CRIANÇA e CONSUMO. Publicidade dirigida à infância IMPACTOS E CONSEQÜÊNCIAS. Isabella Vieira Machado Henriques

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRIANÇA e CONSUMO. Publicidade dirigida à infância IMPACTOS E CONSEQÜÊNCIAS. Isabella Vieira Machado Henriques"

Transcrição

1 CRIANÇA e CONSUMO Publicidade dirigida à infância IMPACTOS E CONSEQÜÊNCIAS Isabella Vieira Machado Henriques

2 o instituto ALANA Organização sem fins lucrativos que desenvolve atividades educacionais, culturais e de fomento à articulação social, visando a valorização do ser humano e a melhoria de sua qualidade de vida.

3 o projeto CRIANÇA e CONSUMO Busca o envolvimento da sociedade nas discussões com relação ao desenvolvimento do consumismo infanto-juvenil, suas causas e conseqüências. Gera ações afirmativas que contribuem para a ampla conscientização do problema e suas soluções. Uma destas ações é a proposta para erradicação de qualquer publicidade dirigida àcriança.

4 A criança é o consumidor de amanhã Por que são necessárias campanhas de conscientização para o uso responsável do crédito?

5 A criança é o consumidor de amanhã Uma criança exposta aos intensos apelos da comunicação mercadológica tende a ser um adulto com hábitos de consumo insustentáveis.

6 A criança é o consumidor de amanhã O consumo consciente é um hábito saudável que começa na infância. Preservar nossas crianças da superexposição comercial é parte fundamental desta construção educacional.

7 A criança como promotora de vendas A publicidade que é dirigida à criança não se refere necessariamente a produtos ou serviços dirigidos a ela. Muitos produtos e serviços destinados ao público adulto têm suas publicidades dirigidas ao público infantil.

8 A criança como promotora de vendas As crianças influenciam em 80% das compras da casa. Só não participam do processo decisório da compra de: produtos de limpeza, combustível, e seguros de saúde e de vida. Fonte: IBGE InterScience (2003) / Pesquisa Nickelodeon Business Solution Research (2007).

9 A criança frente à mídia Bastam 30 segundos para uma marca influenciar uma criança. Fonte: Associação Dietética Norte-Americana Borzekowski Robinson.

10 A criança frente à mídia 4h51m19s É o tempo médio diário que a criança brasileira assiste TV. Fonte: Painel Nacional de Televisão IBOPE (2005).

11 A criança não distingue conteúdo de publicidade Algumas crianças conseguem distinguir a publicidade da programação televisiva quando têm entre 3 e 4 anos. Muitas conseguem entre as idades de 6 e 8. Mas TODAS só conseguem fazer essa distinção após os 10 anos. Fonte: Children and television advertising Swedish Consumer Agency Erling Bjurström, sociólogo contratado pelo Governo Sueco em

12 A criança não compreende o caráter persuasivo da publicidade Somente após anos é que a maioria das crianças consegue desenvolver um entendimento acerca do caráter comercial da publicidade. A maior parte das crianças não consegue explicar o caráter persuasivo da publicidade antes dos 7-8 anos. Fonte: Children and television advertising Swedish Consumer Agency Erling Bjurström, sociólogo contratado pelo Governo Sueco em

13 A criança não entende o valor de produtos e serviços Crianças de até 6 anos não entendem o valor do dinheiro, das mercadorias e dos serviços (caro / barato). Nesta etapa do desenvolvimento psíquico as estruturas de representação simbólica das crianças ainda estão em formação.

14 A criança não entende a complexidade das relações de consumo A criança atua no mundo de forma lúdica e quando nova mistura fantasia com realidade. Sozinha, não entende que não precisa usufruir produtos ou serviços disponíveis no mercado para ser feliz ou estar interada no grupo.

15 Formação de valores materialistas A idéia da publicidade é vender. Seu comando é para que a pessoa que recebe a mensagem compre o produto ou o serviço anunciado. Basicamente a idéia da publicidade é: Compre e seja feliz! uma ideologia consumista, que prega valores materialistas.

16 Formação de valores materialistas SER vs TER A criança consumista é aquela que se define pelo que tem e não por quem é.

17 Impactos da publicidade dirigida ao público infantil Estresse Familiar Desequilíbrio do orçamento familiar Violência Enfraquecimento da autoridade paterna Sexualização precoce Consumo precoce de álcool e tabaco Obesidade Desvalorização da cultura local Diminuição das brincadeiras criativas Encorajamento da passividade e do conformismo Encorajamento do egoísmo Enfraquecimento dos valores democráticos

18 A vulnerabilidade exacerbada da criança A comunicação mercadológica dirigida à criança não é ética. Utiliza técnicas e subterfúgios de convencimento dirigidos a uma pessoa presumidamente hipossuficiente.

19 A ilegalidade da publicidade dirigida à criança CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Art. 37. É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. 2º É abusiva, dentre outras, a publicidade discriminatória de qualquer natureza, a que incite à violência, explore o medo ou a superstição, se aproveite da deficiência de julgamento e experiência da criança, desrespeite valores ambientais, ou que seja capaz de induzir o consumidor a se comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua saúde ou segurança. (...)

20 A ilegalidade da publicidade dirigida à criança A publicidade voltada ao público infantil é intrinsecamente carregada de abusividade. Para seu sucesso se vale justamente da deficiência de julgamento e experiência da criança.

21 A ilegalidade da publicidade dirigida à criança CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Art. 36. A publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal.

22 A ilegalidade da publicidade dirigida à criança As crianças não têm condições de entender as mensagens publicitárias que lhes são dirigidas. Não conseguem: - Distinguí-las da programação. - Compreender seu caráter persuasivo.

23 A criança é o pai do homem. William Wordsworth

24

Criança, consumo de alimentos e publicidade

Criança, consumo de alimentos e publicidade Criança, consumo de alimentos e publicidade Isabella Henriques www.alana.org.br Mercantilização da Infância Etapas do Desenvolvimento Infantil Os estágios evolutivos da criança: 2 a 3 anos 4 a 6 anos 7

Leia mais

Publicidade de alimentos dirigida às crianças

Publicidade de alimentos dirigida às crianças Publicidade de alimentos dirigida às crianças Isabella Henriques www.alana.org.br Instituto Alana desde 1994 Organização sem fins lucrativos que desenvolve atividades educacionais, culturais e de fomento

Leia mais

Avanços na Regulação da Publicidade Infantil

Avanços na Regulação da Publicidade Infantil Avanços na Regulação da Publicidade Infantil IV Fórum de Monitoramento do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis no Brasil AGO/2014 O arsenal de publicidade

Leia mais

Seminário Obesidade Infantil Câmara dos Deputados 22 de outubro de 2013 Ekaterine Karageorgiadis Advogada

Seminário Obesidade Infantil Câmara dos Deputados 22 de outubro de 2013 Ekaterine Karageorgiadis Advogada A influência da comunicação mercadológica dirigida às crianças Seminário Obesidade Infantil Câmara dos Deputados 22 de outubro de 2013 Ekaterine Karageorgiadis Advogada Instituto Alana: quem somos Projeto

Leia mais

MERCANTILIZAÇÃO DA INFÂNCIA A ilegalidade da publicidade dirigida às crianças

MERCANTILIZAÇÃO DA INFÂNCIA A ilegalidade da publicidade dirigida às crianças MERCANTILIZAÇÃO DA INFÂNCIA A ilegalidade da publicidade dirigida às crianças Isabella Henriques www.alana.org.br Mercantilização da Infância Etapas do Desenvolvimento Infantil Os estágios evolutivos da

Leia mais

Publicidade de alimentos e os impactos no desenvolvimento infantil. Tamara Amoroso Gonçalves

Publicidade de alimentos e os impactos no desenvolvimento infantil. Tamara Amoroso Gonçalves Publicidade de alimentos e os impactos no desenvolvimento infantil Tamara Amoroso Gonçalves Mercantilização da Infância Etapas do Desenvolvimento Infantil Os estágios evolutivos da criança: - 2 a 3 anos

Leia mais

Regime Republicano e Estado Democrático de Direito art. 1º. Fundamento III dignidade da pessoa humana e IV livre iniciativa

Regime Republicano e Estado Democrático de Direito art. 1º. Fundamento III dignidade da pessoa humana e IV livre iniciativa Regime Republicano e Estado Democrático de Direito art. 1º. Fundamento III dignidade da pessoa humana e IV livre iniciativa Objetivos da República Art. 3º. Construção sociedade livre, justa e solidária

Leia mais

DIREITO DO CONSUMIDOR MARIA BERNADETE MIRANDA

DIREITO DO CONSUMIDOR MARIA BERNADETE MIRANDA DIREITO DO CONSUMIDOR MARIA BERNADETE MIRANDA OFERTA VÍNCULO DA RELAÇÃO DE CONSUMO MERCADO DE CONSUMO OFERTA Artigo 30 Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma

Leia mais

São Paulo, 14 de dezembro de 2007

São Paulo, 14 de dezembro de 2007 À B.C.P. S/A Grupo Claro A/C: Departamento Jurídico Rua Florida, 1970. Cidade Monções 04565-907. São Paulo/SP São Paulo, 14 de dezembro de 2007 Prezados Senhores, Ref.: Publicidade de celulares para o

Leia mais

São Paulo, 16 de Abril de 2012

São Paulo, 16 de Abril de 2012 São Paulo, 16 de Abril de 2012 À Manufatura de Brinquedos Estrela S/A A/c: Departamento Jurídico A/c: Departamento de Marketing A/c: Departamento de Relações Institucionais Rua Gomes de Carvalho, 1327,

Leia mais

A PUBLICIDADE NA LÓGICA DE UM. Adalberto Pasqualotto São Paulo, 12/08/2011

A PUBLICIDADE NA LÓGICA DE UM. Adalberto Pasqualotto São Paulo, 12/08/2011 A PUBLICIDADE NA LÓGICA DE UM JURISTA Adalberto Pasqualotto São Paulo, 12/08/2011 1 A pirâmide de Kelsen Norma fundamental: CF: dignidade humana Leis: Código de Defesa do Consumidor Decretos Portarias

Leia mais

Primo Schincariol Indústria de Cerveja e Refrigerantes S.A.

Primo Schincariol Indústria de Cerveja e Refrigerantes S.A. São Paulo, 14 de maio 2013 À Primo Schincariol Indústria de Cerveja e Refrigerantes S.A. A/C Sr. Luiz Cláudio Taya de Araújo Diretor de Marketing Av. Primo Schincariol, 2300 Itu São Paulo 13312-900 Ref.:

Leia mais

PUBLICIDADE DE BEBIDAS ALCOÓLICAS E OS JOVENS ALAN VENDRAME UNIFESP/EPM

PUBLICIDADE DE BEBIDAS ALCOÓLICAS E OS JOVENS ALAN VENDRAME UNIFESP/EPM PUBLICIDADE DE BEBIDAS ALCOÓLICAS E OS JOVENS ALAN VENDRAME UNIFESP/EPM Apoio: FAPESP 03/06250-7 e 04/13564-0 Introdução Importantes questões: 1. O controle social da mídia (propagandas) é importante medida

Leia mais

São Paulo, 11 de abril de 2011

São Paulo, 11 de abril de 2011 São Paulo, 11 de abril de 2011 À WMS Supermercados do Brasil Ltda. A/c: Departamento Jurídico Avenida Tucunaré, 125/211 Tamboré Barueri/SP 06460-020 Ref.: Apresentação do Projeto Criança e Consumo, solicitação

Leia mais

Capacitação de Multiplicadores:

Capacitação de Multiplicadores: Capacitação de Multiplicadores: Desafios e alternativas para o problema do consumismo na infância Consumismo na infância: Crianças e os apelos mercadológicos Sobre o que conversaremos? As crianças Características

Leia mais

São Paulo, 17 de julho de 2014. À Secretaria xxxxx A/C Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep

São Paulo, 17 de julho de 2014. À Secretaria xxxxx A/C Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep São Paulo, 17 de julho de 2014 À Secretaria xxxxx A/C Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep Ref.: Ciência à Secretaria de Educação sobre a existência da Resolução

Leia mais

Francisco José Soller de Mattos

Francisco José Soller de Mattos Princípios gerais da publicidade no Código de Proteção e Defesa do Consumidor Francisco José Soller de Mattos Introdução Nosso ordenamento jurídico não obriga a Nosso ordenamento jurídico não obriga a

Leia mais

São Paulo, 19 de abril de 2011

São Paulo, 19 de abril de 2011 São Paulo, 19 de abril de 2011 À Allie Comercial Ltda. A/c: Departamento Jurídico Rua Comendador Miguel Calfat, 307. Vila Nova Conceição São Paulo - SP 04537 081 Ref.: Apresentação do Projeto Criança e

Leia mais

São Paulo, 16 de Abril de 2012

São Paulo, 16 de Abril de 2012 São Paulo, 16 de Abril de 2012 Ao Condomínio Praia de Belas Shopping Center A/c: Departamento Jurídico A/c: Departamento de Marketing Av. Praia de Belas, 1181 Praia de Belas Porto Alegre RS 90110-001 C/c:

Leia mais

São Paulo, 27 de agosto de 2012

São Paulo, 27 de agosto de 2012 São Paulo, 27 de agosto de 2012 À Empresa Cinemas São Luiz S.A. - Cinemas Severiano Ribeiro Kinoplex A/c: Departamento Jurídico A/c: Departamento de Marketing A/c: Departamento de Relações Institucionais

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR E A TUTELA ESTATAL DIANTE DA PUBLICIDADE ABUSIVA

CONSIDERAÇÕES SOBRE O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR E A TUTELA ESTATAL DIANTE DA PUBLICIDADE ABUSIVA CONSIDERAÇÕES SOBRE O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR E A TUTELA ESTATAL DIANTE DA PUBLICIDADE ABUSIVA Elaborado em 10.2006 Vitor Vilela Guglinski Assessor de juiz, especialista em Direito do Consumidor em

Leia mais

São Paulo, 19 de dezembro de 2007

São Paulo, 19 de dezembro de 2007 São Paulo, 19 de dezembro de 2007 Ao CONAR Conselho de Auto-Regulamentação Publicitária Avenida Paulista, nº 2073, Edifício Horsa II, 18º andar Conjunto Nacional São Paulo SP 01311-940 Ref. Reclamação

