Relatório de Sustentabilidade BN Papel Catarinense Ltda

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Sustentabilidade BN Papel Catarinense Ltda"

Transcrição

1 Relatório de Sustentabilidade BN Papel Catarinense Ltda 2012 Apresentamos o Relatório de Sustentabilidade da BN Papel Catarinense Ltda. Este relatório enfatiza a importância da continuidade das ações já iniciadas, o aperfeiçoamento, os indicadores e evolução nas práticas sustentáveis. As informações deste relatório referem-se às principais ações sociais realizadas no ano de 2012.

2 Perfil Organizacional Em 2012 a empresa comemora onze anos de atividade empresarial. Esta trajetória foi marcada por muito trabalho, dedicação, investimentos em novas tecnologias incentivando a responsabilidade social, investimento em segurança e compromisso com nossos Colaboradores, Fornecedores, Clientes, Comunidade e partes interessadas. O sucesso da empresa se deve a seriedade, transparência, comprometimento das pessoas em trabalhar em uma empresa socialmente e ecologicamente correta, onde os esforços são irrestritos. A cada dia construímos uma empresa ainda melhor para trabalhar. Os passos dados indica que estamos trilhando o caminho certo, de sermos cada vez melhores no que fazemos. A BN Papel busca inovação e qualidade em todos os seus produtos, acredita que a sustentabilidade social e ambiental é fundamental para se ter um bom resultado.

3 Nossa Identidade Missão: Assegurar o fornecimento de produtos e soluções com valor excepcional e garantir o desenvolvimento da empresa e das pessoas, com responsabilidade socioambiental. Visão: Ser uma empresa referência no setor, compensadora para os colaboradores e geradora de valores para os sócios e investidores. Política de Qualidade: A Direção da BN Papéis estabelece e assume o seguinte compromisso com o Sistema de Gestão Integrado: Produzir e comercializar papéis com qualidade assegurada; Atender o mercado nacional e internacional; Buscar a melhoria contínua, investindo no treinamento das pessoas, e nos recursos tecnológicos; Atender os requisitos legais e outros; Prevenir a poluição; Minimizar impactos socioambientais adversos.

4 Mensagem do Presidente Estamos veiculando o nosso segundo relatório de sustentabilidade. Considero uma expressiva realização dos nossos Colaboradores e da Empresa BN. Vejo com muito orgulho, o resultado desse esforço coletivo, beneficiando a todos os interessados. Tenho fé e a confiança inabalável de que, juntos estamos no caminho certo. Preciso cumprimentar a todos, expressar a minha admiração pelos esforços e iniciativas no sentido da realização dessa missão que é de todos. Vamos sempre fazer um empresa melhor para todos. Parabéns e muito obrigado.

5 Mercado Atendimento Personalizado Os clientes da BN Papel têm à sua disposição um atendimento especializado e dedicado realizado pelos Representantes Comerciais e Vendedores Internos competentes para a personalização do negócio desenvolvido,agregando valos para os clientes Produtos Sedaflex e Monoflex São papéis brancos, de colagem alcalina e acabamento monolúcido, matizados e alvejados. Compostos de celulose fibra curta branqueada tipo ECF, certificada FSC. Gramaturas Sedaflex: de 18 a 24 g/m², com variações conforme norma ABNT NBR 5339:2002. Gramaturas Monoflex: de 25 a 50 g/m², com variações conforme norma ABNT NBR 5339:2002. Aplicações do Sedaflex Guardanapos; Intercalos; Envoltórios; Embalagens; Impressão chapada por imersão em tinta base álcool; Impressão chapada por impressão rotográfica; Impressão chapada por impressão flexográfica; Impressão de motivos tanto por impressão flexográfica e rotográfica; Laminação com filmes onde a presença de alvejante óptico não é restritiva. Aplicações do Monoflex Produção de embalagens em geral; Envoltórios; Saquinhos; Toalhas americanas; Base para papel térmico; Intercalos; Impressão chapada por imersão em tinta base álcool; Impressão chapada por impressão rotográfica; Impressão chapada por impressão flexográfica; Impressão de motivos tanto por impressão flexográfica e rotográfica; Laminação com filmes onde a presença do alvejante óptico não é restritiva; Sachês.

6 Sedatech e Monotech São papéis brancos, colagem alcalina, acabamento monolúcido, isentos de alvejante óptico e em conformidade com a portaria ANVISA 177 para embalagem primária de alimentos. Compostos de celulose fibra curta branqueada tipo ECF, certificada FSC. Gramaturas Sedatech: de 18 a 24 g/m², com variações conforme norma ABNT NBR 5339:2002. Gramatura Monotech: de 25 a 50 g/m², com variações conforme norma ABNT NBR 5339:2002. Aplicações do Sedatech Aplicações semelhantes ao Sedaflex, entretanto indicado onde é proibida a presença do alvejante óptico. Aplicações do Monotech Aplicações semelhantes ao Monoflex, entretanto indicado onde é proibida a presença do alvejante óptico.

7 Qualidade do Produto No ano de 2012 a BN Papéis implementou o importante Setor de Qualidade do Produto que ajuda a garantir a Qualidade do Produto. Esse setor efetua atividades como: - Análises nas águas de entrada, saída e o processo da fábrica; - Análises dos efluentes; - Controle na dosagem de nutrientes no tratamento de efluentes; - Acompanhamento das análises da água do poço; - Análises do processo em geral, massa, águas isso no processo de fabricação do papel; - Análises físicas, visuais do papel acabado; - Atendimento ao cliente em relação a qualidade do produto; - Tratamento de não conformidades;

8 Indicadores Sociais Internos Treinamentos Acreditamos que a educação é um dos pilares para a sustentabilidade do negócio. É fator crítico para a competitividade industrial, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. O projeto Fundamentando Sonhos (Supletivo do 2ºGrau) é motivo de muito orgulho. Além de oportunizar aos Colaboradores a possibilidade de concluírem o Ensino Médio, este benefício também é estendido a comunidade, inclusive para Colaboradores de outras empresas da região. No início de 2012, quando o supletivo foi implementado na BN 39% dos colaboradores não possuíam o Ensino Médio, no final do mesmo ano 98,25% dos Colaboradores (sem Ensino Médio) haviam voltado a estudar. PAEX: Em meados de 2012, a BN Papéis firmou parceria com a FFM (Fundação Fritz Muller) e aderiu ao programa PAEX (Parceiros para Excelência). O objetivo do programa, além de desenvolver as pessoas, é implementar um modelo de gestão com foco em melhoria de resultados e aumento da competitividade. Com o propósito de engajar as pessoas, além da Direção e da Gerência, Coordenadores, Supervisores e Analistas participaram do desenvolvimento do primeiro planejamento estratégico da BN Papel, realizado em 2012 para o ano de Gestão por indicadores: no ano de 2012, foi implementada a Gestão por Indicadores, desdobrados do Planejamento Estratégico da BN Papéis. Para mensurar o progresso do negócio, avaliações gerenciais mensais (AGM) foram realizadas.

9 Contrato de Resultado: Os Responsáveis pelas áreas assumiram um Contrato de Resultados, que é medido e validado mensalmente. Anualmente a empresa faz o levantamento das necessidades dos treinamentos e com base nisto, desenvolve o plano de treinamentos. Além dos treinamentos necessários para o cargo, o colaborador tem a oportunidade de desenvolverem-se através dos mais diversos treinamentos oferecidos pela empresa. Pelo menos, anualmente, 44 horas de treinamentos internos são ofertados aos colaboradores. São parceiros da BN Papel na área de desenvolvimento, SESI,SENAI,FFM,entre outras instituições; Além dos colaboradores, a empresa desenvolve a comunidade, proporcionando a esta,a possibilidade de estudar e participar de cursos abertos, ofertados pela empresa. Programa Porta Aberta A empresa realiza o programa Porta Aberta, que tem como objetivo, mostrar à comunidade a forma transparente e correta como a BN Papel se relaciona. Neste programa, além de receber a Comunidade, recebe também Estudantes de diversas instituições de ensino,e familiares dos colaboradores que buscam visualizar na prática o que aprendem em sala de aula. A recepção, bem como, a monitoria da visita, é realizada pelos colaboradores da BN Papel, que tem a oportunidade de mostrar a importância e o impacto do seu trabalho.

10 Entre Melhores Empresas para trabalhar em SC, até 1000 empregados: No ano de 2012,a BN papel foi agraciada, como a quarta melhor empresa para trabalhar até 1000 empregado, e sem dúvida motivo de muito orgulho. Uma simples expressão de orgulho é a ênfase dada pelos colaboradores ao utilizarem o uniforme com a marca da empresa, não apenas para o trabalho, mas como também, em eventos realizados fora da empresa. Certificações A BN conquistou em 2011 e mantém em 2012 as certificações ISO9001, e NBR16001, que contribuíram para que a empresa se tornasse referencia, principalmente na área ambiental.

11 Comunicação Um dos valores que a empresa presa é a transparência. Por isso a comunicação interna e externa é tratada com muita seriedade. Todos os colaboradores possuem irrestrito acesso ao diretor da empresa. Dentre os meios de comunicação utilizados destacamos: Mural Geral na fábrica, Banners, encontros com o Diretor da empresa, Porta Aberta Familiar e para Comunidade, assim como disponibiliza uma Caixa de Sugestões. Prata da Casa Como forma de reconhecer os colaboradores e oportunizar o desenvolvimento pessoal e profissional, a BN Papel valoriza a prata da casa através do recrutamento interno. Em 2012, 36,27% dos colaboradores foram promovidos. Biblioteca Através de sua Biblioteca, a BN Papéis disponibiliza aos colaboradores, livros de diversos gêneros que são atualizados periodicamente. Benefícios Com o objetivo de melhorar a qualidade da alimentação servida, a empresa ampliou em 2012 o refeitório, realizou uma parceria com a empresa Nutramais. A empresa dispõe de um refeitório próprio, com estabelecidos pelo PAT (Programa de Alimentação ao Trabalhador). Dentre os principais benefícios oferecidos pela empresa, destacamos: Plano de Saúde, Plano Odontológico, Seguro de Vida, Auxilio Estudantil, Plano de Treinamento e desenvolvimento, Convênios com farmácias e papelarias.

12 Prevenção e Combate de Incêndios Faz parte dos princípios da BN Papel o atendimento às normas de segurança e saúde. Por isso treina mensalmente buscando o aperfeiçoamento de toda equipe. A Brigada da BN Papel é composta por 16 brigadistas. Segurança e Saúde do Trabalhador É premissa da BN Papel, a segurança dos Colaboradores em primeiro lugar. Com este ideal a empresa criou um GT (Grupo de Trabalho) da NR12 que tem p objetivo de avaliar as máquinas e equipamentos da empresa e propor melhorias tornando a realização do trabalho com mais segurança; Realizamos a capacitação da NR 20 Segurança com inflamáveis e combustíveis, e os colaboradores foram habilitados a atuarem em caso de emergência. Também realizamos a capacitação dos colaboradores para trabalho com segurança em espaços confinados, a NR 33. Para que os Colaboradores possam realizar suas atividades com maior segurança foi feito a capacitação dos mesmos para análises de riscos usando a metodologia APR (Análise Preliminar de Riscos). A CIPA realiza inspeções de segurança para identifica possíveis atos e condições inseguras, atualizando os mapas de riscos periodicamente. Foi desenvolvido o Laudo Ergonômico e Análise Ergonômica do Trabalho, para buscar aprimorar o posto de trabalho aos colaboradores.

13 Sistemas de Gestão Integrada No decorrer do ano foram realizadas as auditorias internas do sistema de gestão a fim de verificar o nível de conformidade deste. No mês de setembro de 2012 foi realizado o treinamento para auditores internos do Sistema de Gestão de Responsabilidade Social (SGRS ABNT NBR 16001:2004). Em outubro aconteceu a auditoria para a manutenção da certificação de SGRS (Sistema de Gestão de Responsabilidade Social) nesta ocasião obtendo a recomendação para a manutenção do certificado. Em dezembro aconteceu a auditoria para a manutenção da Certificação dos Sistemas de Gestão da Qualidade e Sistema de Gestão Ambiental de acordo com as normas ANBT NBR ISO 9001:2008 e ABNT NBR ISO 14001:2004,obtendo também o resultado positivo nesta auditoria. Programa 5 S O Programa 5 S é um exemplo de como deixar o ambiente de trabalho mais agradável. Por isso a empresa investe em treinamento dos novos Colaboradores e reciclagem para os Auditores Internos do programa, bem como para os colaboradores. Neste ano foram implementadas ações de coleta seletiva, possibilitando o reaproveitamento e/ou reciclagem dos resíduos dos processos, industrial e administrativo. Com esta ação, foi possível diminuir o impacto ambiental com relação à ocupação de aterro industrial.

14 Indicadores Sociais Externos A BN Papel vem dando continuidade na participação dos eventos da comunidade, prestigiando, sempre que possível, e ajudando com ações sociais. Dentre os projetos sociais destaca-se o PEAL: O Projeto Alternativo -, Passeio Ciclístico e Participação nas da Olimpíada entre Empresas. Voluntariado Colhemos os frutos de nossas ações e é com este propósito que os Colaboradores desenvolvem trabalhos voluntários, em prol da comunidade Beneditense. Realizouse uma campanha interna para arrecadação de material escolar e brinquedos, que foram doados às crianças da cidade; Alguns destes brinquedos foram reformados e posteriormente, distribuídos por Colaboradores voluntários da BN Papel.

15 Desempenho Ambiental Acreditamos que, ao minimizar os impactos ambientais, promovemos a qualidade de vida das pessoas e contribuímos para um planeta mais sustentável. A preocupação com a qualidade do ambiente de trabalho dos colaboradores e com o meio ambiente é levado em consideração. A BN Papel busca constantemente melhorar suas práticas relacionadas ao meio ambiente. O exemplo disto, podemos citar a destinação adequada de resíduos industriais, para aterros onde as empresas são licenciadas e certificadas, ou a reutilização do material em empresas especializadas. Outro exemplo são as ações visando diminuir a geração dos resíduos industriais, como as melhorias nos processos de geração de energia térmica, procedimentos adotados durante a fabricação do papel visando o maior aproveitamento das fibras e aditivos e a redução dos resíduos das áreas administrativas. A empresa aposta no trabalho em conjunto com os seus colaboradores, de conscientização diária, onde todos os produtos tem sua destinação adequada, por isso, em todo o parque fabril bem como no administrativo, refeitório e centro de treinamento são disponibilizadas lixeiras para a coleta seletiva. Possui seu circuito de águas de alto desempenho, com tratamento de água que capta de efluentes, devolvendo para o rio somente água limpa. Preocupados com os danos causados ao meio ambiente, a BN papel criou a Campanha de Descarte de Pilhas e Baterias, pois estes materiais são considerados resíduos perigosos e são compostos de metais pesados altamente tóxicos e não biodegradáveis. Para evitar que estes materiais sejam jogados em lixeiras comuns, destinamos para aterros sanitários e lixões a céu aberto. A BN disponibiliza um recipiente próprio para a coleta dos mesmos e, através de uma empresa especializada, realiza o descarte adequado. A BN Papel trata o meio ambiente com muito respeito e da continuidade no processo de tratamento de água que capta de efluentes e devolve para o rio somente água limpa. Ativa também na recuperação da mata ciliar e reflorestando com árvores nativas nos arredores da empresa.

16 BN Papel Catarinense Ltda Estrada BNV,447 S/Nº Baixo Santa Maria Benedito Novo SC A BN Papel agradece a todos os colaboradores envolvidos no levantamento das informações contidas neste Relatório de Sustentabilidade, especialmente aos colaboradores. Dirlei Giovani Filippi/José Roberto Schmitt/Laura Anita Doege /Leila Daiane Borchardt/Lenomir Aristides Bona/ Michelle Szpoganicz Tribess/ Nilson Zanella/ Pâmela Maus/ Rafael Hinsching/Raquel Verônica Lenzi/Sandra Patrícia Bayer.

Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda.

Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda. Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda. Resumo Com a globalização e os avanços tecnológicos, as empresas estão operando num ambiente altamente competitivo e dinâmico. As organizações que quiserem

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 DISCIPLINA - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Integrantes: Adriano de Oliveira RA: 14759 Karina

Leia mais

Cidadania Global na HP

Cidadania Global na HP Cidadania Global na HP Mensagem abrangente Com o alcance global da HP, vem sua responsabilidade global. Levamos a sério nossa função como ativo econômico, intelectual e social para as Comunidades em que

Leia mais

Crédito Imobiliário do HSBC apresenta: Sustentabilidade em Casa

Crédito Imobiliário do HSBC apresenta: Sustentabilidade em Casa Crédito Imobiliário do HSBC apresenta: Sustentabilidade em Casa Seja bem-vindo ao Guia Sustentabilidade em Casa do HSBC. O Guia Sustentabilidade em Casa é uma iniciativa do Crédito Imobiliário do HSBC

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br

DO PROGRAMA. www.ecolmeia.org.br PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados, o Primeiro e o Segundo Setor da Sociedade. Tem como objetivo

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL MANUAL Elaborado por Comitê de Gestão de Aprovado por Paulo Fernando G.Habitzreuter Código: MA..01 Pag.: 2/12 Sumário Pag. 1. Objetivo...

Leia mais

A Nossa História. Há 22 anos construindo uma marca de confiança pelo respeito aos colaboradores e aos parceiros comerciais.

A Nossa História. Há 22 anos construindo uma marca de confiança pelo respeito aos colaboradores e aos parceiros comerciais. A Nossa História Há 22 anos construindo uma marca de confiança pelo respeito aos colaboradores e aos parceiros comerciais. Acreditamos em:. Qualidade Técnica Tecnologia Avançada. Desenvolvimento de Pessoas

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 PERFIL DA EMPRESA A Premier Ambiental é uma empresa de Consultoria em Gerenciamento de Requisitos Legais, implantação e manutenção

Leia mais

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental.

DO PROGRAMA. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva e valorizar a atividade do Catador (a) como agente de transformação ambiental. PROGRAMA DO PROGRAMA O Programa ECO RECICLA é uma iniciativa da OSCIP Ecolmeia em parceria com Cooperativas de Reciclagem, seus cooperados e Setores da Sociedade. Tem como objetivo gerenciar a coleta seletiva

Leia mais

DESTINAÇÃO E DISPOSIÇÃO FINAL AMBIENTALMENTE ADEQUADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS

DESTINAÇÃO E DISPOSIÇÃO FINAL AMBIENTALMENTE ADEQUADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS DESTINAÇÃO E DISPOSIÇÃO FINAL AMBIENTALMENTE ADEQUADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS Alternativas tecnológicas disponíveis. Variações de custo e de segurança das operações. Copyright Ecovalor Consultoria

Leia mais

Visão Sustentável sobre o Desenvolvimento de Embalagens

Visão Sustentável sobre o Desenvolvimento de Embalagens Fórum Varejo Sustentável Alternativas de Embalagens no Varejo Visão Sustentável sobre o Desenvolvimento de Embalagens Eloísa E. C. Garcia CETEA / ITAL VISÃO DE SUSTENTABILIDADE Consumo Sustentável é saber

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países)

Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça), fundada em 1947 (normatização de 140 países) A SÉRIE ISO 14.000 A ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DE NORMALIZAÇÃO (ISO) ISO => Internacional Organization for Standardization Organização de normas internacionais do setor privado, com sede em Genebra (Suíça),

Leia mais

Quem somos DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE

Quem somos DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE Quem somos QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Quem somos O mercado está cada dia mais competitivo e dentro deste cenário, nasce a

Leia mais

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental Programa de Gestão Ambiental Cartilha Ambiental Índice Responsabilidade Ambiental 1. Responsabilidade Ambiental 2. Organograma 4. Política Ambiental 6. Coleta Seletiva Interna 12. Dicas Importantes A preocupação

Leia mais

SUSTENTABILIDADE 2014

SUSTENTABILIDADE 2014 SUSTENTABILIDADE 2014 Rutivo de no CONSTRUIR, PLANTAR E TRANSFORMAR Nosso objetivo vai além de ser responsável pelo processo construtivo de nossas obras, procuramos estimular e disseminar o conceito de

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Preservação e Conservação A preservação é o esforço para proteger um ecossistema e evitar que ele seja modificado. Depende também da presença e ação do homem sobre

Leia mais

Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda. Guia para iniciar a certificação

Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda. Guia para iniciar a certificação Certificação de qualidade e sustentabilidade da Indústria têxtil e da moda Guia para iniciar a certificação EDITORIAL Os desafios do desenvolvimento sustentável ampliam a importância das iniciativas da

Leia mais

Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento

Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento Quem somos Ambev 4ª maior cervejaria no mundo 3ª marca mais consumida no mundo (Skol) Líder absoluto no segmento guaraná (Guaraná Antarctica) Maior

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Franquipar Franqueadora e Licenciadora de Marcas Ltda. Nome fantasia Parmê

Leia mais

Projeto SeparAção INTRODUÇÃO OBJETIVO GERAL Objetivos específicos

Projeto SeparAção INTRODUÇÃO OBJETIVO GERAL Objetivos específicos Projeto SeparAção INTRODUÇÃO Há muito tempo o homem vem utilizando os recursos naturais que ele encontra em seu habitat e a cada ano que passa, novas formas de uso são descobertas. O maior problema dessa

Leia mais

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink 1 Para a, o que é sustentabilidade? É a forma mais eficaz para alcançarmos resultados consistentes, buscando soluções integradas que envolvam aspectos sociais, tecnológicos, econômicos e ambientais, de

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 4, DE 2013.

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 4, DE 2013. ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 4, DE 2013. Institui a Política de Responsabilidade Socioambiental do Senado Federal. A COMISSÃO DIRETORA DO SENADO FEDERAL, no uso da competência que lhe foi conferida pelo

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ PROGRAMA DE GESTÃO SOCIOAMBIENTAL. Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Modelo Sugestivo)

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ PROGRAMA DE GESTÃO SOCIOAMBIENTAL. Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Modelo Sugestivo) MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ PROGRAMA DE GESTÃO SOCIOAMBIENTAL Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Modelo Sugestivo) Comarca de xxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxx / 2013 1. IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

Elaboração Item 2 inclusão do PG-C-01 Programa Integrado de SSTMA Item 2 Codificação dos documentos de referência

Elaboração Item 2 inclusão do PG-C-01 Programa Integrado de SSTMA Item 2 Codificação dos documentos de referência Página 1 de 9 DESCRIÇÃO DAS REVISÕES REV DATA ALTERAÇÃO OBSERVAÇÃO 00 01 20/05/2009 30/09/2009 16/12/09 Elaboração Item 2 inclusão do PG-C-01 Programa Integrado de SSTMA Item 2 Codificação dos documentos

Leia mais

A Fundação Espaço ECO

A Fundação Espaço ECO www.espacoeco.org Sustentabilidade que se mede A Fundação Espaço ECO (FEE ) é um Centro de Excelência em Educação e Gestão para a sustentabilidade, que mede e avalia a sustentabilidade por meio de metodologias

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

ACONTECENDO? O QUE ESTÁ O QUE PODEMOS FAZER?

ACONTECENDO? O QUE ESTÁ O QUE PODEMOS FAZER? O QUE ESTÁ ACONTECENDO? O futuro é uma incógnita. As tendências são preocupantes, mas uma coisa é certa: cada um tem de fazer sua parte. Todos somos responsáveis. A atual forma de relacionamento da humanidade

Leia mais

A Política Nacional de Resíduos Sólidos e a questão dos Resíduos Sólidos Urbanos no Estado do Rio de Janeiro. Quanto à origem Sujeitos à lei

A Política Nacional de Resíduos Sólidos e a questão dos Resíduos Sólidos Urbanos no Estado do Rio de Janeiro. Quanto à origem Sujeitos à lei A Política Nacional de Resíduos Sólidos e a questão dos Resíduos Sólidos Urbanos no Estado do Rio de Janeiro. A política Nacional de resíduos sólidos é muito importante na história do gerenciamento de

Leia mais

COMPLEXO AMBIENTAL DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA

COMPLEXO AMBIENTAL DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA COMPLEXO AMBIENTAL FIAT DIRETORIA INDUSTRIAL AMÉRICA LATINA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENERGIA VALORES EQUIPE DA GESTÃO AMBIENTAL ALTA ADMINISTRAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL e ENERGIA U. OP. PRENSAS U. OP. FUNILARIA

Leia mais

Gestão Ambiental. Aula 5 Prof. Pablo Bosco

Gestão Ambiental. Aula 5 Prof. Pablo Bosco Gestão Ambiental Aula 5 Prof. Pablo Bosco Proposito da aula ISO 14001 2 ISO 14001 O que é a ISO 14001? A ISO 14001 é uma Norma pertencente a família das ISO 14000 que trata de Sistema de Gestão Ambiental

Leia mais

TASCHIBRA. Resumo. Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua

TASCHIBRA. Resumo. Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua TASCHIBRA Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua por Ademar do Amaral Jr Mestre em Administração pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2007); Especialista

Leia mais

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação A Dinâmica da Terra é uma empresa onde o maior patrimônio é representado pelo seu capital intelectual. Campo de atuação: Elaboração de estudos,

Leia mais

S O C I O A M B I E N TA L

S O C I O A M B I E N TA L Apresentação Todas as ações desenvolvidas pelo Banrisul estão comprometidas em preservar o meio ambiente, seja no momento de realizar um contrato de financiamento agrícola, investimento em projeto, seja

Leia mais

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004 Sistemas de Gestão O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 Material especialmente preparado para os Associados ao QSP. QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004

Leia mais

RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO.

RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO. RESÍDUO SÓLIDO: UM PROBLEMA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO. POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS LEI Nº 12.305/2010 DECRETO Nº 7.404/2010 O QUE MUDA COM A LEI 12.305/2010? Lixões a céu aberto e aterros

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Páginas: 1 de 13 APROVAÇÃO Este Manual de Gestão está aprovado e representa o Sistema de Gestão Integrada implementado na FOX Comércio de Aparas Ltda. Ricardo Militelli Diretor FOX Páginas: 2 de 13 1.

Leia mais

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR Histórico das alterações: Nº Revisão Data de alteração 00 20.01.204 Emissão inicial do documento. Sumário das Alterações Pág. 1 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Selo

Leia mais

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos.

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. Resíduos orgânicos: São biodegradáveis (se decompõem naturalmente). São

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001. Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Curso: Ciências Biológicas - UFAM

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001. Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Curso: Ciências Biológicas - UFAM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001 Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Conceitos Gerais A gestão ambiental abrange uma vasta gama de questões, inclusive aquelas com implicações estratégicas

Leia mais

FILOSOFIA EMPRESARIAL

FILOSOFIA EMPRESARIAL FILOSOFIA EMPRESARIAL FILOSOFIA EMPRESARIAL Bebidas S/A Troféu Prata FILOSOFIA EMPRESARIAL MISSÃO SACIAR NATURALMENTE A SEDE DOS GAÚCHOS. Bebidas S/A Troféu Prata FILOSOFIA EMPRESARIAL VISÃO QUEREMOS SER

Leia mais

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente Rua Reverendo Martin Luther King, 161 Santo André - SP C.N.P.J: 05.667.311/0001-22 Tel: (011) 3461-8013 WWW.GRUPOSTARSEG.COM.BR

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim INTRODUÇÃO A norma ISO 14001 faz parte de um conjunto mais amplo de normas intitulado ISO série 14000. Este grupo

Leia mais

A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL INCENTIVA MUDANÇAS E CRIA OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS.

A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL INCENTIVA MUDANÇAS E CRIA OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS. A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL INCENTIVA MUDANÇAS E CRIA OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS. Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Eng.ª Andressa Brandalise Unidade de Assessoria e Inovação Ambiental A legislação

Leia mais

O papel da empresa na relação com o meio natural

O papel da empresa na relação com o meio natural Gestão Ambiental O papel da empresa na relação com o meio natural Visão Tradicional Empresa Consumidor Compreensão Básica: - Relações econômicas determinadas pela Oferta/Procura -Visão do lucro como o

Leia mais

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS.

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS. UNIMED VALE DAS ANTAS, RS - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE LTDA Ramo: Cooperativa Médica de Serviços de Saúde Período de Relato: de 27/02/2014 a 24/02/2015 E-mail: rh@valedasantas.unimed.com.br / gerencia@valedasantas.unimed.com.br

Leia mais

www.habitusconsulting.com.br

www.habitusconsulting.com.br A Empresa A Habitus Consulting (Habitus Consultoria em Gestão Ambiental e Organizacional Ltda.) é uma empresa sediada em Curitiba PR BRASIL, com atuação nacional concentrada nas questões ambientais e de

Leia mais

Avaliação do Desenvolvimento do Projeto PET-Geologia Recicla

Avaliação do Desenvolvimento do Projeto PET-Geologia Recicla Avaliação do Desenvolvimento do Projeto PET-Geologia Recicla Maurício Brito de Sousa¹, Diogo Isamu de Almeida Okuno¹, Estefânia Fernandes Lopes¹, Flavio Rafael Cogo Ramos¹, Mariana de Assunção Rodrigues¹,

Leia mais

Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com o ambiente.

Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com o ambiente. Mário Sérgio Azevedo Resta CONSULTOR TÉCNICO EM NEGÓCIOS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com

Leia mais

Sustentabilidade: Segregar Resíduos Sólidos na Intervenção Cardiovascular. Ivanise Gomes

Sustentabilidade: Segregar Resíduos Sólidos na Intervenção Cardiovascular. Ivanise Gomes Sustentabilidade: Segregar Resíduos Sólidos na Intervenção Cardiovascular Ivanise Gomes O que é Sustentabilidade? Prática de atividades economicamente viáveis, socialmente justas e ecologicamente corretas

Leia mais

Em caso de serviços específicos possui equipes diferenciadas para cada atendimento.

Em caso de serviços específicos possui equipes diferenciadas para cada atendimento. A ROMEC é conhecida por sua experiência em assessoria e consultoria em Segurança do Trabalho e Meio Ambiente. Conta com uma equipe multidisciplinar de profissionais altamente capacitados e oferecemos assessoria

Leia mais

AULA 5 SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL. Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO

AULA 5 SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL. Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO 1 Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO 1 2 Reconheça o que está ao alcance dos seus olhos, e o que está oculto tornar-se-á claro para você. Jesus de Nazaré 2 3 1. Citar as principais contribuições

Leia mais

APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... MISSÃO... VISÃO... POLÍTICA DA QUALIDADE... VALORES...

APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... MISSÃO... VISÃO... POLÍTICA DA QUALIDADE... VALORES... APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... A L3 Engenharia Ambiental é uma empresa de consultoria, serviços, desenvolvimento e execução de projetos ambientais, que possui como foco o desenvolvimento sustentável e desenvolve

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social. Aline Camargo Luciane Padilha Aragon Patrícia Lima da Silva

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social. Aline Camargo Luciane Padilha Aragon Patrícia Lima da Silva Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social Aline Camargo Luciane Padilha Aragon Patrícia Lima da Silva Porto Alegre 2008 Aline Camargo Luciane Padilha Aragon

Leia mais

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS VISÃO GERAL DE CAPACIDADES SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS AT-RISK International oferece Análise de Riscos, Proteção, Consultoria, Investigações e Treinamento em Segurança, nas Américas,

Leia mais

Sistema de Produção e Escoamento de Gás e Condensado no Campo de Mexilhão, Bacia de Santos

Sistema de Produção e Escoamento de Gás e Condensado no Campo de Mexilhão, Bacia de Santos Sistema de Produção e Escoamento de Gás e Condensado no Campo de Mexilhão, Bacia de Santos (Unidade de Tratamento e Processamento de Gás Monteiro Lobato UTGCA) 3º Relatório Semestral Programa de gerenciamento

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 2/11 Sumário 1. Conceito... 3 2. Objetivo... 3 3. Áreas de aplicação... 3 4. Diretrizes... 4 4.1 Princípios... 4 4.2 Estratégia de e Responsabilidade

Leia mais

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade Versão para público externo Mensagem da alta administração Em 93 anos de história da Votorantim, temos mantido a consistência na geração de valor, pautando

Leia mais

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia OBS: Apresentação obrigatória na primeira página do case Informações cadastrais a) Identificação: empresa b) Nome: Borachas Vipal S/A c) Setor/Atividades:

Leia mais

Apresentação. Objetivo. Conhecendo a Empresa. Visão. Missão. Princípios e Valores. Política Integrada da Qualidade

Apresentação. Objetivo. Conhecendo a Empresa. Visão. Missão. Princípios e Valores. Política Integrada da Qualidade Apresentação Conhecendo a Empresa Objetivo Visão Missão Princípios e Valores Política Integrada da Qualidade 2 P á g i n a F e r r a m e n t a s Apresentação A é uma empresa especializada em comercializar

Leia mais

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014)

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) Quem somos? Uma empresa com foco na geração de valor com serviços em Gestão de Riscos associados à Sustentabilidade.

Leia mais

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO CARTA ABERTA DE COMPROMISSO Prezado Sr. Secretário Geral, A Responsabilidade Social Empresarial é prioridade da Unimed Sul Capixaba Cooperativa de Trabalho Médico desde 2003. É intrínseca aos valores da

Leia mais

MANUAL DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

MANUAL DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL MANUAL DE RESPONSABILIDADE Definição: A responsabilidade socioambiental é a responsabilidade que uma empresa ou organização tem com a sociedade e com o meio ambiente além das obrigações legais e econômicas.

Leia mais

CAU/SP. Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo

CAU/SP. Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo CAU/SP Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo Estudo para implantação do SGA, PE e A3P Sistema de Gestão Ambiental do CAU/SP Programa de Ecoeficiência do CAU/SP Agenda Ambiental na Administração

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

Definições centrais do Plano Cidades Limpas PLANO REGIONAL DE GESTÃO ASSOCIADA E INTE- GRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PARA O CIRCUITO DAS ÁGUAS

Definições centrais do Plano Cidades Limpas PLANO REGIONAL DE GESTÃO ASSOCIADA E INTE- GRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PARA O CIRCUITO DAS ÁGUAS Definições centrais do Plano Cidades Limpas PLANO REGIONAL DE GESTÃO ASSOCIADA E INTE- GRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PARA O CIRCUITO DAS ÁGUAS setembro 2013 As proposições elencadas neste documento originam-se

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO Política de SEGURANÇA Política de SEGURANÇA A visão do Grupo Volvo é tornar-se líder

Leia mais

LEI FEDERAL 12305/2010 POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

LEI FEDERAL 12305/2010 POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS LEI FEDERAL 12305/2010 POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS ARTIGO 13 -ORIGEM RSU(domiciliares e de limpeza pública) Comerciais e Prestadores de Serviços Serviços Públicos de Saneamento Básico Industriais

Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa

Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa Cristina R. Wolter Sabino de Freitas Departamento Ambiental O mundo será obrigado a se desenvolver de forma sustentável, ou seja, que preserve

Leia mais

DISPÕE SOBRE A POLÍTICA DE COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DISPÕE SOBRE A POLÍTICA DE COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI Nº 1.223/2013 DE 16 DE ABRIL DE 2013. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA DE COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A CÂMARA MUNICIPAL DE CACHOEIRA ALTA, Estado de Goiás, por

Leia mais

Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP. Florianópolis, 03 setembro de 2011

Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP. Florianópolis, 03 setembro de 2011 Gestão dos Resíduos em Florianópolis - COMCAP Florianópolis, 03 setembro de 2011 Missão Prestar serviços públicos p de saneamento ambiental com eficiência, qualidade e responsabilidade social. COMCAP

Leia mais

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV. PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015 AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.: CK AX0003/00-Q5-RL-1001-15 2 ÍNDICE PÁG. 1 - INTRODUÇÃO...

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente

Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Política Global Novartis 1 de março de 2014 Versão HSE 001.V1.PT 1. Introdução Na Novartis, nossa meta é ser líder em Saúde, Segurança e Meio Ambiente (HSE).

Leia mais

Projeto Espaço de Praticas Sustentáveis

Projeto Espaço de Praticas Sustentáveis Projeto Espaço de Praticas Sustentáveis A Brindes Caiçara junto com os seus idealizadores criarão o Espaço de Praticas Sustentáveis. Objetivo deste espaço é nos unirmos com empresas que tenha visão socioambientais

Leia mais

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014

COMUNICATION ON PROGRESS 2013-2014 DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO PELO CHEFE EXECUTIVO A RRV Engenharia confirma o apoio contínuo aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados aos Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção do Meio

Leia mais

Política de Sustentabilidade Link Server.

Política de Sustentabilidade Link Server. Página 1 de 15 Hortolândia, 24 de Janeiro de 2014. Política de Sustentabilidade Link Server. Resumo Conceitua os objetivos da Política de Sustentabilidade da Link Server. Estabelece as premissas, a governança

Leia mais

1. Nossa História. Sobre a Empresa

1. Nossa História. Sobre a Empresa 1. Nossa História Fundada em 16 de agosto de 1951, a giroflex-forma foi a primeira empresa no Brasil a fabricar cadeiras giratórias e ajustáveis para escritório, com mecanismo de regulagem com knowhow

Leia mais

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. REFERÊNCIAS 4. DEFINIÇÕES E ABREVIAÇÕES GESTÃO DE RESÍDUOS

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. REFERÊNCIAS 4. DEFINIÇÕES E ABREVIAÇÕES GESTÃO DE RESÍDUOS Versão: 03 Página 1 de 6 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes para a segregação, coleta e transporte interno, armazenamento temporário, transporte e destinação dos resíduos sólidos gerados, de acordo

Leia mais

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico.

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico. Faz parte da vontade da diretoria da New Age contribuir socialmente para um mundo melhor, mais justo e sustentável. Acreditamos que através da educação e com a experiência que temos, transportando tantos

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Unindo forças por um mesmo objetivo

Unindo forças por um mesmo objetivo Unindo forças por um mesmo objetivo Seguindo o conceito do programa em fomentar iniciativas de coleta e reciclagem, a parceria vai ampliar a atuação do Programa de Reciclagem do Óleo de Fritura (PROL),

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar PRÊMIO 2012 Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar Data ou Período de Aplicação da Experiência: 2011 e 2012 Categoria

Leia mais

Perguntas frequentes Resíduos Sólidos. 1) Quais são os tipos de resíduos frequentemente gerados em plantas industriais?

Perguntas frequentes Resíduos Sólidos. 1) Quais são os tipos de resíduos frequentemente gerados em plantas industriais? Perguntas frequentes Resíduos Sólidos 1) Quais são os tipos de resíduos frequentemente gerados em plantas industriais? Resíduos industriais: gerados nos processos produtivos e instalações industriais.

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA CODEBA

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA CODEBA 1 PROGRAMA DE COLETA SELETIVA CODEBA SALVADOR BA FEVEREIRO - 2012 1. INTRODUÇÃO 2 O presente Programa de Coleta Seletiva trata dos resíduos gerados pela Companhia, tendo sua elaboração e implementação

Leia mais

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética Sistema de Gestão Integrada Código de Ética CE-01/2012 Rev: 01 Data: 11/12/2012 1 Mensagem da Diretoria Prezados (as) Colaboradores (as), É com imensa satisfação que apresentamos o Código de Ética da EQUIPOMAN

Leia mais

Formando o aluno para a responsabilidade social. Esther Carvalho Março 2010

Formando o aluno para a responsabilidade social. Esther Carvalho Março 2010 Formando o aluno para a responsabilidade social Esther Carvalho Março 2010 Missão "Servir com excelência, por meio da educação, formando cidadãos éticos, solidários e competentes" Visão "Ser referência

Leia mais

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia

Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia Ficha de Inscrição do 17º Prêmio Expressão de Ecologia Informações cadastrais a) Identificação: empresa b) Nome: Vicêncio Paludo, Filhos & Cia ltda c) Setor/Atividades: Reforma de Pneus e Treinamentos

Leia mais

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social Prof. Wellington APRESENTAÇÃO AULA 1 Wellington Prof de pós-graduação na USJT desde 2003 Sócio diretor da WP projetos e produções Coordenador

Leia mais