HUMAITÁ Ato de Criação: Decreto Nº 31 de 04/02/1890.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HUMAITÁ Ato de Criação: Decreto Nº 31 de 04/02/1890."

Transcrição

1 HUMAITÁ Ato de Criação: Decreto Nº 31 de HUMAITÁ ASPECTOS FÍSICOS E GEOGRÁFICOS: Localização: Situado na 5ª Sub-Região Região do Madeira. Limites: Manicoré, Rondônia, Canutama e Tapauá. Área Territorial: Km². Distância da sede municipal para Manaus: Em linha reta 675 Km Via fluvial 972 km Festas Religiosas: Festa de Nossa Senhora da Conceição (29 de novembro a 8 de dezembro). Festas Populares: Aniversário da Cidade de Humaitá (15 de maio) e Festa de Peão Boiadeiro (agosto). Santo Padroeiro: Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Rios Principais: Madeira, Marmelo, Maici, Beheem e Ipixuna. Povos Indígenas: Diahuí, Parintintin, Pirahã, Mura-pirahã, Tenharin, Apurinã, Munduruku, Juma, Torá. Clima: Tropical chuvoso e úmido Temperatura: Máxima de 30,5ºC Mínima de 22,4º C Média de 26,3ºC Fonte: Unidade Local ASPECTOS POPULACIONAIS: Comunidades Existentes: 113 População urbana: habitantes População rural: habitantes TOTAL: habitantes FONTE: IBGE- CENSO 2010 ASPECTOS INFRA-ESTRUTURAIS: Transporte aéreo: Sim Transporte rodoviário: Sim Transporte fluvial: Sim

2 INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL IDH Esperança de vida ao nascer HUMAITÁ (AM) Taxa de alfabetização de adultos Taxa bruta de freqüência escolar Renda per capta 66,960 0,750 0, ,356 0,699 Índice de educação (IDHM-E) Índice de PIB (IDHM-R) Índice de Des. Humano Municipal (IDH-M) Ranking por UF Índice de esperança de vida (IDHM-L) Ranking Nacional 0,745 0,591 0, Fonte: - ONU / ano 2000 INFRA-ESTRUTURA MUNICIPAL DE APOIO A PRODUÇÃO RURAL Discriminação Unid. Existente Quant. Conservação AGROINDUSTRIA Abatedouro unid. 03 Bom Beneficiadora de fruta unid. 05 Bom Beneficiadora de arroz unid. 01 Bom Casa de farinha mecanizada unid. 02 Bom Casa de farinha tradicional unid. 510 Regular Engenho de cana-de-açúcar unid. 01 Ótimo Secador de cereais unid. 04 Regular ARMAZENAMENTO Armazém unid. 04 Bom Empacotadeira unid. 01 Bom Câmara frigorífica unid. 04 Regular TRANSPORTE DA PRODUÇÃO Caminhão (carroceria de madeira) unid. 03 Precário Caminhão frigorífico unid. 01 Regular Carroça tração motorizada unid. 03 Precário MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA Colheitadeira de arroz unid. 02 Regular Distribuidor de calcário unid. 03 Regular Microtrator unid. 10 Precário Trator de esteira unid. 01 Regular OUTROS Estradas vicinais km 300 Precária Fábrica de gelo unid. 03 Regular Feira coberta unid. 02 Precário Fonte:IDAM/DEPLA Obs: Informações coletadas através dos Planos Operativos das Unidades Locais do IDAM. (¹) Faz-se necessário um abatedouro com inspeção municipal;

3 AÇÕES DE APOIO A PRODUÇÃO RURAL / FOMENTO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS DISCRIMINAÇÃO QUANTIDADE (¹) (previsão) Total Grupo Gerador de 7,5 KVA Grupo Gerador de 15 KVA Grupo Gerador de 30 KVA Motor a Gasolina de 5,5 a 6 cv Rabeta Forno para casa de farinha Cevador tipo catitu Kit Ferramenta Kit Pescador TOTAL Fonte: IDAM

4 ESTRUTURA DO IDAM HUMAITA Recursos Humanos Nº Situação atual Servidor Cargo Reg. Jurídico Função 01 Carlos Antônio Pantoja Engenheiro Agrônomo Q. Suplementar Extensionista 02 Marcos Eugêneo C; de Almeida Técnico Agropecuária Estatutário Extensionista 03 Edno Soares da Costa Ass. Administrativo Estatutário Assistente Administrativo 04 Aldízio de Souza Limeira Motorista Estatutário Motorista 05 Anderson Oliveira Cardoso Estagiário/Agronomia Estágio Estágio/Agronômia 06 Rosangela Meirelles Barbosa Oliveira Engenheiro Agrônomo Instituto Amazônia Extensionista 07 Naelson Sarmento de Maria Engenheiro de Pesca Instituto Amazônia Extensionista 08 Jefferson Fernando Gerhart Médico Veterinário Instituto Amazônia Extensionista 09 Francisco Lopes Santiago Neto Técnico Agropecuário Instituto Amazônia Extensionista 10 Luiz Carlos Andrade Freire Técnico Agropecuário Instituto Amazônia Extensionista 11 Jayna do Socorro G. da Cruz Aux.nistrativo Instituto Amazônia Assistente Administrativo 12 José Maria Oliveira da Silva Médico Veterinário Cargo Comissionado Extensionista 13 Manoel do Rosário Oliveira Rodrigues Vigilante Prefeitura Municipal Vigilante Recursos Humanos - Necessário Incremento Discriminação Quant. 01 Assistente Social 1 02 Técnico Agropecuário 2 03 Assistente Administrativo 1 04 Motorista Fluvial 1 05 Auxiliar de Serviços Gerais 1 06 Vigilante 2 TOTAL 8 Principais Infra-estruturas de Apoio (Recursos Materiais) Situação atual Discriminação Quant. Estado de Conservação Situação Alojamento 01 Bom Próprio Bote ou canoa 03 Bom Próprio Flutuante 02 Bom Próprio Lanha/equipada 01 Regular Próprio Computador completo 05 Regular Próprio Motocicleta 125 c.c 02 Bom Próprio Motor de popa 40 HP 01 Bom Próprio Motor de popa 15 HP 02 Bom Próprio Prédio em alvenaria 01 Regular Próprio Veículo utilitário 01 Bom Próprio Principais Infra-estruturas de Apoio (Recursos Materiais) - Necessário Incremento Discriminação Quant. Motor de polpa de 25 HP 1 Motor de polpa de 40 hp 1 Computador completo com impressora 3 Fonte: IDAM/ DEPLA

5 ATIVIDADES DE ATER ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL Beneficiários dos serviços e metodologias de ATER Beneficiários de ATER Metodologias Produtores Rurais ( ¹ ) Visitas Pescadores Curso/Treinandos 11/210 3/84 5/85 4/77 Reuniões / Famílias Rurais /540 27/791 15/434 45/1.099 Associações / 18/342 15/328 15/328 11/216 Supervisão de Crédito Grupos Rurais / Comunidades Rurais / Cooperativas / - 2/370 1/351 1/337 D. M. / 4/66 4/48 50/311 35/299 79/574 58/674 48/556 67/967 1/18 1/6 - - ( ¹ ) Relação extensionista / produtor assistido em 2010: 1/ 294 Unidades Demonstrativas Unidades de Observação Ações de Fomento DISCRIMINAÇÃO Unid Distribuição de sementes de milho, feijão e arroz t 87,00 15,36 46,00 6,11 Distribuição de sementes de hortaliças (1) Kg 21,00 36,40-64,70 Distribuição de mudas de bananeira unid resistente a sigatoka negra (²) Distribuição de vacinas contra febre aftosa (duas etapas) ) (¹) Melancia, couve, alface, quiabo, cebolinha, pimentão, maxixe, coentro, pepino e abóbora. Nº animais vacinados PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA / DOAÇÃO SIMULTÂNEA ANO Agricultores Beneficiados Colônia de Pescadores Z- 31 Associação do Produtores Rurais de São Miguel de Humaitá Colônia dos Pescadores Z- 31 Dr. Renato Pereira Gonçalves de Humaitá entidades Fornecedoras Principais Produtos Branquinha, Cubiu, Curimatã, Jaraqui, Pacu e Piau Abacaxi, Abobora, Banana, Cebolinha, Chicória, Coentro, Couve, Cupuaçu e Macaxeira Aracu, Branquinha, Curimatã, Jaraqui, Pacu e Sardinha Nº Entidades Consumidoras Valor (R$) , , ,00

6 PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DA MERENDA ESCOLAR PREME / PARA ATENDIMENTO DAS ESCOLAS ESTADUAIS Ano Entidades Principais Produtos Valor (R$) Arroz , Arroz e Polpa de açaí , Polpa de açaí, Arroz e Feijão de praia ,00 PRINCIPAIS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS DO MUNICÍPIO CULTURAS Produtores ESTIMATIVA DO MUNICÍPIO Área (ha) ANO 2011 Área em Produção (ha) / Nº ciclos Produção Arroz t Milho t Feijão ,00 t Soja ,00 540,00 t Mandioca t Café ,00 120,00 t Cacau ,00 60,00 t Abacaxi ,00 360,00 mil frutos Cupuaçu ,00 90,00 mil frutos Coco ,00 100,00 mil frutos Banana ,00 116,00 mil cachos Açaí ,00 360,00 mil cachos Pupunha ,00 32,00 mil cachos Macaxeira ciclo 840,00 t Fonte:IDAM/DEPLA t = tonelada CRIAÇÕES Bovinocultura de corte Bovinocultura mista ESTIMATIVA DO MUNICÍPIO Criadores ANO 2011 Animais Produção ,60 t carne ,80 t carne 742,50 mil l leite 2,40 t queijo Bubalinocultura ,32 t carne Suinocultura ,20 t carne Ovinocultura ,19 t carne Caprinocultura ,23 t carne Avicultura caipira ,00 t carne cx ovos Piscicultura ,50 t carne

7 PRINCIPAIS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS E EXTRATIVISTAS GERADORAS DE OCUPAÇÃO ECONÔMICA E RENDA Atividades Nº Área (ha)/ Valor Unitário Valor Bruto da Produção Obtida Famílias Nº Animais (R$) Produção (R$) Pecuária de corte ,60 t 4.300, ,00 Açaí 54 90,00 360,00 t 1.200, ,00 Piscicultura t 1.900, ,00 Grãos (milho, arroz, feijão, soja) , t 500, ,00 Banana ,00 116,00 mil cachos 8,170, ,00 Madeira manejada 50 15, m³ 320, ,00 Castanha hcl 60, ,00 Pesca artesanal t 1.900, ,00 Total ,00 Crédito Rural A N O Projetos elaborados Projetos contratados Nº Valor R$ Nº Valor R$ , , , , , , , ,00 (¹) Principais atividades financiadas: mandioca, cacau, olericultura, pecuária, pesca artesanal, máquinas e equipamentos. PROPOSTA DE IMPLEMENTAÇÃO DE CRÉDITO RURAL DE HUMAITÁ PARA Atividade Financiada Propostas Quant. Valor Unitário (ha/animais) R$ (ha/proposta) Valor Total R$ Origem dos Recursos Olericultura 7 11, ,00 FMPES/PRONAF Fruticultura , ,00 FMPES/PRONAF Culturas Industriais , ,00 FMPES/PRONAF Grãos , ,00 FNO/AFEAM Pesca Artesanal , ,00 FMPES/PRONAF/FNO Piscicultura , ,00 FMPES/PRONAF/FNO Agroindústria 5 5, ,00 FMPES/FNO Produção Florestal 33 33, ,00 FMPES/PRONAF/FNO Criações ,00 FMPES/FNO/PRONAF Total ,00 Fonte: IDAM/ DEPLA

ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955.

ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955. @ ATALAIA DO NORTE Ato de Criação do município: Lei n. º 96 de 19/12/1955. ATALAIA DO NORTE I ASPECTOS FÍSICOS E GEOGRÁFICOS: Localização: Situado na 1ª Sub-Região - Região do Alto Solimões. Limites: Benjamin

Leia mais

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011 PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011 Mais crédito, mais segurança e juros menores. Do Plano Safra 2002/2003 ao Plano Safra 2010/2011, o volume de recursos oferecidos por meio do Pronaf para custeio

Leia mais

A Experiência da ADS na Comercialização dos Produtos da Aquicultura Familiar do Amazonas!

A Experiência da ADS na Comercialização dos Produtos da Aquicultura Familiar do Amazonas! A Experiência da ADS na Comercialização dos Produtos da Aquicultura Familiar do Amazonas! Novembro/2009 Valdelino Cavalcante ZONA FRANCA VERDE Política estadual de interiorização do desenvolvimento, como

Leia mais

NOVA CALIFÓRNIA - LÁBREA

NOVA CALIFÓRNIA - LÁBREA NOVA CALIFÓRNIA - LÁBREA MANACAPURU @ ASPECTOS FÍSICOS E GEOGRÁFICOS: Localização: Situado na 3ª Sub-Região Região do Purus Limites: Situado à margem direita do Rio Iquiri (Rio Ituxi), Sul do Município

Leia mais

Agronegócios com responsabilidade ambiental! Ações de Apoio Governamental aos APL s no Amazonas

Agronegócios com responsabilidade ambiental! Ações de Apoio Governamental aos APL s no Amazonas Agronegócios com responsabilidade ambiental! Ações de Apoio Governamental aos APL s no Amazonas Outubro/2009 Valdelino Cavalcante ZONA FRANCA VERDE Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas Outubro/2011 Fernando Guimarães ZONA FRANCA VERDE Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO GOVERNO DO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO À PRODUÇÃO-SEDIP PROGRAMA DE REDUÇÃO DA POBREZA E GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS DO PARÁ Incentivo Apoio Técnico Fortalecimento

Leia mais

CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS

CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS CASOS DE SUCESSO DE APL s NO AMAZONAS DEZEMBRO 2013 Valdelino Cavalcante Coordenador do Núcleo Estadual de apoio aos Arranjos Produtivos Locais GTP/APL s Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO

O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO Agropecuária É o termo utilizado para designar as atividades da agricultura e da pecuária A agropecuária é uma das atividades mais antigas econômicas

Leia mais

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS Fortalecimento e ampliação das políticas públicas O Plano Safra da Agricultura Familiar 2009/2010 fortalece

Leia mais

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Características Agropecuárias A sociedade brasileira viveu no século XX uma transformação socioeconômica e cultural passando de uma sociedade agrária para uma sociedade

Leia mais

Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário

Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário Janeiro - 2011 Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Programa Nacional de Fortalecimento Da Agricultura Familiar OBJETIVO Fortalecer

Leia mais

Anexo I. Diagnóstico da Unidade Produtiva

Anexo I. Diagnóstico da Unidade Produtiva Chamada Pública SEAPROF nº. 01/2012 Anexo I. Diagnóstico da Unidade Produtiva Nome da Instituição/Unidade de ATER: Nome do Técnico:. Assinatura Data de Aplicação: / / QUESTIONÁRIO Nº: IDENTIFICAÇÃO 1.1

Leia mais

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município Município: 274 - ITUVERAVA Estrutura Fundiária Extrato No. UPAs

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SUBPROJETOS

CLASSIFICAÇÃO DOS SUBPROJETOS Infraestrutura Obras Civis Abastecimento D água Singelo ADS Infraestrutura Obras Civis Abastecimento D água Completo ADC Infraestrutura Obras Civis Adequação de Abastecimento D água AAD Açude Adutora Caixa

Leia mais

CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA

CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA FAMÍLIA SERRATALHADENSE. Serra Talhada, 2014 CRIAÇÃO

Leia mais

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Política Institucional da SEPROR QUEM SOMOS NÓS? O Amazonas possui 270 mil produtores

Leia mais

I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010. Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim

I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010. Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim I SEMINÁRIO ESTADUAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS 2010 Engª Agrônoma e Perita Ambiental Suelen Alves Bomfim Manaus - 13/8/2010 APL DE POLPAS, EXTRATOS E CONCENTRADOS DE FRUTAS REGIONAIS CIDADE PÓLO: ITACOATIARA

Leia mais

Linhas de Crédito PISCICULTURA INVESTIMENTO CUSTEIO. Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações.

Linhas de Crédito PISCICULTURA INVESTIMENTO CUSTEIO. Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações. PISCICULTURA CUSTEIO INVESTIMENTO Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações. financiar as despesas normais de custeio da produção agrícola e pecuária. Linhas de Crédito

Leia mais

Propostas da LDO 2013

Propostas da LDO 2013 Propostas da LDO 2013 Secretaria Municipal de Educação Complementação da Merenda Escolar; Reforma de Escolas; Construção de Escolas; Reparos em Escolas; Construção de Espaços para prática de Educação Física;

Leia mais

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463 MERCADOS INSTITUCIONAIS COMO ALTERNATIVA PARA O FORTALECIMENTO DOS MERCADOS LOCAIS DE ALIMENTOS: O CASO DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) NO MUNICÍPIO DE TUPI PAULISTA/SP Valmir José de Oliveira

Leia mais

Perfil Territorial. Vale Do Juruá - AC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Vale Do Juruá - AC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Vale Do Juruá - AC O Território da Cidadania Vale Do Juruá - AC está localizado na região Norte e é composto por 5 municípios:, Mâncio Lima,, Porto Walter e Rodrigues Alves. Desenvolvimento Territorial

Leia mais

DILMA ROUSSEFF Presidenta da República. PATRUS ANANIAS Ministro do Desenvolvimento Agrário

DILMA ROUSSEFF Presidenta da República. PATRUS ANANIAS Ministro do Desenvolvimento Agrário DILMA ROUSSEFF Presidenta da República PATRUS ANANIAS Ministro do Desenvolvimento Agrário MARIA FERNANDA RAMOS COELHO Secretária Executiva do Ministério do Desenvolvimento Agrário MARIA LÚCIA DE OLIVEIRA

Leia mais

Programa de Aquisição de Alimentos

Programa de Aquisição de Alimentos Programa de Aquisição de Alimentos Programa de Aquisição de Alimentos Produção Consumo Rede Socioassistencial Agricultura Familiar Inclui: Agricultores Familiares; Assentados; Povos e Comunidades Tradicionais;

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR P N A E 250 mil famílias poderão ser beneficiadas (estimativa) Cerca de R$1 bilhão 47 milhões de alunos da educação básica da rede pública GRANDE DESAFIO: AS

Leia mais

F N O - PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO

F N O - PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO F N O - PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO NO SETOR RURAL Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar PRONAF Programa de Financiamento às Atividades Agropecuárias Programa a de Financiamento a

Leia mais

ANEXO I GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA RELAÇÃO DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E SUAS ESPECIFICAÇÕES. GÊNERO ALIMENTÍCIO

Leia mais

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo?

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo? O que é o Fundo? O Fundo Terra Verde é uma fonte de financiamento para o desenvolvimento sustentável de São Félix do Xingu (SFX), no sudeste do Pará. Ele é um mecanismo privado e tem como objetivo captar,

Leia mais

AGENDA DE COMPROMISSOS DO MUTIRÃO ARCO VERDE TERRA LEGAL ALTA FLORESTA MATO GROSSO

AGENDA DE COMPROMISSOS DO MUTIRÃO ARCO VERDE TERRA LEGAL ALTA FLORESTA MATO GROSSO AGENDA DE COMPROMISSOS DO MUTIRÃO ARCO VERDE TERRA LEGAL ALTA FLORESTA MATO GROSSO Os Governos Federal, Estadual e Municipal, buscando oferecer alternativas ao atual modelo produtivo e combater o desmatamento

Leia mais

TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014

TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014 TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014 O SISTEMA PAIS (PRODUÇÃO AGROECOLÓGICA INTEGRADA E SUSTENTÁVEL) COMO INDUTOR DA DIVERSIFICAÇÃO PRODUTIVA E DO REDESENHO DO AGROECOSSISTEMA DE UMA PROPRIEDADE RURAL DO

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Eduardo Pereira Nunes Elisio Contini Apresentação à Diretoria da ABAG 13 de setembro de 2000 - São Paulo O PROBLEMA Controvérsias sobre contribuição

Leia mais

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE Painel 8: O papel de Instituições Públicas para Desenvolvimento da Cacauicultura Brasileira O Cacau e a Agricultura Familiar Adriana

Leia mais

SEGURO RURAL BRASILEIRO. Elaine Cristina dos Santos Ferreira

SEGURO RURAL BRASILEIRO. Elaine Cristina dos Santos Ferreira SEGURO RURAL BRASILEIRO Elaine Cristina dos Santos Ferreira MODALIDADES OFERTADAS DE SEGURO RURAL Agrícola Pecuário Florestas Aqüícola Penhor rural Benfeitorias e produtos agropecuários CPR Vida do Produtor

Leia mais

Perfil Territorial. Cocais - MA. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Cocais - MA. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Cocais - MA O Território da Cidadania Cocais - MA está localizado na região Nordeste e é composto por 17 municípios: Afonso Cunha, Aldeias Altas, Buriti Bravo, Caxias, Codó, Coelho Neto, Coroatá, Duque

Leia mais

AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012

AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012 AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012 CASTRO Cestaria e Trançados - artesanato em palha de milho - boneco (as) Castro Socavão 27/06/2012 28/06/2012 Eletricista - básico em eletricista - CTP Castro CTP - Centro

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL RURAL

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL RURAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL RURAL Pepe Vargas Ministro de Estado do Desenvolvimento Agrário Fonte: IBGE Censo Agropecuário 2006 Os agricultores

Leia mais

INCLUSÃO PRODUTIVA. 3 - O governo estadual desenvolve ações, programas ou projetos de inclusão produtiva para a geração de trabalho e renda?

INCLUSÃO PRODUTIVA. 3 - O governo estadual desenvolve ações, programas ou projetos de inclusão produtiva para a geração de trabalho e renda? 1 - Existe algum tipo de estudo setorial e/ou diagnóstico socioeconômico do estado que tenha sido realizado no período entre 2010 e 2014? 1 Sim 1.1 - Ano do diagnóstico: Não (passe para 2 o quesito 3)

Leia mais

CREA- São Paulo. PRESIDENTE (em exercício): ENG. AGR. ÂNGELO PETTO NETO

CREA- São Paulo. PRESIDENTE (em exercício): ENG. AGR. ÂNGELO PETTO NETO CREA- São Paulo PRESIDENTE (em exercício): ENG. AGR. ÂNGELO PETTO NETO LEGISLAÇÃO E EXERCÍCIO PROFISSIONAL Câmara Especializada de Agronomia CREA/SP Eng. Agr. Daniel Antonio Salati Marcondes ( CEA (Coordenador

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA Marco Legal Art 19. da Lei nº10.696/2003 Fica instituído o Programa de Aquisição de Alimentos com a finalidade de incentivar a agricultura familiar, compreendendo

Leia mais

Codevasf investe mais de R$ 260 milhões em ações de inclusão produtiva

Codevasf investe mais de R$ 260 milhões em ações de inclusão produtiva Codevasf investe mais de R$ 260 milhões em ações de inclusão produtiva A realidade de milhares de famílias da zona rural está mudando graças ao apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco

Leia mais

P L O Í L TI T CA C S A S DA D A SE S D E R D A R F A F PA P R A A R A A

P L O Í L TI T CA C S A S DA D A SE S D E R D A R F A F PA P R A A R A A POLÍTICAS DA SEDRAF PARA A POLÍTICAS DA SEDRAF PARA A AGRICULTURA FAMILIAR Implantada conforme o Art. 5º da Lei Complementar nº 413, de 20 de dezembro de 2010. MISSÃO: Gerir as Políticas de Desenvolvimento

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no

Leia mais

TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014 EXTENSÃO RURAL ORGANIZAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL

TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014 EXTENSÃO RURAL ORGANIZAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL TRABALHOS EXITOSOS EM ATER - 2014 EXTENSÃO RURAL ORGANIZAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL ESCADA, 2014 EXTENSÃO RURAL CONSTRUIR UM SONHO E LUTAR POR ELE Regional : Palmares PE Municipio: Escada Comunidades: Sitio

Leia mais

SEGURO RURAL BRASILEIRO

SEGURO RURAL BRASILEIRO SEGURO RURAL BRASILEIRO Gestão de Risco Rural Programa de Subvenção Econômica ao Prêmio do Seguro Rural 2011 O QUE É O SEGURO RURAL? O seguro rural é uma importante ferramenta de gestão de riscos que protege

Leia mais

Estado do Paraná Secretaria da Agricultura e do Abastecimento SEAB Departamento de Economia Rural - DERAL. Florianópolis SC Junho - 2015

Estado do Paraná Secretaria da Agricultura e do Abastecimento SEAB Departamento de Economia Rural - DERAL. Florianópolis SC Junho - 2015 Secretaria da Agricultura e do Abastecimento SEAB Florianópolis SC Junho - 2015 Fonte: SEAB/DERAL. Secretaria da Agricultura e do Abastecimento SEAB O Departamento de Economia Rural está localizado na

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Conceito de Agronegócio e a atuação do Imea 2 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 2.1 Agronegócio Soja 2.2 Agronegócio Milho 2.3 Agronegócio Algodão

Leia mais

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios Você é nosso convidado para participar

Leia mais

MAIS PRODUÇÃO, RENDA E INCLUSÃO SOCIAL NO CAMPO

MAIS PRODUÇÃO, RENDA E INCLUSÃO SOCIAL NO CAMPO MAIS PRODUÇÃO, RENDA E INCLUSÃO SOCIAL NO CAMPO PLANO SAFRA 2014/2015 Plano Safra Estadual é um mecanismo de planejamento setorial abrange quinze instrumentos de política em diversos tipos de atividades

Leia mais

Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, PAA - Programa de Aquisição de Alimentos, São Miguel do Anta MG¹.

Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, PAA - Programa de Aquisição de Alimentos, São Miguel do Anta MG¹. Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, PAA - Programa de Aquisição de Alimentos, São Miguel do Anta MG¹. Marina Almeida Souza. Graduanda do Curso de Economia Doméstica da Universidade Federal de

Leia mais

Perfil Territorial. Jalapão - TO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Jalapão - TO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Jalapão - O Território da Cidadania Jalapão - está localizado na região Norte e é composto por 8 municípios: Lagoa do, Lizarda, Mateiros,,, Rio Sono, Santa Tereza do e São Félix do. Desenvolvimento Territorial

Leia mais

Linhas Agrícolas Agosto 2013

Linhas Agrícolas Agosto 2013 Linhas Agrícolas Agosto 2013 MERCADO DE CRÉDITO DÍVIDA PRIVADA Dividido em 3 Principais Classes de Ativo: Crédito Geral: Linha de KG, Conta Garantida, Finame, PSI; CCB, Debênture; Crédito Imobiliário:

Leia mais

Cliente Novo: Custeio/investimento até R$10.000; Cliente Normal: Custeio/investimento até R$ 20.000,00

Cliente Novo: Custeio/investimento até R$10.000; Cliente Normal: Custeio/investimento até R$ 20.000,00 PLANO SAFRA 20132014 LINHAS DE FINANCIAMENTO E ENQUADRAMENTO DE CRÉDITO RURAL AFEAM BANCO DO BRASIL BANCO DA AMAZÔNIA APRESENTAÇÃO O presente documento contém as principais linhas e enquadramento de crédito

Leia mais

As Políticas Públicas e a Agricultura Familiar

As Políticas Públicas e a Agricultura Familiar As Políticas Públicas e a Agricultura Familiar Lei da Agricultura Familiar LEI Nº 11.326, DE 24 DE JULHO DE 2006. Art. 3 Para os efeitos desta Lei, considera-se agricultor familiar e empreendedor familiar

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros ESTADO DO AMAZONAS 1.5 milhões/km2. 3.341 milhões/habitantes 1,4 milhões/km2 Reserva de floresta tropical 98% Cobertura florestal

Leia mais

Um plano da agricultura familiar para o Brasil

Um plano da agricultura familiar para o Brasil Um plano da agricultura familiar para o Brasil 1 Plano Safra da Agricultura Plano Safra Familiar da Agricultura Familiar 2008/09 2 Mais Alimentos Um plano da agricultura familiar para o Brasil 18 milhoes

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem vive no Brasil Rural.

Leia mais

Agricultores investem em cultivo tecnificado para driblar a cheia e garantir produção durante o ano inteiro

Agricultores investem em cultivo tecnificado para driblar a cheia e garantir produção durante o ano inteiro IDAMinforma Levando os Serviços de Ater para todo Amazonas CRIANDO OPORTUNIDADES www.idam.am.gov.br INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E FLORESTAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DO AMAZONAS SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

CONCEITOS DA CONTABILIDADE RURAL

CONCEITOS DA CONTABILIDADE RURAL CONCEITOS DA CONTABILIDADE RURAL Instituto Federal Goiano Disciplina de Elaboração e Gestão de Projetos Agronegócio (Noturno) Bruno Maia, Eng Agrônomo, M. Sc. ROTEIRO Classificação das atividades agrícolas.

Leia mais

BADESUL Agricultura Sustentável: inovação e sustentabilidade

BADESUL Agricultura Sustentável: inovação e sustentabilidade BADESUL Agricultura Sustentável: inovação e sustentabilidade 2 BADESUL PERFIL INSTITUCIONAL O BADESUL Desenvolvimento S.A. Agência de Fomento/RS é uma sociedade anônima de economia mista de capital fechado,

Leia mais

chave para a sustentabilidade do escoamento da produção agrícola

chave para a sustentabilidade do escoamento da produção agrícola Infra-estrutura como fator chave para a sustentabilidade do escoamento da produção agrícola Ieda Kanashiro Makiya Rogério Carlos Traballi UNIP BRASIL: 10º PIB mundial (FMI, 2005) x PIB per capita abaixo

Leia mais

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 A economia piauiense, em 2008, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 8,8% em relação ao ano anterior. Foi a maior taxa de crescimento

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DE SISTEMAS PRODUTIVOS EM ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO DE CENTENÁRIO DO SUL-PR

CARACTERIZAÇÃO DE SISTEMAS PRODUTIVOS EM ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO DE CENTENÁRIO DO SUL-PR CARACTERIZAÇÃO DE SISTEMAS PRODUTIVOS EM ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO DE CENTENÁRIO DO SUL-PR Luis Artur Bernardes da Rosa¹; Maria de Fátima Guimarães²; Sergio Luis Carneiro³; Dimas Soares Júnior4

Leia mais

Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural

Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural Plano Agrícola e Pecuário Centros de Excelência em Educação PAP 2013/2014 Profissional e Assistência Técnica Rural ROSEMEIRE SANTOS Superintendente Técnica Premissas Gerais Centros nacionais de educação

Leia mais

Unidade Local - Sub-região

Unidade Local - Sub-região CRIAÇÃO: BOVINOCULTURA DE CORTE Unidade Local - Sub-região Criadores Animais Carne Criadores Animais Carne (t) (t) ALTO SOLIMÕES 163 2.241 19,07 163 2.241 53,78 Amaturá 0,00 Atalaia do Norte 7 115 0,80

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE ASSESSORIA TÉCNICA A COOPERATIVA AGRÍCOLA MISTA DOS PRODUTORES RURAIS DO ASSENTAMENTO NOVA VIDA LTDA (COOPERVIDA), ATRAVES

EXPERIÊNCIA DE ASSESSORIA TÉCNICA A COOPERATIVA AGRÍCOLA MISTA DOS PRODUTORES RURAIS DO ASSENTAMENTO NOVA VIDA LTDA (COOPERVIDA), ATRAVES EXPERIÊNCIA DE ASSESSORIA TÉCNICA A COOPERATIVA AGRÍCOLA MISTA DOS PRODUTORES RURAIS DO ASSENTAMENTO NOVA VIDA LTDA (COOPERVIDA), ATRAVES DO PROGRAMA MAIS GESTÃO. Instituto de Assessoria a Cidadania e

Leia mais

SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS

SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Histórico do Seguro Agrícola no Brasil 1878 - Congresso Agrícola do Recife; Lei n 2.168, de 11 de janeiro de 1954, estabelece normas para a instituição do seguro agrário

Leia mais

Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS

Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS Crédito Rural - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - (Pronaf) Assessoria Técnica, Social e Ambiental (ATES) Assistência Técnica

Leia mais

PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA.

PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA. PERFIL DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: INCLUSÃO PRODUTIVA. FICHA TÉCNICA Coordenação de População e Indicadores Sociais: Bárbara Cobo Soares Gerente de Pesquisas e Estudos Federativos: Antônio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOTUVERÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOTUVERÁ O PREFEITO MUNICIPAL DE BOTUVERÁ. LEI Nº 1.315 / 2015. Estabelece incentivos econômicos, cria o programa estrada boa e define normas para o uso dos equipamentos da patrulha agrícola e mecanizada do Município

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI DO TOCANTINS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CHAMADA PÚBLICA N.º- 01/2015, PARA AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, LEI N.º 11.947, DE 16/06/2009, RESOLUÇÃO N.º 38 DO FNDE,

Leia mais

Crédito Rural Safra 2014/2015 FINAME AGRÍCOLA. Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias:

Crédito Rural Safra 2014/2015 FINAME AGRÍCOLA. Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias: Linha PSI RURAL Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias: a) Aquisição de máquinas e equipamentos; b) Aquisição de implementos agrícolas, tratores, colheitadeiras e similares; Produtores

Leia mais

Mato Grosso. PRONAF e DAP: Orientações necessárias para atendimento ao produtor rural. Joaci Medeiros Assessor Técnico

Mato Grosso. PRONAF e DAP: Orientações necessárias para atendimento ao produtor rural. Joaci Medeiros Assessor Técnico Mato Grosso PRONAF e DAP: Orientações necessárias para atendimento ao produtor rural Joaci Medeiros Assessor Técnico JUL/2012 POLÍTICAS PÚBLICAS CRÉDITO RURAL / PRONAF PAA HABITAÇÃO RURAL (MINHA CASA,

Leia mais

Apoio à comercialização da agricultura familiar

Apoio à comercialização da agricultura familiar Apoio à comercialização da agricultura familiar Programa de Aquisição de Alimentos 1. Contexto Liberalização dos mercados de produtos agrícolas (anos 90) Intenso processo de concentração de capitais no

Leia mais

Perfil Territorial. Extremo Oeste - SC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Extremo Oeste - SC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Extremo - SC O Território Rural Extremo - SC está localizado na região Sul e é composto por 19 municípios: Anchieta, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso,, Guaraciaba, Guarujá do Sul, Iporã do,

Leia mais

REDD+: oportunidades para as florestas e o desenvolvimento sustentável. Virgilio Viana Superintendente Geral

REDD+: oportunidades para as florestas e o desenvolvimento sustentável. Virgilio Viana Superintendente Geral REDD+: oportunidades para as florestas e o desenvolvimento sustentável Virgilio Viana Superintendente Geral Emissões de GEE por queimadas: Cerca de 12-20% das emissões globais Cerca de 50-75% das emissões

Leia mais

PROGRAMA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA PECUÁRIA DE LEITE EM JARU. Prefeitura Municipal de Jaru Embrapa Rondônia

PROGRAMA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA PECUÁRIA DE LEITE EM JARU. Prefeitura Municipal de Jaru Embrapa Rondônia PROGRAMA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA PECUÁRIA DE LEITE EM JARU Prefeitura Municipal de Jaru Embrapa Rondônia 81 81 83 72 88 68 Figura 1. Percentual de estabelecimentos de agricultura familiar nas regiões

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 2008

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 2008 5.1.1.4 - ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ACRE CUSTEIO Lavoura AMENDOIM 26 313.447,50 288,00 ARROZ DE SEQUEIRO 90 115.247,33 247,72 CUPUACU 1 180.00 135,00 FEIJAO

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF

DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DA AGRICULTURA FAMILIAR DIAGNÓSTICO DA UNIDADE DE PRODUÇÃO FAMILIAR UPF Entidade/Empresa Nº Contrato 1. DADOS DO BENEFICIÁRIO: Nome: ; Nº da DAP: ; Situação:

Leia mais

10 ANOS. Conte até 10 e saiba por quê.

10 ANOS. Conte até 10 e saiba por quê. 10 ANOS O Programa de Aquisição de Alimentos completou dez anos. Instituído pela Lei nº 10.696, de 2 de julho de 2003, o PAA tem se consolidado como um instrumento de estímulo à organização produtiva e

Leia mais

Perfil Territorial. Potengi - RN. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Potengi - RN. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território - RN O Território da Cidadania - RN está localizado na região Nordeste e é composto por 11 municípios: Barcelona, Bom Jesus, Ielmo Marinho, Lagoa de Velhos, Riachuelo, Ruy Barbosa, Santa Maria, São Paulo

Leia mais

Inovação em roças no toco. Como fazer a roça aumentar a renda da família?

Inovação em roças no toco. Como fazer a roça aumentar a renda da família? Inovação em roças no toco Ou Como fazer a roça aumentar a renda da família? Produção da roça no toco Arroz, Milho Mandioca, Feijão, Fava Abóbora, Maxixe, Melão, Melancia, Pepino, Macaxeira, Batata, Quiabo,

Leia mais

PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2014/2015

PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2014/2015 PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2014/2015 LINHA PÚBLICO MODALIDADE FINALIDADE CRÉDITO/TETO JUROS Pronaf Custeio MCR 10-4 familiares com renda bruta anual até R$ 360 mil. (exceto Grupo

Leia mais

F E V E R E I R O / 9 3

F E V E R E I R O / 9 3 G O V E R N A D O R D O E S T A D O - G E R A L D O B U L H Õ E S B A R R O S ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE PLANEJAMENTO SEPLAN FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PLANEJAMENTO FIPLAN INSTITUTO DE INFORMÁTICA - IFOR

Leia mais

O BNDES e o Apoio ao Setor Agropecuário. dezembro de 2012

O BNDES e o Apoio ao Setor Agropecuário. dezembro de 2012 O BNDES e o Apoio ao Setor Agropecuário dezembro de 2012 Apoio ao setor rural Ministério da Agricultura Pecuária e Abatecimento - MAPA Programas Agropecuários do Governo Federal Operacionalizados pelo

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. Homero Pereira) Senhor Presidente:

REQUERIMENTO (Do Sr. Homero Pereira) Senhor Presidente: REQUERIMENTO (Do Sr. Homero Pereira) Requer o envio de Indicação ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, no sentido de implantar um Programa de Redução de Perdas de Produtos Agrícolas. Senhor

Leia mais

Perfil Territorial. Zona da Mata - RO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Zona da Mata - RO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Zona da Mata - RO O Território Rural Zona da Mata - RO está localizado na região Norte e é composto por 7 municípios: Alta Floresta,, Castanheiras,,, Rolim de Moura e anta Luzia. Desenvolvimento Territorial

Leia mais

PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2015/2016

PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2015/2016 PRONAF - CONDIÇÕES DO CRÉDITO RURAL PLANO DE SAFRA 2015/2016 LINHA PÚBLICO MODALIDADE FINALIDADE CRÉDITO/TETO JUROS Pronaf Custeio MCR 10-4 faiares com renda bruta anual até R$ 360. (exceto Grupo A e A/C)

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010

CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 CHAMADA PÚBLICA Nº001/2010 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLINA-PE, pessoa jurídica de direito público com sede na Av. Guararapes, nº 2.114 - Centro - Petrolina-PE, inscrita no CNPJ nº. 10.358.190/0001-77,

Leia mais

BRASIL. Francisca Peixoto

BRASIL. Francisca Peixoto BRASIL Francisca Peixoto INTRODUÇÃO BRASIL Um dos principais fornecedores de alimentos e matériasprimas do mundo Dotação única em recursos naturais Política agropecuária alinhada com estratégia nacional

Leia mais

CAMARA SETORIAL DA BORRACHA CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015

CAMARA SETORIAL DA BORRACHA CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015 CAMARA SETORIAL DA BORRACHA A CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015 LEGISLAÇÃO Decreto nº 68.678, de 25 de maio de 1971 cria a Comissão Especial de Planejamento, Controle e Avaliação das Estatísticas

Leia mais

INDICAÇÃO Nº, DE (Do Sr. Deputado Renato Casagrande) Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Educação:

INDICAÇÃO Nº, DE (Do Sr. Deputado Renato Casagrande) Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Educação: INDICAÇÃO Nº, DE (Do Sr. ) Sugere ao Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Educação a construção de uma Unidade de Ensino Descentralizada do CEFETES na Região Noroeste do Estado do Espírito Santo.

Leia mais

Comunicado Edital 07/2013 IPIRANGA DO NORTE

Comunicado Edital 07/2013 IPIRANGA DO NORTE Comunicado Edital 07/2013 A Comissão de Seleção do PRONATEC Campus Sorriso, designada pelas Portarias nº 020/2013, nº 024/2013 e 026/2013 serve-se do presente para publicar o Resultado Preliminar de Análise

Leia mais

Linhas de Financiamento e Programas Complementares. Montes Claros, 15 de abril de 2010

Linhas de Financiamento e Programas Complementares. Montes Claros, 15 de abril de 2010 BNDES - Linhas de Financiamento e Programas Complementares Montes Claros, 15 de abril de 2010 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal

Leia mais

POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR. FORTALEZA, 21 de novembro de 2014

POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR. FORTALEZA, 21 de novembro de 2014 POLÍTICAS PUBLICAS E AGRICULTURA FAMILIAR FORTALEZA, 21 de novembro de 2014 Crédito e Proteção DFPP Assistência Técnica DATER Comercialização e Organização Produtiva DGRAV Secretaria da AGRICULTURA FAMILIAR

Leia mais

SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL AGRICULTURA FAMILIAR

SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL AGRICULTURA FAMILIAR SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL E AGRICULTURA FAMILIAR Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR NO BRASIL. Semana de Bioenergia Global Bioenergy Partnership - GBEP Brasília-DF Embrapa março de 2013

PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR NO BRASIL. Semana de Bioenergia Global Bioenergy Partnership - GBEP Brasília-DF Embrapa março de 2013 PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR NO BRASIL Semana de Bioenergia Global Bioenergy Partnership - GBEP Brasília-DF Embrapa março de 2013 INSTRUMENTOS LEGAIS INSTRUMENTOS LEGAIS 1) Lei nº 11.326/2006 Estabelece

Leia mais