INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº de junho de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 116 24 de junho de 2015"

Transcrição

1 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº de junho de 2015

2 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 116 Ano 09 Brasília, 24 de junho de 2015 Sumário 1. CRÉDITO E FINANCIAMENTO... 3 Crédito deve crescer 9% em 2015, a menor expansão desde COMÉRCIO REVENDEDORA DE VEÍCULOS... 5 Crédito para a compra de veículos recuou 6,6% em 12 meses SERVIÇOS - INTERNET % das aplicações de internet das coisas geram receita real, afirma pesquisa SERVIÇOS - SEGUROS... 8 Seguros com novas regras chegam ao mercado SERVIÇOS SOFTWARE E TI Aplicativo brasileiro de mensagem recebe aporte de R$ 1 milhão SERVIÇOS - TELECOMUNICAÇÕES Conselheiro Anatel defende revisão do modelo de telecomunicações antes de SERVIÇOS TURISMO Turistas brasileiros registram menor gasto fora do país em 5 anos COMÉRCIO ELETRÔNICO Site busca melhores preços e cupons de desconto simultaneamente FRANQUIAS Piracicaba atrai novo modelo de franquia imobiliária EMPREENDEDORISMO Cresce número de brasileiros que querem ter o próprio negócio, revela pesquisa CURTAS FEIRAS... 19

3 1. Crédito e Financiamento Crédito deve crescer 9% em 2015, a menor expansão desde de junho de 2015 Fonte: Agência Brasil Com taxas de juros mais altas, o saldo das operações de crédito deve crescer menos este ano. Segundo estimativa do Banco Central (BC), a expansão do crédito deve ficar em 9%, em A projeção anterior do BC, divulgada em março, era 11%. No ano passado, o crédito cresceu 11,3%. Essa será a menor taxa de crescimento do crédito desde 2003, quando ficou em 8,8%. A projeção para o crescimento do crédito livre, em que os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros, passou de 6% para 5%. A estimativa para a expansão do crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura) foi alterada de 16% para 14%. O crédito dos bancos públicos deve apresentar expansão de 13%, ante estimativa anterior de 14%. Já as instituições privadas nacionais deve ter crescimento de 4%, bem menor do que 7% previstos em março. Os bancos privados estrangeiros terão expansão de 7% no crédito, a mesma estimativa anterior do BC. O saldo das operações de credito em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deve ficar em 56%, este ano. No ano passado, essa relação ficou em 54,7%. Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, a moderação do crédito e o aumento das taxas de juros seguem o atual quadro econômico, com aumento da taxa básica de juros, a Selic, corte de gastos públicos e retração da economia. De uma maneira geral, o comportamento do mercado de crédito segue o ajuste macroeconômico em curso, disse. Para Maciel, esse cenário traz reflexos tanto para bancos, que oferecem menos crédito, quanto para os clientes, que reduzem a procura por empréstimos. Maciel lembrou que as taxas de juros do crédito sobem em linha com o aumento a Selic, atualmente em 13,75% ao ano. A Selic já passou por seis altas seguidas. Em dezembro de 2014, a taxa de juros para pessoas físicas estava em 49,6% ao ano e, em maio, chegou ao recorde da série histórica iniciada em 2011 ao ficar em 57,3% ao ano. A taxa de juros mais alta na pesquisa do BC é a do rotativo do cartão de crédito, que subiu 13,1 pontos percentuais, de abril para maio, para 360,6% ao ano. 3

4 O crédito rotativo por definição tem taxa de inadimplência mais elevada e isso acaba refletindo na taxa de juros, disse Maciel. Ele acrescentou que os cidadãos devem ficar atentos à taxa de juros dessa modalidade e usar somente em casos excepcionais e por prazo muito curto de tempo. 4

5 2. Comércio Revendedora de Veículos Crédito para a compra de veículos recuou 6,6% em 12 meses 23 de junho de 2015 Fonte: Estadão O estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física recuou 1,0% de abril para maio, informou o Banco Central. Com isso, o total de recursos para aquisição de automóveis por esse grupo de clientes ficou em R$ 175,705 bilhões no mês passado - em abril o volume foi de R$ 177,552 bilhões. Nos primeiros cinco meses do ano, a queda nesse tipo de crédito é de 4,6% e, em 12 meses até maio, de 6,6%. As concessões acumuladas em maio para financiamento de veículos para pessoa física somaram R$ 6,402 bilhões, o que representa uma baixa de 2,1% em relação ao mês anterior (R$ 6,537 bilhões). Nos cinco meses de 2015, porém, a queda desse segmento foi de 9,5% e, em 12 meses, de 3,0%. Habitação - As operações de crédito direcionado para habitação no segmento pessoa física cresceram 1,0% em maio ante abril, totalizando R$ 465,122 bilhões, de acordo com o BC. Nos primeiros cinco meses deste ano, a expansão foi de 7,8% e, em 12 meses até maio, crescimento de 24,5%. Segundo o BC, R$ 61,667 bilhões se referem a empréstimos a taxas de mercado e R$ 403,455 bilhões a taxas reguladas. O BC deixou de incorporar nestes dados as operações com crédito livre, por serem residuais. As operações a taxas de mercado apresentaram recuo de 0,1% no mês, mas alta de 4,4% no acumulado do ano até o mês passado e de 18,8% em 12 meses até maio. Já os financiamentos a taxas reguladas avançaram 1,2% ante o mês anterior, 8,3% no ano e 25,4% em 12 meses até maio. 5

6 3. Serviços - Internet 65% das aplicações de internet das coisas geram receita real, afirma pesquisa 23 de junho de 2015 Fonte: E-Commerce A Progress anunciou os resultados de sua mais recente pesquisa de mercado, realizada em conjunto com a empresa especializada Harbor Research. Os resultados iniciais mostram que 65% dos aplicativos de Internet das Coisas (IoT) em produção hoje no mercado estão gerando receita real. O estudo da Harbor Research também revela que os desenvolvedores preveem uma ampliação desse número para 80% das aplicações em Os setores que atualmente lideram o desenvolvimento de IoT incluem o de casas inteligentes, wearables, automotivo e o de esportes/fitness. A pesquisa solicitou respostas de 675 desenvolvedores de aplicações ao redor do globo, cobrindo os países EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Suécia, Holanda e Índia. O estudo mostra que 45% dos desenvolvedores entrevistados estão desenvolvendo aplicações IoT atualmente. Os desenvolvedores baseados nos EUA estão produzindo o maior número de aplicações de Internet das coisas (58%), seguidos pelos Países Baixos (50%) e Alemanha (43%). Previsões para mercados verticais - Quando perguntados sobre quais indústrias são fundamentais para o desenvolvimento de aplicações para Internet das Coisas, os entrevistados citaram casas inteligentes (19%), wearables (13%), automotivo (11%) e esportes/fitness (11%) como os mercados prioritários. Eles também apontaram essas indústrias como as de maior potencial de receita em apps para IoT hoje. O setor público, por sua vez, apareceu apenas na parte inferior da lista (4%). Mudanças nesse cenário estão previstas para um prazo de três a cinco anos, quando os desenvolvedores de aplicativos esperam que a saúde (14%) venha a liderar a lista, seguida de cidades inteligentes (13%) e setor automotivo (12%), sendo estes os três principais setores com potencial para o desenvolvimento de aplicações e geração de receitas com IoT. O setor público também deve subir e se igualar ao atual popular mercado de dispositivos usáveis (ambos com 8%). Tecnologia e Idiomas Preferenciais - Os desenvolvedores citaram o Android como o melhor sistema operacional (OS) para criar aplicações para dispositivos da Internet das Coisas (29%), seguido pelo Windows (24%), Linux (21%) e ios (16%). O Java provou ser a plataforma/linguagem mais popular usada para coletar e integrar os dados do lado do servidor (55%), seguida pelo PHP (17%) e Node.js (12%). 40% dos entrevistados sempre ou geralmente usam uma ferramenta de desenvolvimento rápido de aplicações (RAD), ao invés de construir a partir do zero, uma mudança significativa a partir de abordagens de desenvolvimento tradicionais. O número de coisas conectadas deve explodir. De acordo com a previsão do Gartner esse número alcançará 25 bilhões até Nossa pesquisa mostra que os desenvolvedores colocam a sua expectativa de longo prazo sobre a indústria e infraestrutura de aplicações IoT como base para a geração de receitas. Eles só precisam encontrar as ferramentas tecnológicas certas para reunir, analisar, usar e gerenciar dados da Internet das Coisas de forma contextual para maximizar esta oportunidade tanto do ponto de vista criativo como de receitas. Com a abordagem certa, os desenvolvedores podem transformar suas ideias em grandes negócios, 6

7 ajudando a definir a Internet das coisas e o seu futuro, afirma Mark Armstrong, vicepresidente e diretor administrativo da Progress para a região EMEA. De acordo com Matthew Gharegozlou, Vice-Presidente da Progress para a região CALA (Caribe e América Latina), os dados internacionais sobre Internet das Coisas coincidem com as avaliações da empresa para a América Latina, onde há uma grande agitação dos desenvolvedores em relação a este novo mercado. Uma parte significativa dos nossos parceiros na categoria ISV (ou Independent Software Vendors) estão usando nossas plataformas para aumentar sua participação em negócios com software embarcado em dispositivos para casas, carros, e objetos inteligentes de uso pessoal, comenta o executivo. Segurança, privacidade de dados e Desafio de dados - Desenvolvedores de todo o mundo concordaram que a segurança e a privacidade pessoal; privacidade de dados, proteção contra ataques maliciosos, integração e gerenciamento de dados são os principais desafios na concepção, implantação e envolvimento de produtos de Internet das coisas. Eles também confirmaram que estes são os maiores desafios em monetizar aplicações nessa categoria. Os entrevistados da pesquisa acreditam que fornecedores comerciais (31%) e da comunidade open source (24%) têm maior poder para ajudar a superar esses desafios principais. Eles têm pouca confiança na potencial contribuição do Governo (8%) ou organismos da indústria (7%). Falta de tecnologia, habilidades e ferramentas:embora 77% dos entrevistados consideram a oportunidade do segmento IoT empolgante, muitos ainda sentem que está faltando tecnologias habilidades ou ferramentas adequadas ao nicho. 50% dos desenvolvedores não têm ou não têm certeza se eles têm a tecnologia necessária hoje para corresponder as expectativas da Internet das coisas 50% dos desenvolvedores não têm certeza ou, definitivamente, não têm as habilidades e os recursos necessários hoje para corresponder às expectativas da Internet das coisas 45% não sentem que têm as ferramentas tecnológicas para coletar, analisar e utilizar dados contextuais de sensores 30% relatam experiência com a sobrecarga de dados e se sentem sobrecarregados tentando gerenciar tudo quando precisam gerenciar conjuntos de dados para aplicativos da Internet das coisas contextualizados, por exemplo, baseados em localização. Para ler o relatório completo e ver todos os resultados da pesquisa, A Harbor Research é uma empresa internacional de pesquisa, tecnologia, desenvolvimento de negócios e consultoria. A Harbor Research previu, rastreou e conduziu o desenvolvimento da Internet das Coisas nos últimos 30 anos. Sua atuação acompanha os movimentos do mercado, desenvolvimento de produtos e a necessidade dos clientes, a fim de desenvolver estratégias de sucesso para o público executivo, operacional e desenvolvedores. 7

8 4. Serviços - Seguros Seguros com novas regras chegam ao mercado 24 de junho de 2015 Fonte: Revista Fator Brasil Superintendência de Seguros Privados estabeleceu critérios para garantir serviços básicos a qualquer pacote. Mudanças passam a valer a partir de setembro. Mesmo que a viagem tenha sido cuidadosamente planejada, nem sempre os planos saem como o esperado. E, quando um imprevisto acontece, o bom mesmo é estar preparado com um bom seguro de viagem. Sem ele ou sem saber exatamente o que o serviço cobre a viagem dos sonhos pode se tornar um grande problema. Até pouco tempo atrás, no Brasil, a ausência de regras claras sobre coberturas gerava, muitas vezes, transtornos para o consumidor. Os turistas contratavam apólices sem saber ao certo que tipos de serviços eram cobertos. Era comum descobrir, em plena viagem, que o seguro contratado não oferecia proteção contra acidentes e que a empresa não ressarcia os gastos com despesas médicas e hospitalares. Situações como essas eram comuns porque as seguradoras só eram obrigadas a ofertar planos que cobrissem casos de morte e invalidez por acidente. O restante era facultativo, poderia ser incluído ou não nos planos. Para resolver o problema, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) lançou um pacote com regras que devem ser comuns a todas as seguradoras brasileiras. Em viagens internacionais deve-se oferecer, obrigatoriamente, cobertura com despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas. Em passeios nacionais, os planos deverão ofertar pelo menos uma dessas coberturas básicas (médicas, hospitalares e/ou odontológicas), além de indenização em caso de morte e invalidez. A novidade torna os seguros as opções mais simples para os viajantes e mais fáceis de serem empacotadas pelo empresário. Com a vantagem de ficarem sujeitos à fiscalização e multas em caso de descumprimento. De acordo com a Associação Brasileira de Cartões de Assistência, em 2010, apenas 24% dos turistas brasileiros viajavam munidos de um cartão de assistência. Hoje, pelo menos 38% das pessoas viajam seguradas. O servidor público Diogo Arbigaus, de 33 anos, usou seu seguro em uma viagem para Genebra. Ainda no aeroporto, sofreu um acidente com a mala, que caiu no próprio pé. Devido à contusão, Diogo precisou recorrer a um atendimento hospitalar de emergência. O laudo médico indicava uma microcirurgia sem urgência, que ele preferiu fazer poucos dias depois em solo brasileiro. Com o seguro viagem contratado ainda no Brasil, porém, foi atendido, medicado e posteriormente reembolsado. Programei muito a minha viagem, mas não contava com o imprevisto, diz Diogo. 8

9 O custo de um plano de seguro é relativamente baixo diante do investimento em caso de imprevistos, de acordo com Celso Guelfi, presidente da associação. Há, assim, uma conscientização cada vez maior tanto do agente de viagem que vende os pacotes quanto do passageiro final, disse. A obrigatoriedade das mudanças passa a valer a partir de setembro deste ano, mas algumas empresas já se enquadraram às novas regras. No último mês, a Caixa Seguradora lançou um pacote de seguro de viagem com as novas coberturas obrigatórias. Ela usou como base os novos critérios, mas personalizou os pacotes: para executivos, estudantes, praticantes de esportes radicais, gestantes e idosos. As novas regras trazem mais segurança para o cliente, tanto para o processo de contratação do seguro, quanto para o uso das coberturas, afirmou o gerente de Seguros de Vida da Caixa Seguradora, Castelano Ribeiro dos Santos. A resolução da Susep também determina que é obrigação da seguradora prestar informações claras sobre as coberturas mais adequadas à viagem, especialmente em relação às exigências dos países de destino internacional. O ideal é que o próprio viajante explique que tipo de passeio pretende fazer e se tem necessidades especiais, para que, então, o agente de viagem possa indicar o plano ideal de cobertura.meuip 9

10 5. Serviços Software e TI Aplicativo brasileiro de mensagem recebe aporte de R$ 1 milhão 24 de junho de 2015 Fonte: Revista PEGN O diferencial do WiMMApp é que ele insere o componente da geolocalização nas trocas entre os usuários Disponível para os usuários desde março, o aplicativo Where Is My Message?, ouwimmapp, oferece a possibilidade de trocar mensagens levando em conta a localização do usuário. Assim, ao enviar uma mensagem para uma ou várias pessoas, o usuário pode determinar o local onde ela deve ser aberta e, dessa forma, os contatos inseridos naquele bate-papo só conseguem fazer a leitura em um raio de 150 metros do ponto préestabelecido. Pessoas querem interagir de forma fácil e através de meios que sejam instigantes, interessantes e diferentes, diz Ivo Machado, criador do WiMMApp, sobre a geolocalização ser um componente relevante na comunicação entre as pessoas. Para tirar o app do papel, Machado investiu R$ 400 mil do próprio bolso. Pouco tempo depois, a ferramenta chamou a atenção de um investidor-anjo, que aportou junto com o fundador - R$ 1 milhão. Já estamos em negociação para a segunda captação nos Estados Unidos, revela Machado. Criado no Brasil, o WiMMApp abriu recentemente um escritório em Mountain View, na Califórnia. A ideia é disponibilizar o app em breve aos usuários americanos. Além de servir para troca de mensagens entre pessoas físicas, o WiMMApp também tem um lado corporativo. A ideia é que as empresas possam acelerar o engajamento de clientes por meio de brincadeiras que resultem em brindes e ofertas. Na última Páscoa, por exemplo, a Ofner distribuiu por meio da plataforma cupons de desconto em diferentes pontos da cidade de São Paulo. Os usuários que foram até o local onde as mensagens seriam abertas receberam vouchers com até 40% de desconto em compras a serem feitas nas lojas da marca. Hoje, o WiMMApp tem mais de 30 mil usuários e contratos com 10 empresas. A meta da startup é fechar o ano com 500 mil usuários. 10

11 6. Serviços - Telecomunicações Conselheiro Anatel defende revisão do modelo de telecomunicações antes de de junho de 2015 Fonte: Agência IN O conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Marcelo Bechara defendeu ajustes no atual modelo de telecomunicações antes do fim das atuais concessões de telefonia fixa, que vencem em O modelo competitivo está se esgotando; o serviço de telefonia fixa perdeu valor; e as receitas migraram para a internet, disse. O conselheiro participou de reunião da Subcomissão Especial dos Serviços de Telefonia Móvel e TV por Assinatura da Câmara dos Deputados que acaba de ser finalizada. Hoje a telefonia fixa é o único serviço considerado público pela legislação ou seja, é o único em que existem metas de universalização a serem implementadas pelas concessionárias. De acordo com ele, está sendo investido dinheiro em serviços que não têm mais tanto valor. Para que insistir na universalização do serviço de telefonia fixa?, questionou. Para ele, a principal demanda da população é por banda larga. Hoje metade dos brasileiros não tem acesso à internet, salientou. Porém, na visão do conselheiro, a instituição do regime público para outros serviços não é a solução. Regime público afugenta investimentos, opinou. Ela acredita que a saída é alterar as concessões, negociar metas com as empresas para ampliação da banda larga e estimular os pequenos provedores, de forma a promover mais competição. Conforme Bechara, o modelo de concessões pode ser revisto por decreto, ao mesmo tempo em que o Congresso discuta ajustes na Lei Geral das Telecomunicações (9.472/97). Bechara afirmou ainda que considera o Programa Nacional de Banda Larga, lançado pelo governo, inexequível, ao prever que, em quatro anos, seja ofertada no Brasil inteiro internet de 25 megabits por segundo. Se nós conseguirmos fazer isso, o que eu duvido, porque não tem dinheiro para esse investimento, o consumidor não vai conseguir pagar por essa internet, afirmou. Ele salientou que as opiniões são pessoais, e não institucionais. As informações são da Agência Câmara. 11

12 7. Serviços Turismo Turistas brasileiros registram menor gasto fora do país em 5 anos 23 de junho de 2015 Fonte: Estado de Minas Queda de renda e valorização do dólar reduziram as despesas no exterior a US$ 8,3 bi de janeiro a maio O encarecimento do dólar e o descontrole inflacionário, que corrói a renda das famílias, levaram os brasileiros a reduzir drasticamente os gastos em viagens ao exterior. Dados do Banco Central (BC) mostram que, em maio, os turistas desembolsaram mais de US$ 1,4 bilhão durante as visitas a outros países. O valor é o menor para o mês desde 2010 e 37,4% inferior ao apurado no mesmo período do ano passado. De janeiro a maio, essas despesas chegaram a US$ 8,3 bilhões, patamar mais baixo em cinco anos. O chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, explicou que, com o dólar mais caro, os brasileiros têm evitado fazer viagens para o exterior. Em maio, a moeda norte-americana registrou alta de 5,78%, cotado a R$ 3,18. E, nos cinco primeiros meses de 2015, o custo da divisa subiu 19,8%. Esse movimento afeta o valor das passagens aéreas, das diárias dos hotéis, dos produtos e da alimentação. Não à-toa, as companhias de aviação civil e as agências de viagens têm procurado fazer promoções para atrair turistas. Essa missão, no entanto, não tem sido fácil, já que o custo de vida disparou nos primeiros meses do ano. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), a prévia da inflação, aponta que até junho a carestia acumula alta de até 6,28%. Com produtos e serviços mais caros, sobra pouco dinheiro para viagens. Nas despesas com viagens ao exterior, houve uma reversão. Essa despesa vinha crescendo nos últimos anos. É um item muito sensível à taxa de câmbio. Claro que o menor nível de atividade econômica também contribui nesse sentido. Mas, fundamentalmente, o encarecimento do dólar se refletiu nessa conta neste ano, detalhou Maciel. Cuidados - No ano passado, os gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 25,6 bilhões, um recorde. O resultado não deve se repetir neste ano, mas algumas empresas têm tentado driblar o pessimismo. O diretor de Desenvolvimento de Negócios da Western Union para a América Latina, Luiz Citro, admitiu que a volatilidade do câmbio em 2015 tem deixado os consumidores inseguros para planejar passeios ou promover gastos no cartão de crédito, sem saber se no vencimento da fatura haverá queda do dólar. Diante da volatilidade da divisa, ele sugeriu que os interessados em viajar comprem a moeda, em espécie, antes da viagem para não ser surpreendidos com oscilações abruptas. Temos investido na expansão da nossa rede de atendimento para continuar a crescer, mesmo em um momento de valorização do dólar. Entre remessas e vendas da moeda em papel, já crescemos 5% em relação ao volume negociado em Este ano será 12

13 marcado pela volatilidade no custo do dólar, e as pessoas têm que tentar se proteger desses movimentos, detalhou. O esquema de corrupção na Petrobras revelado pela Operação Lava- Jato, o atraso na divulgação do balanço da companhia e o risco de racionamento de energia foram responsáveis pela queda dos investimentos de estrangeiros no Brasil, afirmou Tulio Maciel. De janeiro a maio, a entrada desses recursos despencou 35,1% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 25,5 bilhões. Em maio, o investimento estrangeiro direto (IED) no país chegou a US$ 6,6 bilhões, uma alta de 13,7% em relação a abril. Entretanto, quando comparado a igual período do ano passado, despencou 31,4%. Maciel projetou que, até dezembro, US$ 80 bilhões ingressarão no país. 917/turistas-brasileiros-registram-menor-gasto-fora-do-pais-em-5-anos.shtml 13

14 8. Comércio Eletrônico Site busca melhores preços e cupons de desconto simultaneamente 23 de junho de 2015 Fonte: E-Commerce Já foi mais fácil escolher onde comprar pela internet. Com a multiplicação de lojas, produtos e promoções, os sites precisam se renovar para continuar oferecendo o menor valor ao consumidor. Com essa proposta, foi criado o Encontre Barato, comparador de preços que, além de pesquisar o produto mais em conta nas principais lojas virtuais do país, indica os cupons de desconto e ofertas disponíveis para o consumidor economizar ainda mais. A varredura é feita em mais de quatro milhões de ofertas, entre smartphones, eletrodomésticos, roupas, sapatos, livros e utensílios para a casa. Para cada preço encontrado o buscador traz a opção de reduzir ainda mais o valor por meio de ofertas e cupons de desconto. Assim, o mesmo produto pode sair até 80% mais em conta. Em nosso site o usuário tem a certeza de que está fazendo a melhor compra, economizando ao máximo, diz Fernando Bunker, um dos criadores da plataforma, juntamente com seus sócios Fellipe Soares, Eduardo Tamaki e Douglas Teruya. O Encontre Barato consulta somente os principais varejistas do Brasil, como Casas Bahia, Magazine Luiza, Fast Shop, Americanas.com, Submarino, Saraiva, Dafiti, Netshoes, entre outros. Isso garante qualidade no atendimento ao cliente. Outros comparadores colocam lojas de menor reputação e aumentam o risco de a entrega não acontecer, conta Bunker. Segundo ele, outra vantagem da seleção rigorosa de parceiros é aumentar a conversão em vendas: o site já movimenta R$ 2,5 milhões por mês para os e-commerces associados. A startup, lançada em 2014, adotou o modelo de cobrança por porcentagem dos ganhos das lojas parceiras, de 5% a 15%. Fugimos da tradicional geração de receita por meio de cliques ou banners e isso tem dado resultado, afirma Bunker. O Encontre Barato prevê faturamento de R$ 3 milhões ao final de 2015 e, em agosto, lançará um aplicativo para ios e Android. O site também pretende entrar no setor de viagens e prevê a criação de um núcleo de tecnologia em Minas Gerais, em

15 9. Franquias Piracicaba atrai novo modelo de franquia imobiliária 23 de junho de 2015 Fonte: Segs O vice-presidente de expansão da RE/MAX Brasil, Ernani Assis, estará em Piracicaba (SP), a partir da próxima segunda-feira, 29, para apresentar pessoalmente às cerca de 110 imobiliárias locais e empreendedores o modelo de franquia que permitirá a expansão de seus negócios. A RE/MAX é a rede de imobiliárias que mais vende imóveis no mundo, com atuação em mais de 97 países e 100 mil corretores. No Brasil, a RE/MAX também é líder, com 156 franquias em operação em 19 estados brasileiros. Para explicar o novo modelo aos interessados, ele proferirá a palestra aberta e gratuita Quer vender mais, seja RE/MAX, dia 30, às 18h30, no Av. Saldanha Marinho, Alemães, Piracicaba SP. A rede leva à Piracicaba uma campanha de vendas de franquia arrojada e preparada especialmente para os donos de imobiliárias do município e empreendedores que, diante de um cenário desafiador no mercado imobiliário, desejam aumentar sua rentabilidade atuando em rede com a força de uma marca internacional. Ao abrir o leque de oportunidades estamos abrindo as portas para a profissionalização dos corretores e conectando o mercado imobiliário de Piracicaba à capital paulista e mais de 96 países. A franquia imobiliária é um modelo que revolucionou o negócio imobiliário em todos os países do mundo e levaremos condições especiais para o município, afirma Assis. A partir de uma taxa de franquia exclusiva e compatível com o modelo de microfranquias, as imobiliárias da região poderão usufruir imediatamente da rede que oferece, entre os vários benefícios, uma universidade corporativa para treinamento de corretores e franqueados, tecnologia de gestão para as imobiliárias, o incremento de mais de 25 mil imóveis em todo Brasil turbinando o potencial de compra e venda de imóveis pelas famílias piracicabanas e de mais de 2 bilhões de potenciais compradores em todo mundo. A RE/MAX também disponibilizará aos empresários do município um amplo portfólio de serviços de crédito imobiliário, seguros e outros, fruto de parcerias que a RE/MAX fez com a Mapfre Seguros e o Itaú. Recentemente, ao participar da abertura da Convenção Nacional da RE/MAX, o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, afirmou que para combater o pessimismo que assola o mercado imobiliário, as oportunidades que a rede oferece trazem a energia positiva e as ferramentas de negócio que o mercado precisa atualmente. De fato, a RE/MAX acaba de conquistar pela segunda vez consecutiva o Selo de Excelência em Franchising 2015 da ABF (Associação Brasileira de Franchising), uma chancela dada pelos próprios franqueados da rede ao trabalho e ao suporte da franqueadora. A Universidade RE/MAX é um bom exemplo, com a mais completa e avançada estrutura para oferecer 15

16 treinamentos e eventos aos corretores e franqueados de todo o País, realizando treinamentos online 24 horas por dia durante 365 dias ao ano. O conhecimento e a informação trazem vantagens competitivas para corretores e franqueados e permitem um atendimento qualificado aos clientes, enfatiza Assis. Segundo ele, Piracicaba em breve estará inserida no mesmo processo que ocorreu nos Estados Unidos. Na década de 70, apenas 3,7%% das imobiliárias norte-americanas eram franqueadas e, em 2012, este percentual era de 89,6%. No Brasil, apenas 1,7% aproximadamente das 34 mil imobiliárias registradas como pessoa jurídica atuam hoje neste mesmo formato. Acreditamos que a melhor maneira para estas imobiliárias crescerem é se converterem a uma grande rede de franquias internacional. A campanha terá duração de uma semana, número limitado de franquias e os proprietários de imobiliárias locais e empreendedores, com certeza não perderão a chance de dar um salto em seus negócios ao atuar em nossa rede, conclui Assis. 16

17 10. Empreendedorismo Cresce número de brasileiros que querem ter o próprio negócio, revela pesquisa 23 de junho de 2015 Fonte: Agência Brasil Pesquisa feita pelo Instituto Data Popular, divulgada hoje, revela que 38,5 milhões de brasileiros têm a intenção de abrir o próprio negócio. Segundo a pesquisa, 28% dos brasileiros querem empreender atualmente, contra os 23% registrados em O levantamento apontou que 78% das pessoas que querem empreender já se preparam para abrir o próprio negócio: 38% pesquisam a área em que desejam atuar, 28% guardam dinheiro para investir e 12% se aperfeiçoam em cursos e estudos. De acordo com Renato Meirelles, presidente do Data Popular, o achatamento do salário impulsiona a vontade de ser o dono do próprio negócio. Os brasileiros enxergam no empreendedorismo uma iniciativa para garantir mais renda e um bom futuro para a família. A pesquisa mostra que a possibilidade de ganhar mais, crescer profissionalmente e não ter chefe são os principais motivos que incentivam a abertura do próprio negócio. É muito comum as pessoas empregarem parentes, amigos ou vizinhos e abrir o negócio no bairro onde mora, o que contribui para fortalecer a economia local, disse Meirelles. No estudo, a região Norte é a que concentra o maior percentual de pessoas com vontade de empreender (55%), seguida do Nordeste (33%), Sul (26%), Centro-Oeste (24%) e Sudeste (24%). Entre os interessados em empreender, 53% são homens e 47% mulheres; 50% são da classe média, 28% da classe alta e 22% da classe baixa; 54% têm entre 18 e 35 anos, 19% têm entre 36 e 45 anos e 27% têm mais de 46 anos; 50% têm ensino fundamental, 37% têm ensino médio e 13% têm curso superior. 143/cresce-numero-de-brasileiros-que-querem-ter-o-proprio-negocio-revelapesquisa.shtml 17

18 11. Curtas Juro do rotativo no cartão chegou em maio a 360,6% ao ano 23 de junho de 2015 Fonte: Estadão O juro médio total cobrado no cartão de crédito subiu 3,5 pontos porcentuais de abril para maio, segundo o Banco Central. Em janeiro, a instituição passou a incorporar dados sobre esse segmento, que regula desde maio de Com a alta na margem, a taxa passou de 81,4% ao ano em abril para 84,9% ao ano no mês passado. O juro do rotativo é a taxa mais elevada desse segmento e também a mais alta entre todas as avaliadas pelo BC, batendo até mesmo a do cheque especial. Atingiu a marca de 360,6% ao ano em maio ante 347,5% de abril, uma elevação de 13,1 pontos porcentuais na margem. No caso do parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro aumentou 1,3 ponto de abril para maio, passando de 114,6% ao ano para 115,9% ao ano. 19 de junho de 2015 Fonte: IstoÉ Dinheiro Empreendedorismo digital Um grupo de jovens empreendedores portugueses, liderado pelo executivo Miguel Queimado, ex-ceo do Groupon, no País, quer aproveitar as oportunidades geradas pelo mercado educacional brasileiro na área digital. A novidade é o lançamento da DreamShaper, plataforma para motivar estudantes por meio de experiências empreendedoras na sala de aula. Criada em Portugal em 2009, a plataforma conta com 120 mil usuários e quer capacitar um milhão de brasileiros, até O projeto mantém parcerias com a Fundação Lemann, do empresário Jorge Paulo Lemann, e com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, entre outras entidades. 18

19 12. Feiras 04/06/2015 até 22/06/ FENAT Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Centro de Exposições e Lazer Cidade: Monte Sião - MG 23/06/2015 até 25/06/ ROOFING AND WATERPROOFING INTERNATIONAL EXHIBITIO Setor: Engenharia e Arquitetura Local: Transamerica Expo Center Cidade: São Paulo - SP 23/06/2015 até 25/06/ TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGISTICA Setor: Transporte e Logística Local: Centro de Eventos FIERGS Cidade: Porto Alegre - RS 23/06/2015 até 26/06/ FISPAL TECNOLOGIA Setor: Alimentos e Bebidas Local: Pavilhão do Anhembi Cidade: São Paulo - SP 23/06/2015 até 26/06/ BRASIL OFFSHORE 2015 Setor: Energia Local: Centro Municipal de Convenções Cidade: Macaé - RJ 23/06/2015 até 26/06/ BRASIL OFFSHORE Setor: Energia Local: Centro de Exposições Roberto Marinho Cidade: Macaé - RJ 23/06/2015 até 26/06/ MANUTENÇÃO 2015 Setor: Metalurgia e Siderurgia Local: Centro de Eventos do Parque Vila Germanica Cidade: BLUMENAU - SC 24/06/2015 até 27/06/ ABF FRANCHISING EXPO Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Expo Center Norte Pavilhões Azul e Branco Cidade: São Paulo SP 19

20 30/06/2015 até 03/07/ EXPOCAFÉ 2015 Setor: Agronegócio Local: Fazenda Experimental da EPAMIG Cidade: Três Pontas - MG 30/06/2015 até 05/07/ MEGA ARTESANAL Setor: Artesanato, Artes e Coleções Local: Imigrantes Exhibition and Convention Center Cidade: São Paulo SP 30/06/2015 até 03/07/ MDA SOUTH AMERICA Setor: Multisetores Local: Transamérica Expo Center Cidade: São Paulo - - SP 30/06/2015 até 03/07/ CEMAT Setor: Multisetores Local: Transamérica Expo Center Cidade: São Paulo - SP 02/07/2015 até 05/07/ EXPOCATÓLICA Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: ExpoCenter Norte Pavilhão Amarelo Cidade: São Paulo - SP 03/07/2015 até 12/07/ EXPOTCHÊ Setor: Multisetores Local: Expobrasília Cidade: Brasília - DF 03/07/2015 até 12/07/ MULTIFEIRA BRASIL Setor: Multisetores Local: Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima Cidade: JOÃO PESSOA - PB 06/07/2015 até 09/07/ Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios Setor: Coureiro / Calçadista - Calçados e Artefatos, Máquinas e Componentes Local: Pavilhão do Anhembi Cidade: São Paulo - SP O Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras está disponível no site 20

21 Secretaria de Comércio e Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Julho 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo FRANQUIA A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo A rede de franquia com maior volume de vendas nos EUA. (Real Trends 500 2011) Primeiro sistema de franquias imobiliárias da América do Norte

Leia mais

Panorama do e-commerce tendências e expectativas.

Panorama do e-commerce tendências e expectativas. Panorama do e-commerce tendências e expectativas. As marcas BuscaPé atuam em toda a cadeia de valores do e-commerce na América Latina Ciclo de Compras PERCEPÇÃO INTERESSE DECISÃO AÇÃO PÓS-VENDA REVENDA

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

Pesquisa. Intenção de

Pesquisa. Intenção de Pesquisa SPC BRASIL: Intenção de Compras para o Natal Novembro/2013 Pesquisa do SPC Brasil revela que brasileiros pretendem gastar mais e comprar mais presentes neste Natal Se depender dos consumidores

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

A nova classe média vai às compras

A nova classe média vai às compras A nova classe média vai às compras 18 KPMG Business Magazine Cenário é positivo para o varejo, mas empresas precisam entender o perfil do novo consumidor Nos últimos anos o mercado consumidor brasileiro

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O saldo total das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional atingiu 54,5% do PIB, com aproximadamente 53% do total do saldo destinado a atividades econômicas. A carteira

Leia mais

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA 5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Os sinais de redução de riscos inflacionários já haviam sido descritos na última Carta de Conjuntura, o que fez com que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidisse

Leia mais

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA O poder de compra alimenta o dragão A persistência da inflação em torno de 6,5% ao ano tem um componente virtuoso: o crescimento do setor de serviços, que lidera a criação de empregos e aumenta a renda

Leia mais

Evento seleciona ideias para reduzir desperdício de alimentos Clique aqui para ver a notícia no site

Evento seleciona ideias para reduzir desperdício de alimentos Clique aqui para ver a notícia no site COPPE/UFRJ Veículo: O Globo Online - RJ Data: 13/05/2014 Tópico: COPPE/UFRJ Página: 16:06 Evento seleciona ideias para reduzir desperdício de alimentos Clique aqui para ver a notícia no site Os 15 escolhidos

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa de juros Selic em 0,5 p.p., a 14,25% ao ano, conforme esperado pelo mercado. A decisão ocorreu após elevação de 0,5 p.p no último encontro.

Leia mais

1º a 15 de agosto de 2011

1º a 15 de agosto de 2011 1º a 15 de agosto de 2011 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes O Evento A PHOTOIMAGE BRASIL, maior feira de imagem da América Latina, reuniu mais de 35 mil participantes ligados ao segmento e provou nesta sua 22ª edição que soube se adaptar às rápidas mudanças do

Leia mais

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00.

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00. ESPE/Un SERE 2013 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento válido para

Leia mais

O crédito ao setor privado atingiu R$1.948 bilhões no final de 2011, após acréscimos de 2,2% no mês e de 18,9% em relação a dezembro de 2010.

O crédito ao setor privado atingiu R$1.948 bilhões no final de 2011, após acréscimos de 2,2% no mês e de 18,9% em relação a dezembro de 2010. O volume total de crédito do sistema financeiro, computadas as operações com recursos livres e direcionados, atingiu R$2.030 bilhões em dezembro, após crescimento mensal de 2,3%. Ao longo de 2011, o crédito

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Diretor de negócios Gigatron Franchising Diretor CTRA Centro Tecnológico da Região de Araçatuba Diretor ABRADI-isp Associação Brasileira

Leia mais

A importância do crédito para as pequenas e médias empresas. Condicionantes da oferta de crédito

A importância do crédito para as pequenas e médias empresas. Condicionantes da oferta de crédito A importância do crédito para as pequenas e médias empresas Condicionantes da oferta de crédito Distribuição de empresas por porte MICRO PEQUENA MÉDIA GRANDE 0,4% 0,7% 6,2% Micro e Pequenas empresas 98,9%

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

1 a 15 de setembro de 2011

1 a 15 de setembro de 2011 1 a 15 de setembro de 2011 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Argumentos de Vendas. Versão 20150206.01. Nossa melhor ligação é com você

Argumentos de Vendas. Versão 20150206.01. Nossa melhor ligação é com você Argumentos de Vendas Versão 20150206.01 Nossa melhor ligação é com você Algumas perguntas que podem ser feitas Você está satisfeito com sua operadora atual? Você é bem atendido quando liga na central de

Leia mais

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome.

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. Apresentação Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. História A empresa foi fundada no ano de 1995 na cidade paulista de São José do Rio Preto e

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

FRANQUIA HOME OFFICE

FRANQUIA HOME OFFICE FRANQUIA HOME OFFICE SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

As diretrizes de consumo no Brasil

As diretrizes de consumo no Brasil As diretrizes de consumo no Brasil A visão do consumidor Luiz Goes A GS&MD Gouvêa de Souza Consultoria Empresarial Canais de distribuição / Centrais e redes de negócios/ Controladoria e finanças / Crédito

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 O RISCO DOS DISTRATOS O impacto dos distratos no atual panorama do mercado imobiliário José Eduardo Rodrigues Varandas Júnior

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas 1 O conturbado cenário nacional Economia em recessão: queda quase generalizada do PIB no 2º trimestre de 2015, com expectativa de

Leia mais

XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América. Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME

XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América. Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME Fortaleza, 30 de outubro de 2006 1 Sumário 1 - Mercado MPE 2 - Acesso ao

Leia mais

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Geral Executiva Nome da Hotel Urbano Indústria Turismo Produtos e Serviços Comercialização online de pacotes

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

Apresentação Cartão de Crédito

Apresentação Cartão de Crédito Apresentação Cartão de Crédito O que é O Cartão de Crédito Porto Seguro é uma forma de pagamento eletrônica, que pode ser utilizado para comprar um bem, ou contratar um serviço. O titular recebe mensalmente

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas

A Intel espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Microsoft Office System Estudo de caso da solução do cliente A espera uma redução de 20% nos custos de audioconferências com solução de comunicações unificadas Visão geral País ou região: Estados Unidos

Leia mais

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados SICOOB CREDIROCHAS Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Credirochas conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado

Leia mais

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana #100 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Dólar sem freios Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana Festa no exterior Brasileiros continuam gastando cada vez mais fora

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro Geralmente quando um consultor é chamado a socorrer uma empresa, ele encontra, dentre outros, problemas estruturais, organizacionais, de recursos humanos. O problema mais comum

Leia mais

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17 www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br 2016 Sua comunicação em todos os canais: IMPRESSO WEB SMARTPHONES TABLETS APP Circulação de junho/16 a maio/17 PRODUÇÃO C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A Chancelado

Leia mais

CP2007003-Anexo02-BRIEFING.doc 1

CP2007003-Anexo02-BRIEFING.doc 1 ANEXO II BRIEFING Este briefing destina-se às empresas de propaganda que participaram do processo de licitação do Bando de Brasília BRB para contrato de prestação de serviços de publicidade e apresenta

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento;

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento; CAPÍTULO : 10 - Viagens Internacionais, Cartões de Uso Internacional e Transferências Postais SEÇÃO : 1 - Viagens Internacionais 1. Esta seção trata das compras e das vendas de moeda estrangeira, inclusive

Leia mais

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira:

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira: Lista de casamento Sugestão de texto de e-mail para o cliente Prezada Srª. XXX, boa tarde. Primeiramente gostaria de agradecer seu importante contato. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos.

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL Maio de 2009 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL GRUPO FITTA CÂMBIO E TURISMO Segmento: Câmbio e Turismo Desde 1999, o Grupo Fitta oferece os mais completos produtos de câmbio no Brasil: cartões bandeira

Leia mais

FRANQUIA MODALIDADE QUIOSQUE

FRANQUIA MODALIDADE QUIOSQUE FRANQUIA MODALIDADE QUIOSQUE SUMÁRIO QUEM SOMOS 02 PREMIAÇÕES 03 ONDE ESTAMOS 04 O MODELO QUIOSQUE 06 NOSSO NEGÓCIO 07 MULTIMARCAS 07 MULTISERVIÇOS 08 PERFIL DO FRANQUEADO 09 VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

dinheiro seu dinheiro Vendendo #132 Conheça as principais franquias do mercado financeiro

dinheiro seu dinheiro Vendendo #132 Conheça as principais franquias do mercado financeiro #132 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Vendendo dinheiro Conheça as principais franquias do mercado financeiro Sem bolha, mais crédito Caixa promete ampliar empréstimos imobiliários em 2014

Leia mais

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL 14 REVISTA RI Abril 2015 É sabido que 2015 vai ser um ano difícil diante de uma economia com perspectiva de recessão. No

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine Turismo de (bons) negócios 26 KPMG Business Magazine Segmento ganha impulso com eventos internacionais e aumento da demanda interna Eventos mobilizaram mais de R$ 20,6 bilhões em 2011 A contagem regressiva

Leia mais

Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio. Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados.

Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio. Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados. Mercado mobile, setor bancário e oportunidades de negócio Copyright 1997-2013 MJV Tecnologia & Inovação. Todos os direitos reservados. 1 Este artigo é baseado em estatísticas recentes e discute, brevemente,

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016.

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. 1º SEMESTRE 2011 ESCRITÓRIOS A E A+ RIO DE JANEIRO MARKET REPORT DE ESCRITÓRIOS RELATÓRIO DE PESQUISA DE ESCRITÓRIOS A+ E A Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. Economia PREÇO ABSORÇÃO

Leia mais

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 17.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 DESTAK FGTS amplia teto da renda para imóvel com juro menor Famílias

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa

Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa Como Investir em Ações Eduardo Alves da Costa Novatec CAPÍTULO 1 Afinal, o que são ações? Este capítulo apresenta alguns conceitos fundamentais para as primeiras de muitas decisões requeridas de um investidor,

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Desempenho de vendas do setor segue forte

Desempenho de vendas do setor segue forte Macro Setorial segunda-feira, 20 de maio de 2013 Veículos Desempenho de vendas do setor segue forte Depois de obter recorde na venda de automóveis e comerciais leves em 2012, impulsionado por incentivos

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Em tempos de retração econômica, as franquias surgem como opção de empreendimento rentável

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Em tempos de retração econômica, as franquias surgem como opção de empreendimento rentável GESTÃO ORIENTADA A PROCESSOS 12 Edição 15 de Julho de 2015 INFLAÇÃO IBGE informou que a inflação acelerou, na maior alta em quase 20 anos EXTRA Saiba os fatores que causam a inflação www.procfit.com.br

Leia mais

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos FRANQUIA.COM: Novo jeito de fazer franquia Portal InvestNE - - COLUNAS - 23/03/2012-11:02:00 Hugo Renan Nascimento Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E

Leia mais

Como criar um clube de vantagens em sua empresa

Como criar um clube de vantagens em sua empresa Como criar um clube de vantagens em sua empresa Uma publicação Introdução Atrair e reter bons funcionários no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante

Leia mais

Soluções. para sua Empresa

Soluções. para sua Empresa Atendimento Outras Soluções Investimentos Soluções para Parceiros e Empregados Soluções para sua Empresa Linhas de Crédito Seguros e Cartões Soluções em Recebimentos Soluções em Pagamentos Soluções sob

Leia mais

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350 ARTESANATO BOLETIM COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento Em 2012, o faturamento foi de R$ 22,5 bilhões no Brasil, e de aproximadamente R$ 28 bilhões em 2013.

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Nori Lermen Quer Revolução no ATM

Nori Lermen Quer Revolução no ATM Nori Lermen Quer Revolução no ATM Em entrevista exclusiva à Relatório Bancário, o novo presidente da ATP, Nori Lermen, revelou as intenções da empresa brasiliense em ir além do fornecimento de serviços

Leia mais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A MÍDIA KIT 2015 CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Impresso Web Tablets Smartphones Apps Parceiros Estratégicos Portal da ABF Mailing Exclusivo

Leia mais

O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais

O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais Prof. Celso Cláudio de Hildebrand e Grisi celsogrisi@fractalconsult.com.br 1 - Se, no primeiro momento, o consumo caiu de forma

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Banco do Nordeste: parceiro da Micro e Pequena Empresa

Banco do Nordeste: parceiro da Micro e Pequena Empresa Banco do Nordeste: parceiro da Micro e Pequena Empresa Banco do Nordeste, parceiro das micro e pequenas empresas: contribuindo para o desenvolvimento do Nordeste do Brasil 2 Políticas do Banco do Nordeste

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 13/01/2015-13h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

DIFERENCIAIS CARTÕES SICOOBCARD. Julho/2014

DIFERENCIAIS CARTÕES SICOOBCARD. Julho/2014 DIFERENCIAIS CARTÕES SICOOBCARD Julho/2014 Por quê Sicoobcard? Diferenciais em relação ao mercado 1 - Anuidade grátis A Cooperembraer oferece anuidade grátis para todos os portadores Sicoobcard. 2 - Pontos

Leia mais

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10% nos últimos 16 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda REFLEXÕES SOBRE A COMPETITIVIDADE: COMO SERÁ O DESENVOLVIMENTO DO SEU NEGÓCIO NOS PRÓXIMOS ANOS? Sussumu Honda 2013: O MUNDO Perspectivas Globais RECUPERAÇÃO GRADATIVA COM GRANDES MUDANÇAS Perspectivas

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junho 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Case Schutz Maurício Bastos

Case Schutz Maurício Bastos LIVRO DE CASES CASE 1 CASES Case Schutz Maurício Bastos Ano de fundação: 1995 Segmento: Varejo Calçados Localização: São Paulo Crescimento Ecommerce: 400% ao ano Funcionários: 900 Loja Online: loja.schutz.com.br

Leia mais

O MERCADO E PERSPECTIVAS

O MERCADO E PERSPECTIVAS Sell Book O MERCADO E PERSPECTIVAS MERCADO E PERSPECTIVA BRASIL VAREJO FRANQUIAS PIB: projeção de 3% para 2013; Desemprego em baixa (inferior a 6% em 2013); Crescimento do consumo da classe média; Aumento

Leia mais

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE Aço AÇO BRASIL ABRIL I N F O R M A 28ª 28EDIÇÃO ABRIL 2015 CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE 2007 O consumo aparente de aço no País deve fechar o ano de 2015 com queda de 7,8%

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (O Mercado Mobile no Brasil) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SOBRE O CURSO A tecnologia ocupa papel de destaque no atual cenário socioeconômico mundial, presente em todos os setores e atividades econômicas. Essa revolução transformou o mundo

Leia mais