PLANO DE CURSO: A IMPORTÂNCIA DA MEDIAÇÃO PELO PROFESSOR NO USO DAS TICS NA EAD PELOS ALUNOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE CURSO: A IMPORTÂNCIA DA MEDIAÇÃO PELO PROFESSOR NO USO DAS TICS NA EAD PELOS ALUNOS"

Transcrição

1 FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FTC EAD ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PLANO DE CURSO: A IMPORTÂNCIA DA MEDIAÇÃO PELO PROFESSOR NO USO DAS TICS NA EAD PELOS ALUNOS FERNANDO ANTÔNIO DE ANDRADE MORAIS Aracaju-SE 2011

2 FERNANDO ANTÔNIO DE ANDRADE MORAIS PLANO DE CURSO: A IMPORTÂNCIA DA MEDIAÇÃO PELO PROFESSOR NO USO DAS TICS NA EAD PELOS ALUNOS Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade de Tecnologia e Ciências FTC EAD, como requisito parcial para a obtenção do título de especialista em educação à distância. Orientador: Prof. Jeudy Machado de Aragão Aracaju- SE 2011

3 Dedico este trabalho a Deus, pelos milagres proporcionados em minha vida. Londrina, de de 20.

4 AGRADECIMENTOS Ao Prof. Jeudy Machado de Aragão, meu orientador, que acompanhou toda esta caminhada, sendo muito atencioso e prestativo.

5 Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo. Mahatma Gandhi

6 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS ÁREA DE CONHECIMENTO DO CURSO PÚBLICO-ALVO MATRIZ CURRICULAR PLANO DE DISCIPLINA PLANO DE DISCIPLINA AVALIAÇÃO EM EAD PLANO DE DISCIPLINA O PAPEL DO PROFESSOR EM EAD PLANO DE DISCIPLINA AS DINÂMICAS DE APRENDIZAGEM EM AMBIEN- 15 VIRTUAIS PLANO DE DISCIPLINA PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO EM EAD PLANO DE DISCIPLINA O USO DAS MÍDIAS NA EAD PLANO DE AULA PLANO DE AULA- AVALIAÇÃO EM EAD PLANO DE AULA- O PAPEL DO PROFESSOR EM EAD PLANO DE AULA- AS DINÂMICAS DE APRENDIZAGEM EM AMBIENTES TES VIRTUAIS PLANO DE AULA- PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO EM EAD PLANO DE AULA-O USO DAS MÍDIAS NA EAD... 25

7 LISTA DE SIGLAS E ABREVIAÇÕES DVD- Disco Digital de Vídeo EAD- Educação a Distância MEC- Ministério da Educação MSN- Microsoft Network TICS Tecnologia da Informação e Comunicação TV -Televisão

8 RESUMO Esse trabalho de conclusão de curso trata da importância da mediação pelo professor no uso das TICS na EAD pelos alunos. Nesse sentido, teve-se como finalidade demonstrar a importância do professor na adequada mediação dos TICs na educação á distância; identificar as práticas do professor que facilitam o uso das TICS na educação possibilitando a construção do conhecimento pelo discente, bem como apresentar os métodos de aprendizagem mediatizadora que permitem o uso educativo das TICs pelo professor na relação estabelecida com o aluno. O Brasil, nos últimos anos, teve tido um crescimento bastante significativo da educação a distancia e isso desperta a necessidade de estudar melhor essa modalidade de ensino, principalmente os aspectos pedagógicos envolvidos, adequando-os a necessária mediação pedagógica. A metodologia escolhida para o desenvolvimento deste trabalho de conclusão de curso foi o plano de curso, construído com base em cinco disciplinas que envolvem o processo de aprendizagem em EAD. As análises feitas, por meio do plano de curso, permitiram constatar que a mediação pedagógica na EAD colabora para que ocorra o efetivo processo de ensino-aprendizagem, desenvolvendo a autonomia do educando e democratização do acesso a educação. Palavras-chaves: Mediação pedagógica, professor, Tecnologia de informação e comunicação (TICS).

9 1. DESENVOLVIMENTO PLANO DE CURSO NOME CURSO: DO A importância da mediação do professor no uso das TICS na educação pelo aluno. 1. INTRODUÇÃO O presente plano de curso traz considerações sobre a importância do papel mediador do professor no uso das TICS na educação pelo aluno, tendo como justificativa promover reflexões sobre o assunto na construção e assimilação do conhecimento por parte do aluno, através do uso das TICS na educação. Atualmente, o Brasil tem acompanhado um crescimento enorme da educação à distância, com abertura de diferentes cursos de graduação, especializações e cursos à distância, sendo necessário em virtude disto aprimorar cada vez mais os métodos e formas deste ensino para assegurar a aprendizagem do aluno. Nesse sentido deve o professor que atua ou deseje atuar no EAD, buscar promover práticas que incentivem a interação e interesse pelo aluno. Por isso, a necessidade do professor conhecer e se aprofundar no estudo desta modalidade de ensino, para assegurar o sucesso da aprendizagem do aluno, visualizando a mediação no EAD e compreendendo as peculiaridades do ensino. Assim, a mediação é necessária nessa modalidade de ensino, já que se volta mais para aprendizagem do aluno, sendo que professor e o aluno não estão próximos fisicamente, logo necessitará diversas estratégias de ensino para que a aprendizagem ocorra,tendo o professor que provocar situações, formular problemas, ampliar as possibilidades de aprendizagem, para que o conhecimento seja assimilado. Para Masetto (2003), mediação pedagógica é a atitude, o comportamento do professor que se coloca como um facilitador, incentivador ou motivador da aprendizagem, que se mostra como uma ponte rolante e não estática entre o aprendiz e a aprendizagem, destacando o diálogo, a troca de experiências, o debate e a proposição de situações-problemas com suas características. Em ambientes de aprendizagem à distância, o professor faz a mediação com as ações do aluno/grupo de alunos, preparando o campo e o ambiente para que ocorra a interação, provocando e/ou facilitando essas ações.

10 2. OBJETIVOS 2.1 OBJETIVO GERAL * Compreender os diferentes perfis de professor e neles encontrar pontos favoráveis que ajudam na motivação e aprendizado do aluno no EAD, tendo como referência a mediação pedagógica necessária nessa modalidade de ensino. 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS o Demonstrar a importância do professor na adequada mediação dos TICs na educação; o Identificar as práticas do professor que facilitam o uso das TICS na educação possibilitando a construção do conhecimento pelo discente; o Apresentar os métodos de aprendizagem mediatizadora que permitem o uso educativo das TICs pelo professor na relação estabelecida com o aluno; 3. ÁREA(S) DE CONHECIMENTO DO CURSO Linguagens, Conhecimento e Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) 4. PÚBLICO-ALVO Destina-se aos profissionais e pesquisadores das mais diversas áreas que se interessem na Educação a Distância.

11 .MATRIZ CURRICULAR Orde m Nome da Disciplina 1 Avaliação em EAD Ementa Estuda o processo e o mecanismo de avaliação no EAD pelo professor/tutor, abordando as questões voltadas à avaliação no processo de ensino-aprendizagem na modalidade à distância. Trata das abordagens epistemológicas empirista, inatista e interacionista com relação à avaliação, dando destaque a avaliação, na perspectiva Piagetiana, Vygotskiana, tendo como referencia a avaliação mediadora de Hoffman (1993), relacionando-a no meio da relação professor-aluno e da relação ensino-aprendizagem. 2 O papel do professor em EAD Destaca o papel do professor no contexto do EAD, na construção do conhecimento por meio da interação professor-aluno. Apresenta as funções desenvolvidas pelo professor na modalidade EAD na visão de BELLONI (2008), tendo em vista a relação professor, aluno e aprendizagem. Aborda as características para o professor mediador. Além das competências necessárias para o professor on-line que atua na EAD. 3 As Dinâmicas de aprendizagem em ambientes virtuais. (Ferramentas interativas em EAD). 4 Planejamento Pedagógico em EAD Contempla o estudo, análise e discussão das ferramentas síncronas (chat, videoconferência, softwares de mensagens instantâneas (MSN, Messenger, SKYPE) e assíncronas (correio eletrônico ( ), lista de discussão, blogs, fóruns, equitext, mapa conceitual) que colaboram na aprendizagem do aluno na EAD. Também, dos MUDS e MOOs que permite a realização de seminários interativos. Apresenta o planejamento pedagógico em EAD,bem como a produção do material didático em EAD,enquanto fazer pedagógico que esteja com características adequadas a esta modalidade de ensino, de caráter altamente dinâmico e de interatividade. Estuda os referenciais para a elaboração de material em EAD no ensino profissional e tecnológico elaborado pelo MEC, demonstrando a importância da construção do material pelo professor/tutor/facilitador para o sucesso da aprendizagem do aluno na EAD. 5 Uso das mídias na EAD Trata da importância de conhecer as diferentes mídias que foram e que ainda continuam sendo usadas na EAD, abordando as gerações de EAD, apresentando as vantagens e desvantagens das mídias. 1 Geração: Mídia Impressa e Sistema Postal. EAD e cursos de correspondência no séc. XIX. 2 Geração: Mídias Radiofônicas e Televisivas (rádio, tv). 3 e 4 Gerações: Universidades Abertas, Satélites e teleconferências. Discute a mais 5 nova geração em EAD, tratando das mídias digitais, multimídia, internet e cursos on-line, analisando as experiências on-line de EAD, a TV digital, e como pode ser trabalhado da forma mais interativa na relação professor-aluno. Carga horário de 60 horas, distribuída em cinco disciplinas.

12 6. Plano de Disciplina 6.1-Plano de Disciplina - Avaliação em EAD JUSTIFICATIVA A disciplina Avaliação em EAD torna-se necessária em virtude da necessidade do professor/ tutor que atue nesta modalidade de ensino, conhecer as diferentes formas de avaliação, as influências da avaliação no processo de ensino-aprendizagem e como pode ser utilizada na orientação ou reorientação do trabalho pedagógico, permitindo uma adequada e consiste avaliação da aprendizagem no contexto da EAD. OBJETIVO GERAL Compreender a avaliação como um instrumento de orientação do trabalho pedagógico do professor/tutor do curso na EAD, viabilizando o sucesso do processo de ensino-aprendizagem. OBJETIVOS ESPECÍFICOS *Analisar a importância da avaliação enquanto instrumento a ser utilizado pelo professor/tutor na melhoria do ensino; *Identificar práticas avaliativas que permitam ajudar na construção do conhecimento pelo aluno na EAD METODOLOGIA A metodologia utilizada será realizada com aulas expositivas e debates nos fóruns, chats, DVD, trabalhos individuais de pesquisa e trabalhos de grupos. AVALIAÇÃO Avaliação diagnóstica, continuada e cumulativa, com ênfase a interação docente-discente, baseando-se na participação e desempenho nos trabalhos individuais e em grupo. REFERÊNCIAS DEMO, Pedro. Avaliação qualitativa. 8. ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. PortoAlegre: Mediação, Jr. GUIRALDELLI, Paulo. Didática e Teorias Educacionais. Rio de Janeiro: DP&A, VYGOTSKY, L. S. A Formação Social da Mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

13 6.2-Plano de Disciplina - O papel do professor em EAD JUSTIFICATIVA A disciplina fornece subsídios para o profissional que deseja atuar enquanto docente on-line, possibilitando conhecer as peculiaridades e desafios que a EAD propicia ao professor, já que não se dá da mesma forma na aprendizagem tradicional, sendo fundamental que o professor tenha consciência da importância dele na construção da aprendizagem nesta modalidade de ensino, utilizando os artifícios que este processo de ensino aprendizagem proporciona, conseguindo com êxito vencer os desafios da EAD através da mediação. OBJETIVO GERAL *Demonstrar ao profissional que deseja atuar na EAD, conhecimentos que possibilitem trabalhar na área, contextualizando suas aulas e usando técnicas e métodos que facilitem a aprendizagem. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Identificar o papel do professor no contexto da EAD; Apresentar as funções desenvolvidas pelo professor na modalidade EAD; Apontar as características necessárias para o professor mediador; METODOLOGIA A metodologia utilizada será realizada com aulas expositivas, trabalhos individuais de pesquisa, trabalhos de grupos, apresentação de seminários, além de um estudo de caso. AVALIAÇÃO Avaliação processual, contínua baseando-se na participação e desempenho nos trabalhos individuais e em grupo. Além de uma avaliação subjetiva. BIBLIOGRAFIA: REFERÊNCIAS BELLONI, Maria Luzia. Educação, Ensino ou Aprendizagem A Distância? In: Educação a Distância. 5 ed. Campinas-SP: Autores Associados, FARIA, Elaine T. (Org.) et all. Educação Presencial e Virtual: espaços complementares essenciais

14 na escola e a empresa. Porto Alegre - RS: EDIPUCRS, MOORE, Michael G. & KEARSLEY, Greg, Educação à Distância Uma Visão Integrada, São Paulo SP: Cengage Learning, 2008 MORAN, José M., O que é educação à distância. Disponível em: Acessado em: 15/01/2011. MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo, Cortez, Brasília: Unesco, MORGADO, L. O papel do professor em contextos de ensino on-line: problemas e virtualidades. In: Discursos. Série, 3. Universidade Aberta, p Disponível em: Acesso em: 15/01/2011. SILVA, Marcos. Educação na cibercultura: o desafio comunicacional do professor presencial e online. Revista da FAEEBA, Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educação I v.12, n.20, Salvador: UNEB, 2003.

15 6.3-Plano de Disciplina - As dinâmicas de aprendizagem em ambientes virtuais (Ferramentas interativas em EAD) JUSTIFICATIVA As dinâmicas de aprendizagem em ambientes virtuais têm importância no trabalho do professor mediador em EAD, tendo em vista a necessidade dele saber como trabalhar com as ferramentas síncronas e assíncronas, já que a interatividade é, inclusive, um dos desafios do EAD, possibilitando na mediação pedagógica desenvolvida na relação professor-aluno através destas ferramentas, fazendo com que se possa extrair o máximo da potencialidade da aprendizagem autônoma do aluno. OBJETIVO GERAL Explorar as diferentes dinâmicas de aprendizagem em ambientes virtuais, permitindo ao profissional que atua na área, conhecer e aplicar no trabalho em EAD as ferramentas interativas. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Explicar cada uma das ferramentas síncronas e assíncronas atualmente utilizadas na rede de aprendizagem virtual; Apresentar como interativamente trabalhar cada uma das ferramentas discutidas no processo de ensino-aprendizagem; METODOLOGIA A metodologia utilizada será realizada com aulas expositivas, trabalhos individuais de pesquisa, trabalhos de grupos, apresentação de seminários, além de um estudo de caso. AVALIAÇÃO Avaliação processual, contínua baseando-se na participação e desempenho nos trabalhos em grupo. Além de uma avaliação objetiva. REFERÊNCIAS JUNIOR, Arnaud Soares de Lima. As Novas Tecnologias e a Educação Escolar. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação. UFBA, MORAN, José Manuel, MASETTO, Marcos e BEHRENS, Marilda. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. 7ª ed. Campinas: Papirus, PALLOFF, Rena; PRATT, Keith. Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço: estratégias eficientes para a sala de aula on-line. Tradução Vinícius Figueira. Porto Alegre: Artmed, 2002.

16 6.4-Plano de Disciplina Planejamento Pedagógico em EAD JUSTIFICATIVA O planejamento é fundamental na programação das ações docentes, constituindo-se também um momento de pesquisa e reflexão intimamente ligado à avaliação. Além de possibilitar a construção de reais possibilidades para a consecução da aprendizagem, o planejamento torna-se um instrumento que promove atividades de investigação e análise. É possível destacar que, o planejamento confere autonomia para a ação docente e este não pode deixar de estar relacionado a uma tarefa de reflexão constante acerca de valores e atitudes. O planejamento é um instrumento fundamental para qualquer modalidade educacional. Porém, nos cursos on-line, é necessário pensá-lo à luz das características particulares a este ensino. OBJETIVO GERAL Favorecer discussões sobre o planejamento pedagógico nesta modalidade de ensino a distância, ressaltando a utilização das novas tecnologias em favor da educação e a própria organização do fazer pedagógico em EAD, a ser possibilitada através da ação do planejamento. OBJETIVOS ESPECÍFICOS * Refletir sobre a importância da realização de um planejamento que atenda as necessidades da aula interativa em EAD; * Analisar e discutir a inserção das novas tecnologias na educação, ajudando a construir um planejamento pedagógico que contemple as características peculiares da EAD; METODOLOGIA A metodologia utilizada será realizada com aulas expositivas, com DVDs, transparências, trabalhos em grupo. AVALIAÇÃO Avaliação processual, contínua, baseando-se na correção e discussão de redações sobre planejamento pedagógico em EAD e ao final socialização das melhores dissertações. REFERÊNCIAS BRAGA, Ryon. Planejamento Estratégico sistêmico para instituições de ensino. São Paulo: Hoper, GANDIN, Danilo. Planejamento como prática educativa. São Paulo: Loyola, GANDIN, Danilo. A prática do planejamento participativo. Petrópolis, RJ: Vozes, GIUSTA, Agnela da Silva. Educação à distância: uma articulação entre teoria e prática. Belo Horizonte: PUC Minas Virtual, BRASIL. MEC. Referenciais para Elaboração de Material Didático para EaD no Ensino Profissional e Tecnológico elaborado pelo MEC (2007).

17 6.5 - Plano de Disciplina Uso das mídias na EAD JUSTIFICATIVA Esta disciplina cuida do estudo das diferentes mídias que foram e que ainda continuam sendo usadas na EAD, abordando as gerações de EAD, essenciais ao conhecimento de quem vai trabalhar ou já atua na área, tendo em vista a oportunidade de conhecer as vantagens e desvantagens em cada uma das mídias existentes e que foi destaque, analisando cada uma das gerações em EAD, podendo dessa forma trabalhar as várias características favoráveis para a construção e regularização de cursos educacionais na Web, com auxílio das mídias em EAD. OBJETIVO GERAL Analisar as diversas propostas de EAD ao longo do tempo, com base nas mídias utilizando visando conhecer cada uma delas; OBJETIVOS ESPECÍFICOS * Apresentar as vantagens e desvantagens de cada um das mídias usadas em EAD; * Discutir a relação da EAD e da mídia internet no processo de aprendizagem na EAD; METODOLOGIA A metodologia utilizada será realizada com aulas expositivas, trabalhos de pesquisa, análise de artigos. AVALIAÇÃO Avaliação processual, contínua baseando-se na participação e desempenho nos trabalhos em grupo. Além de uma avaliação objetiva. REFERÊNCIAS ALVAREZ, Ana Maria Torres. Informática na educação: estudo dos jogos educativos computadorizados. Dissertação de Mestrado. Universidade Católica de Santos, LEVY, Pierre. O que é virtual. São Paulo: Ed 34, PETERS, Otto. Didática do Ensino a distância: experiências e estágios da discussão numa visão internacional. Tradução Ilson Kayser; rev. tec. Flávia C. Mädche. São Leopoldo: Unisinos, 2001.

18 7. Plano de aula 1. Tópicos de aula: *1.1 Como avaliar no contexto da EAD? 7.1Plano de aula- A avaliação em EAD *1.2 Como utilizar a avaliação como instrumento de reorientação do trabalho pedagógico em EAD? 2. Objetivos: 2.1 Geral: Compreender a importância da avaliação na EAD, enquanto parâmetro da aprendizagem dos alunos, utilizando-a de modo democrático, dinâmico e interativo. 2.2 Específicos: *Explorar os instrumentos de avaliação na EAD, permitindo ao profissional que atue/deseje atuar nesta modalidade de ensino conhecê-los; * Discutir o papel da avaliação na EAD, como uma forma de reorientação do trabalho pedagógico em EAD, possibilitando avanços no processo de ensino-aprendizagem. 3.Pré -requisitos: não há. 4. Recursos e materiais sugeridos: Texto do livro: Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade Autora: Jussara Hoffman (1993). Editora: Artmed, Quadro-branco, texto, data-show, pincel. 5. Estratégias de ensino: Aula expositiva dialógica, estudo de texto, questionário. 6. Procedimentos didáticos: Introdução: O plano de aula versará sobre a importância e o papel da avaliação em EAD, refletindo como melhor empregar a avaliação nesta modalidade de ensino, visando ser esta como mecanismo de diagnóstico da situação do aluno, permitindo buscar melhorias no processo de ensinoaprendizagem. Será analisado um estudo de caso e de texto, além da aula expositiva dialógica. Desenvolvimento: Na sala de aula, o ministrante da disciplina realizará a aplicação de um questionário perguntando o que é avaliar na concepção dele, quais os instrumentos que utiliza na avaliação e se já atuou na EAD? Após serem colhidas essas informações, será lido cada questionário e anotado no quadro-branco as

19 dúvidas existentes. Após isso, serão explicados com ajuda da data-show, os instrumentos avaliativos que podem ser trabalhados na EAD, tendo em vista as peculiaridades existentes na modalidade á distância. Também será debatida com os participantes a importância da avaliação em EAD, devido ao papel de diagnosticadora da situação do aluno, devendo ser contínua, processual e participativa, além de democrática. No momento da discussão em sala sobre o papel da avaliação em EAD, será contemplada como assunto a necessidade da avaliação, enquanto instrumento que possibilita o redimensionamento do trabalho docente, permitindo que ocorra a identificação dos pontos fortes e fracos, ajudando o aluno a desenvolver sua autonomia, construindo os seus conhecimentos, auxiliando nos estilos de aprendizagem, privilegiando a compressão pelo aluno e não apenas a memorização. Em seguida, será feito um estudo de um texto do livro: Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade (1993), de Jussara Hoffmann, no qual a brilhante autora discute e analisa a avaliação numa perspectiva mediadora, em que avaliar consiste em uma ação provocativa do professor desafiando o educando a refletir sobre as situações vividas, a formular e reformular hipóteses, enfim a construir o conhecimento e não memorizá-lo, sendo utilizada como instrumento que desenvolva a autonomia do educando. Encerramento: Ao final da aula, será entregue um exemplar para cada participante do livro de Avaliação Mediadora, de Jussara Hoffman, além de responder as dúvidas que ainda possam existir em relação aos tópicos abordados na aula.

20 7.2 Plano de aula- O papel do professor em EAD 1. Tópicos de aula: *1.1 Como fica o papel do professor no contexto da EAD? *1.2 Como são as funções desenvolvidas pelo professor na modalidade EAD? 2. Objetivos: 2.1 Geral: Compreender as características e especificidades do trabalho do professor no contexto da EAD, dinamizando o conteúdo a ser ensinado. 2.2 Específicos: *Entender como é crucial para o sucesso e motivação do aluno o papel mediador do professor na modalidade EAD. * Analisar criticamente as várias funções desempenhadas pelo professor quando atua na EAD. 3. Pré -requisitos: não há. 4. Recursos e materiais sugeridos: Data-show, auditório, quadro-branco, piloto. 5. Estratégias de ensino: Seminário, discussão e debate, produção textual. 6. Procedimentos didáticos: Introdução: O plano de aula versará sobre a importância e responsabilidade do professor na modalidade EAD, tendo em vista as características próprias desta modalidade, sendo necessária atuação enquanto mediador. Será utilizado o auditório para apresentação dos seminários pelos alunos, sendo que após o seminário, todos os participantes discutirão sobre as idéias levantadas, levando a reflexão a todos. Desenvolvimento: Durante o seminário, que será realizado no auditório, será privilegiada a discussão, o debate sobre o papel mediador do professor na EAD, preponderante no sucesso de ensino-aprendizagem. Também abordará sobre as funções desempenhadas pelo professor na EAD, a importância da busca pela interação professor-aluno, além de frisar as características necessárias ao professor mediador. Após a explanação no seminário, será dada oportunidade para cada um dos participantes falarem sobre o que pensam ser necessário para o professor ter sucesso na EAD, debatendo os itens apresentados no seminário. Encerramento: Ao final da aula, será feita uma produção textual com o seguinte tema: INTERATIVIDADE: um desafio para o professor em EAD, no qual os participantes buscarão retratar suas impressões e conhecimentos de como trabalhar a interatividade na EAD, as dificuldades enfrentadas, bem como os benefícios gerados quando ela é bem aplicada.

21 7.3Plano de aula As Dinâmicas de Aprendizagem em Ambientes Virtuais 1.Tópicos da Aula 1.1 Como utilizar as ferramentas síncronas e assíncronas na aprendizagem do aluno em EAD? 1.2 Utilização prática de uma ferramenta interativa blog no laboratório de informática pelos participantes da aula. 2. Objetivos: 2.1Geral: Apresentar ao educador que atua/atuará na modalidade à distância conhecimentos necessários para utilização de ferramentas síncronas e assíncronas durante a aula. 2.2 Específicos: *Explicar como utilizar as principais ferramentas interativas (blog, correio eletrônico, fóruns, chat, MUDs e MOOs) * Compreender a importância da necessidade do uso de tais ferramentas como instrumentos que auxiliarão no processo de aprendizagem do aluno no ambiente virtual pelos professores que atuem/desejem atuar na EAD. 3. Pré-requisitos (opcional): *Conhecimentos básicos de informática 4. Recursos e Materiais Sugeridos Texto do livro: Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço: estratégias eficientes para a sala de aula on-line Autora: Rena Pallof e Keith/Tradução Vinícius Figueira. Editora: Artmed, Auditório, laboratório de informática, Data-show, quadro-branco, piloto, vídeo. 5. Estratégias Didáticas Palestra, aula prática em laboratório 6. Procedimentos Didáticos: Introdução: O plano de aula versará sobre o uso das ferramentas interativas na educação à distância pelo professor, sendo utilizado o auditório e o laboratório de informática para execução da aula, que terá duas etapas: a 1 etapa: uma palestra tratando das ferramentas interativas e 2 etapa: exercício prático de criação de um blog no laboratório de informática.

22 Desenvolvimento: No auditório, o palestrante começará explicando, com auxílio da data- show, o que são as ferramentas síncronas e assíncronas, definindo e descrevendo cada uma das que serão abordadas. (blog, correio eletrônico, fóruns, chat, MUDs e MOOs). Em seguida, tratará especificamente do blog, enfatizando o que vem a ser, qual a sua finalidade, como utilizar, qual a importância dentro do contexto da EAD, além de responder os questionamentos realizados. Após isso, serão vistos vídeos que tratam didaticamente como passo a passo criar um blog para o público presente. No que diz respeito a 2 etapa do plano de aula, esta será executada no laboratório de informática, em que cada participante terá que realizar um exercício prático supervisionado pelo palestrante e ministrante da disciplina, tendo como objetivo a criação de um blog para colocar informações referentes à educação à distância e caso já atue ou queira atuar seja uma ferramenta utilizada de modo didático possibilitando o desenvolvimento do ensino e divulgação de dados para o públicoexterno. Durante o processo de criação de blogs pelos participantes, serão respondidas dúvidas sobre o assunto, colocando no quadro-branco para posterior anotação dos principais questionamentos, além de dicas de como poder aproveitar ao máximo o potencial do blog, além de informações como o uso pode ser otimizado, caso já saiba ou tenha o blog. *Encerramento: Ao final da aula, será dada oportunidade para cada um dos participantes, expressarem suas opiniões do que acharam da aula, se atendeu as expectativas geradas, as sugestões para melhorá-la, bem como responder as dúvidas que ainda possam ter.

23 7.4 Plano de aula- Planejamento Pedagógico em EAD Tópicos da aula: 1.1 Como se dá o planejamento pedagógico em EAD? 1.2 Qual importância de planejamento pedagógico diferenciado para a EAD? 2. Objetivos: 2.1 Gerais: Compreender a necessidade de um planejamento pedagógico estruturado e condizente com a realidade do aluno EAD possibilitando o sucesso do processo de ensino aprendizagem 2.2 Específico: * Refletir acerca da importância da realização de um planejamento que contemple a interatividade na EAD; * Entender como ocorre à elaboração do material didático em EAD, enfatizando as características peculiares a esse tipo de produção; 3. Pré-requisito: não há. 4. Recursos e materiais sugeridos: Referenciais para Elaboração de Material Didático para EaD no Ensino Profissional e Tecnológico elaborado pelo MEC (2007). Quadro-branco, piloto. 5. Estratégias de ensino: Aula expositiva dialógica, produção textual, debate e discussão, trabalhos em grupo. 6. Procedimentos didáticos Introdução: O plano de aula terá como foco tratar do planejamento pedagógico em EAD, enquanto organização do fazer pedagógico possibilitando a organização das atividades a serem realizadas na EAD. Será utilizada a aula expositiva dialógica durante a aula. Desenvolvimento: O ministrante da disciplina inicialmente, perguntará a cada um dos participantes o que entendem por planejamento pedagógico? O que acham do ato de planejar? E se já planejaram alguma aula para ser dada na modalidade à distância? Após isso, para nortear a explicação dos tópicos da aula, será escrito no quadro-branco frases rápidas que sintetizam o planejamento pedagógico em EAD. Em seguida, será explicado o vem a ser o planejamento pedagógico? Qual o seu papel na EAD? Quais são os aspectos que são contemplados no planejamento (desde a utilização de mídias até a qualidade do material impresso

24 a ser utilizado pelos alunos). No segundo momento da aula, terá como tema a ser trabalhado o improviso. Serão apresentados vários casos ligados ao ensino em que o improviso causou sérios prejuízos ao ensino, prejudicando o processo de ensino-aprendizagem. E após a socialização desses casos, ocorrerá um debate abordando alternativas que poderiam ter sido aplicadas se previamente planejadas naqueles casos, como aula poderia ter tido sucesso com as ferramentas que possuía. No terceiro momento, será explicado como ocorre á elaboração do material didático em EAD, com base nos Referenciais para Elaboração de Material Didático para EaD no Ensino Profissional e Tecnológico elaborado pelo MEC (2007). Encerramento: Ao final da aula, os participantes serão divididos em grupos, no qual cada equipe deverá elaborar uma produção textual com relação à importância do planejamento pedagógico em EAD. Após isso, cada um dos participantes falará sobre o que pensava antes sobre o planejamento em EAD e como vê após a aula.

25 7.5 Plano de aula O uso das mídias na EAD Conteúdo: 1 e 2 gerações de EAD 1. Tópicos da aula: 1.1 Como foram as 1 e 2 gerações de EAD? 1.2 Por que ainda continuam sendo utilizadas mesmo com o advento das 3, 4 e 5 gerações de EAD? 2. Objetivos: 2.1Geral: Entender como ocorreu à evolução da educação a distância no Brasil, conhecendo as 1 e 2 gerações de EAD. 2.2 Específico: *Identificar e listar a principais características que envolvam a 1 e 2 geração de EAD (mídia impressa, sistema postal, radiofônica e televisiva). * Analisar as vantagens e desvantagens de cada uma das gerações, tendo em vista que ainda são utilizadas hoje. 3. Pré-requisitos: não há. 4. Recursos e materiais sugeridos: Texto do livro: O que é virtual? Autor: Pierre Levy Retroprojetor, texto, vídeo, apostila. 5. Estratégias de ensino: Aula expositiva, com leitura, análise e discussão de texto sobre o assunto. 6. Procedimentos Didáticos Introdução: O plano de aula versará sobre a 1 e 2 gerações de EAD, tratando-se das características que envolvem as mídias impressas, postal, cursos de correspondência, radiofônica e televisiva, estabelecendo relações entre elas. Serão utilizados além da aula expositiva, a análise de texto e posterior debate sobre o conteúdo explicado. Desenvolvimento: Na sala de aula, o ministrante da disciplina iniciará a aula expositiva, servindo-se do retroprojetor para apresentação do conteúdo aos participantes, explicando as características e peculiaridades, de cada uma das gerações previstas no conteúdo da aula. Em seguida, traçará um paralelo entre as vantagens e desvantagens da 1 e 2 gerações, apontando pontos comuns, avanços e retrocessos na adoção de uma ou outra mídia das gerações.

26 Durante a aula expositiva, sempre será perguntado aos alunos o que sabem sobre o assunto, se já ouviram falar ou até mesmo se já utilizaram as mídias da 1 e 2 geração alguma vez na vida, proporcionando dessa forma, o respeito ao conhecimento prévio do educando e possibilitando que a aula se torne dinâmica e interessante. Logo, após, os participantes da disciplina assistirão um vídeo sobre a evolução da educação à distância no Brasil, retratando os aspectos históricos, como se deram as primeiras iniciativas, a história dos correios, dos cursos por correspondência existentes até hoje, a mídia radiofônica e televisiva, a iniciativa revolucionária da TV escola, bem como outras produções como a do Instituto Universal Brasileiro. Então, após assistirem o vídeo, será promovido um debate em sala, para socialização das experiências existentes em EAD, bem como discutir o que foi visto no filme. Em seguida, um estudo do texto do livro de Pierre Levy, explorando as idéias do autor sobre os tópicos da aula, buscando informações importantes em relação ao assunto. Encerramento: Ao final da aula, será aberto um espaço para críticas, sugestões e elogios a aula, respondendo as dúvidas e dando oportunidade aos educados de refletirem acerca dos conhecimentos obtidos nesta aula. Além da distribuição de uma apostila, contendo uma síntese do que foi visto na aula.

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF 1 SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF Fortaleza CE Junho/2009 Karla Angélica Silva do Nascimento - Faculdade Integrada da Grande Fortaleza karla@fgf.edu.br

Leia mais

A apropriação das Tecnologias Digitais pelos acadêmicos de licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Goiás (UEG-Anápolis)

A apropriação das Tecnologias Digitais pelos acadêmicos de licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Goiás (UEG-Anápolis) A apropriação das Tecnologias Digitais pelos acadêmicos de licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Goiás (UEG-Anápolis) Moema Gomes Moraes Universidade Estadual de Goiás (UEG)/ CEPAE-UFG

Leia mais

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD 1 FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD Elisangela Lunas Soares UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar elisangela.soares@unicesumar.edu.br Alvaro Martins Fernandes Junior UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar

Leia mais

Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Introdução

Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Introdução Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Nicia Cristina Rocha Riccio nicia@ufba.br Introdução Com o advento das tecnologias de informação e comunicação (TICs) a Educação a Distância (EAD) ganha

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO A DISTÂNCIA SECADI/UFC AULA 02: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA TÓPICO 03: CARACTERÍSTICAS DO ENSINO A DISTÂNCIA VERSÃO TEXTUAL Antes de iniciar este curso, você deve ter refletido bastante sobre

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Aberta do Brasil. Plano de Trabalho da Disciplina Introdução à EAD

Ministério da Educação Universidade Aberta do Brasil. Plano de Trabalho da Disciplina Introdução à EAD Ministério da Educação Universidade Aberta do Brasil Universidade Federal de Alagoas Instituto de Computação Curso de Graduação em Sistemas da Informação Bacharelado Plano de Trabalho da Disciplina Introdução

Leia mais

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Pedagógica Pós-graduação Epidemiologia Como surgiu a EAD O

Leia mais

E-LEARNING NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA

E-LEARNING NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA E-LEARNING NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA Maio / 2005 154-TC-C3 Ilene Figueiredo Pessoa UVA - Universidade Veiga de Almeida ilene@uva.br Denise Paiva D Ávila Melo UVA - Universidade

Leia mais

A Prática Educativa na EAD

A Prática Educativa na EAD A Prática Educativa na EAD A Prática Educativa na EAD Experiências na tutoria em EAD Disciplina de Informática Educativa do curso de Pedagogia da Ufal nos pólos de Xingó, Viçosa e São José da Laje (2002-2004).

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura

UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura UNIMINAS União Educacional Minas Gerais Curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação Módulo I Ética e Cibercultura Alunas: Ketiuce Ferreira Silva Maria Helena Cicci Romero Objetivo:

Leia mais

O USO DA INTERNET E SUA INFLUÊNCIA NA APRENDIZAGEM COLABORATIVA DE ALUNOS E PROFESSORES NUMA ESCOLA PÚBLICA DE MACEIÓ

O USO DA INTERNET E SUA INFLUÊNCIA NA APRENDIZAGEM COLABORATIVA DE ALUNOS E PROFESSORES NUMA ESCOLA PÚBLICA DE MACEIÓ O USO DA INTERNET E SUA INFLUÊNCIA NA APRENDIZAGEM COLABORATIVA DE ALUNOS E PROFESSORES NUMA ESCOLA PÚBLICA DE MACEIÓ Rose Maria Bastos Farias (UFAL) rmbfarias@hotmail.com RESUMO: Trata-se de uma pesquisa

Leia mais

O DESAFIO DA AVALIAÇÃO EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA

O DESAFIO DA AVALIAÇÃO EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA O DESAFIO DA AVALIAÇÃO EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA Maio de 2008 Marina Caprio Faculdade Interativa COC marinacaprio@coc.com.br Karen Bortoloti Faculdade Interativa COC bortoloti@coc.com.br Categoria

Leia mais

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013)

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Questionamentos que devem ser enfrentados 1. Como você descreveria esse ambiente

Leia mais

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação 2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa

Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa Uma análise sobre a produção de conteúdo e a interatividade na TV digital interativa Mariana da Rocha C. Silva Mariana C. A. Vieira Simone C. Marconatto Faculdade de Educação-Unicamp Educação e Mídias

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Ciências Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conteúdos e fundamentos

Leia mais

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO Natália Aguiar de Menezes 1 RESUMO: Observa-se que com o passar dos anos o ensino superior

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 03 DOCÊNCIA E TUTORIA NA EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Introdução A Educação a Distância, por meio dos inúmeros recursos didáticos e tecnológicos,

Leia mais

INTERATIVIDADE E TECNOLOGIA NO PROCESSO DE TUTORIA DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNISUAM TCC3064

INTERATIVIDADE E TECNOLOGIA NO PROCESSO DE TUTORIA DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNISUAM TCC3064 INTERATIVIDADE E TECNOLOGIA NO PROCESSO DE TUTORIA DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNISUAM TCC3064 Fevereiro / 2006 Rita de Cássia Borges de Magalhães Amaral CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA CEAD-

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia Científica Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito e concepção de ciência

Leia mais

O MUNDO MUDOU. #fato

O MUNDO MUDOU. #fato DO GIZ AO BYTE O MUNDO MUDOU #fato Sociedade da Informação Informação como recurso estratégico Uso intensivo das TIC Interação digital Diversas formas de fazer as mesmas, ou novas coisas Qual é a sua?

Leia mais

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto-avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

Sua Escola, Nossa Escola

Sua Escola, Nossa Escola Sua Escola, Nossa Escola Episódio: Andréa Natália e o Ensino na Fronteira Ponta Porã Resumo Esse vídeo integra a série Sua Escola, Nossa Escola, composta por dezessete programas, os quais mostram experiências

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia do Ensino de Matemática Carga Horária Semestral: 80 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo)

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRICULO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Curso: Pedagogia Carga Horária: 36h Ano: 2011 Professor: José Paulo de Assis Rocha Plano de Ensino Disciplina: Arte e Educação Período: 1º ano Turno: noturno

Leia mais

O desenvolvimento da EaD pode ser descrito basicamente em três gerações, conforme os avanços e recursos tecnológicos e de comunicação de cada época.

O desenvolvimento da EaD pode ser descrito basicamente em três gerações, conforme os avanços e recursos tecnológicos e de comunicação de cada época. Educação a distância (EaD, também chamada de teleducação), por vezes designada erradamente por ensino à distância, é a modalidade de ensino que permite que o aprendiz não esteja fisicamente presente em

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 02 PROCESSO DE INTERAÇÃO EM EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Interação em EAD A partir das novas mídias e tecnologias, tais como a televisão, o telefone

Leia mais

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Matemática RICARDO MARINHO DOS SANTOS

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Matemática RICARDO MARINHO DOS SANTOS UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Matemática RICARDO MARINHO DOS SANTOS A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM UM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MATEMÁTICA MINISTRADO PELA UNIVERSIDADE

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 1 CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 04/2007 Mílada Tonarelli Gonçalves CENPEC - Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária

Leia mais

O blog no processo de ensino e aprendizagem em Ciências: horizontes e possibilidades

O blog no processo de ensino e aprendizagem em Ciências: horizontes e possibilidades O blog no processo de ensino e aprendizagem em Ciências: horizontes e possibilidades Rodolfo Fortunato de Oliveira Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho UNESP, Bauru/SP rodolfo_fdeoliveira@hotmail.com

Leia mais

MÚLTIPLOS PAPÉIS DOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PRÁTICAS DE LETRAMENTO DIGITAL

MÚLTIPLOS PAPÉIS DOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PRÁTICAS DE LETRAMENTO DIGITAL MÚLTIPLOS PAPÉIS DOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PRÁTICAS DE LETRAMENTO DIGITAL Recife, 05/2009 Resumo Ivanda Maria Martins Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco (DEINFO-EAD/UFRPE) martins.ivanda@gmail.com

Leia mais

A MODALIDADE SEMIPRESENCIAL NA PERCECPÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

A MODALIDADE SEMIPRESENCIAL NA PERCECPÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR Revista Digital Simonsen 174 Como citar: SERPA, Joyce. A modalidade semipresencial na percecpção dos alunos do ensino superior. In: Revista Digital Simonsen. Rio de Janeiro, n.3, Nov. 2015. Disponível

Leia mais

Introdução. múltiplas interferências (SILVA, 2006).

Introdução. múltiplas interferências (SILVA, 2006). 1 FORMAÇÃO E AÇÃO DO DOCENTE ONLINE RODRIGUES, Tatiana Claro dos Santos UNESA taticlaro@globo.com GT-16: Educação e Comunicação Agência Financiadora: CAPES Introdução As tecnologias da informação e comunicação

Leia mais

ANÁLISE DE PERFIL E NECESSIDADES DOS ALUNOS: FATORES DETERMINANTES PARA A MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA TUTORIA DA EAD SEBRAE

ANÁLISE DE PERFIL E NECESSIDADES DOS ALUNOS: FATORES DETERMINANTES PARA A MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA TUTORIA DA EAD SEBRAE ANÁLISE DE PERFIL E NECESSIDADES DOS ALUNOS: FATORES DETERMINANTES PARA A MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA TUTORIA DA EAD SEBRAE Florianópolis - SC Abril 2015 Aline Linhares F. Silveira. IEA e-learning- aline.silveira@iea.com.br

Leia mais

ANAIS DA VII JORNADA CIENTÍFICA DA FAZU 20 a 24 de outubro de 2008 ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO

ANAIS DA VII JORNADA CIENTÍFICA DA FAZU 20 a 24 de outubro de 2008 ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES... 2 AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES SILVA, M.M Margareth Maciel Silva

Leia mais

TEC - EAD PRESSUPOSTOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: CONCEPÇÕES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS

TEC - EAD PRESSUPOSTOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: CONCEPÇÕES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS TEC - EAD PRESSUPOSTOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: CONCEPÇÕES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS O que é mesmo Educação a Distância (EAD)? Você está fazendo um curso a distância, mas já parou para pensar no conceito

Leia mais

Desenho didático para cursos dinamizados em ambientes online: o caso do curso de formação para professores em serviço do ensino médio

Desenho didático para cursos dinamizados em ambientes online: o caso do curso de formação para professores em serviço do ensino médio Desenho didático para cursos dinamizados em ambientes online: o caso do curso de formação para professores em serviço do ensino médio MARISTELA MIDLEJ SILVA DE ARAÚJO Santos SP Set/2008 Objetivo Geral

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS NO APOIO AO APRENDIZ NA EAD

UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS NO APOIO AO APRENDIZ NA EAD UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS NO APOIO AO APRENDIZ NA EAD Goiânia, 19 de abril de 2010 Gilda Aquino de Araújo Mendonça Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás gaam@ifg.edu.br Alzino

Leia mais

A TECNOLOGIA DO HIPERTEXTO NA APRENDIZAGEM DE UM CURSO A DISTÂNCIA ON-LINE 1

A TECNOLOGIA DO HIPERTEXTO NA APRENDIZAGEM DE UM CURSO A DISTÂNCIA ON-LINE 1 A TECNOLOGIA DO HIPERTEXTO NA APRENDIZAGEM DE UM CURSO A DISTÂNCIA ON-LINE 1 Naziozênio A. LACERDA (UFPI/UFMG) 2 RESUMO: O objetivo deste trabalho é relatar uma experiência de uso da tecnologia do hipertexto

Leia mais

O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO Clebiana Dantas Calixto clebianageo@hotmail.com (Autora e professora da Educação Básica)

Leia mais

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE*

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* 1 O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* Resumo Este trabalho se propõe a analisar o curso de extensão universitária CESB (Curso de Espanhol Básico) para

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS EIXO TECNOLÓGICO:Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Física FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

REDES SOCIAIS COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

REDES SOCIAIS COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA REDES SOCIAIS COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA Guilherme Garcez Cunha, UNIPAMPA Campus Dom Pedrito, guilhermecunha@unipampa.edu.br; Franciele B. de O. Coelho,

Leia mais

DIRETRIZES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SISTEMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO DA MAGISTRATURA DO TRABALHO - SIFMT

DIRETRIZES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SISTEMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO DA MAGISTRATURA DO TRABALHO - SIFMT DIRETRIZES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SISTEMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO DA MAGISTRATURA DO TRABALHO - SIFMT 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2. CENÁRIO PROFISSIONAL 3. CONCEPÇÃO DA APRENDIZAGEM E METODOLOGIA 4. ESTRATÉGIAS

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Teoria e Planejamento Curricular I Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) Currículo:

Leia mais

Educação à Distância - Superando Barreira

Educação à Distância - Superando Barreira Educação à Distância - Superando Barreira Autora: Rosilene da Silva Oliveira (UNITINS) * Coautor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: O presente artigo tem como objetivo a finalidade da conclusão

Leia mais

AVALIAÇÃO E O PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM ONLINE

AVALIAÇÃO E O PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM ONLINE AVALIAÇÃO E O PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM ONLINE Izabella Saadi Cerutti Leal Reis Universidade Anhembi Morumbi bella@anhembi.br 054-TC-F3 RESUMO Devido ao aumento da oferta de cursos on-line e a necessidade

Leia mais

A Internet na sala de aula e a sala de aula na Internet

A Internet na sala de aula e a sala de aula na Internet 1 A Internet na sala de aula e a sala de aula na Internet Luiz Fernando Ribeiro de Paiva Universidade de Uberaba luiz.paiva@uniube.br Resumo O presente trabalho propõe uma análise do uso da Internet na

Leia mais

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA Ronaldo Vieira Cabral Abdias de Brito Aguiar Júnior José Sidney Nunes de Araújo Resumo: A parte das

Leia mais

Educação online e formação continuada de professores de música

Educação online e formação continuada de professores de música 1 Educação online e formação continuada de professores de música José Ruy Henderson Filho ruyh@bol.com.br Universidade do Estado do Pará Resumo. Este artigo apresenta os resultados finais da pesquisa de

Leia mais

fundamentos teóricos e práticos necessários ao processo de inclusão do aluno com Deficiência Visual.

fundamentos teóricos e práticos necessários ao processo de inclusão do aluno com Deficiência Visual. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTANCIA ONLINE E O PAPEL DO TUTOR

EDUCAÇÃO A DISTANCIA ONLINE E O PAPEL DO TUTOR 1 EDUCAÇÃO A DISTANCIA ONLINE E O PAPEL DO TUTOR Maceió, 15 de maio de 2009. Lílian Kelly de Almeida Figueiredo UFAL (lillysinha@hotmail.com) Rosana Sarita de Araújo UFAL (rosasarita@hotmail.com) Pesquisa

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

Boletim CPA/UFRPE Curso de Zootecnia Unidade Acadêmica de Garanhuns Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014

Boletim CPA/UFRPE Curso de Zootecnia Unidade Acadêmica de Garanhuns Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014 Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014 Apresentando o Boletim CPA: É com enorme satisfação que a Comissão Própria de Avaliação (CPA/UFRPE), responsável por coordenar os processos internos de avaliação

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ANEXO I MANUAL DE ALTERAÇÃO DE PPCs DE CURSOS SUPERIORES

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina 0004117A - Didática da Matemática

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina 0004117A - Didática da Matemática Curso 1503 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0004117A - Didática da Matemática Docente(s) Marisa da Silva Dias Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento de Educação

Leia mais

O uso de blogs no ensino de Matemática 2

O uso de blogs no ensino de Matemática 2 Claudinei Flavia Batista Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil bs_flavia@hotmail.com Sirlândia Souza Santana sirlandiasantana@hotmail.com Resumo Este trabalho tem como principal objetivo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO NO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD)

A IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO NO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) A IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO NO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) PADILHA, Emanuele Coimbra; SELVERO, Caroline Mitidieri Graduada em Letras-Espanhol pela Universidade Federal de Santa Maria UFSM. E-mail: emanuelecp@hotmail.com

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E SEU PLANEJAMENTO

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E SEU PLANEJAMENTO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E SEU PLANEJAMENTO Curso de Formação de Profissionais para Atuarem no Ensino a Distância Autor: Marilaine Oliveira Casonatti Porto Alegre, Fevereiro de 2012. Introdução Veremos que

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Plano de Ensino Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos Teoricos Metodologicos para o Ensino de Arte Carga Horária: 36h Período: 2º ano Ano: 2011 Turno: noturno

Leia mais

Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC)

Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC) Uma Análise da História da Matemática Apresentada nos Planos de Aulas para o Ensino Fundamental no Espaço da Aula do Portal do Professor (MEC) Rosana Rodrigues da Silva 1 GD5 História da Matemática e Cultura

Leia mais

A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E O PROCESSO DE INTERAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E O PROCESSO DE INTERAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 13 A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E O PROCESSO DE INTERAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Marcia Maria Previato de Souza Professora do Centro Universitário de Maringá PR marciapreviato@cesumar.br João Luiz Gasparin

Leia mais

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA 11 PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA O PVANet é o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) de uso exclusivo da UFV. Os AVAs apresentam diferenças de layout, forma de acesso, funcionamento,

Leia mais

Desenho didático para cursos online

Desenho didático para cursos online Desenho didático para cursos online Edméa Santos Professora da UERJ Professora-tutora do PROGED/ISP/UFBA E-mail: mea2@uol.com.br Site: www.docenciaonline.pro.br/moodle Que é cibercultura? Educação online:

Leia mais

INTRODUÇÃO. Palavras-chave: Alfabetização, EJA, Inclusão, Facebook.

INTRODUÇÃO. Palavras-chave: Alfabetização, EJA, Inclusão, Facebook. A INCLUSÃO DIGITAL E O FACEBOOK NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EJA: UMA EXPERIÊNCIA VIVENCIADA NA ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO JOSÉ DE SANTANA POMBAL PB Autor (1) Amélia Maria

Leia mais

1. Capacitação Docente em Informática na Educação

1. Capacitação Docente em Informática na Educação DO EDITOR DE TEXTOS A PLATAFORMA MOODLE: UM PROJETO PILOTO INOVADOR DE CAPACITAÇÃO DOCENTE CONSTRUCIONISTA EM UMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Maira Teresinha Lopes Penteado 1 Maria Beatriz

Leia mais

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA Zuleide Demetrio Minatti 1 Nilson Thomé 2 UNIPLAC. Resumo: Na atualidade observa-se o crescimento da demanda por cursos

Leia mais

ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO

ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO Porto Velho - RO - 03/2010 Sara Luize Oliveira Duarte, Universidade de Taubaté, saralod@msn.com Walace

Leia mais

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA. Campina Grande maio 2011

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA. Campina Grande maio 2011 ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA Campina Grande maio 2011 Filomena Maria G. da Silva C. Moita UEPB - filomena_moita@hotmail.com Rodrigo

Leia mais

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES FACULDADE ZACARIAS DE GÓES DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Valença Bahia Dezembro 2011 DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Resenha a ser apresentada como avaliação da disciplina EAD em Ambiente

Leia mais

2- GESTÃO DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO ÂMBITO DO PROINFO INTEGRADO

2- GESTÃO DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO ÂMBITO DO PROINFO INTEGRADO 2- GESTÃO DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO ÂMBITO DO PROINFO INTEGRADO Maria do Rozario Gomes da Mota Silva 1 Secretaria de Educação do

Leia mais

Edna Misseno Universidade Católica de Goiás ednamisseno@ucg.br. Rose Mary Almas de Carvalho Universidade Católica de Goiás rose.cead@ucg.

Edna Misseno Universidade Católica de Goiás ednamisseno@ucg.br. Rose Mary Almas de Carvalho Universidade Católica de Goiás rose.cead@ucg. CURSO DE LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS ON-LINE: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA Edna Misseno Universidade Católica de Goiás ednamisseno@ucg.br Rose Mary Almas de Carvalho Universidade Católica de Goiás

Leia mais

Objetos de aprendizagem como ambientes interativos de aprendizagem

Objetos de aprendizagem como ambientes interativos de aprendizagem Objetos de aprendizagem como ambientes interativos de aprendizagem Prof. Me. Wagner Antonio Junior Secretaria Municipal da Educação de Bauru e-mail: wag.antonio@gmail.com Pôster Pesquisa em andamento A

Leia mais

A APRENDIZAGEM COLABORATIVA NO ENSINO VIRTUAL

A APRENDIZAGEM COLABORATIVA NO ENSINO VIRTUAL A APRENDIZAGEM COLABORATIVA NO ENSINO VIRTUAL Cristiane Luiza Köb Leite 1 - PUC-PR Marileni Ortencio de Abreu Passos 2 - PUC-PR Patrícia Lupion Torres 3 - PUC-PR Paulo Roberto Alcântara 4 - PUC-PR RESUMO

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS ALUNOS SOBRE SUA ATUAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PERCEPÇÃO DOS ALUNOS SOBRE SUA ATUAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1 PERCEPÇÃO DOS ALUNOS SOBRE SUA ATUAÇÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Brasília - DF- Fevereiro 2013 Priscila Alessandra da Silva Universidade Federal de Brasília priscilaalesilva@gmail.com Fernanda Carla Universidade

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08 PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Matemática MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: Teorias Educacionais e Curriculares CÓDIGO: NPED 03 FASE DO CURSO: 2ª SEMESTRE LETIVO: 2º 2013 CARGA HORARIA SEMESTRAL/

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO: PEDAGOGIA

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO: PEDAGOGIA SUBPROJETO: PEDAGOGIA Alfabetizar letrando com as tecnologias INTRODUÇÃO A escola necessita formar seu aluno a aprender a ler o mundo, ter autonomia para buscar seu conhecimento, incentivá-lo a ser autor

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Acompanhamento aos Projetos de Pesquisa II Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Espaço destinado

Leia mais

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO Carlos Eduardo Rocha dos Santos Universidade Bandeirante Anhanguera carlao_santos@yahoo.com.br Oswaldo

Leia mais

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS TUTORES PRESENCIAIS DO POLO UAB DE FLORIANÓPOLIS: POSSIBILIDADES DE QUALIFICAÇÃO DO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM.

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS TUTORES PRESENCIAIS DO POLO UAB DE FLORIANÓPOLIS: POSSIBILIDADES DE QUALIFICAÇÃO DO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM. A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS TUTORES PRESENCIAIS DO POLO UAB DE FLORIANÓPOLIS: POSSIBILIDADES DE QUALIFICAÇÃO DO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM. Resumo Fabiana Gonçalves¹ Prefeitura de Florianópolis Grupo de

Leia mais

Utilização de recursos pedagógicos de ambientes virtuais como complemento para atividades presenciais no ensino superior. Sanmya Feitosa Tajra

Utilização de recursos pedagógicos de ambientes virtuais como complemento para atividades presenciais no ensino superior. Sanmya Feitosa Tajra Utilização de recursos pedagógicos de ambientes virtuais como complemento para atividades presenciais no ensino superior Sanmya Feitosa Tajra Mestre em Educação (Currículo)/PUC-SP Professora de Novas Tecnologias

Leia mais

UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA

UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA Quando focalizamos o termo a distância, a característica da não presencialidade dos sujeitos, num mesmo espaço físico e ao mesmo tempo, coloca se como um

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Andréa Tonini José Luiz Padilha Damilano Vera Lucia Marostega Universidade Federal de Santa Maria RS RESUMO A UFSM vem ofertando Cursos de Formação

Leia mais

SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA

SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior Jorge Luis Palacios Felix URI jlpfelix@urisan.tche.br Resumo: O presente trabalho traz uma motivação da maneira

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 70 A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O USO DE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA Rita de Cássia Viegas dos Santos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE O USO DA INTERNET NO PROCESSO EDUCACIONAL: O DESAFIO PARA OS PROFESSORES

Leia mais

Congresso CONSAD de Gestão Pública

Congresso CONSAD de Gestão Pública Congresso CONSAD de Gestão Pública Brasília DF, 26 a 28 de maio de 2008 Múltiplas Mídias na Formação e Desenvolvimento dos Servidores Públicos do diagnóstico ao modelo de capacitação: a experiência da

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º 1 - Ementa (sumário, resumo) Relações

Leia mais

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DO CURRICULO ANO 2 - APROFUNDAMENTO

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DO CURRICULO ANO 2 - APROFUNDAMENTO ESTRUTURA GERAL DOS ROTEIROS DE ESTUDOS QUINZENAL Os roteiros de estudos, cujo foco está destacado nas palavras chaves, estão organizados em três momentos distintos: 1º MOMENTO - FUNDAMENTOS TEÓRICOS -

Leia mais

Tecnologias na. mediação, o processo de ensino-aprendizagem e EAD. Prof. Jorge Luís Costa. Grupo de pesquisa

Tecnologias na. mediação, o processo de ensino-aprendizagem e EAD. Prof. Jorge Luís Costa. Grupo de pesquisa Tecnologias na Educação mediação, o processo de ensino-aprendizagem e EAD Prof. Jorge Luís Costa Grupo de pesquisa Estrutura da apresentação Pressupostos Questões norteadoras Educação e tecnologias EaD:

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Gestão Escolar III Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Gestão escolar democrática. Gestão

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: FIS09 Carga Horária: 60 Créditos: 03 Pré-requisito: Período: IV Ano: 2015.2

PLANO DE CURSO. Código: FIS09 Carga Horária: 60 Créditos: 03 Pré-requisito: Período: IV Ano: 2015.2 PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Educação Física na Infância Professor: Gilson Pereira Souza E-mail: professorgilsonpereira@gmail.com Código:

Leia mais

O PAPEL DO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO NO DESIGN INSTRUCIONAL DE UM CURSO A DISTÂNCIA

O PAPEL DO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO NO DESIGN INSTRUCIONAL DE UM CURSO A DISTÂNCIA 1 O PAPEL DO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO NO DESIGN INSTRUCIONAL DE UM CURSO A DISTÂNCIA Adriana Clementino - SENAC-SP / FIPEN / UniABC-FUNADESP São Paulo 05/2012 Categoria: C Métodos e Tecnologias Setor Educacional:

Leia mais

Projeto de Design Instrucional

Projeto de Design Instrucional Projeto de Design Instrucional Curso: Educação Financeira Modalidade: EaD on-line o que é Design Instrucional? A ação institucional e sistemática de ensino, que envolve o planejamento, o desenvolvimento

Leia mais