INFORMAÇÕES ACADÊMICAS E CALENDÁRIO ESCOLAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMAÇÕES ACADÊMICAS E CALENDÁRIO ESCOLAR"

Transcrição

1 MANUAL DE INFORMAÇÕES ACADÊMICAS E CALENDÁRIO ESCOLAR 2015 Cursos Superiores Tradicionais INGRESSE NO FIES

2 2015 AGENDA 2016 AGENDA JANEIRO ARIL JULHO OUTURO JANEIRO ARIL JULHO OUTURO FEVEREIRO MAIO AGOSTO NOVEMRO FEVEREIRO MAIO AGOSTO NOVEMRO MARÇO JUNHO SETEMRO DEZEMRO MARÇO JUNHO SETEMRO DEZEMRO

3 NOTAS PESSOAIS Nome: RA nº: Curso: Turma: Campus: Endereço residencial: CEP: Cidade: UF: Fone: Celular: Fax: Endereço comercial: CEP: Cidade: UF: Fone comercial: Fax: DOCUMENTOS Carteira de Trabalho nº: Série: Carteira de Identidade nº: CPF: Título de Eleitor nº: Zona: Seção: Passaporte nº: Vencimento: EM CASO DE ACIDENTE, FAVOR AVISAR: Nome: Parentesco: Endereço: Meu médico: Dr. Fone: Fone: Leve-me para o hospital: Endereço: Fone: Estou matriculado(a) na Associação de Assistência Médica: Nome: Fone: Referências de urgência: Tipo de sangue: Fator RH: Vacinação contra tétano: Não Sim, em Sofro de: Diabetes Epilepsia Coração Hemofilia Outra(s): Tratamentos (anteriores ou atuais): Cortisona Não Sim, em Digitálicos Não Sim, em Soros Não Sim, em Sou alérgico(a) a: Penicilina Antitoxinas Soro Outras: O seu médico poderá ajudá-lo(a) a fornecer as informações acima. UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 1 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

4 APRESENTAÇÃO Este manual tem por finalidade transmitir uma série de informações à comunidade acadêmica, com o objetivo de proporcionar a todos um melhor aproveitamento da vida universitária e o entrosamento entre o corpo docente, discente e administrativo da Universidade. Contém informações gerais, normas acadêmicas e o Calendário Escolar da UNIP. Leia-o cuidadosamente. Não julgue a relevância de um item apenas pelo título. Leia tudo, mesmo que você acredite já conhecer a informação. Cremos que esta é uma boa oportunidade para informá-lo(a) a respeito dos procedimentos e normas da Universidade. HISTÓRICO A Universidade Paulista, UNIP, reconhecida pela Portaria nº 550/88, iniciou suas atividades em 9 de novembro de Foi constituída a partir do Instituto Unificado Paulista, IUP, do Instituto de Ensino de Engenharia Paulista, IEEP, e do Instituto de Odontologia Paulista, IOP; o primeiro destes, autorizado a funcionar em 1972, inicialmente com os cursos de Comunicação Social, Letras, Pedagogia e Psicologia. Hoje, em razão do processo de evolução, a UNIP, por meio de uma proposta acadêmica moderna, vem expandindo suas atividades por diversos Campi, visando à preparação de recursos humanos altamente qualificados demandados pela política de desenvolvimento nacional. A UNIP promove a formação atualizada dos alunos e sua capacitação para uma sociedade em mudança por meio de um ensino de qualidade, tecnologicamente avançado e dirigido para o futuro, nas áreas das ciências humanas, sociais, exatas e da saúde. Sua finali dade maior é promover o desenvolvimento do potencial dos alunos, estabelecendo condições que possibilitem uma inserção ativa no mercado de trabalho e a solução criativa de problemas que a sociedade propõe. A realidade brasileira, que merece especial atenção por parte da UNIP, faz com que também seja dada ênfase aos programas de estudos pós-graduados. Estes dedicam-se ao aperfeiçoamento do seu próprio corpo docente assim como ao atendimento às necessidades da comunidade em geral, já que, além de formar profissionais de todas as áreas, de desenvolver pesquisas que venham a gerar descobertas científicas e inovações tecnológicas, a UNIP propõe-se a saber cumprir as exigências apresentadas pelo mundo moderno. Assim, a Universidade Paulista vem sendo reconhecida como um importante centro de produção de conhecimento e de sua difusão a um número maior de pessoas, por meio das atividades de ensino, pesquisa, extensão e pós-graduação. MISSÃO A Universidade Paulista, UNIP, tem como missão constituir-se num centro de geração e difusão do saber, articulando as atividades de ensino, de pesquisa e de extensão, em consonância com as demandas da sociedade contemporânea e do mundo do trabalho, respeitando a diversidade e cultivando a solidariedade, a inclusão, os valores humanos e a ética, visando à formação de cidadãos qualificados e potencialmente aptos a contribuir para o desenvolvimento sócio-econômico da sua região de influência. UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 2 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

5 UNIVERSIDADE PAULISTA Administração Superior Prof. Dr. João Carlos Di Genio Reitor Prof. Dr. Fábio Romeu de Carvalho Vice-Reitor de Planejamento, Administração e Finanças Prof. a Melânia Dalla Torre Vice-Reitora de Unidades Universitárias Prof. a Dra. Marília Ancona-Lopez Vice-Reitora de Graduação Prof. Dr. Yugo Okida Vice-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa Prof. Dr. Paschoal Laércio Armonia Vice-Reitor de Extensão Administração Acadêmica Área de Ciências Exatas e Tecnologia Prof. Dr. Fábio Romeu de Carvalho Prof. Dr. Pedro Américo Frugoli Área de Ciências da Saúde Prof. Dr. Paschoal Laércio Armonia Prof. Dr. Luiz Felipe Scabar Prof. Dr. Carlos Eduardo Allegretti Área de Ciências Humanas Prof. a Dra. Silvia Ancona-Lopez Prof. a Ghislaine Gliosce da Silva Área de Ciências Sociais e Comunicação Prof. Dr. Francisco Alves da Silva Prof. a Marisa Regina Paixão Administração das Unidades Universitárias UNIP ARAÇATUA Prof. Hélio Negri Diretor UNIP ARARAQUARA Prof. a Dra. Maria Cristina Zampieri Diretora UNIP ASSIS Prof. Samir Saliba Murad Diretor UNIP AURU Prof. Aziz Kalaf Filho Diretor UNIP RASÍLIA/DF Prof. Dr. Yugo Okida Prof. Pedro Paulo de Morais Prof. Geraldo Magela Alves Diretores UNIP CAMPINAS Prof. rasílio Camargo de rito Filho Diretor UNIP GOIÂNIA/GO Prof. Florisberto Garcia dos Santos Diretor UNIP JUNDIAÍ Prof. Sílvio de Oliveira Murdocco Diretor UNIP LIMEIRA Prof. Walter Guedes Filho Diretor UNIP MANAUS/AM Prof. Wilson Roberto Mallavazi Prof. a Rosange Menezes Diretores UNIP RIEIRÃO PRETO Prof. a Melânia Dalla Torre Diretora UNIP SANTOS Prof. Dr. Edison da Silva Monteiro Prof. a Terezinha Carmen Gandelman Diretores UNIP SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Prof. a Melânia Dalla Torre Prof. a Cármen Cecília T. Maschietto Diretoras UNIP SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Prof. José Luis Santos de Oliveira Diretor UNIP SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Prof. Dr. Fernando José Alho Gotti Prof. André Luiz H. de Mello Oliveira Diretores UNIP SOROCAA Prof. a Elisabete rihy Prof. Glaucio Celso Luz Diretores Realização Universidade Paulista - UNIP Vice-Reitoria de Planejamento, Administração e Finanças e Vice-Reitoria de Unidades Universitárias Circulação Alunos, Professores e Corpo Técnico-administrativo da UNIP Impressão Editora Sol Soft s e Livros Ltda. 1ª Edição Janeiro/2015 UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 3 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

6 CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO (acharelado/licenciatura) Curso Formação Modalidade/Habilitação/Ênfase Situação Legal Administração Rec. - Port. MEC nº 875/93 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 303, 305, 306, 308, 309, 313, 314, 315, 317 e 384/11; 707 e 737/13 Arquitetura e Urbanismo Rec. - Port. MEC nº 606/95 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 411, 413, 419 e 420/11; 110, 115, 125 e 286/12 iomedicina Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 Rec. - Ports. MEC nº 2.058/10; 363, 371, 430 e 486/11; 134/12; 604/13; 64 e 69/15 Renov. Rec. - Port. MEC nº 1/12; 824/15 Ciência da Computação Rec. - Port. MEC nº 1.201/92 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 315, 416, 420, 421, 422, 424 e 425/11; 108, 114, 115, 117, 125 e 286/12 Ciências Atuariais Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 L Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 Rec. - Ports. MEC nº 486/11; 23, 24, 135, 274 e 275/12; 3 e 407/13; 546/14 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 Ciências iológicas Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 Rec. - Ports. MEC nº 493/11; 23, 37, 45, 46, 47, 133 e 306/12 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 Ciências Contábeis Rec. - Ports. MEC nº 1.265/94 e 37/12 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 303, 304, 310, 311, 313, 316 e 422/11; 108, 114/12; 707/13 Ciências Econômicas Rec. - Port. MEC nº 848/96 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 384/11; 125/12; 707/13 Comunicação Social Jornalismo Rec. - Dec. nº /76 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 317/11; 707/13 Publicidade e Propaganda Rec. - Dec. nº /76 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 308, 311 e 315/11; 707/13 Desenho Industrial Rec. - Port. MEC nº 1.778/94 Renov. Rec. - Port. MEC nº 413/11 Direito Rec. - Port. MEC nº 1.637/94 Educação Física L Rec. - Ports. MEC nº 2.449/01; 775/08; 276/12 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 312 e 411/11; 111, 114 e 286/12 Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 GP Graduação Plena Rec. - Ports. MEC nº 36, 37, 38, 39, 40 e 151/12; 648, 650 e 653/13; Renov. Rec. - Port. MEC nº 824/15 Rec. - Port. MEC nº 2.445/01 Enfermagem Renov. Rec. - Ports. MEC nº 410, 411, 412, 415, 419, 421 e 478/11; 1 e 108/12; 824/15 Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 Aeronáutica Rec. - Port. MEC nº 486/11 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 Civil Rec. - Ports. MEC nº 26/82; 431, 545 e 589/14 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 306 e 415/11; 271 e 286/12 da Computação Rec. - Ports. MEC nº 1.013/96 e 4.237/04 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 383/11; 114 e 286/12 de Controle e Automação (Mecatrônica) Rec. - Ports. MEC nº 1.113/96; 490/11 e 23/12 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 313, 316 e 477/11; 286/12 Engenharia de Petróleo Aut. - Res. CONSUNI n.º A/09 de Produção (Mecânica) Rec. - Ports. MEC nº 26/82; 489/11 e 36/12; 217/14 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 410, 411, 414, 418 e 422/11; 108, 271 e 286/12 Elétrica (Eletrônica e Eletrotécnica) Rec. - Port. MEC nº 1.806/94 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 415, 420 e 422/11; 113, 114 e 286/12 Mecânica Rec. - Ports. MEC nº 26/82; 273/12; 112/14; 68 e 70/15 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 Química Rec. - Port. MEC nº 1.346/01 UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 4 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

7 CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO (acharelado/licenciatura) Curso Formação Modalidade/Habilitação/Ênfase Situação Legal Rec. - Ports. MEC nº 984/93 e 775/08; 615/14 Farmácia Farmacêutico Renov. Rec. - Ports. MEC nº 415, 420, 424 e 476/11; 1/12; 824/15 Física L Aut. - Res. CONSUNI nº 10/02 Fisioterapia Rec. - Ports. MEC nº 2.447/01 e 1.181/08 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 411, 413, 419, 420, 421 e 422/11; 1 e 116/12; 824/15 Fonoaudiologia Rec. - Port. MEC nº 4.237/04 Geografia L Rec. - Port. MEC nº 12/88 História L Rec. - Port. MEC nº 12/88 Hotelaria Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 Rec. - Port. MEC nº 10/12 Renov. Rec. - Port. MEC nº 707/13 Português Aut. - Res. CONSUNI nº /12 Letras Português e Espanhol Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 L Rec. - Dec. nº /76 Português e Inglês Renov. Rec. - Ports. MEC nº 418/11; 271 e 286/12 Tradução Rec. - Dec. nº 560/87 Marketing Rec. - Port. MEC nº 1.837/94 Rec. - Ports. MEC nº 1.838/92 e 428/13 L Matemática Renov. Rec. - Ports. MEC nº 411/11; 286/12 Rec. - Port. MEC nº 1.838/92 Medicina Veterinária Rec. - Ports. MEC nº 1.820/94 e 775/08 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 410/11 e 1/12; 824/15 Moda Rec. - Port. MEC nº 1.266/94 Nutrição Rec. - Ports. MEC nº 2.448/01; 217/12 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 310, 411 e 420/11; 1, 115 e 116/12; 824/15 Odontologia Rec. - Ports. MEC nº 456/84 e 952/08 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 115 e 125/12; 824/15 Pedagogia 1 L Rec. - Dec. nº /76 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 411, 414, 421 e 478/11; 44, 111, 113, 125 e 286/12 Propaganda e Marketing Rec. - Port. MEC nº 1.380/95 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 303, 305, 306, 311, 314 e 478/11; 707/13 Psicologia 2 Psicólogo Rec. - Decr. nº /76 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 314, 410, 412, 417, 418, 421 e 477/11; 116/12; 707/13 Química L Aut. - Res. CONSUNI nº 10/02 Relações Internacionais Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 Rec. - Ports. MEC nº 774/09; 648/13 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 542 e 707/13 Secretariado Executivo ilíngue Automação de Escritórios Rec. - Port. MEC nº 1.520/93 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 316/11; 114/12; 707/13 Serviço Social Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 Rec. - Ports. MEC nº 38, 151, 189 e 190/12; 650/13 Renov. Rec. - Port. MEC nº 824/15 Sistemas de Informação Rec. - Port. MEC nº 1.256/94 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 111, 116 e 286/12 Terapia Ocupacional Aut. - Res. CONSUNI nº 04/89 Turismo 3 Rec. - Port. MEC nº 1.262/94 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 303, 304 e 312/11; 109 e 114/12; 707/13 Zootecnia Aut. - Res. CONSUNI nº 05/03 1 A Licenciatura em Pedagogia, nos termos dos Pareceres CNE/CP n. os 5/2005 e 3/2006 e da Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de maio de 2006, assegura a formação de profissionais do magistério de educação infantil e fundamental (séries iniciais), além do suporte pedagógico previsto no art. 64, em conformidade com o inciso VIII do art. 3º da Lei nº 9.394/96. A Lei nº , de 6 de agosto de 2009, altera o art. 61 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que reconhece os funcionários de escolas, habilitados, como profissionais da educação. 2 As Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia foram instituídas de acordo com a Resolução CNE/CES nº 8, de 7 de maio de 2004 e Parecer CNE/CES nº 153/2007, e confere aos egressos desse curso o título de Psicólogo (Formação de Psicólogo), conforme Ofício CES/ CNE/MEC nº 95, de 7 de maio de As Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Turismo foram instituídas de acordo com a Resolução CNE/CES nº 13, de 24 de novembro de UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 5 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

8 CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA Curso Área Profissional Situação Legal Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Análise e Desenvolvimento de Sistemas Informação e Comunicação Rec. - Ports. MEC nº 446 e 493/11; 24, 38,151, 187, 218, 302 e 303/12; 648/13 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 Aut. - Res. CONSUNI nº 08/02 Automação Industrial (Tecnologia em Automação e Robótica) 1 Controle e Processos Industriais Rec. - Ports. MEC nº 432 e 493/11; 20, 92, 135, 136, 151 e 218/12; 48/15 Renov. Rec. - Port. MEC nº 286/12 anco de Dados Informação e Comunicação Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Comércio Exterior Gestão e Negócios Rec. - Port. MEC nº 515/05 Construção de Edifícios Infraestrutura Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 Design de Interiores Produção Cultural e Design Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 Rec. - Ports. MEC nº 426, 428, 429 e 430/14 Design de Moda (Gestão em Moda, Estilismo e Design) 1 Produção Cultural e Design Aut. - Res. CONSUNI nº 10/03 Rec. - Ports. MEC nº 12/11; 43/15 Renov. Rec. - Port. MEC nº 598/13 Design de Produto Produção Cultural e Design Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Design Gráfico (Criação e Produção Gráfica Digital e Comunicação em Computação Gráfica) 1 Produção Cultural e Design Rec. - Ports. MEC nº 685/05; 92 e 275/12 Renov. Rec. - Port. MEC nº 215/13 Estética e Cosmética (Cosmetologia e Estética) 1 Ambiente, Saúde e Segurança Aut. - Res. CONSUNI nº 08/02 Rec. - Ports. MEC nº 217 e 305/12; 426, 429 e 544/14 Fotografia (Fotografia Digital) 1 Produção Cultural e Design Rec. - Ports. MEC nº 682/05; 276/12; 655/13; 575/14 Renov. Rec. - Port. MEC nº 215/13 Gastronomia Hospitalidade e Lazer Rec. - Port. MEC nº 281/08 Gestão Ambiental Ambiente, Saúde e Segurança Aut. - Res. CONSUNI nº 01/04 Rec. - Port. MEC nº 614/14 Renov. Rec. - Port. MEC nº 824/15 Gestão Comercial (Gestão de Comércio Varejista) 1 Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 Rec. - Port. MEC nº 606/13 Renov. Rec. - Port. MEC nº 707/13 Gestão da Qualidade Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 Rec. - Ports. MEC nº 730/13; 346, 425 e 615/14 Gestão da Tecnologia da Informação Rec. - Ports. MEC nº 514/05; 37, 298 e Informação e Comunicação (Gestão de Sistemas de Informação) 1 306/12; 728/13; 564/14; 45/15 Rec. - Ports. MEC nº 513/05; 649 e 730/13 Gestão de Recursos Humanos Gestão e Negócios Renov. Rec. - Ports. MEC nº 79/11; 707/13 Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 Gestão de Segurança Privada (Gestão de Segurança Empresarial e Patrimonial) Ambiente, Saúde e Segurança 1 Rec. - Ports. MEC nº 21 e 134/12; 650/13; 217, 308 e 565/14 Gestão de Turismo (Turismo Receptivo) 1 Hospitalidade e Lazer Rec. - Port. MEC nº 679/05 Gestão Financeira (Gestão Financeira de Empresas) 1 Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº 01/04 Rec. - Ports. MEC nº 487 e 494/11; 21, 23, 24, 93, 219 e 301/12; 652/13 Renov. Rec. - Port. MEC nº 707/13 UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 6 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

9 CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA Curso Área Profissional Situação Legal Gestão Hospitalar (Gestão de Empreendimentos de Saúde) 1 Ambiente, Saúde e Segurança Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 Rec. - Ports. MEC nº 730/13; 431/14 Renov. Rec. - Port. MEC nº 824/15 Gestão Portuária Infraestrutura Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Rec. - Port. MEC nº 21/12 Gestão Pública Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº 08/06 Hotelaria Hospitalidade e Lazer Rec. - Ports. MEC nº 282/08; 544/14 Jogos Digitais Informação e Comunicação Aut. - Res. CONSUNI nº A/09 Logística (Gestão em Logística Empresarial) 1 Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº 01/04 Rec. - Ports. MEC nº 446/11; 9, 20, 21, 45, 133 e 270/12; 213, 648 e 649/13; 429/14 Renov. Rec. - Port. MEC nº 707/13 Marketing (Gestão de Marketing e Gestão Mercadológica) 1 Gestão e Negócios Rec. - Ports. MEC nº 518/05; 652 e 655/13 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 79/11; 707/13 Petróleo e Gás Produção Industrial Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Rec. - Ports. MEC nº 446/11; 735/13 Processamento de Dados (antigo Tecnologia em Processamento de Dados) Informação e Comunicação Rec. - Port. MEC nº 2.023/91 Processos Escolares Apoio Escolar Aut. - Res. CONSUNI nº /10 Processos Gerenciais (Gestão Empreendedora/Pequenas e Médias Empresas) 1 Produção Audiovisual (Vídeo Digital) 1 Gestão e Negócios Produção Cultural e Design Rec. - Ports. MEC nº 680/05; 46 e 136/12; 729/13; 432 e 589/14 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 476/11; 707/13 Rec. - Ports. MEC nº 684/05; 695/13 Renov. Rec. - Port. Mec nº 41/14 Produção Multimídia (Comunicação para Web) 1 Produção Cultural e Design Rec. - Ports. MEC nº 519/05; 321/12 Produção Publicitária Produção Cultural e Design Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Radiologia (Radiologia Médica) 1 Ambiente, Saúde e Segurança Aut. - Res. CONSUNI nº 02/05 Rec. - Ports. MEC nº 408 e 493/11; 23, 24 e 301/12; 245/14 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 1/12; 824/15 Rec. - Ports. MEC nº 516/05; 216/12 Redes de Computadores (Gerenciamento de Redes de Informação e Comunicação Computadores) 1 Renov. Rec. - Ports. MEC nº 46/11; 286/12 Secretariado Gestão e Negócios Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Segurança da Informação Informação e Comunicação Aut. - Res. CONSUNI nº 01/07 Sistemas para Internet Informação e Comunicação Aut. - Res. CONSUNI nº 08/06 1 Os Cursos Superiores de Tecnologia foram adequados à nova denominação constante do Catálogo Nacional de Cursos, atendendo às Portarias Ministeriais n. os 10, de 28 de julho de 2006; e 12, de 14 de agosto de acharelado Aut. Autorização Res. Resolução L Licenciatura Rec. Reconhecimento Port. Portaria GP Graduação Plena Renov. Renovação Decr. Decreto UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 7 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

10 Estrutura OrganizacionaL Em ordem decrescente de nível hierárquico, a UNIP é constituída pelos seguintes órgãos: I - De Deliberação Superior Conselho Universitário (CONSUNI): órgão superior de deliberação, normatização e consultivo em matérias de planejamento administrativo, didático-científico e disciplinar. Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE): órgão normativo em matéria de ensino, pesquisa e extensão. II - De Administração Superior Reitoria: órgão executivo que coordena e su perintende todas as atividades administrativas, coordena e controla a execução dos pla nos aprovados, visando ao aperfeiçoamento e desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão. Vice-Reitorias: são órgãos que auxiliam a Rei toria. Diretorias: são órgãos executivos superiores de suporte às ações da Reitoria e da Universidade. III - De Deliberação Acadêmica Conselhos de Coordenação: órgãos de delibera ção, avaliação e planejamento didático-científico e administrativo. Colegiados de Curso: órgãos de avaliação e planejamento didático-científico e disciplinar. IV - De Administração Acadêmica Diretorias de Instituto: são órgãos executivos de direção e fiscalização das atividades dos cursos. Coordenadorias: são órgãos de assessoramento na organização administrativa e didático-pedagógica dos cursos. INFORMAÇÕES GERAIS CoordenaÇÃO A Coordenação é o elo entre o estudante, a Uni ver sidade e os professores, ajustando, facilitando e administrando todos os procedimentos técnicos e administrativos para o pleno funcionamento do curso. O Coordenador está preparado para acompa nhar, com todo o empenho e interesse, a vida aca dêmica dos alunos, os problemas do corpo do cente e os planos de ensino, objetivando, dessa forma, os melhores resultados no processo ensino-aprendizagem. Sempre que você tiver alguma dúvida ou dificuldade, procure o(s) Coordenador(es) do seu curso. GRADUAÇÃO A graduação é o primeiro degrau para a formação em nível superior, possibilitando ao aluno a obtenção de títulos de bacharel, licenciado e tecnólogo. Os cursos superiores tradicionais possibilitam ao aluno ampla formação teórica e prática por meio de currículos extensos que vão da formação básica à do profissional atualizado. A metodologia é atual, respeita o ritmo próprio de cada estudante e desenvolve o espírito de equipe e a capacidade de lide rança. Os diplomas de bacharelado e licenciatura estimulam o engajamento na vida acadêmica e científica, permitindo o ingresso em programas de pós-graduação lato e stricto sensu (especialização, mestrado e doutorado), bem como propiciam aos egressos grande leque de opções de trabalho. A licenciatura é o título universitário necessário para o exercício do magistério. Pode ter o mesmo programa curricular básico do bacharelado, acrescido das disciplinas didático-pedagógicas, pois visa a preparar o aluno para o exercício do magistério. Os cursos superiores de tecnologia são voltados mais para o mercado profissional e visam a uma formação rápida e eficiente. Os métodos de ensino privilegiam a prática, a aquisição de capacidade técnica e o domínio dos modos de atuação. Isso habilita rapidamente o aluno ao desempenho das funções exigidas na área de sua escolha e aumenta seu nível de competitividade dentro do mercado de trabalho. Àqueles que já possuem diploma de nível superior, os cursos de graduação de curta duração oferecem a oportunidade de ampliação ou de diversificação da sua área de atuação profissional. Todos os cursos da UNIP são constituídos de atividades curriculares e extracurriculares. Nesses cursos, os alunos obtêm o diploma de graduação de nível superior, possibi litando o ingresso em programas de pós-graduação lato e stricto sensu. PÓS-GRADUAÇÃO Depois de concluído o curso de graduação, existem outras oportunidades para o formando conti nuar seus estudos. Os cursos de pós-graduação visam à formação de docentes do ensino superior, pesquisadores e profissionais especializados nas mais diversas áreas do conhecimento. A UNIP oferece pós-graduação stricto sensu, nos níveis de Mestrado e Doutorado, que visa a preparar professores para o ensino superior e pesquisadores para a produção de conhecimento, e lato sensu, que visa à formação profissional nos níveis de especialização ou aperfeiçoamento. informações Acadêmicas Visando sempre ao melhor atendimento aos alunos, a UNIP torna disponível em sua página na Internet, no endereço informações refe rentes aos diversos cursos mantidos pela Univer sidade, consulta e impressão de notas, faltas e in te gralização curricular. Identificação do ALUNO O Cartão de Identificação Escolar é o documento de identidade do aluno, necessário em todas as dependências e atividades oferecidas pela UNIP. Conserve-o consigo, pois é obrigatória a apresentação diária desse cartão na portaria, nas provas e sempre que solicitado por qualquer professor ou funcionário da Universidade. O Cartão de Identificação Escolar e a senha do aluno são de uso pessoal e intransferível, sendo terminantemente proibidos o empréstimo do mesmo e a divulgação da senha a terceiros, sob pena de aplicação das sanções disciplinares previstas no Regimento Geral. A entrega do Cartão de Identificação Escolar está condicionada ao recebimento dos documentos exigidos para a matrícula. UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 8 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

11 Excepcionalmente, a Secretaria poderá fornecer até 3 (três) autorizações de entrada por semestre para o aluno regularmente matriculado que não estiver de posse da carteirinha por motivo de esquecimento ou perda, sendo que, no caso de perda, o aluno deve fazer a solicitação de segunda via. Identificação da Turma Os dois primeiros dígitos identificam o curso; os dois seguintes, o período = o turno e a turma; e os dois últimos, o campus. XX 9X 99 Identificação do campus Período = turno e turma Identificação do curso Exemplo: AD1A01 Administração (AD); 1º período (1) = ma nhã, turma A; Campus Indianópolis (01). Códigos dos Turnos e Turmas Manhã - de A a I Tarde - de J a K Noite - de M a Z Horário das Aulas A pontualidade é essencial e necessária ao bom andamento das aulas e do curso. Chegue sempre no horário estipulado e participe de todas as atividades acadêmicas. De segunda a sexta-feira: Turno da manhã as aulas e/ou atividades poderão ser ministradas das 7h10 às 13h20; Turno da tarde as aulas e/ou atividades poderão ser ministradas das 13h10 às 18h30; Turno da noite as aulas e/ou atividades poderão ser ministradas das 17h30 às 23 horas; Turno diurno as aulas e/ou atividades poderão ser ministradas das 7h10 às 18h30. Aos sábados, para todos os turnos as aulas e/ou atividades poderão ser ministradas das 7h10 às 18h30. Em caráter excepcional, aulas e/ou atividades poderão ser ministradas fora desses horários-limites, ao critério da Universidade. NOTAS E FALTAS As notas e as faltas somente serão informadas pela Internet, no site As faltas serão computadas e informadas mensalmente ou bimestralmente. É de responsabilidade do aluno fazer controle de suas faltas. PRAZOS Os prazos estipulados neste Calendário Escolar e pelos professores deverão ser rigorosamente cumpridos. Procure estar em dia com seus trabalhos acadêmicos, pois seu professor tem prazo improrrogá vel para entregar as notas na Secretaria. Secretaria As Secretarias, central e setoriais, estão à disposição para o atendimento aos alunos que tiverem dúvidas quanto às notas, faltas, controles de frequência e sempre que necessitarem de atestados, históricos escolares e/ou declarações. Histórico Escolar, Atestados e Declarações Históricos escolares, certidões, atestados, de cla rações e outros documentos referentes à situação acadêmica do aluno são fornecidos pela Secretaria e devem ser solicitados com antecedência, por meio de requerimento próprio ou pelo site clicando em Secretaria On-line. Tais serviços, quando solicitados, serão prestados e cobrados pela instituição em acréscimo ao valor da semestralidade. Os documentos emitidos on-line (atestado de matrícula, histórico escolar, planos de ensino, entre outros), disponíveis no site da UNIP por intermédio da Secretaria On-line, não serão cobrados. Expedição de Documentos A expedição de quaisquer documentos pela Secretaria será feita no prazo de até 15 (quinze) dias úteis, desde que solicitados na Secretaria do campus em que o aluno estiver regularmente matriculado ou pelo site br, clicando em Secretaria On-line. ALTERAÇÕES CADASTRAIS Comunique imediatamente à Secretaria da UNIP quando houver mudança de endereço, número telefônico ou de qualquer outra informação. Isso é fundamental para manter atualizados seus dados no cadastro da Universidade, evitando possíveis problemas. A alteração cadastral também poderá ser efetuada pelo próprio aluno pelo site clicando em Secretaria On-line. Neste campo, o aluno digita o número do seu Registro Acadêmico (RA), o qual permitirá o acesso às alterações cadastrais por meio de uma senha pessoal. ASSUNTOS FINANCEIROS Todo assunto de caráter financeiro deverá ser tratado exclusivamente junto à Tesouraria. PAGAMENTO DAS MENSALIDADES O pagamento das mensalidades deverá ser efetuado por meio da 1ª via do carnê, até o dia do vencimento, em qualquer agência bancária; após o vencimento, de verá ser efetuado somente nas agências do banco emitente indicado no carnê. Entretanto, se preferir, o aluno poderá acessar o site clicar em Secretaria On-line e solicitar a 2ª via. Se o pagamento estiver atrasado, a 2ª via será emitida com valor corrigido e com nova data de vencimento. A partir do mês subsequente ao do vencimento, a mensalidade UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 9 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

12 em atraso também deverá ser quitada em agência bancária após a retirada de novo boleto de pagamento junto à Sala de Atendimento ao Aluno ou pelo site www. unip.br, clicando em Secretaria On-line. Não recebimento do carnê Se, até a antevéspera do vencimento da mensalidade, o aluno não tiver recebido o boleto para pagamento, poderá emiti-lo pelo site clicando em Secretaria On-line, ou deverá comunicar o fato à Sala de Atendimento ao Aluno, que providenciará a emissão da 2ª via. Nenhuma reclamação e/ou justificativa posterior serão aceitas. Recibo para a Empresa O aluno que necessitar de recibo para a empresa deverá apresentar o recibo da mensalidade paga e uma carta da empresa, em papel timbrado, informando que esta restitui os seus pagamentos. A carta da empresa deverá ser entregue todos os meses na Tesouraria do campus onde o aluno estuda. Financiamento Estudantil FIES O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior FIES foi criado pelo Governo Federal para financiar os estudos de alunos com poucos recursos. Informações a respeito poderão ser obtidas junto à CPSA - Comissão Permanente de Seleção e Acompa nha men to do FIES, na Tesouraria do campus em que o aluno estiver matriculado ou via Internet, no site ou Caso o aluno venha a ser beneficiado pelo programa de Finan ciamento Estudantil, após ter obtido bolsa de estudo concedida pela UNIP, esta será cancelada no momento da concessão do financiamento. REPRESENTAÇÃO DISCENTE Cada classe indicará dois alunos (um representante de classe e um suplente) para representá-la junto à Coordenação em todo e qualquer assunto que vise ao interesse do grupo e/ou à melhoria do curso. O representante de classe deve ser porta-voz das dificuldades e solicitações coletivas dos colegas. A Coordenação atende, também, às necessidades individuais dos alunos. O exercício desta representação não exime o aluno de seus deveres escolares. MONITORIA Possibilita a experiência da vida acadêmica promo- -vendo a integração de alunos de períodos (semestres) mais avançados com os demais, a participação em diversas funções da organização e desenvol vi mento das disciplinas do curso, além de treinamento em atividades didáticas (vide Regimento neste Manual). Os monitores são escolhidos pela Diretoria, em conjunto com os professores responsáveis, levando-se em conta a maturidade intelectual e o rendimento acadêmico, disponibilidade horária e conduta perante os colegas, o corpo docente e a Uni versidade. MONITOR Monitor é o estudante de graduação escolhido para exercer atividades técnico-didáticas junto a uma determinada disciplina. O monitor não substitui o professor da disciplina. Iniciação Científica A UNIP promove concursos para atribuição de bolsas de Iniciação Científica UNIP, bolsas de Iniciação Científica PIIC-CNPq e bolsas de Iniciação Científica Santander para alunos da graduação. Poderão participar desses concursos os alunos que estiverem regularmente matriculados em qualquer curso da UNIP no corrente semestre letivo. Para participar, o aluno deve procurar um professor da UNIP que tenha o título de Mestre ou Doutor, que possua conhe cimentos na área em que pretende desenvolver a pesquisa e solicitar sua orientação. O aluno deve, também, preencher e imprimir o formulário próprio (disponível no site Link Pesquisas ), anexar os documentos solicitados e entregar todo o material, em duas vias, no Setor de Pesquisa da Vice-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa, no período indicado no site. Estágios CURRICULARES ORIGATÓRIOS Considerando a interveniência obrigatória da Universidade em todos os processos de estágio e que todo aluno, ao iniciar essa prática, deva ter um mínimo de embasamento teórico, a UNIP tem por norma auto rizar, para a realização dos estágios, o aluno que estiver cursando, no mínimo, o antepenúltimo período do curso em que estiver regularmente matriculado (vide Estágios, neste manual). Importante: Em virtude da necessidade de análise do Contrato de Estágio, sua assinatura, pela Coordenação de Estágios, será feita no prazo de até 15 (quinze) dias úteis após a entrega do mesmo no campus em que o aluno estiver regularmente matriculado. PLANOS DE CURSO Está previsto que os professores apresentem o plano de curso na primeira semana de aulas. Salas de Aulas e Laboratórios As salas de aulas e os laboratórios são os espaços onde você desenvolve suas atividades ao longo do período letivo; por isso, é essencial que você os respeite e os conserve. Os alunos serão divididos em grupos de 50. Em aulas teóricas e/ou expositivas, haverá a junção de dois grupos ou mais; em aulas de laboratório, poderá haver a subdivisão dos grupos. Não é permitido ao aluno assistir às aulas em outra turma, turno ou curso que não aquele(a) em que esteja cadastrado pela Secretaria. Caso o faça, assumirá as faltas da turma, turno ou curso no qual está cadastrado, sem direito a qualquer reclamação ou recurso. UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 10 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

13 Permanência indevida em recintos da UNIP Não se permite a permanência de alunos nos corredores da Universidade nos horários de aulas ou provas. ILIOTECAS Abrangendo as diferentes áreas de interesse dos alunos e professores, as ibliotecas da UNIP oferecem um amplo acervo de obras didáticas e periódicos, além de estarem conectadas on-line à Internet (www.unip.br), visando a atender à comunidade acadêmica nas atividades de pesquisa. (Consultar Regulamentos da iblioteca - pág. 17) PALESTRAS E VISITAS TÉCNICAS O professor que tiver interesse em convidar profissionais para proferir palestras em suas aulas ou promover atividades extraclasse, que não cons tem do plano do curso, deverá apresentar proposta, por escrito, à Coordenação do Curso, com antecedência mínima de 20 (vinte) dias, para que, depois de aprovada, possam ser adotadas as providências necessárias. Serviço de Apoio Pedagógico A solicitação de quaisquer equipamentos de apoio pedagógico (equipamento de som, retroprojetor, projetor de slides, tv/vídeo/dvd, datashow, câmera fotográfica, filmadora, gravador, telas, CPT etc.) deverá ser agendada, junto à Chefia de campus, com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas. O empréstimo de equipamentos obedecerá, rigorosamente, à ordem de precedência das reservas, além de estar condicionado à disponibilidade dos mesmos. Diplomas A UNIP confere aos seus alunos diploma de gradua ção, no qual são apostiladas as habilitações profissionais do graduando, conforme legislação vigente. Colação de Grau É ato oficial realizado em sessão solene e pública, em dia e horário previamente fixados pela Universidade, sob a presidência do Reitor ou de seu delegado. O aluno que não participar da colação de grau oficial não será considerado formado e, portanto, não terá direito ao diploma. Somente poderão participar da solenidade de colação de grau oficial os alunos que tenham integralizado o currículo do curso e realizado o ENADE, quando for o caso, conforme o ciclo de avaliação. INTERNET A Universidade Paulista dispõe de grande acervo de informações úteis aos alunos e à comunidade em geral, em seu site: Quaisquer informações sobre seus cursos, processo seletivo/vestibular, eventos e notícias estão atualizadas para atender aos interessados. Além disso, o site possibilita consultas a faltas bimestrais, médias e resultados de exames finais; impressão de notas; solicitação de documentos referentes à situação acadêmica do aluno e serviços diversos. INSTITUTO DE ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL (Ex-Alunos) Os objetivos do IAP-UNIP são, dentre outros, os seguintes: 1. aproximar da instituição os estudantes que estão saindo da universidade, bem como os egressos; 2. abrir um canal efetivo para a participação dos ex-alunos nos programas de graduação, pós-graduação e extensão da UNIP; 3. fortalecer a Educação Continuada na instituição por meio da participação de ex-alunos nos programas de pós-graduação lato e stricto sensu; 4. estabelecer uma rede de contato para a colocação de profissionais no mercado de traba lho; 5. fortalecer a relação Universidade, Setor Em presarial e Associações de Classe. Mai ores informações no site UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 11 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

14 NORMAS ACADÊMICAS/ADMINISTRATIVAS Conhecer o Regimento Geral da UNIP é dever de todos; nas ibliotecas, existem exemplares para consultas. Antes de tomar qualquer decisão referente aos itens aqui tratados, o interessado deve consultar o Regimento Geral, pois é a sua redação que preva lece sobre o conteúdo deste manual. Matrícula Os cursos oferecidos são de regime semestral, com periodicidade anual, e as matrículas são rea lizadas por blocos de disciplinas, conforme o Regimento da Instituição. As disciplinas semestrais poderão ser agrupadas ou seriadas de formas diferentes nos períodos letivos que compõem o curso e não serão obrigatoriamente oferecidas na mesma ordem. Inclusive, disciplinas poderão ser cursadas concomitantemente por alunos que ingressaram na universidade em diferentes épocas. A efetivação da matrícula, por parte da UNIP, está condicionada ao recebimento dos documentos legalmente exigidos. Por isso, toda a documentação exigida deverá ser entregue à Secretaria dentro do prazo estipulado pelo Calendário da Universidade. Esgotado esse prazo e não tendo sido entregue a documentação exigida, a matrícula poderá ser cancelada a qualquer tempo. A matrícula é renovada a cada semestre letivo e somente será efetivada com a entrega do contrato de prestação de serviços educacionais, devidamente preenchido e assinado pelo aluno, e pelo pai (ou responsável) se o aluno for menor de 21 anos, acompanhado do comprovante de pagamento da primeira parcela da semestralidade e do comprovante de quitação dos pagamentos anteriores. Obs.: Mesmo que não seja o responsável pelos encargos, custos e despesas decorrentes do contrato, o ALUNO o assina solidariamente com o CONTRATANTE. Ao critério dos Conselhos Superiores da Universidade, a efetivação da matrícula do aluno poderá ser determinada para um campus diferente daquele frequentado no semestre anterior. A matrícula também pode ser realizada pelo site clicando em Secretaria On-line. Importante: A não efetivação da matrícula no início de cada semestre, dentro dos prazos estabele cidos no Calendário Escolar da UNIP, repre senta abandono de curso. Atenção: Não será concedida a matrícula ao aluno que apresentar débito(s) junto à Tesou raria, Secretaria e/ou iblioteca. desligamento/abandono de curso O aluno que não tiver efetivado a matrícula dentro dos prazos estabelecidos vai automaticamente para a condição de desligamento ou abandono, podendo ficar nessa condição por um período máximo de dois anos, a partir dos quais terá que se submeter a novo processo seletivo. Trancamento De Matrícula É a interrupção temporária das atividades escolares e deve ser requerida junto à Secretaria, no prazo estipulado no Calendário Escolar, pelo aluno, que deverá estar em dia com o pagamento de suas mensalidades. O não trancamento da matrícula, dentro dos prazos estipulados pela Secretaria, implica constituição de dívida até o final do período letivo. O trancamento de matrícula será concedido pelo prazo de até dois anos, a partir dos quais o aluno terá que se submeter a novo processo seletivo. Cancelamento De Matrícula Pode ser solicitado junto à Secretaria, a qualquer tempo, pelo aluno, que deve rá quitar suas mensalidades vencidas e retirar sua do cu mentação pessoal, e, se desejar, a certidão de seu histórico escolar. Reabertura De Matrícula O aluno que tiver interrompido seu curso por abandono ou trancamento pode solicitar seu retorno à Universidade. A solicitação é analisada pelo Setor competente, que indicará a série (período) em que o aluno deverá ser matriculado. Se esta série (período) não estiver sendo oferecida, o aluno deverá fazer nova solicitação no semestre letivo seguinte. O retorno aos estudos obrigará o aluno a cumprir o currículo vigente para a turma na qual está ingressando (art. 65 do Regimento Geral da UNIP). Ao retornar aos estudos, passará automaticamente à condição de ALUNO TUTELADO, ou seja, só cursará as dependências, adaptações e disciplinas que a UNIP determinar, sendo que as dependências e adaptações inseridas para os ALUNOS TUTELADOS não poderão ser trancadas. Os procedimentos a serem observados são os seguintes: acessar o site clicando em Reabertura de Matrícula, informar o CPF, confirmar os dados pessoais, atualizar o cadastro e seguir as instruções sugeridas; aguardar parecer final do Setor competente. Reopção De Curso Ao efetuar sua matrícula, o aluno deverá de clarar, em reque rimento próprio, junto à Secretaria, se deseja concorrer à reopção. O pedido de reop ção de curso poderá ou não ser aceito, dependendo da existência de vaga e dos critérios estabelecidos pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNIP. Com exceção de disciplinas eletivas e das junções de turmas autorizadas, o aluno não poderá assistir a aulas em outro curso que não aquele em que esteja cadastrado pela Secretaria. Caso contrário, assumirá as faltas de seu curso de origem. Atenção: O simples ato de requerer não garante que a solicitação seja aceita. Portanto, até a data da publicação da resposta a esse pedido, o solicitante deverá aguardar, frequentando as aulas no curso de origem. Observação: Caso a soli citação seja aceita, o aluno deverá assinar novo contrato e assumir os encargos referentes ao curso para o qual tenha feito a reopção. REMANEJAMENTO DE CAMPUS, TURNO OU TURma Para efetuar o remanejamento de campus, tur no ou turma, os procedimentos são os seguintes: protocolar requerimento, devidamente fundamentado e documentado, no site clicando em Secretaria On-line, respeitando-se os prazos estipulados; aguardar parecer final da Secretaria ou, quando não for da competência desta, da Coordenação ou da Diretoria. A UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 12 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

15 aprovação ou não do remanejamento, de acordo com as possibilidades existentes, baseia-se na disponibilidade de vaga, no mesmo período e grade curricular em que o aluno esti ver matriculado na sua turma de origem; o aluno não poderá assistir a aulas em outro campus, turno ou turma que não aquele(a) em que esteja cadastrado pela Secretaria, exceto nos casos de junções de turmas autorizadas. Caso contrário, assumirá as faltas de sua turma de origem. As solicitações de remanejamento deverão ser feitas no site clicando em Secretaria On-line. Atenção: O simples ato de requerer não garante que a solicitação seja aceita. Portanto, até a data da publicação da resposta a esse pedido, o solicitan te deverá aguardar frequentando as aulas no campus, turno ou turma de origem. Observação: Caso a solicitação seja aceita, o aluno deverá assinar novo contrato e assumir os encargos referentes ao campus ou turno para o qual tenha feito o remanejamento. Transferências As transferências têm sua regulamentação em Lei e devem obedecer às normas regimentais da UNIP. Trata-se de transferências de alunos provenientes de cursos idênticos ou afins, mantidos por estabelecimentos de ensino superior nacionais ou estrangeiros. O estudante ingressante por transferência será matriculado automaticamente no regime de progressão tutelada, ou seja, só cursará as dependências, adaptações e disciplinas que a UNIP determinar, sendo que as dependências e adaptações inseridas para os ALUNOS TUTELADOS não poderão ser trancadas. Os procedimentos a serem observados são os seguintes: acessar o site clicar em Transferência Imediata, informar o CPF, preencher os dados cadastrais e seguir as instruções sugeridas; comparecer à Secretaria Acadêmica do campus no qual pretende estudar, apresentando uma cópia do documento de identidade e o Histórico Escolar (original ou cópia autenticada) com as respectivas notas e cargas horárias, acompanhado da cópia autenticada dos programas das disciplinas cursadas, a fim de protocolar o pedido de transferência; aguardar parecer final do Setor competente. A aprovação ou não da transferência baseia-se na análise do histórico escolar do estudante e na disponibilidade de vaga. Atenção: Caso não concorde com o parecer, o candidato à transferência poderá solicitar uma única reanálise do histórico, até 2 (dois) dias após a comunicação da resposta dada à solicitação inicial. Nesse caso, deverá explicitar os motivos que o levaram a tal pedido. Na reanálise, o Setor competente deverá dar novo parecer fundamentado nas indagações do candidato. Nenhuma reclamação posterior será aceita. Observação: Após a análise, o candidato aprovado deverá assinar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e assumir os encargos referentes ao curso e período que deverá cursar. PORTADOR DE CURSO SUPERIOR O portador de diploma de curso superior reconhecido, registrado no órgão competente, pode matricular-se em qualquer curso de graduação após a matrícula dos aprovados pelo Processo Seletivo, desde que haja vagas (Art. 63 do Regimento Geral da UNIP). Ao ingressar na Universidade, será matriculado automaticamente no regime de progressão tutelada, ou seja, só cursará as dependências, adaptações e disciplinas que a UNIP determinar, sendo que as dependências e adaptações inseridas para os ALUNOS TUTELADOS não poderão ser trancadas. Os procedimentos para solicitação de matrícula são os mesmos dos candidatos à transferência, exceto que o portador de curso superior deverá apresentar, também, a cópia do diploma registrado no órgão competente. Importante: A análise dos pedidos de ingresso como portador de curso superior será feita após a matrícula dos aprovados pelo Processo Seletivo, desde que haja vagas. Observação: Após a análise, o candidato aprovado deverá assinar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e assumir os encargos referentes ao curso e período que deverá cursar. Adaptação O aluno transferido ou portador de curso superior cursará as disciplinas e/ou atividades em atraso, em relação à grade curricular da UNIP, em regime de adaptação, com critérios de avaliação e promoção idênticos às demais disciplinas da Universidade. ANTECIPAÇÃO DE DISCIPLINA O aluno poderá solicitar, em requerimento próprio, junto à Secretaria, a antecipação de disciplina(s), no mesmo turno em que estiver matriculado, observadas as normas das diferentes áreas e os prazos vigentes na UNIP, se houver compatibilidade de horários e vaga na disciplina pretendida. Inscrição em Disciplinas As inscrições em disciplinas optativas do próprio curso ou em disciplinas isoladas de outro(s) são realiza das por meio de solicitação em requerimento próprio, junto à Secretaria. Para a opção ou o cancelamento da(s) inscri ção(ões) em disciplina(s) optativa(s), o aluno deverá atender aos prazos estabelecidos pela Univer sidade. Não serão aceitos pedidos posteriores. Disciplinas optativas Todos os cursos de graduação da Universidade Paulista UNIP possuem disciplinas optativas. Obrigatoriamente, o aluno deverá optar por uma ou mais delas, de acordo com a matriz curricular de seu curso. Adequação curricular O aluno reprovado deverá adequar-se ao currículo vigente para a turma na qual está ingressando. Lista De Presença Os apontamentos nas listas de presença são de responsabilidade exclusiva do professor. É im prescindível o registro diário da matéria lecionada, no verso dessas listas ou no Professor On-line, quando for o caso. O Nome Não Consta Na Lista De Presença Se o nome do aluno não constar em qualquer lista emitida pela Universidade, ele deverá procurar a Secretaria, que é a única que está apta a regularizar esta situação. Atenção: Todos os atos escolares que, porventura, forem realizados no período em que o aluno não estiver regularmente matriculado poderão ser, sumariamente, anulados. UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA 13 Informações Acadêmicas e Calendário Escolar/2015

0DQXDO GH,QIRUPDo}HV $FDGrPLFDV H &DOHQGiULR (VFRODU

0DQXDO GH,QIRUPDo}HV $FDGrPLFDV H &DOHQGiULR (VFRODU 0DQXDO GH,QIRUPDo}HV $FDGrPLFDV H &DOHQGiULR (VFRODU 48$/,'$'( ( (),&,Ç1&,$ &203529$'$6 &XUVRV 6XSHULRUHV GH 7HFQRORJLD 0HQRU 'XUDomR 2013 AGENDA JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19

Leia mais

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU Credenciado PORTARIA Nº 701, DE 28 DE MAIO. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 O Reitor do Centro Universitário Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com

Leia mais

EDITAL PRAC 04/2015 INSCRIÇÕES

EDITAL PRAC 04/2015 INSCRIÇÕES EDITAL PRAC 04/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRESENCIAL E EAD DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO, PARA ESTUDANTES PROVENIENTES DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS,

Leia mais

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br A Comissão de Acesso ao Ensino Superior informa que estão abertas as inscrições para o 1º semestre letivo de 2016, nas seguintes modalidades: 1º Processo Seletivo Agendado Edital 21/2015 (para novos alunos)

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013

CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013 1. ABERTURA CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013 O Reitor do Centro Universitário La Salle UNILASALLE, na forma do que dispõe o art. 44, Inciso

Leia mais

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 Com sede Av. Alcindo Cacela, 287 - Belém / PA, Rod. BR 316, Km 3- Ananindeua / PA - Trav.

Leia mais

AGENDA AGENDA MARÇO JANEIRO FEVEREIRO ABRIL JUNHO MAIO SETEMBRO JULHO AGOSTO NOVEMBRO DEZEMBRO OUTUBRO JANEIRO MARÇO FEVEREIRO ABRIL MAIO JUNHO AGOSTO

AGENDA AGENDA MARÇO JANEIRO FEVEREIRO ABRIL JUNHO MAIO SETEMBRO JULHO AGOSTO NOVEMBRO DEZEMBRO OUTUBRO JANEIRO MARÇO FEVEREIRO ABRIL MAIO JUNHO AGOSTO 2010 AGENDA JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ABRIL 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 JULHO 1 2

Leia mais

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas A Cruzeiro do Sul Educacional S.A, entidade mantenedora da Universidade Cruzeiro do Sul, e controladora

Leia mais

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar Cursos Superiores de Tecnologia Menor Duração 2010 AGENDA JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

Leia mais

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Credenciamento - Ato autorizativo Portaria Nº 998 de 22/10/2007, publicada no DOU em 23/10/2007

Leia mais

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar 2009 AGENDA JANEIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ABRIL 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Leia mais

Matrículas 1º semestre letivo de 2014

Matrículas 1º semestre letivo de 2014 EDITAL 17/2013 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Matrículas 1º semestre letivo de 2014 O UDF - Centro Universitário torna público o Edital de Matrícula dos Cursos de Graduação para o 1º semestre letivo de 2014, a

Leia mais

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS CREDENCIAMENTO: PORTARIA MEC Nº 601 DE 20.05.2008, DOU 21DE MAIO DE 2008 SEÇÃO I. EDITAL DO PROCESSO

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL A REITORA do Centro Universitário de João Pessoa UNIPÊ faz saber, pelo presente EDITAL, que estão sendo abertas durante o período, de 15 de setembro de 2015 a 11 de março

Leia mais

Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas

Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas A Cruzeiro do Sul Educacional S.A, entidade mantenedora da Universidade Cruzeiro do Sul, e controladora

Leia mais

Processo de Outras Captações 2014/1

Processo de Outras Captações 2014/1 Processo de Outras Captações 2014/1 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA, OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO, OBTENÇÃO DE NOVA HABILITAÇÃO, REINGRESSO E REOPÇÃO DE CURSO 2014/1º O Reitor do Centro Universitário de

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber mediante o presente edital que estarão

Leia mais

Processo de Outras Captações 2014/1

Processo de Outras Captações 2014/1 Processo de Outras Captações 2014/1 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA, OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO, OBTENÇÃO DE NOVA HABILITAÇÃO, REINGRESSO E REOPÇÃO DE CURSO 2014/1º O Reitor do Centro Universitário de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015 O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber mediante o presente edital

Leia mais

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos 2 e 3/1 Direito e Nutrição. 5/1 - Ciência da Computação, Sistemas

Leia mais

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 03/2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase

MANUAL DO CANDIDATO. VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 1 - O Processo Seletivo para candidatos aos cursos do primeiro semestre letivo do ano 2016 será composto de prova para

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA LOCAIS. Consulte

INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA LOCAIS. Consulte CALENDÁRIOS Vestibular Tradicional INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA Diariamente Taxa de inscrição: R$ 30,00 Prova de Redação Consulte http://www.estacio.br/ Processo Seletivo Enem INSCRIÇÕES MATRÍCULA

Leia mais

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins.

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins. EDITAL NRCA-SJP N.º 09/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador do Núcleo

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA, DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA COM REOPÇÃO, ACEITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS REGULARES PARA CURSOS AFINS, REOPÇÃO DE CURSO, OBTENÇÃO DE NOVO

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 63/2015 Reedita, com alterações, o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade a Distância Vestibular 1º Semestre de 2016 O REITOR DA UNIVERSIDADE METODISTA

Leia mais

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO Art. 1º O colegiado de curso é órgão consultivo da Coordenação de Curso, destinado a subsidiar a

Leia mais

PORTARIA Prac Nº 011/2014

PORTARIA Prac Nº 011/2014 PORTARIA Prac Nº 011/2014 Dispõe sobre a destinação de vagas remanescentes e as normas e procedimentos a serem aplicados no 1º período letivo de 2015, exclusivamente para os casos de Transferência de outra

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa de estudo para os candidatos participantes da Campanha Mérito ENEM 2016.1 dos cursos de Graduação Presencial (Graduação

Leia mais

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2016 Continuado

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2016 Continuado FACULDADE DE JAGUARIUA O Diretor da Faculdade de Jaguariúna, no uso de suas atribuições legais e obedecendo ao disposto na legislação pertinente, torna públicas as normas que regulamentam o Processo Seletivo

Leia mais

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100 Grupo Educacional LBS-FAPPES CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006 Manual do Candidato Vestibular FAPPES 2016 1. Disposições Gerais 1.1. O Processo Seletivo consiste na seleção e classificação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89 e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.684 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 O Reitor

Leia mais

FACULDADE OPET EDITAL Nº 02, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO

FACULDADE OPET EDITAL Nº 02, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO FACULDADE OPET EDITAL Nº 02, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO A Faculdade Opet por sua Comissão de Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria Nº 10/2014, torna pública

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015

EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015 EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015 Por ordem do Prof. Me. João Batista Gomes de Lima, Magnífico Reitor do Centro Universitário São Camilo Campus Ipiranga, inscrito

Leia mais

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Com sede Av. Doutor Augusto Moreira, 1704 e 1502 Casa Caiada - Olinda Legislação

Leia mais

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2, para os cursos de Bacharelado em Administração,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para o Processo Seletivo Verão-2016, para os cursos de graduação presenciais da Universidade de Taubaté UNITAU.

Leia mais

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 3/06/203. Seção 3, Página 90. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM Regimento Interno do Curso de Mestrado Acadêmico em Engenharia Mecânica do Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica Este programa de Pós-Graduação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO. www.uniceub.br 3966-120 0

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO. www.uniceub.br 3966-120 0 CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS 1º SEMESTRE DE 2015 INÍCIO DAS AULAS: 25 DE FEVEREIRO www.uniceub.br 3966-120 0 Um dos melhores centros universitários do Brasil de acordo com avaliação do MEC; Único centro universitário

Leia mais

FACULDADE DAS AMÉRICAS Edital do Processo Seletivo - 2º Semestre de 2015

FACULDADE DAS AMÉRICAS Edital do Processo Seletivo - 2º Semestre de 2015 FACULDADE DAS AMÉRICAS Edital do Processo Seletivo - A Diretora Geral da Faculdade das Américas, com base no Regimento Geral, na Portaria Ministerial nº 391 de 07/02/2002, na Portaria Normativa nº 40,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, resolve promover

Leia mais

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

Completa infraestrutura. Professores qualificados. Conceitos positivos no ENADE-MEC

Completa infraestrutura. Professores qualificados. Conceitos positivos no ENADE-MEC Completa infraestrutura Professores qualificados Conceitos positivos no ENADE-MEC Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar 2015 NOTAS PESSOAIS Nome: RA nº: Curso: Turma: Campus: Endereço

Leia mais

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES INICIAIS DAS COMPETÊNCIAS Art. 1º O Setor de Registros Acadêmicos - SRA é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à vida

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL N 15 2016 PROCESSO SELETIVO 2016.1 A Diretora Geral do Instituto Florence de Ensino Superior, no uso de suas atribuições regimentais, torna

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES EDITAL 014/2014 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 - ENGENHARIA CIVIL E VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 I DOS CURSOS OFERECIDOS, DURAÇÃO, ATOS LEGAIS E DAS VAGAS:

FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 I DOS CURSOS OFERECIDOS, DURAÇÃO, ATOS LEGAIS E DAS VAGAS: FACULDADE DO SUL DA BAHIA ATO PROCESSO SELETIVO 2009/2 EDITAL Nº 2 A FACULDADE DO SUL DA BAHIA, credenciada pela Portaria Ministerial nº 944, de 17/05/2001 publicada no DOU em 21/05/2001 e o INSTITUTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 O reitor em exercício da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2 Vagas remanescentes,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE OLINDA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º semestre/2014 Turmas de 1ª entrada ORIENTAÇÃO AO CANDIDATO A Faculdade de Ciências Humanas de Olinda FACHO torna pública a abertura

Leia mais

1 Cursos, Turnos, número de vagas e Locais de realização dos cursos (Notas de 1 a 6 encontram-se detalhadas ao final do quadro seguinte)

1 Cursos, Turnos, número de vagas e Locais de realização dos cursos (Notas de 1 a 6 encontram-se detalhadas ao final do quadro seguinte) PRÓ-REITORIA ACADÊMICA - PROACAD 1 o PROCESSO SELETIVO DE 2015 TRANSFERÊNCIA INTERNA EDITAL N o 29 / 2015 PROACAD A Pró-Reitoria Acadêmica PROACAD torna públicas, para conhecimento dos interessados, as

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA PROFESSOR-MONITOR DO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL, N 2 DE 03 DE SETEMBRO DE 2012. A Coordenação do Projeto Cursinho

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber, mediante

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA

EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA EDITAL DE MATRÍCULA PARA DISCIPLINAS DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO NO PRIMEIROSEMESTRE DE 2010 - ENSINO SEMI PRESENCIAL CAMPUS SANT ANNA O Prof. Raul Virginio da Silva Filho, Secretário Geral do Centro Universitário

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, republicada em

Leia mais

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 A Diretora Maria Aparecida Pinto, Diretora da Faculdade de São Lourenço, no uso de suas atribuições, torna público que, no período de 02 de setembro

Leia mais

REGIMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

REGIMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU REGIMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU (Regimento aprovado pelo Conselho Deliberativo da Fiocruz em 28/08/2008) 1. Dos Objetivos 1.1. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) oferece programas de pós-graduação

Leia mais

1. CURSOS / ATOS LEGAIS / TURNOS / VAGAS. Administração¹ Linha de Formação em Marketing e Entretenimento. Comunicação Social¹ com Habilitação em

1. CURSOS / ATOS LEGAIS / TURNOS / VAGAS. Administração¹ Linha de Formação em Marketing e Entretenimento. Comunicação Social¹ com Habilitação em Edital de Convocação para Ingresso nos cursos da Graduação em 2013/2 através de Transferência Interna de Curso e Transferência Externa entre Faculdades A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP

Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP O Diretor Geral do IPEP, Érico Rodrigues Bacelar, no uso de suas atribuições legais e regimentais e considerando

Leia mais

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã)

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES EDITAL DE 31 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR PARA O ANO DE 2016 (Processo Seletivo Vestibular 2016, Processo Seletivo Vestibular Complementar 2016/A e Processo

Leia mais

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico)

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico) EDITAL n. 252/2014 Dispõe sobre matrícula para os candidatos aprovados no Concurso Vestibular ACAFE Verão/2015, 1º semestre, para os cursos da UNESC a seguir relacionados: Administração Bacharelado (matutino

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre MANUAL DO CANDIDATO Processo Seletivo 2016 1.º semestre A UNIVERSIDADE PAULISTA faz saber que estão abertas as inscrições, nos locais e horários indicados no item DAS INSCRIÇÕES do presente manual, para

Leia mais

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas.

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas. Perguntas frequentes: 1) Quais os dias de prova do Vestibular Univale 2016? Você pode escolher qual o melhor dia para fazer as provas do Vestibular Univale 2016. 28 de novembro de 2015 (sábado), das 15

Leia mais

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.2

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.2 1 GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.2 O Diretor Presidente do Grupo Ibmec Educacional SA, mantenedor das Faculdades de Economia e Finanças Ibmec e Faculdade de Ciências Sociais

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAPITULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação da UNIABEU são regidos pela Lei Federal 9394/96 Lei de Diretrizes

Leia mais

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2 1 GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2 O Diretor Presidente do Grupo Ibmec Educacional SA, mantenedor das Faculdades de Economia e Finanças Ibmec e a Faculdade de Ciências

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO VERÃO 2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO VERÃO 2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO VERÃO 2016 A União Dinâmica de Faculdades Cataratas UDC S/C LTDA, mantenedora das Instituições: - Centro Universitário Dinâmica das Cataratas Faculdades Anglo-Americano e a Diretiva

Leia mais

FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1

FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1 FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1 A Direção da Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES), torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo

Leia mais

E D I T A L. 2º A taxa de inscrição para o Processo Seletivo dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu será

E D I T A L. 2º A taxa de inscrição para o Processo Seletivo dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu será EDITAL NPL 1/2014 ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU DOS CAMPI BRAGANÇA PAULISTA, ITATIBA E CAMPINAS DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF NO 1º SEMESTRE

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UEL Nº 048/2013 PROCESSO SELETIVO DE

Leia mais

FACULDADE OPET EDITAL Nº 01, DE 25 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO

FACULDADE OPET EDITAL Nº 01, DE 25 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO FACULDADE OPET EDITAL Nº 01, DE 25 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO A Faculdade Opet por sua Comissão de Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria Nº 10/2014, torna pública as

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº. 235/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº. 235/2013 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº. 235/2013 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA PARA OS S DE GRADUAÇÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº 1.566, de 27

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FTDR Fortaleza Ceará SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 5 2. CURSOS... 5 3. PROCEDIMENTOS... 5 4. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 12 5. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 13 6. REGIME

Leia mais

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE. Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE. Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011 SOBRE O ENADE O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes -

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular.

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular. Edital de Convocação para Ingresso nos cursos da Graduação em 2015/1 através de Transferência Interna de Curso e Transferência Externa entre Faculdades A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

NORMAS DO PRIMEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 1 o SEMESTRE DE 2016

NORMAS DO PRIMEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 1 o SEMESTRE DE 2016 NORMAS DO PRIMEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUCCAMPINAS 1 o SEMESTRE DE 2016 Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 o Este Processo Seletivo tem

Leia mais

2 DOS CURSOS, DOS TURNOS, ÁREA AFIM AO CURSO PRETENDIDO E DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS

2 DOS CURSOS, DOS TURNOS, ÁREA AFIM AO CURSO PRETENDIDO E DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre EDITAL Nº 033, DE 15 DE MAIO DE 2015.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015.

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015. Ingresso Extravestibular 2016/1 - Transferência A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015. Não serão

Leia mais

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA

Leia mais

O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015.

O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015. O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015.1, como segue: 1 INSCRIÇÃO 1.1. O período, procedimento e local das inscrições:

Leia mais

COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 2016

COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 2016 COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 1 DIVULGAÇÃO DOS GABARITOS E DAS PROVAS Data: 06/12/2015 a partir das 17h, na internet. As provas estarão disponíveis em www.unitau.br 2 DIVULGAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014

EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014 EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014 Nos termos das Normas Acadêmicas do Ensino de Graduação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais PUC/MG, faço saber

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada. Inscrição Calendário Redação Resultado Matrícula

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada. Inscrição Calendário Redação Resultado Matrícula PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada A Universidade de Franca, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40 de 12.12.2007, resolve promover Processo

Leia mais