Lançai as Redes! MÃE DE MARIA!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lançai as Redes! MÃE DE MARIA!"

Transcrição

1 Lançai as Redes! Jornal Bimestral da Paróquia Sant Ana Rua Voluntários da Pátria, Santana - São Paulo Ano 1 N 5 Julho/2007 Distribuição Gratuita Tiragem: 5000 exemplares SALVE SANT ANA, MÃE DE MARIA!

2 A Palavra do Pároco Queridos Paroquianos, Celebramos neste dia 26 de julho o dia de nossa padroeira, Sant Ana, mãe de Maria. Pouco sabemos sobre a sua vida, apenas o que nos narram os evangelhos apócrifos e a tradição oral da Igreja, nem por isso sua figura se torna insignificante para nós que vivemos neste tempo. Os grandes exemplos sempre perduram. Vivemos momentos de grandes mudanças no mundo, não mais graduais como eram antes, mas tão rápidas que muitos não conseguem acompanhar. Os meios de comunicação com todos os recursos disponibilizam um tal número de informações, uma interatividade entre culturas e valores que interferem diretamente na vida familiar e no relacionamento entre seus membros. Sant Ana e São Joaquim formavam um casal tão santo que deles nasceu aquela que seria a Mãe do Salvador. Na vida simples, na Palestina daquele tempo, formaram, em todos os sentidos, um ser humano aberto a Deus, capaz de se solidarizar com a humanidade. Somente numa família que vive segundo os valores da fé, da verdade, da justiça e do amor pode gerar pessoas saudáveis e capazes de entregar sua existência, suas capacidades para a construção de um mundo melhor. Na convivência familiar é que se pode criar condições para gerar um país sem corrupção, empresas mais comprometidas com as questões sociais, políticas públicas voltadas aos interesses das camadas mais sofridas, uma distribuição de renda mais justa, um mundo sem guerra, uma comunidade internacional responsável pela natureza, porque o futuro será realizado pelos filhos desta geração. É na família que aprendemos a amar, a confiar no ser humano, a sermos verdadeiros e honestos, a ter atitudes ecologicamente corretas, a sermos solidários. O grande desafio está em incluir Deus em nossas casas. Só Ele é capaz de nos indicar a direção para uma perfeita felicidade. Para tanto é preciso uma atenção para que as influências dos valores contrários ao Evangelho e a formação moral não fiquem a cargo somente dos meios de comunicação que estão a serviço do mercado. A educação para o amor e solidariedade é a grande responsabilidade dos pais e da Igreja que vê na família a grande esperança para o futuro. Sant Ana, São Joaquim e nossa Senhora, esta família santa, tem muito a nos ensinar. Pedindo a intercessão de tão grandes santos, desejo que a tua família e a nossa família paroquial possa cumprir sua missão neste mundo. Sant Ana, rogai por nós! A Palavra do Vigário Agosto mês vocacional. Vocação e missão. Vão também vocês para a minha vinha (Mt 20,4) Essa é a palavra do Mestre que envia para a missão e não permite acomodação daquele que é chamado. Exige do seu escolhido um decidido seguimento a sua Palavra e estilo de vida. Seguimento que é despertado por um encantamento por Ele e sua obra, mas acima de tudo capaz de provocar decisão de ir até a cruz, até as ultimas conseqüências para a realização da vontade do Pai, pois é aí que se realiza o messianismo de Jesus. Esse é o convite de Jesus para todos nós, vão vocês também, deixem suas casas, seus pais e seus irmãos, para trabalhar na vinha do meu Pai. Muitos podem perguntar para Jesus, o que vamos ganhar aceitando seu convite, seu chamado? A reposta será a mesma que Jesus deu a Pedro e aos outros discípulos quando ele diz: Nós deixamos tudo e te seguimos, (Mt 20,27). O Mestre dá uma resposta direta para não deixar os seus seguidores iludidos. Quem deixar casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna, (Mt 20,29). Essa é a recompensa para todo aquele que aceita o seu chamado, o seu convite para fazer conhecido o projeto do Pai. Uma vocação acertada é vida realizada e feliz, isso nos dá a primeira dimensão da vocação. A pessoa humana foi feita para a felicidade. Portanto, se o Senhor nos envia para a vinha, é para a realização plena de todas as potencialidades humanas. Esse é o projeto do Pai. Jesus veio anunciar o Reinado de Deus e ele consiste na vivência da comunhão. A comunhão é lugar privilegiado para a efetivação da Boa Notícia. Neste sentido aquele que adere o chamado deve sair de si, para poder viver a experiência do encontro com o outro. Isso é fazer a experiência do que andava de cidade em cidade anunciando a Boa Notícia aos marginalizados, aos oprimidos, isso é ser discípulos e missionário de Jesus Cristo, levando a vida onde não tem vida, levando esperança onde não há esperança. Portanto, isso é vocação. Vocação é levar a Boa Nova do Reino. Somos Igreja para ser luz para as nações. Que todos conheçam e amem a Deus pelo nosso jeito de ser e viver. Nesse sentido cada vocacionado (a) tem a tarefa de construir a justiça e a solidariedade. A caridade deve impulsionar a pessoa a sair de sua comunidade e com espírito missionário, fazer com que o Reino de Deus chegue a todos. Não é possível ocultar a Boa Notícia. É preciso testemunhá-la, anunciá-la. O Espírito sopra onde quer. Pois bem queridos jovens e comunidade, a vinha está aí, são homens e mulheres sofredores, doentes e excluídos necessitando querendo ouvir a voz do Bom Pastor. E o Senhor lança o desafio: vão também vocês para a minha vinha. Assumir a missionariedade é estar disposto a caminhar. Pôr-se a caminho e trabalhar na messe do Senhor. Por isso, pedí ao Senhor da messe que mande trabalhadores para a sua messe (Lc 10,2). Destas palavras de Jesus, dirigidas aos Apóstolos, sobressai o carinho que o Bom Pastor sempre manifesta pelas suas ovelhas. Ele realiza tudo isso, para que elas tenham vida e a tenham em abundância (Jo 10,10). Depois da sua Ressurreição, o Senhor confiará aos discípulos a responsabilidade de dar continuidade à sua missão, para que o Evangelho seja anunciado aos homens de todos os tempos, essa é a sua vontade, e essa é a nossa missão. Pe. João Luiz Miqueletti Pe. Uilson dos Santos Missas: 2ª à 6ª feira: 07:00h - 12:00h - 17:30h Sábados: 07:00h - 12:00h - 16:30h Domingos: 08:00h - 10:30h - 17:00h - 19:00h Com benção para os enfermos: 5ª feira - 15:00h Confissões (sempre que possível): 2ª à 6ª feira: das 11 às 12:00h e das 16 às 17:15h Hora Santa: 2ª à 6ª feira: 16:30h Expediente Paroquial Grupos de Oração: 2ª feira: 20:00h 3ª, 4ª e 6ª feira: 15:00h Secretaria: 2ª à 6ª feira: das 08 às 19:00h Sábado: das 08 às 12:00h Lojinha: 2ª à sábado: das 08 às 18:00h Domingo: das 08 às 12:00h Atendimento Jurídico (Somente Orientação) Coordenação: Dra. Judith Alves de Mattos 2ª feira: 08:00h - Dra. Divanilda 4ª feira: 08:00h - Dra. Sandra Sábado: 10:00h - Dra. Lilian Atendimento Psicológico (Triagem para atendimento psicológico e para dependentes químicos) Coordenação: Dra. Sônia Pavão 3ª, 4ª e 6ª feira: das 09:30 às 11:00h Expediente: Paróquia Sant Ana Rua Voluntários da Pátria, 2060 CEP.: São Paulo - SP Telefone: / Jornalista Responsável: Berenice de Paula Oliveira Editores: Rubens Carneiro Neto Fotografia: Tábatta Alyne S. Fonseca Publicidade: Berenice Oliveira e Rubens Carneiro Neto Impressão: Copiadora Zona Norte 2

3 Entrevista Pároco de Sant Ana: Pe. João Luiz Miqueletti Berenice de Paula Oliveira 1- Como foi o início de seu caminhar para o sacerdócio? Tendo nascido numa cidade pequena, de uma família católica, desde cedo tive bom relacionamento com os padres e com a comunidade paroquial. Já com 06 anos dizia que iria ser padre, sem saber o que isso significaria. Com 13 anos manifestei o interesse de ir para o seminário, mas era cedo demais; com 14 fui para o Seminário Menor, ali mesmo em Potirendaba, onde nasci. 2- Quais as principais dificuldades encontradas no caminho? Acredito que a principal dificuldade fui eu mesmo. Sair muito cedo de casa, sem experiência de vida, ficar longe da família, ter um gênio danado dificultou as coisas; só a maturidade me fez aceitar a autoridade, adaptarme aos lugares e situações e compreender o que Deus queria de mim. 3- Nunca pensou em se casar antes de se decidir pelo sacerdócio? Não sente falta de uma família? Quando estive fora do seminário, trabalhando no Mato Grosso como professor, com 20 anos, o pensamento era esse: ter uma família e muitos filhos, e quase aconteceu. 4- Após ordenar-se Diácono onde serviu? Depois da ordenação diaconal trabalhei nas paróquias Nossa Senhora Aparecida, do Edu Chaves, Nossa Senhora das Neves, no Tucuruvi e São João Evangelista, na Casa Verde. 5- Quais os sacerdotes que mais o ajudaram na caminhada? Foram muitos os que contribuíram para a descoberta da vocação e para formação, sem citar todos devo lembrar o Pe. Luiz Gardinal, que foi pároco em Potirendaba, que eu admirava muito pelo seu trabalho, Pe. Libânio Sicuto, que primeiro falou comigo sobre vocação, Pe. Manoel, Pe. Deusmar, Cônego Rafael, Pe. Antônio e não devendo esquecer de D. Joel que me acolheu nesta Região e D. Paulo Evaristo que me ordenou. Muitos outros fazem parte de minha história, professores e professoras dedicados, dos quais me recordo sempre com muita gratidão. 6- Para o senhor, que características deve ter um sacerdote? Além do amor a Cristo e à sua Igreja, num mundo em constante evolução, o padre precisa ter a capacidade de adaptação às novas realidades, estar no mundo sem ser do mundo. 7- É bom ser padre? O senhor é feliz? Responder sim ao chamado de Deus, deixarse guiar por Ele é certeza de uma vida feliz; Jesus já havia dito: no mundo tereis tribulações, mas nada que tire a alegria de viver como padre. As preocupações e dificuldades que temos que enfrentar fazem parte do viver em si, e não do fato de ser padre. É bom ser padre, sou feliz. 8- Além de ser padre o que mais gosta de fazer? Quando posso, trabalho com restauração e conservação de obras de arte. 9- O que mais lhe dá prazer fazer nos momentos de folga? Sempre fui ligado ao mundo da arte, desde pequeno. A arte é a janela por onde entra um sopro que me reanima, ela alimenta minha alma. Para mim os lugares mais encantadores desta cidade são os museus. Sempre que posso freqüento museus, galerias e antiquários. Quando estou inspirado também gosto de pintar. 10- O que espera do futuro em sua vida pessoal? Sou conservador e restaurador. Espero um dia servir mais a Igreja com este trabalho, já que a Igreja detêm grande parte do patrimônio artístico, histórico e cultural da humanidade. Espero voltar a estudar. Rua Voluntários da Pátria, Santana - São Paulo - SP Telefone/Fax: (11) Página na internet: Rua Ezequiel Freire, 561 Santana São Paulo SP (próximo ao metrô Santana) Tel: (11) / Bíblias e Livros Cartões e Cartazes DVD s CD s Subsídios Vocacionais Bíblicos e Catequéticos Artigos Religiosos Material Litúrgico Orientação e Encontros Vocacionais 3

4 SÃO JOAQUIM E SANT ANA DIA DOS PAIS Santa Ana ou Sant Ana ( latim Anna, e este do hebraico Hhannah- Graça) foi mãe da Virgem Maria e avó de Jesus Cristo. Os dados biográficos que sabemos sobre os pais da Bem Aventurada Virgem Maria nos foram legados pelo Proto-Evangelho de Tiago, obra citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, como Epifânio e Gregório de Nissa. Sant Ana, cujo nome em hebraico significa graça, pertencia à família do sacerdote Aarão e seu marido, São Joaquim pertencia à família real de Davi. Seu marido, São Joaquim, homem pio fora censurado pelo sacerdote Rúben por não ter filhos. Mas Sant Ana já era idosa e estéril. Confiando no poder divino, São Joaquim retirouse ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Deus. Ana e Joaquim residiam em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesaida, onde hoje se ergue a Basílica de Santana; e aí, num sábado, 8 de setembro do ano 20 a.c., nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam que em hebraico significa Senhora da Luz, traduzido para o latim como Maria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalém aos três anos, tendo lá permanecido até os doze anos. A devoção aos pais de Nossa Senhora é muito antiga no Oriente, onde foram cultuados desde os primeiros séculos de nossa era, atingindo sua plenitude no século VI. Já no Ocidente, o culto de Santana remonta ao século VIII, quando, Advocacia Trabalhista, Cívil e Família Judith Alves de Matos Advogada Avenida Ipiranga nº andar - conjs. 905/906 Telefone: (11) Centro São Paulo no ano de 710, suas relíquias foram levadas da Terra Santa para Constantinopla, donde foram distribuídas para muitas igrejas do Ocidente, estando a maior delas na igreja de Sant Ana, em Düren, Renânia, Alemanha. Seu culto foi tornando-se muito popular na Idade Média, especialmente na Alemanha. Em 1378, o Papa Urbano IV oficializou seu culto. Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant Ana em 26 de Julho, e o Papa Leão XIII a estendeu para toda a Igreja, em Na França, o culto da Mãe de Maria teve um impulso extraordinário depois das aparições da santa em Auray, em Tendo sido São Joaquim comemorado, inicialmente, em dia diverso ao de Sant Ana, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria Santíssima. MÃE DA MÃE DE DEUS Em nada pode ficar prejudicado o louvor de Sant Ana e de São Joaquim porque a Bíblia não trás os seus nomes benditos. Não diz o Eclesiástico que não se conhece melhor um homem do que pelos filhos que deixa?. E o Livro dos Provérbios afirma que o mérito do filho faz a glória do pai. É impossível maior grandeza que a de Maria Santíssima. Portanto, o louvor da Mãe de Deus não encerra de certo modo o louvor e a glória da Mãe da Mãe de Deus? Que filha mais elevada e glorificada que Maria? E por quê? Porque dela nasceu o Redentor do mundo, e a fez bendita entre todas as mulheres. Que Mãe, depois de Maria foi mais honrada, mais privilegiada que a Mãe daquela que é a Mãe do seu Criador? Podemos dizer também a Sant Ana nas devidas proporções do louvor: Todas as gerações vos hão de chamar bem-aventuradas, porque sois bendita entre todas as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre- Maria. Noivas & Noivos Condições Especiais para as noivas da Paróquia Sant Ana Aluguel de trajes a Rigor, Noivos, Noivas, Padrinhos, Madrinhas, Pajens, Damas, Formandos, Debutantes, Fotos, Filmagens, Convites, Som, Iluminação, Telão, Aluguel de Carro PT Cruiser. Fone: Sandro ou Marcos Rua Conselheiro Saraiva, Santana O Dia dos Pais tem origem na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmes moldou e escupiu em argila o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai. Nos Estados Unidos, Sonora Luise resolveu criar o Dia dos Pais em 1909, motivada pela admiração que sentia por seu pai, John Bruce Dodd. O interesse pela data difundiu-se da cidade de Spokane para todo o estado de Washington e daí tornou-se uma festa nacional. Em 1972, o presidente americano Richard Nixon oficializou o Dia dos Pais. Naquele país, ele é comemorado no terceiro domingo de junho. No Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto. A criação da data é atribuída ao publicitário Sílvio Bhering, em meados da década de 50. Ser Pai Ser pai é ser companheiro, construindo no ninho familiar a grandeza dos filhos, para alicerçar valores que edificam a sociedade. Ser pai é ser jardineiro, plantando raízes de virtudes com mãos delicadas, para que o lar seja sementeira de luz e de verdade. Ser pai é ser herói, protegendo o espaço sagrado de seu templofamília, cultivando no coração dos filhos o germe da harmonia. Ser pai é ser fonte de vida, inaugurando nossa história com gestos de amor, renovando perenemente a herança da criação. Ser pai é ser poeta, declamando com carinho os versos de sua vivência, para cultivar e enobrecer os projetos de nossa existência. Luz e Cor Decorações Decoração de Igrejas Salões Eventos em geral Rua Salete, Santana Fone: /

5 O QUE SANT ANA OFERECE AO POVO DE DEUS: ESTRUTURA PAROQUIAL Padre João Luiz Miqueletti Pároco Padre Uilson dos Santos Vigário Padre Felipe José de Menezes Colaborador Diácono Permanente: Ailton Machado Mendes Diácono Transitório: Roberto Lacerda Fernandes Seminarista: Fernando... Administrador Paroquial: Josemir Eustáquio de Oliveira Administrativo Financeiro Maria Aparecida Sampaio Mendasoli Auxiliar Administrativo Rubens da Cruz Carneiro Neto Secretaria Isa Alencar Ferro Roseli Junqueira de Araújo Apoio da Administração Geral Marcos Adriano da Silva, José Alexandrino de Jesus, Waldomiro Tadeu Cesar, Raimundo Luiz da Chagas, Willian Tavares Freire, Herculano Roberto França Filho e Adhemar Firmo do Carmo. PASTORAIS PASTORAL DO BATISMO O santo Batismo é o fundamento de toda a vida cristã, a porta da vida no Espírito e a porta que abre o acesso aos demais sacramentos. Pelo Batismo somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus, tornamo-nos membros de Cristo, somos incorporados à Igreja e feitos participantes de sua missão: O Batismo é o sacramento da regeneração pela água na Palavra. COORDENADORES: Paulo César e Maria dos Prazeres Rodrigues. PASTORAL DA CRISMA A Crisma ou a Confirmação é um sacramento da Igreja Católica no qual o fiel recebe, através da ação do bispo, uma unção com o óleo do Crisma e os sete dons do Espírito Santo. O Crisma é a Confirmação do Batismo. É também chamado de sacramento da maturidade cristã, pois é ministrado naquela pessoa que quer realmente assumir o seu amor por Jesus Cristo e pela sua obra. Nos confere força, através dos dons que recebemos, para lutarmos por Jesus Cristo e seu Evangelho. COORDENADOR: Ronaldo Luiz de Souza Pereira. PASTORAL DA LITURGIA Para os cristãos, Liturgia, é a atualização da entrega de Cristo para nossa salvação. Cristo entregou-se de uma vez por todas, na Cruz. O que a liturgia faz é o memorial de Cristo e da nossa salvação, ou seja, torna presente, através da celebração, o acontecimento definitivo do Mistério Pascal. COORDENADOR: Rubens da Cruz Carneiro Neto. PASTORAL DE CATEQUESE FAMILAR (Primeira Eucaristia) Primeira Comunhão é uma celebração religiosa de algumas denominações cristãs, nomeadamente da Igreja Católica Romana, em que os cristãos recebem pela primeira vez o Corpo e Sangue de Cristo sob a forma de pão e vinho. Esta celebração também se chama Primeira Eucaristia visto que os participantes recebem pela primeira vez o Sacramento da Eucaristia. Após esta cerimónia, eles passam a receber a Eucaristia, uma das celebrações centrais da Igreja Católica, em todas as Celebrações Eucarísticas. COORDENADORES: Ney e Mércia Sigolo. PASTORAL DE PERSEVERANÇA Perseverança - É a firmeza ou constância num sentimento, numa resolução, num trabalho, apesar das dificuldades e dos incômodos. É a virtude que contribui para o êxito na vida humana. Para a Teologia católica, a perseverança é uma virtude conexa com a da fortaleza; fortifica a vontade contra o temor de males iminentes e as dificuldades que provêm de um longo exercício da virtude. O Grupo de Perseverança tem o objetivo de levar o catequizado, aquele que acabou de passar pelo rito da Primeira Eucaristia, mas que ainda não tem idade suficiente para ingressar no Grupo de Crisma, a continuar seu caminho de fé. COORDENADORES: Ney e Mércia Sígolo. CURSO DE NOIVOS O Curso de Noivos faz parte da Pastoral Familiar e tem o objetivo de preparar os noivos para receberem o Sacramento do Matrimônio. O Matrimônio é um dos sete sacramentos da religião católica que estabelece uma santa e indissolúvel união entre um homem e uma mulher, e lhes dá a graça de se amarem, multiplicarem e educarem seus filhos. COORDENADORES: Raul e Aurora Rosa. CERIMONIAL DE MATRIMÔNIO Responsável pela organização das cerimônias de Matrimônio COORDENADORAS: Maria Helena da Silva e Maria Isabel de Abreu. PASTORAL DE CATEQUESE PARA ADULTOS Este grupo tem como objetivo dar a conhecer o Senhor Jesus, aprofundar a fé em comunidade, estudar os temas fundamentais da fé católica, escutar a palavra de Deus e rezar em conjunto, confrontar a vida com o Evangelho e comprometer-se em Igreja no seguimento de Jesus Cristo. COORDENADORES: Raul e Aurora Rosa. PASTORAL DO DÍZIMO A palavra DÍZIMO quer dizer 10%, ou dez de cada cem. Significa a entrega de 10% dos 100% que Deus nos dá. O DÍZIMO é a devolução, contribuição, ato de amor e gesto de partilha. Lembrando que nós não pagamos o Dízimo; nós devolvemos o Dízimo, já que tudo o que somos e temos pertence a Deus. COORDENADOR: Jaime de Faria. PASTORAL DOS MINISTROS EXTRAORDINÁRIOS DA SAGRADA COMUNHÃO Os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, normalmente são pessoas que se identificam com a própria comunidade e têm uma vivência cristã e orientações pastorais exemplares e que dêem prova de perseverança e fidelidade aos ensinamentos da Igreja e seguem orientações pastorais, tornando-se testemunhas de vivência cristã. Espera-se deles vida cristã exemplar e inserção nas equipes e pastorais, nos compromissos familiares e sociais, como deve ser o comportamento de todo cristão. Devem atuar diretamente na Liturgia Eucarística, distribuindo a Sagrada Comunhão na celebração. Devem participar da Equipe de Liturgia, para ficarem por dentro de todos os serviços dos leigos na celebração e entender melhor o significado da própria Liturgia, sendo necessário participar de encontros periódicos de aprofundamento e participação comunitária. COORDENADORES: Francisco José Rodrigues e Sandra Lia Rodrigues. HORA SANTA Permanecendo diante do Cristo Senhor, gozamos da íntima familiaridade com Ele, e abrindo-lhe o coração, pedimos por nós mesmos e por todos, pela paz e salvação do mundo. Oferecendo com Cristo toda nossa vida ao Pai, pela força do Espírito Santo, pedimos o aumento da nossa fé, esperança e caridade. Alimentamos assim, as disposições que nos levam a celebrar com a devida devoção, o memorial do Senhor e a receber com freqüência o Pão que nos foi dado pelo Pai. COORDENAÇÃO: Paulo Almeida e Silva e Helena Casarino. 5

6 PASTORAL DOS COROINHAS Ser coroinha não é uma escolha pessoal apenas. É uma proposta de Deus que o chama através de sua comunidade. SER COROINHA NÃO É UM PRI- VILÉGIO. É UM SERVIÇO... UM MINISTÉRIO!!! A Celebração Eucarística é o momento mais forte da vida da comunidade. É ali que todos celebram suas vidas, suas lutas pela justiça e a fraternidade. Por isso, o coroinha não está no altar como se estivesse fazendo um teatro. Ele está ali para ajudar a comunidade a rezar. Assim, deve participar da celebração com atenção e piedade. COORDENADORES: Diácono Roberto e Seminarista Fernando. PASTORAL DA COMUNICAÇÃO Nesta época em que a comunicação está no centro das atividades humanas, ninguém pode ficar sozinho ou isolar-se. A comunicação pode ser uma ponte que abre novas possibilidades, também para a comunidade cristã. Uma boa comunicação tornará os evangelizadores mais aptos e capazes no anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo. É a pastoral da acolhida e da participação, a pastoral do relacionamento entre as pessoas, do uso de recursos que facilitem a troca de informações e de manifestações das pessoas, no interior da comunidade ou da comunidade para o mundo que a rodeia. COORDENADORA: Berenice de Paula Oliveira. litúrgica. PASTORAL DA MÚSICA LITÚRGICA O Apóstolo aconselha os fiéis, que se reúnem em assembléia para aguardar a vinda do Senhor, a cantarem juntos salmos, hinos e cânticos espirituais (cf. Cl 3,16), pois o canto constitui um sinal de alegria do coração (cf. At 2, 46). Portanto, dê-se grande valor ao uso do canto na celebração da missa, tendo em vista a índole dos povos e as possibilidades de cada assembléia Na Paróquia Sant Ana a Pastoral da Música Litúrgica é composta pelos grupos que tocam e cantam nas Celebrações Eucarísticas e pelo CORAL MARIANO DE SANT ANA. COORDENAÇÃO GERAL: Jean Paul Naseh. - CORAL MARIANO DE SANT ANA MAESTRO: Ricardo Rossetto Mielli. COORDENADOR: Osvaldo Sanfelippo. - GRUPO DE CANTO TEMPO DE LOUVOR - Missa 16:30h COORDENADORA: Isabel Cristina Santos. - COMUNIDADE CRISTO REI - Missa 08:00h COORDENADOR: Jean Paul Naseh. - COMUNIDADE SALVE RAINHA - Missa 10:30h COORDENADOR: Douglas Elias. - COMUNIDADE CANTO DE MARIA - Missa 17:00h COORDENADOR: José Carlos dos Santos. - GRUPO DE CANTO LUMINI EL SHADAI - Missa 19:00h COORDENADORAS: Joyce Cristina Fonseca e Cíntia dos Santos PASTORAL DE EVENTOS A Pastoral de Promoções e Eventos é responsável por todos os eventos que acontecem na paróquia: aniversário de sacerdotes, festas de natal, páscoa, quermesse, bingos, etc.. Seu principal objetivo é o de congregar os paroquianos através de eventos festivos, além do de arrecadar fundos para a manutenção dos serviços paroquiais. COORDENAÇÃO: Wanderlei e Maria Aparecida Mendasoli e Sadi e Inês Baranzelli. PASTORAL DA CRIANÇA A Pastoral da Criança é uma organização comunitária, de atuação nacional, que tem seu trabalho baseado na solidariedade humana e na partilha do saber. O objetivo é o desenvolvimento integral das crianças, da concepção aos seis anos de idade, em seu contexto familiar e comunitário, a partir de ações de caráter preventivo e que fortaleçam o tecido social e a integração entre a família e a comunidade. COORDENADORA: Maria Auxiliadora Gonçalves. MOVIMENTOS APOSTOLADO DA ORAÇÃO Intimamente relacionado com a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, cuja festa anual é celebrada no mês de junho. O Apostolado da Oração constitui uma associação de fiéis que, pelo oferecimento diário de si mesmos, unidos ao sacrifício eucarístico e pela união vital com Cristo, colaboram na salvação do mundo. Além dos simples associados, há também os membros ativos ou zeladores que unindo a oração e a ação se responsabilizam por um grupo de associados e exercem o apostolado mais conveniente à paróquia, sob a orientação do Diretor local, que habitualmente é o Pároco. PRESIDENTE: Maria Tereza Malagutti Miranda. LEGIÃO DE MARIA A Legião de Maria é uma Associação de Católicos que, com a aprovação da Igreja e sob a poderosa chefia de Maria Imaculada, Medianeira de todas as graças, se constituíram em Legião para servir na guerra perpetuamente travada pela Igreja contra o mundo e as potências do mal. Os legionários esperam tornar-se dignos da sua excelsa e celeste Rainha, pela sua lealdade, pelas suas virtudes e pela sua coragem. A Legião de Maria está por isso organizada à maneira de exército, principalmente do exército da antiga Roma, cuja terminologia adotou, se bem que as tropas e armas legionárias não sejam deste mundo. PRESIDENTE: Anna Moraes Monteiro. VICENTINOS Sociedade São Vicente de Paulo, movimento católico internacional de leigos, fundada em 1833 pelo Beato Antonio Frederico Ozanam ( ), na França. A atividade principal, as visitas domiciliares, é planejada em reuniões de pequenos grupos (Conferências Vicentinas), que se dedicam a promoção humana de pessoas necessitadas de recursos materiais e de formação espiritual. PRESIDENTES: Moacir e Claudete Ege Lucas. COMUNIDADE DE SCHOENSTATT Formada por leigos que assumem o compromisso de rezar nas grandes intenções da Igreja e do mundo, pela conversão dos pecadores, por todos os que sofrem: enfermos, idosos, presos, crianças abandonadas e tantos outros... A humanidade necessita de pessoas orantes, que juntam suas mãos, numa prece confiante e apresentam, diante de Deus vivo as intenções pela paz no mundo e nos corações. Os membros da Comunidade de Oração Mariana Eucarística de Schoenstatt se unem, espiritualmente, às Irmãs Adoradoras do Instituto das Irmãs de Maria de Schoenstatt e formam uma corrente de oração em torno da Fonte de Graças, do Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. São milhares de pessoas unidas na força da oração. COORDENAÇÃO: Auriluce Arruda Ferez e Maria Tereza de Paula. GRUPOS DE ORAÇÃO 2ª FEIRA - 20h: MARIA NOSSA MÃE COORDENAÇÃO: Odette Gomes Gianella 3ª FEIRA - 15h: JESUS É O CAMINHO COORDENAÇÃO: Maria Tereza Malagutti Miranda 4ª FEIRA - 15h: TUDO POR JESUS, NADA SEM MARIA COORDENAÇÃO: Maria Elisa de Castro. 6ª FEIRA - 15h: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS COORDENAÇÃO: Zilnai Antônia dos Santos. OFICINAS DE SANTA RITA A Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia é uma fundação da Ordem de Santo Agostinho. Todas as associadas, ao fazer seu compromisso, ficam filiadas automaticamente à Ordem de Santo Agostinho, participando plenamente de todos os bens espirituais, alcançados pelos religiosos e religiosas agostinianos em todo o mundo. Cada oficina é formada por um grupo de Senhoras Católicas que dedicam parte de seu tempo à confecção de roupas e enxovais para famílias carentes; guiadas pela caridade que socorre o corpo e a alma, e vê no pobre um irmão em Cristo. COORDENAÇÃO: Marlene dos Santos de Jesus e Juana Balcazar. SERVIÇOS CEPHAS - CENTRO DE PROMOÇÃO HUMANA E ASSISTÊNCIA SOCIAL O CEPHAS, constituído em 31 de agosto de 1938, tem por finalidade a promoção humana e a assistência social da coletividade, objetivando o bem do individuo e de sua família, conjugando esforços para estimular a sua participação na sociedade, colaborando na solução dos problemas sociais, principalmente das pessoas do bairro de Santana. Situado à rua Dr. Gabriel Piza, 122, atende diariamente cerca de 200 moradores de rua com café da manhã, almoço, medicamentos, atendimento médico, corte de cabelo, banho e troca de roupas. PRESIDENTE: Amaro Kanashiro Andrade COORDENADOR: Marcelo Mourino Couto. COZINHA: Maria Aparecida da Silva FARMÁCIA: D. Irene ATENDIMENTO MÉDICO: Dr. Nestor 6

7 Além dos trabalhos mencionado, o CEPHAS administra: - Casa Abrigo São Francisco de Assis, com banho, jantar, pernoite e café da manhã, assistindo diariamente a 170 pessoas em situação de rua, chegando no período de inverno a abrigar cerca de 200 pessoas. COORDENAÇÃO: Maria Rosaria Ruiz Maioralli; - Casa Abrigo São Martinho - Casa para tratamento de 24 dependentes de álcool e drogas. A terapia é realizada através de palestras, trabalho e muita Oração. COORDENAÇÃO: Dra. Sonia Pavão; - Casa Comunitária São José Moradia que abriga 22 pessoas, que não têm com quem residir, com atendimento total de alimentação, hábitos de higiene, administração de medicamentos, fisioterapia, atendimento médico e entretenimento. COORDENAÇÃO: Maria Selma dos Prazeres. ATELIER VOVÓ SANT ANA Atelier Vovó Sant Ana Projeto Eu Sei e te Ensino : Casa que realiza cursos de artesanato, de línguas, e de culinária a preços populares, visando atender pessoas de baixa renda, que através da aprendizagem dos cursos, podem, ao comercializar seus produtos, conseguir uma renda ou um acréscimo à renda familiar. O Atelier abriga também atendimento pedagógico, psicológico e reforço escolar gratuito para crianças atendidas pela Pastoral da Criança da Paróquia Sant Ana, e atendimento a preços reduzidos para as demais crianças. COORDENAÇÃO: Andréia Aparecida da Silva CAFÉ DA MANHÃ PARA OS EXCLUÍDOS Distribuição gratuita diária de 200 cafés da manhã a moradores de rua. O atendimento é feito no número 122, da Rua Dr. Gabriel Piza, ao lado da Igreja. COORDENAÇÃO: Railda Conceição Reis. ABELHINHAS OPERÁRIAS Senhoras católicas que se reúnem uma vez por semana para rezar e confeccionar enxovais de bebê para gestantes carentes. Trabalham em conjunto com as Oficinas de Santa Rita. COORDENAÇÃO: Imaculada Della Magiori. ATENDIMENTO JURÍDICO Atendimento jurídico gratuito prestando informações sobre que providências devem ser tomadas em cada caso. COORDENAÇÃO: Dra. Judith Alves de Mattos ATENDIMENTO: Segunda-feira, 09 horas: Dra. Divanilda. Quarta-feira, 08 horas: Dra. Sandra. Sábado, 10 horas: Dra. Lílian. ATENDIMENTO PSICOLÓGICO Triagem para atendimento gratuito psicológico a todas as pessoas e também para dependentes químicos. COORDENAÇÃO: Dra. Sonia Pavão. ATENDIMENTO: Terças, quartas e sextasfeiras das 09:30 às 11:00 horas. BAZAR SANTA ISABEL Comercialização de roupas, sapatos, bolsas, objetos domésticos, cds, usados, a preços bem populares, com o objetivo de ajudar àqueles que não conseguem fazer suas compras no mercado formal e de angariar fundos para a manutenção das obras sociais da paróquia. ATENDIMENTO: De segunda a sexta-feira, das 08 às 17h. COORDENAÇÃO: Marlene Santos de Jesus e Marina Sevilha de Alencar. LOJINHA DE SANT ANA Comercialização de produtos religiosos: medalhas, terços, imagens, estampas, camisetas, livros e cds. ATENDIMENTO: De segunda a sábado das 08 as 12h e das 13 às 18 h. PATROCINADORES FESTA DE SANT ANA COPIADORA ZONA NORTE - CATEQUESE FAMILIAR. - SANTHER PRODUTOS DESCARTÁVEIS. - ADRIA - PRODUTOS ALIMENTÍCIOS. - SINDICATO DOS PERMISSIONÁRIOS DO ESTADO DE SÃO PAULO. - BEN HUR VISUAL FAIXAS E BANNERS. - WAN-MARIE MODA E BELEZA A SEU DISPOR. - EMPÓRIO BARROSO - COMÉRCIO DE DOCES. - ANGELPLASTIC. - ASF DODÔ BRINQUEDOS. -INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ARTEFATOS PLÁSTICOS E DE MADEIRA BANDEIRANTE. - BEBÊ QUINZA. - BOUTIQUE BALDONI. - CACIQUE FINANCEIRA. - CASA DE CARNES HENFER. - FINOPLASTIC. - ITR TRANSPORTES. - LOJA TUDO GRANDE. - MALIPLASTIC. - MARTINS COBERTURAS. - NOVA FRANQUIA. - ÓTICA FOTO MUNDIAL. - BANCO PANAMERICANO. - H. CONDOMÍNIO. - PROCOLOR. - YESKY IDIOMAS. - SALVAGUARDA - SERVIÇOS INTEGRADOS. - JACQUES JANINE. CABELEIREIROS. - DEVILLE ILUMINAÇÕES. - LIVRARIA RAMO NOVO. - LOJA STOATOA. - GRUPO DE CAPOEIRA LUANDA - CORAL DE DIADEMA. - EMPÓRIO DA MATRIZ. - BALA DE GOMA - ÓRGÃOS DE IMPRENSA DA REGIÃO NORTE. PARÓQUIA SANT ANA A Paróquia Sant Ana recebeu a bênção canônica pelo Bispo Dom Joaquim Arcoverde, em 12 de julho de 1895, e, portanto, está completando 112 anos. O Templo foi construído em estilo romano, segundo os planos do vigário da época, Pe. Augusto Lemos. A sacristia ficou pronta em 1915, e em 1925 foram concluídas as obras da nave e de uma das torres. O altar, todo em mármore e pintura renascentista, foi construído em Até 1915, a Capela de Santa Cruz, na Rua Voluntários da Pátria a singela igrejinha que se vê no trecho mais íngreme da rua, ao lado do Colégio Santana era a matriz provisória do bairro. A capela foi construída pela família Baruel e abrigou a imagem barroca de Sant Ana, padroeira do bairro e da Arquidiocese de São Paulo, feita de terracota, trazida da Itália no século XVII, que foi encontrada na capela do antigo casarão (primeira capela de Sant Ana), que mais tarde deu lugar ao quartel que abriga hoje o CPOR. Um morador tirolês da Vila Maria, Giovani Chemin, retirou a imagem da capela Santana, antes desta ser demolida, e a guardou em sua casa. Muito anos depois, ele doou a imagem à Capela Santa Cruz, quando esta foi construída. Quando a Igreja Sant Ana ficou pronta a imagem foi trazida para cá, onde está até hoje, e pode ser vista no lado esquerdo de quem entra na igreja. O artista plástico Artur Pederzoli, nascido em Módena, na Itália, foi o responsável pela criação e execução das imagens de Sant Ana e São Joaquim (no presbitério), Cura d Ars, (na Capela do Santíssimo), Nosso Senhor dos Passos (à direita de quem entra na igreja), da Via-Sacra e de um crucifixo, que fazem parte do acervo artísitico-sacro de nossa paróquia. 7

8 Vocação é o chamado de Deus que tem como finalidade a realização plena da pessoa humana. É um gesto gracioso de Deus que visa a plena humanização do Homem. É dom, é graça, é eleição cuidadosa, visando a construção do Reino de Deus. É um chamado para fazer algo, para cumprir uma missão. Toda pessoa é vocacionada, é eleita por Deus. Deus elege por causa de alguns (comunidade) e esta eleição se manifesta no nosso dia a dia. A mensagem do Evangelho é um convite contínuo a seguir Jesus Cristo. Vem e segueme. (Mt 9,9; Mc 8,3; Lc 18,22; Jo 8,12). VEM-CHAMADO: é um convite pessoal dirigido por Deus a uma pessoa. SEGUE-ME - MISSÃO: é o seguimento da prática de Jesus. É uma iniciativa gratuita, proposta que parte de Deus (dimensão teológica). Impulso interior de cada pessoa onde conscientemente responde ao plano de amor de Deus (dimensão antropológica). Para compreendermos em profundidade o significado da vocação, precisamos fazer a distinção entre: VOCAÇÃO FUNDAMENTAL e VOCAÇÃO ESPECÍFICA. A) VOCAÇÃO FUNDAMENTAL: Entendemos por vocação fundamental o chamado de cada pessoa: à vida, a ser Filho de Deus, a ser Cristão, a ser Igreja. A tomar consciência de que todos somos irmãos e fazemos parte do Reino de Deus. Pela revelação sabemos que todos os homens foram chamados por Deus a santidade (Gn 1,26; 2,7; Pe 1,15-16). É um chamado a desenvolvermos plenamente todas as nossas potencialidades. Todas as vocações específicas derivam desta vocação fundamental. B) VOCAÇÃO ESPECÍFICA: Entendemos por vocação específica a maneira própria de como cada pessoa realiza a sua vocação fundamental, como leigo, sacerdote ou religioso. As vocações específicas são três: LAICAL, RELIGIOSA E SACERDOTAL ACEITANDO A VOCAÇÃO Além dos três sacerdotes que atuam, hoje, na Paróquia Sant Ana destacamos, nesta matéria, três outras pessoas que muito têm oferecido à Igreja desde que disseram o seu sim ao chamado de Deus: o Diácono Transitório Roberto, o Diácono Permanente Ailton e o seminarista Fernando. Os três através de seus depoimentos deixam claro o quanto são felizes em servir ao Povo de Deus. DIÁCONO TRANSITÓRIO: ROBERTO FERNANDO LACERDA Quando eu tinha entre 10 e 11 anos senti o despertar vocacional para ser padre, e contei ao meu pároco, padre Orlando, que me falou da necessidade de perseverar pois eu ainda era muito jovem. Fui crescendo e achei que, por estar envolvido, primeiramente com os coroinhas, mais tarde com os trabalhos da Pastoral da Juventude e demais atividades da igreja, poderia estar enganado em relação à minha vocação. No entanto, com o passar dos anos me vinha sempre o mesmo questionamento: Deus me chama a ser padre? Passei então a conversar com outros padres, religiosos e religiosas para saber como havia sido o seu despertar vocacional. Para minha surpresa cada um tinha uma resposta e todas eram diferentes da minha. Minhas reflexões me levaram muitas vezes ao Evangelho de Lucas, 18,18-23: Bom Mestre o que devo fazer para herdar a vida eterna? O que estou fazendo da minha vida, qual a resposta, e Ele, porém, ouvindo isso, ficou cheio de tristeza, pois era muito rico, sentia que faltava coragem. Finalmente, um dia, uma senhora entregou-me um panfleto da Pastoral Vocacional da Região Sant Ana. Senti que era chegado o momento de decidir, dar um passo à frente. A reflexão que tirei desse momento com a passagem do Evangelho de Lucas 19, 5, Zaqueu, desce depressa, pois hoje devo ficar em tua casa. Entrei para o Seminário Propedêutico Nossa Senhora da Assunção em 13 de fevereiro de 2000, passando depois, pelo Seminário Maior de Filosofia Santo Cura d Ars e atualmente me encontro no Seminário de Teologia Bom Pastor. Fui ordenado Diácono no dia 03 de dezembro de 2006 com o lema: Olharão para aquele que transpassaram (JO. 19,37). Deus nos chama, basta que cada um acolha o seu chamado. DIÁCONO PERMANENTE: AILTON MACHADO MENDES Não há como falar de vocação se não falar um pouco de passado, assim sendo, começo dizendo que nasci numa família católica. Sou oriundo da Paróquia Santo Antonio (do Limão), onde nasci e recebi os sacramentos do Batismo, da Eucaristia, da Crisma e o do Matrimônio e onde também fui coroinha do Monsenhor Vitorino. Depois, por circunstancias da vida, mudei de bairro a acabei me afastando um pouco da ligação tão próxima que tinha da vida em comunidade e até mesmo dos sacramentos, pois, fui morar num lugar onde a igreja era longe o que tornou as coisas um pouco mais difíceis, mas não impossíveis. Depois de alguns anos comecei meu namoro com a Izabel, que no futuro veio a se tornar minha esposa. Ela tinha uma vida comunitária atuante e participativa na Paróquia Santo Antonio (do Limão), no grupo de jovens, onde encontrei novos amigos e outros que ali se mantiveram desde os tempos em eu participava. Depois ficamos noivos e nos casamos e passamos a morar no mesmo bairro, assim, passei a ser paroquiano. Inicialmente participava apenas das missas dominicais. Certa feita fomos convidados a fazer o encontro de casais, especificamente o 44º ECC do Setor Casa Verde. Tendo saído do encontro, logo nos convidaram para trabalhar na Equipe do Batismo ao que aceitamos prontamente e lá permanecemos algum tempo desenvolvendo um trabalho pastoral e uma experiência até então impar em nossa vida conjugal, pois fizemos tantos amigos como nunca tínhamos imaginado, concomitantemente passamos a trabalhar também no Encontro de Casais e o Encontro de Jovens. Daí para perceber que podíamos ajudar mais foi um pulo. Tempos mais tarde assumimos a Equipe de Promoção do Dizimo na Paróquia onde permanecemos por alguns anos, em seguida a Escola da Fé para Jovens. Mas eu não sabia que tudo isso fazia parte de uma vocação que já estava sendo despertada em minha vida. E foi numa conversa com o Pe. Keller que me ofereci gentilmente para ajudar um pouco mais, ou seja, me disponibilizei para ajudá-lo um pouco mais. Passado algum tempo ele mesmo me perguntou se eu estava disposto a ser Testemunha Qualificada do Matrimonio, eu nem sabia o que era isso, e ele me explicou, o Bispo me dava uma autorização para assistir os casamentos na Paróquia, aceitei. De posse do documento que me autorizava, por assim dizer, a fazer casamentos, dei meus primeiros passos rumo a uma vocação desconhecida para mim e que até então não tinha na Arquidiocese de São Paulo. Isso deve ter sido lá pelos idos de Foi assim por alguns anos até que o mesmo Pe. Keller me falou da abertura do Diaconato Permanente na Arquidiocese, disse-me o quanto eu podia ajudar a Igreja. Fui fazer a inscrição para o curso Propedêutico que são seis meses, fiz o curso de teologia na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção juntamente com o curso de Formação Integral da Escola Diaconal Arquidiocesana São Jose, aos sábados. Mas, ter sido Acólito creio que foi o fator preponderante para minha vocação, pois, a proximidade com a Eucaristia aumentou o meu desejo de servir e dedicar-me mais e mais ao serviço de Cristo e sua Igreja. Fui ordenado Diácono no dia 05 de Dezembro de 2005 em Celebração Eucarística presidida por Dom Cláudio Cardeal Hummes na Catedral de São Paulo. Agradeço a Deus, a minha esposa Izabel e meus filhos Guilherme e Gustavo e ao Pe. Keller que me acompanhou ao longo da minha caminhada. Hoje sirvo a Jesus Cristo com muita alegria na Paróquia de Sant Ana, onde o Pároco o Padre João Luiz Miqueletti me acolhe como Diácono e por quem tenho grande carinho e estima. SEMINARISTA: FERNANDO GERONAZZO DE SOUZA Posso dizer que minha caminhada vocacional começou efetivamente após aminha Crisma. Já participava da paróquia Nossa Senhora da Anunciação, no bairro da Vila Guilherme, onde também fiz a minha Primeira Eucaristia. Minha Crisma foi no ano de A partir daí comecei a participar mais intensamente do grupo de jovens e comecei a ter um maior contato com as demais pastorais de nossa paróquia, como, por exemplo, a pastoral da Liturgia. Isso fez com que me aproximasse mais dos dois padres que estavam na paróquia na época: o pároco Côn. Laerte, que se aproximava dos 40 anos de sacerdócio e o vigário paroquial Pe. Edival que tinha menos de um ano de padre. Conviver com um padre experiente e com outro que estava na empolgação do início do ministério fez com que eu começasse a questionar se tinha vocação para o sacerdócio. Nesta época eu estudava, trabalhava e, como todos os jovens, tinha projetos e sonhos, no meu caso, queria estudar Jornalismo. Mas aí comecei a me perguntar se seria capaz de abrir mão destes projetos pessoais para seguir um desejo mais profundo, que cada vez mais aumentava dentro de mim. No ano seguinte, 2001 era o Ano Vocacional Arquidiocesano, o então bispo responsável pelas vocações, dom Gil Antônio veio celebrar o Sacramento da Crisma em nossa paróquia e durante a homilia falou sobre as vocações. Então tomei a decisão e no final da missa disse a ele que queria ser padre, ele respondeu: Você vai ser padre. O bispo me abençoou e me deu o telefone da Pastoral Vocacional e após quase dois anos de acompanhamento vocacional, no dia 11 de fevereiro de 2003 entrei para o Seminário Propedêutico da Arquidiocese de São Paulo, onde permaneci por um ano. Passei depois para o Seminário de Teologia onde ficarei por quatro anos. Sou muito feliz por estar no Seminário, pois nesse tempo em que me preparo para o sacerdócio pude amadurecer como ser humano e cristão, e responder a cada dia à vocação que Deus me confiou. Por isso peço que continuem rezando pelas vocações e não tenham medo de dizer SIM a Deus. 8

9 NOVENA DE SANT ANA Com a participação de todas as paróquias da Região Episcopal Sant Ana, a Novena de Sant Ana 2007, em preparação à Festa do dia 26 de julho, demonstrou, mais uma vez, o grande interesse que sacerdotes e leigos têm pela padroeira da Região e da Arquidiocese. Todas as paróquias se fizeram representar participando dos diversos momentos destacados nas celebrações, presididas pelos padres coordenadores dos setores. Que Sant Ana abençoe a todos os que aqui vieram para homenageá-la. Esperamos, em 2008, contar novamente com a presença e com a visita de todas as paróquias de nossa querida região. CASA COMUNITÁRIA PARTICIPA DE MISSA PELOS ENFERMOS. Cercados pelo carinho da comunidade, idosos da Casa Comunitária São José, participaram no dia 28 de junho, às 15 horas, da Missa pelos enfermos na paróquia. Com um sorriso largo, demonstrando emoção, os idosos chegaram, por volta das 14h30min, acompanhados por Selma, coordenadora da casa, pelas funcionárias Daniela, Izabel Francisca e Lourdes e pela voluntária Marly. Assistiram à missa, receberam a bênção do Padre João Luiz e saíram muito felizes prometendo voltar em breve. A paróquia os recebeu de braços abertos desejando que eles retornem o mais breve possível. Pensou em material elétrico? FALE CONOSCO! Materiais para iluminação: COMERCIAL? INDUSTRIAL? PÚBLICA? Fazemos entregas. ESTACIONAMENTO AO LADO! Fone: (11) Avenida Cruzeiro do Sul, 2.879/83 Santana. Entre as estações Santana e Carandiru de metrô! - Administração de Condomínios - Gestão financeira - Gestão de Recursos Humanos - Assessoria Juridica - Folha de pagamento de empresas Av. Júlio Buono, CEP: São Paulo - Tel:

10 A Palavra do Colaborador DÍZIMO: GESTO DE AMOR E GRATIDÃO A DEUS E A SUA IGREJA Trazei o dízimo integral para o Tesouro, a fim de que haja alimento em minha casa... para ver se eu não abrirei as janelas do céu e não derramarei sobre vós bênçãos em abundância. (Ml 3,7-10) O dízimo é sinal de gratidão quando reconhecemos que é Deus quem dá a vida e a mantém; oferecido com o coração agradecido torna-se oração concreta de ação de graças. Quando o dízimo é oferecido com generosidade, torna-se devolução a Deus do que a Ele pertence fazendo dele expressão de louvor a Deus. Oferecendo o dízimo com consciência torna -se partilha que gera fraternidade e é expressão de nossa comunhão com Deus e com a comunidade. Todas as vezes que damos o dízimo de forma espontânea e responsável ele se transforma em contribuição de nossa participação na comunidade de fé e meio privilegiado de evangelização. Dízimo é ato de fé, por isso não podemos usar a expressão: pagar o dízimo. Deus recebe o dízimo através da comunidade, isto é, da Igreja, do povo que a Ele pertence (Diocese, Paróquia, Capela, Comunidade...). O Dízimo recolhido nas Paróquias e enviado à Diocese, permite que ela organize e faça acontecer a ação pastoral evangelizadora em nível diocesano; invista na formação de futuros padres e capacitação dos agentes leigos de pastoral e ainda mantenha os órgãos administrativos para melhor servir a Igreja particular. O dízimo paroquial permite que toda Paróquia exista, se mantenha e exerça sua vocação primeira: a evangelização. O responsável pela comunidade paroquial é o Bispo que delega um Padre para colaborar estando à frente de uma Paróquia, mas todos os batizados que participam da comunidade são membros -responsáveis por ela, cabendo a cada um as funções às quais foi chamado por Deus e confirmado pela Igreja. A comunidade paroquial é uma família e extensão da casa de cada batizado, devendo cada membro se sentir parte dela e contribuir de forma responsável à medida de suas possibilidades. Uma comunidade paroquial tem muitos gastos. Por ex.: tarifas de água, luz, telefone; manutenção da casa paroquial, do centro catequético, salas, salão comunitário, templo, escritório, etc. Além disso, há despesas no investimento de pessoas visando melhor servir à comunidade: formação e capacitação de agentes de pastoral como catequistas, líderes de grupos, membros de conselhos, ministros e ainda há a sustentação do Padre, Vigário, colaboradores e funcionários. E quem conhece ou pertence a esta Paróquia de Sant Ana sabe quantas obras sociais em favor dos mais necessitados existem aqui e que é preciso investir para servir melhor aos preferidos de Deus. O dízimo, portanto, é o meio ordinário de sustentação de uma comunidade. Deveria suprir todos os gastos da comunidade. Por isso, ele deve ser um compromisso estável e responsável para que a comunidade paroquial não venha toda a sofrer por não atingir o seu objetivo, que é evangelizar. Para finalizar, o dízimo é expressão de amor a Deus, à Igreja e ao próximo. É fruto de um coração que ama a Deus porque é grato para com Ele; que ama a Igreja porque reconheceu nela o sacramento de Cristo, fonte de todas as graças e que amo o próximo porque é solidário para com ele. Quem ama, partilha, e partilha com generosidade e alegria. O amor transforma o dízimo numa oração sincera e concreta de ação de graças. Vovó me pediu, então, com estranho ar, Que lhe ensinasse, na internet, navegar. Queria os detalhes... onde deveria clicar? Ensinei desde a entrada até o desconectar. Depois daquele dia, tudo se alvoroçou... Nem cafezinho fazia para o pobre Vovô. De portas fechadas, o dia todo teclava. Preocupado, Vovô nem mais passeava. A família, curiosa, queria muito saber E se perguntavam - Que devemos fazer? Os dias se passavam... e nada mudava... Aquilo era rotina. Ela nunca se cansava! Até que, um belo dia, resolvi lhe perguntar O que tanto fazia e onde queria chegar? Vovó, com toda sua calma, me fez entrar. E de portas fechadas, começou a me contar. Disse que, na praça, Vovô não devia ficar, Que ela ficava sozinha e o tempo a passar! Tramou tudo aquilo para o Vovô encucar! Funcionou, pois ele nem ia mais passear. Perguntei-lhe o que tanto digitava, E ela, com um sorriso, disse que poetava E que, na internet, nem mais entrava. Perguntei-lhe o que poetar significava. Vovó Internauta Calmamente, de novo, ela começou a contar Que escrevia Poemas que falavam do amar... Dos tempos que, com o Vovô, saía a namorar... Dos passeios de bonde... dos bosques... do mar. Leu Poesias bonitas que acabara de escrever. Textos lindos que faziam a lágrima escorrer. De repente... um barulho... Eu logo fui ver. Era o Vovô, curioso, atrás da porta a se esconder. Com os olhos cheios d água e vermelhos, entrou Dizendo ter escutado tudo o que se passou. Abraçou a Vovó e, com carinho, murmurou Palavras de apaixonado e ela também chorou. Com isso, aprendi que tudo na vida acontece Por causa do amor, porque o amor é uma prece. Aprendi, também, que a Vovó, além de internauta, É como as crianças... inteligente e, às vezes, peralta! Celso Brasil Pe. Felipe José de Menezes Rua Voluntários da Pátria, 2030 Tel.: Fone: (11) / Cel: (11) / Especializado em produtos para melhorar a sua qualidade de vida. * Produtos para alérgicos * Linha estética - Alergia respiratória; - Malhas de - Alergia Alimentícia; compressão YOGA - Dermatites de Contato - Limpeza de pele Rua Banco das Palmas, Próximo ao metrô Santana fone: (11) / fax: (11)

11 DEZ BOAS RAZÕES PARA SER DIZIMISTA PARÓQUIA SANT ANA GRUPOS DE ORAÇÃO 01 - O dízimo é uma profunda relação entre você e Deus Ofertar o dízimo é reconhecer os dons gratuitos recebidos do Pai, retribuindo, de forma justa, parte do que d Ele você recebeu Com seu dízimo você ajuda a manter a comunidade religiosa, patrimônio de todos O dízimo é, também, para manter os que vivem para o Evangelho O dízimo que você oferece vai se transformar em Evangelho, em remédio, em pão, em missão Você vai se sentir extremamente gratificado quando verificar, daqui a algum tempo, o que o seu dízimo tornou possível Em vez de se sentir obrigado, você vai ficar agradecido a Deus por lhe dar condições de participar com seu dízimo A prática do dízimo integra, cada vez mais, a pessoa à comunidade A sua oferta permanente tornará vitoriosa a Pastoral do Dízimo Com a oferta do dízimo, você será participante ativo na construção do Reino de Deus. SEGUNDA-FEIRA - 20 HORAS: MARIA NOSSA MÃE TERÇA-FEIRA - 15 HORAS: JESUS É O CAMINHO QUARTA-FEIRA - 15 HORAS: TUDO POR JESUS, NADA SEM MARIA SEXTA-FEIRA - 15 HORAS: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS 16 anos no ramo - sede própria Equipamentos de última geração e profissionais treinados. RUA PADRE CLEMENTE HENRIQUE MOUSSIER 56 (TRAVESSA RUA SALETE) SANTANA SÃO PAULO FONES: / / Assistência Técnica LARSERVICE Eletrodomésticos em geral Todas as Marcas CONSERTO - REFORMA - PINTURA Zona Norte - Orçamento sem compromisso LAVAROUPAS - GELADEIRAS - FREEZER - FOGÃO - SECADORA MICROONDAS - LAVALOUÇAS - BALCÕES - ASPIRADOR - FERRO AR-CONDICIONADO e outros Rua Duarte de Azevedo, Tel.: / Foto e Vídeo Diogo Nelson M. M. Silveira R. Cons. Moreira de Barros, 792 Fone: / Fax: Sofisticação e bom gosto em sua forma de vestir Rua Pe. Clemente Henrique Moussier, 46A - Santana - São Paulo Telefone: DIVULGUE SUA EMPRESA NO JORNAL LANÇAI AS REDES das 14 às 19h 11

12 QUERMESSE 2007 São Pedro ajudou com o tempo, Sant Ana abençoou a todos os que trabalharam e aos que participaram e o resultado não poderia ter sido outro: sucesso, muita alegria, muita animação e muita paz. A quermesse teve início no último dia 7 e vai até 29 de julho, sempre aos sábados e domingos das 11 às 23 horas com bingo, brincadeiras, shows e muita coisa gostosa para comer. Ainda dá tempo para aproveitar o último final de semana. Venha e traga sua família! É pura diversão familiar e você ainda estará colaborando com a manutenção dos trabalhos sociais da Paróquia Sant Ana. Show da Comitiva Porteira Quebrada Bingo: Lotação Esgotada! Albergue recebe imagem de São Francisco Encerrando as festividades juninas, o Pe. João Luiz, Diác. Ailton e a Comunidade Canto de Maria realizaram Celebração Eucarística no Albergue São Francisco no dia 29 de junho. Na ocasião, o Albergue recebeu de presente da Paróquia uma imagem de São Francisco que está exposta no refeitório. Os Albergados, participaram ativamente da celebração, rezando e cantando com alegria em agradecimento a Deus por poderem contar com o Espaço cuidado com tanto carinho pela coordenadora Maria Rosária Ruiz e por todos os funcionários que ali atuam. PSICOLOGIA Francisco das Chagas Oliveira Filho CRP 06/60223 Dependência Química, Terapia Familiar, Terapia Casal e Individual, Adulto e Terceira Idade, Depressão, Stress, Orientação a Pais Spaço Saúde Santana Rua Alfredo Pujol, 70 - Santana Tel.: / Cel.: Escola de Psicanálise Rua Prof Sud Menucci, Vila Mariana - Tel.: AGENDA Julho Dias 28 e 29 - Quermesse em Prol das Obras Paroquiais Dia 29 (domingo) - Premiação do Concurso de Cartazes sobre Sant Ana da Catequese Missa das 19h Agosto Dia 04 (sábado) - Curso de Batismo 13:00h Dia 05 (domingo) - Batizados Missa das 10:30h Dias 06 a 08 - Retiro do Clero de São Paulo Itaicí Dia 07 (3ª feira) - Início dos Cursos de Teatro Dia 11 (sábado) - Feirão de Móveis e Objetos Usados Dia 14 (3ª feira) - Reunião Geral do Clero manhã Dia 18 (sábado) - Curso de Noivos Salão Piza Dia 19 (domingo) - Assunção de Nossa Senhora - Missa dos Vicentinos 08:00h - Curso de Noivos Salão Piza Dia 21 (3ª feira) - Inscrições Curso de Batismo 20:00h Dia 25 (sábado) - Curso de Batismo Salão Piza 13:00h Dia 26 (domingo) - Batizados Missa das 10:30h - Missa do Dia do Catequista 17:00h Setembro Dia 02 (domingo) - Lançamento do Concurso de Trabalhos Artesanais da Crisma 19h Dia 07 (6ª feira) - Feriado - Missa somente às 17:30h Dia 08 (sábado) - Feirão de Móveis e Objetos Usados Dia 14 (6ª feira) - Oficina de Teatro Atelier Vovó Sant Ana Dia 16 (domingo) - Último dia para entrega dos Trabalhos da Crisma C a s a s V a n t a j o s a Tecidos Finos Cama, Mesa e Banho Rua Voluntários da Pátria, Santana - SP Tel.: / LIVRARIA RAMO NOVO Conheça nossas novidades Diversidade em Materiais para Pastorais e Movimentos, Catequese, Batismo, Crisma, Liturgia, Terços, Camisetas com Estampas Divs Temos toda a Coleção de Livros e Apostilas para Formação da Renovação Carismática Católica. OFEREMOS MATERIAIS CONSIGNADOS PARA EVENTOS EM SUA PARÓQUIA OU COMUNIDADE Rua Drº Olavo Egídio, 54 Santana. Entre a Rua Voluntários da Pátria e Av. Cruzeiro do Sul Fone/Fax: (11) / (11)

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Janeiro 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 02 S 03 S 15h00 Reunião de Coordenação da Catequese 04 D Solenidade Epifania do Senhor

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica OBLATOS ORIONITAS linhas de vida espiritual e apostólica Motivos inspiradores da oblação orionita laical O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O carisma

Leia mais

CALENDARIO DE ATIVIDADES PAROQUIAIS SAGRADA FAMÍLIA - 2012

CALENDARIO DE ATIVIDADES PAROQUIAIS SAGRADA FAMÍLIA - 2012 FEVEREIRO 03 Missa do Apostolado da Oração 15h e Adoração das 16h às 18:45 04 Reunião com os Catequistas 14:30 horas 04 Curso de Batismo 19h às 21:30 horas 04 Noite do Cachorro Quente resp. Grupo de Jovens

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014 Dia Dia da JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ 31 MISSA NA SÃO MATEUS 20H 01 Quarta SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA/ MISSA NA CAPELA SANTO ANTONIO 10H 2 MISSA NA SÃO MATEUS 19H30 3 HORARIO NORMAL

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

A Apostolicidade da Fé

A Apostolicidade da Fé EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 10 DE MARÇO DE 2013 A Apostolicidade da Fé Catequese do 4º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 10 de Março de 2013 1. A fé da Igreja recebemo-la dos Apóstolos de Jesus. A eles

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

CALENDÁRIO DE 2014 DAS ATIVIDADES PASTORAIS

CALENDÁRIO DE 2014 DAS ATIVIDADES PASTORAIS CALENDÁRIO DE 2014 DAS ATIVIDADES PASTORAIS Abreviações utilizadas: P Paróquia. RP Região Pastoral A Arquidiocese. N Nacional FEVEREIRO - 2014 01 Sb P Pastoral da Juventude Retiro Centro de Encontros Dom

Leia mais

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto Rita de Sá Freire Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto No dia 4 de agosto, a Igreja comemora São João Maria Vianney, Padroeiro dos Padres. Gostaria de prestar

Leia mais

O Exorcista-Mor do Vaticano afirma que ainda não se fez a Consagração da Rússia

O Exorcista-Mor do Vaticano afirma que ainda não se fez a Consagração da Rússia O Exorcista-Mor do Vaticano afirma que ainda não se fez a Consagração da Rússia pelo Padre Gabriele Amorth Portanto, com a Consagração de 1984 não se realizou uma adequada Consagração da Rússia. E eu estava

Leia mais

MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA

MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA JORNADA DE ORAÇÃO 2010 MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA Apresentação do santuário de NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO (Padroeira do Haiti) Porto Príncipe, República do Haiti Jornada Mundial de Oração 10

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II)

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II) Apresentação A Renovação Carismática Católica do Estado do Piauí, movimento eclesial da Igreja Católica, tem por objetivo proporcionar às pessoas uma experiência concreta com Jesus Cristo, através do Batismo

Leia mais

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba:

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba: PROGRAMAÇÃO SEMANA SANTA NA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA Organizada pela Arquidiocese de Curitiba, a Semana Santa terá início na quinta-feira, às 9 horas, com a Missa com Sagração dos Santo Óleos e Renovação

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

O líder influenciador

O líder influenciador A lei da influência O líder influenciador "Inflenciar é exercer ação psicológica, domínio ou ascendências sobre alguém ou alguma coisa, tem como resultado transformações físicas ou intelectuais". Liderança

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM CONVITE: A Paróquia de São Francisco de Assis tem a honra de lhes convidar para a Festa do Nosso Amado Padroeiro com o Tema: COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM Que realizar-se-á

Leia mais

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 Objetivo A partir das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e do 7º Plano Diocesano de Pastoral (2013-20150,

Leia mais

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana 93 ISSN - 1517-7807 9!BLF@FB:VWOOUWoYdZh outubro 2013 Que a saúde se difunda sobre a terra Escatologia e Exercícios Espirituais Pedro Arrupe, homem de Deus 1

Leia mais

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 27ºDOMINGO DO TEMPO COMUM (02/10/11) Parábola dos Vinhateiros Poderia ser feito um mural específico para esta celebração com uma das frases: Construir a Igreja

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária Caro jovem,, Que alegria saber que como você muitos jovens estão encontrando um caminho para a oração pessoal e diária. Continue animado com a busca de um relacionamento mais pessoal

Leia mais

Vem, Senhor Jesus! (Apc 22,20)

Vem, Senhor Jesus! (Apc 22,20) DEZEMBRO 2014 Editorial Chegamos ao último mês do ano, um mês especial onde ainda temos a oportunidade de nos aproximarmos mais Dele, que é o Natal, período de nascimento de Cristo. O movimento Pólen nos

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL

I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL I CONGRESSO EUCARÍSTICO PAROQUIAL De 20 a 27 de Setembro de 2009 TEMA: Fazei isto em memória de mim (Lc 22,19b) PROGRAMAÇÃO Dia 20 de Setembro DOMINGO ABERTURA DO CONGRESSO 19h30min Celebração Eucarística

Leia mais

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005 FESTA DO Pai-Nosso Igreja de S. José de S. Lázaro 1º ano 1 7 de Maio de 2005 I PARTE O acolhimento será feito na Igreja. Cada criança ficará com os seus pais nos bancos destinados ao seu catequista. Durante

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE A Paróquia de São João Batista do Tauape foi criada por sua Excia. Revma. Dom Antônio, de Almeida Lustosa, na época Arcebispo de Fortaleza, pelo decreto

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

TUDO COMEÇOU... Após alguns meses...

TUDO COMEÇOU... Após alguns meses... TUDO COMEÇOU... Muitas pessoas participaram pra que a igreja São José Operário existisse, no início a irmã Catarina saiu de casa em casa convidando os moradores do bairro pra participar de um culto dominical,

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

CALENDÁRIO MENSAL DAS ATIVIDADES PASTORAIS

CALENDÁRIO MENSAL DAS ATIVIDADES PASTORAIS Abreviações utilizadas: P Paróquia. RP Região Pastoral A Arquidiocese. N Nacional CALENDÁRIO MENSAL DAS ATIVIDADES PASTORAIS FEVEREIRO 01 Dm P Catequese Formação para novos catequistas Auditório 01 Dm

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS 1 TEXTO BÍBLICO - Lucas 6,12-19 (Fazer uma Oração ao Espírito Santo, ler o texto bíblico, fazer um momento de meditação, refletindo sobre os três verbos do texto

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação!

APRESENTAÇÃO. Ser Igreja de Comunhão e Participação! APRESENTAÇÃO Os Bispos aprovaram, recentemente, as Diretrizes da Ação Evangelizadoras da Igreja do Brasil 2011 2015 e a Arquidiocese de Florianópolis em comunhão com estas quer impulsionar todas as paróquias

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico CONGRESSO EUCARÍSTICO 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico O PADRE E A EUCARISTIA Eucaristia e Missão Consequência significativa da tensão escatológica presente na Eucaristia

Leia mais

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança.

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança. 2ª feira, 01 de junho: Dia Mundial da Criança Bom dia! Hoje é o dia Mundial da Criança. Hoje é dia de lembrarmos todos a criança que existe em nós. Porque todos devemos ser sempre crianças. Desde o vosso

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

Sal da TERRA e luz do MUNDO

Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da terra e luz do mundo - jovens - 1 Apresentação pessoal e CMV Centro Missionário Providência Canto: vós sois o sal da terra e luz do mundo... MOTIVAÇÃO: Há pouco tempo

Leia mais

Apresentação. Caríssimos Paroquianos:

Apresentação. Caríssimos Paroquianos: Apresentação Caríssimos Paroquianos: Temos em mãos o Calendário de Atividades que dizem respeito à Ação Evangelizadora da Paróquia Santo Antônio Capuchinhos. Dentro do projeto evangelizador, priorizamos

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

Sagrado Coração de Jesus

Sagrado Coração de Jesus Trezena em honra ao Sagrado Coração de Jesus Com reflexões sobre suas doze promessas a Santa Margarida Maria de Alacoque EDITORA AVE-MARIA Introdução Antes de o prezado leitor iniciar esta Trezena em honra

Leia mais

CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO

CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO 02 a 10 Escola Vocacional em João Pessoa/PB 10 a 20 Festa de São Sebastião em Jucurutu (Zonal IV) e Parelhas (Zonal V) 11 a 20 Festa de São Sebastião em Florânia (Zonal

Leia mais