As Ferramentas e Opções do Varejo no Mercado de FLV

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As Ferramentas e Opções do Varejo no Mercado de FLV"

Transcrição

1 As Ferramentas e Opções do Varejo no Mercado de FLV Luiz Claudio Haas Diretor Comercial de Frutas, Legumes e Verduras Agosto 2014

2 Por que o agronegócio é importante mundialmente?

3 100% da população depende da agricultura para nutrição 40% dos empregos gerados globalmente são agrícolas 70% do uso de água doce no mundo esta na agricultura 50% é a aumento necessário da produção agrícola para alimentar a população até milhões de pessoas estão em condições de fome e desnutrição Fonte: New Vision for Agriculture, FAO

4 O Agronegócio Brasileiro em números 23% DO PIB 35% DOS EMPREGOS 40% Fonte: Ministério da Agricultura DAS EXPORTAÇÕES

5 Fonte: ONU O crescimento populacional 7 bilhões de pessoas e ainda crescendo milhões (1500) a cada hora nascimentos 7 bilhões (2011) 9,3 bilhões (2050)

6 Fonte: ONU De acordo com relatórios da ONU, o mundo não sustentará o crescimento populacional POR QUÊ? O crescimento da população pode causar danos irreversíveis ao ecossistema, causando escassez de Se o crescimento populacional permanecer neste ritmo, em 2030 o mundo precisará de alimentos água energia mais mais mais alimentos água energia

7 Qual o papel do varejo? Clientes Cadeia Produtiva O papel do varejo

8 O que o consumidor pensa das frutas, legumes e verduras?

9 Benefícios e significado das frutas... As frutas são as queridinhas. Saudáveis e gostosas, saciam a fome e a vontade de comer doce. Significam saúde e beleza com muito prazer. "Eu comia muito doce, chocolate três, quatro vezes por dia, hoje estou com vontade pego uma fruta, ela substituiu fácil. Você fica mais leve, sua pele muda, a gente fica mais animada, disposta. Mais jovens AB frequentes A exposição é fundamental. O PDV deve despertar os sentidos ter appetite appeal : Na ambientação Nos produtos Na degustação Consumo é intenso... In natura duas, três, quatro vezes ao dia. Também fazem sucos, saladas de frutas e outras receitas, principalmente bolos, tortas e mousse. Por isso, ter frutas em casa é fundamental e geralmente sempre têm entre 3 e 5 tipos de frutas disponíveis. FONTE: KANTAR

10 Benefícios e significado das verduras e legumes Legumes e verduras são alimentos funcionais. De suma importância, são primordiais em uma dieta equilibrada. Essenciais para o bom funcionamento do organismo e também ajudam a manter o corpo em forma. É saúde e prevenção A pele fica bonita, os olhos, os cabelos. O intestino funciona bem, faz bem para o coração. Faz bem para tudo. Se você come sempre você vai evitar de ficar com problemas. Mais velhas AB esporádicas Informações nutricionais e benefícios específicos de cada alimento despertam o interesse e podem ser comunicados no PDV Consumo é diário. Cru, refogado, no vapor ou assado faz parte de duas das três principais refeições do dia. Almoço e jantar. Ter legumes e verduras é portanto uma necessidade. As mulheres abastecem suas casas com 4 a 6 tipos de legumes e dois a três tipos de folhas. FONTE: KANTAR

11 Decisão de compra... Em todos as sub categorias a decisão de compra dos clientes e baseada em qualidade, ambiente confortável e atendimento personalizado A RELAÇÃO DOS SENTIDOS COM A SEÇÃO E POSITIVA O consumidor se sente cada vez mais preparado para comprar e escolher É possivel tocar, apalpar e cheirar, tendo possibilidade que os produtos sejam examinados com as mãos O Cheiro e a mistura de cores da seção são atrativos A organização da seção sinaliza cuidado e atrai pelo olhar O frescor representa qualidade para todo o restante da loja FONTE: KANTAR

12 Para o varejo o FLV é uma categoria estratégica para gerar fluxo de cliente, e hoje está presente em quase todos os lares do Brasil: FONTE: KANTAR

13 O novo consumidor...

14 As mudanças estruturais... URBANIZAÇÃO Aumento do número de pessoas nas cidades trazendo crescimento do poder econômico e o hábito de consumo urbano NOVOS FORMATOS DE FAMÍLIA Famílias pequenas, casais sem filhos abre o mercado para infinitas demandas ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO Aumento da expectativa de vida os idosos passaram a ter importância no total da população e maior consumo de serviços e produtos específicos CONSUMO DE RECURSOS NATURAIS Redução de florestas, perda de biodiversidade, diminuição da produtividade do solo acelera mudanças climáticas e reflete em nossa economia ACESSO FACIL A INFORMAÇÕES A informação cada vez mais evoluida está presente em todos os lugares. Trata-se de um canal que muitas vezes não tem custo ou é mais barata, facilitando acesso a muitas informações VIDA CORRIDA A tecnologia e praticidade permitem que façamos mais coisas ao mesmo tempo. Com isso mais a cada dia buscamos praticidade e conveniência em nossa rotina AUMENTO DO PODER DE COMPRA Aumento do poder de compra do salário mínimo, acesso facilitado aos créditos e redução da taxa de juros, contribuíram para o crescimento do mercado. Com isso existe um aumento de compra de produtos e bens de consumo de maior valor agregado

15 Macro tendências SAUDE/ ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL SUSTENTABILIDADE CONSUMO PARTICIPATIVO PRATICIDADE E CONVENIÊNCIA ORIGENS * URBANIZAÇÃO * ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO * RECURSOS NATURAIS * AUMENTO DA INFORMAÇÃO * VIDA CORRIDA NOVOS FORMATOS DE FAMILIA AUMENTO DO PODER DE COMPRA NOVAS EXPERIENCIAS BEM ESTAR BUSCA DO NOVO

16 Tendências de mercado 1 Sensorialidade e Prazer valorização da arte culinária; receitas regionais; harmonização de alimentos e bebidas; novas texturas e sabores. 2 Saudabilidade e Bem-estar alimentos funcionais, produtos para dietas e controle do peso, produtos naturais e produtos orgânicos.

17 Tendências de mercado 3 Conveniência e Praticidade refeições prontas e semiprontas, alimentos de fácil preparo, embalagens de fácil abertura, fechamento e descarte, produtos em pequenas porções (snacking, finger food), produtos embalados para consumo individual (monodoses), produtos adequados para comer em trânsito ou em diferentes lugares e situações.

18 Tendências de mercado 4 valorização da garantia de origem e dos selos de Confiabilidade e Qualidade qualidade; rastreabilidade, rotulagem informativa. 5 Sustentabilidade e Ética preocupação com o meio ambiente e com as causas sociais; valorização de pegada de carbono (carbon footprint), baixo impacto ambiental, não estar associado a maus-tratos aos animais, ter rotulagem ambiental, ter embalagens recicláveis e recicladas, fairtrade.

19 Tendências de mercado 6 Embalagens

20 Como estamos nos preparando para este novo consumidor?

21 VALORIZAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA! Fonte: GCA3

22 SABOR! SABOR MATURAÇÃO e DOCURA CONTROLE DE BRIX POMARES DIFERENCIADOS

23 Desenvolvimento de uma linha de produtos processados Desenvolvimento de novas tecnologias para aumento de shelf life Maior espaço para exposição nas lojas Comunicação mais agressiva Ações promocionais

24 Desenvolvimento de produtos orgânicos Saudabilidade Fidelização do cliente Desenvolvimento ao pequeno produtor Apelo sustentável

25 Traduzindo para o consumidor em produtos e inovação! ETIQUETA DE IMPORTADOS

26 Agregando uma marca que remeta confiabilidade e bem estar! ALIMENTO SEGURO Participação de ME no FLV ME em Perecíveis participa com 16,7%, 22,0% 23,3% FLV nos Perecíveis participa com 30,1% 21,1% É a primeira categoria dos Perecíveis que mais participa com produtos de ME Fonte: GCA3

27 Linha de produtos Marca Exclusiva

28 Produtos processados (linha prática) 2011 x 2012 = 20,7% 2012 x 2013 = 19,2%% 2013 x 2014 = 17,6%

29 Produtos orgânicos CRESCIMENTO DE 315% EM 10 ANOS

30 Valorização do consumidor em sabor Crescimento de 560% em dois anos ETIQUETA DE IMPORTADOS PRODUCE MARKETING (2011 ASSOCIATION x 2013)

31 Programa de qualidade que monitora toda a cadeia produtiva PRÁTICAS SAUDÁVEIS DO PRODUTOR AO CONSUMIDOR Auditoria Resíduos Microbiologia Inspeção de produtos Rastreabilidade Produção Packing CD Lojas

32 Rastreabilidade: permite consumidor conhecer a origem ETIQUETA DE IMPORTADOS

33 Apenas as empresas podem salvar o mundo Peter Baker Se você não se preparar para o futuro, terá que enfrentar o futuro que vier

34 Obrigado! Luiz Claudio Haas Diretor C omercial de Frutas, Legumes e Verduras Multivarejo GPA

As tendências da alimentação. Lívia Barbosa, Luis Madi, Maria Aparecida Toledo, Raul Amaral

As tendências da alimentação. Lívia Barbosa, Luis Madi, Maria Aparecida Toledo, Raul Amaral As tendências da alimentação Lívia Barbosa, Luis Madi, Maria Aparecida Toledo, Raul Amaral Metodologia Coleta sistemática de informações Documentos técnicos e científicos, bancos de dados, pesquisas de

Leia mais

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ Planejamento Boa Gestão Consciência Política Sustent bilidade Participação

Leia mais

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Introdução e objetivo Para avaliar o grau de aderência do consumidor brasileiro às tendências internacionais, a Fiesp encomendou

Leia mais

Saudabilidade no Food Service. Tendências

Saudabilidade no Food Service. Tendências Saudabilidade no Food Service Tendências Introdução ao Mercado de Food Service Introdução Mercado que envolve toda a cadeia de produção e distribuição de alimentos, bebidas, insumos, equipamentos e serviços

Leia mais

www.petitegourmet.com.br Costantino Mariella Fabio Motta de Almeida Julio Camargo Manuel Almeida Marcela Cassiolato Rodrigo Botinhão

www.petitegourmet.com.br Costantino Mariella Fabio Motta de Almeida Julio Camargo Manuel Almeida Marcela Cassiolato Rodrigo Botinhão www.petitegourmet.com.br Costantino Mariella Fabio Motta de Almeida Julio Camargo Manuel Almeida Marcela Cassiolato Rodrigo Botinhão Necessidade do Negócio Projeto baseado na necessidade do Grupo Busca

Leia mais

Apresentação da publicação Brasil Food Trends 2020

Apresentação da publicação Brasil Food Trends 2020 São Paulo, 18 de maio de 2010 Apresentação da publicação Brasil Food Trends 2020 Motivação Instituições Especialistas Base de conhecimento sobre tendências da alimentação Apoio a projetos de PD&I Competitividade

Leia mais

Tendências e oportunidades do mercado de Food Service para pescados e frutos do mar Enzo Donna

Tendências e oportunidades do mercado de Food Service para pescados e frutos do mar Enzo Donna Tendências e oportunidades do mercado de Food Service para pescados e frutos do mar Enzo Donna 1 MERCADO DE FOOD SERVICE 2 FOOD SERVICE Mercado que envolve toda a cadeia de produção e distribuição de alimentos,

Leia mais

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda REFLEXÕES SOBRE A COMPETITIVIDADE: COMO SERÁ O DESENVOLVIMENTO DO SEU NEGÓCIO NOS PRÓXIMOS ANOS? Sussumu Honda 2013: O MUNDO Perspectivas Globais RECUPERAÇÃO GRADATIVA COM GRANDES MUDANÇAS Perspectivas

Leia mais

Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas

Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas Marco Simões Vice-Presidente Tendências e pesquisas Nossas pesquisas corroboram os dados da pesquisa BFT Tendências

Leia mais

I n ova ç ã o Produtos. Matérias-Primas. Seminário Tecnológico ABIP / ITPC / SEBRAE Isabela Cardoso Michele Bianchini 19/07/2012

I n ova ç ã o Produtos. Matérias-Primas. Seminário Tecnológico ABIP / ITPC / SEBRAE Isabela Cardoso Michele Bianchini 19/07/2012 I n ova ç ã o Produtos Processos Matérias-Primas Seminário Tecnológico ABIP / ITPC / SEBRAE Isabela Cardoso Michele Bianchini 19/07/2012 Não é a mais forte das espécies que sobrevive, nem a mais inteligente,

Leia mais

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné Trade Marketing Estratégico ou Tático Tania Zahar Miné Agenda Mercado - Farmácias Trade Marketing Consumidor e shopper Desafios e oportunidades Farma Mercado Farmácias Números do setor Canal em crescimento

Leia mais

O POTENCIAL DE MERCADO PARA O CHOCOLATE. Abril/ 2014

O POTENCIAL DE MERCADO PARA O CHOCOLATE. Abril/ 2014 O POTENCIAL DE MERCADO PARA O CHOCOLATE Abril/ 2014 Brasil Dados do Mercado de Chocolates -3º maior mercado de chocolates do mundo (Fonte: Caobisco) Geração de empregos - 33 mil empregos diretos anuais

Leia mais

Perspectivas do Mercado Para Produtos Diferenciados. - Exigências do Consumidor

Perspectivas do Mercado Para Produtos Diferenciados. - Exigências do Consumidor Perspectivas do Mercado Para Produtos Diferenciados. - Exigências do Consumidor Gestão Abras 2013-2014 Agenda O Setor Supermercadista; Panorama Geral; Bônus Demográfico; Consumidor; - Cenário; - Visão

Leia mais

Nutrição e Gastronomia Tendências e Inovações para a Alimentação Saudável. Andréa Luiza Jorge

Nutrição e Gastronomia Tendências e Inovações para a Alimentação Saudável. Andréa Luiza Jorge Nutrição e Gastronomia Tendências e Inovações para a Alimentação Saudável Andréa Luiza Jorge Introdução Nenhum alimento que entra em nossas bocas é neutro. A historicidade da sensibilidade gastronômica

Leia mais

Processos e Melhores Práticas em FLV

Processos e Melhores Práticas em FLV Processos e Melhores Práticas em FLV Comitê ABRAS de Prevenção de Perdas André Lucena Natural da Terra Alimentos No quê consiste esta iniciativa? Orientados à Prevenção de Perdas A Abras em conjunto com

Leia mais

Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas

Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas MEDIA COVERAGE Low Carbon Technology Partnerships initiative Sao Paulo Roundtable, October 7, 2015 Os consumidores avaliarão as iniciativas de sustentabilidade das empresas Peter White, diretor do Conselho

Leia mais

MARKETING DE ALIMENTOS: COMO A COMUNICAÇÃO QUALIFICADA PODE AGREGAR VALOR À MARCA?

MARKETING DE ALIMENTOS: COMO A COMUNICAÇÃO QUALIFICADA PODE AGREGAR VALOR À MARCA? MARKETING DE ALIMENTOS: COMO A COMUNICAÇÃO QUALIFICADA PODE AGREGAR VALOR À MARCA? SAUDABILIDADE COMO ATRIBUTO DE UMA MARCA, GILMAR MARQUES MARKETING DE ALIMENTOS: COMO A COMUNICAÇÃO QUALIFICADA PODE AGREGAR

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

O Programa Educativo Apetece-me chegou ao Pré-Escolar.

O Programa Educativo Apetece-me chegou ao Pré-Escolar. O Programa Educativo Apetece-me chegou ao Pré-Escolar. O Programa Educativo Apetece-me é uma iniciativa da Nestlé Portugal que conta com o apoio da Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular

Leia mais

A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA

A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA MOTIVAÇÕES PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO: procura de novos mercados; aumento das economias de escala da estrutura produtiva; busca de conhecimentos/aprendizagem;

Leia mais

TENDÊNCIAS NO MERCADO DE ALIMENTOS. Luis Madi, Diretor Geral do ITAL da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Est. SP

TENDÊNCIAS NO MERCADO DE ALIMENTOS. Luis Madi, Diretor Geral do ITAL da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Est. SP TENDÊNCIAS NO MERCADO DE ALIMENTOS Luis Madi, Diretor Geral do ITAL da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Est. SP www.ital.sp.gov.br/50anos UNIDADES TÉCNICAS Plástico & Meio Ambiente Metálica,

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

Compras Sustentáveis A Importância do acto de comprar

Compras Sustentáveis A Importância do acto de comprar Semana do Consumo Sustentável Acção de Sensibilização Compras Sustentáveis A Importância do acto de comprar Ana Paula Duarte LNEG-UPCS 28 Setembro 2011 ENQUADRAMENTO Quando vamos ao supermercado comprar

Leia mais

MUDANÇAS E NOVAS TENDÊNCIAS DOS HÁBITOS DO CONSUMIDOR CARLOS COTOS

MUDANÇAS E NOVAS TENDÊNCIAS DOS HÁBITOS DO CONSUMIDOR CARLOS COTOS MUDANÇAS E NOVAS TENDÊNCIAS DOS HÁBITOS DO CONSUMIDOR CARLOS COTOS LÍDER MUNDIAL EM CONHECIMENTO DO CONSUMIDOR PAINÉIS DE CONSUMIDORES SINDICALIZADOS & SOLUÇÕES EM COMPORTAMENTO DE COMPRA E DOS CONSUMIDORES

Leia mais

Pesquisa. Consumo de Frutas e Hortaliças

Pesquisa. Consumo de Frutas e Hortaliças Pesquisa Consumo de Frutas e Hortaliças Pesquisa Quantitativa Consumo de Frutas e Hortaliças Elaborado por CONNECTION RESEARCH Maio 2011 2 Objetivos da pesquisa. Estudar os hábitos alimentares da população

Leia mais

Portugal 2020. Inovação da Agricultura, Agroindústria. Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt

Portugal 2020. Inovação da Agricultura, Agroindústria. Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt Portugal 2020 Inovação da Agricultura, Agroindústria e Floresta Pedro Cilínio pedro.cilinio@iapmei.pt FEDER 2020 - Prioridades Concentração de investimentos do FEDER Eficiência energética e energias renováveis

Leia mais

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial PRINCIPAIS MESSAGENS 1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo 2. Temos indicadores demográficos e socio econômicos para ser otimistas nesta década 3. Produtos de Limpeza e Higiene

Leia mais

Turismo Sustentável e Certificação Avanços no Cenário Internacional

Turismo Sustentável e Certificação Avanços no Cenário Internacional Turismo Sustentável e Certificação Avanços no Cenário Internacional Vanilson Fragoso 8.º Forum Internacional de Turismo Sustentável -FITS SP 2011 Imagine Conhecer seu gasto de CO2 na caixa de supermercado

Leia mais

PROCEDIMENTOS E BOAS PRÁTICAS NA DE FRENTE DE CAIXA NO COMBATE ÀS QUEBRAS

PROCEDIMENTOS E BOAS PRÁTICAS NA DE FRENTE DE CAIXA NO COMBATE ÀS QUEBRAS Gestão Frente de Caixa Sinais i Suspeitos Processos e Boas Práticas PROCEDIMENTOS E BOAS PRÁTICAS NA OPERAÇÃO Como evitar erros nos registros Tipos de Golpes DE FRENTE DE CAIXA NO COMBATE ÀS QUEBRAS Missão

Leia mais

Hortaliças minimamente processadas prontas para o consumo. Cristiano Psillakis - Grupo Horta

Hortaliças minimamente processadas prontas para o consumo. Cristiano Psillakis - Grupo Horta Hortaliças minimamente processadas prontas para o consumo Cristiano Psillakis - Grupo Horta Nichos de mercado são segmentos ou públicos cujas necessidades particulares são pouco exploradas ou inexistentes.

Leia mais

Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta

Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta 01/06/2011 A Visão da Unilever Trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias. Ajudamos as pessoas a se sentirem bem, bonitas e a aproveitarem mais

Leia mais

Comercialização no agronegócio. Aulas 1 e 2

Comercialização no agronegócio. Aulas 1 e 2 Comercialização no agronegócio Aulas 1 e 2 Principais itens da cadeia produtiva Produtos finais disponíveis ao consumidor; Elos a MONTANTE e a JUSANTE da agropecuária; Transações entre os segmentos;

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos. Carrefour Brasil

Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos. Carrefour Brasil Seção 2 «Natural Value» Experiência de Gestão de Risco no Setor de Alimentos Carrefour Brasil 03/09/2007 Grupo Carrefour Hoje Nossos Números N 1 do Varejo Europeu e N 2 no Mundo 97, 24 Bilhões de euros

Leia mais

Escolinha Walita na comunidade de Heliópolis Mini Banca de Frutas

Escolinha Walita na comunidade de Heliópolis Mini Banca de Frutas Perfil Mayra Abucham é engenheira de alimentos e cozinheira, além de mãe de quatro filhos: Pedro, Julia, Francisco e Felipe. Mayra é autora do livro O que fazer para meu filho comer bem? e participou do

Leia mais

Breve Apresentação do Negócio

Breve Apresentação do Negócio CELEIRO-DIETA Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Celeiro Dieta N.º Colaboradores N.º de Estabelecimentos 25 Dispersão Geográfica Nacional Facturação em 2010 Facturação

Leia mais

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis CNCCD -PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO NACIONAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO 2011 / 2020 1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis 1- Promover a melhoria das condições

Leia mais

A Indústria de Alimentação

A Indústria de Alimentação A Indústria de Alimentação 61 A indústria brasileira de alimentação está inserida na cadeia do agronegócio e representa parte significativa do PIB. O texto aponta as características do setor, seu desempenho

Leia mais

O design no agronegócio

O design no agronegócio O design no agronegócio 1 SUMÁRIO O que é Agronegócio Alguns segmentos do Agronegócio Design nos Produtos orgânicos Design na Vitivinicultura Design na Apicultura e meliponicultura Design na Fruticultura

Leia mais

TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. INTRODUÇÃO

TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. INTRODUÇÃO TENDÊNCIAS E ESPECIFICAÇÕES DO MERCADO DE CHOCOLATE. Givago B. Martins dos Santos ¹, Pricilla B. M. dos Santos. ³ Almir Martins dos Santos 1, ¹Professor da IFBa, 45650-000, Ilhéus, Bahia, Brasil; ² CEPLAC/CEPEC,

Leia mais

9º Pesquisa Setorial ABF Food Service 2015. Enzo Donna

9º Pesquisa Setorial ABF Food Service 2015. Enzo Donna 9º Pesquisa Setorial ABF Food Service 2015 Enzo Donna INTRODUÇÃO Com a finalidade de levantar informações sobre as redes de alimentação, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a ECD Food Service

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave

Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave NOTAS INTRODUTÓRIAS - Objetivo do estudo: Definir estratégias de atuação

Leia mais

UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR

UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR FOOD SERVICE UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR I-INTRODUÇÃO AO MERCADO DE FOOD SERVICE INTRODUÇÃO Mercado que envolve toda a cadeia de produção e distribuição de alimentos,

Leia mais

VIGITEL 2014 Periodicidade Parceria: População monitorada 40.853 entrevistas

VIGITEL 2014 Periodicidade Parceria: População monitorada 40.853 entrevistas Ministério da Saúde Abril de 2014 VIGITEL 2014 Medir a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não transmissíveis na população brasileira Subsidiar ações de promoção da saúde e prevenção

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

Aço. o desafio da sustentabilidade

Aço. o desafio da sustentabilidade Aço o desafio da sustentabilidade Conteúdo extraído do Relatório de Sustentabilidade 2014 da ArcelorMittal, disponível em corporate.arcelormittal.com/sustainability/2014-report Editado pela Comunicação

Leia mais

Carência vs. Desperdício Alimentar. Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016

Carência vs. Desperdício Alimentar. Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016 Carência vs. Desperdício Alimentar Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016 Pessoas saudáveis dependem de sistemas alimentares saudáveis

Leia mais

Panorama do mercado da banana no Brasil Orivaldo Dan

Panorama do mercado da banana no Brasil Orivaldo Dan Panorama do mercado da banana no Brasil Orivaldo Dan orivaldo@tropsabor.com.br Produção de bananas no Brasil (toneladas) 4500000 4000000 Tendência 3500000 3000000 2500000 2000000 1500000 2011 2010 2009

Leia mais

As Tendências da Alimentação -- Varejo de autosserviço --

As Tendências da Alimentação -- Varejo de autosserviço -- São Paulo, 11 de agosto de 2010 As Tendências da Alimentação -- Varejo de autosserviço -- Informações sobre o setor de supermercados SETOR SUPERMERCADISTA EM 2009 Faturamento R$ 177 bilhões Participação

Leia mais

Engenharia e Meio Ambiente

Engenharia e Meio Ambiente Engenharia e Meio Ambiente 1. ECOLOGIA 2. MEIO AMBIENTE 3. HABITAT E NICHO ECOLÓGICO 4. POTENCIAL BIÓTICO 5. RESISTÊNCIA AMBIENTAL 6. PEGADA ECOLÓGICA O QUE É ECOLOGIA? 1. Ciência que estuda as relações

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural

Programa de Desenvolvimento Rural Programa de Desenvolvimento Rural PDR 2020 do Continente Terra no Horizonte 2014-2020 Tavira, 13 Março 2014 1 2 Panorama Principais constatações Atuação Constrangimentos e Necessidades 3 Arquitetura 4

Leia mais

ANÁLISE DO AMBIENTE DE MARKETING

ANÁLISE DO AMBIENTE DE MARKETING ANÁLISE DO AMBIENTE DE MARKETING SISTEMA DE MARKETING O Sistema de Marketing como foi apresentado até agora compreende o chamado micro-ambiente de marketing. Além da própria empresa e de seu mercado, também

Leia mais

R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O

R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O A ÚNICA R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O ENTRE OUTRAS Nosso time de gestores vai fazer um trabalho único para você. Além de buscar e localizar o melhor ponto comercial

Leia mais

INOVAÇÃO ABERTA FERRAMENTA DE COMPETITIVIDADE DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

INOVAÇÃO ABERTA FERRAMENTA DE COMPETITIVIDADE DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS FERRAMENTA DE COMPETITIVIDADE DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS FERRAMENTA DE COMPETITIVIDADE DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS Tendências DE INOVAÇÃO de mercado NO SECTOR Agro-alimentar

Leia mais

Tackling the challenge of feeding the World: A Family farming perspective

Tackling the challenge of feeding the World: A Family farming perspective Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura YEAR OF FAMILY FARMING Economic and Social Development Department Science for Poverty Erradication and Sustainable Development Tackling

Leia mais

* 10 Passos para uma Alimentação Saudável. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates

* 10 Passos para uma Alimentação Saudável. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates * 10 Passos para uma Alimentação Saudável * O ato da alimentação deve estar inserido no cotidiano das pessoas, como um evento agradável e de socialização 1 Fonte: GUIA ALIMENTAR DA POPULAÇÃO BRASILEIRA:

Leia mais

RUMO AO FUTURO QUE QUEREMOS. Acabar com a fome e fazer a transição para sistemas agrícolas e alimentares sustentáveis

RUMO AO FUTURO QUE QUEREMOS. Acabar com a fome e fazer a transição para sistemas agrícolas e alimentares sustentáveis RUMO AO FUTURO QUE QUEREMOS Acabar com a fome e fazer a transição para sistemas agrícolas e alimentares sustentáveis O futuro que queremos não se concretizará enquanto a fome e a subnutrição persistirem,

Leia mais

10-13 junho 2015. Bienal do Ibirapuera São Paulo - SP. 11ª Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia. quarta a sábado 11h -19h

10-13 junho 2015. Bienal do Ibirapuera São Paulo - SP. 11ª Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia. quarta a sábado 11h -19h 11ª Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia 10-13 junho 2015 quarta a sábado 11h -19h Bienal do Ibirapuera São Paulo - SP Shutterstock Conecte-se a milhares de compradores que buscam novos

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

MANUAL. Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento. [Digite texto]

MANUAL. Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento. [Digite texto] MANUAL Campanha de incentivo ao consumo de Frutas, Legumes e Verduras nas Centrais de Abastecimento [Digite texto] Grupo de Trabalho Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) Ministério

Leia mais

Índice. 1. Alguns factos. Competitividade da fileira hortofrutícola. 1. Alguns factos 2. Os desafios 3. As estratégias 4. Considerações finais

Índice. 1. Alguns factos. Competitividade da fileira hortofrutícola. 1. Alguns factos 2. Os desafios 3. As estratégias 4. Considerações finais Competitividade da fileira hortofrutícola Desafios da fruta qualificada (DOP/IGP) face às tendências de mercado Viseu 7 Novembro de 2007 Gonçalo Lopes COTHN Índice 2. Os desafios 3. As estratégias 4. Considerações

Leia mais

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL - CONSTRUÇÃO COMPARTILHADA DO CONHECIMENTO JOSILENE RUBIA MURARA - CRN2 6832 LUIZE AMANDA SALVADOR CRN2 6112

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL - CONSTRUÇÃO COMPARTILHADA DO CONHECIMENTO JOSILENE RUBIA MURARA - CRN2 6832 LUIZE AMANDA SALVADOR CRN2 6112 EDUCAÇÃO NUTRICIONAL - CONSTRUÇÃO COMPARTILHADA DO CONHECIMENTO JOSILENE RUBIA MURARA - CRN2 6832 LUIZE AMANDA SALVADOR CRN2 6112 INTRODUÇÃO Modificações na população brasileira vêm sendo objetivamente

Leia mais

Sustentabilidade no Setor Varejista Brasileiro. Fernando de Castro Presidente

Sustentabilidade no Setor Varejista Brasileiro. Fernando de Castro Presidente Sustentabilidade no Setor Varejista Brasileiro Fernando de Castro Presidente Quem Somos Grupo de empresários preocupados em: o Contribuir com políticas de desenvolvimento para o Brasil o Participação do

Leia mais

FORTIFIQUE O FUTURO. Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech

FORTIFIQUE O FUTURO. Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech FORTIFIQUE O FUTURO Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech A Fortitech foi pioneira, aperfeiçoou e continua avançando em pré-misturas personalizadas de nutrientes. Nos mercados de todo o mundo,

Leia mais

Setor de Panificação e Confeitaria

Setor de Panificação e Confeitaria Setor de Panificação e Confeitaria Em 2014 o setor de Panificação e Confeitaria brasileiro cresceu 8,02%e faturou R$ 82,5 bilhões. Desde 2010, o mercado vem registrando uma desaceleração. Setor de Panificação

Leia mais

Cenários & Oportunidades 2012. QuorumBrasil 1

Cenários & Oportunidades 2012. QuorumBrasil 1 Cenários & Oportunidades 2012 QuorumBrasil 1 Com quem falamos? 1.100 entrevistas, distribuídas nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Fortaleza, Goiânia e Belém. 800 clientes com mais de 12 meses de relacionamento,

Leia mais

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR Prioridades Estratégicas Indústria Portuguesa Agro-Alimentar Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares XI LEGISLATURA 2009-2013 XVIII

Leia mais

Top 10 Tendências 2015

Top 10 Tendências 2015 Setor Alimentar Top 10 Tendências 2015 Com base em informações retiradas da base de dados InnovaDatabase em: www.innovadatabase.com 1. Mais clareza na Rotulagem 2. Mais conveniência para os foodies 3.

Leia mais

2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro. Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia

2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro. Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia 2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia Juruaia, 16/09/2010 SEDE Secretária de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais Reforço da Competitividade

Leia mais

RASTREABILIDADE PARA A SUSTENTABILIDADE. um case de sucesso para a batata

RASTREABILIDADE PARA A SUSTENTABILIDADE. um case de sucesso para a batata RASTREABILIDADE PARA A SUSTENTABILIDADE um case de sucesso para a batata A LONGA E COMPLEXA VIAGEM DA BATATA VISÃO GERAL PEPSICO 19 MARCAS + $1B 64 FATURAMENTO LÍQUIDO OUTRAS GLOBAL MARCAS [EXEMPLOS] PEPSICO

Leia mais

Indicadores de Sustentabilidade

Indicadores de Sustentabilidade Indicadores de Sustentabilidade - A ONU e os países que possuem dados históricos e consolidados têm produzido indicadores de diversos tipos (saúde, educação, transporte, renda, produção nacional, etc.)

Leia mais

Vulnerabilidade Regional às Mudanças do Clima

Vulnerabilidade Regional às Mudanças do Clima Vulnerabilidade Regional às Mudanças do Clima 8ª Semana de Integração Tecnológica - EMBRAPA 26/05/2015 Plano de Energia e Mudanças Climáticas Energia Cooperação internacional Processo Participativo Agricultura,

Leia mais

505 Shoppings no Brasil (Abrasce) 65% Varejo de moda feminina. 20% Taxa de conversão média do mercado. 0,7% Crescimento do PIB (mercado: 0,29%)

505 Shoppings no Brasil (Abrasce) 65% Varejo de moda feminina. 20% Taxa de conversão média do mercado. 0,7% Crescimento do PIB (mercado: 0,29%) Caio Camargo Formação: Arquiteto especializado em Varejo e Merchandising/ MBA em Marketing pela FGV Ocupação: Vencendo no varejo Sua marca cada vez mais forte e vendendo mais Editor Falando de Varejo Gerente

Leia mais

População, Recursos e Ambiente Desenvolvimento Sustentável 5ª aula teórica PRINCÍPIO DA PROCURA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Conferência de Estocolmo: 1º Conferência ONU sobre Ambiente e Estabelecimentos

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO Objetivo O objetivo das Diretrizes é apoiar os países a

Leia mais

O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C

O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C VAREJO Agosto - 2012 O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C Desde a criação do Real e a estabilização da economia, o poder aquisitivo da população brasileira aumentou de forma significativa.

Leia mais

Os Benefícios do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) para a sociedade e suas perspectivas para os próximos anos.

Os Benefícios do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) para a sociedade e suas perspectivas para os próximos anos. Os Benefícios do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) para a sociedade e suas perspectivas para os próximos anos. Industria Matéria-prima Mão de obra Saúde e Meio Ambiente Economia 2

Leia mais

NUTRIÇÃO E SUSTENTABILIDADE. Luciana Dias de Oliveira CRN2 4498

NUTRIÇÃO E SUSTENTABILIDADE. Luciana Dias de Oliveira CRN2 4498 NUTRIÇÃO E SUSTENTABILIDADE Luciana Dias de Oliveira CRN2 4498 O que é SUSTENTABILIDADE? Como aliar SUSTENTABILIDADE e NUTRIÇÃO? O que é sustentabilidade? Constituição Federal Art. 225. Todos têm o direito

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

CUIDAR DA TERRA ALIMENTAR A SAÚDE CULTIVAR O FUTURO

CUIDAR DA TERRA ALIMENTAR A SAÚDE CULTIVAR O FUTURO CUIDAR DA TERRA ALIMENTAR A SAÚDE CULTIVAR O FUTURO Por que é importante dar preferência aos produtos orgânicos? Os sistemas de produção orgânica se baseiam em princípios da agroecologia e, portanto, buscam

Leia mais

Adaptação de Embalagens para o Mercado Internacional. Paulo de Castro Reis Design Embala - ABRE

Adaptação de Embalagens para o Mercado Internacional. Paulo de Castro Reis Design Embala - ABRE Adaptação de Embalagens para o Mercado Internacional Paulo de Castro Reis Design Embala - ABRE 1 1. Projeto Design Embala e a ABRE 2. Design Embala na ISM 2014 3. Tendências e Observações 2 A ABRE congrega

Leia mais

14º CONGRESSO BRASILEIRO DO AGRONEGÓCIO FÓRUM ALIMENTOS. Vamos tornar o Brasil o primeiro produtor de Alimentos do Mundo?

14º CONGRESSO BRASILEIRO DO AGRONEGÓCIO FÓRUM ALIMENTOS. Vamos tornar o Brasil o primeiro produtor de Alimentos do Mundo? 14º CONGRESSO BRASILEIRO DO AGRONEGÓCIO FÓRUM ALIMENTOS Vamos tornar o Brasil o primeiro produtor de Alimentos do Mundo? ALAN BOJANIC Ph.D. REPRESENTANTE DA FAO NO BRASIL ALIMENTAR O MUNDO EM 2050 As novas

Leia mais

O uso do poder de compra para a melhoria do meio ambiente: o papel da rotulagem ambiental

O uso do poder de compra para a melhoria do meio ambiente: o papel da rotulagem ambiental A rotulagem ambiental Informações disponibilizadas nos rótulos de embalagens para que os consumidores possam optar por adquirir produtos de menor impacto ambiental em relação aos produtos concorrentes

Leia mais

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade significa permanecer vivo. Somos mais de 7 bilhões de habitantes e chegaremos a 9 bilhões em 2050, segundo a ONU. O ambiente tem limites e é preciso fazer

Leia mais

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente.

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Novos desafios, grandes oportunidades Apesar da crise econômica:

Leia mais

Oi Lindona! Eu sou MILLA PADUA, Coach de Boa Forma

Oi Lindona! Eu sou MILLA PADUA, Coach de Boa Forma Oi Lindona! Eu sou MILLA PADUA, Coach de Boa Forma Eu mudei radicalmente o meu estilo de vida e conquistei o corpo que eu sempre sonhei após a maternidade. É isso aí! Tem gente que acha que depois dos

Leia mais

ATUAÇÃO DA FAO NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

ATUAÇÃO DA FAO NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR ATUAÇÃO DA FAO NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR II Encontro Nacional de Experiências Inovadoras em Alimentação Escolar 50 ANOS Sr. José Tubino Representante da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

Produto mais sustentável

Produto mais sustentável Produto mais sustentável De maneira geral, um produto pode ser considerado mais sustentável por diversas razões: a) processo de fabricação com baixo impacto: consiste em produtos que eliminaram ingredientes

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 008 PIB avança e cresce 6% Avanço do PIB no segundo trimestre foi o maior desde 00 A economia brasileira cresceu mais que o esperado no segundo trimestre, impulsionada

Leia mais

Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos - Abimaq

Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos - Abimaq Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos - Abimaq A Indústria de Máquinas na Era da Economia Verde Perfil geral A indústria da indústria Fundação:1937- origem de um sindicato têxtil; Possui 1.500

Leia mais

DESAFIO PORTUGAL 2020

DESAFIO PORTUGAL 2020 DESAFIO PORTUGAL 2020 Estratégia Europa 2020: oportunidades para os sectores da economia portuguesa Olinda Sequeira 1. Estratégia Europa 2020 2. Portugal 2020 3. Oportunidades e desafios para a economia

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

Manual AVANTE. Sirva-se e bom apetite!

Manual AVANTE. Sirva-se e bom apetite! Manual AVANTE Sirva-se e bom apetite! Sumário O seu estabelecimento como referência em alimentação de qualidade Conceito Alimentação Saudável O Programa Avante pela Qualidade de Vida O que temos para o

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais