FAZENDO DIFERENTE: ENSINO FUNDAMENTAL COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FAZENDO DIFERENTE: ENSINO FUNDAMENTAL COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS"

Transcrição

1 FAZENDO DIFERENTE: ENSINO FUNDAMENTAL COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS Jamille Vilas Boas de Souza 1 Universidade Federal da Bahia Elaine Santos Anunciação 2 Universidade Federal da Bahia Resumo: No mini-curso serão apresentados e construídos alguns materiais manipuláveis aplicáveis ao ensino fundamental. Serão expostos e analisados os jogos "Eu tenho, quem tem" e "Adivinhe o número". No segundo momento, às atividades estarão voltadas ao trabalho com áreas, abordando a construção e utilização desse conceito: mostrar-seá manipuláveis que são utilizados para a dedução de áreas de algumas figuras planas, que serão aplicadas em algumas demonstrações matemáticas; construiremos um manipulável que ilustra o Teorema de Pitágoras. Palavras-chave: Ensino fundamental; Materiais Manipuláveis; Jogos. Introdução São diversas as pesquisas que apontam os materiais manipuláveis 3 como facilitadores da aprendizagem matemática (KAMII, LEWIS, KIRKLAND, 2001; LORENZATO, 2006; PASSOS, 2006). Para estas, os materiais 4 servem como mediadores na relação professor/aluno/conhecimento. Outras pesquisas, no entanto, mostram que a utilização dos manipuláveis pode servir apenas como recompensa para os alunos (por exemplo, MOYER, 2001). Neste caso, o professor faz uso do manipulável para tornar a aula mais divertida e durante o ensino de habilidades específicas ou de conteúdo matemático, são usados outros métodos. Turrioni e Perez (2006) chamam a atenção ainda para as consequências do uso de manipuláveis. Os autores acreditam que tal consequência depende do profissional que os 1 Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). 2 Licenciada em Matemática pela UFBA 3 Assumimos materiais manipuláveis inspirada na definição de Reys (1971, apud MATOS E SERRAZINA, 1996). Para ele, materiais manipuláveis são objetos que as pessoas são capazes de sentir, tocar, manipular e movimentar. 4 Para evitar repetições será utilizado, por vezes, o termo materiais, manipuláveis ou manipulativos referindose a materiais manipuláveis 1

2 emprega e, mais, o uso do material depende do conteúdo a ser estudado, depende dos objetivos a serem atingidos, depende do tipo de aprendizagem que se espera alcançar. Enfim, o uso de materiais manipuláveis não é desvinculado do contexto escolar e é justamente por isso, que a opção pelo uso de cada um deles deve dar-se somente após a reflexão do professor. Desse modo acreditamos que há uma necessidade de socializar estes materiais, com os professores, em especial com os professores de matemática. Percebemos, baseadas nas nossas experiências profissionais, que muitos professores de matemática utilizam manipuláveis em suas aulas, ou procuram utilizar, sem estudá-los. Destacamos, neste sentido, a necessidade de discussões de caráter epistemológico e prático sobre os manipuláveis na formação de professores, sendo esta uma formação inicial ou continuada. Assim, percebendo esta necessidade, este mini-curso tem a finalidade de apresentar e discutir as propriedades e aplicações de alguns materiais que podem ser utilizados no ensino de matemática com os professores, em particular no Ensino Fundamental. Nas sessões que seguem apresentaremos os manipuláveis que serão utilizados neste mini-curso, estes manipuláveis foram escolhidos por sua. Eu tenho, quem tem e Adivinhe um número Adivinhe um número é um jogo que pode ser utilizado para o ensino de matemática, cuja área de aplicação é a teoria dos números e que explora a forma polinomial do número em determinada base. Em um primeiro momento, uma pessoa que já conhece o jogo adivinha o número escolhido por outra pessoa, o que parece mágica, pois apenas com a informação em quais tabelas o número é encontrado é possível descobrir que número é esse. O Eu tenho, quem tem também é um jogo e pode ser utilizado como uma avaliação. Pode ser adaptado a diferentes conteúdos e por suas regras serem simples, pode ser utilizados em diferentes faixas etárias. É um jogo composto por cartelas retangulares cuja quantidade deve ser proporcional a quantidade de alunos de uma classe, podendo qualquer um destes iniciar o jogo. 2

3 Figura 1: Eu tenho, quem tem Durante a oficina iremos explicar a validade do adivinhe o número, mostrando como tais tabelas/placas podem ser feitas e utilizadas em sala de aula, analisaremos alguns modelos do Eu tenho, quem tem e veremos como ele pode ser explorado. Áreas e Superfícies Para medirmos uma porção do plano ocupada por uma figura plana, adotaremos como unidade de área um quadrado cujos lados medem uma unidade de comprimento e cuja área é, por definição, 1. A área de uma figura plana, desse modo, será o número que expressa quantas vezes essa figura contém o quadrado de lado 1. Figura 2: Quadrados A partir dessa idéia, verificaremos que a área de um quadrado de lado n é n 2 e que a área de um retângulo cujos lados medem a e b é a.b. Utilizando a área do retângulo podese construir a área de paralelogramo, triângulo, losango e trapézio. A área pode ser útil na demonstração do teorema da bissetriz interna, teorema de Tales, teorema de Pitágoras e as 3

4 relações métricas no triângulo retângulo, todas estas propriedades serão apresentadas e analisadas utilizando manipuláveis com diferentes formatos, como na figura abaixo: Figura 3: Polígonos Teorema e Pitágoras Casos particulares do famoso e importante Teorema de Pitágoras que afirma ser a área do quadrado cujo lado é a hipotenusa de um triângulo retângulo igual à soma das áreas dos quadrados que têm como lados cada um dos catetos já eram conhecidos por povos antigos (LIMA, 1998). Após sua primeira demonstração, centenas de diferentes e criativas provas surgiram. Segundo Lima (1998), as demonstrações podem ser classificadas, basicamente, em: algébricas, baseadas nas relações métricas do triângulo retângulo e geométricas, baseadas em comparações de área. Na oficina utilizaremos duas demonstrações geométricas, sendo que construiremos um manipulável constituído por cinco peças e cujo objetivo é ilustrar este teorema, assim a partir de dois quadrados formados pelas cinco peças e cujos lados são os catetos de um triângulo retângulo escolhido é formado um novo quadrado cujo lado é a hipotenusa. Figura 4: Teorema de Pitágoras 4

5 Considerações finais Acreditamos, nesse sentido, que ao estudar o manipulável que deseja utilizar o professor pode perceber relações menos evidentes entre o manipulável e o conteúdo matemático que deseja trabalhar. E assim, a aplicação deste material na sala de aula pode ser um catalisador para o aluno construir a aprendizagem matemática. Referências KAMII, C.; LEWIS, B.A.; KIRKLAND, L. Manipulatives: When are they useful? Journal of Mathematics Behavior 20; p , 2001 LIMA, Elon Lages. Mania de Pitágoras. In: LIMA, Elon Lages. Meu Professor de matemática e outras histórias. Rio de Janeiro: SBM, LORENZATO, S. Laboratório de ensino de matemática e materiais didáticos manipuláveis. In: LORENZATO, S.; (ORG.). O laboratório de ensino de matemática na formação de professores. S.P.; Autores Associados, p. 3-38, MOYER, P.S. Are We Having Fun Yet? How Teachers Use Manipulatives to Teach Mathematics. Journal Educational Studies in Mathematics 47. p , PASSOS, C.L.B. Materiais manipuláveis como recurso didático na formação de professores. In: LORENZATO, S.; (ORG.). O laboratório de ensino de matemática na formação de professores. S.P.; Autores Associados, p , TURRONI, A.M.S.; PEREZ, G. Implementando um laboratório de educação matemática para apoio na formação de professores. In: LORENZATO, S.; (ORG.). O laboratório de ensino de matemática na formação de professores. S.P.; Autores Associados, P ,

GEOMETRIA LÚDICA: DESCOBRINDO A ÁREA DE FIGURAS PLANAS

GEOMETRIA LÚDICA: DESCOBRINDO A ÁREA DE FIGURAS PLANAS 1 GEOMETRIA LÚDICA: DESCOBRINDO A ÁREA DE FIGURAS PLANAS Agda Jéssica de Freitas Galletti UnB DF aj.mat@hotmail.com Francisca Priscila Ferreira da Silva UnB - DF priscilafs.df@hotmail.com Gabriela Aparecida

Leia mais

O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS

O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS Vânia de Moura Barbosa Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco vanibosa@terra.com.br Introdução Um dos primeiros questionamentos

Leia mais

ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS. Palavras-chave: Origami; Ensino-Aprendizagem; Geometria Plana.

ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS. Palavras-chave: Origami; Ensino-Aprendizagem; Geometria Plana. ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS Luana Lazzari 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Bento Gonçalves luana.lazzari@bento.ifrs.edu.br Marcos

Leia mais

Palavras-chave: LEM; Intervenção; Educação Matemática.

Palavras-chave: LEM; Intervenção; Educação Matemática. JOGOS E MATERIAIS MANIPULÁVEIS: UMA EXPERIÊNCIA COM PROFESSORES E ALUNOS DA EJA Guilherme Adorno de Oliveira Guiadorno1@gmail.com Marlova Caldatto maracaldatto@yahoo.com.br Valdeni Soliani Franco vsfranco@uem.br

Leia mais

DESCOBRINDO O SEGREDO DAS FÓRMULAS DE ÁREA

DESCOBRINDO O SEGREDO DAS FÓRMULAS DE ÁREA DESCOBRINDO O SEGREDO DAS FÓRMULAS DE ÁREA Antonia Natanayana Lima Mesquita Universidade do Estado da Bahia - UNEB natanayana@hotmail.com Daniela Batista Santos Universidade do Estado da Bahia - UNEB dansantosd@yahoo.com.br

Leia mais

pela UFBA, professor adjunto de Língua Portuguesa na UFBA. E-mail: lucianoamaral64@yahoo.com

pela UFBA, professor adjunto de Língua Portuguesa na UFBA. E-mail: lucianoamaral64@yahoo.com 1 Licenciada em Letras pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e mestranda em Literatura e Diversidade Cultural na UEFS. E-mail: lu.s.o.2@hotmail.com 2 Bacharel em Economia pela Universidade

Leia mais

ATIVIDADES QUE AJUDAM NO ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO DOS CONCEITOS DE ÁREAS COM FIGURAS GEOMÉTRICAS, ABORDADAS DE MANEIRAS DIFERENTES.

ATIVIDADES QUE AJUDAM NO ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO DOS CONCEITOS DE ÁREAS COM FIGURAS GEOMÉTRICAS, ABORDADAS DE MANEIRAS DIFERENTES. ISSN 2177-9139 ATIVIDADES QUE AJUDAM NO ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO DOS CONCEITOS DE ÁREAS COM FIGURAS GEOMÉTRICAS, ABORDADAS DE MANEIRAS DIFERENTES. Samara Melo Gai samaramelogai@gmail.com Universidade

Leia mais

O LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA

O LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA O LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA Rogério de Aguiar DMAT-UDESC-Joinville dma2ra@joinville.udesc.br Introdução Muitos foram os educadores famosos que, nos últimos séculos, ressaltaram a importância

Leia mais

Atividades com o GeoGebra: possibilidades para o ensino e aprendizagem da Geometria no Fundamental

Atividades com o GeoGebra: possibilidades para o ensino e aprendizagem da Geometria no Fundamental Atividades com o GeoGebra: possibilidades para o ensino e aprendizagem da Geometria no Maria da Conceição Alves Bezerra Universidade Federal da Paraíba Brasil mcabst@hotmail.com Cibelle Castro de Assis

Leia mais

UM MÓDULO DE ATIVIDADES PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DAS FÓRMULAS DE ÁREA DOS PRINCIPAIS POLÍGONOS CONVEXOS

UM MÓDULO DE ATIVIDADES PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DAS FÓRMULAS DE ÁREA DOS PRINCIPAIS POLÍGONOS CONVEXOS UM MÓDULO DE ATIVIDADES PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DAS FÓRMULAS DE ÁREA DOS PRINCIPAIS POLÍGONOS CONVEXOS Cristiane Fernandes de Souza, Ms. UFRN cristianesouza.fernandes@bol.com.br Introdução O estudo

Leia mais

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental TEMA I ESPAÇO E FORMA Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Os conceitos geométricos constituem parte importante

Leia mais

A formação do licenciado em matemática

A formação do licenciado em matemática A formação do licenciado em matemática VIANA,P.A. Sobral Matemática Universidade Estadual Vale do Acaraú 6 de agosto de 2011 paty.alvi@hotmail.com pré-prints da Sobral Matemática no.2011-02 Editor Tarcisio

Leia mais

CONTEÚDOS DE GEOMETRIA NAS AVALIAÇÕES DA APRENDIZAGEM NO COLÉGIO ESTADUAL DO PARANÁ, NAS DÉCADAS DE 60 E 70.

CONTEÚDOS DE GEOMETRIA NAS AVALIAÇÕES DA APRENDIZAGEM NO COLÉGIO ESTADUAL DO PARANÁ, NAS DÉCADAS DE 60 E 70. CONTEÚDOS DE GEOMETRIA NAS AVALIAÇÕES DA APRENDIZAGEM NO COLÉGIO ESTADUAL DO PARANÁ, NAS DÉCADAS DE 60 E 70. Ana Célia da Costa Ferreira Resumo: A cada ano, educadores matemáticos tentam encontrar soluções

Leia mais

Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1

Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1 Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1 Aula 14: A Matemática Grega: Pitágoras e os Pitagóricos 17/04/2015 2 Pitágoras de Samos Aproximadamente 572 a.c. Discípulo de Tales de Mileto,

Leia mais

SOFTWARES EDUCATIVOS NAS AULAS DE GEOMETRIA: UTILIZAÇÃO DO GEOGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL II

SOFTWARES EDUCATIVOS NAS AULAS DE GEOMETRIA: UTILIZAÇÃO DO GEOGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL II SOFTWARES EDUCATIVOS NAS AULAS DE GEOMETRIA: UTILIZAÇÃO DO GEOGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL II Cibelle de Fátima Castro de Assis Universidade Federal da Paraíba cibelle@dce.ufpb.br Resumo: O objetivo deste

Leia mais

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA Cristina Girotto; Adriana Teresina de Campos; Damares Kessler; Juarez Dumke Streda; Vanessa Günzel; Vilson Hennemann; Julhane Thomas

Leia mais

Palavras-chave: Ensino de geometria. Tarefas. Triângulos.

Palavras-chave: Ensino de geometria. Tarefas. Triângulos. O ENSINO DE TRIÂNGULOS: A PRODUÇÃO DE TAREFAS NO OEM-BAHIA 1 Giovanna Mascarenhas Carneiro 2 Colégio Estadual General Osório giovanna_carneiro@hotmail.com Mércia Cleide Barbosa Mota 3 Colégio Estadual

Leia mais

O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE

O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE ¹C. J. F. Souza (ID); ¹M. Y. S. Costa (ID); ²A. M. Macêdo (CA)

Leia mais

1 TEOREMA DE TALES 2 APLICAÇÃO PARA TRIÂNGULOS 3 TEOREMA DA BISSETRIZ INTERNA. Matemática 2 Pedro Paulo

1 TEOREMA DE TALES 2 APLICAÇÃO PARA TRIÂNGULOS 3 TEOREMA DA BISSETRIZ INTERNA. Matemática 2 Pedro Paulo Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA XI 1 TEOREMA DE TALES No Nivelamento, um dos assuntos abordados foi Razão e Proporção. A proporção aparece em várias situações no dia-a-dia: por exemplo, na leitura

Leia mais

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos Relações Métricas nos Dimas Crescencio Triângulos Trigonometria A palavra trigonometria é de origem grega, onde: Trigonos = Triângulo Metrein = Mensuração - Relação entre ângulos e distâncias; - Origem

Leia mais

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1 Módulo 1 Unidade 10 Teorema de Pitágoras Para início de conversa... Certamente, você já deve ter ouvido falar no Teorema de Pitágoras. Pois bem, nesta unidade, ele será o centro das atenções, mas vamos

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA 1 - IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO CURSO: Técnico Subsequente em Agricultura DISCIPLINA/ COMPONENTE CURRICULAR: Matemática Aplicada a Agricultura ANO/ CARGA

Leia mais

BINGO QUÍMICO: UMA ATIVIDADE LÚDICA ENVOLVENDO SÍMBOLOS E NOMES DOS ELEMENTOS.

BINGO QUÍMICO: UMA ATIVIDADE LÚDICA ENVOLVENDO SÍMBOLOS E NOMES DOS ELEMENTOS. BINGO QUÍMICO: UMA ATIVIDADE LÚDICA ENVOLVENDO SÍMBOLOS E NOMES DOS ELEMENTOS. Eliana Moraes de Santana ¹ Universidade de São Paulo, Instituto de Física - Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Geometria Métrica Plana

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Geometria Métrica Plana Resolução das atividades complementares Matemática M Geometria Métrica Plana p. 0 Na figura a seguir tem-se r // s // t e y. diferença y é igual a: a) c) 6 e) b) d) 0 8 ( I) y 6 y (II) plicando a propriedade

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - DCET GEOMETRIA ANALÍTICA ASSUNTO: CÔNICAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - DCET GEOMETRIA ANALÍTICA ASSUNTO: CÔNICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - DCET GEOMETRIA ANALÍTICA ASSUNTO: CÔNICAS. Usando a definição de parábola determinar, em cada um dos itens a

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo I Aula 04 SUPERFÍCIE E ÁREA Medir uma superfície é compará-la com outra, tomada como unidade. O resultado da comparação é um número positivo, ao

Leia mais

TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS

TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS Georgiane Amorim Silva 1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte /PPGEd georgianeamor@hotmail.com Resumo: Considerando

Leia mais

MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II

MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II 1 MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II Joseleide dos Santos Sardinha - UEFS (leidejoissi@hotmail.com ) Alex Almeida

Leia mais

ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA

ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA Fernanda Eloisa Schmitt Centro Universitário UNIVATES fschmitt@universo.univates.br Marli Teresinha Quartieri Centro Universitário UNIVATES

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO. 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO. 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem. ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO 1ª Ficha Informativa MATEMÁTICA - A 10º Ano 2012/2013 1- Ângulos Definição: Chama-se ângulo à porção de plano limitada por duas semirretas com a mesma origem. Definição:

Leia mais

Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets

Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets Maria Madalena Dullius 1, Marli Teresinha Quartieri 2, Lucy Aparecida Gutiérrez de Alcântara 3, Cristian

Leia mais

UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA TÓPICOS DE MECÂNICA VETORIAL

UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA TÓPICOS DE MECÂNICA VETORIAL UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA TÓPICOS DE MECÂNICA VETORIAL BRUNO NUNES

Leia mais

DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais

DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais Vanessa Faoro UNIJUÍ - vanefaoro@yahoo.com.br Kelly Pereira Duarte UNIJUÍ kelly_duartee@yahoo.com.br

Leia mais

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab.

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab. MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito Questão 01 [ 2,00 pts ] Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso

Leia mais

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA Loreni Aparecida Ferreira Baldini 1 Colégio Est. Pe. José de Anchieta - loreni@ibest.com.br RESUMO

Leia mais

JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL Henrique Moura Fietz 1 Sílvia Letícia Shardozim Martins 2 PALAVRAS-CHAVE: JOGOS MATEMÁTICOS; MATERIAIS MANIPULATIVOS; ENSINO

Leia mais

A EXPRESSÃO GRÁFICA NA EXPLORAÇÃO DE PROPRIEDADES GEOMÉTRICAS ATRAVÉS DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA

A EXPRESSÃO GRÁFICA NA EXPLORAÇÃO DE PROPRIEDADES GEOMÉTRICAS ATRAVÉS DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA A EXPRESSÃO GRÁFICA NA EXPLORAÇÃO DE PROPRIEDADES GEOMÉTRICAS ATRAVÉS DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA Anderson Roges Teixeira Góes Universidade Federal do Paraná Departamento de Expressão Gráfica Secretaria

Leia mais

DO ABSTRATO AO CONCRETO: UTILIZANDO CANUDINHOS PARA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS

DO ABSTRATO AO CONCRETO: UTILIZANDO CANUDINHOS PARA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS 1 DO ABSTRATO AO CONCRETO: UTILIZANDO CANUDINHOS PARA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS Andréa de Jesus Santos- UFES (andrea20santos@hotmail.com) Alex Almeida de Souza- UEFS (alexalmeida2012@live.com)

Leia mais

Geometria Plana - Aula 05

Geometria Plana - Aula 05 Geometria Plana - Aula 05 Elaine Pimentel Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Matemática Geometria Plana Especialização 2008 - p. 1 Esquema da aula Quadrilátero - definição e. Quadriláteros

Leia mais

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Projeto de formação de professores em Matemática Um projeto exclusivo

Leia mais

Áreas de figuras planas

Áreas de figuras planas Módulo 1 Unidade 7 Áreas de figuras planas Para início de conversa... Você já precisou comprar cerâmica para revestir pisos e paredes de algum cômodo de sua casa? Ou calcular a quantidade certa de tinta

Leia mais

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA EDITAL 2015 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Testes de Português e Matemática - Material: o candidato deverá trazer: lápis apontados, apontador, borracha e o Compreensão e interpretação de textos; exploração

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOLHER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONTRUINDO HISTÓRIA

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOLHER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONTRUINDO HISTÓRIA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOLHER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONTRUINDO HISTÓRIA Projeto: Jogos matemáticos como recurso didático Professora Orientadora: Marilene

Leia mais

Palavras Chave: Material Concreto. Aprendizagem e Ensino de Matemática.

Palavras Chave: Material Concreto. Aprendizagem e Ensino de Matemática. O USO DO MATERIAL CONCRETO NO ENSINO DA MATEMÁTICA Francisca Marlene da Silva Bolsista da PRAE-FECLESC/UECE Déborah Almeida Cunha Bolsista da PRAE-FECLESC/UECE Aline Araújo da Silva Graduanda-FECLESC/UECE

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: Matemática; Geometria; Aulas Investigativas. Introdução

Resumo. Palavras-chave: Matemática; Geometria; Aulas Investigativas. Introdução III Seminário sobre Educação Matemática A desigualdade triangular em diferentes mídias Paulo César da Penha pcpenha@terra.com.br GRUCOGEO/USF/ Secretaria da Educação de Itatiba-SP Resumo O relato de experiência

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 EMENTA DA DISCIPLINA O Estudo das funções e suas aplicações

Leia mais

A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA. EPISÓDIO: GÊNIOS DO ORIENTE.

A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA. EPISÓDIO: GÊNIOS DO ORIENTE. A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA. EPISÓDIO: GÊNIOS DO ORIENTE. Resumo Após a queda do Império Grego, o desenvolvimento da Matemática dedutiva sofreu um grande impacto. O oriente, porém, continua a desenvolver

Leia mais

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO André Luís Mattedi Dias mattedi@uefs.br Jamerson dos Santos Pereira pereirajamerson@hotmail.com Jany Santos Souza Goulart janymsdesenho@yahoo.com.br

Leia mais

Áreas e Aplicações em Geometria

Áreas e Aplicações em Geometria 1. Introdução Áreas e Aplicações em Geometria Davi Lopes Olimpíada Brasileira de Matemática 18ª Semana Olímpica São José do Rio Preto, SP Nesse breve material, veremos uma rápida revisão sobre áreas das

Leia mais

CONSTRUINDO JOGOS DE TABULEIRO COM FORMAS GEOMÉTRICAS RESUMO

CONSTRUINDO JOGOS DE TABULEIRO COM FORMAS GEOMÉTRICAS RESUMO CONSTRUINDO JOGOS DE TABULEIRO COM FORMAS GEOMÉTRICAS Priscila Cicera Santos Silva i Josefa Vanessa Murici Defensor ii Orientador: José da Silva Barros iii RESUMO Este trabalho visa discorrer sobre as

Leia mais

Matriz Curricular de Matemática 6º ao 9º ano 6º ano 6º Ano Conteúdo Sistemas de Numeração Sistema de numeração Egípcio Sistema de numeração Romano Sistema de numeração Indo-arábico 1º Trimestre Conjunto

Leia mais

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS ISSN 2177-9139 O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS Morgana Fernandes da Silva 1 morganaf60@gmail.com Faculdades Integradas de Taquara,

Leia mais

17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min

17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min DE PROVAS BIMESTRAIS 1º, 3º e 5º TERMOS DE MATEMÁTICA 17/06 AVALIAÇÃO INTEGRADA 19h10min A PROVA SERÁ APLICADA NA SALA DO 3º TERMO DE MATEMÁTICA 1º TERMO MATEMÁTICA DE SUBSTITUTIVA 4ª FEIRA 24/06 - Fundamentos

Leia mais

Conceitos e fórmulas

Conceitos e fórmulas 1 Conceitos e fórmulas 1).- Triângulo: definição e elementos principais Definição - Denominamos triângulo (ou trilátero) a toda figura do plano euclidiano formada por três segmentos AB, BC e CA, tais que

Leia mais

Geometria plana. Índice. Polígonos. Triângulos. Congruência de triângulos. Semelhança de triângulos. Relações métricas no triângulo retângulo

Geometria plana. Índice. Polígonos. Triângulos. Congruência de triângulos. Semelhança de triângulos. Relações métricas no triângulo retângulo Índice Geometria plana Polígonos Triângulos Congruência de triângulos Semelhança de triângulos Relações métricas no triângulo retângulo Quadriláteros Teorema de Tales Esquadros de madeira www.ser.com.br

Leia mais

MATEMÁTICA APLICADA NA PRÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Applied mathematics in practice in the fundamental and medium teaching

MATEMÁTICA APLICADA NA PRÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Applied mathematics in practice in the fundamental and medium teaching MATEMÁTICA APLICADA NA PRÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Applied mathematics in practice in the fundamental and medium teaching Gabriela Garcia Agra Naufal Larissa Bicho Janegitz Maria Emília Sandalo

Leia mais

Ensino de Geometria: Possibilidades didático pedagógicas de uso do geoplano

Ensino de Geometria: Possibilidades didático pedagógicas de uso do geoplano Ensino de Geometria: Possibilidades didático pedagógicas de uso do geoplano José Wilson dos Santos (projwilson@hotmail.com) Claudia Angela da Silva (Clau.angela@hotmail.com) Mestrado em Educação Matemática

Leia mais

Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos

Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos Geometria Plana: Áreas de regiões poligonais Triângulo e região triangular O conceito de região poligonal

Leia mais

GEOPLANO CIRCULAR: PROPICIANDO A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

GEOPLANO CIRCULAR: PROPICIANDO A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO GEOPLANO CIRCULAR: PROPICIANDO A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO Maria da Gloria Vasconcellos Cid Faculdades Integradas Geraldo Di Biase Volta Redonda RJ glorinhacid@hotmail.com INTRODUÇÃO A Matemática tem

Leia mais

Anderson Fabrício Mendes RESUMO INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA

Anderson Fabrício Mendes RESUMO INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA DA RESOLUÇÃO DE QUEBRA CABEÇAS EM SALA DE AULA À APLICABILIDADE NO COTIDIANO: CONSTITUINDO O CONCEITO DE ÁREA COM ESTUDANTES DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Anderson Fabrício Mendes RESUMO O objetivo desta

Leia mais

Questões Complementares de Geometria

Questões Complementares de Geometria Questões Complementares de Geometria Professores Eustácio e José Ocimar Resolução comentada Outubro de 009 Questão 1_Enem 000 Um marceneiro deseja construir uma escada trapezoidal com 5 degraus, de forma

Leia mais

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS: UMA INVESTIGAÇÃO COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS: UMA INVESTIGAÇÃO COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS: UMA INVESTIGAÇÃO COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Renata Urruth Rosa, PUCRS e Helena Noronha Cury, PUCRS Neste trabalho, é apresentado um relato de parte de uma investigação

Leia mais

Experimento. Guia do professor. Qual é a área do quadrilátero? Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia

Experimento. Guia do professor. Qual é a área do quadrilátero? Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia Geometria e medidas Guia do professor Experimento Qual é a área do quadrilátero? Objetivos da unidade 1. Apresentar diferentes formas de se calcular ou aproximar a área de quadri láteros; 2. Analisar situações

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO - 2013 VP4 MATEMÁTICA 3 a ETAPA 6 o ao 9º Ano INTEGRAL ENSINO FUNDAMENTAL 1º E 2º ANOS INTEGRAIS ENSINO MÉDIO

ROTEIRO DE ESTUDO - 2013 VP4 MATEMÁTICA 3 a ETAPA 6 o ao 9º Ano INTEGRAL ENSINO FUNDAMENTAL 1º E 2º ANOS INTEGRAIS ENSINO MÉDIO 6 o ANO MATEMÁTICA I Adição e subtração de frações: Frações com denominadores iguais. Frações com denominadores diferentes. Multiplicação de um número natural por uma fração. Divisão entre um número natural

Leia mais

Formigas. Série Rádio Cangalha. Objetivos

Formigas. Série Rádio Cangalha. Objetivos Formigas Série Rádio Cangalha Objetivos 1. Apresentar a demonstração de que 2 é irracional; Formigas Série Rádio Cangália Conteúdos Aritmética. Duração Aprox. 10 minutos. Objetivos 1. Apresentar a demonstração

Leia mais

O ESTUDO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS: A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS MANIPULÁVEIS NO ENSINO MÉDIO

O ESTUDO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS: A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS MANIPULÁVEIS NO ENSINO MÉDIO O ESTUDO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS: A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS MANIPULÁVEIS NO ENSINO MÉDIO Resumo: Romerito Everton Silva de Lima, UFPB/Campus IV romerito_evernton@hotmail.com Camila Pereira Alexandre,

Leia mais

MATEMÁTICA - 3ª ETAPA/2015. Aluno: Nº. 1) Calcule o valor de x, sabendo que o perímetro do quadrilátero é de 8,6 m.

MATEMÁTICA - 3ª ETAPA/2015. Aluno: Nº. 1) Calcule o valor de x, sabendo que o perímetro do quadrilátero é de 8,6 m. MATEMÁTICA - ª ETAPA/015 Ensino Fundamental Ano: 8º Professora: Thaís Sadala Turma: Atividade: Estude Mais 10 Data: Aluno: Nº 1) Calcule o valor de x, sabendo que o perímetro do quadrilátero é de 8,6 m.,4

Leia mais

GEOMETRIA: RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM A UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES MATEMÁTICOS

GEOMETRIA: RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM A UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES MATEMÁTICOS 1 GEOMETRIA: RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM A UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES MATEMÁTICOS Clovis Ricardo Hentz Duarte 1 - UNEB, Campus IX clovisricardohhentz@hotmail.com Eloísia da Cruz Camandaroba 2 - UNEB, Campus

Leia mais

APRENDENDO MATEMÁTICA ATRAVÉS DE INVESTIGAÇÕES - VIVÊNCIA COM O ENSINO MÉDIO

APRENDENDO MATEMÁTICA ATRAVÉS DE INVESTIGAÇÕES - VIVÊNCIA COM O ENSINO MÉDIO APRENDENDO MATEMÁTICA ATRAVÉS DE INVESTIGAÇÕES - VIVÊNCIA COM O ENSINO MÉDIO GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior Anisia Olegário UNIJUÍ - anisia.olegario@unijui.edu.br Vanessa Faoro

Leia mais

SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES

SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES Edmar Luiz Gomes Júnior 1 Anita Lima Pimenta 2, Amanda da Paixão B. Magalhães 3, Dra. Eliane Scheid Gazire 4 1 IFMG Ouro Preto,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS ORGANIZAÇÃO DO 4º BIMESTRE 2013 AULAS E RECUPERAÇÃO INTENSIVA

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS ORGANIZAÇÃO DO 4º BIMESTRE 2013 AULAS E RECUPERAÇÃO INTENSIVA SEGUNDA FEIRA: 02.12 6º A - SALA DE RECUPERAÇÃO 6º ANO EFII 6º B - SALA DE AULA 6º C - SALA DE AULA 1ª Aula Aula Geografia Ensino Religioso História 2ª Aula Aula Geografia História Ensino Religioso 3ª

Leia mais

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS Everton Tafarel Galvão evertontafarel.everton@gmail.com Izabel Passos Bonete ipbonete@irati.unicentro.br

Leia mais

Explorando Poliedros

Explorando Poliedros Reforço escolar M ate mática Explorando Poliedros Dinâmica 6 2ª Série 1º Bimestre Matemática Ensino Médio 2ª Geométrico Introdução à geometria espacial Aluno PRIMEIRA ETAPA COMPARTILHAR IDEIAS ATIVIDADE

Leia mais

Teorema de Pitágoras

Teorema de Pitágoras Teorema de Pitágoras Proposta de sequência de tarefas para o 8.º ano - 3.º ciclo Autores: Professores das turmas piloto do 8º ano 3º ciclo de escolaridade Ano Lectivo 2009 / 2010 Novembro de 2010 Novo

Leia mais

Desafios Matemáticos! 8º ano

Desafios Matemáticos! 8º ano Desafios Matemáticos! 8º ano Introdução Olá! Eu chamo-me Jaguaretê e sou uma onça. Eu vivo na Amazónia e tenho uma paixão: a Matemática. Neste manual irei ajudar-te a compreender e a admirar esse maravilhoso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA ARTHUR BARCELLOS BERND

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA ARTHUR BARCELLOS BERND UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA ARTHUR BARCELLOS BERND AS IMAGENS CONCEITUAIS E A GEOMETRIA DINÂMICA Porto Alegre 2011 ARTHUR

Leia mais

EXPLORANDO OS CONTEÚDOS MATEMÁTICOS ENVOLVIDOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA CASA

EXPLORANDO OS CONTEÚDOS MATEMÁTICOS ENVOLVIDOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA CASA EXPLORANDO OS CONTEÚDOS MATEMÁTICOS ENVOLVIDOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA CASA Sergio da Silva Cambiriba 1 Dante Alves Medeiros Filho 2 RESUMO Nosso trabalho consistiu em explorar alguns conteúdos matemáticos

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA PLANOS DE CURSO PARA 6º E 7º ANOS Campina Grande, 2011 -

Leia mais

Responsáveis: Fernando Celso Villar Marinho e Rita Maria Cardoso Meirelles DOMINÓ DAS FRAÇÕES COM O USO DO TANGRAM

Responsáveis: Fernando Celso Villar Marinho e Rita Maria Cardoso Meirelles DOMINÓ DAS FRAÇÕES COM O USO DO TANGRAM FORMAÇÃO CONTINUADA DE DOCENTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RJ SUCESSO ESCOLAR SUPORTE DIDÁTICO PARA IMPLEMENTAÇÃO DA REORIENTAÇÃO CURRICULAR Matemática Pólo Rio de Janeiro Responsáveis:

Leia mais

Professores: Luiz Davi Mazzei e Marcus Vinicius de Azevedo Basso. Acadêmicos: Andressa dos Santos, Diego Lima e Jean Rodrigo Teixeira.

Professores: Luiz Davi Mazzei e Marcus Vinicius de Azevedo Basso. Acadêmicos: Andressa dos Santos, Diego Lima e Jean Rodrigo Teixeira. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO - INSTITUTO DE MATEMÁTICA OFICINAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA LABORATÓRIO DE PRÁTICA DE ENSINO EM MATEMÁTICA Professores: Luiz Davi

Leia mais

GEOGEBRA E O DESENVOLVIMENTO DE APPLETS PARA O ENSINO DE GEOMETRIA

GEOGEBRA E O DESENVOLVIMENTO DE APPLETS PARA O ENSINO DE GEOMETRIA GEOGEBRA E O DESENVOLVIMENTO DE APPLETS PARA O ENSINO DE GEOMETRIA Inês Farias Ferreira Universidade Federal de Santa Maria inesfferreira10@gmail.com Katiéle de Souza Carvalho Universidade Federal de Santa

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 (OBMEP RJ) Num triângulo retângulo, definimos o cosseno de seus ângulos agudos O triângulo retângulo da figura

Leia mais

Software. Guia do professor. Geometria do táxi Distâncias. Ministério da Educação. Ministério da Ciência e Tecnologia

Software. Guia do professor. Geometria do táxi Distâncias. Ministério da Educação. Ministério da Ciência e Tecnologia Números e funções Geometria e medidas Guia do professor Software Geometria do táxi Distâncias Objetivos da unidade 1. Consolidar o uso de coordenadas cartesianas no plano e introduzir uma nova noção de

Leia mais

Guia do Professor: Ampliando as noções trigonométricas. Introdução

Guia do Professor: Ampliando as noções trigonométricas. Introdução Guia do Professor: Ampliando as noções trigonométricas Introdução Caro professor, O mundo está em constante mudança, dado o grande e rápido desenvolvimento da tecnologia. Máquinas de calcular, computadores,

Leia mais

P R O G R A M A Ç Ã O N Í V E L I I I

P R O G R A M A Ç Ã O N Í V E L I I I P R O G R A M A Ç Ã O N Í V E L I I I 07:00 08:00 23 / 08 Dom 24 / 08 2ª feira 25 / 08 3ª feira 26 / 08 4ª feira 27 / 08 5ª feira Café da Manhã Café da Manhã Café da Manhã Café da Manhã 28 / 08 Sexta 8:30

Leia mais

O SOFTWARE GEOGEBRA E A CONSTRUÇÃO DO CICLO TRIGONOMÉTRICO: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O ENSINO DE TRIGONOMETRIA

O SOFTWARE GEOGEBRA E A CONSTRUÇÃO DO CICLO TRIGONOMÉTRICO: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O ENSINO DE TRIGONOMETRIA ISSN 2316-7785 O SOFTWARE GEOGEBRA E A CONSTRUÇÃO DO CICLO TRIGONOMÉTRICO: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O ENSINO DE TRIGONOMETRIA Charles Bruno da Silva Melo Centro Universitário Franciscano xarlesdemelo@yahoo.com.br

Leia mais

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são:

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: TRIÂNGULO RETÂNGULO Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: a: hipotenusa b e c: catetos h: altura relativa a hipotenusa m e

Leia mais

Palavras chaves: Geometria; Polígonos; Matérias Manipuláveis.

Palavras chaves: Geometria; Polígonos; Matérias Manipuláveis. 1 A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO GEOMÉTRICO POR MEIO DE SITUAÇÕES EXPERIMENTAIS. Resumo Eloísia da Cruz Camandaroba¹ - UNEB, Campus IX. elocamandaroba@hotmail.com Fabiana Menezes da Silva²- UNEB, Campus

Leia mais

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Os triângulos AHB e AHC são semelhantes, então podemos estabelecer algumas relações métricas importantes:

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Os triângulos AHB e AHC são semelhantes, então podemos estabelecer algumas relações métricas importantes: TRIÂNGULO RETÂNGULO Num triângulo retângulo, os lados perpendiculares, aqueles que formam um ângulo de 90º, são denominados catetos e o lado oposto ao ângulo de 90º recebe o nome de hipotenusa. O teorema

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º CICLO ESE DE CASTELO BRANCO http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º CICLO ESE DE CASTELO BRANCO http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/ ACTIVIDADES COM O TANGRAM É um jogo chinês, muito antigo, constituído por 7 peças (2 triângulos grandes geometricamente iguais, 2 triângulos pequenos geometricamente iguais, um triângulo médio, um quadrado

Leia mais

Polígonos e Quadriláteros. Caderno de Atividades

Polígonos e Quadriláteros. Caderno de Atividades Polígonos e Quadriláteros Caderno de Atividades Organização: Roselene Alves Amâncio Orientação: Dra. Eliane Scheid Gazire 2013 Sumário 1. Introdução...3 2. O desenvolvimento do pensamento geométrico...3

Leia mais

A GEOMETRIA NA ARTE DO ORIGAMI: UM RECURSO DIDÁTICO DIFERENCIADO

A GEOMETRIA NA ARTE DO ORIGAMI: UM RECURSO DIDÁTICO DIFERENCIADO 1 A GEOMETRIA NA ARTE DO ORIGAMI: UM RECURSO DIDÁTICO DIFERENCIADO FRANCO DEYVIS LIMA DE SENA - UEPA/CAPES/Cnpq f.deyvis@hotmail.com WAGNER LUIZ PALHETA DE LIMA - UEPA/CAPES/Cnpq wagner696@yahoo.com.br

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

A GEOMETRIA NA MATEMÁTICA DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

A GEOMETRIA NA MATEMÁTICA DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Revista da Educação Matemática da UFOP, Vol I, 2011 - X Semana da Matemática e II Semana da Estatística, 2010 ISSN 2237-809X A GEOMETRIA NA MATEMÁTICA DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Régis Luiz

Leia mais

Universidade Severino Sombra. Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS

Universidade Severino Sombra. Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS Universidade Severino Sombra Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS CADERNO DE ATIVIDADES RELACIONADOS A CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO GEOMÉTRICO

Leia mais

MONTAGEM DO DODECAEDRO REGULAR COM TUBOS DE CANETA PARA APRENDIZAGEM DO VOLUME UTILIZANDO CABRI 3D

MONTAGEM DO DODECAEDRO REGULAR COM TUBOS DE CANETA PARA APRENDIZAGEM DO VOLUME UTILIZANDO CABRI 3D MONTAGEM DO DODECAEDRO REGULAR COM TUBOS DE CANETA PARA APRENDIZAGEM DO VOLUME UTILIZANDO CABRI 3D Resumo: Amarildo Aparecido dos Santos Pontifícia Universidade Católica de São Paulo amarosja@terra.com.br

Leia mais

Aula 10 Triângulo Retângulo

Aula 10 Triângulo Retângulo Aula 10 Triângulo Retângulo Projeção ortogonal Em um plano, consideremos um ponto e uma reta. Chama-se projeção ortogonal desse ponto sobre essa reta o pé da perpendicular traçada do ponto à reta. Na figura,

Leia mais

HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NAS AULAS DE TRIGONOMETRIA

HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NAS AULAS DE TRIGONOMETRIA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NAS AULAS DE TRIGONOMETRIA Francisco Canindé de Oliveira Escola Est. Des. Floriano Cavalcanti (Natal, RN) candeoliv@bol.com.br Dra. Bernadete B. Morey.UFRN (Orientadora) bernadetemorey@matrix.com.br

Leia mais

O SOFTWARE GEOGEBRA E A ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES EL SOFTWARE GEOGEBRA Y EL ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES

O SOFTWARE GEOGEBRA E A ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES EL SOFTWARE GEOGEBRA Y EL ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES O SOFTWARE GEOGEBRA E A ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES EL SOFTWARE GEOGEBRA Y EL ÁLGEBRA GEOMÉTRICA DE EUCLIDES Prof. Dr. José Carlos Pinto Leivas leivasjc@yahoo.com.br Mini-Curso Medio, Terciario y Educación

Leia mais