Relação, por lote, das empresas e dos consórcios interessados na préqualificação. Interligação Acre Rondônia Mato Grosso 230 kv, constituído por:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relação, por lote, das empresas e dos consórcios interessados na préqualificação. Interligação Acre Rondônia Mato Grosso 230 kv, constituído por:"

Transcrição

1 Relação, por lote, das empresas e dos consórcios interessados na préqualificação ao leilão de transmissão LOTE A Interligação Acre Rondônia Mato Grosso 230 kv, constituído por: LT Jauru (MT) Vilhena (RO) LT Vilhena (RO) Pimenta Bueno (RO) LT Pimenta Bueno (RO) Ji-Paraná (RO) LT Ji-Paraná (RO) Ariquemes (RO) LT Ariquemes (RO) Samuel (RO) Total 949 3) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 6) Control y Montajes Industriales S/A (Cymi) Espanha 7) Schahin Engenharia S/A Brasil 8) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 9) Bimetal Ind. e Com. de Prod. Metal Ltda. Brasil 10) Elecnor S/A - Espanha 11) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A Brasil 12) Consórcio Ocidental (Centrais Elétricas do Norte do Brasil -Eletronorte S/A 49% - Líder e Neoenergia S/A Brasil - 51%) 13) Consórcio Fuad Rassi/J.Malucelli ( Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda Brasil - 50% - Líder e J. Malucelli Construtora de Obra Ltda. Brasil - 50%).

2 LOTE B LT Jaguará (MG) Estreito (MG) LT Estreito (MG) Ribeirão Preto (SP) LT Ribeirão Preto (SP) Poços de Caldas (MG) TOTAL 308 SE Ribeirão Preto (SP) 500/440 3) Copel Transmissão S/A Brasil 6) Neoenergia S/A Brasil 7) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 8) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A Espanha 9) Elecnor S/A Espanha 10) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A Brasil 11) Consórcio Transjaguará (Cia. Técnica de Engenharia Elétrica - Brasil 41% - Líder; Cemig Geração e Transmissão S/A Brasil 24,5%; Furnas Centrais Elétricas S/A Brasil 24,5%; Orteng Equipamentos e Sistemas Ltda. Brasil 10%) 12) Consórcio Schahin - FIP Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil 50% - Líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia -FIP 50%) LOTE C

3 LT São Simão (GO) Maribondo (MG) LT Maribondo (MG) Ribeirão Preto (SP) Total 412 3) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 6) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 7) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A Espanha 8) Elecnor S/A Espanha 9) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A Brasil 10) Consórcio Transribeirão (Neoenergia Brasil 51% - Líder; Cemig Geração e Transmissão S/A Brasil 24,5% e Furnas Centrais Elétricas S/A Brasil 24,5%) 11) Consórcio Schahin - FIP Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil 50% - Líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia FIP 50%) LOTE D Empreendimento Tensão (kv) Extensão aproximada (km) LT Neves I (MG)- Mesquita (MG) ) Abengoa S/A Espanha 4) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) Colômbia 5) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 6) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A Espanha

4 7) Elecnor S/A Espanha 8) CPFL Geração de Energia S/A Brasil 9) Consórcio Transgerais (Orteng Brasil 41% - Líder; Cemig GT Brasil 24,5%; Furnas Centrais Elétricas S/A Brasil 24,5% e Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 10%) 10) Consórcio Schahin - FIP Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil 50% - Líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia - FIP 50%) 11) Consórcio Fuad Rassi/J.Malucelli (Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda Brasil - 50% - Líder e J. Malucelli Construtora de Obra Ltda. Brasil - 50%) LOTE E LT Funil (BA) Itapebi (BA) ) Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) Brasil 3) Terna Participações S/A Itália 4) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 5) Abengoa S/A Espanha 6) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) Colômbia 7) Control Y Montajes Industriales S/A (Cymi) Espanha 8) Neoenergia S/A Brasil 9) Schahin Engenharia S/A Brasil 10) Linear Participações e Incorporações Ltda. - Brasil 11) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 12) Elecnor S/A Espanha 13) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A Brasil 14) Consórcio EIP P&B Brasil (Eletric. Industr. Portuguesa EIP Portugal 50% - Líder; Pinto & Bentes S/A Portugal 50%)

5 15) Consórcio Fuad Rassi/J. Malucelli (Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda Brasil - 50% - Líder e J. Malucelli Construtora de Obra Ltda. Brasil - 50%) LOTE F LT Mascarenhas (ES) Verona (ES) SE Verona 230 3) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 6) Control Y Montajes Industriales S/A (Cymi) Espanha 7) Empresa de Energia de Bogotá (ESP) Colômbia 8) Linear Participações e Incorporações Ltda. Brasil 9) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 10) Elecnor S/A - Espanha 11) CPFL Geração de Energia S/A Brasil 12) Consórcio EIP P&B Brasil (Eletric. Industr. Portuguesa EIP Portugal 50% - Líder; Pinto & Bentes S/A Portugal 50%) 13) Consórcio Espírito Santo (Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda. Brasil 51% - Líder; Furnas Centrais Elétricas S/A Brasil 49%) 14) Consórcio EDP Schahin (Castelo Energética S/A (Cesa) Brasil 90% - Líder; Schahin 10%) LOTE G

6 LT Cascavel Oeste (PR) Foz do Iguaçu (PR) SE Foz do Iguaçu 230/138 1) Eletrosul Centrais Elétricas S/A Brasil 2) Isolux Ingenieria S.L Espanha 3) Terna Participações S/A Itália 4) Copel Transmissão S/A Brasil 5) Construção e Manutenção Electromecânica S/A (CME) Portugal 6) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica Brasil 7) Abengoa S/A - Espanha 8) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) Colômbia 9) Schahin Engenharia S/A Brasil 10) Empresa de Energia de Bogotá (ESP) Colômbia 11) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. Brasil 12) Elecnor S/A - Espanha 13) CPFL Geração de Energia S/A Brasil 14) Consórcio Fuad Rassi/J.Malucelli (Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda Brasil - 50% - Líder e J. Malucelli Construtora de Obra Ltda. Brasil - 50%)

LEILÃO N o 004/2008-ANEEL - ACOMPANHAMENTO 27/06/2008

LEILÃO N o 004/2008-ANEEL - ACOMPANHAMENTO 27/06/2008 A CONSÓRCIO AMAZONAS (CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL ELETRONORTE 30% - LÍDER; COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF 19,5%; ABENGOA CONCESSÕES BRASIL HOLDING 30%; FUNDO DE INVESTIMENTOS

Leia mais

Concessões de novas instalações de transmissão serão disputadas por 14 empresas 11/21/2008

Concessões de novas instalações de transmissão serão disputadas por 14 empresas 11/21/2008 Concessões de novas instalações de transmissão serão disputadas por 14 empresas 11/21/2008 Empresas do Brasil e da Espanha estão aptas a participarem do leilão de concessões de instalações de transmissão

Leia mais

Relação das empresas aptas para a opção HB, caso seja a vencedora na primeira fase

Relação das empresas aptas para a opção HB, caso seja a vencedora na primeira fase Relação das empresas aptas para a opção HB, caso seja a vencedora na primeira fase Lote A HB SE Coletora Porto Velho LT Coletora Porto Velho (RO) Porto Velho (RO), C1 e 500/230 kv - 230 kv 17,3 Total 17,3

Leia mais

Relação das linhas com os respectivos vencedores no leilão e as concessionárias que assinarão os contratos:

Relação das linhas com os respectivos vencedores no leilão e as concessionárias que assinarão os contratos: Relação das linhas com os respectivos vencedores no leilão e as concessionárias que assinarão os contratos: LOTE A Interligação Norte-Sul III - Trecho 1, constituído por: LT Marabá (PA) Itacaiúnas (PA)

Leia mais

Empreendimentos do Rio Madeira

Empreendimentos do Rio Madeira Empreendimentos do Rio Madeira Sistema de Transmissão Associado (Leilão ANEEL n 007/2008) Abordagem Conceitual AGENDA Introdução Aspectos Gerais Considerações sobre os Empreendimentos de Geração Considerações

Leia mais

Relação e detalhes das 14 linhas e três subestações que serão leiloadas pela Aneel

Relação e detalhes das 14 linhas e três subestações que serão leiloadas pela Aneel Relação e detalhes das 14 linhas e três subestações que serão leiloadas pela Aneel LOTE A Interligação Acre Rondônia Mato Grosso 230 kv, constituído por: LT Jauru (MT) Vilhena (RO) 230 354 LT Vilhena (RO)

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 20 AGRICULTURA 58.000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 5.450.000 25 ENERGIA 288.428.769 26 TRANSPORTE 400.712.362 TOTAL - GERAL 694.649.131

Leia mais

Total 453,8. SE Itacaúnas (PA) 500/230

Total 453,8. SE Itacaúnas (PA) 500/230 Leilão de 21 linhas de transmissão será disputado por 30 empresas 11/16/2005 Individualmente ou agrupadas em consórcio, 30 empresas confirmaram participação no leilão de concessões de 21 novas linhas de

Leia mais

TOTAL DO ORGAO : R$ 780.749.368 QUADRO SINTESE POR FUNCOES QUADRO SINTESE POR SUBFUNCOES

TOTAL DO ORGAO : R$ 780.749.368 QUADRO SINTESE POR FUNCOES QUADRO SINTESE POR SUBFUNCOES QUADRO SINTESE POR ORGAO 32000 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA 780.749.368 6.0.0.0.00.00 RECURSOS DE CAPITAL - ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO 677.449.495 6.1.0.0.00.00 RECURSOS PRÓPRIOS 167.672.207 6.1.1.0.00.00

Leia mais

32228 - Furnas Centrais Elétricas S.A.

32228 - Furnas Centrais Elétricas S.A. Quadro Síntese - Função, Subfunção e Programa Total Órgão Total Unidade Função Total Subfunção Total Programa Total 25. Energia 752. Energia Elétrica 0292. Energia nos Eixos do Centro-oeste 17.976.432

Leia mais

Relação dos lotes e empresas habilitadas no leilão

Relação dos lotes e empresas habilitadas no leilão Relação dos lotes e empresas habilitadas no leilão LOTE A LT Tucuruí Xingu (PA) 500 264 LT Xingu Jurupari (PA) 500 263 SE Xingu (PA) 500 - SE Jurupari (PA) 500/230 - Total 527 1) Isolux Ingenieria S/A

Leia mais

ÍNDICE ANEXOS. 3.2 - Caracterização do Empreendedor... 1/4. a. Identificação do Empreendedor... 1/4. b. Informações sobre o Empreendedor...

ÍNDICE ANEXOS. 3.2 - Caracterização do Empreendedor... 1/4. a. Identificação do Empreendedor... 1/4. b. Informações sobre o Empreendedor... 2517-00-EIA-RL-0001-02 Março de 2014 Rev. nº 01 LT 500 KV MANAUS BOA VISTA E SUBESTAÇÕES ASSOCIADAS ÍNDICE 3.2 - Caracterização do Empreendedor... 1/4 a. Identificação do Empreendedor... 1/4 b. Informações

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos Principais Grupos Empresas correntes 2003 2004 2005 2006 Realizado Realizado Realizado LOA Setor Produtivo Estatal 17.301 18.285 20.554 31.404 - Grupo PETROBRAS (No País) 13.839 14.960 16571 24.095 - Grupo

Leia mais

ELETROBRAS Investimentos 1º bimestre

ELETROBRAS Investimentos 1º bimestre ELETROBRAS Investimentos 1º bimestre Ação Autorizado Realizado IMPLANTAÇÃO DA USINA TERMONUCLEAR DE ANGRA III, COM 1.309 MW (RJ) 2.110.817.554,00 78.423.005,00 DE ENERGIA ELÉTRICA NA REGIÃO NORDESTE 629.144.814,00

Leia mais

1 a Reunião do Conselho de Administração de 2010. Eventos Técnicos Previstos em 2010

1 a Reunião do Conselho de Administração de 2010. Eventos Técnicos Previstos em 2010 1 a Reunião do Conselho de Administração de 21 Eventos Técnicos Previstos em 21 SUMÁRIO EXECUTIVO EVENTOS S: 12 EVENTOS DO CNB: EVENTOS DE CE: 12 ( 3 do B2) EVENTOS S/EITA: 1 (D2) EVENTOS DE MÉDIO PORTE:

Leia mais

Empresas participantes do Programa Pró-equidade de Gênero e Raça 5ª edição

Empresas participantes do Programa Pró-equidade de Gênero e Raça 5ª edição Empresas participantes do Programa Pró-equidade de Gênero e Raça 5ª edição 1 AC Eletrobrás Distribuição Acre - Pública (Empresa de Economia Mista) 2 AL Eletrobrás Distribuição Alagoas Economia Mista 3

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica LEI N o 5.899, DE 5 DE JULHO DE 1973. Dispõe sobre a aquisição dos serviços de eletricidade da ITAIPU e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

Interligação Elétrica do Madeira Sistema de transmissão HVDC +600kV. Luiz Roberto de Azevedo lrazevedo@cteep.com.br

Interligação Elétrica do Madeira Sistema de transmissão HVDC +600kV. Luiz Roberto de Azevedo lrazevedo@cteep.com.br Interligação Elétrica do Madeira Sistema de transmissão HVDC +600kV Luiz Roberto de Azevedo lrazevedo@cteep.com.br Introdução Agenda Dimensão do Empreendimento Gerenciamento e Integração Linha de Transmissão

Leia mais

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada 1400008703 BELEM PA 339 1400008703 BELO HORIZONTE MG 2.034 1400008703 BRASILIA DF 1.356 1400008703 CONGONHAS MG 54 1400008703 CUIABA MT 678 1400008703 GOIANIA GO

Leia mais

Curriculum Vitae. 2- Engenheiro Eletricista, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ) em 1975.

Curriculum Vitae. 2- Engenheiro Eletricista, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ) em 1975. Curriculum Vitae JOSÉ ALBERTO TOMAZ LOPES VIEIRA 1- Formação Profissional 2- Engenheiro Eletricista, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ) em 1975. 3 - Curso de especialização

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 09 PREVIDÊNCIA SOCIAL 20.000.000 20 AGRICULTURA 2.118.000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 867.840 25 ENERGIA 707.561.300 26 TRANSPORTE 112.420.091

Leia mais

A Suframa e o desenvolvimento do setor energético regional Manaus Novembro de 2009

A Suframa e o desenvolvimento do setor energético regional Manaus Novembro de 2009 Interligação Tucuruí Macapá Manaus: integração da Amazônia ao SIN A Suframa e o desenvolvimento do setor energético regional Manaus Novembro de 2009 Objetivos do modelo do Setor Elétrico Segurança no Modicidade

Leia mais

ANEXO I - Tarifa Social de Energia Elétrica para as Concessionárias

ANEXO I - Tarifa Social de Energia Elétrica para as Concessionárias ANEXO I - Tarifa Social de Energia Elétrica para as Concessionárias AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A - AES SUL. Consumo mensal até 30 kwh 101,16 54,95 46,21 Consumo mensal entre 31 até 100 kwh

Leia mais

2383-00-EIA-RL-0001-01 LT 500 KV CUIABÁ RIBEIRÃOZINHO - RIO VERDE NORTE

2383-00-EIA-RL-0001-01 LT 500 KV CUIABÁ RIBEIRÃOZINHO - RIO VERDE NORTE ÍNDICE 3.2 - Caracterização do Empreendedor... 1/4 a. Identificação do Empreendimento e do Empreendedor... 1/4 b. Informações sobre o Empreendedor... 2/4 ANEXOS Anexo 1 - Anotações de Responsabilidade

Leia mais

Versão Revisada: Prof. Dr. Mário Oleskovicz. Versão Original: Prof. Tit. Ruy A. C. Altafim MsE Jorge Sebastião Canova

Versão Revisada: Prof. Dr. Mário Oleskovicz. Versão Original: Prof. Tit. Ruy A. C. Altafim MsE Jorge Sebastião Canova Versão Revisada: Prof. Dr. Mário Oleskovicz Versão Original: Prof. Tit. Ruy A. C. Altafim MsE Jorge Sebastião Canova Introdução Sistema Elétrico de Potência (SEP) Geração, Transmissão e Distribuição de

Leia mais

Reunião de Esclarecimentos

Reunião de Esclarecimentos Concessão de Instalações de Transmissão para Integração das Usinas do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira ao SIN Leilão n o 007/2008 ANEEL Reunião de Esclarecimentos 26/09/2008 Brasília - DF Superintendência

Leia mais

Leilões de Linhas de Transmissão e o Modelo de Parceria Estratégica Pública Privada. (*)

Leilões de Linhas de Transmissão e o Modelo de Parceria Estratégica Pública Privada. (*) Leilões de Linhas de Transmissão e o Modelo de Parceria Estratégica Pública Privada. (*) Nivalde J. de Castro (**) Daniel Bueno (***) As mudanças na estrutura do Setor Elétrico Brasileiro (SEB), iniciadas

Leia mais

TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA Região Nordeste São Luiz II São Luiz III C1 São Luiz II São Luiz III C2 Miranda Encruzo Novo Interligação Açailândia P.Dutra São Luiz P.Dutra Miranda II Açailândia P.Dutra

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Cargo 1: Analista do MPU Área de Atividade: Apoio Técnico-Administrativo Especialidade: Arquivologia Distrito Federal / DF 596 4 149,00 Especialidade: Biblioteconomia Acre / AC 147 1 147,00 Especialidade:

Leia mais

Empresas participantes da 6ª Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça:

Empresas participantes da 6ª Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça: Empresas participantes da 6ª Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça: 1. AC Eletrobras Distribuição Acre 2. AL Eletrobras Distribuição Alagoas 3. AL Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

QUADRO SINTESE POR FUNCOES 3000000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 31527800 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 31527800 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 3000000

QUADRO SINTESE POR FUNCOES 3000000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 31527800 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 31527800 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 3000000 FONTES R$ 1,00 FUNCOES 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 25 ENERGIA 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 752 ENERGIA ELÉTRICA FUNCOES/ 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 25 ENERGIA 752 ENERGIA ELÉTRICA 0295 ENERGIA

Leia mais

ÍNDICE. 3.3 - Caracterização da Equipe Responsável pelos Estudos Ambientais... 1/4. a. Identificação da Empresa de Consultoria...

ÍNDICE. 3.3 - Caracterização da Equipe Responsável pelos Estudos Ambientais... 1/4. a. Identificação da Empresa de Consultoria... 2517-00-EIA-RL-0001-02 Março de 2014 Rev. nº 01 LT 500 KV MANAUS BOA VISTA E SUBESTAÇÕES ASSOCIADAS ÍNDICE... 1/4 a. Identificação da Empresa de Consultoria... 1/4 b. Identificação da Equipe Técnica Envolvida

Leia mais

Ministério de Minas e Energia CENÁRIO ENERGÉTICO BRASILEIRO, PLANO DECENAL E PLANEJAMENTO ENERGÉTICO 2030

Ministério de Minas e Energia CENÁRIO ENERGÉTICO BRASILEIRO, PLANO DECENAL E PLANEJAMENTO ENERGÉTICO 2030 Ministério de Minas e Energia CENÁRIO ENERGÉTICO BRASILEIRO, PLANO DECENAL E PLANEJAMENTO ENERGÉTICO 2030 Associação Brasileira do Carvão Mineral Marcio Pereira Zimmermann Secretário de Planejamento e

Leia mais

Tarifas de energia elétrica no Brasil 27/05/2011 1 Diminuir a disparidade entre tarifas de Energia Elétrica no Brasil No Brasil o custo da energia elétrica nos estados de baixa densidade populacional e

Leia mais

Programas de Gestão e Manutenção

Programas de Gestão e Manutenção LDO2015, Anexo I, Inciso XIV Programa: 0781 Infraestrutura de Instituições Financeiras Oficiais do Programa Constante da LOA: 2.742.392.868 25000 Ministério da Fazenda 3252 Instalação de Pontos de Atendimento

Leia mais

Perspectivas e Estratégias da SUEZ no Brasil

Perspectivas e Estratégias da SUEZ no Brasil Perspectivas e Estratégias da SUEZ no Brasil Mauricio Bähr Diretor-Presidente, SUEZ Energy Brasil julho de 2008 Aviso importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre

Leia mais

Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil

Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil Observatório das MPEs SEBRAE-SP Março/2008 1 Características da pesquisa Objetivos: Identificar o grau de conhecimento e a opinião dos

Leia mais

O que é o PET? CONJUNTO DE INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO NECESSÁRIAS CONSOLIDADAS NOS ESTUDOS DE PLANEJAMENTO DA

O que é o PET? CONJUNTO DE INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO NECESSÁRIAS CONSOLIDADAS NOS ESTUDOS DE PLANEJAMENTO DA O que é o PET? CONJUNTO DE INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO NECESSÁRIAS NO HORIZONTE DE CINCO ANOS CONSOLIDADAS NOS ESTUDOS DE PLANEJAMENTO DA EXPANSÃO DA TRANSMISSÃO ENCAMINHADO PELA EPE PARA O MME E ANEEL

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2010

Contas Regionais do Brasil 2010 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2010 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2012 Contas Regionais do Brasil Projeto de Contas

Leia mais

A Aneel autorizou 56 novas PCHs

A Aneel autorizou 56 novas PCHs A Aneel autorizou 56 novas PCHs 18/12/2002 A Aneel autorizou a construção de 56 novas pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) nos estados do Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, São Paulo,

Leia mais

Empresas Certificadas

Empresas Certificadas Empresas Certificadas 2014 2 Alianças Armazéns Gerais Afluente Geração de Energia Elétrica S.A. Agência de Fomento do Estado do Rio de janeiro S.A. Amazonas Distribuidora de Energia S.A. Associação de

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO - Exercício 2004 - Fontes de financiamento dos investimentos, por empresa... Página 1 de 9

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO - Exercício 2004 - Fontes de financiamento dos investimentos, por empresa... Página 1 de 9 Departamento de Coordenação e Controle das 22208 Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S.A. 6.0.0.0.00.00 Recursos de Capital - Orçamento de Investimento 9.547 6.1.0.0.00.00 Recursos Próprios 9.547

Leia mais

Responsabilidade Social, Preservação Ambiental e Compromisso com a Vida: -Sustentabilidade - Energia Renovável e Limpa!

Responsabilidade Social, Preservação Ambiental e Compromisso com a Vida: -Sustentabilidade - Energia Renovável e Limpa! Responsabilidade Social, Preservação Ambiental e Compromisso com a Vida: -Sustentabilidade - Energia Renovável e Limpa! Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental Sonora-MS Outubro/2012 ONDE ESTAMOS?

Leia mais

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. Elmar de Oliveira Santana Diretor de Geração e Transmissão Belo Horizonte, 13 de maio de 2005

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. Elmar de Oliveira Santana Diretor de Geração e Transmissão Belo Horizonte, 13 de maio de 2005 CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. Elmar de Oliveira Santana Diretor de Geração e Transmissão Belo Horizonte, 13 de maio de 2005 1. INTRODUÇÃO 2. INFORMAÇÕES PRELIMINARES 3. NEGÓCIO GERAÇÃO 4. NEGÓCIO TRANSMISSÃO

Leia mais

Crescimento com Sustentabilidade

Crescimento com Sustentabilidade Crescimento com Sustentabilidade Djalma Bastos de Morais Diretor Presidente Maio de 2008 1/XX Investimentos asseguram agregação de valor Nossa política de investimentos garante crescimento sustentável:

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Plano da Apresentação

Plano da Apresentação Plano da Apresentação 1. Algumas características do Setor Elétrico Brasileiro. 2. Algumas características de PCHs e CGHs. 3. Simulação de Fluxos de Caixa. 4. Modelos de desenvolvimento de PCHs. Monopólio

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 007/2013-ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 007/2013-ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 007/2013-ANEEL A Comissão Especial de Licitação da ANEEL torna pública: A lista dos contatos de

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL DESPACHO Nº 722, DE 25 DE MARÇO DE 2014.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL DESPACHO Nº 722, DE 25 DE MARÇO DE 2014. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL Voto DESPACHO Nº 722, DE 25 DE MARÇO DE 2014. O DIRETOR-GERAL DA AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL, no uso de suas atribuições regimentais, de acordo

Leia mais

SOL Maior fonte de energia da Terra. A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN

SOL Maior fonte de energia da Terra. A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN termosolar fotovoltaica SOL Maior fonte de energia da Terra A Cadeia de Valor para a Geração Fotovoltaica no Brasil Newton Duarte Vice Presidente Executivo da COGEN 17/09/2014 Relatório GT COGEN SOLAR

Leia mais

PROCESSOS DISTRIBUÍDOS NA REUNIÃO DO MÊS DE AGOSTO/98 SESSÃO EXTRA DO DIA 03 CONSELHO PLENO

PROCESSOS DISTRIBUÍDOS NA REUNIÃO DO MÊS DE AGOSTO/98 SESSÃO EXTRA DO DIA 03 CONSELHO PLENO 1 - Processo: 23000-001638/97-13 Interessado: Instituto Rio Branco de Educação e Cultura - AC Instituição: Faculdade de Administração de Empresas Rio Branco - AC Assunto: Recurso contra decisão do Par.

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

Plano de Investimentos e Cronograma de Obras das Empresas Controladas do Grupo Eletrobrás Grupo Eletrobrás

Plano de Investimentos e Cronograma de Obras das Empresas Controladas do Grupo Eletrobrás Grupo Eletrobrás Plano de Investimentos e Cronograma de Obras das Empresas Controladas do Grupo Eletrobrás 1 Grupo Eletrobrás FURNAS CHESF ELETRONORTE ELETROSUL ELETRONUCLEAR CGTEE LIGHTPAR ITAIPU 2 A competência e qualidade

Leia mais

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A.

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. Elmar de Oliveira Santana Diretor de Geração e Transmissão Apresentador: Evandro Leite Vasconcelos Belo Horizonte, 29 de maio de 2006 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO. SUMÁRIO 2.

Leia mais

RESULTADO DAS LICITAÇÕES DE LINHAS DE TRANSMISSÃO

RESULTADO DAS LICITAÇÕES DE LINHAS DE TRANSMISSÃO Concorrência 007/1999 LT Taquaruçu - Assis - Sumaré SP 505,00 45.290,00 41.657,76 8,02 011/1999 Campos Novos-Blumenau Transf.500/230 Kv em Blumenau SC 253,00 16 34.605,00 23.964,00 30,75 CONSÓRCIO MULTISERCE/AMP,

Leia mais

Contribuições da ANEEL ao Processo de Renovação das Concessões

Contribuições da ANEEL ao Processo de Renovação das Concessões Contribuições da ANEEL ao Processo de Renovação das Concessões NELSON JOSÉ HÜBNER MOREIRA DIRETOR GERAL 9 de novembro de 2012 Brasília DF Renovação das Concessões Indenização dos Ativos de Transmissão

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 30.038,81 30.038,81 Valor Fob ( Us$/Mil ) 8.096,09 8.096,09 Preço Médio ( Us$/Ton ) 269,52 269,52 PARAGUAI Volume

Leia mais

Paulo Cesar Vaz Esmeraldo EPE - STE

Paulo Cesar Vaz Esmeraldo EPE - STE Paulo Cesar Vaz Esmeraldo EPE - STE paulo.esmeraldo@epe.gov.br Projeção do Mercado Plano de Geração Estudos de Transmissão Grupos de Estudos de Transmissão Regionais (GETs) Estudos Internos (EPE) Estudos

Leia mais

Manual Identidade Visual CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE

Manual Identidade Visual CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE Partindo da figura da engrenagem, presente na logo atual do CFC, o novo logo desenvolvido mantém uma relação com o passado da instituição, porém com um olhar no presente e no futuro, na evolução e ascensão

Leia mais

Empresas Certificadas

Empresas Certificadas Empresas Certificadas 2013 Agência de Fomento do Estado do Rio de janeiro S.A. Amazonas Distribuidora de Energia Associação Balbina Fonseca Associação de Mantenedores e Beneficiários da Petros Banco da

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E DADOS PESSOAIS Nome : Jair De Santis Data de Nascimento : 10/04/56 Naturalidade : Taquaritinga / SP Profissão : Engenheiro Eletricista Estado Civil : Casado CREA : N.º 89.992/D

Leia mais

Energia Elétrica Investimentos e Oportunidades. Junho 2011

Energia Elétrica Investimentos e Oportunidades. Junho 2011 Energia Elétrica Investimentos e Oportunidades Junho 2011 Agenda 1. O Sistema Eletrobras 2. Oportunidades no Brasil 3. Oportunidades no Exterior S/A A Eletrobras Maior empresa de energia elétrica da América

Leia mais

IV Ranking ITCnet 2007 - as 100 Maiores da Construção.

IV Ranking ITCnet 2007 - as 100 Maiores da Construção. ITC.NET IV Ranking ITCnet 2007 - as 100 Maiores da Construção. Importantes mudanças no cenário de financiamento nacional incentivaram principalmente o crescimento do mercado imobiliário em 2007 como não

Leia mais

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM ENERGIA ELÉTRICA (PIEE) 2015-2018

PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM ENERGIA ELÉTRICA (PIEE) 2015-2018 PROGRAMA DE INVESTIMENTO EM ENERGIA ELÉTRICA (PIEE) 2015-2018 EMPREENDIMENTOS A CONTRATAR INVESTIMENTO EM ENERGIA ELÉTRICA EMPREENDIMENTOS A CONTRATAR DE AGO/2015 A DEZ/2018 R$ 186 bilhões GERAÇÃO DE ENERGIA

Leia mais

Concessões de Geração e de Transmissão Estabelecimento do valor residual das instalações. Maurício Tiomno Tolmasquim

Concessões de Geração e de Transmissão Estabelecimento do valor residual das instalações. Maurício Tiomno Tolmasquim Concessões de Geração e de Transmissão Estabelecimento do valor residual das instalações Maurício Tiomno Tolmasquim Brasília, 11 de setembro de 2012 Indenização dos Ativos Valor Novo de Reposição Refere-se

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

CADEIAS PRODUTIVAS PARANAENSES

CADEIAS PRODUTIVAS PARANAENSES CADEIAS PRODUTIVAS PARANAENSES SETOR DE CONSTRUÇÃO CIVIL O Setor de Construção Civil no Paraná 208.537 EMPRESAS 3.015.373 EMPREGOS 18.947 EMPRESAS 161.211 EMPREGOS R$ 49,86 BILHÕES EM SALÁRIOS R$ 2,12

Leia mais

CEMAR Companhia Energética do Maranhão(2003-2005) Como Superintendente de Expansão do Sistema Elétrico laborei as seguintes atividades:

CEMAR Companhia Energética do Maranhão(2003-2005) Como Superintendente de Expansão do Sistema Elétrico laborei as seguintes atividades: NILSON ROMANELLI JUNIOR Engenheiro Eletricista, 45 anos, casado, formado em 1982 pela Universidade de Taubaté, Crea/SP no. 115.451/D, possui larga experiência nas áreas de sistemas de distribuição, linhas

Leia mais

Currículo. Carlos Roberto Vriesman. Engenheiro Eletricista Consultor

Currículo. Carlos Roberto Vriesman. Engenheiro Eletricista Consultor Currículo Carlos Roberto Vriesman Engenheiro Eletricista Consultor Out./2011 Currículo 1 - Tempo de Experiência Profissional 1.1 Tempo no cargo atual: Função: Superintendente desde 03.01.2011 Cargo: Engenheiro

Leia mais

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320 Aquis./ BALANÇO GERAL - 214 ANEXO II / 4.32 Exercício de 1991 2 - Constr. de meio fios em div. ruas e aven.,2,2 Constr. Pont. cor. sec. loc. Faz. Campo Seco,1,1 Constr. de meio fios div. ruas e av.,1,1

Leia mais

CURRICULO-VITAE. Área de Atuação: Técnico em Segurança do Trabalho REG. Nº. 17/000627-5 SSST/MTB-GO.

CURRICULO-VITAE. Área de Atuação: Técnico em Segurança do Trabalho REG. Nº. 17/000627-5 SSST/MTB-GO. CURRICULO-VITAE 1-IDENTIFICAÇÃO Tenório Araújo Castro Rua: Aurélio Bernardes, Nº 2907 (T 13) Bairro Val Paraiso Ji-paraná RO E-mail: tenoriotst@hotmail.com Fone: (69) 93702865 (69) 93037588 9-34248224

Leia mais

Ambiente Regulatório e Atração de Recursos Internacionais. IV Conferência Anual da RELOP Brasília DF 30/06/11

Ambiente Regulatório e Atração de Recursos Internacionais. IV Conferência Anual da RELOP Brasília DF 30/06/11 Energia para Novos Tempos Ambiente Regulatório e Atração de Recursos Internacionais IV Conferência Anual da RELOP Brasília DF 30/06/11 Sinval Zaidan Gama Superintendente de Operações no Exterior Atuacão

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

Valor Econômico 16/01/2015 Belo Monte tem risco de novo atraso

Valor Econômico 16/01/2015 Belo Monte tem risco de novo atraso Valor Econômico 16/01/2015 Belo Monte tem risco de novo atraso As consequências financeiras da operação Lava Jato, da Polícia Federal, para algumas construtoras aumentam o risco de não cumprimento do

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

Empresa de Pesquisa Energética - EPE EMPREENDIMENTOS COM HABILITAÇÃO TÉCNICA

Empresa de Pesquisa Energética - EPE EMPREENDIMENTOS COM HABILITAÇÃO TÉCNICA Solicitante da Açúcar Guarani S.A. Guarani - Cruz Alta B SP AES Uruguaiana AES Uruguaiana T RS Aruanã Termoelétrica S.A. Xavante Aruanã T GO BAESA- Energética Barra Grande S.A. Barra Grande H SC/RS Brascan

Leia mais

O Pacote do Governo e o Impacto para o Mercado Livre de Energia Elétrica. Cristopher Alexander Vlavianos, Presidente Comerc Energia

O Pacote do Governo e o Impacto para o Mercado Livre de Energia Elétrica. Cristopher Alexander Vlavianos, Presidente Comerc Energia O Pacote do Governo e o Impacto para o Mercado Livre de Energia Elétrica Cristopher Alexander Vlavianos, Presidente Comerc Energia 10 de Dezembro de 2012 Linha do Tempo do Mercado Livre no Brasil 1995

Leia mais

Prof. Alvaro Augusto W. de Almeida

Prof. Alvaro Augusto W. de Almeida HISTÓRIA DA INDÚSTRIA DA ENERGIA ELÉTRICA Primórdios. O Código das Águas. Regulamentação. Reestruturação (RE/SEB). O Modelo Dilma. A MP 579/2012. PRIMÓRDIOS OS TRÊS GIGANTES EDISON Persistente, inflexível.

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 04/2014-ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 04/2014-ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO ADENDO Nº 01 EDITAL DE LEILÃO Nº 04/2014-ANEEL A Comissão Especial de Licitação da ANEEL torna pública: A lista dos contatos

Leia mais

Empresas Certificadas

Empresas Certificadas Empresas Certificadas 2012 Amazonas Distribuidora de Energia Associação de Mantenedores e Beneficiários da Petros Associação Franciscana da Divina Providência Banco Bradesco S.A. Banco do Brasil S.A. Banco

Leia mais

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES FONTES DE ENERGIA Hídrica Eólica Biomassa Solar POTENCIAL HÍDRICO Fonte: Eletrobras, 2011. APROVEITAMENTO DO POTENCIAL HIDRELÉTRICO

Leia mais

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011 Vilson D. Christofari pág. 1 CURRICULUM VITAE. VILSON DANIEL CHRISTOFARI I. FORMAÇÃO ACADÊMICA GRADUAÇÃO: Engenheiro Eletricista, formado pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

PERFIL DAS CO NCESSIO N Á RIAS

PERFIL DAS CO NCESSIO N Á RIAS M I S T A S A representação gráfica de cada indicador deve ser analisada isoladamente. Cada gráfico representa o desvio da Empresa em relação àmédia setorial. PRINCIPAIS INDICADORES 2000 CEEE 39,7 112,4

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA Técnico Bancário Novo AC Cruzeiro do Sul 1618 CR* Técnico Bancário Novo AC Rio Branco 6648 CR * Técnico Bancário Novo AC Sena Madureira 1065 CR* Técnico Bancário Novo AL Maceió 22524 CR * Técnico Bancário

Leia mais

PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00

PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 2.760.000 25 ENERGIA 178. 311. 716 26 TRANSPORTE 76.096.395 TOTAL GERAL 257. 168. 111 752 ENERGIA ELÉTRICA

Leia mais

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000 5. órgãos do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Leia mais

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA 2007 ANEXO III RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA 2007

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA 2007 ANEXO III RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA 2007 LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA 2007 ANEXO III RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA 2007 XIX - Orçamento de Investimento, indicando, por empresa, as fontes de financiamento,

Leia mais

Empregados Chesf-Sul / Comissão Debate Acadêmico 1

Empregados Chesf-Sul / Comissão Debate Acadêmico 1 Setor Elétrico Brasileiro: Privatizou Encareceu Escureceu Foto: Gesildo Lopes Foto: Grupo WhatsApp Sinergia Sind BA Empregados Chesf-Sul / Comissão Debate Acadêmico 1 S e g m e ntos da indúst r i a d e

Leia mais

Concessões de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica: Perguntas e Respostas

Concessões de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica: Perguntas e Respostas Concessões de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica: Perguntas e Respostas Perguntas mais frequentes sobre o marco institucional das Concessões Vincendas de Energia Elétrica Setembro

Leia mais

Curso D'Água UF Empreendedor Status Despacho

Curso D'Água UF Empreendedor Status Despacho Quantidade Processo Tipo Empreendimento Potência (MW) Curso D'Água UF Empreendedor Status Despacho Data Publicação 1 48500.001661/2012-90 PCH Água Fria 3,20 Córrego Água Fria GO Participações S.A ACEITO

Leia mais

SOLUÇÕES PARA ANDAIMES DE ACESSO 2012/13

SOLUÇÕES PARA ANDAIMES DE ACESSO 2012/13 SOLUÇÕES PARA ANDAIMES DE ACESSO 2012/13 SH fôrmas Andaimes e Escoramentos soluções Para andaimes de acesso SoluçõES para ANDAImES DE ACESSo ESCADAS TubO EquIpADO SH MODEx SH fachadeiro SH soluções Para

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ENERGIA EÓLICA NA OFERTA DE ENERGIA DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL

A IMPORTÂNCIA DA ENERGIA EÓLICA NA OFERTA DE ENERGIA DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL A IMPORTÂNCIA DA ENERGIA EÓLICA NA OFERTA DE ENERGIA DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL São Paulo, 03 de junho de 2008 Sistema Elétrico Brasileiro e o Sistema ELETROBRÁS Linhas de Transmissão SIN Capacidade

Leia mais

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NO SISTEMA ELETROBRÁS

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NO SISTEMA ELETROBRÁS TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NO SISTEMA ELETROBRÁS Ubirajara Rocha Meira Diretor de Tecnologia 12ª Feira Internacional da Indústria Elétrica e Eletrônica Belo Horizonte MG 19-22 AGOSTO 2008 Sumário O Sistema

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica Emissão de Nota Fiscal Eletrônica DANFE - Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica. É um documento que serve para acobertar a circulação da mercadoria. Impresso em via única; Validade em meio digital

Leia mais

PROTESTO JUDICIAL. ANO 2007 - LEGENDA: (NOTIFICAÇÃO) : Notificação entregue à parte DATA AJUIZAMENTO Nº DO PJ NOME DAS PARTES

PROTESTO JUDICIAL. ANO 2007 - LEGENDA: (NOTIFICAÇÃO) : Notificação entregue à parte DATA AJUIZAMENTO Nº DO PJ NOME DAS PARTES PROTESTO JUDICIAL ANO 2007 - LEGENDA: (NOTIFICAÇÃO) : Notificação entregue à parte 1. DATA AJUIZAMENTO Nº DO PJ NOME DAS PARTES 15.01.07 00029-2007-000-03-00-0 (*) Sind. Trab. em Emp. de Seguros Privados

Leia mais

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP UBS Elpidio Moreira Souza AC Quadra da Escola Municipal Érico de Souza, Águas Lindas GO UPA município de Ribeirão Pires SP UBS Clínica da Família,

Leia mais

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO GARANTIA - TOTAL R$ 2010 % 2011 % %11/10. Prêmios Líquidos Emitidos R$ 260.843.284 100,0% R$ 313.271.

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO GARANTIA - TOTAL R$ 2010 % 2011 % %11/10. Prêmios Líquidos Emitidos R$ 260.843.284 100,0% R$ 313.271. MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS GARANTIA JAN A MAIO 2011 Esse foi um dos conjuntos que sofreram alterações em classificação de produtos. Pelo relatório da SUSEP passamos a ter somente dois ramos: Garantia

Leia mais

INTERLIGAÇÃO DAS BARRAS DE GARABI 1 E GARABI 2, TESTES REAIS E CONSEQUÊNCIAS PARA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA

INTERLIGAÇÃO DAS BARRAS DE GARABI 1 E GARABI 2, TESTES REAIS E CONSEQUÊNCIAS PARA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA INTERLIGAÇÃO DAS BARRAS DE GARABI 1 E GARABI 2, TESTES REAIS E CONSEQUÊNCIAS PARA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA Equipe de Proteção e Controle - Garabi DIEGO ROBERTO MORAIS, DR. ENG. CONHECENDO O GRUPO

Leia mais