PLANO DE CONTAS COMENTADO DESPESAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE CONTAS COMENTADO DESPESAS"

Transcrição

1 PLANO DE CONTAS COMENTADO DESPESAS 3 DESPESAS Compreende os dispêndios relacionados com as atividades principais que constituem o objeto social da empresa, bem como, outras não relacionadas diretamente com seu objeto social. Está subdividido em 31 - Despesas Operacionais e 32 - Despesas Não Operacionais. 31 DESPESAS OPERACIONAIS São as relacionadas com a atividade fim da empresa. É composto dos seguintes grupos: 311 DESPESAS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS São as essenciais à prestação dos diversos serviços oferecidos pela empresa, tais como: pessoal, encargos diretos e indiretos com pessoal, materiais de consumo, serviços contratados e locações, utilidades e serviços, despesas gerais, impostos, taxas e contribuições, depreciações e amortizações e anulação de receitas de exercícios anteriores. É composto dos seguintes subgrupos: PESSOAL São as despesas com pessoal próprio da Infraero. É composto das seguintes contas: ADICIONAL DE INSALUBRIDADE Registrar os gastos referentes ao adicional de insalubridade pago aos empregados próprios da Infraero ADICIONAL DE PERICULOSIDADE Registrar os gastos com adicional de periculosidade pago aos empregados próprios da Infraero ADICIONAL DE TRANSFERÊNCIA Registrar os gastos referentes ao adicional de transferência pago aos empregados próprios da Infraero ADICIONAL NOTURNO Registrar os gastos com adicional noturno pago aos empregados próprios da Infraero ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO Registrar os gastos com adicional por tempo de serviço pago aos empregados próprios da Infraero.

2 AJUDA DE CUSTO Registrar os gastos com ajuda de custo pago aos empregados transferidos por interesse da Infraero FUNÇÃO GRATIFICADA Registrar os gastos com função gratificada paga aos empregados próprios da Infraero que possuem função de confiança e que optaram por receber este tipo de remuneração HONORÁRIOS DA DIRETORIA Registrar os gastos com pagamentos efetuados a título de honorários para a Diretoria da Infraero HORA EXTRAS Registrar os gastos com horas extras pagas aos empregados próprios da Infraero REMUNERAÇÃO GLOBAL Registrar os gastos com remuneração global paga aos empregados próprios da Infraero que possuem função de confiança e que optaram por receber este tipo de remuneração SALÁRIOS Registrar os gastos com salários pagos aos empregados próprios da Infraero LICENÇA PRÊMIO Registrar os gastos com licença prêmio paga aos empregados próprios da Infraero REMUNERAÇÃO DE CONSELHEIROS Registrar os gastos com pagamentos efetuados a título de remuneração para os conselheiros da Infraero ADICIONAL POR FORMAÇÃO ACADÊMICA Registrar os gastos com o adicional por formação acadêmica paga aos empregados próprios da Infraero ENCARGOS DIRETOS COM PESSOAL São as despesas de encargos diretos com pessoal próprio e com pessoal requisitado. É composto das seguintes contas: º SALÁRIO Registrar os gastos com 13º salário pago aos empregados próprios da Infraero ABONO PECUNIÁRIO Registrar os gastos com abono pecuniário pago aos empregados próprios da Infraero.

3 AVISO PRÉVIO Registrar gastos com pagamento de aviso prévio e indenização (40% sobre saldo do FGTS) na Justiça do Trabalho dos empregados próprios da Infraero ENCARGOS SOBRE 13º SALÁRIO Registrar os gastos com encargos sobre 13º salário pago aos empregados próprios da Infraero ENCARGOS SOBRE FÉRIAS Registrar os gastos com encargos sobre férias pagos aos empregados próprios da Infraero FÉRIAS Registrar os gastos com remuneração das férias pagas aos empregados próprios da Infraero FGTS Registrar os gastos com a participação mensal para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos empregados próprios da Infraero (8%) INSS Registrar os gastos com a participação patronal no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) dos empregados próprios da Infraero SALÁRIO EDUCAÇÃO Registrar os gastos com salário educação pagos aos empregados próprios da Infraero SEGURO DE ACIDENTE DO TRABALHO Registrar os gastos com seguro acidente do trabalho paga aos empregados próprios da Infraero INDENIZAÇÃO SENTENÇA TRABALHISTA Registrar os gastos com indenizações trabalhistas relativas a ex-empregados julgadas contra a Infraero INDENIZAÇÃO 50% FGTS Registrar os gastos com a indenização prevista na CLT, correspondente a 50% do saldo do FGTS, daqueles empregados que forem demitidos sem justa causa pela Infraero INCENTIVO FINANCEIRO PDVI Registrar os gastos dos empregados da Infraero referente ao pagamento de incentivo financeiro que aderiram ao programa de demissão voluntária da Infraero PDVI.

4 AVISO PRÉVIO PDVI Registrar os gastos dos empregados próprios da Infraero referente ao pagamento de aviso prévio que aderiram ao programa de demissão voluntária da Infraero PDVI IDENIZAÇÃO 50% FGTS PDVI Registrar os gastos dos empregados próprios da Infraero correspondente a 50% do saldo do FGTS, que aderiram ao programa de demissão voluntário da Infraero PDVI LICENÇA MATERNIDADE PRORROGAÇÃO Registrar os gastos dos empregados próprios da Infraero correspondente à prorrogação da licença maternidade que aderiram ao programa de demissão voluntário da Infraero ENCARGOS INDIRETOS COM PESSOAL São as despesas de encargos indiretos com pessoal próprio. É composto das seguintes contas: AUXÍLIO CRECHE Registrar os gastos decorrentes do reembolso pago aos empregados próprios da Infraero, a título de despesas com creches e babas PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO AO TRABALHADOR (PAT) REFEIÇÕES PRONTAS Registrar os gastos com o fornecimento de vales alimentação/refeição ou gêneros alimentícios, a título de cesta alimentação aos empregados próprios da Infraero, exceto lanches, refeições e demais gastos eventuais que não se enquadrem no PAT (-) PAT - PARTICIPAÇÃO TRABALHADOR CUSTO Registrar os valores da participação dos empregados no custo do fornecimento dos vales alimentação/refeição PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA MÉDICA E HOSPITALAR COM- PLEMENTAR (PAMHC) Registrar os gastos com hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais autônomos, referentes ao atendimento de empregados da Infraero e seus dependentes, exceto exames médicos periódicos e serviços de assistência médica emergencial, auxiliar de enfermagem, reembolso de compra de medicamentos e despesas médicas, ambulatoriais e laboratoriais com bolsistas, alunos e estagiários (-) PAMHC - PARTICIPAÇÃO TRABALHADOR CUSTO Registrar os valores da participação dos empregados no custo dos serviços médicos, utilizados através do PAMHC.

5 PROGRAMA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA (PAO) SERVIÇO ODONTOLÓGICO Registrar os gastos com atendimentos feitos com clínicas odontológicas e profissionais autônomos (dentistas), destinados ao atendimento de empregados da Infraero e seus dependentes, exceto perícia (-) PAO - PARTICIPAÇÃO TRABALHADOR CUSTO Registrar os valores da participação dos empregados no custo dos serviços odontológicos, utilizados através do PAO PROGRAMA DE VALE-TRANSPORTE ÔNIBUS URBANO (PV- TOU) Registrar os gastos com o fornecimento de vales-transportes para o deslocamento de empregados próprios da Infraero no percurso residência-trabalho-residência PVTOU - PARTICIPAÇÃO TRABALHADOR CUSTO Registrar os valores da participação dos empregados no fornecimento de valestransportes SEGURO DE VIDA EM GRUPO Registrar os gastos decorrentes com a contratação de seguro (prêmio) de vida e acidentes pessoais em grupo para os empregados da Infraero PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL (PFP) - AQUISI- ÇÃO DE PASSAGENS Registrar os gastos com aquisição de passagens para empregados e instrutores internos e externos participarem em treinamento/desenvolvimento profissional PFP - CURSOS Registrar os gastos com treinamento/desenvolvimento profissional, exceto aqueles que tenham contabilização específica (aquisição de passagens, diárias e hospedagens, materiais de consumo, ajuda de custo, gratificação de instrutoria, lanches e refeições e reprografia), dos empregados da empresa, tais como: inscrição, taxas com vistos para realização de curso no exterior, traslados, aluguéis de equipamentos, móveis e utensílios, cinefoto, vídeo e som, aluguel de instalações, contratação de mão-de-obra especializada e demais despesas relativas a Treinamentos Corporativos Internos ou Externos (ou de mercado), programas de educação formal, Programa de Capacitação em Língua Estrangeira, Programa de Atividades de Ensino e Atualização Técnica do DECEA - PAEAT (exceto os valores pagos ao instituto de Proteção ao Voo, a Bolsa auxílio e Ajuda Hospedagem para os cursos de formação), Programa de Desenvolvimento Gerencial e Programa de Desenvolvimento Comportamental.

6 PFP - DIÁRIAS E HOSPEDAGENS Registrar os gastos com diárias e hospedagens de empregados e instrutores internos e externos para participação em treinamento/desenvolvimento profissional PFP MATERIAIS DE CONSUMO Registrar os gastos com aquisição de materiais de consumo (lápis, caneta, papel, borracha, etc.) utilizados durante os cursos de capacitação profissional. Registram tanto os materiais adquiridos para consumo imediato, quanto os solicitados ao almoxarifado AUXÍLIO FUNERAL Registrar os gastos com auxílio funeral pago aos empregados da Infraero PFP - AJUDA DE CUSTO Registrar os gastos com ajuda de custo e ajuda de hospedagem para os bolsistas que participem dos cursos de Controlador de Tráfego Aéreo ATM 005, Operador de Estação de Telecomunicação AIS 005, Observador Meteorológico MET 005, Operador de Estações Aeronáuticas CNS 005 e demais cursos preparatórios PFP GRATIFICAÇÃO DE INSTRUTORIA Registrar os gastos com gratificação de instrutoria paga aos empregados da Infraero que ministram cursos de interesse e para a Empresa PROG. DE ASSISTÊNCIA MÉDICA COMPLEMENTAR PDVI Registrar os gastos dos ex-empregados da Infraero e seus dependentes correspondentes a gastos com hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais autônomos. (exceto exames médicos periódicos e serviço de assistência médica emergencial, auxiliar de enfermagem, reembolso de medicamentos). - que aderiram ao programa de demissão voluntário da Infraero PDVI (-) PAMHC PARTICIP. DO TRABALHADOR NO CUSTO PD- VI. Registrar os gastos dos ex-empregados da Infraero e seus dependentes correspondentes à participação nos custos dos serviços do PAMHC - que aderiram ao programa de demissão voluntária da Infraero PDVI AUXÍLIO MATERIAL ESCOLAR Registrar os gastos com aquisição de material escolar para dependentes de empregados da Infraero PFP LANCHES E REFEIÇÕES Registrar os gastos com aquisição de alimentos disponibilizados/consumidos pelos participantes dos cursos de capacitação profissional.

7 PFP REPROGRAFIA Registrar os gastos com serviços gráficos e de reprografia em cursos de capacitação profissional, tais como confecção de apostilas, fotocópias em geral, etc PROGRAMA DE VALE-TRANSPORTE ÔNIBUS FRETADO (PVTOF) Registrar os gastos com locação de veículos para o deslocamento de empregados próprios da Infraero no percurso residência-trabalho-residência (-) PVTOF - PARTICIPAÇÃO TRABALHADOR CUSTO Registrar os valores da participação dos empregados no custo da locação de veículos para transporte residência-trabalho-residência INFRAPREV Registrar os gastos com o INFRAPREV referentes à parte patronal PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA Registrar os gastos relacionados ao programa de qualidade de vida, tais como ginástica laboral, maestro Coral da Infraero, aulas de dança, técnicas vocais, judô, etc PROGRAMA AUXÍLIO COMBUSTÍVEL Registrar os gastos relacionados ao fornecimento de Vale Combustível aos empregados próprios da Infraero que optaram em não receber o vale transporte no deslocamento referente ao percurso residência trabalho, trabalho - residência (-) PROG. AUXÍLIO COMBUSTÍVEL PART. TRAB. CUSTO. Registrar os valores da participação dos empregados no custo do Vale Combustível AUXÍLIO FARMÁCIA Registrar os gastos dos funcionários da Infraero e seus dependentes com o programa Auxílio Farmácia MATERIAIS DE CONSUMO São as despesas com material utilizado ou consumido nas atividades de apoio administrativo, operação, manutenção e conservação de bens e instalações. É composto das seguintes contas: CINE FOTO VÍDEO E SOM Registrar os gastos com materiais de vídeo e som em geral, como: microfone, materiais para fixação e revelação de filmes, filmes, slides, fita para gravação de imagem e som, material para microfilmagem, potenciômetros, discos, agulhas para toca discos, flash, antenas, mala portátil para filmadora, material eletrônico, etc.

8 COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES Registrar os gastos com combustíveis e lubrificantes em geral, como: óleos, graxas, lubrificantes, carbureto, gasolina, óleo combustível, querosene, álcool hidratado, diesel, gás liquefeito de petróleo (GLP, quando utilizado com tal finalidade), etc COPA, COZINHA, CAMA E MESA. Registrar os gastos com materiais de copa, cozinha, cama e mesa em geral, como: cobertores, colchas, colchões, lençóis, fronhas, guardanapos, panos de prato, toalhas, travesseiros, abridor de garrafas e latas, açucareiro, cesta para pão, copos, filtro, formas, garrafas térmicas, jarras, pratos, velas para filtro, palitos, suporte para copos, fósforos, botijão para gás, gás liquefeito de petróleo (GLP, quando utilizado com tal finalidade), acendedores, tábua para passar roupa, cabide, capas para garrafões de água, Obs.: inclusive materiais destinados ao SCI (Seção Contra Incêndio) EXPEDIENTE E EMBALAGENS Registrar os gastos com materiais de expediente/escritórios em geral, como: embalagens em geral, agenda, alfinetes, almofadas para carimbos, calendários, cartolinas, caixas, caixotes, engradados, fitas sintéticas e metálicas, porta papel, porta clipes, régua, tintas para carimbos, giz, tesoura, bobinas para máquinas de calcular e telex, todo material de reprografia, desenho, formulários padronizados e contínuos, impressos destinados à correspondência interna, cartões de visitas, grampeador, registradores, transparência para impressora, etiquetas, cartucho de tinta, cartão funcional, bandeiras, balões estandartes, divisas, crachá em branco, pilhas em geral, quadros de feltro, selos de embarque, capas para processos jurídicos e/ou quaisquer documentos, aquisição de material gráfico, etc FERRAMENTAS Registrar os gastos referente a compra de materiais utilizados como ferramentas em geral, como: com arco e lâmina de serra, lima, limatões, ponteiros de aço, riscadores de azulejos, diamantes para vidros, cavadeiras, enxada, enxadão, facões, foices, formão, machado, mandril, marretas, navalhas, desempenadeiras, pás, colher de pedreiro, espátulas, peneiras, picaretas, serrotes, talhadeiras, travadeiras para serrotes, escalas métricas, ancinhos, chaves (de fenda, fixa, etc.), cunhas de aço, martelos, alicates, ferro de solda, alavanca, podador de grama, etc GÊNEROS ALIMENTÍCIOS Registrar os gastos com materiais referente a gêneros alimentícios em geral, como: bebidas e refrigerantes, água mineral, café em pó, açúcar, leite, pão, queijo, presunto, frutas, sucos, biscoitos, chá, chocolates, etc. Obs.: inclusive materiais destinados ao SCI LIMPEZA Registrar os gastos com materiais de limpeza em geral, como: baldes, bombas manuais para inseticidas, escovas e escovões, espanadores, esponjas, flanelas, lãs de aço, man-

9 gueiras plásticas e de borracha, pás para lixo, palhas de aço, panos para limpeza, rodos, vassouras, capachos, papel higiênico, água sanitária, ceras para assoalhos e móveis, desinfetantes, detergentes, óleo de limpeza, removedores, sabão em geral, saponáceos, soda cáustica, polidores, saco para lixo, regador, xampu para carpetes, estopa, lixeiras, etc. Obs.: inclusive materiais destinados ao SCI LIVROS E PUBLICAÇÕES TÉCNICAS Registrar os gastos com aquisição de livros/revistas em geral, como: livros didáticos, publicações técnicas (jornais e revistas), aquisição de manuais, aquisição de normas, publicações eletrônicas quando for entendido como mercadoria, etc PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS Registrar os gastos na compra de materiais para manutenção de veículos em geral, como: baterias, água de bateria, pneus, câmaras de ar, válvulas, peças e acessórios em geral para todas as linhas de veículos, (inclusive empilhadeiras, tratores, varredouras), tinta automotiva, peças para bicicletas e motocicletas, etc. Obs.: inclusive para veículos do SCI PRODUTO QUÍMICO, FARMACÊUTICO E HOSPITALAR. Registrar os gastos com materiais químico/hospitalares em geral, como: emergência médica, utensílios cirúrgicos, medicamentos de primeiros socorros para reposição dos kits de atendimentos a maus súbitos, acetonas, seringa, cloro, lisoforme, gás carbônico, pó químico, gás para balão meteorológico, vacinas, etc SINALIZAÇÃO SEGURANÇA E PROTEÇÃO Registrar os gastos com materiais de segurança em geral, como: destinados o uso à sinalização em geral, sinalização horizontal e vertical, etiquetas autoadesivas, letreiros, placas, tintas, solventes, sinalizadores, raquetes, lanternas, capacetes, protetores auriculares, luvas de segurança, óculos, cones, cavaletes, luzes de obstáculos, máscaras, roupas antichamas, bandeirolas, coletes para sinalização, coletes salva-vidas, botas de borracha, cinturão de couro para eletricista, faca de salvamento, etc UNIFORMES E ACESSÓRIOS Registrar os gastos com materiais para vestuário em geral, como: aventais, calçados, guarda-pó, macacões, calças, camisas, blazer, gravatas, saias, blusas, quepes, cintos, blusões, japonas, pulôver, jalecos, luvas, capas de chuva, broches, tecidos para confecção de uniformes, alfinete de lapela, uniformes, etc MATERIAIS DE CONSUMO FUNDO FIXO DE CAIXA (FFC) Registrar os gastos com materiais de consumo em geral, adquiridos com fundo fixo de caixa.

10 MANUTENÇÃO DE BENS MATERIAIS DE CONSUMO Registrar os gastos com materiais de consumo em geral, inclusive os adquiridos para manutenção de bens móveis e imóveis, exceto: (os que já têm contabilização em conta específica no grupo 31104) PERIFÉRICOS PARA COMPUTADOR Registrar os gastos com materiais de informática em geral, materiais para manutenção de computadores e periféricos, como: unidades de CD ROM, discos rígidos - HD, cabos, pentes de memórias, mouse, fone, etc SERVIÇOS CONTRATADOS E LOCAÇÕES São as despesas com serviços especializados efetuados por empresas e/ou profissionais autônomos, mediante contratos. Entendem-se como serviços de natureza contínua aqueles serviços auxiliares e necessários à Administração, no desempenho de suas atribuições, que se interrompidos podem comprometer a continuidade de suas atividades e cuja contratação deva estender-se por mais de um exercício financeiro. A natureza do serviço é permanente, mesmo que em determinados períodos sejam realizados por prestadores de serviços diferentes. É composto das seguintes contas: CONSERVAÇÃO E LIMPEZA Registrar os gastos com limpeza e conservação das edificações aeroportuárias, pátios (interno e externo), áreas verdes, valas de drenagem, serviços de desratização, desinfecção, etc CONTRATAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA Registrar os gastos com contratação de mão-de-obra em geral, tais como: recepcionistas, mensageiros, etc., exceto movimentação de carga, transporte de passageiros, operação SIV, estagiários, serviços TI CONVÊNIOS - SERVIÇO COMBATE A INCÊNDIO (SCI) Registrar os gastos decorrentes de convênios/contratos para a prestação de serviços especializados de salvamento e combate a incêndio, cursos e diárias pagas a terceiros e à Comissão de Voluntários Especiais (CVE) LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS Registrar os gastos com locação de máquinas e equipamentos administrativos, mediante arrendamento mercantil ou não, tais como: compactadores, compressores, misturadoras, britadeiras, máquinas de cartão de créditos, veículos em geral (sem o motorista), tratores, containers, etc, exceto máquinas copiadoras, equipamentos TI e aeronaves LOCAÇÃO DE IMÓVEIS E CONDOMÍNIOS Registrar os gastos com locação de apartamento, casa, prédio, sala, condomínio (quando desocupado), taxa extra, IPTU destes imóveis, etc.

11 LOCAÇÃO DE MÁQ. COPIADORAS E SERV. DE REPROGRAFIA. Registrar os gastos com locação de máquinas copiadoras (assinatura/serviço medido) e serviços de digitalização, microfilmagem e/ou reprografia VIGILÂNCIA ARMADA E DESARMADA Registrar os gastos com serviços de guarda e preservação do patrimônio, exceto proteção à aviação civil SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA EMERGENCIAL Registrar os gastos com serviços médicos especializados e de atendente de enfermagem, para atendimento de emergências médicas a passageiros, tripulantes de aeronaves, usuários e empregados da Infraero, exceto os gastos com o PAMHC LOCAÇÃO DE SOFTWARE Registrar os gastos com a locação de programas de computadores (licença de software) SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS Registrar os gastos com serviços contínuos, tais como: levantamento cartográfico, prospecção e análise de dados geográficos, fotográficos e aerofotográficos, tradução de textos, avaliação de imóveis, confecção de painéis e esculturas não removíveis, etc LANCHES E REFEIÇÕES Registrar os gastos com serviços contratados para fornecimento de lanches e refeições TAXA DE ADMINISTRAÇÃO CARTÃO DE CRÉDITO Registras os gastos com taxa cobrada pelas administradoras de cartão de crédito, por serviços prestados a Infraero AUDITORIA EXTERNA Registrar os gastos com serviços contratados de auditoria externa CONSULTORIA Registrar os gastos com serviços contratados de consultoria, de levantamento de faturamento no movimento das concessionárias da Infraero (boca de caixa) ESTAGIÁRIOS Registrar os gastos com a contratação de estagiários LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS - TI Registrar os gastos com a locação de equipamentos de TI MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS - TI Registrar os gastos com a manutenção de equipamentos de TI.

12 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS ADMINISTRATIVOS Registrar os gastos com a manutenção de equipamentos administrativos MANUTENÇÃO SISTEMA CIVIL Registrar os gastos com a manutenção do sistema civil da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas: subsistema hidrossanitário; subsistema estação de tratamento de efluentes; subsistema de pavimentação de pistas, pátios, vias de acesso e de serviço; subsistema drenagem; subsistema água potável; subsistema de edificações; subsistema de áreas verdes, gramados, jardins, vasos ornamentais MANUTENÇÃO SISTEMA ELÉTRICO Registrar os gastos com a manutenção do sistema elétrico da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas: subsistema subestações; subsistema de unidades de energia elétrica de emergência; bancos de baterias; carregador/flutuador de baterias; estabilizador; motores elétricos/geradores; motores diesel; no break/short break dinâmico; no break estático; grupo gerador portátil; subsistema distribuição de energia em média tensão; subsistema auxílios visuais; als; avasis; papi; balizamento luminoso; sinalização vertical; farol rotativo; biruta; rcc e tcc; subsistema grupo conversor 400hz; subsistema distribuição de energia em baixa tensão; subsistema de aterramento e proteção contra descargas atmosféricas; subsistema de aquecimento solar MANUTENÇÃO SISTEMA ELETRO-MECÂNICO Registrar os gastos com a manutenção do sistema eletromecânico da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas: subsistema de esteiras rolantes; subsistema de elevadores; elevadores elétricos; elevadores hidráulicos; subsistema de portas e portões automáticos; subsistema central eletro-pneumática; subsistema de dilacerador de pneus; subsistema de pontes de embarque e desembarque; subsistema de incineração de lixo; subsistema transelevadores; subsistema ar condicionado individual; subsistema de ar condicionado central; centrífuga; chiller/compressores; controle e tratamento físico/químico da água; motobomba; maquina self contained; fan coil; torre de resfriamento; subsistema de refrigeração; câmara frigorífica; bebedouro; freezer; subsistema de ar condicionado para aeronaves; subsistema esteira transportadora de bagagens; subsistema esteira distribuidora de bagagens MANUTENÇÃO SISTEMA ELETRÔNICO Registrar os gastos com a manutenção do sistema eletrônico da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas em se tratando de aeroportos: subsistema de balanças eletrônicas; subsistema de circuito fechado de TV (também chamado de tv de vigilância e tv pátio); subsistema de docagem de aeronaves; subsistema central horária; subsistema de inspeção de bagagens e passageiros; pórticos detectores de metais; raios-x de bagagens de mão; raios-x de bagagens de porão; subsistema rede de comunicações aeroportuárias; subsistema informática, subsistema gerenciador de utilidades de energia; subsistema automação; subsistema de detecção e alarme de incêndio; subsistema informativo de voos; subsistema de telefonia; central telefônica; rede telefônica; aparelhos

13 telefônicos; subsistema de sonorização; subsistema audiovisual. Em se tratando de navegação aérea e proteção ao voo é composto dos seguintes subsistemas: subsistema vhf am monocanal; subsistema vhf am integrado; subsistema hf-ssb; subsistema gravador multipista; subsistema radar; subsistema ndb; subsistema vor; subsistema dme; subsistema vhf df; subsistema ils; subsistema console de áudio; subsistema atis MANUTENÇÃO SISTEMA MECÂNICO Registrar os gastos com a manutenção do sistema mecânico da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas: subsistema de veículos de passageiros e carga; subsistema de veículos e equipamentos especiais e de apoio; bobcat; caminhão poliguindaste; caminhão hidrabasket; caminhão limpa-pista; plataforma elevatória; varredoura; hovercraft; lanchas; roçadeira; torre móvel de iluminação de emergência; caminhão de hidrojateamento; subsistema de veículos de combate a incêndios (CCI); subsistema de equipamento de transporte de carga; empilhadeira; plataforma; pallet; talha elétrica; ponte rolante MANUTENÇÃO SISTEMA METEOROLÓGICO Registrar os gastos com a manutenção do sistema meteorológico da Infraero. Este sistema é composto dos seguintes subsistemas: subsistema estação meteorológica de superfície classe 1 (ems1); subsistema estação meteorológica de superfície classe 2 (ems2); subsistema estação meteorológica de superfície classe 3 (ems3); subsistema estação meteorológica de altitude (ema); gerador de hidrogênio MOVIMENTAÇÃO DE CARGA TECA Registrar os gastos com os serviços relativos à movimentação e/ou manuseio de cargas e de auxílio às atividades operacionais desenvolvidas nos terminais de carga da Infraero OPERAÇÃO SIV Registrar os gastos com o Sistema de Informação de Vôo - SIV PROTEÇÃO À AVIAÇÃO CIVIL Registrar os gastos com serviços auxiliares de transportes aéreos, regulamentados pelo comando da aeronáutica, denominados de proteção tais como: técnicos de inspeção de passageiros, bagagens de mão e de porão, controle de acessos, patrulhamento móvel para atuação em áreas externas (pátio, área perimetral e calçadas) e proteção de cargas, no aeroporto e terminal de cargas da Infraero SERVIÇO DE TRANSPORTE ADMINISTRATIVO Registrar os gastos com transporte de empregados, equipamentos e cargas nas unidades da Infraero, bem como locação de veículos com motoristas SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Registrar os gastos com a mão-de-obra especializada e serviços contínuos de processamento de dados, analista de sistema, programador, digitador, confecção e impressão de

14 boletos de cobrança, suporte técnico, assistência técnica, manutenção preventiva e corretiva em programas de computação, licença e renovação de direito de uso de programas de computação SERVIÇOS JURÍDICOS Registrar os gastos com serviços jurídicos, tal qual a contratação de uma empresa ou pessoa especialista para defender uma causa, etc TRANSPORTE DE PASSAGEIROS NO PÁTIO Registrar os gastos com transporte de passageiros no pátio de manobras nas unidades da Infraero ADMINISTRAÇÃO DE ESTACIONAMENTOS Registrar os gastos com a administração dos estacionamentos por terceiros nas unidades da Infraero ATENDIMENTO A PASSAGEIROS E BALCÃO DE INFORMA- ÇÕES Registrar os gastos com serviços referente ao atendimento a passageiros e balcão de informação nas unidades da Infraero MOVIMENTAÇÃO DE CARRINHOS E TRANSP. DE BAGA- GENS. Registrar os gastos com serviços referentes à movimentação de carrinhos e transporte de bagagens nas unidades da Infraero SERVIÇOS BANCÁRIOS CONTÍNUOS UTILIDADES E SERVIÇOS São as despesas referentes ao consumo de serviços e utilidades fornecidos pelas concessionárias de serviços, indispensáveis ao desenvolvimento das atividades da empresa. É composto das seguintes contas: ÁGUA E ESGOTO Registrar os gastos com consumo e tratamento de água, coleta de esgoto, análise fisioquímica, bacteriológica, microbiológica, etc ENERGIA ELÉTRICA Registrar os gastos com tarifa e serviço medido de energia elétrica MALOTES, PORTES E TELEGRAMAS. Registrar os gastos com coleta e entrega de malotes e encomendas específicas, via SERCA ou SEDEX, inclusive taxas de conservação e utilização dos mesmos, portes de correspondência, registros postais, telegramas, radiogramas, porte telecomunicações de banco, etc.

15 REMOÇÃO DE LIXO Registrar os gastos com coleta de lixo e remoção de detritos industriais, tratamento e destinação final de lixo e resíduos nas unidades da Infraero TELEFONIA FIXA Registrar os gastos com tarifas e serviços telefônicos medidos, inclusive ficha para telefone, telex, fax, vip-net, vip-phone, etc TELEPROCESSAMENTO Registrar os gastos com tarifas e serviços medidos relacionado com as linhas REMPAC e REMAV utilizadas para transmissão de informações pela informática, assinatura de acesso à Internet (provedor) TELEFONIA MÓVEL Registrar os gastos com tarifa e serviços telefônicos de aparelhos celulares, cartão de recarga, etc TV POR ASSINATURA Registrar os gastos com televisão por assinatura a cabo ou via satélite, etc DESPESAS GERAIS São as despesas diversas e necessárias para a gestão da empresa, que se constituem de várias atividades que beneficiam os negócios da empresa. É composto das seguintes contas: ASSINATURA DE PERIÓDICOS Registrar os gastos com assinatura temporária ou permanente de, jornais, revistas e publicações técnicas, inclusive assinaturas eletrônicas (meio magnético, on-line, etc). Serviços de clipagem, compilações publicadas em jornais e revistas, etc ATIVIDADES SOCIAIS E RECREATIVAS Registrar os gastos com os eventos internos, com realização de atividades sociais e recreativas, tais como: atividades da Cipa, inclusive a SISPAT, posses, homenagens, i- naugurações e aquisição de placas comemorativas, excetuando aqueles relacionados com programas e ações de utilidade pública governamentais (Programa Infraero Social), que deverão ser apropriados em conta específica UNIFORMES EM GERAL Registrar os gastos com serviços de alfaiataria e costura.

16 CONTRIBUIÇÃO E DONATIVOS Registrar os gastos com contribuições e anuidades a entidades de classe em geral, exemplo: OAB, CRC,) desde que amparados por área competente. Gastos com direitos autorais ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição ECAD, etc CUSTAS E DILIGÊNCIAS Registrar os gastos com custas devidas aos serventuários da Justiça Civil e Militar, nos termos do regimento de custas e diligências e em virtude de sentenças; salários e honorários dos avaliadores e peritos judiciais e outras decorrentes de qualquer natureza, bem como despesas de cartório e certidões em geral, vistos em passaportes, autenticações por cartório, autenticação de livros diários, etc DESCONTOS CONCEDIDOS Registrar os gastos com descontos concedidos a terceiros sobre direitos recebidos DIÁRIAS DE VIAGEM DOMÉSTICAS Registrar os gastos com diárias domésticas pagas a dirigentes e empregados da Infraero pela prestação de serviços fora de seu domicílio, exceto os gastos com programa de formação profissional e convênios SCI ESTACIONAMENTO E PEDÁGIO Registrar os gastos com estacionamento e pedágio, quando da utilização dos mesmos por empregados a serviço da Infraero FRETES E CARRETOS Registrar os gastos com transportes de valores, equipamentos, material em geral, embalagens, armazenagem e seguro de transporte, quando incluso no conhecimento, transporte de mudança de empregados, etc HOSPEDAGENS E ESTADAS Registrar os gastos com aluguéis temporários de imóveis em geral e gastos com residência temporária não contratada, tais como: taxa de alojamento, diária de hotel (exceto programa de formação profissional), etc INDENIZAÇÕES DIVERSAS Registrar os gastos com indenizações pagas a terceiros, decorrente de cláusula contratual ou de sinistros de responsabilidade da empresa LANCHES E REFEIÇÕES Registrar os gastos com serviços eventuais de fornecimento de lanches e refeições, inclusive fornecimento ao pessoal da SCI, exceto os gastos com Programa de Alimentação do Trabalhador.

17 LAVANDERIA Registrar os gastos com lavagens de roupas de cama, mesa, banho, cortina, tapetes, inclusive da SCI PASSAGENS DOMÉSTICAS Registrar os gastos com passagens aéreas, rodoviárias, fluviais e ferroviárias domésticas, exceto os gastos com programa de formação profissional e convênios SCI PERDAS DIVERSAS Registrar os gastos com regularização de inventário, extravio ou danos causados a bens da Infraero, exceto bens patrimoniais, bem como a baixa residual do preço médio unitário, quando não caracterizada a responsabilidade de terceiros PUBLICAÇÕES OFICIAIS Registrar os gastos com publicações de demonstrações financeiras, atas, avisos de licitação, editais de concorrência, publicação de balanço, avisos de licitação, etc REPOSIÇÕES, RESTITUIÇÕES E INDENIZAÇÕES. Registrar os gastos com pagamentos de valores a título de restituição/indenização por danos causados a terceiros REPRESENTAÇÃO SOCIAL Registrar os gastos com a representação da Infraero junto a terceiros, tais como almoços, jantares, homenagens e outras de natureza similar realizados pelo Presidente, Diretores e Superintendentes Regionais, Adjuntos e de Aeroportos e Gerentes de Aeroportos do grupo V SERVIÇOS GRÁFICOS E REPROGRAFIA, EM GERAL. Registrar os gastos com fotocópias, fotostáticas ou heliográficas e encadernações, serviços gráficos em geral, tais como: impressão personalizada com a logomarca da Infraero de agendas, troféus, calendários, adesivos, cartilhas, bandeiras, canetas, formulários contínuos, confecção de chaveiros, carimbos, placas, sinalização visual, confecção de quadros/molduras e congêneres REVELAÇÕES E AMPLIAÇÕES Registrar os gastos com serviços de revelação de fotos e filmes, cópias e ampliações de fotos, reprodução de fitas sonoras e de vídeo, música ambiente, aluguel de equipamentos de gravação, sonorização, solenidade, imagem para produção de vídeo, confecção de álbum fotográfico, etc SEGUROS EM GERAL Registrar os gastos com seguros de responsabilidade civil do controlador de trafego aéreo, e de bens da empresa e seguro obrigatório dos veículos automotores (DPVAT),

18 seguros de transportes e de acidentes pessoais e coletivos (APC-BOMBEIROS), exceto os gastos com seguro de vida em grupo SERVIÇO MÉDICO HOSPITALAR E FUNERÁRIOS Registrar os gastos com exames médicos para admissão, demissão, periódicos e serviços de assistência médica, reembolso de compra de medicamentos e despesas médica ambulatoriais e laboratoriais com: bolsistas, alunos e estagiários, gastos com despesas funerárias, coroa de flores, despesas médicas, (exceto as despesas referente ao programa de assistência médica Infraero-Pami), etc SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS Registrar os gastos com mão-de-obra especializada e serviços eventuais, tais como: levantamento cartográfico, prospecção e análise de dados geográficos, fotográficos e aerofotográficos, auditoria externa, pareceres, analista de sistema, programador, tradução de textos, avaliação de imóveis, processamento de dados, confecção de painéis e esculturas não removíveis, aquisição de certificado digital, pesquisas de satisfação de opinião pública de usuários e passageiros, etc TAXA ADMINISTRAÇÃO DO SUCOTAP Registrar os gastos com o processamento de cobranças de tarifas aeroportuárias pelo Sistema Unificado de Cobrança de Tarifas Aeroportuárias (SUCOTAP), relativos às receitas próprias da Infraero TRANSPORTES URBANOS Registrar os gastos com passagens de ônibus, metrô, táxi e outros transportes utilizados a serviço da INFRAERO, exceto os gastos com programa de vale-transporte SINALIZAÇÃO SEGURANÇA E PROTEÇÃO Registrar os gastos com serviços destinados à sinalização horizontal e vertical LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS Registrar os gastos com locação de máquinas e equipamentos não enquadrados como Serviços Contratados e Locações, tais como: compactadores, compressores, misturadores, veículos em geral, tratores, ônibus para transportes de passageiros, frete de aeronaves, containers, etc CONTRATAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA Registrar os gastos com mão-de-obra não enquadrada em Serviços Técnicos Especializados ou Serviços Contratados e Locações, tais como: datilógrafos, digitadores, despachantes, etc SERVIÇOS BANCÁRIOS Registrar os gastos com serviços de autenticações de documentos bancários, tais como: bloquetes, cheques, documentos de terceiros, etc.

19 FEIRAS, EXPOSIÇÕES E EVENTOS. Registrar os gastos em geral referentes a eventos externos, como: feiras, exposições e todo gasto referente a esses eventos, como: aluguéis de área, de mesas e cadeiras; serviços de montagens de stands e tendas; com a instalação de aparelhos de telefone, facsímile, TV, videocassete, DVD, refrigerador, computador e outros aparelhos que se fizerem necessários; com a contratação de serviços de atendimento ao público e Buffet; com o aluguel de veículo de serviço e de representação, com taxas (água, luz, telefone, fax, etc.) e com a produção de material promocional (back-light, banners, folders, testeira, etc), bem como registrar os gastos com inscrições e taxas com vistos de empregados para participarem em eventos do Airport Council International ACI, que não se enquadrem no Programa de Formação Profissional, e inscrição da Infraero em Concursos DESPESAS GERAIS FUNDO FIXO DE CAIXA Registrar os gastos com despesa gerais pagas com fundo fixo de caixa MANUTENÇÃO DE BENS IMOVEIS DESPESAS GERAIS Registrar os gastos com despesas gerais para manutenção de bens imóveis próprios e da União e locados de terceiros privados ou de outras esferas públicas TAXAS SEM REPASSE TARIFA DE EMBARQUE Registrar os gastos com taxa cobrada pelas Companhias Aéreas quando do repasse para a Infraero da referida tarifa PROGRAMA INFRAERO SOCIAL Registrar os gastos com programas e ações de utilidade pública governamentais (Projetos Sociais) DIÁRIAS DE VIAGEM INTERNACIONAIS Registrar os gastos com diárias internacionais pagas aos dirigentes e empregados da Infraero pela prestação de serviços fora de seu domicílio, exceto os gastos com programa de formação profissional e convênios SCI LOCAÇÃO DE AERONAVES Registrar os gastos com locação temporária de aeronaves LOCAÇÃO DE SALAS Registrar os gastos com locação temporária de salas PASSAGENS INTERNACIONAIS Registrar os gastos com passagens aéreas, rodoviárias, fluviais e ferroviárias internacionais, exceto os gastos com programa de formação profissional.

20 PATROCÍNIO Registrar os gastos com patrocínio de eventos culturais e esportivos, incentivados conforme Lei Rouanet ou outros patrocínios não incentivados PUBLICIDADE DE UTILIDADE PÚBLICA Registrar os gastos com o objetivo de informar, orientar, avisar, prevenir ou alertar a população ou segmento da população para adotar comportamentos que lhe tragam benefícios sociais, visando melhorar a sua qualidade de vida PUBLICIDADE INSTITUCIONAL Registrar os gastos com o objetivo de divulgar informações sobre atos, obras e programas das empresas, suas metas e resultados. Exemplo:contratação de Agências de Publcidades para divulgação dos programas da empresa, etc PUBLICIDADE MERCADOLÓGICA Registrar os gastos não exigidos por Lei, porém, que visam à melhoria da imagem da empresa, bem como à promoção de produtos e serviços que atuem numa relação de concorrência no mercado, exemplo:produtos com a marca Aeroshoping, etc MANUTENÇÃO DE BENS MÓVEIS DESPESAS GERAIS Registrar os gastos com despesas gerais para manutenção de bens móveis em geral como: recarga de extintores, etc IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES. São as despesas com impostos, taxas e contribuições para órgãos federais, estaduais, municipais e entidades diversas. É composto das seguintes contas: CONTRIBUIÇÃO SOCIAL Registrar os recolhimentos da contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL) apurada trimestralmente pela Empresa, conforme legislação específica IRRF SOBRE APLICAÇÕES FINANCEIRAS Registrar as parcelas do imposto de renda devido sobre aplicações financeiras, quando tributada exclusivamente na fonte IPTU Registrar os gastos com impostos sobre imóveis de propriedade da INFRAERO, quando não ocupado por terceiros IPVA E LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS Registrar os gastos com impostos sobre a propriedade de veículos e demais taxas para licenciamento, exceto seguro e serviço de despachante.

21 MULTAS Registrar os gastos com multas sobre impostos (IRRF, INSS, FGTS, salário - educação, IPTU, IPVA, ICMS, etc.), quando não caracterizada a responsabilidade de terceiros, devidamente autorizados pelo diretor Financeiro ou diretor da área envolvida, ou valores abaixo de R$10,00 (dez reais) PASEP Registrar os recolhimentos para o programa de patrimônio do servidor público (PASEP) sobre as receitas financeiras e outras operacionais, deduzidas as anulações, restituições e cancelamentos de receitas de exercícios anteriores, exceto dividendos e recuperação de despesas que não representem ingressos de novos recursos TAXA DE TELECOMUNICAÇÃO/LICENÇA DE FUNCIONA- MENTO/AFERIÇÃO DE BALANÇA Registrar os gastos com taxas pagas ao DENTEL, às prefeituras para obtenção da licença para funcionamento, e para aferição de balança INSS AUTÔNOMOS - PATRONAL Registrar os recolhimentos ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) relativos aos serviços prestados por pessoa física autônoma CONTRIBUIÇÃO SINDICAL Registrar os gastos referentes ao pagamento de contribuições patronais OUTROS IMPOSTOS E TAXAS Registrar as despesas referentes a outros impostos e taxas que não se enquadrem nas outras contas específicas, inclusive taxa de vistoria dos bombeiros para Aeroportos em pleno funcionamento, taxas ANAC, ANATEL, ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e outras taxas COFINS Registrar o recolhimento referente à contribuição para a seguridade social (COFINS) sobre as receitas financeiras e outras operacionais, deduzidas as anulações, restituições e cancelamentos de receitas de exercícios anteriores, exceto dividendos e recuperação de despesas que não representem ingressos de novos recursos INSS - COOPERATIVAS - PATRONAL Registrar o recolhimento referente à contribuição patronal para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), sobre os serviços prestados à empresa por cooperados através de cooperativas TAXA DE ADMINISTRAÇÃO SUCOTAP - PASEP

22 Registrar os gastos com a incidência do Pasep sobre a receita de Taxa de Administração Sucotap ( ) TAXA DE ADMINISTRAÇÃO SUCOTAP - COFINS Registrar os gastos com a incidência da Cofins sobre a receita de Taxa de Administração Sucotap ( ) TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Registrar os gastos com a taxa de iluminação pública DEPRECIAÇÕES E AMORTIZAÇÕES São despesas com depreciação, aquelas correspondem às perdas de valores de bens físicos sujeitos a desgastes, perda de utilidade por uso, ação da natureza e obsolescência e despesas com amortização, aquelas que correspondem às perdas de valores de capital aplicado na aquisição de direitos e utilização de bens por prazo legal ou contratual. É composto das seguintes contas: DEPRECIAÇÃO - ATIVO IMOBILIZADO ATÉ 30/04/2004 Registrar os encargos de depreciação que correspondam ao desgaste ou perda da utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência dos bens de caráter permanente DEPRECIAÇÃO - ATIVO DIFERIDO Registrar os encargos de amortização que correspondam à perda de valor de capital a- plicado na aquisição de direitos e utilização de bens por prazo legal ou contratual DEPRECIAÇÃO BENS IMPORTADOS ATÉ 30/04/2004 Registrar os encargos de depreciação que correspondam ao desgaste ou perda da utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência dos bens importados, que já estão em operação. A conta existe para cumprir exigências das leis nº /2002 e /2003 crédito de Pasep e Cofins DEPRECIAÇÃO ATIVO IMOBILIZADO A PARTIR DE 01/05/2004 Registrar os encargos de depreciação que correspondam ao desgaste ou perda da utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência dos bens de caráter permanente. Essa conta existe para cumprir exigências das Leis nº /2002 e /2003 que concede a esses bens o benefício do crédito de Pasep e Cofins DEPRECIAÇÃO BENS IMPORTADOS A PARTIR DE 01/05/2004 Registrar os encargos de depreciação que correspondam ao desgaste ou perda da utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência dos bens importados, que já estão em operação. A conta existe para cumprir exigências das leis nº /2002 e /2003 crédito de Pasep e Cofins DEPRECIAÇÃO EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA A PAR- TIR DE 01/01/2006

23 Registrar os encargos de depreciação que correspondam ao desgaste ou perda da utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência dos equipamentos de informática, em virtude da inclusão digital. A conta existe para cumprir exigências da lei nº / AMORTIZAÇÃO - ATIVO INTANGÍVEL Registrar os encargos de amortização que correspondam ao desgaste ou perda de valor da utilidade aplicado na aquisição de bens incorpóreos por prazo legal ou contratual ANULAÇÕES DE RECEITAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES Registrar as despesas destinadas às anulações e cancelamentos de receitas registradas em exercícios anteriores. É composto de diversas contas específicas, por tipo de receita tarifária e comercial, cujas descrições são autoexplicativas: ARMAZENAGEM/CAPATAZIA EXPORTAÇÃO ARMAZENAGEM/CAPATAZIA IMPORTAÇÃO COMERCIAIS - PREÇOS ESPECÍFICOS PERMANÊNCIA DOMÉSTICA PERMANÊNCIA INTERNACIONAL POUSO DOMÉSTICO POUSO INTERNACIONAL OUTRAS RECEITAS COM AUX NAV AÉREA - TAN DOMÉSTICA COM AUX NAV AÉREA-TAN INTERNACIONAL COM AUX TERMINAL - TAT DOMÉSTICA COM AUX TERMINAL - TAT INTERNACIONAL ALUGUÉIS E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS EMBARQUE DOMÉSTICO EMBARQUE INTERNACIONAL TECA - DAPE OPER MANUT ADM ESTACOES TERCEIROS TELECOMUNICAÇÕES AERONÁUTICAS VEICULAÇÃO DE INFOR DE NAVEGAÇÃO AÉREA ATENDIMENTO EXTRAORDINÁRIO A AERONAVES INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS TELEFONIA AEROPORTUÁRIA RECEITA FINANCEIRA ENERGIA ELÉTRICA EXPLORADA ÁGUA E ESGOTO EXPLORADOS TRATAMENTO DE LIXO EXPLORADO ESTACIONAMENTO DE VEÍCULOS EXPLORADO TECA - DAPE CARGA EXPORTAÇÃO TECA - CARGA NACIONAL TECA - INTERNAÇÃO CONEXÃO DOMÉSTICA

24 CONEXÃO INTERNACIONAL CURSOS E TREINAMENTO - SEGURANÇA 312 ENCARGOS FINANCEIROS São as despesas bancárias, correção monetária de tributos e outras obrigações, efeitos de conversão de moedas, imposto sobre operações financeiras, imposto sobre movimentação bancária, juros, multas em operações de créditos, perda com variação cambial, etc. É composto das seguintes subgrupos: DESPESAS FINANCEIRAS É composto das seguintes contas: BANCÁRIAS Registrar os gastos com comissões e despesas cobradas pelos bancos e outras instituições financeiras CORREÇÃO MONETÁRIA DE TRIBUTOS Registrar os gastos decorrentes de correção monetária do IRPJ, CSLL, PASEP, CO- FINS, INSS, FGTS, salário educação, INFRAPREV, IRRF, etc IOF Registrar os gastos com imposto de operações financeiras (IOF) sobre operações de crédito JUROS Registrar os gastos com juros de empréstimos e outras operações de crédito e atualização de Tributos pela Selic MULTAS Registrar os gastos com multas por atraso no pagamento de empréstimos e outras operações de crédito, quando não caracterizada a responsabilidade de terceiros, devidamente autorizada pelo Diretor Financeiro VARIAÇÃO CAMBIAL Registrar os gastos decorrentes de devoluções de receitas indexadas pelo dólar ou quaisquer outras moedas estrangeiras (diferença entre o valor original e o total), variação cambial negativa nos recebimentos de clientes, etc CORREÇÃO MONETÁRIA DE OUTRAS OBRIGAÇÕES Registrar os gastos decorrentes de correção monetária do Contas a Pagar, devoluções de receitas indexadas em UFIR ou TRD (diferença entre o valor original e o total), etc JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO Registrar os valores referentes a apropriações de juros sobre o capital próprio que serão pagos aos acionistas, nos termos do parágrafo 1º e 2º do Art.35 do Estatuto Social da Infraero.

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Pará CNPJ: 14.974.293/0001-12 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 922.380,03 665.569,81 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE 541.961,33 188.309,60

Leia mais

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20.

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.425.208,00 2.742.999,95 2.742.999,95 3.682.208,05 CRÉDITO

Leia mais

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64 1.... ATIVO 152.101.493,67 50.040.951,48 153.182.697,98 1.10... ATIVO CIRCULANTE 12.634.079,13 49.780.167,34 14.042.894,83 1.10.10.. DISPONIBILIDADES 10.621.727,62 40.765.261,82 12.080.213,47 1101001 BENS

Leia mais

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5 Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 10.218.906,43 571.837,92 3.904.353,83 6.314.552,60 6.2.2.1.1.01

Leia mais

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.366.25 1.102.995,57 2.609.238,49 3.757.011,51 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES

Leia mais

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções.

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 14.028.00 12.940.689,80 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 13.375.00 1.082.192,20 1.082.192,20

Leia mais

Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010

Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010 Empresa: ASAS DE SOCORRO Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: CONSOLIDADO Emissão: Hora: 0001 0041 01/11/2012 11:40:01 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010 Descrição Receita Operacional

Leia mais

Proposta Orçamentária Exercício 2015

Proposta Orçamentária Exercício 2015 Página : 1 1.0.00.00 - RECEITAS CORRENTES 1.954.000,00 1.1.00.00 - RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.540.663,00 1.1.01.00 - ANUIDADE 1.540.663,00 1.1.01.01 - ANUIDADE DO EXERCICIO 1.035.137,00 1.1.01.01.01 -

Leia mais

4.1.5 RECEITAS PATRIMONIAIS

4.1.5 RECEITAS PATRIMONIAIS 1 ORÇAMENTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2012 DEMONSTRATIVO ANALÍTICO DA RECEITA CATEGORIA ECONÔMICA CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO DOTAÇÃO 4 RECEITAS 8.859.280,00 4.1 RECEITAS CORRENTES

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 2.600.000,00 238.142,92 1.067.781,32 41,07 1.532.218,68 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 2.172.925,79 205.317,79

Leia mais

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA.

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. DEMONSTRATIVO ANALÍTICO DA RECEITA EXERCÍCIO BASE 1000.00.00 1200.00.00 1210.00.00 1210.40.00 1210.40.10

Leia mais

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949.

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949. COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949.690,27 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.370.000,00 324.736,22

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada 6.2.2.1.1.01.03.08 - JUROS E ENCARGOS DE MORA. 6.2.2.1.1.01.03.08.001 - Juros e Encargos de Obrigações Tributárias

Comparativo da Despesa Empenhada 6.2.2.1.1.01.03.08 - JUROS E ENCARGOS DE MORA. 6.2.2.1.1.01.03.08.001 - Juros e Encargos de Obrigações Tributárias Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76 Comparativo da Empenhada 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 9.203.231,79 2.660.301,37 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO DISPONÍVEL

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2013 a 31/12/2013 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 23.529.630,47 354.627,97 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 4.500.00 3.539.976,99 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 3.533.00 955.295,01 955.295,01

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMOVEIS - 4ª REGIÃO RUA CARIJOS 244 10º ANDAR EDIFICIO WALMAP BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3271-6044 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do : 2014 : 01/01/2014

Leia mais

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita CEARA Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará Exercício 2010 Demonstrativo Analítico da Receita CATEGORIA ECONÔMICA CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO DOTAÇÃO (R$) 4 RECEITAS 8.727.000,00 4.1 RECEITAS

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2014 a 31/12/2014 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 22.971.460,84 6.546.770,91 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RECEITAS 1 - O Orçamento do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro para o exercício financeiro de 2013, estima a receita em R$ 16.122.900,00 e fixa sua despesa em igual importância. 2 - A

Leia mais

PLANO DE CONTAS COMENTADO RECEITAS

PLANO DE CONTAS COMENTADO RECEITAS PLANO DE CONTAS COMENTADO RECEITAS 4- RECEITAS Compreende a remuneração pelos serviços prestados e também os oriundos de outras atividades acessórias (aplicações financeiras, venda de bens, etc). É composto

Leia mais

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5 Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.929.386,19 14.609.228,50 14.609.228,50 1.320.157,69 6.2.2.1.1.31

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA Conselho Regional de Psicologia / ES CNPJ: 06.964.242/0001-81 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.687.048,66 1.151.487,32 1.151.487,32 535.561,34 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE

Leia mais

PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA 2014/2015 Mar/14 Abr/14 Mai/14 Jun/14 Jul/14 Ago/14 Set/14 Out/14 Nov/14 Dez/14 Jan/15 Fev/15 Totais %Reajuste

PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA 2014/2015 Mar/14 Abr/14 Mai/14 Jun/14 Jul/14 Ago/14 Set/14 Out/14 Nov/14 Dez/14 Jan/15 Fev/15 Totais %Reajuste 1 Despesas 1.01 - Contratos e Manutenção PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA 2014/2015 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ % R$ 1.01.01 Elevadores 13.400,00 13.400,00 13.400,00 13.400,00 13.400,00 13.400,00 13.400,00

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2014 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4ª REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/10/2014

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2014 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4ª REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/06/2014

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga

Comparativo da Despesa Paga Conselho Regional de Medicina Veterinária de MS CN: 03.981.172/0001-81 Comparativo da Paga Período: 01/01/2014 a 31/12/2014 CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 4.933.457,03 2.276.488,44 DESPESAS CORRENTES 3.390.110,50

Leia mais

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras No ano de 2012 o Londrina Country Club atualizou o plano de contas de sua demonstração de resultado. O objetivo é atualizar a nomenclatura das contas permitindo

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 6.075.000,00 385.244,45 3.028.821,45 49,86 3.046.178,55 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.949.000,00 295.008,08

Leia mais

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual Diário :18 Folha: 222 R E C E I T A S OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS OUTRAS RECEITAS RECEITAS DE ALUGUEIS RECEITA DE LOCAÇÃO 3-2-09-01-03 9 500,00C =RECEITAS DE ALUGUEIS ********500,00C =OUTRAS RECEITAS

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE I DE SANTA CATARINA - 11ª REGIÃO RUA TRAJANO - 279 - ED. TRAJANUS - 1º E 2º ANDARES - FLORIANÓPOLIS -SC Telefone: (48) 3203-9200 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Leia mais

CRM/SC. Comparativo da Despesa Liquidada CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/5 OU FUNÇÃO

CRM/SC. Comparativo da Despesa Liquidada CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/5 OU FUNÇÃO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.170.00 1.795.345,62 3.134.978,61 12.035.021,39 PESSOAL

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2013 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4A REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/01/2013

Leia mais

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009 - 1 - ATIVO = Nossos bens e Direitos No Ativo do Sindicato temos as seguintes contas: - Caixa: É o que está disponível na Tesouraria para pagamento de pequenas despesas. - Banco Conta Movimento: O Sindicato

Leia mais

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente.

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente. CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 18.718.78 3.991.255,30 3.991.255,30 14.727.524,70 6.2.2.1.1.31 - PESSOAL E ENCARGOS

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Sergipe CNPJ: 14.817.219/0001-92 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.148.289,97 885.632,24 DESPESA CORRENTE 948.289,97 685.632,24 PESSOAL

Leia mais

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar A seguir um modelo de Plano de Contas que poderá ser utilizado por empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, com as devidas adaptações: 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponível 1.1.1.01

Leia mais

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011 4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 RECEITA OPERACIONAL 22.561.107,38 RECEITA DE MENSALIDADE DE ASSOCIADOS 1.353.124,41 Mensalidades 1.343.952,41 Anuidade

Leia mais

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5 Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 6.780.80 2.392.725,12 2.392.725,12 4.388.074,88 VENCIMENTOS E VANTAGENS

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 1.802.123,32 1.802.123,32 8.256.484,68 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

ANEXO I PLANO DE CONTAS BÁSICO

ANEXO I PLANO DE CONTAS BÁSICO ANEXO I PLANO DE CONTAS BÁSICO Conta do ATIVO 1 ATIVO 1. Circulante 1.. Disponível 1.. Realizável 1... Créditos 1... Estoques 1... Combustíveis 1... Lubrificantes 1... Peças, Acessórios, Materiais 1...

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 743.489,20 2.545.612,52 7.512.995,48 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Página: 1 RELAÇÃO DE CONTAS CADASTRADAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Página: 1 RELAÇÃO DE CONTAS CADASTRADAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Página: 1 1000000000 RECEITAS CORRENTES 1300000000 RECEITA PATRIMONIAL 1310000000 Receitas Imobiliárias 1311000000 Aluguéis 1312000000 Arrendamentos 1315000000

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Ano Base: 2012 Demonstrativo da Proposta da Despesa

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Ano Base: 2012 Demonstrativo da Proposta da Despesa 0100 - ATIVIDADE DE APOIO ADMINISTRATIVO 20780 - Preservação do Patrimônio Público 0001 - Rio Grande do Norte Assegurar os recursos orçamentários necessários à cobertura de despesas com a conservação do

Leia mais

CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011

CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011 Empresa: ASAS DE SOCORRO Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: CONSOLIDADO Emissão: Hora: 0001 0042 01/11/2012 11:36:58 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011 Descrição Receita Operacional

Leia mais

Comparativo de Despesas Abril/2015

Comparativo de Despesas Abril/2015 Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level» Fifth level Comparativo de s Abril/2015 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CNPJ: 14.702.767/0001-77 Comparativo da Liquidada

Leia mais

ABPI-TV - DEMONSTRATIVO DE CAIXA - APURAÇÃO. Outubro 2012 CONSOLIDADO ABPI-TV R$ % R$ % SUPORTE ENTRADAS

ABPI-TV - DEMONSTRATIVO DE CAIXA - APURAÇÃO. Outubro 2012 CONSOLIDADO ABPI-TV R$ % R$ % SUPORTE ENTRADAS ABPI-TV - DEMONSTRATIVO DE CAIXA - APURAÇÃO Outubro CONSOLIDADO ABPI-TV R$ % R$ % SUPORTE RealScreen Summit RealScreen Summit KidScreen Summit KidScreen Summit MipTv MipTv MIPDOC ENTRADAS Receitas Operacional

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 1.569.128,55 DESPESA CORRENTE 1.082.835,00 832.937,49

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 102.069,64 491.340,38 1.327.685,68 DESPESA CORRENTE

Leia mais

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007 PLANO DE S FOLHA: 000001 1 - ATIVO 1.1 - ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 - DISPONÍVEL 1.1.1.01 - BENS NUMERÁRIOS 1.1.1.01.0001 - (0000000001) - CAIXA 1.1.1.02 - DEPÓSITOS BANCÁRIOS 1.1.1.02.0001 - (0000000002)

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO (-) RESULTADO LIQUIDO DO PERIODO R$ (1.530.403,65) (-) RESULTADO OPERACIONAL R$ (2.277.862,58) RECEITA OPERACIONAL R$ 14.478.475,92 RECEITA BRUTA R$ 16.039.707,46 RECEITA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO R$ 7.649.244,47

Leia mais

Orientações para Trâmites dos Projetos com recursos da UDESC

Orientações para Trâmites dos Projetos com recursos da UDESC Orientações para Trâmites dos Projetos com recursos da UDESC 1. Introdução Serão considerados projetos com recursos da UDESC para fins destas orientações aqueles que integram: 1.1 Programa de Apoio à Pesquisa

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESPÍRITO SANTO CCAF RESOLUÇÃO Nº 83, DE 29 DE JANEIRO DE 2013.

CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESPÍRITO SANTO CCAF RESOLUÇÃO Nº 83, DE 29 DE JANEIRO DE 2013. CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESPÍRITO SANTO CCAF RESOLUÇÃO Nº 83, DE 29 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta a relação dos itens financiáveis e não financiáveis O CONSELHO

Leia mais

Definições Principais Contas

Definições Principais Contas Anexo II Definições Principais Contas 11215003 Adiantamento Fornecedores Div Sede 11221002 Cemitério Ecumênico João XXIII Sede 11221003 Cemitério Ecumênico P das Araucárias Sed 41130000 DESPESAS COM RECURSOS

Leia mais

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 9.096.705,00 1.160.866,36 5.292.300,77 58,18-3.804.404,23

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 9.096.705,00 1.160.866,36 5.292.300,77 58,18-3.804.404,23 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2010 Pág. : 1 1 RECEITAS CORRENTES 9.096.705,00 1.160.866,36 5.292.300,77 58,18-3.804.404,23 1.1 RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 7.700.860,00 957.386,27

Leia mais

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 165.923,00 2.900.415,07 102,67 75.488,07

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 165.923,00 2.900.415,07 102,67 75.488,07 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Novembro - 2010 Pág. : 1 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 165.923,00 2.900.415,07 102,67 75.488,07 1.1 RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.947.198,00 31.589,59

Leia mais

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 206.551,39 2.734.492,07 96,80-90.434,93

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 206.551,39 2.734.492,07 96,80-90.434,93 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Outubro - 2010 Pág. : 1 1 RECEITAS CORRENTES 2.824.927,00 206.551,39 2.734.492,07 96,80-90.434,93 1.1 RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.947.198,00 66.795,27

Leia mais

============================================================================================================================

============================================================================================================================ 01/02/2015 a 28/02/2015 Folha:1 1 203 Ativo 27.205.825,51 33.646.052,26 31.176.612,07-29.675.265,70 1.01 204 Circulante 21.524.160,64 32.787.953,60 30.593.987,96-23.718.126,28 1.01.01 205 Caixa e Equivalentes

Leia mais

RECEITA 1.397.199,55 RECEITAS OPERACIONAIS 1.397.199,55 RECEITA BRUTA 1.375.440,93

RECEITA 1.397.199,55 RECEITAS OPERACIONAIS 1.397.199,55 RECEITA BRUTA 1.375.440,93 Folha: 1 RECEITA 1.397.199,55 RECEITAS OPERACIONAIS 1.397.199,55 RECEITA BRUTA 1.375.440,93 RECEITAS PROJETOS 1.375.440,93 Projeto - Nucleo São José SEITEC 104.500,00 Projeto - IGKombi 12.158,34 Projeto

Leia mais

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE PLANO DE CONTAS Associações, Sindicatos e Outras Entidades. 1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/ Movimento 1.1.1.3. Aplicações Financeiras 1.1.2. Créditos

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA/MARANHÃO CNPJ: 06.353.247/0001-78 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 4.554.868,00 230.071,61 1.957.394,21 2.597.473,79 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA/MARANHÃO CNPJ: 06.353.247/0001-78 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 4.554.868,00 206.153,40 2.934.858,03 1.620.009,97 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO ELETRÔNICA

SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO ELETRÔNICA Manual de Acesso a SPe Página 1 de 36 Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ACESSO... 3 2.1 COMO ACESSAR O SISTEMA FORMULARIOS ELETRONICOS... 4 2.2 LOGIN... 8 3 MENU DE OPÇÕES... 10 4 STATUS DA APLICAÇÃO... 14 5

Leia mais

CRM/SC. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/9

CRM/SC. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/9 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 13.625.00 860.770,02 6.859.443,87 6.765.556,13 PESSOAL E ENCARGOS

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D Diário:6 Folha: 12 [7]ATIVO [14]ATIVO CIRCULANTE [21]CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA [28]CAIXA [35]CAIXA 6.053,07D 200.073,85 179.146,19 26.980,73D =CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19

Leia mais

SICOOB - Contabilidade. Período: 01/08/2013 a 31/08/2013. Conta Cod. Red. Descrição da Conta Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

SICOOB - Contabilidade. Período: 01/08/2013 a 31/08/2013. Conta Cod. Red. Descrição da Conta Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 1.0.0.00.00-7 CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 58.764.189,56 169.901.510,67 169.746.419,72 58.919.280,51 1.1.0.00.00-6 DISPONIBILIDADES 469.845,67 62.841.447,38 62.796.662,79 514.630,26 1.1.1.00.00-9

Leia mais

SICOOB - Contabilidade. Período: 01/12/2010 a 31/12/2010. Conta Cod. Red. Descrição da Conta Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

SICOOB - Contabilidade. Período: 01/12/2010 a 31/12/2010. Conta Cod. Red. Descrição da Conta Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 1.0.0.00.00-7 CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 9.671.194,34 29.326.303,91 29.462.756,13 9.534.742,12 1.1.0.00.00-6 DISPONIBILIDADES 80.215,82 11.749.129,63 11.810.017,76 19.327,69 1.1.1.00.00-9 CAIXA

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 42.807.744,57D 5.912.830,23 5.858.043,39 42.862.531,41D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.202.794,33D 5.390.052,54 5.127.142,48 2.465.704,39D 30 T

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações), instituiu a Demonstração do Resultado do Exercício. A Demonstração do Resultado

Leia mais

CRM/SC. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/9 OU FUNÇÃO

CRM/SC. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/9 OU FUNÇÃO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.150.90 716.696,32 8.877.940,71 6.272.959,29 PESSOAL E ENCARGOS

Leia mais

4. VALORES LIMITE DE PARTICIPAÇÃO DO SEBRAE-PE (IN-28, item 13 e subitens):

4. VALORES LIMITE DE PARTICIPAÇÃO DO SEBRAE-PE (IN-28, item 13 e subitens): O presente material foi elaborado para auxiliar as entidades parceiras na elaboração das prestações de contas de convênios. O material aqui apresentado foi extraído da Instrução Normativa 28 do SEBRAE/PE,

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Descanso Semanal Remunerado - D.S.R. JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA CONTRATUAL JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA MOBILIARIA

Comparativo da Despesa Paga. Descanso Semanal Remunerado - D.S.R. JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA CONTRATUAL JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA MOBILIARIA Conselho Regional de Psicologia 10ª Região - Pa/Ap - CRP10 CNPJ: 37.115.540/0001-20 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 2.998.282,84 963.841,29 963.841,29 2.034.441,55 CRÉDITO DISPONÍVEL

Leia mais

Código Especificação Desdobramento da Despesa da Despesa

Código Especificação Desdobramento da Despesa da Despesa Estado do Paraná da Despesa Segundo as Categorias Econômicas Folha: 1 Grupo de 3.0.00.00.00.00.00 DESPESAS CORRENTES 2.473.028,67 3.1.00.00.00.00.00 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 1.262.830,59 3.1.71.00.00.00.00

Leia mais

CENTRAIS DE ABAST. CEARA S/A * Balancete Mensal * COMPETENCIA: ABR/2015 DT.EMIS: 16/06/15 PAG:00001

CENTRAIS DE ABAST. CEARA S/A * Balancete Mensal * COMPETENCIA: ABR/2015 DT.EMIS: 16/06/15 PAG:00001 CENTRAIS DE ABAST. CEARA S/A * Balancete Mensal * COMPETENCIA: ABR/2015 DT.EMIS: 16/06/15 PAG:00001 1 ATIVO 7.631.894,06 11 ATIVO CIRCULANTE 5.477.698,67 1101 DISPONIVEL 951.130,31 1101.03 BANCO CONTA

Leia mais

1 Ativo 60.294.189,82D 4.280.106,32D 64.574.296,14D. 1.1 Ativo Circulante 1.680.059,34D 2.772.409,05D 4.452.468,39D

1 Ativo 60.294.189,82D 4.280.106,32D 64.574.296,14D. 1.1 Ativo Circulante 1.680.059,34D 2.772.409,05D 4.452.468,39D FUNDACAO SANTO ANDRE Balancete Contábil Sintético Grau 5 01/01/2010 a 30/06/2010 Pag.: 1 1 Ativo 60.294.189,82D 4.280.106,32D 64.574.296,14D 1.1 Ativo Circulante 1.680.059,34D 2.772.409,05D 4.452.468,39D

Leia mais

ANEXO VIII MODELO PARA APRESENTAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS

ANEXO VIII MODELO PARA APRESENTAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS ANEXO VIII MODELO PARA APRESENTAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS Este Anexo tem por objetivo orientar a elaboração do Plano de Negócios, que compõe a proposta comercial da proponente. O documento deve corresponder

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA/MARANHÃO CNPJ: 06.353.247/0001-78 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 4.554.868,00 622.179,59 1.483.431,01 3.071.436,99 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR

Comparativo da Despesa Paga OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES AUXÍLIO-CRECHE E ASSISTÊNCIA PRÉ- ESCOLAR CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA/MARANHÃO CNPJ: 06.353.247/0001-78 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 4.554.868,00 861.251,42 861.251,42 3.693.616,58 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 1.060.00

Leia mais

Fábio Sarinho Controlador Geral do Município

Fábio Sarinho Controlador Geral do Município Resolução Interadministrativa nº. 001, de 18 janeiro de 2013. A SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS SEMPLA e a CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO - CGM, no uso das atribuições que,

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada GRATIFICAÇÃO POR EXERCÍCIO DE CARGO OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES

Comparativo da Despesa Empenhada GRATIFICAÇÃO POR EXERCÍCIO DE CARGO OU FUNÇÃO GRATIFICAÇÃO POR TEMPO DE SERVIÇO GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÕES CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA/MARANHÃO CNPJ: 06.353.247/0001-78 Comparativo da Empenhada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 5.053.86 958.202,19 958.202,19 4.095.657,81 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 1.453.00

Leia mais

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo Resolução nº 23 de 04/05/12 CAU/BR Portaria Interministerial Nº 507

Leia mais

PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100)

PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100) PORTARIA N o 268, DE 30 DE JULHO DE 2013. (publicada no DOU de 31/07/2013, seção I, página 100) A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2014 CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS 14º REGIÃO/MS RUA RIO GRANDE DO SUL 174 CAMPO GRANDE MS-MS Telefone: (67) 3325-5557 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período:

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO - ANP PORTARIA ANP Nº 11, DE 13 DE JANEIRO DE 1999 (*)

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO - ANP PORTARIA ANP Nº 11, DE 13 DE JANEIRO DE 1999 (*) AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO - ANP PORTARIA ANP Nº 11, DE 13 DE JANEIRO DE 1999 (*) O DIRETOR GERAL DA AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO ANP, no uso de suas atribuições legais, com base na Resolução de Diretoria

Leia mais

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO 111110100000 CAIXA 6,37 0,01 6,36 111120200000 BANCO DO BRASIL S/A 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 111120300000 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE.

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE. GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE. Gerência de Contabilidade Março/2014 APRESENTAÇÃO A finalidade deste guia é orientar

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL Emissão: 25/08/15 17:15 Balancete. Folha: 1 Período: 01/07/15 a 31/07/15. Saldo Anterior.

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL Emissão: 25/08/15 17:15 Balancete. Folha: 1 Período: 01/07/15 a 31/07/15. Saldo Anterior. Folha: 1 A T I V O ATIVO CIRCULANTE DISPONIVEL Caixa 2.418,07 37.578,75 36.160,90 3.835,92 ** total de DISPONIVEL 2.418,07 37.578,75 36.160,90 3.835,92 BANCOS CONTA MOVIMENTO Banco Brasil S/A Ag. 1614-4

Leia mais

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial 100000000 - Ativo 40.014.044,69 1.247.288.939,72 645.839.588,07 641.463.396,34 D 110000000 - Ativo Circulante 15.145.606,97 309.093.371,32 315.398.093,96 8.840.884,33 D 111000000 - Disponivel 15.141.043,39

Leia mais

BALANCETE ANALÍTICO - JUNHO/2015

BALANCETE ANALÍTICO - JUNHO/2015 : 1 1 ATIVO 6.696.323,89D 1.488.250,06 1.434.586,10 6.749.987,85D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.489.543,31D 1.482.146,36 1.418.329,94 4.553.359,73D 1.1.1 DISPONIBILIDADES 4.192.202,67D 1.192.026,76 1.128.756,69

Leia mais

RECEITA 3.540.908,43 RECEITAS OPERACIONAIS 3.519.908,43 RECEITA BRUTA 3.457.452,68

RECEITA 3.540.908,43 RECEITAS OPERACIONAIS 3.519.908,43 RECEITA BRUTA 3.457.452,68 Folha: 1 RECEITA 3.540.908,43 RECEITAS OPERACIONAIS 3.519.908,43 RECEITA BRUTA 3.457.452,68 RECEITAS PROJETOS 3.457.452,68 Projeto - Nucleo São José 1.950,00 Projeto - Nucleo Palhoça 7.579,99 Projeto -

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14

LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14 LISTA DE DOCUMENTOS PROUNI 2014 PORTARIA NORMATIVA Nº2, 06/01/14 DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR O coordenador do ProUni deverá solicitar, salvo em caso de

Leia mais

Balancete Contábil Julho de 2014

Balancete Contábil Julho de 2014 Balancete Contábil Julho de 2014 CNPJ 06.025.140/0001-09 Balancete Consolidado de 31 de Julho de 2014 ATIVO PASSIVO DISPONÍVEL 78 EXIGÍVEL OPERACIONAL 701 Caixa - Gestão Previdencial 442 Bancos c/movimento

Leia mais

Balanço do período de 01/01/13 a 31/12/13

Balanço do período de 01/01/13 a 31/12/13 Balanço do período de 01/01/13 a 31/12/13 DESPESAS 1. DESPESAS COM FUNCIONÁRIOS 63,33% 1.1 Salários e Ordenados 93.723,50 1 1.6 Férias Simples 4.691,30 2 1.7 Décimo Terceiro Salário 6.721,90 3 1.11 Indenização

Leia mais

Art. 2º) A peça orçamentária e parte integrante desta resolução.

Art. 2º) A peça orçamentária e parte integrante desta resolução. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO CONTESTADO FUnC RESOLUÇÃO 01/2010 FUnC Dispõe sobre o orçamento 2010 da FUnC. O Presidente da Fundação Universidade do Contestado, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art.

Leia mais

Ano 2011, Número 215 Brasília, quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ano 2011, Número 215 Brasília, quarta-feira, 16 de novembro de 2011 Página 2 DIRETORIA-GERAL Atos do Diretor-Geral Portaria Plano de Contas dos Partidos Políticos Republicação da Portaria TSE nº 521, de 18 de outubro de 2011, em virtude de incorreções materiais. PORTARIA

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL Emissão: 01/10/15 17:11 Balancete. Folha: 1 Período: 01/08/15 a 31/08/15. Saldo Anterior.

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL Emissão: 01/10/15 17:11 Balancete. Folha: 1 Período: 01/08/15 a 31/08/15. Saldo Anterior. Folha: 1 A T I V O ATIVO CIRCULANTE DISPONIVEL Caixa 3.835,92 46.506,79 48.424,64 1.918,07 ** total de DISPONIVEL 3.835,92 46.506,79 48.424,64 1.918,07 BANCOS CONTA MOVIMENTO Banco Brasil S/A Ag. 1614-4

Leia mais

SALÁRIOS R$ 29.818,04 FÉRIAS R$ 3.493,40 INSS R$ 13.197,15 FGTS R$ 3.066,20

SALÁRIOS R$ 29.818,04 FÉRIAS R$ 3.493,40 INSS R$ 13.197,15 FGTS R$ 3.066,20 AGEPOL - ASSOCIAÇÃO GERAL DOS SERVIDORES DA POLICIA CIVIL DO DF CNPJ: 00.542.621/0001-05 DEMONSTRATIVO FINANCEIRO ABRIL/2015 SALDO INICIAL R$ 148.304,69 RECEITAS MENSALIDADES R$ 144.789,19 EMPRÉSTIMOS

Leia mais

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I).

Imunidade O PIS e a Cofins não incidem sobre as receitas decorrentes de exportação (CF, art. 149, 2º, I). Comentários à nova legislação do P IS/ Cofins Ricardo J. Ferreira w w w.editoraferreira.com.br O PIS e a Cofins talvez tenham sido os tributos que mais sofreram modificações legislativas nos últimos 5

Leia mais

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 SALDO INICIAL TOTAL EM 31/12/2012 268.063,35 DESPESAS 290.766,92 SALDO INICIAL EM BANCO 263.178,39 DESPESAS ASSEJUS 290.766,92 DESPESAS COM PESSOAL 59.853,97 BANCO

Leia mais