Rússia Universidade de São Petersburgo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rússia Universidade de São Petersburgo"

Transcrição

1 PT Rússia Universidade de São Petersburgo

2 Universidade de São Petersburgo

3 Por que a SPbU? A Universidade de São Petersburgo (SPbU) se consagra por unir suas tradições à busca de inovações. A SPbU é a primeira universidade russa, tendo sido fundada por decreto do imperador Pedro, o Grande em Hoje em dia é modelo de ensino superior clássico na Rússia, invariavelmente citada nos ranques internacionais de universidades. Os jovens que pensam seriamente no futuro e almejam uma carreira bem-sucedida podem estar seguros de que na SPbU encontrarão a aplicação adequada de suas capacidades e talentos. Vantagens do ensino da Universidade de São Petersburgo: Integração de pesquisas científicas ao processo educativo Prática e estágios nas principais instituições russas e estrangeiras Acesso a recursos científicos, tecnologias e bases de conhecimento exclusivos Modernas tecnologias de educação Diploma bilíngue: em Russo e em Inglês Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos (ECTS) Procura de diplomados no mercado de trabalho O programa da SPbU até 2020, aprovado pelo governo da Rússia, prioriza seis áreas científicas para a realização de pesquisas e desenvolvimentos: 1. Nanotecnologias e Ciências dos materiais 2. Biomedicina e Saúde humana 3. Ecologia e Gestão ambiental 4. Tecnologias e Sistemas da informação 5. Gestão de recursos humanos e de tecnologias 6. Pesquisas de procesos sociais e de tecnologias

4 Figurais notáveis que estudaram na SPbU Laureados do Prêmio Nobel Graduados do século XX Nikolai Nikoláevitch Semiónov, físico e químico. Recebeu o Prêmio Nobel dе Química pelo desenvolvimento da teoria das reações em cadeia (1956) 2. Leonid Vitálevitch Kantoróvitch, matemático, economista. Recebeu o Prêmio Nobel de Ciências Econόmicas por sua contribuição com a teoria do melhor uso dos recursos econômicos (1975) 3. Lev Davídovitch Landau, físico. Recebeu o Prêmio Nobel de Física pelo trabalho na área da teoria da matéria condensada, especialmente do hélio líquido (1962) 4. Vassíli Vassílevitch Leóntiev, economista. Recebeu o Prêmio Nobel de Ciências Econômicas (1973) 5. Iván Petróvitch Pávlov, fisiólogo. Recebeu o Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina pelo trabalho da fisiologia dos processos digestivos (1904) 6. Aleksándr Mikháilovitch Prókhorov, físico. Recebeu o Prêmio Nobel de Física por suas inovações na tecnologia a laser (1964) 7. Iliá Ilítch Miétchnikov, biólogo. Recebeu o Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina (1908) 1. Vladímir Vladímirovitch Pútin, presidente da Federação da Rússia 2. Mikhail Boríssovitch Piotróvski, historiador-orientalista, arabista, especialista no islamismo. Diretor do Museu Estatal Hermitage 3. Ludmila Alekséievna Verbítskaia, linguísta, professora titular (catedrática). Presidente da Universidade de São Petersburgo, presidente da Academia Russa de Educação 4. Dmítri Anatólievitch Medviédev, presidente do Governo da Federação da Rússia 5. Grigóri Iákovlevitch Perelmán, matemático russo. Foi o primeiro quem aprovou a conjetura de Poincaré 6. Tatiana Vassílievna Kazánkina, tricampeã olímpica de atletismo, recordista mundial e olímpica. Mestre emérita do esporte na USSR 7. Boris Natánovitch Strugátski, escritor russo, roteirista, tradutor; criou, em coautoria com o irmão Arkádi Strugátski, dezenas de obras literárias, que se tornaram clássicos da literatura de ficção científica popular 8. Anatóli Evguénievitch Kárpov, décimo segundo campeão do mundo de xadrez, Grande Mestre Internacional (GMI). Mestre emérito do esporte na USSR

5 A SPbU em números estudantes 6000 professores 1500 professores titulares (catedráticos) no corpo docente 1700 estudantes estrangeiros no ano letivo de edifícios 21 centros de recursos de alta tecnologia Mais de 7 milhões publicações na biblioteca Mais de 300 universidades conveniadas estrangeiras Em 2014 haverá admissão a 76 programas de bachalerado e de escola profissional e a 133 programas de mestrado

6 Programas educacionais Em 2014 a SPbU efetua a admissão aos seguintes programas de bacharelado e de escola profissional: ENSINO BÁSICO Ginásio acadêmico da SPbU ENSINO SECUNDÁRIO PROFESSIONAL Colégio de Medicina da SPbU e Colégio de educação física e esporte, economia e tecnologias da SPbU BACHARELADO/ ESCOLA PROFISSIONAL MESTRADO ESTUDOS DE DOUTORAMENTO* (ASPIRANTURA, DOCTORANTURA) ESTÁGIO MÉDICO, RESIDÊNCIA CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO * Programas do primeiro grau científico (Grau de Kandidat nauk) I. CIÊNCIAS DA TECNOLOGIA, FÍSICA E MATEMÁTICA Astronomia Abastecimento matemático e Administração dos sistemas de informação Mecânica e Modelagem matemática Informática aplicada na área das artes e ciências humanas Informática aplicada Matemática aplicada, Informática fundamental e Programação Matemática aplicada, Física e Processos de gestão Física e Matemática aplicadas Programação e Tecnologias de informação Engenharia de software Radiofísica Física Matemática fundamental e Mecânica Informática fundamental e Tecnologias de informação II. CIÊNCIAS NATURAIS Biologia Geografia Geologia Hidrometeorologia Uso do solo, inventário florestal e cadastros Cartografia e geoinformática Negόcios médicos Área de petróleo e gás Agrologia Estomatologia Química Química, Física e Mecânica dos materiais Ecologia e uso do subsolo Ecologia e gestão dos recursos naturais III. CIÊNCIAS SOCIAIS Business-informática Estudos orientais e africanos Administração estatal e municipal Jornalismo Psicologia clínica Conflitologia Relações internacionais Management Estudos políticos Psicologia Publicidade e relações públicas Assistência social Sociologia Turismo Gestão pessoal Economia Direito IV. CIÊNCIAS HUMANAS História Linguística Ética aplicada Ciências da religião Filologia Filosofia V. CULTURA E ARTE Artes dramáticas e cinema Arte vocal Artes decorativas e artesanato Design Artes e ciências humanas História das artes Estudos culturais Museologia e proteção do patrimônio cultural e natural Música instrumental Restauração Animação

7 Programas do mestrado em Inglês (2014) Corporate Finance (MCF) Main field of study Management Game Theory and Operation Research Main field of study Applied Mathematics and Computer Science Global Communication and International Journalism Main field of study Journalism International Relations Main field of study International Relations International Trade System Main field of study Economics Legal Translation Main field of study Linguistics Programas do mestrado em outras línguas (2014) Innovative Technologies of Translation: French/ Spanish/ Italian (taught in French/ Spanish/ Italian languages) Main field so study Linguistics Intercultural Communication: German-Russian Dialogue Interlinguale / Kommunikation als Kulturdialog (taught in German) Main field of study Linguistics Theory and Practice of Verbal Communication: German/ Theorie und Praxis verbaler Kommunikation: Deutsch (taught in German) Main field of study Linguistics Management (MIM) Main field of study Management Political Governance and Public Policy Main field of study Political Science Sociology Main field of study Sociology and also Dual Degree Executive MBA (EMBA)

8 Instituto de Língua e Cultura Russas da SPbU Estudantes de mais de 95 países frequentam a SPbU. Na maior parte dos programas, as aulas são ministradas em Russo por isso, para muitos estudantes estrangeiros que ingressam na SPbU e em outros estabelecimentos russos de ensino superior, o Instituto de Língua e Cultura Russas da SPbU torna-se o ponto de partida. Todos os graduados no Instituto são capazes de passar na prova de Russo, enquanto língua estrangeira, e receber o certificado estatal de nível correspondente. Os programas do ensino da língua russa realizados pelo Instituto diferenciam-se pelo nível, duração, intensidade e orientação profissional. As aulas são dadas em grupo ou individualmente. O programa de Russo em grupo para iniciantes consiste em 20 horas acadêmicas semanais (1 hora acadêmica = 45 minutos), com aulas de segunda a sexta. Cada grupo tem de 8 a 12 alunos. No Instituto há aulas o ano inteiro, por isso os estudantes podem escolher o prazo e o período de estudos. Curso preparatório para candidatos às universidades russas O programa preparatório para os candidatos é um dos mais populares no Instituto de Língua e Cultura Russas. Foi elaborado para estrangeiros interessados em entrar em uma universidade ou um instituto da Rússia. No decorrer dos estudos, os alunos preparam-se para passar no teste de língua russa do primeiro nível (B1). Este nível é pré-requisito para ingressar em qualquer universidade ou instituto da Rússia.

9 Vida estudantil Esportes Na SPbU há muitas modalidades esportivas cada um pode praticar seu esporte favorito ou aprender um novo: futebol, basquetebol, voleibol, tênis de mesa, xadrez, rugby, alpinismo, esqui na montanha, orientação, natação, esqui no gelo e ciclismo de montanha, aeróbica, boxe, lutas marciais e remo. As equipes estudantis participam em competições internacionais e são premiadas. Atividade social Os alunos juntam-se com várias organizações: organização sindical de graduandos e pós-graduandos da SPbU, centros de iniciativas dos estudantes, centros de profissões, clube dos estudantes estrangeiros, coletivos artísticos e sociedades científicas dos estudantes. Os alunos participam de jogos inteletuais, editam jornais e revistas, atuam como voluntários e empreendedores. Vida artística Para os estudantes ligados à arte, há muitos grupos interessantes, sendo que alguns deles foram reconhecidos na Rússia e até no exterior. Entre os grupos, há o coro dos estudantes, a orquestra de câmara juvenil, o teatro-estúdio, o estúdio de canto e a orquestra de instrumentos populares russos. Eventos e festas Eventos esportivos, festas, concertos, festivais, espetáculos, bailes tudo isso faz parte da vida dos estudantes. Entre os diversos eventos estudantis que acontecem na universidade, destacam-se o campeonato de equipes estudantis KVN (O clube de raciocínio rápido, inventivo e alegre), o concurso anual Miss Universidade, a festa esportiva Olimpíada de Petergof, a noite mascarada de jazz, o Festival internacional, criado para romper fronteiras e estabelecer relações de amizade entre estudantes de países diferentes.

10 São Petersburgo cidade das oportunidades O que você imagina quando pensa em São Petersburgo? Nos museus e teatros magníficos? Nos incontáveis rios e canais atravessando a cidade? Nos palácios esplêndidos, nos cais majestosos revestidos de granito? Ou talvez pense nas noites brancas e nos barcos navegando sob as pontes levadiças debaixo do céu claro? Na agulha da catedral de São Pedro e São Paulo, no Cavaleiro de Bronze, no Jardim de Verão? Ou nas exposições de arte contemporânea, nos cafés aconchegantes e nos centros culturais? A Petersburgo da atualidade em todo o mundo é conhecida pelos concertos, pelos festivais de cinema, pelos eventos esportivos, pelas όperas ao ar livre, pelos grandes shows de água e luz das fontes, pelos parques tecnológicos e pelas Startup Incubators (incubadoras de inicialização), sem contar as filiais e os escritórios de grandes empresas, como Gazprom e VKontakte. São Petersburgo é a oportunidade de realizar seu potencial inteletual. Você tem a chance de estudar na Universidade de São Petersburgo e de fazer uma carreira. Estamos abertos às suas idéias, talentos e habilidades. Seja bem-vindo à Universidade das possibilidades!

11 Contatos: Universidade de São Petersburgo Universitetskaya naberejnaya, ed. 7/9 São Petersburgo, , Rússia Tel.: +7 (812) spbu.ru Comissão unificada para a admissão de estrangeiros Mendeleevskaya linia, ed. 5 São Petersburgo, , Rússia Tel.: +7 (812)

1- CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS 2- CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS 3- LÍNGUAS E HUMANIDADES 4- ARTES VISUAIS

1- CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS 2- CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS 3- LÍNGUAS E HUMANIDADES 4- ARTES VISUAIS OFERTA DO COLÉGIO (2010/2011) CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Vocacionados para o prosseguimento de estudos a nível superior. Têm a duração de 3 anos de escolaridade. Conferem um diploma de conclusão do

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Ciências Sociais Graduação em Ciência Política, Sociologia, Filosofia ou Antropologia. Seminários Graduação em Administração Pública, Administração

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Profissionais. Cursos Vocacionais

ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Profissionais. Cursos Vocacionais ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico Humanísticos Cursos do Ensino Artístico Especializado Cursos Profissionais Cursos com Planos Próprios Cursos Vocacionais Cursos de Aprendizagem (IEFP) Ensino Superior

Leia mais

STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL

STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL HU UNIVERSITY OF APPLIED SCIENCES UTRECHT (HU) HU University of Applied Sciences Utrecht (HU) é uma das maiores instituições de ensino superior

Leia mais

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Vestibular 2014 NÚMEROS DA UNESP Cidades: 24 Unidades: 34 Unidades Complementares: 7 Colégios Técnicos: 3 Carreiras: 69 CURSOS

Leia mais

VALIDAÇÃO DOS ESTUDOS REALIZADO NOS EUA

VALIDAÇÃO DOS ESTUDOS REALIZADO NOS EUA VALIDAÇÃO DOS ESTUDOS REALIZADO NOS EUA A validação do estudo secundário cursado no exterior é competência das secretarias estaduais de educação. As escolas brasileiras e as secretarias de educação aceitam

Leia mais

Universidade Patrice Lumumba Amizade dos Povos- RUDN

Universidade Patrice Lumumba Amizade dos Povos- RUDN Universidade Patrice Lumumba Amizade dos Povos- RUDN Fundada em 1960, a Universidade da Amizade dos Povos, localizada na capital Moscou, tem como principal objetivo proporcionar a estudantes estrangeiros

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL EM PORTUGAL, A ULISBOA É LÍDER NOS PRINCIPAIS RANKINGS INTERNACIONAIS Academic Ranking of World Universities 2014 (Shanghai) 2.ª Universidade Ibero-Americana

Leia mais

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com disciplinas ministradas em português e inglês, e uma metodologia

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. Revoga a Resolução N.º 2.888/CONSEP, estabelece diretrizes e dispõe

Leia mais

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693 Área de Ciências Biologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9011 Nota do último colocado: 2012: 139,9 2013: 134,0 Biologia e Geologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9012 Nota do último colocado:

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/06/2015 de 19/10/2015. 1. Gestão da

Leia mais

ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS CARGO SALÁRIO* REQUISITOS

ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS CARGO SALÁRIO* REQUISITOS ANEXO II SALÁRIOS, CARGAS HORÁRIAS E REQUISITOS ANALISTA I - ADMINISTRATIVO CARGO SALÁRIO* REQUISITOS ANALISTA I - BIBLIOTECA ANALISTA I - CONTABIL ANALISTA I - GRAVACAO MUSICAL ANALISTA I - SISTEMAS ANALISTA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1 A105 Agronomia (bacharelado) Goiânia 56 8,86 A110 Ciências da Computação (bacharelado) Goiânia 32 5,72 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) Goiânia 48 3,92 A120 Engenharia Civil (bacharelado) Goiânia

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio Habilitação: Comércio Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Comércio de Compras (EII) - Habilitação

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA NORMAL. Ano Letivo 2014/2015-2º SEMESTRE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA NORMAL. Ano Letivo 2014/2015-2º SEMESTRE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO 1º ANO Cultura Literária 19.06 10h00 2.21 Métodos e Técnicas de Investigação 15.06 14h30 2.26 Língua Estrangeira II Inglês 18.06 10h00 94 Língua Estrangeira II Francês 18.06 10h00

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS VESTIBULAR 2013 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - M - BACHARELADO 50 438 8,76 Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - N - BACHARELADO 50 424 8,48 Natal Humanística I CIÊNCIAS CONTÁBEIS - M - BACHARELADO 45 285 6,33 Natal

Leia mais

Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização

Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização O que são? Os cursos cientifico-humanísticos constituem uma oferta educativa vocacionada para o prosseguimento de estudos de nível superior (universitário

Leia mais

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland A BHMS Business & Hotel Management School está localizada na cidade de Lucerna e é membro do grupo suíço de escolas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ RETIFICAÇÃO Nº 08 DO EDITAL Nº 12/2015 DO IFPR CONCURSO DE DOCENTE O Reitor Substituto do INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso da competência que lhe confere a Portaria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V) A105 Agronomia (bacharelado) integral Goiânia 35 588 16,8 A110 Ciências da Computação (bacharelado) integral Goiânia 20 210 10,5 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) integral Goiânia 30 180 6 A120

Leia mais

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 Número total de Programas 1 e seus respectivos projetos vinculados, público atendido

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2009 Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção Código Nome do Curso Candidatos Vagas Densidade 01 Administração - Diurno 708 80 8,85 Acesso Universal 479 56 Ensino Público 206

Leia mais

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO P. 1/2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul 1. DADOS DO SERVIDOR Data do ingresso / / Nome

Leia mais

INFORMATIVO DE MATRÍCULA - 2014

INFORMATIVO DE MATRÍCULA - 2014 Ciclo: Educação Infantil I e II Mensalidade: R$ 332,64 Até o vencimento: R$ 315,47 Matrícula: R$ 342,64 Horário: Manhã: 7h50 às 12h20 (Ed. Infantil I-3/4 anos) Tarde: 13h10 às17h40(ed Infantil II-5 anos)

Leia mais

- Cursos oferecidos: Agrárias: Agronomia Montes Claros Aquicultura Ciência de alimentos Medicina Veterinária Zootecnia Montes Claros

- Cursos oferecidos: Agrárias: Agronomia Montes Claros Aquicultura Ciência de alimentos Medicina Veterinária Zootecnia Montes Claros -Conceito no MEC: Pelo terceiro ano consecutivo, a UFMG obteve conceito máximo (5) no Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC), que mede a qualidade das universidades brasileiras, considerando os cursos

Leia mais

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC 1 INTERCULTURAL INDIGENA EM LINGUAS, ARTES E LIT. 2 ADMINISTRAÇÃO LEGISLATIVA 3 ALIMENTOS 4 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS 5 ARQUITETURA E URBANISMO 6 ARTE EDUCAÇÃO 7 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 8 CERÂMICA

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA Uma escola de todos Para todos Transformar Vidas, Alimentar Sonhos, Projetar Carreiras! SPO Serviço de Psicologia e Orientação 9.º ANO e agora? Cursos Científico

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/08/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos 21/01/ Imprimir atividade Gestor de Atividades e Recursos Educativos Agrupamento de Escolas de Data Atividade Público Alvo Início Término Préescolar Titulo, Tipologia, Proponente, Escola Desafios da Matemática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - INTEGRAL/BRAGANCA 627.87 532.46 556.73 ADMINISTRACAO

Leia mais

ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL

ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL 9º ano: e depois? Sistema Educativo Português 2013/2014 ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL Objetivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades, competências

Leia mais

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD 1 EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇAO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência COD Curso Inscritos Vagas Concorrência A105 Agronomia (bacharelado) 496 56 8.8571 A110 Ciências da Computação (bacharelado) 183 32 5.7188 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) 188 48 3.9167 A120 Engenharia

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

VAGAS OCIOSAS 2015-1

VAGAS OCIOSAS 2015-1 Curso Pretendido na UFU Turno VAGAS OCIOSAS 2015-1 Tabela I Relação dos cursos, vagas, cursos afins e conteúdos da prova escrita. CAMPUS PONTAL Ituiutaba - MG Modalidade Reingresso ao Curso de Origem Interna

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015 PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA SISU-2015 Total de vagas oferecidas 6285 Goiânia 3925 86 cursos Jataí 1080 25 cursos Catalão 990 21 cursos Goiás 290

Leia mais

ANEXO IV REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI

ANEXO IV REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI CURSO PRETENDIDO ANTROPOLOGIA (Niterói) ARQUIVOLOGIA (Niterói) ARTES (Niterói) BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO (Niterói) BIOMEDICINA (Niterói) ANEXO IV REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS

Leia mais

ATO NORMATIVO n.º 010, de 03 de junho de 2015.

ATO NORMATIVO n.º 010, de 03 de junho de 2015. ATO NORMATIVO n.º 010, de 03 de junho de 2015. Divulga RETIFICAÇÃO do Ato Normativo nº 008/2015, de 21 de maio de 2015, sobre processo de seleção de professores para ministrar disciplinas, módulos, unidades

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2011 Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção Código Nome do Curso Vagas Médias Ofer Ocup Primeiro Último 01 Administração - Diurno Acesso Universal 56 56 711,68 572,40 Ensino

Leia mais

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Justificativa Desde a edição da nova LDB (Lei nº 9.394/1996), promulgada em decorrência

Leia mais

OPÇÕES 2.º Ciclo 2013-2014

OPÇÕES 2.º Ciclo 2013-2014 OPÇÕES 2.º Ciclo 2013-2014 0 ALIMENTAÇÃO FONTES, CULTURA E SOCIEDADE Alimentos, Medicamentos e Venenos Religiões e Alimentação ARQUEOLOGIA E TERRITÓRIO (escolher apenas uma em cada semestre) Antropologia

Leia mais

MAPA DE EXAMES EXAMES MÊS DE SETEMBRO 2012. Manhã 10.00h. Tarde 16.00h DISCIPLINAS

MAPA DE EXAMES EXAMES MÊS DE SETEMBRO 2012. Manhã 10.00h. Tarde 16.00h DISCIPLINAS MAPA DE EXAMES EXAMES MÊS DE SETEMBRO 0 0.00h.00h Atualizado em: DATA DIA PERÍODO COD DISCIPLINAS Nº ALUNOS LOCAL Salas 0/0 ªf 008 0 00 0 0 0 Concepção e Desenvolvimento de Programas de Formação Investigação

Leia mais

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L)

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) (VESTIBULAR EM DUAS FASES) São aqueles tradicionalmente oferecidos pela UFBA, acrescidos de 26 novas opções de curso, das quais 18 no noturno, nas modalidades Licenciatura,

Leia mais

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR - ª FASE / // PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A ª FASE ª Fase ª Fase ª Fase ADMINISTRAÇÃO (MATUTINO),,,,,, ADMINISTRAÇÃO (NOTURNO),,,,,, AGRONOMIA

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CAMPUS BARRETOS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CAMPUS BARRETOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CAMPUS BARRETOS Licenciatura em Ciências Biológicas Instruções para desenvolvimento e registro das Atividades Acadêmico-Científico-

Leia mais

HIERARQUIA DE SETORES

HIERARQUIA DE SETORES SIGA - SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA RELATÓRIO DE HIERARQUIA DE SETORES - 21/10/2014 REITORIA RET-GAB-GABINETE HIERARQUIA DE SETORES BJL-DG-DIRETORIA GERAL CAT-DG-DIRETORIA GERAL CSI-DG-DIRETORIA

Leia mais

POC - Programa de Olimpíadas do Conhecimento www.redepoc.com

POC - Programa de Olimpíadas do Conhecimento www.redepoc.com POC - Programa de Olimpíadas do Conhecimento www.redepoc.com Nas últimas décadas a educação e o conhecimento têm sido reconhecidos como os principais instrumentos para a melhoria da qualidade de vida da

Leia mais

SAÍDAS PROFISSIONAIS

SAÍDAS PROFISSIONAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 6 CURSO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS ÁREA DAS CIÊNCIAS ÁREA DA ANIMAÇÃO ÁREA DA SAÚDE AREA DO

Leia mais

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE CATÁLOGO DE AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Novembro/2015 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os

Leia mais

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de Conhecimento: PROJETO DE HABITAÇÃO SOCIAL (uma vaga). Provas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE LOUSADA Escola Sede Escola Secundária de Lousada Código de Agrupamento - 151518 CALENDÁRIO - 2013/2014 1º CICLO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE LOUSADA Escola Sede Escola Secundária de Lousada Código de Agrupamento - 151518 CALENDÁRIO - 2013/2014 1º CICLO 1º CICLO PROVAS FINAIS - 1ª FASE 19/05/2014 21/05/2014 Português (Código 41) Português (Código 31) Prova Oral - 12h* Matemática (Código 42) Matemática (Código 32) PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 1ª

Leia mais

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR EDITAL Nº 001/2011-DCV PUBLICAÇÃO DA RELAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE. O Diretor de Concurso Vestibular

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 750.38 683.78 703.36 ADMINISTRACAO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 813.54 703.71 740.51 ADMINISTRACAO

Leia mais

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde 2012-2013 Natureza dos Cursos Cientifico-humanísticos Cursos vocacionados

Leia mais

Estude na Melhor Faculdade de Dois Anos dos EUA. Orlando, Flórida, EUA

Estude na Melhor Faculdade de Dois Anos dos EUA. Orlando, Flórida, EUA Estude na Melhor Faculdade de Dois Anos dos EUA Orlando, Flórida, EUA O Valencia College tem dois tipos de programas de visto: 1. Visto de Estudante F-1 2. Visto de Visitante de Intercâmbio J-1 Uma Faculdade

Leia mais

DESCUBRA A CARROLL UNIVERSITY Excelência acadêmica desde 1846

DESCUBRA A CARROLL UNIVERSITY Excelência acadêmica desde 1846 DESCUBRA A CARROLL UNIVERSITY Excelência acadêmica desde 1846 ESTUDA NO CORAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS Obtenha uma educação global no meio dos EUA, na primeira universidade de Wisconsin. Desde 1846, a Carroll

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES 1) Que norma regulamenta as Atividades Complementares do Curso de ENGENHARIA DE PRODUÇÃO da

Leia mais

ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela UFG no Processo Seletivo 2014-1

ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela UFG no Processo Seletivo 2014-1 ANEXO I - Relação dos cursos oferecidos pela no Processo Seletivo -1 CURSOS OFERECIDOS EM GOIÂNIA Em que: sm: salário-mínimo; PPI: estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; DC: Demais estudantes

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA

ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA Cursos Científico-Humanísticos OFERTA EDUCATIVA 2012/2013 CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Vocacionados para o prosseguimento de estudos a nível superior.

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA ESTRUTURA CURRICULAR CURSO DE DANÇA LICENCIATURA Código: 03 Matriz Curricular: DANÇA - Laranjeiras - Presencial - Noturno - Licenciatura Plena Período Letivo de Entrada em Vigor 2012-1 Carga Horária: Total

Leia mais

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO, PARA A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO,

Leia mais

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA COORDENADOR Afonso Timão Simplício atimao@ufv.br 58 Currículos dos Cursos UFV ATUAÇÃO O Licenciado em Educação Física terá formação para atuar: a) Em instituições públicas

Leia mais

universidade de santiago de compostela ESTUDOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

universidade de santiago de compostela ESTUDOS DE PÓS-GRADUAÇÃO universidade de santiago de compostela ESTUDOS DE PÓS-GRADUAÇÃO UMA UNIVERSIDADE... _ Histórica, empreendedora 1ª Universidade espanhola em receitas por royalties (Relatório Red OTRI-2008) 4ª Universidade

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Finanças

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Finanças Habilitação: Finanças Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Finanças Análise de Crédito, Financiamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I RELAÇÃO DAS VAGAS DO PROCESSO SELETIVO POR ÁREA DE CONHECIMENTO, REQUISITOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014

Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014 Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014 Alunos colocados na 1ª opção de candidatura ao ensino superior

Leia mais

Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto. Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7. www.up.pt up@up.

Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto. Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7. www.up.pt up@up. Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7 www.up.pt up@up.pt A Universidade do Porto é a maior universidade portuguesa e uma

Leia mais

UnB adota SiSU como forma de ingresso

UnB adota SiSU como forma de ingresso UnB adota SiSU como forma de ingresso No total, 88 cursos de graduação foram ofertados. Medicina foi o mais concorrido do País Neste ano, a Universidade de Brasília (UnB) adotou, pela primeira vez, ao

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Licenciaturas

Universidade. Estácio de Sá. Licenciaturas Universidade Estácio de Sá Licenciaturas A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

Estadia: Onde vou morar?

Estadia: Onde vou morar? Estude em Alberta Perguntas frequentes Observação: Esta seção de "Perguntas frequentes" reflete a prática comum em Alberta, no entanto, depois de decidir onde quer estudar, contate o distrito escolar correspondente

Leia mais

Este Plano de Gestão foi apresentado à Direção e suas ideias foram aprovadas. No entanto, a grafia é de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Este Plano de Gestão foi apresentado à Direção e suas ideias foram aprovadas. No entanto, a grafia é de responsabilidade exclusiva de seus autores. Este Plano de Gestão foi apresentado à Direção e suas ideias foram aprovadas. No entanto, a grafia é de responsabilidade exclusiva de seus autores. PLANO DE GESTÃO BOB CHAPA 2014 DIRETOR SOCIAL: - Continuação

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV EDUCAÇÃO FÍSICA. COORDENADORA DO CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv.

Currículos dos Cursos do CCB UFV EDUCAÇÃO FÍSICA. COORDENADORA DO CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv. 88 Currículos dos Cursos do CCB UFV EDUCAÇÃO FÍSICA COORDENADORA DO CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado ATUAÇÃO A formação

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO DISCIPLINAS Artes (Base Nacional Comum) Biologia (Ensino Médio) Matemática (Base Nacional Comum)

Leia mais

Estatística Final das Inscrições - Docente

Estatística Final das Inscrições - Docente Estatística Final das - Docente de 301 ADMINISTRAÇÃO / ECONOMIA Núcleo III - Macaé e Quissamã 174 117 6 101 AGRICULTURA 202 ARQUITETURA 103 ARTES 201 ARTES 151 115 5 54 46 0 49 34 3 50 37 0 303 ARTES Núcleo

Leia mais

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade ESPECIALISTAS - NÍVEL I 001 Ciências da Natureza na Educação Infantil e em Anos Iniciais do Ensino 18 002 Didática e Educação Inclusiva 13 003 Estatística e Informática na Educação 8 004 Filosofia e Educação

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração Habilitação: Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt da Produção / (qualquer modalidade) Engenharia

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA INGRESSOS 2014-1

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA INGRESSOS 2014-1 ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA GRUPOS: EFI 100 EFI 200 EFI 300 EFI 400 INGRESSOS 2014-1 Ampliada. Específica. Pedagógica Aplicada. Unidades de Ensino de Estágio Supervisionado e Outras

Leia mais

TEMAS PARA A PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO E CRITÉRIOS PARA AS ENTREVISTAS CARGO DE PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR PROFISSIONAL

TEMAS PARA A PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO E CRITÉRIOS PARA AS ENTREVISTAS CARGO DE PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR PROFISSIONAL TEMAS PARA A PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO E CRITÉRIOS PARA AS ENTREVISTAS O candidato à vaga de Professor de Línguas fará Entrevista, conforme critérios abaixo: A entrevista constará de uma conversa com

Leia mais

Curso Semestre Fase Disciplina Nota Frequência Resultado Carga Horária EDF 12008 1 LÍNGUA PORTUGUESA E PRODUÇÃO DE TEXTO 7.20 100.

Curso Semestre Fase Disciplina Nota Frequência Resultado Carga Horária EDF 12008 1 LÍNGUA PORTUGUESA E PRODUÇÃO DE TEXTO 7.20 100. 23743 - ADENILSO ISAIAS CAMPESTRINI EDF - EDUCAÇÃO FÍSICA Período de Ingresso: 1º semestre de 2011 - Situação: Concluido Curso Semestre Fase Disciplina Nota Frequência Resultado Carga Horária EDF 12008

Leia mais

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Março/2013

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Março/2013 AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Março/2013 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os requisitos de titulação

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013 Nome da instituição Nome do Grau na 1.ª fase de pelo 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) Prep. Mestrado Integrado 15 15 155,8 0110 8085 Universidade

Leia mais

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ S I S T E M A P O S I T I V O D E E N S I N O Na escola, você prefere assuntos ligados à: a) Arte, esportes e atividades extracurriculares b) Biologia

Leia mais

ANEXO I CARGOS, JORNADA DE TRABALHO, VAGAS, SALÁRIO MENSAL, PRÉ-REQUISITOS, HORÁRIOS e TIPO DE PROVAS

ANEXO I CARGOS, JORNADA DE TRABALHO, VAGAS, SALÁRIO MENSAL, PRÉ-REQUISITOS, HORÁRIOS e TIPO DE PROVAS SEETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ANEXO I CARGOS, JORNADA DE TRABALHO, VAGAS, SALÁRIO MENSAL, PRÉ-REQUISITOS, HORÁRIOS e TIPO DE PROVAS PROFESSORES- SUPERIOR COMPLETO do DISCIPLINA/CARGO 1. ARTES - Licenciatura

Leia mais

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 556, de 25 de fevereiro de 2005 (DOU nº 39, Seção 1 página 23, de 28/2/2005) O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e tendo

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Participação - 1º edição de 2012 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior

Leia mais

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS PROGRESSÃO POR CAPACTAÇÃO DOS SERVDORES TÉCNCOS-ADMNSTRATVOS O que é É a progressão que consiste na mudança de nível de capacitação dos servidores que obtiverem certificados de capacitação profissional

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º PERÍODO LETIVO AV2 6º ANO

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º PERÍODO LETIVO AV2 6º ANO 6º ANO 17/04 quarta-feira Ciências 18/04 quinta-feira 19/04 sexta-feira Informática 25/04 quinta-feira Matemática 26/04 sexta-feira Inglês 29/04 segunda-feira Historia 30/04 terça-feira Geografia Música

Leia mais

SIC 36/05. Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE. Distribuído a assessorados da CONSAE.

SIC 36/05. Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE. Distribuído a assessorados da CONSAE. SIC 36/05 Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE PORTARIA Nº 2.205, de 22 de junho de 2005. Ministro da Educação. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais