DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL"

Transcrição

1

2 DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução de Serviço PRRJ nº 01/2014 Escritório de Processos da PR/RJ

3 Gestão Documental DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL Manual de Normas e Procedimentos Versão 1.0 Julho de 2014 Escritório de Processos da PR/RJ

4 Esta edição do Manual foi Atualizada até 27/06/2014 Ministério Público Federal Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro PR/RJ Av. Nilo Peçanha, 31, Centro Tel: (21) CEP Rio de Janeiro/RJ. Elaborado por: Escritório de Processos Organizacionais da PR/RJ EPO/PRRJ: Caio Marcio Bitttencourt de Mello Dimitri Buscacio Gonçalves Júlio Otaviano da Silva Franco Newton Levy Alvim Junior Priscylla Reis Ferreira Renato Augusto dos Santos Cortes Colaboração: Fabiano Magalhães Ramos Coordenação: EPO/PRRJ: Júlio Otaviano da Silva Franco Priscylla Reis Ferreira Revisão Geral: Coordenadoria Jurídica e de Documentação: Fabiano Magalhães Ramos Priscylla Reis Ferreira Escritório de Processos da PR/RJ

5 Manual de Normas e Procedimentos DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL Apresentação Este Manual é resultado do empenho dos componentes do EPO/PRRJ, com auxílio da Coordenadoria Jurídica e de Documentação - COJUD, no sentido de que o Ministério Público Federal cumpra e faça cumprir, por meio de um instrumento normativo que tem como propósitos racionalizar e padronizar, formalmente, os procedimentos adotados pelo corpo funcional, em todos os processos de competência da Coordenadoria Jurídica e de Documentação, visando proporcionar aos clientes internos e externos respostas mais rápidas e eficazes. Por constituir-se um instrumento importante num contexto de modernização e de acompanhamento da velocidade das mudanças, este Manual deve primar a flexibilidade e adaptação diante das futuras realidades, podendo sofrer modificação e revisões normalmente requeridas pela necessidade de melhoria contínua dos serviços prestados pelo Ministério Público Federal. Objetivo pretende-se, com a implementação deste Manual de Normas e Procedimentos, disciplinar e padronizar rotinas de trabalho, estabelecer mecanismos de gestão, avaliação, controle de indicadores de desempenho. Âmbito de aplicação esta Norma de Procedimento será executada pela Coordenadoria Jurídica e de Documentação da PRRJ e poderá ser utilizada como instrumento de suporte pelas áreas jurídicas das PRMs no Estado do Rio de Janeiro, no que couber. 5

6 Índice A. DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL...7 DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL...7 Elementos do processo...7 A1. Entrada de Processos...7 A2. Saída de Processos...7 A1. ENTRADA DE PROCESSOS...8 Elementos do processo Analisa o Processo Cadastra Processo Atualiza Dados Verifica Prevenção Distribui o Processo Conclui e Entrega o Processo Analisa o Processo...10 A2. SAÍDA DE PROCESSOS...11 Elementos do processo Devolve no Sistema Protocola Manifestação na Justiça Federal Arquiva Recibo

7 A. D I S T R I B U I Ç Ã O P R O C E S S U A L Versão: 1.0 Autor: EPO/PRRJ D I S T R I B U I Ç Ã O P R O C E S S U A L ELEMENTOS DO PROCESSO A1. Entrada de Processos A Divisão Cível e a Divisão Criminal, através de seus respectivos servidores e terceirizados, recebem junto às Varas Cíveis e Criminais da Justiça Federal, física ou eletronicamente, os processos com intimação do Ministério Público Federal. Processo A1. ENTRADA DE PROCESSOS - A1. ENTRADA DE PROCESSOS A2. Saída de Processos Processo de saída dos processos judiciais com a manifestação do MPF para a Justiça Federal. Processo A2. SAÍDA DE PROCESSOS - A2. SAÍDA DE PROCESSOS 7

8 A 1. E N T R A D A D E P R O C E S S O S Versão: 1.0 Autor: EPO/PRRJ A 1. E N T R A D A D E P R O C E S S O S ELEMENTOS DO PROCESSO 1. Analisa o Processo Processo Físico: Receber o processo na Justiça Federal conferindo a numeração dos autos, a quantidade de volumes, eventuais apensos e anexos e a data de remessa do processo ao MPF; Recibar a guia, se as informações estiverem corretas. Caso contrário, solicitar a correção ou devolver o processo. Processo Eletrônico: Consultar no sítio da Justiça Federal os processos com intimação do MPF, verificando a data limite para confirmação, bem como a urgência para manifestação; Confirmar a intimação eletrônica dos processos, observada a prioridade aos urgentes e àqueles com menor prazo para recebimento da intimação. 2. Cadastra Processo * Processo Físico: Entrar no Sistema Único; Acessar a aba Auto Judicial/IPL e clicar em Incluir ; Preencher o campo Número do Auto Judicial/IPL com o número do auto; Clicar em Consultar e havendo registro do número no Sistema, clicar duas vezes sobre o registro e seguir para o elemento do processo 3. Atualiza dados. Não havendo registro, clicar em Incluir Novo ; Preencher os campos Órgão Gerador do Número e Classe, clicando em seguida em Incluir Novo ; Na aba Pré-cadastro de Auto Judicial/IPL, preencher os seguintes campos obrigatoriamente: Item 2 Dados Básicos - Grau de Sigilo (Normal, Reservado ou Confidencial); 8

9 - Data de Autuação (Data de autuação do processo na Justiça Federal); - Órgão Julgador (Vara ou Juizado da Justiça Federal para qual o processo foi distribuído); - Área de Atuação (Criminal, Cível, Eleitoral, etc.); - Forma de Atuação (Custos Legis ou Parte); - Município; Item 3 Partes - Tipo de Parte (Pessoa Física, Órgão de Governo, etc...) - Tipo de Relação (Autor, Réu, etc...) - Parte (Nome da pessoa, empresa, órgão...) Clicar em Incluir Parte Item 4 Referências Se o auto judicial cadastrado for dependente de outro auto judicial/ipl ou originado de Auto Administrativo, preencher o número e clicar em Incluir Referência ; Item 5 Fundamentação Jurídica Preencher o campo Fundamentação Jurídica com o número da base normativa e artigo da lei referente ao auto judicial cadastrado; Preencher o campo Classificação temática com a Câmara e o Tema a que se referir o assunto do auto judicial cadastrado; Clicar em Salvar e após em *** Receber este Processo ; Na aba Entrada / Retorno do Auto Judicial / IPL, preencher os seguintes campos obrigatoriamente: Item 1 Auto Judicial - Total de Volumes (número de volumes que compõe o processo); - Volumes Recebidos (número dos volumes do processo encaminhados); - Data da Vista Item 2 Classificação - Grupo de Distribuição (Conforme regras da Procuradoria) - Motivo da Entrada/Retorno (Ciência, Manifestação, Contrarrazões, etc...) Item 3 Apensos Preencher o número dos Apensos, se houverem, informando o número de volumes dos mesmos. Item 4 Anexos Preencher o tipo de expediente e o número dos Anexos, se houverem, informando o número de volumes dos mesmos. Clicar em Receber ; * Processo Eletrônico: Entrar no Sistema Único; Acessar a aba Auto Judicial/IPL e clicar em Incluir com Importação ; Preencher o campo Número do Auto Judicial/IPL com o número do auto; Clicar em Consultar Importação : 1) surgindo uma caixa com a informação O processo já existe na base de dados do Sistema Único, deseja ir para a tela do auto judicial?, clicar em Sim e seguir para o elemento do processo 3. Atualiza dados ; 2) se o processo não constar na base de dados do Sistema Único, algumas informações serão importadas da Justiça Federal automaticamente, preenchendo parte dos campos na aba Pré-cadastro de Auto Judicial/IPL ; Conferir os dados importados e preencher, obrigatoriamente, os seguintes: Item 2 Dados Básicos - Grau de Sigilo (Normal, Reservado ou Confidencial); - Área de Atuação (Criminal, Cível, Eleitoral, etc.); - Forma de Atuação (Custos Legis ou Parte); - Processo Eletrônico (marcar Sim ); - Município; Item 4 Referências Se o auto judicial cadastrado for dependente de outro auto judicial/ipl ou originado de Auto Administrativo, preencher o número e clicar em Incluir Referência ; Item 5 Fundamentação Jurídica Preencher o campo Fundamentação Jurídica com o número da base normativa e artigo da lei referente ao auto judicial cadastrado; Preencher o campo Classificação temática com a Câmara e o Tema a que se referir o assunto do auto judicial cadastrado; Clicar em Salvar e após em *** Receber este Processo ; Na aba Entrada / Retorno do Auto Judicial / IPL, preencher os seguintes campos obrigatoriamente: Item 1 Auto Judicial - Data da Vista Item 2 Classificação - Grupo de Distribuição (Conforme regras da Procuradoria) - Motivo da Entrada/Retorno (Ciência, Manifestação, Contrarrazões, etc...) Clicar em Receber ; 9

10 3. Atualiza Dados *Processo físico ou eletrônico: Clicar em Receber (Surgirá uma caixa com a pergunta Deseja conferir os dados do Auto Judicial antes de fazer o recebimento?.) Clicar em Sim e atualizar os dados judiciais do processo, caso necessário (Órgão Julgador, Nome das Partes, etc...) Clicar em Salvar e após em *** Receber este Processo ; *** Clicar em Incluir Novo se o usuário estiver fazendo apenas o cadastro dos dados do processo, sem a entrada do mesmo na Procuradoria. 4. Verifica Prevenção *Processo físico ou eletrônico: A prevenção será realizada em todos os processos criminais e de tutela coletiva; Após o cadastro dos dados do Auto Judicial e dos dados de Entrada, será verificado no próprio Auto Judicial ou no Sistema Único se há algum Documento/Processo Administrativo, Auto Administrativo ou Auto Judicial que tenha conexão com o Auto Judicial; 5. Distribui o Processo *Processo físico ou eletrônico: Na tela do Auto Judicial, clicar na aba Distribuição ; Se foi verificada prevenção: - Em Forma de Execução, selecionar Manual ; - Em Forma de Distribuição, selecionar Por prevenção ; - Em Motivo Prevenção selecionar o motivo, preencher o Ofício prevento ou Documento/ Auto Administrativo ou Judicial conexo/dependente e clicar em Executar Distribuição ; Se não houver prevenção ou o Auto Judicial for de Custos Legis: - Clicar em Distribuição Automática 6. Conclui e Entrega o Processo *Processos físico ou eletrônico: Na tela do Auto Judicial, clicar na aba Movimentação ; Em Fase seguinte, marcar Conclusão Automática se a Distribuição foi automática ou marcar Conclusão Manual se a Distribuição foi manual. Clicar em Movimentar ; Emitir as guias de remessa de processos aos gabinetes dos procuradores pelo Sistema Único; Separar as guias por salas e andares; Caso haja indicação de processos físicos na guia, conferir volumes e apensos; Entregar guia de remessa de processos nos gabinetes dos procuradores, juntamente com os processos físicos ou com as intimações eletrônicas impressas. 7. Analisa o Processo Analisar se o processo encaminhado ao Gabinete do Procurador foi distribuído e movimentado pelas Divisões Cível e Criminal conforme as regras de distribuição, confirmando se o processo é de atribuição do Procurador; Movimentar para as Divisões para redistribuição se verificado que o processo não é de atribuição do procurador, justificando por despacho (erro na classificação pela Divisão, suspeição do procurador, afastamento do procurador, etc...). 10

11 A 2. S A Í D A D E P R O C E S S O S Versão: 1.0 Autor: EPO/PRRJ A 2. S A Í D A D E P R O C E S S O S ELEMENTOS DO PROCESSO 1. Devolve no Sistema Gabinetes executam a devolução eletrônica de processos no sistema Único à Justiça Federal. Após esse procedimento, as guias de devolução serão emitidas pelos Gabinetes no Sistema Único. 2. Protocola Manifestação na Justiça Federal Processo físico: O gabinete encaminha para as Divisões Cível e Criminal o parecer original com cópia para protocolo e ambos são encaminhados junto com o processo para a Justiça Federal. A cópia recebe o protocolo da Justiça Federal e retorna às Divisões. Processo Eletrônico: O Gabinete do Procurador encaminha o parecer eletronicamente, através do sítio da Justiça Federal, recebendo o protocolo eletrônico automaticamente. 3. Arquiva Recibo As cópias dos pareceres protocolados na Justiça Federal são encaminhadas pelas Divisões Cível e Criminal para os respectivos Gabinetes para arquivamento. As guias de devolução de processos físicos com o recibo da Justiça Federal, bem como as guias de devolução dos processos eletrônicos movimentadas dos Gabinetes para as Divisões Cível e Criminal são arquivadas pelas Divisões. 11

Escritório de Processos Organizacionais - PRR3

Escritório de Processos Organizacionais - PRR3 Anexo da Instrução de Serviço nº 02/2014 Coordenadoria Jurídica Versão 1.0 Julho 2014 Procuradoria Regional da República da 3ª Região Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2020 Bela Vista São Paulo/SP 01318-002

Leia mais

Escritório de Processos do MPF

Escritório de Processos do MPF Escritório de Processos do MPF 03.07.04.03 Arquivamento de documentos Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução de Serviço SEJUD/MPF nº /2014 Escritório de Processos do MPF Suporte Institucional

Leia mais

01.02.04 Recrutamento Interno

01.02.04 Recrutamento Interno Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução Normativa SG/MPF nº 05/2014 Gestão de Pessoas Manual de Normas e Procedimentos Versão 1.0 Agosto de 2013 Esta edição do Manual foi atualizada até 26/08/2013.

Leia mais

Setor de Protocolo Administrativo do TJAM

Setor de Protocolo Administrativo do TJAM PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO 50 Setor de Protocolo Elaborado por: Adriano Ramos Gomes Setor de Protocolo

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

Liquidação de Despesas de Serviços Terceirizados com Alocação de Mão de Obra

Liquidação de Despesas de Serviços Terceirizados com Alocação de Mão de Obra Liquidação de Despesas de Serviços Terceirizados com Alocação de Mão de Obra Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução de Serviço PRMG/MPF nº 01, de 07 de julho de 2014, alterada pela Instrução

Leia mais

Gestão de Suprimento de Fundos

Gestão de Suprimento de Fundos Suporte Institucional MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Gestão de Suprimento de Fundos Esta edição do Manual foi atualizada até 26/06/2014. Ministério Público Federal Procuradoria da República do Rio Grande

Leia mais

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES Natal/RN - Janeiro de 2015 Bem vindo ao PJe O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para organizar e realizar sessões de julgamento.

Estabelecer critérios e procedimentos para organizar e realizar sessões de julgamento. Proposto por: Analisado por: Aprovado por: Diretor-Geral da Diretoria Geral de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais (DGJUR) Integrante da Comissão de Gestão Estratégica (COGES) Chefe do Poder Judiciário do

Leia mais

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 CARTILHA PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 Belo Horizonte 2015 Corregedoria-Geral de Justiça SUMÁRIO 1. Introdução 2. Perfil de Advogado 3. Módulo de Procuradoria

Leia mais

Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013

Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Serviços Auxiliares Aprovado por: Corregedoria Geral da Justiça 1 OBJETIVO Estabelecer os critérios e procedimentos

Leia mais

Procuradoria da República em Rondônia MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS. Suporte operacional de TIC

Procuradoria da República em Rondônia MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS. Suporte operacional de TIC Procuradoria da República em Rondônia MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Suporte operacional de TIC 0 2. 0 1 S U P O RT E O P E R AC I O N A L D E T I C Manual de Normas e Procedimentos Versão 1.0 Julho

Leia mais

03.01.01 Execução Orçamentária e Financeira

03.01.01 Execução Orçamentária e Financeira 03 Suporte Institucional 03.01 Gestão Orçamentária e Financeira 03.01.01 Execução Orçamentária e Financeira Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução de Serviço PR-PI/MPF nº 01/2014 Versão 1.0

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

Guia Rápido do PJe Para Advogados

Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2014 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante 1 Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante de uma parte Detalhes do processo Representante processual

Leia mais

Manual de Distribuição Processual Eletrônica

Manual de Distribuição Processual Eletrônica Manual do Usuário Manual de Distribuição Processual Eletrônica Portal de Serviços Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Distribuição Eletrônica... 3 1.1 1.2 Acesso ao Sistema... 3 Distribuindo Eletronicamente

Leia mais

Atuação Extrajudicial Cível

Atuação Extrajudicial Cível Atuação Extrajudicial Cível Manual de Normas e Procedimentos Versão 1.0 Julho de 2014 Escritório de Processos da PR/AC 1 Esta edição do Manual foi atualizada até 04/07/2014. Ministério Público Federal

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2015 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

Esta Rotina Administrativa (RAD) se aplica aos Juizados Especiais Cíveis, passando a vigorar a partir de 18/10/2013.

Esta Rotina Administrativa (RAD) se aplica aos Juizados Especiais Cíveis, passando a vigorar a partir de 18/10/2013. Proposto por: Equipe do Juizado Especial Cível Analisado por: Representante da Administração Superior (RAS Coordenador) Aprovado por: Juiz Direito Coordenador do SIGA/JEC 1 OBJETIVO Estabelecer critérios

Leia mais

COMUNICAÇÃO/CARGA POSTAL

COMUNICAÇÃO/CARGA POSTAL ANEXO I COMUNICAÇÃO/CARGA POSTAL Manual explicativo voltado à realização da carga postal, nos termos da Resolução 9/212/TJSE, e do Convênio nº 5/212, junto à Procuradoria Federal e Procuradoria Federal

Leia mais

COMO FAZER? Como preencher adequadamente um envelope para expedição de documentos e processos?... 2

COMO FAZER? Como preencher adequadamente um envelope para expedição de documentos e processos?... 2 COMO FAZER? Como preencher adequadamente um envelope para expedição de documentos e processos?... 2 Como preencher adequadamente uma comunicação interna CI?... 3 Como montar um processo físico?... 4 Como

Leia mais

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE 1 ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD). Atualizada em: 23/03/2015.

Leia mais

Cartilha de Custas de Recursos Excepcionais

Cartilha de Custas de Recursos Excepcionais TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERCEIRA VICE-PRESIDÊNCIA Cartilha de Custas de Recursos Excepcionais 7ª Edição Verifique se as informações desta Edição estão atualizadas Desembargador

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários.

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários. Proposto por: Juiz de Direito Analisado por: Integrante da Comissão de Gestão Estratégica (COGES) Aprovado por: Chefe do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (PJERJ) ATENÇÃO: A cópia impressa a

Leia mais

Cadastro de Declaração Anual de Bens

Cadastro de Declaração Anual de Bens Cadastro de Declaração Anual de Bens Estado do Ceará Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Ceará Secretaria de Tecnologia da Informação Departamento de Informática Em parceria com a Softplan

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-500-R00 ARQUIVAMENTO DE PROCESSOS NA SGP

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-500-R00 ARQUIVAMENTO DE PROCESSOS NA SGP MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-500-R00 ARQUIVAMENTO DE PROCESSOS NA SGP 02/2016 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 03 de fevereiro de 2016. Aprovado, Carolina dos Santos Costa 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor de Secretaria Versão 1.0 Diretoria da Tecnologia da Informação 1 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual

Leia mais

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores;

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores; Resumo Este documento contém orientações sobre como utilizar o sistema SAJPG5 para gerar Vistas ao Ministério Público do Estado de São Paulo através do conceito de Intimações Eletrônicas - Portal. Principais

Leia mais

Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet

Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet Diretoria de Tecnologia da Informação Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet Portal e-contas Manaus, Março de 2013 Controle das Versões Data da Versão Versão 14/03/2013 1.0 Página 2 de 17 Conteúdo

Leia mais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais SIDAP 1º INSTÂNCIA Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. RESOLUÇÃO Nº 65/2008 - OBJETIVOS DA NUMERAÇÃO PADRONIZADA... 3 3. NUMERAÇÃO PADRONIZADA

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br A funcionalidade proporciona aos advogados o peticionamento inicial e o peticionamento incidental somente para os juizados virtuais da Justiça do Estado do Amapá. Procedimentos: 1. Acessar o site do Tribunal

Leia mais

RESOLUÇÃO AGE Nº 335, DE 23 DE JULHO DE 2013. (Texto Consolidado)

RESOLUÇÃO AGE Nº 335, DE 23 DE JULHO DE 2013. (Texto Consolidado) RESOLUÇÃO AGE Nº 335, DE 23 DE JULHO DE 2013. (Texto Consolidado) Dispõe sobre o Sistema de Controle de Processos Judiciais e Expedientes Administrativos Tribunus. O ADVOGADO-GERAL DO ESTADO, no uso de

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para o registro e publicação dos acórdãos das Turmas Recursais.

Estabelecer critérios e procedimentos para o registro e publicação dos acórdãos das Turmas Recursais. Proposto por: Equipe da Secretaria das Turmas Recursais (SETRE) REGISTRAR E PUBLICAR ACÓRDÃOS Analisado por: Representante da Administração Superior (RAS) Aprovado por: Juiz Coordenador 1 OBJETIVO Estabelecer

Leia mais

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Publicada no DJE/STF, n. 72, p. 1-2 em 26/4/2010 RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DO

Leia mais

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.419, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre a informatização do processo judicial; altera a Lei n o 5.869, de 11 de janeiro de 1973

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico danielvermersch@tjrj.jus.br PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico Ano 2014 Sumário 1. Acesso ao Portal de Serviços 2. Perfis de Usuários 3. Portlets 4. Consultas Processuais 5. Distribuição Eletrônica

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor (2º Grau) Versão 2.0 Diretoria da Tecnologia da Informação 1 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO, 3 2 FUNCIONALIDADE ADMINISTRATIVA, 3 2 S ORGANIZACIONAIS DO CENTRO DE ESTUDOS, 3

Leia mais

SGD - Sistema de Gestão de Documentos

SGD - Sistema de Gestão de Documentos Agosto/2012 SGD - Sistema de Gestão de Documentos Manual do Módulo Documentos Características Orientações de utilização do Módulo Documentos. Apresentação das funcionalidades. Telas explicativas e passo

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Defesa Civil Gabinete do Secretário

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Defesa Civil Gabinete do Secretário Manual Básico Aplicação UPO Controle e Acompanhamento de Processos e Documentos dos Órgãos do Estado do Rio de Janeiro 1 GLOSSÁRIO 1 - Introdução 03 2 - Identificação do Usuário no PRODERJ 03 3 - Acesso

Leia mais

NOVO PROCEDIMENTO DE EXPEDIÇÃO DO SISTEMA APOLO

NOVO PROCEDIMENTO DE EXPEDIÇÃO DO SISTEMA APOLO NOVO PROCEDIMENTO DE EXPEDIÇÃO DO SISTEMA APOLO Cuiabá-MT Agosto/2014 Versão 2.0 ii SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1 FERRAMENTA DE EXPEDIÇÃO... 5 1.1 Escolha das decisões... 12 1.2 Escolha de partes... 14 1.3

Leia mais

RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007

RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007 RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007 Regulamenta o meio eletrônico de tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e transmissão de peças processuais no Supremo Tribunal Federal (e-stf) e dá

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.419, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre a informatização do processo judicial; altera a Lei no 5.869,

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010 Regulamenta o processo judicial eletrônico no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS ORIENTAÇÕES GERAIS No decorrer do ano de 2012/2013 o Plano PUMA implantou sistema único em todo o Estado. Tal sistema abrange área

Leia mais

SIPAC- SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS MÓDULO DE PROTOCOLO MANUAL DE OPERAÇÃO Versão 1.0 Dezembro/2012

SIPAC- SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS MÓDULO DE PROTOCOLO MANUAL DE OPERAÇÃO Versão 1.0 Dezembro/2012 SIPAC- SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS MÓDULO DE PROTOCOLO MANUAL DE OPERAÇÃO Versão 1.0 Dezembro/2012 Caro Gestor, Este manual de operação tem por objetivo instruí-lo sobre

Leia mais

PETICIONAMENTO ELETRÔNICO TJ/RJ RESPONSABILIDADE USUÁRIO. Confeccionar arquivos conforme requisitos. Acompanhar divulgação indisponibilidade

PETICIONAMENTO ELETRÔNICO TJ/RJ RESPONSABILIDADE USUÁRIO. Confeccionar arquivos conforme requisitos. Acompanhar divulgação indisponibilidade PETICIONAMENTO ELETRÔNICO TJ/RJ RESPONSABILIDADE USUÁRIO Confeccionar arquivos conforme requisitos Formato + Tamanho Acompanhar divulgação indisponibilidade Manutenção do sistema Acompanhamento regular

Leia mais

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI)

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Agenda MINISTERIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL ETECNOLÓGICA IFBAIANO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica Administrativo SIGA-ADM ADM Módulo de Protocolo TREINAMENTO (Geral) O Sistema

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 4 Sumário 1 Processo3 11 Consulta3 111 Consulta de Processo3 112 Localização Tarefa21 113 Retificação

Leia mais

Entrada de Documentos na PR-ES. Bizagi Process Modeler

Entrada de Documentos na PR-ES. Bizagi Process Modeler Bizagi Process Modeler Índice 1 I.Entrada Principal de DOCs na PRES pela SPJ.... 3 1.1 I.Entrada Principal de Documentos na PR/ES pela SPJ (...)... 5 1.1.1 Elementos do processo.... 6 1.1.1.1 Evento inicial

Leia mais

Processo Eletrônico. Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores:

Processo Eletrônico. Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores: Processo Eletrônico Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores: Princípio da Universalidade; Princípio da Uniquidade; Princípio da Publicidade; Princípio

Leia mais

Peticionamento Anvisa Integração Sistemas

Peticionamento Anvisa Integração Sistemas Peticionamento Eletrônico Peticionamento Anvisa Integração Sistemas Brasília, 09 de maio de 2014. 1. Objetivo O presente documento tem por objetivo orientar sobre os procedimentos relacionados às solicitações

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO 1 / 15 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada... 8 Certidão Específica... 10 Certidão

Leia mais

PORTARIA TC N 461, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015

PORTARIA TC N 461, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015 PORTARIA TC N 461, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015 Regulamenta a realização de inventário nos processos físicos em tramitação nas unidades organizacionais do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. O PRESIDENTE

Leia mais

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM TABELA DE TEMPORALIDADE E DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM 700 ATIVIDADES JUDICIÁIS DE 1ª INSTÂNCIA 710 VARAS DO TRABALHO 710.1 - Alvará de Seguro Desemprego Original - Requerente Até retirada Via - Pasta 2 anos

Leia mais

Peticionar Inquérito e Outros Documentos

Peticionar Inquérito e Outros Documentos Peticionar Inquérito e Outros Documentos Este manual se destina a orientar a Polícia Civil a realizar o Peticionamento de Inquéritos e Outros Documentos (exceto Auto de Prisão em Flagrante) para o Tribunal

Leia mais

ATENÇÃO: A cópia impressa a partir da intranet é cópia não controlada.

ATENÇÃO: A cópia impressa a partir da intranet é cópia não controlada. Proposto por: Diretor da Divisão de Protocolo Administrativo da Corregedoria (DIPAC) Analisado por: Diretor do Departamento de Suporte Operacional (DESOP) Aprovado por: Diretor-Geral da Diretoria-Geral

Leia mais

MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO

MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO Florianópolis, março de 2005 SINGU SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA INDICE 1. CADASTRAR PROTOCOLO...3 2. VINCULAR DOCUMENTO A PROCESSO...5 3. VINCULAR INTERESSADO A

Leia mais

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006.

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. CORREGEDORIA-GERAL PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. Fixa regras de associação e atribuição de processos a Juízes Federais Titular e Substituto e dá outras providências. A EXCELENTÍSSIMA SENHORA

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP UNIDADE 2.6.15.1 Atender cliente Atender o cliente e analisar a solicitação para identificar se é restituição por pagamento indevido (erro de leitura, erro de cadastro, faturamento indevido), pagamento

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014) INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014) EMENTA: Implanta o Sistema Processo Judicial Eletrônico-PJe nas Varas Cíveis da Capital e dá outras providências. O Presidente do Tribunal de Justiça

Leia mais

SIDAP - Sistema Integrado de Distribuição e Acompanhamento Processual

SIDAP - Sistema Integrado de Distribuição e Acompanhamento Processual SUMÁRIO 1. SOBRE A RESOLUÇÃO 46 MOVIMENTO DO CNJ 2. CONSULTA E CADASTRO DE MOVIMENTOS DO PROCESSO 2.1 CONSULTAR MOVIMENTOS CADASTRADOS 2.2 CADASTRAR MOVIMENTOS MANUAIS 3. GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE MOVIMENTOS

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários.

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários. Proposto por: Equipe da Vara Empresarial ATENDER A SOLICITAÇÕES Analisado por: RAS da Vara Empresarial Aprovado por: Juiz de Direito da Vara Empresarial 1 OBJETIVO Estabelecer critérios e procedimentos

Leia mais

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16 Regulamento SIGA Versão 1.0 Outubro, 2013 Página 1 de 16 Sumário Objetivo deste Regulamento...3 Introdução...4 Definição...4 O que é documento para o SIGA...4 Numeração dos documentos no SIGA...4 Disposição

Leia mais

MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT. Autor: TRT 5ª REGIÃO

MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT. Autor: TRT 5ª REGIÃO MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT Autor: TRT 5ª REGIÃO Informações iniciais! A distribuição de um mandado de segurança no PJe-JT é simples e se resume ao preenchimento

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 23ª VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUÍZA FEDERAL TITULAR DRA. MARIA AMELIA ALMEIDA SENOS DE CARVALHO JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DRA. LUCIANA DA CUNHA VILLAR

Leia mais

CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aracaju-SE, junho de 2015 1 SUMÁRIO I - APRESENTAÇÃO... 3 II - PROCEDIMENTO NO SISTEMA INFORMATIZADO... 3 III - DO REGISTRO DA SITUAÇÃO

Leia mais

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL CONFORTO, AGILIDADE, ECONOMIA, SEGURANÇA 1ª Edição dezembro de 2009 Elaboração e Projeto Gráfico Subsecretaria de Informação e Documentação SID Arte Cristina Gerheim

Leia mais

COMO EMITIR A GRU. Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões

COMO EMITIR A GRU. Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões COMO EMITIR A GRU Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões Atenção: As custas devem ser recolhidas por meio de GRU

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO. INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO. INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN Publicada no DOE do dia 25/02/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 11-2012/SEGPLAN Regulamenta os procedimentos para abertura de processos, juntada, cópia e demais rotinas de tramitação de processos e documentos

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO Certidão e Reimpressão de Documentos 1 / 17 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada...

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos.

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos. Proposto por: Equipe de Vara Cível Analisado por: Chefe de Serventia Judicial Aprovado por: Juiz de Direito 1 OBJETIVO Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos. 2 CAMPO DE APLICAÇÃO

Leia mais

ANEXO CONTROLE DE ACESSO NO PJE-JT HIERARQUIA DE PAPEIS E RECURSOS 2º grau

ANEXO CONTROLE DE ACESSO NO PJE-JT HIERARQUIA DE PAPEIS E RECURSOS 2º grau 1178/2013 - Terça-feira, 05 de Março de 2013 Conselho Superior da Justiça do Trabalho 1 ANEXO CONTROLE DE ACESSO NO PJE-JT HIERARQUIA DE PAPEIS E RECURSOS 2º grau Art. 1 o O acesso de usuários no Processo

Leia mais

Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO

Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO Cartilha do SISTEMA DE ATERMAÇÃO ONLINE SAO Para o ajuizamento de ação no JEF e encaminhamento de manifestações/documentos para os JEFs, sem advogado, via internet. O mesmo atendimento que é feito no setor

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS Partindo de levantamentos realizados no questionário da

Leia mais

Eliminação de processos e documentos de arquivo

Eliminação de processos e documentos de arquivo Eliminação de processos e documentos de arquivo OT-05 1 Enquadramento legal e objetivo da eliminação: A eliminação de documentos de arquivo é um ato de gestão que tem por objetivo, libertar o arquivo de

Leia mais

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br http://www.jef-rs.gov.br VANTAGENS DO SISTEMA ELETRÔNICO: DIRETAS INDIRETAS Diminuição de custos com papel, impressão, fotocópias; deslocamentos ao JEF; comodidade do acesso imediato aos autos no momento

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento DICAD Divisão de Suporte Técnico de Gestão SEPOR Serviço de

Leia mais

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones 1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO 1.1 Resolução nº 65 do CNJ 1.2 Conversão do Número do Processo 1.3 Novos ícones 1 Tela Antiga Tela Nova 2 2. NOVIDADES DA VISUALIZAÇÃO DAS FILAS DE TRABALHO 2.1

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores Secretaria de Gestão, Controles e Normas Departamento de

Leia mais

Manual do Advogado Passo a passo

Manual do Advogado Passo a passo PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe Manual do Advogado Passo a passo Conteúdo: PARTE 01 - Respostas às principais dúvidas PARTE 02 - Como cadastrar um processo PARTE

Leia mais

Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006

Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006 Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006 Alterado por Ato Normativo nº 905/2015, de 11/06/2015 (PT nº. 20.243/06) Aprova o Plano de Classificação de Documentos e a Tabela de Temporalidade

Leia mais

Atualizado em 22/07/2015 PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE GERADOR DE MATERIAL SECUNDÁRIO

Atualizado em 22/07/2015 PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE GERADOR DE MATERIAL SECUNDÁRIO Atualizado em 22/07/2015 PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE GERADOR DE MATERIAL SECUNDÁRIO CADASTRO DA SOLICITAÇÃO 1. Acessar www.agricultura.gov.br => Serviços e Sistemas => Sistemas => Sistemas Integrado

Leia mais

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS Localize o processo no sistema. Na capa do processo em INFORMAÇÕES ADICIONAIS clique na opção DEPÓSITO JUDICIAL. 1. CADASTRANDO CONTAS JUDICIAIS 1.1- Na tela

Leia mais

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA-GERAL FEDERAL PROCURADORIA FEDERAL JUNTO ao IFC

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA-GERAL FEDERAL PROCURADORIA FEDERAL JUNTO ao IFC ORDEM DE SERVIÇO CONJUNTA Nº 01/GR/PF-IFC, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE E O PROCURADOR-CHEFE DA PROCURADORIA FEDERAL JUNTO AO

Leia mais

Memorando nº 08/2015 Em 07 de Maio de 2015

Memorando nº 08/2015 Em 07 de Maio de 2015 DESTINATÁRIO (S): ASSUNTO: Aos Senhores Magistrados e Servidores das Varas com competência Criminal, Juizado Especial Criminal e de Execução de Penas e Medidas Alternativas Instrução Normativa Conjunta

Leia mais

Circular 0188/2000 São Paulo, 09 de junho de 2000.

Circular 0188/2000 São Paulo, 09 de junho de 2000. [fesehf/cabecalho.htm] Circular 0188/2000 São Paulo, 09 de junho de 2000. Assunto: Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS Prezado(a) Senhor(a), Administrador(a) Planos de Saúde A Agência Nacional de

Leia mais

Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública

Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública 1 Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD) e 34ª Vara Cível de BH. Atualizada

Leia mais

PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014. Institui o processo administrativo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. O PRESIDENTE DO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos relativos ao envio eletrônico de processos aos Tribunais Superiores.

Estabelecer critérios e procedimentos relativos ao envio eletrônico de processos aos Tribunais Superiores. ENCAMINHAR AUTOS DIGITALIZADOS AOS TRIBUNAIS SUPERIORES Proposto por: Equipe do Serviço dos Tribunais Superiores (SETRI) Analisado por: Diretor da Divisão de Comunicação Externa e Gestão (DICOM) Aprovado

Leia mais

CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL

CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL CADASTRO E ALTERAÇÃO DE PROCESSOS - CLASSES E ASSUNTOS DO CNJ Aracaju, agosto de 2015. 1 SUMÁRIO 1. Introdução...3 1.1. Classes Processuais...3 1.2. Assuntos Processuais...5

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis

Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis BPM Day Serra Gaúcha 2013 Carolina Möbus Volnei Rogério Hugen O Poder Judiciário De acordo com o fundamento do Estado, o Poder Judiciário tem a Missão

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais