II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de Palestrante: Joana Corrêa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009. Palestrante: Joana Corrêa"

Transcrição

1 Planejamento e Elaboração de Projetos Culturais... II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de Palestrante: Joana Corrêa... Especialista em Gestão Cultural. Coordenou cursos de elaboração e gestão de projetos culturais para comunidades tradicionais participantes do Plano de Salvaguarda do Jongo do Sudeste e ligadas ao Fandango Caiçara do litoral Sul e Sudeste. Foi professora da disciplina Seminários em Marketing Cultural na Universidade Cândido Mendes e ministrou curso para gestores da Fundação de Artes de São Gonçalo. Idealizou e coordenou diversos seminários e projetos nas áreas de cultura popular e música, com patrocínios concedidos pelo Ministério da Cultura, Prefeitura do Rio, Petrobras, Centros Culturais do Banco do Brasil do RJ, SP e DF, entre outros. Co-autora do livro "Museu Vivo do Fandango" (2006) e organizadora do Livro-CD "Na Ponta do Verso: Poesia de Improviso no Brasil" (2008). Integra a Associação Cultural Caburé e é sócia da Fulô Projetos de Cultura. Desde 2004 atua na coordenação de projetos e desenvolvimento institucional do Museu de Casa do Pontal. Contato:

2 PLANEJAMENTO OBJETO - CULTURA Qual é o nosso objeto de trabalho? OU Que objeto tão subjetivo é este com o qual trabalhamos? MISSÃO Qual a missão da sua entidade dentro na área de Cultura? Qual o seu programa de governo para a área de Cultura? DIÁLOGO PARTICIPATIVO Quem são os agentes e beneficiários? Que diálogos quero construir? RESULTADOS Onde queremos chegar? Como vamos monitorar e avaliar os resultados obtidos? PRIORIDADES Quais são as metas prioritárias no meu planejamento? 2

3 ELABORAÇÃO DE PROJETOS O QUE É UM PROJETO? Projeto é uma resposta a problemas concretos, identificados por aquelas pessoas que se incomodaram com eles. Se não houver incômodo, não há projeto, pois não há motivo para buscar soluções onde não há problemas. Por isso, na raiz de qualquer projeto estão os problemas que afetam determinado público. E, como tentativa de resolver os problemas, as pessoas têm ideais de soluções. O próximo passo é transformar essas idéias em ações, fazendo acontecer, na prática, algo que mude a situação-problema. Para a prática, precisa-se de pessoas e dinheiro. Assim sendo estes são os elementos de um projeto: Problemas, Idéias de soluções, Ações, Pessoas e Dinheiro. PARA QUE SERVE? (Marcio Schiavo Comunicarte) Organizar idéias e planejar Aumentar o comprometimento das pessoas Captar recursos Diminuir conflitos internos Gerenciar PRINCÍPIOS PRINCÍPIO 1: Não existe um padrão de formatação PRINCÍPIO 2: Demanda e solução PRINCÍPIO 3: Envolvimento e Pesquisa PRINCÍPIO 4: Objetividade e Clareza PRINCÍPIO 5: Criatividade e Apresentação 3

4 O QUE É UM BOM PROJETO? Um bom projeto tem que se mostrar capaz de comunicar todas as informações necessárias num documento escrito, e é por isso que existem elementos básicos que compõem sua apresentação. Se seu projeto se transformar numa proposta de financiamento e se ela for aprovada por algum financiador, isso significa que ele compreendeu o programa de trabalho que seu grupo pretende realizar, percebeu sua importância e as possibilidades de êxito. (Marcio Schiavo Comunicarte) OBJETIVO O QUÊ e PARA QUÊ? CLAREZA: seja direto, resumindo em poucas linhas o que você pretende realizar e quais as metas que você pretende alcançar. OBJETIVO GERAL: mesmo que o projeto seja abrangente, com várias linhas de atuação, defina qual será o foco. OBJETIVO ESPECÍFICO: defina os objetivos de cada etapa ou ação do projeto. JUSTIFICATIVA POR QUÊ? Qual o contexto artístico-cultural que o projeto se insere? Porque o projeto é oportuno neste momento? Que diferenciais o projeto apresenta? Porque alguém investiria no projeto? MEMORIAL DESCRITIVO COMO? Esta é a espinha dorsal do projeto, contendo todo o detalhamento do projeto: etapas de desenvolvimento das ações previstas, programação, equipamentos e materiais necessários, ficha técnica. Destaque os principais produtos, atividades e componentes da equipe. 4

