PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA REDI NETO CONSTRUÇÕES LTDA. PELO MINERVA S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA REDI NETO CONSTRUÇÕES LTDA. PELO MINERVA S.A."

Transcrição

1 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA REDI NETO CONSTRUÇÕES LTDA. PELO MINERVA S.A. Pelo presente Instrumento Particular: (a) MINERVA S.A., sociedade anônima, com sede na Cidade de Barretos, Estado de São Paulo, no prolongamento da Avenida Antonio Manço Bernardes, s/nº, Rotatória Família Vilela de Queiroz, Chácara Minerva, CEP , inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , com seus atos constitutivos devidamente arquivados na Junta Comercial do Estado de São Paulo ( Minerva ), neste ato representada por seus diretores nos termos de seu Estatuto Social; e (b) REDI NETO CONSTRUÇÕES LTDA., sociedade limitada, com sede na Cidade de Palmeiras de Goiás, Estado de Goiás, na Avenida Humberto Mendonça c/ Raimundo Lopes, quadra 23, lote 1/2, setor São José, CEP , inscrita no CNPJ sob o nº / , com seus atos constitutivos devidamente arquivados na JUCEG, neste ato representada por seu administrador nos termos do seu Contrato Social ( Redi Neto ); CONSIDERANDO QUE: (i) o Minerva possui quotas representativas de 99% (noventa e nove por cento) do capital social da Redi Neto; (ii) como ato preparatório para a incorporação, Edvair Vilela de Queiroz, possuidor de quotas representativas de 1% do capital social da Redi Neto, cederá para o Minerva suas (duas mil e quarenta e uma) quotas da Redi Neto, de forma que o Minerva possuirá a totalidade das quotas que representam o capital social da Redi Neto;

2 2 (iii) (iv) as administrações do Minerva e da Redi Neto concluíram ser desnecessária a manutenção da Redi Neto, tendo em vista a sua não operacionalização, optando pela integração de seus ativos e consequente redução dos custos de manutenção; e a estrutura mais eficiente a ser adotada de forma a promover a redução dos custos será a incorporação do acervo da Redi Neto pelo Minerva. As partes firmam este Protocolo e Justificação de Incorporação da Redi Neto Construções Ltda. pelo Minerva S.A. ( Protocolo de Incorporação ), que estabelece os termos e condições que deverão reger a incorporação da Redi Neto pelo Minerva ( Incorporação ), com fundamento nos artigos e seguintes da Lei nº , de ( Código Civil ) e no artigo 227 da Lei nº 6.404, de , conforme alterada ( Lei das S.A. ), nas seguintes condições que as partes mutuamente outorgam e aceitam: I. PRINCÍPIOS GERAIS, MOTIVOS DA OPERAÇÃO E INTERESSE DAS PARTES 1.1. Como ato preparatório para a Incorporação, o sócio da Redi Neto, EDVAIR VILELA DE QUEIROZ, brasileiro, casado, empresário, residente e domiciliado na Cidade de Barretos, Estado de São Paulo, com escritório no prolongamento da Avenida Antonio Manço Bernardes, s/nº, Rotatória Família de Queiroz, Chácara Minerva, CEP , portador da Cédula de Identidade RG nº SSP-SP e inscrito no CPF/MF sob nº ( Edvair ), cederá para o Minerva (duas mil e quarenta e uma) quotas que possui no capital social da Redi Neto, de forma que o capital social da Redi Neto imediatamente antes da Incorporação será distribuído da seguinte maneira:

3 3 Sócio Quotas % do Capital Social Minerva S.A % Total % 1.2. As quotas representativas do capital social da Redi Neto, as quais serão totalmente de propriedade do Minerva na data da Assembleia Geral do Minerva, serão extintas e canceladas no ato da Incorporação Todas as quotas emitidas pela Redi Neto encontram-se livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames e são de plena propriedade dos seus respectivos titulares A Redi Neto, controlada do Minerva, foi constituída em 2000 e suas principais atividades consistem na construção e comercialização de materiais de construção. O objetivo do Minerva em tê-la como sua controlada justificou-se pela possibilidade de viabilizar a edificação das unidades industriais e filiais do Minerva com menor custo possível. No entanto, desde Abril de 2006, a Redi Neto está inoperante Dessa forma, tendo em vista que o Minerva possui a integralidade do capital social da Redi Neto, não havendo no momento da Incorporação, outros acionistas minoritários na Redi Neto, e nem modificação do patrimônio líquido do Minerva ou emissão de novas ações, a Incorporação da Redi Neto pelo Minerva trará vantagens à Redi Neto, ao Minerva e a todos os acionistas do Minerva, uma vez que permitirá a simplificação da estrutura societária, a redução dos despesas operacionais, trazendo benefícios de ordem administrativa, econômica e financeira para todos os envolvidos.

4 Os custos para operacionalização são irrelevantes e, portanto, a Incorporação não terá impacto relevante econômico-financeiro nas demonstrações financeiras consolidadas do Minerva. II. CONDIÇÕES GERAIS A QUE ESTÁ SUJEITA A OPERAÇÃO 2.1. Pelos motivos acima expostos, as administrações do Minerva e da Redi Neto decidem propor a incorporação da Redi Neto pelo Minerva, por entenderem que esta proposta atende amplamente aos interesses de ambas as sociedades. Caso aprovada, a Incorporação obedecerá às seguintes condições: (i) todo o patrimônio da Redi Neto será incorporado pelo Minerva, que sucederá a Redi Neto em todos os seus direitos e obrigações, a título universal e para todos os fins de direito, com a conseqüente extinção da personalidade jurídica da Redi Neto; (ii) observados os termos e condições do presente Protocolo de Incorporação, a totalidade das quotas emitidas pela Redi Neto será extinta e, tendo em vista que o Minerva será o único sócio da Redi Neto na data da Incorporação, a Incorporação não acarretará alteração da composição acionária do Minerva; e (iii) o estabelecimento sede da Redi Neto será extinto O Anexo a este Protocolo contém uma lista e cópia das certidões negativas da Redi Neto apresentadas para os fins da incorporação ora proposta. III. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO, TRATAMENTO DAS VARIAÇÕES

5 5 PATRIMONIAIS E INDICAÇÃO DA EMPRESA ESPECIALIZADA 3.1. O critério utilizado para avaliação do patrimônio líquido da Redi Neto a ser incorporado pelo Minerva será o valor patrimonial contábil, conforme apurado no balanço patrimonial levantado em 31 de março de 2010 ( Balanço da Redi Neto ) Os signatários deste Protocolo de Incorporação contrataram a BDO Trevisan Auditores Independentes S.S., ( Empresa Especializada ), para proceder à avaliação do patrimônio líquido da Redi Neto para fins da Incorporação ora proposta, com base no Balanço da Redi Neto, e elaborar o laudo de avaliação da Redi Neto ( Laudo de Avaliação da Redi Neto ) O valor líquido do acervo da Redi Neto a ser incorporado pelo Minerva, conforme o Laudo de Avaliação da Redi Neto, elaborado ad referendum dos sócios da Redi Neto pela Empresa Especializada, com base no Balanço da Redi Neto, é negativo (passivo a descoberto) em R$ ,19 (centro e treze mil setecentos e cinquenta reais e dezenove centavo) Tendo em vista que o Minerva deterá 100% (cem por cento) do capital social da Redi Neto na data da Incorporação, a Incorporação não acarretará aumento do capital social do Minerva, conforme item 4.2 abaixo, razão pela qual não será necessária a elaboração de laudos de avaliação do patrimônio líquido da Redi Neto e do Minerva a preços de mercado para cálculo de relação de substituição das quotas dos sócios não controladores da Incorporada por ações do Minerva, nos termos do artigo 264 da Lei das S.A Toda a variação patrimonial verificada entre a data do Balanço da Redi Neto e a data da efetiva incorporação da Redi Neto pelo Minerva, se houver,

6 6 deverá ser transferida, absorvida e incorporada ao resultado operacional do Minerva A contratação da Empresa Especializada e o Laudo de Avaliação da Redi Neto deverão ser ratificados e aprovados pelos acionistas do Minerva e pelos sócios da Redi Neto, nos termos da legislação e aplicável e de seu respectivo Estatuto Social e Contrato Social. IV. INCORPORAÇÃO DA REDI NETO 4.1. A Incorporação se dará por meio da transferência de todo o acervo líquido contábil da Redi Neto, determinado no Laudo de Avaliação da Redi Neto, para o patrimônio do Minerva Tendo em vista que, de acordo com o disposto no Laudo de Avaliação da Redi Neto, o patrimônio líquido contábil total da Redi Neto é negativo, e tendo em vista que o Minerva será o único sócio da Redi Neto na data da Incorporação, a Incorporação não acarretará aumento no capital social do Minerva, que continuará a ser de R$ ,00 (duzentos e cinquenta e um milhões, seiscentos e quinze mil e sessenta e sete reais), representado por (cento e cinco milhões, setecentos e trinta e três mil, trezentos e dezessete) de ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal. V. APROVAÇÕES DOS SÓCIOS E ACIONISTAS 5.1. Este Protocolo de Incorporação deverá ser submetido à aprovação dos acionistas do Minerva, em Assembleia Geral, e pelos sócios da Redi Neto, em Reunião de Sócios, nos termos da legislação aplicável.

7 Os diretores do Minerva deverão promover a baixa, o registro, a averbação e demais atos necessários junto aos órgãos públicos competentes para efetivar a operação, nos termos do artigo da Lei nº /2002 do parágrafo 3º do artigo 227 da Lei nº / DEMAIS CONDIÇÕES APLICÁVEIS À INCORPORAÇÃO 6.1. Contingências não contabilizadas: Não existem contingências passivas não contabilizadas da Redi Neto, no conhecimento do Minerva, a serem assumidas pelo Minerva em virtude da Incorporação, na qualidade de sucessor legal Aprovação por Autoridades Reguladoras e de Defesa da Concorrência: A Incorporação da Redi Neto pelo Minerva não está sujeita à aprovação das autoridades reguladoras ou de defesa da concorrência brasileira ou estrangeiras, por consistir em mera reorganização societária interna, sem qualquer implicação mercadológica Sucessão em Direitos e Obrigações: O Minerva assumirá as responsabilidades, ativas e passivas, relativas ao patrimônio da Redi Neto que lhe será transferido nos termos deste Instrumento.

8 8 (folha de assinaturas do Protocolo e Justificação de Incorporação da Redi Neto pelo Minerva, datado de 13 de abril de 2010). São Paulo, SP, 13 de abril de MINERVA S.A. REDI NETO CONTRUÇÕES LTDA.

9 9 ANEXO Certidões 1. Certidão Conjunta Negativa de Débitos Relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, emitida pela Secretaria da Receita Federal e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, em nome da Redi Neto Construções Ltda.; 2. Certidão Negativa de Débitos perante o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), emitida pela Previdência Social, em nome da Redi Neto Construções Ltda.; e 3. Certificado de Regularidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS, fornecido pela Caixa Econômica Federal, em nome da Redi Neto Construções Ltda.

10

11 Page 1 of 1 MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional Secretaria da Receita Federal do Brasil CERTIDÃO CONJUNTA POSITIVA COM EFEITOS DE NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO Nome: REDI NETO CONSTRUCOES LTDFA CNPJ: / Ressalvado o direito de a Fazenda Nacional cobrar e inscrever quaisquer dívidas de responsabilidade do sujeito passivo acima identificado que vierem a ser apuradas, é certificado que: 1. constam débitos relativos a tributos administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) com a exigibilidade suspensa, nos termos do art. 151 da Lei n o 5.172, de 25 de outubro de Código Tributário Nacional (CTN); e 2. constam nos sistemas da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) débitos inscritos em Dívida Ativa da União com exigibilidade suspensa, nos termos do art. 151 do CTN, ou garantidos por penhora em processos de execução fiscal. Conforme disposto nos arts. 205 e 206 do CTN, este documento tem os mesmos efeitos da certidão negativa. Esta certidão, emitida em nome da matriz e válida para todas as suas filiais, refere-se exclusivamente à situação do sujeito passivo no âmbito da RFB e da PGFN, não abrangendo as contribuições previdenciárias e as contribuições devidas, por lei, a terceiros, inclusive as inscritas em Dívida Ativa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), objeto de certidão específica. A aceitação desta certidão está condicionada à verificação de sua autenticidade na Internet, nos endereços <http://www.receita.fazenda.gov.br> ou <http://www.pgfn.fazenda.gov.br>. Certidão emitida com base na Portaria Conjunta PGFN/RFB n o 3, de 02/05/2007. Emitida às 15:51:27 do dia 24/03/2010 <hora e data de Brasília>. Válida até 20/09/2010. Código de controle da certidão: 3436.A741.E016.F760 Certidão emitida gratuitamente. Atenção: qualquer rasura ou emenda invalidará este documento. Observações RFB: Contribuinte optante pelo parcelamento da Lei nº11.941/ /03/2010

12 Page 1 of 1 Certificado de Regularidade do FGTS - CRF Inscrição: / Razão Social:CONSTRUTORA AGR LT Endereço: RUA LUIZ GONZAGA RODRIGUES 478 / VILA SAO JOSE / PALMEIRAS DE GOIAS / GO / A Caixa Econômica Federal, no uso da atribuição que lhe confere o Art. 7, da Lei 8.036, de 11 de maio de 1990, certifica que, nesta data, a empresa acima identificada encontra-se em situação regular perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS. O presente Certificado não servirá de prova contra cobrança de quaisquer débitos referentes a contribuições e/ou encargos devidos, decorrentes das obrigações com o FGTS. Validade: 29/03/2010 a 27/04/2010 Certificação Número: Informação obtida em 29/03/2010, às 15:05:28. A utilização deste Certificado para os fins previstos em Lei está condicionada à verificação de autenticidade no site da Caixa: https://webp.caixa.gov.br/empresa/crf/crf/fgecfsimprimirpapel.asp?varpessoam... 29/03/2010

Conforme disposto nos arts. 205 e 206 do CTN, este documento tem os mesmos efeitos da certidão negativa.

Conforme disposto nos arts. 205 e 206 do CTN, este documento tem os mesmos efeitos da certidão negativa. MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional Secretaria da Receita Federal do Brasil CERTIDÃO CONJUNTA POSITIVA COM EFEITOS DE NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA

Leia mais

CERTIDÃO CONJUNTA NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO

CERTIDÃO CONJUNTA NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional Secretaria da Receita Federal do Brasil CERTIDÃO CONJUNTA NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO Nome:

Leia mais

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A.

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE CYTOLAB LABORATÓRIO DE ANATOMIA PATOLÓGICA, CITOLOGIA DIAGNÓSTICA E ANÁLISES CLÍNICAS LTDA POR DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. Pelo presente instrumento particular,

Leia mais

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais)

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz) https://www.sifge.caixa.gov.br/empresa/crf/crf/fgecfsimprimirpapel.asp?varpes... Página 1 de 1 05/02/2013 Certificado

Leia mais

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais)

Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz e Filiais) Regularidade Fiscal Ipiranga (Matriz) http://www.receita.fazenda.gov.br/aplicacoes/atspo/certidao/cndconjuntasegvia... Página 1 de 1 05/03/2013 MINISTÉRIO

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. 25 DE FEVEREIRO DE 2010 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA HFF

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO 1 PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO O presente protocolo firmado entre: - COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO, sociedade com sede na Capital do Estado de São Paulo, na Av. Brigadeiro Luiz Antonio

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. Por este instrumento, OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A., companhia aberta

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e, se houver qualquer divergência, providencie junto à RFB a sua atualização cadastral.

Leia mais

Inscrição: 13553626/0001-77 Razão Social: ELISA ROSA LOPES TRANSPORTESS ME Endereço: R ROBERTO CHAMMAS 3 / VILA MARIANA / SAO PAULO / SP / 4121-020

Inscrição: 13553626/0001-77 Razão Social: ELISA ROSA LOPES TRANSPORTESS ME Endereço: R ROBERTO CHAMMAS 3 / VILA MARIANA / SAO PAULO / SP / 4121-020 https:/mww.sifge.cab(a.gov.br/empresa/crf/crf/fgecfslmprimirpa...gui=3 08/05/1410:35 CAIXA CAIXA ECONÒMíCA FEDERAL Certificado de Regularidade do FGTS - CRF Inscrição: 13553626/0001-77 Razão Social: ELISA

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A.

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO ENTRE EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. E ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. Pelo presente instrumento particular, as partes abaixo

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A. Pelo presente instrumento particular, (A) TOTVS S.A., sociedade por ações de capital aberto, com sede na Cidade de São

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DAS SOCIEDADES MARTHI COMÉRCIO DO VESTUÁRIO LTDA. CF COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DAS SOCIEDADES MARTHI COMÉRCIO DO VESTUÁRIO LTDA. CF COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DAS SOCIEDADES MARTHI COMÉRCIO DO VESTUÁRIO LTDA. CF COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA. SH RECIFE COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA. por LE LIS BLANC DEUX COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.,

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A., PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. PELA CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Pelo presente instrumento

Leia mais

CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES. CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE

CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES. CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE Em cumprimento ao disposto nas Instruções CVM nºs 319/99 e 358/02, a Cyrela Commercial Properties

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. Que celebram: ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A., companhia aberta, com sede na

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. FIBRIA CELULOSE S.A. (nova denominação social de Votorantim Celulose

Leia mais

Celebrado em [---] de junho de 2008

Celebrado em [---] de junho de 2008 Instrumento de Justificação e Protocolo de Incorporação da Softway Contact Center Serviços de Teleatendimento a Clientes S.A. pela Tivit Atendimentos Telefônicos S.A. Celebrado em [---] de junho de 2008

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA SOCIEDADE KEYSTONE FOODS INTERNATIONAL HOLDINGS LLC PELA MARFRIG ALIMENTOS S.A.

INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA SOCIEDADE KEYSTONE FOODS INTERNATIONAL HOLDINGS LLC PELA MARFRIG ALIMENTOS S.A. INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA SOCIEDADE KEYSTONE FOODS INTERNATIONAL HOLDINGS LLC PELA MARFRIG ALIMENTOS S.A. Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL - CINAL, sociedade por ações de capital fechado,

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA. LINX S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ: 06.948.969/0001-75 NIRE: 35.300.316.584 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A., sociedade anônima com sede na Cidade do

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS, sociedade anônima constituída e existente

Leia mais

ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta. N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE

ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta. N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE A Odontoprev S.A. ( Companhia ), em cumprimento ao disposto nas Instruções CVM n os. 319/99

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES VIVAX LTDA., NET INDAIATUBA LTDA., NET

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES VIVAX LTDA., NET INDAIATUBA LTDA., NET PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES VIVAX LTDA., NET INDAIATUBA LTDA., NET FRANCA LTDA., NET ANÁPOLIS LTDA., TV JACARANDÁ LTDA., TV A CABO GUARAPUAVA LTDA. E TV A CABO CASCAVEL LTDA.

Leia mais

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo:

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.R.J.S.P.E. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA.; CARE PLUS DENTAL LTDA.; e BIODENT ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA S.A. PELA ODONTOPREV S.A. O presente instrumento

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN

PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN PORTARIA N.º 3 DE 22 /11 /2005 Dispõe sobre a prova de regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA

Leia mais

ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL

ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os abaixo

Leia mais

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ;

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE GEMINI HOLDING S.A. E PRIMUS HOLDING S.A. PELO BANCO INDUSTRIAL E COMERCIAL S.A. Pelo presente instrumento particular: (A) GEMINI HOLDING S.A., sociedade por

Leia mais

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas:

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA ANDRADINA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. PELA CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Pelo presente instrumento particular, e na

Leia mais

ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá

ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOCALIZA CUIABÁ ALUGUEL DE CARROS LTDA. PELA LOCALIZA RENT A CAR S.A. (a) LOCALIZA RENT

Leia mais

MINERVA S.A. CNPJ nº 67.620.377/0001-14 NIRE 35.300.344.022. Ata de Reunião do Conselho de Administração realizada em 03 de abril de 2012

MINERVA S.A. CNPJ nº 67.620.377/0001-14 NIRE 35.300.344.022. Ata de Reunião do Conselho de Administração realizada em 03 de abril de 2012 MINERVA S.A. CNPJ nº 67.620.377/0001-14 NIRE 35.300.344.022 Ata de Reunião do Conselho de Administração realizada em 03 de abril de 2012 Data, Horário e Local: 03 de abril de 2012, às 9h00, na sede social

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS - DNRC

INSTRUÇÕES NORMATIVAS - DNRC INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 88, DE 02 DE AGOSTO DE 2001 Dispõe sobre o arquivamento dos atos de transformação, incorporação, fusão e cisão de sociedades mercantis. O DIRETOR DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO

Leia mais

Instrumento de Protocolo e Justificação de Incorporação de Ações dos Acionistas da Ibi Participações S.A. firmado com o Banco Bradesco S.A.

Instrumento de Protocolo e Justificação de Incorporação de Ações dos Acionistas da Ibi Participações S.A. firmado com o Banco Bradesco S.A. Bradesco S.A. Banco Bradesco S.A., com sede na Cidade de Deus, Prédio Vermelho, 4 o andar, Vila Yara, Osasco, SP, CEP 06029-900, CNPJ n o 60.746.948/0001-12, com seus atos constitutivos arquivados na Junta

Leia mais

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ;

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÕES DA INVITEL S.A. PELA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A., DA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A. PELA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A., E DA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A. PELA BRASIL TELECOM

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular,

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular, PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOOK INFORMÁTICA S.A. PELA TOTVS S.A. Pelo presente instrumento particular, (A) TOTVS S.A., sociedade por ações de capital aberto, com sede na Cidade de São

Leia mais

INDÚSTRIAS ROMI S.A. CNPJ - 56.720.428/0001-63/NIRE - 35.300.036.751 COMPANHIA ABERTA. ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO n 02/09

INDÚSTRIAS ROMI S.A. CNPJ - 56.720.428/0001-63/NIRE - 35.300.036.751 COMPANHIA ABERTA. ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO n 02/09 INDÚSTRIAS ROMI S.A. CNPJ - 56.720.428/0001-63/NIRE - 35.300.036.751 COMPANHIA ABERTA ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO n 02/09 1. DATA E HORÁRIO: 17 de fevereiro de 2009, às 15h00. 2. LOCAL:

Leia mais

PORTO SEGURO S.A. CNPJ n.º 02.149.205/0001-69 NIRE 35.300.151.666 Companhia Aberta

PORTO SEGURO S.A. CNPJ n.º 02.149.205/0001-69 NIRE 35.300.151.666 Companhia Aberta PORTO SEGURO S.A. CNPJ n.º 02.149.205/0001-69 NIRE 35.300.151.666 Companhia Aberta ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 10 DE NOVEMBRO DE 2009 1. Data, hora e local:

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. TOTVS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. TOTVS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. E TOTVS S.A. DATADO DE 23 DE JULHO DE 2008 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE

Leia mais

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN LOGISTICA S.A. CNPJ/MF 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 Companhia Aberta FATO RELEVANTE A COSAN

Leia mais

Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás Estado de Goiás

Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás Estado de Goiás jjpparaíso Adm 201312016 Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás Estado de Goiás FUNDO MUNICIPAL DE SÃ ÚDE E SANEAMENTO Contrato Prestação de Serviços FMS n. 007 12015 Contrato de prestação de serviços

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A. Reunidos, neste ato, os representantes da administração das seguintes sociedades: UNIPAR

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE DEZEMBRO DE 2009 DATA, HORA E LOCAL: 30 (trinta)

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96 SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. ( Lojas Americanas ) e SUBMARINO

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta Assembleia Geral Extraordinária Realizada em 9 de março de 2009 1. Data, Hora e Local. Realizada, em primeira

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA PREVISÃO REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS LTDA. pela

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA PREVISÃO REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS LTDA. pela PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA PREVISÃO REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS LTDA. pela BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S.A. Datado de 15 de abril de 2011 O presente Protocolo

Leia mais

Estatuto é utilizado em casos de sociedades por ações ou entidades sem fins lucrativos.

Estatuto é utilizado em casos de sociedades por ações ou entidades sem fins lucrativos. Documento 1 Estatuto ou Contrato Social consolidado com todas as alterações realizadas, devidamente arquivado no registro de comércio da sede da sociedade participante. É o documento pelo qual uma empresa

Leia mais

VALE FERTILIZANTES S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 19.443.985/0001-58 NIRE 31.300.035.476

VALE FERTILIZANTES S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 19.443.985/0001-58 NIRE 31.300.035.476 ATA DA 93ª ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 1. DATA, HORA E LOCAL: Aos 18 dias de janeiro de 2011, às 11:00 horas, na sede social da Companhia, localizada na Cidade de Uberaba, Estado de Minas Gerais, na

Leia mais

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES DURATEX COMERCIAL EXPORTADORA S.A. AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL APURADO POR MEIO DOS LIVROS CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2015 Escritório Central: Rua Laplace, 96-10 andar - Brooklin - CEP 04622-000

Leia mais

ESTADO DO(A) BAHIA CAMARÁ MUNICIPAL DE AMARGOSA. Amarqosa EXERCÍCIO 2013 PROCESSO DE PAGAMENTO N. 206 DATA: 06/05/2013

ESTADO DO(A) BAHIA CAMARÁ MUNICIPAL DE AMARGOSA. Amarqosa EXERCÍCIO 2013 PROCESSO DE PAGAMENTO N. 206 DATA: 06/05/2013 ESTADO DO(A) BAHIA CAMARÁ MUNICIPAL DE AMARGOSA Amarqosa EXERCÍCIO 2013 PROCESSO DE PAGAMENTO N. 206 DATA: 06/05/2013 CREDOR: LOCAWEB SERVIÇOS DE INTERNET S.A. VALOR BRUTO R$ VALOR DAS DEDUÇÕES R$ VALOR

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes:

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE CISÃO PARCIAL DESPROPORCIONAL DA LF TEL S.A., E INCORPORAÇÃO DO ACERVO CINDIDO PELA DRONTEN RJ PARTICIPAÇÕES S.A. CELEBRADO EM 5 DE MAIO DE 2014 Pelo presente instrumento particular

Leia mais

SÃO PAULO ALPARGATAS S.A. CNPJ.MF. 61.079.117/0001-05 NIRE 35 3000 25 270 Companhia Aberta

SÃO PAULO ALPARGATAS S.A. CNPJ.MF. 61.079.117/0001-05 NIRE 35 3000 25 270 Companhia Aberta SÃO PAULO ALPARGATAS S.A. CNPJ.MF. 61.079.117/0001-05 NIRE 35 3000 25 270 Companhia Aberta Atas das Assembléias Gerais Ordinária e Extraordinária realizadas sucessivamente em 26/03/2004. I LOCAL, DATA

Leia mais

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 16.590.234/0001-76 NIRE: 31.300.025.91-8

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 16.590.234/0001-76 NIRE: 31.300.025.91-8 AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 16.590.234/0001-76 NIRE: 31.300.025.91-8 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 21 DE DEZEMBRO DE 2011 1. DATA, HORA E LOCAL:

Leia mais

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Companhia Patrimonial de imóveis comerciais - CPIC a ser incorporado pela JHSF Participações S.A. Balanço Base: 31 de março de 2010 Laudo de avaliação do acervo

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

Certidão de Tributos Mobiliários

Certidão de Tributos Mobiliários 08/11/12 Certidão de Tributos Mobiliários Certidão de Tributos Mobiliários Certidão número : I275822-2012 C.C.M. : 3.465.844-0 CNPJ / CPF : 07.717.171/0001-85 Contribuinte : PRAXIAN CONSULTORIA LTDA -

Leia mais

PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA

PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA INTRODUÇÃO Após a mobilização de vários setores da economia juntamente com as proposições formuladas pelo Congresso Nacional, foi publicada a Lei 12.996/2014,

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 F A T O R E L E V A N T E A Telefônica Brasil S.A. ( Telefônica ou "Companhia"), na forma e para os fins das Instruções CVM nº 319/99 e 358/02, conforme alteradas, e, em complementação ao Fato Relevante

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CNPJ Nº 00.108.786/0001-65 NIRE Nº 35.300.177.240 COMPANHIA ABERTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CNPJ Nº 00.108.786/0001-65 NIRE Nº 35.300.177.240 COMPANHIA ABERTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CNPJ Nº 00.108.786/0001-65 NIRE Nº 35.300.177.240 COMPANHIA ABERTA ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 18 DE DEZEMBRO DE 2014 DATA, HORA E LOCAL: Aos 18

Leia mais

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, A Administração da Brasil Insurance Participações e Administração S.A., nos termos do que dispõem a legislação pertinente e o Estatuto Social, e objetivando

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO SECRETARIA DE LICITAÇÕES, CONTRATOS E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE LICITAÇÕES PROPOSTA GRUPO 5

AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO SECRETARIA DE LICITAÇÕES, CONTRATOS E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE LICITAÇÕES PROPOSTA GRUPO 5 AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO SECRETARIA DE LICITAÇÕES, CONTRATOS E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2011 PROPOSTA GRUPO 5 Item Descrição Unid Quant R$ unit R$ total 1 POLTRONA

Leia mais

B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO. CNPJ/MF n 08.538.351/0001-62 NIRE 35300337638 FATO RELEVANTE

B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO. CNPJ/MF n 08.538.351/0001-62 NIRE 35300337638 FATO RELEVANTE B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO CNPJ/MF n 08.538.351/0001-62 NIRE 35300337638 FATO RELEVANTE A B2W Companhia Global do Varejo ( B2W ), em cumprimento ao disposto nas Instruções CVM n os 358/2002 e 319/1999,

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 20 DE DEZEMBRO DE 2006

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 20 DE DEZEMBRO DE 2006 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO Companhia Aberta CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 20 DE DEZEMBRO DE 2006 DATA E LOCAL: Aos 20 (vinte) dias do mês de

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES NET CAMPO GRANDE LTDA., NET SÃO JOSÉ

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES NET CAMPO GRANDE LTDA., NET SÃO JOSÉ PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DO PATRIMÔNIO DAS SOCIEDADES NET CAMPO GRANDE LTDA., NET SÃO JOSÉ DO RIO PRETO LTDA., NET SUL COMUNICAÇÕES LTDA., NET SÃO CARLOS LTDA. E DR-EMPRESA DE DISTRIBUIÇÃO DE RECEPÇÃO

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA.

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. 1 DATA BASE: Demonstrações Financeiras auditadas em 31 de dezembro de 2008, ajustadas com todos os eventos relevantes ocorridos

Leia mais

HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 02.932.074/0001-91 NIRE 35.300.353.251

HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 02.932.074/0001-91 NIRE 35.300.353.251 HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 02.932.074/0001-91 NIRE 35.300.353.251 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA HYPERMARCAS S.A. DE 24 DE JANEIRO DE 2011 O Presente manual

Leia mais

II. MESA: Presidente: Paulo Roberto Lopes Ricci Secretário: Luiz Cláudio Ligabue

II. MESA: Presidente: Paulo Roberto Lopes Ricci Secretário: Luiz Cláudio Ligabue BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. (subsidiária integral do Banco do Brasil S.A.) ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 I. DATA, HORA E LOCAL: Em 31 de dezembro de 2012

Leia mais

ÇÕ ÇÕ 23 Á ÇÕ ÇÕ 25 ÇÕ ÇÕ 27 Á ÇÕ TOUCH BARRA COMÉRCIO DE RELÓGIOS E ACESSÓRIOS LT- DA. CNPJ/MF nº 14.337.959/0001-21 - NIRE nº 3320908176-4 ATA DE REUNIÃO DOS SÓCIOS. 1. Data, Hora e Local: 01/01/13,

Leia mais

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 BDO Auditores Independentes, uma empresa brasileira de sociedade simples, é membro da BDO International

Leia mais

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A.

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. Senhores Conselheiros, Esta Diretoria, visando a restabelecer a estrutura de capital da Ferrovia Centro-Atlântica

Leia mais

BRASIL AGROSEC COMPANHIA SECURITIZADORA 1ª Emissão 1ª Série

BRASIL AGROSEC COMPANHIA SECURITIZADORA 1ª Emissão 1ª Série BRASIL AGROSEC COMPANHIA SECURITIZADORA 1ª Emissão 1ª Série ÍNDICE CARACTERZIZAÇÃO DA EMISSORA...3 CARACTERÍSTICAS DOS CERTIFICADOS...3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS...5 ASSEMBLÉIAS DOS TITULARES DOS CERTIFICADOS...5

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: Denominação Artigo 1º - Corrêa Ribeiro S/A Comércio e Indústria é uma sociedade

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA

PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA Equipe Portal de Contabilidade Para encerrar as atividades de uma empresa, é preciso realizar vários procedimentos legais, contábeis e tributários, além de, é claro,

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração;

a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração; ALTERAÇÃO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA: *ELEMENTOS DA ALTERAÇÃO CONTRATUAL a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração; b) Preâmbulo; c) Corpo da alteração: Nova

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A.

TELEFÔNICA BRASIL S.A. PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO DE GVT PARTICIPAÇÕES S.A. POR TELEFÔNICA BRASIL S.A. DATADO DE 12 DE MAIO DE 2015 TEXT_SP/9643470v13/2523/923 PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO

Leia mais

Que entre si celebram

Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO PARA CISÃO PARCIAL DA ODEBRECHT TRANSPORT PARTICIPAÇÕES S.A. SEGUIDA DE INCORPORAÇÕES REVERSAS DAS PARCELAS CINDIDAS PELA EMBRAPORT EMPRESA BRASILEIRA DE TERMINAIS PORTUÁRIOS S.A.,

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. Endereço da Matriz : Rua/Av.:... N.º...

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. Endereço da Matriz : Rua/Av.:... N.º... FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES Requeremos por meio desta, junto ao Setor de Compras e Licitações Registro n.º EMPRESA Inscrição ( ) Revalidação ( ) Razão Social:...

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS Pelo presente instrumento particular de Contrato de Prestação de Serviços Jurídicos, a empresa... (razão social da empresa), inscrita do CNPJ/MF sob o nº...,

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana

ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana São campos de informações, destinado exclusivamente a Prefeitura Municipal de Viana.

Leia mais

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil Empresa Energética de

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 ALOG

Leia mais

CISÃO PARCIAL DE ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS - ASPECTOS CONTÁBEIS E TRIBUTÁRIOS

CISÃO PARCIAL DE ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS - ASPECTOS CONTÁBEIS E TRIBUTÁRIOS CISÃO PARCIAL DE ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS - ASPECTOS CONTÁBEIS E TRIBUTÁRIOS Por Ivan Pinto A cisão de uma Entidade sem Fins Lucrativos não implica na extinção da entidade cindida, uma vez que a própria

Leia mais

BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO A administração do Banco BTG Pactual S.A. ( Banco ), no contexto da proposta de incorporação

Leia mais

ANO XXV - 2014-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2014

ANO XXV - 2014-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2014 ANO XXV - 204-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 204 BOLETIM INFORMARE Nº 37/204 ASSUNTOS CONTÁBEIS MÚTUOS (EMPRÉSTIMO DE DINHEIRO) - ENTRE SÓCIOS E SOCIEDADES - ASPECTOS CONTÁBEIS... Pág. 542 ASSUNTOS SOCIETÁRIOS

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

PRINCIPAIS DOCUMENTOS EXIGIDOS NAS LICITAÇÕES FLUMINENSES DAS ME E EPP

PRINCIPAIS DOCUMENTOS EXIGIDOS NAS LICITAÇÕES FLUMINENSES DAS ME E EPP Certidão de Regularidade com o FGTS (FGTS-CRF) O CRF é o único documento que comprova a regularidade do empregador perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, sendo emitido exclusivamente pela

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007. Dispõe sobre o Cadastro de Convenentes da Administração Estadual. O SECRETÁRIO DE ESTADO DE

Leia mais

CERTIDÃO DE REGULARIDADE FISCAL RFB/PGFN

CERTIDÃO DE REGULARIDADE FISCAL RFB/PGFN CERTIDÃO DE REGULARIDADE FISCAL RFB/PGFN DIFERENÇAS ENTRE AS CERTIDÕES ATÉ 02/11/2014 Duas certidões comprovavam a regularidade do sujeito passivo (pessoa física e pessoa jurídica) perante a Fazenda Nacional:

Leia mais