Leia mais

Regulação da publicidade infantil e prevenção da obesidade

Regulação da publicidade infantil e prevenção da obesidade Regulação da publicidade infantil e prevenção da obesidade 241ª Assembleia Ordinária do CONANDA 09 de julho de 2015 Mariana de Araujo Ferraz Advogada e Consultora Mestre em Direitos Humanos - USP Ex-conselheira

Leia mais

Ao Exmo. Sr. Secretário(a) Municipal/Estadual de Educação A/c: Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep

Ao Exmo. Sr. Secretário(a) Municipal/Estadual de Educação A/c: Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep São Paulo, 14 de julho 2014 Ao Exmo. Sr. Secretário(a) Municipal/Estadual de Educação A/c: Sr. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Endereço da secretaria de educação Cidade - Estado Cep Ref.: Ciência do P.A. nº 03/2014

Leia mais

São Paulo, 6 de Abril de 2011

São Paulo, 6 de Abril de 2011 São Paulo, 6 de Abril de 2011 Ao Grupo Pão de Açúcar A/c: Departamento Jurídico Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 3172 - Bela Vista São Paulo SP 01402-000 Ref.: Contato institucional, apresentação do Projeto

Leia mais

São Paulo, 13 de agosto de 2010. Ref. Proposta de inclusão no plano de governo.

São Paulo, 13 de agosto de 2010. Ref. Proposta de inclusão no plano de governo. São Paulo, 13 de agosto de 2010 Ao Candidato Plínio de Arruda Sampaio Dr. José Queirós Aranha, n 342, Vila Mariana São Paulo - SP 04106-061 Ref. Proposta de inclusão no plano de governo. Prezado Candidato

Leia mais

Comunicação: tendências e desafios, realizada na Universidade do Sagrado Coração Bauru SP, no período de 27 a 29 de agosto de 2009.

Comunicação: tendências e desafios, realizada na Universidade do Sagrado Coração Bauru SP, no período de 27 a 29 de agosto de 2009. 111 1ª Jornada Científica de Comunicação Social A pesquisa em Comunicação: tendências e desafios PUBLICIDADE E PROPAGANDA: UMA REFLEXÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA E DA ÉTICA PARA A PROFISSÃO

Leia mais

São Paulo, 28 de junho de 2007

São Paulo, 28 de junho de 2007 São Paulo, 28 de junho de 2007 Ao CONAR Conselho de Auto-Regulamentação Publicitária Avenida Paulista, nº 2073 Edifício Horsa II, 18º andar Conjunto Nacional São Paulo - SP 01311-940 Ref. Reclamação Denúncia

Leia mais

Projeto Paz na Escola

Projeto Paz na Escola Projeto Paz na Escola Olímpia Terezinha da Silva Henicka Dariléia Marin Em uma sociedade como a nossa, na qual a riqueza é tão mal distribuída, a preocupação com a sobrevivência deve ser maior que as preocupações

Leia mais

São Paulo, 4 de julho de 2007

São Paulo, 4 de julho de 2007 À Pandurata Alimentos Ltda. A/C: Departamento Jurídico Rua Endres, 884 Guarulhos SP 07043-000, e à São Paulo, 4 de julho de 2007 Exim Character Licenciamento e Marketing A/C: Departamento Jurídico Rua

Leia mais

São Paulo, 2 de outubro de 2015

São Paulo, 2 de outubro de 2015 São Paulo, 2 de outubro de 2015 À Ri Happy Brinquedos S/A A/c: Departamento Jurídico A/c: Departamento de Marketing A/c: Departamento de Relações Institucionais Avenida Ipiranga, 200, sobreloja, Ed. Copan,

Leia mais

PRÁTICAS COMERCIAS. Oferta Princípios da publicidade Publicidade abusiva e enganosa

PRÁTICAS COMERCIAS. Oferta Princípios da publicidade Publicidade abusiva e enganosa PRÁTICAS COMERCIAS Oferta Princípios da publicidade Publicidade abusiva e enganosa CONCEITO Práticas comerciais são os procedimentos, mecanismos, métodos e técnicas utilizados pelos fornecedores para,

Leia mais

São Paulo, 20 de Abril de 2011

São Paulo, 20 de Abril de 2011 São Paulo, 20 de Abril de 2011 À Diretoria da Creche Escola Pimpolho A/C: Sra. Adriana Dantas Rua Colina, 36, Jardim Guanabara Ilha do Governador RJ 21931 380 Ref.: Apresentação do Projeto Criança e Consumo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

TERMO DE CADASTRO DE RECLAMAÇÃO

TERMO DE CADASTRO DE RECLAMAÇÃO TERMO DE CADASTRO DE RECLAMAÇÃO Dados da Reclamação Número da CIP Data de Cadastro 02137/2016/CIP 20/01/2016 14:35 Tipificação da Infração ART. 6º São direitos básicos do consumidor: INCISOS I, II, III,

