DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva"

Transcrição

1 DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva Workshop PME Digital Ordem dos Economistas 14 de Janeiro de 2014

2 ACEPI: Quem Somos Fundada em 1999, a ACEPI é uma organização não- lucranva com o objecnvo de promover o meio digital junto das empresas, dos consumidores e do Estado. A ACEPI é consntuída pelas empresas que lideram a revolução da Economia Digital em Portugal, nomeadamente lojas online, sites financeiros, portais, sites de media, empresas de telecomunicações, serviços de comércio electrónico e de markenng digital. Presença na web em e no Facebook, Linkedin e TwiZer Página 2

3 ACEPI: 5 Pilares de Actuação PROMOVER EDUCAR MEDIR ORIENTAR REPRESENTAR ESTIMULAR CRESCIMENTO REDUZIR BARREIRAS Página 3

4 ACEPI: Áreas de Actuação Página 4

5 ACEPI: Representação e Parcerias Internacionais European Multi- Stakeholder Forum on e- Invoicing Página 5

6 ACEPI: Representação e Parcerias Nacionais Página 6

7 ACEPI: Boas- PráNcas A ACEPI gere o programa português de Acreditação de Sites Confiança Online Referências importantes na Banca, Alimentação, Vestuário, BilhéNca, Farmácias, emarketplaces, etc. Parceiros português do Selo Europeu Página 7

8 ACEPI: IniciaNvas- Chave Prémios Navegantes XXI +130 candidaturas 15 categorias de Comércio Electrónico e MarkeNng Digital (incluindo media, redes sociais e mobile) Reconhecimento do mérito das empresas Reconhecimento de Personalidades Página 8

9 ACEPI: IniciaGvas- Chave Portugal Internet Week 21 a 25 de Outubro: E- Show Lisboa e 24 Outubro Dia Compras NET de Outubro 2ª Edição do Guia Como começar o seu negócio online Estudo A Economia Digital em Portugal Edição 2013 Página 9

10 ACEPI: IniciaNvas- Chave e- Show Lisboa Integra o eworld que também decorre em Barcelona, São Paulo, Madrid e Lisboa. 23 e 24 de Outubro de no Centro de Congressos de Lisboa, Pavilhão do Rio +70 Seminários/Workshops +100 oradores +40 Expositores visitantes profissionais 2 Auditórios Salas de Workshops / Master Class Startup Area PME Digital Area Página 10

11 ACEPI: IniciaNvas- Chave Programa PME Digital IniciaNva do Ministério da Economia e do Emprego promovida pelo IAPMEI e pela ACEPI novas empresas na Economia Digital em 3 Anos As mais recentes Soluções Tecnológicas em condições acessíveis a todas as empresas Roadshow Nacional em todos os distritos do Pais Manual Comece o seu Negócio Digital Número verde Página 11

12 ACEPI: IniciaNvas- Chave Fórum Nacional da Factura Electrónica IniciaNva da ACEPI e do Ministério das Finanças pela ACEPI Promover a adopção da efactura em Portugal no Estado, nas Empresas e no Consumidores Integra Stakeholders Nacionais como o Estado e as Empresas Privadas (serviços, tecnologias, banca, etc.) ArNculação com o European MulN- Stakeholders Forum on E- Invocing Página 12

13 ACEPI: IniciaNvas- Chave CONFERÊCIA ECONOMIA DIGITAL E DIREITO IniciaNva da ACEPI em co- organização com a Ordem dos Advogados (Conselho Distrital de Lisboa). Ao longo de dois dias especialistas e oradores nacionais e internacionais irão debater as tendências mais relevantes e os desafios com que se encontra o Direito na Economia Digital. Do comércio electrónico à publicidade digital. Do mobile às redes sociais, passando pela privacidade e a propriedade intelectual, todos os temas da Economia Digital vão ser debandos numa conferência que passará a marcar a agenda anual do sector. Página 13

14 ECONOMIA DIGITAL NO MUNDO (2012) 2.5 mil milhões de internautas no mundo 300 mil milhões de euros Europa maior mercado de compras online 2.6x empregos criados na economia digital por cada perdido 75% da economia digital na EU resulta da actividade de industrias tradicionais 2 mil milhões de dispositivos móveis (PCs, Tablets e Telefones) vendidos em todo o mundo 850 mil milhões de euros de compras online no mundo +20% crescimento PIB da Alemanha, Suécia e Reino Unido resulta da Economia Digital 2x mais em exportações e crescimento é quanto crescem as empresas que usasm a internet intesivamente 350 Biliões e- invoices no mundo inteiro. 200B em B2C e 150B em B2B/G2B Página 14

15 ESTUDO IDC/ACEPI Economia Digital em Portugal

16 ObjecNvos Estudo IDC/ACEPI Ø Enquadrar os principais indicadores relanvos ao desenvolvimento da Economia Digital em Portugal desde 2009 até hoje. Ø EsNmar o volume do Negócio Electrónico em Portugal seus principais segmentos e prever a sua evolução até Página 16

17 Equipamentos de Acesso à Internet 6,000,000 5,000,000 Unidades vendidas 4,000,000 3,000,000 2,000,000 Smartphones Tablets Portáteis Desktop 1,000, Fonte: IDC, 2013 Em 2012 mais de 60% dos equipamentos vendidos foram Smartphones. Página 17

18 ATM por Habitante 1,800 1,600 1,400 1,200 1, ,627 1,665 1,641 1, Nº ATM por Milhão de Habitantes - Portugal Nº ATM por Milhão de Habitantes - Europa Portugal tem a maior taxa de penetração de ATM per capita do Mundo. Fonte: Banco de Portugal e Banco Central Europeu, 2013 Página 18

19 Pagamentos de Serviços em ATM ,012 9,463 9,694 Milhões de Euros , Fonte: Banco de Portugal, 2013 Em 2012, quase 10 mil milhões de euros de serviços pagos em ATMs. Página 19

20 Domínios Registos e AcNvos 1,600,000 1,400,000 1,391,071 1,200,000 1,155,372 1,042,181 1,000, , , , , , , , , , Nº Dominios Registados Nº Dominios Ativos Fonte: FCCN, 2012 Em 2012, mais de 1 milhão de domínios acnvos. Página 20

21 UNlizadores de Internet - Portugal 9,000,000 8,000,000 7,000,000 6,000,000 5,000,000 5,103,818 5,635,260 6,089,289 6,669,916 7,117,142 7,493,350 7,857,167 8,170,005 8,437,342 4,000,000 3,000,000 2,000,000 1,000, Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Crescimento de mais de 30% entre 2009 e Mais 26% até 2017 Página 21

22 UNlizadores de Internet 100% % da população 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 78% 79% 81% 82% 83% 84% 72% 68% 64% 58% 53% 48% 38% 33% 35% 27% 30% 25% 85% 86% 75% 78% 40% 43% 87% 80% 45% 10% 0% Portugal Todo o Mundo Estados Unidos Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Penetração da Internet portuguesa próxima dos EUA em 2017 Página 22

23 Compradores Online (B2C) 4,000,000 3,500,000 3,000,000 2,725,519 2,975,408 3,193,874 3,365,988 3,530,030 2,500,000 2,227,609 2,482,341 2,000,000 1,712,025 1,977,099 1,500,000 1,000, , Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Crescimento de 45% entre 2009 e Mais 42% até 2017 Página 23

24 Compradores Online (B2C) 80% % da população 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% 69% 68% 66% 64% 61% 59% 56% 52% 49% 35% 33% 31% 28% 26% 25% 24% 21% 22% 19% 16% 19% 17% 10% 12% 13% 15% 9% Portugal Todo o Mundo Estados Unidos Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Em 2012, um quarto da população portuguesa comprou online Página 24

25 Gasto Médio Online (B2C) 1,200 1, ,009 1,046 1, Euros Gasto médio português ainda longe do lider mundial (UK ) Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Página 25

26 Comércio Electrónico (B2C) Volume de Negócios Milhões de Euros 4,500 4,000 3,500 3,000 2,500 2,000 1,500 1, Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Crescimento de mais de 52% entre 2009 e Mais 70% até 2017 Página 26

27 Comércio Electrónico (B2C) % do PIB 4.5% 4.0% 3.9% % do PIB 3.5% 3.0% 2.5% 2.0% 1.5% 1.0% 0.5% 1.5% 1.3% 1.2% 1.0% 1.1% 1.0% 1.7% 1.4% 1.3% 2.0% 1.7% 1.5% 2.0% 2.2% 1.7% 2.5% 2.3% 1.9% 3.2% 2.7% 2.7% 2.1% 2.9% 2.3% 3.1% 2.5% 0.0% Portugal Todo o Mundo Estados Unidos Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 B2C valeu 1.5% do PIB em 2012 e valerá 2.5% em 2017 Página 27

28 Comércio Eletrónico (B2B+B2G) Volume de Negócios 80,000 70,000 60,000 Milhões de Euros 50,000 40,000 30,000 20,000 10, Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Crescimento de mais de 70% entre 2009 e Mais 88% até 2017 Página 28

29 Comércio Eletrónico (B2B+B2G) % do valor PIB % do PIB 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 17% 13% 10% 21% 17% 14% 24% 20% 17% 28% 24% 19% 31% 27% 22% 35% 30% 25% 39% 34% 29% 43% 38% 34% 46% 43% 39% 0% Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Portugal Todo o Mundo Estados Unidos B2B/B2G valeu 24% do PIB em 2012 e valerá 43% em 2017 Página 29

30 Comércio Eletrónico Total (B2C/B2B/B2G) Volume de Negócios 80,000 70,000 60,000 Milhões de Euros 50,000 40,000 30,000 20,000 10, Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Crescimento de 70% entre 2009 e Mais 87% até 2017 Página 30

31 Comércio Eletrónico Total (B2C/B2B/B2G) % do valor PIB 60% % do PIB 50% 40% 30% 20% 10% 18% 14% 11% 22% 18% 15% 26% 22% 18% 30% 25% 21% 34% 28% 24% 38% 32% 27% 42% 36% 32% 46% 40% 37% 49% 45% 43% 0% Fonte: IDC, Dados Preliminares, 2013 Portugal Todo o Mundo Estados Unidos B2C/B2B/B2G valeu 25% do PIB em 2012 e valerá 45% em 2017 Página 31

32 Comércio Eletrónico vs Comércio Total Comparação em % 30.0% % do Comércio Total em Portugal 25.0% 20.0% 15.0% 10.0% 5.0% 18.0% 22.3% 27.1% 0.0% Comércio Electrónico / Comércio Total Fonte: IDC e INE, Dados Preliminares, 2013 Página 32

33 Comércio Eletrónico Total (B2C+B2B+B2G) + Pagamentos ATM Volume de Negócios 50,000 45,000 40,000 9,463 9,694 35,000 9,012 Milhões de Euros 30,000 25,000 20,000 15,000 10,000 8,154 22,976 29,651 34,689 39,084 5, Fonte: IDC e Banco de Portugal, Dados Preliminares, 2013 B2C B2B/B2G ATM Crescimento de 56% entre 2009 e Página 33

34 Comércio Eletrónico Total (B2C+B2B+B2G) + Pagamentos ATM % do valor PIB 35% 30% 25% 24% 27% 31% % do PIB 20% 15% 19% 10% 5% 0% Comércio Electrónico + ATM / PIB Portugal Fonte: IDC e Banco de Portugal, Dados Preliminares, 2013 Página 34

35 ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL ( ) 6,7 milhões de internautas em Portugal (64% Pop.) Serão 8,4 M em 2017 (80% Pop.) 2,5 milhões de compradores online em Portugal (24% pop.) Serão 3,5 M em 2017 (35% pop.) 1,4 milhões de domínios resgistados em Portugal 2,7 milhões de disposigvos móveis vendidos em Portugal, incluindo PC portáteis, Tablets e smartphones (96% dos disposinvos de acesso à net). Serão 4,9 milhões em 2017 (98% do total) 2,4 mil milhões de compras B2C (1.5% PIB). 4 mil milhões em 2017 (2.5% PIB) 10 mil milhões de pagamentos de serviços ATM. Existem ATM por milhão/hab. 36,7 mil milhões de compras B2B/B2G (24% PIB). Serão 69 mil milhões em 2017 (43% PIB) 49 mil milhões de comércio electrónico em todos os canais, incluindo B2C, B2B/B2G e ATM. (31%PIB) Fonte: ACEPI/IDC Página 35

36 OBRIGADO! Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017 ESTUDO IDC/ACEPI Economia Digital em Portugal 2009-2017 ECONOMIA DIGITAL NO MUNDO (2012) 2.5 mil milhões de internautas no mundo 850 mil milhões de euros 300 mil milhões de euros Europa maior mercado de

Leia mais

ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt

ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt www.acepi.pt 2.5 mil milhões de internautas no mundo 300 mil milhões de euros Europa

Leia mais

COMÉRCIO ELECTRÓNICO INTERNACIONAL

COMÉRCIO ELECTRÓNICO INTERNACIONAL COMÉRCIO ELECTRÓNICO INTERNACIONAL Alexandre Nilo Fonseca Presidente - ACEPI Associação da Economia Digital Conferência AIMinho Marketing Internacional Dezembro 2014 ACEPI: Áreas de Actuação NOVA ÁREA

Leia mais

A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL

A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL 7ª FÓRUM LUSÓFONO DAS COMUNICAÇÕES DESAFIOS DA ECONOMIA DIGITAL 18 E 19 DE FEVEREIRO DE 2016 SÃO TOMÉ E PRINCIPE A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL Alexandre Nilo Fonseca PRESIDENTE ACEPI 15 ANOS A PROMOVER

Leia mais

Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem

Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem JORGE LANDAU Director ExecuBvo Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteracBva

Leia mais

NE Report Digital 2013

NE Report Digital 2013 Índice 1. Economia Digital em Portugal (/17) e no Mundo () 2. Evolução dos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (acesso fixo) - Internet Service Providers 3. Evolução das quotas de acessos de banda

Leia mais

NE Report Digital 2013

NE Report Digital 2013 Índice 1. Economia Digital em Portugal (/17) e no Mundo () 2. Evolução dos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (acesso fixo) - Internet Service Providers 3. Evolução das quotas de acessos de banda

Leia mais

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS MAIS PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS Oquesepretende? A iniciativa PME Digital visa contribuir para estimular a atividade económica

Leia mais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 29 de setembro de 2014 Auditório da BMAG Apoio Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

DHL Express. Seminário Exportar a 1ª Vez. Jorge Oliveira M&S Manager. Novembro 2013

DHL Express. Seminário Exportar a 1ª Vez. Jorge Oliveira M&S Manager. Novembro 2013 DHL Express Seminário Exportar a 1ª Vez Jorge Oliveira M&S Manager Novembro 2013 Agenda Internacionalização Transporte internacional E-commerce internacional Page 2 Internacionalização Porquê internacionalizar?

Leia mais

Vale Projecto - Simplificado

Vale Projecto - Simplificado IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Vale Projecto - Simplificado VALES Empreendedorismo e Inovação Associados Parceiros / Protocolos IDIT Enquadramento Vale Projecto - Simplificado

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia.

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Bem-vindos à Conferência da ANACOM. Antes de mais gostaria de agradecer

Leia mais

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET 13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET AGENDA METODOLOGIA PANORAMA GERAL GRANDES APRENDIZADOS F/RADAR METODOLOGIA TÉCNICA Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal em pontos de fluxo

Leia mais

SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL

SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL Estudo sobre hábitos e riscos dos utilizadores de smartphones, tablets e PCs na Europa SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL Estudo sobre hábitos e riscos

Leia mais

Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa. Coimbra, 19 de Novembro de 2010

Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa. Coimbra, 19 de Novembro de 2010 Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa Coimbra, 19 de Novembro de 2010 Enquadramento Enquadramento A importância da Internacionalização na vertente das exportações

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

Estado da Nação das TIC em Angola

Estado da Nação das TIC em Angola Estado da Nação das TIC em Angola CIO AGENDA ANGOLA 2013 AS TI TI COMO ALAVANCA DE CRESCIMENTO DO NEGÓCIO 21 de Maio, Hotel Sana Epic, Luanda Gabriel Coimbra General Manager, IDC Angola gcoimbra@idc.com

Leia mais

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking Perspectivas, impactos e desafios Nilton Omura (nilton.omura@br.ey.com) Abril, 2012 As condições estruturais para viabilizar a massificação de smartphones e tablets no Brasil estão criadas, e irão transformar

Leia mais

Fórum da Acessibilidade Web 2014

Fórum da Acessibilidade Web 2014 Fórum da Acessibilidade Web 2014 27 de novembro de 2014 Sala Polivalente Fundação Portuguesa das Comunicações Apoio Patrocinadores Globais APDSI Fórum da Acessibilidade Web 2014 27 de novembro de 2014

Leia mais

Apresentação da Sociedade Estágios 2007. Março de 2007

Apresentação da Sociedade Estágios 2007. Março de 2007 Apresentação da Sociedade Estágios 2007 Março de 2007 Introdução A Macedo Vitorino & Associados comemorou em 2006 o seu 10.º Aniversário. Desde a fundação da sociedade, centrámos a nossa actividade na

Leia mais

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro Lusoflora 2015 Crédito Agrícola Santarém, 27 de Fevereiro Agenda 1. Quem somos 2. Proposta Valor 3. Soluções Crédito Agrícola para EMPRESAS/ ENI 4. CA Seguros 2 Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um

Leia mais

MOBILE MARKETING O Mobile Marketing é a divulgação de um negócio dirigida aos dispositivos móveis (Smartphones/Tablets), com funcionalidades específicas e estruturadas, pensadas para angariação e retenção

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI APDSI Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Um Caminho

Leia mais

Oportunidades para as TIC no Novo Contexto Económico e Social

Oportunidades para as TIC no Novo Contexto Económico e Social Oportunidades para as TIC no Novo Contexto Económico e Social 10ª Edição Forum TI TechData 15 de Novembro Centro de Congressos de Lisboa 17 de Novembro Casa da Música, Porto Gabriel Coimbra Manging Director,

Leia mais

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Case study 2009 II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Microsoft Corporation fundada em 1975, líder mundial em software, serviços e soluções, que apoiam as

Leia mais

Serviços de Ecommerce

Serviços de Ecommerce Amen ecommerce 1 Serviços de Ecommerce Ideal para iniciar o seu negócio on-line; ou Complementar as vendas da sua loja física; Os Serviços Ecommerce são soluções poderosas fáceis e acessíveis para criar

Leia mais

O QUEIJO DA SERRA COMUNICAÇÃO E FORMAS DE VENDA NUM MERCADO GLOBAL

O QUEIJO DA SERRA COMUNICAÇÃO E FORMAS DE VENDA NUM MERCADO GLOBAL E FORMAS DE VENDA NUM MERCADO O mundo mudou: Jornal Publico 24 novembro 2013 A distância entre o consumidor e o produtor de qualquer produto, reduziu se drasticamente um computador, uma ligação à internet

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

IDC CIO Summit 2013 O Impacto das Tecnologias de Informação nos Negócios

IDC CIO Summit 2013 O Impacto das Tecnologias de Informação nos Negócios IDC CIO Summit 2013 O Impacto das Tecnologias de Informação nos Negócios 30 de Maio, Hotel EPIC SANA, Luanda UM EVENTO No âmbito do projecto de apoio à Internacionalização 2013, a ANETIE, associação de

Leia mais

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 Comunicado de Imprensa Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 A Netsonda levou a cabo o estudo de opinião sobre um conjunto de questões relacionadas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Maior evento nacional de Transferência de Conhecimento. Cidades e redes inteligentes Energia Água Resíduos Ambiente.

Maior evento nacional de Transferência de Conhecimento. Cidades e redes inteligentes Energia Água Resíduos Ambiente. Cidades e redes inteligentes Energia Água Resíduos Ambiente 1 a 3 MARÇO 2016 CCL - Centro de Congressos de Lisboa Fundação AIP A Fundação AIP é hoje o maior centro de negócios de Portugal, recebendo os

Leia mais

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Outras conclusões: Recrutamento na área de Marketing Digital registou crescimento de 15%. Área de E- commerce cresceu 6% Remuneração dos profissionais

Leia mais

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 22/01 Economia 25/01 Comércio Internacional 26/01 Taxas de Juro 29/01 Economia 31/01 Desemprego 31/01 Investimento Banco de Portugal divulgou Boletim Estatístico Janeiro 2007 http://epp.eurostat.ec.europa.eu/pls/portal/docs/page/pgp_prd_cat_prerel/pge_cat_prerel_year_2007/pge_

Leia mais

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online e-commerce. now plug & play. Alfragide, 16 de Maio de 2007 Agenda 9h30-9h45: Boas vindas 9h45-10h15 Marketplaces 10h15-10h30 Anúncios online Google Adwords

Leia mais

A Carteira de Indicadores inclui indicadores de input, de output e de enquadramento macroeconómico.

A Carteira de Indicadores inclui indicadores de input, de output e de enquadramento macroeconómico. Síntese APRESENTAÇÃO O Relatório da Competitividade é elaborado anualmente, com o objectivo de monitorizar a evolução de um conjunto de indicadores ( Carteira de Indicadores ) em Portugal e a sua comparação

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015

Mercado Único Digital Conferência ANACOM Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mário Campolargo Director, NET Futures European Commission

Leia mais

5º Seminário. Propostas da campanha nacional. A Política Ambiental no Sector Energético Português. 3 de Julho de 2008

5º Seminário. Propostas da campanha nacional. A Política Ambiental no Sector Energético Português. 3 de Julho de 2008 5º Seminário A Política Ambiental no Sector Energético Português 3 de Julho de 2008 Propostas da campanha nacional Índice da apresentação - O que é a RFA - RFA Europeia - Exemplos e comparação com PT -

Leia mais

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 As últimas décadas permitiram ligar o mundo e dinamizar os mercados, intensificando a competitividade existente. A Internet tornou o mundo mais pequeno e

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 08 Entidades Inquiridas

Leia mais

POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP. 11 Setembro 2007

POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP. 11 Setembro 2007 POLÍTICA DE PME's Debate promovido pela AIP 11 Setembro 2007 Durante o 1º trimestre de 2007, o PIB cresceu 2,0% Crescimento do PIB 2,5% 2,0% 1,5% 1,5% 1,7% 2,0% 1,0% 1,1% 1,0% 0,9% 0,5% 0,5% 0,5% 0,0%

Leia mais

1. Anexo 1. Quadro 1 Local de trabalho dos especialistas que possuem um conhecimento escasso dos temas de cenarização (Nº e %)

1. Anexo 1. Quadro 1 Local de trabalho dos especialistas que possuem um conhecimento escasso dos temas de cenarização (Nº e %) . Anexo Quadro Local de trabalho dos especialistas que possuem um conhecimento escasso dos temas de cenarização (Nº e %) Temas de Cenarização Q Utilização prática de aplicações lógicas de tradução de língua

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Março 2011 Por que inves/r em Mobile? Telefone celular é a única mídia que está 24 horas por dia com o usuário; Mercado brasileiro de web mobile equivale, em número

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

Passaporte para o Empreendedorismo

Passaporte para o Empreendedorismo Passaporte para o Empreendedorismo Enquadramento O Passaporte para o Empreendedorismo, em consonância com o «Impulso Jovem», visa através de um conjunto de medidas específicas articuladas entre si, apoiar

Leia mais

Linha Específica. Dotação Específica do Têxtil, Vestuário e Calçado CAE das divisões 13, 14 e 15

Linha Específica. Dotação Específica do Têxtil, Vestuário e Calçado CAE das divisões 13, 14 e 15 IAPMEI/DGAE (www.iapmei.pt / www.dgae.pt) PME Invest (Linha de Crédito com juro bonificado) Linha de Crédito PME Investe III Condições e processo de candidatura A Condições 1. Condições a observar pelas

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

Confiança e Segurança

Confiança e Segurança no Brasil camara-e.net/ Brasil ILCE / América Latina Comércio Eletrônico e Economia Digital Confiança e Segurança Economia Digital 3.0 e-commerce na Região Mediação e Arbitragem na América Latina e-confiança

Leia mais

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A.

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. PMEs em Consórcio DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. Novos Mercados: O desafio de um novo

Leia mais

Conferência Crescer, um desígnio nacional

Conferência Crescer, um desígnio nacional Conferência Crescer, um desígnio nacional Associação Comercial de Lisboa 20 de Novembro de 2012 EUROGROUP CONSULTING PORTUGAL O ponto de partida devia ser a parte mais pacífica do dia de hoje mas será

Leia mais

Madeira: Global Solutions for Wise Investments

Madeira: Global Solutions for Wise Investments Madeira: Global Solutions for Wise Investments Madeira: Global Solutions for Wise Investments Centro Internacional de Negócios da Madeira Um Instrumento de Política de Desenvolvimento e Sustentabilidade

Leia mais

Segurança do Consumidor na Plataforma Sync PT. IMPLEMENTAÇÃO DO REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 2 de Abril 2014 INSA

Segurança do Consumidor na Plataforma Sync PT. IMPLEMENTAÇÃO DO REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 2 de Abril 2014 INSA Segurança do Consumidor na Plataforma Sync PT IMPLEMENTAÇÃO DO REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 2 de Abril 2014 INSA AGENDA 1. Enquadramento 2. Plataforma Sync PT 3. Qualidade da Informação 4. Regulamento

Leia mais

Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB.

Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB. Países como nós Portugal vs Grécia Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB. Índice Dados gerais Estado e Finanças

Leia mais

Mobilidade. Relatório Mobilidade, Inteligência de Mercado

Mobilidade. Relatório Mobilidade, Inteligência de Mercado Mobilidade Internet e Mobilidade Nos últimos 10 anos, o termo Mobilidade no universo de tecnologia mudou bastante, se tornou mais abrangente e abriu novo setor de negócios. Games, aplicativos de navegação,

Leia mais

Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013

Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013 Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013 DAE Going Local Portugal 12 de Novembro de 2013, Lisboa Mário Campolargo European Commission - DG CONNECT Director, NET Futures "The views expressed

Leia mais

A Indústria Portuguesa de Moldes

A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes tem vindo a crescer e a consolidar a sua notoriedade no mercado internacional, impulsionada, quer pela procura externa, quer pelo conjunto

Leia mais

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015 Missão Empresarial EUA Flórida 21 a 26 de Março 2015 Apoiamos empresas a ter sucesso nos mercados internacionais Sobre nós Na Market Access prestamos serviços de apoio à exportação e internacionalização.

Leia mais

Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE. Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas

Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE. Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas Projetos nacionais e internacionais, promovidos pela ERTE/DGE Rita Zurrapa Direção-Geral da Educação Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas Equipa Multidisciplinar 9 Centros de Competência Projetos

Leia mais

Será o Alentejo Digital? Évora, 27 de Março de 2014. João Mateus

Será o Alentejo Digital? Évora, 27 de Março de 2014. João Mateus Será o Alentejo Digital? Évora, 27 de Março de 2014 João Mateus Apresentação: Adjunto do Gabinete do Coordenador Nacional da Estratégia de Lisboa e do Plano Tecnológico Chefe de Gabinete do Secretário

Leia mais

Payments the Next Frontier SWIFT Business Forum Brazil 2015. Christina Hutchinson, SWIFT Leandro Vilain, FEBRABAN

Payments the Next Frontier SWIFT Business Forum Brazil 2015. Christina Hutchinson, SWIFT Leandro Vilain, FEBRABAN Payments the Next Frontier SWIFT Business Forum Brazil 2015 Christina Hutchinson, SWIFT Leandro Vilain, FEBRABAN 1 July 2015 Meios de Pagamento no Brasil Uma Visão Prática Jul 15 2 O mercado bancário no

Leia mais

Brasil, potência no e-commerce

Brasil, potência no e-commerce Brasil, potência no e-commerce CONTEXTO GLOBAL E REGIONAL 10º mercado em termos mundiais Maior e mais maduro mercado da AL Potencial de crescimento elevado Um país que compra cada vez mais online CONTEXTO

Leia mais

A Indústria Portuguesa de Moldes

A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes tem vindo a crescer e a consolidar a sua notoriedade no mercado internacional, impulsionada, quer pela procura externa, quer por uma competitiva

Leia mais

Apresentação do Sistema de Pagamentos. Easypay Tel +351 21 261 79 30 Fax +351 21 361 79 29 correio@easypay.pt

Apresentação do Sistema de Pagamentos. Easypay Tel +351 21 261 79 30 Fax +351 21 361 79 29 correio@easypay.pt Apresentação do Sistema de Pagamentos 2012 ÍNDICE 01 05 PORQUÊ EASYPAY EASYAPPS 02 06 COMO FUNCIONA SOBRE EASYPAY 03 07 PARA QUEM PARCERIAS 08 CONTACTOS 2 01 PORQUÊ EASYPAY Aumente as suas vendas aceitando

Leia mais

+Inovação +Indústria. AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014

+Inovação +Indústria. AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014 +Inovação +Indústria AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014 Fatores que limitam maior capacidade competitiva e maior criação de valor numa economia global Menor capacidade

Leia mais

MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial. Raquel Melo 1

MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial. Raquel Melo 1 MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial Raquel Melo 1 Índice Objectivos do estudo Sociedade da Informação nas Empresas Definição, Objectivos

Leia mais

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão Portugal 2020 O Financiamento às Empresas Empreender, Inovar, Internacionalizar Speaking Notes Fevereiro 10, 2015 Vila Nova de Famalicão Casa das Artes Miguel Frasquilho Presidente, AICEP Portugal Global

Leia mais

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA A ERA DIGITAL E AS EMPRESA Em 1997 o Brasil já possuia 1,8 MILHÕES de usuários Brasil O 5 Maior país em extensão territorial Brasil 5 Vezes campeão do Mundo Brasil O 5 Maior país em número de pessoas conectadas

Leia mais

E-commerce 2013. @JoaoKepler. l e-commerce 2013 l

E-commerce 2013. @JoaoKepler. l e-commerce 2013 l E-commerce 2013 @JoaoKepler Showrooming OminiChannel Delivery (WebPickup e entrega) Behavior Social Media (SAC, Mkt, Metrica, monitoramento, engajamento, leeds e vendas) E-commerce o e-commerce não é mais

Leia mais

Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade

Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade Os modelos de financiamento da saúde e as formas de pagamento aos hospitais: em busca da eficiência e da sustentabilidade Pedro Pita Barros Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Agenda Enquadramento

Leia mais

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável

Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável Descarbonizar a economia Competitividade Desenvolvimento sustentável O BCSD Portugal Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável é uma associação sem fins lucrativos, de utilidade pública,

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA NO CONSUMO (PPEC) REVISÃO DAS REGRAS

PLANO DE PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA NO CONSUMO (PPEC) REVISÃO DAS REGRAS PLANO DE PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA NO CONSUMO (PPEC) REVISÃO DAS REGRAS Intervenção do Senhor Presidente da CIP Confederação da Indústria Portuguesa, Eng.º Francisco van Zeller, na Audição Pública (CCB, 04/04/2008)

Leia mais

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu A Península Ibérica em Números 2010 Os Institutos Nacionais de Estatística de Espanha e de Portugal publicam a 7ª edição de A Península Ibérica em Números/La

Leia mais

Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo. Carlos Alberto dos Santos

Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo. Carlos Alberto dos Santos Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo Carlos Alberto dos Santos Agenda 1) Um pouco ( só um pouco) de teoria. 2) Que mercado é este? 3) Desafios e oportunidades

Leia mais

CIRCULAR. Publicação de Relatório sobre emprego e competências no sector do Comércio a nível Europeu (2014)

CIRCULAR. Publicação de Relatório sobre emprego e competências no sector do Comércio a nível Europeu (2014) CIRCULAR N/REFª: 04/2015 DATA: 05 de Janeiro de 2015 Assunto: Publicação de Relatório sobre emprego e competências no sector do Comércio a nível Europeu (2014) Exmos. Senhores, Pelo eventual interesse,

Leia mais

E-PME. Iniciativa para a Modernização Tecnológica e Competitividade Global das PMEs. Lisboa, 03 de Abril de 2009

E-PME. Iniciativa para a Modernização Tecnológica e Competitividade Global das PMEs. Lisboa, 03 de Abril de 2009 E-PME Iniciativa para a Modernização Tecnológica e Competitividade Global das PMEs Lisboa, 03 de Abril de 2009 1 Preâmbulo A economia portuguesa é cada vez mais aberta Exportações são 33% do PIB e importações

Leia mais

BANCO BPI, S.A. Sociedade Aberta COMUNICADO

BANCO BPI, S.A. Sociedade Aberta COMUNICADO BANCO BPI, S.A. Sociedade Aberta Sede: Rua Tenente Valadim, 284, Porto Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Porto sob o número único de matrícula e identificação fiscal 501 214 534 Capital

Leia mais

Nota Prévia 1. O que são os Selos distintivos 2. O significado dos Selos 3. Recomendações para o Consumidor 4. O Universo dos Selos 5

Nota Prévia 1. O que são os Selos distintivos 2. O significado dos Selos 3. Recomendações para o Consumidor 4. O Universo dos Selos 5 Nota Prévia 1 O que são os Selos distintivos 2 O significado dos Selos 3 Recomendações para o Consumidor 4 O Universo dos Selos 5 Saiba identificar os Selos e perceber a sua finalidade 6 Os Selos distintivos:

Leia mais

Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo

Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo Fernando Adão da Fonseca Presidente da Unicre Congresso da APED 17.01.2012 2 Nos últimos 10 anos Tecnologia e Pagamentos Actualmente

Leia mais

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM:

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: Decidiu apoiar as PME através deste programa, que permite: Modernizar a sua infraestrutura de comunicações Fazer crescer o seu negócio Incorporar competências essenciais

Leia mais

BOOTCAMP DE CONSULTORES DIGITAIS ÉVORA 28 SETEMBRO 29 OUTUBRO 2015

BOOTCAMP DE CONSULTORES DIGITAIS ÉVORA 28 SETEMBRO 29 OUTUBRO 2015 BOOTCAMP DE CONSULTORES DIGITAIS ÉVORA 28 SETEMBRO 29 OUTUBRO 2015 ÍNDICE 1 2 3 PORQUÊ O PROGRAMA DE ECONOMIA DIGITAL? O QUE VAI APRENDER E GANHAR NO BOOTCAMP? QUAIS AS VANTAGENS DE PARTICIPAR NESTA INICIATIVA?

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2012. Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2012. Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo

Leia mais

Produzido para. Criação, edição e maquetização de. Com o patrocínio de

Produzido para. Criação, edição e maquetização de. Com o patrocínio de Produzido para Criação, edição e maquetização de Com o patrocínio de Pensar Digital A pergunta que qualquer empreendedor ou gestor se coloca ao olhar para a Internet já não é se vale a pena começar um

Leia mais

Parceria sólida desde 2011 Programa centrado nos líderes É nas alturas de crise que o líder tem de assumir plenamente a sua missão no desenvolvimento da empresa, dos colaboradores, das famílias e da comunidade

Leia mais

A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Bruno Monteiro Director Associação do Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva

A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Bruno Monteiro Director Associação do Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Bruno Monteiro Director Associação do Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva www.acepi.pt ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÓMICOS, INOVAÇÃO E ENERGIA

Leia mais

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu Desembaraço Informações da indústria como você nunca viu Introdução É uma ferramenta dominada pela geração Y, mas que foi criada pela geração X. Ela aproxima quem está longe e tem distanciado quem está

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 João Cotrim de Figueiredo 10 Out 2014 Turismo: crescimento e resiliência No século do Turismo? Mais de 1.100 milhões de turistas em 2014 OMT prevê crescimento médio anual

Leia mais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 29 de setembro de 2014 Auditório da BMAG Apoio Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013

LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013 PLATAFORMAS CPLP 19 MARÇO 2013 FINALIDADE DO PROJETO LUSOFONIA ECONÓMICA Promover a internacionalização das empresas através da intensificação de: - Parcerias entre empresários da CPLP - Divulgação de

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de inovação para as empresas

Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de inovação para as empresas A1 Visitas diárias: 1367 Âmbito: Economia, Negócios e Gestão ID: 58802467 14-04-2015 OCS: OJE.pt Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO

REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO Turistas... Onde vão? O que fazem? Quanto é que gastam? Monitorização da Mobilidade no Destino Turístico Artigo 1.º Objetivo 1. O concurso organizado pela Associação The Lisbon

Leia mais

Comércio Digital 2015

Comércio Digital 2015 Comércio Digital 2015 SIBS MARKET REPORT Missão SIBS: Contribuir para o bem-estar social, promovendo eficiência nos serviços financeiros e similares, nomeadamente na área dos pagamentos, através da disponibilização

Leia mais

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial PRINCIPAIS MESSAGENS 1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo 2. Temos indicadores demográficos e socio econômicos para ser otimistas nesta década 3. Produtos de Limpeza e Higiene

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais