Jubileu Padre Paulo celebra 25 anos de sacerdócio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jubileu Padre Paulo celebra 25 anos de sacerdócio"

Transcrição

1 Informativo mensal da Igreja Católica em Sorocaba e Região Dezembro 2011 ano 12 nº 158 Distribuição Gratuita Comunicação Encontro Regional acontece em Jundiaí Jubileu Padre Paulo celebra 25 anos de sacerdócio Vocação Seminaristas Claudinei e Elton recebem Primeiros Ministérios Pág. 7 Pág. 10 Pág. 16

2 2 Dezembro/2011 A Palavra do Pastor Falando de Deus Advento, espera vigilante Natal do Menino Deus! Dom Eduardo Benes Sales Rodrigues Arcebispo Metropolitano de Sorocaba Advento é vinda, chegada. Foi longa a espera da humanidade pelo Salvador. Por muitos milhares de anos a esperança sustentou os passos da humanidade sequiosa de vida. O Antigo Testamento testemunha essa esperança, pois foi na história do povo hebreu que ela foi ganhando forma até se transformar em realidade. O profeta Isaias, a primeira grande figura do advento assim expressou essa esperança: céus, deixai cair orvalho das alturas, e que as nuvens façam chover a justiça; abra-se a terra e germine a salvação (45,8). Ele mesmo anunciou, em várias passagens, a vinda do Senhor: um ramo sairá do tronco de Jessé, um rebento brotará de suas raízes ( 11,1). João Batista, a segunda grande figura do advento, mostrou Jesus presente no meio de nós: eis o cordeiro de Deus, o que tira o pecado do mundo. Sua pregação convida-nos a preparar os caminhos do Senhor através de uma conversão sincera. Maria é, em ordem ascendente, terceira figura do advento, a mãe do Salvador. Nela se cumpriram as promessas e nela a esperança da humanidade se tornou realidade: Eis aqui a escrava do senhor e o Verbo se fez carne e habitou entre nós. Ela nos ensina a acolher o mistério de Deus e a deixar que ele frutifique em nossas vidas. No advento, através da oração e da penitência, preparamos nosso coração para receber o grande presente da primeira vinda do Senhor. Ele veio a primeira vez, na humildade, para trazer-nos a salvação. Ele virá uma segunda vez, na glória, para dar-nos o prêmio definitivo, para julgar os vivos e os mortos. Somos chamados a abrir nosso coração para a graça da primeira vinda para merecermos o prêmio da segunda. Vivamos esse tempo de espera, vigilantes, na oração e no esforço de conversão. Aproximemo-nos do sacramento da penitência para que o Natal seja para nós uma festa de profunda alegria, no encontro com nosso Deus e Salvador. Participe, irmão(ã), da novena de natal e ofereça sua colaboração na Campanha para a Evangelização com a qual a Igreja do Brasil busca os recursos necessários para continuar sua missão evangelizadora em nosso país. Seu Natal será feliz se você viver intensamente, em espera vigilante, este tempo de advento. Leitor(a) amigo(a) Nesta época, todos os anos, normalmente as pessoas iniciam os preparativos para a celebração da festa do Natal. Confraternizações de final de ano entre amigos, reuniões familiares, ceia, alimentos, brinquedos, presentes, enfim, tudo se transforma. Lojas abarrotadas de ofertas para presentear principalmente as crianças que, ansiosas aprendem a esperar a chegada de Papai Noel, um velhinho tão simpático que distribui alegria! Presépios são montados nas mais diversas espécies, brilho e enfeites por toda parte lembram o nascimento do Menino Deus. Conta-se que... numa cidade, um pobre menino, perambulando pelas ruas, pedia doações aos transeuntes. De repente, parou defronte a uma loja de brinquedos, admirado com tantos deles. O vendedor aproximou-se do garoto e perguntou-lhe; O que você faz aqui? Nada, respondeu, estou somente vendo de perto os brinquedos. Retruca então o vendedor: Agora você já viu os brinquedos, não é? Volte para sua casa, ao que o garoto respondeu: Gostaria de ficar por aqui, pois minha casa é tão triste e pobrezinha. Nenhum brinquedo eu tenho. Moço, deixa-me brincar um pouquinho só com aquele carrinho azul? O vendedor, pacientemente fala: Não posso fazer isto para você, pois os brinquedos são para venda. Porém, essa negativa tocou o coração do vendedor e muito lhe custou não poder atender o desejo tão simples do pobre menino. Afinal, como pai, já escolhera até mesmo os brinquedos desejados por seus filhos. Disse, então, ao garoto: Na noite de Natal, com certeza, o Papai Noel vai visitá-lo e você receberá um carrinho daqueles. Papai Noel? Sei que ele visita as crianças, mas, em minha casa ele nunca esteve. Gostaria mesmo de conhecê-lo, disse o menino que, afastando-se, foi enxugando as lágrimas com a manga de sua camisa. Amigo (a) leitor(a). Podemos arriscar o final da história? Sim, com certeza. Na noite de Natal, como era de se esperar, o vendedor trajado de Papai Noel rumou até a casa do garoto pobre e entregoulhe o carrinho azul tão desejado. Além desse presente, muitos outros ofertou, justamente aqueles usados anteriormente pelos seus filhos. Dali se retirando, sentiu seu coração vibrar de alegria. Afinal, nunca se sentira tão feliz, nem mesmo em todos os anos passados quando presenteava seus próprios filhos em cada Natal! Será que existe algum pobre menino a nos esperar também? Ou o Natal deve acontecer somente para nós, nossos filhos e netos? Elenil Gardim Machado da Silva Gobbo EXPEDIENTE -Publicação Oficial da Arquidiocese de Sorocaba - Edição mensal Nº Tiragem: 21 mil exemplares Diretor Geral - D. Eduardo Benes de Sales Rodrigues Diretor Responsável - Diácono José da Cruz Conselho Editorial - D. Eduardo Benes de Sales Rodrigues - Diácono José da Cruz - Juliana Cuani - Pe Carlos Ferreira Borges Meira - Pe Inácio Kriguer - Pe José Antônio - Pe Antonio Carlos - Pe Manoel César de Camargo Junior - Pe Antonio Carlos Fernandes - Pe João Alfredo Pires de Campos Reportagem - Juliana Cuani - José da Cruz Colaboradores - Gilson Delgado - Elenil Machado Comercial - Rita Telles Redação Jornalista Responsável - Juliana Cuani - MTB Diagramação e Impressão: Ipanema Sistema Gráfico LTDA O jornal Terceiro Milênio não se responsabiliza pelos artigos assinados.

3 Dezembro/2011 Missa em Votorantim atraiu 20 mil pessoas Participação na Santa Missa foi Fervorosa Presidida pelo Padre Robson, a Missa teve uma participação bastante fervorosa e no momento da homilia o Missionário Redentorista refletiu sobre a Santidade vivida na pós modernidade e que requer de cada cristão um testemunho fiel e um comprometimento com o Evangelho, vestindo a camisa do cristianismo e se empenhando ao máximo no testemunho e anúncio da Palavra. Foram concelebrantes, além do Pe Carlos Ferreira Borges Meira, o Padre João Carlos Alampe - Vigário Geral representando o Arcebispo Metropolitano Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, Padre Dirceu Sudário de Freitas, Padre Edvaldo, Padre Wagner Ferreira - Religioso da Ordem do 3 Sion - São Paulo e o Padre Batista, pároco da antiga Basílica de Trindade, além dos Diáconos Permanentes José da Cruz, Gerson Schiming e Márcio Rosa. Na comunhão, mais de 200 ministros da Eucaristia de diversas paróquias ajudaram na distribuição que foi muito bem organizada. Ao final o Padre Robson recebeu um cartão de prata e os agradecimentos do Prefeito Carlos Augusto Piveta. O evento teve ampla cobertura das emissoras locais de TV e da Rádio Nova Tropical FM que desde o sábado esteve no local levando informações ao vivo para os ouvintes. A Paróquia Nossa Senhora Consolata têm missas do Divino Pai Eterno todos os sábados às 7h, e primeiros domingos na Igreja Matriz às 08h; 10h e 19h, além da Vigília que acontece todas as primeiras sextas iniciando-se às 7h e encerrando-se às 24h, havendo a Missa dos Romeiros às 19h30. AParóquia Nossa Senhora Consolata viveu uma tar de inesquecível no dia 06 de novembro, quando uma missa campal reuniu cerca de 20 mil pessoas de Votorantim, cidades da Região e até de outros estados. O evento organizado pela Paróquia contou com o apoio de 400 pessoas que integraram a equipe de organização, sob a coordenação do Pe. Carlos Ferreira Borges Meira. O Ministério Toque do Senhor e o Evangeliza show com o Padre Paulo Roberto Gonzales da Paróquia São João Batista e Imaculada Conceição fizeram a abertura. Quando o Pe Robson chegou, por volta das 17h, já havia mais de 10 mil pessoas no local e o momento em que ele descia da van em local reservado próximo ao palco, muitas pessoas ficaram emocionadas ao ver e tocar no sacerdote carismático que percorre o Brasil promovendo a devoção do Divino Pai Eterno, que tem o seu Santuário na cidade de Trindade em Goiás. A Banda Marcial Municipal da Escola Wilson Prestes Miramontes abrilhantou a entronização da imagem do Divino Pai Eterno, trazida pelas mãos do Padre Robson, e a imagem de Nossa Senhora Consolata, trazida pelo Padre Carlos Ferreira Borges Meira.

4 4 Dezembro/2011 Retiro de Leigos em Salto de Pirapora No dia 20 de novembro de 2011, a Paróquia São João Batista, de Salto de Pirapora, realizou o II Retiro de Leigos, cujo objetivo foi comemorar o Dia do Leigo e também consagrar a paróquia ao Sagrado Coração de Jesus, renovando a consagração diante do Santíssimo Sacramento. O Ministério de Música Oráculo de Piedade abrilhantou o dia com suas vozes e instrumentos. Mauricio fez a abertura do encontro e Heitor, fundador da Comunidade Cantate, conduziu a primeira pregação do dia, cujo tema foi conversão. Ele levou os fieis a refletirem sobre sua vida, especialmente na vivência da comunidade, onde se recebe muito de Deus, mas às vezes não se dá testemunhos. Heitor falou que se emocionou por poder participar e que também aprendeu bastante com o retiro. Após a pregação do fundador da Cantate, Candelária conduziu o momento de Adoração ao Santíssimo. Momentos de emoção, perdão e cura fizeram dessa manhã algo muito especial. O lanche comunitário foi descontraído e as pessoas puderam se aproximar mais, resgatar amizades e divertir-se. A segunda parte do retiro foi conduzida por Luiz Carlos, da Cantate, que falou sobre a vivência dos frutos do Espírito Santo na vida da comunidade. Para encerrar esse dia cheio de graças, Pe. Edson Roberto Daros celebrou a Santa Missa e em sua homilia pediu que todos sejam homens e mulheres novas, sempre abertos ao Cristo que nos quer amar e que derramou seu sangue por todos, sem distinção. Pediu também que a Igreja seja sempre acolhedora e que as pastorais arrebanhem mais pessoas para fazer parte dessa Igreja tão amada e bonita. Pascom Salto de Pirapora

5 Dezembro/2011 Somos apenas as sementes, a árvore com certeza será bem maior, diz Dom Eduardo no Congresso de Leigos 5 Oprimeiro Congresso de Leigos da Arquidiocese de Sorocaba, realizado na manhã de 20 de novem bro no Centro Arquidiocesano Pastoral, não chegou a reunir uma centena de pessoas, mas as que compareceram demonstraram muito empenho e determinação naquilo que se propõem e o Arcebispo Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, alguns instantes antes da Missa que encerrou o Congresso, definiu com muita sabedoria o que tem sido este congresso. Somos apenas as sementes, a árvore com certeza será bem maior. O Congresso não tinha a pretensão de ser um mega evento, é um trabalho de formiguinha que requer perseverança e paciência, pois quer despertar no leigo a consciência de que a sua missão é ser Sal da Terra e Luz do Mundo, uma tarefa que requer a organização de pequenas células extensão da comunidade, no ambiente de trabalho ou de Educação. Congresso começou em Fevereiro Com pouca adesão e comprometimento das comunidades, a Arquidiocese estava em congresso desde fevereiro, quando ele foi aberto oficialmente por D. Eduardo e tendo continuidade nas paróquias onde se realizaram os 4 encontros com temas específicos. No encerramento, os participantes receberam uma síntese desses encontros. Após a abertura feita por Dom Eduardo, e a apresentação dessa síntese pelo Sr. José Antonio Colombo, os participantes foram divididos em 8 grupos de acordo com a atividade desenvolvida na sociedade: Comunicação Social, Saúde, Justiça, Educação Nível Médio, Educação Nível Universitário, Política e Outras Profissões. Grupos saíram comprometidos... A palavra de ordem na maioria dos oito grupos foi comprometimento e todos saíram com reuniões agendadas para dar continuidade à missão que a Igreja lhes confiou. A ADCE Associação dos Dirigentes Cristãos de Empresas - através do seu Presidente, o empresário Leosmar Gonzales Martinez, volta a se reunir no dia 08 de março de 2012 visando intensificar a unidade do grupo que já tem inclusive uma Diretoria, que é assistida espiritualmente pelo Pe Wilson Roberto da Silva. Missa encerrou o Congresso Uma missa presidida pelo Arcebispo Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, concelebrada pelos Padres Manoel Cesar Junior, Dirceu Sudário de Freitas, e os Diáconos Permanentes José de Anchieta e Arari Amorim (Kojak) encerrou o congresso por volta das 12h30. A assembléia acolheu com alegria e muita fé a procissão de entrada uma cruz com um pano branco sinalizando o Cristo Ressuscitado, no ato penitencial uma cruz com um pano na cor roxa, representando o Cristo amoroso que se doou na cruz do calvário, e no hino de louvor uma terceira cruz ornamentada com uma coroa de flores representando a Glória do Cristo Rei do Universo Festa Litúrgica desse domingo 20 de Novembro, e que encerra o ano litúrgico. Em sua homilia D. Eduardo iniciou ressaltando o conceito de liberdade, que não é fazer o que a gente quer, mas sim amar e atender as necessidades do outro, exatamente como fez Jesus Cristo. É essa liberdade que nos leva a praticar a verdadeira caridade, controlando os nossos impulsos egoístas em uma oferta generosa de si mesmo ao outro. Durante o hino de louvor a assembléia recebeu de maneira solene a imagem de Nossa Senhora da Ponte Padroeira da Arquidiocese, e que foi entronizada junto ao altar. Estiveram presentes, além dos sacerdotes e Diáconos que participaram da Missa, os Padres: Carlos Ferreira Borges Meira, Diácono José da Cruz e Seminarista Elton, Pe Inácio Kriguer, Pe Jair Lara e Diácono Márcio Rosa, Diácono Francisco Raimundo e Diácono Carlos.

6 6 Dezembro/2011 Encontro dos agentes de pastorais para reflexão da Campanha da Fraternidade 2012 O encontro terá o tema Fraternidade e Saúde Pública e o lema Que a Saúde se difunda sobre a Terra e acontecerá dia 14 de janeiro de2012 no horário das 8h às 16h no Centro Arquidiocesano de Pastoral, na Av. Dr. Eugênio Salerno, 60. Santa Terezinha. As inscrições podem ser feitas na Secretaria do CAP, ou pelo constar confirmação do depósito bancário. As inscrições serão encerradas no dia 07 de janeiro de Observação: Taxa de inscrição R$10,00 - (café e almoço) Banco: Itaú - Agência: Conta: Mais informações pelo (15) (Falar com Anice) (Recortar e entregar) NOME: TEL.: END.: CEP.: PARÓQUIA: COMUNIDADE: da paróquia: CIDADE: 1º Cantando a Vida da Paróquia São Gaspar Bertoni Será no dia 17 de dezembro a partir das 18h na Comunidade Santa Lúcia Filippini, localizada à Rua José Luiz Pereira da Silva, 25 - Jd. Santa Lúcia (próximo à Escola Dionísio Vieira). Será uma noite de Espiritualidade com músicas e momentos de Oração e Reflexão. Também haverá barracas de Comes e bebes. A idéia de festa que se tem é para gastar dinheiro, para embebedar. Essa festa será de cura! Imagine quantas pessoas saem numa noite dessas curadas... Família precisa ser lugar da Festa! Porque sendo lugar da festa, é lugar do perdão, e sendo lugar do perdão, o amor vai fluindo, vai juntando as pessoas (Pe. Léo) Processo Seletivo do Curso Livre de Formação Teológica e Pastoral Primeiro semestre 2012 Estão abertas as inscrições para o novo Processo Seletivo do Curso Livre de Formação Teológica e Pastoral da Arquidiocese de Sorocaba. Os interessados podem se inscrever entre os dias 28 de novembro a 28 de janeiro de A prova está marcada para dia 01 de fevereiro de 2012 e o início aulas está previsto para 06 de fevereiro com a Santa Missa e aula inaugural. O curso acontece de segunda a quarta-feira, das 19h às 22h. As inscrições devem ser feitas no Centro Pastoral que fica na Av. Eugenio Salerno, nº 60 Fundos- (Santa Terezinha). Para participar é preciso estar atento a alguns requisitos: estar vinculado com a realidade paroquial; obrigatoriedade da participação no processo seletivo; conhecimento básico da Doutrina Católica e ter o ensino fundamental (antigo ginasial). Outras informações pelos telefones (15) ou , com Márcia ou ainda através do

7 Dezembro/2011 Diocese de Jundiaí recebe 17º Encontro Regional de Comunicação 7 OCentro de Convivência Mãe do Bom Conse lho na cidade de Jundiaí, recebeu de 18 a 20 de novembro, a 17ª edição do Encontro Regional de Comunicação do Sub Regional Sul 1 da CNBB, com o tema A Comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil - uma reflexão sobre o Estudo 101 da CNBB. O encontro reuniu cerca de 80 agentes da PASCOM para refletir a comunicação da Igreja Católica na atualidade e os trabalhos dos agentes nas arquidioceses e dioceses, destacando os caminhos e os desafios de comunicar o evangelho na atualidade frente às novas tecnologias. A abertura foi feita pelo padre André Luiz Garcia Coordenador da Sub-região Sorocaba, apresentando a mesa diretora composta pelo bispo de Jundiaí Dom Vicente Costa, o bispo referencial em Comunicação Dom José Moreira, a coordenadora do regional Sul 1 Irmã Maria Celeste e o assessor do encontro padre Evaldo de Souza missionário redentorista e diretor de produção da Rede Aparecida. Durante a abertura foi exibida a retrospectiva da edição anterior realizada em Sorocaba e também foi feita a entrada da imagem de Nossa Senhora da Comunicação. Foi lida a mensagem da Presidência do Regional Sul 1, assinada por Dom Odilo Scherer, dirigida aos participantes, onde destacam as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora, vocês vão se inspirar também nas DGAE, identificando os sinais dos tempos presentes em nossa realidade, para projetar uma pastoral da comunicação que responda à altura das necessidades urgentes do momento. A Arquidiocese de Sorocaba foi representada por 8 jovens atuantes na Pascom arquidiocesana, são eles: Juliana Cuani, Paôla Antunes, Jo Aguiar, Diego Ferraz, André Hope, Felipe Miranda, Maurício Toledo e Marcelo Cunha da Rádio Cantate FM. Segundo dia As atividades iniciaram com a Santa Missa, presidida pelo bispo da diocese de Jundiaí Dom Vicente Costa, concelebrou Dom José Moreira de Melo bispo referencial para a Pastoral da Comunicação em São Paulo. Na Homilia Dom Vicente refletiu sobre o gesto de comunicar, de se lançar a mensagem da Evangelização nas comunidades. Na conferência, Pe. Evaldo apresentou um apanhado geral sobre o significado da comunicação e sua evolução ao longo da história, passando por teorias da comunicação, símbolos, e semiótica, contextualizando com a evolução dos meios e os caminhos trilhados pela Igreja no que se refere ao assunto comunicação. Para Pe. Evaldo, a Pascom deve ser uma pastoral que dá força orgânica as demais pastorais existentes na Igreja, com o desafio de trabalhar na sociedade midiática (de informação). Ele destacou pontos importantes do Estudo 101, traçando um paralelo com suas experiências como profissional de comunicação na TV Aparecida, dando pistas importantes para que os agentes possam desenvolver nas suas (arqui) dioceses. Terceiro dia O domingo, dia da Festa de Cristo Rei e dia do Leigo, começou com a Santa Missa presidida por Dom José e seguiu com a divisão dos grupos para responder o questionário final que foi apresentado a todos. Após três dias de reflexão, discussão e avaliação, o encontro foi encerrado com a benção de Dom José, ocasião em que todos os participantes receberam das mãos da Ir. Maria Celeste, uma pequena garrafa com vinho, símbolo da cidade de Jundiaí, como lembrança do encontro. (Colaboração de Juliana Cuani Sorocaba, Marco Antonio Erbeta Limeira, e Felipe Miranda - Porto Feliz)

8 8 9 Dezembro/2011 Dezembro/2011

9 10 Dezembro/2011 Missa marca os 25 anos de Ordenação de Pe. Paulo Gonzales Com uma grande festa, que reuniu aproximadamen te mil pessoas, Pe. Paulo Roberto Gonzales cele brou em 23 de novembro, o Jubileu de Prata Presbiteral na Paróquia São João Batista e Imaculada Conceição em Votorantim, além do Arcebispo Dom Eduardo Benes e de aproximadamente 40 padres e diáconos da Arquidiocese de Sorocaba, inclusive Pe. José Benedito Cardoso, que fora ordenado no mesmo dia e agora pertence à Diocese de Itapetininga. Pe. Paulo iniciou a Santa Missa agradecendo e louvando o Pai, Criador e fonte de vida, distribuidor de todas as funções, Senhor da Vida e Rei do Universo. Pe. Paulo recebeu seu chamado há 33 anos, quando estava com amigos na cidade de Santos e sentindo a necessidade de ficar sozinho, se afastou dos demais, caminhou e se deparando com a imagem de Nossa Senhora do Monte Serrat, questionou sua vocação, e acreditando no que Deus lhe propunha, por meio de sua Mãe Maria, saiu de lá com a certeza de sua missão: ser padre. Abandonou tudo e iniciou sua caminhada para o sacerdócio, com medos, incertezas, lembrando-se sempre que o caminho se fazia a caminhar, passo a posso, dia após dia. Finalmente, no dia 23 de novembro de 1986, no Ginásio de Esportes em Sorocaba, através das mãos do saudoso Dom José Lambert, aquela decisão tomada no encontro da terra e do mar tornava-se realidade. Na homilia, Dom Eduardo destacou a importância do Sacerdote na Igreja como pai e pastor dos fiéis, mesmo nas suas dificuldades, medos e no seu limite. Quando um padre completa 25 anos de vida sacerdotal, ele está com o coração mais dilatado de amor por Cristo, para trabalhar pela Igreja, disse. No ofertório, foram apresentados os símbolos dos Sacramentos, ministrados pelos Sacerdotes, também os frutos e CDs do Pe. Paulo, lembrando a fecundidade da missão e os testemunhos que mostram as ações de Deus. Após a comunhão, Pe. Paulo agradeceu a Deus pelo dom da vida, a seus pais Cláudio e Julieta pelo amor, dedicação e cuidado ao longo desses anos, aos amigos e também paroquianos, pela ajuda e apoio. Ao final, todos foram convidados a participarem de um coquetel no Salão Paroquial. Torneio de Futsal agita Porto Feliz O Torneio de Futsal de Porto Feliz após dois finais de semana, reunindo times formados por Católicos das três paróquias de Porto Feliz, com times da zona rural, muitos formados por jovens, alguns com jogadores mais experientes que já disputam outros torneios. A novidade foi a estreia da categoria feminina, que não deixou por menos e revelou alguns talentos que surpreenderam. Na final feminina, Coral Renascer enfrentou o time Nossa Senhora da Ponte, que veio com um ataque agressivo, roubava as bolas com um contra ataque muito rápido, com 3 gols. Juca 5 x 0 São Francisco São Francisco foi pra final com o time Juca, ganhador do 1º Torneio de Futsal, os favoritos para levar a taça de campeão. O Juca apresentou um ataque forte, o time São Francisco apostou no contra ataque e na agilidade do seu time. Marcou pelo Juca Valmir 2 gol, Cadu 1 gol e To 3 gols. Com um jogo de final, além das faltas, dois cartões foram marcados, um para o jogador Vinícius do São Francisco e Eric do Juca. O Torneio também registrou uma goleada com 600kg de alimentos coletados para serem entregues às Conferências Vicentinas de Porto Feliz. A organização também agradece ao apoio da Diretoria de Esportes, à Emef Domingos de Marco que cedeu a quadra poliesportiva, além da Gráfica Rápida Porto Jet. Esteve na final, entregando os troféus, o presidente das Conferências Vicentinas em Porto Feliz, Alison Souto Carbonari. Pascom Porto Feliz

10 Dezembro/2011 Dia Nacional da Coleta de Alimentos arrecada mais de 115 toneladas 11 ODia Nacional da Coleta de Alimentos (5 de no vembro) arrecadou o total de 115 toneladas de mantimentos. A campanha, que aconteceu em 37 cidades de todo o país, teve um leve crescimento em relação a 2010 totalizando 115 toneladas em número de doações. Somente o estado de São Paulo, que liderou em número de arrecadações, atingiu a marca de 48 toneladas de alimentos, seguido por Minas Gerais (14,5 toneladas), Bahia (14 toneladas), Rio de Janeiro (9 toneladas), Amazonas (6 toneladas), entre outras localidades. Os números positivos são resultado do trabalho perseverante de voluntários de todo o Brasil que se dividiram em mais de 180 supermercados do país ao longo de 11 horas. O dia foi marcado pela alegria destas pessoas que contagiou doadores e funcionários das lojas, que aderiram à campanha. Em Sorocaba, nos quatro supermercados, foram arrecadados quilos, ou seja, mais de cinco toneladas e meia. A entrega dos alimentos para as entidades foi feita no dia 10 de novembro por intermédio do Banco de Alimentos de Sorocaba, que funciona na CEAGESP. Os alimentos doados já foram entregues aos Bancos de Alimentos parceiros nas cidades participantes e nos próximos dias devem ser distribuídos adequadamente entre as entidades beneficiadas. Outras informações podem ser vistas no site da campanha como quantidade de alimentos por cidades, balanço total de voluntários e fotos do evento. Colaboração de José Antonio Colombo 1º Festival de Música Litúrgica Voz, Vida e Violão O Festival aconteceu no dia 06 de novembro com a participação de 10 músicas apresentadas por grupos de Sorocaba e Região, músicas que podem ser utilizadas na Santa Missa, Salmos, Meditação, Ação de Graças e para Comunhão. O Grupo Getsêmani da Paróquia Santo Antônio- Comunidade Santa Bárbara foi o vencedor do Festival com a canção Presente neste pão, e Érica, a melhor intérprete. O segundo ficou com Cristo Todo - Missão Anunciação e em terceiro Verdadeiro Alimento de Denise Zanon da Paróquia Nossa Senhora da Piedade Éden. Todas as músicas que se apresentaram no festival foram gravadas em um CD que já está disponível pelo Quem não pôde se inscrever prepare suas músicas para o próximo ano! Mais fotos e vídeos do Festival: ww.vindeadoremos.org.br e também no Youtube.

11 12 Dezembro/2011 Artigo O dia de todo o mundo Estive pensando... Existe o dia da criança, o dia do idoso, o dia do negro, o dia do índio, o dia do soldado, o dia da sogra, o dia dos pais e o dia das mães, e o dia de um tantão de gente. Existe até o dia do vizinho! O dia do amigo, o dia do jovem, o dia do padre, o dia do funcionário público, e vai dia deste e dia daquele... Por que tantos dias para se comemorar? Penso que seja porque o ser humano precisa de um dia para parar e pensar sobre aquele que está sendo comemorado ou celebrado neste dia. Assim, seria muito bom que todos parassem no dia do índio e pensassem no quanto este povo fez para construir a nossa brasilidade, no que o europeu fez para desinstalar este povo de suas terras, e o quanto nossa civilização está fazendo por eles, e no quanto eles estão se esforçando para fazer algo pelo nosso país. Assim seria muito interessante... mas a realidade é bem outra. Na maior parte dos dias de comemorações ou celebrações, não se para muito para pensar nisso, e, se o dia é feriado então, ótimo! porque é dia de descansar e não de pensar (?!). Jesus não nasceu, de fato, no dia 25 de dezembro. Nasceu, na verdade, em data pouco determinada, que muitos estudiosos determinam em um dia lá pelos meses de abril ou maio. Nem nasceu no ano zero de nosso calendário, pois, por um erro de cálculo, o nosso calendário foi zerado cerca de 5 ou 6 anos após o nascimento de Jesus! Mas, ninguém se incomoda com isso, até porque esta festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo já está no dia 25 de dezembro há muitos e muitos anos. A partir do ano 350 de nossa era é que o Natal de Jesus passou a ser comemorado, e se estabeleceu o dia 25 de dezembro. Por quê? O dia 25 de dezembro era uma festa pagã, romana, era o Dies Natalis Invicti Solis (O Dia do Nascimento do Sol Invicto), o chamado solstício do inverno. O sol era venerado pelos pagãos porque o dia 25 de dezembro era o dia que se iniciava o inverno. Buscava-se o seu calor no frio do inverno na terra. O início do inverno passou a ser festejado como o dia do Deus Sol. Ora, o Papa Júlio I decretou, em 350, que o nascimento de Cristo deveria ser comemorado no dia 25 de dezembro, substituindo a veneração ao deus sol pagão pela adoração ao Salvador Jesus Cristo. O nascimento de Cristo passou a ser comemorado no Solstício do Inverno em substituição às festividades do Dia do Nascimento do Sol Invicto, pois Jesus é o único Sol verdadeiro, a única Luz do Mundo. E foi assim que surgiu a data de 25 de dezembro como o dia da comemoração do nascimento de Jesus. Para nós, do hemisfério sul, a data é um tanto esdrúxula neste sentido, pois corresponde ao início do verão, e não do inverno! Mas, fica valendo pelas tradições que recebemos dos povos do norte... Ao lado desta pequena explicação (que espero não ter sido tão chata) faço outra reflexão. Jesus veio ao mundo, e viveu uma vida terrena de profunda experiência e exemplo. Não fez distinção entre homens e mulheres, entre pais e filhos; estabeleceu novos limites para uma família espiritual. Tratou de doentes e de sãos, cuidou dos pecadores públicos e dos pecadores íntimos. Teve amizades e salvou pobres e ricos, sacerdotes e classes não sacerdotais. Cuidou de pequenos e grandes, adultos e crianças, judeus e estrangeiros, ladrões e honestos, mentirosos e verdadeiros. Tratou a todos com especial carinho. Sofreu perseguições dos invejosos e dos maldosos, mas tratou bem a todos eles. Nunca pregou a guerra, sempre foi pacífico e manso. Teve um círculo de amizades mais próximas, mas nunca deixou de favorecer os mais íntimos, e o povo todo que o seguia. Resumindo: Jesus veio para toda a humanidade! Nada melhor, portanto, passarmos a pensar que o dia do nascimento de Jesus, que nós celebramos e comemoramos no dia 25 de dezembro de cada ano, não seja um dia do tal do Papai Noel, mas o dia em que Jesus trouxe, para a humanidade, a certeza da presença de Deus em cada uma das vidas, e, portanto, vamos fazer do Natal, o DIA DE TODO O MUNDO! Gilson L. Delgado Paróquia de S. Carlos Borromeu da Arquidiocese de Sorocaba Arquidiocese de Sorocaba presente Encontro Nacional de Fé e Política A Arquidiocese de Sorocaba esteve presente na cidade de Embu das Artes - SP no Oitavo Encontro Nacional de Fé e Política. Com a presença de mais de 2500 pessoas, aqui da cidade de Sorocaba, estivemos em 15 representantes. Foi uma experiência ótima. O Tema central foi o Bem Viver e comemoramos a vida dos Mártires da Igreja. Eu, em nome do Grupo Fé e Política da Arquidiocese agradeço a todos que feliz participaram deste encontro. Enviado por Carlos Leite

12 Dezembro/ Simpósio Nacional debate o celibato Nos dias 21, 22 e 23 de novembro o arcebispo D. Eduardo Benes, os reitores Pe. José Antô nio e Pe. Rodolfo, juntamente com os formadores Pe. William de Almeida e Pe. Ricardo Vaz, e também Pe. Samuel Soares, estiveram na PUC-Minas em Belo Horizonte, participando do Simpósio Nacional sobre o tema do O Dom do Celibato na vida e missão da Igreja. Uma presença importante foi do cardeal William Joseph Levada, Prefeito da Congregação da Doutrina da Fé do Vaticano que orientou os trabalhos juntamente com Walmor Oliveira de Azevedo, atual Arcebispo de Belo Horizonte e Membro da Comissão para Doutrina da Fé da CNBB que avaliou positivamente o encontro. É importante que a sociedade compreenda o celibato como um dom, comentou dom Walmor. As conferências apresentadas ilustraram a pertinência eclesial do tema estudado e apontaram luzes indispensável para uma reflexão atual sobre o celibato sacerdotal aliado a uma compreensão sadia do ser humano em sua constituição física, psíquica e espiritual. Resta-nos gratidão à Arquidiocese de Sorocaba pela oportunidade de tão singular formação ante à urgência de assumir esta promessa sacerdotal como símbolo de amor a Deus e à comunidade cristã, à serviço da qual fomos ordenados, completa Pe. Rodolfo.

13 14 Dezembro/2011 Conheça o pensamento Cristão desse Grupo de Empresários AAssociação dos Dirigentes Cristãos de Em presa (ADCE) Núcleo Sorocaba realiza des de 2009 uma série de atividades em prol da integração das lideranças cristãs empresariais. Com sede na ala de eventos culturais anexo ao Mosteiro de São Bento a associação é presidida pelo engenheiro Leosmar Gonzales Martinez. Como presidente honorário Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues nomeou o Padre Wilson Roberto da Silva para ser o assessor doutrinário da ADCE. A ADCE é uma sociedade civil de caráter cultural e educativo, sem fins lucrativos, com sedes e foro na cidade onde funciona. Tem por objetivo, estudar, viver e definir nas atividades econômica e social os princípios e aplicações dos ensinamentos cristãos, através da educação e da formação do meio empresarial. Para isto, promovem estudos, pesquisas, cursos, conferências, seminários, congressos, publicações e quaisquer atividades que possam contribuir para o atendimento pleno das metas adeceanas relata o diretor de Comunicação da entidade Vanderlei Testa. Nossa missão é unir, orientar e motivar os dirigentes de empresa para a prática efetiva do pensamento social cristão, comprometendo-se com seu melhoramento pessoal, com a transformação do ambiente empresarial e com a edificação de uma sociedade mais justa, que promova a dignidade da pessoa e objetive o Bem Comum, diz o presidente e empresário Leosmar Gonzales. Como norma e conduta, a ADCE tem sua Carta de Princípios do Dirigente de Empresa e seu Decálogo do Empresário Cristão, ambos baseados nos fundamentos da Doutrina Social Cristã, e se definem como a união de dirigentes de empresas que reconhecem e estão decididos a promover os valores humanos na empresa e na sociedade ressalta Cristiano Mascarenhas de Barros, vicepresidente. Em síntese, diz o diretor Ademir Soares, afirmando que a empresa, como comunidade de pessoas e de trabalho, é núcleo indivisível constituído diretamente de investidores, dirigentes e trabalhadores, aos quais indiretamente se ligam os consumidores. Conta Ademir que é base insubstituível da vida sócio-econômica de um país. Armando Sanches Ponce, diretor financeiro da entidade destaca que a política econômica tome em conta os interesses de todos os membros da sociedade, segundo os princípios da solidariedade cristã; promovem a revalorização da formação empresarial e o restabelecimento da positiva imagem do empresário; contribuem para a formação social dos empresários e dirigentes de empresa, a fim de que estejam em posição de resolver, com pleno sentido de responsabilidade social, os problemas inerentes às funções que exercem. Nelson Cenci secretário da ADCE destaca as atividades da entidade facilitam o intercâmbio de experiências sobre realizações na empresa e querem impulsionar e ajudar os homens de empresa a atuarem individualmente e coletivamente para que a empresa se transforme, com o fim de assumir melhor sua função criativa a serviço do homem numa sociedade em mudança, pensamento compartilhado do diretor Flávio Maluf Pontes. A diretoria da ADCE SP Núcleo Sorocaba encerrará as atividades de 2011 com a celebração de Missa de Ação de Graças presidida por Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, Arcebispo Metropolitano de Sorocaba. Informações da ADCE e como participar de suas atividades podem ser obtidas através do Colaboração Vanderlei Testa

14 Dezembro/ Novembro abençoado na Paróquia Aparecida do Cajuru Este mês de novembro foi considerado abençoado na Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Cajuru. Os motivos são diversos: entre eles o inicio da reforma da Igreja da Comunidade de São Galvão para melhor atender aos visitantes e romeiros, diversas formações pastorais e litúrgicas, o aprofundamento com palestras junto ao RCC, fortalecimento das novas comunidades (Terras de Arieta e Jóquei), mas em especial por dois eventos voltados à comunidade. O primeiro deles ocorreu às 10h da manhã do dia 12, na igreja matriz: foi o Casamento Comunitário, contando com a presença de 4 casais. Uma cerimônia muito bonita com participação de vários membros das comunidades ligadas a paróquia. A cerimônia, sob a orientação da Pastoral do Cerimonial, ainda contou com música ao vivo, inclusive com violino, sob a graça do ministério de música e seu coordenador. O segundo ocorreu no mesmo dia, das 18h às 24 h: o Evangeliza Show 2011, contou com a presença ilustre de Abner Santos e diversos momentos emocionantes durante a missa, entre eles o ofertório com a participação de representantes das equipes de trabalho formando um azulejo com a face de Cristo, a homilia carregada de espiritualidade de Pe. Ricardinho e o ministério de música da RCC do Cajuru, responsável pela ani- mação inicial e músicas durante a missa. As bandas Sob a Luz, formada por jovens do Éden, e a banda de jovens do Cajuru emocionaram a todos com músicas que levaram a adoração ao santíssimo, e animando o público, abriu o show de Abner Santos, que fechou o evento juntamente com o Pe. Ricardinho num momento de adoração ao santíssimo. Saímos renovados em Cristo e esperamos o próximo ano que vem, comentou um dos jovens na saída. O evento com foco nos jovens, porém totalmente voltado à família, contou ainda com praça de alimentação e espaço Cordeirinhos com brinquedos e alimentação à vontade para crianças de 2 a 10 anos, coordenado pelo casal Kátia e Nino. A decoração, sob a tutela de Júlio Fantin teve seu ápice em uma grande luminária com três faces de Cristo, criada por um dos talentos artísticos recentemente descobertos na Paróquia, o Sr. Flávio Simões, também criador do azulejo. Um dos casais organizadores do evento, Antídio e Marli, agradecem ainda a participação de todos, e em especial aos membros das equipes de trabalho. A Paróquia Aparecida, renovada em Cristo, ainda convida a todos a realizarem uma visita as missas votivas a São Galvão, que ocorrem todos os dias 25 de cada mês com distribuição das milagrosas pílulas de São Galvão e seu Grupo de Oração toda quinta-feira a partir das 19h30. Mais informações contatar a secretaria paroquial no com Márcia de terça a sábado em horário comercial. Pascom Cajuru

15 16 Dezembro/2011 Seminaristas Claudinei e Elton recebem Ministérios Sacros Homens da Palavra e da Eucaristia... Dom Eduardo em sua homilia exaltou a grandeza dos primeiros ministérios afirmando que a partir da recepção deles, os seminaristas tornam-se Homens da Palavra e da Eucaristia, Proclamadores da Palavra e Servidores do Povo de Deus. Ao término da reflexão o Arcebispo recomendou aos dois Seminaristas para que estejam sempre atentos a manter uma espiritualidade fundamentada no amor a Eucaristia e a Palavra, para que assim possam dar testemunho cristão convincente. Ao final os novos Leitores Acólitos, Claudinei e Elton usaram da palavra para manifestar gratidão primeiramente a Deus e depois a todos os que direta ou indiretamente contribuíram para a formação e espiritualidade, que os fez chegar a este momento importante, que precede a recepção do Sacramento da Ordem no Grau de Diácono. Em uma celebração Eucarística reservada, na Ca pela do Seminário São Carlos Borromeu Aparecidinha, o Arcebispo Metropolitano de Sorocaba D. Eduardo Benes de Sales Rodrigues ministrou os Ministérios de Leitor e Acólito aos Seminaristas Claudinei Barbosa e Elton Carlos de Oliveira. A Missa foi concelebrada pelos Padres José Antonio Leite Reitor do Seminário, Rodolfo Morbiolo Reitor do Propedêutico, Manoel Cesar Junior, Carlos Ferreira Borges Meira, Dirceu Sudário de Freitas, Fábio Ferreira, Ricardo Vaz, Santo Cândido, André Sueiro, Samuel Soares e Evandro Zanardo, além das presenças dos Padres Moisés e Paulo Malzoni. Quem são eles Claudinei Barbosa, 30 anos, é filho de Valdomiro Barbosa e Júlia Moreira da Silva Barbosa. Nasceu em Itaporanga/ SP em 13 de maio de 1981 e até os 15 anos freqüentou a Paróquia São João Batista onde recebeu o Batismo e teve o incentivo em para ser vocacionado de Dom Estevam Stork. Nos anos 80 veio para Votorantim onde completou seus estudos e passou a freqüentar a Paróquia São João Batista na Comunidade Cristo Rei onde se lembra da Senhora Maria das Dores, catequista que muito marcou sua vida de Igreja. Recebeu os primeiros sacramentos da iniciação cristã e depois, contando com o apoio importante do Pe Santo Cândido na Pastoral Vocacional, e do Pe Paulo Severino Malzoni, sentiu a sua vocação amadurecer e no ano de 2005, em uma turma de sete candidatos iniciou a sua caminhada no Seminário Propedêutico. Atualmente está na paróquia São Benedito e Santa Terezinha em Cerquilho com o Pe Luiz. Escolheu como lema da sua vocação Tudo posso naquele que me fortalece. Elton Carlos de Oliveira é nascido em Capão Bonito aos 9 de maio de 1984, filho caçula de dez irmãos do casal Pedro Machado de Oliveira e Nair Luiza de Oliveira. Em 1988 veio para Sorocaba onde a Família foi morar no bairro Nova Esperança onde Elton passou a fazer parte da comunidade Nossa Senhora Aparecida que pertence a Paróquia São Luiz Gonzaga, onde recebeu os Sacramentos da Iniciação Cristã e sentiu despertar sua vocação. Trabalhou na Paróquia São Luiz, e atualmente está na Paróquia Nossa Senhora Consolata com o Pe Carlos Ferreira Borges Meira e o seu lema vocacional é Eis-me aqui Senhor, envia-me. O Pe. Santo Cândido foi um dos grandes incentivadores da sua vocação.