5 PÚBLICO-ALVO PARA QUEM? A quem se destina o projeto? Perfil Social: A, B, C,... Faixa Etária: Infantil, Juvenil, Adulto, Terceira Idade,... Grau de Escolaridade: 1º grau, superior completo,... Perfil: hábitos de lazer e consumo Quantidade: pode ser determinada por atividade Esta resposta será também importante para identificação dos melhores veículos de divulgação e comunicação do projeto. PLANO DE DIVULGAÇÃO COMO SERÁ DIVULGADO? Assessoria de Imprensa: qual será o foco/ área de abrangência? Quais materiais serão enviados para imprensa (texto/release, CD, fotografia, vídeo, brindes,...)? Com quais veículos será feito contato (televisão, rádios, jornais, jornais de bairro, revistas, sites,...)? Peças Gráficas: cartazes, convites, programas, folder, filipetas, postais, baners, faixas. Definir formato, papel, número de cores e quantidade. Mídia: outdoor, busdoor, anúncios em jornais, revistas, sites, rádios e televisão. Definir os pontos de divulgação ou veículos, o formato ou a duração, o número de inserções, o dia da semana ou período de duração e o que mais julgar conveniente. 5

6 PLANO DE DISTRIBUIÇÃO PARA QUEM SERÃO DISTRIBUÍDOS OS PRODUTOS? Quando a proposta cultural envolve produtos como livros, CDs e vídeos ou ainda venda de ingressos, o projeto deve prever a distribuição: Quantos produtos ou ingressos serão distribuídos e para quem (patrocinador, imprensa, convidados, bibliotecas, escolas públicas etc)? Quantos produtos ou ingressos serão vendidos e a quais valores (inteira, estudante, idoso, associado)? Como serão distribuídos os percentuais arrecadados (autor, artistas e grupos, proponente, patrocinador, doação para instituição a ser beneficiada)? CONTRAPARTIDAS AO PATROCINADOR O QUE SERÁ OFERECIDO AO PATROCINADOR? Institucionais: Exposição tamanhos e posicionamento das marcas; Imprensa release, entrevistas etc; Relacionamento pré-estréias exclusivas, cotas de ingressos para convidados, participação de artistas envolvidos em eventos da empresa etc; Endomarketing ações para os funcionários da empresa; Desdobramentos ações que vão além do projeto Medição materiais de comprovação Fonte: SARCOV, Yacoff. Manual de Patrocínio Elaboração de Projetos. Articultura (páginas 15 a 21) Financeiras: Recursos, bens ou serviços economicamente mensuráveis. Sociais: Estruturais iniciativas de impacto social, de formação de público e reflexão. Exemplo: capacitação de jovens para a produção cultural, geração de oportunidade de trabalho para comunidades de baixa renda, etc. Compensatórias iniciativas que promovam a democratização do acesso aos bens culturais resultantes do Projeto. Exemplo: permitir acesso gratuito ou a preços populares para o público, portadores de necessidades especiais, portadores de doenças crônicas graves, idosos e estudantes de escolas públicas. Fonte: Edital do Programa Petrobras Cultural

7 ELABORAÇÃO DE PROJETOS CRONOGRAMA DE ATIVIDADES QUANDO Síntese das principais ações e prazos de execução Atividades Mês1 Mês2 Mês3 Mês4 Mês5 Mês6 Mês7 Mês8 1 Liberação do Recurso X 2 Contratação da Equipe X 3 Elaboração de Textos X 4 Projeto Gráfico X 5 Aprovação do Projeto Gráfico X 6 Impressão dos materiais X 7 Divulgação X X X 8 Assessoria de Imprensa X X X 9 Primeira Atividade X 10 Pagamentos X 11 Segunda Atividade X 12 Pagamentos X 13 Desprodução X 14 Edições e Revelações X 15 Clipping e Centimetragem X 16 Relatório e Prestação de Contas X Oficina de Introdução à Elaboração de Projetos Culturais ELABORAÇÃO DE PROJETOS ORÇAMENTO QUANTO CUSTA? Item Quantidade Unidade X Valor unitário Valor total 1 Coordenador 1 mês 8 R$ 1.000,00 R$ 8.000,00 2 Assitente 2 mês 4 R$ 500,00 R$ 4.000,00 3 Grupos 5 cachê 2 R$ 1.000,00 R$ ,00 4 Projeto Gráfico 1 serviço 1 R$ 1.500,00 R$ 1.500,00 5 Assessor de Imprensa / Divulgador 1 mês 3 R$ 800,00 R$ 2.400,00 6 Cartaz 1 peça 200 R$ 3,00 R$ 600,00 7 Convite 1 peça 1000 R$ 1,50 R$ 1.500,00 8 Baner 2 peça 1 R$ 250,00 R$ 500,00 9 Cenário 1 serviço 1 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 10 Sonorização 1 diária 4 R$ 1.500,00 R$ 6.000,00 11 Iluminação 1 diária 4 R$ 800,00 R$ 3.200,00 12 Direitos Autorais 1 verbas 1 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 13 Distribuiçao de material gráfico 1 serviço 1 R$ 300,00 R$ 300,00 14 Contador 1 serviço 1 R$ 1.200,00 R$ 1.200,00 15 Telefone / fax 1 mês 8 R$ 150,00 R$ 1.200,00 16 Material de Consumo 1 mês 8 R$ 200,00 R$ 1.600,00 17 Correio 1 verbas 2 R$ 150,00 R$ 300,00 18 INSS 1 mês 8 R$ 150,00 R$ 5.950,00 19 CPMF e Tarifas bancárias 1 mês 8 R$ 150,00 R$ 399,31 TOTAL R$ ,31 Oficina de Introdução à Elaboração de Projetos Culturais 7

8 ELABORAÇÃO DE PROJETOS CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO QUANTO CUSTA CADA ETAPA? Item Valor total Meses 1 e 2 Meses 3 e 4 Meses 5 e 6 Meses 7 e 8 1 Coordenador R$ 8.000,00 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 2 Assitente R$ 4.000,00 R$ 0,00 R$ 2.000,00 R$ 2.000,00 R$ 0,00 3 Grupos R$ ,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ ,00 R$ 0,00 4 Projeto Gráfico R$ 1.500,00 R$ 750,00 R$ 750,00 R$ 0,00 R$ 0,00 5 Assessor de Imprensa / Divulgador R$ 2.400,00 R$ 0,00 R$ 800,00 R$ 1.600,00 R$ 0,00 6 Cartaz R$ 600,00 R$ 0,00 R$ 600,00 R$ 0,00 R$ 0,00 7 Convite R$ 1.500,00 R$ 0,00 R$ 1.500,00 R$ 0,00 R$ 0,00 8 Baner R$ 500,00 R$ 0,00 R$ 250,00 R$ 250,00 R$ 0,00 9 Cenário R$ 2.000,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 2.000,00 R$ 0,00 10 Sonorização R$ 6.000,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 6.000,00 R$ 0,00 11 Iluminação R$ 3.200,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 3.200,00 R$ 0,00 12 Direitos Autorais R$ 2.000,00 R$ 0,00 R$ 2.000,00 R$ 0,00 R$ 0,00 13 Distribuiçao de material gráfico R$ 300,00 R$ 0,00 R$ 150,00 R$ 150,00 R$ 0,00 14 Contador R$ 1.200,00 R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00 15 Telefone / fax R$ 1.200,00 R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00 R$ 300,00 16 Material de Consumo R$ 1.600,00 R$ 400,00 R$ 400,00 R$ 400,00 R$ 400,00 17 Correio R$ 300,00 R$ 0,00 R$ 150,00 R$ 150,00 R$ 0,00 18 INSS R$ 5.950,00 R$ 687,50 R$ 1.225,00 R$ 3.537,50 R$ 500,00 19 CPMF e Tarifas bancárias R$ 399,31 R$ 66,93 R$ 97,40 R$ 171,63 R$ 63,35 TOTAL R$ ,31 R$ 4.504,43 R$ ,40 R$ ,13 R$ 3.563,35 Oficina de Introdução à Elaboração de Projetos Culturais APRESENTAÇÃO Depois de elaboradas todas as etapas do projeto, prepare uma apresentação sucinta ou um resumo, destacando os principais aspectos. Em poucas linhas você deve despertar o interesse do leitor, seu futuro apoiador. ANEXOS Quando necessário anexe informações relevantes: fotografias, vídeos, CDs, títulos e certificados, cartas de parceria, apoio e recomendação. Organização e boa aparência são essenciais. 8

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo.

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO CULTURAIS A Fundação Cultural do Estado da Bahia tem como missão fomentar o desenvolvimento das Artes Visuais, Dança, Música, Teatro, Circo, Audiovisual, Culturas

Leia mais

Orientações para Elaboração de Projetos

Orientações para Elaboração de Projetos Orientações para Elaboração de Projetos Para que possam ser cadastrados, os projetos devem ter todas as informações solicitadas. PARTE I 1. Informações Cadastrais da Organização Proponente Nome completo

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I Formulário para Solicitação de Patrocínio Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/GO: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Este documento contém um pequeno descritivo do conteúdo que deve ser inserido em cada um dos campos do formulário de

Leia mais

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte

Leia mais

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO PROJETO CONCEITO DESENVOLVIMENTO PRODUTO + = Todo projeto inicia-se com a necessária clareza sobre seu escopo e os documentos: o termo de abertura a declaração do

Leia mais

O Projeto O projeto consiste em um espetáculo de Teatro, cênico/ musical com foco nas questões de sustentabilidade e meio ambiente destinado ao público infantil entre 06 e 12 anos. O projeto teatral proporcionará,

Leia mais

PROGRAMA AÇÃO PARA CRIANÇAS Guia para elaboração de Projetos

PROGRAMA AÇÃO PARA CRIANÇAS Guia para elaboração de Projetos PROGRAMA AÇÃO PARA CRIANÇAS Guia para elaboração de Projetos A CESE recebe projetos por e-mail, mas não recebe documentos institucionais escaneados (esses devem ser enviados por correio convencional).

Leia mais

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 ANEXO II Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/MS: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio ao CAU/MS, confira os itens

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL

DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL DIRETRIZES PARA O PATROCÍNIO CULTURAL A Brookfield Incorporações é hoje uma das maiores incorporadoras do país. Resultado da integração de três reconhecidas empresas do mercado imobiliário Brascan Residential,

Leia mais

ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS

ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria

Leia mais

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL Semana Cidades Catraca Livre: Cultura e Educação São Paulo, junho de 2010 AGENDA A B C PRODUÇÃO X ACESSO À CULTURA PROJETOS CULTURAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro CONEXÃO CULTURAL Projeto Itinerante de Teatro O teatro reflete a cultura da população. Ele permite que a sociedade tenha a possibilidade de apreciar a realidade em mudança por meio da exploração de idiomas

Leia mais

PLANO ANUAL FESTIVAL DE DANÇA CRIANÇA INDAIATUBANA FELIZ 2016 Nº PRONAC151188

PLANO ANUAL FESTIVAL DE DANÇA CRIANÇA INDAIATUBANA FELIZ 2016 Nº PRONAC151188 PLANO ANUAL FESTIVAL DE DANÇA CRIANÇA INDAIATUBANA FELIZ 2016 Nº PRONAC151188 Síntese do Projeto Realização de oficinas de dança gratuitas, voltadas para crianças e adolescentes de comunidades carentes,

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014. 08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014. 08 a 11 de outubro de 2014 Como Organizar Eventos 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 PLANEJAMENTO O que é? Para que serve? PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EVENTOS É um dos primeiros grandes passos para a produção

Leia mais

1º Edital Petrobras de Festivais de Música

1º Edital Petrobras de Festivais de Música 1º Edital Petrobras de Festivais de Música REGULAMENTO OBJETIVOS DO EDITAL O apoio previsto neste regulamento tem como objetivos promover: 01. a formação de público para os diversos segmentos da música

Leia mais

O que é o Projeto Cine Gira Brasil

O que é o Projeto Cine Gira Brasil O que é o Projeto Cine Gira Brasil O Cine Gira Brasil é um projeto de cinema itinerante aprovado pelo Ministério da Cultura via artigo n o 18 da Lei Rouanet, que permite que empresas deduzam o valor investido

Leia mais

ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES

ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e educação,

Leia mais

O que é: O tipo de linguagem, dentro da área: Teatro adulto, infantil, Teatro de rua, Dança, Dança de rua, Bonecos, Formas animadas, Circo...

O que é: O tipo de linguagem, dentro da área: Teatro adulto, infantil, Teatro de rua, Dança, Dança de rua, Bonecos, Formas animadas, Circo... ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS E PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO O SESC Rio Grande do Norte tem como missão contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e para a

Leia mais

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult JUSTIFICATIVA O estatuto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no Capítulo 1, artigo 3º. define como finalidade

Leia mais

Plano de Patrocínio TEATRO E CIDADANIA PRONAC: 08 3930. Realização: Promoção: Patrocínio:

Plano de Patrocínio TEATRO E CIDADANIA PRONAC: 08 3930. Realização: Promoção: Patrocínio: Plano de Patrocínio TEATRO E CIDADANIA PRONAC: 08 3930 Realização: Promoção: Patrocínio: Resumo Executivo Acreditamos que a cultura efetua uma transformação na vida das pessoas, no sentido de ampliar seu

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

Uma grande oportunidade. O que você pensaria se parte do Imposto de Renda que a sua empresa paga fosse usado como verba de marketing?

Uma grande oportunidade. O que você pensaria se parte do Imposto de Renda que a sua empresa paga fosse usado como verba de marketing? Uma grande oportunidade O que você pensaria se parte do Imposto de Renda que a sua empresa paga fosse usado como verba de marketing? Só na Lumen Comunicação isto é possível! Conseguimos oferecer contrapartidas

Leia mais

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013 Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013 Tema: Trabalho e Migração: formas de combate ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas Caros(as) participantes, O programa Escravo,

Leia mais

UNIMED NATAL CULTURAL 2014

UNIMED NATAL CULTURAL 2014 UNIMED NATAL CULTURAL 2014 APRESENTAÇÃO: A Unimed Natal Sociedade Cooperativa de Trabalho Médico abre seleção para inscrições de projetos culturais incentivados pela Lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão

Leia mais

A Tecnologia da Informação aplicada no Desenvolvimento do Turismo na região Centro Oeste: Contextualização.

A Tecnologia da Informação aplicada no Desenvolvimento do Turismo na região Centro Oeste: Contextualização. Apresentação Condomínio de TI é a entidade de empresas ligadas a Tecnologia da Informação (TI) provendo um conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam permitir

Leia mais

Prefeitura Municipal de Aracaju FUNCAJU - 2014

Prefeitura Municipal de Aracaju FUNCAJU - 2014 PROJETO Nº Prefeitura Municipal de Aracaju Fundo de Incentivo à Cultura do Município de Aracaju FUNCAJU - 2014 Prêmio Mário Cabral Audiovisual Interprogramas para Televisão 1 a 3 Projeto Cultural Título

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax:

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Usar papel timbrado da instituição! TERMO DE REFERÊNCIA. IDENTIFICAÇÃO (máximo 0 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Responsável pela Instituição Proponente:

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Instrutora: Aneliese Nascimento

ELABORAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Instrutora: Aneliese Nascimento Instrutora: Aneliese Nascimento O QUE É UM PROJETO? 4 Instrumento de comunicação. 4 Instrumento de intervenção em um ambiente ou situação para mudanças. 4 Instrumento para fazer algo inovador. O QUE DEVE

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Breve histórico da instituição seguido de diagnóstico e indicadores sobre a temática abrangida pelo projeto, especialmente dados que permitam análise da

Leia mais

Política de investimento cultural 3M

Política de investimento cultural 3M Política de investimento cultural 3M 1. Objetivo A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas culturais e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

Manual de apoio à elaboração de projetos culturais

Manual de apoio à elaboração de projetos culturais Manual de apoio à elaboração de projetos culturais Um projeto tem como objetivo transformar idéias e aspirações em ações concretas que possam aproveitar oportunidades, solucionar problemas, atender a necessidades

Leia mais

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 O Diretor Geral do Câmpus Juiz de Fora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

ANEXO III - ROTEIRO DE PROJETO

ANEXO III - ROTEIRO DE PROJETO ANEXO III - ROTEIRO DE PROJETO 1.DADOS CADASTRAIS DA ENTIDADE OU ORGANIZAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PROPONENTE NOME DA ENTIDADE OU ORGANIZAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (abreviatura caso possua) NOME FANTASIA

Leia mais

Fundo de Apoio a Projetos do Educar para Libertar!

Fundo de Apoio a Projetos do Educar para Libertar! FÓRUM DE ERRADICAÇÃO DO ALICIAMENTO E COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO NO PIAUÍ Fundo de Apoio a Projetos do Educar para Libertar! 1. Apresentação Caros (as) participantes, o projeto Educar para Libertar, criado

Leia mais

4º EDITAL CULTURAL VOTORANTIM

4º EDITAL CULTURAL VOTORANTIM 4º EDITAL CULTURAL VOTORANTIM REGULAMENTO 1. Tipos de projetos beneficiados 2. Leis de incentivo à cultura 3. Categoria especial Acessibilidade 4. Cronograma do Edital 5. Valores de investimento 6. Inscrição

Leia mais

REDE DE PONTOS DE CULTURA DE GOVERNADOR VALADARES - MG ANEXO III PLANO DE TRABALHO E CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO. Plano de Trabalho

REDE DE PONTOS DE CULTURA DE GOVERNADOR VALADARES - MG ANEXO III PLANO DE TRABALHO E CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO. Plano de Trabalho ANEXO III PLANO DE TRABALHO E CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO 11. ORÇAMENTO Plano de Trabalho ORÇAMENTO - Detalhe aqui os itens de despesa necessários à execução da proposta (meta, etapa ou fase), em conformidade

Leia mais

Política de doação de Mídia Social

Política de doação de Mídia Social Política de doação de Mídia Social 1.Objetivo A presente política tem como objetivo definir critérios institucionais para cada modalidade de parceria em Mídia Social estabelecida pela Rede Gazeta e adotada

Leia mais

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos...

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos... Dicas para se inscrever no Prêmio Vivaleitura e outros projetos... 2011 Vaga Lume R. Aspicuelta, 678 Vila Madalena São Paulo SP 05433-011 (11) 3032-6032 www.vagalume.org.br falecom@vagalume.org.br 1) Apresentação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ANEXO III ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS O QUE É UM PROJETO? É um documento que organiza idéias para se realizar um empreendimento, explicitando o motivo de realizá-lo, as etapas de trabalho, as

Leia mais

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA Utilizando o Teatro como Ferramenta de Ensino e Transformação Social CONEXÃO SOCIAL REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOEMOCIONAL IASEA 2015 1. APRESENTAÇÃO TEATRO SOCIAL é

Leia mais

INCENTIVO FISCAL LEI ROUANET (abatimento de 100% do imposto devido)

INCENTIVO FISCAL LEI ROUANET (abatimento de 100% do imposto devido) INCENTIVO FISCAL LEI ROUANET (abatimento de 100% do imposto devido) O QUE É O Projeto CMIJ Centro de Música e Inclusão para Jovens (www.cmij.org.br) - pretende ampliar a difusão e multiplicar informação

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Este documento contém um pequeno descritivo do conteúdo que deve ser inserido em cada um dos campos do Formulário de Inscrição do Programa

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO

PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO Este formulário é o canal exclusivo para o envio dos projetos concorrentes ao Edital de Patrocínio do Banco do Nordeste para 2015. Seu correto preenchimento é imprescindível

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS. Título do projeto: Apresentem aqui o nome do seu projeto. Sejam criativos!

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS. Título do projeto: Apresentem aqui o nome do seu projeto. Sejam criativos! ANEO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Título do projeto: Apresentem aqui o nome do seu projeto. Sejam criativos! Nome dos participantes: Listem o nome completo de todos os participantes do grupo

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PRONAC N. 148285 APRESENTAÇÃO DO PROJETO Anjos da Noite Teatro (18 anos); apresenta o projeto Cadê a água!? com a montagem do Espetáculo Teatral Cadê a água!? e sua Circulação por 07 cidades de Santa

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

Política de Patrocínio

Política de Patrocínio SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...02 1. OBJETIVO INSTITUCIONAL...03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS...04 3. LINHAS DE ATUAÇÃO...05 3.1 Projetos prioritários...05 3.2 Projetos que não podem ser patrocinados...05 4. ABRANGÊNCIA...06

Leia mais

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br NOSSO FOCO No setor de Publicidade e Propaganda os profissionais do Grupo Zion procuram a melhor maneira de se alcançar o objetivo esperado pelos seus clientes, em um trabalho pautado por metas que caracterizam

Leia mais

EDITAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO- CULTURAIS NA UFSCAR PARA 2015.

EDITAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO- CULTURAIS NA UFSCAR PARA 2015. EDITAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO- CULTURAIS NA UFSCAR PARA 2015. JUSTIFICATIVA O estatuto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no Capítulo 1, artigo 3º define como uma das

Leia mais

iii encontro nacional

iii encontro nacional educação - leitura - educomunicação - cultura - meio ambiente - saúde APRESENTAÇÃO O Encontro Nacional está em sua 3ª edição e tem como foco a troca de experiências e culturas entre os municípios atendicos

Leia mais

Congresso Nacional de Negras e Negros do Brasil Construindo um Projeto Político do Povo Negro para o País

Congresso Nacional de Negras e Negros do Brasil Construindo um Projeto Político do Povo Negro para o País PLANO DE COM UNICAÇÃO, MÍDIA E DIVULGAÇÃO Elaboração: Ebomy Conceição Reis d' Ógùm- Instituto Nacional da Tradição e Cultura Afro- Brasileira Marcio Alexandre Martins Gualberto Coletivo de Entidades Negras

Leia mais

Projeto aprovado na Lei de Incentivo Fiscal ICMS de Minas Gerais. Protocolo: 1649/001/2011

Projeto aprovado na Lei de Incentivo Fiscal ICMS de Minas Gerais. Protocolo: 1649/001/2011 Projeto aprovado na Lei de Incentivo Fiscal ICMS de Minas Gerais. Protocolo: 1649/001/2011 A TURNÊ Trazendo releituras de trilhas sonoras famosas com um sotaque bastante pessoal, o Quinteto São do Mato

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

Captação de Recursos. Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013. Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais!

Captação de Recursos. Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013. Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais! Captação de Recursos Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013 Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais! Como Captar Recursos? Existem diversas maneiras das organizações conseguirem

Leia mais

Informações básicas para Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2014/2015

Informações básicas para Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2014/2015 Informações básicas para Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2014/2015 Antes de enviar um Projeto, saiba que Rio Paranapanema No caso dos Conselhos Municipais dos Direitos

Leia mais

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão 24-26 de Novembro de 2015 Alegrete, RS Saberes que movem o Pampa Plano de Apoiadores Saberes que movem o Pampa O conhecimento

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMUNITÁRIOS

ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMUNITÁRIOS ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMUNITÁRIOS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 R O T E I R O P A R A E L A B O R A Ç Ã O D E P R O J E T O PROJETO SOCIAL 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do Projeto: Instituição

Leia mais

Categoria Franqueador Sênior

Categoria Franqueador Sênior PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Sênior Dados da empresa Razão Social Cebrac - Consultoria e Franquia Ltda. Nome fantasia CEBRAC Data de fundação

Leia mais

Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões

Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões As oportunidades de trabalho e as novas profissões ligadas à arte contemporânea têm crescido muito nos últimos anos, impulsionadas

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 1.0 DOS OBJETIVOS A 1ª. Edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal será realizada pela FEBRAFITE com o apoio das associações filiadas

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO TEMA: ELABORAÇÃO DE PROJETOS COM FOCO NA FAMÍLIA Março/2010 ELABORAÇÃO DE PROJETOS ELABOR-AÇÃO: palavra-latim-elabore preparar, formar,ordenar AÇÃO: atuação, ato PRO-JETOS: palavra-latim-projetus

Leia mais

Apresenta: Realização: Idealização e Organização:

Apresenta: Realização: Idealização e Organização: Apresenta: Realização: Idealização e Organização: Índices da Leitura 50% da população brasileira nunca leu um livro. Três fatores se destacam para essa triste realidade brasileira: Falta de acessibilidade

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas 1. Da Solicitação de Patrocínio O proponente interessado em firmar patrocínio cultural com o Serpro deverá encaminhar à Coordenação Estratégica de Comunicação Social, pelo e-mail cultura@serpro.gov.br,

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 5 1. Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 Sumário 1. Apresentação 2. Projetos e ações 3. Gestão participativa 4. Comunicação institucional 5. Resultados 6. Planejamento 2013/2014 7. Agradecimentos 1. Apresentação A

Leia mais

JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? www.timokids.com.br

JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? www.timokids.com.br JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? POVO? E SE ALÉM DA SUA CIDADE, TODAS AS CIDADES DO MUNDO PUDESSEM CONHECER SUA RIQUEZA HISTÓRICA E CULTURAL? E SE ESSE LIVRO CONTASSE

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Roteiro para elaboração de Projeto Proposta

Roteiro para elaboração de Projeto Proposta . Capa: - Título do projeto - Nome da instituição proponente - Linha de ação a ser apoiada. Roteiro para elaboração de Projeto Proposta. Identificação da instituição proponente e responsável legal - devem

Leia mais

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Módulo 4: Captação de recursos (parte 1) André Fonseca Santo André / maio 2009 Captação de recursos Fases anteriores à captação Preparação do projeto

Leia mais

Política de Patrocínio

Política de Patrocínio Política de Patrocínio A Política de Patrocínio da Taurus compreende uma ação de integração e comunicação com a sociedade, objetivando consolidar sua imagem, vinculando-a ao cumprimento de sua missão,

Leia mais

FUNDO ESTADUAL DE CULTURA

FUNDO ESTADUAL DE CULTURA FUNDO ESTADUAL DE CULTURA PEDIDO DE READEQUAÇÃO DE PROJETO ARTÍSTICO-CULTURAL MODALIDADE LIBERAÇÃO DE RECURSOS NÃO REEMBOLSÁVEIS 1ª Readequação 2ª Readequação 3ª Readequação Atenção: Limite máximo de 3

Leia mais

Projeto de Residência de Criação e Montagem

Projeto de Residência de Criação e Montagem Projeto de Residência de Criação e Montagem CONVOCATÓRIA PARA COLETIVOS, GRUPOS E COMPANHIAS CARIOCAS DE TEATRO E DANÇA Coletivos, Grupos e Companhias de Teatro e Dança que estão em busca de espaço para

Leia mais

PORTO ALEGRE RESTAURANT WEEK

PORTO ALEGRE RESTAURANT WEEK PORTO ALEGRE RESTAURANT WEEK Índice O que é o Restaurant Week? Mecânica do Restaurant Week Ação Social Calendário Como deve ser o menu Divulgação do evento Material de sinalização Informações para o site

Leia mais

Mulheres Periféricas

Mulheres Periféricas PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, fevereiro de 2011 Mulheres Periféricas Proponente RG: CPF: Rua Fone: E-mail: 1 Índice Dados do Projeto

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho IMPRENSA IT. 36 07 1 / 8 1. OBJETIVO Administrar o fluxo de informações e executar ações de comunicação junto aos públicos interno e externo do Crea GO de forma transparente, ágil, primando pela veracidade

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

Sustentabilidade e formação de lideranças

Sustentabilidade e formação de lideranças Sustentabilidade e formação de lideranças ForGRAD Fórum de Pró-Reitores de Graduação das Universidades Brasileiras Foz do Iguaçu, 24 de novembro de 2011 O MUNDO MUDOU... A sociedade se organiza em redes,

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

ANEXO IV. FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 01/2015 - Assistência Técnica

ANEXO IV. FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 01/2015 - Assistência Técnica ANEXO IV FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 01/2015 - Assistência Técnica INSTRUÇÕES: 1. Preencha integralmente o formulário. Nos casos em que o item solicitado não for pertinente,

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS OS INCENTIVOS FISCAIS Incentivos fiscais são instrumentos utilizados pelo governo para estimular atividades específicas, por prazo determinado (projetos). Existem

Leia mais

A contrapartida social deverá ser apresentada no item 5 do formulário, sendo um ítem de valoração e não de eliminação

A contrapartida social deverá ser apresentada no item 5 do formulário, sendo um ítem de valoração e não de eliminação Informações Edital de Cultura Itens 2.1.1 até 2.1.8 - A classificação será por segmento/modalidade; - É obrigatória a apresentação do valor do projeto. Item 4.4 - A contrapartida social deverá ser apresentada

Leia mais

CAMPANHA DE BANDEIRA TEATRO OURO VERDE

CAMPANHA DE BANDEIRA TEATRO OURO VERDE CAMPANHA DE BANDEIRA TEATRO OURO VERDE Participação ativa na história de Londrina Participação ativa na história de Londrina e do Paraná A partir da missão de promover, com a comunicação, o desenvolvimento

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

CAFÉ COM LETRAS. Seu encontro semanal com a cultura, bairro Jardim Camburi. O shopping que conhece você

CAFÉ COM LETRAS. Seu encontro semanal com a cultura, bairro Jardim Camburi. O shopping que conhece você CAFÉ COM LETRAS Seu encontro semanal com a cultura, bairro Jardim Camburi. O shopping que conhece você CONHEÇA O EVENTO O Café com Letras é um evento de cunho cultural, com Entrada Franca, que visa a valorização

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS Eunápolis, Julho/2013 1. CONTEXTUALIZAÇÃO Eunápolis possui a terceira maior população do Extremo Sul da Bahia estimada em 102 mil habitantes, sendo

Leia mais