LNÍVEL MÉDIO - PROGRAMAS. PORTUGUÊS (Para todos os Cargos)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LNÍVEL MÉDIO - PROGRAMAS. PORTUGUÊS (Para todos os Cargos)"

Transcrição

1 LNÍVEL MÉDIO - PROGRAMAS Obs: As sugestões bibliográficas são apresentadas a título de subsídio, servindo apenas como orientação ao candidato, não obrigando que as questões sejam elaboradas diretamente do texto da bibliografia sugerida. Ajuda de Software e Manuais Técnicos são considerados complementares à bibliografia sugerida. PORTUGUÊS (Para todos os Cargos) Compreensão de texto. Uso informal e formal da língua. Uso da língua e adequação ao contexto. Norma culta. Elementos da Comunicação. Funções da Linguagem. Processos de coordenação e subordinação (valores semânticos). Estrutura e formação de palavras. Classes de palavras. Flexão das palavras. Regência nominal e verbal. Crase. Concordância nominal e verbal. Sistema ortográfico vigente. Relação fonema/letra. Acentuação gráfica e tônica. Encontros vocálicos. Consonantais, dígrafos. Significação de palavras: antônima, sinônima, homonímia, paronímia. Polissemia. Denotação e conotação. Emprego de palavras e expressões. Pontuação. Sugestões Bibliograficas BECHERA, Evanildo. Gramática escolar da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lucema, 2006 FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, CHALHUB, Samira. Funções da linguagem. Rio de Janeiro: Ática, MATEMÁTICA (Para todos os cargos) Parte 1: Aritmética, Álgebra e Análise Conjuntos: relação de pertinência; descrição de conjuntos, relação de inclusão; propriedades da inclusão de conjuntos;; conjunto das partes; operações entre conjuntos. O conjunto do números naturais (IN): operações em IN; múltiplos e divisores; máximo divisor comum (mdc); mínimo múltiplo comum (mmc); números primos, decomposição em fatores primos. O conjunto dos números racionais (Z): operação Z. O conjunto dos números racionais(q): operações em Q; representação por frações; representação por números decimais; frações geratrizes de dizimas periódicas. O conjunto dos números reais (IR): operações em IR; potenciação; radiciação, racionalização de dominadores; representação na reta real; módulo ou valor absoluto. Intervalos: operações de união, interseção e diferença entre intervalos. Definição de função, domínio, contradomínio, valor numérico e imagem de funções. Definição e representação gráfica da função afim; equações do 1º grau; sistemas de duas equações do 1º grau a duas variáveis; inequações do 1º grau. Definição representação gráfica da função quadrática; equações do 2º grau; relações entre coeficientes e raízes de uma equação do 2º grau; inequações do 2º garu. Funções definidas por várias sentenças; função modular; composição de funções; função inversa. Definição e representação gráfica da função Exponencial; resolução de equações e inequações exponenciais. Logaritimo: definição; propriedades operatórias; sistemas de logaritimos; mudanças de base; logaritimos decimais e neperianos: definição e representação de funções logarítimicas. Progressões aritméticas: conceitos. Fórmulas do termo geral,

2 propriedades; soma dos termos de uma progressão aritmética finita. Progressões geométricas: conceito, fórmula do termo geral, propriedades soma dos termos de uma progressão geométrica finita e de uma progressão geométrica infinita. Produto dos termos de uma progressão geométrica finita. Analise Combinatória: fatorial; arranjos, permutações e combinações simples e com elementos repetidos; números binominais; triângulo de Pascal. Binômio de Newton: desenvolvimento de binômios; soma dos coeficientes; termo geral do desenvolvimento de um binômio. Probabilidades: experimentos determinísticos e aleatórios. Espaço amostral. Espaços equiprováveis. Eventos. Probabilidades em um espaço amostral finito. Distribuição de probabilidades. Probabilidade condicional. Independência. Números Complexos: conceitos fundamentais; adição, subtração, multiplicação e divisão de números complexos na forma algébrica; plano de Argand-Gauss; Multiplicação, divisão, potenciação e radiciação de números complexos na forma trigonométrica. Polinômios: conceitos fundamentais; polinômio nulo e polinômio iguais; operações com polinômios; teorema do resto; teorema de D Alembert; dispositivo prático de Brio-Ruffni. Equações Polinomiais: conceito; decomposição de um polinômio num produto de fatores do 1º grau; raízes múltiplas; imaginárias e nulas; pesquisa de raízes racionais; relação entre coeficiente e raízes. Parte 2: Geometria e Trigonometria - Geometria Plana: figuras planas; teorema de Tales; semelhança; relações métricas; perímetros e áreas. Geometria Espacial: poliedros; poliedros regulares; prismas, pirâmides, cilindros, cones e esferas; relações métricas; áreas e volumes. Trigonometria: as funções trigonométricas e seus gráfcos; redução ao 1º quadrante; relações fundamentais; transformações trigonométricas; funções circulares inversas; equações e inequações trigonométricas. Parte 3: Álgebra Linear e Geometria Analítica Matrizes: conceito, igualdade de matrizes, operações; matriz inversa. Determinantes: determinantes de matrizes 2x2 e 3x3. Sistemas de Equações Lineares: resolução de sistemas pela regra de Cramer; discussão de sistemas lineares. Geometria Analítica: distância entre dos pontos; razão de secção; condição de alinhamento de três pontos: equação da reta que passa por dos pontos; formas da equação da reta; equação da reta que passa por dois pontos; formas da equação da reta; equação do feixe de retas; condição de paralelismo e perpendicularismo de retas ; distância entre ponto e reta; área de um triângulo; equação a circunferência. BEZERRA, M. J., Matemática para o Ensino médio. Editora Scipione. BIANCHINI, E. e PACCOLLA, H., Curso de Matemática, volume único. Editora Moderna. DANTE, L.R., Matemática, contexto e aplicações. Volume único-ensino médio. Editora Ática. FACCHINI, W., Matemática, volume único. Editora Saraiva. GIOVANNI, J. E BONJORNO, J. R., Matemática uma nova abordagem. vols. 1,2 e 3. Editora FTD. IEZZI, G., Matemática Volume Único 2º Grau. Editora Atual. IEZZI, G., MURAKAMI, C., HAZZAN, S. Fundamentos de Matemática Elementar. vols 1,2,3,4,5,6,7,8,9,20. Editora Atual LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE RIO DAS OSTRAS (Para todos os cargos) Disponível em:

3 Legislação ECA Para os cargos de AUXILIAR DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL II e Orientador Social Sugestão Bibliográfica -Estatuto da Criança e do Adolescente Lei 8069 de13 de julho de NOÇÕES DE INFORMÁTICA Para os cargos de Agente Administrativo, Agente de Defesa Civil, Agente de Saneamento, Agente de Portaria, Agente Tributário, Desenhista Projetista, Fiscal de Meio Ambiente, Fiscal de Obras e Posturas II, Fiscal do PROCON, Fotógrafo, Instrutor de Língua Brasileira de Sinais I, Monitor de Turismo, Oficial de Manutenção Predial, Secretário Escolar, Técnico de Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico de Higiene Dental, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Orçamento Civil, Técnico em Publicidade, Técnico Químico, Técnico em segurança do Trabalho, Técnico em Turismo, Topógrafo Microinformática, Hardware, Software e Web. Conceitos básicos. Hardware. Componentes e funções. Conexões e interfaces. Segurança física (equipamentos) e lógica (backup, vírus e antivírus). Software básico, utilitários e aplicativos. Ambientes Windows e Linux. Execução de procedimentos operacionais de rotina. MSOffice (Word, Excel e Powerpoint) e recursos. Internet X Intranet: conceitos, modelidades e técnicas de acesso, browsers, navegação, pesquisa, atalhos de teclado, , utilização dos recursos. DIGERATI 101 Dicas: Microsoft Word, Digerati, MANZANO, José Augusto N. G. OpenOffice. Org, Érica, MORIMO, C. E. Linux, Entendendo o Sistema: Guia Prático, Sul Editores, MUELLER< John Paul. Aprenda Microsoft Windows XP em 21 dias, Makron Books, SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet. Inglês/Português, STANEK, Willam R. Microsoft Windows XP Professional, Guia de Bolso do Administrador, Bookman, VELLOSO, Fernando de Castro. Informática Conceitos Básicos, Campus, Manuais Técnicos. Obs: As sugestões bibliográficas são apresentadas a título de subsídio, servindo apenas como orientação ao candidato, não obrigando que as questões sejam elaboradas diretamente do texto da bibliografia sugerida. Cargo: Agente Administrativo Microinformática, Hardware, Software e Web. Conceitos básicos. Hardware. Componentes e funções. Conexões e interfaces. Segurança física (equipamentos) e lógica (backup, vírus e antivírus). Software básico, utilitários e aplicativos. Ambientes Windows e Linux. Execução de procedimentos operacionais de rotina. MSOffice (Word, Excel e Powerpoint) e recursos. Internet X Intranet: conceitos, modelidades e técnicas de acesso, browsers, navegação, pesquisa, atalhos de teclado, , utilização dos recursos.

4 DIGERATI 101 Dicas: Microsoft Word, Digerati, MANZANO, José Augusto N. G. OpenOffice. Org, Érica, MORIMO, C. E. Linux, Entendendo o Sistema: Guia Prático, Sul Editores, MUELLER< John Paul. Aprenda Microsoft Windows XP em 21 dias, Makron Books, SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet. Inglês/Português, STANEK, Willam R. Microsoft Windows XP Professional, Guia de Bolso do Administrador, Bookman, VELLOSO, Fernando de Castro. Informática Conceitos Básicos, Campus, Manuais Técnicos. Cargo: Agente de Defesa Civil Estrutura da Defesa Civil. Sistema Nacional de Defesa Civil. Conceitos relacionados. Classificação dos Desastres. Classificação dos danos e prejuízos. Planejamento em Defesa Civil. Ações de Defesa Civil. Principais documentos utilizados. Programa de preparação para emergências e desastres. Aspectos Jurídicos das atividades de Defesa Civil. Sugestões BIBLIOGRÁFICAS: 1. Lei nº , de 01 de dezembro de 2010 (conversão da Medida Provisória nº. 494, de 2010). 2. Decreto n , de 04 de agosto de NETO, Mauro Cerri. Aspectos jurídicos das atividades de defesa civil, 1ª ed. 68 p CALHEIROS, Lelio Bringel; CASTRO, Antonio L. C.; DANTAS, Maria Cristina. Apostila sobre Implantação e Operacionalização de COMDEC, 4ª ed., CASTRO, Antonio Luiz Coimbra. Manual de Planejamento em Defesa Civil. Volume I, II, III e IV. 1ª ed., Fonte:

5 Cargo: Agente de Portaria Noções de controle e combate a incêndios. Tipos de incêndios (principais causas). Extintores de Incêndios (tipo/função). Noções de controle de entrada e saída de veículos e pessoas em prédios públicos. Boletim de Ocorrência definição, finalidade. Telefones públicos de Emergência: Polícia, Hospitais e outros. Atribuições básicas do cargo de Vigia; Noções de segurança do trabalho. Relacionamento interpessoal - comportamento profissional. Convivência com os superiores, com os colegas de trabalhos e com o público. Noções de Primeiros Socorros. CARDOSO, Márcio Alfredo Tanure. O Agente de Portaria do Futuro - Manual Prático do Agente de Portaria; Belo Horizonte, 2001 GODOY, José Elias de; BARROS, Saulo C. Rego. Manual de Segurança em Condomínios; São Paulo, Igal, 1998 SMITH, Laura Ditt; LIMA, Sueli Santos. Treinamento de Pessoal de Condomínio; Viçosa, Aprenda Fácil, 1999 Cargo: Agente de Saneamento Princípios e Diretrizes do SUS, Pacto pela Saúde, Política de Vigilância Sanitária no Brasil, Legislação em Vigilância Sanitária, Vigilância Sanitária de Medicamentos, Vigilância Sanitária de Serviços, Vigilância Sanitária de Alimentos, Avaliação da Qualidade de Serviços de Saúde, Indicadores de Saúde, Controle Social e Participação Popular, Defesa do Consumidor, Competências e Atribuições do Fiscal Sanitário. BRASIL, Constituição Federal 1988, Seção II - Da Saúde (Art. 196 a 200), disponível em https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ Constitui%C3%A7ao_Compilado.htm BRASIL, Lei 8080/90, disponível em BRASIL, Lei 8142/90, disponível em BRASIL, Portaria nº. 399/GM de 22 de fevereiro de 2006, disponível em BRASIL, Lei Federal n 5991 de 17/12/1973, disponível em BRASIL, Lei Federal 6437 de 20/08/1977, disponível em BRASIL, Lei n 8078 de 11/09/1990, disponível em BRASIL, Portaria 344 de 12/05/1998, disponível em BRASIL, Lei Federal 9782 de 26/01/1999, disponível em BRASIL, Resolução RDC nº 306, de 7 de dezembro de 2004, disponível em

6 EDUARDO, Maria Bernadete de Paula. Noções básicas sobre Vigilância Sanitária In: Vigilância Sanitária. São Paulo: Faculdade de Saúde Púlblica/USP, (Série Saúde & Cidadania. Volume 8, p ), disponível em Cargo: Agente Tributário Noções de Direito Constitucional - 1. Da Constituição: conceito, objeto, elementos e classificação. 2. Aplicabilidade e interpretação das normas constitucionais. 3. Princípios fundamentais constitucionais. 4. Poder constituinte: poder constituinte originário e derivado; limites ao poder de emenda; 5. Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais; direitos sociais 6. Das garantias constitucionais. 7. Direito de nacionalidade: espécies, formas de aquisição e perda da nacionalidade; tratamento diferenciado entre brasileiro nato e naturalizado. 8. Direitos políticos: direito de voto, elegibilidade e direitos políticos negativos. 9. Organização do Estado e dos poderes: Organização políticoadministrativa; União, Estados, Municípios e Distrito Federal; repartição de competências. 10. Poder legislativo: Congresso Nacional, suas casas legislativas e funções; comissões parlamentares de inquérito, Tribunais de Contas. 11. Processo legislativo: conceito, classificação; processo legislativo ordinário e espécies normativas. 12. Poder executivo: Presidente e Vice-Presidente da República; modo de investidura e posse no cargo de Presidente da República; Ministros de Estado. 13, Poder Judiciário: órgãos, composição dos Tribunais; funções e garantias do Poder Judiciário. 14. Ministério Público: posicionamento constitucional, princípios, funções e garantias do Ministério Público. Noções de Direito Administrativo - 1. Fontes e Princípios Administrativos: 2. Organização Administrativa Brasileira: a função administrativa, estrutura dá administração direta, desconcentração e descentralização administrativa. 3. Entidades da Administração Indireta: autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista. 4. órgãos Públicos: conceito e classificação. 5. Poderes e Deveres do Administrador Público. 6. Poderes administrativos. 7. Atos Administrativos: conceito, elementos constitutivos, atributos, classificação, espécies, atos vinculados e atos discricionários, formas de extinção. 8. Serviços Públicos: competência, classificação, princípios setoriais; execução direta e indireta 9. Servidores Públicos: normas constitucionais; regime jurídico, cargos públicos; espécies, formas de provimento e vacância; acesso aos cargos, empregos e funções públicas; estabilidade, aposentadoria, pensão e responsabilidade funcional 10. Domínio Público: conceito, classificação e uso dos bens públicos; características e espécies. Noções de Direito Tributário - 1. Normas gerais de direito tributário: conceitos e espécies de normas tributárias, vigência, aplicação, interpretação. 2. Princípios constitucionais tributários: legalidade, igualdade, capacidade contributiva, irretroatividade, proibição de confisco, anuidade e anterioridade. 3. Princípios que regem a função do fisco. 4. Relação jurídica tributária: conceito, natureza, relação jurídica tributária material e formal. 5. Obrigação tributária: fato gerador da obrigação tributária; conceito, subsunção, espécies; elemento objetivo do fato gerador; aspecto material, temporal e quantitativo; elemento subjetivo do fato gerador, sujeito ativo, passivo, solidariedade, capacidade tributária, domicílio tributário, contribuinte e responsável tributário. 6.-Crédito tributário: conceito. Constituição: o lançamento: características, eficácia, efeitos, atributos, princípios e modalidades do lançamento. Suspensão: conceito, moratória, depósito, reclamações e recursos administrativos, liminares em mandado de segurança e em outras demandas. Extinção: pagamento e suas modalidades; imputação, consignação, pagamento indevido, compensação, transação, remissão; prescrição e decadência. Exclusão: conceito, isenção, natureza, classificação, princípios, direitos fundamentais, renúncias de receita, interpretação e revogação das isenções, anistia. Garantias do crédito tributário: conceito, privilégios, preferências. Fiscalização do credito tributário. 7. Sistema tributário nacional:

7 conceito, classificação, princípios gerais; competência tributária; limitações ao poder de tributar. 8. Os tributos: conceito, classificação; impostos federais, estaduais e os municipais; especificidades e princípios inerentes a cada imposto, taxas: conceito, requisitos constitucionais, princípios e espécies; contribuição de melhoria: fundamentos, conceito e elementos do fato gerador; contribuições sociais. Constituição da República Federativa do Brasil. Constituição do Estado do Rio de Janeiro. Constituição da República Federativa do Brasil. Código Tributário Nacional Constituição do Estado do Rio de Janeiro Moraes, Alexandre de. Direito Constitucional. Editora Atlas. Decreto -lei 200/67 e suas alterações. Oliveira, Claudio Brandão de. Manual de Direito Administrativo. Editora Impetus. Machado, Hugo de Brito. Curso de Direito Tributário. Malheiros Editores. Torres, Ricardo Lobo. Curso de Direito Financeiro e Tributário. Editora Renovar. Legislação Especifica - Lei Orgânica do Município de Rio das Ostras (http://www.riodasostras.rj.gov.br/legislacao/lei_organica.pdf); Código Tributário Municipal de Rio das Ostras. Cargo: Auxiliar de Desenvolvimento Infantil II Planejamento, elaboração e execução das atividades de educação infantil, em articulação com o pedagogo, acompanhando e avaliando o processo de desenvolvimento psicomotor. Recepcionar as crianças no horário de entrada e saída, preparando e organizando o material didático, de recreação e orientando-as na formação de hábitos de higiene e boas maneiras, garantindo a adaptação e bem estar. Verifica o estado de saúde e higiene, confere o material individual de cada uma; efetua o controle de freqüência das crianças. Auxilia a servir a alimentação, orienta sobre o comportamento adequado à mesa e o uso adequado de talheres. Cuida da higiene das crianças dando banho, orientando-as a se vestir, calçar e pentear; auxilia e orienta as crianças na escovação dos dentes. Quando necessário, ministra medicamentos conforme orientação médica e executa pequenos curativos. Controla os horários de repouso das crianças. Participa do planejamento, da execução e do desenvolvimento de passeios e atividades recreativas e lúdicas utilizando jogos e brincadeiras em grupo com o objetivo de estimular o desenvolvimento psicossocial da criança. Legislação ECA Estatuto da Criança e do Adolescemnte Lei 8069 de 13 de julho de 1990 Cargo: Desenhista Projetista Desenho básico de projeto: formatos, escalas, símbolos e convenções. Normas ABNT. Representação de Projetos: projetos de modificação e acréscimo. Elementos básicos do

8 projeto. Etapas de projeto. Plantas baixa e de situação, fachadas, cortes e detalhes. Noções de topografia: desenho de plantas, convenções, avaliações de superfícies, desenho de perfis. Levantamento arquitetônico e urbanístico. Locação de obras. Tecnologia das construções. Serviços preliminares. Canteiro de obras. Marcação de obras. Movimentos de terra. Escoramentos. Fundações, estruturas. Sistemas construtivos. Especificação de materiais e acabamentos. Noções básicas de representação gráfica e tecnológica com uso do Autocad. Sugestões bibliográficas BORGES, Alberto de Campos. Prática das pequenas construções. São Paulo : Editora Edgard Blücher Ltda., v.1. BORGES, Alberto de Campos. Prática das pequenas construções. São Paulo : Editora Edgard Blücher Ltda., 1975, v.2. BORGES, Alberto de Campos. Topografia. São Paulo : Editora Edgard Blücher Ltda., CARDÃO, Celso. Técnica da Construção. Belo Horizonte : Edições Engenharia e Arquitetura, v. CREDER, Hélio. Instalações Elétricas. Rio de Janeiro e São Paulo : Livros Técnicos e Científicos Editora S/A, CREDER, Hélio. Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Rio de Janeiro e São Paulo : Livros Técnicos e Científicos Editora S/A, FERREIRA, Patrícia. Desenho de Arquitetura. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, FRENCH; Thomas E. Desenho Técnico. Porto Alegre : Globo, FREY, David. AutoCAD 2002: a bíblia do iniciante. São Paulo: Ciência Moderna, MONTENEGRO, Gildo A. Desenho Arquitetônico. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda., NORMAS ABNT. Representação de projetos de arquitetura BR Cargo: Fiscal do PROCON Direito do Consumidor. Conceito de consumidor. Relação de consumo. Ações coletivas para defesa de interesses individuais homogêneos. Ações de responsabilidade do fornecedor de produtos e serviços. Lei nº 8.078, de 11 de setembro de Código de Defesa do Consumidor. Decretos: Decreto no 2.181, de 20 de março de Decreto no 5.903, de 20 de setembro de Decreto no 6.523, de 31 de julho de prestação de serviços, contratos de conta corrente, de abertura de crédito, de alienação e contrato de leasing. Diferenciação entre produtos e serviços. A Leis federais. Lei nº 7.347, de 24 de julho de Lei nº , de 11de outubro de Leis Distritais. 4.1 Lei nº 1.418, de 11 de abril de Lei nº 2.547, de 12 de maio de Lei nº 2.656, de 28 de dezembro de Lei nº 2.810, de 29 de outubro de Lei nº 3.278, de 31 de dezembro de Lei nº 3.683, de 13 de outubro de Lei nº 3.941, de 2 de janeiro de Lei nº 4.029, de 16 de outubro de Lei nº 4.083, de 4 de janeiro de Lei nº 4.111, de 26 de março de Lei nº 4.225, de 24 de outubro de Lei nº 4.277, de 19 de dezembro de Lei nº 4.309, de 9 de fevereiro de Lei nº 4.311, de 9 de fevereiro de Nota Técnica. Nota Técnica no 20/ DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor), do Ministério da Justiça. Resoluções. Resolução no ANATEL (Agencia Nacional detelecomunicações), de 7 de agosto de Resolução no ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica), de 29 de novembro de Direito Civil. Negócio jurídico espécies, manifestação da vontade, vícios da vontade, defeitos

9 e invalidade. Teoria da imprevisão. Ato jurídico, modalidades e formas do ato jurídico. Efeitos do ato jurídico. Prescrição. Obrigações. Extinção das obrigações. Responsabilidade civil. Direitos reais. Contratos em geral. Responsabilidade civil. Garantias reais. Direito Comercial. Contratos de empresas: requisitos, classificação, formação, meios de provas, contratos de compra e venda e de vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo. Fiscalização no mercado de consumo para controle de qualidade, de preço e consumo. Culpabilidade pela reparação dos danos causados aos consumidores decorrente de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas e (ou) manipulação. Microeconomia. Teoria do consumidor (teoria da utilidade e teoria da escolha). Demanda, oferta, equilíbrio e alterações no equilíbrio de mercado: determinações do preço e quantidade de equilíbrio. Elasticidade: conceito, preço da demanda, renda da demanda, preço cruzado da demanda, preço da oferta. Lei nº 8.078, de 11 de setembro de Código de Defesa do Consumidor Decretos: Decreto no 2.181, de 20 de março de Decreto no 5.903, de 20 de setembro de Decreto no 6.523, de 31 de julho de Leis Federais Lei nº 7.347, de 24 de julho de Lei nº , de 11de outubro de 2004 Leis Distritais. 4.1 Lei nº 1.418, de 11 de abril de Lei nº 2.547, de 12 de maio de Lei nº 2.656, de 28 de dezembro de Lei nº 2.810, de 29 de outubro de Lei nº 3.278, de 31 de dezembro de Lei nº 3.683, de 13 de outubro de Lei nº 3.941, de 2 de janeiro de Lei nº 4.029, de 16 de outubro de Lei nº 4.083, de 4 de janeiro de Lei nº 4.111, de 26 de março de Lei nº 4.225, de 24 de outubro de Lei nº 4.277, de 19 de dezembro de Lei nº 4.309, de 9 de fevereiro de Lei nº 4.311, de 9 de fevereiro de Nota Técnica. Nota Técnica no 20/ DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor) Resolução no ANATEL (Agencia Nacional detelecomunicações), de 7 de agosto de Resolução no ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica), de 29 de novembro de 2000 Cargo: Fiscal de Meio Ambiente Noções gerais de Legislação Ambiental - Legislação Federal. Legislação Estadual. Legislação Municipal. Órgãos públicos responsáveis pelas questões ambientais. Conhecimento da área de competência dos principais Órgãos ambientais: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, Instituto Chico Mendes, Instituto Estadual do Ambiente, Fundação Instituto Estadual de Floresta IEF - Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente FEEMA - Fundação Superintendência Estadual de Rios e Lagoas SERLA - Comissão Estadual de Controle Ambiental - CECA- Delegacia Móvel do Meio Ambiente- DMMA- Batalhão de Policia Florestal e Melo Ambiente - BPFMA- Departamento de Recursos Minerais - DRM. Conhecimento geral acerca das Unidades de Conservação Importância das Unidades de Conservação. Definição de áreas de preservação permanente. Definição de Parques Estaduais e demais unidades de conservação do Estado.

10 Legislação Básica Federal Constituição Federal promulgada em 05/10/88 - Capitulo do Melo Ambiente. LEI N 4.771, de 15/09/65 - Institui o novo Código Florestal. LEI N 4.778, de 22/09/65 - Dispõe sobre a obrigatoriedade de serem ouvidas as autoridades florestais na aprovação de loteamentos pare venda de terrenos em prestações. LEI N 5.197, de 03/01/67 - Dispõe sobre a proteção a Fauna. LEI N 6.938, de 31/08/81 - Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente. LEI N 7.653, de 12/02/88 - Altera redação dos artigos 18, 27, 33 e 34 da Lei n 5.197/67 e dá outras providências. LEI Estadual n 5.101, de 4 de outubro de criou o Instituto Estadual do Ambiente - INEA. LEI N 7.679/88 - Dispõe sobre a pesca predatória. LEI N 7.754, de 14/04/89 - Estabelece medidas para proteção das florestas nas nascentes dos rios. LEI N 7.802/89 - Dispõe sobre o uso de agrotóxicos. Leis n 6.535/78 e 7.511/86. LEI N 7.804, de 18/07/89 - Altera as Leis n 6.938/81, 7.735/89, 6.803/80 e 6.902/80. DECRETO N /90 - Regulamenta a Lei n 7.802/89. DECRETO n 750. De 10/02/93 dispõe sobre o corte, a exploração e supressão de vegetação primária ou nos estágios avançado e médio de regeneração da Mata Atlântica. RESOLUÇÃO CONAMA N 04 de 18/09/85 - Estabelece reservas ecológicas. RESOLUÇÃ0 CONAMA N 13 de 06/12/90 - Estabelece normas referentes ao entorno das Unidades de Conservação visando proteção dos ecossistemas já existentes. RESOLUÇÃO CONAMA N 06, de 04/05/94 - Define parâmetros para os estágios de regeneração da Mata Atlântica. Estado do Rio de Janeiro. PORTARIA MINISTERIAL N 74-N, de 06/07/92 - Instrui sobre o controle e a autorização de corte da vegetação florestal. Legislação Básica Estadual Constituição do Estado do Rio de Janeiro promulgada em 05/08/89 - Da política do Meio Ambiente. LEI N 650, de 11/01/83 - Dispõe sobre a política estadual de defesa e proteção das bacias fluviais e lacustres do Rio de Janeiro. LEI N 2.049, de 22/12/92 - Dispõe sobre proibição de queimadas de vegetação no Estado do Rio de Janeiro em áreas e locais que especifica e dá outras providências. DECRETO LEI N 134, de 16/ Dispõe sobre a prevenção do controle da poluição do Meio Ambiente no Estado do Rio de Janeiro e dá outras providências. DECRETO N 2.330, de 08/01/79 - Regulamente em parte, os Decretos - Leis n 39/75 e 134/75, e institui o Sistema de Proteção dos Lagos e Cursos d' Água do Estado do Rio de Janeiro. DECRETO N 8.974, de 15/05/86 - Regulamenta a aplicação das penalidades previstas no Decreto LEI n 134/75 e da outras providências. LEI Orgânica do Município de Rio das Ostras (http://www.riodasostras.rj.gov.br/legislacao/lei_organica.pdf) - Capitulo do Meio Ambiente. Cargo: Fiscal de Obras e Posturas II

11 Verificar, orientar e fiscalizar o cumprimento da regulamentação concernente à obras, posturas e meio ambiente, inclusive a limpeza pública; Verificar os imóveis, inspecionando o funcionamento das instalações sanitárias e o estado de conservação das paredes, telhados, portas e janelas, a fim de opinar nos processos de concessão de habite-se e vistoria comercial; Embargar obras clandestinas, irregulares ou ilícitas; Verificar o licenciamento de movimentos de terra, construções, reformas e ampliações, embargando as que não estiverem providas de competente autorização ou que estejam em desacordo com o autorizado; Verificar a existência de habite-se nos imóveis construídos, reconstruídos ou que tenham sofrido alterações de ampliação, transformação e redução; Verificar e emitir parecer nos pedidos de demolição e habite-se; Verificar alinhamentos e cotas indicados nos projetos; Fiscalizar as obras e serviços realizados em logradouros públicos no que se refere a licença exigida pela legislação específica; Controlar o Cadastro de Numeração, realizando a numeração oficial de imóveis; Intimar, autuar, interditar, estabelecer prazos e tomar outras providências com relação aos transgressores das leis, normas e regulamentos concernentes às obras particulares, posturas, legislação urbanística e meio ambiente; Verificar a instalação e localização de móveis, equipamentos, veículos, utensílios e objetos, de bancas e barracas em logradouros públicos quanto à permissão para cada tipo de comércio, bem como quanto à observância de aspectos estéticos, de ordem e segurança pública; Inspecionar o funcionamento de feiras livres, verificando o cumprimento das normas relativas à localização, à instalação, ao horário e à organização; Verificar a regularidade da exibição e utilização de anúncios, alto-falantes e outros meios de publicidade em via pública, bem como a propaganda comercial afixada em muros, tapumes e vitrines ou em logradouros públicos; Verificar o horário de fechamento e abertura do comércio em geral e de outros estabelecimentos, bem como a observância das escalas de plantão das farmácias; Verificar a colocação de andaimes e tapumes nas obras em execução, reforma ou demolição, bem como a carga e descarga de material na via pública; Verificar o depósito na via pública, de resíduos de fábricas e oficinas, restos de material de construção, entulhos provenientes de reformas e demolições, resíduos de casas comerciais, bem como terra, folhas e galhos dos jardins e quintais particulares, objetivando a desobstrução da via pública; Apreender, por infração, veículos, mercadorias, animais e objetos expostos, negociados ou abandonados em ruas e logradouros públicos; Autuar e apreender as mercadorias por irregularidades e guardá-las em depósitos públicos, devolvendoas mediante o cumprimento das formalidades legais, inclusive o pagamento de multas; Verificar o licenciamento de placas comerciais nas fachadas dos estabelecimentos respectivos ou em outros locais; Verificar o licenciamento para realização de festas populares em vias e logradouros públicos; Verificar o licenciamento para instalação de circos e outros tipos de espetáculos públicos promovidos por particulares, inclusive exigindo a apresentação de documento de responsabilidade de profissional devidamente habilitado; Fiscalizar os terrenos, pátios e quintais, para que sejam mantidos livres de mato, água estagnada e lixo; Fiscalizar, intimar e autuar os proprietários ou arrendatários de terrenos situados em ruas dotadas de meio-fio, que não estejam devidamente murados e com a respectiva calçada construída; Verificar as violações às normas sobre poluição sonora: uso de buzinas, casas de disco, clubes, boates, discotecas, alto-falantes, bandas de música, entre outras; Realizar sindicâncias especiais para instrução de processos ou apuração de denúncias e reclamações; Solicitar força policial para dar cumprimento à ordens superiores, quando necessário; Emitir relatórios periódicos sobre suas atividades e manter a chefia permanentemente informada a respeito das irregularidades encontradas; Solicitar à autoridade competente a vistoria de obras e edificações quando houver suspeita de riscos de desabamento ou falta de segurança; Acompanhar os arquitetos e engenheiros da Prefeitura nas inspeções e vistorias realizadas em sua jurisdição; Prestar informações para instrução de processos e emissão de

12 certidões; Coletar dados para a atualização do cadastro urbanístico do Município; Fiscalizar o corte e derrubada de árvores, desmatamentos e queimadas; Fiscalizar a invasão e abertura de vias ou retirada de cobertura vegetal e materiais do solo em áreas de preservação ou de proteção de mananciais; Fiscalizar o lançamento de resíduos em espaço aberto, ou em afluentes, que possam comprometer a qualidade do ar ou da água; Fiscalizar as atividades de extração de recursos naturais; Fiscalizar atos e atitudes de agressão à fauna e à flora nativas; Verificar modificações de características dos elementos hídricos; Intimar, comunicar, embargar e autuar ações que contrariem a legislação municipal, no que diz respeito às questões ambientais; Embargar obras clandestinas, irregulares ou ilícitas, quando não verificado o licenciamento ambiental exigido ou que estejam em desacordo com o autorizado; Fiscalizar as ligações de esgoto irregulares e clandestinas em rios; Executar outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas pelo superior imediato. 1. Lei Orgânica do Município de Rio das Ostras (http://www.riodasostras.rj.gov.br/legislacao/lei_organica.pdf); 2. Código de Posturas do Município de Rio das Ostras; 3. Código de Obras do Município de Rio das Ostras. Cargo: Fotógrafo Linguagem da Fotografia. Dispositivos formadores de imagem. Usos da fotografia. Fotografia em preto e branco. Fotografia colorida. História da Fotografia. Fotojornalismo. Lentes. Equipamentos Fotográficos. Luz Natural e Nitidez. Processo de Revelação colorido e preto em branco. Efeitos Especiais. Cuidados com produtos químicos. O trabalho do Fotografo. Fotografia como Arte. Tipos de maquinas Fotográficas. Como Montar um rebatedor de Luz. Como Avaliar os Resultados. Resolução e Ampliação. Como montar um Estúdio Fotográfico. Elementos de uma imagem ponto ou Pixel. Funcionamento do flash. BUSSELE, Michel. Tudo sobre fotografia. Circulo do Livro DOTY, Robert. Photography in America. Thames and Hudson Enciclopedia focal de- Fotografia - Ediciones Omega- Barcelona FLORENCE, Hercules. 1833: a descoberta isolada da Fotografia no Brasil. Boris Kossoy - Faculdade de Comunicação Social Anhembi - SP Fotografia - Manual completo de arte e técnica - Time-Life/Abril Cultural GERNSHEIN, HELMUT e ALISON. Historia Gráfica de la Fotografia. Ediciones Omega - Barcelona GERNSHEIN, HEUV1UT e ALISON. The history of photography HEDGECOE, John H. Fotografia Creativa. Blume ediciones - I 976 J. R. Clerc. Fotografia - Teoria y Pratica. Edidones Omega LANGFORD, M. J. Tratado de Fotografia. Ediciones Omega - Barcelona LANGFORD, M. J. Fotografia Básica. Ediciones Omega - Barcelona POLLACK, Peter. The picture history of photography. Concise edition W. H. Fox Talbot. The pencil of Nature. Da Capo Press Edition -1968

13 Cargo: Instrutor de Informática Microinformática: Inglês Técnico. Modalidades de processamento "batch", "offline", "online" e "real time". Sistemas de Numeração. Hardware: conceitos e configurações, placa-mãe, microprocessadores, dispositivos de entrada e saída, componentes e funções, memórias, discos rígidos, padrões e tecnologias IDE, SCSI e SATA, barramentos PCI, PCI Express, AGP e USB, interfaces serial e paralela, conexões, mídias, CD e DVD, instalação, configuração e operação, montagem e manutenção de equipamentos de informática. Software: Sistemas Operacionais: conceitos, multiprocessamento, multiprogramação "time sharing" e multitarefa, plataformas Windows e Linux, Software Básico e Utilitários. Aplicativos computacionais: conceitos e conhecimentos sobre MS Office e Open Office. Redes: conceitos, tecnologias, terminologia, meios de transmissão, topologias, protocolos, padres, interconexão de redes, equipamentos, TCP/IP, Redes Wireless. Web: conceitos sobre Internet, modalidades de acesso, navegação e pesquisa, browser, , instalação, configuração e utilização dos recursos, HTML, XML, CSS, JavaScript, ASP, PHP e JSP, construção de páginas para Web. Segurança física e lógica: proteção de equipamentos e de sistemas de informática e em redes e na Internet, backup; vírus, prevenção, firewall. Algoritmos e Linguagens de Programação: conceitos, algoritmos, estruturas básicas de programação, pseudocódigo e fluxograma, estruturas de dados, procedimentos e funções, recursividade, Passagem de parâmetros, algoritmos de ordenação e de pesquisa, arquivo e registro, programas, técnicas, interpretação X compilação X linkedição, código-fonte e código-objeto, Programação Orientada a Objetos, conhecimentos sobre Pascal, C, C++, C#, Visual Basic, Delphi, plataforma Net e Java. Bancos de Dados: conceitos, modelagem, Abordagem Relacional, Formas Normais, SGBD, DLL e DML, SQL, Interface e conectividade Web, Segurança, Bancos de Dados Orientados a Objeto, Administração, Aplicações. MySQL. PostgreSQL. Gestão Empresarial: Sistemas automatizados, ferramentas pare Projeto, Análise e Desenvolvimento, abordagens Estruturada, Essencial e Orientada a Objetos, Modelagem, Diagramas, UML, Processo Unificado Rational (RUP), softwares Case - Rational Rose e Power Design, Fundamentos sobre Qualidade de Software (ISO e CMM), DataWarehouse, Gerência de Projetos, software MSProject. Computação Gráfica: conceitos relacionados a imagens, resoluções, cores, conhecimentos sobre Corel Draw, Photoshop e Flash. DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Banco de Dados, Campus/ Elsevier, DEITEL, H. M. & DEITEL, P. J. Java: Como Programar, Bookman, FORBELLONE, A. L. V. & EBERSPAVHER, H. F. Lógica de Programação: a Construção de Algoritmos e Estruturas de Dados, Pearson Education do Brasil, MANZANO, José Augusto N. G. OpenOffice.org, Érica, MANZANO, J. A. N. G. Estudo Dirigido de SQL: Structured Query Language, Érica, MORIMOTO, C. E Linux, Entendendo o Sistema: Guia Pratico, Sul Editores, MORIMOTO, C. E. Redes e Servidores Linux: Guia Prático, Sul Editores, MURHAMMER, M. W. et all. TCP/IP Tutorial e Técnico, Pearson Education do Brasil, PEREIRA, S. L Estruturas de Dados Fundamentals- Conceitos e Aplicações, Érica, RUMBAUGH, J. & BLAHA, M. Modelagem e Projetos Baseados em Objetos com UML 2, Campus/Elsevier, RUMBAUGH, J. & BOOCH, G. & JACOBSON, I. UML: Guia do Usuário, Campus/ Elsevier Editora Ltda, 2005.

14 SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet: inglês/português, Nobel, SCHMITZ, E. A. & TELES, A. A. S. Pascal e Técnicas de Programação, LTC, SETZER, W, Banco de Dados Orientados a Objetos, Edgard Blucher, SETZER, W, Banco de Dados, Edgard Blucher, STALLINGS, W. Arquitetura e Organização de Computadores, Pearson Education do Brasil, TANENBAUM, A S. Organização Estruturada de Computadores, Pearson Education do Brasil, TANENBAUM, A S. Redes de Computadores, 4ª edição, Campus/ Elsevier Editora Ltda, TANENBAUM, A. S. Sistemas Operacionais Modernos, Pearson Education do Brasil, YOURDON, E. Analise Estruturada Moderna, Campus/ Elsevier Editora Ltda, Normas ABNT. Cargo: Instrutor de Língua Brasileira de Sinais I Lingüista e a Língua Brasileira de Sinais: regras estruturais e gramaticais. Aspectos biológicos e psicossociais da linguagem humana. Identidade Surda: cultura, família e comunidade. História das línguas de sinais. História da Educação de Surdos. Significados e Sentidos nas traduções. Uso de Classificadores. Leis que embasam a atuação do interprete de LIBRAS. BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases da Educacional Nacional. Lei n de 20 de dezembro de 1996., Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Secretaria de Educaçâo Especial- MEC, Brasilia: SEESP, 2001., Parâmetros Curriculares Nacionais Adaptações Curriculares. Brasília: SEESP, 2001., Lei n de 24 de abril de 2002 e Decreto de Regulamentação n de 22 de dezembro de 2005., Ministério da Educação Secretaria de Educação Especial - Ensino da Língua Portuguesa para surdos: caminhos para a prática pedagógica. Brasília: SEESP, 2002, volumes 1 e 2., Conferência Mundial sobre Necessidades Educativas Especiais: acesso e qualidade. Declaração de Salamanca e linha de ação sobre necessidades educativas especiais. 2 ed. Brasilia: CORDE, FELIPE, Tanya A. LIBRAS em Contexto. Programa Nacional de Apoio a Educação de Surdos - MEC. Brasília: SEESP, FERNANDES, Eulália. Problemas Lingüísticos e Cognitivos dos surdos. Rio de Janeiro: Editora Agir, LODI, A.C.B; HARRISON, K.M., CAMPOS, S.R. e TESKE, 0. (Orgs). Letramento e Minorias. Porto Alegre: Editora Medina, MOURA, Maria Cecília. O Surdo: caminhos pare uma nova identidade. Rio de Janeiro: Editora Revinter, PERLIN, Gladis. Identidade Surda e Currículo. In: LACERDA, Cristina Broglia F.de (Org). Surdez: processos educativos e subjetividade. São Paulo: Editora Lovise, QUADROS, Ronice M. e KARNOPP, L. B. A Língua de Sinais Brasileira: estudos lingüísticos. Porto Alegre: Editora Artmed, SACKS, Oliver. Vendo Vozes: uma jornada pelo mundo dos surdos. Rio de Janeiro: Editora Companhia das Letras, SILVA, Maria Piedade M. A Construção de Sentidos na Escrita do aluno surdo. São Paulo: Editora Plexus, SKLIAR, Carlos. A surdez: um olhar sobre as diferenças. Porto Alegre: Editora Mediação, 1998.

15 , Atualidade da educação bilíngüe para surdos - projetos pedagógicos. Porto Alegre: Editora Medina, Volumes 1 e 2. STRNADOVÁ, Vera. Como é ser surdo. Rio de Janeiro: Babel Editora, Cargo: Monitor de Turismo O turista, suas motivações e tipos de viagens. O mercado turístico. Organizações e empresas da atividade turísticas. Agências de viagens, meios de hospedagens, transportes e atrativos. O turismo e seu impacto no ambiente. IGNARRA,l Luiz Renato. Fundadamentos dos Turismo. São Paulo: Pioneira Thomson Leamin, OLIVEIRA, Ântonio Pereira. Turismo e Desenvolvimento: planejamento e organização. São Paulo: Atlas, VAZ, Gil Nuno. Marketing Turístico: receptivo e emissivo: um roteiro estratégico para projetos mercadológicos públicos e privados. São Paulo: Pioneiras, Cargo: Oficial de Manutenção Predial Conhecimentos Específicos: Noções básicas sobre o uso de ferramentas usadas na profissão. Noções básicas de produtos a serem usados na profissão. Uso de Equipamentos de Produção Individual, EPIs. Procedimentos de Segurança. Noções gerais de corrente elétrica; tensão; voltagem; Tipos de ligações; Unidades de medidas; Condutores; cabos; relês; reostatos; Instalação, manutenção e reparos em tubulação de ferro, cobre, PVC e cerâmicas. Noções básicas de pintura interna e externa. Noções básicas de jardinagem. Plantio, poda e conservação dos jardins. Noções básicas de carpintaria e marcenaria Cargo: Orientador Social A política pública da assistência Social: princípios, diretrizes, objetivos, eixos estruturantes, usuários, tipos de proteção, programas, projetos, serviços e benefícios de assistência social, controle social, Rede Socioassistencial, financiamento. Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS). Serviços de Acolhimento para crianças e adolescentes. Medidas Socioeducativas: Liberdade Assistida (LA) e Prestação de Serviços à Comunidade (PSC). Adoção. Família: Conceitos, Família na contemporaneidade, Relações e conflitos familiares, Convivência familiar e comunitária. Adolescência e Juventude. Questionamentos sobre: Cuidados e atenção com crianças, adolescentes, adultos e idosos. Questionamentos sobre a importância dos cuidados na Primeira Infância/Desenvolvimento Infantil. População em situação de rua. Trabalho Infantil. Da Dependência Química. Das Pessoas com deficiência: tipos de deficiência programas, projetos e serviços para pessoas com deficiência. Trabalhos em grupo e a organização do

16 trabalho socioeducativo. Violência: formas de violência: negligência, física, psicológica, sexual (abuso e exploração). Questões de gênero. Violência contra a mulher. Educação Social: fundamentos, conceito, Pedagogia Social, Educação Social e contexto da intervenção, O papel do educador e relação educador-educando. Higiene: Importância. Higiene física. Mental e social. A higiene e a saúde. Hábitos de higiene. : Constituição da República Federativa do Brasil, Lei n 8.069, de 13 de julho de 1990 e alterações. Lei n , de 03 de agosto de Lei n 8.742, de 07 de dezembro de 1993 e alterações - Lei Orgânica da Assistência Social - LOAS. Lei n 7.853, de 24 de outubro de 1989 e alterações. Decreto n 3.298, de 20 de dezembro de Lei , de 07 de agosto de Resolução CNAS nº 109, de 11 de novembro de Resolução CNAS nº 130, de 15 de julho de Resolução CNAS nº 145, de 15 de outubro de Resolução CNAS nº 269, de 13 de dezembro de Orientações Técnicas Centros de Referência da Assistência Social CRAS - Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS Orientações Técnicas Centros de Referência Especializada da Assistência Social CREAS - Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS Orientações Técnicas Serviços de Acolhimento para crianças e adolescentes - Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS Sistema Nacional Socioeducativo - SINASE. Secretaria Especial dos Direitos Humanos Política Nacional da População em Situação de Rua. Decreto Federal nº 7.053, de 23 de dezembro de Política Nacional sobre Drogas aprovada pela Resolução Nº 03, de 27 de outubro de 2005 do Conselho Nacional Antidrogas (CONAD); Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas - SISNAD - Lei de 23 de agosto de 2006; Política Nacional sobre o Álcool - Decreto de 22 de maio de BRANDÃO, C.R. A educação como cultura. São Paulo. Brasiliense. CARVALHO, Alysson (Org.). Saúde da Criança. UFMG. CARVALHO, Maria do Carmo Brant de. A Família Contemporânea em Debate. Cortez. CRAIDY, Carmem Maria & KAERCHER, Gládis Elise P. da Silva. Educação infantil: pra que te quero? Artmed. - CRAIDY, Carmem Maria (Org.). Medidas sócio-educativas: da repressão à educação: a experiência do Programa de Prestação de Serviços à Comunidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. UFRGS. FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Paz e Terra. Educação e mudança. Paz & Terra. GOLDSCHMIED, Elinor. Educação de 0 a 3 anos: o atendimento em creche. Artmed. GOWDAK, Demétrio. Ciências Natureza e Vida. FTD. HUTZ, Cláudio Simon. Situações de Risco e Vulnerabilidade na Infância e na Adolescência: aspectos teóricos e estratégias de intervenção. São Paulo. OLIVEIRA. Walter Ferreira de. Educação Social de Rua - As bases políticas e pedagógicas para uma educação popular. Artmed. OUTEIRAL, José O. Adolescer - Estudos Revisados sobre Adolescência. Revinter. - PEREIRA, Denise Zimpek (Org.). Criando Crianças da Concepção aos 6 anos. Artmed. PEREIRA, Denise Zimpek [et al.]. Criando Crianças. Magister. PINTO, Ziraldo Alves. Manual de sobrevivência do Menino Maluquinho. L&PM. Manuais e livros diversos com os conteúdos indicados. Cargo: Operador de Áudio Investigam as áreas históricas e estéticas do teatro como linguagem artística valorizando o espaço cênico como foco principal. Estuda o espaço cênico nas suas várias formas e utilizações.

17 Elabora questões sobre a caixa cênica e seus mecanismos de acústica. Apresenta leitura e concepção de roteiros e ambientação sonora para diferentes propostas e mídias de áudio. Operação de mesas e controles de suporte de áudio, montagem e correção dos problemas de qualidade sonora com balanceamento de P.A. : GUINSBURG, Jacó. Semiologia do teatro.são Paulo: Perspectiva, PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, BERTHOLD, Margot. História mundial do teatro. São Paulo: Perspectiva, PAVIS, Patrice. A análise dos espetáculos. São Paulo: Perspectiva, SERRONI, José Carlos. Oficina de arquitetura cênica. Rio de Janeiro: Funarte, SERRONI, José Carlos. Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil. São Paulo: Senac, 2002 CAMARGO, Roberto Gil. Som e cena.sorocaba:tcm Comunicação,2011. RATTON, Miguel. Fundamentos do som.rio de Janeiro:Musica & Tecnologia, s problemas de qualidade sonora com balanceamento de P.A.. Cargo: Operador de Iluminação Apresenta um panorama do teatro e da iluminação cênica como linguagem artística e suas relações com a estética e com o espaço. Norteia a história do teatro com foco no espaço cênico e seus desdobramentos e interferências. Elabora questões sobre a caixa cênica e a iluminação cênica seus equipamentos e aplicação. Apresenta leitura e concepção de roteiros de iluminação para diferentes propostas, equipamentos e espaços. Operação de mesas e controles de iluminação, bem como montagem e afinação. Aplicação de eletricidade básica. : GUINSBURG, Jacó. Semiologia do teatro.são Paulo: Perspectiva, PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, BERTHOLD, Margot. História mundial do teatro. São Paulo: Perspectiva, PAVIS, Patrice. A análise dos espetáculos. São Paulo: Perspectiva, SERRONI, José Carlos. Oficina de iluminação cênica. Rio de Janeiro: Funarte, SERRONI, José Carlos. Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil. São Paulo: Senac, CAMARGO, Roberto Gil. Função estética da luz.sorocaba:tcm Comunicação,2011. GUSSOW, Milton. Eletricidade básica. São Paulo: Pearson liografia: Cargo: Programador 1. Microinformática. Conceitos básicos. Organização e arquitetura de computadores. Sistemas de Numeração. Modalidades de processamento. Hardware, componentes, interfaces, funções e configuração. Software básico, utilitários e aplicativos. Sistemas operacionais. Operação de microcomputadores. Ambientes Windows e Linux. MSOffice: Word, Excel,Access e PowerPoint. OpenOffice. Segurança de equipamentos e de sistemas de informática. Conceitos básicos sobre comunicação de dados, redes de computadores, equipamentos, Internet e Intranet, segurança em redes e na internet. 2. Sistemas e Bancos de Dados. Conceitos básicos sobre

18 ciclo de vida de sistemas, desenvolvimento de projetos de sistemas de informações, fases de projeto, emprego de ferramentas. Fundamentos sobre Análise e Projeto Estruturado de Sistemas, Analise Essencial e Orientação a Objetos. UML. Modelagem. Diagramas. Ferramentas Case: Rational Rose e Power Designer. MSProject como software de planejamento. Conceitos sobre Bancos de Dados. Modelo Relacional. SQL. Interface e conectividade Web. Aplicações. Implementação. MySQL. PostgreSQL. 3. Técnicas de Programação, Algoritmos e Linguagens de Programação. Conceitos básicos. Formas de representação de algoritmos: fluxograma e pseudocódigo. Estruturas básicas de programação. Estruturas de Dados. Construção de algoritmos. Procedimentos. Funções. Recursividade. Passagem de parâmetros. Algoritmos de busca, de pesquisa e de sort. Estruturas de Dados. Programa. Linguagem procedural e nâo procedural. Programação Orientada a Objetos. Pascal, C, C++, C#, Cobol, Java, JavaScript, Visual Basic e Delphi. Plataforma.Net. HTML e XML. Construção de páginas Web. ASP e PHP. Testes. : DATE, C. J. introdução a Sistemas de Banco de Dados, Campus/ Elsevier Editora Ltda, FERNANDES, A. DELPHI 5 Básico/Avançado, Book Express, 2000 FORBELLOINE, A. L., EBERSPACHER, H. Lógica de Programação. Pearson Education do Brasil, MORIMOTO, C. Entendendo e Dominando o Linux, Digerati Books,2004. MURHAMMER, M. W. et all. TCP/IP Tutorial e Técnico, Pearson Education do Brasil, POMPILHO, S. Análise Essencial: Guia Prático de Análise de Sistemas, Ciência Moderna, RUMBAUGH, J. UML: Guia do Usuário, Campus/Elsevier Editora Ltda, SCHMITZ, E. A. & TELES, A. A. S. Pascal e Técnicas de Programação, LTC, SETZER, W, Banco de Dados Orientados a Objetos, Edgard Blucher, SETZER, W, Banco de Dados, 3ª edição, Edgard Blucher, TANENBAUM, A S. Organização Estruturada de Computadores, Pearson Education do Brasil, TANENBAUM, A S. Redes de Computadores, 4ª edição, Campus/ Elsevier Editora Ltda, TANENBAUM, A S. Sistemas Operacionais Modernos, Pearson Education do Brasil, WAZLAVVICK, R. Analise e Projeto de Sistemas de Informação Orientados a Objeto, Campus/Elsevier Editora Ltda, Manuais técnicos e de software. Cargo: Secretário Escolar 1 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) nº 9394/96. 2 Estatuto da Criança e do Adolescente. 3 Arquivamento Escolar. Conceitos de arquivologia; Sistemas de arquivamento; Modalidade de arquivos; Informações de arquivos. 4 Escrituração de Documentos Escolares: Documentos referentes à matrícula do aluno; Documentos referentes à transferência do aluno; Atas em geral; Livros de assentamento da matrícula e do resultado final de cada ano letivo. 5 Incineração de Documentos Escolares; Legislação sobre incineração de documentos escolares; Procedimentos para Incineração de Documentos Escolares. 6 Noções de Ética Profissional: Código de Ética do Secretário(a) Publicado no Diário Oficial da União de 7 de julho de 1989; Princípios fundamentais; Sigilo profissional. 7 Relacionamento Interpessoal: Comunicação uma perspectiva abrangente; A importância das

19 Relações Interpessoais no ambiente de trabalho. 8 Atendimento ao Público: Serviço de Atendimento ao Público e suas Características. 9 Princípios de Gestão Escolar. BRASIL, Lei Federal nº 9394 de 20 de dezembro de Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. BRASIL, Lei Federal nº 8069 de 13 de julho de Dispões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. BRASIL, Lei Federal nº 8159 de 08 de janeiro de Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências. BRASIL, Parecer nº 016 de 04 de novembro de 1997 do Conselho Nacional de Educação. Define normas para simplificação dos registros de arquivamento de documentos escolares. BRASIL, Resolução nº 04 de 28 de março de 1996, do Conselho Nacional de Arquivos. Dispõe sobre o Código de Classificação de Documentos de Arquivo para Administração Pública. FEIJÓ, Virgilio de Mello. Documentos e arquivos escolares. SAGRA, 1. ed. FERREIRA, M. C & MENDES, A M (2001). "Só de pensar em vir trabalhar, já fico de mauhumor": Atividade de atendimento ao público e prazer-sofrimento no trabalho. Revista Estudos de Psicologia, 6(1), pp FRITZEN, Silvino José. Relações humanas interpessoais (nas convivências grupais e comunitárias). 6. ed. Petrópolis: Vozes, FERREIRA, C. F. Marcas do Trabalho no Serviço de Atendimento ao Público: Carimbar, carimbar... Disponível em: <http://www.unb.br/ipllabergo/sitenovo/mariocesar/artigos3/marjrab.pdf> Acesso em: 22 de outubro de GESTEIRA, Jorge José Santos, Noções Básicas de Arquivologia. Disponível em: KANITZ, Stephen. A importância da Ética. Revista Veja. Edição ano 35, n 1, 9 de janeiro de LAGO, Alfredo Posse. Comunicação: Uma Perspectiva Abrangente. Revista Secretária Executiva, Curitiba. Ed. Quantum. N. 67. p. 11. maio LONGHIN, Maria Emilia & FERREIRA, Renata Tereza da Silva. Gestor e Coordenador: da Lei a atuação. Artigo publicado no site: em 15 de março de MEDEIROS, João Bosco, HERNANDES, Sonia. Manual da Secretária. São Paulo: Atlas, Código de Ética do Secretário (a) Publicado no Diário Oficial de 7 de julho de MINICUCCI, Agostinho. Relações humanas: psicologia das relações interpessoais. 6. ed. São Paulo: Atlas, RIO DE JANEIRO, Deliberação de 04/05/1999 do Conselho Estadual de Educação do Rio de Janeiro. RIO DE JANEIRO, Deliberação n 238 de 23 de março de 1999 do Conselho Estadual de Educação. Regulando o arquivamento eletrônico de documentos escolares de instituição de ensino e dá outras providências. RIO DE JANEIRO, Deliberação n 239 de 06 de abril de 1999 do Conselho Estadual de Educação., Coleção Amigos da Escola. Gestão Escolar. Um Trabalho Conjunto. São Paulo: CENPEC, VALLS, Álvaro Luiz Montenegro. O que é ética 4. ed. São Paulo: Brasiliense, (coleção Primeiros Passos). Cargo: Técnico de Aparelho Gessado

20 Anatomia - Noções básicas de anatomia do membro superior. Noções básicas de anatomia do membro inferior. Noções básicas de anatomia da bacia. Noções básicas de anatomia da coluna vertebral. Imobilizações - Materiais, cuidados, confecção e complicações das imobilizações de urgência, das imobilizações provisórias e da imobilizações definitivas gerais e especiais. BLECK, E.E.; DUCKWORTH, Nelly e HUNTER, Nancy. Atlas de Técnicas de Enyesado en Ortopedia. 2. ed. Editora Panamericana: Buenos Aires/Argentina, CAMARGO, Flávio Pires de; FUSCO, Eneasw Brasiliense E CARAZZATO, João Gilberto. Técnicas de Imobilização. Cidade Editora Cientifica Ltda: Rio de Janeiro e Johnson & Johnson S/A Indústria e Comércio: São Paulo, FATTINI, D. Anelo. Anatomia Humana Sistêmica e Segmentar. 2 ed. Editora Atheneu: Rio de Janeiro, FREIRE, Carlos da SiIVa. A Folha Médica. Da Imobilização Gessada em Traumatortopedia. Vol. 50, número 1. Janeiro/1975. Págs REIS, Fernnado Baldy dos. Fraturas. 2. ed. Editora Atheneu: São Paulo, Cargo: Técnico de Enfermagem e Enfermagem II Políticas de Saúde Sistema Único de Saúde: conceitos, princípios, diretrizes, legislação básica e normas operacioanis vigentes. Aspectos Éticos e Legais da Prática de Enfermagem. Fundamentos de Enfermagem preparo e administração de medicamentos, mediadas de higiene e conforto, cateterismos, punções, processamento de artigos, procedimentos de enfermagem em geral. Enfermagem Médico-Cirúrgica Assitência de enfermagem a pacientes portadores de afecção digestiva, cardiovascular, respiratória, renal, endócrina e hematológica. Assistência de enfermagem a pacientes no pré, trans e pós- operatório e cirurgias de tórax, de abdome, de membros e vascular. Prevenção e controle de infecção hospitalar. Assistência de Enfermagem em Saúde Mental. Assistência' de Enfermagem a Pacientes em Situações de Emergência. Enfermagem Materno-Infantil - Assistência de enfermagem. BRASIL. Lei Federal 8080, de 19 de setembro de Define sobre a criação do Sistema Único de Saúde. Brasília - DF, BRASIL. Lei Federal 8142, de 28 de dezembro de Dispõe sobre os repasses Financeiros e o Controle Social no Sistema único de Saúde. Brasília - DF, BRASIL. Ministério da Saúde. secretaria de Assistência à Saúde. Orientações Gerais para a Central de Esterilização. Brasília DF: MS, CARVALHO, Guido Ivan de & SANTOS, Lenir. Comentários à Lei Orgânica. CONSELHO Federal de Enfermagem. Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem. Disponível em: htpp://www.fortalc-ofen.gov.br. GELAIN, Ivo. Deontologia e Enfermagem. São Paulo: EPU/EDUSP, GOMES, Alice Martins. Emergência: Planejamento e Organização da Unidade, Assistência de Enfermagem. São Paulo: EPU, KAWAMOTO, E. E. & FORTES, J. I. Fundamentos de Enfermagem. 2. ed. São Paulo: EPU, KAWAMOTO, E. E. Enfermagem em Clínica e Cirúrgica. Edição revista e ampliada. São Paulo: EPU, 1999.

GRUPO OCUPACIONAL VIII

GRUPO OCUPACIONAL VIII GRUPO OCUPACIONAL VIII 1. Cargo: FISCAL DE MEIO AMBIENTE FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL 2. Descrição sintética: compreende os cargos que se destinam a executar trabalhos de fiscalização no campo de saneamento

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 01/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE JAMBEIRO SP EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 02

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 01/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE JAMBEIRO SP EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 02 CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 01/2015 O Prefeito do município de Jambeiro, Estado de São Paulo no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, torna público a presente retificação

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série)

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série) Relacionar e resolver problemas que envolvem conjuntos; Reconhecer, operar e resolver problemas com conjuntos numéricos; Compreender os conceitos e propriedades aritméticas; Resolver problemas de porcentagem,

Leia mais

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I ANEXO I As Faculdades Senac Minas, com o intuito de atender às diversas demandas, oferece à comunidade dois processos vestibular: o vestibular e o vestibular agendado. Ambos os processos buscam selecionar

Leia mais

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS O conteúdo programático de Matemática dos processos seletivos da UFU tem como objetivo identificar a habilidade do estudante em resolver problemas, fazer conexões

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) 1. Identificação de informações pontuais no texto. 2. Uso da língua padrão em gêneros textuais na modalidade escrita (pontuação, ortografia,

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIA DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: MATEMÁTICA I SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA - PROVA COMUM A TODOS OS CARGOS DE ENSINO MÉDIO 1 Interpretação textual Metáfora, metonímia, ambigüidade, ironia, denotação e conotação, pontos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos

Leia mais

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011 ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGO: AGENTE DE APOIO BÁSICO Leitura, compreensão e interpretação de texto; conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua; estrutura

Leia mais

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. OCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições,

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO I PORTUGUÊS: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia: divisão silábica, pontuação, hífen, sinônimo, acentuação gráfica, crase. Morfologia: classes de

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 A Prefeitura Municipal de João Pessoa - PB, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 Polícia Civil do Estado do Sergipe PC-SE Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS GERAIS LINGUA PORTUGUESA 1 Compreensão de textos. 2 Denotação e conotação...

Leia mais

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1. CONHECIMENTOS GERAIS 1.1. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático Teste Seletivo 2014 - Edital 4º Ano Ensino Fundamental I 1. Interpretação de texto; 2. Redação; 3. Operações Fundamentais (probleminhas). 5º Ano Ensino Fundamental I 1. Interpretação

Leia mais

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico Informática Básica (Windows, Word, Internet). Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos no sistema operacional windows, word e excel. Público alvo: Servidores públicos municipais, que ainda não tenham

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html Novos Cursos O SENAI criou 40 novos cursos a distância, sendo 10 cursos

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 1. PROVA - LÍNGUA PORTUGUESA 1.1. Programa da Prova: ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.1.1. Português (Nível Médio): Ortografia. Relações entre fonemas

Leia mais

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 1.3.1 CARACTERÍSTICAS DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...25 1.3.1.1 INDELEGABILIDADE...25 1.3.1.2

Leia mais

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCE/GO Auditor de Controle Externo Área Controle Externo ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Língua Portuguesa Ortografia oficial... 01 Acentuação

Leia mais

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 066/2011 PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CONHECIMENTOS GERAIS PARA OS CARGOS DE NÍVEL C LÍNGUA PORTUGUESA 1. Compreensão de textos

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA, LEGISLAÇÃO E CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Será avaliada

Leia mais

Prefeitura Municipal de Dois Córregos Estado de São Paulo

Prefeitura Municipal de Dois Córregos Estado de São Paulo Concurso Público 01/2013 RETIFICAÇÃO I DO EDITAL DE ABERTURA O Prefeito Municipal de Dois Córregos,, usando de suas atribuições legais nos termos inciso IX do Art. 37 da Constituição Federal, resolve RETIFICAR

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO

CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011 - PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO LÍNGUA PORTUGUESA PROGRAMA: As questões de Língua Portuguesa versarão sobre o programa abaixo.

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11 Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11 CAPÍTULO I DIREITO TRIBUTÁRIO, TRIBUTO E SUAS ESPÉCIES... 13 1. Breve introdução ao Direito Tributário...13 2. Tributo...14 3. Espécies

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS ANALISTA DO SEGURO SOCIAL CONHECIMENTOS BÁSICOS VOLUME I ÍNDICE Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos.... 1 2 Tipologia textual.... 10 3 Ortografia

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU - SP

CÂMARA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU - SP CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS Nº 01/2010 ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E BIBLIOGRÁFICOS CARGO: 1.1 - AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS 03 VAGAS LÍNGUA PORTUGUÊSA - 10 QUESTÕES De acordo com o novo acordo ortográfico

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático)

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático) 1 A N E XO II (Do Conteúdo Programático) 2 Cargos: CARPINTEIRO, COZINHEIRA, PADEIRO, PINTOR (LETRISTA). Português: Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica.

Leia mais

ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS.

ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS. ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS. Os itens das provas objetivas avaliarão habilidades mentais que vão além do mero conhecimento

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014 EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014 O Prefeito do município de Motuca, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, torna público

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS MUNICIPAIS FISCALIZAÇÃO DE OBRAS E POSTURAS

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS MUNICIPAIS FISCALIZAÇÃO DE OBRAS E POSTURAS PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS MUNICIPAIS FISCALIZAÇÃO DE OBRAS E POSTURAS Fabiana Meurer Gustavo Leonardo Wloch Assessora de Planejamento Territorial - AMAVI A FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL Os Municípios,

Leia mais

MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade

MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade Coordenação Acadêmica - Escola de Direito FGV DIREITO RIO MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade - FGV

Leia mais

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 A Prefeitura Municipal de Angatuba, Estado de São Paulo, por meio de sua Comissão Examinadora, vem tornar publico a Inclusão dos empregos abaixo especificados

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS 1º Ano do Ensino Fundamental (Alunos concluintes do 2º Período da Educação Infantil) Escrita do nome completo; Identificar e reconhecer as letras do alfabeto; Identificar e diferenciar

Leia mais

A N E XO IV PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016:

A N E XO IV PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016: A N E XO IV PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016: CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO II Número de Vagas... 06 Requisitos para provimento:... - Ensino Médio Completo e Curso básico de Informática. DESCRIÇÃO

Leia mais

Oficial de Fazenda VOLUME II ÍNDICE. Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro RACIOCÍNIO LÓGICO NOÇÕES DE ESTATÍSTICA NOÇÕES DE INFORMÁTICA

Oficial de Fazenda VOLUME II ÍNDICE. Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro RACIOCÍNIO LÓGICO NOÇÕES DE ESTATÍSTICA NOÇÕES DE INFORMÁTICA SEFAZ-RJ Secretaria Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro VOLUME II RACIOCÍNIO LÓGICO ÍNDICE Conjuntos e suas operações. Números naturais, inteiros, racionais e reais e suas operações. Representação na

Leia mais

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio...

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio... ÍNDICE Alguns estudos do autor................... Prefácio..................................... 5 11 Capítulo I - CONCEITO DE DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito financeiro e direito tributário........ 23 2.

Leia mais

Referências Bibliográficas: Livros didáticos do Ensino Fundamental e/ou Médio.

Referências Bibliográficas: Livros didáticos do Ensino Fundamental e/ou Médio. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.1 - LÍNGUA PORTUGUESA (para todos os cargos): a) Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário EDITAL 035/2013 DE 22 DE MAIO DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO/TEMPORÁRIO ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário Área Libras Informática (Hardware/Redes

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em SERVIÇOS PÚBLICOS Campus Nilo Peçanha - Pinheiral

Ementário do Curso Técnico em SERVIÇOS PÚBLICOS Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Ementário do Curso Técnico em SERVIÇOS PÚBLICOS Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Disciplina: Contratos e Convênios na Administração Pública Conceitos básicos de licitações, contrato e convênios; Obrigatoriedade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. ANEXO VI DO EDITAL n. o 001/2010 PMC/SME CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. ANEXO VI DO EDITAL n. o 001/2010 PMC/SME CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA PROVA OBJETIVA Cargo: Professor do Ensino Fundamental Áreas: Pedagogia, Educação Física e Música PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ ANEXO VI DO EDITAL n. o 001/2010 PMC/SME CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA PROVA OBJETIVA NÍVEL

Leia mais

REALIZAÇÃO Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás Coordenação de Educação Corporativa do Setor Público

REALIZAÇÃO Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás Coordenação de Educação Corporativa do Setor Público REALIZAÇÃO do Estado de Goiás PARCERIA Órgãos da Administração Pública Estadual PROMOÇÃO FUNCAPE - Fundo de Capacitação e Profissionalização do Estado de Goiás ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO Renatta Aires Almeida

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SANTA CRUZ COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Ciências Sociais Graduação em Ciência Política, Sociologia, Filosofia ou Antropologia. Seminários Graduação em Administração Pública, Administração

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA

ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA PARA OS CARGOS DE SERVENTE E MOTORISTA Compreensão de textos. Confronto de frases corretas e incorretas. Emprego de maiúsculas. Separação silábica.

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR PROGRAMA DE DIREITO 1. Direito Constitucional 1. A Constituição Federal. 1. A Supremacia da Constituição; 2. Os Municípios

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático Conhecimentos Básicos Português Básico Gramática Sobre o curso: Ele é direcionado a todo aluno que pretende construir uma base sólida de conhecimentos fundamentais para resolver as

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet

Ementário do Curso Técnico em Informática para Internet 1 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico Campus Engenheiro Paulo de Frontin Direção de

Leia mais

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL 13 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS) 13.1 HABILIDADES 13.1.1 Os itens das provas poderão avaliar

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

CURSO PROFIJ NIVEL II TIPO 2 OPERADOR DE INFORMÁTICA

CURSO PROFIJ NIVEL II TIPO 2 OPERADOR DE INFORMÁTICA CURSO PROFIJ NIVEL II TIPO 2 OPERADOR DE INFORMÁTICA Código de Referencial de Formação - 481038 Componente de Formação Sócio-Cultural Área de Competências Línguas, Cultura e Comunicação Cidadania e Sociedade

Leia mais

PORQUE FAZER OS CURSOS ONLINE DA ESCOLA ZEUS?

PORQUE FAZER OS CURSOS ONLINE DA ESCOLA ZEUS? PORQUE FAZER OS CURSOS ONLINE DA ESCOLA ZEUS? Aprender com os melhores sistemas de ensino online do país Melhor custo benefício (cursos de alta qualidade com baixo custo) Estuda em qualquer hora e lugar,

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO DISCIPLINA: Metodologia Científica H111900 Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia no âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL 1) PARA O ENSINO MÉDIO REDAÇÃO Do 1º ano ao 3º ano do ensino médio, a prova discursiva será composta

Leia mais

Prefeitura Municipal de Valença publica:

Prefeitura Municipal de Valença publica: Prefeitura Municipal de Valença 1 Sexta-feira Ano VII Nº 1291 Prefeitura Municipal de Valença publica: Edital de Reti-Ratificação do Edital do Concurso Público Municipal nº 01/2015. Gestor - Jucelia Sousa

Leia mais

PROGRAMAS CONCURSO PÚBLICO UFPR - LITORAL

PROGRAMAS CONCURSO PÚBLICO UFPR - LITORAL Para todos os cargos: Português: 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios). 2. Domínio da norma do português

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. CARGO: ANALISTA DE GESTÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AGCT- ÁREA CONTABILIDADE

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. CARGO: ANALISTA DE GESTÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AGCT- ÁREA CONTABILIDADE ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. CARGO: ANALISTA DE GESTÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AGCT- ÁREA CONTABILIDADE LÍNGUA PORTUGUESA: NOÇÕES DE INFORMÁTICA Conceitos básicos de operação de microcomputadores.

Leia mais

PLANO DE ENSINO/AULA

PLANO DE ENSINO/AULA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO PEDAGÓGICA E INCLUSÃO EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA DE BRASÍLA PLANO DE ENSINO/AULA

Leia mais

Português - Prof. Alexandre Soares

Português - Prof. Alexandre Soares Olá Concurseiro! Estamos lançando PACOTE COMPLETO de disciplinas voltadas ao Concurso da POLÍCIA FEDERAL 2013/2014. As aulas foram elaboradas com base no EDITAL Nº 28 DGP/DPF, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2013.

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO SEMURH Projeto de Lei nº, de de de Institui o primeiro plano municipal de incentivo à construção civil, e dá outras providências. O PREFEITO DE SÃO LUÍS, Capital do Estado do Maranhão Faço saber a todos os seus

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 EMENTA DA DISCIPLINA O Estudo das funções e suas aplicações

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA CH CÓDIGO TIPO DE AVALIAÇÃO LOCAL TEÓRICA PRÁTICA COMUNICAÇÃO COS - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2012.1 6ª NOVAS ARENAS E MÍDIAS DIGITAIS 140 20451 - X NATAL COMUNICAÇÃO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERTANEJA, PARANÁ

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERTANEJA, PARANÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERTANEJA, PARANÁ ERRATA N. O 1 DO EDITAL N. o 0/24 DE 8 DE DEZEMBRO DE 24 A PREFEITA MUNICIPAL DE SERTANEJA, Paraná, no uso

Leia mais

9 DO INGRESSO DO ALUNO BENEFICIÁRIO DE GRATUIDADE NOS CURSOS TÉCNICOS,

9 DO INGRESSO DO ALUNO BENEFICIÁRIO DE GRATUIDADE NOS CURSOS TÉCNICOS, CRITÉRIO DE INGRESSO CAPÍTULO SEGUNDO, Da Denominação, Sede, Finalidade e Duração. [Art. 54, I da Lei 10.406/02 - Código Civil] no Art. 7 0, 9 DO INGRESSO DO ALUNO BENEFICIÁRIO DE GRATUIDADE NOS CURSOS

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTENEGRO Estado do Rio Grande do Sul CONCURSO PÚBLICO C/89/09

MUNICÍPIO DE MONTENEGRO Estado do Rio Grande do Sul CONCURSO PÚBLICO C/89/09 EDITAL Nº04/2009 PERCIVAL SOUZA DE OLIVEIRA, Prefeito Municipal de MONTENEGRO, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital de Abertura nº 01/2009, torna público o presente edital para

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

ANEXO IV PROGRAMAS E SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS

ANEXO IV PROGRAMAS E SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ANEXO IV PROGRAMAS E SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS LÍNGUA PORTUGUESA - 4ª SÉRIE - ENSINO FUNDAMENTAL 1. Leitura e Interpretação de texto. 2. Ortografia. 3. Divisão Silábica. 4. Acentuação Gráfica 5. Sinônimos

Leia mais

ANEXO V CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO V CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO V CONTEÚDO PROGRAMÁTICO I- NÍVEL SUPERIOR: ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL: 1 Abordagens da Administração. 2 Processo Administrativo. 3 Planejamento. 3.1Conceitos. 3.2Tipos e níveis de planejamento.

Leia mais

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária.

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária. Regularização Fundiária de Assentamentos Informais em Áreas Urbanas Disciplina: Regularização Fundiária e Plano Diretor Unidade 03 Professor(a): Laura Bueno e Pedro Monteiro AULA 3. Aspectos Técnicos da

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O curso Técnico em Informática, em Nível Médio Subseqüente, será organizado de forma semestral, com aulas presenciais, compostos por disciplinas, com conteúdos estabelecidos, tendo

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL ANEXO V CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL ANEXO V CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ANEXO V CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS LÍNGUA PORTUGUESA (PARA TODOS OS CARGOS) Compreensão e interpretação de texto. Uso formal e informal da língua. Norma culta. Uso da língua e adequação ao contexto. Recursos

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL PARA ATENDER A RECENSEAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E A DIVERSOS OUTROS PROGRAMAS E SERVIÇOS

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo Plano Educação LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO 1 Administração Comércio, Vendas e Negociações Administração de Mercado Exterior Administração Comércio, Vendas e Negociações Atendimento ao cliente

Leia mais

CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014)

CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014) POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS DIRETORIA DE ENSINO Colégio Tiradentes - CPM CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014) 4º ano Texto e interpretação; As quatro operações: Adição, subtração, Substantivo:

Leia mais

Mural de Oportunidades

Mural de Oportunidades Mural de Oportunidades Administração Com Habilitação em Finanças 46097 09:00-12:00 / 14:00-17:00 550,00 Auxílio Transporte Acompanhar o controle de estoque através de planilhas eletrônicas, administrar

Leia mais

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO 1 PROJOVEM 1.1 SUPERVISOR REQUISITOS: NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES: Ser responsável

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO DO ESTADO CAPÍTULO II DA UNIÃO Art. 24. Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre:

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL RELAÇÃO

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

EMENTÁRIO DE COMPONENTES CURRICULARES

EMENTÁRIO DE COMPONENTES CURRICULARES Disciplinas obrigatórias: ICIA39 Administração de Unidades de Básica EMENTA: Conceitos de informação e gestão de organizações. Qualidade e competitividade (noções). Estudo de serviços de informação em

Leia mais

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática Serviço Público Manutenção e Suporte em Informática Wilson Pedro Coordenador do Curso de Serviço Público etec_sp@ifma.edu.br Carla Gomes de Faria Coordenadora do Curso de Manutenção e Suporte em Informática

Leia mais

AVISO: Para a correção das provas não serão adotadas as novas regras de ortografia.-

AVISO: Para a correção das provas não serão adotadas as novas regras de ortografia.- CÂMARA MUNICIPAL DE SETE BARRAS CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS N º 001/2009 Edital n.º 01/2009 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ATENÇÃO CANDIDATO As provas objetivas de múltipla escolha serão elaboradas baseadas

Leia mais