Rio de Janeiro, dezembro de 2009 Ano XVI Nº 138

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rio de Janeiro, dezembro de 2009 Ano XVI Nº 138"

Transcrição

1 Politica Conferenza conferma interesse dell Italia di avvicinarsi all America Latina KART A volta de Felipe Massa às pistas Especial O início da produção brasileira de azeite Rio de Janeiro, dezembro de 2009 Ano XVI Nº 138 Para ISSN R$ 11,90 brindar Itália comemora produção recorde de espumante. Quase 50 milhões de garrafas estão prontas para celebrar o Ano Novo. No Brasil, o mercado nacional da bebida prevê aumento de 30% nas vendas Exclusivo: Lula assume seu lado torcedor e fala de futebol

2

3

4 22 CAPA Espumantes italianos batem recorde de produção e desbancam o champagne francês. Em todo o mundo, 46,5 milhões de garrafas estão prontas para brindar o Ano Novo Editorial Apito para Cose Nostre Pizza napolitana ganha selo de Garantia de Especialidade Tradicional da UE...09 Omaggio André Urani firma il testo di addio al padre, l articolista Franco Urani Atualidade São Paulo vai brigar com o Rio de Janeiro pela Expo Comportamento Stati brasiliani cominciano ad adottare leggi antifumo Profilo Un calciatore modello per abilità e spirito sportivo, Leonardo è uno dei simboli del Brasile di oggi...50 Kart A volta às pistas do piloto Felipe Massa, cinco meses após acidente...55 Cinema V Semana Venezia Cinema porta in Brasile la bellezza dell attrice Maria Grazia Cucinotta...57 Roberth Trindade Ricardo Stuckert Política Patrizia D Addario Prostituta lança livro em que conta detalhes dos seus encontros com o primeiroministro Silvio Berlusconi Especial Azeite Brasil terá pela primeira vez seu próprio óleo, a partir de espécies vindas diretamente da Itália Literatura Paolo Giordano No Brasil, escritor italiano fala sobre o seu trabalho de estreia, A solidão dos números primos, best-seller internacional Esporte Lula Presidente brasileiro fala sobre a escolha do Rio de Janeiro para a sede das Olimpíadas e de sua paixão maior, o futebol 6 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o

5 COSE NOSTRE Julio Vanni FUNDADA EM MARÇO DE 1994 Diretor-Presidente / Editor: Pietro Domenico Petraglia (RJ23820JP) Diretor: Julio Cezar Vanni Publicação Mensal e Produção: Editora Comunità Ltda. Tiragem: exemplares Esta edição foi concluída em: 11/12/2009 às 18:30h Distribuição: Brasil e Itália Redação e Administração: Rua Marquês de Caxias, 31, Niterói, Centro, RJ CEP: Tel/Fax: (21) / (21) SUBEDItora: Sônia Apolinário Redação: Daniele Mengacci; Guilherme Aquino; Nayra Garofle; Sarah Castro; Sílvia Souza; Tatiana Buff; Valquíria Rey; Janaína Cesar; Lisomar Silva REVISÃO / TRADUÇÃO: Cristiana Cocco Projeto Gráfico e Diagramação: Alberto Carvalho Capa: ICP Unlimited Colaboradores: Luana Dangelo; Pietro Polizzo; Venceslao Soligo; Marco Lucchesi; Domenico De Masi; Franco Urani; Fernanda Maranesi; Beatriz Rassele; Giordano Iapalucci; Cláudia Monteiro de Castro; Ezio Maranesi; Fabio Porta; Fernanda Miranda CorrespondenteS: Guilherme Aquino (Milão); Janaína Cesar (Treviso); Lisomar Silva (Roma); Publicidade: Philippe Rosenthal Rio de Janeiro - Tel/Fax: (21) RepresentanteS: Brasília - Cláudia Thereza C3 Comunicação & Marketing Tel: (61) / (61) Minas Gerais - GC Comunicação & Marketing Geraldo Cocolo Jr. Tel: (31) / (31) ComunitàItaliana está aberta às contribuições e pesquisas de estudiosos brasileiros, italianos e estrangeiros. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, sendo assim, não refletem, necessariamente, as opiniões e conceitos da revista. La rivista ComunitàItaliana è aperta ai contributi e alle ricerche di studiosi ed esperti brasiliani, italiani e estranieri. I collaboratori e sprimono, nella massima libertà, personali opinioni che non riflettono necessariamente il pensiero della direzione. ISSN Apito para 2010 O ano de 2009 não foi brincadeira. Uma roda viva criada pelos mercados financeiros deixou a todos apreensivos quanto ao futuro. No exterior, em especial na Europa, a crise é uma realidade dura que contamina os humores dos seus cidadãos e isso atinge diretamente aos italianos. No Brasil, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não se arrependeu ao apostar no otimismo. Através de medidas econômicas de redução e até eliminação de impostos, fez com que os consumidores continuassem em grande forma e, consequentemente, girou a roda mais rápido para o campo positivo. O Brasil chega ao fim de 2009, definitivamente, como uma grande potência. Não só demonstrou sua liderança e competitividade em diversos setores, como conseguiu trazer otimismo e um toque de orgulho com a melhor notícia do ano: as Olimpíadas de Enquanto isso, na Itália, o premier Silvio Berlusconi parece não ter muito o que comemorar. Aliás, as acusações de suas comemorações em sua residência oficial, o Palazzo Grazioli, suas festas com prostitutas na Villa Certosa e as recentes denúncias do mafioso pentito Gaspare Spatuzza que envolvem o primeiro-ministro italiano com a máfia, fazem deste um ano muito ruim para ele. Apesar disso, continua com a popularidade em alta e é um dos nomes preferidos da mídia internacional. Um bom banho de sal grosso na virada do ano lhe cairia bem. Neste ano, em 27 de novembro, perdemos um grande colaborador: o amigo Franco Urani. Ele sim, um exemplo de italiano. Nascido em Turim, em 1930, era um apaixonado pela natureza e tinha verdadeiro amor pelo Brasil. Aqui, onde viveu diante da beleza do mar de São Conrado, era conhecido pelos projetos sociais que ajudavam comunidades carentes. Visionário, conseguiu instalar em Betim, Minas Gerais, o império FIAT. Foi ele o primeiro presidente, em 1974, da montadora no Brasil. Em sua última coluna de novembro, Franco estranhamente escreveu sobre os extraterrestres. Citou um fenômeno ocorrido no céu de sua terra natal em exatos 36 anos de sua morte. Estudioso de todas as coisas, deixa grande saudade. Seu filho, o amigo economista André Urani, assina sua coluna de despedida. Obrigado pela sua existência. A Franco Urani e sua família, ergo um brinde. Um brinde ao futuro que, com certeza, nosso incansável e otimista colunista encontraria motivos de sobra para comemorar. Ergo um brinde também a nossos leitores, colaboradores e anunciantes, fiéis companheiros de uma jornada que parte para seu 16º aniversário. Ao longo de todo o ano de 2009, publicamos mensagens de congratulações pelos nossos 15 anos. A todos que compartilharam conosco desse marco, o meu muito obrigado. A cada mês, as mensagens de apoio e carinho recebidas foram uma grande recompensa para toda nossa equipe. Para 2010, ano de Copa do Mundo, entraremos em campo com a determinação de sempre e o entusiasmo renovado de nossos atletas. Para ajudar nesses brindes, Comunità oferece a seus leitores o melhor do espumante italiano e brasileiro. Nossa reportagem de capa da última edição de 2009 mostra como a bebida dos dois países passa por uma boa fase e chega com todo gás, ou melhor, bolhas, nas festas de final de ano. Dentre as boas novas para o futuro, a revista também mostra o início da produção brasileira de azeite. Ainda sem tradição no setor, o país dá seus primeiros passos para ter um bom óleo, não por acaso, com a ajuda da Itália que tem um dos melhores produtos do mundo. O ano que chega é de Copa do Mundo, mas ainda não no Brasil que receberá o evento em Mas Copa do Mundo é sempre sinônimo de festa e explosão de paixões. Comunità antecipa um pouco dessa paixão brasileira por futebol com uma entrevista com o seu torcedor número 1 : o presidente Lula. Apaixonado por futebol e esportes em geral, ele concedeu uma entrevista que girou apenas sobre esses assuntos. Agora, é correr para o abraço e comemorar. Feliz Ano Novo! Boa leitura. Pietro Petraglia Editor editorial Entretenimento com cultura e informação Verace pizza A pizza feita de acordo com a tradição napolitana obteve o reconhecimento da Comunidade Europeia como sendo um produto STG, ou seja, de especialidade tradicional garantida. Agora, la vera pizza napoletana ficará protegida pela UE contra imitações e falsificações. A decisão de conceder o selo STG para a pizza feita em Nápoles foi tomada no início de dezembro, pelo comitê europeu responsável pelas indicações geográficas e denominações de origem do continente, que funciona em Bruxelas. Vitória dupla O atacante brasileiro Adriano está rindo à toa. Depois de conquistar com o Flamengo o título de campeão do Brasileiro de 2009, o jogador celebra a justiça no caso do fotógrafo italiano acusado de chantageá-lo. Fabrício Corona, proprietário de uma empresa de fotografia, foi condenado a três anos e oito meses de prisão. Além do caso de Adriano, Corona foi considerado culpado por tentar extorquir o motociclista Marco Melandri, supostamente fotografado em companhia de uma atriz pornô, e o jogador Francesco Coco, então atleta do Milan, clicado em uma discoteca. Outros jogadores, como os italianos Francesco Totti, Alberto Gilardino e Christian Vieri, e o francês David Trezeguet, estão envolvidos em supostos casos de chantagem. 3 euros É o valor que cada italiano com mais de 18 anos gastou por dia, em 2009, apostando na loteria. A informação foi divulgada pela agência Agipronews, com base nos dados do Instituto Italiano de Estatísticas (Istat) e da Administração Autônoma dos Monopólios de Estado (Aams). No total, foram cerca de 45 bilhões euros despendidos por uma população de quase 50 milhões de pessoas. Rapidinhas De 30 de janeiro a 5 de fevereiro, a Região Lombardia, em colaboração com a Promos, organiza em São Paulo e Belo Horizonte encontros de negócios com operadores locais do setor de agroindústria. Com sede no estádio do Morumbi, o restaurante Copa Gastronomia & Futebol inaugurou a Confraria do Copa, que oferece degustações de vinhos e harmonizações especiais. Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, e Pedavena, província de Belluno, assinaram tratado de gemellaggio. Sex symbols Os atores italianos Raoul Bova e Mônica Bellucci foram apontados como o homem e a mulher ideal pelos internautas italianos, em uma pesquisa realizada pelo site de encontros e relacionamentos Meetic. A enquete intitulada Amor e Cinema foi feita com cerca de 800 pessoas, entre homens e mulheres dos 18 aos 60 anos. Segundo o site, 43,4% dos casais declararam ser influenciados pela sétima arte. Os artistas italianos superaram personalidades hollywoodianas como Brad Pitt, Angelina Jolie, George Clooney e Scarlett Johansson. Já os filmes de amor mais citados pelos internautas foram Ghost (1990), E o Vento levou (1939), Casablanca (1942), Uma Linda Mulher (1990) e Dirty Dancing (1987). Soterrada por cinzas do vulcão Vesúvio, a cidade de Pompeia poderá ser visitada virtualmente. O Google colocou a cidade na sua ferramenta Street View, onde o internauta pode passear entre os restos de antigas construções. Trata-se de uma das mais bem conservadas cidades da Antiguidade, pois ficou enterrada sob as cinzas por anos. Porém, o que as cinzas conservaram, o excesso de turistas está colocando em risco. O turismo virtual pode ser a solução para preservar o que sobrou de Pompeia. Divórcio caro Verônica Lario, ex-mulher do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, pediu o equivalente a 5,3 milhões de dólares mensais de pensão no processo de divórcio iniciado devido ao suposto relacionamento do líder com uma jovem de 18 anos. Berlusconi, também um bilionário empresário de mídia, teria feito contraproposta de 300 mil dólares mensais para a ex-esposa com quem tem três filhos. O Vice-Presidente da Fiat América Latina, Valentino Rizziolli, e o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, foram os homenageados da 4ª edição da entrega da Medalha Itália Affari, promovida pela Câmara de Comércio Italiana de Minas Gerais. Sexo G ostaria de transar com (Barack) Obama. Esse é o desejo secreto que o ex-deputado transexual Vladimir Luxuria admitiu ter. A confissão foi feita, no início domes, durante o programa de TV, Cena di Natale quasi perfetta, apresentado pelo Trio Medusa, no Sky Uno. Luxuria é um habitual participante de programas de televisão. Ele inclusive, foi o vencedor da versão 2008 de A ilha dos famosos, o reality show mais famoso da Itália. Máfia O ex-mafioso Gaspare Spatuzza, que testemunha em um processo de segunda instância contra o senador Marcello Dell Utri, insinuou em depoimento, no início do mês, que o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, teria envolvimento com a Cosa Nostra, a máfia siciliana. Spatuzza afirmou que soube da suposta relação do premier com a organização criminosa em uma conversa com o chefe mafioso Giuseppe Graviano, que teria sido mantida nos anos O ex-mafioso também citou Dell Utri, do partido governista Povo da Liberdade (PDL), como suposto envolvido com a máfia siciliana. O senador já foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão por associação mafiosa. Spatuzza depôs sob um forte esquema de segurança. Ele testemunhou escondido atrás de um biombo branco, com o rosto coberto por uma máscara e cercado por agentes da polícia. 8 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 9

6 opinião serviço frases Berlusconi confonde il consenso popolare, che ovviamente ha e che lo legittima a governare, con una sorta di immunità nei confronti di qualsiasi altra autorità di garanzia e di controllo, Gianfranco Fini, presidente della Camera dei Deputati italiana Penso em me candidatar a deputada estadual pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS), em Quero falar sem palavras difíceis. Não abusarei de decotes e minissaias. Serei a dona de casa que luta pelos direitos. Não quero ser a Cicciolina, Monique Evans, ex-modelo e apresentadora de televisão L Italia è fortemente e fermamente convinta che Battisti sia un terrorista comune e debba scontare la pena in Italia. Ma noi non faremo pressioni sulla decisione del presidente brasiliano, Franco Frattini, ministro degli Affari Esteri italiano Le attese su Copenaghen sono state sproporzionate rispetto alle reali possibilità di accordo. La UE (Unione Europea) si è sbagliata pensando che il mondo le sarebbe andato dietro, invece segue in un altra direzione, Corrado Clini, direttore generale del ministero dell Ambiente italiano agenda Cetus (Rio de Janeiro) O argentino Alejandro Somaschini apresenta na galeria Progetti, da italiana Paola Colacurcio, a mostra Cetus. Em sua primeira exposição individual no Brasil, o artista, que exibiu trabalho na recém-terminada Bienal do Mercosul, ocupará os dois andares do espaço. Misturando, como anuncia a descrição de Viviana Usubiaga, paleontologia, astrologia e futurologia em seu método, o artista nos traz perguntas como: O que deduzirão a partir dos nossos restos? O que descobrirão sobre nós por meio da evidência dos nossos esqueletos? Minuciosas, as obras de Somaschini descortinam seus traços naturalistas enquanto emergem de uma descoberta. Até 27 de fevereiro, de terça a sábado, das 11h às 19h. Galeria Progetti: Travessa do Comércio, 22, Arco do Telles. Rio de Janeiro. Informações: (21) Fashion Rio (Rio de Janeiro) Sob o tema Rio, Olímpico e Maravilhoso, o evento acontecerá de 8 a 13 de janeiro de 2010, no Píer Mauá, e vai falar sobre o esforço de milhares de pessoas para que os Jogos de 2016 entrem para a história, como um exemplo de organização, de resultados positivos para os nossos atletas e de transformação do Brasil. Durante seis dias, grifes brasileiras apresentarão suas coleções Inverno 2010 nos armazéns do Cais do Porto, sendo que seis delas pisam pela primeira vez na passarela principal da semana de moda. Já o salão de negócios oficial do Fashion Rio, que agora se chama Rio-à-Porter, vai reunir cerca de 150 expositores de diferentes estados brasileiros. Panificação artesanal (Rimini) Salão Internacional da Sorveteria, Confeitaria e Panificação Artesanal, a Sigep, é a vitrine europeia para confecção de doces e consolida seu espaço no setor da panificação artesanal. Na 31º edição estarão em evidência as novidades quanto à matéria-prima e produtos de base, equipamento para confecções variadas, decoração e mobília. São destaques as alas temáticas, concursos, demonstrações, cursos e seminários de atualização. Na edição de 2008, foram registrados 92 mil visitantes e 745 expositores. Dos dias 23 a 27 de janeiro. Informações: ou com a Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro através do Vivi la Casa 2010 (Verona) A feira de decoração e design, que acontece anualmente em Verona, chega a sua 8ª edição. O evento expõe mobiliário contemporâneo e para empresas, arte e artesanato, novidades para ambientes externos, moda e serviços para matrimônio. De 21 a 25 de janeiro. Outras informações: (21) enquete Olimpíadas: prefeito de Veneza está otimista com candidatura para A cidade tem chances? Sim 71,4% Não 28,6% Enquete apresentada no site entre os dias 20 a 24 de novembro. cartas erá motivo de grande orgulho para nós, ítalo-brasileiros, Ster uma obra do genial Massimiliano Fuksas em São Paulo. Espero que o projeto saia do papel o mais rápido possível para poder sentir o cheiro de Brasil que ele deixará na nova sede do IIC graças ao uso de madeiras nativas. Bela matéria. Neusa Fiori São Paulo, SP por A história sugere que não é bom ser a cereja do bolo, Paul Krugman, Prêmio Nobel de Economia de 2008 Berlusconi é eleito rockstar do ano pela Rolling Stone. Você concorda? Não 66,7% Não 83,3% Sim 33,3% Sim 16,7% Enquete apresentada no site entre os dias 24 a 27 de novembro. Adriano está na lista de reforços do Roma. O brasileiro voltará para a Itália? Enquete apresentada no site entre os dias 1 a 4 de dezembro. o ler a matéria sobre a renúncia do governador do Lazio, fiquei Apensando como a Itália é mesmo um país curioso. Ao mesmo tempo em que é um lugar assumidamente machista, não param de pipocar casos sobre envolvimento de italianos com travestis. Quando vão terminar os escândalos sexuais envolvendo governantes do país? Lúcia de Mattos Rio de Janeiro, RJ por na estante Villa-Lobos O florescimento da música brasileira. Mundialmente conhecido, Heitor Villa-Lobos foi um dos compositores latinoamericanos mais importantes da música erudita de sua época. Apesar de nunca ter se enquadrado em um movimento cultural específico e ter sido desconhecido do público e atacado pela crítica por muito tempo, o também maestro produziu uma extensa obra que une, de forma multifacetada, a música brasileira tradicional com a europeia. Fundiu os sons da mata, dos traços indígenas e africanos da cultura brasileira a características das cantigas, dos choros e sambas nacionais. O ano de 2009 marca os 50 anos de morte do músico e a obra de Manuel Negwer não deixa a data passar em branco. O autor o apresenta em toda sua heterogeneidade, além de fazer um amplo estudo das correntes culturais no Brasil da primeira metade do século 20. Martins Fontes Editora, 320 páginas, 44,90 reais. Deus abençoe esta bagunça Imigrantes italianos na cidade do Rio de Janeiro. Professora colaboradora do programa de pós-graduação em Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Cléia Schiavo Weyrauch apresenta um retrato colorido e entusiasmado do mundo empresarial, das artes e do trabalho elaborado pelos italianos no Rio de Janeiro, com destaque para a Zona Rural (atual Zona Oeste), os bairros da Gávea, Santa Teresa e Centro e o atual município de Nova Iguaçu. São lembranças emocionadas da família da própria pesquisadora combinadas a documentos inéditos. O livro é resultado do curso de Pósdoutoramento realizado pela professora na Universidade de Roma II (Tor Begata) sob a orientação do professor Aniello Angelo Avella. Editora Comunità, 196 páginas, 28 reais. click do leitor o mês de outubro participei do Ncurso Orizzonti Circolari - Ambasciatori del Terzo Millennio promovido pelo Parco Nazionale dell Appennino Tosco-Emiliano. Pude visitar lugares lindos e tocar com as próprias mãos a História! Esse é o belíssimo castelo da família Malaspina em Fosdinovo (Massa), onde se tem a oportunidade de visitar o quarto em que Dante Alighiere dormiu durante sua estadia no castelo. Eu os convido a visitar as belas cidades que fazem parte do Parque. Roberta Belletti, São Paulo - SP - por Mande sua foto comentada para esta coluna pelo Arquivo pessoal 10 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 11

