Os produtos da Royal 4 têm como base as ferramentas PROGRESS, banco de dados e linguagens de quarta geração (4GL), bastante atuais e abertas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os produtos da Royal 4 têm como base as ferramentas PROGRESS, banco de dados e linguagens de quarta geração (4GL), bastante atuais e abertas."

Transcrição

1

2 Nos mais de 16 anos passados desde sua fundação, Royal 4 tem disponibilizado soluções de software empresariais para companhias de médio e grande porte dos segmentos de manufatura, varejo, atacado e distribuição. O produto inicial da Royal 4, lançado em 1986, foi um ERP (Enterprise Resource Planning / Manufacturing Resurce Planning), o R4-Enterprise, atualmente instalado e rodando em mais de 200 clientes e com mais de 5000 usuários ao redor do mundo. Mais recentemente, por volta de 1997, a Royal 4 lançou no mercado um Sistema de Administração de Armazéns (WISE). O WISE é um sistema inteligente de Administração de Armazéns com interface gráfica e totalmente parametrizável (utilizando o conceito de regras de negócio). Pontos fortes da corporação Royal 4: Uma companhia de altíssimo nível técnico Proprietária e distribuidora de softwares de classe mundial Referência de clientes multinacionais em vários segmentos da indústria e comércio Alianças com empresas líderes de softwares de ERP Os produtos da Royal 4 têm como base as ferramentas PROGRESS, banco de dados e linguagens de quarta geração (4GL), bastante atuais e abertas. Empresa especializada na distribuição, comercialização, implantação e customização de soluções para atacado e varejo. Distribuidora oficial da Royal 4 no Brasil. Presta consultoria nas áreas de atacado, varejo, logística e distribuição.

3 W.I.S.E WAREHOUSE INFORMATION SYSTEM EXPERT - WMS W E B E D I Recebimento Controle de qualidade Armazenagem dirigida Movimentação interna Contagem cíclica Reposição E R P interface E R Coleta / Embalagem Embarque Manifestos de carga P

4 FUNCIONALIDADES DE ENTRADA WISE é um sistema de gerenciamento de Centros de Distribuição no qual são definidas as regras de alocação, tipos de containers, tipos de embalagens, paletização, procedimentos de embarque para múltiplas ordens, técnicas de empacotamento, etc... O sistema WISE com base nestas regras otimiza as tarefas utilizando algoritmos complexos. Todas estas funcionalidades do sistema WISE estão à disposição para melhorar as operações do Centro de Distribuição, dando à organização uma vantagem competitiva perante a concorrência, minimizando, consideravelmente, os custos e aumentando a produtividade. RECEBIMENTO É um dos módulos de entrada do WISE que consiste de um conjunto detalhado de todos os possíveis tipos de estoques que podem ser recebidos no armazém. Ordens de compra, transferências entre locais, tarefas, aviso antecipado de embarques, devolução de materiais e recebimentos não esperados. Desta forma, o sistema WISE comandará todas as operações necessárias após o recebimento. - Visão total de todas as ordens de entrada - Suporte completo para Avisos Antecipados de Embarque (AAE s). Os AAE s podem ser enviados diretamente para o WISE ou para o sistema central. - Vários operadores de recebimento podem ser alocados trabalhar em uma única ordem. - Um único operador de recebimento pode trabalhar simultaneamente em múltiplas ordens. - Pode receber remessas não esperadas. - Um único equipamento de RF pode ler código de barras, identificadores de palet ou etiqueta de palet. - Capturar toda a informação possível no momento da recepção das mercadorias como número de lote, número de série e todas as datas (criação, manufatura, vencimento, etc...)

5 FUNCIONALIDADES DE ENTRADA CONTROLE DE QUALIDADE Durante o recebimento o sistema WISE pode determinar os parâmetros que devem comprovar rapidamente a qualidade das mercadorias recebidas. Tais parâmetros consistem em: um percentual de itens recebidos (amostragem), por código de produto, por código de grupo, vendedor e/ou qualquer destas combinações. O sistema WISE então pode gerar uma série de tarefas para movimentar os itens que requerem procedimentos de controle de qualidade. Os lotes rejeitados serão identificados dentro do sistema para evitar a geração de tarefas de armazenamento e alocação. ARMAZENAGEM Cont... Com base na configuração definida pelo usuário, o sistema WISE gera as tarefas de armazenamento para dirigir da forma mais eficiente o pessoal operacional do depósito para alocar os itens com base tanto no próprio item como no grupo de produtos, nas localizações e ou em qualquer combinação dos mesmos. O sistema WISE também incorpora regras de consolidação e dimensões dos produtos e do local (cubagem). A função de cubagem utiliza as dimensões do produto e peso para assegurar a viabilidade de armazenamento em cada local. Isto também previne contra danos aos produtos através da especificação dos parâmetros de carga e empilhamento máximos para cada item e local. CROSSDOCKING ARMAZENAGEM Diversas funcionalidades de armazenagem permitem ao armazém utilizar diferentes tipos e métodos de armazenamento. Utilizando o RF como base das tarefas de armazenamento o sistema WISE dirige os operadores às corretas alocações e com os equipamentos certos e na rota mais simples e eficiente. A funcionalidade de Crossdocking é uma valiosa ferramenta para melhorar o armazém com um processamento de ordens mais eficiente e rápido. Quando um item é recebido para depósito (de uma ordem ou uma devolução) e o mesmo item é requerido para uma ordem de saída aguardando ser processada, o sistema WISE dispara imediatamente as tarefas necessárias para levar as mercadorias da doca receptora para a área de empacotamento ou de saída e completar o embarque. Isto elimina todas as tarefas de armazenamento e separação que seriam necessárias para estocar o item e tornar a separá-lo. UNCIONALIDADES INTERNAS DE LOGÍSTICA

6 FUNCIONALIDADES INTERNAS DE LOGÍSTICA CONTROLE DE INVENTÁRIOS Os estoques são acompanhados desde o momento de chegada na doca, durante todos os passos dos processos de armazenamento até a doca de saída.os estoques são controlados em nível de item, pelo número de SKU, pela quantidade e localização. Todas as tarefas são geradas pelo sistema, dinamicamente dirigidas ao pessoal operacional do armazém via Radiofreqüência. Isto possibilita monitorar o Centro de Distribuição em tempo real e com total precisão. PALETIZAÇÃO WISE permite manipular os estoques, disponibilidade e paletização em qualquer unidade de apresentação com a capacidade de tratar qualquer código padrão (EAN-14, UCC-128, ect.). Por exemplo: um Palet (primeiro nível), 24 caixas por Palet (segundo nível), 48 engradados de seis por caixa (terceiro nível) e 6 garrafas por engradado de seis (quarto nível). Pode-se usar paletização para medida e para identificar palets ou caixas com um código de barras padrão (Códigos EAN-14 / UCC-128), por exemplo: caixas de doces com caixas de cervejas e caixas de queijo, ect.. LOCALIZAÇÃO DE PRODUTOS Alocação dinâmica de espaço é outro fator de sucesso do WISE. Uma vez que o lay-out do Centro de Distribuição esteja definido e os atributos dos produtos e locais estejam definidos, o sistema passará a administrar os espaço de acordo com a disponibilidade, volume, peso, e especificidades requeridas pelos produtos. O sistema pode informar o local, ou locais, onde um determinado produto está, bem como sua situação (separado, alocado, disponível, ect. ). CONTAGEM CÍCLICA E FÍSICA Durante a implantação, antes de liberar o sistema, um inventário físico total é feito para incluir todos os itens e suas respectivas localizações.uma leitura dos locais seguido da leitura dos itens assegura um perfeito cruzamento item/local. A funcionalidade de Contagem Cíclica Dinâmica e Inteligente não requer congelamento dos estoques. Contagens cíclicas são automaticamente disparadas em segundo plano com base nos requerimentos definidos pelos usuários. Contagens Cíclicas podem ser executadas por locais, zonas, grupos de produtos ou itens. Uma contagem cíclica de discrepância é executada toda vez que uma tarefa de armazenagem ou de coleta é completada e há uma diferença entre as quantidades atuais e as esperadas. Este local é então colocado em espera temporária e uma recontagem é automaticamente disparada.

7 FUNCIONALIDADES INTERNAS DE LOGÍSTICA ROTAS INTERNAS Quando o sistema é configurado pela primeira vez todos os locais e rotas internas são fixados e definidos para assegurar um deslocamento mais rápido e eficiente. As Rotas de Tráfego do Armazém devem ser rápidas e eficientes. As rotas podem ser por itens específicos ou com base em equipamentos, espaço, níveis de segurança ou por outros atributos definidos pelos usuários (temperatura, produtos perecíveis, materiais perigosos, etc.). Estas rotas internas incorporam o caminho detalhado a ser seguido para assegurar as melhores técnicas de coleta / armazenamento. Estes caminhos são flexíveis o suficiente para trocar e tratar padrões diferentes para testes de eficiência como por exemplo: coleta por corredor, por prateleira, por fila, por padrão- Z, por padrão-u, ect.. REABASTECIMENTO As regras definidas pelo usuário para reposição/remanejamento de estoques asseguram que o mesmo seja feito com rapidez e segurança. WISE pode gerar automaticamente estas tarefas com base em níveis mínimos de quantidade de estoques por item, grupo de produtos ou localização. Quando utilizamos a metodologia forward picking, a solução WISE permite ao responsável pelo gerenciamento do armazém repor todas as áreas de forward picking para os níveis máximos definidos, com o simples toque de um botão. forward picking permite para todas as separações de um determinado dia/ordem/onda a serem apanhados de uma área de alto volume.

8 FUNCIONALIDADES DE SAÍDA PROCESSAMENTO DE ORDENS A tela de Gerenciamento de Ordens, é uma ferramenta bastante flexível usada para agrupar e executar ordens de embarque. Esta tela gráfica tem uma interface muito simples e que permite ao usuário responsável a capacidade de executar ordens simples, agrupadas com base no número de ordem, identificação do cliente, destino, data, transportadores, prioridades e muitas outras combinações também. A qualquer momento, durante o processamento, uma ordem de embarque pode ser cancelada e o sistema WISE gera todas as tarefas necessárias para devolver todos os itens ao estoque no processo de coleta / embarque. COLETA (PICKING) O sistema WISE permite à gerência do armazém flexibilidade para liberar ordens para coleta dos produtos. Apesar de ser o objetivo de todo WMS ter um armazém sem o uso de papel, se forem necessárias, as listas de coleta podem ser impressas. Usando a tecnologia de radiofreqüência, a liberação de uma ordem ou de um grupo de ordens é chamada de onda. Uma onda pode ser liberada para ser coletada (picking) por uma ordem, zona, local, funcionário, etc... As coletas são designadas para um funcionário com base nas definições prioritárias definidas pelo usuário, pelos atributos do produto/ordem e pela seqüência de caminhos internos do armazém. Todo o detalhamento das tarefas de uma coleta é registrado em um relatório de ocorrências: funcionário, unidade de medida, destino e tempo de operação. Todas as funções do armazém são atualizadas em tempo real. No momento em que uma tarefa é concluída, a próxima tarefa na seqüência é disparada. Se uma ordem urgente é enviada ao armazém necessitando ser processada imediatamente, o sistema WISE pode fazer os ajustes necessários para abrir tarefas imediatas a fim de colocar a ordem em prioridade máxima acima das tarefas abertas já existentes. WISE pode coletar por: Onda, Ordem, Demanda prioritária, Palet, Palet parcial, Item, Zona, Local e por Cliente. Estoque

9 FUNCIONALIDADES DE SAÍDA EMBALAGEM (PACKING) O Sistema WISE permite diferentes métodos de embalagem. O mais comum é fazer a coleta de uma área genérica, depois levar as mercadorias para um determinado posto de empacotamento, onde o empacotador as encaminha para o próximo passo do processamento de ordens. Se um usuário definir que eles estão coletando uma ordem ou ordens, o sistema WISE pode então coletar dos locais da área genérica e colocar os itens diretamente no container de empacotamento pronto para embarque. Isto também é denominado Paletização caso o container de empacotamento for um palet e o próprio palet for usado para despacho. EMBARQUES ( (SHIPPING) Depois que os itens de uma ordem passaram por todos os passos definidos pelo usuário (coleta, empacotamento e paletização) podem ser embarcados. As ordens podem ser consolidadas para um embarque com base em numero de ordem, container, transportadora, onda, código postal, estado, cidade, etc.. A lógica detalhada utilizada pelo sistema WISE para embarque permite utilizar todas estas variáveis ou uma combinação entre elas. Também, durante o processo de embarque, toda a documentação necessária para o despacho é gerada. Listas de empacotamento, conhecimento, manifestos e etc...

10 TECNOLOGIA TECNOLOGIAS SUPORTADAS - Ambiente gráfico, Client Server, Web Browser - Relatórios via WEB: - Relatórios de inventário e situação das ordens, informações sobre as NF s e outros - Disponível para os sistemas operacionais: - NT, UNIX, LINUX, SOLARIS, SUN e outros - Escrito em linguagem 4GL PROGRESS - Bancos de Dados Suportados: - PROGRESS, ORACLE e todos os bancos de dados acessados via ODBC - Hardware suportado - HP, IBM, SUN, SCO, INTEL, UNISYS e DIGITAL/SUN E.D.I. Intercâmbio eletrônico de dados (EDI) é uma troca de dados entre empresas dentro de formatos padrão. No EDI a informação é organizada dentro de um formato especificado por ambas as partes permitindo utilizar, de qualquer forma, um tipo de transação que não requer nenhuma intervenção manual ou re-digitação. A informação contida em uma transação EDI é, na maioria das vezes, igual a um documento convencional impresso. EDI cria infinitas possibilidades para desenvolver troca de informações e serviços entre diferentes partes e locais. Varejistas em particular estão agora colhendo os benefícios do uso do EDI para conduzir suas atividades empresarias do dia a dia. Eles se beneficiam não tendo que se preocupar com os níveis de estoque em função de uma maior rotação de estoques. Hoje em dia as maiores cadeias varejistas exigem que seus fornecedores utilizem EDI na hora de negociar com eles.

11 TECNOLOGIA RADIOFREQUÊNCIA WISE é um sistema com uma arquitetura verdadeiramente homogênea. É um dos poucos WMS s disponíveis hoje no mercado que utilizam a mesma linguagem operacional tanto para os terminais, para os bancos de dados e para equipamentos de radiofreqüência. O sistema WISE executa todas as transações nos equipamentos de radiofreqüência via emulação de terminal. Isto pode ser suportado por toda a gama de equipamentos disponíveis hoje em dia no mercado. OBSERVAÇÕES - O erro resultante de uma intervenção humana é de 1 por 300, comparado com 1 por no caso de uso de código de barras. - Código de barras reduz o tempo de um Inventário físico entre 50% e 75%. - A média de retorno de um sistema de código de barras de qualquer tipo é de 6 a 12 meses as vezes menos. - Um estudo recente mostrou que empresas que não utilizam um sistema de código de barras têm em média 2% de erros em todos os embarques e recebimentos e necessitam de 4 horas, em média, para corrigir estes erros - WISE tem interfaces para quase todos os equipamentos de radiofreqüência existentes no mercado.

12 FUNCIONALIDADES DO SISTEMA WISE Portaria Recebimento Armazenagem Endereçamento Inventário Gestão de Kits Controla Portaria Identifica Veículo / Motorista Controla Prioridade de Descarga Tem Interface com ERP s Suporta E.D.I. Trata Divergências e Avarias Identifica produtos com Código de Barras Controla Fifo Controla Lifo Controla Data de Validade Controla Lote Específico Controla Lote Logístico Controle de Qualidade Opera com Radiofreqüência Opera de forma híbrida (c/ ou s/ coletor) Tem interface com balanças Tem regras de Armazenagem Regras por produto e grupo de produtos Gera tarefas de armazenagem Considera capacidade Controla localizações Sugere endereços dinamicamente Opera com radiofreqüência Opera de forma híbrida (c/ ou s/ coletor) Por endereço Por produto Por grupo de produtos Por quantidade Contagem automática por discrepância Sem necessidade de parar a operação Opera com radiofreqüência Opera de forma híbrida (c/ ou s/ coletor) Controla componentes Controla saldo de kits

13 FUNCIONALIDADES DO SISTEMA WISE Cont. Separação Conferencia Expedição Inf. Gerenciais Rastreabilidade Código de Barras Internet Tem interface com ERP (Pedidos) Gera tarefas de separação Suporta E.D.I. Controla Fifo / Lifo Controla data de validade Controla lote específico Rotas internas Por funcionário Por ordem Por onda Por pedido / cliente Por região Opera com radiofreqüência Opera de forma híbrida (c/ ou s/ coletor) Cega Opera com radiofreqüência Opera de forma híbrida (c/ ou s/ coletor) Identifica volumes com código de barras Tem interface com ERP Gera documentação para despacho Gráficos de performance Avaliação dos operadores Tomada de decisão Documentos Produtos Operador Localização EAN 13 DUN 14 EAN / UCC 128 Informações sobre Pedidos de Compra Recebimentos esperados Inventários situação e quantidades

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Suprimentos. WMS Gerenciamento de Armazém Bloco Suprimentos WMS Gerenciamento de Armazém Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo WMS, que se encontra no Bloco Suprimentos. Todas informações aqui disponibilizadas foram

Leia mais

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns

WMS. Agenda. Warehouse Management Systems (WMS) Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns WMS Warehouse Management Systems Sistema de Gerenciamento de Armazéns Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Informática Aplicada a Logística Profº Breno Amorimsexta-feira, 11 de setembro de 2009 Agenda

Leia mais

Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência

Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência problema Má organização do espaço físico Mercadoria estagnada Tempos de resposta longos Expedições incorrectas Ausência de rastreabilidade Informação

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM WMS WAREHOUSE MANAGEMENT SYSTEM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ARMAZÉM/DEP M/DEPÓSITO WMS Software de gerenciamento de depósito que auxilia as empresas na busca de melhorias nos

Leia mais

WMS Warehouse Management System

WMS Warehouse Management System WMS Warehouse Management System [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais

Leia mais

onda Logistics powered by Quantum

onda Logistics powered by Quantum onda Logistics powered by Quantum Sonda IT Fundada no Chile em 1974, a Sonda é a maior companhia latino-americana de soluções e serviços de TI. Presente em 10 países, tais como Argentina, Brasil, Chile,

Leia mais

LOG SERVICES TELA DE GESTÃO DOS MÓDULOS TEM UM VISUAL MODERNO E COMERCIAL, PARA SER UTILIZADO COMO INSTRUMENTO DE VENDA

LOG SERVICES TELA DE GESTÃO DOS MÓDULOS TEM UM VISUAL MODERNO E COMERCIAL, PARA SER UTILIZADO COMO INSTRUMENTO DE VENDA APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO DOS MÓDULOS TELA INICIAL TELA DE GESTÃO DOS MÓDULOS TEM UM VISUAL MODERNO E COMERCIAL, PARA SER UTILIZADO COMO INSTRUMENTO DE VENDA APRESENTAÇÃO DOS MÓDULOS WORKFLOW DOS MÓDULOS

Leia mais

Parametrização Básica WMS

Parametrização Básica WMS Parametrização Básica WMS Sumário Definindo Parâmetros Gerais... 4 Parâmetros... 5 Conferência... 6 Integração... 7 Pick / Pack... 8 Tarefa... 10 Etiqueta... 11 Produção... 12 Integração do Produto...

Leia mais

Armazenamento e TI: sistema de controle e operação

Armazenamento e TI: sistema de controle e operação Armazenamento e TI: sistema de controle e operação Pós-Graduação Latu-Sensu em Gestão Integrada da Logística Disciplina: TI aplicado à Logística Professor: Mauricio Pimentel Alunos: RA Guilherme Fargnolli

Leia mais

Logistica e Distribuição

Logistica e Distribuição Mas quais são as atividades da Logística? Ballou, 1993 Logística e Distribuição Armazenagem e Movimentação Primárias Apoio 1 2 A armazenagem corresponde a atividades de estocagem ordenada e a distribuição

Leia mais

WMS - Warehouse Management System

WMS - Warehouse Management System Sistema de Gestão Empresarial LUSANA SOUZA NATÁLIA BATUTA MARIA DAS GRAÇAS TATIANE ROCHA GTI V Matutino Prof.: Itair Pereira Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. WMS... 2 3. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 2 4. POLÍTICA

Leia mais

Como gerir um armazém e ganhar eficácia

Como gerir um armazém e ganhar eficácia wm Warehouse Management System Software recepção armazenagem inventário expedição Como gerir um armazém e ganhar eficácia Como administrar um armazém com wm wm Recepções Processos para a entrada de mercadorias

Leia mais

Como administrar um armazém ganhando eficácia

Como administrar um armazém ganhando eficácia wm Warehouse Management System Software Como administrar um armazém ganhando eficácia Como administrar um armazém com wm wm Recebimentos Processos para a entrada de mercadorias e produtos no armazém. Armazenagem

Leia mais

Armazenagem. Por que armazenar?

Armazenagem. Por que armazenar? Armazenagem Introdução Funções da armazenagem Atividades na armazenagem Objetivos do planejamento de operações de armazenagem Políticas da armazenagem Pilares da atividade de armazenamento Armazenagem

Leia mais

ÍNDICE. Apresentação do produto Impacto no negócios Telas do sistemamódulos do sistema Mobilize Stock Mobilize Store A Handcom Contato

ÍNDICE. Apresentação do produto Impacto no negócios Telas do sistemamódulos do sistema Mobilize Stock Mobilize Store A Handcom Contato ÍNDICE Apresentação do produto Impacto no negócios Telas do sistemamódulos do sistema Mobilize Stock Mobilize Store A Handcom Contato Apresentação do produto O Mobilize é uma solução mobile modular para

Leia mais

Armazenagem e Movimentação de Materiais II

Armazenagem e Movimentação de Materiais II Tendências da armazenagem de materiais Embalagem: classificação, arranjos de embalagens em paletes, formação de carga paletizada, contêineres Controle e operação do armazém Equipamentos de movimentação

Leia mais

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Filipi Damasceno Vianna (PUCRS) filipi@em.pucrs.br Resumo Este trabalho visa mostrar a importância da integração entre sistemas de ERP 1 e

Leia mais

Logística Integrada. Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente.

Logística Integrada. Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente. Logística Integrada Esse termo refere-se ao papel da Logística como elemento de ligação entre todos os processos, desde o Fornecedor até o Cliente. Ballou (1993) Fonte: BALLOU, R. H. Logística Empresarial.

Leia mais

3. Warehouse Management System (WMS)

3. Warehouse Management System (WMS) 3. Warehouse Management System (WMS) A necessidade de aprimorar as operações logísticas fez com que a empresa selecionada para o estudo de caso adotasse em seu Centro de Distribuição um sistema gerenciador

Leia mais

6 Implantação do WMS na Empresa Alfa

6 Implantação do WMS na Empresa Alfa 6 Implantação do WMS na Empresa Alfa Dando continuidade ao estudo de caso sobre a implantação do WMS no CD da Empresa Alfa, este capítulo possui quatro objetivos: o primeiro é fazer uma breve descrição

Leia mais

SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS

SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS SISTEMAS DE ORDER FULFILLMENT REAL TIME SOLUTIONS Sistemas de Order Fulfillment Real Time Solutions Atualmente, a operação de order fulfillment desempenha um papel primordial na cadeia de abastecimento

Leia mais

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Como garantir

Leia mais

A Tecnologia de Informação na Gestão de Armazenagem

A Tecnologia de Informação na Gestão de Armazenagem A Tecnologia de Informação na Gestão de Armazenagem Nádia Veríssimo (EESC-USP) nadiaverissimo@hotmail.com Prof. Dr. Marcel Andreotti Musetti (EESC-USP) musetti@prod.eesc.sc.usp.br Resumo Este trabalho

Leia mais

Projeto de Armazéns. Ricardo A. Cassel. Projeto de Armazéns

Projeto de Armazéns. Ricardo A. Cassel. Projeto de Armazéns Ricardo A. Cassel FRANCIS, R.; McGINNIS, L.; WHITE, J. Facility Layout and Location: an analytical approach. New Jersey: Prentice Hall, 2ed., 1992. BANZATTO, E.; FONSECA, L.R.P.. São Paulo: IMAN, 2008

Leia mais

Infor Supply Chain Execution Sistema de Gerenciamento de Armazéns. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas

Infor Supply Chain Execution Sistema de Gerenciamento de Armazéns. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Infor Supply Chain Execution Sistema de de Armazéns Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Sobre a Mag-W A Mag-W foi criada especialmente para trazer ao mercado o que há de melhor em soluções corporativas de

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

Sobre nós 1. Um pouco da nossa história 1. Sobre o produto 2. Sistema 100% Web 2. Controle operacional 3. Coletores de dados 4.

Sobre nós 1. Um pouco da nossa história 1. Sobre o produto 2. Sistema 100% Web 2. Controle operacional 3. Coletores de dados 4. Apresentação Sumário Sobre nós 1 Um pouco da nossa história 1 Sobre o produto 2 Sistema 100% Web 2 Controle operacional 3 Coletores de dados 4 Faturamento 5 Nota fiscal eletrônica 5 Nota fiscal de serviços

Leia mais

WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA. Eficiente. Flexível. Confiável.

WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA. Eficiente. Flexível. Confiável. WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA Eficiente. Flexível. Confiável. Automação SSI Schaefer: Pensamento Global Ação Local Liderança de mercado A SSI SCHAEFER é uma empresa mundialmente conhecida quando se trata

Leia mais

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre

Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Integração ERP/WMS e vantagens com a adoção de software livre Filipi Damasceno Vianna (PUCRS) filipi@pucrs.br Tiago Leonardo Broilo (PUCRS) broilo@pucrs.br Isaac Newton Lima da Silva (PUCRS) isaac@pucrs.br

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

Inventário. Sejam bem-vindos ao treinamento de operação do Inventário do WINTHOR WMS. Este material tem como objetivo apresentar, de forma clara e

Inventário. Sejam bem-vindos ao treinamento de operação do Inventário do WINTHOR WMS. Este material tem como objetivo apresentar, de forma clara e Inventário Inventário Sejam bem-vindos ao treinamento de operação do Inventário do WINTHOR WMS. Este material tem como objetivo apresentar, de forma clara e objetiva, os novos conceitos implantados nas

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA. Warehouse Management System. Software Solutions

COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA. Warehouse Management System. Software Solutions COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA Warehouse Management System Software Solutions Porque é que um SGA pode tornar o seu armazém seja rentável? Com a instalação de um Software de Gestão de Armazéns

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA. Warehouse Management System Software

COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA. Warehouse Management System Software COMO CONSEGUIR QUE O SEU ARMAZÉM RENTÁVEL SEJA Warehouse Management System Software O seu armazém deve ser: produtivo, com movimentos eficazes, com o stock otimizado, com o espaço aproveitado, sem erros,

Leia mais

Parametrização Itens para Movimentação

Parametrização Itens para Movimentação Parametrização Itens para Movimentação Sumário Manutenção Itens... 4 Filtro... 5 Movimentações de Entrada... 8 Movimentações de Saída... 10 Configurações de Inventário de Item... 11 Código de Barras e

Leia mais

CONCEITO DO OPERADOR LOGÍSTICO (fevereiro de 1999)

CONCEITO DO OPERADOR LOGÍSTICO (fevereiro de 1999) CONCEITO DO OPERADOR LOGÍSTICO (fevereiro de 1999) INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. SERVIÇOS LOGÍSITICOS 3. O CONCEITO DO OPERADOR LOGÍSITICO 3.1 DEFINIÇÃO 3.2 CARACTERIZAÇÃO DE OPERADOR LOGÍSTICO 4. DEFINIÇÕES

Leia mais

LOGÍSTICA GLOBAL. Sistemas de Logística EDI, MRP e ERP.

LOGÍSTICA GLOBAL. Sistemas de Logística EDI, MRP e ERP. LOGÍSTICA GLOBAL Sistemas de Logística EDI, MRP e ERP. EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados Introdução O atual cenário econômico é marcado por: a) intensa competitividade, b) pela necessidade de rápida

Leia mais

Tecnologia no processo decisório

Tecnologia no processo decisório Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry Tecnologia no processo decisório DISCIPLINA: Sistemas de Apoio a Decisão SIG - Funcionamento ERP GOV BI MERC

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

Armazenagem, Controle e Distribuição. Aula 3. Contextualização. Principais Atribuições. Controles de Estoque. Plano de Ação. Instrumentalização

Armazenagem, Controle e Distribuição. Aula 3. Contextualização. Principais Atribuições. Controles de Estoque. Plano de Ação. Instrumentalização Armazenagem, Controle e Distribuição Aula 3 Contextualização Prof. Walmar Rodrigues da Silva Controles de Estoque Principais Atribuições Planejamento Controle Gestão de estoques PDCA Sistema de administração

Leia mais

Supply Chain Management. SCM e Ti aplicada à Logística Marco Aurelio Meda

Supply Chain Management. SCM e Ti aplicada à Logística Marco Aurelio Meda Supply Chain Management e TI aplicada à Logística 24 de Junho de 2004 SCM e Ti aplicada à Logística Cenário de Competição... Operações Globalizadas Operações Integradas Introdução LOGÍSTICA Tecnologia

Leia mais

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management

Sistemas de Informações. SCM Supply Chain Management Sistemas de Informações SCM Supply Chain Management Fontes Bozarth, C.; Handfield, R.B. Introduction to Operations and Supply Chain Management. Prentice Hall. 2nd. Edition Objetivos Fluxos de Informação

Leia mais

Soluções de armazenagem

Soluções de armazenagem Soluções de armazenagem Seja qual for seu produto, conhecemos a melhor solução para armazená-lo A Mecalux oferece soluções de armazenagem Experiência de mais de 50 anos Presença em mais de 70 países 11

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

Estantes para Push-back. Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada canal

Estantes para Push-back. Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada canal Estantes para Push-back Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada canal Características gerais do sistema Push-back As estantes Push-back

Leia mais

Excelência. Recursos. Faturamento/Financeiro Faturamento Contas a Receber Contas a Pagar Fiscal Contábil

Excelência. Recursos. Faturamento/Financeiro Faturamento Contas a Receber Contas a Pagar Fiscal Contábil Competência Sistemas para Transportadoras e Soluções Você e sua Empresa em perfeita sintonia Excelência Recursos Tms EXPERIÊNCIA O sistema é composto por módulos que controlam e integram os processos operacionais

Leia mais

WMSL Warehouse Management System Lite

WMSL Warehouse Management System Lite WMSL Warehouse Management System Lite Tela Inicial Esta é a tela inicial do sistema WMSL (Warehouse Management System - Lite) da Logistock. Cadastro Administrativo Pesquisa Movimentação Encerrar Cadastro

Leia mais

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi Marketing Prof. Angelo Polizzi Gestão de Produção Gestão de Produção Objetivos: Mostrar que produtos (bens e serviços) consumidos, são produzidos em uma ordem lógica, evitando a perda ou falta de insumos

Leia mais

EMPRESA. fornecedor suprimento produção distribuição cliente. Fluxo de informação. Fluxo de materiais. Fluxo Financeiro.

EMPRESA. fornecedor suprimento produção distribuição cliente. Fluxo de informação. Fluxo de materiais. Fluxo Financeiro. EMPRESA fornecedor suprimento produção distribuição cliente Fluxo de informação Fluxo de materiais Fluxo Financeiro Fluxo Logístico Fonte: A. Novaes Poucos itens em estoque compras mais freqüentes qualidade

Leia mais

Estantes para Push-back Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada nível

Estantes para Push-back Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada nível Estantes para Push-back Sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidades por cada nível Características gerais do sistema Push-back Sistema de armazenagem

Leia mais

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Produto : Logix, WMS, 12 Chamado : PCREQ-1926 Data da criação : 03/07/2015 Data da revisão : 24/07/15 País(es) : Todos Banco(s) de

Leia mais

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas Remessa Armazenagem Desenvolvimento do processo de Remessa Armazenagem. Este processo consiste em enviar uma carga determinada para um depósito de terceiro e permitir controlar o estoque da mercadoria

Leia mais

Comex Exportação. Comercial. A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação,

Comex Exportação. Comercial. A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação, Comex Exportação A partir de integração com o módulo de faturamento, o sistema de controle de exportação, facilita a impressão dos principais documentos da exportação como fatura comercial, packing list,

Leia mais

Faculdade de Farmácia VALIDAÇÃO DE SISTEMAS COMPUTADORIZADOS

Faculdade de Farmácia VALIDAÇÃO DE SISTEMAS COMPUTADORIZADOS Faculdade de Farmácia VALIDAÇÃO DE SISTEMAS COMPUTADORIZADOS 2012 Relevância: Impacta diretamente na saúde do paciente, na qualidade do produto e na integridade dos dados que devem provar que o sistema

Leia mais

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP

Sistemas de Informação. Sistemas Integrados de Gestão ERP Sistemas de Informação Sistemas Integrados de Gestão ERP Exercício 1 Um arame é cortado em duas partes. Com uma das partes é feito um quadrado. Com a outra parte é feito um círculo. Em que ponto deve ser

Leia mais

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Enterprise Resource Planning 1 Agenda Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Com o avanço da TI as empresas passaram a utilizar sistemas computacionais

Leia mais

17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados.

17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados. 17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo 1 A Missão da R-Dias Colaborar para que o varejo obtenha melhores resultados. 2 Conheça nossas Unidades de Negócios 3 17 Anos Gerando Soluções

Leia mais

4 Warehouse Management System (WMS)

4 Warehouse Management System (WMS) 4 Warehouse Management System (WMS) O WMS (Warehouse Management System ou Sistema de Gerenciamento de Armazéns) surgiu da necessidade de se melhorar as informações e processos dentro de um armazém ou CD,

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

ARMAZENAGEM E T.I. Prof.: Disciplina Integrantes

ARMAZENAGEM E T.I. Prof.: Disciplina Integrantes ARMAZENAGEM E T.I. Pós-Graduação em Gestão Integrada da Logística Turma: GIL131M - 2013 Universidade São Judas Tadeu Prof.: Ms. Maurício Pimentel Disciplina: Tecnologia da Informação Aplicada a Logística

Leia mais

Paletizadoras e despaletizadoras

Paletizadoras e despaletizadoras Paletizadoras e despaletizadoras Paletizadoras e despaletizadoras Intelligrated Com sua marca de equipamentos Alvey, a Intelligrated tem mais de 60 anos de experiência em soluções essenciais de paletização

Leia mais

Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível.

Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível. Push-back Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível. Características gerais do sistema Push-back As estantes Push-back

Leia mais

Sistemas de abastecimento de pedidos

Sistemas de abastecimento de pedidos Sistemas de abastecimento de pedidos Sistemas de abastecimento de pedidos Intelligrated Densidade de separação A Intelligrated usa suas décadas de experiência e centenas de instalações para oferecer as

Leia mais

Inventário Geral versus Inventário Cíclico

Inventário Geral versus Inventário Cíclico Inventário Geral versus Inventário Cíclico Qual a melhor opção para combater divergências de inventário e melhorar os indicadores de estoque e de atendimento ao cliente. Iuri Destro Coordenador de produtos

Leia mais

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE Definição Intercâmbio eletrônico de mensagens de negócio através de computadores, entre parceiros comerciais. As informações são, normalmente, organizadas dentro de arquivos

Leia mais

LOGÍSTICA EMPRESARIAL

LOGÍSTICA EMPRESARIAL LOGÍSTICA EMPRESARIAL FORNECEDORES Erros de compras são dispendiosos Canais de distribuição * Compra direta - Vendedores em tempo integral - Representantes dos fabricantes Compras em distribuidores Localização

Leia mais

Soluções de armazenagem

Soluções de armazenagem Soluções de armazenagem Seja qual for o seu produto, temos a solução ideal para o armazenar 50 anos a oferecer soluções de armazenagem 3 Presença em mais de 70 países 3 11 centros de produção 3 4 centros

Leia mais

Revista Perspectiva em Educação, Gestão & Tecnologia, v.1, n.3, janeiro-junho/2013

Revista Perspectiva em Educação, Gestão & Tecnologia, v.1, n.3, janeiro-junho/2013 SISTEMA LOGÍSTICO EMPRESARIAL Revista Perspectiva em Educação, Gestão & Tecnologia, v.1, n.3, janeiro-junho/2013 Creonice Silva de Moura Shirley Aparecida Fida Prof. Engº. Helder Boccaletti Fatec Tatuí

Leia mais

Armazenagem & Automação de Instalações. Prof. Fernando Augusto Silva Marins fmarins@feg.unesp.br www.feg.unesp.br/~fmarins

Armazenagem & Automação de Instalações. Prof. Fernando Augusto Silva Marins fmarins@feg.unesp.br www.feg.unesp.br/~fmarins Armazenagem & Automação de Instalações Prof. Fernando Augusto Silva Marins fmarins@feg.unesp.br www.feg.unesp.br/~fmarins 1 Sumário - Armazenagem Estratégica - Automação na Armazenagem 2 Armazenagem -

Leia mais

Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos.

Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos. Lenke e Meitech é um grupo de empresas especializadas em fornecer equipamentos e sistemas para a indústria de alimentos. Atuando a mais de 10 anos no mercado brasileiro, com o apoio de profissionais experientes,

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA:

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: Prof. Jean Cavaleiro Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: PRODUÇÃO E COMÉRCIO Introdução Entender a integração logística. A relação produção e demanda. Distribuição e demanda. Desenvolver visão sistêmica para

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 Sistema de Informação SI baseado em computadores Organização, administração e estratégia Professora: Cintia Caetano INTRODUÇÃO Sistemas de Informação são parte

Leia mais

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Ricardo Caruso Vieira Aquarius Software 1. Introdução Há mais de duas décadas, a indústria investe intensamente em sistemas ERP (Enterprise Resource

Leia mais

THE POWER OF DELIVERY. viad@t O sistema de gerenciamento de armazéns (WMS) eficiente

THE POWER OF DELIVERY. viad@t O sistema de gerenciamento de armazéns (WMS) eficiente THE POWER OF DELIVERY viad@t O sistema de gerenciamento de armazéns (WMS) eficiente Sistemas viastore Seu parceiro em WMS A viastore está entre os líderes mundiais em fornecimento de instalações turn-key

Leia mais

Distribuição Física. A distribuição física de produtos é realizada com a participação de alguns componentes, físicos ou informacionais, a saber:

Distribuição Física. A distribuição física de produtos é realizada com a participação de alguns componentes, físicos ou informacionais, a saber: Distribuição Física Objetivo da aula: Apresentar e discutir o conceito e os componentes do sistema de distribuição física, dentro do processo logístico. O objetivo geral da distribuição física, como meta

Leia mais

O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros.

O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros. 7 Conclusão O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros. A presente dissertação, conforme exposto no Capítulo 1,

Leia mais

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência RFID RFID - Identificação por Radiofreqüência Sistema de Identificação por Radio Frequência O que é RFID? Objetivo e utilidade similares ao código de barras; Composto por 3 elementos: Uma antena; Um leitor;

Leia mais

Tecnologia aplicada à Logística. Prof. José Rovani Kurz rovani@highpluss.com.br

Tecnologia aplicada à Logística. Prof. José Rovani Kurz rovani@highpluss.com.br Tecnologia aplicada à Logística Prof. José Rovani Kurz rovani@highpluss.com.br Logística Qual a primeira imagem que vem a sua mente quando ouve a palavra LOGÍSTICA? Logística De cada 10 pessoas, pelo menos

Leia mais

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição

Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição Whitepaper Usos Práticos da Tecnologia RFID em Aplicações de Produção e Distribuição ÍNDICE A Tecnologia RFID simplifica os Processos de Negócio 2 O que é RFID? 2 Como funciona a Tecnologia RFID 2 Vantagens

Leia mais

SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO

SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO Rosenclever Lopes Gazoni Data MACROPROCESSO [1] AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIO/COMERCIAL: Correio eletrônico; vídeo texto; vídeo conferência; teleconferência;

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Por que um Sistema de Gestão de Armazéns (WMS)?

Por que um Sistema de Gestão de Armazéns (WMS)? Por que um Sistema de Gestão de Armazéns (WMS)? Qual é o assunto? Pauta Por que você precisa controlar a sua Logística / Supply-Chain. O que mudou na Logística desde os anos 90. Como um armazém funciona

Leia mais

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) 1. Funcionamento do EDI 2. EDI tradicional X WEB EDI 3. EDI Tradicional 4. WEB EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) EDI: Electronic Data Interchange Troca

Leia mais

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO A melhor formação cientifica, prática e metodológica. 1 POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA Marketing Vendas Logística ANTES: foco no produto - quantidade de produtos sem qualidade

Leia mais

Otimize seus negócios e ganhe produtividade

Otimize seus negócios e ganhe produtividade Otimize seus negócios e ganhe produtividade Diferenciais O software Fenícia ERP é uma solução completa, especialmente desenvolvida para atender a pequenas e médias empresas que cobre todos os processos

Leia mais

3 CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO

3 CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO 3 CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO O capítulo 3 apresenta o conceito de distribuição física, com enfoque nos centros de distribuição. São incluídos os processos de distribuição Cross docking, Merge in Transit e

Leia mais

Gerenciamento de Inventários - Automação de Estoque

Gerenciamento de Inventários - Automação de Estoque Gerenciamento de Inventários - Automação de Estoque A Globaw analisa a situação atual do cliente e apresenta soluções sob medida de automação de estoque (Almoxarifados, armazéns e CDs) matéria prima, materiais

Leia mais

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas:

O que é e-ppcp? Funcionalidades adicionadas: e-ppcp / e-kanban 1 O que é e-ppcp? O e-ppcp é um aplicativo desenvolvido em ABAP/4 pela IntegrationSys para adicionar ao ERP SAP funcionalidades para suportar efetivamente o planejamento e operação de

Leia mais

3 Centro de Distribuição

3 Centro de Distribuição 3 Centro de Distribuição Uma questão básica do gerenciamento logístico é como estruturar sistemas de distribuição capazes de atender de forma econômica os mercados geograficamente distantes das fontes

Leia mais

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Ricardo Caruso Vieira Aquarius Software Revista Cadware Ed.22 versão online 1. Introdução Há mais de duas décadas, a indústria investe intensamente

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br NOVA LOGÍSTICA RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade II MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade II MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM Prof. Jean Cavaleiro Unidade II MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM Introdução Vamos abordar aqui meios de armazenagem para melhor aproveitar o Pé direito, equipamentos que facilite movimentação em armazenagem

Leia mais

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4 O Nordeste mais perto de você Divisão Logística CDEX_4 A INTERMARÍTIMA A Intermarítima está em atividade desde 1986. Atua com Operação Portuária (portos de Salvador, Aratu e Ilhéus) e Logística (Importação,

Leia mais

Manual de código de Barras

Manual de código de Barras 1. VISÃO GERAL 1.1 MODITIVAÇÃO: O código de barras é uma forma de representar a numeração, que viabiliza a captura automática dos dados por meio de leitura óptica nas operações automatizadas (EAN Brasil,

Leia mais

Warehouse Management. Sistema de Gestão de Armazéns LFS

Warehouse Management. Sistema de Gestão de Armazéns LFS Customer Case Study Warehouse Management by E+P Best running Warehouse NGK Spark Plug Europe Gmbh NGK Spark Plug Europe Gmbh Desafio Conversão do software durante o expediente normal Entrega Just-in-time

Leia mais

Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02. Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola

Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02. Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola Politicas de Armazenagem Formador: João Matias TL02 Trabalho Realizado Por: Helena Pereira - Dora Costa - Armando Gonçalves Paulo Caiola Introdução A informação sempre foi importante, essencial mesmo,

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais