ANEXO I. Normatizar por resolução as atribuições e responsabilidades do Gestor de Sistema de Informação. JF dez/13

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I. Normatizar por resolução as atribuições e responsabilidades do Gestor de Sistema de Informação. JF dez/13"

Transcrição

1 ANEXO I Objetivo 1: Assegurar a atuação sistêmica da TI na. Indicador 2: Taxa de satisfação com o funcionamento sistêmico da TI da. Integração Regional de TI. Integração das áreas de TI na 2ª Região, objetivando alcançar economia de escala, redução de custos e diminuição da redundância de esforços na região. 2ª Região jul/14 Padronização de TI. Continuidade de implantação do Sistema de Processo Administrativo Eletrônico. Implementar integrações necessárias ao Sistema de Processo Administrativo Eletrônico. Adequar os sistemas administrativos e de apoio ao sistema judicial visando à unificação. Continuidade de implantação do Sistema de Processo Judicial Eletrônico. Implementar integrações necessárias ao Sistema de Processo Judicial Eletrônico. Adequação da capacidade de operação de Data Center. Adequação da capacidade de operação de Data Center. Adequação da capacidade de operação de Data Center. Normatizar a figura do gestor de sistema de informação e o Comitê Gestor de Sistema por meio de resolução. Comunicação de dados da (INFOVIA). Unificar os repositórios de software da Justiça Federal. Aprovar um padrão de gerência de configuração de software para a. Complementação da implementação de ações relativas à padronização do ambiente de TI, tais como 1) Criação de GT de Interoperabilidade; 2) Elaboração do plano de interoperabilidade com ênfase na consolidação do uso dos seguintes padrões: XML, XSD (com publicação no Catálogo de Esquemas XML do e-ping ). (Web services (com publicação no catálogo de Web services do e-mag), aumento do grau de adesão ao formato ODF para documentos (textos, planilhas, apresentações), incluir MOREQ-Jus; 3) Consolidação, na metodologia de desenvolvimento de software da SJRJ. Implantar novos processos de trabalho no Sistema de Processo Administrativo Eletrônico. Identificar, especificar e implementar as rotinas ou webservices que permitirão a troca de informações entre o Sistema de Processo Administrativo Eletrônico e os sistemas convencionais. Analisar os múltiplos sistemas correlatos, e implementar os ajustes necessários visando à utilização de sistemas únicos para o 1º e 2º graus, para otimização de recursos e simplificação de procedimentos. Implantar Sistema de Processo Judicial Eletrônico no 2º Grau. Identificar, especificar e implementar as rotinas ou webservices que permitirão a troca de informações entre o Sistema de Processo Judicial Eletrônico e os sistemas convencionais. Ampliação de infraestrutura de servidores de rede para suportar novos sistemas nacionais e corporativos. Aquisição de subsistema de armazenamento de dados para suportar novos sistemas nacionais e corporativos. Aquisição de racks para padronização do ambiente. 2ª Região 3ª Região 3ª Região jun/14 3ª Região 3ª Região 3ª Região Normatizar por resolução as atribuições e responsabilidades do Gestor de Sistema de Informação. Contratação de solução de comunicação de dados Wan internet para atendimento e integração da. Permitir acesso compartilhado aos artefatos utilizados no desenvolvimento e manutenção de todos os softwares da. Discussão e definição de uma estrutura padrão para controlar e manter os artefatos utilizados no desenvolvimento e manutenção de softwares da. Central de Serviços de TI. Desativação dos concentradores dos TRFs. Implantação de Central de Serviços de TI para atender demandas da. Centralização dos dados de sistemas (ex. Rol de Culpados) no ambiente do. Reestruturação de endereçamento IP. Reestruturação de endereçamento IP nos órgãos da. Uniformizar a metodologia de desenvolvimento Uniformizar a metodologia de desenvolvimento de software e o guia de métricas de software e o guia de métricas de software. de software no âmbito da. Unificação dos repositórios de software da. Permitir acesso no aos artefatos utilizados no desenvolvimento e manutenção de todos os softwares da. Unificar e centralizar a utilização de sistemas Unificar e centralizar a utilização de Sistemas Nacionais. nacionais. 2013/2014 Consultoria. Participação nos comitês técnicos nos projetos nacionais que envolvem soluções de TI. Contínua AJG - Concluir centralização do sistema. Finalizar a implantação e centralização do Sistema AJG no. SJSC Web service. Integração com sistemas de outros órgãos. TRF1 Evolução do Portal da Intranet. Implantar novas tecnologias de Sistema Gerenciador de Conteúdo. Pág. 1 de 11

2 Objetivo 1: Assegurar a atuação sistêmica da TI na. Indicador 2: Taxa de satisfação com o funcionamento sistêmico da TI da. Expansão do processo judicial eletrônico. Ampliar contratação de serviços de sustentação e evolução do Processo Judicial Eletrônico. Adoção de versão única nacional. Expansão regional do Fluxus. Evolução e expansão do Sistema de Processos Administrativos Virtuais, com adoção de certificação digital. Sistema de Compras. Desenvolvimento e implantação de Sistema de Compras integrado aos demais sistemas administrativos. Objetivo 3: Aperfeiçoar a gestão de TI na. Indicador 3: Taxa de não aderência aos padrões e metodologias de TI estabelecidos para a. Adequar os sistemas ao padrão de identidade Conforme definido no Manual da Identidade Visual da, instituído pela Resolução visual da. nº 193/2012 do. 3ª Região jun/13 Dar continuidade ao processo de implementação da tecnologia de troca de Implementar novos níveis de integração previstos informações com órgãos externos, através de webservices. na versão 2.0 do modelo de interoperabilidade. 3ª Região Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Contratação de consultoria especializada para implementação de um SGSI NBR implantação dos Processos ITIL. ISO/IEC 27001:2006. Identificar e implementar os ajustes necessários para disponibilização da Carta de Adequar-se à Carta de Serviços da. Serviços da, prevista no PETI. Implementação de WebServices. Implementar a tecnologia de troca de informações entre sistemas internos através de webservices. Formalizar Modelo de Desenvolvimento de Normatizar e divulgar modelo de desenvolvimento de sistemas empregado na Sistemas. da 4ª Região. Fábrica de Software - Inserção contratual. Repasse de conhecimento para o novo prestador de serviços do portfólio de softwares sob responsabilidade da subsecretaria e acordo sobre modelo de trabalho e ferramentas que serão utilizados durante a execução do contrato. 3ª Região jun/14 3ª Região 4ª Região Implantar ferramenta de testes de software. Definição, instalação e configuração de ferramenta para a automatização da realização de testes de software. Implantar ferramenta de integração contínua. Definição, instalação e configuração de ferramenta para automação do ciclo de geração de pacotes e versões dos softwares. Medição de tamanho de softwares em pontos de Elaboração de estimativas de tamanho em pontos de função para solicitaçõe de função. manutenções e desenvolvimento de software. Contínua Padronização e integração das soluções de sistemas regionais. Definir e alinhar plataformas e metodologias de desenvolvimento para a região. Objetivo 3: Aperfeiçoar a gestão de TI na. Indicador 4: Taxa de processos estratégicos de governança de TI monitorados. Catálogo de serviços. Revisão do catálogo de serviços de infraestrutura de TI 2ª Região jun/13 Melhoria do processo de planejamento e gestão Complementação das ações relativas à melhoria de planejamento e gestão de de contratos. contratos, tais como: 1) Verificação de ferramentas (ex. OASIS, GLPI, etc.) para auxiliar a gestão de TI; 2) Implantação de software para auxiliar a gestão de TI. 2ª Região jul/14 dez/12 Solução de inventário do parque. Automatização de suporte e inventário de hardware e software, com distribuição e atualização de versões (implantação do Software System Center ). 2ª Região Reconfiguração da topologia de rede. Serviço de apoio na fiscalização dos níveis de serviço do contrato sustentação da Reconfiguração da topologia de rede do para melhor gerenciamento do ambiente. Contratação de empresa especializada para apoio à fiscalização dos níveis de serviços definidos nos contratos de serviços de sustentação da Implantar MCTI. Implantar processo de aquisição de bens e serviços de informática. Programa COBIT - Elaborar planos de projetos para implantação dos processos COBIT. Operacionalizar a Política de Segurança da Informação. Implantar processos de governança de TI, conforme previsto no PETI: aquisição de bens e serviços, gerenciar projetos de TI, gestão de contratos, gestão de riscos. jun/14 Elaborar documentos acessórios comuns e realizar as atividades definidas pela Resolução 006/2008, implementar as políticas de segurança locais e realizar programas de conscientização dos servidores com relação à segurança no uso de recursos de TI. Gestão de riscos. Implantar processo de gestão de riscos. TRF 2 Gerência de Projeto. Proporcionar conhecimentos atuais na área de gerência de projetos. TRF1 Pág. 2 de 11

3 Objetivo 3: Aperfeiçoar a gestão de TI na. Indicador 4: Taxa de processos estratégicos de governança de TI monitorados. Implantação da Política de Segurança da Divulgação e expansão da política de segurança para a região e disponibilização do Informação. Portal de Segurança da Informação. Objetivo 2: Assegurar níveis de serviços adequados ao negócio. Indicador 5: Taxa de solução das solicitações dos clientes. Adequação da infraestrutura para armazenamento, processamento e backup para implantação do processo eletrônico. Ampliação da infraestrutura tecnológica a fim de atender ao uso dos recursos necessários aos autos digitais. 2ª Região jun/13 Sala Cofre para garantir a segurança e a integridade dos equipamentos e as informações institucionais. Segurança da Informação e Gestão de Riscos. Modernização/renovação do parque de computadores. Servidores e Storage. Efetivar contratação de fábrica de software. Adquirir peças de reposição para manutenção do parque e ampliação de sua vida útil. Prover a alta disponibilidade, a segurança e integridade dos serviços e informações institucionais de modo a garantir a continuidade do negócio. 2ª Região jun/13 Complementação das ações relativas à Segurança da Informação e Gestão de Riscos, tais como: 1) Adoção dos procedimentos de Política de Segurança da Informação da (PSI) constantes na resolução 06 do, de 07/04/2008; 2) Elaboração dos documentos acessórios relativos ao PSI, no nível de Seção Judiciária; 3) Previsão de contratação de serviço de mentoring para solução de problemas de alta complexidade em TI (Java, Asterisk, Oracle, etc.). Reduzir o ciclo de renovação dos microcomputadores de 4 para 3 anos, buscar e manter a relação de uma estação de trabalho por usuário (aquisição de computadores), aquisição de impressoras, multifuncionais, scanners e software s de uso comum as estações do parque. Reestruturação dos computadores servidores, Storage e Software da 2ª Região. Elaborar o edital de fábrica de software e efetivar a licitação para contratação de desenvolvimento e manutenção de aplicativos utilizando a técnica de pontos de função. Adquirir kits de manutenção para impressoras da Seção Judiciária de São Paulo. Adquirir softwares e equipamentos necessários à Adquirir equipamentos e softwares e contratar serviço de suporte técnico para videoconferência. videoconferência. Prover software s gráficos (Gráfica, Engenharia Adquirir licenças (e upgrade ) de software s Adobe, Volare e Autocad. etc.). Adquirir licenças de softwares para desktops. Adquirir e atualizar licenças pacote Office. Contratar suporte técnico especializado. Manter parque tecnológico (hardware ) atualizado. Prover e Manter atualização de software s corporativos (SO, SGBD, linguagens de programação e ferramentas de apoio). Prover manutenção de Terminais de autoatendimento e equipamentos centrais. Adquirir/manter solução de gravação digital de áudio e vídeo. Atualizar software gravação de audiência. Adaptar sistemas eletrônicos judicial e Administrativo para comportar áudio e vídeo. Contratar suporte técnico especializado para garantir o funcionamento de banco de dados e dos equipamentos centrais, bem como consultorias para avaliação de performance. Adquirir microcomputadores, monitores, notebooks, impressoras, leitores de código de barras, terminais de autoatendimento, switches etc. Adquirir atualização de licenças de sistema operacional, sistema gerenciador de banco de dados, linguagens de programação e ferramentas de apoio (modelagem de dados etc.) Contratar serviços de manutenção de terminais de autoatendimento e equipamentos centrais. Permitir a gravação em vídeo das sessões de audiência e de julgamento. 2ª Região 2ª Região jul/14 2ª Região jul/14 3ª Região dez/12 3ª Região jun/13 3ª Região jun/13 3ª Região jun/13 3ª Região 4ª Região Dotar as áreas judiciária e administrativa com software necessário para pleno uso de solução de videoconferência. 4ª Região Construir funcionalidades para armazenamento e recuperação de arquivos de áudio e vídeo nos sistemas e-proc v2 e SEI. 4ª Região Adequar servidores, switches, linhas de comunicação e infraestrutura de rede aos níveis de serviços acordados. Adquirir licenças de software s para desktops. Adequar capacidade de infraestrutura para atendimento de novas demandas (como vídeo) e do crescimento vegetativo dos sistemas atuais. Garantir a conformidade de licenciamento do parque de informática, em virtude de seu crescimento. Pág. 3 de 11

4 Objetivo 2: Assegurar níveis de serviços adequados ao negócio. Indicador 5: Taxa de solução das solicitações dos clientes. Adquirir microcomputadores, monitores, Garantir a renovação contínua do parque de informática, conforme estabelecido na notebooks, impressoras, leitores de código de Resolução 90/2009 do CNJ. barras, terminais de autoatendimento, switches etc. Contratar suporte técnico especializado. Prover serviços de suporte de segundo e de terceiros níveis para outros serviços de infraestrutura ( como backup). C ontratar suporte técnico especializado de sistema operacional e banco de dados para o e- Proc v2, GEDPRO, SEI, RH e Sistema de Mandados. Contratar suporte técnico especializado de Sistema Operacional e Banco de Dados para sistemas legados. Prover infraestrutura para gravação e difusão de sessões de julgamento e sessões de audiência. Prover softwares gráficos (Gráfica, Engenharia etc.). Evolução/Aprimoramento do Sistema de Processo Judicial Eletrônico e-proc v2. Aquisição de solução de correio eletrônico. Prover serviços de suporte de segundo e de terceiros níveis para as plataformas Windows, Linux e bancos de ddados MS SQL Server, My SQL. Prover serviços de suporte de segundo e de terceiros níveis para as plataformas RISC e para o banco de dados Ingres. Contratar recursos de hardware e de software n ecessários para permitir a guarda e transmissão de vídeos ao vivo e sob demanda. Dotar área de engenharia e de programação gráfica com ferramentas adequadas para seu trabalho. Contemplar Sistema de Processo Eletrônico e-proc v2 com novas funcionalidades, como: integração dos processos com os TJs, melhoria em relatório estatístico, integração com tribunais superiores. Contratação de solução de correio eletrônico para atendimento aos clientes do. Renovação do parque de computadores. Atualização do parque de computadores e notebooks, para um ciclo de renovação de 4 anos. Serviço de outsourcing de impressão. Contratação de serviço de outsourcing de impressão para o. Serviços especializados de TI para sustentação da Contratação de empresa especializada para a sustentação e operacionalização dos serviços de infraestrutura da TI. Software de banco de dados ORACLE Enterprise. Contratação de licenças de software de banco de dados ORACLE para suportar as aplicações implantadas no. Solução de backup de dados. Aquisição de Solução de backup de dados e aplicação (nacional e corporativo). Solução de gerenciamento integrado de segurança de rede. Serviço de monitoramento da rede do. Contratação de serviço de apoio à medição de software por pontos de função. G estão de demandas de desenvolvimento e manutenção de software. Contratação de serviços de gerenciamento integrado de segurança da tecnologia da informação para o Data Center do. Contratação de serviço de gerenciamento e monitoração da rede interna e links MAN locais (STJ, Gráfica, e outras VPN s). Foi realizado procedimento licitatório contudo nenhuma empresa comprovou qualificação exigida no edital. Deverá ser realizado novo procedimento licitatório. P arametrização e implantação de ferramenta para gestão de demandas de software Redmine, com vistas a melhorar o atendimento e o gerenciamento das demandas. Adequação da Política de Backup. Adequação da Política de Backup d e dados ao PCTT. Renovação das licenças de software. Renovação de licenças de software de banco de dados, sistemas operacionais e softwares aplicativos (Office, ETL etc.). Aumentar a qualidade dos softwares mantidos e Medição e acompanhamento do indicador de número de defeitos/pontos de função desenvolvidos. entregue. Contínua Serviço de monitoramento da rede (INFOVIA). Contratação de empresa especializada na monitoração de rede para o projeto INFOVIA. 2013/2014 Desenvolvimento de novos softwares. Análise, especificação, programação, testes e homologação dos novos softwares. Contínua Manutenção evolutiva, adaptativa e corretiva de softwares. Ampliação de solução de backup. Compra de nobreak para o CPD redundante. Criação de Cluster d e alta disponibilidade no servidor SQL Server. Criação de cluster de alta disponibilidade no servidor de aplicação Jboss. Implantação da Vara Federal da Serra (Interiorização do Judiciário). Análise, especificação, programação, testes e homologação das manutenções de softwares. Aquisição de componentes ou equipamentos para ampliação da capacidade de backup. Adquirir nobreak para o CPD principal. Prover alta disponibilidade no banco de dados. Prover alta disponibilidade na página Web. SJES SJES SJES SJES Contínua jun/13 jun/13 jun/13 jun/13 Inauguração de vara federal no interior do estado do Espírito Santo, garantindo infraestrutura adequada para que esta já inicie com o processo eletrônico. SJES jun/13 Link de fibra para rede SAN. Implementar rede SAN para site de contingência. SJES jun/13 Pág. 4 de 11

5 Pág. 5 de 11

6 Objetivo 2: Assegurar níveis de serviços adequados ao negócio. Indicador 5: Taxa de solução das solicitações dos clientes. Virtualização de servidores. Permitir a redundância de site e o plano de continuidade de negócios SJES jun/13 Implantação de IBM Director para automatizar Abrir chamados técnicos na IBM automaticamente quando houver falha ou préfalha em equipamentos servidores deste fabricante. abertura de chamados. SJES jun/13 Plano de Continuidade de Negócios. Contratar empresa para criar, testar e homologar o Plano de Continuidade de Negócios, em suas políticas, atividades etc. SJES Redundância de equipamentos. Permitir a redundância de site e o Plano de Continuidade de Negócios. SJES Contratação de nova empresa de service desk. Manter o ambiente tecnológico. SJES Cluster de alta disponibilidade para servidor IIS - Garantir alta disponibilidade em sistemas críticos. consulta processual. SJES jul/14 Cluster de alta disponibilidade para servidor Garantir alta disponibilidade em sistemas críticos. Tomcat / Jboss - Intranet. SJES jul/14 Redundância de Switch Core. Estabelecer alta disponibilidade na rede de switchs. SJES jul/14 Virtualização de Storage. Permitir novas funcionalidades em todas as Storages. SJES jul/14 Atualização do sistema de controle de equipamentos e service desk. Controlar os SLAs dos chamados, corrigir problemas, migrar para ambiente Web, atender às necessidades de integração com o sistema de patrimônio, entre outros. SJES jul/14 Montagem de infraestrutura redundante em Garantir redundância dos servidores críticos, aumentar a capacidade dos Blade center. servidores, entre outros. SJES Site Redundante. Criar site redundante e implementar plano de continuidade de negócio. SJES Evolução/aprimoramento do Sistema de Propiciar melhor integração do Sistema SMWEB com os sistemas da 4ª Região e Mandados. com os sistemas das justiças estaduais. SJPR Integrar Sistema de Mandados com Sistema de Construir módulo para integração com Sistema de AR dos Correios e Telégrafos. Correios AR Eletrônico/V-Post. SJPR Acesso remoto. Prover infraestrutura segura para acesso remoto à rede da SJRJ para magistrados e servidores. SJRJ jun/13 Comunicação de dados utilizando Radio Enlace para garantir a alta disponibilidade dos sites. Interligar os grandes Foros do interior com a sede através de Radio Enlace a fim de garantir a alta disponibilidade dos sistemas processuais e administrativos. SJRJ Otimização da infraestrutura e ambiente de banco de dados. Implementar otimizações na infraestrutura de banco de dados, conforme recomendações do trabalho de diagnóstico realizado pelo CPqD. SJRJ jul/14 Regionalizar Sistema de Atendimento ao Usuário da SJPR. Criar Base de Conhecimento centralizada. Evoluir Sistema de Atendimento ao Usuário da SJPR para que ele passe a atender a toda Região. Atualização da base de conhecimento, centralizando as informações no catálogo. SJRS TRF 2 jun/13 Redistribuição. Redistribuição de processos por ocasião de implantação das novas varas. TRF1 Aquisição de equipamento de microinformática e Promover a instalação dos equipamentos de microinformáticas nas unidades do periféricos. TRF1, seções e Subseções Judiciárias. TRF1 Aquisição de equipamentos voltados à segurança Promover e instalar equipamentos de segurança nas unidades do TRF1, seções e de TI. subseções. TRF1 Aquisição de nobreak. Aquisição para implantação de novas varas. TRF1 Aquisição de peças de reposição para Manutenção do parque. manutenção do parque tecnológico do TRF1. TRF1 Aquisição de Servidor. Aquisição para implantação em novas varas e modernização do parque. TRF1 Aquisição de software. Aquisição para implantação em novas varas. TRF1 Aquisição de Storage. Aquisição para implantação em novas varas, modernização do parque e implantação de B2D. TRF1 Aquisição de Switch. Aquisição para implantação em novas varas e modernização do parque. TRF1 Otimização dos recursos de TI. Implantação do pool de máquinas virtuais nas unidades do TRF1, seções e subseções judiciárias. TRF1 Suporte ao parque tecnológico do TRF1 e Sustentação de infraestrutura de TI. seccionais. TRF1 BI. Relatórios Gerenciais. TRF1 Sistema de Gestão de Incidentes. Atualização de versão para ajuste a melhores pratica ITIL. TRF2 jul/14 Nivelamento da infraestrutura de TI do TRF da 2ª. Modernização da infraestrutura de TI no TRF da 2ª Região a fim de assegurar os Região. níveis de serviço adequados ao cumprimento da função institucional. TRF2 Nova plataforma de banco de dados. Migração dos sistemas administrativos para nova plataforma de banco de dados. TRF2 Especificar e contratar software de consultório médico. Evolução/Aprimoramento do Sistema de Concurso para Juiz Federal Substituto. Dotar área média da da 4ª Região com Sistema Médico unificado e integrado. Construir funcionalidade de recurso on-line do Concurso para Juiz Federal Substituto. Pág. 6 de 11

7 Objetivo 2: Assegurar níveis de serviços adequados ao negócio. Indicador 5: Taxa de solução das solicitações dos clientes. Evoluir módulo de gerenciamento de projetos do Acrescentar funcionalidades ao módulo de Gerenciamento de Projetos do SEI, SEI. conforme definido pelo. Evoluir software de taquigrafia. Dotar área de taquigrafia com software mais aprimorado para transcrição de áudio e vídeo. Implantar Sistema de Gestão de Varas - Atender demanda da Corregedoria para melhor gestão de varas e suas metas. Corregedoria. Implementar integrações necessárias ao Sistema Testar com instituições externas (AGU, PGFN, INSS, MPF). de Processo Judicial Eletrônico e-proc v2 com Instituições Externas. Integrar Sistema de RH com SEI. Permitir integração do Sistema de RH com sistema de processo administrativo a fim de diminuir trabalho duplicado nos dois sistemas. Manter acesso a biblioteca virtual. Permitir o acesso de magistrados e assessores a bibliotecas virtuais. Manter software de controle de acervo de biblioteca. Melhorar a solução de pesquisa/busca a informações no site. Reprogramar os portais da 4ª Região ao novo leiaute. Aprimorar/evoluir Sistema de Corregedoria. Aprimorar/evoluir Sistema de Magistrados. Construção do módulo de julgamento de processos administrativos. Dotar Sistema de Edição de Textos Judiciais - GEDPRO com ferramentas melhores de análise de textos. Evolução/aprimoramento do Sistema de Conciliação. Evolução/aprimoramento do Sistema de Gestão de Documentos Processuais GEDPRO. Prover assistência a evoluções do software de biblioteca. Implantar solução de pesquisa nos portais da 4ª Região. Evoluir leiautes dos portais da 4ª Região para atender necessidades levantadas pela pesquisa de opinião do site. Construir funcionalidades no Sistema de Corregedoria previstas mas ainda não executadas. Construir funcionalidades no Sistema de Magistrados previstas mas ainda não executadas. Permitir o julgamento de processos administrativos, por meio de integração e-proc e SEI. Possibilitar melhor conforto para análise e produção de documentos processuais. Permitir o acompanhamento das atividades de Conciliação no sistema e-proc v2. Construir funcionalidades que permitam melhor integração com Sistema e-proc v2. Evolução/aprimoramento do Sistema de Processo Administrativo Eletrônico SEI. Contemplar Sistema de Processo Eletrônico com novas funcionalidades, como: integração com e-proc v2, Módulo de Gerenciamento de Projetos, novo módulo de viagens. Reprojetar Sistema GEAFIN para atender processo Definir novo fluxo de trabalho para área de compras no sistema GEAFIN. de trabalho de compras. Atualização das estações de trabalho das áreas Adquirir microcomputadores, notebooks, terminais de auto-atendimento, usuárias. monitores e demais periféricos de TI. Automatização da gestão e aumento da Renovar soluções de firewall, Proxy web, ips de rede, antispam etc. Ampliar segurança lógica dos ambientes na rede. solução de análise de risco. Estruturação e melhoria do atendimento ao Implantação de service desk com contratação de ferramenta de gerenciamento de usuário. chamados. Gravação das audiências realizadas e Adquirir e implantar solução de gravação de audiências e expandir solução de Julgamentos. transmissão do Pleno para as turmas. Infraestrutura para videoconferência. Disponibilização de infraestrutura adequada para realização de videoconferência. Manutenção da infraestrutura de rede. Contratar serviços de sustentação da infraestrutura de Rede. Modernização da solução de correio eletrônico. Análise de solução de gerenciamento externo de Correio Eletrônico. Reestruturação da rede corporativa. Adquirir ativos de rede e contratar serviços de cabeamento. Objetivo 5: Desenvolver as competências necessárias ao alcance da estratégia de TI. Indicador 6: Taxa de servidores de TI com as competências necessárias para o alcance da estratégia desenvolvidas. Capacitação em gestão e governança. Capacitar e treinar servidores em áreas técnicas específicas, necessárias ao desenvolvimento e funcionamento da STI, de acordo com as normas técnicas 2ª Região jun/13 pertinentes (COBIT, ITIL, ISO, ABNT, etc.). Capacitação em segurança. Treinamento da equipe em gestão de segurança da informação. 2ª Região jun/13 Captação em resposta a incidentes. Treinamento da equipe em tratamento de incidentes de segurança da informação. 2ª Região Capacitação em código seguro. Treinamento da equipe em desenvolvimento de código seguro. 2ª Região Pág. 7 de 11

8 Objetivo 5: Desenvolver as competências necessárias ao alcance da estratégia de TI. Indicador 6: Taxa de servidores de TI com as competências necessárias para o alcance da estratégia desenvolvidas. Capacitar equipe em gerência de projetos (PMBOK) e na ferramenta MSProject (perfis: GP, executor, administrador da ferramenta). Elaborar documento para solicitação de capacitação da equipe em gerência de projetos (PMBOK) e na ferramenta MSProject (perfis: GP, executor, administrador da ferramenta). Capacitar equipe em processos de Governança Elaborar documento para solicitação de capacitação em processos de Governança (ITIL). (ITIL). Capacitar equipe em processos de trabalho Elaborar documento para solicitação de capacitação em processos de trabalho (COBIT). (COBIT). Capacitar equipe em técnicas de especificação de Elaborar documento para solicitação de capacitação em técnicas de especificação requisitos. de requisitos. Capacitar equipes de banco de dados em SGBD Elaborar documento para solicitação de capacitação das equipes de banco de dados (versões atualizadas). em SGBD (versões atualizadas). Capacitar equipes de desenvolvimento em Elaborar documento para solicitação de capacitação das equipes de linguagens de programação (versões atualizadas). desenvolvimento em linguagens de programação (versões atualizadas). Capacitar equipes de desenvolvimento em técnicas, habilidades e competências específicas (pontos de função, SOA, gerenciamento de requisitos, desenvolvimento de aplicativos usando certificado digital, JAVA). Elaborar documento para solicitação de capacitação das equipes de desenvolvimento em técnicas, habilidades e competências específicas (pontos de função, SOA, gerenciamento de requisitos, desenvolvimento de aplicativos usando certificado digital, JAVA). Capacitar equipes em desenvolvimento de sistemas seguros. Capacitar equipes em ferramentas de Capacitar equipes em segurança e resposta a incidentes. Capacitar equipes na norma E-MAG (modelo de acessibilidade do governo eletrônico). Capacitar gestores na IN-04/2010, MCTI, em licitações e acompanhamento de contratos. Elaborar documento para solicitação de capacitação em desenvolvimento de sistemas seguros. Elaborar documento para solicitação de capacitação das equipes em ferramentas de Elaborar documento para solicitação de capacitação em segurança e resposta a incidentes. Elaborar documento para solicitação de capacitação na norma E-MAG (modelo de acessibilidade do governo eletrônico). Elaborar documento para solicitação de capacitação de gestores na IN-04/2010, MCTI, em licitações e acompanhamento de contratos. Capacitar equipe em gerência de projetos Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade em gerenciamento de (PMBOK). projetos. Capacitar equipe em processo de Software. Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidades para implantação de processo formal de Capacitar equipe em processos de governança Dotar equipe técnica com conhecimento em ITIL. (ITIL). Capacitar equipe em processos de trabalho Dotar equipe técnica com conhecimento em COBIT. (COBIT). Capacitar equipe em técnicas de especificação de Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade para formalizar levantamento requisitos. de requisitos. Capacitar equipes de banco de dados em SGBD Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade nos SGBDs utilizados na 4ª (versões atualizadas). Região (MySQL, MS SQL Server ). Capacitar equipes de desenvolvimento em Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade nas linguagens de linguagens de programação (versões atualizadas). programação utilizadas na 4ª Região (PHP, Java, VB/.NET, 4GL, MUMPS). Capacitar equipes em ferramentas de desktop. Capacitar equipes em ferramentas de Capacitar equipes em segurança e resposta a incidentes. Capacitar equipes na norma E-MAG (modelo de acessibilidade do governo eletrônico). Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade para suporte de ferramentas e de sistemas de microinformática. Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade para suporte de ferramentas de Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade para resposta a incidentes de segurança. Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade em questões de acessibilidade e usabilidade. Capacitar gestores no MCTI, em licitações e acompanhamento de contratos. Dotar equipe técnica com conhecimento e habilidade para trabalhar no fluxo de trabalho do MCTI. Capacitação de servidores em segurança da Capacitação dos servidores do Conselho da em segurança da informação. informação conforme as responsabilidades. Capacitação em análise e gerenciamento de risco. Capacitar os servidores em metodologias atuais de análise e gerenciamento de riscos para a área de tecnologia da informação. Capacitação em tecnologias de prevenção de Capacitar os servidores em metodologias atuais de prevenção de ameaças para a ameaças. área de tecnologia da informação. Pág. 8 de 11

9 Objetivo 5: Desenvolver as competências necessárias ao alcance da estratégia de TI. Indicador 6: Taxa de servidores de TI com as competências necessárias para o alcance da estratégia desenvolvidas. Capacitação em implantação e operação de um Centro de resposta a Incidentes de TI. Capacitação dos servidores de tecnologia da informação em boas práticas de gestão de Possibilitar aos servidores da área de tecnologia da informação conhecer, aprimorar e aplicar os conhecimentos referente à gestão de TI. Contínuo tecnologia da informação. Elaborar e implantar plano de capacitação de Visa à implantação de um plano de capacitação com o objetivo de reciclagem dos pessoal para reciclagem tecnológica. servidores em novas tecnologias. Administração de rede local. Proporcionar aos servidores de TI da 1ª Região condições gerenciar de forma básica a estrutura de rede local de sua localidade. TRF1 Advanced Incident Handling for Technical Staff (AIH). Capacitar servidores da DITEC de segurança da informação nas ferramentas e métodos discutidos no curso Fundamentals of Incident Handling e fornece passos que incident handlers podem seguir para responder a incidentes de segurança que envolvam acesso privilegiado a sistemas e redes. Análise de Ponto de Função. Proporcionar conhecimentos atuais em análise de pontos de função. TRF1 COBIT 3.0. Proporcionar conhecimentos atuais na ferramenta. TRF1 Fundamentals of Incident Handling (FIH). Capacitar servidores da DITEC em segurança e resposta a iincidentes, provendo uma visão geral sobre o cenário do trabalho de tratamento de incidentes, incluindo os serviços prestados pelo CSIRT, as ameaças dos invasores e a natureza das TRF1 atividades de resposta a incidentes. Gestão de contratos. Capacitar diretores/gestores de contratos administrativos. TRF1 ITIL. Capacitar servidores nas novas normas de governança tecnologia da informação exigidas pelo TCU, CNJ e CNJ. TRF1 Mapeamento de processos de negócios. Determinar a forma em que os insumos recebidos de um fornecedor, são tratados e transformados em produtos que serão entregues aos clientes (cadeia TRF1 cliente/fornecedor). Monitoria de ambiente informatizado. Proporcionar aos servidores de TI da 1ª Região noções de monitoria de ambientes de informática. TRF1 Capacitação dos servidores de TI em boas Capacitar e qualificar os servidores em boas práticas, governança e tecnologias práticas e governança. atuais (COBIT. ITIL, PMI, etc.). Capacitação dos servidores de TI da área de Engenharia de Software. Capacitação dos servidores de TI da área de Engenharia de requisitos. Capacitação dos servidores de TI da área de Processos de software (RUP e XP). Capacitação dos servidores de TI da área de Modelagem de Processos de Negócio (BPM). Capacitação dos servidores de TI da área de Análise e projeto de software com UML. Capacitação dos servidores de TI da área de Programação JAVA. Capacitação dos servidores de TI da área de Programação e design para dispositivos móveis. Capacitação dos servidores de TI da área de Arquitetura de software. Capacitação dos servidores de TI da área de Desenvolvimento de componentes de negócio. Capacitação dos servidores de TI da área de Testes de software : verificação e validação de sistemas. Capacitação dos servidores de TI da área de Qualidade e métricas de software. Capacitação dos servidores de TI da área de Gestão e governança ágil. Capacitação dos servidores de TI da área de Gestão de projetos e ferramentas (MSProject ). Capacitação dos servidores de TI da área de Planejamento e desenvolvimento de portais corporativos. Capacitação dos servidores de TI da área de Atualização em ferramentas gráficas (CorelDraw, InDesign, Flash, PhotoShop, Dreamweaver ). Capacitação dos servidores de TI da área de Análise de pontos de função. Capacitação em administração de rede local. Capacitar servidores de TI em gerenciamento da rede local do TRF5. TRF1 Pág. 9 de 11

10 Objetivo 5: Desenvolver as competências necessárias ao alcance da estratégia de TI. Indicador 6: Taxa de servidores de TI com as competências necessárias para o alcance da estratégia desenvolvidas. Capacitar servidores de TI em segurança da informação. Capacitar servidores de TI em processo de auditoria interna com base na numa ISO 27001, em resposta a incidentes de segurança envolvendo acesso a sistemas e redes. Capacitar servidores de TI em sistemas de Capacitar servidores de TI em SGBD para configuração, implementação, gerenciamento de banco de dados. gerenciamento e planejamento. Capacitar servidores de TI em sistemas Capacitação dos servidores de TI em sistemas operacionais, para configuração, operacionais. implementação, gerenciamento e planejamento. Elaboração de editais para aquisições no setor Capacitar servidores para elaboração de termos de referência e editais. público. Tema: Infraestrutura de TI. Objetivo 4: Garantir soluções tecnológicas efetivas. Indicador 8: Taxa de aderência ao requisito de nivelamento força de trabalho (Res. 90/CNJ). Ampliação de quadro de TI. O déficit de mão-de-obra da 2ª Região é de 126 profissionais do quadro técnico. 2ª Região jul/14 Solicitar e acompanhar a elaboração de concurso Prover a área de TI com força de trabalho mínima para atender as demandas. para provimento de cargos. Reestruturar área de TI. Encaminhar proposta de reestruturação da área de TI para atendimento das demandas apresentadas ao e aprimorar a atuação sistêmica - Conforme Res. dez/12 90/2009 do CNJ. Aumentar a capacidade de manutenção e Atingir até o final de 2013 a capacidade de produção de pontos de desenvolvimento de software para o e para a função/ano de software para o e.. Objetivo 4: Garantir soluções tecnológicas efetivas. Indicador 9: Taxa de processos operacionais estratégicos de TI monitorados. Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Gerenciamento de mudanças. 3ª Região dez/12 Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Gerenciamento do Catálogo de Serviços. 3ª Região jun/13 Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Política de Segurança da Informação. 3ª Região Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Inventário de Ativos (IC). 3ª Região Implementar soluções de segurança. Adquirir / contratar equipamentos e/ou soluções de segurança necessários à implementação da política de segurança. 3ª Região Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Gerenciamento de Demandas. 3ª Região jun/14 Programa ITIL - Elaborar planos de projetos para Gestão de Configuração. 3ª Região jun/14 Adequar os sistemas à política de segurança. Implementar os ajustes necessários para adequação dos sistemas às normas de segurança estabelecidas. 3ª Região Adequar-se aos níveis de serviços acordados. Implementar os ajustes necessários para que os sistemas atendam os níveis de serviço acordados. Contratar serviço de monitoração de Implantar monitoramento de ativos de infraestrutura, para medir disponibilidade e melhor projetar demandas de capacidade. Prospectar, adquirir e implantar Central de Etapa essencial para implantação dos processos ITIL na da 4ª Região. Serviços de TI. Prover soluções de armazenamento e backup. Manter solução de armazenamento de dados e de cópias de segurança. Implantação de serviço de acesso remoto. Implantação de serviço de acesso remoto às aplicações. Implantação de serviço de autenticação. Implantação de serviço de autenticação às aplicações em substituição à solução IDM Novell. Seminário de conscientização do público interno em segurança e classificação da informação. Realização de seminário para conscientização do público interno quanto a importância da política de segurança e classificação da informação. Formalizar a operacionalização de 10 processos ITIL. Formalizar a operacionalização dos processos de gerenciamento de incidente e requisição, configuração, catálogo de serviço, níveis de serviço, mudança, liberação, problema, disponibilidade e base de conhecimento. jul/14 Criação de normas e artefatos de controle de banco de dados. Criação de normas e artefatos de controle de banco de dados para melhor gerenciamento do ambiente. Pág. 10 de 11

11 Objetivo 4: Garantir soluções tecnológicas efetivas. Indicador 9: Taxa de processos operacionais estratégicos de TI monitorados. Realização de inventário dos ativos de TI. Realização de inventário dos ativos de TI. Aquisição de suíte de ALM. Software para gerenciar o ciclo de vida do desenvolvimento e manutenções de softwares do. Definir planejamento na implantação de sistemas Elaborar processo de planejamento para a implantação de sistemas nacionais nacionais. unificados ou centralizados. Módulos de apoio aos gestores e de controle Apoiar os gestores e o Controle Interno na gestão de contratos. interno do Sistema de Contratos. SJES Definição de processo de gestão de serviços Implantar processos de gestão de serviços baseados em ITIL. baseado em ITIL com utilização de ferramenta adequada. Tema: Orçamento. Objetivo 7: Assegurar recursos orçamentários e priorizar a sua execução na estratégia de TI. Indicador 11: Taxa de execução orçamentário-financeira dos projetos de TI em relação ao planejado. Criar comitê local e nacional, responsável pela priorização de orçamento e demanda de Tecnologia da Informação. Criar comitê local e nacional, responsável pela priorização de orçamento e demanda de Tecnologia da Informação. jul/13 Pág. 11 de 11

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula PJe-Processo Judicial Eletrônico Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Agenda 1 O PJe no Brasil 2 Desafios 3 4 Ações Estruturantes Próximos Passos Os números do PJe no Brasil Número de

Leia mais

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral CUSTEIO NOVA AÇÃO - POR CLIENTE - FORNECEDOR /PROGRAMA AÇÃO DESCRIÇÃO JUSTIFICATIVA Aquisição de 650 e-tokens Aquisição de 650 e-tokens A, visando cumprir os atos, normas e o procedimentos do processo

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

1 Plano anual de ações e metas PAM 2010/2011

1 Plano anual de ações e metas PAM 2010/2011 1 Plano anual de ações e metas PAM 2010/2011 1.1 Princípios norteadores Melhoria da infraestrutura e serviços; Maior satisfação dos usuários; Alta disponibilidade dos serviços; Gestão por projetos; Estabelecimento

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação

Departamento de Tecnologia da Informação Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos O DTI é o departamento responsável por toda a arquitetura tecnológica do CRF- SP, ou seja, compreende todo o conjunto de hardware/software necessário

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior RELATÓRIO DE RESULTADOS DO PDTI ANTERIOR Outubro de 2011 Elaborado pelo Grupo de Trabalho Intersetorial para elaboração do Plano Diretor de Tecnologia de Informação PDTI, nos termos da Portaria nº 4551,

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

CTI Coordenadoria de Tecnologia da Informação

CTI Coordenadoria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Tecnologia da Informação Estrutura CTI Infraestrutura e Telecomunicações Suporte Técnico CTI Contratos Desenvolvimento de Sistemas 2 0 0 7 equipe técnica insuficiente. equipamentos obsoletos.

Leia mais

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades Subáreas Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos Design Área: Inovação Perfil Profissional: Instrutor/Consultor Competências Implantação de incubadoras de empresas; Processo de seleção de

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 08/08/2014 19:53:40 Endereço IP: 150.164.72.183 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FL. 25 It Objeto Tipo de contratação 01 Reestruturação de infraestrutura das VTs no interior 1 02 Aquisição de Racks UPS e refrigeração 03 Aquisição de pontos de acesso para rede s fio 04 Aquisição de

Leia mais

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG Fonte: Relatório de Movimentação Processual

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Portfólio de Projetos de TIC do TRT24. Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações

Portfólio de Projetos de TIC do TRT24. Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações Portfólio de Projetos de TIC do TRT24 Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região e Comunicações Julho/2015 Sumário Apresentação... 3 Mapa estratégico de TIC 2015-2020... 4 Identificar as demandas... 5

Leia mais

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012 Planejamento 2012 Diretoria de TI DIMENSÃO 01: GESTÃO UNIVERSITÁRIA Objetivo Estratégico 1.3: Aprimorar os mecanismos de gestão da tecnologia de informação Aprovar o Regimento do Comitê Gestor de TI Março

Leia mais

NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA

NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA NIESC/VR NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA MISSÃO DA UNIDADE O NIESC/VR é o órgão destinado à coleta, sistematização e interpretação de dados organizacionais e sociais, de modo a fornecer às

Leia mais

Diretoria de Informática

Diretoria de Informática Diretoria de Informática Estratégia Geral de Tecnologias de Informação para 2013-2015 EGTI 2013-2015 Introdução: Este documento indica quais são os objetivos estratégicos da área de TI do IBGE que subsidiam

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO BIÊNIO 2014/2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Dezembro/2010 2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Missão: Prover soluções efetivas de tecnologia

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Resultados Alcançados

Resultados Alcançados Resultados Alcançados Planejamento de TI 2008 Acompanhamento da DIRTI Janeiro 28/Jan Realizar o Planejamento da 1ª Projeto Básico DIRTI 2008-2010 DIR_P040 Acompanhamento da DIRTI Fevereiro 13/Fev Adoção

Leia mais

6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 0 2 4 6 8 10 33 34 35 36 37 38 39 40 resolução de problemas recolha e tratamento da informação planeamento / organizção inovação

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FINALIDADE A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, órgão de direção especializada, subordinada ao diretor-geral da Secretaria

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS As qualificações técnicas exigidas para os profissionais que executarão os serviços contratados deverão ser comprovados por meio dos diplomas, certificados, registros

Leia mais

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI TCU - Ciclo de Palestras 2011 Papel da Alta Administração na Governança de TI Missão do CNJ O Conselho Nacional de Justiça tem o propósito de realizar a gestão estratégica e o controle administrativo do

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO 1. Anexo 2 Projetos 1. Reestruturação da TI Elaborar e implantar

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO Planejamento Estratégico de TIC TRT3 Sumário 1. Missão, Visão, Valores... 1 2. MAPA ESTRATÉGICO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 016/2012/01 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 016/2012/01 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab TERMO DE REFERÊNCIA Nº 016/2012/01 Contrato por Produto Nacional Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab 1. Função no Projeto: Consultor por Produto 2. Nosso Número: 3.

Leia mais

UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação

UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação UNIESP Ribeirão Preto Curso de Sistemas de Informação Áreas Temáticas para Trabalho de Conclusão de Curso ( o estudante poderá optar por uma das áreas temáticas sugeridas ou ainda optar por área não contemplada

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Projeto Corporativo Missão: Oferecer soluções corporativas em Tecnologia da Informação, fornecendo e integrando produtos e serviços profissionais de alta

Leia mais

Número do Recibo:83500042

Número do Recibo:83500042 1 de 21 06/06/2012 18:25 Número do Recibo:83500042 Data de Preenchimento do Questionário: 06/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: GOVERNANÇA

Leia mais

Justiça Federal TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. painel estratégico 2010 / 2014

Justiça Federal TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. painel estratégico 2010 / 2014 Justiça Federal TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO painel estratégico 2010 / 2014 Painel Estratégico de Tecnologia da Informação 2010 / 2014 RESOLUÇÃO Nº CF-RES-2012/00194 de 20 de julho de 2012 Dispõe sobre a revisão

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2010-2015. Planejamento Estratégico de TI

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2010-2015. Planejamento Estratégico de TI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2010-2015 Planejamento Estratégico de TI TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Administração do biênio 2010/2011 Presidente: Des. Carlos Alberto

Leia mais

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 1 Missão 2 Exercer o controle externo da administração pública municipal, contribuindo para o seu aperfeiçoamento, em benefício da sociedade. Visão Ser reconhecida

Leia mais

Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017

Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017 Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017 1. Comunicação Institucional a. Portal UFABC b. Aplicativos para Smartfone c. Eventos d. WEB TV e. Portal do Aluno f. Portal do Professor g. Páginas de

Leia mais

Número do Recibo:83500037

Número do Recibo:83500037 1 de 5 06/06/2012 18:42 Número do Recibo:83500037 Data de Preenchimento do Questionário: 05/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: APLICATIVOS

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR TRT11 a Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR (MINUTA) Atendendo a RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica

Leia mais

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015 COMPOSIÇÃO DO TRIBUNAL DESA. ELISABETH CARVALHO NASCIMENTO DES. ORLANDO MONTEIRO CAVALCANTI MANSO DES. ESTÁCIO

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA DO SISP

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA DO SISP SERVIÇOS DE CONSULTORIA EIXO TEMÁCO: GOVERNANÇA DE Implantação de Metodologia de Elaborar e implantar uma metodologia de gerenciamento de projetos no órgão solicitante, com a finalidade de inserir as melhores

Leia mais

PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013.

PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013. PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013. ACRESCENTA À ARQUITETURA DE PADRÕES TECNOLÓGICOS DE INTEROPERABILIDADE -, NO SEGMENTO DISPOSITIVOS DE ACESSO, O PADRÃO TECNOLÓGICO CONFIGURAÇÃO MÍNIMA

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 06/06/2014 18:22:39 Endereço IP: 189.9.1.20 1. Liderança da alta administração 1.1. Com relação

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA Art. 1º. A Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação SETIC é um Órgão Suplementar Superior

Leia mais

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA Data: 17 de dezembro de 2009 Pág. 1 de 13 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. INTRODUÇÃO 3 2. FINALIDADE 3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3 4. PADRONIZAÇÃO DOS RECURSOS DE T.I. 4 5. AQUISIÇÃO

Leia mais

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas A Coordenação de Bibliotecas e a informatização do sistema: onde estamos e o que queremos 1988 - Sistema de Automação do NDC (SAND): Controle da Terminologia de Indexação e Sistema de Informações Legislativas

Leia mais

CRITÉRIO 1 1. Revisão 2014.1 VPA - Após as revisões 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 10.775,14 10.775,14 0,00 10.

CRITÉRIO 1 1. Revisão 2014.1 VPA - Após as revisões 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 10.775,14 10.775,14 0,00 10. CLIENTE FONTE (Tudo) CRITÉRIO 1 1 Nº AÇÃO AÇÃO 1648002 Prestação de serviços de fornecimento de licenças - Plataforma Microsoft 25.562 licenças 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 1648003

Leia mais

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Apresentação Portfólio de Serviços e Produtos da WebMaster Soluções. Com ele colocamos à sua disposição a Tecnologia que podemos implementar em sua empresa.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO RELAÇÃO DOS PROJETOS ESTRATÉGICOS

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO RELAÇÃO DOS PROJETOS ESTRATÉGICOS TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO RELAÇÃO DOS PROJETOS ESTRATÉGICOS 1. Acessibilidade PNE 2. Ouvidoria Geral 3. Atendimento ao Cidadão 4. Consulta Processual Via Quiosque CEF ( Subprojeto) 5. Cultura

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13 INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13 Dispõe sobre os procedimentos de gestão da Tecnologia da Informação. O Prefeito Municipal e o Secretário Municipal de Gestão e Planejamento, no exercício

Leia mais

Número do Recibo:83977951

Número do Recibo:83977951 1 de 5 30/04/2014 17:33 Número do Recibo:83977951 Data de Preenchimento do Questionário: 30/04/2014. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: APLICATIVOS

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA/1123 FNDE -EDITAL Nº 01/2009 1. Perfil: Consultor ESPECIALISTA EM PLANO DE METAS ANALISTA PROGRAMADOR DELPHI - Código 1 - CGETI. 2. Nº de vagas:

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Relatório de Gestão 2011 GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA UTFPR A Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIRGTI) é responsável pelas atividades

Leia mais

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br Vagas Holden TI: Analista de Desenvolvimento Java Sênior Consultor SAP FI DBA SQL Server DBA Oracle

Leia mais

Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação

Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO DA SUPERINTENDÊNCIA Capítulo I - DA

Leia mais

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SISTEMATIZAÇÃO DOS RESULTADOS Atendendo a solicitação do CNMP, o presente documento organiza os resultados

Leia mais

É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR. Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir.

É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR. Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir. É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir. 03 GENESES TI QUEM SOMOS QUEREMOS FALAR UM POUCO DE NÓS PARA VOCÊ. Temos a qualidade para garantir

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/02 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/02 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/02 Contrato por Produto Nacional Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab 1. Função no Projeto: Consultor por Produto 2. Nosso Número: 3.

Leia mais

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento Governo Eletrônico Tribunal de Justiça a do Rio Grande do Sul Histórico Década de 70: primórdios Primeiro Tribunal de Justiça a ser informatizado no Brasil TJRS = pioneirismo Décadas de 80 e 90 Investimentos

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Pág. 1/10 1. ATENDIMENTO TÉCNICO O objetivo do setor de atendimento técnico é atender solicitações de usuários

Leia mais

Analista de Service Desk Júnior / Pleno / Senior. Arquiteto de Projeto PL. Analista de Operações Técnicas. Analista Field Service

Analista de Service Desk Júnior / Pleno / Senior. Arquiteto de Projeto PL. Analista de Operações Técnicas. Analista Field Service Analista de Service Desk Júnior / Pleno / Senior - Superior completo ou cursando Tecnologia da Informação, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou áreas correlatas. - Conhecimento das funções

Leia mais

ATO Nº 227/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 227/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 227/2013 Aprova a Norma Complementar de Cópia de Segurança e de Restauração de Sistemas, Aplicativos, Dados e de no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas)

Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas) Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas) O OASIS foi desenvolvido de forma parametrizada para poder atender às diversas particularidades de cada usuário. No OASIS também, foi estabelecido

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO TRIBUNAL DE JUSTIÇÃO DO ESTADO DE MATO GROSSO. Unidade Responsável: Coordenadoria de Tecnologia da Informação - CTI

ESTADO DE MATO GROSSO TRIBUNAL DE JUSTIÇÃO DO ESTADO DE MATO GROSSO. Unidade Responsável: Coordenadoria de Tecnologia da Informação - CTI ESTADO DE MATO GROSSO TRIBUNAL DE JUSTIÇÃO DO ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA STI Nº 02/2011 Versão: 01 Publicação: DJE nº xxxx em / / Unidade Responsável: Coordenadoria de Tecnologia da Informação

Leia mais

Banco Postal. Processo de Seleção de Parceiros

Banco Postal. Processo de Seleção de Parceiros Banco Postal Processo de Seleção de Parceiros REQUISITOS TÉCNICOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DA PLATAFORMA TECNOLÓGICA Anexo 5 do Edital de Chamamento do Banco Postal 1 /8 BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário Capítulo 1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: Ministério do Desenvolvimento Agrário www.mda.gov.br Plano de Migração para Software Livre Paulo

Leia mais

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Março COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - CGTIC 2 ÍNDICE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO... 3 Apresentação...

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Implantação de solução de armazém de dados, denominada SIJUD Sistema de Informações Estratégicas do Judiciário, seguindo os conceitos estabelecidos para esse tipo

Leia mais