7 Opinione André Urani Opinione Ezio Maranesi Um uomo che ha vissuto Chi, da quache anno, scriveva in questa pagina era mio padre, Franco Urani, che è mancato il 27 di novembre ultimo a Torino dove era anche nato, nel Se ne è andato in pace, abbracciato a mia madre, mia sorella e a un amico prete, a cui era molto attaccato. Io, purtroppo, non ho fatto in tempo ad arrivare per dargli un ultimo saluto. Ha lottato instancabilmente contro un linfoma per più di nove anni, ma ha lavorato fino alla fine, con il buon umore e l ottimismo che lo hanno sempre caratterizzato. Ci lascia una scia do bem, ripiena di realizzazioni, semplicità e generosità che ci incitano a voler fare delle belle cose in questo mondo. Amava la natura: dalle Alpi piemontesi, che erano la sua passione, alla Pedra da Gávea (su cui è salito almeno una trentina di volte), passando dalla sua spiaggia di São Conrado (dove camminava tutte le mattine, a piedi nudi sulla sabbia, quando era qui a Rio) e a ogni tipo di animale, in particolare gli insetti. Non per stato un onore per me, È nel corso di questi ultimi due anni, essere opinionista di ComunitàItaliana accanto ad una persona come Franco Urani: personaggi come lui sono il miglior esempio di come il rapporto Italia-Brasile possa far nascere esperienze straordinarie di integrazione e solidarietà niente studiò scienze agrarie e fece una tesi di laurea sulle cavallette (di cui scoprì tre nuove speci), grazie alla quale è vissuto durante un anno e mezzo nel Parco Nazionale del Gran Paradiso. Amava il Brasile, la sua gente, le sue contraddizioni e le sue sfide. Amava lo sport: le camminate con mia madre, le gite di scialpinismo, il tennis e la sua Juve. Amava (da buon piemontese) il suo lavoro: idealizzando e montando l impero FIAT in Brasile, appoggiando mia madre e mia sorella nella vendita dei pizzi Alabianca, dandosi da fare in tutti i modi possibili e immaginabili per cercare di migliorare la Franco Urani: 45 anni di Brasile tra fabbriche e favelas Messaggio per Franco Urani Fabio Porta quando i protagonisti sono uomini dotati di una innata sensibilità e una profonda umanità. Ciao, Franco! I tuoi amici italiani e brasiliani ti piangono ma sono felici e riconoscenti per tutto quello che ci hai lasciato. Un abbraccio alla tua famiglia e ancora grazie per il dono della tua lunga e bella esistenza. Franco, il mio presidente qualità della vita dei suoi vicini di Vila Canoas, a São Conrado. Amava aiutare gli altri: la famiglia (genitori, zii, fratelli, moglie, figli, nipoti tutti quanti!), gli amici, i poveracci di ogni specie, perfino gli insetti che rimanevano incastrati nella luce di una lampada. Si divertiva ad offrire opportunità. Amava mia madre, con cui è stato felicemente sposato per più di 50 anni. Amava la vita, in tutte le sue manifestazioni. Non importava cosa facesse: dava sempre il meglio di se stesso. Aveva il pallino di realizzare le cose; si poneva degli obiettivi chiari e non si dava pace finché non li portava a termine. Non si scoraggiava mai, prendeva sempre Ezio Maranesi edeva lontano Fran- quando, nei primi Vco anni 70, cercava di convincere la FIAT ad investire in Brasile. Quando FIAT decise, nel 1973, la situazione finanziaria del Gruppo non era buona e l investimento era ingente. La costruzione delle fabbriche iniziò in Betim nel Franco era il presidente e il responsabile della iniziativa. Mi accolse, con gli altri direttori inviati da Torino, con semplicità e spirito fraterno. Era il suo carattere. La responsabilità era immensa: il cantiere, l acquisto degli impianti, la preparazione del personale, il difficile rapporto con il governo di Minas. Franco affrontò i problemi con serenità e professionalità e ci diede sempre il suo esempio. Vi furono momenti di sconforto quando, nel 75, l investimento rallentò; FIAT aveva problemi di liquidità e si parlava di cessione alla G. M. Franco sempre ebbe e ci trasmise fiducia. La Libia entrò nel capitale della FIAT e l investimento riprese. Nel 77 la prima vettura 147 usciva dalla fabbrica. Ci siamo visti poco negli ultimi tempi. Ma non ho mai dimenticato l esempio di serenità, di impegno e di competenza che Franco, il mio presidente, mi ha dato in quegli anni. Sono orgoglioso di essergli stato amico. il lato positivo delle cose e aveva un profondo senso di giustizia. Nelle sue ultime settimane di vita si è messo a scrivere la sua storia. L ha finita quattro giorni prima di morire. Cercheremo adesso di pubblicarla, perchè merita. Ha vissuto intensamente e si è preso tante soddisfazioni. E riconoscimenti: nei primi anni 70 fu nominato Commendatore della Repubblica (il più giovane, fino a quel momento); nel 2006, cittadino onorario di Rio de Janeiro. Ma anche tutte le manifestazioni di stima, rispetto ed affetto che mia madre, mia sorella ed io stiamo ricevendo da quando se ne è andato. Possiamo piangerlo (eccome!), ma non avere rimpianti. La saudade è già grande! Una sentenza stupida L Europa impone all Italia di staccare il Crocefisso dalle pareti delle aule scolastiche Alla parete bianca alle spalle della maestra era appeso, anni fa, ed è appeso ancora oggi, un Crocefisso. E sempre sembrato naturale che fosse in quell aula. Ha accompagnato, silenzioso ma presente, il cammino scolastico di noi ragazzi cattolici piú o meno devoti e non ha mai turbato le coscienze dei pochi ragazzi non cattolici. La Corte Europea dei Diritti dell Uomo ha deciso, con sentenza, che il crocefisso deve essere tolto dalle aule scolastiche italiane. Motivo: il 10% degli studenti oggi appartiene ad altre etnie. Questi studenti sono costretti a subire la presenza sulle loro teste di un simbolo religioso cattolico. L Italia è uno stato laico quindi, razionalmente, la sentenza sembra avere una sua logica. Si può obbiettare che esiste un Concordato tra la Chiesa e l Italia, ma non la metterei sul piano giuridico. Parliamo invece di buon senso e pensiamo all importanza e al significato della rivoluzione cristiana nella storia del mondo. Gesú Cristo non è un essere mitologico; la sua esistenza e la sua crocefissione sono ampiamente provate. Il suo insegnamento ha dato origine ad un movimento religioso che è cresciuto nel tempo e assunto una valenza mondiale. Se vi sono state pagine non sempre gloriose, l Inquisizione o il processo a Galileo per esempio, o papi non sempre santi, non si può negare l influenza che il cristianesimo ha avuto nel divenire della storia di tanti popoli. Lo viviamo, senza rendercene conto, anche nelle piccole grandi cose che accompagnano la nostra vita: il tempo si conta a partire dalla nascita di Cristo, il Natale e la Pasqua si festeggiano ovunque, la domenica è festa perche Dio al settimo giorno riposò. Lungo le nostre strade vi sono cappelle, altari, Madonne e Crocefissi, molte città e strade hanno nomi di santi, la Croce Rossa e tanti altri enti con il simbolo della Croce ci assistono col loro generoso lavoro, nella bandiera di vari stati campeggia la croce. Storiche chiese, monasteri, abbazie sono ovunque, i campanili, aguzzi nelle Alpi, tondeggianti in Padania, mozzi in Toscana, aggregano le case dei villaggi, come i pastori aggregano le loro pecore e risaltano nei paesaggi dell intera Europa. Ovunque vi sono monumenti, statue, affreschi che ci ricordano Gesú. Sulle vette delle Alpi troviamo sempre una Croce. Noi siamo nati e cresciuti in questo contesto; questo è il nostro mondo. Metastasio sintetizzò questo sentimento in modo memorabile: Ovunque il guardo io giro, immenso Dio ti vedo... E la Corte di Strasburgo vuole togliere il Crocefisso dalle aule scolastiche. E poi? Vieterà di suonare le campane? Vieterà le processioni? Ordinerà di cambiar nome a piazza San Pietro o a Santa Margherita Ligure? Ordinerà alla Svezia di togliere la croce gialla dalla sua bandiera? Suggerirà al governo brasiliano di sostituire il Cristo Redentore con la statua di Platone, o di Voltaire, o di un altro campione del razionalismo per non turbare i sonni dei musulmani carioca? E gli arabi rifiuteranno i dollari del petrolio perché sulle banconote c è scritto In God we trust? Abbiate buon senso, giudici europei, e invece di preoccuparvi del Crocefisso nelle aule scolastiche italiane o, come talvolta fate, del diametro dei cetrioli europei, occupatevi di regolamentare l immigrazione distribuendo su tutti i paesi dell Europa il peso e le responsabilità che oggi gravano soprattutto sull Italia e sugli altri paesi mediterranei invasi dagli sbarchi clandestini. L Italia ricorrerà alla sentenza ma, comunque, non accetterà l imposizione disobbedendo, se necessario. Non possiamo accettare che una Corte Europea neghi la presenza nelle aule scolastiche di un simbolo che, da sempre, ha accompagnato le nostre vite. Quella parete bianca non può restare vuota; già c è troppo vuoto nei valori che la cultura dominante oggi ci propone. Al figlio dell immigrato musulmano o induista non nuocerà la presenza di un simbolo che è caro a noi, che siamo i padroni di casa. Il fenomeno della immigrazione è molto complesso e non si può parlarne liquidandolo in tre righe. Ma su un punto l Italia deve essere ferma: l immigrato, rispettate le regole di ingresso nel paese fissate dal governo, può certamente continuare a pregare Allah, ma è benvenuto solo se è disposto ad accettare le nostre leggi e gli usi e costumi che sono la nostra cultura. 12 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o

8 Opinione notizie Fabio Porta L anno che verrà Perché e quando gli italiani sono passati ad essere il popolo più triste d Europa e cosa fare per farli ridiventare quel popolo simpatico e cordiale che tutto il mondo ha conosciuto è cambiata, non è più la stessa, non è più simile a sé stessa o meglio non è più simile L Italia all immagine che tutti nel mondo abbiamo sempre avuto del Belpaese: l Italia allegra e spensierata, il Paese del lieto vivere, della proverbiale cordialità e simpatia dei suoi abitanti non esiste più. Una constatazione che sino a qualche tempo fa veniva fatta di solito dai nostri emigranti al loro rientro a casa, o al paese dei loro nonni o bisnonni; dov era finito quel popolo allegro e ospitale, sempre pronto alla battuta e all accoglienza sorridente e disinteressata? Oggi i primi ad ammettere questo cambiamento, questa vera e propria trasformazione o metamorfosi della loro maniera di essere sono gli stessi italiani. Sconsolatamente e con una certa rassegnazione. Perché tutto questo è avvenuto e, soprattutto, quando è iniziato questo processo che ha trasformato nel giro di pochi decenni gli italiani dal popolo più felice a quello più pessimista d Europa? Per trovare una risposta, e forse anche una data, dobbiamo fare un salto all indietro di circa trent anni. Siamo nella secon- da metà degli anni 70, quando esplode in Italia con tutta la sua virulenza il fenomeno del terrorismo. Attentati, sparatorie, sequestri di persona, sono all ordine del giorno. Improvvisamente, in particolare nelle grandi città, si comincia ad aver paura di uscire la sera, di andare in luoghi affollati, si diventa sospettosi verso il vicino di casa o il collega da poco seduto nella scrivania accanto alla nostra. I miei genitori rinunciarono all ultimo momento di trasferirsi dalla Sicilia a Roma per paura; sì, la paura di perdere la sicurezza che una piccola cittadina di provincia poteva offrire ad una famiglia con figli in età scolare. Sono anche gli anni del cosiddetto riflusso. Dopo la grande partecipazione democratica del dopoguerra, le conquiste sociali dei governi di centrosinistra e l euforia collettiva di studenti e lavoratori del sessantotto/sessantanove, la politica non è più di moda; entra in scena con irruenza il privato, entrano in crisi i grandi miti collettivi. In quegli anni Lucio Dalla, uno dei cantautori italiani più famosi anche all estero, scrive una canzone intitolata L anno che verrà nella quale descrive alla sua maniera e con la forza magica di musiche e parole sapientemente coniugate il clima di quel periodo. La canzone è una lettera ad un amico, scritta a pochi giorni dalla fine di uno di quegli anni bui e pesanti: Caro amico ti scrivo canta Lucio così mi distraggo un po, e siccome sei molto lontano più forte ti scriverò. Dopo poche strofe ecco come il cantautore descrive il clima di quegli anni: Si esce poco la sera, compreso quando è festa, e c è chi ha messo dei sacchi di sabbia vicino alla finestra ( ) e si sta senza parlare per intere settimane, e a quelli che hanno cose da dire di tempo ne rimane. In questi trent anni l Italia è cambiata e ancora di più sono cambiati gli italiani; agli anni del riflusso e del terrorismo sono seguiti gli anni di mani pulite e dell ingresso del nostro Paese nell Europa della moneta unica, con il passaggio dalla lira all euro; un lungo periodo di scarsa crescita economica, di crescente disoccupazione e di difficile mantenimento per le famiglie italiane dei livelli di benessere ottenuti precedentemente. Fino ad arrivare ai tempi più recenti dominati dal berlusconismo e dal leghismo. Il partito di Berlusconi e la Lega Nord hanno in qualche modo incarnato meglio di qualsiasi altro movimento questo disagio e questa difficoltà del Paese ad uscire dalla spirale perversa nel quale è entrata negli anni 80. Lo hanno fatto, a mio avviso, accentuando gli aspetti e gli effetti negativi di questa crisi, rafforzandone le tentazioni alla chiusura e all isolamento del Paese e non le speranze di apertura e di cambiamento. La grave disattenzione di questi ultimi anni verso gli italiani nel mondo e le politiche severe e xenofobe in materia di immigrazione ne sono uno degli esempi più lampanti. Eppure, nonostante questo scenario certamente non ottimista, come italiano non voglio perdere la speranza di vedere il mio popolo recuperare quei valori e quelle caratteristiche che nel corso dei secoli l hanno reso simpatico, unico e inimitabile agli occhi di tutto il mondo. E voglio credere che questo miracolo si realizzerà anche grazie a tanti milioni di stranieri in Italia e di italiani nel mondo. L anno che sta arrivando concludeva la canzone di Dalla tra un anno finirà; io mi sto preparando, è questa la novità! Jaquet La prima tappa dell installazione della Piattaforma di Mexilhão (PMXL-1) è stata conclusa il mese scorso. Il jaquet struttura di acciaio che funge da base alla piattaforma e che resterà fissata sul fondo del mare è stato lanciato nel Bacino di Santos. L operazione ha avuto luogo a circa 140 chilometri dalla costa di Caraguatatuba (SP) dove la PMXL-1 entrerà in operazione dal Quella di Mexilhão sarà la maggior piattaforma fissa per estrazione di gas del Brasile, con capacità di produzione di fino a 15 milioni di metri cubici di gas al giorno l equivalente alla metà della capacità del gasdotto Bolivia-Brasile. Jaquet 1 Costruito a Niterói (RJ) il jaquet è una struttura di acciaio dalla base quadrata che misura 70 metri per 70 con topside che misurano 40 metri per 40, costruita con tubi che pesano tonnellate in tutto. Alta 182 metri, dopo l ancoraggio la sua topside rimane a 10 metri al di sopra del livello del mare. Il lancio del jaquet in mare è stato effettuato dal rimorchiatore italiano Saipem 600. Invece la nave semisommergibile Saipem 7000 posizionerà il jaquet al posto giusto e lo fisserà sul fondo del mare con tralicci di 116 metri di lunghezza e 400 tonnellate di peso ognuno. Previdenza Dopo tre anni di ricerche e normative gli italiani e discendenti residenti in Brasile ora hanno l opportunità di partecipare ad un piano di previdenza complementare gestito dalla Petros. Sarà il primo settore ad usare la Lei 109/2009, che ha ampliato il campo d azione del fondo di previdenza complementare della Petros a categorie come associazioni, consigli e sindacati. Chiamato Previtália, il piano usa come compagnia assicuratrice le Generali do Brasil. Lanciato a Rio de Janeiro, dove gli italiani sono circa 1,2 milione, il piano dà i primi passi con sei associazioni fondatrici. Secondo il coordinatore del progetto, Odilon de Barros, la meta è quella di raggiungere, entro 10 anni, 10 milioni di italiani e discendenti in tutto il Paese. Blindati Il presidente brasiliano Luiz Inácio Lula da Silva ha autorizzato un investimento di 6 miliardi di reais durante 20 anni per la costruzione di più di 2mila blindati per riattrezzare l Esercito. Secondo il ministro della Difesa, Nelson Jobim, il progetto Veículo Blindado Sobre Rodas ha già un preventivo a sua disposizione. I nuovi blindati, che saranno chiamati Guarani, saranno costruiti nella fabbrica della Fiat/Iveco a Sete Lagoas (MG). Il ministro ha anche detto che il VBSR sostituirà tutto il sistema mobile dell Esercito. Jobim ha dichiarato che i blindati Urutu e Cascavel, ormai superati e che erano prodotti dalla fallita Engesa (che li esportava in circa 20 Paesi), saranno ristrutturati per comporre la flotta della Força. Comex Le relazioni commerciali tra il Brasile e l Italia potrebbero essere molto più intense se ci fosse più divulgazione sui processi di esportazione ed importazione tra le imprese brasiliane, specialmente quelle micro e piccole. La conclusione è stata tratta da esperti che hanno partecipato al seminario Capacitação em Comércio Exterior e Relações Bilaterais com a Itália, promosso dalla Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Artesanato de Minas Gerais, che ha avuto luogo il mese scorso al Fiemg Trade Center, a Belo Horizonte. Secondo il direttore della Ventana Serra do Brasil e rappresentante della Câmara Ítalo-Brasileira, Paolo Casadonte, bisogna migliorare la cultura dell internazionalizzazione, specialmente nei comparti come quello della moda e dell artigianato, che contano ancora su un marketing molto timido all estero. Secondo Casadonte un altro problema riguarda la mancanza di cooperativismo da parte delle imprese brasiliane, che lui considera fondamentale per rafforzare l internazionalizzazione delle compagnie brasiliane. Comex 1 Sempre durante l evento realizzato in Minas il direttore della Fragata Internacional, Públio Júnior, che ha tenuto una conferenza in cui ha spiegato le fasi dell iniziazione al commercio estero, ha osservato che ci sono grandi imprese che non si sono internazionalizzate e piccole imprese che invece già esportano. Secondo lui la prima cosa da fare, da parte di un impresa che vuole esportare, è iscriversi alla Receita Federal e al Banco Central. Per lui il Brasile e l Italia hanno ancora molto da svolgere nel campo del commercio estero che andava meglio fino al Oggigiorno l Italia è solo l ottavo principale partner commerciale del Brasile. Valorizzazione La banca di investimenti americana Goldman Sachs ha affermato in uno studio che il real è la moneta più supervalorizzata del mondo e che gli sforzi del governo brasiliano per contenere questo fenomeno possono essere insufficienti dovuto alla valanga di soldi che sta entrando nel Paese. Tra le principali monete del mondo nessuna ha avuto un aumento maggiore del real sul dollaro, che è stato circa del 30%. Secondo la banca l aumento del real ha perso ritmo in rapporto alle altre valute da quando il governo ha cominciato a far pagare una tassa del 2% sulle applicazioni estere nella Borsa o sul reddito fisso, dal 19 ottobre. Ma, dice la banca, l efficacia del provvedimento non è ancora chiara e una nuova valorizzazione potrebbe portare all adozione di altre misure di controllo. Secondo la Goldman Sachs le entrate di denaro dall estero sono una conseguenza del rapido recupero dell economia brasiliana e dell aumento crescente della domanda di commodities da parte dei mercati emergenti, come quello cinese. Blindati 1 In aprile il Guarani è stato presentato alla fiera di materiale da difesa Laad 2009 (Latin America Aerospace & Defence), a Rio. Il costo di ogni unità è stato stimato in US$ 1,5 milione di dollari. Ciò significa che il governo potrà costruire circa blindati. La dichiarazione del ministro è stata rilasciata dopo che il governo Lula ha riattrezzato la Marinha con sottomarini francesi e durante la fase finale d acquisto di nuovi caccia per l Aeronautica. 14 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 15

9 politica È ora di entrare in azione Presidente brasiliano è presenza importante in evento su sicurezza alimentare a Roma, dove gli viene reso omaggio Al presidente Lula vengono regalati guanti che simbolizzano la lotta contro la fame Critiche al sistema finanziario internazionale e all atteggiamento dei paesi avanzati in rapporto ai loro vergognosi sussidi agricoli hanno segnato la partecipazione del presidente brasiliano Luiz Inácio Lula da Silva nel Vertice Mondiale sulla Sicurezza Alimentare il mese scorso a Roma. Con l assenza dei leader dei paesi più ricchi del mondo, Lula è stato il capo di stato più festeggiato. E gli è anche stato reso omaggio dall organizzazione non governativa ActionAid Internacional per i suoi buoni risultati nella lotta contro la fame in Brasile. Presso la sede dell Organizzazione delle Nazioni Unite per Agricoltura e Alimentazione (FAO), Lula non solo ha propagandato i suoi principali programmi sociali per l erradicazione della fame nel Paese, come ha proposto l applicazione di quello principale, il Fome Zero, nei Paesi dell Africa subsahariana, dicendo che questo progetto ha dato origine ad importanti risultati in Brasile. Secondo dati del ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, gli investimenti nel Paese con il Fome Zero hanno raggiunto più di 700 milioni di reais. L esperienza brasiliana e di altri paesi dimostra che affrontare il problema della fame esige, prima di tutto, volontà e determinazione politica. Sono state iniziative politiche a permettere al Brasile di sradicare 20,4 milioni di persone dalla povertà e di ridurre del 62% la denutrizione infantile, rompendo il ciclo perverso che perpetua la miseria e la mancanza di speranza ha detto il presidente, continuando: Programmi come il Bolsa Família, principale strumento del Fome Zero, che si prende cura di 50 milioni di brasiliani, garantiscono che il cibo arrivi effettivamente sulla tavola di coloro che ne hanno bisogno. Inoltre stimolano la produzione agricola, promuovono lo sviluppo locale e contribuiscono a creare un vasto mercato di consumo popolare. Secondo dati della FAO 16 milioni di brasiliani soffrivano di denutrizione nel Dal 2001 Sônia Apolinário* al 2005 questi numeri sono scesi a 12 milioni e la percentuale di denutriti è caduta dal 10 al 6%. In una conferenza stampa, quando gli è stato chiesto di parlare dell assenza dei principali leader mondiali all evento, Lula ha risposto che la verità nuda e cruda è che non ci si aspetta, in realtà, che i paesi ricchi vengano alla FAO ad annunciare che daranno soldi. Secondo il presidente brasiliano sarebbe stata più importante la presenza dei paesi poveri affinché si potesse fare esigenze di fatto e di diritto riguardo all adempimento di accordi già siglati. In luglio, durante il suo incontro annuale realizzato a L Aquila, in Italia, il G-8 (gruppo dei paesi più ricchi) ha promesso di destinare ai paesi in via di sviluppo 20 miliardi di dollari entro tre anni per dare impulso all agricoltura nei paesi in via di sviluppo. Secondo la FAO il numero di denutriti nel mondo supera già la cifra di 1 miliardo, il peggior livello dagli anni 70. L istituzione ha per meta quella di ridurre il numero di denutriti a 420 milioni di persone entro il Per risolvere il problema legato all aumento della popolazione, che dagli attuali 7 miliardi viene stimato a 9 miliardi nel 2050, la produzione di alimenti in questi Paesi dovrà aumentare del 70% in questo periodo. Ciò significa che gli investimenti in agricoltura alimentare dovranno passare dagli attuali 7,9 miliardi di dollari a 44 miliardi di dollari annui. Credo che a goccia a goccia si scava la pietra. Il mondo si sta rendendo conto del fatto che con meno della metà dei soldi messi a disposizione per salvare il sistema finanziario, nell ottobre dello scorso anno, potremo salvare l umanità da questa bomba di distruzione di massa che è la fame. I paesi che si preoccupano dell Iran, dell Afganistan o dell Irak devono cominciare a preoccuparsi di questa guerra invisibile, che uccide innocenti che non possono dire a voce alta cosa sia la fame difende Lula. Il premier italiano, Silvio Berlusconi, ha fatto eco alle parola di Lula per ciò che riguarda la messa in pratica dello accordo di L Aquila. Secondo lui è arrivato il momento di decidere le date e le modalità per investire i soldi promessi. Nella dichiarazione fatta nella cerimonia di apertura dell evento è ora di passare dalle parole ai fatti : La lotta contro la speculazione dev essere vista tra le priorità per sradicare la povertà e la fame. Ciò vale per il petrolio, il rame e l acciaio ma, soprattutto, Sopra, il presidente Lula parla all apertura del Vertice Mondiale sulla Sicurezza Alimentare. Sotto, Lula saluta il segretario generale delle Nazioni Unite, Ban-Ki-moon per il grano, il riso e la soia difende Berlusconi. Il Vertice Mondiale sulla Sicurezza Alimentare ha contato sulla partecipazione di circa 60 leader di Stato. Per richiamare l attenzione sul tema il segretario esecutivo della FAO, Jacques Diouf, ha fatto un digiuno simbolico di 24 ore in solidarietà con coloro per cui questo tipo di realtà non è opzionale. Dovuto a questa iniziativa il comune di Roma ha cancellato il cocktail che sarebbe stato offerto alle delegazioni dei Paesi che hanno partecipato al Vertice. Visto che si trovava in Turchia durante l evento, il presidente dell Italia, Giorgio Napolitano, ha inviato al segretario generale della Organizzazione delle Nazioni Unite (ONU) Ban Ki-moon, e al direttore generale della FAO, Jacques Diouf, un messaggio in cui gli ha chiesto l impegno della comunità internazionale per combattere la fame: E tempo di un rinnovato impegno da parte della comunità internazionale, specie dei paesi più ricchi, per sconfiggere la povertà e per porre le basi di uno sviluppo sostenibile e diffuso. Nel messaggio Napolitano ha osservato che il problema della fame nel mondo si è aggravato dovuto alla crisi economica e finanziaria. Secondo lui le difficoltà dell ultimo anno ci hanno insegnato che ricchezza e benessere hanno valore quando sono largamente e imparzialmente distribuiti. Fotos: Ricardo Stuckert Battisti A Roma Lula è stato ricevuto dal premier italiano, Silvio Berlusconi, con onori militari presso Palazzo Chigi (sede del governo italiano) dove ha avuto luogo un pranzo di lavoro. Durante l incontro i due capi di governo hanno affrontato temi bilaterali e di politica internazionale. In Italia c era una grande attesa riguardo al tema del caso Battisti. Sempre durante la conferenza stampa Lula ha negato di aver discusso il tema con Berlusconi. Secondo il presidente brasiliano lui non avrebbe potuto discutere un tema che è ancora all analisi della Corte Suprema all epoca della visita di Lula in Italia il Supremo Tribunal Federal non aveva ancora ripreso la votazione del caso. E impossibile venire in Italia e non discutere la questione di Battisti. Ma sto dicendo che non posso dire niente perché il caso si trova nelle mani della Giustizia afferma Lula. *Con agenzie 16 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 17

10 política política Na cama com o premier Prostituta lança livro onde relata com detalhes seus encontros com Silvio Berlusconi último jornal que fala de mim me foi dado de presente alguns O dias atrás por Ludovico Fontana, um jovem jornalista do Corriere del Mezzogiorno, de Bari. Chegava do Tibet. É o Himalayan Times, estou na primeira página junto com estranhas notícias sobre um país que eu não poderia nem menos encontrar facilmente no mapa. Faz três meses, falam de mim os jornais de todo o mundo, as emissoras de TV de todo o mundo. Fui para a cama com Berlusconi, sou uma grande notícia. É assim que se apresenta a prostituta Patrizia D Addario no livro Sirva-se Presidente, toda a verdade da escort mais famosa do mundo, que escreveu junto com a vice-diretora do jornal Corriere del Mezzogiorno, Maddalena Tulanti. Publicado pela editora Alberti, chegou às livrarias italianas no final do mês passado e logo virou polêmica. As primeiras frases abrem a cortina de um dos maiores escândalos sexuais da Itália num momento em que o primeiro-ministro Silvio Berlusconi ganha a capa da revista Rolling Stone pelo seu estilo rock de ser e estar na vida. Para a publicação, as performances do premier na cama matariam de inveja Guilherme Aquino Correspondente Milão astros como Mick Jagger e Keith Richards, nos seus áureos tempos. Patrizia D Addario é uma testemunha em primeira pessoa, carne, osso e alma, deste capítulo à parte da política italiana submersa numa rede de intriga, sexo, poder, mentiras e gravadores. E depois de ver a sua história contada e replicada em todas as línguas e versões jornalísticas, decidiu ela própria contar tudo. A base dos relatos são as lembranças e vozes gravadas durante a sua estadia no Palazzo Grazioli, um dos palácios mais belos de Roma, e residência privada do homem mais poderoso da Itália, o chefe do governo, Silvio Berlusconi, como escreve ela, em trecho do livro. E o conheceu bem, pois esteve duas vezes no local: uma em 16 de outubro de 2008 e outra em 4 de novembro do mesmo ano. Ambas as visitas foram organizadas pelo empresário e amigo de Silvio Berlusconi, Gianpaolo Tarantini, processado por corrupção e falcatruas em licitações em Bari. Na primeira ida à casa de Berlusconi eram 20 mulheres, em meio a rios de champagne, música e piadas. Na segunda, o harém diminuiu para três mulheres, entre elas Patrizia D Addario, que não tinha passado despercebida no encontro anterior. Na cama de Putin assim batizada por ter sido um presente do presidente russo - duas lésbicas acariciam os pés do primeiro-ministro enquanto Patrizia e uma das odaliscas recebiam o convite para ir a um spa: Vocês podem vir também? Massagem, relax, nós juntos, um mundo de diversão, garante Berlusconi, instigado pela lembrança da promessa feita por ele a uma das mulheres, algum tempo antes. E de promessas, Patrizia estava farta. Ela conta que pagou uma promessa de Berlusconi com favores sexuais. Ela admite que fez da profissão de escort, acompanhante de alto nível, um caminho para ganhar dinheiro e vencer a burocracia italiana que travava a realização do projeto de família: construir um hotel, a partir das ruínas de um velho prédio, em Bari. A ela não interessava o pagamento de cinco a dez mil euros por cada noite passada com o primeiro-ministro, pagos do bolso de Gianpaolo Tarantini. Patrizia conta que o que ela queria era a garantia de que Berlusconi se ocuparia em retirar os obstáculos jurídicos para a realização do projeto que já tinha custado a vida de seu pai ele se suicidou por não conseguir fazer frente à dívida contraída junto aos bancos locais para erguer o hotel. Berlusconi não sabia que estava com uma escort, segundo alardeia Gianpaolo Tarantino, que a teria apresentado como uma amiga. Segundo Patrizia, quando ele soube do seu problema, prometeu ajuda-la e foi atencioso dentro e fora da cama. Eu vou te ajudar, vou enviar duas pessoas de confiança no canteiro de obras, foi a frase ouvida e gravada por ela, da boca de Berlusconi. Ninguém, porém, apareceu para ajudá-la. A tiragem inicial do livro é de quinze mil cópias. E se o interesse pelas memórias de Patrizia for tão grande quanto a repercussão do caso, o título já deverá ser um best-seller e um dos presentes de Natal mais disputados, além de candidato a se transformar em roteiro de filme. Os ingredientes estão todos lá, nas 274 paginas do livro. Dois anos após a prisão de Cesare Battisti, no Brasil, sua extradição para a Itália ainda é um suspense. Depois do italiano receber do ministro da Justiça brasileiro, Tarso Genro, o status de refugiado político, o caso acabou no Supremo Tribunal Federal, que votou pela extradição. Agora, a questão está nas mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, até o fechamento desta edição, não tinha dado o seu veredicto. O Promotor Público e chefe do setor anti-terrorismo do Tribunal de Milão, Armando Spataro, aplaude a decisão do STF. Ele foi um dos promotores do caso Battisti, na Itália, que levou o ex-terrorista a ser condenado a prisão perpétua. Eu defendo que Battisti é um assassino puro afirma Spataro, em entrevista à Comunità. que o processo já terminou. Ele deve apenas descontar a pena e é o departamento de administração penitenciária o órgão responsável. CI - O senhor acha que a pressão popular italiana tenha influenciado o voto do Supremo Tribunal Federal? AS - Francamente não sei se a pressão popular tenha surtido efeito na magistratura brasileira. Teria que perguntar isso aos juízes do STF. Eu tenho a sensação que o direito, a necessidade de seguir a convenção internacional, ao final, foram mais fortes do que qualquer outra coisa. Mesmo com a votação sendo de 5 votos a favor e 4 contra, o importante é o resultado final. O meu respeito vai a todos os integrantes do STF, incluindo os que votaram contra. Eu acho que os protestos serviam para apresentar o problema mais ao povo brasileiro do que aos juízes. A verdade é que, no final, conta o direito e o direito triunfou. CI - O senhor foi procurado por representantes do governo ou da magistratura brasileira? AS - Absolutamente, nunca, nenhum magistrado brasileiro me procurou. Fui apenas consultado pelo embaixador italiano no Brasil que queria algumas informações concretas e algumas sobre o rito do processo. CI - Existe diferença entre um crime de natureza política e aquele comum? AS - Depende, porque a noção de delito político quando formou-se nunca previu a cobertura de atos de terrorismo. Posso dizer que a finalidade política dos reatos tem uma razão jurídica de existir. Posso imaginar, por exemplo, reatos cometidos contra uma ditadura, mas não falo de homicídio, falo de ações em defesa da democracia. O terrorismo é uma coisa completamente diferente, ele não é, absolutamente, um delito político e isto é importante compreender. Ponto de união Sempre em guerra, Magistratura italiana e o primeiro-ministro Silvio Berlusconi se entendem quando se trata do caso Battisti ComunitàItaliana - Qual é a sua avaliação sobre o caso Battisti? Armando Spataro Em relação ao Supremo Tribunal Federal decidir que o presidente Lula tem a palavra final, lembro que ele disse aqui na Itália que seguiria a decisão da justiça. Gostaria de demonstrar o meu alto apreço pelo STF porque quando em casos como este, com mortos e um assassino como Battisti, não é que se pode falar de felicidade, mas esta decisão confirma a falsidade de algumas teses da defesa de Battisti. Também confirma a legalidade dos procedimentos italianos nos nossos anos de chumbo. Esta é uma razão de satisfação porque as palavras do ministro da Justiça do Brasil, Tarso Genro, me pareciam palavras mal informadas. Agora vamos esperar, ainda que exista um ponto interrogativo. Existe uma razoável esperança de ver Battisti, finalmente, numa prisão italiana. CI O que o senhor acha que pode ocorrer com Battisti caso seja extraditado? AS - Ele vai ser tratado como todos os detentos aos quais a lei italiana reconhece ainda possibilidades de resgate e de benefícios penitenciários. Não sei para qual prisão ele vai ser levado, pois este é um tema do ministério da Justiça, uma vez Guilherme Aquino Correspondente Milão Quando alguém diz que é um direito político, não é verdade. Eu defendo que Battisti é um assassino puro. Battisti cometeu homicídios. Desafio quem quer que seja a me dizer que o assassinato de um açougueiro tenha uma finalidade política, que o homicídio de um cliente de um restaurante, como Torregiani, tenha uma finalidade política e, mais ainda, não se pode falar de reato político se os atos de terrorismo são cometidos numa democracia, ou seja, contra a democracia. É preciso estar bem atento em definir atos políticos de atos de terrorismo. CI - O senhor acha que o caso Battisti poderia ser manipulado pelo governo? Battisti disse que seria um troféu nas mãos de Silvio Berlusconi. AS - O caso Battisti seria um dos poucos no qual o governo e a magistratura estariam do mesmo lado. 18 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 19

11 politica política Relazione imprescindibile Conferenza a Milano conferma interessi dell Italia di avvicinarsi sempre di più all America Latina Latina è un socio indispensabile. La frase del ministro italiano degli L America Affari Esteri, Franco Frattini, ha dato il la di incontri e discorsi della 4ª Conferenza Italia-America Latina e Caraibi, realizzata all inizio del mese a Milano. Per due giorni ministri delle nazioni che fanno parte del continente, tra cui Guido Mantega (Fazenda) e Paulo Bernardo (Planejamento, Orçamento e Gestão) hanno riconfermato il loro desiderio di essere partner della nazione del paese europeo. Secondo Frattini l America Latina è un interlocutore essenziale non solo dal punto di vista economico, ma anche per risolvere i grandi problemi mondiali. Secondo il ministro l Italia che ora guida il G-8 (gruppo formato dai sette paesi più ricchi del mondo più la Russia) ha assistito quest anno all emergere di paesi come il Brasile, l Argentina e il Messico sulla scena mondiale, e per questo ora queste nazioni hanno potere decisionale. E nostro compito consolidare sempre di più questa relazione, ogni giorno. L Italia punta sull America Latina. Una scommessa che, ne sono sicuro, non ci deluderà. La regione rappresenta un mercato con oltre 500 milioni di persone, con una simpatia naturale per il nostro paese e per il Made in Italy, rafforzata dalla presenza di comunità di origini italiane perfettamente integrate. Vivono in America Latina 1,13 milione di cittadini italiani e decine di milioni di discendenti di italiani ha detto il ministro in una dichiarazione rilasciata alla stampa. Il ministro ha anche ricordato che ci sono 250 parlamentari di origine italiana sparsi nei diversi paesi [latinoamericani] e una presenza imprenditrice italiana di assoluta importanza, che porta con sé tecnologia di punta. Attualmente l Italia è il terzo paese europeo che più importa merci dall America Latina, con una partecipazione dell 11,1% del totale. Inoltre è responsabile del 13,5% dei prodotti importati dalla regione, restando al secondo posto tra le nazioni europee. Come ha ricordato il presidente della Lombardia, Roberto Formigoni, il Prodotto Interno Lordo (PIL) latinoamericano è aumentato del 5% negli ultimi cinque anni, mentre gli investimenti esteri nella regione sono aumentati del 53,6% tra il 2006 e il 2007 e del 14,5% tra il 2007 e il Circoscritto il ruolo economico della regione, Frattini ha indicato la creazione del G-20 come elemento che ha sanzionato definitivamente la funzione che il continente disimpegna nella congiuntura mondiale e in tutte le sfide internazionali, con la crisi economica, il Doha Round, l ambiente, il narcotraffico, il I ministri brasiliani Guido Mantega (sopra) e Paulo Bernardo hanno partecipato alla Conferenza Elza Fiúza/ABr terrorismo e la non proliferazione delle armi nucleari. Ma bisogna mettere in risalto che il Brasile è l unico paese dell America Latina a partecipare a questo nuovo gruppo di leader mondiali. Il primo ministro italiano, Silvio Berlusconi, ha difeso un alleanza con l America Latina per far fronte alla offensiva economica delle Tigri Asiatiche gruppo formato da Taiwan, Hong Kong, Corea del Sud e Singapore. Il premier non ha nascosto la collaborazione che queste nazioni in gruppo possono offrire Sílvia Souza* al ruolo dell Italia nelle relazioni internazionali: Guardiamo ad un alleanza con l America Latina perché siamo protagonisti nel mondo e perché portiamo l occidente, nel senso più ampio del termine, nel mondo dichiara Berlusconi, mettendo in risalto che l occidente del pianeta deve mantenere la sua importante posizione. Nel mondo ci sono protagonisti che non conosco e che non applicano quelli che sono i valori basici dell occidente. La 4ª Conferenza Italia-America Latina e Caraibi si è occupata di temi come quello dell integrazione economica, culturale e politica, dei Mondiali di Calcio del 2014, dell Expo 2015 e delle Olimpiadi del In un messaggio diretto ai partecipanti della conferenza il presidente della Repubblica italiano, Giorgio Napolitano, ha messo in risalto che la riunione permette una comune riflessione sui problemi causati dalla crisi economica mondiale, che ha fortemente colpito le nostre economie e ha causato importanti conseguenze sociali. Sempre secondo il presidente dobbiamo [i paesi riuniti alla conferenza] non solo condividere le gravi difficoltà, ma anche accogliere le opportunità che la crisi offre all affermazione di un modello di governance mondiale giusto, inclusivo e solido. L Europa unita, forte grazie alla sua esperienza, alle potenzialità offerte dall entrata in vigore del Trattato di Lisbona, potrà sviluppare un ruolo di protagonista sullo scenario internazionale e contribuire alla promozione della stabilità e della prosperità in tutti i continenti prevede. *Con agenzie internazionali Queima de arquivo? Morre travesti brasileiro envolvido com governador do Lazio Pivô do escândalo sexual que provocou a renúncia do governador do Lazio, Piero Marrazzo, o travesti brasileiro Brenda foi encontrado carbonizado, mês passado, em Roma. Segundo laudo da autópsia, a morte foi causada por asfixia ao inalar fumaça em seu apartamento, que pegou fogo. Ainda de acordo com laudo, o corpo não apresentava sinais de lesões físicas. O verdadeiro nome de Brenda seria Wendell Mendes Paes. Ele teria 31 anos. Em declarações reproduzidas pelo jornal Corriere della Sera, que cita fontes próximas de Marrazzo, o governador teria lamentado a morte do travesti e revelado que se sente culpado. É culpa minha, é culpa minha. Depois de terem me destruído, também a fizeram morrer. Não é possível, não é justo, não devia ser assim teria afirmado o político. Perdoem-me pelo mal que fiz a todos. Não queria. Eu errei, cometi muitos erros, mas as coisas não tinham que terminar assim. O governador também teria dito que acredita na hipótese de que a morte de Brenda seja parte de um complô. No entanto, seu advogado, Luca Petrucci, assegurou que todas as declarações são falsas da primeira à última linha. Marrazzo renunciou ao cargo de governador do Lazio dia 27 de outubro e desde então se mantém afastado em retiro espiritual. O corpo de Brenda foi encontrado na madrugada de 21 de novembro. A morte do travesti está sendo investigada pelo Judiciário de Roma, que trabalha com a hipótese de homicídio. Outro travesti que conhecia Brenda, identificado como China, relatou à imprensa italiana que o brasileiro bebia muito e tomava remédios para dormir. Para China, a morte não teria passado de um incidente. Já o travesti brasileiro Bárbara discorda. Para ele, Brenda foi morta: Brenda estava mal psicologicamente e queria voltar para o Brasil. Agora, precisamos encontrar quem fez isso declarou Bárbara, que contou ter se encontrado com Brenda na noite anterior de sua morte, quando beberam uísque em um estacionamento. O corpo foi encontrado por bombeiros, que atenderam a um chamado de incêndio. O travesti estava seminu. Também foram achadas duas malas prontas e uma garrafa de uísque. Um detalhe que chamou a atenção da polícia foi o computador de Brenda, que teria sido jogado no interior do vaso sanitário, em uma aparente tentativa de danificá-lo. Sônia Apolinário* Brenda: suspeita de fazer parte de um esquema de chantagem que levou Piero Marrazzo à renúncia do cargo de governador do Lazio No dia 2 de novembro, ao prestar depoimento, Marrazzo admitiu ter saído duas vezes com Brenda. Agentes da polícia desconfiam que o travesti brasileiro poderia fazer parte de um amplo esquema de chantagem com base em vídeos e fotos comprometedores, do qual Marrazzo teria sido apenas uma das vítimas. Outro fato que aumenta o mistério do caso é a morte, ocorrida no dia 12 de setembro, de Gianguarino Cafasso. Ele é traficante de drogas e fornecia cocaína a Brenda e demais travestis. Cafasso foi vítima de overdose de heroína. O escândalo envolvendo Marrazzo e seu relacionamento com travestis veio à tona com a prisão de quatro policiais que estariam tentando extorquir o então governador em 80 mil euros. Tudo começou quando policiais do Raggruppamento Operativo Speciale (ROS) investigavam tráfico de drogas pela potente Camorra napolitana. Numa das interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial, colheu-se o relato de que quatro policiais militares (carabinieri) estavam chantageando Marrazzo. Para isso, usavam uma filmagem de encontro sexual dele com travestis, em um quarto onde havia carreiras de cocaína em cima de uma mesa. Os carabinieri teriam flagrado o governador em pleno ato sexual com Natalia, ao invadir a casa deste também travesti brasileiro. Já a filmagem teria sido feita pela própria Brenda, em um aparelho celular. * Com agências 20 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 21

12 capa N el Capodanno del 2009, quando aprirai una bottiglia di spumante italiano brinderai non solo ai migliori momenti della tua vita in compagnia di parenti e amici, ma anche al successo delle bollicine che hanno vinto la potente concorrenza francese dell impareggiabile champagne nel mercato internazionale. Allo scoppio del tappo farai parte di una rete di consumatori che staranno sfruttando circa 46,6 milioni di bottiglie di spumante in tutto il mondo per festeggiare il Capodanno. E questa la previsione del Forum dello Spumante Italiano, che ha reso nota la presenza sempre maggiore del vino italiano frizzante nei paesi emergenti, tra cui il Brasile. Negli ultimi dodici mesi il volume di esportazioni dello spumante è aumentato in 70 Paesi. La Coldiretti, maggior confederazione italiana di imprenditori del settore agricolo in Europa, indica che per la prima volta nella storia la produzione di spumanti ha superato gli effetti della crisi economica nel settore enologico. I produttori francesi hanno messo a disposizione dei consumatori poco più di 262 milioni di bottiglie della vendemmia del 2009, mentre lo spumante italiano ha raggiunto un aumento di produzione del 15% l equivalente a 11,5 milioni di bottiglie per un totale calcolato in 328,485 milioni di bottiglie, con un fatturato annuale stimato in 2,5 miliardi di euro. Questo è anche il primo anno di produzione del Prosecco con etichetta Doc (Denominazione di Origine Controllata), e con quella Docg (Denominazione di Origine Controllata e Garantita) per gli spumanti Conegliano Valdobbiadene Prosecco e Colli Isotani Prosecco, mantendendo alta la qualità con ottimi prezzi per il mercato interno e internazionale. Il Prosecco, in tempi di crisi, si presenta come un prodotto versatile, facilmente riconoscibile e con prezzi convenienti. Buona parte del Prosecco Doc e tradizionale (il 18%) viene destinata a Inghilterra, Scandinavia e America Latina. Saúde!Espumantes Salute! italianos batem recorde de produção Lisomar Silva Correspondente Roma Neste final de 2009, ao abrir a sua garrafa de espumante italiano, você vai brindar não somente os melhores momentos de sua vida em companhia de parentes e amigos, mas também o sucesso das bolhinhas que venceram a poderosa concorrência francesa do inigualável champagne no mercado internacional. Ao espocar a rolha, você vai fazer parte de uma rede de consumidores que estará desfrutando de cerca de 46,5 milhões de garrafas de espumantes em todo mundo para festejar o Ano Novo. Essa é a previsão do Fórum do Espumante Italiano, que anunciou a presença cada vez maior do frisante vinho italiano nos países emergentes, entre eles o Brasil. Nos últimos doze meses, o volume de exportações do espumante cresceu em 70 países. A Coldiretti, a maior confederação italiana dos empresários no setor agrícola na Europa, indica que, pela primeira vez na história, a produção de espumantes superou a do champagne - que sofreu uma redução de garrafas na ordem de 44% para controlar os efeitos da crise econômica no setor enológico. Os produtores franceses colocaram à disposição dos consumidores pouco mais de 262 milhões de garrafas da safra 2009, enquanto o espumante italiano ganhou um aumento de 15% em sua produção o equivalente em 2009 e desbancam o champagne francês neste final de ano. No Brasil, o mercado nacional da bebida também comemora diante de uma perspectiva de crescimento de 30% nas vendas Spumanti italiani battono record di produzione nel 2009 e sbancano lo champagne francese questo Capodanno. Anche in Brasile il mercato nazionale della bevanda festeggia dovuto ad una prospettiva di crescita del 30% delle vendite 22 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 23

13 capa a 11,5 milhões de garrafas - para um apetitoso total calculado em 328,485 milhões de garrafas, com um faturado anual estimado em 2,5 bilhões de euros. Este também é o primeiro ano de produção do Prosecco com etiqueta Doc (Denominação de Origem Controlada), assim como a Docg (Denominação de Origem Controlada e Garantida) para os espumantes Conegliano Valdobbiadene Prosecco e Colli Isotani Prosecco, mantendo alta a qualidade com ótimos preços para o mercado interno e internacional. O Prosecco, em tempos de crise, se coloca como um produto versátil, facilmente reconhecível e com preços convenientes. Boa parte do Prosecco Doc e tradicional (18%) é destinado à Inglaterra, Escandinávia e América Latina. Hoje, a categoria dos espumantes Doc e Docg inclui 278 denominações espalhadas em 20 regiões italianas incluindo 75 províncias e 390 territórios vocados - com 600 casas vinícolas que produzem o equivalente a 2360 etiquetas, presentes no mercado nacional e mundial. Uma das principais zonas de produção é Valdobbiadene, que reúne 1400 vinícolas que cultivam as uvas Glera, destinadas à produção do famoso vinho borbulhante. As regiões de Lombardia, Vêneto e Piemonte são as mais produtivas. A Lombardia lidera a Regrinhas básicas produção de espumantes obtidos com o método clássico (presença de anidride carbônica em fermentação natural na garrafa na fase de vinificação), que caracteriza a alta qualidade dos produtos originários de Franciacorta. A célebre zona é líder - com a área vinícola de Trento - tanto na venda de seus espumantes nos restaurantes e nas enotecas quanto como presentes para grandes comemorações. Entretanto, a zona de Asti é rainha incontestável e responde por 80% da produção destinada a brindes em todas as festas principais do ano, acompanhando doces e sobremesas artesanais. Uma das mais expressivas descrições sobre o atraente perfil dos espumantes parte do Forum Spumanti d Italia, realizado Evite os copos dourados e coloridos. Use o copo certo, ou seja, o flute, alto, sóbrio e elegante, feito em cristal liso e transparente. Lembre-se que o prazer de se beber um espumante começa em ver a cor do líquido e as bolhinhas que se desprendem, docemente, aos milhares e que você vai chamar perlage, como se diz em francês. Sirva-o (e beba-o) frio, a uma temperatura entre 6 e 9 graus centígrados. Para chegar à justa temperatura, mergulhe sua garrafa em um balde com água e gelo durante 30 ou 40 minutos, ou então coloque-a na geladeira pelo menos 24 horas antes de servi-la. Evite esfriar demais a bebida, caso contrário, você corre o risco de anular o efeito das bolhinhas e anestesiar suas papilas gustativas quando bebê-la. Evite também erros comuns como colocar a garrafa no congelador, encher o copo com cubos de gelo ou usar diretamente os copos gelados com isso, você vai simplesmente estragar seu espumante. A elegância e o charme, na abertura da garrafa, estão em evitar provocar a explosão com a tampa. Desloque-a lentamente, com firmeza, girando docemente a garrafa, inclinando-a em posição quase horizontal, até que a tampa saia. Verse o maravilhoso líquido fresco e borbulhante em seu flute e faça muitos brindes durante todo o ano. Valdobbiadene: uma das principais áreas de produção de prosecco com 1400 vinícolas Valdobbiadene: una delle principali zone di produzione di prosecco con 1400 aziende vinicole Oggigiorno la categoria degli spumanti Doc e Docg include 278 denominazioni sparse nelle 20 regioni italiane includendo 75 provincie e 390 zone vocate con 600 case vinicole che producono l equivalente a 2360 etichette presenti nel mercato nazionale e mondiale. Una delle principali zone di produzione è quella di Valdobbiadene, che riunisce 1400 industrie vinicole che coltivano le uve Glera, destinate alla produzione del famoso vino frizzante. La Lombardia, il Veneto e il Piemonte sono le regioni più produttive. La Lombardia guida la produzione di spumanti ottenuti con il metodo classico (presenza di anidride carbonica in fermentazione naturale nella bottiglia nella fase di vinificazione), che caratterizza l alta qualità dei prodotti provenienti da Franciacorta. La celebre zona è leader insieme all area vinicola di Trento tanto di vendite dei suoi spumanti in ristoranti ed enoteche, come per regalo per grandi commemorazioni. Ma la zona di Asti è l indiscutibile regina e risponde per l 80% della produzione destinata a brindisi in tutte le principali feste dell anno, come accompagnamento di dolci industriali o artigianali. Una delle più eloquenti descrizioni dell attraente profilo degli spumanti parte dal Forum Spumanti d Italia, realizzato il mese scorso. Giampiero Comolli, 55 anni, ne è il presidente dal 2005, anno della sua fondazione. Comolli spiega perché gli spumanti sono fatti per conquistare un successo di mercato sempre maggiore: Sono prodotti che rispondono mês passado. Giampiero Comolli, 55 anos, é o seu presidente desde 2005, ano de sua fundação. Ele explica porque os espumantes são feitos para conquistar um sucesso de mercado cada vez maior: São produtos que respondem a exigências precisas e diretas do consumidor comum, seja ele habitual ou ocasional. Ele quer um produto com teor alcoólico agradável e que combine em várias ocasiões, seja como aperitivo ou para acompanhar pratos da cozinha tradicional ou sofisticada. O espumante também permite que o consumidor o reconheça facilmente, sem estar vinculado a um conhecimento metódico sobre o que vai beber. Busca, enfim, um produto moderno e fácil de se combinar aos pratos mais variados, mas com um custo compatível com suas possibilidades econômicas. Comolli explica que as vendas de espumantes nos últimos dias do ano são decisivas. Elas indicam o sucesso dos rótulos que se valorizam e passam a ser cobiçados pelo mercado internacional. Atualmente, estamos empenhados em proteger nossa produção contra imitações e fraudes, prejudiciais para a imagem do espumante. Ao mesmo tempo, cultivamos a meta de transformar o consumo de espumantes em um hábito comum, pois as pessoas ainda estão acostumadas a pensar neste vinho somente para ocasiões especiais explica Comolli. Ele esteve no Brasil há cerca de quinze anos. Na época, observou o crescente interesse dos consumidores em conhecer cada vez melhor os vinhos italianos, principalmente os espumantes. Comolli lembra que os brasileiros queriam consumir vinhos de qualidade e começavam a conhecer claramente as características das produções vinícolas européias, principalmente a francesa e a italiana. E que, neste campo, sabiam distinguir e apreciar as peculiaridades dos espumantes dos dois países. Agora, observa, o Brasil tem seus produtos de alta qualidade, reconhecidos e premiados nos concursos internacionais. Porém, segundo Comolli, começa também a importar cada vez mais espumantes italianos. Dados de 2008 informam que foram adquiridas garrafas de casas vinícolas italianas que exportaram também vinhos brancos e tintos de outras tipologias. Cerca de 1,5 milhão de garrafas levavam a etiqueta Prosecco, outras 200 mil eram de Asti Spumante Doc e o Giampiero Comolli Regolette basiche ad esigenze precise e dirette del consumatore comune, tanto abituale come occasionale. Questi vuole un prodotto dalla gradazione alcolica gradevole e che vada bene in varie occasioni, sia come aperitivo, sia per accompagnare piatti della cucina tradizionale o sofisticata. Inoltre lo spumante permette che il consumatore lo riconosca facilmente, senza essere vincolato ad una qualche conoscenza metodica su ciò che berrà. Insomma, cerca un prodotto moderno e facile da combinare con i piatti più svariati, ma con un gusto compatibile alle sue possibilità economiche. Comolli spiega che le vendite di spumanti negli ultimi giorni dell anno sono decisive e indicano il successo delle marche che si valorizzano e passano ad essere desiderate dal mercato internazionale. Attualmente siamo impegnati a proteggere la nostra produzione contro imitazioni e frodi, che danneggiano l immagine dello spumante. Allo stesso tempo pensiamo alla meta di trasformare il consumo di spumanti in abitudine comune, visto che la gente è ancora abituata a pensare a questo vino solo per le occasioni speciali spiega Comolli. Lui è venuto in Brasile circa quindici anni fa. Allora ha osservato il crescente interesse dei consumatori di conoscere sempre meglio i vini italiani, specialmente gli spumanti. Comolli ricorda che i brasiliani volevano bere vini di qualità e cominciavano a conoscere chiaramente le caratteristiche delle produzioni vinicole europee, specialmente quelle francesi ed italiane. E che, in questo campo, sapevano distinguere e apprezzare le particolarità degli spumanti dei due Paesi. Ora, osserva, il Brasile ha i suoi prodotti di alta qualità, riconosciuti e premiati nei concorsi internazionali. Ma, secondo Comolli, comincia anche ad importare sempre più spumanti italiani. Dati del 2008 dicono che sono stati acquisiti 2 milioni e 360 mila bottiglie di case vinicole italiane che hanno esportato anche vini bianchi e rossi di altri tipi. Circa 1,5 milione di bottiglie usavano l etichetta Prosecco, altre 200 mila erano di Asti Evita i bicchieri dorati o colorati. Usa il bicchiere giusto, ossia, il flûte, alto, sobrio e elegante, fatto di cristallo liscio e trasparente. Ricordati che il piacere di bere uno spumante comincia col vedere il colore del liquido e le bollicine che si staccano, dolcemente, a migliaia e che chiamerai perlage, come si dice in francese. Servilo (e bevilo) freddo, a una temperatura tra i 6 e i 9 gradi centigradi. Per arrivare alla temperatura giusta, immergi la tua bottiglia in un secchietto con acqua e ghiaccio per 30 o 40 minuti, altrimenti mettila in frigo perlomeno 24 ore prima di servirla. Evita di raffreddare troppo la bevanda, altrimenti corri il rischio di annullare l effetto delle bollicine e di anestetizzare le tue papille gustative quando la berrai. Evita anche errori comuni, come mettere la bottiglia nel freezer, riempire il bicchiere con cubetti di ghiaccio o usare direttamente bicchieri gelati facendo ciò rovinerai il tuo spumante. L eleganza e lo charme, quando si apre la bottiglia, risiedono in evitare di provocare l esplosione con il tappo. Toglilo lentamente, con fermezza, girando dolcemente la bottiglia, inclinandola in posizione quasi orizzontale, fino all uscita del tappo. Versa il meraviglioso liquido fresco e frizzante nel tuo flûte e fai molti brindisi durante tutto l anno. 24 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 25

14 capa restante pertencia a outras categorias de espumantes. Desta vez, os importadores fizeram e receberam encomendas, sobretudo, de Asti Spumante e Prosecco. Comolli chama a atenção para a confusão injustificada que se faz ao comparar o amplo leque de vinhos espumantes italianos com produtos específicos de zonas produtivas vocadas de outros países como Champagne para a França, o Cava para a zona espanhola de Penedés, ou o Sekt alemão: Não se pode comparar a diversificada produção italiana com essas zonas vocadas, que dão origem a produtos com peculiaridades bem definidas. O patrimônio enológico rico e variado no mundo dos espumantes merece atenção especial, sobretudo, em relação às vinícolas com produção pequena, mas de alto nível desta preciosa bebida, como se fossem jóias criadas em série limitada e únicas. Este é mais um motivo para se privilegiar os espumantes no plano qualitativo. Em países como o Brasil, Argentina, Austrália e Rússia, intensificamos nossos contatos para incentivar a venda e o consumo dos espumantes, principalmente, junto às redes de hotelaria, nos restaurantes da faixa médio-alta e no serviço de catering, para depois focalizar o comércio nas redes de supermercados. Happy hour Um aperitivo leve, antes e durante o almoço ou o jantar, pode se tornar ainda mais prazeroso se você saborear um espumante de qualidade, que estimula o apetite e se harmoniza bem com uma gostosa refeição. Com essa idéia, o Forum Spumanti d Italia promoveu a bebida e obteve resultados animadores: o consumo dos vinhos espumantes servidos diretamente em flute vem aumentando rapidamente. A grande moda do momento na Itália, porém, é beber também os versáteis espumantes rosados, perfeitos parceiros de um aperitivo com petiscos picantes ou suaves, ou para uma refeição com pratos leves à base de carne, peixe ou frutos do mar. O consumo dos espumantes rosados teve início na Inglaterra há dois séculos, expandindose depois na França. Os italianos descobriram o fascínio das bolhinhas cor-de-rosa nas garrafas de produção originária da zona de Oltrepó Pavese, sobretudo nos últimos dez anos. Comolli sublinha: O consumidor moderno quer simplicidade e facilidade para combinar vinhos aos pratos que é capaz de fazer até mesmo em casa. In Brasile l mercato dei vini spumanti nazionali prevede una crescita delle I vendite del 30%, in paragone allo stesso periodo del 2008, dovuto alle feste di fine d anno. I moscatelli, vini un po più dolciastri degli altri frizzanti, subiranno un incremento ancora maggiore, circa del 40%. Le proiezioni sono realizzate dall Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Le vendite di spumanti prodotti nel Rio Grande do Sul, dove ci sono più del 90% delle aziende vinicole brasiliane, sono aumentate del 14,6% tra gennaio e ottobre del 2009 in paragone allo stesso periodo dell anno scorso. In totale, quest anno sono stati commercializzati 6,5 milioni di litri di spumante contro i 5,7 milioni di litri nello stesso periodo del Nel caso dei moscatelli, l aumento commerciale è stato anche maggiore: c è stata una crescita del 22,6% delle vendite. Malgrado l ottimismo del comparto, i produttori nazionali sono consapevoli del fatto che dovranno accaparrarsi le attenzioni dei consumatori contro le marche internazionali, che riforniranno il mercato brasiliano. La colpa della invasione straniera è il basso valore del dollaro che favorisce le importazioni. Oltre ai premi e al riconoscimento internazionale che lo spumante brasiliano ha ricevuto quest anno, la bevanda nazionale spera di contare su uno speciale asso nella manica per attrarre i consumatori: prezzi migliori. Si prevede che la partecipazione nel mercato si stabilizzi al 60% per il prodotti nazionale e al 40% per quello estero. In agosto l Associação Brasileira de Enologia (ABE) ha realizzato la sesta edizione del Concurso do Espumante Brasileiro. Presso la Câmara da Indústria e Comércio de Garibaldi (RS), sono stati giudicati campioni di spumanti prodotti con metodi Champenoise, Charmat e processo Asti. Sono stati valutati 205 spumanti iscritti da 66 aziende vinicole, registrando un aumento del 42% sul numero di campioni iscritti in rapporto all edizione anteriore, nel 2007, quando 50 aziende hanno iscritto 147 campioni. Del totale degli iscritti 62 sono stati premiati. Il grande vincitore è stato Do Lugar Espumante Brut Charmat dell azienda vinicola Dal Pizzol, che ha ricevuto la Grande Medalha de Ouro. Spumante Doc e il resto faceva parte di altre categorie di spumanti. Stavolta gli importatoti hanno fatto e ricevuto ordini soprattutto di Asti Spumante e Prosecco. Comolli richiama l attenzione sulla ingiustificata confusione che si è fatta paragonando l ampio ventaglio di vini spumanti italiani con prodotti specifici di zone produttive vocate di altri Paesi come Champagne per la Francia, il Cava per la zona spagnola di Penedés o il Sekt tedesco: Non si può paragonare la svariata produzione italiana con queste zone vocate, che danno origine a prodotti dalle particolarità ben definite. Il patrimonio enologico ricco e svariato nel mondo degli spumanti merita speciali attenzioni, soprattutto per ciò che riguarda le industrie vinicole che producono poca di questa preziosa bevanda ma di grande livello, come se fossero gioielli creati in serie limitate e uniche. Questo è un altro dei motivi per privilegiare gli spumanti sul piano qualitativo. In paesi come Brasile, Argentina, Australia e Russia, abbiamo intensificato in No Brasil mercado de vinhos espumantes nacionais prevê um crescimento de 30% nas vendas, na comparação com o mesmo pe- O ríodo de 2008, por conta das festas de final de ano. Os moscatéis, vinho pouco mais adocicado que os outros frisantes, terão um incremento ainda maior, em torno de 40%. As projeções são realizadas pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). As vendas de espumantes produzidos no Rio Grande do Sul, onde estão mais de 90% das vinícolas brasileiras, avançaram 14,6% entre janeiro e outubro de 2009 na comparação com o mesmo intervalo do ano passado. Ao todo, foram comercializados 6,5 milhões de litros de espumantes neste ano contra 5,7 milhões de litros no mesmo período de No caso dos moscatéis, a ampliação comercial foi ainda maior crescimento de 22,6% nas vendas. Apesar do otimismo do setor, os produtores nacionais estão cientes que terão que brigar pela atenção do consumidor contra vários rótulos internacionais que vão abastecer o mercado brasileiro. A culpa pela invasão estrangeira é a baixa do dólar que favorece a importação. Além dos prêmios e do reconhecimento internacional que o espumante brasileiro colheu ao longo do ano, a bebida nacional espera contar com um trunfo especial para atrair o consumidor: melhores preços. A previsão é de que a participação de mercado fique 60% com produto nacional e 40% com a bebida produzida no exterior. Em agosto, a Associação Brasileira de Enologia (ABE) realizou a sexta edição do Concurso do Espumante Brasileiro. Na Câmara da Indústria e Comércio de Garibaldi (RS), foram julgadas amostras de espumantes elaborados a partir dos métodos Champenoise, Charmat e processo Asti. Foram avaliados 205 espumantes inscritos por 66 vinícolas, registrando um aumento de 42% no número de amostras inscritas em relação à edição anterior, em 2007, quando 50 empresas inscreveram 147 amostras. Do total de inscritos, 62 foram premiadas. O grande vencedor foi Do Lugar Espumante Brut Charmat da vinícola Dal Pizzol que recebeu a Grande Medalha de Ouro. Os espumantes também dão uma atmosfera de alegria e emoções felizes, satisfazendo plenamente o palato de gulosos e gourmands, a um preço certamente inferior, se comparado ao do champagne. Nascido na região da Emília- Romanha, Comolli é antes de tudo um empresário do setor vinícolo com um percurso rico de experiências interessantes. Trabalhou em vinícolas da zona lombarda de Franciacorta e depois na produção de espumantes na localidade de Trento, junto ao grupo Ferrari. Em seguida, a zona toscana de Bolgheri - coração do celebérrimo vinho tinto Sassicaia - atraiu a sua atenção. Porém, os espumantes o reconquistaram através da criação do Fórum, com sede na região veneta de Valdobbiadene: O Fórum tem a finalidade principal de manter viva a rede de contatos entre os produtores das diversas tipologias de espumantes em todo o país. Talvez poucos saibam, por exemplo, que existem espumantes até na Sicília, mesmo que em quantidade limitada. Uma de nossas metas é a de difundir cada vez mais o valor que nosso patrimônio enológico oferece em matéria de espumantes, para termos consumidores cada vez mais preparados e informados. Todos os anos, o Fórum realiza encontros internacionais com autoridades governamentais do setor agrí- nostri contatti per incentivare la vendita e il consumo degli spumanti, specialmente nelle reti alberghiere, nei ristoranti della fascia medio-alta e nel servizio di catering, per poi focare il commercio nelle reti dei supermercati. Happy hour Un aperitivo leggero, prima o dopo il pranzo o la cena, può diventare ancora più piacevole se vuoi assaporare uno spumante di qualità che stimoli l appetito e si armonizzi bene con un pasto gustoso. Con questa idea il Forum Spumanti d Italia ha promosso la bevanda e ha ottenuto stimolanti risultati: il consumo dei vini spumanti serviti direttamente in flûte sta aumentando rapidamente. Ma la grande moda del momento in Italia é bere anche i versatili spumanti rosé, perfetti partner di antipasti piccanti o meno, o di un pasto a base di piatti leggeri di carne, pesce o frutti di mare. Il consumo degli spumanti rosé ha avuto inizio in Inghilterra due secoli fa, allargandosi poi in Francia. Gli italiani hanno scoperto il fascino delle bollicine rosa nelle bottiglie prodotte nella zona dell Oltrepò Pavese, specialmente negli ultimi dieci anni. Comolli sottolinea: Il consumatore moderno vuole semplicità e facilità per combinare vini ai piatti che è capace di fare anche a casa. Inoltre gli spumanti procurano un atmosfera di allegria e emozioni felici, soddisfacendo appieno il palato di golosi e gourmand, ad un prezzo certamente inferiore se paragonato a quello dello champagne. Nato in Emilia-Romagna, Comolli è prima di tutto un imprenditore del settore vinicolo, con un percorso pieno di interessanti esperienze. Ha lavorato in aziende vinicole della zona lombarda di Franciacorta e dopo nella produzione di spumanti a Trento insieme al gruppo Ferrari. In seguito la zona toscana di Bolgheri cuore del famosissimo vino rosso Sassicaia lo ha colpito. Ma gli spumanti l hanno rinconquistato grazie alla creazione del Forum, con sede nella regione veneta di Valdobbiadene: Il Forum ha per scopo principale quello di mantenere viva la rete di contatti tra i produttori delle varie tipologie di spumanti in tutto il Paese. Forse poca gente sa, per esempio, che ci sono spumanti perfino in Sicilia, anche se in quantità limitata. Una delle nostre mete è quella di diffonde- 26 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 27

15 capa cola para que os produtores troquem ideias, avaliem o perfil e as tendências do mercado. O Fórum também se encarrega de criar canais de comunicação entre escolas de agronomia, enologia e as casas vinícolas para a formação de novos profissionais com alto grau de especialização. Temos, enfim, a preocupação de divulgar, junto aos consumidores, as características e peculiaridades das zonas produtivas, de modo que possam Dal Pizzol conhecer a relação de identidade de um produto e seu território de origem. A vinícola Valdo, localizada em Valdobbiadene, é líder na produção de espumantes, exportando seus produtos Prosecco Doc também para o Brasil, com resultados que Paolo Oliviero, diretor de exportação da empresa, considera promissores. Os espumantes Valdo são colocados nas redes de restaurantes da faixa médio-alta. Nos últimos anos, a empresa conquistou e consolidou posições apreciáveis no mercado internacional. Quanto aos países fora da Europa, Oliviero explica: Junto com imigrantes que chegaram ao Rio Grande do Sul por volta de 1878, estavam os irmãos Martino e Bartolo Dal Pizzol. Ainda jovens, juntamente com os pais, tios e avós, escolheram a região da Serra Gaúcha, mais precisamente Bento Gonçalves para se estabelecer. Vieram de San Pietro di Feletto e Conegliano, na província de Treviso, Região do Vêneto. Como todos os imigrantes, dedicaram-se inicialmente à agricultura e iniciaram o plantio de videiras, cujo vinho se destinava ao próprio consumo. João Baptista, filho mais velho de Martino e Catharina Titton, ao constituir família na Linha Paulina, em Bento Gonçalves, consolidouse como produtor de uvas viníferas. O vinho que João Baptista produzia era, já na época, muito apreciado. A arte foi passando de pai para filho e Atílio, o primogênito, em sua mocidade aprimorou seus conhecimentos com vinhateiros e portugueses que chegaram à região. Em 1940, Atílio e sua jovem família estabeleceram-se nas terras recém adquiridas em Faria Lemos, distrito de Bento Gonçalves, onde vales e encostas eram promissores para o cultivo da videira. Plantaram famosas castas européias e passaram a produzir um melhor vinho. Até hoje a filosofia da família trazida da Itália por Martino e seguida por Atílio e seus filhos é de manter uma produção limitada de vinhos elaborados com uvas finas. Em 1974, Atílio reuniu os filhos e institucionalizou a venda de seus produtos, criando a Vinícola Monte Lemos Ltda., empresa constituída unicamente pelos membros da família Dal Pizzol. Foi escolhido o nome Monte Lemos (Faria Lemos), em cujas encostas estão plantados os vinhedos da família que dão origem aos vinhos de sua adega. re sempre di più il valore offerto dal nostro patrimonio enologico in materia di spumanti, per avere consumatori sempre più preparati ed informati. Tutti gli anni il Forum realizza incontri internazionali con autorità governative del settore agricolo affinché i produttori scambino idee, valutino il profilo e le tendenze del mercato. Il Forum si incarica anche di creare canali di comunicazione tra scuole di agronomia, enologia e le industrie vinicole per la formazione di nuovi professionisti dall alto grado di specializzazione. Infine, ci preoccupiamo di divulgare ai consumatori le caratteristiche e particolarità delle zone produttive, cosí che possano conoscere il rapporto di identità tra un prodotto e il suo territorio di origine. L industria vinicola Valdo, situata a Valdobbiadene, è leader di produzione degli spumanti, esportando i suoi prodotti Prosecco Doc anche in Brasile, con risultati che Paolo Oliviero, direttore di esportazione dell impresa, considera promettenti. Gli spumanti Valdo vengono inseriti nelle reti di ristoranti di fascia medioalta. Negli ultimi anni l azienda ha conquistato e consolidato rilevanti posizioni nel mercato internazionale. Quanto ai paesi al di fuori dell Europa, Oliviero spiega: Le abitudini alimentari e le diverse tradizioni gastronomiche ci hanno obbligati a realizzare uno sforzo maggiore per conquistare i consumatori. Ma i risultati raggiunti in paesi come, per esempio, il Brasile, il Messico e il Giappone, sono stati molto interessanti. Do Lugar, espumante premiada com a Grande Medalha de Ouro em concurso brasileiro, é um dos produtos da vinícola Dal Pizzol, criada por imigrantes italianos Do Lugar, spumante premiato con la Grande Medaglia d Oro in un concorso brasiliano, è uno dei prodotti dell azienda vinicola Dal Pizzol, fondata da immigranti italiani Parco tematico Tre anni fa la Dal Pizzol ha creato un parco tematico per impiantare una collezione di varietà di uve, mostrando i diversi comportamenti vegetativi e le caratteristiche genetiche di ogni tipo. Di recente è stato inaugurato il Mapa Botânico da Videira, che conta su informazioni delle varietà di uva coltivate nel Vinhedo do Mundo là esistente. Disposta su un pannello, la mappa permette una visione chiara della vite, specie vegetale presente nei cinque continenti e che viene coltivata fin dagli inizi della civiltà conosciuta. In questo momento il vigneto presenta circa 200 varietà originarie da 22 Paesi e cinque continenti che vengono identificate, elencate e localizzate sul pannello. Il materiale vegetativo che ha dato origine al vigneto è stato ottenuto grazie a vivaisti, viaggiatori, banche di germoplasma, viticoltori dei rispettivi paesi ed ha contato sull appoggio speciale della Embrapa Uva e Vinho, per mezzo del ricercatore Humberto de Almeida Camargo. La pianificazione, impiantazione e lavorazione del vigneto sono state realizzate dall ingegnere agronomo della Dal Pizzol, Tiago Postal. Con una produzione equivalente a 6,5 milioni di bottiglie, la Valdo sta seguendo una linea innovatrice per i suoi prodotti, mettendo a fuoco il perfezionamento tanto della tecnica di vinificazione, quanto del design delle bottiglie e dei contenitori. Il più nuovo dei suoi prodotti è il Rosé Valdo, che sta già raggiungendo un ottimo volume di vendite in 25 paesi. Ha collaborato Sônia Apolinário Os hábitos de alimentação e as diversas tradições gastronômicas nos colocam na exigência de realizar um esforço maior para conquistar o consumidor. Porém, os resultados alcançados em países como o Brasil, o México e o Japão, por exemplo, têm sido muito interessantes. Com uma produção equivalente a 6,5 milhões de garrafas, Parque temático Há três anos, a Dal Pizzol criou um parque temático com o objetivo de implantar uma coleção de variedades de uvas, mostrando os diferentes comportamentos vegetativos e características genéticas de cada varietal. Recentemente, foi inaugurado o Mapa Botânico da Videira que conta com informações sobre as variedades de uva cultivadas no Vinhedo do Mundo existente no local. Disposto em um painel, o mapa proporciona uma visão clara sobre a videira, espécie vegetal presente nos cinco continentes e que é cultivada desde o início da civilização. a Valdo tem seguido uma linha inovadora em seus produtos, focando o aperfeiçoamento tanto na técnica de vinificação quanto no elegante design das garrafas e das embalagens. O mais novo de seus produtos é o Rosé Valdo, que já está alcançando ótimo volume de vendas em 25 países. Colaborou Sônia Apolinário Atualmente, o vinhedo conta com cerca de 200 variedades originárias de 22 países e cinco continentes que estão identificadas, listadas e localizadas no painel. O material vegetativo que deu origem ao vinhedo foi obtido através de viveiristas, viajantes, bancos de germoplasma, de viticultores dos respectivos países e contou com o apoio especial da Embrapa Uva e Vinho, através do pesquisador Humberto de Almeida Camargo. O planejamento, a implantação e o manejo do vinhedo, são feitos pelo engenheiro agrônomo da Dal Pizzol, Tiago Postal. Dal Pizzol Insieme agli immigranti che arrivarono nel Rio Grande do Sul verso il 1878 c erano i fratelli Martino e Bartolo Dal Pizzol. Ancora giovani, insieme a genitori, zii e nonni scelsero la regione della Serra Gaúcha, più precisamente Bento Gonçalves, per mettere radici. Venivano da San Pietro di Feletto e Conigliano, in provincia di Treviso, in Veneto. Come tutti gli immigranti prima si dedicarono all agricoltura e iniziarono a piantare viti, il cui vino era per consumo familiare. João Baptista, figlio più grande di Martino e Catharina Titton, mettendo su famiglia si affermò come produttore di uve vinifere. Il vino prodotto da João Baptista era, già all epoca, molto aprezzato. L arte passò da padre in figlio e Atílio, il primogenito, quando era giovane migliorò le sue conoscenze con vignaioli e portoghesi che erano arrivati nella regione. Nel 1940 Atílio e la sua giovane famiglia si stabilirono nelle terre appena comprate a Faria Lemos, distretto di Bento Gonçalves, dove valli e pendici erano promettenti per la coltivazione della vite. Vi piantarono famose viti europee e cominciarono a produrre un vino migliore. Ancora oggi la filosofia della famiglia portata dall Italia da Martino e seguita da Atílio e i suoi figli è quella di mantenere una produzione limitata di vini elaborati con uve di qualità. Nel 1974 Atílio ha riunito i figli ed ha istituzionalizzato la vendita dei suoi prodotti, creando la Vinícola Monte Lemos Ltda., azienda costituita dai soli membri della famiglia Dal Pizzol. E stato scelto il nome Monte Lemos (Faria Lemos), sulle cui pendici vengono piantati i vigneti della famiglia che danno origine ai vini della loro cantina. 28 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o

16 negócios Popular marca brasileira de bebidas, a Cereser amplia sua produção com equipamentos italianos Tradição turbinadanayra Garofle Uma das marcas de bebida mais populares do Brasil ganhou o reforço de tecnologia italiana para alavancar suas vendas. Trata-se da Cereser, que acaba de inaugurar a sua maior linha de produção de espumantes, não por acaso, às vésperas das tradicionais festas de final de ano. Com a utilização de equipamentos e suporte técnico made in Italy, a empresa, cujo foco são as classes C, D e E, tem agora capacidade para processar 26 mil garrafas de 660 ml por hora ou 36 mil garrafas das que contém entre 250 e 350 ml de bebida. Isto significa um aumento de 30% na produção da empresa. No mercado há 83 anos, a fábrica brasileira criada por um italiano está montada em uma nova estrutura de produção de 2 mil metros quadrados, apta a suprir a demanda de suas marcas que crescem a uma taxa de 8% ao ano: a Chuva de Prata (agora também na versão sem álcool), a tradicional Sidra Cereser, e suas versões nos sabores Morango, Pêssego e Uva, todas com ou sem álcool, e a nova Cereser Zero. Todo o conceito de fabricação do espumante é italiano. A compra dos equipamentos para produção foi feita a partir da concorrência internacional entre fornecedores de primeira linha. A escolhida foi a italiana Sidel e todos os equipamentos são de última geração tecnológica. Alguns foram importados diretamente da Itália e outros foram construídos no Brasil seguindo o projeto italiano desenvolvido na unidade industrial da Sidel aqui no país explica o gerente industrial da Cereser, Carlos Molina. Segundo ele, a Cereser já usa equipamentos italianos há cerca de 30 anos. Atualmente, são 18 máquinas que compõem a fábrica principal, em Judiai (SP), das quais cinco foram importadas diretamente da Itália e o restante construído pela Sidel. A empresa tem uma segunda fábrica no Complexo Industrial de Suape, em Pernambuco. Não podemos divulgar quanto foi o investimento da empresa, mas posso garantir que foram vários milhões diz Molina. O gerente de Marketing, Edgar Galbiatti, acredita que o ritmo de crescimento de 8% ao ano será mantido em A Cereser também busca novas parcerias com outras empresas que queiram aproveitar a infra-estrutura para envase de produtos. A empresa exporta ICP Unlimited cerca de 10 a 15% de sua produção para países da África e da América do Sul. Molina informa que a ampliação da capacidade de produção da empresa não tem como objetivo levar o produto para as classes A e B, embora, segundo ele, no fim do ano, esse público também seja cliente da Cereser. O gerente industrial conta que o trabalho mercadológico da empresa é voltado para estender a frequência do consumo, já que as vendas de Sidra se concentram entre setembro e dezembro, o que significa 90% das vendas anuais. Até o fim do ano, a Cereser vai produzir uma quantidade superior a 2,2 milhões de caixas, o que corresponderá a mais de 26 milhões de garrafas de bebidas. Sem crise O projeto de ampliação das instalações da empresa foi concebido em 2007 e prosseguiu mesmo no auge da retração econômica do último ano. Nós realizamos a compra dessa linha em julho de 2008 com seguro cambial, dessa forma, o risco financeiro não foi nosso, mas do fornecedor. Então, começamos a rezar porque não tinha mais volta. Esse negócio representava 70% do investimento. Aqui na empresa chegamos a falar que tiramos o s da palavra crise e ficamos com crie. Tivemos de ser criativos e superamos a crise. Agora estamos muito contentes conta Molina. Assim como todo o complexo da fábrica de Jundiaí, a nova linha de produção está adequada às normas de segurança alimentar (BPF Boas Práticas de Fabricação), segurança do trabalho e meio ambiente. Fluxos de água provenientes da chuva e lavagem são conduzidos a Estação de Tratamento de Água e Esgoto para serem reaproveitados. A fábrica conta com certificação ISO9001: Da Itália para o Brasil A história da empresa começou no ano de 1886, quando Santo Cereser partiu da cidade italiana de Noventa di Piave (a 28 quilômetros de Veneza), com destino ao Brasil. Assim como tantos italianos que abandonavam o país em busca de novas oportunidades, Cereser desembarcou sozinho no porto de Santos, em São Paulo, deixando na Itália a esposa Maria e seus sete filhos: Carolina, Luzia, Giulia, Humberto Massimiliano, Ema, Antônio e Sofia. Cereser seguiu para a Fazenda Sete Quedas, na próspera região de Campinas, onde plantou 500 pés de uva, que lhe rendiam apenas o suficiente para não gastar as economias que trouxera da Itália. Dois anos depois, o italiano trouxe a família para o Brasil e depois de pouco tempo mudou-se para a cidade de Jundiaí. Instalaram-se no chamado barracão da Colônia, mas não demorou muito para adquirir um sítio de dez alqueires na região do atual bairro do Caxambu. Iniciava, assim, uma vida nova com a família e 40 pés de uvas que os amigos imigrantes lhe concederam. Com dificuldades para obter mais mudas de uva, Santo contatou o administrador da Fazenda Sete Quedas e conseguiu transferir para suas novas terras os 500 pés de uva que plantara quando chegou ao Brasil. Era hora de replantar. A família Cereser iniciou a produção de vinhos inicialmente para consumo próprio. O filho, Humberto Massimiliano, que se destacava no cultivo da uva, deu continuidade ao trabalho junto com a mulher e os filhos: João, Rosa, Santo e Humberto Venerando. O sítio Cereser chegou a fornecer uvas para uma das maiores produtoras de vinho do Brasil na época, a Viti Vinícola Tralde. Em 1926, João partiu para São Paulo com duas carroças carregadas com parte da safra. Ao entregar a matéria-prima, a indústria, que estava em dificuldades financeiras, havia desistido do negócio. De volta a Caxambu, a safra recusada foi transformada em vinho e comercializada. Nascia, assim, a Indústria de Vinhos Santa Isabel, que futuramente se transformaria na atual Viti Vinícola Cereser. Dez anos depois, em 1936, João e seus irmãos já forneciam bons vinhos para clientes de todo estado de São Paulo e outras regiões do Brasil. João comprou dos irmãos a parte que lhes cabiam na indústria e prosseguiu com os negócios junto com os filhos Pedro, Xisto, Terezinha e Bernadete. Em 1957, entregou a Cantina da Indústria à supervisão de Pedro e a direção comercial aos cuidados de Xisto. Em 1967, já com uma linha de produtos diversificados, os vinhos Cereser haviam alcançado o sul e o norte do país. Neste mesmo ano, a empresa lançou a Sidra Cereser, o produto mais conhecido da empresa e líder no mercado nacional de espumantes, atualmente detentor de cerca de 40% de participação. O gerente industrial Carlos Molina. Em destaque, o filho Humberto, responsável pela fundação da Viti Vinícola Cereser Profissionalização Na década de 80, a empresa investiu pesado na modernização de suas instalações e garantiu a montagem de um complexo de produção de primeiro mundo. Em 1989, a empresa partiu para uma reformulação profissional, passando aos acionistas da família o conselho administrativo e criando o cargo de superintendente para gerenciar as ações da empresa, sempre com o apoio do conselho que protege os interesses dos acionistas. Em 2000, coube ao herdeiro Marcelo Cereser, tataraneto de Santo, assumir o processo de profissionalização da empresa. Em 1997, a Viti Vinícola Cereser iniciou a política de expansão de mercados promissores com a aquisição do Sun Home Indústria de Alimento Ltda., fabricante de sucos e néctares com sede em Araraquara (interior de São Paulo), detentora das marcas Jussy e Frully. Em 2003, a Sun Home deixou de existir e suas marcas de sucos passam a fazer parte do portfólio da Cereser, que no mesmo ano, instalou na sua sede em Jundiaí, a planta industrial da divisão de sucos e néctares. Em suas duas fábricas, a Cereser possui uma capacidade de produção de 65 mil litros/hora, e uma capacidade de armazenagem de até 20 milhões de litros. 30 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 31

17 ROMA atualidade 100 Presepi Lisomar Silva Borghetto Flaminio Localizado a poucos passos da Piazza del Popolo, este mercado acontece todos os fins-de-semana e apresenta bancas com ideias originais como chapéus antigos, broches feitos com materiais de artesanato, peças, acessórios e roupas do vestuário masculino e feminino. Se você procurar com atenção, pode encontrar até roupas e objetos grifados como bolsas, óculos e criações que os artistas de cinema exibiram uma só vez. Piazzale della Marina, 32. Aberto sábados e domingos das 9.00 às Ingresso: 1,60 euro Essa manifestação anual foi crescendo rapidamente e superou o número clássico dos 100 presépios. A atual edição recebeu 160 deles, vindos de todo mundo, nos mais diferentes cenários dedicados ao nascimento do menino Jesus. Todos estão reunidos na Basílica Nostra Signora del Popolo, na Piazza del Popolo. A representação segundo a tradição napolitana é uma das mais ricas e lembra que o presépio tornou-se um símbolo das festas religiosas do Natal a partir do século 17, ganhando grande esplendor no século seguinte. Porém, a cultura do presépio como a maior expressão da Natividade recebe interpretações extraordinárias, como as dos países africanos e da Ásia Central. Você vai ficar encantado com tanta beleza! Não deixe de ver também o grande presépio construído em dimensão humana ao lado de uma gigantesca árvore de Natal no centro da Praça São Pedro, no Vaticano. O cenário campestre recorda as terras alemãs da Bavária, onde o papa Bento 16 nasceu. Mostra Cento Presepi: aberta todos os dias das 9.30 às Luzes, cores e presentes Chegou a época das festas sagradas e profanas, com presentes e brindes para se renovar as esperanças de mais alegrias para o Novo Ano. As ruas e vitrines da cidade ganham maior beleza, com enfeites originais e decorações luminosas cheias de cores. Esse é o período ideal para se saborear os pratos típicos da cozinha invernal italiana e passear aproveitando o melhor que a capital oferece em matéria de tradições da cultura popular Porta Portese É o maior e mais famoso mercado antigo de Roma. Recebe milhares de visitantes italianos e turistas estrangeiros todos os domingos. Os vendedores começam a chegar de madrugada com móveis antigos e originais objetos de decoração. Os primeiros clientes colecionadores e vendedores de lojas especializadas em arredamento selecionam e negociam suas aquisições desde as primeiras horas da manhã. Porta Portese: acesso livre todos os domingos desde a madrugada até as 14 horas. nacional e estrangeira. Os principais bairros de Roma se transformam em verdadeiros centros de atração com seus presépios e mercadinhos repletos de objetos de antiquário misturados a modernos acessórios de moda, a preços muito convenientes. A variedade de propostas é tão grande quanto o embaraço da escolha. Se quiser, você pode comprar até as peças e esculturas para criar sua árvore de natal e um presépio com cenários personalizados. Algodão doce Até o dia 6 de janeiro, você pode comer algodão doce e sanduíches preparados sob encomenda, além de comprar brinquedos e divertidas lembracinhas para seus amigos na Praça Navona que, durante um mês, fica repleta de barraquinhas para as festas típicas de fim de ano. Milhares de crianças entregam suas cartinhas ao Papai Noel que se encontra sentado em sua charrete, pronto para receber e depois entregar as encomendas feitas. Mercadinho aberto das às Acesso livre. Disputa acirrada São Paulo vai brigar com Rio de Janeiro para ser escolhida como sede da Expo 2020 Empolgado com a escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, anunciou que vai entrar na disputa para trazer para a cidade maravilhosa a Expo Mais discretamente, porém, outra cidade brasileira acalenta o mesmo objetivo: São Paulo. Será a segunda tentativa dos paulistas de sediar o evento. Em 2007, eles fizeram a primeira tentativa já de olho na Expo 2010 que ficou com Xangai. Segundo o secretário de Relações Internacionais da prefeitura de São Paulo, Alfredo Cotait, a iniciativa daquela época serviu de experiência para que a proposta de agora seja formulada com mais maturidade. Para isso, Cotait espera contar com a preciosa ajuda de Milão, que vai sediar a Expo O secretário já entrou em contato com a prefeitura da cidade italiana e sua Câmara de Comércio. Elida Oliveira Correspondente São Paulo Iquamcommy nim nonse deliquis Seu objetivo é acompanhar de perto a preparação da Expo Milano. Ele lembra que existe um acordo de cooperação entre São Paulo e Milão, já se tratam de cidades-irmãs. O acordo se intensifica com a identificação das vocações da cidade. Milão está para a Itália assim como São Paulo está para o Brasil. São grandes centros de negócios nas duas nações. Apoiamos Milão para a Expo 2015 e eles têm nos transmitido experiência na proposição da candidatura e na preparação para o evento afirma Cotait. Ele informa que São Paulo tem até 2011 para se candidatar oficialmente e até 2013 para apresentar seu projeto cujo tema pode vir a ser Mobilidade Urbana. Já no ano que vem, a cidade terá seu próprio estande na Expo Xangai. Essa é a primeira vez que uma Expo Universal permite a participação de cidades e não apenas de países. Elas ocuparão uma área batizada de Urban Beste Practice Areas (UBPA), que mostrará soluções para problemas urbanos comuns. Quando a expo abriu essa possibilidade, 188 cidades se candidataram e 55 foram aprovadas. São Paulo ficou em quarto lugar com o projeto Cidade Limpa. O estande paulistano terá 400 m² e foi projetado pela cenógrafa Daniela Thomas (do Museu do Futebol) e Felipe Tassara. Custará 4,5 milhões de reais, entre construção e manutenção. Vamos apresentar o que temos de melhor em nossas práticas públicas para melhorar a vida do cidadão conta o secretário. Na Expo Xangai, o Rio vai participar como observador e terá um estande no pavilhão do Brasil. Somente após essa experiência, a cidade vai começar a desenvolver seu projeto de candidatura para a Expo O evento em Xangai será realizado de maio a outubro. Deverá contar com a participação de 200 países sendo que a expectativa de público é de 70 milhões de pessoas. Quando perguntado se ter o Rio de Janeiro como adversária é preocupante, Cotait levanta a polêmica: Não se trata de rivalidade, trata-se de bom senso. Apoiamos o Rio de Janeiro nas Olimpíadas, mas deixem o business para São Paulo. Ele ressalta, no entanto, que a candidatura de uma cidade brasileira poderia ser negociada com o governo federal. Cotait afirma que se quiserem o Rio para 2020, São Paulo vai brigar para sediar o evento em Não vamos perder o foco só porque o Rio resolveu ser candidata. Esse é um projeto de cidade e de país. Cabe a nós encaminharmos e fazermos com que São Paulo seja a indicada. É um sonho que gostaríamos de deixar encaminhado para outras gerações futuras executarem. Em 2009, Cotait fez várias viagens para a Itália a fim de divulgar a cidade e se aproximar dos organizadores da Expo Dentre os eventos que participou estão a Feira de Milão, em junho, e o Fórum Econômico Brasil-Itália organizado pela Confindústria, em novembro. Ao longo do ano, participou de reuniões, tanto em São Paulo quanto na Itália, com representantes do governo e de instituições comerciais das regiões da Lombardia e da Toscana. O Brasil está em um momento especial. Nunca uma cidade da América do Sul sediou uma Expo Universal. Acreditamos que São Paulo possa ser uma forte candidata diz o secretário. 32 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o

18 atualidade Luta contra o declínio População em baixa, maré em alta: Veneza pede socorro Os moradores de Veneza fizeram luto de um dia. O morto ilustre, alvo da homenagem foi a própria cidade. No último dia 14 de novembro, milhares de venezianos acompanharam o funeral de Veneza. O cortejo náutico seguiu pelos canais da cidade um caixão de cor violeta. O protesto foi desencadeado depois que o contador oficial de venezianos assinalou a quebra de uma barreira psicológica importante: no final de outubro, o número de residentes ficou abaixo de 60 mil, mostrando uma tendência que reduziu a menos da metade a população local nos últimos 40 anos. O contador foi instalado na porta de uma antiga farmácia localizada entre a Ponte Rialto e a Praça San Marco. Com o protesto, os moradores tentaram mostrar ao mundo a tristeza de ver Veneza perder a identi- dade por causa da falta de empregos e do alto custo de vida imposto, em boa parte, pelo gigantesco fluxo de turistas. Vinte milhões de pessoas visitam a cidade, todos os anos. O implacável mercado, com as leis capitalistas da oferta e da procura, condicionou a vida na cidade, voltada para o turismo de massa. Resultado: os venezianos vendem os imóveis ou os trans- Guilherme Aquino Correspondente Milão formam em bed&breakfast, as lojinhas típicas se transformam em vitrines do alto luxo ou em pontos de venda de lembrancinhas venezianas produzidas na China. Durante todo o ano, enormes transatlânticos navegam diante da orla da cidade como elefantes passeando dentro de uma loja de cristais. E despejam milhares de turistas que mal sabem o que fazer e aonde ir em Veneza nos dois dias (ou menos) que costumam ocupar a cidade em rodízio, como se estivessem em um parque de diversão. O enterro atraiu os venezianos nostálgicos, a imprensa do mundo inteiro e um grupo de pesquisadores da Worcester Plythecnic Detalhe do enterro de Veneza. Ao lado, o contador oficial da população da cidade Istitute de Massachussets e da National Geographic Society. Eles desembarcaram na cidade para recolher amostras de DNA dos moradores. O objetivo é estudar o fluxo migratório dos venezianos e a origem das populações da Europa centro-ocidental. O banco de dados vai permitir ainda saber quando e para onde os venezianos viajaram, abandonando a terra natal, ou melhor, a água natal. Quando as coisas melhorarem, quem sabe, muitos poderiam retornar à Sereníssima. Esta é a esperança dos jovens venezianos. O presidente da Associação Jovens Venezianos, Marco Vidal, conta para Comunità que está recolhendo assinaturas para levar uma série de propostas ao novo prefeito, a ser eleito no próximo ano: Queremos a transformação de zonas abandonadas da cidade em áreas habitacionais com preços justos. Queremos atrair empresas para o nosso território e assim fomentar novas vagas no mercado do trabalho. Enquanto a população baixa, a água sobe. Ela emerge dos bueiros, dando vazão à pressão da força da maré alta do Adriático que, em poucas horas, pode alagar tudo diante da impotência do homem contra este fenômeno da natureza. O declínio populacional por um lado, e a erosão marinha por outro, colocam em xeque o futuro de Veneza. O problema da maré alta pode estar com os dias contados, graças a uma monumental obra de contenção do avanço do mar. O chamado projeto MOSE promete aposentar as passarelas de madeira usadas pelos venezianos para caminhar sobre as águas quando elas invadem a cidade. Pensamos num projeto que não deturpasse o paisagismo de Veneza. Assim, chegamos na criação de defesas que saíssem do fundo do mar quando fosse necessário afirma o magistrado das águas de Veneza, Patrizio Cioccoletta. Gigantescas barreiras submersas estão sendo construídas pelo governo italiano para impedir a entrada de água do mar Adriático na lagoa através dos três canais de acesso. Para isso foram criados canteiros de obras flutuantes e ilhas artificiais para realizar o projeto com previsão de ser inaugurado em O princípio de Arquimedes norteia o MOSE. Placas de concreto, com o interior cheio de água, ficam deitadas no fundo do mar. Elas recebem uma injeção de ar comprimido para expelir o líquido e, desta forma, levitar, em caso de maré alta. Na superfície, as barreiras funcionam como escudos flutuantes para impedir o fluxo de marés altas de até 3 metros. Os técnicos acreditam que com este projeto Veneza estará protegida até mesmo contra a elevação do nível do mar de até 60 centímetros. Não é pouco sabendo que a cidade afundou 23 cm no último século porque o solo cedeu e o mar subiu - dois fenômenos naturais contemporâneos e que podem selar o futuro da cidade. Porém, eles são apenas uma das partes visíveis do drama veneziano. A outra é justamente a ausência, em carne e osso, dos venezianos. Vetraio Um dos sonhos dos venezianos é despertar nos jovens da cidade o amor e o respeito pelos antigos ofícios tradicionais. Como os artesãos do vidro. Uma profissão passada de geração em geração, que corre o risco de extinção devido à falta de trabalho. Muitas fundições, assediadas pela especulação imobiliária e pela falta de mão-de-obra especializada, ameaçam fechar suas portas. O problema ocorre na ilha de Murano, distante 20 minutos de navegação de Veneza. Desde os áureos tempos da Sereníssima, ali se concentram os homens que sopram o vidro e realizam fantásticas esculturas, únicas no mundo e um dos símbolos do Made in Italy. Na época do doge, esta nobre arte era segredo de estado. O risco de incêndio em Veneza, quando as construções, na sua maioria de madeira, levou à transferência dos trabalhos para a vizinha Murano, onde estão até hoje. E ao desembarcar na ilha é fácil ver que se trata de um lugar suspenso no tempo e no espaço. As jardineiras das casas são de flores de vidro e estão sempre reluzentes e brilhantes. Os lugares públicos viram ateliês ao ar livre, com tantas esculturas modernas de vidro que contrastam com as torres das igrejas seculares. Murano é uma ilha da fantasia, literalmente. Aqui, os artesãos do vidro transformam em realidade as criações dos designers e artistas. Em quarenta minutos eles trabalham o vidro em estado semi-fluido, em fornos a graus centígrados. Tudo é feito com as mãos - no malabarismo com o vidro incandescente, fazendo com que a gravidade e a trajetória desenhada no espaço deem a forma justa para a peça - ou com o fôlego, no momento de soprar o vidro para preencher de ar as cavidades de vasos e garrafas. Com o advento do plástico no pós-guerra, os artesãos aprenderam e desenvolveram novas técnicas para fazer frente aos modelos de objetos industrializados. E de artesãos viraram artistas plásticos, escultores, ainda que todos prefiram ser chamados de vetraio. Infelizmente, hoje, os jovens possuem outros interesses. Eu aprendi este trabalho com o meu pai, quando era adolescente. Já se passaram trinta anos e o Murano (abaixo) sofre com a falta de mão-de-obra para a atividade que é sinônimo da própria ilha: o artesanato de vidro feito pelos vetraio entusiasmo de fazer uma peça exclusiva é o mesmo. E meu maior desafio é fazer sempre coisas novas afirma o vetraio Massimo Seno da empresa Formia. As autoridades de Veneza até que estão sensíveis aos problemas. Entretanto, ainda há mais uma questão jogando contra a cidade: a rigidez dos vínculos paisagísticos e as leis de urbanismo que não se atualizaram e tornam ainda mais complicado qualquer projeto de modernização do território. Esta é uma tarefa muito difícil. Temos que respeitar o contexto arquitetônico, histórico e artístico. As leis de hoje não são suficientes. Mas vemos um grande interesse do setor privado em se unir ao público para relançar Veneza diz o assessor para o Turismo da prefeitura de Veneza, Augusto Salvadori. Para uma das personalidades mais influentes da cidade, Francesca Bortolotto Possati, dona do hotel de luxo Bauer, diante do canal Grande, Veneza tem que preservar o passado se quiser ter um futuro. Ela acha que os venezianos devem ter um papel ativo, de protagonista neste novo final que todos querem para a cidade e não aquele projetado pela atual erosão demográfica e marinha. 34 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 35

19 attualità Meno fumo Stati brasiliani cominciano ad adottare leggi antifumo che vietano le sigarette in luoghi al chiuso. In Italia una legge simile esiste già da quattro anni Dopo la Lei Seca, la Lei Antifumo. In Brasile il divieto alle sigarette in luoghi collettivi, che agli inizi era cominciato a São Paulo, è arrivato in altri stati come quello di Rio de Janeiro e del Paraná. Nella città meravigliosa i proprietari di bar e ristoranti si sentono danneggiati e quindi ricorrono alla giustizia per ottenere il diritto di, perlomeno, lasciare un area riservata per i fumatori nei loro locali. A Rio de Janeiro, la Lei 5.517/09 è stata sanzionata dal governatore Sérgio Cabral in agosto ed è entrata in vigore in novembre. Cabral dice che all indomani dell inizio dei controlli perché fosse osservata la Lei Antifumo ha deciso di smettere di fumare. Fumare in luoghi al chiuso dimostra mancanza di rispetto verso la salute pubblica. Quando ero un fumatore mi preoccupavo già di questo dice. Secondo il presidente del Sindicato de Bares e Restaurantes di Rio de Janeiro, Alexandre Sampaio, è stato fatto un sondaggio informale con gli associati. La prima settimana la frequenza dei clienti è diminuita del 15%. La legge non permette il diritto di scelta dei nostri clienti. Preservato il diritto dei non fumatori, permettendo che le verande potessero ricevere fumatori, avremmo risolto il problema del fumo passivo. Avremmo accettato che fumare in ambienti interni fosse vietato, anche se questo sarebbe entrato in contraddizione Nayra Garofle con la legislazione federale del 1996, che permette fumodromi, per esempio osserva. Il giorno prima dell inizio dei controlli il SindRio ha ottenuto un ingiunzione preliminare che impediva l applicazione della legge di stato antifumo. Secondo l ente circa duemila alberghi, bar e ristoranti della capitale fluminense potrebbero non applicare la legge statale e seguire la legge federale del Prima che la legge municipale entrasse in vigore ci sono stati blitz educativi durati circa tre settimane a Rio ma, dal 18 novembre, chi insiste a fumare in luoghi non autorizzati è soggetto a multa, che va da 3mila a 30mila reais, secondo la nuova legge. Come a São Paulo, la nuova norma responsabilizza, e punisce chi non la segue, i iz Henrique Mar- Il giudice Lu- proprietari o responsabili dei locali commerciali o mezzi pubblici Fazenda Pública, che ha ques, della 1ª Vara de dove il consumo di sigarette continui ad essere praticato. minare al SindRio, ha dichiarato Per Sampaio concesso l ingiunzione preli- questa Alexandre Sampaio che è di competenza della União regolare la questione, visto che è in vigore dal 1996 una legge federale che vieta il fumo in luoghi pubblici o privati al chiuso. Ma la Procuradoria Geral do Estado ha presentato un ricorso e lo stesso giudice ha annullato l ingiunzione preliminare. La Procuradoria ha usato l argomento secondo il quale la 1ª Vara da Fazenda Pública non avrebbe potuto concedere l ingiunzione preliminare visto che la 4ª Vara aveva già giudicato una richiesta anteriore del sindacato e gliel aveva negata. Sampaio dice che il Sin- drio ha già presentato un ricorso. La legge federale 9.496, del 1996, vieta di fumare in luoghi collettivi, privati o pubblici ma prevede la creazione di spazi destinati esclusivamente al fumo, isolati e con circolazione d aria (i chiamati fumodromi ). Ecco quindi la breccia trovata dal SindRio per giustificare, per esempio, la creazione dei fumodromi : una legge statale non può prevalere su una federale. Secondo la legge statale è vietato fumare in ambienti totalmente o parzialmente chiusi in uno qualsiasi dei loro lati da pareti, séparé, soffitti o tetti, anche se provvisori, ove rimangano o passino persone. Nei luoghi in cui il fumo è vietato dev essere affisso un avviso, con telefoni e indirizzi degli organi responsabili della vigilanza sanitaria e della difesa dei consumatori. mobilizzazione contro le sigarette fa parte di una strategia del ministério da Saúde, appoggiata da qualche stato e comune, che vuole applicare una politica di tolleranza zero contro le malattie causate dalle sigarette. E una strategia destinata all insuccesso. Sarebbe più logico investire in informazione sui mali causati dalle sigarette sui banchi scolastici fin dalla più tenera età crede. In Brasile La Lei antifumo è in vigore a São Paulo da agosto. Un rilevamento fatto dalla secretaria de Estado da Saúde rivela che nei primi tre mesi di vigenza sono stati realizzate circa 110 mila azioni di controllo in tutto lo Stato, risultate in 405 multe, il che dimostra che il 99,6% dei locali seguono la legge. Gli agenti di controllo mettono in atto più di visite di controllo al giorno. Nel Paraná la legge è stata sanzionata dal governatore Roberto Requião in settembre. La nuova legislazione ha cominciato a valere il 28 novembre e vieta la creazione di fumodromi. Nello stato paranaense la multa per i locali in cui viene permesso il consumo di qualsiasi tipo di fumo nel suo interno è di 5,8 mila reais. I controlli sono nelle mani della Vigilância Sanitária e degli organi di difesa dei consumatori. Un bilancio preliminare della secretaria de Saúde del Paraná rivela che circa 500 équipe sono state coinvolte nella mobilizzazione e hanno visitato, solo il primo giorno di controlli, circa 2 mila locali. Nella maggior parte dei comuni dove ha avuto luogo la mobilizzazione la proposta è stata accettata positivamente nei locali. La gente è piú consapevole e potremo contare sulla collaborazione di utenti e proprietari di locali affinché la proposta sia seguita correttamente afferma il direttore della 17ª Regional de Saúde di Londrina, Adilson de Castro. La città che adotterà la Lei Antifumo dal 2010 sarà Florianópolis. Il sindaco Gean Loureiro ha sanzionato la legge municipale che vieta di fumare in qualsiasi spazio collettivo, pubblico o privato, al chiuso o parzialmente al chiuso della capitale catarinense. La multa per i recidivi sarà di 300 reais e raddoppia ad ogni recidività. Alla quinta, il locale sará chiuso per 30 giorni e, alla sesta, gli verrà annullata la licenza di funzionamento. Numero di fumatori diminuisce Secondo lo studio Saúde Brasil 2008, reso noto in novembre dal ministério da Saúde, la percentuale di adulti fumatori è diminuita la metà negli ultimi due decenni. Nel 1989 fumavano regolarmente nientedimeno che il 31% dei brasiliani. Oggigiorno si è arrivati al 16,3%. La diminuzione viene attribuita alle campagne di consapevolizzazione e alle leggi antifumo. La diminuzione del tabagismo è da festeggiare specialmente perché ha già cominciato a riflettersi sulla diminuzione di decessi per malattie cardiovascolari afferma la coordinatrice generale di Doenças e Agravos Nãotransmissíveis del ministério da Saúde, Deborah Malta. In Italia Gli italiani hanno da quattro anni una legge antifumo simile a quella brasiliana. E stata creata per proteggere i non fumatori e vieta il fumo in luoghi pubblici al chiuso, cosí come in luoghi di lavoro. Quando la Legge Sirchia è entrata in vigore c è stata una riduzione del 6% del consumo di sigarette, ma il numero di fumatori è rimasto stabile. La legge italiana che proibisce le sigarette in ambienti al chiuso è servita da modello ad altri Paesi europei, come l Inghilterra, la Francia e la Germania. Prima dell Italia solo l Irlanda e Malta avevano regolato il consumo di sigarette in luoghi pubblici. In generale gli italiani si erano dimostrati favorevoli, in un primo momento, alla legge. Ma ci sono molte critiche sul poco o inesistente controllo perché sia seguita. Basicamente la legge ha fatto quello che doveva fare ma, senza controlli, non è andata avanti e il numero di fumatori non è diminuito afferma Piergiorgio Zuccaro, direttore dell Istituto Superiore di Sanità. Ma la legge cosa dovrebbe fare? Ridurre il numero di malattie causate dal fumo passivo o indiretto. Uno studio realizzato l anno scorso in quattro regioni italiane (Piemonte, Friuli Venezia Giulia, Lazio e Campania) mostra una diminuzione di più del 7% dei ricoveri dovuto ad infarto acuto del miocardio, situazione confermata da uno studio simile realizzato per il Piemonte. ICP Unlimited 36 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 37

20 lutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalutesaúdesalut Quando comer bem faz mal Na era da beleza magra, uma nova doença espreita quem tem obsessão por comidas saudáveis Você tem o hábito de verificar as calorias das comidas que consome? Costuma sempre dar uma olhadinha na composição dos alimentos, na porcentagem de gordura e açúcares e, em hipótese alguma, se dá ao prazer de degustar uma pizza ou um hambúrguer? Preste bem atenção, porque você pode estar sofrendo de ortorexia. Trata-se de um novo transtorno alimentar que ainda não tem um diagnóstico oficial, mas surge quando a pessoa se torna obsessiva em relação aos padrões daquilo que come. Quem faz o alerta é Mauro Scharf, endocrinologista da Dasa (maior empresa de medicina diagnóstica da América Latina com representação em vários estados do Brasil). O médico paranaense explica que ao contrário da anorexia ou bulimia, a pessoa come, mas fica tão obcecada com a alimentação saudável que chega a ter desnutrição. Calorias, vitaminas e nutrientes tornam-se o ponto focal da comida e qualquer alimento considerado não saudável não é consumido. As pessoas que têm esta doença demonstram desordens de alimentação ligadas a uma obsessão compulsiva por só comer coisas saudáveis. Elas não se permitem, em circunstância alguma, um desvio do seu programa de tipos de alimentos autorizados conta. O transtorno foi descrito pela primeira vez em 1997 pelo médico norte-americano Steven Bratman e é, frequentemente, associado às dietas vegetarianas ou de alimentos crus. Segundo Scharf, os sintomas mais comuns são, além da obsessão por comidas saudáveis, o isolamento social, a perda de peso e, por vezes, distúrbios vitamínicos, fraquezas e astenia, termo empregado pela medicina para designar uma fraqueza orgânica, porém sem perda real da capacidade muscular. O paciente deixa de ir a restaurantes e festas, por exemplo, por não ter certeza de que no preparo das comidas foi utilizado somente ingredientes saudáveis diz o médico. Nayra Garofle Scharf explica que a pessoa pode começar a se isolar e se tornar distante à medida que vai se fixando cada vez mais nas suas regras dietéticas. Para alguns, a capacidade de desempenhar trabalhos ou de estudar pode começar a declinar. A preocupação compulsiva chega a um ponto que, por exemplo, pensar em quantas vezes se deve mastigar, acaba deixando pouco espaço para outros pensamentos, fazendo com que a concentração e a motivação acabem por ficar em segundo plano. O diagnóstico da doença é clínico, baseado nas observações do comportamento diário do paciente. A perda de peso é o primeiro sinal de alerta. Já o tratamento é nutricional e psiquiátrico. Algumas vezes é necessário a utilização de drogas antidepressivas e anti-psicóticas. Apesar de ser mais comum entre as mulheres, Scharf afirma que, diferente da anorexia, a ortorexia acomete em maior frequência os homens. É possível observar casos da doença em todas as faixas etárias, porém, da adolescência até os 25 anos a incidência é maior. De acordo com o endocrinologista a causa da doença está na pressão social sobre um corpo bonito e saudável. Os padrões de estética atuais contribuem para o desenvolvimento da ortorexia: A sobrecarga de informações veiculadas a respeito de alimentação saudável, muito comum hoje na mídia em geral, essa busca dos produtos e empresas em vincular suas vendas a produtos saudáveis, são fatores que certamente estão contribuindo para a doença. O endocrinologista Mauro Scharf alerta para a nova doença Como muitos transtornos alimentares, a ajuda de um profissional de saúde é importante. Embora a doença não seja tão conhecida como outros tipos de transtorno alimentar, pode ter o potencial de ser igualmente séria para a saúde, assim como qualquer outro transtorno alimentar. Fique atento aos sintomas Examinar cada detalhe nutricional de cada alimento; Só se permitir alimentos saudáveis; Ter dificuldades em comer uma refeição preparada por outra pessoa; Observar e comentar a maneira como outras pessoas preparam a comida; Analisar diariamente o conteúdo nutricional do que comeu, esquecendo o prazer em comer; Perder muito peso sem seguir conscientemente uma dieta; Isolar-se socialmente por causa da dieta saudável. Nem tão vilã assim A maionese, pelo menos na versão industrializada, não é uma bomba calórica cheia de colesterol como se imagina. É composta principalmente por água e óleo, que se misturam na presença do ovo, o terceiro componente. Ainda na sua fórmula está o suco de limão, sal, açúcar e mostarda. O óleo utilizado é o vegetal, que contém as gorduras consideradas boas para nosso organismo e que não aumentam o LDL, o mau colesterol. Sem falar que o tipo monoinsaturado ainda ajuda a aumentar o HDL, a faceta boa do colesterol. A famosa gordura trans não está presente nos óleos vegetais e, assim, não consta da receita da maionese. No molho ainda encontramos lipídios interessantes: os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, gorduras essenciais para o nosso corpo e que não produzimos. Café Um recente estudo do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos revela uma relação entre o fígado e o café. Os cientistas avaliaram 766 pacientes que tiveram hepatite C. Entre os que bebiam mais de três xícaras de cafezinho por dia houve uma desaceleração no desenvolvimento da doença. ICP Unlimited Caminhada Caminhar faz bem e todo mundo sabe disso. Emagrece, tonifica os músculos, aumenta a eficiência do sistema imunológico e diminui o estresse. Para ganhar este pacote de vantagens, pessoas de todas as idades e com diferentes graus de condicionamento físico precisam apenas calçar um tênis e colocar as pernas para trabalhar. O exercício precisa ser praticado três vezes por semana, durante 30 minutos, no mínimo. Um estudo realizado na Universidade de San Diego, (EUA) revela que, para manter a saúde do coração em dia, é preciso conseguir uma média de 100 passos por minuto. Obesidade Segundo um estudo inédito da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, realizado pelo hospital Dante Pazzanese, mulheres obesas e hipertensas têm risco dez vezes maior de sofrerem um ataque do coração, como infarto, do que homens na mesma condição. A comparação estatística apontou também que os pacientes obesos, homens e mulheres, possuem nove vezes mais chances de terem um evento cardiovascular do que os pré-obesos. Os resultados apontaram que 98% das mulheres avaliadas tinham circunferência abdominal muito elevada (acima de 88 cm), contra 82,7% dos homens. Para o sexo masculino a circunferência abdominal é considerada elevada a partir de 102 cm. Elixir O sono foi definido como o elixir da longa vida, no último congresso mundial de estudiosos sobre o assunto, o Sleep, realizado nos Estados Unidos. Um de seus efeitos protetores foi revelado por um estudo que acompanhou 5 mil americanos durante oito anos. Os indivíduos que prezaram por um bom descanso noturno tornaram-se menos vulneráveis a todo tipo de doença. As pessoas que dormem menos de seis ou mais de nove horas correm mais riscos, conta a líder da pesquisa, Alison Laffan, da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins. Quantidade de horas de sono não significa qualidade. Ficar tempo demais debaixo das cobertas pode ser o resultado de uma noite conturbada e não reparadora. Esta condição aumenta a pressão arterial, favorecendo males cardiovasculares, diz a cientista. Maçã contra a gripe Um trabalho da Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, afirma que a quercetina, substância que aparece aos montes na maçã, pode afastar a gripe. Os estudiosos avaliaram a boa atuação em um grupo de ratos que foram separados dos demais e submetidos à atividade física. Depois, os cientistas botaram os animais em contato com o vírus causador da doença. Entre aqueles que receberam a substância houve maior proteção, porque a quercetina tem ação antioxidante e preserva as células do sistema imune. ICP Unlimited 38 C o m u n i t à I t a l i a n a / D e z e m b r o D e z e m b r o / C o m u n i t à I t a l i a n a 39

Viaggi di studio di Tor Vergata in Brasile. Un approccio di extensão.

Viaggi di studio di Tor Vergata in Brasile. Un approccio di extensão. Viaggi di studio di Tor Vergata in Brasile. Un approccio di extensão. O que é Extensão De acordo com o Plano Nacional de Extensão brasileiro, publicado em 1999, essa prática acadêmica é entendida como:

Leia mais

Matteo: Bene, sono felice di vederti ancora. Ma dimmi, dove vai? Bem, estou feliz por te encontrar novamente. Mas, me diga, aonde vai?

Matteo: Bene, sono felice di vederti ancora. Ma dimmi, dove vai? Bem, estou feliz por te encontrar novamente. Mas, me diga, aonde vai? Reino da Itália Instituto Cultural Vinzenzo Bellini (ICVB) Mini Curso Livre de Língua Italiana Lição 03 Matteo: Ciao, Giuliana, come va? Oi, Giuliana, como vai? Tchiau, Djiuliana, come vá? Giuliana: Molto

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

1 3Vicino a te non ho paura

1 3Vicino a te non ho paura 1 3Vicino a te non ho paura romanzo 1 3Quando hai un segreto che ti costringe ad andare via. Quando il tuo passato entra con violenza nel presente. Quanto tutto sembra perduto l unico posto dove puoi andare

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

LE PERFORMANCE DEL FRANCHISING BRASILIANO NEL 2012. Logotipo da Empresa

LE PERFORMANCE DEL FRANCHISING BRASILIANO NEL 2012. Logotipo da Empresa LE PERFORMANCE DEL FRANCHISING BRASILIANO NEL 2012 \ Logotipo da Empresa Confronto crescita PIL e FRANCHISING Il franchising nel 2012 ha rappresentato il 2,3% do PIL brasiliano. Fontes: ABF, IBGE Franchising

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO.

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. TEXTO: 1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

IMPARA LE LINGUE CON I FILM AL CLA

IMPARA LE LINGUE CON I FILM AL CLA UNIVERSITÀ DEGLI STUDI DI PADOVA - CENTRO LINGUISTICO DI ATENEO IMPARA LE LINGUE CON I FILM AL CLA Vedere film in lingua straniera è un modo utile e divertente per imparare o perfezionare una lingua straniera.

Leia mais

II Convegno di Studi di Genere La donna in contesto italiano e nei paesi di lingua portoghese

II Convegno di Studi di Genere La donna in contesto italiano e nei paesi di lingua portoghese II Convegno di Studi di Genere La donna in contesto italiano e nei paesi di lingua portoghese Università degli Studi di Napoli L Orientale 4 e 5 novembre 2015 II Jornada em Estudos de Género A mulher no

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

30/04/2009. Entrevista do Presidente da República

30/04/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à imprensa estrangeira especializada (Around the Rings, Inside The Games, EFE, AP, Kyodo News, Reuters), após reunião

Leia mais

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes Árabes Componentes: Sabrina, Lucille,Giovana, M, Lucas C, João Vitor Z, Samuel. Disciplina: Estudos Sociais, Informática Educativa, Língua Portuguesa. Professores: Uiliam Michael, Cristiane Keller, Daniele

Leia mais

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso 6D Estúdio promessa de ir além das 3 dimensões Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso ao design em movimento, em vídeo ou internet. Eles unem diferentes conhecimentos técnicos

Leia mais

Passos contados. Crônicas na mochila 3/6/2009

Passos contados. Crônicas na mochila 3/6/2009 Passos contados & Crônicas na mochila Acho as certezas muito perigosas, ainda que algumas sejam necessárias e, volta e meia, surpreenda-me por outras sendo algemada.se elas deixam nossos passos firmes,

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL Julho/2013 Em 2014, o Brasil sediará a Copa do Mundo e em 2016 as Olimpíadas. Os brasileiros efetivamente são apaixonados por futebol e quando foi divulgado que

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira

Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira Contribuição de Agência Diref 17 de novembro de 2009 DIREF - Associação do Servidores da Polícia Federal do Distrito Federal     Pablo de Medeiros Palmeira,

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Produção: Ação conjunta: Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Parceiro:

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

bab.la Frasi: Corrispondenza Auguri Italiano-Portoghese

bab.la Frasi: Corrispondenza Auguri Italiano-Portoghese Auguri : Matrimonio Congratulazioni. I nostri migliori auguri e tanta felicità. Desejando a vocês toda felicidade do mundo. La gioia di questo giorno vi accompagni per tutta la vita. Con affetto. Parabéns

Leia mais

bab.la Frasi: Corrispondenza Auguri Portoghese-Italiano

bab.la Frasi: Corrispondenza Auguri Portoghese-Italiano Auguri : Matrimonio Desejando a vocês toda felicidade do mundo. Congratulazioni. I nostri migliori auguri e tanta felicità. Parabéns e votos calorosos aos dois no dia do seu casamento. La gioia di questo

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores**

3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores** 16 revistas 3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores** Fonte: *IV (Out/09 a Set/10) E **Ipsos-Estudos Marplan/EGM- Out/09 a Set/10 Leitores Ambos, 10/+ anos Audiência Líquida das Revistas

Leia mais

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto 1 de 7 04/06/2013 12:52 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos ASSINE JÁ CENTRAL E-MAIL criar e-mail globomail free globomail pro ENTRAR Paraná 04/06/2013 09h20 - Atualizado em 04/06/2013 12h15

Leia mais

Canti, versi, mantras. Orixàs

Canti, versi, mantras. Orixàs Canti, versi, mantras degli Orixàs Liberare l anima Mantra degli Orixàs Oi vamos saravà Ogun (guerriero, metallo) oi vamos saravà Oxum (acqua dolce) Iansà (aria) Oxossi (vegetale) Iemanjà (acqua salata)

Leia mais

Poder: Jornal Fortuna

Poder: Jornal Fortuna Aqui você enriquece sua leitura Jornal Fortuna Volume 1, edição 1 Data do boletim informativo Nesta edição: Poder: Há vários tipos de poder, poder militar, poder da natureza, poder político, o poder da

Leia mais

redesolmg@yahoo.com.br

redesolmg@yahoo.com.br redesolmg@yahoo.com.br Ogni giorno vengono prodotte su 100 MILA TONNELLATE DI RIFIUTI nelle città brasiliane. Circa l'88% dei rifiuti domestici finiscono nelle discariche. Le discariche rappresentano la

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês 3 Truques Para Obter Fluência no Inglês by: Fabiana Lara Atenção! O ministério da saúde adverte: Os hábitos aqui expostos correm o sério risco de te colocar a frente de todos seus colegas, atingindo a

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

A criança e as mídias

A criança e as mídias 34 A criança e as mídias - João, vá dormir, já está ficando tarde!!! - Pera aí, mãe, só mais um pouquinho! - Tá na hora de criança dormir! - Mas o desenho já tá acabando... só mais um pouquinho... - Tá

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

Nozioni di. brasiliano. Pordenone, 13 maggio 2008

Nozioni di. brasiliano. Pordenone, 13 maggio 2008 Nozioni di diritto societario brasiliano Pordenone, 13 maggio 2008 Camera di Commercio Italo-Brasiliana CIAA Pordenone / Maggio 2008 2 Quadro normativo Differenze strutturali rispetto all Italia Principali

Leia mais

Apoio: Em abril de 2013, CASA CLAUDIA chega à Milão com um espaço exclusivo

Apoio: Em abril de 2013, CASA CLAUDIA chega à Milão com um espaço exclusivo Apoio: Em abril de 2013, CASA CLAUDIA chega à Milão com um espaço exclusivo Designers, arquitetos, decoradores, empresários e criativos do mundo todo esperam muito por um acontecimento: a Design Week de

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

Pesquisa x Pesquisa. do Setor Editorial Brasileiro revelou uma venda de quatro bilhões de reais em livros, com

Pesquisa x Pesquisa. do Setor Editorial Brasileiro revelou uma venda de quatro bilhões de reais em livros, com A Bíblia Sagrada já vendeu, aproximadamente, 3,9 bilhões de cópias. O livro Ágape, do Padre Marcelo Rossi, já vendeu 8 milhões de exemplares. O livro erótico, Cinquenta Tons de Cinza, chegou ao número

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207 OLHAR GLOBAL Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas A poeira do renascimento 36 Fotografe Melhor n o 207 Olivier convida pessoas que encontra na rua ou na internet para posarem

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

REDAÇÃO GANHADORA DO 1 LUGAR, 9 ANO, ESCOLA E.E.E.F. MARIA COMANDOLLI LIRA. Ás vezes quando ouvimos falar sobre a corrupção, o que vem em mente?

REDAÇÃO GANHADORA DO 1 LUGAR, 9 ANO, ESCOLA E.E.E.F. MARIA COMANDOLLI LIRA. Ás vezes quando ouvimos falar sobre a corrupção, o que vem em mente? REDAÇÃO GANHADORA DO 1 LUGAR, 9 ANO, ESCOLA E.E.E.F. MARIA COMANDOLLI LIRA. ALUNA: KETLY LORRAINY R. DE OLIVEIRA PROFESSORA: MARIA PEREIRA DE CALDAS TEMA: CORRUPÇÃO : O QUE EU POSSO FAZER PARA COMBATE-LA

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido...

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Começar um Blog de Sucesso Formula Negocio Online O Fantástico Treinamento Fórmula

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira O SR. JOSÉ ANTÔNIO ROSA (PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira Mendes, na pessoa de quem cumprimento todos

Leia mais

Entrevista Jornal Zero Hora (RS)

Entrevista Jornal Zero Hora (RS) Entrevista Jornal Zero Hora (RS) ZH: Grifes europeias estariam voltando seus olhos para emergentes como o Brasil em razão da crise em seus países de origem. Vamos ver abrir mais lojas de produtos de luxo

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 25 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 27 de Fevereiro de 2013 JORNAIS Sobre a saúde e a doença no Mundo Diário Catarinense

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

por futebol profissional ou amador?

por futebol profissional ou amador? Tabela 3 - Síntese das entrevistas com torcedores I O que é o futebol pra você? Uma paixão. É um esporte que eu pratico, que gosto. O meu time de futebol é a razão do meu viver. Você se interessa mais

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC

Sistema de Ensino CNEC 1 SUMÁRIO VOLUME 1 "O homem é um pedaço do Universo cheio de vida." Ralph Waldo Emerson Capítulo 1 O Tempo não para 5 Capítulo 2 Você percebendo-se como sujeito histórico 20 Capítulo 3 O Universo que nos

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO EDIÇÃO 15 ANO III edição 15 ano III R$ 12,90 www.revistadivino.com.br Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO FalandO de

Leia mais

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Serviço de Rádio Escuta da Prefeitura de Porto Alegre Emissora: Rádio Guaíba Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Data: 07/03/2007 14:50 Programa: Guaíba Revista Apresentação:

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro. Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais