Junte-se. franquicias. franchising. ao grupo líder. em agências de viagens. Junte-se ao grupo líder

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Junte-se. franquicias. franchising. ao grupo líder. em agências de viagens. Junte-se ao grupo líder"

Transcrição

1 Junte-se ao grupo líder em agências de viagens franquicias franchising

2 Bem-vindo à Globalia. 01 Estimado investidor. Esta é uma mensagem especialmente dirigida a si. A si que conhece como ninguém as pessoas do seu bairro e da sua cidade. A si que está a sofrer com os altos e baixos desta prolongada crise. Todos sabemos bem que nas actuais circunstâncias não é fácil fazer frente à intempérie. Por isso estamos certos que é do seu interesse associar-se à Globalia, o maior grupo turístico ibérico, convertendose em franchisado da Halcon Viagens. Desde 2005, ano em que arrancou o projecto em Portugal, mais de 100 investidores já se uniram ao nosso grupo. A experiência, por ambas as partes, não poderia ser mais satisfatória. Incentivo-o a entrar em contacto connosco para que em conjunto possamos estudar a solução mais viável para o seu negócio, convencido de que em tempos de crise, dispor de um airbag como a Globalia é uma garantia de futuro. A Globalia conta com os seus próprios operadores turísticos Travelplan / Travelplannet / Touring Club / Latitudes, com a companhia aérea - Air Europa, uma cadeia hoteleira Belive, e um sem fim de empresas e serviços que acrescentam valor ao seu trabalho. Temos produto próprio, ferramentas de Gestão, marketing, publicidade e a experiência de 30 anos de crescimento incessante. Tudo isto, a partir de agora, está à sua disposição para que possa enfrentar o futuro com optimismo. Acabe com os problemas e desfrute das soluções. Esperamos por si. Juan José Hidalgo Presidente Executivo Grupo Globalia

3 A Halcon Viajes faz parte da Globalia, o grupo turístico líder ibérico no sector de Viagens. O seu nascimento data de 1970, mas foi no ano de 1992 que se iniciou um processo de expansão inédito no turismo espanhol, que levou a uma democratização das viagens com uma proposta totalmente revolucionária. Hoje é uma das primeiras agências de viagens da Europa em número de agências de vendas, clientes, facturação de pacotes de férias e em serviços especializados de O nosso grupo viagens de empresa, incentivos e congressos. Em 1999 expandiu-se para Portugal, abrindo, como Halcon Viagens, nesse mesmo ano uma rede de 30 agências próprias. A Globalia é a cabeça de um aglomerado de empresas, as quais formam uma estrutura que lhe permite oferecer um serviço de qualidade e satisfazer as necessidades dos seus clientes. O grupo é composto, entre outras, pelas seguintes empresas:

4 Total Agências: Área do Lisboa 25 Área do Porto 25 Centro 18 Norte 11 Alentejo 7 Algarve O nosso grupo A Halcon Viagens actualmente dispõe de mais de pontos de venda, distribuídos em toda a geografia espanhola, e mais de 110 pontos em Portugal. Em Portugal, além de 22 Agências Halcon Viagens próprias, temos mais de 90 lojas Franchisadas. Somos uma das maiores redes de distribuição de Viagens em Portugal.

5 Equipa humana Para alcançar uma alta qualidade de serviço, foi necessário ter uma constante preocupação com a formação de todos os nossos profissionais, até conseguirmos atingir o nível de preparação que hoje nos é reconhecido. Actualmente, a equipa da Halcon Viagens supera os 70 profissionais, e na sua grande maioria com formação académica em Turismo, com vasto conhecimento da sua profissão e especialmente sensibilizados para captar a atenção do cliente. Para atingir e manter este nível, temos desenvolvido uma política de formação constante a qual engloba Recursos cursos em diversas áreas essenciais à nossa actividade. Uma grande parte deste grupo de trabalho pertence a Departamentos Centrais de apoio às Agências: Administrativo, Marketing & Publicidade, Direcção de Negócios, Criação de Produto, etc. São Departamentos que têm como fim ajudar os pontos de venda, realizando funções que, noutras Agências de Viagens têm de ser efectuados pelos próprios pontos de venda. Os nossos franchisados apenas têm de se preocupar em vender.

6 Meios informáticos Todas as agências estão dotadas dos meios mais modernos do mercado, estando na vanguarda das Agências de Viagens. Para isso acontecer, as sucursais dispõem de terminais electrónicos conectados com os principais emissores de serviços turísticos do mundo, que nos permite reservar bilhetes de avião e comboio automaticamente, possui ainda o Sistema Licomedes, um programa informático de gestão de Agência de Viagens, com aplicação administrativa e comercial. O preço especial de aluguer dos Equipamentos Informáticos, é de /ano + IVA. Um custo Recursos acessível, que permite à Agência possuir uma arma para atender todo tipo de negócios, empresas, grupos, etc., acima de tudo, poder atender em tempo real, qualquer cliente que entre nas nossas lojas e solicite no momento, qualquer tipo de bilhete ou reserva hoteleira. O Sistema Licomedes, além de conseguir vantagens administrativas, permite que os vouchers e as facturas de clientes sejam emitidos informaticamente e de forma imediata. Resumidamente, possibilitamos que, 95% do tempo de um colaborador seja para, EXCLUSIVAMENTE VENDER.

7 Vantagens >Irá beneficiar do nome que a Halcon Viagens tem no mercado turístico. A Halcon Viagens conduz a uma imagem de seriedade e experiência perante todo tipo de cliente: de férias, de grupos ou de empresas. Esta imagem é fruto de muitos anos de trabalho e profissionalismo e que nos posiciona como o número um a nível grupo turístico ibérico. 2> Publicidade que a Halcon Viagens realiza nos diferentes meios. A Halcon Viagens realiza um grande volume de Publicidade nos diferentes meios, reflectindo-se num número importante de clientes que entram nas agências Halcon Viagens. 3> Campanhas promocionais Cada agência da Halcon Viagens beneficia das campanhas promocionais que mensalmente dirigimos aos nossos clientes, e que são exclusivas para a rede Halcon Viagens. Importantes descontos, preços exclusivos, campanha 2x1 (duas viagens ao preço de uma), etc. 4> Importantes descontos para os nossos clientes com Cartão de crédito Halcon Viagens Mastercard sem qualquer custo para o franchisado. Os clientes que dispõem deste cartão podem ainda beneficiar do sistema de fidelização Voyager. 5> Colocamos à sua disposição os nossos departamentos de Marketing, Publicidade, Administração, Assessoria Jurídica, etc. Como qualquer outro ponto de venda da Halcon Viagens, beneficiará dos departamentos mencionados, ficando isento no seu dia a dia de realizar todos estes procedimentos que, ao constituir una agência própria, iriam consumir muito do seu tempo, pessoal e com despesas consideráveis, que noutro tipo de franchising têm de ser realizados em cada agência e por sua conta. 6> Devido ao nosso poder de contratação, oferecemos as melhores condições dos diferentes fornecedores. Como Grupo mais importante ibérico, representamos os fornecedores do mercado turístico com as melhores condições, no que respeita a comissões de venda dos seus produtos, além de que contamos no Grupo Globalia com produto próprio, companhia aérea própria, rent-acar, etc. Tudo isto faz com que tenhamos as melhores comissões do mercado. A equipa da Halcon Viagens dispõe de amplos conhecimentos profissionais e estão ao dispor para dar apoio à rede de vendas em temas relacionados com procedimentos administrativos, Marketing, Direcção de Negócios, Publicidade, produto, etc. A Halcon Viagens coloca à disposição do franchisado um Dossier de normas de abertura, para o apoiar na adequação do local à nossa imagem corporativa. Conhecedor das necessidades técnicas e da imagem da Halcon Viagens, procuraremos que o seu investimento inicial em franchisado seja o mais reduzido possível. 8> Formação continua. Os franchisados dispõem de um departamento especializado na formação e conhecimento de todos

8 Vantagens os sistemas e produtos da Halcon Viagens (Licomedes, Sistemas, Operador Turístico, Produto Próprio...) Proporcionamos a todos os franchisados a formação técnica e prática necessária para a sua incorporação no nosso Grupo, assim como uma formação posterior mediante cursos de forma contínua para uma perfeita formação profissional. 9> Administração centralizada Os nossos franchisados, após treinados a fazer uma correcta administração, poderão dedicar-se principalmente a vender. A Administração da Halcon Viagens paga a fornecedores, cobra a clientes com os quais tenha acordado uma facturação diferida, paga comissões, etc. Este departamento poupa à agência tempo e, acima de todo, custos consideráveis. 10>Meios informáticos Todas as agências estão dotadas dos meios mais modernos do mercado, estando na vanguarda das Agências de Viagens. Para isso acontecer, as sucursais dispõem de terminais electrónicos conectados com os principais emissores de serviços turísticos do mundo, que nos permite reservar bilhetes de avião e comboio automaticamente, possui ainda o Sistema Licomedes, um programa informático de gestão de Agência de Viagens, com aplicação administrativa e comercial. O preço especial de aluguer dos Equipamentos Informáticos, é de 2.450,00 /ano. Este valor já inclui todo o sistema e licenças obrigatórias, ligação à internet, assim como assistência pelo nosso departamento de informática. Este sistema permite à Agência possuir uma arma para atender todo tipo de negócios, empresas, grupos, etc., acima de tudo, poder atender em tempo real, qualquer cliente que entre nas nossas lojas e solicite no momento, qualquer tipo de bilhete ou reserva hoteleira. 11> Ampla documentação A agência franchisada recebe todo o tipo de manuais técnicos e informativos, assim como todo o material de contabilidade que uma agência Halcon Viagens precisa para o funcionamento diário. 12> Intranet O Grupo conta com uma exaustiva Intranet actualizada diariamente com toda a informação necessária para facilitar o trabalho comercial e administrativo da agência. Uma ferramenta de consulta muito útil e necessária que permite ao franchisado estar actualizado diariamente e a par de todas as novidades criadas desde a central da Halcon Viagens: Campanhas, contratos, produtos preferentes, ofertas, noticias... Gestor Centralizado De Ofertas: Sistema pelo qual as ofertas são enviadas para a central da Halcon Viagens onde um equipamento se encarrega de as classificar e carregar na intranet de forma organizada para que cada agência as possa consultar, descarregar e imprimir no momento desejado. Desta forma facilitamos o trabalho comercial do agente de viagens, dado que evita a saturação de uma recepção massiva de ofertas por fax, correio electrónico ou outra vias, assim como programas de fornecedores, etc., que em dadas ocasiões fariam o trabalho diário entrar em colapso. 13> Serviços Corporate O departamento Halcon Empresas é formado por um conjunto de profissionais cuja especialidade é a de prestar aos clientes empresa de cada agência um serviço exclusivo e global em gestão de viagens corporativas oferecendo as tarifas mais competitivas em cada caso. Somos especialistas na organização de congressos, feiras, convenções assim como viagens de incentivo.

9 Do que necessita. 05 O franchisado deverá cumprir as seguintes condições: 1> Aval bancário em nome de Halcon Viagens, on first demand,de O aval terá de cumprir a duração do contrato. 2> Local mínimo 40 m 2 dotado de: Exclusivamente dedicado à actividade, com entrada directa desde a rua e com casa de banho (daremos preferência a lojas com boa localização e com boa montra). Dois acessos básicos para telefone + fax + alarme + P.O.S (Multibanco/Visa). O telefone e Fax deverão ser registados em nome da Halcon Viagens, mas com débito ao Franchisado (para constar nas linhas telefónicas nacionais a designação da marca Halcon Viagens, e não o nome da sua sociedade a constituir). Seguro (multi-riscos) obrigatórios, e taxas (Municipais, do reclamo exterior, etc.). 3> Ordenados, Seguro de Acidentes de Trabalho e Segurança Social de Empregado/s 4> São da responsabilidade do franchisado, as obras e elementos imprescindíveis para o perfeito desenvolvimento de uma agência Halcon Viagens, entendo-se como elementos básicos, letreiro exterior com a imagem corporativa, mesas, cadeiras, expositores, ar condicionado, cofre, instalação dos meios informáticos, telefones, fax, fotocopiadora. O franchisado deve aportar à Halcon Viagens: 1> Royalties: 4% das vendas. 2> Quota de adesão: (+ IVA). Não solicitamos quota por publicidade. Toda a publicidade, que diariamente sai nos meios (TV, rádio, imprensa, etc.) É por conta da Halcon Viagens. Não solicitamos quota pelo apoio administrativo. Todos os pagamentos a fornecedores, cobranças a clientes acordados, liquidação de comissões, etc., são efectuados pela administração da Halcon Viagens, sendo um serviço gratuito para os nossos franchisados, evitando custos de pessoal e podendo dedicar todo o seu tempo a vender.

10 O que fornecemos Local, mobiliário, sistemas. A Halcon Viagens coloca à disposição do franchisado um Dossier de normas de abertura, para o apoiar na adequação do local à nossa imagem corporativa. Conhecedor das necessidades técnicas e da imagem da Halcon Viagens, procuraremos que o seu investimento inicial em franchisado seja o mais reduzido possível. 1> Montagem da Loja. Este custo é difícil de avaliar, dado que dependerá do estado em que se encontre o local, assim como dos m 2 do mesmo. Da nossa parte, exigimos que esteja dotado de casa de banho (salvo se estiver localizado em centro comercial), montra e que se dedique exclusivamente ao negócio de agência de viagens. 2> Letreiro luminoso. Logicamente no exterior, deverão existir um ou mais letreiros com a imagem corporativa da Halcon Viagens, sendo que o mais habitual é ser instalado em metacrílico com luz incorporada e se a Câmara Municipal o permitir, com uma bandeirola. O custo depende do tamanho da fachada. 3> Instalação e compra de equipamentos informáticos. É da responsabilidade do franchisado, os custos de instalação dos equipamentos informáticos (Savia Amadeus + Licomedes + Router) no valor de IVA. (Estes valores serão cobrados após abertura. Trata-se de custos de deslocação dos técnicos Fujitsu + Savia Amadeus + Portugal Telecom, assim como da programação dos computadores e impressora). A impressora será fornecida pela Halcon Viagens, marca Ricoh, modelo CL 4000 DN (ou similar), tendo um custo de 500 a ser pago no primeiro terço do mês, obrigatoriamente, uma vez que o nosso sistema de facturação e emissão de todos os documentos - Licomedes - estão programados para esta impressora). O custo dos consumíveis e a manutenção da impressora fica a cargo do franchisado, dado que a mesma passa a ser sua propriedade. Acresce ainda a taxa anual de utilização dos Sistemas Savia/Licomedes por IVA. Este valor corresponde à utilização da linha Savia / Licomedes e aluguer dos 2 computadores fornecidos pela Halcon Viagens (já referidos anteriormente). 4> Duas linhas telefónicas e uma de fax. Entendemos que este é o equipamento mínimo necessário para o correcto funcionamento da agência de viagens. 5> Mobiliário. Exige-se como mobiliário mínimo, o correspondente a dois postos de trabalho, uma mesa auxiliar para dois equipamentos informáticos e em função das características do local, expositores de folhetos, mesa, cadeiras e cadeirões para a sala de espera, etc. Esta temática será analisada conjuntamente com o Gestor Halcon. 6> Seguros e impostos diversos. São da responsabilidade do franchisado, todos os seguros (multi-riscos) e impostos municipais que os organismos oficiais, exijam para o funcionamento de uma agência de viagens. 7> Autorizações e licenças necessárias. O franchisado deverá tramitar as autorizações e licenças necessárias dos organismos locais competentes (licença municipal, impostos locais, etc.).

11 O que fornecemos Hotelres: Sistema de reservas de Produto Próprio, Alterações, Anulações, Envio informação reserva aos Hotéis. - Know-How de Halcon Viagens (Sistema próprio de vendas e sinergias de Grupo.). - Licomedes. Programa de gestão administrativa e comercial para o tratamento das operações de uma Halcon Viagens. Formação A Halcon Viagens proporciona aos novos franchisados um completo curso de formação para a sua incorporação no Grupo, dividido em duas etapas: TAPA A Técnica (duração 3/4 semanas). Conteúdo: - Produtos turísticos à venda nas Agências Halcon. - Produto exclusivo Halcon. - GDS Savia Amadeus. Curso integral de reservas para iniciados Amadeus. - Gestão de Grupos. - Página Web Travelplan: Procedimentos e reservas. ETAPA B Práticas Post-Curso. Finalizado o Curso de Formação técnica (etapa A ) o franchisado completará a sua preparação numa oficina de Halcon (o mais próximo possível da sua residência) onde poderá aplicar os sistemas aprendidos e esclarecer todo o tipo de dúvidas junto dos colaboradores Halcon Viagens. NOTA: É da responsabilidade do franchisado todas as despesas (transporte, alojamento, alimentação, etc.) resultantes da participação nos cursos de formação. A participação no curso de formação (Etapas A e B) é obrigatória.

12 Exemplos e contacto. 07 Anexo a este documento mostramos um Exemplo de Conta de Exploração de um Franchisado Tipo, com base em produções de , e respectivamente. Nestes exemplos tratámos de incluir as despesas mais importantes da exploração de uma Agência de Viagens. O estudo deve servir como orientação para cada caso particular. Cada campo deve ser alterado em função da sua situação pessoal. Mostramos-lhe a nossa experiência e o nosso conhecimento do que uma agência, produz e quais as despesas da mesma. Queremos destacar alguns conceitos do caso prático: 1> Como aluguer do local, estimamos por ano. No caso do mesmo ser mais baixo/alto, o valor apontado terá de ser adequado e, no caso do local ser próprio, poderia ser considerado pelo franchisado como uma importância menor nas despesas directas e, assim sendo, como um incremento do lucro. 2> Aluguer do sistema Savia-Amadeus. Entendemos que todas as nossas agências têm de estar providas do sistema Savia-Amadeus, que permita a emissão de bilhetes de forma automática. Estimamos o custo de aluguer do citado sistema, de 2.400, quantia que deverá ser paga pelo franchisado em prestações mensais. Poderá ainda fazer o download do Dossier Informativo com conceitos básicos necessários para a abertura de uma agência Halcon Viagens e ainda o Contrato-tipo de Franchising, com o objectivo de que possa fazer a análise com todos os elementos necessários do negócio que lhe propomos. Una vez que tenha analisado o Dossier/Contrato, e em caso de estar interessado, entre em contacto connosco através do telefone ou que figuram abaixo, trataremos de marcar uma entrevista pessoal, para poder complementar os conceitos da proposta e clarificar as dúvidas que possam surgir. Obrigado por pensar na Halcon Viagens para o seu projecto de Agência de Viagens, em regime de Franchisado. Esperamos o seu contacto, estamos à sua inteira disposição. HALCON VIAGENS Departamento de Franchising Telef.: Fax:

13 EXEMPLO DE CONTA DE EXPLORAÇÃO DE UM FRANCHISADO TIPO Para uma produção de Para uma produção de Para uma produção de COTIZAÇÃO SEGURANÇA SOCIAL Cotização para a segurança social com base em ordenados mínimos. Sendo 1 trabalhador para /2 trabalhadores para e COMUNICAÇÕES SEGUROS OBRIGATÓRIOS E TAXAS MUNICIPAIS Aval Custo aproximado (4%) DESPESAS DIVERSAS Deslocações, fotocópias, serviços de estafeta, avença com técnico de contas PUBLICIDADE Considera-se esta quantia para fazer alguma acção especial no período de abertura LOCAL Neste apartado é considerado uma quantia estimativa para aluguer do local, água, limpeza e electricidade LIGAÇÃO SAVIA/AMADEUS TOTAL GASTO DIRECTOS Nota: Os salários dos empregados da agência são da responsabilidade do franchisado e deverão ser estabelecidos em função do lucro final estimado.

14 VENDAS ESTIMADAS BENEFÍCIO BRUTO ( 14% SOBRE AS VENDAS (1) ) GASTOS a) ROYALTIES DIRECTOS (4% = 3,2% (2)) 3,2% sobre ,2% sobre ,2% sobre b) GASTOS DIRECTOS (Conforme tabela anterior) TOTAL GASTOS LUCRO ESTIMADO (não inclui pessoal (3)) (1) Inclui taxas de serviço cobradas por cada venda; (2) Cobra-se 4% sobre os valores comissionáveis pelo que calculamos apenas 3,2% sobre a venda total que inclui aproximadamente 20% de proveitos não comissionáveis. (3) Os salários a pagar aos trabalhadores têm, obrigatoriamente, que ser ponderados em função do lucro estimado

NORMAS DE PROCEDIMENTO PARA ABERTURA DE UM FRANCHISING. Junte-se ao Grupo Líder Em agências de Viagens A FORMA MAIS INTELIGENTE DE VIAJAR

NORMAS DE PROCEDIMENTO PARA ABERTURA DE UM FRANCHISING. Junte-se ao Grupo Líder Em agências de Viagens A FORMA MAIS INTELIGENTE DE VIAJAR NORMAS DE PROCEDIMENTO PARA ABERTURA DE UM FRANCHISING Junte-se ao Grupo Líder Em agências de Viagens A FORMA MAIS INTELIGENTE DE VIAJAR GARANTIA BANCÁRIA 01 OFranchisadoentregará,conformecontracto,garantiaBancaria,onFirstDemand,de

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS Produtos e serviços CGD para profissionais liberais e jovens advogados: CONTAS À ORDEM Conta Extracto A informação onde preferir. Com esta conta recebe um extracto com toda a informação da sua conta, na

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR Rua Henrique Bravo, 6929 e 6967 4465-167 S. Mamede de Infesta Portugal 1 Filosofia/Historial A 3infor é uma empresa especializada em software profissional, com um produto inovador

Leia mais

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME Santander Totta Santander Totta Especializado no Negócio de PME O Banco Santander Totta está integrado num dos maiores Grupos Financeiros a nível Mundial. Distingue-se pela sua capacidade de oferecer as

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

DOSSIER DE APRESENTAÇÃO SERHOGARSYSTEM

DOSSIER DE APRESENTAÇÃO SERHOGARSYSTEM DOSSIER DE APRESENTAÇÃO SERHOGARSYSTEM Quem Somos? A SerHogarsystem como marca registada franchisadora nasce da experiência de um grupo de empresas vocacionadas para o sector dos recursos humanos e, nomeadamente,

Leia mais

Folha de cálculo para Plano de Negócios. 7 de Novembro 2009

Folha de cálculo para Plano de Negócios. 7 de Novembro 2009 Folha de cálculo para Plano de Negócios 7 de Novembro 2009 9 de Novembro de 2009 Modelo 9 de Novembro de 2009 2 Objectivos ferramenta Disponibilizar uma ferramenta que possibilite a um empreendedor efectuar

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE

Leia mais

CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO

CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO A UNICRE UNICRE Instituição Financeira de Crédito, S.A Especialista em cartões de pagamento desde 1974 Sede: Av. António Augusto de Aguiar, 122 Lisboa www.unicre.pt Emissora

Leia mais

Iniciar um negócio em Franchising

Iniciar um negócio em Franchising Iniciar um negócio em Franchising Franchising, o que é? Terminologia Vantagens e Desvantagens do Franchisado Vantagens e Desvantagens do Franchisador Dicas para potenciais Franchisados Serviços de apoio

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO Fundada a 30 de Maio de 1950 Única Associação das Agências de Viagens em Portugal Medalha de Ouro de Mérito Turístico de Portugal Medalha de Ouro

Leia mais

GAI GABINETE APOIO AO INVESTIDOR PME INVESTE VI LINHA ESPECÍFICA MICROS E PEQUENAS EMPRESAS INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1

GAI GABINETE APOIO AO INVESTIDOR PME INVESTE VI LINHA ESPECÍFICA MICROS E PEQUENAS EMPRESAS INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1 PME INVESTE VI LINHA ESPECÍFICA MICROS E PEQUENAS EMPRESAS INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1 OBJECTO Facilitar o acesso ao crédito por parte das PME, nomeadamente através da bonificação de taxas de juro e da minimização

Leia mais

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas

PME Investe VI. Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas PME Investe VI Linha de Crédito Micro e Pequenas Empresas Objectivos Esta Linha de Crédito visa facilitar o acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas de todos os sectores de actividade,

Leia mais

Proposta de protocolo Benefícios aos associados

Proposta de protocolo Benefícios aos associados Proposta de protocolo Benefícios aos associados A LUZBOA A LUZBOA Comercialização de Energia Lda é uma empresa de comercialização de electricidade no mercado liberalizado sedeada em Viseu, que opera para

Leia mais

Apresentação ao Shopping

Apresentação ao Shopping Apresentação ao Shopping O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua rede de franquias Você Sabia? Há trinta anos os Estados Unidos adotaram um modelo inovador

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N39 - v4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

Novo Regulamento de execução que estabelece medidas de aplicação da Directiva IVA

Novo Regulamento de execução que estabelece medidas de aplicação da Directiva IVA Novo Regulamento de execução que estabelece medidas de aplicação da Directiva IVA O Regulamento de Execução n.º 282/2011 do Conselho, de 15 de Março de 2011 ( Regulamento ), vem estabelecer medidas de

Leia mais

SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO

SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO SOLUÇÕES SANTANDER TURISMO Atendendo a que o turismo é um sector estratégico na economia nacional e considerando que a APAVT tem tido um papel fundamental no desenvolvimento do turismo nacional, o acordo

Leia mais

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços segurtrade serviços Segurtrade - Serviços é uma solução de protecção, desenvolvida para pequenas e médias empresas que exercem

Leia mais

Oficinas E2 Poliempreende Instituto Politécnico de Coimbra. Introdução ao Modelo de Análise Económico-Financeira

Oficinas E2 Poliempreende Instituto Politécnico de Coimbra. Introdução ao Modelo de Análise Económico-Financeira Oficinas E2 Poliempreende Instituto Politécnico de Coimbra Introdução ao Modelo de Análise Económico-Financeira 18 de Maio de 2011 1 Modelo de análise económico-financeira 2 Modelo de análise económico-financeira

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

ERP AIRC Pr P ocedi d men e tos de alteração das Taxas de IVA

ERP AIRC Pr P ocedi d men e tos de alteração das Taxas de IVA ERP AIRC Procedimentos de alteração das Taxas de IVA Tabela de conteúdos 1. Introdução 3 1.1 Âmbito 3 1.2 Versões mínimas requeridas 3 2. Procedimentos 4 2.1 Procedimento [1] 4 2.2 Procedimento [2] 5 2.3

Leia mais

Apoio Jurídico FRANCHISING

Apoio Jurídico FRANCHISING Apoio Jurídico FRANCHISING Agência dos Empresários Casa do Farol Rua Paulo Gama - 4169-006 Porto Telefone: 22 0108000 Fax: 22 0108020 monicapiressilva@anje.pt -Franchising- Nos últimos anos as actividades

Leia mais

O que ganhar com o nosso GRUPO?

O que ganhar com o nosso GRUPO? Procuras uma atividade interessante, em contínuo crescimento, rentável e de futuro? O que ganhar com o nosso GRUPO? Formação Negócio Rentabilidade Junta-te à nossa rede de agentes de Serviços-Xpo. Aqui

Leia mais

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor segurtrade motor Segurtrade - Motor é uma solução de protecção para a sua empresa, direccionada para pequenas e médias

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT

SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 13.REV1/2011 SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT LIMITES À ELEGIBILIDADE DE DESPESAS, CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE APLICAÇÃO DAS DESPESAS ELEGÍVEIS E METODOLOGIA DE CÁLCULO DAS DESPESAS COM

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES Porque devemos utilizar a empresa Tungsten-Network para enviar as nossas facturas? Para além das vantagens indicadas anteriormente, a facturação electrónica é o método preferido pela

Leia mais

Dossier de Imprensa. rumbo

Dossier de Imprensa. rumbo Dossier de Imprensa rumbo Janeiro 2012 Rumbo, líder em viagens online A empresa é participada em 50% pela Telefónica e pela Orizonia. Criada no ano 2000, e desde o seu inicio que a inovação tecnológica

Leia mais

Principais Vantagens para membros Associados

Principais Vantagens para membros Associados Principais Vantagens para membros Associados ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO Fundada a 30 de Maio de 1950 Única Associação das Agências de Viagens em Portugal COMPOSIÇÃO DOS ASSOCIADOS

Leia mais

ORÇAMENTO. casadaarquitectura.pt

ORÇAMENTO. casadaarquitectura.pt casadaarquitectura.pt ÍNDICE PRESSUPOSTOS RESUMO RECEITAS RESUMO CUSTOS ORÇAMENTO DETALHADO 2 3 4 5 PRESUPOSTOS 1. O orçamento de á apresentado acompanhado com uma previsão/estimativa para 2017 tendo emconta

Leia mais

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à 1. Amostra 2. Caracterização das viagens profissionais 3. Política de viagens

Leia mais

Planificação de uma viagem de negócios

Planificação de uma viagem de negócios Planificação de uma viagem de negócios Página de Rosto Grupo: Joana Fernandes, Nuno Silva, Paulo Martins e Tânia Marlene Silva Ano/Turma: 12º ano do curso profissional de Secretariado Escola: Secundaria/3

Leia mais

A C O R D O. a) A APAVT é uma Associação representativa dos interesses de 557 agências de viagens e turismo com sede em Portugal;

A C O R D O. a) A APAVT é uma Associação representativa dos interesses de 557 agências de viagens e turismo com sede em Portugal; ENTRE GRUPO SATA E APAVT A C O R D O CONTRATANTES: A) SATA Air Açores - Sociedade Açoriana de Transportes Aéreos, S. A., pessoa colectiva nº 5122005095 e SATA Internacional - Serviços e Transportes Aéreos,

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING A Designarte é uma empresa com 15 anos de experiência na área do design, web, marketing e comunicação. Com um vasto portefólio, a nossa preocupação é apresentar aos clientes as soluções

Leia mais

PREÇO VS. SERVIÇO. Imagem das Agências de Viagens

PREÇO VS. SERVIÇO. Imagem das Agências de Viagens Análise Imagem das Agências de Viagens PREÇO VS. SERVIÇO Os portugueses que já recorreram aos serviços de uma Agência de Viagens fizeram-no por considerar que esta é a forma de reservar viagens mais fácil

Leia mais

Construção e Inovação juntos no seu Franchising

Construção e Inovação juntos no seu Franchising Construção e Inovação juntos no seu Franchising Projeto Casa Viva Obras O projeto Casa Viva iniciou em 2010. Atuamos em obras de Remodelação, Construção Nova e Recuperação de Edifícios em Portugal, Espanha

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS. MANUAL de UTILIZAÇÃO

ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS. MANUAL de UTILIZAÇÃO ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS MANUAL de UTILIZAÇÃO Abril de 2009 ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS MANUAL de UTILIZAÇÃO A AIMinho celebrou um Acordo Comercial com a CP Caminhos de Ferro Portugueses que

Leia mais

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO CAPITULO I Disposições Gerais 1. Âmbito As presentes normas têm como finalidade estabelecer as regras

Leia mais

PARCEIROS ESTRATÉGICOS EM PARCERIA COM: UM PROJECTO: NORMAS DE PARTICIPACÃO. Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, coimbra

PARCEIROS ESTRATÉGICOS EM PARCERIA COM: UM PROJECTO: NORMAS DE PARTICIPACÃO. Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, coimbra NORMAS DE PARTICIPACÃO 9, 10 e 11 de Outubro de 2015 I. EVENTO: FEIRA DO PATRIMÓNIO 2015 I.1 ORGANIZAÇÃO Spira revitalização patrimonial lda. www.spira.pt A Spira é uma empresa especializada na concepção,

Leia mais

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Novo Website Vulcano 03 Descubra toda a informação do website Vulcano 04 Área de acesso profissional 06 E-Newsletter Vulcano também com nova imagem 07 02 SOLUÇÕES

Leia mais

Hífen - Consultoria e Serviços, lda Company Profile. Resumo:

Hífen - Consultoria e Serviços, lda Company Profile. Resumo: Resumo: Hífen Consultoria e Serviços Limitada, é uma entidade registada em Moçambique desde 2009 e agora na África do Sul com o objetivo de fornecer uma solução completa de assistência médica para a indústria

Leia mais

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO

Leia mais

Associação de Promoção da Região Autónoma da Madeira

Associação de Promoção da Região Autónoma da Madeira Associação de Promoção da Região Autónoma da Madeira REGULAMENTO DE QUOTIZAÇÃO CAPÍTULO I Princípios Gerais Artigo 1º Espécies de quotas 1- Os associados da Associação de Promoção estão obrigados a pagar

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO Entre: Policarpo Viagens e Turismo, Lda., pessoa colectiva n.º 503 969 052, sito na Rua

Leia mais

Dossier de Imprensa. rumbo

Dossier de Imprensa. rumbo Dossier de Imprensa rumbo Novembro 2011 Rumbo, líder em viagens online A empresa é participada em 50% pela Telefónica e pela Orizonia. Criada no ano 2000, e desde o seu inicio que a inovação tecnológica

Leia mais

Escolas de Pentatlo Moderno

Escolas de Pentatlo Moderno Escolas de Pentatlo Moderno ÍNDICE O que é o franchising PENTAKID? 3 Serviços PENTAKID 5 Marketing 6 Recursos Humanos 7 Financiamento 8 Processo de aquisição 9 Ficha técnica 10 Carta de resposta 11 2 O

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt

Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt &RPpUFLRHOHFWUyQLFRSULQFLSDLVTXHVW}HVHVXDGLYXOJDomRHP 3RUWXJDO SRU 5RGULJR$OEHUWR$OPHLGD%DSWLVWD Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre UNIVERSIDADE DO MINHO ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO BANCO ESPÍRITO SANTO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. entre UNIVERSIDADE DO MINHO ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO BANCO ESPÍRITO SANTO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO entre UNIVERSIDADE DO MINHO e ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DO MINHO e BANCO ESPÍRITO SANTO O presente Protocolo insere-se no desenvolvimento das relações do Banco Espírito

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições:

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições: Condições gerais de venda de todos os programas e que constituem, na ausência de documento autónomo, o contrato de viagem, reserva de alojamento e/ou atividade. O presente documento é vinculativo para

Leia mais

1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços

1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços 1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços 2. Vendas e Operações com clientes Artigos Venda Segmentos clientes - Mercado Interno vs Externo; Corporate vs Particulares PV e PMR (condições comerciais

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

INFORMAÇÕES RECURSO PARA NOVA FRANQUIA

INFORMAÇÕES RECURSO PARA NOVA FRANQUIA INFORMAÇÕES RECURSO PARA NOVA FRANQUIA INTRODUÇÃO José María Luque, que foi dedicado à musculação competição, começa em 2004, um pequeno negócio de venda de suplementos esportivos: um povo de confiança

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Soluções de renting para os seus clientes

Soluções de renting para os seus clientes Soluções de renting para os seus clientes A toda a velocidade para mais vendas O seu especialista em renting informático. Bem-vindo à GRENKE! O seu especialista em renting informático. Renting Palavra

Leia mais

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto:

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto: Exemplos de Inovação Neste documento apresenta-se uma descrição dos vários tipos de inovação e respectivos exemplos para ajuda no preenchimento das questões relacionadas com a introdução de inovações.

Leia mais

Caderno de Apresentação Franquia

Caderno de Apresentação Franquia Caderno de Apresentação Franquia A Empresa A Genial Books iniciou suas actividades em dez/95 depois de um dos sócios conhecer o "Livro Personalizado", numa viagem de férias aos Estados Unidos. Vislumbrando

Leia mais

IV.2 - LISTA E ÂMBITO DAS CONTAS CLASSE 7 CUSTOS POR NATUREZA. As contas desta classe registam os custos correntes do exercício

IV.2 - LISTA E ÂMBITO DAS CONTAS CLASSE 7 CUSTOS POR NATUREZA. As contas desta classe registam os custos correntes do exercício Anexo à Instrução nº 5/96 IV.2 - LISTA E ÂMBITO DAS CONTAS CLASSE 7 CUSTOS POR NATUREZA As contas desta classe registam os custos correntes do exercício 70 - JUROS E CUSTOS EQUIPARADOS 703 - Juros de recursos

Leia mais

ESEIGlobal Simulador Empresarial 3ª Edição - 2005/2006 NEGÓCIOS. Ana Pestana SEGMENTO DE MERCADO CAPACIDADE FINANCEIRA.

ESEIGlobal Simulador Empresarial 3ª Edição - 2005/2006 NEGÓCIOS. Ana Pestana SEGMENTO DE MERCADO CAPACIDADE FINANCEIRA. PLANO DE NEGÓCIOS Ana Pestana VIABILIDADE DO PROJECTO SEGMENTO DE CAPACIDADE FINANCEIRA Ana Pestana 1 CARACTERÍSTICAS Elevado nível de objectividade Adaptado àrealidade do projecto Transmitir uma imagem

Leia mais

Direcção de Negócios Pessoais

Direcção de Negócios Pessoais Direcção de Negócios Pessoais Campanha Colaboradores ASFIC Data: 26-10-2006 1. CAMPANHA TMN/ASFIC Aproveite a Campanha exclusiva que temos para si ao abrigo do novo protocolo tmn/asfic: Condições comerciais

Leia mais

ANEXO PE, EXERCÍCIO ECONÓMICO DE 2010

ANEXO PE, EXERCÍCIO ECONÓMICO DE 2010 ANEXO PE, EXERCÍCIO ECONÓMICO DE 2010 1 Identificação da entidade 1.1 Designação da entidade APOTEC Associação Portuguesa de Técnicos de Contabilidade 1.2 Sede Rua Rodrigues Sampaio, 50-3º-Esq. 1169-029

Leia mais

Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular

Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular Condições de acesso ao Programa de Passageiro Frequente TAP Victoria para Clientes do Banco Popular 1. Âmbito O Banco Popular e a TAP estabeleceram um acordo de parceria (Contrato de Parceiro de Marketing

Leia mais

INTERFURNITURE 2012. Acção Intergift 12 a 16 de Setembro de 2012. Formulário de Inscrição. Nome da empresa: Marca Pessoa de Contacto

INTERFURNITURE 2012. Acção Intergift 12 a 16 de Setembro de 2012. Formulário de Inscrição. Nome da empresa: Marca Pessoa de Contacto INTERFURNITURE 2012 Acção Intergift 12 a 16 de Setembro de 2012 Formulário de Inscrição DADOS EMPRESA Nome da empresa: Marca Pessoa de Contacto CAE (Rev. 3): NIF: Postos de trabalho: Freguesia: Concelho:

Leia mais

Condições do Franchising

Condições do Franchising Condições do Franchising ÍNDICE Introdução 1. Vantagens em entrar num negócio de franchising 2. O que nos distingue como sistema de franchising 2.1. vantagens para o franchisado face a outras redes 2.2.

Leia mais

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua

Leia mais

DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV

DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV A DIGITALMAISTV é um canal de televisão online que procura divulgar a região do Algarve no país e no mundo através da Internet, apostando na diversidade de conteúdos e numa vasta oferta de

Leia mais

Dossier de Imprensa. rumbo

Dossier de Imprensa. rumbo Dossier de Imprensa rumbo Novembro 2012 Rumbo, líder em viagens online A Rumbo é a agência de viagens online nº 1 em vendas em Espanha, segundo a IATA International Air Transport Association-. Empresa

Leia mais

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução Informações gerais Formação Inicial de Instrutores de Condução Condições de Acesso 12º Ano completo, equivalente ou superior 2 anos de Carta de Condução Não possuir doença contagiosa ou deficiência física

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

Linha Específica para o Sector do Turismo

Linha Específica para o Sector do Turismo Linha de Crédito PME Investe III Linha Específica para o Sector do Turismo Objectivos Esta Linha de Crédito, criada no âmbito da Linha PME Investe III, visa facilitar o acesso ao crédito por parte das

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC CÓDIGO DE CONTAS DO SNC 1 MEIOS FINANCEIROS LÍQUIDOS 11 Caixa 12 Depósitos à ordem 13 Outros depósitos bancários 14 Outros instrumentos financeiros 141 Derivados 1411 Potencialmente favoráveis 1412 Potencialmente

Leia mais

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-08-2015 O Preçário

Leia mais

Software para Gestão de Bilhética

Software para Gestão de Bilhética Innux Ticket A gestão de bilhética em eventos exige um aplicativo que alie a máxima rapidez a um manuseamento intuitivo para os seus utilizadores, por forma a garantir o controlo de acessos ao recinto.

Leia mais

22-05-2013 NUNO CASEIRO IPCB/ESA

22-05-2013 NUNO CASEIRO IPCB/ESA NUNO CASEIRO IPCB/ESA 1 Uma ideia não é um negócio!? Tempo Que restaurante? Onde? Para quem? Horário? Tenho uma ideia Um restaurante Como divulgar? O que preciso? Licenciamentos? Que tipo de comida? Horário?

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 21 e 22 de OUTUBRO de 2013 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

QUAL O NOSSO OBJECTIVO ESSENCIAL? O

QUAL O NOSSO OBJECTIVO ESSENCIAL? O QUEM SOMOS NÓS?! Somos Portugueses que, no passado, viveram no estrangeiro, como Emigrantes. Hoje, alguns de nós, ainda possuem familiares nessas condições... Ao longo dos anos sentimos grandes dificuldades,

Leia mais

A DISTRIBUIÇÃO TURÍSTICA E AS REDES DE COOPERAÇÃO INTERORGANIZACIONAL: O CASO DAS AGÊNCIAS DE VIAGEM EM PORTUGAL

A DISTRIBUIÇÃO TURÍSTICA E AS REDES DE COOPERAÇÃO INTERORGANIZACIONAL: O CASO DAS AGÊNCIAS DE VIAGEM EM PORTUGAL A DISTRIBUIÇÃO TURÍSTICA E AS REDES DE COOPERAÇÃO INTERORGANIZACIONAL: O CASO DAS AGÊNCIAS DE VIAGEM EM PORTUGAL O presente inquérito por questionário, insere-se num trabalho de investigação, tendo por

Leia mais

uvaeverde.com.br Apresentação ao Shopping

uvaeverde.com.br Apresentação ao Shopping Apresentação ao Shopping Retorno do investimento garantido em contrato ou a devolução da verba inicial investida* Cláusula vigésima: do retorno do investimento inicial 20.1 A Franqueadora se compromete

Leia mais

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013 JULHO 2013 EM MOÇAMBIQUE, COMO EM PORTUGAL O BPI e o BCI disponibilizam as Soluções Moçambique-Empresas, um conjunto de produtos e serviços desenhados para empresas que pretendam investir ou exportar para

Leia mais

Contabilidade Financeira I

Contabilidade Financeira I Contabilidade Financeira I INVESTIMENTOS É constituído pelos recursos que a empresa detém com carácter de continuidade, não se destinando a ser vendidos ou transformados no decorrer das suas actividades

Leia mais

XIX CAMPEONATO REGIONAL DAS PROFISSÓES A Ç O R E S 2 0 1 0

XIX CAMPEONATO REGIONAL DAS PROFISSÓES A Ç O R E S 2 0 1 0 Composição da Prova A prova de Recepção de Hotelaria e Turismo é composta por: 1. Provas escritas 2 Testes teóricos de avaliação de conhecimentos 2 Teste teórico-práticos de avaliação de conhecimentos

Leia mais

REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E ORGANIZADORES DE CIRCUITOS TURÍSTICOS REGIMES ESPECIAIS DE TRIBUTAÇÃO MÓDULO 2

REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E ORGANIZADORES DE CIRCUITOS TURÍSTICOS REGIMES ESPECIAIS DE TRIBUTAÇÃO MÓDULO 2 REGIMES ESPECIAIS DE TRIBUTAÇÃO MÓDULO 2 REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E ORGANIZADORES DE CIRCUITOS TURÍSTICOS José Soares Roriz Março de 2011 O regime apenas se aplica nas operações

Leia mais

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho da Nazaré no âmbito do Programa FINICIA Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo)

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM ACÇÕES PROMOCIONAIS

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM ACÇÕES PROMOCIONAIS REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM ACÇÕES PROMOCIONAIS IPIM - 1 - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM ACÇÕES PROMOCIONAIS INTRODUÇÃO No exercício das atribuições que lhe foram cometidas pelo número 2 do artigo

Leia mais

PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS

PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS PROMOÇÃO 2x1 AMERICAN EXPRESS Os Titulares dos cartões The Platinum Card American Express Aeroméxico, The Platinum Card American Express, American Express Corporate Platinum Card e The Centurion Card American

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços

1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços 1. Natureza Actividade Comercial Industrial Serviços 2. Vendas e Operações com clientes Artigos Venda Segmentos clientes - Mercado Interno vs Externo; Corporate vs Particulares PV e PMR (condições comerciais

Leia mais

Apuramento do resultado fiscal em SNC

Apuramento do resultado fiscal em SNC www.pwcacademy.pt Apuramento do resultado fiscal em SNC Lisboa, 23 e 29 de Novembro Academia da PwC Lisboa, 7ª edição Esta formação reúne conteúdos para a atribuição de créditos, nos termos previstos no

Leia mais

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus

CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM. Conta Ordenado Triplus PROTOCOLO CONSELHO DISTRITAL DE LISBOA CONDIÇÕES PARA OS MEMBROS E COLABORADORES TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Para aderir a este Protocolo e beneficiar das respectivas condições, abra a sua Conta

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Regulamento de Competências de Subunidades Orgânicas

Regulamento de Competências de Subunidades Orgânicas Regulamento de Competências de Subunidades Orgânicas Dando sequência ao estabelecido no art.º 2.º do Regulamento da Estrutura Flexível dos serviços municipais e usando das competências conferidas pelos

Leia mais