Supervisor. Segurança e Saúde. no Trabalho. A Prevenção Começa Aqui. Conscientização da. Segurança e Saúde. do Supervisor em 5 Etapas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Supervisor. Segurança e Saúde. no Trabalho. A Prevenção Começa Aqui. Conscientização da. Segurança e Saúde. do Supervisor em 5 Etapas"

Transcrição

1 Ministry of Labour Supervisor Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui Conscientização da Segurança e Saúde do Supervisor em 5 Etapas Este livreto pertence a:

2 Índice 01 Introdução 03 Etapa 1 Faça a Diferença 03 Por que o supervisor é tão importante 05 Suas obrigações como um supervisor 09 Obrigações do Empregador e do Trabalhador 12 Etapa 1: Teste 15 Etapa 2 Lidere o Caminho 15 Trabalho em Equipe e o Sistema Interno de Responsabilidade 16 Os três direitos dos trabalhadores 23 Etapa 2: Teste 25 Etapa 3 A Caixa de Ferramentas do Supervisor 25 Conhecer os riscos no seu local de trabalho 27 Lidar com os riscos 29 Lidar com os problemas conforme eles aparecem 32 Etapa 3: Teste 35 Etapa 4 Você não está sozinho 35 Obtendo a ajuda que necessita 38 Aonde ir para obter ajuda 40 Parceiros do Sistema de Segurança e Saúde 44 Etapa 4: Teste 47 Etapa 5 Seja um Modelo 47 Como passar a mensagem certa 51 Etapa 5: Teste 54 Respostas dos testes Observação: Este documento não constitui conselho legal. Para determinar os seus direitos e obrigações sob a Lei de Segurança e Saúde do Trabalho e seus regulamentos, por favor, entre em contato com o seu conselheiro legal ou veja a legislação no site: Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui Conscientização da Segurança e Saúde do Supervisor em 5 Etapas Introdução A Lei de Segurança e Saúde no Trabalho de Ontário (Occupational Health and Safety Act, OHSA) define um supervisor como qualquer pessoa que está no comando de um local de trabalho ou com autoridade sobre um trabalhador. Este treinamento foi desenvolvido para ajudá-lo a entender o que a Lei espera de você. Existem coisas que você precisa saber e entender, assim você e as pessoas que você supervisiona podem ficar seguros e saudáveis no trabalho hoje e todos os dias. Todos no local de trabalho, do empregador ao trabalhador mais novo, têm obrigações diferentes, mas importantes para manter o local de trabalho seguro. Já que os empregadores têm mais autoridade no local de trabalho, eles têm a maior responsabilidade pela segurança e saúde. Os supervisores são os próximos 1

3 da fila. Já que o seu trabalho envolve receber orientação de seu empregador e dar orientação aos trabalhadores que você supervisiona, é importante que você entenda as responsabilidades de segurança e saúde de todas as pessoas no local de trabalho, incluindo as suas. O foco deste treinamento é a conscientização geral dos direitos e responsabilidades previstas na Lei e não substitui, de forma alguma, a OHSA ou seus regulamentos ou qualquer outro conhecimento, informação ou treinamento que será requerido como supervisor. A prevenção prevenir ferimentos e doenças no trabalho começa aqui, com as coisas que você aprende neste livreto, mas não termina aqui. Além do que este treinamento abrange, o seu empregador tem a obrigação prevista na Lei de certificar-se de que você é competente antes de nomeá-lo e tem que informá-lo de quaisquer riscos no trabalho que você supervisiona. Esperamos que você use o que aprender aqui todos os dias no seu trabalho como supervisor, assim você ficará mais confiante para perguntar ao seu empregador sobre segurança e saúde no trabalho e suas obrigações. Etapa 1: Faça a Diferença Por que o supervisor é tão importante Quando uma pessoa é contratada ou promovida para a posição de supervisor, normalmente significa um aumento de salário. Mas também significa mais responsabilidades, incluindo responsabilidades legais relacionadas a segurança e saúde dos trabalhadores sob a sua supervisão. É uma coisa natural para um novo supervisor perguntar se ele está apto para o desafio. De fato, fazer esta pergunta o ajudará a perceber que informações ou instrução adicional você precisará para fazer bem o seu trabalho. As pessoas esperam muito de um supervisor, não importa se o local de trabalho seja grande ou pequeno. Um local de trabalho seguro e saudável é importante para todos, e a OHSA espera que os supervisores sejam os guardiões de primeira linha de trabalhadores saudáveis e seguros, não importa se o trabalho é feito em um projeto de construção, em uma instalação da área de cuidados da saúde, um estabelecimento industrial ou em uma mina. Todo bom empregador também espera isso de você e as pessoas que você supervisiona também esperam isso. 2 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 3

4 Etapa 1: Faça a Diferença Um supervisor tem que desempenhar várias funções diferentes geralmente ao mesmo tempo. Pense nas funções que as pessoas têm em um jogo de basquete. Da lista abaixo, marque as funções que você acha que se aplicam ao trabalho de um supervisor: Técnico Treinador Juiz Torcedor Capitão Se você não marcou todos os quadrados acima, vá em frente e o faça agora. Existe a possibilidade de que você seja chamado para desempenhar qualquer uma e todas as funções acima conforme você se empenha para manter o seu local de trabalho saudável, seguro e produtivo. Como supervisor, você é uma parte importante do Sistema Interno de Responsabilidade do seu local de trabalho. Isto é um conceito muito importante para a segurança e saúde do local de trabalho e você ouvirá mais a respeito disso durante este treinamento. O número de pessoas em Ontário vítimas de uma doença ou ferimento relacionados com o trabalho todos os anos encheria os assentos de uma dezena de estádios de hóquei. Trabalhadores novos e jovens em Ontário são quatro vezes mais propensos a se ferirem durante o primeiro mês no trabalho que em qualquer outra época. Eles normalmente não são informados ou não entendem os riscos do trabalho. Eles não sabem o que esperar de seu empregador e supervisor. Algumas vezes eles não têm certeza do que perguntar. As vezes eles nem sabem a quem perguntar. É aí que você entra. É um grande desafio, mas também uma grande oportunidade para fazer a diferença. As suas obrigações como supervisor Sob a OHSA, todo supervisor também é considerado um trabalhador e tem as mesmas obrigações e direitos no local de trabalho como um trabalhador. Mas a Lei também dá a você obrigações específicas relacionadas à sua função como supervisor, incluindo: Falar aos trabalhadores sobre os riscos e perigos e responder às suas preocupações Mostrar aos trabalhadores como trabalhar de maneira segura e certificar-se que eles seguem a lei e as políticas e procedimentos de segurança e saúde do local de trabalho, certificando-se de que os trabalhadores vestem e usam o equipamento de proteção correto Fazer tudo que seja razoável de acordo com as circunstâncias para proteger os trabalhadores de se ferirem ou contraírem doença relacionada ao trabalho A Lei requer que todo empregador prepare por escrito uma política de segurança e saúde no trabalho para aquele local de trabalho e desenvolva e mantenha um programa para implementar essa política. Uma de suas tarefas como supervisor é colocar esse programa em ação. Aqui está como fazê-lo: 4 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 5

5 Etapa 1: Faça a Diferença 1. Você conhece a OHSA e os vários Regulamentos anexados à ela que se aplicam ao seu local de trabalho Um supervisor que conhece e entende a Lei e Regulamentos pode assegurar-se de que os trabalhadores seguem a lei, e pode identificar maneiras de fazer o local de trabalho mais seguro. Os vários Regulamentos sob a Lei contêm requerimentos detalhados sobre como fazer o local de trabalho seguro. Por exemplo, muitos Regulamentos, como o Regulamento do Sistema de Informação de Materiais Perigosos no Local de Trabalho (Workplace Hazardous Materials Information System, WHMIS), explica o que os trabalhadores precisam para poder trabalhar em segurança com produtos químicos e outros materiais perigosos ou substâncias designadas coisas como treinamento, etiquetas de aviso nos produtos e folhas com informações. Existem também Regulamentos que especificam os requerimentos para tipos diferentes de locais de trabalho, como projetos de construção, instalações para o cuidado da saúde, estabelecimentos industriais e minas. 2. Você se certifica que os trabalhadores vestem e usam o equipamento de proteção correto O seu empregador é responsável por dizer que tipos de equipamento de proteção, dispositivo ou vestuário eles requerem que os trabalhadores usem ou vistam, e vocês dois são responsáveis por certificar-se de que os trabalhadores os estão usando e vestindo. Isso significa que você precisa saber e entender os requerimentos da Lei e seus regulamentos sobre equipamento, dispositivos e vestuário, bem como a política de segurança e saúde, o programa e os procedimentos de trabalho de seu empregador. 6 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 3. Você informa os trabalhadores sobre os riscos no trabalho Todo local de trabalho tem riscos. Os riscos incluem qualquer coisa no local de trabalho que pode ferir ou fazer com que os trabalhadores fiquem doentes. Um supervisor deve saber e ser capaz de explicar os perigos atuais e em potencial envolvidos no trabalho que ele está supervisonando e assegurar que os trabalhadores façam o seu trabalho em segurança. Alguns Regulamentos falam ainda que você deve dar instruções por escrito que falem aos trabalhadores que passos e procedimentos eles devem seguir para se manterem seguros. Você precisa conhecer estes Regulamentos e se eles se aplicam ao trabalho que você está supervisionando. Suas obrigações gerais como supervisor também se aplicam à prevenção da violência no local de trabalho. 4. Você planeja o trabalho de modo que ele possa ser feito com segurança As pessoas que você supervisiona dependem do seu conhecimento e experiência de trabalho para assegurar que ele seja feito com segurança. A Lei requer que os empregadores certifiquem-se de que você tem a competência necessária para ser um supervisor. (Veremos esta responsabilidade com mais detalhes logo adiante) 5. Você certifica-se de que os trabalhadores conhecem e seguem as suas obrigações de segurança e saúde É sua obrigação monitorar o trabalho, lembrar os trabalhadores de suas obrigações de segurança e saúde se necessário, mostrá-los como trabalhar com segurança e fazer cumprir as políticas e procedimentos de segurança e saúde no local de trabalho de seu empregador se elas não estiverem sendo seguidas. 7

6 Etapa 1: Faça a Diferença Fazer estas cinco coisas que acabamos de rever ajudará você a realizar as suas obrigações previstas na Lei. Para assegurar que você está fazendo o seu trabalho corretamente, aqui estão algumas perguntas importantes que você deve se perguntar: Eu entendo a Lei e os Regulamentos que se aplicam ao trabalho que faço? Eu posso explicar aos trabalhadores essas seções da Lei e os regulamentos? Eu estou informando os trabalhadores dos riscos? Eu planejei o trabalho para que ele possa ser feito com segurança? Eu estou me certificando que os trabalhadores estão vestindo ou usando o equipamento de proteção, vestuário ou dispositivo como requerido pelo empregador? Exercício 1: Você pode pensar em alguma outra pergunta que você deva se perguntar? Escreva abaixo, depois leia as respostas na página 54. Obrigações do empregador e do trabalhador Como você pode ver, um supervisor tem muitas responsabilidades sérias. Para cumprir essas responsabilidades você precisa de ajuda de seu empregador e das pessoas que você supervisiona. A OHSA dá obrigações para os empregadores e trabalhadores que lhe ajudarão a fazer o seu trabalho. A Lei diz que é obrigação do empregador indicar uma pessoa competente como supervisor. Para ser um supervisor competente como previsto na lei, você deve: 1. Ter conhecimento, treinamento e experiência para organizar o trabalho de seus trabalhadores, 2. Estar familiarizado com a Lei e os regulamentos que se aplicam ao trabalho que você supervisiona, 3. Ter conhecimento de qualquer perigo atual ou em potencial para a segurança e saúde no local de trabalho. O seu empregador deve certificar-se de que você é competente antes de você começar a supervisionar. Isto inclui certificar-se de que você conhece a Lei e os Regulamentos que se aplicam ao trabalho, e que você sabe sobre qualquer perigo atual ou em potencial para a segurança e saúde no trabalho que você supervisiona. Se o seu local de trabalho é pequeno e o supervisor e empregador são a mesma pessoa, então essa pessoa deve cumprir as obrigações de ambos o supervisor e o empregador. 8 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 9

7 Etapa 1: Faça a Diferença Aqui estão algumas outras coisas que a Lei diz que o empregador deve fazer: Onde existam mais de cinco trabalhadores regularmente empregados no local de trabalho Criar e rever anualmente uma política de segurança e saúde Afixar a política no local de trabalho. Desenvolver um programa para implementar essa política Para todos os locais de trabalho Certificar-se de que os trabalhadores e supervisores conheçam os riscos do trabalho que eles fazem e fornecer-lhes informação, instrução e supervisão para proteger a segurança e saúde deles. Dar passos para eliminar riscos no local de trabalho e quando a eliminação não for possível, controlá-los. Certificar-se de que os trabalhadores usem e vistam o equipamento, material e dispositivos de proteção onde requeridos pelos Regulamentos. Fazer tudo que seja razoável conforme as circunstâncias para proteger os trabalhadores de se ferirem ou contraírem doenças relacionadas ao trabalho. Se você trabalha na construção, é importante saber que o construtor do projeto também tem obrigações para manter o local de trabalho seguro. Isto significa que em uma construção, o construtor e seu empregador, ambos têm responsabilidades distintas prevista na lei. Algumas vezes o construtor também é o empregador, neste caso esta pessoa tem que cumprir as obrigações de ambos, do construtor e do empregador. A Lei também dá obrigações aos trabalhadores para apoiar o seu papel como supervisor: Os trabalhadores têm que seguir a lei e as políticas e procedimentos de segurança e saúde do local de trabalho Os trabalhadores têm que usar e vestir o equipamento de proteção requerido pelo empregador Trabalhar e agir de maneira que não firam a si mesmos ou qualquer outra pessoa Se os trabalhadores virem qualquer coisa que não seja segura ou que vá contra a Lei, eles precisam lhe avisar ou ao empregador, assim você pode tomar as medidas necessárias junto com o empregador para resolver o problema. Eles precisam relatar a você ou ao empregador a ausência ou qualquer defeito em qualquer equipamento ou dispositivo de proteção do qual eles estão cientes. Como supervisor, você pode fazer a diferença no seu local de trabalho, mas não pode fazer isso sozinho. Você precisa que o seu empregador e trabalhadores que você supervisiona façam a parte deles para manter o local de trabalho seguro. Como você, eles precisam estar cientes de suas obrigações de segurança e saúde sob a OHSA e seus regulamentos. Este é o primeiro passo para criar um Sistema Interno de Responsabilidade efetivo. A prevenção começa aqui, mas não termina aqui. 10 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 11

8 Etapa 1: Faça a Diferença Etapa 1 - Teste Antes de passarmos para a Etapa 2, aqui está um teste curto de verdadeiro ou falso sobre o material que acabamos de ver. (As respostas estão no final do livreto, mas por favor, não olhe as respostas antes da hora.) 4. Trabalhadores novos e jovens precisam de uma orientação e atenção especial do supervisor, especialmente durante as suas primeiras semanas no trabalho. 5. Se os trabalhadores virem alguma coisa que não seja segura, a OHSA diz que eles precisam resolver o problema. 1. A única obrigação de um supervisor que está incluída na Occupational Health and Safety Act é a obrigação de tomar toda precaução razoável dentro das circunstâncias para proteger os trabalhadores. 2. A OHSA requer que o empregador indique uma pessoa competente como supervisor. Como competente, a Lei quer dizer que um supervisor deve, entre outras coisas, ter o conhecimento, o treinamento e a experiência necessária para realizar as suas obrigações de segurança e saúde. 3. Como um supervisor, você tem uma grande responsabilidade pela segurança e saúde no seu local de trabalho. 12 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 13

9 Etapa 2: Lidere o Caminho Trabalho de Equipe e o Sistema Interno de Responsabilidade As pessoas em locais de trabalho de sucesso entendem que um local de trabalho saudável e seguro é um local de trabalho produtivo. Elas também sabem que precisam trabalhar juntas para criar e manter um local de trabalho saudável e seguro. Como você viu, a Lei é muito clara sobre as diferentes funções do empregador, supervisor e trabalhador e como essas funções colaboram para criar um local de trabalho saudável e seguro. Isto é o Sistema Interno de Responsabilidade, ou IRS como é conhecido normalmente. A comunicação é uma parte importante do IRS em qualquer local de trabalho, e a capacidade de se comunicar eficientemente é uma habilidade importante para qualquer supervisor. Para se comunicar eficientemente, você precisa ser bom em ambas as coisas: ouvir e falar. Você precisa ser um líder assim como um supervisor. Um líder contribui ao papel básico do supervisor de supervisionar o trabalho, pelo fato de ouvir os trabalhadores, tentando entender seus pontos de vista, apoiando-os quando eles precisam de ajuda e sempre estabelecendo um bom exemplo. 15

10 Etapa 2: Lidere o Caminho Sendo a pessoa na posição mais alta de liderança, o empregador tem o papel mais importante na criação de um Sistema Interno de Responsabilidade efetivo no local de trabalho. Você precisa do apoio do empregador para cumprir as suas obrigações de supervisor e os trabalhadores precisam saber que o seu supervisor e empregador ouvirão as suas preocupações e trabalharão com eles para reconhecer, avaliar e controlar os riscos. De fato, a OHSA diz que os trabalhadores têm o direito legal de contar com esse apoio. Você deve informar o empregador sobre qualquer preocupação sobre a segurança e saúde, mesmo se você tiver a capacidade e autoridade para lidar com ela sozinho. O seu empregador pode precisar saber sobre o problema para poder cumprir com as suas obrigações. Os três direitos dos trabalhadores A Lei dá aos trabalhadores três direitos importantes: O direito de saber sobre os riscos no local de trabalho e o que fazer com eles. O direito de participar na solução dos problemas de segurança e saúde do local de trabalho. O direito de recusar trabalho se eles acreditarem que não seja seguro. Como supervisor, é importante que você saiba e entenda esses três direitos dos trabalhadores. Eles são a base da Lei e do Sistema Interno de Responsabilidade e se conectam diretamente às suas obrigações como supervisor e àquelas do empregador. Dessa maneira: 1. O direito de saber É seu trabalho falar para os trabalhadores sobre qualquer risco de segurança e saúde e mostrar a eles como trabalhar com segurança. Isto apoia o direito dos trabalhadores de saber sobre os riscos aos quais eles possam estar expostos. Por exemplo, a lei diz que os trabalhadores têm que receber informação e treinamento sobre os produtos químicos ou materiais perigosos que são usados, manuseados ou armazenados no trabalho. Esta informação está disponível ou em etiquetas de aviso ou em folhas de informação. Algumas vezes você pode também ter que dar instruções por escrito sobre como fazer o trabalho. O empregador apoia o direito de saber dos trabalhadores ao certificar-se de que eles recebam: Informação sobre os riscos no trabalho que estão fazendo Treinamento para fazer o trabalho de uma maneira saudável e segura. Supervisão competente para se manter saudável e seguro. Isso significa que o empregador se certificou de que você sabe como fazer o seu trabalho. 2. O direito de participar Como supervisor, você apoia o direito dos trabalhadores de participar na segurança e saúde ao encorajá-los a se envolverem. Existem várias maneiras de se envolver na segurança e saúde do local de trabalho, tais 16 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 17

11 Etapa 2: Lidere o Caminho como: fazer perguntas, levantar preocupações e dar opinião construtiva. Uma das maneiras mais eficientes que os trabalhadores podem participar na segurança e saúde é se tornando um representante da segurança e saúde ou membro do Comitê conjunto de segurança e saúde. Número de Trabalhadores Requerimento Legislativo 1-5 Não existe requerimento legislativo para um JHSC ou um representante de segurança e saúde. Porém, se o seu local de trabalho usa substâncias designadas, um JHSC é requerido É requerido um representante da segurança e saúde selecionado pelos funcionários que eles representam Um JHSC é requerido. O Comitê deve ter pelo menos dois (2) membros. 50+ Um JHSC é requeirdo. O Comitê deve ter pelo menos quatro (4) membros. Figura 1: Requerimentos Legais para Representantes e Comitês Na maioria dos locais de trabalho com 6 a 19 trabalhadores empregados regularmente, a Lei faz com que o empregador seja responsável por assegurar que os trabalhadores escolham um representante de segurança e saúde. Na maioria dos locais de trabalho onde existam 20 trabalhadores ou mais regularmente empregados, a Lei diz que o empregador é responsável por assegurar que um comitê conjunto de segurança e saúde seja criado. O comitê tem que ter pelo menos duas pessoas, e uma delas tem que ser escolhida pelos trabalhadores. Locais de trabalho com 50 ou mais trabalhadores regularmente empregados deve ter um comitê conjunto de segurança e saúde (JHSC) com pelo menos quatro pessoas, com duas delas escolhidas pelos trabalhadores. Geralmente, estes comitês devem ter um representante dos trabalhadores e um representante do empregador que são membros certificados. Os requerimentos para o JHSCs não se aplicam para projetos de construção no qual se espera que o o trabalho dure menos de três meses. O comitê tem vários poderes, incluindo o poder de identificar os problemas de segurança e saúde no local de trabalho e recomendar ao empregador maneiras de resolver os problemas e melhorar a segurança e saúde no local de trabalho. Por exemplo, um membro do comitê que representa os trabalhadores deve inspecionar regularmente o local de trabalho. As informações sobre essas inspeções são levadas de volta para o comitê. O comitê então faz recomendações ao empregador para melhorar a segurança e saúde. O empregador tem que responder à essas recomendações dentro de 21 dias. Porque o empregador e os trabalhadores são representados no comitê, todos têm um papel em reconhecer, avaliar e controlar os riscos. Mais detalhes são fornecidos no Guia do Ministério para Comitês Conjuntos para Segurança e Saúde, colocado neste site: pubs/jhsc/index.php 18 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 19

12 Etapa 2: Lidere o Caminho Em locais de trabalho menores, o representante de segurança e saúde tem um papel similar ao ajudar a melhorar as condições de segurança e saúde. Suas obrigações e poderes, como aqueles de um comitê conjunto de segurança e saúde, inclui inspecionar o local de trabalho regularmente e fazer recomendações ao empregador sobre como resolver os riscos e outros problemas de segurança e saúde. Exercício 2: Você pode pensar em qualquer outra maneira na qual um supervisor pode apoiar o direito dos trabalhadores de participar da segurança e saúde? Escreva-as abaixo, e depois leia as respostas na página 54. É importante saber que a Lei proíbe estritamente ao empregador ou a um supervisor de despedir, disciplinar ou mesmo ameaçar um trabalhador por fazer o que é esperado que ele faça. Isto inclui quando os trabalhadores lhe relatam riscos ou pedem a você ou ao empregador que façam o que a Lei espera que você ou o empregador façam. 3. O direito de recusa O terceiro direito dos trabalhadores na OHSA é o direito de se recusarem a fazer o trabalho se eles tiverem razão para acreditar que não é seguro para eles ou algum outro trabalhador. Como supervisor, você respeita este direito ao tomar toda precaução razoável dentro das circunstâncias para proteger os trabalhadores e ao agir em conformidade com o processo de recusa de trabalho especificado na Lei. Quando um trabalhador vem lhe dizer que ele se recusa a fazer um trabalho em particular porque tem a probabilidade de o colocar em perigo, você debe inspecionar minuciosamente as preocupações do trabalhador e fazer tudo que puder para ajudar o empregador a lidar com elas. Na maioria das vezes, o empregador ou você serão capazes de resolver o problema com o representante de segurança e saúde do trabalhador ou com o membro do comitê conjunto de segurança e saúde. Mas se vocês não puderem concordar em como resolver o problema e o trabalhador ainda sentir que o trabalho não é seguro, um inspetor do Ministério será chamado para investigar. Existe uma descrição detalhada do processo de recusa de trabalho e os passos a serem seguidos no Guia do Ministério para a Lei de Segurança e Saúde do Trabalho. 20 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 21

13 Etapa 2: Lidere o Caminho Os supervisores também são trabalhadores. Como um trabalhador, você também pode exercitar o direito de recusar trabalho que não seja seguro nas circunstâncias especificadas na Lei. Como vimos antes, a Lei proíbe o empregador de retaliar um trabalhador por coisas como obedecer a Lei ou por pedir a sua execução. Juntas, as obrigações para a segurança e saúde no trabalho apoiam um sistema interno de responsabilidade competente no local de trabalho. Pessoas diferentes têm funções ou posições diferentes, mas todas elas têm a mesma meta. Como supervisor, você pode ser um líder ao fazer o local de trabalho mais seguro e mais saudável, mas você não pode fazer isso sozinho. 22 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui Etapa 2: Teste Antes de passarmos para a Etapa 3, aqui está um teste de verdadeiro ou falso. (As respostas estão no final do livreto, mas por favor, não olhe as respostas antes da hora.) 1 A eficácia do Sistema Interno de Responsabilidade em qualquer local de trabalho depende de como o empregador, o supervisor e os trabalhadores cooperam efetivamente para criar um local de trabalho saudável e seguro. 2. Como supervisor, só você é responsável por certificar-se de que os trabalhadores que você supervisiona estão seguros. 3. Os três direitos básicos dos trabalhadores na OHSA são o direito de saber sobre os riscos, o direito de participar nas atividades de segurança e saúde e o direito de recusar trabalho que eles acreditam que seja perigoso para si próprios ou para os outros. 4. Como supervisor, você tem o direito de se recusar a fazer um trabalho que você acredita que é perigoso para si próprio ou para os outros. 5. A principal função das várias obrigações e direitos na OHSA é criar uma abordagem cooperativa por todos no local de trabalho para fazê-lo mais seguro e saudável. 23

14 Etapa 3: A Caixa de Ferramenta do Supervisor Conhecer os riscos no seu local de trabalho Um dos seus trabalhos como supervisor é ajudar a planejar e organizar o trabalho. Isto é um trabalho importante. Para fazê-lo bem, você precisa entender o trabalho e os perigos associados à ele. Você também precisa saber como eliminar ou controlar esses riscos e certificar-se de que o programa de segurança e saúde implementado no seu local de trabalho é efetivo ao fazer isso. Na raiz de cada morte, ferimento ou doença relacionada ao trabalho tem um risco de algum tipo. Os riscos podem tomar várias formas. Algumas vezes mais de um risco pode estar agrupado a outro para criar um risco ainda maior. Aqui estão alguns dos riscos mais comuns nos locais de trabalho em Ontário: Fazer os mesmos movimentos repetidamente, especialmente se você estiver em uma posição desconfortável ou usar muita força. Pense em alguém que se abaixa o dia todo, ou alguém que levanta coisas pesadas repetidamente. Escorregar, tropeçar ou cair. Pense em alguma coisa simples como um café derramado no chão, uma área atulhada ou uma plataforma elevada sem parapeitos. 25

15 Etapa 3: A Caixa de Ferramenta do Supervisor Veículos motorizados. Pense em ser atingido por um caminhão de entulho que está dando ré em uma construção ou alguém sendo atingido por uma empilhadeira em um depósito ou em um estaleiro. Usar ou trabalhar perto de maquinaria. Muitos trabalhadores são mortos ou seriamente feridos por equipamentos que eles estão operando. Violência no local de trabalho. Isso pode acontecer com trabalhadores em várias situações, tais como um vendedor trabalhando sozinho a noite ou um trabalhador da área de saúde em um hospital ou na comunidade. Exercício 3: Você pode pensar em outros riscos comuns no local de trabalho especialmente no seu local de trabalho? Abaixo estão dois possíveis exemplos. Tente listar mais alguns, depois leia as respostas na página 55. Ruído alto Falta de iluminação Você também precisa pensar em riscos menos aparentes coisas como produtos químicos, gases, pó tóxico ou germes e vírus nos locais de trabalho como escolas, laboratórios e instalações para cuidados da saúde. Alguns desses riscos podem fazer um tabalhador ficar muito doente. Algumas vezes o trabalhador fica doente na hora; outras vezes o trabalhador não sabe que ficou doente até meses ou anos mais tarde. É por isso que é importante que você conheça os riscos agora. Uma das obrigações do empregador é certificarse de que o supervisor sabe o suficiente e tem a experiência e o treinamento necessário para manter os trabalhadores seguros. Uma das obrigações de um supervisor é informar os trabalhadores dos riscos para a segurança e saúde. Se um trabalhador vir um risco ou prática que vai contra a Lei ou a política ou procedimentos de segurança e saúde do local de trabalho, esse trabalhador tem a obrigação de avisar o seu supervisor ou empregador. Isto deve ser feito o mais rápido possível assim o risco pode ser eliminado. É assim que os empregadores, supervisores e trabalhadores se juntam para fazer o local de trabalho mais seguro. Isto é um exemplo do sistema interno de responsabilidade em ação. Lidando com os Riscos RACE é um processo usado para lidar com riscos. RACE significa Reconhecer, Avaliar, Controlar e Examinar. Esses passos, quando seguidos na ordem, ajudam o local de trabalho a identificar e controlar os riscos. Os supervisores são encorajados a se comunicarem com os trabalhadores, o empregador e o comitê conjunto de segurança e saúde / ou representante de segurança e saúde através deste tipo de processo. 26 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 27

16 Etapa 3: A Caixa de Ferramenta do Supervisor RECONHEÇA onde estão os riscos em potencial no local de trabalho. Aqui está como fazer isso: Observe como o trabalho está sendo feito. Converse com os trabalhadores sobre o trabalho e as áreas onde o trabalho acontece. Participe das inspeções no local de trabalho. Veja os relatórios e registros que você tenha sobre o trabalho. Ouça as preocupações que os trabalhadores têm sobre o trabalho que estão fazendo. VALIE o risco. Você precisa entender qual é a probabilidade de um trabalhador se ferir ou ficar doente pelo risco. Para avaliar o risco você precisa fazer estas perguntas: Como o risco se compara à legislação, padrões e normas? Como o trabalhador pode se ferir ou ficar doente? Qual é a probabilidade do risco afetar a segurança e saúde do trabalhador? Quão sério o trabalhador pode se ferir ou ficar doente? ONTROLE os riscos ao procurar as maneiras de se livrar deles ou fazer com que o trabalho seja mais seguro: A coisa mais segura a ser feita é eliminar o risco. Se eliminar o risco não for possível, você procurará maneiras de prevenir os trabalhadores de entrarem em contato com o risco, como separar o perigo do trabalhador. Se nenhuma das soluções acima proteger os trabalhadores, os trabalhadores poderão usar equipamento, dispositivos ou outro material de proteção para ajudar a mantê-los seguros. É sua obrigação como supervisor assegurar-se de que os trabalhadores usem estes equipamentos quando requerido pela OHSA e Regulamentos ou pelo empregador. EXAMINE como os controles de riscos estão funcionando: Converse sobre o trabalho com os trabalhadores que se reportem a você. Observe-os trabalhando. Ouça o que eles têm a dizer e procure formas de melhorar a segurança e saúde. O processo RACE é um boa maneira de se dar uma boa olhada no trabalho e nos riscos associados à ele. Você está sempre de olhos e ouvidos abertos para os riscos. Você presta atenção na maneira como as pessoas trabalham e você ouve as suas preocupações. Se você encontrar um risco, você sabe que precisa fazer algo a respeito. Você usa a sua experiência e informação e treinamento que recebeu de seu empregador para ajudar a tomar decisões sobre o que fazer. Se você não souber como lidar com o risco, vá e converse com o seu empregador. Você também pode envolver o representante da segurança e saúde ou o comitê conjunto de segurança e saúde se houver um. E você pode buscar fontes externas como a legislação, normas, códigos ou consultores peritos para ajudá-lo a resolver o problema. Se necessário, você pode parar o trabalho até que você saiba que ele é seguro. Lidando com os problemas conforme eles aparecem O pocesso RACE é uma maneira para ajudá-lo a lidar com os riscos, mas não é tudo. Você também precisa monitorar o trabalho. Isto significa que você precisa dar os passos para assegurar que os trabalhadores entenderam a informação que você passou para eles e estão seguindo os procedimentos de segurança do local de trabalho e estão usando ou vestindo os seus equipamentos de proteção. Se você vir um trabalhador exposto à um perigo, é parte do seu trabalho conversar com ele a respeito. Você tem que certificar-se de que a Lei, quaisquer regulamentos aplicáveis e os 28 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 29

17 Etapa 3: A Caixa de Ferramenta do Supervisor procedimentos de segurança no local de trabalho estão sendo seguidos e você tem que fazer com que estes procedimentos sejam cumpridos. Se alguém vem a você com uma preocupação sobre segurança e saúde ou relata um foi por pouco, você precisa ouvir, porque estes são sinais de aviso de problemas em potencial sérios mais adiante. Você também precisa informar o seu empregador sobre essas preocupações. Se você puder resolver um problema sozinho ou com o trabalhador, você deve fazer isso. Se você precisar de ajuda, você deve pedir ao seu empregador. O seu representante da segurança e saúde ou comitê conjunto de segurança e saúde também estão lá para fornecer informação. Relatórios das inspeções do local de trabalho pelos representantes da segurança e saúde ou dos comitês conjuntos de segurança e saúde e investigações de incidentes feitas internamente ou pelo Ministério são dois instrumentos na sua caixa de ferramenta de supervisor. Quando usados efetivamente, eles ajudam a controlar os riscos e prevenir ferimentos. Exercício 4: Algumas vezes as coisas dão errado. Quando isso acontece, você precisa ser claro sobre quais passos você tem que dar. Digamos que alguém que você supevisiona se feriu. Quais são os passos que você acha que deveria dar? Escreva os passos abaixo, depois leia as respostas na página 55: Como você pode ver, existe definitivamente muita coisa para saber quando você é um supervisor. É um papel importante, e se você não cumpre com as suas obrigações que são designadas a você pela Lei, você pode enfrentar consequências. Por exemplo um inspetor do Ministério poderia despachar uma ordem contra você. Também, você poderia ser acusado de crime. Isto é um trabalho sério e pode parecer estressante a princípio. Mas você não tem que fazê-lo sozinho Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 31

18 Etapa 3: A Caixa de Ferramenta do Supervisor Etapa 3: Teste Antes de passar para a Etapa 4, aqui está um teste curto de verdadeiro ou falso sobre o material que acabamos de ver. (As respostas estão no final do livreto, mas por favor não olhe as respostas antes da hora.) 4. Se você encontrar um risco ou um trabalhador relatar um para você, você é a pessoa no local de trabalho que é responsável por repará-lo. 5. Se alguém que você supervisiona for ferido, a primeira coisa que você precisa fazer é informar o empregador, assim as autoridades necessárias podem ser notificadas. 1. Para ajudá-lo a planejar e organizar o trabalho, você precisa entender os riscos associados à ele. Você precisa saber como eliminar ou controlar esses riscos. 2. Alguns riscos no local de trabalho, como os produtos químicos, pó e germes, podem causar doenças em um trabalhador meses ou até mesmo anos após ser exposto ao risco. 3. Se você reconhece e avalia os riscos no seu local de trabalho, você fez tudo que precisava fazer como supervisor para manter os trabalhadores seguros. 32 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 33

19 Etapa 4: Você Não Está Sozinho Conseguindo a ajuda que você precisa Muitos supervisores são promovidos a essa posição porque eles eram bons no seus trabalhos anteriores. Eles aprenderam tanto quanto puderam sobre aquele trabalho, os riscos envolvidos e como trabalhar em segurança. Ele sabiam como fazer o trabalho com segurança e de maneira saudável. Mas eles podem não estar tão seguros sobre o que o trabalho de supervisão envolve. Agora eles são supervisores e suas obrigações mudaram. Mas eles sabem tudo que precisam saber sobre esta nova função? Esta é a pergunta que você deve fazer a si mesmo. Você pode saber um pouco sobre a Lei e os vários Regulamentos que estão anexados à ela, mas você sabe o suficiente sobre os requerimentos específicos na Lei e sobre quais dos Regulamentos se aplicam ao seu local de trabalho? Você pode ter a experiência necessária no trabalho que você foi chamado para supervisionar, mas você sabe o suficiente sobre o que envolve a supervisão dos trabalhadores? 35

20 Etapa 4: Você Não Está Sozinho Exercício 5: Pense naquilo que você aprendeu na Etapa 1: Foi dito que a OHSA requer que o empregador se certifique que o supervisor seja uma pessoa competente. É o trabalho do empregador assegurar que você tenha o que precisa para fazer o seu trabalho com competência. A Lei enfatiza três coisas em particular que você precisa para ser competente no seu trabalho. Você pode lembrar quais eram? Escreva estas três coisas abaixo: Nós revisamos várias obrigações que a Lei designa a você como supervisor. Se você pensar que não tem o conhecimento, o treinamento e a experiência necessária para cumprir com essas obrigações, é importante que você converse com o empregador. Fale para ele que você está contente em ser supervisor, mas 36 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui que você precisa de mais informação e treinamento em certas áreas para fazer o seu trabalho. Talvez você precise frequentar um curso de treinamento sobre Lei e Regulamentos. Talvez você precise aprender mais sobre como reconhecer, avaliar e controlar os riscos e examinar os controles de riscos. Talvez você queira saber mais sobre habilidades de liderança e comunicação, sobre como desenvolver suas habilidades de escuta e sobre o que os trabalhadores esperam de seu supervisor. Lembre-se que o seu empregador precisa lhe dar as ferramentas para você se tornar um supervisor competente. Mesmo quando você tem o conhecimento, treinamento e experiência necessária para ser um supervisor competente, resolver um problema de segurança e saúde estará algumas vezes fora de seu controle. Talvez seja um risco que afete todo o pessoal. Ou pode custar muito dinheiro para resolvêlo e você pode não ser capaz de autorizar tal gasto. Se isso acontecer, você precisará informar o seu empregador que você precisa de ajuda para resolver o problema. Traga as ideias que você recebeu dos trabalhadores e do representante de segurança e saúde ou do comitê. Juntos vocês podem encontrar a melhor maneira de eliminar ou controlar o risco. Os trabalhadores precisam saber que você fará o que é certo para eles e você precisa saber que o empregador fará o que é certo para todos. A Lei apoia a abordagem coordenada para a segurança e saúde no local de trabalho ao dar obrigações a todos de acordo com os seus cargos no local de trabalho. Quanto mais alto o seu cargo, maior 37

21 Etapa 4: Você Não Está Sozinho as obrigações que você tem. Quando você junta todas essas obrigações, você consegue um IRS competente no local de trabalho. Aonde ir para conseguir ajuda Obter Ajuda Dentro do Seu Local de Trabalho Algumas vezes um trabalhador virá até você com uma pergunta e você simplesmente não saberá responder. Geralmente a resposta está no seu local de trabalho. Você pode encontrar as respostas nas políticas e procedimentos de segurança e saúde do local de trabalho, nas folhas de dados de segurança que vêm com os materiais de risco, nos manuais de operação para equipamentos ou nas recomendações do Comitê conjunto de segurança e saúde ou do representante de segurança e saúde. Exercício 6: Você pode pensar em alguma outra boa fonte no seu local de trabalho para informações específicas de segurança e saúde? Escreva-as abaixo, depois leia as respostas na página Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 39

22 Etapa 4: Você Não Está Sozinho Algumas vezes você poderá não entender o que a Lei e Regulamentos estão lhe dizendo para fazer, e mesmo o seu empregador poderá não entender completamente. É quando você precisa de ajuda de fora. Por exemplo, o site do Ministério oferece muitas fontes úteis, incluindo um Guia para a Lei de Segurança e Saúde do Trabalho que pode ser baixado e que fornece uma explicação em linguagem simples de várias partes da Lei. Ontário tem um sistema de segurança e saúde feito de várias organizações. A informação abaixo explica mais sobre quem elas são. Parceiros do Sistema de Segurança e Saúde Ministério do Trabalho (Ministry of Labour) Desenvolve, comunica e faz cumprir os requerimentos de segurança e saúde do trabalho e as normas de emprego. Desenvolve, coordena e implementa estratégias para prevenir ferimentos e doenças no local de trabalho e pode estabelecer normas para o treinamento de segurança e saúde Centro de Segurança de Saúde dos Trabalhadores (Workers Health and Safety Centre) Um centro de treinamento de segurança e saúde para trabalhadores, representantes e empregadores Clínicas de Saúde do Trabalho para Trabalhadores de Ontário (Occupational Health Clinics for Ontario Workers) Seis clínicas médicas localizadas em Ontário que fornecem serviços de saúde e informação Segurança e Saúde de Ontário (Health and Safety Ontario) Quatro Associações de Segurança e Saúde que fornecem consultoria, treinamento, produtos e serviços a setores específicos. Associação de Segurança e Saúde de Infraestrutura (Infrastructure Health and Safety Association) Serve os setores elétrico, construção e transportes Associação de Segurança e Saúde dos Serviços Públicos (Public Services Health and Safety Association) Serve os setores de saúde, educação e municpal Segurança do Local de Trabalho Norte (Workplace Safety North) Serve os setores de mineração, polpa e florestal Serviços de Prevenção e Segurança no Local de Trabalho (Workplace Safety and Prevention Services) Serve os setores da indústria, agrário e serviços Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 41

23 Etapa 4: Você Não Está Sozinho Comissão de Seguro e Segurança no Local de Trabalho (Workplace Safety and Insurance Board) Administra o sistema de seguro sem culpa do local de trabalho para empregadores de Ontário e seus trabalhadores Todas as organizações acima são parte do sistema de segurança e saúde de Ontário. Outro lugar que você pode ir para obter informação é o Centro Canadense de Segurança e Saúde do Trabalho (Canadian Centre for Occupational Health and Safety). Eles têm folhas de informação de dados no seu site. Se você tiver problemas para achar a informação, você pode fazer perguntas pelo telefone , ou através do site A ajuda que você pode conseguir dessas fontes externas não é apenas para você é para compartilhar com os outros no seu local de trabalho. É isso que a Lei espera que você faça. Para ser um bom supervisor você tem que fazer mais do que apenas saber coisas, você tem que por o que sabe em ação. A prevenção começa aqui, mas não termina aqui. Exercício 7: Para ajudá-lo a entender como o sistema de segurança e saúde de Ontário funciona para criar locais de trabalho mais seguros, tente unir a seguinte lista de organizações com as suas funções. Depois veja as respostas na página 57: Organização A. Ministério do Trabalho B. Segurança e Saúde de Ontário C. Comissão de Seguro e Segurança no Local de Trabalho D. Centro de Segurança e Saúde dos Trabalhadores E. Clínicas de Saúde do Trabalho para trabalhadores de Ontário Função Treinamento de Segurança e Saúde Faz cumprir a OHSA Clínicas médicas para trabalhadores doentes ou feridos Benefícios de seguro para trabalhadores doentes ou feridos B Consultoria, treinamento, produtos e serviços de segurança e saúde do trabalho 42 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 43

24 Etapa 4: Você Não Está Sozinho Etapa 4: Teste Antes de passarmos para a Etapa 5, aqui está um teste curto de verdadeiro ou falso sobre o material que acabamos de ver. (As respostas estão no final do livreto, mas por favor não olhe as respostas antes da hora.) 4. A única função do Ministry of Labour é inspecionar os locais de trabalho e fazer cumprir a OHSA e os Regulamentos. 1. Para ser um supervisor competente, basta apenas saber que a Occupational Health and Safety Act existe, e que os vários Regulamentos estão anexados à Lei. 2. Se resolver um problema de segurança e saúde estiver fora de seu controle por qualquer razão, você precisa levar o problema ao empregador. 3. O programa de procedimentos de segurança e saúde da empresa, as folhas de dados de segurança de material, inspeção e relatórios de incidentes são todos boas fontes para respostas às perguntas sobre segurança e saúde dos trabalhadores e supervisores. 44 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 45

25 Etapa 5 Seja um Modelo Como passar a mensagem certa Falar para as pessoas trabalharem de uma maneira segura e saudável, não é tudo que faz você ser um supervisor. Algumas vezes as pessoas querem cortar caminho porque pensam que os ajudará a fazer o trabalho mais rápido. Algumas vezes elas estão cansadas, ou estão tendo um dia ruim. Existirão dias quando você estará cansado também. Mas você precisa ser um modelo de segurança e saúde o tempo todo. Como supervisor você precisa seguir os procedimentos de segurança do local de trabalho, vestir o seu equipamento de proteção pessoal e se manter em segurança. Se você não fizer essas coisas, os outros pensarão que não tem problema se não seguirem os procedimentos de segurança do local de trabalho. As pessoas estão olhando para você e aprendendo através do que você faz. A maneira como você supervisiona o trabalho, como você pensa a respeito do trabalho e como você fala sobre ele pode afetar a segurança das pessoas que você supervisiona. Você quer ajudar os trabalhadores a escolherem o caminho seguro o tempo todo. Você pode ajudáwww.ontario.ca/healthandsafetyatwork 47

26 Etapa 5 Seja um Modelo los sendo uma pessoa fácil de conversar e ao responder as perguntas deles. Mas a melhor coisa que você pode fazer é fazer o que você diz. Isto significa obedecer sempre a Lei e seguir as práticas de segurança e saúde em seu local de trabalho. Significa explicar como trabalhar em segurança e corrigir riscos sempre que você os vir. Exercício 8: Se você passar por um trabalhador que não está seguindo o procedimento correto ou usando o equipamento de segurança correto e você não fizer nada, que mensagem você estará passando para aquele trabalhador ou para todo mundo? Escreva a sua resposta baixo, depois leia a resposta na página 58. Se o empregador sabe sobre um risco e não dá os passos para eliminá-lo ou controlá-lo, bem como se certifica de que os trabalhadores sejam informados a respeito do risco e de como lidar com isso, esse empregador não está fazendo o que a lei requer. Se o supervisor sabe sobre um risco e não explica aos trabalhadores como lidar com isso, esse supervisor não está fazendo o que a lei requer. Se o trabalhador sabe sobre um risco e não fala para o supervisor ou empregador, esse trabalhador não está fazendo o que a lei requer. O Sistema Interno de Responsabilidade trata de pessoas cooperando para reconhecer, avaliar e controlar os riscos no local de trabalho e examinar os controles de riscos. Todo supervisor tem um papel chave a cumprir nesse sistema. Lembra quando você estava começando um emprego e você se sentiu um pouco soterrado pelas coisas que você não sabia? Lembra daquela pessoa - um supervisor ou colega que dedicou tempo para mostrar-lhe as coisas? Como vimos antes, a Lei apoia uma abordagem coordenada para a segurança e saúde no local de trabalho. Para fazer parte disto, você tem que entender as suas obrigações legais e colocar o que você sabe em ação. Assim como todas as pessoas no local de trabalho. É assim que o Sistema Interno de Responsabilidade funciona. Todos nós temos alguém que nos lembramos que nos ajudou a nos ajustarmos em um trabalho. Eles nos deram dicas úteis. Eles nos mantiveram livre de perigo até que aprendessemos o que precisavamos aprender. Bem, agora, é a sua vez de devolver. Você é o supervisor. Você é a pessoa com a experiência e o conhecimento. Se você não sente que sabe o suficiente para cumprir com as suas obrigações de segurança e saúde como supervisor, é importante que você converse com o seu empregador e certifique-se de que você obteve a informação que precisava. 48 Segurança e Saúde no Trabalho A Prevenção Começa Aqui 49

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

Resposta de pergunta para funcionários

Resposta de pergunta para funcionários Resposta de pergunta para funcionários Sobre a EthicsPoint Geração de Denúncias - Geral Segurança e Confidencialidade da Geração de Denúncias Dicas e Melhores Práticas Sobre a EthicsPoint O que é a EthicsPoint?

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP 6. Procedimento de gerenciamento de risco O fabricante ou prestador de serviço deve estabelecer e manter um processo para identificar

Leia mais

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa. A Liderança Faz a Diferença Guia de Gerenciamento de Riscos Fatais Introdução 2 A prevenção de doenças e acidentes ocupacionais ocorre em duas esferas de controle distintas, mas concomitantes: uma que

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

O que é ISO 14001? Um guia passo a passo para o uso de um Sistema de Gestão Ambiental M EI O AM BI ENTE

O que é ISO 14001? Um guia passo a passo para o uso de um Sistema de Gestão Ambiental M EI O AM BI ENTE O que é ISO 14001? Um guia passo a passo para o uso de um Sistema de Gestão Ambiental M EI O AM BI ENTE Índice O que é um SGA e o que é ISO 14001?...2 ISO 14001:1996. Suas perguntas respondidas...3 O sistema

Leia mais

Muitos profissionais de suporte responderiam com uma única palavra: TUDO!

Muitos profissionais de suporte responderiam com uma única palavra: TUDO! O QUE OS SEUS CLIENTES ESPERAM DE VOCÊ? Muitos profissionais de suporte responderiam com uma única palavra: TUDO! Às vezes, isso pode certamente parecer dessa maneira. E, se não houver definição da expectativa

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Educação Especial Informe de Assistência Técnica SPED 2009-2: Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Para: Superintendentes, diretores,

Leia mais

ACIDENTE E INCIDENTE INVESTIGAÇÃO

ACIDENTE E INCIDENTE INVESTIGAÇÃO ACIDENTE E INCIDENTE INVESTIGAÇÃO OBJETIVOS Para definir as razões para a investigação de acidentes e incidentes. Para explicar o processo de forma eficaz a investigação de acidentes e incidentes. Para

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Modelo operacional Qual é o modelo organizacional do PDS? Trabalhamos bastante para chegar ao modelo organizacional certo para o PDS. E aplicamos

Leia mais

Como Funciona e o Que Você Precisa Saber Para Entender o Fator da Perda de Peso? Capítulo 9: Mantendo Um Corpo Livre De Celulite Para o Resto Da Vida

Como Funciona e o Que Você Precisa Saber Para Entender o Fator da Perda de Peso? Capítulo 9: Mantendo Um Corpo Livre De Celulite Para o Resto Da Vida Aviso Legal Qualquer aplicação das recomendações apresentadas neste livro está a critério e único risco (do leitor). Qualquer pessoa com problemas médicos de qualquer natureza deve buscar e consultar um

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental, a primeira norma ambiental internacional do mundo tem ajudado milhares de

Leia mais

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Gerenciamento de Carreira pelo Bluesteps.com Contents: Introdução: O recrutamento de Executivos de Nível Sênior Page 1-2: O que é Retained Executive Search?

Leia mais

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/inboundsales1.htm

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/inboundsales1.htm Página 1 de 9 CCin v2 r i cpb cpb_att n SELECT para Centrais de Atendimento a Clientes - Recebimento de Vendas (v2) Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Código Internacional de Ética CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA ORIENTA CONDUTA DE MÉDICOS DO TRABALHO

Código Internacional de Ética CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA ORIENTA CONDUTA DE MÉDICOS DO TRABALHO Código Internacional de Ética CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA ORIENTA CONDUTA DE MÉDICOS DO TRABALHO Após discussões que duraram mais de cinco anos, foi aprovado no âmbito da Comissão Internacional de Saúde

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

WORD HEALTH ORGANIZATION http://www.who.int/rpc/research_ethics/informed_consent/en/print.html

WORD HEALTH ORGANIZATION http://www.who.int/rpc/research_ethics/informed_consent/en/print.html NOTA: O Termo de Assentimento Esclarecido varia em função da idade, das condições socioeconômicas e culturais do menor, entre outras variáveis. O assentimento para crianças em primeira infância não pode

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS VI.1. Introdução A avaliação de riscos inclui um amplo espectro de disciplinas e perspectivas que vão desde as preocupações

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

O que é ISO 9001:2000?

O que é ISO 9001:2000? O que é ISO 9001:2000? Um guia passo a passo para a ISO 9001:2000 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Conteúdo * SISTEMAS DA QUALIDADE ISO 9001:2000 E PDCA... 1 * OITO PRINCÍPIOS DE GESTÃO DA QUALIDADE...

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa Aécio Costa A segurança da informação é obtida a partir da implementação de um conjunto de controles adequados, incluindo políticas, processos, procedimentos, estruturas organizacionais e funções de software

Leia mais

Como Estudar a Bíblia

Como Estudar a Bíblia Como Estudar a Bíblia Caderno de Estudos Por David Batty Estudos em Grupo Para Novos Cristãos 2 Direitos Reservados 2003 Comitê Acadêmico do Teen Challenge Internacional, EUA. Todos os direitos, incluindo

Leia mais

Modelos de mudanças comportamentais: da teoria à prática

Modelos de mudanças comportamentais: da teoria à prática Modelos de mudanças comportamentais: da teoria à prática Paula Marques Vidal Hospital São Camilo - Pompéia Modelos de Mudanças Comportamentais Team STEPPS - Christina Felsen CUSP - Linda Greene Positive

Leia mais

NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH

NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH NORMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL FIRMENICH Norma de Responsabilidade Social Firmenich Atualizado em Março de 2013 Página 1 de 10 INTRODUÇÃO Como parte do nosso compromisso contínuo com um negócio ético

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Introdução Introdução A empresa de pesquisa IDC prevê que mais da metade dos trabalhadores usarão ferramentas

Leia mais

Manter se limpo na rua

Manter se limpo na rua Manter se limpo na rua Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1993 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados Muitos de nós tiveram o primeiro contato

Leia mais

ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 9001, a norma líder mundial em qualidade internacional, ajudou milhões de organizações a melhorar sua qualidade

Leia mais

COMO FAZER A TRANSIÇÃO

COMO FAZER A TRANSIÇÃO ISO 9001:2015 COMO FAZER A TRANSIÇÃO Um guia para empresas certificadas Antes de começar A ISO 9001 mudou! A versão brasileira da norma foi publicada no dia 30/09/2015 e a partir desse dia, as empresas

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

Dicas. para Sair. das Dívidas DEFINITIVAMENTE. Elton Parente. Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki

Dicas. para Sair. das Dívidas DEFINITIVAMENTE. Elton Parente. Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki 10 Dicas para Sair DEFINITIVAMENTE das Dívidas Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki Elton Parente Lições de Kim e Robert Kyosaki sobre Como Sair das Dívidas A seguir estão os 10 passos que Kim e Robert

Leia mais

2- FUNDAMENTOS DO CONTROLE 2.1 - CONCEITO DE CONTROLE:

2- FUNDAMENTOS DO CONTROLE 2.1 - CONCEITO DE CONTROLE: 1 - INTRODUÇÃO Neste trabalho iremos enfocar a função do controle na administração. Trataremos do controle como a quarta função administrativa, a qual depende do planejamento, da Organização e da Direção

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas.

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas. INTRODUÇÃO Você, provavelmente, já sabe que colaboradores felizes produzem mais. Mas o que sua empresa tem feito com esse conhecimento? Existem estratégias que de fato busquem o bem-estar dos funcionários

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

Coaching Útil? Parte Um: Quem Diz o que É Útil?

Coaching Útil? Parte Um: Quem Diz o que É Útil? Coaching Útil? Parte Um: Quem Diz o que É Útil? David Verble Coaching é um tópico na moda na comunidade de melhoria contínua/lean esses dias. Há um crescente interesse no desenvolvimento de culturas de

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil O futuro é (deveria ser) o sucesso Como estar preparado? O que você NÃO verá nesta apresentação Voltar

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

engenharia de embalagens UMA ABORDAGEM TÉCNICA DO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMBALAGEM Maria Aparecida Carvalho Novatec

engenharia de embalagens UMA ABORDAGEM TÉCNICA DO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMBALAGEM Maria Aparecida Carvalho Novatec engenharia de embalagens UMA ABORDAGEM TÉCNICA DO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMBALAGEM Maria Aparecida Carvalho Novatec capítulo 1 Que é isso, companheiro? Sabíamos que você iria se interessar pelo

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER

PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER A máquina pode substituir 100 pessoas comuns. Mas, nenhuma máquina pode substituir uma pessoa criativa. Elbert Hubbard Sobre

Leia mais

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos Série Elementos Intel Educar Guia do Facilitador http://www.intel.com/educacao Copyright 2010 Intel Corporation. Página 1 de 19 Termos de Uso para o Guia do Facilitador da Série Elementos Intel Educar

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA ESTUDOCOMPARATIVO NBRISO13485:2004 RDC59:2000 PORTARIA686:1998 ITENSDEVERIFICAÇÃOPARAAUDITORIA 1. OBJETIVO 1.2. 1. Há algum requisito da Clausula 7 da NBR ISO 13485:2004 que foi excluída do escopo de aplicação

Leia mais

Manual de Aplicação do Jogo da Escolha. Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas

Manual de Aplicação do Jogo da Escolha. Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas Manual de Aplicação do Jogo da Escolha Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas 1 1. Como o jogo foi elaborado O Jogo da Escolha foi elaborado em 1999 pelo Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas

Leia mais

ESCOLAS PÚBLICAS DE MEDFORD

ESCOLAS PÚBLICAS DE MEDFORD ESCOLAS PÚBLICAS DE MEDFORD Intimidação (Bullying) Plano de Prevenção e Intervenção Aprovado pelo Comitê das Escolas de Medford 20 de Dezembro, 2010 Roy E. Belson, Superintendente de Escolas Beverly G.

Leia mais

Problemas, todos temos. Os chefes PONTO. direto ao

Problemas, todos temos. Os chefes PONTO. direto ao Se você usa alguma delas, entre imediatamente em estado de alerta; você pode não ser um líder tão capaz quanto imagina Problemas, todos temos. Os chefes então, nem se fale. Mas, se aqueles que são terríveis

Leia mais

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A STANDARD LME-12:001905 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Normas de Operação Segura... 4 3.1 Procedimentos de Evacuação em Incêndio... 4 3.2 Caminhos de Escape Designados... 4 3.3 Pontos

Leia mais

Módulo 2. Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios.

Módulo 2. Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios. Módulo 2 Sistemas de gestão, normas OHSAS 18001/2, benefícios, certificação, estrutura, objetivos, termos e definições da OHSAS 18001, exercícios. História das normas de sistemas de gestão de saúde e segurança

Leia mais

ENTREVISTA DE EMPREGO. Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net

ENTREVISTA DE EMPREGO. Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net ENTREVISTA DE EMPREGO Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net CNPJ: 13.103.583/0001-28 Rua Tomé de Souza, 418, Sarandi. Candeias-Ba E-mail: aprimore.capacitacao@hotmail.com

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS

O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS BEM-VINDO Aprender inglês é um desafio, mas descobrir como aprimorá-lo não deve ser a parte mais difícil nesse processo! Anos de pesquisa

Leia mais

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital 8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital Empreender em negócios de marketing digital seguramente foi uma das melhores decisões que tomei em minha vida. Além de eu hoje poder ter minha

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA Permissão obtida junto ao proprietário dos direitos autorais, The Institute of Internal Auditors, 247 Maitland Avenue, Altamonte Springs, Florida 32701-4201, USA, para publicar esta tradução, a qual reflete

Leia mais

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SEÇÃO 7 Desenvolvimento de É importante pensar sobre como desenvolver os funcionários a fim de melhorar o trabalho da organização. O desenvolvimento de poderia consistir em ensino, oportunidades para adquirir

Leia mais

Aviso de Renovação de Licença de Cuidado Infantil Familiar

Aviso de Renovação de Licença de Cuidado Infantil Familiar Aviso de Renovação de Licença de Cuidado Infantil Familiar Sua Licença de Cuidado Infantil Familiar deve ser renovada e o EEC facilitou este processo para você. Basta seguir os passos abaixo: Preencha

Leia mais

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação Para muita gente, os sonhos são apenas sonhos. Não levam necessariamente a ações diretas para transformar tais sonhos em realidade. Esta

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Um Marketing Pessoal bem arquitetado pode alavancar de maneira decisiva seus negócios ou carreira, pois como dizem por aí: A primeira impressão

Leia mais

Um exemplo prático. Como exemplo, suponha que você é um recémcontratado

Um exemplo prático. Como exemplo, suponha que você é um recémcontratado pessoas do grupo. Não basta simplesmente analisar cada interpretação possível, é preciso analisar quais as conseqüências de nossas possíveis respostas, e é isso que proponho que façamos de forma racional.

Leia mais

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo)

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 11:14:46 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/9 Índice analítico Índice

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

7 Maneiras Simples de Dizer "não" O Manual Simples e Completo

7 Maneiras Simples de Dizer não O Manual Simples e Completo 7 Maneiras Simples de Dizer "não" O Manual Simples e Completo Você tem dificuldade em dizer "não"? Você está sempre tentando ser gentil com os outros, em detrimento de si mesmo? Bem, você não está sozinho.

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA PARA PROFISSIONAIS DE MEDICINA DO TRABALHO

CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA PARA PROFISSIONAIS DE MEDICINA DO TRABALHO CÓDIGO INTERNACIONAL DE ÉTICA PARA PROFISSIONAIS DE MEDICINA DO TRABALHO Fonte: Portal Internet da ANAMT - Associação Nacional de Medicina do Trabalho: (http://www.anamt.org.br) Original: da ICOH - International

Leia mais

Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês

Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês Sete Motivos Importantes Para Usar Áudio Para Melhorar As Suas Habilidades Em Inglês Oi! Meu nome é David. Atualmente estou em Imperatriz, Maranhão ajudando pessoas como você aprenderem inglês. Já faz

Leia mais

Implementação e avaliação

Implementação e avaliação Seção 3 Implementação e avaliação ESTUDO BÍBLICO Respondendo às mudanças No início de Neemias 4, vemos que algumas pessoas se opuseram ao projeto. Qual foi a resposta de Neemias? (versículo 9) Como Neemias

Leia mais

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015.

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. Isso nos permite afirmar que todas as pessoas nascidas após 1995 são consideradas NATIVAS DIGITAIS, ou seja, quando chegaram ao mundo, a internet já existia.

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Política de segurança de rede: White Paper de práticas recomendadas

Política de segurança de rede: White Paper de práticas recomendadas Política de segurança de : White Paper de práticas recomendadas Índice Introdução Preparação Criar declarações de política de uso Realizar uma análise de risco Estabelecer uma Estrutura de Equipe de Segurança

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Nome Data de início: / / Data de término: / / 2 Leitura Pessoal David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Rafael D. Ribeiro, M.Sc. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br A expressão ISO 9000 (International Organization for Standardization) designa um grupo de normas técnicas que estabelecem

Leia mais

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO)

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) 9-11 Anos CONCEITO CHAVE O primeiro passo para se ganhar a batalha é escolher

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher. LIÇÃO 1 SUA MAIOR PRIORIDADE - Colossenses 3:1-4

Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher. LIÇÃO 1 SUA MAIOR PRIORIDADE - Colossenses 3:1-4 Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher Os quatro estudos a seguir tratam sobre a passagem de Colossenses 3:1-17, que enfatiza a importância de Jesus Cristo ter sua vida por completo.

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Módulo 3. Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4.

Módulo 3. Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4. Módulo 3 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4.3 Exercícios 6.2 Iniciando a auditoria/ 6.2.1 Designando o líder da equipe

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA SEGURANÇA CIBERNÉTICA Fevereiro/2015 SOBRE A PESQUISA Esta pesquisa tem como objetivo entender o nível de maturidade em que as indústrias paulistas se encontram em relação

Leia mais

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE: Quer ganhar dinheiro; Quer uma renda extra; Deseja conhecer pessoas e fazer novas amizades;

Leia mais

Princípios de Liderança

Princípios de Liderança Princípios de Liderança LIDERANÇA E COACH www.liderancaecoach.com.br / liderancaecoach ÍNDICE Liderança Chefe x Líder O que um líder não deve fazer Dicas para ser um líder de sucesso Para liderar uma equipe

Leia mais

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS VISÃO GERAL DE CAPACIDADES SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS AT-RISK International oferece Análise de Riscos, Proteção, Consultoria, Investigações e Treinamento em Segurança, nas Américas,

Leia mais

NOKIA. Em destaque LEE FEINBERG

NOKIA. Em destaque LEE FEINBERG Em destaque NOKIA LEE FEINBERG A Nokia é líder mundial no fornecimento de telefones celulares, redes de telecomunicações e serviços relacionados para clientes. Como Gerente Sênior de Planejamento de Decisões

Leia mais

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/salescombo.htm

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/salescombo.htm Página 1 de 11 CCsalescombo v2 r i cpb cpb_att n SELECT para Centrais de Atendimentos - Conjunto de Vendas (v2) Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados. PRINT

Leia mais

Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners http://virtualmarketingpro.com/products/show_shop/paulocosta1. Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners

Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners http://virtualmarketingpro.com/products/show_shop/paulocosta1. Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners Dicas Para Gerar Mais Contatos e Aumentar As Suas Conversões De Venda Trazido Até Si Por Como Gerar Toneladas de Tráfego Com Banners Termos e Condições Aviso

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais