Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal Relatório

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - 2013. Relatório"

Transcrição

1 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Relatório

2 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Conteúdo Introdução... Dados básicos das associações... Números dos membros das associações... 5 As associações que utilizam a internet como fonte de procura de recursos ( inscritas online)... 6 Áreas dos programas das associações... 7 Áreas de actuação... 8 Frequência dos programas... 8 Nome e numero do programas na cada área... 9 Administração e programas das Associações... A associação possui um plano estratégico... A associação possui um plano de actividade... A associação produze um relatório anual ou documento similar... A associação tem publicado contabilidade... A associação tem contabilidade aprovada por contabilista externo... 5 A media do número de pessoal e voluntários nas associações... 5 Género do grupo alvo... 6 Faixa etária... 6 Parcerias e Finanças... 7 Parceiros e número de associações que eles apoiaram... 7 Os sectores que apoiaram... 7 Áreas de Especialização e Áreas de Assistência... 8 Resumo... 8

3 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Introdução Este relatório apresenta uma análise dos resultados do Inquérito feito junto das Organizações nãogovernamentais do Tarrafal realizada em Abril de, o mesmo foi feito no seio de aproximadamente organizações. Os dados analisados e aqui apresentados referem-se, principalmente, aos programas e acções executadas pelas mesmas durante o ano de. O relatório foi elaborado por Florian Wegenstein em colaboração com Adilson Costa. Os objetivos do inquérito e deste relatório são vários: Fornecer todas as associações e instituições interessadas informações básicas sobre a vida associativa no concelho; Medir e compreender o desenvolvimento das associações como um todo; Encontrar áreas onde a ajuda e os fundos podem ser procurados em conjunto; Definir as áreas em que as associações precisam de mais formação e informação. As informações deste relatório podem ser usadas por todas as associações para qualquer fim sem pedir permissão. Colaboradores do Inquérito Adilson (Centro de Juventude Tarrafal) Anilda (Associação Comunitária Ribeira Prata) Jamila (Associação Comunitária Ribeira Prata) Pui (Centro de Juventude Tarrafal) Florian (Delta Cultura Cabo Verde) Marisa (Delta Cultura Cabo Verde)

4 Dados básicos das associações Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Nome da associação Localidade Principal pessoa de Contacto Número Inquerito Correio electrónico telefone Associação de Agricultores de Fazenda Fazenda Carlos Emanuel Barbosa de Pina 66 / X ACD Achada Biscainho Achada Biscainho Julia 5957 X Associação Escola de Futebol ABC de Tarrafal Tarrafal Amado Viera Lopes 9985 X Associação Juvenil de Achada Biscainho Achada Biscainho Nelson X 5 AMA Lagoa e Achada Lagoa Achada Lagoa/Lagoa António Cabral 9686 / 9566 X 6 Associação Comunitário de Achada Meio Achada Meio André Sanches X 7 Escola Andebol e Basquetebol Tabanka Chão Bom Amândio Lopes X 8 Associação Comunitária Cural Velho Cural Velho Adilson 985 X 9 ADC Ponta Furna Ponta Furna Maria Correia Semedo Varela 6658 X Delta Cultura Cabo Verde Achada Tomas Estela Amarilia Cabral Correia 667 X Associação de Pescadores e Peixeiras Areia Branca Tarrafal Delfim Freitas 9968/6696 X Associação Tras de Monte Tras de Monte Mamede 9587 X Grupo Desportivo Varandinha Tarrafal Daniel Davide Soares 995 X Associação Comunitario de Monte-Iria Monte-iria Elisandro Lopes (Chando) X 5 Associação Agro Tenda Tenda Mario Mendes Tavares 9989/98869 X 6 Grupo Desportivo e Recreativo Graciosa Vila Oscar Ribeiro 9885 X 7 Associação Civica Chão Bom Chão Bom Antonio Costa 6675 X 8 Associação Sport Club Beira Mar Chão Bom Anilson 999 X 9 Associação comunitário Fidjus de Bibinha Cabral Ponta Gato Jianito Furtado 9765 X ACD Biscainho/Sombra Munti Biscainho Moises Fernandes Silva 9896 X Agro-Mato Brasil Mato Brasil Theodora Sanches Lopes da Costa 9975 X Associação dos Amigos de Ribera Prata Ribeira da Prata Octávio (Tá) 98589, 6675 X ACD Achada Moirão Achada Moirão Eusebio Mendes Silva 99 X Grupo Desp. e Recreativo Estrela dos Amadores Vila Ulisses José Correia Cardoso X 5 Agro Milho Branco Milho Branco António 6 ACD Mato Mendes Mato Mendes Pedro Claver ACD Achada Longueira Achada Longueira Laurindo ACD Figueira Muita Figueira Muita Maria Julia / Associação Sport Club Real Junior Chão Bom Amândio Lopes ASAS Vila Toni ACD Pedra Comprida Pedra Comprida Marcelino Agro Colonato Colonato Luciliio 9855 Ass. Escola Futebol Chão Bom Chão Bom Julinho (Tó) 9975 Cruz Vermelha Vila do Tarrafal Mario Semedo Raiz de Tarrafi Vila do Tarrafal Donna Fatima 99875

5 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Números dos membros das associações As respostas dadas referentes às perguntas sobre os membros activos e membros voluntários permitiu-nos chegar a conclusão que os responsáveis têm uma definição diferente desses termos. Apesar das perguntas feitas à volta destas questões não terem um grande peso no que se pretende avaliar com este inquérito, consideramos ser um preocupação a ter em conta. Os responsáveis definem os mesmos das seguintes formas: Membros: são inscritos na associação e pagam quota conforme os estatutos da associação. Membros ativos: membros inscritos na associação que participam de forma ativa na organização das atividades da associação. Voluntários: Apoiantes nas diferentes atividades da associação mas não membros da associação. Nome da associação Membros Membros activo Associação de Agricultores de Fazenda 8 9 ACD Achada Biscainho 6 Associação Escola de Futebol ABC de Tarrafal Associação Juvenil de Achada Biscainho AMA Lagoa e Achada Lagoa 6 Associação Comunitário de Achada Meio Escola Andebol e Basquetebol Tabanka 8 Associação Comunitária Cural Velho 65 9 ADC Ponta Furna 6 6 Delta Cultura Cabo Verde Associação de Pescadores e Peixeiras Areia Branca 5 5 Associação Tras de Monte 5 Grupo Desportivo Varandinha 7 5 Associação Comunitario de Monte-Iria 5 Associação Agro Tenda 8 6 Grupo Desportivo e Recreativo Graciosa 7 Associação Civica Chão Bom 5 8 Associação Sport Club Beira Mar 9 Associação comunitário Fidjus de Bibinha Cabral ACD Biscainho/Sombra Munti Agro-Mato Brasil 5 5 Associação dos Amigos de Ribera Prata 7 ACD Achada Moirão 5 Grupo Desp. e Recreativo Estrela dos Amadores 5 5 5

6 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - As associações que utilizam a internet como fonte de procura de recursos ( inscritas online) Os resultados referentes à esta questão mostram claramente que palavra on-line é desconhecida pela maioria das associações e as que a conhecem não sabem tirar proveito do mesmo. Ao mesmo tempo todas as associações querem conseguir recursos on-line (veja a pergunta sobre pontos fortes e fracos). Essa discrepância entre a realidade e o desejo destaca a necessidade de intervenção neste domínio: formação, disponibilização de recursos, etc. Nome da associação Website Face- Youbook tube Twitter Associação de Agricultores de Fazenda ACD Achada Biscainho Associação Escola de Futebol ABC de Tarrafal X Associação Juvenil de Achada Biscainho 5 AMA Lagoa e Achada Lagoa X 6 Associação Comunitário de Achada Meio 7 Escola Andebol e Basquetebol Tabanka X 8 Associação Comunitária Cural Velho 9 ADC Ponta Furna Delta Cultura Cabo Verde X X X Associação de Pescadores e Peixeiras Areia Branca Associação Tras de Monte Grupo Desportivo Varandinha X Associação Comunitario de Monte-Iria 5 Associação Agro Tenda 6 Grupo Desportivo e Recreativo Graciosa X 7 Associação Civica Chão Bom X 8 Associação Sport Club Beira Mar X 9 Associação comunitário Fidjus de Bibinha Cabral X ACD Biscainho/Sombra Munti Agro-Mato Brasil Associação dos Amigos de Ribera Prata ACD Achada Moirão Grupo Desp. e Recreativo Estrela dos Amadores X Associações online Pagina na internet Pagina na Facebook Pagina na Youtube Pagina na Twitter 6

7 Áreas dos programas das associações Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Nome da associação Educação Empre- Proteção Igualdade Integração Liderança Agrogabilidade ambiental de género social Juvenil pecuária Saúde Violência Cultura Desporto Associação de Agricultores de Fazenda X ACD Achada Biscainho X X X X X Associação Escola de Futebol ABC de Tarrafal X X X X X X X X Associação Juvenil de Achada Biscainho X X X AMA Lagoa e Achada Lagoa X X Associação Comunitário de Achada Meio X X Escola Andebol e Basquetebol Tabanka X X X X Associação Comunitária Cural Velho X X ADC Ponta Furna X X Delta Cultura Cabo Verde X X X X X X X Asso. Pescadores e Peixeiras Areia Branca X X X Associação Tras de Monte X Grupo Desportivo Varandinha X X Associação Comunitario de Monte-Iria X X X Associação Agro Tenda X X X X X X Grupo Desportivo e Recreativo Graciosa X X Associação Civica Chão Bom X X X X X Associação Sport Club Beira Mar X Asso. Comunitário Fidjus de Bibinha Cabral X X X X X X ACD Biscainho/Sombra Munti X X X X Agro-Mato Brasil X Associação dos Amigos de Ribera Prata X X X X X X X X X ACD Achada Moirão X X X X X X X Grupo Desp. e Recre. Estrela dos Amadores X X X X X 7

8 Áreas de actuação Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Com as respostas dadas a esta pergunta pode-se concluir que a maioria das associações estão ativas lá onde o financiamento está disponível. Isso significa que são os financiadores que determinam as atividades das associações. Pode e deve ser o objetivo de uma rede de associações influenciar os doadores financeiros para intervir sempre lá onde as associações consideram necessário e não vice-versa. Frequência dos programas 8

9 Nome e numero do programas na cada área Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Programas na área de Educação Numeros de associações que realizam o programa Programas na área de Empregabilidade Numeros de associaçãoes que realizam o programa Formação. Ajuda achar de emprego construção de diques Formação de fazer queijo Formação de fazer pano terra Formação de olaría Formação de criação de gado Formação costura e renda Actividades geradoras de rendimentos Programas na área de Protecção ambiental Numeros de associações que realizam o programa 6 5 Limpesas Plantação de aloa vera, etc. Protecção de tartarugas marinhas 9

10 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Programas na área de Igualdade de género Numeros de associações que realizam o programa Palestras Equilibrio na questão de emprego Programas na área de Saúde Numero de associações que realizam o programa Palestras Tenda de saúde Ajuda comprar medicamentos Apoio de transporte para consulta Programas na área de Violência Numeros de associaçãoes que realizam o programa Palestras

11 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Programas na área de Integração social Numero de associaçãoes que realizam o programa Reabilitação de casas Apoios funerarios Visitas comunitárias Natal para crianças Natal de velhos Programas na área de Líderança Juvenil Numero de associações que realizam o programa Palestra sobre lideranca Preparação de líders comunitário Programas na área de Cultura Numero de associações que realizam o programa Actividades recreativas e culturais Grupo de dança Batuco Festival de Batuco Grupo cultural Carnaval Theatro

12 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Programas na área de Desporto Numero de associações que realizam o programa Organicação de torneios Treino de futebol Treinos e campeonato de andebol Treinos e campeonato de basquetebol Natação, corrida de botes Programas na área de Agropecuária Numero de associações que realizam o programa Formação sobre criação de animais Apoio as mulheres criadores de porcos

13 Administração e programas das Associações A associação possui um plano estratégico Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Obviamente, os responsáveis das associações tiveram uma definição diferente do plano estratégico. Em geral um plano estratégico inclui: Descrição detalhada da missão / visão da organização, os objetivos, as atividades, o grupo-alvo, o quadro lógico, etc. Um plano estratégico pode ser usado como base de cada pedido. Tomar em consideração que poucas das associações tem um plano estratégico, apoio na elaboração tal plano pode ser uma intervenção de uma rede de associações. A associação possui um plano de actividade Uma grande maioria das associações conhece a importância de um plano de actividade.

14 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - A associação produze um relatório anual ou documento similar A associação tem publicado contabilidade Tomar em consideração que hoje em dia transparência na área das finanças é condição básica para pedir e achar fundos financeiros, essa área tem que ser desenvolvido. Especialmente na área de buscar financiamento on-line um contabilidade publicado como também uma aprovação por um contabilista externo (veja próxima pergunta) é condição básica.

15 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - A associação tem contabilidade aprovada por contabilista externo A media do número de pessoal e voluntários nas associações 5

16 Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Género do grupo alvo Maioria das associações trabalham para a comunidade em geral. Ostensível é o facto que não tem actividades somente para raparigas. Faixa etária Ostensível é o facto que quase não tem actividades para crianças baixo anos. Etária média: 6

17 Cãmara Municipal Tarrafal CRP Plataforma ONG MDR Direcção Geral de Ambiente Direcção Geral do Desporto Empresa de Tarrafal Bornefonden Direcção Geral de Juventude Parque Natural Combate a droga INGRH FIFA/Football for Hope streetfootballworld FICASE Parcerias e Finanças Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - Parceiros e número de associações que eles apoiaram Ostensível é o facto que a Câmara Municipal Tarrafal (CMT) é o maior parceiro. No lado da CMT têm algumas instituições nacionais (CRP, Plataforma ONG, MDR, etc.) mais só dois parceiros internacionais (FIFA, streetfootballworld). Mostrando o grande potencial no desenvolvimento da área de apoio internacional Os sectores que apoiaram

18 Angariação de fundos online Angariação de fundos offline Empreendedorismo Desenvolvimento de parcerias Desenvolvimento Curricular Envolvimento da Comunidade Gestão de eventos Relações com a média Comunicação online (redes socias, etc.) Áreas de Especialização e Áreas de Assistência Inquérito sobre a vida das Organizações Não-Governamentais do Tarrafal - O gráfico em baixo demostra claro que as associações necessitam apoio em quase todas as áreas. Compartilhar Necessita apoio Resumo O inquérito mostra claramente que intervenção diferente seria necessário para um desenvolvimento coletiva das associações de Tarrafal. Intervenções que podem ser realizadas por uma rede. Por isso o desenvolvimento da rede de todas as associações de Tarrafal, e desejo das pessoas responsável por este inquérito. Consequência logica deste inquérito seria a formação nas áreas em quais as associações mostram dificuldades e nas áreas que hoje são a base para o desenvolvimento bem-sucedido de associações: apresentação on-line, desempenho financeiro transparente e desenvolvimento de projetos. 8

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de 6. Associativismo No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de movimento associativo e em termos de serviços/acções disponibilizados

Leia mais

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS Estratégia de parceria global da IBIS Aprovada pelo conselho da IBIS, Agosto de 2008 1 Introdução A Visão da IBIS 2012 realça a importância de estabelecer parcerias com diferentes tipos de organizações

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2012 INTRODUÇÃO A Apoiar tem sido um projecto de uma vida! O ano de 2012 foi um ano muito importante para a APOIAR! Foi o ano em que os fundadores e antigos corpos sociais, confiaram

Leia mais

CARTA DAS ONGD EUROPEIAS

CARTA DAS ONGD EUROPEIAS CARTA DAS ONGD EUROPEIAS Princípios Básicos do Desenvolvimento e da Ajuda Humanitária das ONGD da União Europeia O Comité de Liaison das ONG de Desenvolvimento da UE O Comité de Liaison ONGD-UE representa,

Leia mais

Nô Pintcha Pa Dizinvolvimentu PAANE - Programa de Apoio aos Actores Não Estatais 10º FED/ Decisão Nº 21 338

Nô Pintcha Pa Dizinvolvimentu PAANE - Programa de Apoio aos Actores Não Estatais 10º FED/ Decisão Nº 21 338 Rua 10 - Dr. Severino Gomes de Pina ugp.paane@gmail.com 663 30 19 / 547 23 33 FORMULÁRIO DE PRÉ-INSCRIÇÃO NA BOLSA DE ANEs PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO AVANÇADA PARA ANEs Este formulário destina-se

Leia mais

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f)

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f) AVISO Admissão de Pessoal (m/f) A AJITER Associação Juvenil da Ilha Terceira pretende admitir jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, para estágio no seu serviço, ao abrigo do Programa

Leia mais

Desporto adaptado no concelho do Seixal. Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014

Desporto adaptado no concelho do Seixal. Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014 Desporto adaptado no concelho do Seixal Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014 UCAS - Goalball Demonstrações de Goalball por convite; Participação em torneios;

Leia mais

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações:

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações: Nr Área Recomendação Valido Abstenh o-me C/6 E/7 F/7 Voluntariado Aproveitar espaços sem utilização para fazer jardins, espaços para convívio e locais de desporto para a população. Promover a limpeza dos

Leia mais

Campeonato de Portugal Cross Longo. Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa

Campeonato de Portugal Cross Longo. Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa Campeonato de Portugal Cross Longo Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa No próximo dia 10 de Fevereiro, Gouveia vai receber o "Campeonato de Portugal Cross Longo. A prova terá

Leia mais

EXEMPLOS DE BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS

EXEMPLOS DE BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS EXEMPLOS DE BOAS PRÁTICAS DE ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS Ficha 1: Projecto Estrada Larga Caminhos para famílias sem violência Soroptimist Internacional Clube Porto Invicta Projecto Estrada Larga Caminhos

Leia mais

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Assembleia de Parceiros 17 de Janeiro 2014 Prioridades de Comunicação 2014 Eleições para o Parlamento Europeu 2014 Recuperação económica e financeira - Estratégia

Leia mais

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA Pretoria Africa du Sul Conteúdo 1. Apresentação da FOJASSIDA 2. Introdução 3. Diferentes formas de parcerias

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA Troféu "Sintra a Correr 2009-2010" II Grande Prémio de Rio de Mouro Resultados por Escalão

CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA Troféu Sintra a Correr 2009-2010 II Grande Prémio de Rio de Mouro Resultados por Escalão Benjamins Femininos 1º 3386 Margarida Lopes G. D. R. de Manique de Cima 00:04:40 2º 3400 Raquel Dias G. D. R. de Manique de Cima 00:04:46 3º 1041 Dulce Pina G. D. Joaninhas de Leião 00:05:17 4º 38 Soraia

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 204 Nos termos da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro SECÇÃO DE APOIO E DE COORDENAÇÃO GERAL (Capitulo III do Regulamento da Organização dos Serviços)

Leia mais

CONCURSO DE RECLASSIFICAÇÃO TÉCNICO SUPERIOR DE FINANÇAS 14/A MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO

CONCURSO DE RECLASSIFICAÇÃO TÉCNICO SUPERIOR DE FINANÇAS 14/A MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO CONCURSO DE RECLASSIFICAÇÃO TÉCNICO SUPERIOR DE FINANÇAS 14/A MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO Concurso Interno para Reclassificação do pessoal, visando o preenchimento de duas (2) vagas na categoria

Leia mais

Plano de Actividades para 2010

Plano de Actividades para 2010 Plano de Actividades e Orçamento para 00 Plano de Actividades e Orçamento para 00. Introdução Plano de Actividades para 00 A Direcção dos ATÓMICOS, que tomou posse em 6 de Março de 008, para cumprir o

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL MISSÃO A Associação para a Economia Cívica Portugal é uma Associação privada, sem fins lucrativos cuja missão é: Promover um novo modelo de desenvolvimento económico

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2010. Senhores Dirigentes dos Clubes e Associações representativas de Clubes

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2010. Senhores Dirigentes dos Clubes e Associações representativas de Clubes FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2010 Senhor Presidente da Mesa da Assembleia-geral Senhores Dirigentes dos Clubes e Associações representativas de Clubes Senhores Dirigentes

Leia mais

Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV)

Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV) Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV) Subprojecto 2.1 Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde Ilha de Santiago

Leia mais

Festival Fair Play de Futebol

Festival Fair Play de Futebol Fundação Esportiva Educacional PRO Criança e Adolescente Festival Fair Play de Futebol Versão atualizada em 02.03.2011 Muito mais do que um simples Torneio Introdução Introdução No Brasil possuímos uma

Leia mais

Ecoclubes. Juventude no Presente. Defesa do Ambiente. Associação dos Amigos do Mindelo para a. VIII Encontro Regional de Educação Ambiental

Ecoclubes. Juventude no Presente. Defesa do Ambiente. Associação dos Amigos do Mindelo para a. VIII Encontro Regional de Educação Ambiental Ecoclubes Associação dos Amigos do Mindelo para a Defesa do Ambiente VIII Encontro Regional de Educação Ambiental Furnas, S. Miguel, Açores 2006 Juventude no Presente A Visão Procura-se jovem com um profundo

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS 1 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS Introdução BALANÇO ANUAL JANEIRO-DEZEMBRO 2012 Actividades realizadas pelo Sector da Juventude e

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL E SOLIDARIEDADE SOCIAL

MINISTÉRIO DO TRABALHO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL E SOLIDARIEDADE SOCIAL MINISTÉRIO DO TRABALHO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL E SOLIDARIEDADE SOCIAL PROGRAMA NACIONAL DE LUTA CONTRA A POBREZA (PNLP) PROGRAMA DE LUTA CONTRA A POBREZA NO MEIO RURAL(PLPR) C.P. 236, Praia, Tel.: 238/61-36-50,

Leia mais

Projecto Encontr@rte. Rua Familiar, 268 1675 215 Serra da Luz. Contactos: 21 479 41 18 96 139 33 71 91 434 04 55 encontrarte.pe@gmail.

Projecto Encontr@rte. Rua Familiar, 268 1675 215 Serra da Luz. Contactos: 21 479 41 18 96 139 33 71 91 434 04 55 encontrarte.pe@gmail. Rua Familiar, 268 1675 215 Serra da Luz Projecto Encontr@rte Contactos: 21 479 41 18 96 139 33 71 91 434 04 55 encontrarte.pe@gmail.com Web http://encontrarte.beta.programaescolhas.pt Facebook: grupo encontrarte

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL INQUÉRITOS POR QUESTIONÁRIO ASSOCIAÇÕES INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO ÁS ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO DE A pobreza e a exclusão social embora não sendo fenómenos recentes, têm vindo a surgir nas nossas

Leia mais

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA CONVITE FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA A Associação Chã de Matias e a FAJUDIS Federação de Associações Juvenis do Distrito de Santarém,

Leia mais

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 Adão Augusto, Consultor 12-02-2015 1. Contextualização. Os projectos sociais fazem parte de um sistema complexo de relações que envolvem

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 12-04-2012 16:46 Projeto Escolhas inclusão social 2. Interculturalidade/ Solidariedade Inter-Geracional OBSTÁCULOS/ DESAFIOS

Leia mais

Polícia e o Natal das Crianças

Polícia e o Natal das Crianças Nº 4 - Março 2010 Assinatura de Protocolo - SES da PN e SS da PSP Polícia e o Natal das Crianças A o longo de muitos anos, o Serviço Social vem programando, conjuntamente com as unidades policiais e serviços,

Leia mais

PROGRAMA DO XIX GOVERNO CONSTITUCIONAL

PROGRAMA DO XIX GOVERNO CONSTITUCIONAL PROGRAMA DO XIX GOVERNO CONSTITUCIONAL 1 Na concretização destas políticas dar-se-á seguimento à execução do actual Plano para a Integração dos Imigrantes onde o Governo contará com os contributos da sociedade

Leia mais

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica Data última atualização: 05 Novembro de 2012 Índice 1 - Entidades parceiras promotoras de voluntariado 2- Projetos específicos de voluntariado 1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

Regresso Temporário de Nacionais Qualificados III (TRQN III) - Cabo Verde 2014

Regresso Temporário de Nacionais Qualificados III (TRQN III) - Cabo Verde 2014 Regresso Temporário de Nacionais Qualificados III (TRQN III) - Cabo Verde 2014 Sector Designação Instituição Missão Duração da Missão Data para Missão Localidade 1 Saúde ONG FICASE Formação em Promoção

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Castelo Branco - Dia 27 de maio 2015 PROGRAMA 09h30 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Castelo Branco 10h45 - Visita à ASTA

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de janeiro de 2015. Série. Número 12

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de janeiro de 2015. Série. Número 12 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de janeiro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO E ACADÉMICO

Leia mais

2015 PLANO DE ATIVIDADES

2015 PLANO DE ATIVIDADES 2015 PLANO DE ATIVIDADES Índice Mensagem do Presidente da Direção... 3 1. Espaço Lusófono Associação para a Cooperação e Desenvolvimento, ONGD... 4 1.1. Missão e Valores... 5 1.2. Estrutura Orgânica...

Leia mais

2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002

2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002 2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002 Tema: A Situação Actual da Educação das Jovens e Mulheres Leontina Virgínia Sarmento dos Muchangos Direcção Nacional

Leia mais

Poucas Mulheres Treinadoras: Porquê? Cristina Matos Almeida

Poucas Mulheres Treinadoras: Porquê? Cristina Matos Almeida Poucas Mulheres Treinadoras: Porquê? Cristina Matos Almeida Eixos de intervenção Estudo diagnóstico Sensibilização de públicos estratégicos (dirigentes e responsáveis técnicos FD s) Empoderamento das treinadoras

Leia mais

GPA Cabo Verde 2013. SHORTLIST - Categoria Energias Renováveis e Eficiência Energética PRÉMIO VENCEDOR. Educação Ambiental - Eficiência Energética

GPA Cabo Verde 2013. SHORTLIST - Categoria Energias Renováveis e Eficiência Energética PRÉMIO VENCEDOR. Educação Ambiental - Eficiência Energética GPA Cabo Verde 2013 SHORTLIST - Categoria Energias Renováveis e Eficiência Energética Menção Honrosa Cabeólica S.A. Escola de Negócios e Tecnologias de Cabo Verde Energia Eólica Educação Ambiental - Eficiência

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook Page 1 of 6 Restaurantes Contactos A equipa RSS Receba por email Pesquisar Submeter consulta Home Actualidade As suas notícias Cultura Desporto Educação Entrevista Fotos Negócios Opinião Região Saúde Últimas

Leia mais

Plano de Atividades 2014

Plano de Atividades 2014 Plano de Atividades 2014 Índice Nota introdutória ---------------------------------------------------------------------------------------------- 5 1. Programa Garis -------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVÍNCIA DE MAPUTO DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS DE MAPUTO 5. Realizações da instituição, Planos da Instituição e Serviços prestados ao Publico 5.1 NO

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

PROGRAMA DE JOGOS COMUNICADO OFICIAL N.º 035/15-16. Data: 2015.10.14

PROGRAMA DE JOGOS COMUNICADO OFICIAL N.º 035/15-16. Data: 2015.10.14 COMUNICADO OFICIAL N.º 035/15 Data: 2015.10.1 PARA CONHECIMENTO DE TODOS OS FILIADOS, DELEGADOS DA AFVR, CONSELHO DE ARBITRAGEM, ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E DEMAIS INTERESSADOS, SE COMUNICA QUE. PROGRAMA

Leia mais

1. Nota Introdutória. Caros Associados,

1. Nota Introdutória. Caros Associados, PROGRAMA DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2016 1 7 1. Nota Introdutória Caros Associados, O Plano Anual de Atividades é um instrumento de organização e gestão, contextualizando as diversas atividades a desenvolver

Leia mais

Apresentação da proposta para a criação da Casa das Transferências no futebol

Apresentação da proposta para a criação da Casa das Transferências no futebol O logótipo Apresentação da proposta para a criação da Casa das Transferências no futebol Trabalho realizado por Emanuel Corceiro Calçada Porto, 04 de Janeiro de 2012 JUSTIFICAÇÃO O desconhecimento do movimento

Leia mais

REGULAMENTO PROJECTO EMPREGO JOVEM E COESÃO SOCIAL

REGULAMENTO PROJECTO EMPREGO JOVEM E COESÃO SOCIAL REGULAMENTO PROJECTO EMPREGO JOVEM E COESÃO SOCIAL Página 1 de 7 CAPITULO I Enquadramento O Projecto Emprego Jovem e Coesão Social enquadra-se no Programa Regional para a Coesão Social e o Emprego Jovem,

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA Setembro 2014 VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA O lançamento de um programa pedagógico e de desenvolvimento educativo de crianças e jovens, partilhado por todos os agentes do sistema escolar e educativo local,

Leia mais

REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO GINÁSIO FIGUEIRENSE SAÚDA MÁRIO SANTOS

REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO GINÁSIO FIGUEIRENSE SAÚDA MÁRIO SANTOS REMO CÂMARA DE MONTEMOR-O-VELHO E GINÁSIO ASSINAM NOVO ACORDO DE COOPERAÇÃO A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho e o Ginásio Figueirense vêm colaborando com sucesso desde 2004 na promoção desportiva

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS

MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS Anexo nº 1 Anexo nº 2 MAPA DO CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS Trabalho do fim de Curso de Bacharelato em Educação Física Este questionário

Leia mais

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar Junho Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi de ninguém. [ ] (F. Pessoa

Leia mais

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DO PORTO TRANSFERÊNCIAS 2010/2011

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DO PORTO TRANSFERÊNCIAS 2010/2011 162.024 Renata Sofia Mendes Barbosa Infantil Assoc. Rec. Luz e Vida Gondomarense Alunos de Meirim Futebol Clube 157.431 Bruno Manuel Ribeiro da Silva Juvenil Futebol Clube do Porto Alunos de Meirim Futebol

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO CENTRO DE CULTURA E DESPORTO DO PESSOAL DO MUNICÍPIO DE CASCAIS PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2016 Índice 1. Introdução... 3 2. Eixos Estratégicos... 4 3. Objetivos Estratégicos... 5 4. Notas Finais...

Leia mais

Notas Biobibliográficas

Notas Biobibliográficas Guião de educação. Género e cidadania. Notas Biobibliográficas 333 Guião de Educação. Género e Cidadania 3 ciclo 334 Lisboa, CIG, 2009 NOTAS BIOBIBLIOGRÁFICAS Ângela Rodrigues é doutorada em Ciências da

Leia mais

REDE TEMÁTICA DE ACTIVIDADE FÍSICA ADAPTADA

REDE TEMÁTICA DE ACTIVIDADE FÍSICA ADAPTADA REDE TEMÁTICA DE ACTIVIDADE FÍSICA ADAPTADA Patrocinada e reconhecida pela Comissão Europeia no âmbito dos programas Sócrates. Integração social e educacional de pessoas com deficiência através da actividade

Leia mais

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Pedro Jorge Richheimer Marta de Sequeira Marília Oliveira Inácio Henriques 1 P á g i n a 1. Enquadramento da Candidatura

Leia mais

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Investir na Educação, Construir o Futuro Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Caracterização do Concelho de Mealhada - Área: 111 Km 2 - População: 22 099 habitantes - Território

Leia mais

Plano de Atividades 2014. www.andonicanela.com

Plano de Atividades 2014. www.andonicanela.com Plano de Atividades 2014 (Revisão) www.andonicanela.com PROGRAMA DE ACTIVIDADES 2014 REVISTO INTRODUÇÃO e VERTENTE ESTRATÉGICA A LPN como a mais antiga e mais consistente organização não governamental

Leia mais

1. Nota Introdutória. Caros Associados,

1. Nota Introdutória. Caros Associados, PROGRAMA DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 1-7 1. Nota Introdutória Caros Associados, O Plano Anual de Atividades é um instrumento de organização e gestão, contextualizando as diversas atividades a desenvolver

Leia mais

Consultoria Estratégica

Consultoria Estratégica Quem somos e o que fazemos A Select Advisor é uma empresa de Consultoria Estratégica Ajudamos à criação de valor, desde a intenção de investimento e angariação de parcerias até ao apoio de candidaturas

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5.

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5. Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 6. Mobilidade / Acesso à Informação OBSTÁCULOS/ DESAFIOS 6. Mobilidade / Acesso à Informação SOLUÇÃO/MELHORAMENTO 12-04-2012

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Despacho n.º 85/2008 de 12 de Fevereiro de 2008

S.R. DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Despacho n.º 85/2008 de 12 de Fevereiro de 2008 S.R. DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Despacho n.º 85/2008 de 12 de Fevereiro de 2008 Nos termos do Decreto Legislativo Regional n.º 23/97/A, de 8 de Novembro, foi criado o regime de apoios a conceder às entidades

Leia mais

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia RUGBY para TODOS Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social Departamento de Desenvolvimento Henrique Garcia 1. Introdução A Federação Portuguesa de Rugby tem como missão tornar possível que TODAS

Leia mais

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas,

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas, Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL Odivelas, 20 de Novembro 2010 Caros Colegas, Estando a terminar este ano de trabalho na Federação Concelhia de Odivelas, da qual eu fiz parte dos seus Órgãos Sociais neste

Leia mais

Associação Desportiva Cultural Social da Aldeia de S. Sebastião

Associação Desportiva Cultural Social da Aldeia de S. Sebastião da Aldeia de S. Sebastião DS.03.226 LISTA DE ATIVIDADES PAG (SIMPLIFICADO AGRUPADO POR ÁREA) ANO - 2015 ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CULTURAL SOCIAL DA ALDEIA DE S. SEBASTIÃO Ambiental Atividade: Rentabilização

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Informação Pessoal. Formação Académica e Profissional Membro n.º 25 832 da Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas

CURRICULUM VITAE. Informação Pessoal. Formação Académica e Profissional Membro n.º 25 832 da Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas CURRICULUM VITAE Informação Pessoal Nome Maria de Fátima Ramos de Araújo Morada Vila do Conde Telemóvel 962589177 Correio Electrónico mfatima@esce.ipvc.pt Nacionalidade Portuguesa Naturalidade Vila do

Leia mais

Do Associativismo Juvenil

Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Secretário de Estado do Desporto e Juventude Dr. Emídio Guerreiro Viseu - Dia 17 de julho Programa 10h00 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados

Leia mais

De Outubro de 2008 até a actualidade

De Outubro de 2008 até a actualidade CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome PAULA SUSANA MOREIRA DIAS DOS REIS Telefone 966 479 736; 936 855 646 Correio electrónico paulareis1@gmail.com Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 26-09-1980

Leia mais

Do Associativismo Juvenil

Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Secretário de Estado do Desporto e Juventude Dr. Emídio Guerreiro Guarda - Dia 06 de agosto Programa 10:00H Pequeno-almoço com os Jornalistas, nos Serviços Desconcentrados

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

A importância da Psicologia no Desporto

A importância da Psicologia no Desporto ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESCOLAS DE FUTEBOL APEF A importância da Psicologia no Desporto Pedro Teques Departamento de Psicologia e Comunicação da APEF Direcção de Contacto: Pedro Teques, Departamento de

Leia mais

Pelouro do Desporto Obras e Espaço Publico. Reunião Ordinária da Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal

Pelouro do Desporto Obras e Espaço Publico. Reunião Ordinária da Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Pelouro do Desporto Obras e Espaço Publico Departamento de Desenvolvimento Social e Desporto Divisão de Desporto Reunião Ordinária da Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal i S.C.C.M.S. -

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO PESO DA RÉGUA Modalidade Alargada Divulgar os Direitos da Criança na Comunidade OBJECTIVOS ACÇÕES RECURSOS HUMANOS DA CPCJ RECURSOS

Leia mais

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública PÁGINA : 1 1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 230.507,00 230.507,00 230.507,00

Leia mais

Ação Social e Inclusão

Ação Social e Inclusão Ação Social e Inclusão Ação Social O campo de actuação da Ação Social compreende, em primeira instância, a promoção do bem estar e qualidade de vida da população e a promoção duma sociedade coesa e inclusiva,

Leia mais

ANÁLISE INTERNA. 1. Balanço da época desportiva do Boccia Sénior 2013/14

ANÁLISE INTERNA. 1. Balanço da época desportiva do Boccia Sénior 2013/14 ACTA Realizamos a reunião do fim de época do Campeonato Nacional de Boccia Sénior 2013/14 no Centro de Reabilitação da APPC no dia 17 de Julho de 2014, pelas 10 horas com a seguinte ordem de trabalhos:

Leia mais

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO CONSIDERANDO QUE: PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO A simplificação administrativa e a administração electrónica são hoje reconhecidas como instrumentos fundamentais para a melhoria da competitividade e da

Leia mais

CONSELHO DESPORTIVO MUNICIPAL DESPORTO ADAPTADO PROJETO DESPORTO PARA A POPULAÇÃO COM DEFICIÊNCIA

CONSELHO DESPORTIVO MUNICIPAL DESPORTO ADAPTADO PROJETO DESPORTO PARA A POPULAÇÃO COM DEFICIÊNCIA CONSELHO DESPORTIVO MUNICIPAL DESPORTO ADAPTADO PROJETO DESPORTO PARA A POPULAÇÃO COM DEFICIÊNCIA I - ENQUADRAMENTO A prática desportiva regular, por parte da população com deficiência, constitui uma contribuição

Leia mais

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Links Financiador Tema Questões chave Data Montantes países importantes Notas 1 Gates Advocacy Melhorar o apoio da opinião pública

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO ANO 2008

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO ANO 2008 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO ANO 2008 AREA DE FORMAÇÃO - ESTRUTURAÇÃO DA ÁREA Foi possível no decorrer de 2008 encontrar na ÁREA DE FORMAÇÃO uma estabilidade ao nível dos recursos humanos que proporcionou

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE IIIº INQUÉRITO ÀS DESPESAS E RECEITA FAMILIARES IDRF 2014/2015

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE IIIº INQUÉRITO ÀS DESPESAS E RECEITA FAMILIARES IDRF 2014/2015 RECRUTAMENTO DOS AGENTES DE TERRENO Lista dos candidatos seleccionados à fase formação segundo o concelho de candidatura ILHA SANTO ANTÃO CONCELHO DE RIBEIRA GRANDE 2214 Jandira Helena Santos da Luz 2164

Leia mais

CONCURSO DE RECRUTAMENTO DE COMANDANTE DE BOMBEIROS, COMANDANTES DE REGIÕES DE PROTEÇÃO CIVIL E DIRETOR DE SERVIÇO DE RISCO (22-10-13/01-11-13)

CONCURSO DE RECRUTAMENTO DE COMANDANTE DE BOMBEIROS, COMANDANTES DE REGIÕES DE PROTEÇÃO CIVIL E DIRETOR DE SERVIÇO DE RISCO (22-10-13/01-11-13) CONCURSO DE RECRUTAMENTO DE COMANDANTE DE BOMBEIROS, COMANDANTES DE REGIÕES DE PROTEÇÃO CIVIL E DIRETOR DE SERVIÇO DE RISCO (22-10-13/01-11-13) - LISTA DE CANDIDATURAS RECEBIDAS - DIRECTOR DE SERVIÇO DE

Leia mais

Projecto. M3 - Mais Encontro: Mais Participação: Mais Ação. Candidatura Orçamento Tu Decides 2015 Município de Braga

Projecto. M3 - Mais Encontro: Mais Participação: Mais Ação. Candidatura Orçamento Tu Decides 2015 Município de Braga Candidatura Orçamento Tu Decides 2015 Município de Braga Projecto M3 - Mais Encontro: Mais Participação: Mais Ação 1. IDENTIFICAÇÃO 2. CONTEXTUALIZAÇÃO E PROBLEMÁTICA 3. PROPOSTA 4. OBJECTIVOS E RESULTADOS

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

MARÇO/ABRIL/MAIO/JUNHO pelouro da juventude e desporto CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ

MARÇO/ABRIL/MAIO/JUNHO pelouro da juventude e desporto CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ MARÇO/ABRIL/MAIO/JUNHO 2008 pelouro da juventude e desporto CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ 1 MAR Campeonato Distrital de Escolas de Futebol de 7 serie C - Escolas Ass. Naval 1º de Maio A vs Académica

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

Um artigo de Carlos Costa

Um artigo de Carlos Costa quadernsanimacio.net nº 10; julio de 2009 EDUCAÇÃO PARA OS DIREITOS DOS ANIMAIS: PROGRAMAS DE CÃOMINHADAS CAMINHADAS COM CÃES Um artigo de Carlos Costa Foto 1 20.10.2007, 10:20h, Serra da Freita (Portugal)

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E 06/01/2013

JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E 06/01/2013 JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E CAMPEONATO DISTRITAL SENIORES DIVISAO HONRA - F11 DIVISAO HONRA 300. 01. 113. 0 300. 01. 114. 0 300. 01. 115. 0 C DESP R MOIMENTA BEIRA SPORTING CLUBE LAMEGO A DESP

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Viana do Castelo - Dia 15 de abril 2015 PROGRAMA 09h30 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Viana do Castelo 11h30 Visita à

Leia mais

DESPORTISTAS GALARDOADOS

DESPORTISTAS GALARDOADOS Associação Juvenil 31 de Janeiro LUÍS REIS ÉNIO ALVES LURIO ALVES RICARDO FLORES 14 anos 20 anos Associação Mirandelense de Artes Orientais MIGUEL TAVEIRA SANDRA DIAS CRISTINA NOVO JOSÉ SILVA 42 anos 29

Leia mais