Código de Conduta de Negócios. cgg.com

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Código de Conduta de Negócios. cgg.com"

Transcrição

1 Código de Conduta de Negócios cgg.com

2

3 Carta do Director Geral Letter from the CEO Prezado Colega: Valores fortes são o alicerce de quaisquer boas decisões. Esta afirmação é legítima, e é com base nisso que apresentamos a você o Código de Conduta CGG atualizado. Nossos negócios se baseiam em grande medida em nossa integridade. Em razão do nosso sucesso estar tão intimamente ligado à nossa reputação, depende de todos nós proteger essa reputação. Essa atitude influencia a maneira como nossos clientes veem nossos produtos e serviços, e como os acionistas percebem nossa empresa como investimento. Vimos muitos exemplos nos últimos anos de grandes empresas que tiveram sua reputação, antes sólida, para sempre denegridas por ações antiéticas de poucas pessoas ou até mesmo de uma única pessoa. Agir com integridade é mais do que a imagem e a reputação de nossa Empresa, ou o fato de evitar processos judiciais. Trata-se de preservar um lugar que temos orgulho de ocupar. Em última instância, trata-se para cada um de nós de saber que fizemos aquilo que é correto. Conduzindo nossos negócios como verdadeiros profissionais, tratando-nos mutuamente e aos nossos clientes com respeito e assumindo nossas responsabilidades; em outras palavras, significa que executamos nosso trabalho com profissionalismo. O Código de Conduta de Negócios é o nosso guia da conduta apropriada. Nossa intenção é que este Código de Conduta, juntamente com as demais diretrizes de nossa companhia, como a nossa missão, a nossa visão e os nossos valores, ajude a cada um de nós a trabalhar para fornecer produtos e serviços com integridade. Guarde o Código com você e consulte-o sempre. Se tiver dúvidas, peça orientação. Com a sua ajuda, a reputação de integridade absoluta de nossa empresa, cujo desempenho é consistentemente forte, perdurará no futuro. Obrigado por seu apoio e por seu empenho pessoal. Atenciosamente, Jean-Georges Malcor Director Geral

4

5 Resumo 1 Conformidade 2 Prevenção 3 Respeito 4 Proteção 5 Segurança 6 Verificação com as leis e regulamentos Princípios gerais Regulamentos relacionados à luta contra corrupção Conformidade com regulamentos com respeito a comércio interior Conformidade com leis antitruste e regulamentos de conflitos de interesse Relações com um concorrente, cliente ou fornecedor Comércio Justo Remuneração, doação e benefícios Atividades Públicas às pessoas e ao ambiente Saúde, Meio Ambiente e Segurança Promoção e implementação dos princípios fundamentais e direitos no trabalhok dos bens do Grupo Honestidade de proteção de informação Proteção das propriedades e Recursos do Grupo financeira e transparência interna e o papel do Departamento Interno de Aditoria 7 Arquivamento 8 Criação de um Comitê Ético

6 Introdução Por que a CGG possui um código de conduta? O código não é inteiramente novo: ele atualiza, revisa e reúne em um único documento as normas da CGG em termos de conduta de funcionários, ajudando-nos a agir em coerência com os valores do Grupo. O código é uma referência a informações importantes que você deve conhecer, inclusive como obter ajuda. No entanto, o código não se adequa a todas as situações. Ele também não substitui sua responsabilidade pessoal de discernimento e bom senso para que suas ações nunca prejudiquem a reputação de integridade arduamente conquistada pela CGG. O código explica todas as normas que devo conhecer? O código é um ponto de partida. Ele não pode vislumbrar todas as leis, regulamentações ou políticas CGG aplicáveis a você. A companhia possui outras normas, instruções e procedimentos adicionais que complementam os princípios estipulados no código. Assegurese de que você esteja ciente das regras aplicáveis a você. Você poderá encontrar mais informações no InSite, na seção Políticas e Procedimentos (Polices and Procedures). E quanto às diferentes legislações dos diversos países? CGG é uma companhia global, e isso significa que nossos funcionários estão sujeitos às leis e regulamentações de diferentes países. Cabe a cada um de nós a responsabilidade de conhecer e seguir as leis aplicáveis no local onde residimos e trabalhamos. O código estabelece princípios de conduta de negócios aplicáveis no âmbito do Grupo, independentemente da localização. Onde existirem diferenças resultantes de costumes locais, normas, leis ou regulamentações, você deve seguir o código ou as exigências locais, conforme o que apresentar o melhor padrão de comportamento de acordo com o local. Caso tenha qualquer dúvida, peça orientação à direção ou aos membros de nosso Comitê de Ética. Quem deve seguir este código? Todos os funcionários devem aderir aos princípios e exigências contidas no presente código e devem consultar o código para obter orientação quando agirem em nome da CGG. Os funcionários não devem se valer de fornecedores, agentes, consultores ou outros terceiros para realizar quaisquer atos que contraponham o presente código. Os funcionários que contratarem terceiros como fornecedores, agentes ou consultores para prestação de serviços a CGG devem se assegurar de que estes tomem ciência do código e devem procurar obter sua adesão, inclusive quando possível por meio de obrigação contratual, para que ajam em conformidade com o código ao trabalhar para a empresa. Você deve relatar quaisquer infrações ou comportamento não-conformes por parte desses terceiros. Em empreendimentos conjuntos em que agimos na qualidade de operadores, aplicaremos nosso código diretamente; se não formos operadores, tentaremos persuadir nossos parceiros a adotar princípios similares. Se o código for violado, uma medida disciplinar ou legal poderá ser tomada. As tarefas dos supervisores de pessoal Os supervisores de pessoal possuem responsabilidades adicionais no âmbito deste código. Eles devem: Promover o cumprimento de normas e ética pelo exemplo; em outras palavras, mostrar através de seu comportamento o que significa agir com integridade. Assegurar-se de que seus subordinados entendam as exigências do código e garantir as condições para que estes possam cumpri-las. Organizar treinamentos apropriados, se necessário. Monitorar o cumprimento de normas e ética pelas pessoas sob sua supervisão. Ter cuidado especial ao monitorar terceiros que atuem em nome da CGG, a fim de garantir que trabalhem em coerência com o código. Aplicar o código de maneira congruente. Oferecer auxílio a empregados que, de boa-fé, levantem questões ou assuntos de interesse. 6 Código de Conduta de Negócios

7 Seu compromisso pessoal em fazer o que é certo Este código representa um compromisso em fazer o que é certo. Ao trabalhar para a CGG, você concorda em respeitar este compromisso. Você deve entender as exigências impostas pelo código e as normas, instruções e procedimentos aplicáveis à sua função, e sempre segui-los. Aqueles que deixarem de seguir o código colocarão a si próprios, seus colegas e a CGG em risco. Fazer perguntas e levantar assuntos de interesse Você deve relatar quaisquer violações reais ou potenciais ao cumprimento das normas e aos compromissos éticos da CGG de que tenha conhecimento, relacionadas a você, a seus subordinados diretos ou outros. Da mesma maneira, você deve se aconselhar caso não tenha certeza do modo correto de ação. Se tiver dúvidas quanto a levantar uma questão, faça a si mesmo algumas perguntas simples: A ação que o preocupa é legal? Está em conformidade com o código de conduta da CGG? Está de acordo com os valores de empresa da CGG? Ela expõe a CGG a riscos inaceitáveis Está de acordo com nossos compromissos e garante a exequibilidade às outras pessoas? O que outras pessoas achariam dessa ação (seu superior, seus colegas ou sua família)? Como isso seria visto se fosse publicado nos jornais? Parece ser algo correto? Pode parecer mais fácil se manter o silêncio ou se evitar uma questão. No entanto, nosso compromisso com a integridade significa que nunca devemos ignorar uma questão legal ou ética que deva ser tratada? Onde procurar ajuda A sua gerência direta é geralmente um bom lugar para levar uma questão legal ou de conduta de negócios. Você pode também obter ajuda ou conselhos junto ao: Seu representante de RH. Serviço jurídico da CGG (Corporativo/ Divisões). No entanto, caso não se sinta à vontade para usar um desses canais, você pode também entrar em contato com o Comitê de Ética CGG ou ligar para a hotline de ética indicada abaixo. A linha EthicsAlert CGG Se você não tiver certeza onde obter ajuda ou se não se sentir à vontade para usar um dos canais mencionados no código, a CGG dispõe de um Comitê de Ética e de um canal adicional que também pode ajudar, o EthicsAlert. O intuito de EthicsAlert é responder às perguntas e assuntos relevantes relativos ao cumprimento de normas, ética e exigências descritos neste código. A linha telefônica EthicsAlert e o dedicado são operados por uma empresa independente que ajuda as empresas a responderem a perguntas e questões referentes ao cumprimento de normas e ética. Lembre-se que a hotline de ética limita-se assuntos de SOX (financeiro, contabilidade e bancos) e de corrupção, e que todos os demais problemas serão redirecionados ao Comitê de Ética. Todas as demais questões devem ser diretamente encaminhadas ao Comitê de Ética. ATT Service Access Code A linha opera 24 horas por dia, 7 dias por semana, oferecendo também serviços de tradução permanentemente disponíveis. Uma lista completa dos números de telefone locais pode ser acessada no InSite em O do Comitê de Ética é: Código de Conduta de Negócios 7

8 Country ATT Service Access Code Toll-free number Angola Argentina Australia Austria Brazil Bolivia Canada China South China North, Beijing Columbia France Germany India Indonesia Italy Kazakhstan Malaysia Mexico Norway Peru Russia Moscow Singapore South Africa Spain Switzerland Thailand U.A.E U.S.A United Kingdom Venezuela Código de Conduta de Negócios

9 O que acontece quando ligo para EthicsAlert? Posso ligar anonimamente? EthicsAlert é operada por uma empresa terceirizada. Se você ligar, o atendente independente da EthicsAlert ouvirá e fará um resumo detalhado de sua ligação. A pessoa que atender sua ligação encaminhará, então, sua pergunta ou assunto de interesse, sob sigilo absoluto, ao responsável CGG encarregado da análise do problema, como descrito abaixo. As questões serão enviadas pelos membros Comitê de Ética CGG, que agem independentemente para garantir uma abordagem justa e coerente. Se você desejar, sua ligação para EthicsAlert poderá ser anônima. Naturalmente, o fato de se identificar pode muitas vezes ajudar os investigadores no estudo do problema, e como mencionado abaixo, a CGG segue uma política firme contra retaliações por questões levantadas de boa-fé no âmbito do presente código. Todos os esforços serão realizados para trazer uma resposta rápida à sua chamada e para tratar sua pergunta ou assunto de interesse prontamente, especialmente quando as circunstâncias fizerem com que o tempo seja um fator crítico. O Comitê de Ética supervisiona a integridade do programa EthicsAlert monitorando respostas às questões e assuntos de interesse para garantir que estejam sendo tratados de maneira legítima. As retaliações não serão toleradas Qualquer funcionário que, de boa-fé, procura conselhos, levanta uma questão de interesse ou relata uma má conduta está seguindo nosso Código de Conduta e, portanto, tomando a atitude correta. A CGG não tolerará retaliações contra essa pessoa. Tratamos as queixas de retaliação com seriedade. As alegações de retaliação serão investigadas e as medidas apropriadas serão tomadas. Todo aquele que exerça represálias contra pessoas que, de boa-fé, façam declarações para a empresa de suspeitas de má conduta ou outros riscos estará sujeito a medidas disciplinares que podem chegar até a demissão. Se você suspeita que você ou alguém que você conhece foi vítima de retaliação por ter levantado uma questão de cumprimento de normas ou de ética, entre imediatamente em contato com o Comitê de Ética. Qual é a função do Comitê de Ética CGG? A CGG criou um Comitê de Ética composto de dirigentes seniores que agem independentemente. Assegurar que o código de conduta seja seguido é uma responsabilidade geral da direção e de cada um dos funcionários da CGG. O Comitê de Ética exige o compromisso e o apoio de todos aqueles que trabalham para a CGG, a fim de garantir que o código deconduta esteja presente e se manifeste em tudo o que fazemos. Procura prevenir condutas de negócios ilícitas ou antiéticas e procura detectá-las caso ocorram. Avalia continuamente os riscos relativos ao cumprimento das normas e garante que os controles internos sejam sensíveis a esses riscos. Oferece apoio aos empregados no cumprimento do código de conduta e das leis aplicáveis. Oferece e supervisiona treinamentos e comunicações visando ao cumprimento das normas. Supervisiona os processos de investigação internos. Revisa e promove procedimentos disciplinares coerentes em caso de violação do código e a incorporação das normas e ética nos processos de avaliação de desempenho. Elabora relatórios independentes sobre o desempenho no cumprimento de normas para o presidente executivo e comitês gestores. As informações de contato do Comitê de Ética podem ser obtidas em: Para maiores informações, favor consultar: insite/group/ethics/ Código de Conduta de Negócios 9

10 I Conformidade com as 1 leis e regulamentos Princípios gerais Devido a sua presença em numerosos países do mundo, a CGG está sujeita a uma ampla gama de leis e regulamentos. Cada empregado ou representante deverá cumprir as leis e regulamentos aplicáveis em todas as circunstâncias, especialmente no que diz respeito ao meio-ambiente, as práticas de concorrência, as práticas comerciais e impostos e contribuições. Além disso, desde que a CGG disponibilizou ações na bolsa de valores, tanto na França como nos Estados Unidos, que deve assegurar o cumprimento por cada uma das entidades que o compõem com as regras a que está sujeito como um listado emitente, independentemente do país em que a entidade em questão está localizado. A cada Empregado ou Representante é pedido que se adquira o entendimento necessário dos regulamentos obrigatórios que possam ser observados como parte de suas responsabilidades trabalhistas e, se há alguma incerteza, consultar seus supervisores, que indicarão o curso de ação a ser tomado. Além disso, a cada Empregado ou Representante é solicitado pôr em prática de boa fé e estar em conformidade com qualquer compromisso feito no curso de seu relacionamento com clientes, fornecedores ou outros parceiros da CGG. Ele deve tratar estes parceiros e fornecedores corretamente, baseado nos critérios de objetividade e transparência. Regulamentos relacionados à luta contra corrupção A CGG rejeita corrupção de todas as formas. Em particular, a CGG compromete-se a nunca recorrer à corrupção a fim de obter ou reter vantagem de negócios ou outra vantagem imprópria na condução de seus negócios internacionais, de acordo com os termos da convenção da OCDE para combate a suborno de funcionários públicos estrangeiros e relativa legislação nacional (incluindo o Ato Americano de Práticas de Corrupção Estrangeira) e o Princípio 10 da UNGC. Para mais informação sobre a convenção da OCDE, visite Conformidade com regulamentos com respeito a comércio interior A legislação de governo de mercado financeiro onde a CGG está listada, regula estritamente o direito a comércio no mercado por empregado que, no desempenho de suas obrigações profissionais ou responsabilidades, obtiver informação privilegiada com respeito à atual situação financeira ou prospectos do Grupo CGG. A informação é normalmente considerada significante na base de seu impacto dos resultados financeiros da empresa listada. Informação significante pode se relacionar a vendas, livro de pedidos, previsão financeira ou orçamentária, investimentos, aquisições ou desinvestimentos, desenvolvimentos tecnológicos (ex.: aplicações de patente atualmente sendo preparadas), possível reestruturamento ou reorganização, a introdução ou retirada de produtos ou serviços, mudanças significantes em equipes de ações ou gerenciamento, transações que afetem o capital da empresa, dividendos, ou a emergência não esperada ou a liquidação de uma disputa, etc. Uma lista de internos permanentes é regularmente atualizada pelo escritório do Diretor Financiero do Grupo. Além disso, uma lista de internos é preparada para cada projeto específico, e cada pessoa que aparece na lista deve ser requisitada a assinar um acordo requisitando que ela mantenha a confidencialidade da informação relacionada ao projeto em questão e esteja em conformidade com as regras e regulamentos aplicáveis aos internos. 10 Código de Conduta de Negócios

11 Consequentemente, pessoal relevante deve abster-se de tomar qualquer ação com relação aos seguranças da CGG, seja diretamente ou por meio de um intermediário antes desta informação ter sido tornada pública. A falha de conformidade com a legislação aplicável nesta consideração é punível por ambas as penas civis e criminais. Somente após esta informação ter sido tornada pública, estes indivíduos estão novamente livres para agir. Conformidade com leis antitruste e regulamentos A maioria dos países possui leis e regulamentos destinados a encorajar concorrência justa e proibir certas práticas que possam restringir o desenvolvimento do comércio (tais como acordos ilegais entre fornecedores). Grupos de Empregados e Representantes podem saber e observar estas leis e regulamentos; falha em realizá-las pode ter sérias conseqüências para o Grupo, bem como para as entidades em questão. Estas leis e regulamentos são frequentemente complexas, e em caso de incerteza, Empregados e Representantes devem obter mais informação do pessoal dentro do Grupo que é conhecido nesta área. Código de Conduta de Negócios 11

12 Prevenção de conflitos 2 de interesse Relações com um concorrente, cliente ou Fornecedor Uma situação de conflito de interesse aparece quando interesses privados de um Empregado ou Representante ou amigos ou parentes destes interferem ou possam interferir diretamente ou indiretamente com os interesses da CGG ou um cliente ou fornecedor da CGG. Consistente com esses princípios, constituem uma situação de conflito de interesse: O fato de conduzir transações privadas com clientes, fornecedores, parceiros ou concorrentes, a não ser que eles tenham notificado e recebido aprovação de pessoal apropriado. O fato de ter interesse financeiro ou conduzir transações privadas com clientes, fornecedores, parceiros ou concorrentes, a não ser que eles tenham notificado e recebido aprovação de pessoal apropriado. O fato de ter relações que rendam informação privilegiada ou exijam o uso de influência, notavelmente nos casos a seguir: 1. A direta ou indireta detenção de ações emitida por um cliente, fornecedor, parceiro ou concorrente; 2. A aceitação ou solicitação de empréstimos, adiantamentos, garantias ou outros serviços fornecidos por uma terceira parte fora do Grupo, a fim de influenciar uma decisão do Grupo; 3. Trabalho conduzido por um fornecedor, cliente ou concorrente do Grupo, simultâneo com o trabalho do Grupo. Comércio justo Os Empregados ou Representantes da CGG devem agir de acordo com os regulamentos de mercado justo, particularmente com relação a clientes e fornecedores, para o benefício mútuo de todas as partes. Tal política assegurará uma atmosfera de confiança que conduzirá a uma relação de longo prazo. Nosso relacionamento com nossos clientes e nossa habilidade em satisfazer suas necessidades são uma peça fundamental da cultura de nosso Grupo. Nós nos comprometemos em fornecer nossos clientes com modernos produtos tecnológicos e serviços que fornecem o melhor valor em termos de preço, qualidade, tempo de entrega, segurança e respeito pelo meio ambiente. Remuneração, doação e benefícios Nenhum Empregado ou Representante pode aceitar ou oferecer doações, remuneração ou outros benefícios a um cliente, fornecedor ou concorrente. Somente doações ou benefícios de pequeno valor não pagos em dinheiro e consistente com práticas aceitáveis e com provisões relacionadas à luta contra corrupção podem ser aceitos ou oferecidos. Empregados ou Representantes devem contatar seu supervisor direto se houver alguma incerteza. Sob nenhuma circunstância um Empregado ou Representante pode solicitar uma doação ou outro benefício. Atividades públicas A CGG respeita o direito de seus empregados expressarem-se e divulgarem suas opiniões e seu direito de participar da vida pública como cidadãos. Somente em função de evitar qualquer conflito de interesse, Empregados ou Representantes em suas atividades públicas ou políticas, de comprometer os recursos do Grupo em apoio de candidatos políticos ou partidos e de tomar parte em qualquer decisão por uma agência pública ou outro órgão governamental com respeito ao Grupo. 12 Código de Conduta de Negócios

13 Respeito às pessoas 3 e ao ambiente Saúde, meio ambiente e segurança Saúde e segurança A saúde e segurança dos Empregados e Representantes são prioridades para o Grupo CGG. Cada Empregado e Representante tem o direito de trabalhar em um ambiente seguro e sob condições saudáveis de trabalho, bem como uma responsabilidade de contribuir para tal ambiente através de comportamento responsável. A política do Grupo nesta área aplica-se a todos os Empregados e Representantes e subcontratados e apóia-se em um sistema de gerenciamento de saúde, meio ambiente e segurança que incorpora uma abordagem a gerenciamento de risco. Esta política deve ser apoiada sem exceção por todo Empregado ou Representante através de comportamento exemplar e vigilância compartilhada. Segurança O Grupo CGG é comprometido em fornecer um ambiente de trabalho seguro através de mobilização de recursos e implementando procedimentos projetados para proteger seus Empregados e Representantes, seus bens e suas operações de risco de acidentes, perda ou danos resultantes de atividade criminosa, hostil ou malevolência. Cada empregado e afiliado é responsável por assegurar que os riscos de segurança relatados em seu ambiente sejam propriamente identificados. Meio Ambiente Como parte de nosso comprometimento com um desenvolvimento sustentável, a CGG implementou políticas ambientais e processos de gerenciamento para conduzir estas atividades. Estes processos incluem a proteção da biodiversidade, gerenciamento de gastos, a prevenção de derramamento de óleo e descargas, o monitoramento de emissões de gás estufa, consumo de energia e tratamento de água. O respeito pelas leis ambientais, regulamentos e normas, minimizando o impacto das atividades do Grupo no ambiente, e o gerenciamento de gastos efetivos devem ser levados em consideração nas decisões e ações de cada Empregado e Representante e deve ser integrado da concepção no gerenciamento de nossos projetos. A CGG encoraja seus fornecedores e subcontratados a gerenciar assuntos ambientais da mesma forma, com responsabilidade e prestação de contas. Além disso, a CGG espera que seus fornecedores e subcontratados façam esforços para reduzir seu consumo de água, energia e recursos naturais. Promoção e implementação dos princípios fundamentais e direitos no trabalho A CGG reconhece os benefícios de trabalhar em um ambiente positivo, por isso, a CGG adere aos princípios da Organização Internacional do Trabalho e espera que seus subcontratados e fornecedores respeitem os mesmos princípios. Código de Conduta de Negócios 13

14 Proteção dos bens 4 do Grupo Honestidade de proteção de informação Para assegurar a proteção dos bens do Grupo, Empregados ou Representantes devem, dentro do escopo de suas responsabilidades, assegurar a precisão e credibilidade da informação que eles transmitem a receptores autorizados. Além disso, eles devem dar os passos necessários para proteger a confidencialidade da informação a qual eles têm acesso como parte de suas obrigações profissionais e responsabilidades. Empregados e Representantes devem estar em conformidade com a obrigação de evitarem revelar informação confidencial seja oralmente, por escrito ou por meios eletrônicos sem a expressa autorização de seus supervisores. Esta obrigação permanece em vigor até mesmo após a saída do Empregado ou Representante do Grupo. A obrigação de confidencialidade aplica-se ambas para informação que a CGG receba e para a informação que pertença à própria CGG. Como uma regra geral, a CGG deve manter a confidencialidade de qualquer informação que ela recebe de seus clientes e qualquer informação a qual seja informada como resultado de seu relacionamento com seus clientes. Informação confidencial da CGG tal como: 1. Propostas ou projetos com relação a novos produtos; 2. Informação não publicada ou registrada com relação a projeto e desempenho do produto, pesquisa, desenvolvimento, fabricação, distribuição, comercialização e vendas; 3. Informação fornecida a clientes, vendas, ordens de compra e termos e condições de venda; 4. Contratos principais; 5. Aquisições propostas ou empreendimentos conjuntos; 6. Os conteúdos ou arquivos pertinentes a ações legais e, em particular, ações judiciais com relação a propriedade intelectual constitui uma vantagem essencial que deve ser preservada e protegida por todos os Empregados e Representantes dentro do Grupo. Esta informação é propriedade da CGG e deve ser usada somente com autorização apropriada no desempenho do empregado ou nas obrigações e responsabilidades da afiliada. Similarmente, os Empregados e Representantes do Grupo devem evitar revelar qualquer informação confidencial pertencente a um antigo empregado. Proteção das propriedades e recursos do Grupo Como parte de suas obrigações, os Empregados e Representantes da CGG têm acesso ao uso das propriedades pertencentes ao Grupo. Estas propriedades devem ser gerenciadas para o único benefício do Grupo. Além disso, os Empregados e Representantes da CGG devem proteger estas propriedades contra deterioração, perda ou destruição. Especificamente, esses bens e recursos incluem direitos de propriedade intelectual tais como segredos de negócios, patentes e marcas registradas, bem como as instalações, aparelhos, equipamentos e recursos financeiros do Grupo. Uso de tecnologia da informação Software sem licença não pode ser usado nos computadores do Grupo. Os empregados e representantes estão proibidos de fazer download de informação da Internet que não tenha ligação com suas atividades profissionais. Uma Instrução Geral, disponível na intranet da CGG, define as regras para uso adequado dos recursos do computador. 14 Código de Conduta de Negócios

15 Segurança financeira 5 e transparência A legislação francesa e os atuais regulamentos dos EUA requerem que a CGG forneçam, de acordo com uma informação de tabela de horário fixa, completa, imparcial, precisa e inteligível, com relação à situação financeira nos relatórios e documentos que ela arquiva com a agência reguladora da França, a Autorité des Marchés Financiers (AMF), ou com a Comissão de Títulos e Câmbio americana (SEC), bem como em qualquer comunicação pública que a CGG possa fazer. Cada Empregado ou Representante envolvido nas transações de registro ou contábeis devem assegurar que essas transações sejam honestamente relatadas nas contas das entidades do Grupo de acordo com os atuais princípios contábeis e procedimentos. Além disso, informação financeira transmitida para os propósitos de informes financeiros deve oferecer uma base para fazer uma avaliação pertinente e precisa da situação financeira da entidade relevante. As regras financeiras e contábeis e procedimentos aplicáveis dentro do Grupo são acessíveis no site intranet da CGG. Código de Conduta de Negócios 15

16 Verificação interna e o papel do 6 departamento Interno de Auditoria O propósito do sistema de controle interno do Grupo é fornecer uma segurança razoável de que os objetivos do Grupo nas seguintes áreas estão sendo correspondidos: Desempenho de operações e otimização de desempenho, incluindo proteção de propriedade; A credibilidade da informação financeira; Conformidade com as atuais leis e regulamentos. Todos os Empregados e Representantes do Grupo são uma parte integrante do sistema de controle e devem contribuir para o seu funcionamento. Eles devem demonstrar que qualquer informação necessária deles é transmitida de uma forma completamente transparente e eles não devem, de nenhuma forma, atrasar o desempenho das auditorias que possam ser conduzidas por auditores internos ou externos. O Conselho de Diretores, gerentes, auditores internos e outros membros da força de trabalho contribuem ativamente para a afetividade do sistema de controle interno. O Grupo tem uma estrutura de Auditoria Interna, com seu próprio alvará, que opera independentemente e objetivamente e relata ao Gerenciamento Geral do Grupo e para o Comitê de Auditoria do Conselho de Diretores. O departamento de Auditoria Interna avalia auditoria interna usando esboço e ferramentas gerais, definidas como COSO e está em conformidade com o código de ética profissional desenvolvido pelo Instituto de Auditoria Interna. O departamento de Auditoria Interna revisa cada entidade maior do Grupo em uma base regular. A prioridade é determinada na base das operações em progresso e níveis de risco. O Plano de Auditoria Anual é definido pelo Comitê Executivo da CGG e apresentado ao Comitê de Auditoria do Conselho de Diretores. O departamento de Auditoria Interna do Grupo conduz auditorias financeiras e contábeis bem como auditorias operacionais. Recomendações que resultam destas auditorias são validadas pelo Comitê Executivo do Grupo e os planos de ação relacionados são monitorados pela Auditoria Interna até que a ação necessária emitida tenha sido resolvida. 16 Código de Conduta de Negócios

17 Arquivamento 7 Qualquer Empregado ou Representante que, em virtude de suas atividades, possua documentos que possam ser arquivados de acordo com regulamentos internos ou externos devem estar estritamente em conformidade com as regras estabelecidas com relação a arquivamento, e, em particular, aquelas relacionadas a espaços de tempo de arquivamento judicial. A destruição não autorizada de tais documentos constitui uma violação séria dessas regras. No caso de ação judicial pendente ou prevista, a destruição dos arquivos, mesmo se de acordo com os regulamentos internos ou externos prevalecente, é estritamente proibido. Código de Conduta de Negócios 17

18 Criação de um 8 Comitê Ético Um Comitê Ético que relate diretamente ao Presidente deve ser estabelecido dentro da CGG com as seguintes responsabilidades: Preparar o atual Código para assegurar que este está propriamente disseminado dentro do Grupo e é entendido pelos empregados do Grupo; Atualizar o Código como apropriado e fazer tais recomendações com relação à conduta ética e profissional como se avaliar necessário; Chamar a atenção da gerência do Grupo para os riscos de qualquer eventual falha para aplicar princípios éticos maiores; Responder em uma base confidencial a qualquer questão trazida pelos Empregados e Representantes do Grupo com relação à aplicação de linhas guia para comportamento individual estipulado neste Código com respeito a situações específicas; Preparar, em cooperação com as entidades relevantes, qualquer comunicação, seja escrita ou verbal, com relação à ética do Grupo. 18 Código de Conduta de Negócios

19 O presente Código de Conduta é aplicável a todas as entidades do Grupo CGG no mundo, sujeito a adaptações necessárias em certos países para cumprir com às normas e regulamentos locais. Código de Conduta de Negócios 19

20 13B-QH-225-V1 cgg.com

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO I. DECLARAÇÃO DA POLÍTICA A política da RGIS ( Companhia ) é conduzir as operações mundiais de forma ética e conforme as leis aplicáveis, não só nos EUA como em outros países.

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER I. PROPÓSITO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER A corrupção é proibida pelas leis de quase todas as jurisdições do mundo. A Danaher Corporation ( Danaher ) está comprometida em obedecer as leis

Leia mais

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os aspectos, os seus direitos e as suas obrigações. O original

Leia mais

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE ALCANCE: Xerox Corporation e suas subsidiárias. OBJETIVO: Este documento descreve a conduta ética que deve ser adotada durante as negociações pelos empregagos da Xerox Corporation. Todos os empregados

Leia mais

Código de Conduta de Fornecedor

Código de Conduta de Fornecedor Código de Conduta de Fornecedor www.odfjelldrilling.com A Odfjell Drilling e suas entidades afiliadas mundialmente estão comprometidas em manter os mais altos padrões éticos ao conduzir negócios. Como

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação NORMAS DE CONDUTA Apresentação Adequando-se às melhores práticas de Governança Corporativa, a TITO está definindo e formalizando as suas normas de conduta ( Normas ). Estas estabelecem as relações, comportamentos

Leia mais

Conduta nos Negócios Política de Transparência nas Relações com Terceiros

Conduta nos Negócios Política de Transparência nas Relações com Terceiros Conduta nos Negócios Política de Transparência nas Relações com Terceiros Conduta nos Negócios Política de Transparência nas Relações com Terceiros* Objetivo Estabelecer as diretrizes básicas de conduta

Leia mais

Código de Conduta da Dachser

Código de Conduta da Dachser Código de Conduta da Dachser 1. Introdução A fundação de todas as atividades na Dachser é a nossa adesão a regulamentos juridicamente vinculativos em nível nacional e internacional, assim como a quaisquer

Leia mais

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS MENSAGEM DO PRESIDENTE A ICTSI tem crescido de forma sólida ao longo dos anos, tornando-se uma empresa líder na gestão de portos, com um alcance global que se estende

Leia mais

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD O SUCESSO DA IMCD É BASEADO NO ESTABELECIMENTO DE UM AMBIENTE QUE PROMOVE A RESPONSABILIDADE, CONFIANÇA E O RESPEITO. IMCD Código de Conduta 3 1. Introdução O

Leia mais

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Finalidade e escopo Na Pearson (incluindo suas subsidiárias e empresas com controle acionário), acreditamos fortemente que agir de forma ética e responsável

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Política de denúncias

Política de denúncias WWW.USP.ORG/ETHICS Política de denúncias Espera-se que você fale se tiver alguma preocupação de boa-fé. Expresse-se Além de conhecer as normas éticas e legais que se aplicam ao seu cargo, esperase que

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO MAGNA INTERNATIONAL INC. DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO Oferecer ou receber presentes e entretenimento é muitas vezes uma

Leia mais

POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO DA UL

POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO DA UL Setor jurídico N. do documento: 00-LE-P0030 Edição: 5.0 Data da publicação: 09/04/2010 Data da revisão: 16/09/2013 Data de entrada em vigor: 16/09/2013 Página 1 de 8 POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS 1. Introdução A presente Política, aplicável à WEG S/A e todas as suas controladas, representa uma síntese das diretrizes existentes na

Leia mais

Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil

Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil Introdução 5 INTRODUÇÃO A seguir, são descritos os comportamentos e princípios gerais de atuação esperados dos Colaboradores da Endesa

Leia mais

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1 Código de Conduta Código de Conduta Schindler 1 2 Código de Conduta Schindler Código de Conduta da Schindler Os colaboradores do Grupo Schindler no mundo inteiro devem manter o mais alto padrão de conduta

Leia mais

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor.

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor. Código de Conduta COERÊNCI Transformando Visão em Valor. Índice Prefácio... 3 Ética empresarial da HOCHTIEF: Princípios... 5 Conflitos de interesse... 7 Confidencialidade... 8 Regras sobre controle de

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014

CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014 CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014 Índice INTRODUÇÃO INTEGRIDADE NOS NEGÓCIOS DIREITOS HUMANOS E DIREITOS FUNDAMENTAIS NO TRABALHO Eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório

Leia mais

RIO 2016 POLÍTICA DE COMPLIANCE

RIO 2016 POLÍTICA DE COMPLIANCE COMITÊ ORGANIZADOR DOS JOGOS OLÍMPICOS RIO 206 RIO 206 POLÍTICA DE 25/02/205 / 2 Sumário. OBJETIVO... 2 2. DEFINIÇÕES... 2 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES... 5 4. DIRETRIZES... 7 4. Programa Geral de...

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. O presente Código de Conduta da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (a Companhia ), visa cumprir com as disposições do Regulamento

Leia mais

Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias. Como informar?

Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias. Como informar? Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias A Política de Linha-direta para denúncias foi criada para fundamentar e apoiar o compromisso da Novozymes em garantir um comportamento empresarial

Leia mais

POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO Introdução A integridade é um dos valores mais importantes da American Sugar Holdings, Inc.. Esta política de conformidade anticorrupção descreve as normas de comportamento

Leia mais

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA A Eldorado Gold Corporation e suas subsidiárias e afiliadas estão comprometidas com os mais elevados padrões de conduta

Leia mais

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO)

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO) Código de Conduta Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global John Snyder Presidente e Diretor Executivo (CEO) Mike Janssen Diretor de Operações (COO) Stephan

Leia mais

Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias

Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias Código de Conduta de Negócios e Ética ECOLOGY BRASIL 1. Princípios Gerais O propósito deste Código é descrever os nossos padrões de ética de conduta de negócios.

Leia mais

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015 Página 1 de 7 Resumo: Estabelecer os princípios de combate à corrupção no relacionamento da Organização com os agentes da Administração Pública, seguindo as diretrizes estabelecidas na Lei nº 12.846/13

Leia mais

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig de Ética Código CÓDIGO de Ética Código de Ética Código DE de Ética Código de Ética de Ética Código de Ética Código ÉTICA de Ética Código de Ética Código de Ética Fazendo Negócios com Integridade Realizamos

Leia mais

Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial

Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial É sempre exigido um comportamento legal e ético Este Resumo das políticas de conduta comercial (este "Resumo") fornece uma descrição

Leia mais

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade A Hillenbrand, Inc., incluindo todas suas subsidiárias (referidas em conjunto como a Empresa ), mantém

Leia mais

NOSSA VIDA É FACILITAR A SUA.

NOSSA VIDA É FACILITAR A SUA. NOSSA VIDA É FACILITAR A SUA. SUMÁRIO Carta do Diretor / Conselho de Administração... 03 Diretrizes... 04 Introdução... 05 Missão e Visão... 06 Valores... 07 Princípios e Condutas... 08 Comitê de Conduta

Leia mais

POLÍTICA DE DENÚNCIAS

POLÍTICA DE DENÚNCIAS (constituída nas Bermudas com responsabilidade limitada) (Código de negociação em bolsa: 1768) (a Sociedade ) POLÍTICA DE DENÚNCIAS 1. Objetivo Esta Política estabelece os meios que: a) os funcionários

Leia mais

Indicadores Gestão da Ética

Indicadores Gestão da Ética Indicadores Gestão da Ética Identificação Segmento: Diversos Resultados Sua Pontuação: 0 Sua Avaliação: INICIANTE Descrição: A empresa utiliza muito pouco ou praticamente nenhuma ferramenta de gestão de

Leia mais

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 Manual Anticorrupção Versão 1 Abr/2015 SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Definições... 3 3 Compromisso e adesão... 5 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 5 Violações e Sanções Aplicáveis... 6 6 Ações

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS

NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS Página 1 de 9 UL NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS Página 2 de 9 ÍNDICE 1.0 OBJETIVO... 4 2.0 ESCOPO... 4 3.0 DEFINIÇÕES... 4 4.0 PRÁTICAS DE CONTRATAÇÃO... 5 4.1 TRABALHO FORÇADO... 5 4.2 TRABALHO

Leia mais

2.1. Cumprimos leis e regulamentos nacionais e internacionais. Obedecemos a todas as leis e regulamentos internacionais e nacionais relevantes.

2.1. Cumprimos leis e regulamentos nacionais e internacionais. Obedecemos a todas as leis e regulamentos internacionais e nacionais relevantes. CÓDIGO DE CONDUTA 1. Introdução O Código de Conduta Ahlstrom descreve os princípios éticos que sustentam o modo como conduzimos os negócios em nossa empresa. Baseia-se em nossos principais valores Agir

Leia mais

DEPUY SYNTHES CÓDIGO DE CONDUTA GLOBAL

DEPUY SYNTHES CÓDIGO DE CONDUTA GLOBAL Uma Paixão pela Integridade Integridade em Acção - Conformidade nos Cuidados de Saúde A Conformidade nos Cuidados de Saúde é uma Responsabilidade de Todos A DePuy Synthes é reconhecida mundialmente pelas

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor

Código de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Desde a sua criação, o Grupo Tata simbolizou o espírito verdadeiro de Ética Empresarial em suas interações com todas as suas partes interessadas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

As melhores empresas e os seus funcionários sabem comportar-se

As melhores empresas e os seus funcionários sabem comportar-se Código de conduta As melhores empresas e os seus funcionários sabem comportar-se A nossa visão consiste em ser a melhor empresa de embalagens global para o consumidor. Neste sentido, é importante que actuemos,

Leia mais

Código de Ética e Conduta Profissional da MRC Consultoria e Sistema de Informática Ltda. - ME