Leia mais

TRANSVERSALIDADE. 1 Educação Ambiental

TRANSVERSALIDADE. 1 Educação Ambiental TRANSVERSALIDADE Os temas transversais contribuem para formação humanística, compreensão das relações sociais, através de situações de aprendizagens que envolvem a experiência do/a estudante, temas da

Leia mais

Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de. Segurança Alimentar e Nutricional

Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de. Segurança Alimentar e Nutricional Regulação de Alimentos GARANTIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL ComIda de VerDadE no CamPo E Na CidAde 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Texto elaborado pelo Grupo de Trabalho

Leia mais

À Câmara dos Deputados Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

À Câmara dos Deputados Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Brasília, 21 de maio de 2015. À Câmara dos Deputados Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Excelentíssimos Senhores, A ABA Associação Brasileira de Anunciantes é uma entidade sem fins lucrativos,

Leia mais

Brincadeiras de antigamente, diversão para sempre família e criança na contramão do apelo mercadológico.

Brincadeiras de antigamente, diversão para sempre família e criança na contramão do apelo mercadológico. Brincadeiras de antigamente, diversão para sempre família e criança na contramão do apelo mercadológico. EIXO 6 Ana Carolina P. M. dos Santos 1 CEMEI Maria José Gonçalves - anacarol_pedagogia@yahoo.com.br

Leia mais

Criança, Consumo e mídias: A importância da desaceleração. Lais Fontenelle Pereira Mestre em psicologia Clínica, especialista no tema criança,

Criança, Consumo e mídias: A importância da desaceleração. Lais Fontenelle Pereira Mestre em psicologia Clínica, especialista no tema criança, Criança, Consumo e mídias: A importância da desaceleração. Lais Fontenelle Pereira Mestre em psicologia Clínica, especialista no tema criança, consumo e mídias, autora de livros infantis e uma ativista

Leia mais

UMe Sobre a Um Investimentos

UMe Sobre a Um Investimentos UMe Sobre a Um Investimentos A UM INVESTIMENTOS é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 44 anos. Atualmente é a maior corretora de investimentos brasileira nas redes sociais,

Leia mais

São Paulo, 25 de julho de 2012

São Paulo, 25 de julho de 2012 São Paulo, 25 de julho de 2012 À Liderança Capitalização S.A. A/c: Departamento Jurídico (8º andar) A/c: Departamento de Marketing (2º andar) A/c: Departamento de Relações Institucionais Rua Jaceguai,

Leia mais

Política de Comunicação de Marketing

Política de Comunicação de Marketing OBJETIVO Esta política tem como objetivos garantir o alinhamento das ações e projetos de comunicação de marketing da TIM, com sua Missão e seus princípios com relação à Sustentabilidade, de forma responsável,

Leia mais

AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS. sexta-feira, 16 de março de 12

AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS. sexta-feira, 16 de março de 12 AVANÇOS E DIFICULDADES NOS PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA NAS EMPRESAS A Qualidade de Vida do Homem constitui o paradigma maior dos tempos atuais. A Empresa se torna mais produtiva e lucrativa à medida

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MARKETING

FUNDAMENTOS DE MARKETING FUNDAMENTOS DE MARKETING Há quatro ferramentas ou elementos primários no composto de marketing: produto, preço, (ponto de) distribuição e promoção. Esses elementos, chamados de 4Ps, devem ser combinados

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA Ano lectivo 2014/2015 Introdução A Educação para a Cidadania é um processo ao longo da vida. Começa em casa e no meio próximo das crianças com as questões da identidade, relações

Leia mais

As leis, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer.

As leis, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer. As leis, a publicidade e as crianças O que é preciso saber. O que dá para fazer. somostodosresponsáveis.com.br 2 O que você vai encontrar A campanha 4 Aos legisladores 5 Publicidade para crianças e o consumismo

Leia mais

150 anos Diversidade e Inclusão na BASF

150 anos Diversidade e Inclusão na BASF Diversidade e Inclusão na BASF ABRH- RJ 2015 19 de maio OBJETIVOS DE D+I NA BASF Nosso objetivo Atração e retenção Equipes mais criativas e inovadoras Melhor entendimento sobre o mercado Nosso entendimento

Leia mais

São Paulo, 4 de abril de 2013

São Paulo, 4 de abril de 2013 São Paulo, 4 de abril de 2013 À Bayer S.A. A/c: Área de Comunicação Corporativa A/c: Departamento de Marketing A/c: Departamento Jurídico Rua Domingos Jorge, 1100 Socorro São Paulo SP 04779-900 Ref.: Apresentação

Leia mais

CULTURA JOVEM E NARRATIVA PUBLICITÁRIA: UM ESTUDO SOBRE ANÚNCIOS DE CIGARRO DAS DÉCADAS DE 1960/1970

CULTURA JOVEM E NARRATIVA PUBLICITÁRIA: UM ESTUDO SOBRE ANÚNCIOS DE CIGARRO DAS DÉCADAS DE 1960/1970 Departamento de Comunicação Social CULTURA JOVEM E NARRATIVA PUBLICITÁRIA: UM ESTUDO SOBRE ANÚNCIOS DE CIGARRO DAS DÉCADAS DE 1960/1970 Aluno: Juliana Cintra Orientador: Everardo Rocha Introdução A publicidade

Leia mais

DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR

DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR O PROCON MUNICIPAL tem como principal tarefa a proteção e defesa do consumidor, por isso desenvolveu este guia para melhor transparência e respeito, para você, consumidor.

Leia mais

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Profa. Waléria Macaciel Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar, persuadir e lembrar os consumidores,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES CURSO PROFISSIONAL de Técnico de Comunicação Marketing, Relações Públicas e Publicidade DISCIPLINA: Comunicação Publicitária e Criatividade ANO: 11º Turma:

Leia mais

Do Persuadir para o Educar: o chocolate Baton e a evolução do seu discurso publicitário

Do Persuadir para o Educar: o chocolate Baton e a evolução do seu discurso publicitário Do Persuadir para o Educar: o chocolate Baton e a evolução do seu discurso publicitário Rafael Picello Pascoalini Universidade Sagrado Coração, Bauru/SP E-mail: rafaelpicello@hotmail.com Profa. Ma. Nirave

Leia mais

São Paulo, 7 de outubro de 2010

São Paulo, 7 de outubro de 2010 São Paulo, 7 de outubro de 2010 Ao XXXXXXXXXX Ref. Publicidade infantil televisiva no Dia das crianças. Prezado Senhor, o Instituto Alana vem, respeitosamente, à presença de V.Sa., (i) apresentar os dados

Leia mais

Feira de troca: trocar é mais divertido do que comprar

Feira de troca: trocar é mais divertido do que comprar Feira de troca: trocar é mais divertido do que comprar Feira de troca Natal, aniversário, Dia das Crianças, já pensou em quantos presentes você ganha o ano todo? Com quantos deles você ainda gosta de brincar?

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL Introdução A partir da década de 90 as transformações ocorridas nos aspectos: econômico, político, social, cultural,

Leia mais

A PUBLICIDADE E PROPAGANDA: face á moral, á ética e ao direito

A PUBLICIDADE E PROPAGANDA: face á moral, á ética e ao direito A PUBLICIDADE E PROPAGANDA: face á moral, á ética e ao direito Fabiana Ferraz Dias 1 Marcela Juliana.A. de Oliveira Marink Martins de Souza Vagliano Ralphe Vinicius Pereira dos Santos Resumo: Diante do

Leia mais

COMPRE AQUI E MORE BEM : A LINGUAGEM PUBLICITÁRIA E OS DISCURSOS DA PROPAGANDA IMOBILIÁRIA

COMPRE AQUI E MORE BEM : A LINGUAGEM PUBLICITÁRIA E OS DISCURSOS DA PROPAGANDA IMOBILIÁRIA COMPRE AQUI E MORE BEM : A LINGUAGEM PUBLICITÁRIA E OS DISCURSOS DA PROPAGANDA IMOBILIÁRIA Maria Eliane Gomes Morais (PPGFP-UEPB) Linduarte Pereira Rodrigues (DLA/PPGFP-UEPB) Resumo: Os textos publicitários

Leia mais

Alimentação e Saúde a responsabilidade de cada um e de todos nós

Alimentação e Saúde a responsabilidade de cada um e de todos nós Alimentação e Saúde a responsabilidade de cada um e de todos nós Elisabetta Recine Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição OPSAN/UnB Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos Humanos

Leia mais

Exma. Sra. Diretora Jurídica da Fundação Procon de São Paulo Ivete Maria Ribeiro,

Exma. Sra. Diretora Jurídica da Fundação Procon de São Paulo Ivete Maria Ribeiro, São Paulo, 6 de abril de 2015 À Fundação Procon de São Paulo A/c: Exma. Sra. Diretora Jurídica da Fundação Procon de São Paulo Ivete Maria Ribeiro Rua Barra Funda, 930 São Paulo SP 01152-000 Ref.: Representação

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO SUPERIOR EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL EDUCAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SISTEMA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA EDUCAÇÃO E MÍDIA Comitê Nacional de Educação

Leia mais

São Paulo, 6 de abril de 2015

São Paulo, 6 de abril de 2015 São Paulo, 6 de abril de 2015 Ao Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Espírito Santo (Procon-ES) A/c: Exmo. Sr. Dr. Diretor Jurídico Igor Rodrigues Britto Av. Princesa Isabel, 599,

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

Educadores, escolas, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer.

Educadores, escolas, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer. Educadores, escolas, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer. somostodosresponsáveis.com.br 2 O que você vai encontrar A campanha 4 Aos educadores 5 Publicidade para crianças

Leia mais

1 Seminário FEAC 2014 Gestão no Terceiro setor 22 de maio

1 Seminário FEAC 2014 Gestão no Terceiro setor 22 de maio 1 Seminário FEAC 2014 Gestão no Terceiro setor 22 de maio Gestão de comunicação e marketing Lisa Gunn Diretora de Comunicação e Mobilização Greenpeace Brasil O Greenpeace é uma organização independente

Leia mais

Sequência Didática. Criança, a alma do negócio (2) http://tvescola.mec.gov.br/tve/video?iditem=7212. 1 - Título:

Sequência Didática. Criança, a alma do negócio (2) http://tvescola.mec.gov.br/tve/video?iditem=7212. 1 - Título: Sequência Didática 1 - Título: Criança, a alma do negócio (2) http://tvescola.mec.gov.br/tve/video?iditem=7212 2 Resumo: Você, educador(a), e você também que não tem a educação como profissão, mas se interessa

Leia mais

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro A Campanha Nacional pela Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma colheita para o futuro, é uma ação estratégica do Movimento Sindical de Trabalhadores

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA

CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias novembro/2011 página 1 CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA Elba Siqueira de Sá Barretto: Os cursos de Pedagogia costumam ser muito genéricos e falta-lhes um

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento;

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Objetivo geral Promover a igualdade no mundo do trabalho e a autonomia

Leia mais

MARKETING II. Comunicação Integrada de Marketing

MARKETING II. Comunicação Integrada de Marketing CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARKETING II Comunicação Integrada de Marketing Profª: Michele Freitas Santa Maria, 2012. O que é comunicação integrada? É o desenvolvimento

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N o 1.460, DE 2014 Susta os efeitos da Resolução nº 163, de 13 de março de 2014, do CONANDA Conselho Nacional dos Direitos da Criança

Leia mais

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Brincadeiras que ensinam Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Por que as crianças brincam? A atividade inerente à criança é o brincar. A criança brinca para atribuir significados

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012:

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012: Comércio + Sustentável APRESENTAÇÃO A Rio+20, como é chamada a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, vai ser realizada no Rio de Janeiro em junho de 2012. Exatos vinte anos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS - SP Área de conhecimento: GESTÃO E NEGÓCIOS Componente Curricular: MARKETING INSTITUCIONAL Série:

Leia mais

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda PUBLICIDADE X PROPAGANDA PUBLICIDADE Deriva de público (latim: publicus) Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda

Leia mais

Ilustre Representante da Promotoria de Justiça do Consumidor,

Ilustre Representante da Promotoria de Justiça do Consumidor, São Paulo, 11 de maio de 2007 Ao Ministério Público do Estado de São Paulo Promotoria de Justiça do Consumidor Rua Riachuelo, 115, 1º andar São Paulo - SP Ref. Representação Denúncia de Publicidade Abusiva.

Leia mais

Pais, mães, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer.

Pais, mães, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer. Pais, mães, a publicidade e as crianças O que é preciso saber. O que dá para fazer. somostodosresponsáveis.com.br 2 O que você vai encontrar A campanha 4 Aos pais e mães 5 Publicidade para crianças e o

Leia mais

São Paulo, 10 de janeiro de 2013

São Paulo, 10 de janeiro de 2013 São Paulo, 10 de janeiro de 2013 À Companhia de Bebidas das Américas Ambev A/c: Departamento de Relações Institucionais A/c:Departamento de Marketing A/c: Departamento Jurídico A/c: Clarrissa Pantoja,

Leia mais

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA EVOLUÇÃO DO SEGMENTO DE PROMOÇÃO DE CRÉDITO: A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA Desenvolvendo Pessoas e Fortalecendo o Sistema Renato Martins Oliva Agenda O que é ABBC Missão e valores Bancos de pequena e média

Leia mais

PREMIAÇÃO DE PUBLICIDADE DA MICROSOFT ADVERTISING:

PREMIAÇÃO DE PUBLICIDADE DA MICROSOFT ADVERTISING: PREMIAÇÃO DE 1 OBJETIVO Provar que você é o Profissional de Marketing Digital mais inovador do mundo e concorrer a uma viagem VIP para o Cannes Lions International Festival of Creativity 2012 patrocinado

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Exmo. Sr. Dr. Diretor Jurídico do Procon-ES Igor Rodrigues Britto,

Exmo. Sr. Dr. Diretor Jurídico do Procon-ES Igor Rodrigues Britto, São Paulo, 6 de abril de 2015 Ao Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Espírito Santo (Procon-ES) A/c: Exmo. Sr. Dr. Diretor Jurídico Igor Rodrigues Britto Av. Princesa Isabel, 599,

Leia mais

Pretendemos aqui analisar as melhores peças publicitárias concebidas e produzidas para o meio rádio.

Pretendemos aqui analisar as melhores peças publicitárias concebidas e produzidas para o meio rádio. Televisão Acção Especial / Brand Entertainment Nesta categoria pretendemos premiar as acções comerciais que, extravasando o âmbito do spot convencional, utilizam de forma criativa o meio televisão e também

Leia mais

Política de Responsabilidade Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r

Política de Responsabilidade Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r ÍNDICE: 1. SOBRE A DOCUMENTAÇÃO... 3 1.1. CONTROLE DE VERSÃO... 3 1.2. OBJETIVO... 4 1.3. ESCOPO... 4 2. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL...

Leia mais

Jornalistas, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer.

Jornalistas, a publicidade e as crianças. O que é preciso saber. O que dá para fazer. Jornalistas, a publicidade e as crianças O que é preciso saber. O que dá para fazer. somostodosresponsáveis.com.br 2 O que você vai encontrar A campanha 4 Aos jornalistas 5 Publicidade para crianças e

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR

FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR 1 Sumário 1 - A origem do Código de Defesa do Consumidor...3 2 - Código de Defesa do Consumidor... 3 3 - Direitos

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia

Leia mais

Seminário sobre defesa do consumidor reúne 200 participantes no MP-SP

Seminário sobre defesa do consumidor reúne 200 participantes no MP-SP Seminário sobre defesa do consumidor reúne 200 participantes no MP-SP Cerca de 200 pessoas entre Procuradores e Promotores de Justiça, Defensores Públicos, representantes de órgãos de defesa do consumidor,

Leia mais

Análise das propagandas de cerveja segundo preceitos éticos e direitos fundamentais relacionados à igualdade dos gêneros

Análise das propagandas de cerveja segundo preceitos éticos e direitos fundamentais relacionados à igualdade dos gêneros Análise das propagandas de cerveja segundo preceitos éticos e direitos fundamentais relacionados à igualdade dos gêneros Bruna Rodrigues 1 ; Caroline Xavier 2 ; Lauriene Santos 3 ; Dayvid de Oliveira 4

Leia mais

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO Uma responsabilidade de todos QUEM SOMOS A FUNDACIÓN MAPFRE, instituição criada em 1975 pela MAPFRE, desenvolve atividades de interesse geral na Espanha e em outros países

Leia mais

Ministério Público do Estado de São Paulo Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e Juventude da Capital

Ministério Público do Estado de São Paulo Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e Juventude da Capital São Paulo, 7 de maio de 2015 Ao Ministério Público do Estado de São Paulo Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e Juventude da Capital Rua Riachuelo, 115 São Paulo

Leia mais

PUBLICIDADE ABUSIVA E A RESOLUÇÃO 163/14 DO CONANDA: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A PUBLICIDADE DIRECIONADA À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

PUBLICIDADE ABUSIVA E A RESOLUÇÃO 163/14 DO CONANDA: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A PUBLICIDADE DIRECIONADA À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE 1 PUBLICIDADE ABUSIVA E A RESOLUÇÃO 163/14 DO CONANDA: NOVAS PERSPECTIVAS PARA A PUBLICIDADE DIRECIONADA À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE Grupo temático Direito e relações de consumo Lorena Luzia Alexandre Silva

Leia mais

São Paulo, 21 de Novembro de 2011. Ref.: Notificação Estratégias de comunicação mercadológica abusivas dirigida ao público infantil.

São Paulo, 21 de Novembro de 2011. Ref.: Notificação Estratégias de comunicação mercadológica abusivas dirigida ao público infantil. São Paulo, 21 de Novembro de 2011 À Ferrero do Brasil Ind. Doceira e Alimentar Ltda. A/c: Departamento Jurídico Rua Fidêncio Ramos, 100, 5º andar Vila Olímpia São Paulo SP 04551 010 Ref.: Notificação Estratégias

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL SÃO VICENTE DE PAULO Ensino Fundamental, Médio e Normal PROJETO RÁDIO VOZES

COLÉGIO ESTADUAL SÃO VICENTE DE PAULO Ensino Fundamental, Médio e Normal PROJETO RÁDIO VOZES COLÉGIO ESTADUAL SÃO VICENTE DE PAULO Ensino Fundamental, Médio e Normal PROJETO RÁDIO VOZES IRATI 2005 RESUMO Dentro do Programa Ética e Cidadania Ensino Médio Construindo Valores na Escola, o Projeto

Leia mais

São Paulo, 7 de julho de 2011

São Paulo, 7 de julho de 2011 São Paulo, 7 de julho de 2011 À Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor PROCON A/c: Departamento de Fiscalização Rua 07 de setembro, 713 Centro Porto Alegre - RS 90010-190 Ref.: Representação Estratégia

Leia mais