Questionário-base Versão final

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questionário-base Versão final"

Transcrição

1 Questionário-base Versão final

2 2 A presentamos a versão final do questionário do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) deste ano. Este documento é fruto do trabalho de revisão feito pela equipe de coordenadores com a contribuição de especialistas, representantes de empresas e da sociedade civil. As alterações apresentadas no questionário têm por objetivo atualizá-lo com relação a temas de vanguarda, bem como melhorar a clareza das perguntas, dos protocolos e o glossáriodo Glossário e ampliar a descrição de documentos comprobatórios a serem apresentados no processo de verificação. A revisão doo questionário atual é baseadaresultado do Ciclo Longo de revisão aprofundado que será realizado a cada três anos, e que considerou um grande volume de contribuições de empresas e outros stakeholders colhidas em um amplo processo de consulta, realizado pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) em 2014 e Mais especificamente em 2015, este trabalho se baseou nas contribuições recebidas durante as fases de Consulta Pública OnlineOn-line, Workshops de Revisão, Audiência Pública Presencial e demais canais de comunicação com as diversas partes interessadas no processo do ISE. Entre os principais destaques do novo questionário estão uma maior ênfase ao posicionamento estratégico das empresas em relação à sustentabilidade e à geração de valor compartilhado, com a criação de um novo critério na Dimensão Geral; uma mudança de indicadores de outras dimensões para a Dimensão Geral, que passa a ser preenchida inclusive pelas empresas controladas; organização de temas transversais (educação, engajamento de stakeholders, governança, saúde e segurança, cadeia de valor); adequação dos questionários Social e Amb-IF a diferentes perfis de empresas, por meio da incorporação de trilhas de perguntas ; e a ênfase a questões de governança de empresa públicas / economia mista e integridade na gestão. A cada ano o ISE se consolida como uma ferramenta objetiva para comparar o desempenho de empresas listadas na BM&FBOVESPA que se destacam pelo seu alinhamento estratégico com a sustentabilidade e adoção de práticas que contribuem para o desenvolvimento sustentável. A metodologia aplicada ao ISE permite avaliar comparativamente o desempenho das empresas sob os diferentes aspectos, baseando-se na eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa. Além de importante métrica, o questionário e o processo de seleção temtêm contribuído com o aprimoramento da gestão da sustentabilidade nas empresas participantes. Mais uma vez, afirmamos o nosso compromisso em estimular o estabelecimento de um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade contemporânea.

3 3 Agradecemos a todos que participaram do aprimoramento deste processo, e convidamos sociedade a dar sua contribuição. toda a Conselho Deliberativo do ISE CISE Centro de Estudos em Sustentabilidade GVces

4 4 CONSELHO DELIBERATIVO DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (CISE) ORGANIZAÇÃO MEMBRO EFETIVO MEMBRO SUPLENTE ABRAPP Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar Aderilton Paulo de Sousa RodriguesGuilherme Velloso Leão Guilherme Velloso LeãoWilson Gonçalves Delfino ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais José Carlos Halpern Doherty APIMEC Associação dos Analistas e Profissionais de Investimentos do Mercado de Capitais Osvaldo Alves Soares BM&FBOVESPA Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo Sonia Consiglio Favaretto Rogério Marques ETHOS Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Jorge Abrahão Antonio Henrique Lian Caio Luiz Carneiro Magri GIFE Grupo de Institutos, Fundações e Empresas André Raichelis Degenszajn IBGC Instituto Brasileiro de Governança Corporativa Roberto Silva Waack IBRACON Instituto dos Auditores Independentes do Brasil Em fasecarlos Alberto de susbstituiçãosousa IFC International Finance Corporation Paulo Browne de BelloBolle Ariane Di Iorio

5 5 MMA Ministério do Meio Ambiente Ariel Cecílio ParesRaquel Breda Rivaldo Pinheiro Neto PNUMA Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente Denise Hamú INSTITUIÇÃO RESPONSÁVEL PELA PESQUISA E METODOLOGIA O Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) é uma iniciativa da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) dedicado a disseminar o conceito de desenvolvimento sustentável em suas várias dimensões. A Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGVSP- EAESP) é pioneira na área de educação em administração empresarial no Brasil e uma liderança nesta área. COORDENAÇÃO GERAL Mario Monzoni Coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) COORDENAÇÃO EXECUTIVA Aron Belinky Coordenador do Programa de Finanças SustentáveisDesempenho e Transparência (GVces) EQUIPE GVces Programa Desempenho e Transparência Renato Moya Gestor de Projetos Fernanda Macedo, Gisela Chulman, Helton Barbosa, Iago Oliveira - Pesquisadores COORDENADORES e ESPECIALISTASDE DIMENSÃO Alcir Vilela Junior, Annelise Vendramini, Antonieta Elisabete Magalhães Oliveira, Aron Belinky, Guarany Osório, Luiz Fernando da Costa Dalla Martha, Sonia Loureiro EQUIPE GVces Programa Sustentabilidade Empresarial Fernanda Macedo, Helton Barbosa, Iago Oliveira BM&FBOVESPA Luiza Nunes Ferreira Junqueira, Rogério MarquesRebeca Franco de Abreu

Workshops de Revisão Março 2015

Workshops de Revisão Março 2015 Workshops de Revisão Março 2015 Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) GVces Criado em 2003, o GVces é uma iniciativa da

Leia mais

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) GVces Criado em 2003, o GVces é uma

Leia mais

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) GVces Criado em 2003, o GVces é uma

Leia mais

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky

Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Workshops de Revisão Abril 2014 Aron Belinky Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) Centro de Estudos em Sustentabilidade

Leia mais

METODOLOGIA DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE)

METODOLOGIA DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) METODOLOGIA DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) Abril/2015 [data] METODOLOGIA DO ÍNDICE DE O ISE é o resultado de uma carteira teórica de ativos, elaborada de acordo com os critérios estabelecidos

Leia mais

Workshops de Revisão Março 2015

Workshops de Revisão Março 2015 Workshops de Revisão Março 2015 Workshops de revisão do questionário Agenda 14h-15h Abertura / Rodada de apresentações / Introd. do Coord. (1h) 15h- 16h Debate em grupos (1h) 16h- 16h15 Intervalo (15')

Leia mais

Março 2016. Iniciativa: Realização:

Março 2016. Iniciativa: Realização: 10 Março 2016 Iniciativa: Realização: EXPEDIENTE SUMÁRIO Conselho Deliberativo do ISE (CISE) Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA): Sonia Consiglio Favaretto (presidente) Associação

Leia mais

ISE 2008 Índice de Sustentabilidade Empresarial. Reunião Empresas. Bovespa Abril de 2008

ISE 2008 Índice de Sustentabilidade Empresarial. Reunião Empresas. Bovespa Abril de 2008 ISE 2008 Índice de Sustentabilidade Empresarial Reunião Empresas Bovespa Abril de 2008 Agenda O que é o ISE? Quais seus objetivos? Como funciona? Aspectos gerais e Governança Estrutura do Questionário

Leia mais

Índice de Sustentabilidade Empresarial - ISE Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno Público 1

Índice de Sustentabilidade Empresarial - ISE Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno Público 1 Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno Público 1 Sustentabilidade em Bolsas de Valores Estímulo à transparência e ao desempenho socioambiental das empresas listadas Critérios mínimos de listagem.

Leia mais

Guia EXAMEde Sustentabilidade. Processo2014

Guia EXAMEde Sustentabilidade. Processo2014 Guia EXAMEde Sustentabilidade Processo2014 Agenda O Guia O GVces Processo 2014 Novidades Cronograma Dúvidas O Guia O Guia Omais abrangente levantamento das empresas com melhores práticas em sustentabilidade

Leia mais

ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE)

ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) Iniciativa pioneira na América Latina, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) busca criar um ambiente de investimento compatível com as demandas de

Leia mais

EDITAL CHAMADA DE CASOS

EDITAL CHAMADA DE CASOS EDITAL CHAMADA DE CASOS INICIATIVAS INOVADORAS EM MONITORAMENTO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL E AVALIAÇÃO DE IMPACTO O Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) e as empresas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional 07/10/2015 2 Instituído em 2005, o CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado completa 10 anos. Congrega 12 entidades e tem a CVM - Comissão de Valores

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1 O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A CONTABILIDADE AMBIENTAL: Uma Análise dos Indicadores Financeiros de Empresas participantes do Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&F BOVESPA. Rubiana Bezerra

Leia mais

Evento de Lançamento do Processo ISE 2015

Evento de Lançamento do Processo ISE 2015 Evento de Lançamento do Processo ISE 2015 25 de fevereiro de 2015 Carteira ISE 2015 R$ 1.224.784.660.586,93-49,87% do valor total de mercado (base 24/11/2014) Carteira ISE 2015 R$ 1.224.784.660.586,93-49,87%

Leia mais

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE)

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) Já há alguns anos iniciou-se uma tendência mundial dos investidores procurarem empresas socialmente responsáveis, sustentáveis e rentáveis para aplicar seus

Leia mais

ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) DA BOVESPA

ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) DA BOVESPA ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) DA BOVESPA IV CONFERÊNCIA INTER-AMERICANA DE RSE Um bom negócio para todos PAINEL: Avaliação e Comunicação da Responsabilidade Social Corporativa: o desafio

Leia mais

Workshops de Revisão Questionário ISE Março de 2016

Workshops de Revisão Questionário ISE Março de 2016 Workshops de Revisão Questionário ISE Março de 2016 Workshops de revisão do questionário 9h-9h30 Workshops manhã Abertura / Rodada de apresentações / Introd. do Coord. (30') 9h30-10h15 Debate em grupos

Leia mais

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro de 2012.

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro de 2012. CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRAPP ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD ANEFAC APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 14, de 04 de setembro

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP)

GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP) GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP) Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) A criação do GVces em 2003 na FGV-EAESP foi uma

Leia mais

9) Política de Investimentos

9) Política de Investimentos 9) Política de Investimentos Política e Diretrizes de Investimentos 2010 Plano de Benefícios 1 Segmentos Macroalocação 2010 Renda Variável 60,2% 64,4% 28,7% 34,0% Imóveis 2,4% 3,0% Operações com Participantes

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Responsabilidade Socioambiental, Negócios e Sustentabilidade

Responsabilidade Socioambiental, Negócios e Sustentabilidade Responsabilidade Socioambiental, Negócios e Sustentabilidade SUSTENTABILIDADE Fonte figura: Projeto Sigma Paula Chies Schommer CIAGS/UFBA Novembro 2007 O que define uma empresa como sustentável? 2 Objetivos

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade OQUEABOLSATEMA A VER COM SUSTENTABILIDADE? Aplicar na Bolsa, visando à formação de patrimônio ou reservas para a utilização futura, envolve normalmente um horizonte de longo prazo. Selecionar empresas

Leia mais

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável hapiterra.com Curso de Formação em Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável Como aplicar o pensamento sistêmico na estratégia empresarial? Crescimento e sustentabilidade são compatíveis? Como

Leia mais

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI)

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº xx, de XX de XXXXXXX de 2011.

Leia mais

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br Processo 2013 05 de março de 2013 www.isebvmf.com.br Conselho Deliberativo do ISE (CISE) Órgão máximo de governança do índice Tem como missão garantir um processo transparente de construção do índice e

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

A Bolsa e a sustentabilidade

A Bolsa e a sustentabilidade A Bolsa e a sustentabilidade Izalco Sardenberg Diretor Instituto BM&FBOVESPA Outubro/2009 BM&FBOVESPA Quem somos Maior bolsa da América Latina. Uma das 5 maiores do mundo em valor de mercado (US$ 15 bilhões).

Leia mais

I Encontro Mackenzie de Controladoria

I Encontro Mackenzie de Controladoria I Encontro Mackenzie de Controladoria Aprimorando a Comunicação entre a Academia e as Empresas Haroldo R. Levy Neto Coordenador do CODIM Vice-coordenador de Relações Institucionais do CPC 18/agosto/2010

Leia mais

PACOTE COMEMORATIVO DE 10 ANOS DO ISE COLOQUE SUA MARCA NESSE MOMENTO HISTÓRICO!

PACOTE COMEMORATIVO DE 10 ANOS DO ISE COLOQUE SUA MARCA NESSE MOMENTO HISTÓRICO! PACOTE COMEMORATIVO DE 10 ANOS DO ISE COLOQUE SUA MARCA NESSE MOMENTO HISTÓRICO! Agosto de 2014 INICIATIVA REALIZAÇÃO SOBRE O PACOTE COMEMORATIVO DE 10 ANOS DO ISE Em novembro de 2014, sera anunciada a

Leia mais

Responsabilidade Social Corporativa

Responsabilidade Social Corporativa Responsabilidade Social Corporativa João Paulo Vergueiro jpverg@hotmail.com Stakeholders GOVERNOS ORGANISMOS INTERNACIONAIS FORNECEDORES CONCORRENTES INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO ACIONISTAS PROPRIETÁRIOS EMPRESA

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

ISE Índice de Sustentabilidade Empresarial

ISE Índice de Sustentabilidade Empresarial Índice de Sustentabilidade Empresarial Página 1 de 14 Índice Introdução...3 Critérios de Seleção...4 Metodologia do...5 A. Apresentação...5 B. Ações Elegíveis para o Índice...5 C. Critérios de Inclusão

Leia mais

Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas

Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas Sustentabilidade: mapeamento, engajamento e envolvimento de partes interessadas Campinas, 24 de junho de 2015 Fernando Penedo Fundador e Sócio Diretor da Baobá Práticas Sustentáveis. Possui 14 anos de

Leia mais

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias Sustentabilidade no Grupo Boticário Atuação com a Rede de Franquias Mais de 6.000 colaboradores. Sede (Fábrica e Escritórios) em São José dos Pinhais (PR) Escritórios em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Leia mais

Governança como porta de entrada para fatores ESG

Governança como porta de entrada para fatores ESG Governança como porta de entrada para fatores ESG Carlos Eduardo Lessa Brandão celb@iname.com São Paulo, 29 de abril de 2014 Conteúdo Governança, estratégia e sustentabilidade ESG e valor ESG: desafios

Leia mais

CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado. Haroldo R. Levy Neto Coordenador 30/07/2015

CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado. Haroldo R. Levy Neto Coordenador 30/07/2015 CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado Haroldo R. Levy Neto Coordenador 30/07/2015 O CODIM Instituído em 2005, o CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações

Leia mais

O valor de ser sustentável

O valor de ser sustentável Visão Sustentável O valor de ser sustentável Os investimentos socialmente responsáveis vêm ganhando espaço mundialmente. No Brasil, há fundos de ações com foco em sustentabilidade, além do ISE Criselli

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Apresentação do projeto CiViA Ciclo de Vida Aplicado

Apresentação do projeto CiViA Ciclo de Vida Aplicado Apresentação do projeto CiViA Ciclo de Vida Aplicado Agenda Sobre o GVces CiViA Contexto: ACV e o GVces Objetivos Atividades Cronograma Formas de adesão ciclo 2015 Evento de lançamento CiViA Centro de

Leia mais

GUIA DE INOVAÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE EM MPE

GUIA DE INOVAÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE EM MPE GUIA DE INOVAÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE EM MPE INICIATIVA GVCES E PÁGINA22 KICK OFF 24 MARÇO 2015 GVces - Centro de Estudos em Sustentabilidade da EAESP/FGV Criado em 2003, o GVces é uma iniciativa da Escola

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

ÉTICA EMPRESARIAL e RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA: CONCEITUAÇÃO, ANÁLISES E APLICAÇÕES.

ÉTICA EMPRESARIAL e RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA: CONCEITUAÇÃO, ANÁLISES E APLICAÇÕES. ÉTICA EMPRESARIAL e RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA: CONCEITUAÇÃO, ANÁLISES E APLICAÇÕES. 1ª etapa: Aprofundamento teórico: é a fase da revisão de literatura. Nela os pesquisadores (alunos e docentes)

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Principais estudos e a perspectiva dos investidores. Roberta Simonetti GVces

Principais estudos e a perspectiva dos investidores. Roberta Simonetti GVces O VALOR DO ISE Principais estudos e a perspectiva dos investidores Roberta Simonetti GVces Conteúdo Principais tendências: investidores e executivos Risco vs. Retorno Ganhos de valor Valores tangíveis

Leia mais

Desafios e Perspectivas no Ambiente Interno como Agente de Indução e Mobilização 14/09/2010

Desafios e Perspectivas no Ambiente Interno como Agente de Indução e Mobilização 14/09/2010 Desafios e Perspectivas no Ambiente Interno como Agente de Indução e Mobilização 14/09/2010 31 de março de 2010 Uma das maiores bolsas do mundo É a terceira maior bolsa do mundo, com valor de mercado de

Leia mais

Engajamento para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil

Engajamento para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil Engajamento para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil Membros EXPEDIENTE Coordenação do GVces Mario Monzoni e Rachel Biderman Realização Fórum Latino-Americano de Finanças Sustentáveis LASFF Centro

Leia mais

PROGRAMA DE INOVAÇÃO NA CRIAÇÃO DE VALOR (ICV)

PROGRAMA DE INOVAÇÃO NA CRIAÇÃO DE VALOR (ICV) PROGRAMA DE INOVAÇÃO NA CRIAÇÃO DE VALOR (ICV) Termo de Referência para contratação de Gestor de Projetos Pleno 14 de Agosto de 2015 TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE GESTOR DE PROJETOS PLENO O presente

Leia mais

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal Discurso 04/12/2003 Dr. Alfredo Setubal Presidente do Conselho de Administração do IBRI - Instituto Brasileiro de Relações com Investidores Boa Noite! Esta cerimônia de final de ano é a minha última à

Leia mais

Introdução. Objetivos do Curso

Introdução. Objetivos do Curso Introdução A nova dinâmica dos negócios, principalmente relacionada ao meio industrial, impele uma realidade de novos desafios para a indústria nacional. O posicionamento do Brasil como liderança global

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

Governança Corporativa:

Governança Corporativa: Abril 15 Governança Corporativa: Qual papel? Onde estamos... Nossa estrutura de Governança: NÍVEL DE GOVERNANÇA Assembléias de Associados 10 representantes dos associados efetivos + todos os associados

Leia mais

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE S E EVENTOS 2015 AGENDA DE S E EVENTOS 2015 CATEGORIAS DE S Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de

Leia mais

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing 1 Ascensão Acadêmica Pós-Graduação alavanca sucesso na carreira profissional Pesquisa coordenada pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2010, indica que as pessoas que não

Leia mais

PRE- 006/10 São Paulo, 23 de março de 2010 COMPANHIAS ABERTAS E DEMAIS EMPRESAS/ORGANIZAÇÕES INTERESSADAS

PRE- 006/10 São Paulo, 23 de março de 2010 COMPANHIAS ABERTAS E DEMAIS EMPRESAS/ORGANIZAÇÕES INTERESSADAS PRE- 006/10 São Paulo, 23 de março de 2010 Às COMPANHIAS ABERTAS E DEMAIS EMPRESAS/ORGANIZAÇÕES INTERESSADAS ASSUNTO: 12º PRÊMIO ABRASCA RELATÓRIO ANUAL (EDIÇÃO 2010) Estão abertas as inscrições para o

Leia mais

Plano de Ação 2011-2012. Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011

Plano de Ação 2011-2012. Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011 Plano de Ação 2011-2012 Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011 Sumário Introdução Resultados 2010 Estrutura Organizacional Plano de Ação 2011 Assuntos Gerais IPTU da Sede Contribuição Nacional Assessoria

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DESAFIOS E TENDÊNCIAS NO BRASIL

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DESAFIOS E TENDÊNCIAS NO BRASIL GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DESAFIOS E TENDÊNCIAS NO BRASIL Centro de Tecnologia da Informação Aplicada -GVcia Programa de Excelência em Negócios na Era Digital FGV/EAESP www.fgvsp.br/cia/ned

Leia mais

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Babson: Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA atua na

Leia mais

A CVM. Proteção e educação do investidor.

A CVM. Proteção e educação do investidor. A CVM. Proteção e educação do investidor. *Projeção Fonte: Fundação Getúlio Vargas - FGV Distribuição de Renda no Brasil Orientação e Educação Canal 1998-2014 (Jul) 2009 2013 Presencial 61.041 1.744 970

Leia mais

Governança Corporativa que Cria Valor: um Processo em Subtítulo Evolução ou Módulo de Treinamento Abril de 2014

Governança Corporativa que Cria Valor: um Processo em Subtítulo Evolução ou Módulo de Treinamento Abril de 2014 Governança Corporativa que Cria Valor: um Processo em Subtítulo Evolução ou Módulo de Treinamento Abril de 2014 Objetivos da Governança Corporativa A GC é o sistema pelo qual as empresas são dirigidas

Leia mais

Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil. Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC

Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil. Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC QUEM SOMOS? INSTITUTO GESC - IGESC Fundação da AMBA, pelos alunos do primeiro curso de MBA. Serviços

Leia mais

Sustentabilidade Corporativa. Carlos Eduardo Lessa Brandão São Paulo, 8 de outubro de 2013 Carlos Eduardo Lessa Brandão SP, 8 de outubro de

Sustentabilidade Corporativa. Carlos Eduardo Lessa Brandão São Paulo, 8 de outubro de 2013 Carlos Eduardo Lessa Brandão SP, 8 de outubro de Sustentabilidade Corporativa Carlos Eduardo Lessa Brandão São Paulo, 8 de outubro de 2013 Conteúdo 1. As várias cores da sustentabilidade 2. Dissociar uma estratégia corporativa de uma estratégia sustentável

Leia mais

TREINAMENTO PRODUTOS DE CAPTAÇÃO. ÊNFASE EM PREVIDÊNCIA PRIVADA

TREINAMENTO PRODUTOS DE CAPTAÇÃO. ÊNFASE EM PREVIDÊNCIA PRIVADA TREINAMENTO MERCADO FINANCEIRO E. ÊNFASE EM PREVIDÊNCIA PRIVADA MERCADO FINANCEIRO E Apresentação do curso: O objetivo do curso é trabalhar minuciosamente as técnicas consagradas e mais utilizadas por

Leia mais

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014 Compliance e a Valorização da Ética Brasília, outubro de 2014 Agenda 1 O Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética Compliance, Sustentabilidade e Governança 2 Corporativa 2 Agenda 1 O Sistema de Gestão

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Na teoria e na vida, FDC

Na teoria e na vida, FDC C T E C E N T R O D E T E C N O L O G I A E M P R E S A R I A L C T E C o o p e r a ç ã o e n t r e e m p r e s a s d e g r a n d e p o r t e Na teoria e na vida, FDC AF - 05-006 - CTE02 R.indd 2 7/10/07

Leia mais

Responsabilidade socioambiental: caminhos para uma política empresarial

Responsabilidade socioambiental: caminhos para uma política empresarial Responsabilidade socioambiental: caminhos para uma política empresarial Referência mundial em sustentabilidade, com Bolsa de Johanesburgo, pelo Relatório Bolsas de Valores Sustentáveis Relatório de Progresso,

Leia mais

Ano XI - nº 169- Edição de 29 de setembro de 2010

Ano XI - nº 169- Edição de 29 de setembro de 2010 Ano XI - nº 169- Edição de 29 de setembro de 2010 IBRI tem alteração na Superintendência Após mais de seis anos no IBRI, o Sr. Salim Ali se desligou do cargo de Superintendente rumo a novos desafios em

Leia mais

O MBA CONTROLLER foi lançado em 1994 e é o mais tradicional MBA do mercado brasileiro

O MBA CONTROLLER foi lançado em 1994 e é o mais tradicional MBA do mercado brasileiro MBA Controller Ao cursar o MBA CONTROLLER FIPECAFI/ANEFAC, o aluno convive com pessoas de diferentes perfis entre os mais diversos segmentos de mercado e com a experiência profissional exigida para que

Leia mais

Congresso Pernambucano de Municípios

Congresso Pernambucano de Municípios Congresso Pernambucano de Municípios O desenvolvimento dos municípios sustenta o crescimento do Brasil. José Coimbra Patriota Filho Presidente da Amupe RPPS: Sustentabilidade e Compensação Previdenciária

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE

GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM SUSTENTABILIDADE Comissão Técnica Nacional de Sustentabilidade novembro/2014 Sumário Desenvolver e aplicar análises ESG - ambiental,

Leia mais

TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas

TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas NORMA INTERNA TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas NÚMERO VERSÃO DATA DA PUBLICAÇÃO SINOPSE Dispõe sobre

Leia mais

SGSI um desafio. SGSI um desafio ARTIGO. Artigo Sistema de gestão, Segurança da informação, Slides, Desafios. Artigo 1

SGSI um desafio. SGSI um desafio ARTIGO. Artigo Sistema de gestão, Segurança da informação, Slides, Desafios. Artigo 1 ARTIGO SGSI um desafio Artigo Sistema de gestão, Segurança da informação, Slides, Desafios Artigo 1 SGSI UM DESAFIO Grandes mudanças e grandes atividades devem ser motivadas por alguns elementos que podem

Leia mais

ENTIDADES AUTO-REGULADORAS DO MERCADO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO

ENTIDADES AUTO-REGULADORAS DO MERCADO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO BM&FBOVESPA A BM&FBOVESPA é muito mais do que um espaço de negociação: lista empresas e fundos; realiza negociação de ações, títulos, contratos derivativos; divulga cotações; produz índices de mercado;

Leia mais

ISE 2010 Revisão do Questionário Workshop com as Empresas. Dimensão Ambiental Alcir Vilela Jr. Abril de 2010 GVces Fundação Getulio Vargas

ISE 2010 Revisão do Questionário Workshop com as Empresas. Dimensão Ambiental Alcir Vilela Jr. Abril de 2010 GVces Fundação Getulio Vargas ISE 2010 Revisão do Questionário Workshop com as Empresas Dimensão Ambiental Alcir Vilela Jr Abril de 2010 GVces Fundação Getulio Vargas Agenda Cronograma Processo de Revisão Focos da revisão 2010 Cronograma

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) procura

Leia mais

História do Ibracon 1957: ICPB

História do Ibracon 1957: ICPB História do Ibracon ORIGEM: 1957: ICPB - Instituto dos Contadores Públicos do Brasil 1968: Criação do Instituto Brasileiro de Auditores Independentes (IBAI) DENOMINAÇÃO: 1971: Fundação do Instituto dos

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR - GESTÃO DE PESSOAS ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Liderança, Equipe e Motivação Gestão de Pessoas e o Marketing de Serviços Planejamento Estratégico Aplicado à Gestão de Pessoas

Leia mais

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade OQUEABOLSATEMA A VER COM SUSTENTABILIDADE? Aplicar na Bolsa, visando à formação de patrimônio ou reservas para a utilização futura, envolve normalmente um horizonte de longo prazo. Selecionar empresas

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA

GOVERNANÇA CORPORATIVA GOVERNANÇA CORPORATIVA O que é governança corporativa? Qual o motivo do crescente interesse pela governança corporativa? A quem interessa a governança corporativa? Trata-se de apenas mais um modismo? Francisco

Leia mais

Especialização em Investment Banking

Especialização em Investment Banking Especialização em Investment Banking Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação

Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação da Cultura de Companhia Aberta 2 0 0 6 Governança Corporativa nas Diversas Instâncias da Companhia 28 e 29 de agosto BOVESPA São Paulo, SP coordenação

Leia mais

1. COMISSÃO EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS

1. COMISSÃO EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS Governança Corporativa se faz com Estruturas O Itaú se orgulha de ser um banco essencialmente colegiado. A Diretoria atua de forma integrada e as decisões são tomadas em conjunto, buscando sempre o consenso

Leia mais

Plano de Ação 2013-2014. Preparado para: Reunião do Conselho Diretor 21/Fev/2013

Plano de Ação 2013-2014. Preparado para: Reunião do Conselho Diretor 21/Fev/2013 Plano de Ação 2013-2014 Preparado para: Reunião do Conselho Diretor 21/Fev/2013 Agenda da Reunião Introdução Resultados 2012 Estrutura Organizacional Plano de Ação 2013 Assuntos Gerais IPTU da Sede Contribuição

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Ingresso agosto de 2016 Informações: (51) 3218-1355 ernani.neto@espm.br O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de práticas contemporâneas

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

MBA Conhecimento, Tecnologia e Inovação

MBA Conhecimento, Tecnologia e Inovação MBA Conhecimento, Tecnologia e Inovação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h45 às 22h45. Semana Intensiva 09h00 às 18h00 Mód.Internacional Carga horária: 600 Horas Coordenador:

Leia mais

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab.

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab. Obs: As disciplinas citadas abaixo estão alinhadas para o modulo denominado MODULO FINANCEIRO que será ofertado no dia 13/09/14 - PROF. MARCIO CARVALHO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações

Leia mais

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA 2012.1 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de ser um centro voltado

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA DO BRASIL. Murilo Portugal Presidente do Conselho Administrativo da AEF-Brasil

ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA DO BRASIL. Murilo Portugal Presidente do Conselho Administrativo da AEF-Brasil ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA DO BRASIL Murilo Portugal Presidente do Conselho Administrativo da AEF-Brasil ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA DO BRASIL AAEF Brasil é uma organização sem fins lucrativos

Leia mais