Código de Ética e Conduta Profissional da MRC Consultoria e Sistema de Informática Ltda. - ME 1 - Considerações Éticas Fundamentais Como um colaborador da. - ME eu devo: 1.1- Contribuir para a sociedade e bem-estar do ser humano. O maior valor da computação é o seu potencial de melhorar o bem-estar

Leia mais

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA Prezados, O Código de Ética apresenta os princípios éticos que devem orientar as decisões e a conduta dos funcionários do Ultra e parceiros da companhia. Além de expressar os compromissos

Leia mais

ThyssenKrupp Code of Conduct

ThyssenKrupp Code of Conduct ThyssenKrupp Desenvolvendo o futuro. Prefácio Caros colegas, a nossa missão descreve os valores que desejamos compartilhar e como queremos cooperar hoje e no futuro. Ela define um objetivo claro, que temos

Leia mais

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo ITAPOÇOS POÇOS ARTESIANOS DE ITABIRA NASCIMENTO LTDA Introdução A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

Leia mais

Prezado associado, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 -

Prezado associado, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 - Prezado associado, Há mais de sessenta anos, o nome Tupperware representa os mais altos padrões de qualidade de produto. Também levamos a sério a qualidade e a integridade dos nossos produtos e somos uma

Leia mais

CONDUTA nos Negócios e Ética

CONDUTA nos Negócios e Ética Código de CONDUTA nos Negócios e Ética de 2014 Indice INTRODUÇÃO... 03 MISSÃO - VISÃO - PROPÓSITO... 04 1. VALORES E PRINCIPIOS ORIENTADORES... 04 2. COMPROMETENDO-SE COM O CÓDIGO... 05 3. CUMPRIMENTO

Leia mais

Código de Conduta nos Negócios e Ética do UBS

Código de Conduta nos Negócios e Ética do UBS Código de Conduta nos Negócios e Ética do UBS Prefácio Este Código de Conduta nos Negócios e Ética do UBS (o Código) estabelece os princípios e práticas aos quais os funcionários e diretores do UBS estão

Leia mais

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc.

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. Estes princípios de conduta aplicam-se a todos os funcionários, diretores, empresas e subsidiárias da ITW ao redor do mundo. Espera-se que

Leia mais

Política de Ética Política de Ética de Negócios de Negócios

Política de Ética Política de Ética de Negócios de Negócios Política de de Ética Ética de de Negócios Política de Ética de Negócios Política de Ética de Negócios A fi losofi a de negócios da G4S foi desenvolvida em torno de um conjunto de valores que são fundamentais

Leia mais

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Título Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Departamento Jurídico da Holding Documento BGHP_version1_03032011 1. Finalidade A finalidade desta

Leia mais

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL MANUAL Elaborado por Comitê de Gestão de Aprovado por Paulo Fernando G.Habitzreuter Código: MA..01 Pag.: 2/12 Sumário Pag. 1. Objetivo...

Leia mais

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS 1. Code of Ethics WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS Honestidade, integridade e transparência são valores fundamentais da William E. Connor & Associates Limited (a

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters Código de Conduta do Fornecedor Em vigor a partir de 2 de julho de 2012 Ethics Matters Mensagem do CPO [Chief Procurement Officer - Diretor de Compras] A Duke Energy está comprometida com a segurança,

Leia mais

Política Antissuborno e Anticorrupção

Política Antissuborno e Anticorrupção Política Antissuborno e Anticorrupção Agosto 2015 1 de 8 Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Suborno e Pagamento de Propina... 1 5. Brindes, Presentes,

Leia mais

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 I. FINALIDADE A finalidade do Comitê de Auditoria da AGCO Corporation (a Empresa ) é auxiliar o Conselho Diretor (o Conselho )

Leia mais

Prezado colaborador, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 -

Prezado colaborador, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 - Prezado colaborador, Há mais de sessenta anos que o nome Tupperware representa os mais altos padrões de qualidade de produto. Levamos a sério a qualidade e a integridade dos nossos produtos e somos uma

Leia mais

A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os

A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os aspectos, os seus direitos e as suas obrigações. O original

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230 Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos Estabelece os conceitos e as diretrizes do Itaú Unibanco

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO CÓDIGO DE ÉTICA G UPO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 2 1. APLICABILIDADE... 3 ESCLARECIMENTOS... 3 O COMITÊ DE ÉTICA... 3 ATRIBUIÇÕES DO COMITÊ... 3,4 2. ASSUNTOS INTERNOS... 4 OUVIDORIA... 4 PRECONCEITO...

Leia mais

REGAL-BELOIT CORPORATION PROGRAMA Corporativo Anticorrupção Política de Contratação de Terceiros Anexo 1

REGAL-BELOIT CORPORATION PROGRAMA Corporativo Anticorrupção Política de Contratação de Terceiros Anexo 1 Instruções: O REPRESENTANTE DEVIDAMENTE AUTORIZADO DO TERCEIRO DEVE RESPONDER ÀS QUESTÕES DA VERIFICAÇÃO MINUCIOSA E PREENCHER O TERMO DE CERTIFICAÇÃO E ENVIAR TODAS AS INFORMAÇÕES PARA O FUNCIONÁRIO REGAL

Leia mais

Informações para Parceiros de Negócios Cumprimento das leis, regulamentos e convenções. Transparência nos negócios. www.siemens.

Informações para Parceiros de Negócios Cumprimento das leis, regulamentos e convenções. Transparência nos negócios. www.siemens. Informações para Parceiros de Negócios Cumprimento das leis, regulamentos e convenções. Transparência nos negócios www.siemens.com/compliance "A cultura de uma empresa e seus valores fazem a diferença.

Leia mais

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Educação Especial Informe de Assistência Técnica SPED 2009-2: Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Para: Superintendentes, diretores,

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. a JUSTIFICATIVA: A Alcoa Inc. ( Alcoa ) e sua administração têm o compromisso de conduzir todas as suas operações em todo o mundo com ética e em conformidade com todas

Leia mais

Código. de Conduta do Fornecedor

Código. de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor 03/2014 Índice 1. Considerações... 03 2. Decisões... 04 3. Diretrizes... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto aos Direitos Humanos Universais... 06

Leia mais

Ética e Responsabilidade Social. Nosso caminho para uma boa conduta

Ética e Responsabilidade Social. Nosso caminho para uma boa conduta Ética e Responsabilidade Social Nosso caminho para uma boa conduta Política de AUTOREGULAMENTAÇÃO ÉTICA política de autoregulamentação ética autoregulamentação ética A AngloGold Ashanti decidiu introduzir

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

Diretrizes para a prevenção de conflitos de interesses e corrupção

Diretrizes para a prevenção de conflitos de interesses e corrupção 1. Princípios e validade Integridade e transparência são as chaves para atividades comerciais bem sucedidas e sustentáveis. Nossa imagem e reputação pública se baseiam em objetividade e honestidade. Imparcialidade

Leia mais

FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Setembro de 2010

FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Setembro de 2010 FRANKLIN ELECTRIC CO., INC. POLÍTICA DE PRIVACIDADE A. Propósito Setembro de 2010 A Franklin Electric Co., Inc. e suas subsidiárias e afiliadas (em conjunto, a Empresa ) têm o compromisso de proteger a

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Código de Conduta Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Sumário Carta da Presidência 3 1. Introdução 2. Implementação deste Código de Conduta 3. Cumprimento deste Código de Conduta 4. Reporte

Leia mais

Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE honestidade responsabilidade integridade respeito

Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE  honestidade responsabilidade integridade respeito Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE honestidade responsabilidade integridade respeito reeditado 12 junho de 2015 Page 1 of 7 Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE

Leia mais

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta Página 1 de 7 A LDR é uma empresa de equipamentos médicos comprometida com o desenvolvimento, marketing, distribuição e venda de implantes vertebrais para implantação em seres humanos no tratamento de

Leia mais

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL MARÇO, 2015 ÍNDICE OBJETIVO 3 ESCOPO 3 DEFINIÇÕES Risco Inerente 4 DEFINIÇÕES Risco Operacional 4 DEFINIÇÕES Evento de Risco Operacional 4 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES

Leia mais

Manual Anticorrupção

Manual Anticorrupção Manual Anticorrupção pág. 2 Estrutura do Manual Anticorrupção 1. Introdução pág. 04 2. Definições pág. 06 3. Regras e Procedimentos pág. 08 4. Violações e Sanções Aplicáveis pág. 16 pág. 3 1. Introdução

Leia mais

Resposta de pergunta para funcionários

Resposta de pergunta para funcionários Resposta de pergunta para funcionários Sobre a EthicsPoint Geração de Denúncias - Geral Segurança e Confidencialidade da Geração de Denúncias Dicas e Melhores Práticas Sobre a EthicsPoint O que é a EthicsPoint?

Leia mais

Jurídico (Setor de Ética e Conformidade) Laurel Burke, Advogado Responsável Conformidade, laurel.burke@regalbeloit.com

Jurídico (Setor de Ética e Conformidade) Laurel Burke, Advogado Responsável Conformidade, laurel.burke@regalbeloit.com Função/ Unidade de Negócios: Especialista no assunto: Data da primeira versão: Julho de 2011 Revisão nº: 3 Periodicidade de revisão: Anual Autor (Departamento, título e e-mail): Equipe de análise multidisciplinar:

Leia mais

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética SUMÁRIO CONCEITO OBJETIVO ABRANGÊNCIA PRINCÍPIOS DE RELACIONAMENTOS CONFLITOS DE INTERESSE CONFIDENCIALIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESERVAÇÃO

Leia mais

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL Março de 2015 1ª edição MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta da RIP ( Código ) é a declaração formal das expectativas que servem

Leia mais

Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint)

Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint) Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint) Denúncias - Geral Segurança das denúncias Confidencialidade e proteção de dados Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE CADASTRAMENTO NO BANCO DE CONSULTORES DA ACOI EXPERT NETWORK 1

TERMOS E CONDIÇÕES DE CADASTRAMENTO NO BANCO DE CONSULTORES DA ACOI EXPERT NETWORK 1 TERMOS E CONDIÇÕES DE CADASTRAMENTO NO BANCO DE CONSULTORES DA ACOI EXPERT NETWORK 1 Os Termos e Condições abaixo dizem respeito aos requisitos exigidos dos profissionais especializados para seu cadastramento

Leia mais

Política Global de Conflitos de Interesses

Política Global de Conflitos de Interesses Política Global de Conflitos de Interesses Índice 1. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. OBJECTIVO... 3 4. ALCANCE... 4 5. REGRAS E REGULAMENTAÇÕES... 5 6. ORIENTAÇÃO GERAL... 6 7. EXEMPLOS

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO I. Declaração da Diretriz. É a diretriz da Global Crossing Limited ( Global Crossing ou a Empresa ) conduzir todos os seus negócios de uma maneira honesta e ética. Ao fazer

Leia mais

Princípios de Manila Sobre Responsabilidade dos Intermediários

Princípios de Manila Sobre Responsabilidade dos Intermediários Princípios de Manila Sobre Responsabilidade dos Intermediários Práticas Recomendadas Para Limitar a Responsabilidade dos Intermediários Pelos Conteúdos de Terceiros e Promover Liberdade de Expressão e

Leia mais

NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH

NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH Norma de Responsabilidade Social Firmenich Atualizado em Março de 2013 Página 1 de 10 INTRODUÇÃO Como parte do nosso compromisso contínuo com um negócio ético

Leia mais

ÍNDICE 1. PRINCÍPIOS GERAIS

ÍNDICE 1. PRINCÍPIOS GERAIS ÍNDICE 3 3 4 4 4 5 5 6 6 6 6 7 7 7 8 8 9 9 9 9 10 10 1. PRINCÍPIOS GERAIS 2. PLANO TCC: COMPROMISSOS 2.1 Subornos 2.2 Doações a partidos políticos 2.3 Doações a organizações beneficentes e patrocínio 2.4

Leia mais

Código de Ética Empresarial

Código de Ética Empresarial Código de Ética Empresarial Uma visão geral das políticas e diretivas fundamentais do Grupo que orientam nossas relações mútuas e com nosso público de interesse. Detalhes e regras adicionais para funcionários

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco N 01.006 Versão: 02 Atualizado: 19/01/2012 Abrangência: Departamentos, Agências, Empresas Ligadas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SUMÁRIO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SUMÁRIO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SUMÁRIO I - Aspectos Gerais... 2 II - Proteção da Informação... 2 III - Responsabilidades... 3 IV - Informações Confidenciais... 3 V - Informações Privilegiadas... 4

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DA DIRETORIA A todos os dirigentes e empregados A Companhia de Seguros Aliança do Brasil acredita no Respeito aos princípios éticos e à transparência de conduta com as

Leia mais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Nós, Hilti (Brasil) Comercial Ltda. (coletivamente, referido como Hilti, "nós", "nosso" ou "a gente") nessa Política

Leia mais

Código de Ética - Ultra

Código de Ética - Ultra Código de Ética - Ultra Ética na gestão - Equidade, transparência e responsabilidade - Cumprimento das leis - Desenvolvimento sustentável Ética nos relacionamentos - Acionistas e investidores - Colaboradores

Leia mais