OFICINA REGIONAL ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL. Curitiba-PR outubro/2006

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OFICINA REGIONAL ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL. Curitiba-PR outubro/2006"

Transcrição

1

2 OFICINA REGIONAL INSTALAÇÃO DE NÚCLEOS N ESTADUAIS DE APOIO A ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ARTICULADOS AO GTP APL Curitiba-PR outubro/2006

3 Opções Estratégicas e Diretrizes para o Desenvolvimento Sustentável de MS Diversificar a base econômica e verticalizar a produção interna, com maior agregação de valores aos produtos, priorizando as Cadeias Produtivas; Estruturar e operacionalizar suas ações com apoio das Câmaras Setoriais; Gerar emprego e renda e promover a inclusão social.

4 Câmaras Setoriais Órgão colegiado de deliberação coletiva, configurando instância consultiva com objetivo de prestar assessoramento direto ou indireto aos órgãos estaduais interessados no desenvolvimento local.

5 Competências Coordenar e concentrar as ações gerais dos entes públicos e privados e dos demais interessados em participar, no âmbito do Estado, da busca e da oferta recíprocas de soluções técnicas, econômicas e normativas que viabilizem de forma racional, a produção, a comercialização e a industrialização local; Priorizar a análise de propostas ou projetos estratégicos, inclusive analisando ou propondo mecanismos de parcerias de qualquer ordem; Realizar estudos e apresentar sugestões que possam subsidiar o Governo a formular as políticas públicas voltadas para o fomento de atividades econômicas, dando assim atendimento aos legítimos interesses da administração e dos administrados;

6 Câmaras Setoriais Instaladas Bovinocultura de Corte Suinocultura Ovinocaprinocultura Piscicultura Mandioca Fruticultura

7 Floresta Leite Avicultura/Estrutiocultura Sucroalcooleiro Cerâmica Algodão Biodiesel Logística de Armazenagem e Transporte

8 Arranjos Produtivos Locais priorizados para Mato Grosso do Sul Instituição Responsável APL Instituições Envolvidas Região Situação Atual Impactos de inclusão social SEBRAE Mandioca MI, MCT, SEBRAE, SEPROTUR, Câmara Setorial, SEPLACNT, EMBRAPA, SDA/IDATERRA Fronteira/ Vale do Ivinhema Em execução Forte SEBRAE Cerâmica MI, SEBRAE, SEPLANCT, SENAI, Prefeituras Municipais, Rio Verde, São Gabriel do Indústria Oeste e Coxim Em execução Forte SEBRAE Turismo MI, SEBRAE, Prefeitura Municipal, SEPORTUR/FUNDTUR Costa Leste, Fronteira Em execução Médio SEPROTUR Piscicultura MI, MCT, SEPROTUR, SEPLANCT, SDA/IDATERRA, Dourados, Mundo Novo, Câmara Setorial, MSPEIXE, SEBRAE, EMBRAPA Pantanal Em execução Forte SEPROTUR Erva Mate MI, SEPROTUR, SEPLANCT, Câmara Setorial, UCDB, SDA/IDATERRA, Indústrias Fronteira Em execução Forte SEPROTUR Ovinos MI, SEPROTUR, Câmara Setorial, EMBRAPA, UNIDERP Fronteira e Região Central Fase inicial Forte SEPROTUR Apicultura MI, SEPORTUR, SDA/IDATERRA, Câmara Setorial, Prefeituras Municipais, EMBRAPA-CPAP, Federação dos Pantanal, Cone Sul Fase inicial Médio Apicultores DAS - PMCG - MI, SDA/IDATERRA, SEPROTUR, Câmara Setorial, Glória de Dourados, Campo Leite PMNA EMBRAPA, SEBRAE, Prefeituras Municipais Grande, Nova Andradina Fase inicial Forte SEPROTUR Horticultura MI, SEPROTUR, UEMS, Prefeitura Municipal, Associação de Produtores Bolsão Fase inicial Médio SEBRAE Fruticultura MI, SEBRAE, SEPROTUR, Câmara Setorial, UFMS, SENAR Campo Grande Fase inicial Médio FIEMS Artesanato MI, SEPROTUR, SENAI, SEBRAE, Prefeituras Municipais, (Cerâmica, madeira, Associação de Produtores lã) Norte e Fronteira Fase inicial Médio EMBRAPA Biodiesel EMBRAPA, SEPROTUR, UEMS, Câmara Setorial Dourados Estudo Forte IBAMA Jacaré IBAMA, UNIDERP Pantanal Estudo Médio SEPLANCT Eletrônica e Informática MCT, SEPLANCT, UFMS, UNIDERP, UCDB Campo Grande Em execução Médio SEPLANCT (*) Couro MCT, SEPLANCT, SEPROTUR, Câmara Setorial, EMBRAPA-CNPGC Campo Grande Em execução Médio SEPLANCT (*) Gás Natural MCT, SEPLANCT, UNIDERP, FIEMS Campo Grande Estudo - Implantado Laboratório Médio SEPROTUR Madeira SEPROTUR, Câmara Setorial SEBRAE, SENAI, Prefeituras Municipais Campo Grande, Ribas do Rio Pardo, Água Clara e Três Lagoas SEBRAE Metal Mecânico SEBRAE Campo Grande Estudo Médio SENAI Confecções SENAI Campo Grande, Bolsão, Naviraí Estudo Alto (*) Em negociação no Programa de APL1 s do MC. Trata-se de cadeia produtiva Estudo Médio

9 Instituições Participantes SEPROTUR - Secretaria de Estado da Produção e do Turismo; SEPLANCT - Secretaria de Estado de Planejamento, Ciência e Tecnologia; SDA - Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário; EMBRAPA - Centro de Pesquisa Agropecuária do Oeste - CPAO, Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte - CNPGC e Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal - CPAP SEBRAE/MS - Serviço de Apoio as Micros e Pequenas Empresas;

10 IDATERRA - Instituto de Desenvolvimento Agrário, Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul; UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; UNIDERP - Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal; UCDB - Universidade Católica Dom Bosco; FAMASUL - Federação da Agricultura do Mato Grosso do Sul; FIEMS - Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul;

11 SECRETARIA DE ESTADO DA PRODUÇÃO E DO TURISMO Superintendência de Gestão dos Serviços de Apoio Operacional - SGO Coordenadoria de Apoio Técnico - CAT Parque dos Poderes - bloco 12 Campo Grande - MS - CEP Fones: (67) / 5063 / FAX: (67)

Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano. Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL

Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano. Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL Janelas de Oportunidades Locacionais: o PAPL alagoano Francisco Rosário FEAC/UFAL Keuller Hissa FEAC/UFAL Agenda 1. Por que Janelas de Oportunidades Locacionais? O contexto do debate. 2. A política de

Leia mais

VII SEMANA DOS ALIMENTOS ORGÂNICOS

VII SEMANA DOS ALIMENTOS ORGÂNICOS CONVITE O MAPA-MS, por meio da coordenação da Comissão da Produção Orgânica em Mato Grosso do Sul - CPOrg/MS, o SEBRAE e a Embrapa Pantanal convidam Va. Sa. e sua instituição para participarem das atividades

Leia mais

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer.

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer. Plano Brasil Maior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer. Dimensões do PBM Oportunidades Desafios Sistema de Gestão Desdobramento do Plano Brasil Maior na Política de Arranjos Produtivos

Leia mais

REUNIÃO DE AVALIAÇÃO PROJETO: APL CERÂMICO TERRA COZIDA DO PANTANAL REGIÃO NORTE

REUNIÃO DE AVALIAÇÃO PROJETO: APL CERÂMICO TERRA COZIDA DO PANTANAL REGIÃO NORTE REUNIÃO DE AVALIAÇÃO PROJETO: APL CERÂMICO TERRA COZIDA DO PANTANAL REGIÃO NORTE Data: 09/09/2011 Horário: 16 as 18hs Local: Sala de reuniões da Cerâmica Campo Grande Rio Verde de MT/MS Participantes:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO E EXTENSÃO RURAL AGRAER ARRANJO PRODUTIVO LOCAL - APL LEITE

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO E EXTENSÃO RURAL AGRAER ARRANJO PRODUTIVO LOCAL - APL LEITE GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO E EXTENSÃO RURAL AGRAER ARRANJO PRODUTIVO LOCAL - APL LEITE MICRORREGIÃO DE GLÓRIA DE DOURADOS - MS (PRIMEIRA VERSÃO) Glória de

Leia mais

Pesquisa de diagnóstico brasil central de agronegócios - MS

Pesquisa de diagnóstico brasil central de agronegócios - MS oportunidades de negócio para a Agricultura Familiar Pesquisa de diagnóstico brasil central de agronegócios - MS CAMPO GRANDE - AGOSTO/2014 SEBRAE/MS Conselho Deliberativo Associação das Microempresas

Leia mais

Oficina Regional de Orientação a Instalação de Núcleos Estaduais de Apoio a Arranjos Produtivos Locais Articulados ao GTP APL Região Centro-Oeste

Oficina Regional de Orientação a Instalação de Núcleos Estaduais de Apoio a Arranjos Produtivos Locais Articulados ao GTP APL Região Centro-Oeste Oficina Regional de Orientação a Instalação de Núcleos Estaduais de Apoio a Arranjos Produtivos Locais Articulados ao GTP APL Região Centro-Oeste Secretaria de Estado para o Desenvolvimento da Ciência

Leia mais

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Grandes números do Banco do Brasil Ativos totais: R$ 598 bilhões Clientes: 48,1 milhões Carteira

Leia mais

Descrição da experiência

Descrição da experiência Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia em Mato Grosso do Sul: formação de profissionais para harmonizar o desenvolvimento à conservação e melhoria ambiental ANDRADE, Letícia Pereira de. UEMS. letícia@uems.br;

Leia mais

Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT. Gestão Social e Desenvolvimento Territorial

Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT. Gestão Social e Desenvolvimento Territorial Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT Gestão Social e Desenvolvimento Territorial Antecedentes Questões relevantes (últimas décadas) Esgotamento do modelo de desenvolvimento

Leia mais

Política de Software e Serviços

Política de Software e Serviços Política de Software e Serviços Encontro de Qualidade e Produtividade em Software - Brasília Dezembro / 2003 Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Tecnologia Antenor

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N. 1.022, DE 21 DE JANEIRO DE 1992 "Institui o Sistema Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia e o Conselho Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia e dá outras providências." O GOVERNADOR

Leia mais

Resultados do GTP APL

Resultados do GTP APL 2ª Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais Resultados do GTP APL Cândida Maria Cervieri Secretária Técnica do GTP APL Diretora do Departamento de Micro, Pequena e Média Empresa/SDP/MDIC

Leia mais

Apresentação de Ações Institucionais do GTP-APL. Oduval Lobato Neto Banco da Amazônia Gerencia de Gestão de Programas Governamentais

Apresentação de Ações Institucionais do GTP-APL. Oduval Lobato Neto Banco da Amazônia Gerencia de Gestão de Programas Governamentais Apresentação de Ações Institucionais do GTP-APL Oduval Lobato Neto Banco da Amazônia Gerencia de Gestão de Programas Governamentais Dezembro/2013 Pauta 1. Banco da Amazônia enfoque institucional 2. Ações

Leia mais

CAMPO FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA O FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR E O DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM BASES TERRITORIAIS E AGROECOLÓGICAS

CAMPO FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA O FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR E O DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM BASES TERRITORIAIS E AGROECOLÓGICAS PRONATEC CAMPO FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA O FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR E O DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM BASES TERRITORIAIS E AGROECOLÓGICAS PRONATEC CAMPO O PRONATEC O Programa Nacional

Leia mais

PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010. PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS

PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010. PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010 PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS Propósito da Coopaer Identificar problemas oriundos da Cadeia produtiva leite;

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

Gerência de Desenvolvimento Regional Sustentável

Gerência de Desenvolvimento Regional Sustentável Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS SUSTENTABILIDADE NO MUNDO DOS NEGÓCIOS Maio/2010 Conceito O DRS é: uma estratégia negocial; Busca impulsionar o desenvolvimento sustentável das regiões onde o

Leia mais

Educação Profissional nos Estados

Educação Profissional nos Estados Educação Profissional nos Estados Educação Profissional nas Redes Estaduais e Federal - 2007/2009 160.000 140.000 120.000 100.000 80.000 60.000 40.000 20.000 Rede Estadual 2007 Rede Estadual 2009 Rede

Leia mais

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA TERRITÓRIOS RIOS DA CIDADANIA Objetivos Os Territórios TERRITÓRIOS RIOS Os Territórios Rurais se caracterizam por: conjunto

Leia mais

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica R E A L I Z A Ç Ã O : A P O I O : A Razão Diversos estados e municípios também estão avançando com suas políticas de mudanças

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

Departamento de Geração de Renda e

Departamento de Geração de Renda e Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor - DGRAV ESTRUTURA DO MDA Gabinete do Ministro Secretaria Executiva Secretaria da Agricultura Familiar SAF Secretaria de Reordenamento Agrário - SRA

Leia mais

Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal

Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA EM COMUNICAÇÃO - IMAGENS Abril de 2011 DETALHAMENTO DO TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Núcleo de Capital Inovador. Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica

Núcleo de Capital Inovador. Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica Núcleo de Capital Inovador Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica Anápolis cenário atual Segunda maior cidade do estado, com mais de 335 mil habitantes; 4,7 bilhões de reais de produto interno bruto,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PLANO DE TRABALHO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PEE-MS

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PLANO DE TRABALHO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PEE-MS GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PLANO DE TRABALHO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PEE-MS Campo Grande-MS Abril 2014 1 1 JUSTIFICATIVA Este Plano objetiva

Leia mais

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR Jaraguá do Sul (SC), Junho de 2014. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente e sustentável, cidade para pessoas.

Leia mais

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente SÍNTESE JUINA Aperfeiçoar mecanismos controle ambiental Meio Ambiente Instalação de viveiros de distribuição de mudas para o reflorestamento e matas ciliares Ampliar aceso aos programas de crédito de Capacitar

Leia mais

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social Fórum Extensão o Tecnológica dos Institutos Federais Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Ministério da Ciência e

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014.

RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014. RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014. APROVA O PLANO DE CLASSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS E A TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS DAS ATIVIDADES-FIM DA SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Laboratório Embrapa Agropecuária Oeste

Laboratório Embrapa Agropecuária Oeste Laboratório Embrapa Agropecuária Oeste Mecanismos para apoio à C&T em pesca e aquicultura Celebração de convênios (2003 a 2009) Investimentos 199 projetos com componentes de pesquisa apoiados Investimento

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Perspectivas/oportunidades para o

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Perspectivas/oportunidades para o Política Nacional de Resíduos Sólidos Perspectivas/oportunidades para o CATA AÇÃO e as cooperativas. RESÍDUOS SÓLIDOS: UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS

Leia mais

Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais

Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais Cooperação e Governança em Arranjos Produtivos Locais 1ª Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais Carlos Roberto Rocha Cavalcante Superintendente 2004 Histórico de Atuação do IEL 1969 -

Leia mais

Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo

Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo Ministério do Turismo Ministério do Turismo Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo Funções e Objetivos Coordenar as ações voltadas à qualificação profissional e à melhoria

Leia mais

Políticas e Programas de Desenvolvimento Regional

Políticas e Programas de Desenvolvimento Regional Políticas e Programas de Desenvolvimento Regional Silvana Parente Secretária do Planejamento e Gestão Desequilíbrio Intra- Estadual População Total - 8.185.286 PIB - R$ 46,3 bilhão PIB per capita - R$

Leia mais

Assistência Técnica e Extensão Rural

Assistência Técnica e Extensão Rural Assistência Técnica e Extensão Rural A EXTENSÃO RURAL CONTEMPORÂNEA DA CEPLAC Concepção, Estrutura e Projetos Sergio Murilo Correia Menezes Ceplac / Cenex Base - Fundamentos ANATER Agenda Estratégica da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA _ LEI Nº 429/07 Cria a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teixeira de Freitas, Estado da Bahia. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Desenvolvimento Científico e Tecnológico SIBRATEC Instituído por meio do Decreto 6.259, de 20 de novembro de 2007 e complementado pela Resolução do Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008, para atender as demandas específicas de

Leia mais

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012.

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. PROPOSTA Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. 1 Apresentação No campo da Política Nacional de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), o Grupo de Trabalho Permanente

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO DA PISCICULTURA DA REGIÃO DE DOURADOS-MS

ARRANJO PRODUTIVO DA PISCICULTURA DA REGIÃO DE DOURADOS-MS NÚCLEO ESTADUAL DE APOIO AOS APLs MATO GROSSO DO SUL ARRANJO PRODUTIVO DA PISCICULTURA DA REGIÃO DE DOURADOS-MS PLANO DE DESENVOLVIMENTO MAIO/2007 1 1 Contextualização e Caracterização do Arranjo A criação

Leia mais

Desenvolvimento Regional Sustentável. O potencial é todo seu. O compromisso é de todos nós.

Desenvolvimento Regional Sustentável. O potencial é todo seu. O compromisso é de todos nós. Desenvolvimento Regional Sustentável O potencial é todo seu. O compromisso é de todos nós. O que é DRS? DRS - Desenvolvimento Regional Sustentável é uma estratégia negocial do Banco do Brasil, que busca

Leia mais

FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO CÁCERES E REGIÃO POTENCIAIS TURÍSTICOS DA REGIÃO

FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO CÁCERES E REGIÃO POTENCIAIS TURÍSTICOS DA REGIÃO FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO CÁCERES E REGIÃO POTENCIAIS TURÍSTICOS DA REGIÃO Rosangela Cabral Rosa Lazarin Coord. Comitê Gestor Destino Indutor & Presidente do COMTUR Cáceres MT Servidora da Unemat VIDEO

Leia mais

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi A Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte foi criada pela Lei Complementar Nº 257, de 14/11/2003 e tem seu funcionamento regido pelo Decreto Nº 17.456, de 19/04/2004, com recursos previstos

Leia mais

Plano BrasilMaior 2011/2014

Plano BrasilMaior 2011/2014 Plano BrasilMaior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer. Agenda de Ações para a Competitividade dos Pequenos Negócios Dimensões do Plano Brasil Maior -Quadro Síntese Dimensão Estruturante:

Leia mais

PAINEL V : DESENVOLVIMENTO REGIONAL NA AMÉRICA LATINA ESTRUTURA PRODUTIVA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: EXPERIÊNCIAS LATINO-AMERICANAS

PAINEL V : DESENVOLVIMENTO REGIONAL NA AMÉRICA LATINA ESTRUTURA PRODUTIVA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: EXPERIÊNCIAS LATINO-AMERICANAS PAINEL V : DESENVOLVIMENTO REGIONAL NA AMÉRICA LATINA ESTRUTURA PRODUTIVA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: EXPERIÊNCIAS LATINO-AMERICANAS Ricardo Romeiro Coordenador Geral de Arranjos Produtivos Locais Secretária

Leia mais

Plano Plurianual 2012-2015

Plano Plurianual 2012-2015 12. Paraná Inovador PROGRAMA: 12 Órgão Responsável: Contextualização: Paraná Inovador Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI As ações em Ciência, Tecnologia e Inovação visam

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de Tecnologia e Inovação

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de Tecnologia e Inovação PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria da Micro e Pequena Empresa Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de

Leia mais

Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia

Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia Unidades de Capacitação em Ciência & Tecnologia Processos Produtivos Apoio a Arranjos Produtivos Locais APLs Incubação de Pequenos Negócios Apoio Laboratorial Serviços Formação de Mão de Obra Técnica Especializada

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento 1 Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento I Congresso Informação de Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público Oficina II Informação de Custo para

Leia mais

Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação. O Sistema Estadual de CTI e as Contribuições do Estado do Acre

Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação. O Sistema Estadual de CTI e as Contribuições do Estado do Acre Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação O Sistema Estadual de CTI e as Contribuições do Estado do Acre Belém Pará, 18 e 19 de Março de 2010 Localização Geográfica Estratégica 686.652 habitantes

Leia mais

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI

Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional SAI Secretaria de Articulação Institucional SAI Seminário Metas do Plano e dos Sistemas Municipal, Estadual e Nacional de Cultura Vitória-ES 05/Dez/2011 Secretaria de Articulação Institucional SAI A Construção

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Exmo. Sr. Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de Mato Grosso do Sul: A Comissão Permanente de Ensino Jurídico da OAB/MS, na pessoa de seu Presidente, o advogado Cláudio de Rosa Guimarães,

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo IPEA/BID nº 1841/OC-BR Projeto: Dinâmica do Sistema Produtivo Brasileiro perspectivas

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento. Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011.

Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento. Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011. Coordenação Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento Reunião Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasília, 01 de julho de 2011. Mapa Visão e Missão Funai Mapa Estratégico: Proteger e promover

Leia mais

RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE ASSENTAMENTO DO PROGRAMA NACIONAL DE REFORMA AGRÁRIA

RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE ASSENTAMENTO DO PROGRAMA NACIONAL DE REFORMA AGRÁRIA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO MDA INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INCRA RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

O APL da. Ovinocaprinocultura Granito-PE

O APL da. Ovinocaprinocultura Granito-PE O APL da Ovinocaprinocultura Granito-PE Nível de Organização Comissão Estadual de Caprinovinocultura da FAEPE Fórum da Ovinocaprinocultura do Araripe ACOCAG Associação dos Criadores de Ovinos e Caprinos

Leia mais

CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS

CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS ORGÂNICAS NA AMAZÔNIA E ACESSO A MERCADOS DIFERENCIADOS O Território da Transamazônica O Papel da Fundação Viver, Produzir e Preservar NOSSA MISSÃO: Contribuir para as Políticas

Leia mais

Reformular as estradas: - estradas prioritárias até 2014 - estradas secundárias até 2017. Manter 100% das estradas em boas. Elaborar um levantamento

Reformular as estradas: - estradas prioritárias até 2014 - estradas secundárias até 2017. Manter 100% das estradas em boas. Elaborar um levantamento PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS GT DA AGRICULTURA -"A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: "Que rurais de Santa Maria e região tenham qualidade de vida; mantenham uma produção altamente tecnificada,

Leia mais

Legenda da priorização das propostas: Reformular as estradas: - estradas prioritárias até 2014 - estradas secundárias até 2017

Legenda da priorização das propostas: Reformular as estradas: - estradas prioritárias até 2014 - estradas secundárias até 2017 Ações que já foram iniciadas, devemos MONITORAR o andamento. Articular para 2013 o inicio da execução das Propostas. Sem prazo definido. Articular o inicio a medida do possível. Legenda da priorização

Leia mais

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios Você é nosso convidado para participar

Leia mais

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO SUMÁRIO EXECUTIVO O Parque Tecnológico de Ribeirão Preto é um empreendimento imobiliário e tecnológico com características especificamente projetadas, incluindo serviços

Leia mais

Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável

Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável SIMPÓSIO REGIONAL DE BOVINOCULTURA DE LEITE Guarapuava,07/10/2015 Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável Ronei Volpi Coordenador Geral da Aliança Láctea Sul Brasileira Competitividade

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 359

LEI COMPLEMENTAR Nº 359 LEI COMPLEMENTAR Nº 359 Institui o Plano Diretor do Município de Uberaba, e dá outras providências. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas Gerais, por seus representantes na Câmara Municipal,

Leia mais

Carta de Princípios do Comitê das Agendas 21 Locais na Região do Conleste (ComARC)

Carta de Princípios do Comitê das Agendas 21 Locais na Região do Conleste (ComARC) Carta de Princípios do Comitê das Agendas 21 Locais na Região do Conleste (ComARC) Apresentação Em 2007, a Petrobras criou o Projeto Agenda 21 Comperj, como parte de seu Programa de Relacionamento nos

Leia mais

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA Em 22 e 23 de outubro de 2015, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano SEDU, por meio da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba COMEC,

Leia mais

Organização da produção - Renato Garcia, setembro de 2005. renato.garcia @poli.usp.br

Organização da produção - Renato Garcia, setembro de 2005. renato.garcia @poli.usp.br Mesa - Organização da Produção Caracterização da estrutura produtiva em Sistemas Locais de Produção (APLs) proposições e implicações de políticas Renato Garcia, POLI-USP renato.garcia@poli.usp.br Apresentação

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Tratamento diferenciado CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Município de Itapecuru Mirim MA Vencedores do 4º Prêmio

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS Rosilene Ferreira Souto Luzia Souza Setembro 2014 Parceria Institucional com foco na rastreabilidade Acordo de Cooperação entre

Leia mais

Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002)

Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002) Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002) Data do Início: 01/01/2008 Data do Término: 31/12/2011 Valor: R$ 21.000.000,00 Objetivo: Desenvolvimento

Leia mais

CRIANDO OPORTUNIDADES 04 de Setembro de 2013. MINUTA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS DECRETO Nº DE DE 2013 Sumula: Institui o Fórum Permanente de Desenvolvimento. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, em observância

Leia mais

Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios. Curitiba, 20 de novembro de 2012

Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios. Curitiba, 20 de novembro de 2012 Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios Curitiba, 20 de novembro de 2012 PBM: Dimensões Dimensão Estruturante: diretrizes setoriais

Leia mais

Política Nacional de Educação Ambiental

Política Nacional de Educação Ambiental Política Nacional de Educação Ambiental Diretoria de Educação Ambiental Secretaria Executiva Coordenação da PNEA Ministério do Meio Ambiente Órgão Gestor da PNEA Ministério da Educação Diretoria de Educação

Leia mais

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar

Projeto. Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Projeto Das Roças e Florestas dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar Nutritivo para alimentação escolar Nutrição como Sustento e Sustentabilidade Nutrimento

Leia mais

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014 NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARCERIA MDA / CNPq Brasília, 13 de maio de 2014 A política de desenvolvimento territorial Desde 2004 a SDT implementa a estratégia de desenvolvimento

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 14.310, DE 30 DE SETEMBRO DE 2013. (publicada no DOE n.º 189, de 1º de outubro de 2013) Institui o Sistema

Leia mais

Consolidação de parcerias para inclusão produtiva segura e viável.

Consolidação de parcerias para inclusão produtiva segura e viável. Consolidação de parcerias para inclusão produtiva segura e viável. SITUAÇÃO PROBLEMÁTICA Inexistência de Serviços de Inspeção (SIM) Licitações de vários itens da alimentação escolar IMPEDIMENTO Fixação

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013

SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX. Agosto 2013 SUSTENTABILIDADE: estratégia de geração de valor para a MMX Agosto 2013 ESTRATÉGIA EM SUSTENTABILIDADE Visão Uma estratégia de sustentabilidade eficiente deve estar alinhada com o core business da empresa

Leia mais

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. Política Estadual de Arranjos Produtivos Locais

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. Política Estadual de Arranjos Produtivos Locais Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação Política Estadual de Arranjos Produtivos Locais Política Nacional de Arranjos Produtivos Locais Premissas Reconhecimento de que políticas de fomento

Leia mais

Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS Programa de Práticas Sócio-Jurídicas PRASJUR Curso de Serviço Social

Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS Programa de Práticas Sócio-Jurídicas PRASJUR Curso de Serviço Social Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS Programa de Práticas Sócio-Jurídicas PRASJUR Curso de Serviço Social PAPER DA CARTILHA DO FÓRUM INTERSETORIAL DE CONSELHOS DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO

Leia mais

ESPAÇO TRANSFORMADOR. Institucionalizado para a Comunidade. Transformação Baseada na tomada de consciência, na descoberta e na mudança de atitudes e

ESPAÇO TRANSFORMADOR. Institucionalizado para a Comunidade. Transformação Baseada na tomada de consciência, na descoberta e na mudança de atitudes e ESPAÇO TRANSFORMADOR Transformação Baseada na tomada de consciência, na descoberta e na mudança de atitudes e comportamentos e especialmente na construção e aplicação dos conhecimentos apreendidos. Organização

Leia mais

GESTÃO INTEGRADA: CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO DE GOIÁS

GESTÃO INTEGRADA: CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO DE GOIÁS GESTÃO INTEGRADA: CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO DE GOIÁS DESENVOLVIMENTO LOCAL E REGIONAL Vencendo desafios ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Metodologia utilizada em Goiás e no Brasil com resultados promissores...

Leia mais

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 SECT- AM: Missão e Diretrizes A SECT foi criada para formular e gerir políticas estaduais de C&T buscando articular os esforços os de fazer com que

Leia mais

CONTROLE E PARTICIPAÇÃO SOCIAL NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

CONTROLE E PARTICIPAÇÃO SOCIAL NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONTROLE E PARTICIPAÇÃO SOCIAL NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CNAS SEMINÁRIO PROTEÇÃO SOCIAL NO BRASIL E ÁFRICA BRASÍLIA AGOSTO/2008 MARCO REGULATÓRIO RIO A

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

Capacitação Gerencial PST

Capacitação Gerencial PST Capacitação Gerencial PST Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social SNELIS Ministério do Esporte Direito Social É dever do estado fomentar práticas desportivas formais e não formais:

Leia mais

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SECRETARIA EXECUTIVA ADJUNTA DE POLÍTICAS SETORIAIS SEAPS DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO Secretário de Estado Dr. Claudino Secretário Executivo Adjunto Dr. Appio Tolentino Maio - 2012 e Desenvolvimento Econômico

Leia mais

Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO

Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO Desenvolvimento I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL VETORES DE DESENVOLVIMENTO 1 Desenvolvimento... o desenvolvimento é uma corrida de longa distância, e nela há um elemento de solidão,

Leia mais

APL DE ÁGUA MINERAL DA GRANDE NATAL. Brasília, 29 de outubro de 2009.

APL DE ÁGUA MINERAL DA GRANDE NATAL. Brasília, 29 de outubro de 2009. APL DE ÁGUA MINERAL DA GRANDE NATAL Brasília, 29 de outubro de 2009. HISTÓRICO - Formado em 2004; - Viabilizado por meio do Procompi (Programa de Apoio à Competitividade das Micros e Pequenas Indústrias

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Nova Friburgo RJ Vencedores do 4º

Leia mais

Mudanças Climáticas. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

Mudanças Climáticas. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Mudanças Climáticas SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Premissa das negociações Princípio das responsabilidades comuns, porém diferenciadas, definido pela Convenção do Clima implica no reconhecimento

Leia mais

FERRAMENTAS UTILIZADAS PELO SEBRAE / MT

FERRAMENTAS UTILIZADAS PELO SEBRAE / MT MISSÃO SEBRAE Missão: Ser uma organização de desenvolvimento, ética e séria, gerando alternativas de soluções para nossos clientes tornarem-se competitivos alinhados à sustentabilidade da vida. ÁREA DE

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

Documento base sobre Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário. O que é e para quem é o Comércio Justo e Solidário?

Documento base sobre Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário. O que é e para quem é o Comércio Justo e Solidário? Documento base sobre Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário Este é um documento que objetiva apresentar a proposta do Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário, sua importância, benefícios

Leia mais

O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação

O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação I Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais Agosto 2004 O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação Manoel Barral Netto Diretor de Programas

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para promover estudos, formular proposições e apoiar as Unidades

Leia mais