlos, Dias Paulo Assunto/Sinopse/Resenha: Neste

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

PROGRAMA DE PSICOLOGIA

PROGRAMA DE PSICOLOGIA PROGRAMA DE PSICOLOGIA 12ª Classe 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Disciplina Opcional Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Introdução ao Psicologia - 12ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM:

Leia mais

Índice: Introdução 3. Princípios Orientadores 3. Definição do projecto 4. Considerações Finais 8. Actividades a desenvolver 9.

Índice: Introdução 3. Princípios Orientadores 3. Definição do projecto 4. Considerações Finais 8. Actividades a desenvolver 9. Índice: Introdução 3 Princípios Orientadores 3 Definição do projecto 4 Objectivos a alcançar 5 Implementação do projecto 5 Recursos necessários 6 Avaliação do projecto 7 Divulgação Final do Projecto 7

Leia mais

O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)?

O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)? O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)? São unidades especializadas de apoio educativo multidisciplinares que asseguram o acompanhamento do aluno, individualmente ou em grupo, ao longo

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª Recomenda ao Governo a definição de uma estratégia para o aprofundamento da cidadania e da participação democrática e política dos jovens A cidadania é, além de um

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO FISCAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO FISCAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO FISCAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Solicitadoria 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO FISCAL (28129) 5.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

ANEXO 01. CURSO: Tecnólogo em Segurança Pública e Social UFF

ANEXO 01. CURSO: Tecnólogo em Segurança Pública e Social UFF ANEXO 01 CURSO: Tecnólogo em e Social UFF SELEÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES DISCIPLINAS / FUNÇÕES - PROGRAMAS / ATIVIDADES - PERFIS DOS CANDIDATOS - NÚMEROS DE VAGAS DISCIPLINA/FUNÇÃO PROGRAMA/ATIVIDADES

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras: Escola Secundária de Valongo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia As Professoras: Cláudia Rocha Fátima Garcia Tema Organizador: Viver Melhor na Terra 1º PERÍODO

Leia mais