miolo almoço em Paris1_Layout 1 2/16/11 10:17 AM Page 1 Almoço em Paris

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "miolo almoço em Paris1_Layout 1 2/16/11 10:17 AM Page 1 Almoço em Paris"

Transcrição

1 Almoço em Paris

2

3 Almoço em Paris Uma história de amor com receitas Elizabeth Bard

4 Sumário Capítulo 1~ Café, chá ou eu...9 Capítulo 2~ Um caso inesquecível...9 Capítulo 3~ Abril em Paris...9 Capítulo 4~ Uma comemoração de aniversário...9 Capítulo 5~ Pó mágico...9 Capítulo 6~ Lições de vocabulário...9 Capítulo 7~ Um banquete de figo...9 Capítulo 8~ O longo inverno...9 Capítulo 9~ Os pais dele...9 Capítulo 10~ Heranças de família...9 Capítulo 11~ Big band e queijo mal-cheiroso...9 Capítulo 12~ Valores de família...9 Capítulo 13~ A linha circular...9 Capítulo 14~ Após o conto de fadas, a chirivia...9 Capítulo 15~ Como fazer cheesecake numa frigideira de patê...9 Capítulo 16~ Para sempre na França...9

5 Capítulo 17~ Moças que almoçam...9 Capítulo 18~ Comida reconfortante...9 Capítulo 19~ Conquistando o mundo...9 Capítulo 20~ Quando novaiorquinos aparecem para uma visita...9 Capítulo 21~ Pensamento de primavera...9 Capítulo 22~ Um banquete de Ano-Novo...9 Epílogo~ Ano que vem em Paris...9 Agradecimentos...9 Índice de receitas...9 Nota da autora Certos nomes foram modificados para proteger a privacidade das pessoas (o coitado do Gwendal não teve essa sorte).

6 Capítulo 1 Café, chá ou eu Dormi com meu marido francês na metade de nosso primeiro encontro. Eu digo na metade porque havíamos terminado o almoço, mas ainda não tínhamos pedido o café. Acabou sendo um momento decisivo, mais importante para a minha felicidade futura do que a faculdade que eu frequentei ou os anos que passei com um bom analista. A questão foi colocada suavemente: parecia chuva. Podíamos nos sentar em algum café ou, já que o apartamento dele não era distante, ele poderia fazer um chá. Eu não estava inteiramente ciente, na época, de que mulheres americanas em Paris eram putas por definição, dispostas a fazer sóbrias o que as britânicas só fazem bêbadas. Parecia uma escolha simples; eu gosto de chá. Mas tenha em mente que não sou esse tipo de mulher. (Ou pelo menos não era.) Não faço o tipo de mulher atiradona que transa com os homens porque pode, retocando o batom no espelho retrovisor de um táxi pego no meio da madrugada. Sou o tipo que você liga na quarta para sair com ela no sábado. O tipo que lê Milton por prazer e sabe o que é Elizabeth Bard 7

7 uma faca para peixe assim que vê uma. Uma paquera pode até acontecer, mas no jeito inofensivo beija-a-minha-mão-eme-convida-para-a-valsa do século XIX. Sou principalmente alguém que pensa, que se preocupa. Como também sou novaiorquina, você pode aumentar um pouquinho a influência dessa última parte. Não que não haja um espírito livre em mim. Mas é um espírito livre dotado de um plano para os cinco anos futuros. Enquanto o garçom somava o que havíamos consumido com uma caneta esferográfica na toalha da mesa, dei outra olhada no bonitão desconhecido sentado na minha frente. Gwendal. Gwen-DAL. Será que pronunciei o nome dele com a ênfase na sílaba errada a tarde toda? Ah, meu Deus. Ele era alto, com cabelos espessos e escuros que chegavam ao colarinho. Um fio rebelde estava grudado no alto da cabeça dele; provavelmente esteve assim desde que ele tinha 5 anos de idade. O suéter em gola rulê era da cor de leite morno. Na cadeira vazia ao lado dele estava um boné azul-marinho, do tipo usado pelos garotos que vendiam jornais nas ruas cheias de neve de Chicago em Estranhamente, ele tinha dentes perfeitos para um europeu e, embora fosse apenas uma da tarde, eu já podia sentir a sombra nascente de sua barba. Estava tentando não olhar fixamente, mas os olhos esverdeados dele pareciam ser exatamente da mesma cor dos meus. Como qualquer outro primeiro encontro, eu sabia apenas alguns detalhes tentadores. O nome estranho era proveniente da Bretanha, no litoral francês do Canal da Mancha. Sua família estava em Saint-Malo, uma provinciana cidade portuária de onde ele fugira na primeira oportunidade que tivera. Ele falava um inglês razoável, muito melhor do que o meu francês Almoço em Paris 8

8 que sobrara dos tempos de faculdade, mas com um sotaque australiano algo que ele adquiriu durante o ano de serviço militar na embaixada francesa em Canberra. Parecia tímido e sério, mas abria logo um enorme sorriso na maioria das vezes quando eu dizia que alguma coisa era fascinante. Tínhamos nos conhecido no final de setembro num congresso acadêmico em Londres, chamado Recursos Digitais nas Ciências Humanas. (Você consegue imaginar um lugar menos promissor do que esse para conhecer o amor de sua vida?) Ele estava terminando o doutorado em Ciência da Computação; eu estava começando o mestrado em História da Arte. Quando o avistei num seminário sobre uma versão em hipertexto do Finnegans Wake, tive certeza de que ele só podia ser europeu. Os americanos tinham rostos jovens demais, os ingleses eram pálidos e desgrenhados em demasia. Tenho a impressão de que ele poderia muito bem ser alemão, por causa da altura (e também pelo horroroso anoraque azul-celeste que estava usando), mas alguma coisa naqueles cabelos escuros, no queixo quadrado e nos pequenos óculos me dizia que ele era café crème. No último dia de conferência, dei de cara com ele na escada. Nós americanos possuímos aquele maravilhoso jeito de cachorrinho para chegar em qualquer estranho com um enorme sorriso no rosto e uma pergunta idiota. Eu raramente luto contra isso em diversas ocasiões isso é uma dádiva. Perguntei a ele do que se tratava sua pesquisa. Ele começou por aí. s muito bem redigidos voavam de um computador para o outro. Até tentei escrever um em francês, implorando de antemão para que Gwendal corrigisse meus erros gramaticais. Ele esperou vários meses pra me dizer que corrigez-moi tinha tanto a ver com verificar a minha pronúncia quanto Elizabeth Bard 9

9 me amarrar e me fazer cócegas com um espanador. Deveria haver realmente uma nota de pé de página sobre isso naqueles livros do ensino médio. Em dezembro eu já tinha inventado um motivo para vir para Paris, algo a ver com exposições temporárias. E agora nós estávamos ali, almoçando. Gwendal escolhera o restaurante estrategicamente. O Bouillon Chartier é uma cantina meio tosca no 9 o arrondissement. Para um americano, aquilo ali era Paris como cenário de cinema. Entalado numa arcada estreita entre um restaurante chinês e uma pâtisserie, o Chartier está aberto desde 1896 com a mesma proposta daquela época encher a barriga das massas antes de um passeio pelos Grands Boulevards, onde se vai para ver-e-ser-visto. O salão era imenso, barulhento, e estava completamente cheio. Os óculos de Gwendal ficaram embaçados quando ele passou na minha frente pela pesada porta giratória. As paredes eram da cor de manteiga fresca, e a luz dos dez enormes candelabros estava muito mais brilhante do que a cinzenta tarde de Paris que nós deixamos do lado de fora. O restaurante devia estar com umas duzentas pessoas, todas com facas e garfos dispostos elegantemente em algum ponto entre as bocas e os narizes de seus vizinhos de mesa (enfatizando algum ponto, imagino eu). Grupos de mesas eram separados por divisórias de madeira escura, como a sala de espera de uma estação de trem, e, acima das cabeças dos comensais, havia alças brilhantes para pendurar chapéus repletas de casacos, sacolas de lojas e cachecóis. Com toda certeza os garçons pareciam estar em cima da hora para pegar o trem. Usando camisas brancas e coletes pre- Almoço em Paris 10

10 tos, eles serpenteavam em meio ao tráfego intenso, frequentemente levando uma dúzia de escargots, um boeuf bourguignon e um baba au rhum apoiados num único polegar. Havia diminutos compartimentos ao longo do corredor nos quais clientes assíduos, antigamente, guardavam seus guardanapos de linho. As mesas eram tão pequenas que, se você colocasse seus cotovelos na borda, teria muita dificuldade para não trocar um aperto de mão com a pessoa à sua frente. Embora jamais tivesse estado antes naquele local, alguma coisa nele me era maravilhosamente familiar. A Europa causava um efeito em mim, desde que aqui desci do avião na primeira vez, na época de faculdade. Eu me sentia mais eu mesma aqui: como se o amor pela arte e a história fosse uma coisa natural e a inabilidade para dizer o nome da banda de rock mais na moda não importasse. Em Paris o passado está sempre com você: você olha para ele, caminha sobre ele, senta-se nele. Precisei me conter para não agarrar o braço de Gwendal enquanto atravessávamos a passagem estreita em direção à entrada: Com licença, senhor, eu não pude deixar de reparar; os paralelepípedos do lado de fora de seu estabelecimento são mais velhos do que o meu país. A ideia me deixou encantada. Sempre fui meio antiquada e me sinto bem em locais antigos. Enquanto esperávamos que um dos garçons turbinados tomasse nossos pedidos, perguntei a Gwendal como andava sua pesquisa de doutorado. Pelo pouco que ele me havia explicado quando nos conhecemos, tinha mais ou menos a ver com arquivamento de filmes e vídeos na internet. Na realidade, ele já trabalhava em tempo integral para o Arquivo Nacional da Rádio e da Televisão da França enquanto terminava sua tese. Elizabeth Bard 11

11 Arquivar tem a ver com memória coletiva disse ele, brincando com uma fatia de baguete tirada da cesta que estava na mesa. Quando você decide, de acordo com a sua cultura, o que deseja manter, também precisa decidir o que está disposto a esquecer. Honestamente, ele podia estar assoviando canções da Broadway. Não é que eu não estivesse ouvindo, mas o que eu estava fazendo mesmo era olhar para o rosto dele. Adoro olhar as pessoas falarem de assuntos pelos quais são apaixonadas, principalmente se é algo sobre o qual eu não sei nada a respeito. Quantas noites não passei em Nova York seduzida pelo discurso de algum cara sobre nanotecnologia, Kierkegaard ou sobre como saltar de trens ao estilo dos mendigos nas Dakotas? Sei que essa não é a técnica que a maioria das pessoas utilizaria para arranjar um namorado, mas a inteligência sempre foi uma coisa sexy para mim. Uau, isso é fascinante. Lá estava a palavra mais uma vez. Eu deveria colocar uma tampa em cima da minha parcela americana superentusiasmada. Você sabe o que vai fazer depois que defender a tese? perguntei vivamente. Com a explosão da internet, você deve estar com um monte de ofertas de trabalho. Ele estreitou os olhos e balançou a cabeça ligeiramente, como se não pudesse decidir se eu estava sendo sarcástica, talvez até gozando com a cara dele. É isso aí disse ele rindo (por acaso eu detectei uma pontinha de amargura?). Muitas ofertas. Ele claramente não estava acostumado a avaliações tão otimistas de seu futuro. Baixei os olhos para o cardápio, aliviada pelo fato de que embora não tivesse tido aulas de francês desde o segundo ano de faculdade, eu ainda reconhecia a maioria das palavras. Almoço em Paris 12

12 O cardápio do Chartier é repleto de clássicos: bifes e costeletas, garoupa grelhada com semente de erva-doce, purê de castanha doce e ameixas regadas no vinho. Que mulher poderia resistir ao charme de um restaurante que permite a você pedir uma tigela de crème chantilly simplesmente creme de leite de sobremesa? Você deve ter sentido falta disso quando estava na Austrália eu disse. A gente tinha os nossos truques disse Gwendal com um sorriso conspiratório. Eles mandam Camembert e foie gras pra embaixada na valise diplomatique. Como ela é considerada propriedade do governo francês, a alfândega australiana não tem como vistoriar. Mensagens de segurança altamente secretas e queijos. Devia ser uma mala bem grande. Ela ficava bem grande mesmo na época do Natal disse ele. Eu não conseguia me lembrar a última vez em que estivera tão faminta. Verdade seja dita, uma mulher pode muito bem morrer de fome em Londres. Não é apenas a comida chá e torradas são bons para uma ressaca, mas também os homens. Por mais mauricinhos e charmosos que sejam, os ingleses possuem um jeito único de fazer com que as mulheres se sintam invisíveis. Ou eles fingem que não estão te vendo ou se jogam em cima de você como se estivessem fora de si. O único aconchego é proporcionado por aquelas lamentáveis lareiras a gás (e alguns copos de cerveja). Eu tinha estudado no Reino Unido antes, de modo que deveria estar preparada, mas o tempo e a distância haviam colocado uma luzinha confortável naqueles céus acinzentados, na carne acinzentada e Elizabeth Bard 13

13 nos homens acinzentados. Estava de volta a Londres para passar apenas três meses, mas já estava começando a me sentir eu mesma acinzentada. O garçom jogou na mesa o meu pavé au poivre. Não era um prato particularmente impressionante um naco de carne, batatas fritas gordurosas empilhadas descuidadamente ao lado. Mas alguma coisa aconteceu assim que cortei o primeiro pedaço nenhuma resistência, nenhuma mesmo. A faca deslizou sem esforço pela carne; a camada externa marrom, crocante e mais fina abriu-se para revelar o miolo polpudo e vermelho. Observei os sumos rosados formarem uma poça no molho de pimenta amanteigado. Gwendal levantou os olhos. Devo ter proferido um arquejo de prazer bastante audível. Não sei por que não se consegue um bife assim na Inglaterra eu disse, tomando cuidado, até mesmo na minha pressa, para erguer o primeiro pedaço e levá-lo até a boca sem deixar pingar molho no meu suéter. Desde a vaca louca eu acho que é ilegal. Meu garfo e minha faca fizeram uma pausa em pleno ar enquanto eu deixava o sal, a gordura e o sangue travarem contato com a minha língua. Não que eu queira minimizar os muitos encantos de Gwendal, mas ele já tinha vencido metade da partida quando eu comecei a saborear aquele bife esplêndido. O minúsculo apartamento de estudante de Gwendal localizava-se no árido 10 o arrondissement, numa rua que a companhia telefônica chamava de la rue des squatters por causa de todos os habitantes ilegais dos prédios vizinhos. Isso não tinha nada a ver com a Paris dos cartões-postais, pelo menos ainda Almoço em Paris 14

14 não. Passamos pela fachada fuliginosa e grafitada da Gare de l Est e em seguida atravessamos o canal Saint-Martin por uma ponte alta em estilo japonês. Havia uma névoa úmida que escorria pelas árvores. Eu nem sabia que havia um canal em Paris. No segundo andar de um edifício com uma escada espiralada, o apartamento era do tamanho de um similar em Nova York agradavelmente apertado, na verdade uma sala grande com uma parede fina no meio e uma porta sanfonada que levava diretamente da geladeira para a cama. Gwendal pegou um velho bule de chá de uma prateleira entulhada de utensílios. A superfície de metal amassada e o bico gracioso tinham a aparência de uma herança de família. Isso aí pertencia ao meu avô disse. Ele morreu na guerra da Indochina, pouco depois de a minha mãe nascer. Havia um pequenino disco de madrepérola no topo para impedir que você queimasse os dedos ao abri-la. Depositei o meu casaco em cima de um futon e sacudi os cabelos como se fosse um gatinho molhado. Gwendal já estava na cozinha. Cozinha é um termo generoso era um retângulo de linóleo com uma bancada, uma geladeira de um lado e uma pia e uma boca de fogão do outro. Ele pegou um feixe de menta fresca em um vidro ao lado da pia e acendeu a chaleira elétrica. Ela chiou e crepitou com a chama. Esse é o passo importante disse ele, despejando a água fumegante em cima das folhas de menta, o que as fez murchar como se fossem espinafre. Isso tira o amargor. Enquanto a cabeça de Gwendal desaparecia debaixo da bancada atrás de açúcar, dei uma olhada no apartamento. Havia garrafas de areia das trilhas no deserto que ele havia percorrido na Austrália e um cartão-postal de Marcello Mas- Elizabeth Bard 15

15 troianni observando as mulheres que passavam. Vi livros por toda parte filosofia (que coisa é essa dos franceses com a filosofia?), literatura, um livro sobre comédias musicais americanas (hum) e um livro chamado Hollywood, mode d emploi. Havia três pedras de lava ao lado do aparelho de som, uma vermelha, uma preta e uma como o símbolo yin-yang, em que as gotas de lágrimas tinham se fundido. Gwendal abriu uma caixa de chá verde em grãos, jogou um punhado no bule e adicionou alguns cubinhos de açúcar. Ele estava me falando sobre uma conferência em Orlando, na Flórida, da qual havia acabado de chegar. A recepcionista estava vestida de Pato Donald disse ele, enquanto acrescentava a menta murcha. Eu pensei que estivesse tendo uma alucinação. O único acesso à internet ficava na área do fliperama, e o único jornal que eu consegui encontrar foi o Disney Journal. Era como se fosse todo um universo criado para crianças de 5 anos de idade. Contei a ele sobre a minha primeira viagem a Paris, com a minha melhor amiga, alérgica a lactose e quase vegetariana. Nós ficamos num sórdido hotel para estudantes no 5 o arrondissement. Nossa cama grande e única tinha um buraco no meio, e a água que saía da torneira era marrom de tanta ferrugem. Um jumento mordeu o meu suéter de cashmere em frente à Notre-Dame. O que você comia? perguntou Gwendal, sem dúvida nenhuma fazendo o melhor possível para imaginar uma Paris sem leite e carne. Muito sorbet de manga. Enquanto isso, havia uma conversa paralela acontecendo em minha cabeça. A gente mal se conhece. Talvez fosse melhor a gente es- Almoço em Paris 16

16 perar um pouco. Eu ouvi a voz de minha avó. Se você gosta dele, manda ele pra casa. Soava tão idiota que eu talvez tenha até balançado a cabeça. De repente compreendi a frustração de todos os homens que eu tinha abandonado na calçada depois de uma furiosa sessão de fingimento no banco de trás de um táxi. Existe algo na franqueza com a qual os europeus lidam com o sexo, e você consegue sentir isso na maneira como as pessoas estudam a si mesmas no metrô, na maneira como os casais se beijam na rua é tudo tão... normal. Se eu fosse embora naquele momento, ele não ia pensar que eu era uma pessoa legal, do tipo que casa (novamente, a frase que a minha avó usaria). Ele ia pensar que eu era uma mulher que não conseguia assumir o que realmente queria. E ele teria razão. Olhei pela janela em direção ao pequeno pátio interno. A caminhada por ruas não familiares tinha me deixado um pouco perdida, e eu não fazia realmente ideia de onde me encontrava. Estava me sentindo como se tivesse recebido alguma espécie de imunidade diplomática. Eu não conhecia de fato as regras; como eu poderia segui-las? Pequenos óculos de armação dourada apareceram do nada. Espaço para estocagem em Paris, eu logo aprenderia, é uma questão de grande criatividade. As coisas são enfiadas nos cantos e recantos mais estranhos. Ele serviu o chá de mais ou menos um palmo e meio acima do copo, fazendo simpáticas e fumacentas bolhas na superfície. Não tinha feito nenhuma reserva para o jantar, mencionou ele inocentemente. Várias horas mais tarde a chuva tinha parado e eu me encontrava numa cadeira dobrável ao lado da mesa da cozinha, Elizabeth Bard 17

17 usando uma das camisetas de Gwendal, os cabelos desgrenhados e absolutamente esfomeada. Não havia nada na geladeira além de iogurte comum, um vidrinho de geleia de framboesa, duas cenouras, metade de uma cebola, um pacote de alguma coisa que parecia bacon cortado e uma vasilha coberta com um prato. Era uma dessas vasilhas de 99 centavos, com um cabo de plástico e flores marrons e amarelas pintadas com muito bom gosto na lateral. Ele inverteu a panela, sacudiu-a de lado a lado e, da vasilha de 99 centavos apareceu uma sobremesa adequada a Luís XIV, uma charlote de damasco perfeitamente enformada, cada um dos biscoitos champanhe eretos e atentos, mantidos juntos por uma camada de creme e adornados com fatias de fruta. Será que ele sempre a preparava dessa maneira para as visitantes do sexo feminino? Ele parecia o oposto exato de um cafajeste. Com toda certeza, cozinhar para uma mulher que você mal conhecia, com a vaga possibilidade de que talvez ela venha a se encontrar nua e faminta em seu apartamento, soa como uma atitude muito mais gentil do que predatória. Gwendal colocou uma fatia bem grande em meu prato. Ele não tinha nenhuma possibilidade de saber por que eu estava sorrindo. Quando era pequena, minha mãe e eu tínhamos uma tradição chamada café da manhã às avessas. Para impedir que eu me fingisse de doente durante o inverno, todos os anos eu tinha o direito de escolher o meu próprio dia de neve. Ela tirava o dia de folga do trabalho e nós acordávamos tarde, tomávamos sorvete no café-da-manhã ou comíamos panqueca no jantar você sabe do que eu estou falando. Na minha vida de adulta passei muito tempo mantendo as coisas na linha; sou metódica por natureza. Mas o dia de Almoço em Paris 18

18 hoje me lembrou muito os meus dias de neve... sobremesa antes do jantar, sexo antes do café. Tudo estava tão maravilhosamente, tão animadamente fora de ordem! Devoramos a charlote inteira em 15 minutos, e eu estava pronta para mais. Quando olhei na geladeira, não vi nada, apenas restos e sobras. Gwendal viu um jantar. Essa seria a norma em diversos momentos de nosso relacionamento. Nosso julgamento das coisas era diferente: onde um via um buraco vazio o outro via possibilidades. Ele pegou uma cenoura e a metade da cebola. Não tenho certeza se já havia visto alguém usar a metade de uma cebola. Ou melhor, eu jamais havia visto alguém guardar metade de uma cebola que não tinha usado. O ingrediente realmente secreto, entretanto, era o pacote de lardons fumés pequenos e gorduchos Legos de porco bem rosados e com as faixas de gordura. Ele os jogou em uma panela com vegetais picados (existe uma possibilidade de ele ter lavado a panela depois da charlote), e a mistura começou a crepitar no fogo. Um pacote de tagliatelle, a massa que parece um ninho de passarinho, completou a refeição. Pode ser que tenha sido o sexo, ou o bacon ou ambos, mas sem sombra de dúvida foi a melhor coisa que eu já provei na minha vida. Isso é fantástico eu disse, enrolando mais um ninho com meu garfo. você precisa me dar essa receita. Não tem receita disse ele, sorrindo. Eu uso o que estiver disponível. O sabor nunca é o mesmo. Eu não tinha como saber, naquela primeira noite úmida em Paris, o quanto esse homem, e suas não receitas, mudariam a minha vida. Elizabeth Bard 19

19 Receitas para sedução Chá de menta fresca Thé à la Menthe 2 colheres de chá verde em grão 1 feixe de menta no caule (pelo menos 7 ou 8 raminhos) 4-5 cubos de açúcar, ou mais, de acordo com o gosto 2 xícaras de água fervente e mais um pouco para enxaguar o chá e murchar a menta Nozes de pinheiro para servir Algumas gotas de água de flor de laranja (opcional) Coloque os grãos de chá no fundo de uma chaleira. Adicione um pouco de água fervendo e sacuda a chaleira para enxaguar o chá. Drene a água. Lave bem a menta. Segurando o feixe na pia pelos caules, despeje um pouco de água fervente nas folhas. Coloque a menta na chaleira junto com 4 ou 5 cubos de açúcar. Encha a chaleira com 2 xícaras de água fervente e deixe tudo imerso por 5 minutos. Prove um pouco para ver se deseja mais açúcar; deve estar doce, mas não exageradamente. Almoço em Paris 20

20 Salpique algumas nozes de pinheiro no fundo de uma xícara de chá de vidro e fina. Um copo grande também vai servir muito bem. Adicione uma gota ou duas de água de flor de laranja se preferir mas apenas uma gota; é forte demais. Servir bem do alto do copo não é, como eu descobri depois, simplesmente um truque bobo para impressionar as mulheres. Isso areja o chá; refresca-o e libera o doce e penetrante aroma da menta. Virtuosos alinham diversos copos lado a lado e servem um atrás do outro. Esse chá é o fecho perfeito para um couscous ou uma tagine. Rendimento: 2 pessoas Charlotte Estudante Charlotte aux Abricots Uma verdadeira charlotte é cara e estilosa, feita com crème pâtissière e biscoitos champanhe embebidos em álcool. Até hoje, prefiro a versão estudante, fromage blanc ou iogurte grego e damascos enlatados comprados no supermercado. Isso é essencialmente um projeto artesanal tudo reunido, mas precisa ser feito na noite anterior à que você deseja servir, para que os biscoitos champanhe tenham tempo de ficar embebidos nos sumos. Ideal para o café da manhã ou para um jantar informal com amigos. Elizabeth Bard 21

21 25-35 biscoitos champanhe italianos bem crocantes (dependendo do tamanho) 3 xícaras de fromage blanc ou iogurte grego Uma lata de 900g de damascos ou peras com caldo espesso Coloque uma cobertura de plástico nas laterais de uma pequena vasilha ou prato de suflê de aproximadamente 15cm de diâmetro. Coloque biscoitos champanhe nas laterais de sua forma. Eles devem ficar em pé um ao lado do outro como se fossem soldadinhos. Você pode usar um pouquinho de iogurte para fazer com que eles fiquem no lugar, se preferir. Disponha uma camada de biscoitos champanhe no fundo de uma panela (corte-os para que se encaixem). Tente arrumá-los de maneira simétrica, já que essa camada se tornará a parte de cima quando você servir. Adicione uma camada de fromage blanc (mais ou menos 3/4 de uma xícara) e uma camada de damascos fatiados. Coloque em cima uma camada de biscoitos champanhe, pressione delicadamente e em seguida despeje 1/4 de xícara de caldo de damasco. Continue com mais 2 ou 3 camadas, terminando com uma camada de biscoitos champanhe e 1/4 de xícara de caldo por cima. Despeje mais 1/4 de xícara de caldo ao redor da borda para garantir que os biscoitos champanhe que estão na parte exterior fiquem úmidos. Cubra com a cobertura de plástico e pressione o topo Almoço em Paris 22

22 ligeiramente com um prato ou uma panela para condensar a mistura. Deixe esfriar por pelo menos 12 horas, preferencialmente durante a noite. Para tirar da fôrma, coloque o prato onde irá servir em cima da vasilha e vire, dando uma leve sacudida. Puxe delicadamente a cobertura de plástico das laterais se ela estiver grudada. Rendimento: 4 a 6 pessoas, ou 2 indivíduos loucos por sexo que estão tomando o café da manhã às seis da tarde. Dica: dependendo da absorção de seus biscoitos champanhe, pode haver um pouco de sumo extra no fundo do prato quando você tirar a charlotte da fôrma. Basta eliminar o excesso com um papel-toalha. Massa à la Gwendal Sinto-me um pouco ridícula escrevendo isso aqui, já que frequentemente ela é feita com o que Gwendal encontra no fundo de sua geladeira. Se tiver bacon e uma cebola, vo cê já tem meio caminho andado. Esse jantar simples incorpora muito do que eu amo na culinária francesa ser inspirada pelos ingredientes à mão, transformando humildes sobras em uma portentosa refeição. Sempre tenho um pacote de lardons na geladeira; uma alternativa é manter um naco de bacon ou de pancetta italiana no freezer para um dia de chuva. Essa receita é ideal para os meses de inverno. No verão, normalmente substituo os tomates-ce reja pelas cenouras e adiciono um pouco de vinho branco. Elizabeth Bard 23

23 3 colheres de sopa de azeite de oliva 230g de lardons fumés, nacos de bacon ou pancetta, cortados em cubos de mais ou menos 60mm 2 cebolas, cortadas em pequenos cubos 2 dentes de alho, picados 4 cenouras, em fatias bem fininhas 1 bulbo de erva-doce, cortado grosseiramente 2 abobrinhas, fatiadas em rodelas de mais ou menos 60mm 3 tomates secos, cortados em cubos 450g de De Cecco ou espaguete integral de trigo Salsa picada e pimenta-preta moída na hora para servir Aqueça o azeite em uma frigideira grande. Adicione os lardons, as cebolas e o alho. Frite levemente por 2 a 3 minutos, até que a gordura dos lardons tenha derretido e as cebolas estejam translúcidas. Adicione o restante dos vegetais, mexendo para criar uma camada. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até que fique macio e adocicado. Cozinhe a massa numa panela grande com água e sal. Drene, reservando um pequeno copo do líquido cozido. Adicione a massa ao molho, com um pouco de líquido, se você achar que está seco demais. Jogue a salsa picada, mexendo a panela, e um bom punhado de pimenta moída. Não deixe de levar a panela para a cama. Nada como um primeiro encontro para te obrigar a repor as calorias perdidas. Rendimento: 4 pessoas, ou 2 que desenvolveram um apetite considerável Almoço em Paris 24

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO 280 gramas de peito de frango,2 dentes de Alho picados,4 xícaras de chá de Arroz,banco cozido,2 Ovos cozidos e picados,1 xícara de chá de Cebolinha picada,sal a gosto,pimenta-do-reino

Leia mais

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Índice Índice Massa & Feijões Perú O Roti Saudável Almoço Mexicano Pizza Saudável Vegetais Grelhados Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Massa & Feijões Este prato saudável combina feijão que enchem

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De Gergelin Com Frango 7 Almoço Mexicano 8 Pizza Saudável 9 Vegetais Grelhados 10 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado,

Leia mais

RISOTOS. As melhores receitas

RISOTOS. As melhores receitas RISOTOS As melhores receitas INTRODUÇÃO Sempre tivemos vontade de postar receitas de risoto no nosso blog, já que é um prato muito apreciado pelos nossos clientes e leitores. Como o risoto tem seus segredinhos,

Leia mais

Receitas para as Festas de Fim de Ano

Receitas para as Festas de Fim de Ano Salada Agridoce 1 molho de alface americano 2 xícaras de chá de repolho roxo cortado bem fino 1 maçã vermelha, picada em quadradinhos pequenos 1 colher de sopa de uvas passas sem sementes 3 talos de aipo

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido 1 INDICE Sanduiches Ao Acordar 2 Maça 3 Melância 4 Panquecas 5 Barra De Energia Matinal 7 Omelete 9 Muesli 11 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado, vendido, mas pode ser

Leia mais

MARK CARVALHO. Capítulo 1

MARK CARVALHO. Capítulo 1 MARK CARVALHO Capítulo 1 Mark era um menino com altura média, pele clara, pequenos olhos verdes, cabelos com a cor de avelãs. Um dia estava em casa vendo televisão, até que ouviu: Filho, venha aqui na

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecimentom Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De

Leia mais

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER INTRODUÇÃO Este é um complemento ao Livreto de Inverno - Receitas para Aquecer. Adoramos sopas e já publicamos diversas no blog... Como o inverno chegou com tudo,

Leia mais

www.academiaesaude.com

www.academiaesaude.com INDICE Lanche Ao Acordar 2 Maça 2 Melância 2 Panquecas 2 Barra De Energia Matinal 8 Omelete 10 Muesli 2 SANDUICHE AO ACORDAR Você vai querer acordar para este sanduíche na manhã café da manhã. Ingredientes

Leia mais

EPISÓDIO 3 - CALDOS. Como preparar as diferentes bases para todos os molhos.

EPISÓDIO 3 - CALDOS. Como preparar as diferentes bases para todos os molhos. EPISÓDIO 3 - CALDOS Como preparar as diferentes bases para todos os molhos. INTRODUÇÃO Além de agregarem bastante sabor aos preparos, os caldos preparados em casa são muito mais saudáveis do que os industrializados.

Leia mais

FEIJOADA FÁCIL E LIGHT

FEIJOADA FÁCIL E LIGHT FEIJOADA FÁCIL E LIGHT Cozinha pratica do Souki - Receita de Thiago Souki http://www.cozinhapratica.com/ Ingredientes No total, usa-se 1 kg de Carne variada, natural, defumada ou salgada. Pode-se usar

Leia mais

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada.

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Cláudia Barral (A sala é bastante comum, apenas um detalhe a difere de outras salas de apartamentos que se costuma ver ordinariamente: a presença de uma câmera de vídeo

Leia mais

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa Receitas Camarões a Monterrey 10 camarões MARIS 10 fatias de bacon 100g de queijo gruyere 2 dentes de alho 4 colheres de sopa de azeite ½ limão Sal e pimenta do reino a gosto 3 tomates grandes maduros

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

Solidão PROCURA-SE MULHER PROCURA-SE MULHER

Solidão PROCURA-SE MULHER PROCURA-SE MULHER Edna estava caminhando pela rua com sua sacola de compras quando passou pelo carro. Havia um cartaz na janela lateral: Ela parou. Havia um grande pedaço de papelão grudado na janela com alguma substância.

Leia mais

GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL

GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL 2 folhas de alface 2 rodelas de tomate 2 colheres de sopa milho verde - opcional 1

Leia mais

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE Entrada OVO DE CODORNA PICANTE 12 ovos de codorna 1 colher de sopa de azeite de oliva 1 colher de café de vinagre Pimenta calabresa a gosto 1 pitada de sal 1 pitada de orégano 1 colher de chá de salsinha

Leia mais

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia!

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia! Esta revista foi pensada para deixar você com água na boca do início ao fim. Nela, vou mostrar duas de minhas especialidades na cozinha: receitas de massas e tortas. Nada mais versátil para agradar à família

Leia mais

Cafè da Manhã Saudável Para 5 dias da Semana www.vidabemestar.com

Cafè da Manhã Saudável Para 5 dias da Semana www.vidabemestar.com Cafè da Manhã Saudável Para 5 dias da Semana www.vidabemestar.com INDÍCE Maçã 3 Melância 4 Panquêca 5 Barra De Energia Matinal 6 Omelete 8 Acesse o Site Para ficar por dentro das novidades www.vidabemestar.com/

Leia mais

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL Introdução A busca para uma alimentação mais saudável

Leia mais

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró B H RECEITAS Chalá redonda º Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró º Caldo de galinha youch com kneidalach º Carne assada

Leia mais

Oi galera! Eu criei este guia de receitas para lhe fornecer algumas idéias fáceis e saudáveis sobre como planejar suas refeições diárias.

Oi galera! Eu criei este guia de receitas para lhe fornecer algumas idéias fáceis e saudáveis sobre como planejar suas refeições diárias. Oi galera! Eu criei este guia de receitas para lhe fornecer algumas idéias fáceis e saudáveis sobre como planejar suas refeições diárias. São receitas que você pode implementar agora mesmo no seu dia-dia

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA O MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA Mahalia Goskowski CHOP SUEY DE LEGUMES - 1/4 de nabo branco comprido; - 4 cenouras; - 1 pimentão vermelho; - 1 pimentão verde; - 1/4 de acelga; - broto de feijão; - brócolis;

Leia mais

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO OUTRAS RECEITAS CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO 2 colheres (sopa) de suco de pêssego pronto para beber 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 colheres (sopa) de alecrim picado 2 colheres (sopa) de

Leia mais

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821 APROVEITAMENTO INTEGRAL DE ALIMENTOS Para higienização de hortifrutis: - 1 litro de água potável - 1 colher de sopa (10 ml) de água sanitária, sem perfume - Deixar de molho por 15 minutos CALDO NUTRITIVO

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2011 Receitas 1 Strogonoff de Carne 2 Risoto de Alho Poró 3 Cheesecake de Amora 4 Filé mignon ao alho do Edu Guedes 5 Lanche natural de metro 6

Leia mais

20 Receitas Econômicas e Nutritivas

20 Receitas Econômicas e Nutritivas 20 Receitas Econômicas e Nutritivas 1. ALMEIRÃO COM SOBRAS DE ARROZ 1 maço de almeirão 1 cebola picada 1 dente de alho 2 xícaras (chá) de arroz cozido 1 e 1/2 colher (sopa) de óleo Escolha e lave bem o

Leia mais

Pequeno-almoço. Aveia com frutos silvestres. Sirva em copos transparentes para se poder ver as camadas.

Pequeno-almoço. Aveia com frutos silvestres. Sirva em copos transparentes para se poder ver as camadas. Aveia com frutos silvestres Pequeno-almoço Para 4 pessoas 2 chávena de aveia chávena de sumo de maçã aquecido 2 chávena de pistácios picados sem sal 2 colher de chá de canela em pó chávena de iogurte natural

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br

www.500receitasparaemagrecer.com.br Olá, Querido (a) amigo (a), É com imenso prazer que trago para você este guia prático e fácil para ajuda-lo na tarefa árdua que é perder peso e principalmente mantêlo. O que dificulta muitas vezes manter

Leia mais

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional PURÊ DE ABÓBORA COM GENGIBRE E CÚRCUMA 1 Kg de abóbora cabochá picada 2 colher (sopa) de manteiga 2 rodelas de gengibre fresco ralado 2 colheres (chá) de raspinhas de limão 1 colher (sopa) cúrcuma 12 medidas

Leia mais

RECHEIOS E COBERTURAS PARA BOLO NO POTE

RECHEIOS E COBERTURAS PARA BOLO NO POTE [APOSTILA] RECHEIOS E COBERTURAS PARA BOLO NO POTE 32 receitas rápidas e simples de fazer para você começar hoje mesmo! WWW.CLUBEDASDOCEIRAS.COM 1 ÍNDICE Conteúdo Página 1. RECHEIO DE CREME DE COCO 2 2.

Leia mais

BISCOITINHO DE QUEIJO

BISCOITINHO DE QUEIJO ÍNDICE DE RECEITAS Salgados Biscoitinho de queijo, 3 Cheesecake de salmão defumado, 4 Mousse de azeitona, 5 Nhoque de ricota, 6 Pão de queijo, 7 Samboussek, 8 Torta de queijo, 9 Doces Bolo de côco ralado,

Leia mais

A sopa é um dos alimentos mais reconfortantes de se preparar e tomar, possui muitas variações e é facilmente adaptável. Pode ser quente ou fria,

A sopa é um dos alimentos mais reconfortantes de se preparar e tomar, possui muitas variações e é facilmente adaptável. Pode ser quente ou fria, Introdução Quando escrevi Rose Elliot s Complete Vegetarian Cookbook, em 1985, as culinárias vegetariana e vegan não eram tão populares e não estavam em posição de destaque como atualmente. Hoje em dia,

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

Kartoffelsalat (Salada de batatas)

Kartoffelsalat (Salada de batatas) Kartoffelsalat (Salada de batatas) Rendimento: 4 porções - 1 e 1/2 kg de batata inglesa - 1 cebola roxa - 150g de presunto picado - 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho - 2 colheres (sopa) de mostarda

Leia mais

Sobremesas Saudáveis Para Uma Semana - De Moura

Sobremesas Saudáveis Para Uma Semana - De Moura ÍNDICE Frutos Perfeitos 2 Pudim Moka 2 Banana Mexicana 2 Manga Gregalha 2 Quadrados de Sésamo 2 Bolo De Chocolate Fácil 2 Supresa! 2 FRUTOS PERFEITOS Esta refeição usa iogurte sem gordura para a sua textura

Leia mais

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro RIO DA MONTANHA LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro 1 Lombo médio 10 dentes de alho inteiro Molho

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

BIFES Maneira de fazer os bifes: Maneira de servir os bifes: BIFE ABAFADO

BIFES Maneira de fazer os bifes: Maneira de servir os bifes: BIFE ABAFADO BIFES 1. Bife Abafado 2. Bife à Baiana 3. Bife à Crioula 4. Bife Empanado 5. Bife Enrolado 6. Bife Ensopado com Vagem 7. Bife de Filé Mignon 8. Bife de Grelha 9. Bife Guisado 10. Bife à Imperial 11. Bife

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

Tenho um espelho mágico no porão e vou usá-lo.

Tenho um espelho mágico no porão e vou usá-lo. Capítulo um Meu espelho mágico deve estar quebrado Tenho um espelho mágico no porão e vou usá-lo. Jonah está com as mãos paradas em frente ao espelho. Está pronta? Ah, sim! Com certeza estou pronta. Faz

Leia mais

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Alimentação: Sustentável Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. NÚMERO 4 Bolo de Maçã com casca 3 ovos 1 xícara (chá)

Leia mais

ÍNDICE DE RECEITAS. Doces

ÍNDICE DE RECEITAS. Doces ÍNDICE DE RECEITAS Doces Bolo de maçã, 3 Bolo de mel, 4 Cocadinha, 5 Compota belga de maçãs, 6 Pavê de chocolate, 7 Strudel de maçã, 8 Torta de maçã quente, 9 2 BOLO DE MAÇÃ Ingredientes 4 col. (chá) cheias

Leia mais

clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecercns

clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecercns clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecercns clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagreceranv clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecercns INDICE Sandes Ao Acordar 2 Maça 2 Melância 2 Panquecas

Leia mais

Receitas da Chef Michelle Welcker

Receitas da Chef Michelle Welcker Receitas da Chef Michelle Welcker Ceviche nordestino e molho de manga, maracujá e gengibre. Ceviche: 500g de filé de salmão limpo 250g de queijo coalho de cabra 80g de pimentão amarelo em cubinhos 80g

Leia mais

ENTRADA Salada Requintada

ENTRADA Salada Requintada ENTRADA Salada Requintada Rendimento: 6 porções (1 pires = 75 g) 1 pé de alface americana pequeno lavado 1 maço pequeno de rúcula lavado 100 g de peito de peru defumado em tiras 100 g de queijo minas em

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS E COM SUPLEMENTOS ALIMENTARES NO CÂNCER NUTRIÇÃO. Nut. Ariana Ferrari

RECEITAS FUNCIONAIS E COM SUPLEMENTOS ALIMENTARES NO CÂNCER NUTRIÇÃO. Nut. Ariana Ferrari Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional do NECPAR NUTRIÇÃO NO CÂNCER RECEITAS FUNCIONAIS E COM SUPLEMENTOS ALIMENTARES Nut. Ariana Ferrari Chá verde: leve a água ao fogo, quando iniciar

Leia mais

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô 18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA Fabiana Nanô O que você encontrará neste ebook? Este ebook contém 18 receitas deliciosas para você fazer no dia a dia. São receitas fáceis de se preparar

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Carreteiro dos Pampas

Carreteiro dos Pampas Carreteiro dos Pampas 500g Arroz Parboilizado Namorado 200g alcatra cortado em cubos 200g sobre-paleta suína cortado em cubos 200g coração de galinha (limpo) 200g calabresa média cortada em meia lua 200g

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição LIVRO DE RECEITAS 3ª Edição Os produtos Purinha vêm mais uma vez presentear você com um novo livro de receitas. Esta é a terceira edição de uma coleção com sabores incríveis conseguidos a partir das combinações

Leia mais

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes Receitas colesterol Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes 2 berinjelas grandes (870g); 6 claras levemente batidas (180g); 2 dentes de alho grandes (15g); 12 colheres (sopa) de

Leia mais

Cachorro Quente de Forno

Cachorro Quente de Forno Cachorro Quente de Forno 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 2 xícaras (chá) de leite 2 ovos 3 colher de sopa de fermentem pó 100 g de queijo parmesão ralado Recheio: 8 salsichas cozidas e picadas 1 cebola

Leia mais

RECEITAS DIETÉTICAS PARA O VERÃO

RECEITAS DIETÉTICAS PARA O VERÃO ROLINHOS DE PEIXE COM ESPINAFRES 4 Filetes de peixe sem pele e espinhas com cerca de 100g cada 1 Colher (sopa) de sumo de limão 300g de espinafres congelados 1 Dente de alho 3 Colheres (sopa) de azeite

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto s Feira Fika Risoto de calabresa com limão siciliano Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie Risoto 4 dentes de alho 1 cálice pequeno de vinho branco Azeite

Leia mais

Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) Iogurte Tropical Gelado (6 a 8 doses) Preparação: 10m

Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) Iogurte Tropical Gelado (6 a 8 doses) Preparação: 10m Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) ½ meloa grande 150-200g de fruta cortada: ameixas, alperces frescos, uvas, morangos, amoras, nectarinas, pêssegos, laranjas, maçãs ou kiwis. 4 c. sopa de sumo de laranja

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO Por Andréa Santa Rosa & Márcio Garcia Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa Revisão técnica: Luana Vilas Bôas Revisão editorial: Clara Koziner Laís Barbosa www.vidafuncional.com.br

Leia mais

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1)

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) 11/1/2011 13:55:30 liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 2 de 8 Páginas(2, 15) 11/1/2011 13:55:32

Leia mais

Atendendo a pedidos. Sobremesas. geladas. Serviço Nestlé ao Consumidor

Atendendo a pedidos. Sobremesas. geladas. Serviço Nestlé ao Consumidor Sobremesas Atendendo a pedidos geladas Serviço Nestlé ao Consumidor Bem estar... é viver diferentes sensações e sabores O prazer de viver num país tropical é poder desfrutar, o ano inteiro, de um cardápio

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Hamburguer Tex-Mex Burger 2 Chili Vegetariano 4 Frango Limão 6 Frango Com Cogumelos E Cebolinha 7 Bróculos E Camarões 9 Bifes Com Molho 11 Berigela Grelhada & Portobello Sanduiche 13 Imformações

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

A BOLINHA. por RODRIGO FERRARI. Versão finalíssima

A BOLINHA. por RODRIGO FERRARI. Versão finalíssima A BOLINHA por RODRIGO FERRARI Versão finalíssima rodrigoferrari@gmail.com (21) 9697.0419 Do lado direito do palco, CLÁUDIA está sentada numa cadeira. Ela segura um teste de gravidez. Ela abre a caixa e

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da Receitas de Pascoa da, 1 Lombo de Bacalhau com Batatas 1kg de lombo de bacalhau 15 batatas bolinha 6 dentes de alho (com casca mesmo) 2 folhas de louro 12 grãos de pimenta 2 cebolas fatiadas em rodelas

Leia mais

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva O Convite Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e Gisele Christine Cassini Silva FADE OUT PARA: Int./Loja de sapatos/dia Uma loja de sapatos ampla, com vitrines bem elaboradas., UMA SENHORA DE MEIA IDADE,

Leia mais

O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira nossas sugestões!

O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira nossas sugestões! Que tal aproveitar esse inverno e preparar uma deliciosa sopa quentinha? O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira

Leia mais

Livro de RECEITAS. Programa Crescer

Livro de RECEITAS. Programa Crescer Livro de RECEITAS Programa Crescer 1 Salgados. 2 3 LASANHA DE ABOBRINHA Rendimento: 12 pedaços médios Modo de Preparo Molho: Refogue o alho moído a cebola picada. Junto com o alho e a cebola refogue a

Leia mais

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda Caderno de Receitas da Dona Onça por Janaina Rueda Para Joaquim, João Pedro, Jeffinho e Seu Júlio os homens da minha vida. Índice Estrogonofe de carne ensinado por minha mãe 03 Puchero que faço para minha

Leia mais

PORQUE É QUE NÃO DANÇAM?

PORQUE É QUE NÃO DANÇAM? PORQUE É QUE NÃO DANÇAM? Na cozinha, ele serviu se de mais uma bebida e olhou para a mobília de quarto de cama que estava no pátio da frente. O colchão estava a descoberto e os lençóis às riscas estavam

Leia mais

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA...

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... RECEITUÁRIO-PADRÃO ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... 05 CAÇAROLA MEXICANA DE PEIXE... 06 CARNE

Leia mais

Estações do Ano. Procedimentos com ArteVerão

Estações do Ano. Procedimentos com ArteVerão Estações do Ano Procedimentos com ArteVerão Faixas de Verão (3º Dia) Leia o livro da turma No Verão. Discuta brevemente as coisas que acontecem no verão. Depois distribua folhas de papel branco para que

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA

RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA COBERTURA: 1/ 1/4 de xíc de água 06 bananas-nanicas maduras firmes, cortadas ao meio no sentido do comprimento Margarina para untar a fôrma. MASSA: 4 ovos

Leia mais

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g MASSA RICA (para 5 pizzas de 280 g 35 cm e 2 pizzas de 230 g médio) Trigo (Medalha de ouro) Óleo de milho 1 Kg 50 ml Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg Sal 25

Leia mais

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes:

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes: Caldeirada de Peixe - 4 cebolas médias -8 dentes de alho - 6 tomates médios - 1/2 pimentão verde - 1/2 pimentão vermelho - 1/2 pimentão amarelo - 3 folhas de louro - salsa - coentro - 1,5kg batata - 2kg

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS RECEITAS Souflê de brócolis (4 - Porção(ões) - 120 - Caloria(s)) Ingredientes: 100 g de queijo minas ou tofu 1 xícara de leite ou extrato de soja 2 ovos 1 colher de sopa de amido de milho (maisena) 1 pitada

Leia mais

Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto...

Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto... Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto... Waffles * medida da xícara é de 250ml 1 1/2 xícara de farinha de trigo 2 colheres (chá) de fermento em pó 1/2 colher (chá) de sal 2 colheres (chá) de

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd ÍNDICE Hamburguer Tex-Mex Burger 2 Chili Vegetariano 2

Leia mais

Menu: Entrada: Salada de Verão. Prato Principal: Arroz colorido acompanhado de Pasteis de legumes com molho de tomate. Sobremesa:

Menu: Entrada: Salada de Verão. Prato Principal: Arroz colorido acompanhado de Pasteis de legumes com molho de tomate. Sobremesa: Menu: Entrada: Salada de Verão Prato Principal: Arroz colorido acompanhado de Pasteis de legumes com molho de tomate Sobremesa: Gelado rápido de morango Bom Apetite! Salada de Verão: (para 4 pessoas) Salada:

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo:

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: 1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: (200g) 1 ovo ¼ de xícara de manteiga mole, quase derretida 1 colher (sopa) de essência de baunilha 1 xícara de açúcar mascavo 1 colher

Leia mais

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA SUINOS 1. Costeletas de Porco à Milanesa 2. Costeletas de Porco com Mel 3. Enroladinhos de Lombo de Porco com Mel 4. Lingüiça de Porco 5. Lingüiça Cuiabana 6. Lingüiça Calabresa 7. Lombo de Porco Saboroso

Leia mais

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR ESCOLA DO SABOR O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR O alimento é a nossa fonte de energia, a nossa garantia de sobrevivência. Comemos para matar a fome e porque é gostoso. A alimentação é a principal fonte de

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO Índice CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2013 1 - Bolachinha de Goiabada Receitas 2 - Tomate recheado 3 - Bolachinha de Maisena 4 - Bife de frango à rolê 5 - Bolo de cenoura Caderno

Leia mais

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina Tortas Salgadas Bolo de Batata Ingredientes: - 1 Kg batata cozida - sal - pimenta-do-reino - 2 colheres de sopa de margarina - 1 xícara de queijo ralado - 3 colheres de sopa de maisena 1 / 27 - 1 xícara

Leia mais

Sua majestade o. www.evsvipmooca.com.br

Sua majestade o. www.evsvipmooca.com.br Sua majestade o www.evsvipmooca.com.br Shake Tradicional - Muito simples e delicioso! Esta é a maneira mais comum, simples e prática de preparar o seu Shake Herbalife no dia-a-dia. Serve para qualquer

Leia mais

MENU. Entradas. Saladas. Youch com kneidlach. Pratos principais. Acompanhamentos. Sobremesas. Guefilte fish de três cores

MENU. Entradas. Saladas. Youch com kneidlach. Pratos principais. Acompanhamentos. Sobremesas. Guefilte fish de três cores Entradas MENU Guefilte fish de três cores Carpa recheada com Guefilte fish Enrolado de pescada com salmão Saladas Tomate, avocado e palmito Salada de Pepino Coleslaw Salada de Beringela Salada colorida

Leia mais

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Inclui receitas Ficha Técnica Título: Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Concepção: Mariana Barbosa Corpo redactorial: Mariana Barbosa Revisão:

Leia mais