DADOS PESSOAIS QUESTIONARIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DADOS PESSOAIS QUESTIONARIO"

Transcrição

1 QUESTIONARIO Pretende-se com este questionário de análise de tarefas obter informações sobre possíveis utilizadores de um aparelho que tem o objectivo de auxiliar as pessoas a atingir um estilo de vida mais saudável, cuja interface será por nós esboçada no contexto da cadeira de IPM - Interface Pessoa-Máquina. O tempo médio de resposta a inquérito é de cinco minutos. Garantimos o anonimato de todos os dados aqui disponibilizados. Obrigado pela sua colaboração. DADOS PESSOAIS 1 - Sexo Masculino Feminino 2 - Idade Menos de a a a a 59 Mais de Habilitações Literárias 4ª classe ou inferior 9º ano de escolaridade Secundário completo Licenciatura ou superior

2 ACTIVIDADE FÍSICA 5 - Com que frequência pratica exercício físico? Nunca Menos de 3 vezes por semana 3 ou mais vezes por semana 6 - Onde realiza a prática de exercício físico? Responda a esta questão apenas se praticar exercício físico Casa Ginásio Jardim 7 - Que mecanismos utiliza para orientar o seu exercício físico? Responda a esta questão apenas se praticar exercício físico Possui treinador pessoal Mediante livros de disciplina Treino livre (sem orientação específica) SAÚDE 8 - Indique se sofre de algum dos seguintes problemas de saúde: Diabetes Cancro Alzheimer Doenças Oculares (Miopia, Astigmatismo) Doenças Infecciosas (SIDA, Tuberculose) Doenças Respiratórias (Asma)

3 9 - Com que frequência consome as seguintes substâncias? Nunca Socialmente Ocasionalmente Frequentemente Tabaco Bebidas alcoólicas Estupefacientes leves Estupefacientes pesados 10 - Indique a sua altura: Menos de 1m50 1m50 a 1m59 1m60 a 1m69 1m70 a 1m79 1m80 a 1m89 1m90 a 1m99 Mais de 1m99 11-Indique o seu peso: Menos de 50kg 50kg a 59kg 60kg a 69kg 70kg a 79kg 80kg a 89kg 90kg a 99kg Mais de 99kg 12- Com que frequência realiza a medição do seu peso? Anualmente Semestralmente Mensalmente Semanalmente Diariamente

4 13-Onde realiza a medição do peso? Casa Farmácia Consultório médico 14 -Possui problemas de pressão arterial (tensão)?, pressão arterial ( tensão ) normalmente baixa, pressão arterial ( tensão ) normalmente alta, pressão arterial ( tensão ) oscilante 15 -Com que frequência realiza a medição da sua pressão arterial (tensão)? Anualmente Semestralmente Mensalmente Semanalmente Diariamente 16 -Onde realiza a medição da pressão arterial (tensão)? Casa Farmácia Consultório médico HÁBITOS ALIMENTARES 17- Quantas refeições realiza, em média, por dia? Mais de 3

5 18- Tem por hábito saltar refeições? Referência às três refeições essenciais - pequeno almoço, almoço ou jantar 19 - Com que frequência se alimenta de : Raramente (menos de 1 vez por semana) Fast Food (McDonalds, Pizza Hut,... ) Doces (à sobremesa ou outro) Comidas Pesadas (Feijoada, Cozido à Portuguesa,... ) Comidas Leves (Grelhados, Saladas,...) Ocasionalmente (2 ou 3 vezes por semana) Frequentemente (4 ou mais vezes por semana) 20 - Tem preocupação relativamente à quantidade de calorias que ingere? 21 - Considera importante a relação entre calorias ingeridas e gastas?

6 Imagine agora que tem ao seu dispor um aparelho de aspecto e tamanho semelhantes aos de um relógio de pulso que permite realizar a medição da pressão arterial, peso e quantidade de calorias ingeridas. O aparelho possui ainda um acelerómetro e um pedómetro que o possibilita determinar o ritmo da actividade física do utilizador. Todas estas características têm como propósito o acompanhamento do utilizador nos seus hábitos alimentares e de exercício físico, mantendo um historial das medições realizadas que poderão e deverão auxiliar o utilizador a compreender e corrigir os erros que este comete nestas actividades, oferecendo-lhe assim a possibilidade de melhorar o seu estilo de vida Quais das características do aparelho considera mais apelativas? Bluetooth Alarmes agendáveis Relógio Portabilidade Acelerómetro, pedómetro Medidor de pressão arterial Medidor de calorias ingeridas Tamanho do aparelho Medidor de massa corporal 23 - Encontra-se familiarizado com a tecnologia de ecrãs tácteis ("touch screen")? 24 - Qual destes métodos de interacção prefere? Botões Ecrã táctil ("touch screen") Ambos

7 25 - Gostaria de ver possibilitada uma opção de transferência de informação entre o aparelho e um computador pessoal / portátil? Que permita a construção de gráficos ou de um historial das variadas medições, por exemplo 26- Considerando ainda a ideia anterior (SHAPE), indique algumas sugestões sobre esse serviço.

Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima

Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima QUESTIONÁRIO Mudança dos Hábitos de Vida das Pessoas com Diagnóstico de Hipertensão Arterial Rita Catarina Alves Gomes,

Leia mais

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES Os inquéritos foram realizados junto de alunos do 6º ano da Escola EB 2,3 de Matosinhos, durante o mês de Novembro de 24. Responderam ao inquérito 63

Leia mais

Das perguntas aos inquiridos podemos obter que: 1. 20% Pratica exercício. 2. 7% Monitoriza a sua actividade física.

Das perguntas aos inquiridos podemos obter que: 1. 20% Pratica exercício. 2. 7% Monitoriza a sua actividade física. Disciplina de Interfaces Pessoa-Máquina 2010/2011 SHAPE - Self-Help Augmented Personal Enhancer Grupo 6 http://web.ist.utl.pt/~ist163577/ Ricardo Ferrão João Nunes Pedro Barreto Nº 63566 Nº 63571 Nº 63577

Leia mais

Obesidade Infantil. O que é a obesidade

Obesidade Infantil. O que é a obesidade Obesidade Infantil O que é a obesidade A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS. A Motivação no Ensino Aprendizagem. Questionário sobre as aulas de Inglês

INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS. A Motivação no Ensino Aprendizagem. Questionário sobre as aulas de Inglês Anexo 2 INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS A Motivação no Ensino Aprendizagem Questionário sobre as aulas de Inglês O objectivo deste questionário é ajudar-te a teres um conhecimento melhor de ti próprio

Leia mais

Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual. Parte I. Parte II

Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual. Parte I. Parte II Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual Instruções para Responder ao Questionário Este questionário tem como objectivo identificar o estilo e ritmo de aprendizagem

Leia mais

Questionário: Risco de ter diabetes

Questionário: Risco de ter diabetes Questionário: Risco de ter diabetes ATENÇÃO! Este questionário não deve ser aplicado a gestantes e pessoas menores de 18 anos. Preencha o formulário abaixo. Idade: anos Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino

Leia mais

Idade. Sexo. Peso (em kg) Altura (em metros)

Idade. Sexo. Peso (em kg) Altura (em metros) Idade Idade Taxa de resposta: 97,7% Média = 17,38 Desvio-padrão = 0,75 Soma dos percentuais diferentes de 100 em função das exclusões. Menos de 16 1 0,6% De 16 a 17 117 67,2% De 18 a 19 51 29,3% 20 e mais

Leia mais

Health Care & Human Care

Health Care & Human Care Health Care & Human Care O sistema ideal para cuidar da saúde e bem-estar A tecnologia BIA criou um novo standard Liderar a nova tecnologia proporciona resultados precisos em que pode confiar - Composição

Leia mais

EFA Escolar Nível Secundário

EFA Escolar Nível Secundário Inquérito EFA Escolar Nível Secundário O presente inquérito enquadra-se num estudo de natureza pessoal que está a ser desenvolvido sobre os cursos de Educação e Formação de Adultos Escolar - de Nível Secundário.

Leia mais

Trabalho realizado por: Filipa Bandeira Margarida Caupers Maria João Bule Ricardo Santos Sérgio Monteiro

Trabalho realizado por: Filipa Bandeira Margarida Caupers Maria João Bule Ricardo Santos Sérgio Monteiro Instituto Superior de Agronomia Introdução à Engenharia Alimentar Trabalho realizado por: Filipa Bandeira Margarida Caupers Maria João Bule Ricardo Santos Sérgio Monteiro Sumário Definição de Fast-food;

Leia mais

CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS:

CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS: CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS: TABACO, ÁLCOOL E DROGAS Setembro 2003 Margarida Gaspar de Matos e Susana Fonseca Carvalhosa Equipa do Aventura Social na Comunidade Estudo em colaboração com a Junta de Freguesia

Leia mais

Liliana de Fátima Nogueira Pinto Nº 14474. Questionário

Liliana de Fátima Nogueira Pinto Nº 14474. Questionário Liliana de Fátima Nogueira Pinto Nº 14474 Questionário Alcoolismo no Feminino: O Consumo de Bebidas Alcoólicas em Alunas Universitárias uma amostra da FCS-UFP do Porto Faculdade de Ciências da Saúde Universidade

Leia mais

Questionário dirigido aos monitores do pré-escolar

Questionário dirigido aos monitores do pré-escolar Questionário dirigido aos monitores do pré-escolar O presente questionário visa recolher dados para a elaboraç de uma Monografia Académica a ser apresentada á Universidade Cabo Verde, para a obtenç do

Leia mais

I PARTE. 1 - Sexo Masculino Feminino. 2 - Iniciais do nome: 3 - Data de nascimento: 4 Peso (em Kg): 5 Altura (em cm): 6 - Estado civil

I PARTE. 1 - Sexo Masculino Feminino. 2 - Iniciais do nome: 3 - Data de nascimento: 4 Peso (em Kg): 5 Altura (em cm): 6 - Estado civil I PARTE Código (A ATRIBUIR PELO INVESTIGADOR) Assinale com um xis (X) a sua resposta às questões seguintes. Se tiver algumas dúvidas ou se no seu caso as questões não se adequam à sua situação, escreva-o

Leia mais

Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS Câmpus Bento Gonçalves

Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS Câmpus Bento Gonçalves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Diretoria de Gestão de Pessoas Seção de Atenção ao Servidor Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho Relatório Enquete Virtual IFRS

Leia mais

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA VAMOS FALAR SOBRE OBESIDADE OBESIDADE A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura corporal no organismo ou quando o peso do corpo ultrapassa em 20% o peso ideal. É atualmente

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL Formação sobre Promoção de Estilos de Vida Saudáveis em Contexto Escolar, Familiar e Envolvente Julho de 2009 ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL TERESA SOFIA SANCHO Gabinete de Nutrição Departamento de Saúde

Leia mais

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças FACTORES DE RISCO Factores de risco de doença cardiovascular são condições cuja presença num dado indivíduo aumentam a possibilidade do seu aparecimento. Os mais importantes são o tabaco, a hipertensão

Leia mais

Fabiana Castro fabiana.castro@gsmd.com.br

Fabiana Castro fabiana.castro@gsmd.com.br Fabiana Castro fabiana.castro@gsmd.com.br Cenário Food Service No Brasil, transformações socioeconômicas impactam na alimentação fora do lar Fonte: IBGE (Brasil), Bureau of Labour Statistics (EUA) e estimativas

Leia mais

Dos 1004 alunos que frequentavam as aulas de Educação Física, um em cada cinco, tinham excesso de peso ou obesidade.

Dos 1004 alunos que frequentavam as aulas de Educação Física, um em cada cinco, tinham excesso de peso ou obesidade. Conclusões e Sugestões (1/5) As principais conclusões a que pudemos chegar de acordo com os objectivos a que nos propusemos, nomeadamente o de conhecer o índice da massa corporal dos alunos da escola onde

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

, de de Assinatura do Segurado Titular

, de de Assinatura do Segurado Titular Companhia Seguradora: Nome do Titular (preenchimento obrigatório) CNS (Carteira Nacional de Saúde) DNV (Declaração de nascido Vivo) RIC (Registro de Identificação Civil) Legendas 03. Inclusão de Dependente

Leia mais

Inquérito aos consumidores de Carne Mirandesa DOP

Inquérito aos consumidores de Carne Mirandesa DOP Inquérito aos consumidores de Carne Mirandesa DOP Data: / / Local de realização do Inquérito: I PARTE DADOS PESSOAIS Perfil do Consumidor 1 - Idade: 2 - Género: Feminino Masculino 3 - Local de Nascimento:

Leia mais

A roda dos alimentos. A antiga roda dos alimentos

A roda dos alimentos. A antiga roda dos alimentos Ano: 2010/2011 Disciplina: Educação Física Professora: Rita Marques Trabalho realizado por: Andreia Cipriano Catarina Silva Jéssica Pereira Mónica Algares Patrícia Martinho A roda dos alimentos Para se

Leia mais

Conforme os normativos da ANS, seguem as definições de Cobertura Parcial Temporária (CPT) e Agravo:

Conforme os normativos da ANS, seguem as definições de Cobertura Parcial Temporária (CPT) e Agravo: Solicitação de Inclusão de Dependentes / Agregado * Data Sucursal Cia Nº da Apólice Certificado (se SPG) Registro na ANS: 005711 Nome do Titular (preenchimento obrigatório) Legendas Sexo 1 - Masculino

Leia mais

Apresentação. Introdução. Francine Leite. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo

Apresentação. Introdução. Francine Leite. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo Evolução dos Fatores de Risco para Doenças Crônicas e da prevalência do Diabete Melito e Hipertensão Arterial na população brasileira: Resultados do VIGITEL 2006-2009 Luiz Augusto Carneiro Superintendente

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

OS JOVENS PORTUGUESES E O CONSUMO DE DROGAS

OS JOVENS PORTUGUESES E O CONSUMO DE DROGAS OS JOVENS PORTUGUESES E O CONSUMO DE DROGAS Tema 1, Nº 2 Junho 2001 Margarida Gaspar de Matos e Susana Fonseca Carvalhosa Equipa do Aventura Social e Saúde Estudo realizado em co-financiamento pela Faculdade

Leia mais

Desfruto de um ambiente saudável à temperatura ideal.

Desfruto de um ambiente saudável à temperatura ideal. ventilação Desfruto de um ambiente saudável à temperatura ideal. VENTILAÇÃO ventoinhas ~ de mesa VTR-40 M i 974010344 EAN-13: 8412788015664 Orea ~ Ionizador. ~ Grelha protectora pintada de 45 cm. de diâmetro.

Leia mais

Saúde da mulher em idade fértil e de crianças com até 5 anos de idade dados da PNDS 2006

Saúde da mulher em idade fértil e de crianças com até 5 anos de idade dados da PNDS 2006 Saúde da mulher em idade fértil e de crianças com até 5 anos de idade dados da PNDS 2006 José Cechin Superintendente Executivo Francine Leite Carina Burri Martins Esse texto compara as morbidades referidas

Leia mais

ESTATÍSTICA. O que é Estatística? É o ramo da Matemática que se encarrega de coletar dados sobre determinado assunto,

ESTATÍSTICA. O que é Estatística? É o ramo da Matemática que se encarrega de coletar dados sobre determinado assunto, ESTATÍSTICA O que é Estatística? É o ramo da Matemática que se encarrega de coletar dados sobre determinado assunto, organizá-los e expôlos na forma de tabelas ou gráficos. Apresentando uma estatística

Leia mais

Pesquisa. Consumo de Frutas e Hortaliças

Pesquisa. Consumo de Frutas e Hortaliças Pesquisa Consumo de Frutas e Hortaliças Pesquisa Quantitativa Consumo de Frutas e Hortaliças Elaborado por CONNECTION RESEARCH Maio 2011 2 Objetivos da pesquisa. Estudar os hábitos alimentares da população

Leia mais

CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Por Personal Trainer Rui Barros BENEFICIOS DO EXERCICIO FISICO E INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA: Os benefícios de um estilo de vida fisicamente

Leia mais

Diabetes e doença cardiovascular

Diabetes e doença cardiovascular Diabetes e doença cardiovascular A diabetes implica um risco aumentado de doença cardiovascular? Sim! As pessoas com diabetes têm um risco aumentado de doenças cardiovasculares, tais como a doença coronária

Leia mais

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima Saúde mais próxima. Por causa de quem mais precisa. Saúde mais Próxima é um programa da

Leia mais

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E BIBLIOTECA

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E BIBLIOTECA Divisão do Centro de Documentação e Biblioteca 214 AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E BIBLIOTECA REALIZAÇÃO MARIA JOÃO T.M.BARREIRO COORDENAÇÃO NATÉRCIA GODINHO APOIO

Leia mais

AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO

AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO Preencha o questionário de acordo com o exemplo, utilizando caneta azul ou preta Preencha assim preencha assim AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO O presente questionário é anónimo e tem

Leia mais

População Portuguesa. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 DOCUMENTO METODOLÓGICO

População Portuguesa. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 DOCUMENTO METODOLÓGICO População Portuguesa Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 DOCUMENTO METODOLÓGICO ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO E OBJECTIVOS DO INQUÉRITO...3 2. RECOLHA E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO...3

Leia mais

VIGITEL 2014 Periodicidade Parceria: População monitorada 40.853 entrevistas

VIGITEL 2014 Periodicidade Parceria: População monitorada 40.853 entrevistas Ministério da Saúde Abril de 2014 VIGITEL 2014 Medir a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não transmissíveis na população brasileira Subsidiar ações de promoção da saúde e prevenção

Leia mais

Diário da diabetes CONTROLAR A DIABETES. Este diário pertence a:

Diário da diabetes CONTROLAR A DIABETES. Este diário pertence a: CONTROLAR A DIABETES Diário da diabetes Este diário destina-se a ajudá-lo a manter actualizadas informações importantes que o podem ajudar na gestão diária da sua diabetes. Também estão incluídas neste

Leia mais

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Projecto Mexa-se em Bragança Organização: Pedro Miguel Queirós Pimenta Magalhães E-mail: mexaseembraganca@ipb.pt Web: http://www.mexaseembraganca.ipb.pt

Leia mais

Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht. SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015

Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht. SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015 Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015 REDUÇÃO DE PESO E CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL EM TRABALHADORES DA INDÚSTRIA

Leia mais

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 LEITE, Raíssa Moraes 1 ; FRANCO, Lana Pacheco 2 ; SOUZA, Isabela Mesquita 3 ; ALVES, Ana Gabriella Pereira

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO Abordagem e Tratamento do Tabagismo PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO Abordagem e Tratamento do Tabagismo I- Identificação do Paciente Nome: Nº do prontuário:

Leia mais

Data de admissão. Agência

Data de admissão. Agência PEDIDO DE INCLUSÃO SEGURO DE SAÚDE Indique se este é um novo pedido de inclusão ou alteração a um pedido já existente: Novo Alteração 1. TOMADOR DO SEGURO S T F P S N PESSOA SEGURA 1 - ASSOCIADO Completo

Leia mais

Análises parciais VIGITEL 2013

Análises parciais VIGITEL 2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA DE DOENÇAS E AGRAVOS NÃO TRANSMISSÍVEIS E PROMOÇÃO DA SAÚDE Análises parciais VIGITEL 2013 Betine Pinto Moehlecke Iser Oficina

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

saudável MEDICAMENTOS E BEBIDAS ALCOÓLICAS TERCEIRA IDADE

saudável MEDICAMENTOS E BEBIDAS ALCOÓLICAS TERCEIRA IDADE TERCEIRA IDADE saudável MEDICAMENTOS E BEBIDAS ALCOÓLICAS Massachusetts Department of Public Health Bureau of Substance Abuse Services Bureau of Family and Community Health Família, trabalho, passatempos,

Leia mais

QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS

QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS Contacto: nelma.marq@gmail.com QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS O presente questionário pretende servir de apoio ao desenvolvimento de um estudo relacionado

Leia mais

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada 1 Água ALIMENTE-SE DE FORMA EQUILIBRADA E SAUDÁVEL. A alimentação influi na sua segurança ao volante. Uma alimentação incorreta pode gerar fadiga,

Leia mais

Relatório Questionário on-line

Relatório Questionário on-line Associação Portuguesa dos Gestores e Técnicos dos Recursos Humanos Seminário: Novos Caminhos, Novos Desafios da Formação Certificada Relatório Questionário on-line Relatório 1. Introdução e Objectivos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07/2011 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E DE SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07/2011 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E DE SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA 07/2011 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E DE SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO Estabelece os procedimentos para a avaliação nutricional e saúde dos profissionais da educação. 1. DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

O Que São Dados? Mundo sensorial: Provar um alimento Medir: aroma Instrumento de medição: provadores Medida: ruim, regular bom excelente

O Que São Dados? Mundo sensorial: Provar um alimento Medir: aroma Instrumento de medição: provadores Medida: ruim, regular bom excelente O Que São Dados? Dados são observações documentadas ou resultados da medição. A disponibilidade dos dados oferece oportunidades para a obtenção de informações. Os dados podem ser obtidos pela percepção

Leia mais

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008 A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito 2 de Abril de 2008 Caracterização dos inquiridos Sexo 37% 63% Feminino Masculino Idade 12% 18-25 anos 18% 26-35 anos 36-45 anos 54% 16% > de 45 anos

Leia mais

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada PRESSURE POINTS SERIES: NO.1 Introdução à tensão arterial elevada BLOOD PRESSURE ASSOCIATION A tensão arterial elevada é a maior causa conhecida de invalidez e morte prematura no Reino Unido através de

Leia mais

Cartão Multicaixa. relatório final

Cartão Multicaixa. relatório final Cartão Multicaixa relatório final 34.10 AG Cartão Multicaixa 34.10 AG Cartão Multicaixa 1. Objectivos e metodologia 2. Sumário executivo 3. Caracterização 4. Cartão Multicaixa 34.10 AG Cartão Multicaixa

Leia mais

04-05-2010. Propósito. A ONLY foi criada com o objectivo de fornecer soluções de domótica simples para edifícios. ONLY 2010

04-05-2010. Propósito. A ONLY foi criada com o objectivo de fornecer soluções de domótica simples para edifícios. ONLY 2010 ONLY 2010 Propósito A ONLY foi criada com o objectivo de fornecer soluções de domótica simples para edifícios. 1 Integração A ONLY integra: Segurança Automação Climatização Som ambiente Exemplo: Um botão

Leia mais

Título do Projeto! JUNTOS PELA SAÚDE

Título do Projeto! JUNTOS PELA SAÚDE Título do Projeto! JUNTOS PELA SAÚDE População Saudável Campanhas para realização dos exames preventivos Material Educativo Comunicação População Saudável Educação em Saúde: Esta ação tem como objetivo

Leia mais

QUESTIONÁRIO MÉDICO/FICHA INFORMATIVA

QUESTIONÁRIO MÉDICO/FICHA INFORMATIVA QUESTIONÁRIO MÉDICO/FICHA INFORMATIVA (esta ficha informativa deverá ser preenchida e entregue em conjunto com a Ficha de Inscrição e o Termo de Responsabilidade) FOTO Nome completo:... (Nome):... (Apelido)

Leia mais

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática ESTATÍSTICA Ano lectivo: 2007/2008 Curso: Ciências do Desporto Ficha de exercícios nº1: Análise Exploratória de dados: Redução e Representação

Leia mais

AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO

AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos do Mestrado em Educação Musical

Leia mais

Tema 1, Nº 1 Junho 2001

Tema 1, Nº 1 Junho 2001 Tema 1, Nº 1 Junho 2001 Margarida Gaspar de Matos e Susana Fonseca Carvalhosa Equipa do Aventura Social e Saúde Estudo realizado no âmbito do protocolo entre a Faculdade de Motricidade Humana e o Gabinete

Leia mais

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO RESUMO Mari Uyeda Larissa Fabiane da Silva Toledo Este trabalho apresenta como objetivo demonstrar o comportamento

Leia mais

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2015. Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2015. Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2015 Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 4 Ilustração

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE 01 CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE A obesidade é uma doença crónica que se caracteriza pelo excesso de gordura corporal e que atinge homens, mulheres e crianças de todas as etnias e idades. A sua prevalência

Leia mais

QUESTIONÁRIO FORMAÇÃO ON LINE

QUESTIONÁRIO FORMAÇÃO ON LINE O CDL enviou em finais de Março um inquérito sobre formação On Line à Classe para questionar se utilizam e conhecem a plataforma do Centro de Formação On Line e se já frequentaram cursos line promovidos

Leia mais

1. Grupo etário < 15 1 0% 15-24 53 11% 25-34 141 29% 35-44 202 41% 45-54 61 12% > 54 32 7% 2. Sexo Masculino 199 41% Feminino 291 59%

1. Grupo etário < 15 1 0% 15-24 53 11% 25-34 141 29% 35-44 202 41% 45-54 61 12% > 54 32 7% 2. Sexo Masculino 199 41% Feminino 291 59% 490 responses Summary See complete responses 1. Grupo etário < 15 1 0% 15-24 53 11% 25-34 141 29% 35-44 202 41% 45-54 61 12% > 54 32 7% 2. Sexo Masculino 199 41% Feminino 291 59% 3. Habilitações literárias

Leia mais

Se as crianças entre 7 e 10 anos tivessem que reduzir uma caloria, quantas seriam?

Se as crianças entre 7 e 10 anos tivessem que reduzir uma caloria, quantas seriam? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 06 / 2 / 20 III ETAPA - AVALIAÇÃO ESPECIAL DE MATEMÁTICA 3.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2014

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2014 PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DOS PAIS FORTALEZA (CE) 2014 Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS

Leia mais

Estudo sobre Comportamentos de Risco

Estudo sobre Comportamentos de Risco quadernsquadernsanimacio.netnº10;julhode2009animacio.netnº10;julhode2009 quadernsanimacio.net nº11;janeirode2010 EstudosobreComportamentosdeRisco ResultadosdeInquéritonumaPerspectiva depromoçãodasaúde

Leia mais

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL INQUÉRITOS POR QUESTIONÁRIO ASSOCIAÇÕES INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO ÁS ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO DE A pobreza e a exclusão social embora não sendo fenómenos recentes, têm vindo a surgir nas nossas

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Código QUESTIONÁRIO GERAL SOBRE CONDIÇÕES DE SAÚDE

Código QUESTIONÁRIO GERAL SOBRE CONDIÇÕES DE SAÚDE Código QUESTIONÁRIO GERAL SOBRE CONDIÇÕES DE SAÚDE Instruções: Assinale com um X a resposta que considera mais correta em relação a cada uma das perguntas. Em alguns casos a questão é de resposta múltipla.

Leia mais

PRESCRIÇÃO DO TREINAMENTO PARA EMAGRECIMENTO. obesa envolve um plano de ação muito mais complexo, sendo prescrito de acordo com a condição

PRESCRIÇÃO DO TREINAMENTO PARA EMAGRECIMENTO. obesa envolve um plano de ação muito mais complexo, sendo prescrito de acordo com a condição PRESCRIÇÃO DO TREINAMENTO PARA EMAGRECIMENTO Em condições normais a obesidade deveria ser prevenida, porem o tratamento da pessoa obesa envolve um plano de ação muito mais complexo, sendo prescrito de

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES DOS FREQUENTADORES DE PARQUES DA CIDADE DE SÃO PAULO

AVALIAÇÃO DOS FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES DOS FREQUENTADORES DE PARQUES DA CIDADE DE SÃO PAULO Ciências da Vida - Nutrição AVALIAÇÃO DOS FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES DOS FREQUENTADORES DE PARQUES DA CIDADE DE SÃO PAULO Fernanda Cristina Guevara 1 Camila Maria Melo 2 Tatiane Vanessa

Leia mais

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório PHCClínica CS DESCRITIVO O módulo PHC Clínica permite a gestão da informacão interna em duas vertentes: por um lado a informação confidencial sobre cada Paciente e o seu historial, por outro, se integrado

Leia mais

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam. Dieta durante o tratamento O que comer e o que evitar de comer Após a cirurgia A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

Leia mais

O QUE É a TENSÃO (PRESSÃO) ARTERIAL. RISCOS da HIPERTENSÃO ARTERIAL. CAUSAS da HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL ESSENCIAL

O QUE É a TENSÃO (PRESSÃO) ARTERIAL. RISCOS da HIPERTENSÃO ARTERIAL. CAUSAS da HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL ESSENCIAL O QUE É a TENSÃO (PRESSÃO) ARTERIAL RISCOS da HIPERTENSÃO ARTERIAL CAUSAS da HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL ESSENCIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL SECUNDÁRIA DETECÇÃO e CONTROLO da HIPERTENSÃO ARTERIAL

Leia mais

QUESTIONÁRIO. Fórum do Desporto Municipal I DADOS PESSOAIS

QUESTIONÁRIO. Fórum do Desporto Municipal I DADOS PESSOAIS QUESTIONÁRIO Fórum do Desporto Municipal O Fórum do Desporto Municipal corresponde a um processo participativo, dinâmico que pretende assegurar a responsabilização e mobilização de todos os cidadãos e

Leia mais

A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20

A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20 A calculadora se vamos utilizar na proposta de resolução deste exame nacional é a fx-cg20 2. Na actualidade, há uma crescente preocupação com a preservação da natureza, nomeadamente, quanto à necessidade

Leia mais

Alimentação Saudável. 2008 Teresa Bilhastre - CSCR

Alimentação Saudável. 2008 Teresa Bilhastre - CSCR Ministério da Saúde O Programa de Saúde Escolar insere-se no Plano Nacional de Saúde 2004-2010 Pretende: Reforçar as acções de promoção da saúde e prevenção da doença em ambiente escolar. Ministério da

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

Anexo I - Questionário

Anexo I - Questionário Anexo I - Questionário Joana Alexandra de Jesus Amorim, aluna do 4º ano da Licenciatura em Enfermagem da Universidade Fernando Pessoa, encontra-se a realizar um trabalho de investigação com o título Cirurgia

Leia mais

Processo do Design. Atividades básicas:

Processo do Design. Atividades básicas: Design de Interface Processo do Design Atividades básicas: Análise da Situação Atual (identificação do problema) Síntese de uma Intervenção Avaliação da Intervenção Projetada Segunda Parte do Curso Iremos

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO (A preencher pela

Leia mais

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós Trabalho elaborado por: Enf. Anabela Queirós O que é a diabetes? Uma doença que dura toda vida Provocada pela ausência ou perda de eficácia da insulina; Provoca a subida de açúcar no sangue A diabetes

Leia mais

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) Questionário Pai / Mãe / Encarregado/a de Educação Nota: Não deve escrever o nome e/ou morada em nenhuma das páginas deste questionário

Leia mais

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório PHCClínica CS DESCRITIVO O módulo PHC Clínica permite a gestão da informacão interna em duas vertentes: por um lado a informação confidencial sobre cada Paciente e o seu historial, por outro, se integrado

Leia mais

! "#! #" $ % & $ % '! " #"!' ((() ((() (((((( '

! #! # $ % & $ % '!  #!' ((() ((() (((((( ' !"#! #"$ % &$ %'! " #"!'((()((()(((((( ' *+"","+*" &!"' " "-'. *+"","+*" " ' /0"1"*" /0"+1 *+"","+*""+"! + '1"!"#! #$% $ #$%& /02 3 &$ # 4 56 $ *+"","+*" 4 +% 1"+6 4 56"#*"+"! 0"# $ *+"","+*" " % Dispões

Leia mais

HÁBITOS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES

HÁBITOS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 HÁBITOS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES Larissa Paula da Silva de Souza 1, Sara Leal de Lima 2, Angela Andréia França Gravena 3 RESUMO:

Leia mais

A Gestão operacional total da clínica ou consultório

A Gestão operacional total da clínica ou consultório Descritivo completo Clínica 2008 A Gestão operacional total da clínica ou consultório Benefícios Fácil de utilizar; Totalmente integrada com o restante Software PHC; Maior eficiência na Gestão de Marcações;

Leia mais

MOOVYOO ELíptica Monster II MANUAL DO UTILIZADOR

MOOVYOO ELíptica Monster II MANUAL DO UTILIZADOR MOOVYOO ELíptica Monster II MANUAL DO UTILIZADOR 1 CONSOLA : MANUAL DE UTILIZAÇÃO Função: 1. Programa : 21 programas estão disponíveis como indicado em seguida A: 1 programa manual (cf. ilustração 1) Ill.

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais