Antigo Testamento III Introdução ao Pentateuco

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Antigo Testamento III Introdução ao Pentateuco"

Transcrição

1 Faculdade de Telgia Wittenberg Cnteúd Prgramátic Antig Testament III Intrduçã a Pentateuc 1 crédit Ementa Esta disciplina visa apresentar a alun estud ds cinc primeirs livrs da bíblia, usualmente denminads pels cristãs cm Pentateuc, mstrand s fats histórics e as temáticas divinas registradas em tal cmpêndi. Cnteúd Prgramátic Aulas 01 e 02 Intrduçã. Nmenclaturas: Trah e Pentatuc. Literatura d Pentateuc (Hill & Waltn). Prsa narrativa. Pesia antiga. Revelaçã prfética. Leis. Plan literári d Pentateuc (Hill & Waltn). Gênesis 1 a 11. Gênesis 12 a 50. Êxd. Levític. Númers. Deuternômi. Gêners da narrativa hebraica (Hill & Waltn). Estrutura narrativa d Pentateuc (Hill & Waltn). O Pentateuc cm história. Cntext históric. Crnlgia. Cnfiabilidade histórica. Interpretaçã d Pentateuc. O Antig Testament cm necessári à igreja cristã. Pg. 1

2 Faculdade de Telgia Wittenberg Cnteúd Prgramátic Interpretaçã netestamentária da lei n Antig Testtament. Três abrdagens interpretativas da lei msaica. Aulas 03, 04 e 05 O livr de Gênesis. Cmpsiçã de Misés e equipe de Gênesis e ds demais livrs d Pentateuc. (Ellisen; e Hill & Waltn). O padrã Tledth e a rganizaçã da bra. Cntext d livr. A história da criaçã ( ). Tledth ds céus e da terra ( ). As narrativas de justs pré-israelitas. Tledth de Adã ( ). Tledth de Né ( ). Tledth de Sem, Cã e Jafé ( ). Tledth de Sem ( ). As narrativas patriarcais em Canaã: a instituiçã d pv da aliança. Tledth de Terá ( ). Tledth de Ismael ( ). Tledth de Isaque ( ). Tledth de Esaú (36.1-8). 2ª Tledth de Esaú ( ). As narrativas patriarcais n Egit: iníci d pvp da aliança. Tledth de Jacó ( ). Cntribuições espirituais d livr (Ellisen). A entrada d pecad. O prt-evangelh (3.15). O livrs ds grandes julgaments espiritiais. As alianças em Gênesis: A Aliança Adâmica (3.15). A Aliança Naica (9.1-17). A Aliança Abraâmica (12.1-7). As alianças bíblicas crrelacinadas (quadr de Ellisen). A cristlgia d livr. Jesus Crist antevist n livr, pr tips de persagens. Aulas 06, 07 e 08 O livr de Êxd. Religiã egípcia (Ellisen). Religiã de Israel n Egit (Ellisen). Cntext d livr (Ellisen). Ênfase n pder de Deus. A afliçã de Israel n Egit. Faraós especialmente relacinads cm Israel (Ellisen). O Anj d Senhr (3.2; 14.19). As Dez Pragas e s deuses d Egit (Semblan). Ênfase ns princípis de Deus. Pg. 2

3 Faculdade de Telgia Wittenberg Cnteúd Prgramátic A Aliança entregue a Misés. O Decálg. O Códig da Aliança (leis de aplicaçã cntextual e leis de aplicaçã geral): A imprtância ds mandaments Espirituais. A imprtância ds mandaments Mrais. A imprtância ds mandaments Sciais. A imprtância ds mandaments Alimentares. A imprtância ds mandaments Civis. Princípis espirituais d Códig da Aliança: Cntribuições d livr (Ellisen). A rigem da naçã de Israel. Os primeirs milagres da bíblia (após s juízs de Gênesis). A instituiçã da Pásca. O Mnte Sinai. O bezerr de ur. A renvaçã da Aliança. O Tabernácul e seu simblism apntand para Crist. Crist antevist n livr, pr utras tiplgias. Aulas 09 e 10 O livr de Levític. A exigência de uma vida em santidade na vida para se aprximar de Deus. A exigência de uma vida de cmprmiss n cult. Semelhanças e diferenças d cult a Senhr cm as religiões cananéias (Hill & Waltn). Cntext d livr (Ellisen). Cmunhã cm Deus através de fertas. As cinc fertas d altar. Quadr d sistema sacrificial (Waltn, IN Quadrs ). Tiplgia de Crist apntada n sistema sacrificial (Ellisen). As leis d sacerdóci. As leis civis. Cmunhã cm Deus através de uma vida crreta. Santidade pessal. Santidade cletiva (de td pv). Santidade e pureza versus imprureza e prfanaçã (Hill & Waltn). Festas anuais. Quadr das datas cmemrativas judaicas (Waltn, IN Quadrs ; e Ellisen). Respeit pel nme d Senhr. Regulaments para a vida em Canaã. Crist antevist n livr, pr tiplgias. Pg. 3

4 Faculdade de Telgia Wittenberg Cnteúd Prgramátic Aulas 11 e 12 O livr de Númers. Cntext d livr (Ellisen). Organizaçã da primeira geraçã. Cens e rganizaçã das tribs. Leis referentes à santificaçã. Leis e preparativs gerais. Anarquia da primeira geraçã. O desprez pel Maná. Insubmissã de Arã e Mirian. Israel recusa-se a entrar em Canaã. A cndenaçã daquela geraçã pr parte de Deus. O pecad de Misés. Rerganizaçã da segunda geraçã. Vitórias militares. Vitórias espirituais (sbre Mabe e Balaã). Idlatria e imralidade, em Baal-Per. Preparativs finais para a entrada em Canaã. Três reações de Israel às sciedades e culturas (Hill & Waltn). Cntext religis. Antes de Arã. Durante sacerdócip de Arã. Após a mrte de Arã. Cntribuições sigulares deste livr (Ellisen). Antes Cens militar e rganizaçã de Israel. Vt d Nazireu. Rebeliã e Israel e peregrinações. Castig à rebeliã. Diferenciaçã entre pecads prpsitais e nã prpsitais. Balaã. A instalaçã de tribs na Transjrdânia. Grande invcaçã e bênçã sbre Israel. Crist antevist n livr, pr tiplgias. Aulas 13, 14 e 15 O livr de Deuternômi. O principal livr telógic d Antig Testament (Ellisen). Livr d Antig Testament mais citad n Nv Testament. Cntext d livr (Hill & Waltn, e Ellisen). Rememrância a pv de Israel da fidelidade de Deus. Fracasss de Israel em Cades-Barnéia. Vitórias de Israel na Transjrdânia. As respsabilidades magnas de Israel em Canaã. Pg. 4

5 Faculdade de Telgia Wittenberg Cnteúd Prgramátic Reafirmaçã da Lei Msaica. O Decálg. O Shemah ( Prfissã de Fé de Israel). O Primeir Mandament explanad (6-11). Deveres de amr e serviç a Deus. As Quatr Leis Espirituais de Israel ( ). (Ellisen). O Segund Mandament explanad (12). O Terceir Mandament explanad ( ). O Quart Mandament explanad ( ). O Quint Mandament explanad ( ). O Sext, Sétim e Oitav Mandaments explanads ( ). Lex Talinis. O Nn Mandament explanad ( ). O Décim Mandament explanad ( ). Cumpriment da Lei exigid para permanecerem em Canaã. Obediência e desbediência: bênçãs e maldições. O perig da idlatria. Arrependiment cm agência para retrn. A Aliança da Eretz Israel. Determinações finais de Misés e sua mrte. Crist antevist n livr, diretamente. Bibligrafia básica ELISSEN, Stanley A. Cnheça melhr Antig Testament. 10ª ed. Sã Paul: Vida, HILL, Andrew E. e WALTON, J.H. Panrama d Antig Testament. Bel Hriznte: Vida, WALTON, Jhn. O Antig Testament em quadrs. Sã Paul: Vida, Bibligrafia cmplementar GOWER, Ralph. Uss e cstumes ds temps bíblics. Ri de Janeir: CPAD, ANGUS, Jseph. História, Dutrina e Interpretaçã da Bíblia. Sã Paul: Hagns, PEARLMAN, Myer. Através da Bíblia: Livr pr Livr. 23ª ed. Sã Paul: Vida, LASOR, William Sanfrd. Intrduçã a Antig Testament. Sã Paul: Vida Nva, PINTO, Carls Osvald Cards. Fc e Desenvlviment n Antig Testament. Sã Paul: Hagns, DOCKERY, David S. Manual Bíblic. Sã Paul: Vida Nva, DOUGLAS, J. D. O Nv Dicinári da Bíblia - Ediçã Revisada. Sã Paul: Vida Nva. HALLEY, H.H. Manual Bíblic: Sã Paul: Vida Nva, SEMBLANO, Martinh Luter R.N. Anjs, demônis e mund espiritual, vl. 02. Ri de Janeir: SEMBLANO, Martinh Luter R.N. Anjs, demônis e mund espiritual, vl. 03. Ri de Janeir: Pg. 5

Antigo Testamento IV Introdução aos Livros Históricos

Antigo Testamento IV Introdução aos Livros Históricos Faculdade de Telgia Wittenberg www.telgia.te.br Cnteúd Prgramátic Antig Testament IV Intrduçã as Livrs Histórics 1 crédit Ementa Esta disciplina visa apresentar s aluns s events ds livrs denminads histórics,

Leia mais

História de Israel Aula 5. História de Israel. Ricardo Cota

História de Israel Aula 5. História de Israel. Ricardo Cota História de Israel Aula 5 História de Israel Ricardo Cota Salmos 66 : 4 Conhecendo a DEUS através da história do seu povo. Êxodo O Povo no Egito Gênesis 50 : 15 26. Povo na terra de GÓSEN; Êxodo 12: 40-41;

Leia mais

escola de Ieologia em casa

escola de Ieologia em casa "#$%&'()*+)",-./.0123.456378 CURSO LIVRE DE TEOLOGIA Modalidade Bacharelato em Curso Livre 10 módulos básicos [12 unidades] Disciplinas do Curso Livre de Teologia da ETC e aulas planejadas: # Tema da disciplina

Leia mais

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 Definição de Dispensação: período de tempo durante o qual a humanidade é moralmente responsável diante de Deus em

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 2

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 2 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 2 Divisão Mais Usual PENTATEUCO HISTÓRICOS POÉTICOS Maiores PROFÉTICOS Menores Gn Ex Lv Nm Dt Js Jz Rt 1 Sm 2 Sm 1 Re 2 Re 1 Cr

Leia mais

Segunda Carta aos Pentecostalenses

Segunda Carta aos Pentecostalenses Segunda Carta as Pentecstalenses Sbre Pentecstes, Pentecstalism e s Pentecstalenses Que Espírit de Deus permeie tda a Igreja Pder e Unçã! E que s irmãs e irmãs em Crist recebam cnteúd desta epístla cm

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano A Bíblia, na parte denominada Antigo Testamento (Torá), é o principal documento da história dos hebreus. Foi escrita ao longo

Leia mais

Livros Históricos. Introdução

Livros Históricos. Introdução Livros Históricos Introdução Em nosso Cânon, os livros históricos são doze: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Cânon Judaico: Josué, Juízes, 1 e 2 Samuel,

Leia mais

A aflição no Egito. A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó

A aflição no Egito. A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó A aflição no Egito A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó A Instituição da Páscoa A partida apressada do Egito A travessia do Mar Vermelho O Cântico de Moisés e a Celebração

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia PLANO DE ENSINO Curso: Teologia Disciplina: Pentateuco Área: Bíblia Período: 2º Ano: 2015 Semestre: 2º Horas: 72 Créditos: 4 Professor: Frei Jacir de Freitas Faria 1. Ementa: Pentateuco no quadro da pesquisa

Leia mais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais Preparado para a Associação de Igrejas Batistas Regulares do Rio Grande do Norte 6-9 de Janeiro de 2010, Acampamento Elim, RN Pr. Barry Alan Farlow Professor

Leia mais

APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA. Responda o questionário! Tema "Conhecendo a Bíblia."

APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA. Responda o questionário! Tema Conhecendo a Bíblia. APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA Responda o questionário! Tema "Conhecendo a Bíblia." Responda estas questões relacionadas à bíblia, e teste seus conhecimentos e quem acertar acima de 88% ganha

Leia mais

Podemos dividir este trimestre em cinco blocos. O primeiro, introdutório, veremos, na lição 1, em linhas gerais, o livro de Gênesis.

Podemos dividir este trimestre em cinco blocos. O primeiro, introdutório, veremos, na lição 1, em linhas gerais, o livro de Gênesis. PORTAL ESCOLA DOMINICAL 4º Trimestre de 2015 - CPAD O COMEÇO DE TODAS AS COISAS Estudos sobre o livro de Gênesis Comentários da revista da CPAD: Claudionor de Andrade A) INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE Estamos

Leia mais

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador

Leia mais

O povo judeu e sua religião

O povo judeu e sua religião A Vida de JESUS O povo judeu e sua religião O POVO JUDEU Religião Deus e o relacionamento com o homem O Tabernáculo A Arca da Aliança O Templo As Escrituras As Sinagogas Grupos religiosos O POVO JUDEU

Leia mais

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno.

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno. Pder e escla: Uma analise acerca das relações entre prfessr e alun. Marcs Paul A. Rdrigues 1 Andersn Silva Nunes 2 Intrduçã: O presente trabalh expõe s tips de pder exercid pels prfessres sbre s aluns,

Leia mais

O PENTATEUCO (CONTINUAÇÃO)

O PENTATEUCO (CONTINUAÇÃO) Lição 4 O PENTATEUCO (CONTINUAÇÃO) Introdução Vimos o primeiro livro do Pentateuco, com seus principais temas e divisões, mas para entendermos melhor a obra toda, precisamos conhecer os outros 4 livros

Leia mais

Introdução ao Evangelho

Introdução ao Evangelho CENTRO ESPÍRITA ISMAEL DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE INTRODUÇÃO AO EVANGELHO Introdução ao Evangelho AULA 5 POVOAMENTO DA TERRA, MOISÉS E SUA MISSÃO AULA DE HOJE PARÁBOLA DO TESOURO ESCONDIDO

Leia mais

Apresentação da Professora. Pentateuco. Aula 1. Ementa. Organização da Disciplina. Organização da Aula

Apresentação da Professora. Pentateuco. Aula 1. Ementa. Organização da Disciplina. Organização da Aula Pentateuco Aula 1 Profa. Me. Angela Natel Apresentação da Professora Licenciada em Letras Português Inglês pela PUC/PR Bacharel em Teologia pela Faculdade Fidelis Mestra em Teologia pela PUC/PR Associada

Leia mais

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução a literatura e a pesquisa da Tora e dos profetas anteriores III Jörg Garbers Ms. de Teologia Conteúdo

Leia mais

A História da Redenção em Levítico

A História da Redenção em Levítico LEVITICO A História da Redenção em Levítico Levítico Hebreus Wayyiqra (Chamou o Senhor) Septuaginta Levítico (Devido a ênfase dada sobre o sacerdócio) Ênfase na Pessoa de Deus Santidade e provisão de Deus

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT CRONOLOGIA DO AT CRONOLOGIA DO AT 1. Da criação a Abraão (criação 2000

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 SUMÁRIO NARRATIVA TEXTOS PÁG Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 Gráfico: A Integração dos Livros do Velho Testamento em Ordem Cronológica Gráfico:

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6 Divisão Mais Usual PENTATEUCO HISTÓRICOS POÉTICOS Maiores PROFÉTICOS Menores Gn Ex Lv Nm Dt Js Jz Rt 1 Sm 2 Sm 1 Re 2 Re 1 Cr

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP A! Uma grande biblioteca 66 livros Escritos por cerca de 40 homens Em um período de 1600 anos Livros agrupados

Leia mais

escola de Ieologia em casa CATÁLOGO DE DISCIPLINAS DA www.teologiaemcasa.com.br Atualizado em dezembro de 2014 Prof. Me. Álvaro César Pestana

escola de Ieologia em casa CATÁLOGO DE DISCIPLINAS DA www.teologiaemcasa.com.br Atualizado em dezembro de 2014 Prof. Me. Álvaro César Pestana CATÁLOGO DE DISCIPLINAS DA ESCOLA escola DE TEOLOGIA de Ieologia EM em CASA casa Atualizado em dezembro de 2014 "#$%&'()*+)",-./.0123.456378 Prof. Me. Álvaro César Pestana (C) 2014 Álvaro César Pestana

Leia mais

Apêndice 1 Ementário do CTER

Apêndice 1 Ementário do CTER Apêndice 1 Ementário do CTER Apresentamos abaixo a ementa de cada uma das 31 (trinta e uma) disciplinas obrigatórias do CTER. Este ementário está sujeito a alterações. O aluno deve permanecer atento, pois,

Leia mais

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA 1 - Palavra de Deus testemunhada no AT e no NT. A Bíblia testemunha a Palavra de Deus que chegou ao povo de Israel formando o Antigo Testamento; é Palavra de Deus

Leia mais

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers Jörg Garbers ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO O nome do livro vem da palavra grega "êxodo", que significa saída. 1.2 CONTEÚDO Podemos dividir o livro em cinco partes: 1-18

Leia mais

História da Bíblia V Canonicidade e Documentação

História da Bíblia V Canonicidade e Documentação Faculdade de Telgia Wittenberg www.telgia.te.br Cnteúd Prgramátic História da Bíblia V Cannicidade e Dcumentaçã 1 crédit Ementa Objetivs Esta disciplina abrange desenvlviment das versões e traduções da

Leia mais

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da O Pentateuco A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da humanidade, do povo escolhido. As histórias

Leia mais

PENTATEUCO. (Também conhecido por Lei ou Torá)

PENTATEUCO. (Também conhecido por Lei ou Torá) ANTIGO TESTAMENTO PENTATEUCO (Também conhecido por Lei ou Torá) Pentateuco Pentateuco significa cinco rolos, do grego penta, cinco, e teuchos, rolos. É formado pelos cinco primeiros livros do Antigo Testamento:

Leia mais

A Bíblia Júnior Historinhas da Bíblia para crianças

A Bíblia Júnior Historinhas da Bíblia para crianças A Bíblia Júnior Historinhas da Bíblia para crianças ILUSTRADA POR Dennis Jones ORGANIZADA POR Doris Rikkers Jean E. Syswerda Sumário ANTIGO TESTAMENTO Deus criou o mundo....................2 O jardim do

Leia mais

INTRODUÇÃO GERAL AO PENTATEUCO: ESTRUTURA DA OBRA DIVISÃO EM CINCO LIVROS. Introdução Geral à Formação Literária do Pentateuco

INTRODUÇÃO GERAL AO PENTATEUCO: ESTRUTURA DA OBRA DIVISÃO EM CINCO LIVROS. Introdução Geral à Formação Literária do Pentateuco INTRODUÇÃO GERAL AO PENTATEUCO: DIVISÃO EM CINCO LIVROS Por que a Torah não foi colocado em um único rolo? Quais os critérios para que os livros do Pentateuco tivessem a forma que eles tem hoje? Com certeza

Leia mais

Em Reis fica evidente a apostasia do povo hebreu com o consequente julgamento de Javé.

Em Reis fica evidente a apostasia do povo hebreu com o consequente julgamento de Javé. Introdução ao Livro dos Reis - Um povo, duas nações Na Bíblia hebraica, tal qual os livros de I e II Samuel, os livros de Reis formam um único volume e se encontram na seção chamada "Profetas Menores"

Leia mais

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos.

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Esperança em um mundo mal Obadias 1-21 Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Introdução Obadias É o livro mais curto do Antigo Testamento. Quase nada se sabe sobre o autor.

Leia mais

Revelar Descortinar Desvendar. Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo. Indicativa Imperativa Normativa

Revelar Descortinar Desvendar. Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo. Indicativa Imperativa Normativa Revelar Descortinar Desvendar Revelação - Criação - Bíblia - Jesus Cristo Indicativa Imperativa Normativa Deus informa a respeito de si mesmo - Quem Ele é - O que Ele fez - O que Ele está fazendo - O que

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15 Matéria Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila sem a autorização do IFC-SEDE MUNDIAL Dez/15 1 PANORAMA BÍBLICO A. A Bíblia é o livro sagrado 1. Isaías. 45.5-6. 2. Isaías 45.18-22. B. O Deus

Leia mais

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO.

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO. Ao contrário do que parece à primeira vista, a Bíblia não é um livro único e independente, mas uma coleção de 73 livros, uma mini biblioteca que destaca o a aliança e plano de salvação de Deus para com

Leia mais

Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER. Professor: José Martins Júnior. (11) (Whatsapp Telegram)

Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER. Professor: José Martins Júnior. (11) (Whatsapp Telegram) Curso de PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 DE GÊNESIS A ESTER Professor: José Martins Júnior (11) 9.8383-5316 (Whatsapp Telegram) Email: pastorjunioropbb2815@gmail.com Blog: www.reflexoes-e-flexoes.blogspot.com.br

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO Aula 1 IBCU Estrutura do Curso 1. Introdução (09.03) 2. O Pentateuco (16.03) 3. Livros Históricos Parte 1 (23.03) 4. Livros Históricos Parte 2 (30.03) 5. Livros

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 26 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Propedêutica Bíblica. 26 de Novembro de 2013 Texto Bíblico Propedêutica Bíblica 26 de Novembro de 2013 Texto Bíblico ORAÇÃO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO POVO BÍBLICO I HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO POVO BÍBLICO I Ler o texto no contexto GEOGRÁFICO: «Entre os que subiram

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

ÍNDICE GERAL. i PARTE

ÍNDICE GERAL. i PARTE ÍNDICE GERAL i DEUS NO ANTIGO TESTAMENTO 15 Procedimento metódico 15 I. A História 20 1. O género histórico no Antigo Testamento 20 2. História da salvação 22 II. A Palavra de Deus no Antigo Testamento

Leia mais

Projeto. O Índio e suas influências na cultura brasileira

Projeto. O Índio e suas influências na cultura brasileira Prjet O Índi e suas influências na cultura brasileira 6 a 9 ANO 2014 ESCOLA ESTADUAL TUBAL VILELA DA SILVA PROFESSORA: GEANE F. BALIEIRO ENSINO RELIGIOSO. Escla Estadual Tubal Vilela da Silva Prfessra

Leia mais

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Texto: (2º cor 9.6) "Celebrai com júbilo ao Senhor" Introdução Ao completar dez anos (10) de existência, o Ministério Graça Plena chega em 2014,

Leia mais

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial;

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial; CURSO: ADMINISTRAÇÃO SEMESTRE: 5 DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE CARGA HORARIA: 80 HORAS / AULAS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ementári: Nções de sistemas de infrmaçã e seus cmpnentes, seus tips e principais aplicações

Leia mais

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2015.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2015.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO NÚMEROS

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO NÚMEROS 0 SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO NÚMEROS Professora Sara Victalino Gueiros Dodd Instituto Bíblico da Igreja Cristã Maranata 2016 Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Os Hebreus Localizado a leste da Mesopotâmia, constituía de um vasto planalto desértico rodeado de montanhas, entre a Mesopotâmia e a Índia. O Império Persa constituiu um

Leia mais

Esta é a terra que jurei a Abraão, a Isaque e Jacó dizendo: A tua semente a darei...

Esta é a terra que jurei a Abraão, a Isaque e Jacó dizendo: A tua semente a darei... Marion Vaz 1 Esta é a terra que jurei a Abraão, a Isaque e Jacó dizendo: A tua semente a darei... 2 Sobre a autora Marion Vaz Nasceu em 1962. É formada em Administração de Empresas e fez cursos de Cultura

Leia mais

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães Judaísmo A mais antiga religião monoteísta Ana Paula N. Guimarães O que é o judaísmo? A mais antiga religião das três principais e maiores religiões monoteístas Judaísmo Cristianismo (maior em quantidade

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4 Divisão Mais Usual PENTATEUCO HISTÓRICOS POÉTICOS Maiores PROFÉTICOS Menores Gn Ex Lv Nm Dt Js Jz Rt 1 Sm 2 Sm 1 Re 2 Re 1 Cr

Leia mais

Processo de envio de e-mail de marketing

Processo de envio de e-mail de marketing Prcess de envi de e-mail de marketing Intrduçã Visand um melhr gerenciament ns prcesss de marketing das empresas, fi desenvlvid uma nva funcinalidade para sistema TCar, que tem pr finalidade realizar envis

Leia mais

Acostumando-se com os Milagres

Acostumando-se com os Milagres Acostumando-se com os Milagres Ap. Ozenir Correia 1. VOCÊ NÃO PERCEBE O TAMANHO DO MILAGRE. Enxame de moscas Naquele dia, separarei a terra de Gósen, em que habita o meu povo, para que nela não haja enxames

Leia mais

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000 GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisã: 000 A Mercur S.A., empresa estabelecida desde 1924, se precupa em cnduzir as suas relações de acrd cm padrões étics e cmerciais, através d cumpriment da legislaçã

Leia mais

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO A Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão 2 A Habilidades: Identificas as diferenças e semelhanças entre as religiões

Leia mais

Classe Fé e Vida IPJG Maio 2016

Classe Fé e Vida IPJG Maio 2016 Classe Fé e Vida IPJG Mai 2016 1 Deus é fiel Vcê é fiel? 2 Deus é fiel temp td E nós??? 3 N mund ds Negócis N mund da Plítica N mund Scial N mund Eclesiástic 4 Aquele que, só Ele, é fiel, fiel em tud,

Leia mais

Texto do dia. "Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus" (Lc 20.25).

Texto do dia. Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus (Lc 20.25). Lição 12 21/06/2015 Texto do dia "Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus" (Lc 20.25). Síntese O exercício da cidadania terrena e a participação política dos servos

Leia mais

Texto do dia. "Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora" (Rm 8.22).

Texto do dia. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora (Rm 8.22). Lição 11 14/06/2015 Texto do dia "Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora" (Rm 8.22). Síntese A responsabilidade ambiental dos servos de Jesus decorre do princípio

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

O Princípio de Autoridade Espiritual

O Princípio de Autoridade Espiritual O Princípio de Autoridade Espiritual Só tem autoridade aquele que se submete as autoridades. A lei do universo é o auto-sacrifício Auto-sacrifício é o fundamento sobre o qual o universo foi construído

Leia mais

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2016.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO

Pré-requisito: Nenhum Período Letivo: 2016.1 Professor: Isabel Celeste Caíres Pereira Gusmão Titulação: Mestre PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: BIOLOGIA GERAL Códig: ENF - 101 Pré-requisit: Nenhum Períd Letiv: 2016.1 Prfessr:

Leia mais

Carla Cristina Martins Pica

Carla Cristina Martins Pica Carla Cristina Martins Pica Telemóvel: 91 712 29 69 Crrei electrónic: carla.pica@marinha.pt u carlapica@me.cm Habilitações Literárias e Académicas Mestre em Ciências Jurídic-Plíticas, pela Faculdade de

Leia mais

As Escrituras N 1 - O Princípio de Tudo Suplemento pedagógico As Escrituras

As Escrituras N 1 - O Princípio de Tudo Suplemento pedagógico As Escrituras Recomendável a leitura do Guia do Professor da série As Escrituras - AT, que traz informações gerais sobre toda a série, disponível pela internet no link www.cbn.org.br/escriturasat/suplementogeral.pdf

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano Unidade Letiva: 1 - As Origens Período: 1º 1. Questionar a origem, o destino e o sentido do universo e do ser humano. As origens na perspetiva científica L. Estabelecer um diálogo entre a cultura e a fé.

Leia mais

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1 I NTRODUÇÃO À BÍ BLI A Revisão aula 1 INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1 A BÍBLIA... UM CONJUNTO DE 66 LIVROS, COMEÇOU A SER ESCRITO HÁ MAIS OU MENOS 3500 ANOS, DEMOROU QUASE 1600 ANOS PARA SER CONCLUÍDO,

Leia mais

A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins

A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins O LIVRO DE GENESIS PODE SER CONSIDERADO COMO A BASE TEOLÓGICA DO NOVO TESTAMENTO. GENESIS DE CERTA FORMA ESTÁ MAIS PROXIMO DO NOVO TESTAMENTO DO QUE DO VELHO. VARIOS

Leia mais

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos No Antigo Testamento são citadas algumas cartas, como no 2ºMacabeus, capi.1º. Mas é no Novo Testamento que muitas cartas foram conservadas como parte integrante da revelação de Deus. No Novo Testamento

Leia mais

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13 CURRÍCULO 2014/2015 Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º 1.º Período Aulas Previstas: 13 Conteúdos As origens 7. ano Unidade Lectiva 1 A maravilha do Universo e a grandeza do ser humano Os dados da

Leia mais

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões:

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões: Pessal, vislumbr recurss na prva de cnheciments específics de Gestã Scial para as seguintes questões: Questã 01 Questã 11 Questã 45 Questã 51 Questã 56 Vejams as questões e arguments: LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

DISCIPLINA: LINGUA ESTRANGEIRA MODERNA

DISCIPLINA: LINGUA ESTRANGEIRA MODERNA DISCIPLINA: LINGUA ESTRANGEIRA MODERNA EMENTA: O ensin de língua estrangeira cm um códig de diferentes estruturas lingüísticas, cm ênfase na ralidade, leitura e escrita cm veículs de cmpreensã d mund.

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Hugo Goes A Bíblia é formada por duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Em relação ao Novo Testamento, não há nenhuma diferença entre a

Leia mais

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA PANORAMA GERAL DA BÍBLIA ETERNIDADE FINAL DO NT CRIAÇÃO GÊNESIS 1-2 REDENÇÃO GÊNESIS 3 ATÉ APOCALIPSE 22 VT = O SALVADOR VIRÁ NT = O SALVADOR JÁ VEIO E VOLTARÁ DEUS REVELOU SEU PLANO E SUA VERDADE AO LONGO

Leia mais

RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011

RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011 Relatóri Ministerial Operaçã Philipps 2011 RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011 Intrduçã Cnstituída através da Assembléia Geral realizada n dia 4 de abril de 2011, sediada na Av. d Cntrn, 7492

Leia mais

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo?

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? OS FUNDAMENTOS Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? O justo é chamado a perseverar com fé, esperança e amor. Não importa quais sejam as crises, o justo não pode

Leia mais

Programa semipresencial do Curso Bacharel em Teologia do SECATAB

Programa semipresencial do Curso Bacharel em Teologia do SECATAB Programa semipresencial do Curso Bacharel em Teologia do O pauta suas ações partindo de um princípio interconfessional preparando ministros para a pregação do evangelho. ESTRUTURA DO CURSO O curso conta

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO Artigos Digitais Os uritanos Os Cinco Pontos do Calvinismo no Período Mosaico 2012, Editora os Puritanos/Clire 1ª Edição em Português dezembro

Leia mais

A IDOLATRIA E O ESQUECIMENTO DE DEUS

A IDOLATRIA E O ESQUECIMENTO DE DEUS 1 A IDOLATRIA E O ESQUECIMENTO DE DEUS Êxodo 32.1-8 Tiago Abdalla T. Neto INTRODUÇÃO Você já parou para pensar o quanto somos idólatras? O quanto dependemos de outras coisas e colocamos nossa confiança

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

Índice Introdução... 13 Abreviaturas... 17 1. Natureza da liturgia cristã... 21 1.1. O termo liturgia... 21 1.1.1. No helenismo... 22 1.1.2. No Antigo Testamento... 22 1.1.3. No Novo Testamento... 23 1.1.4.

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

ESTUDO SOBRE O PANORAMA BÍBLICO

ESTUDO SOBRE O PANORAMA BÍBLICO ESTUDO SOBRE O PANORAMA BÍBLICO INDICE INTRODUÇÃO - Parte I 1- Intrduçã a curs 2- Criaçã ds céus, da terra e ds anjs 3- Visã panrâmica da Bíblia e a Aliança Eterna 4- Criaçã d hmem 5- O hmem depis da queda,

Leia mais

Como sugestão para o melhor aproveitamento do material, indica-se:

Como sugestão para o melhor aproveitamento do material, indica-se: INTRODUÇÃO O estudo do Antigo Testamento é essencial para a compreensão da revelação dos propósitos de Deus no decorrer da historia da humanidade, por isso, Síntese do Antigo Testamento é um material que

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 2

Ajuntai tesouros no céu - 2 "Ajuntai tesouros no céu" - 2 Jesus nos ensinou a "alinharmos" os nossos valores aos valores de seu Reino, comparando em sua mensagem aquilo que é terreno e passageiro com aquilo que é espiritual e eterno.

Leia mais

M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Edital 2015

M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Edital 2015 M Div MESTRADO EM TEOLOGIA BÍBLICA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Edital 2015 ATENÇÃO: Prazo final de inscrição para participação na primeira temporada: 10 de fevereiro de 2015. Após esta data a inscrição

Leia mais

A Família que Vence 1

A Família que Vence 1 A Família que Vence 1 Requisitos para Vencer Quem é meu inimigo A quem obedeço Comprometimento Treinamento Espírito de Prontidão Vigilância Fé 2 Ameaças à Família Mudança no Conceito de Família A Emancipação

Leia mais

MANUAL TEOLÓGICO DE EVANGELIZAÇÃO

MANUAL TEOLÓGICO DE EVANGELIZAÇÃO 1 MANUAL TEOLÓGICO DE EVANGELIZAÇÃO ESTUDOS TEMÁTICOS E DOUTRINÁRIOS DA BÍBLIA 1º Trimestre de 2012 Nº 1. LIÇÃO: Jovens e adultos. Autor e consultor teológico: Pr. Ev. Joás Araújo. M. Teol. (2 Pe. 3:18),...

Leia mais