PESSACH entendendo a saída do Egito direto da Torá

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PESSACH entendendo a saída do Egito direto da Torá"

Transcrição

1 índice Moshe é encarregado de tirar o povo Judeu do Egito... 2 O Arbusto Ardente... 2 Moisés Deixa Midian... O povo é avisado que o Salvador chegou... 4 As 0 pragas... Sangue... Rãs: A Segunda Praga... Piolho: A Terceira Praga... 7 Criaturas Daninhas: A Quarta Praga... 7 Epidemia: A Quinta Praga... Furúnculos: A Sexta Praga... Granizo: A Sétima Praga... Gafanhotos: A Oitava Praga... Escuridão: A Nona Praga... 0 Preparativos para a Praga Final... 0 A Descrição do Pessach... 0 Preparativos para o Pessach... A Praga Final... O Êxodo... 2 As Leis do Pessach... 2 Comemorando o Êxodo... 2 A Consagração do Primogênito... A Saída do Egito... O Egito Persegue... Cruzando o Mar... 4 O Cântico... 4

2 2 Um longo tempo passou, e o rei do Egito morreu*. Os israelitas estavam ainda gemendo por causa de seu jugo. Quando eles gritaram em virtude de sua escravidão, seus apelos vieram diante de D us. 24 D us ouviu seus gritos e Ele lembrou Sua aliança com Abraão, Isaac e Jacó*. 2 D us viu os israelitas e mostrou interesse*. Moshe é encarregado de tirar o povo Judeu do Egito O Arbusto Ardente Moisés apascentava o rebanho do seu sogro Jetro*, xeque de Midian. Ele conduzia o rebanho para a margem do deserto, e chegou à Montanha de D us, na área de Horeb*. 2 Um anjo de D us apareceu a (Moisés) no centro* de um fogo, no meio de um espinheiro*. Ao olhar (Moisés) percebeu que o arbusto estava em chamas, mas não estava sendo consumido. Moisés disse (para si mesmo): Eu devo ir até lá e investigar este fenômeno maravilhoso. Por que o arbusto não queima? 4 Quando D us viu que (Moisés) estava indo para investigar, Ele o chamou do meio do arbusto. Moisés, Moisés!, Ele disse. Eis-me aqui, replicou (Moisés). Não chegues mais perto, disse (D us). Tira teus sapatos de teus pés. O lugar sobre o qual tu estás é um chão sagrado. (D us então) disse: Eu sou o D us de teu pai, o D us de Abraão, D us de Isaac, e D us de Jacó. Moisés escondeu a face pois ele temia olhar* para o Divino. 7 D us disse: Eu tenho visto o sofrimento do Meu povo no Egito. Eu tenho escutado como eles gritam em virtude do que (fazem) seus guardas de escravos, e Eu estou ciente de seu sofrimento. Eu desci* para livrá-los do poder do Egito. Eu os tirarei dessa terra, para uma boa e espaçosa terra, para uma terra em que fluem leite e mel, o território dos canaanitas, hititas, emoritas, perisitas, hivitas e iebusitas*. Agora mesmo o grito dos israelitas está chegando até Mim. Eu também vi a pressão com a qual o Egito os está subjugando. 0 Agora vai, Eu te estou enviando ao Faraó. Traze o Meu povo, os israelitas, do Egito. Quem sou eu para ir ao Faraó?, disse Moisés a D us. E como posso tirar os israelitas do Egito? 2 Porque Eu estarei contigo, replicou (D us). A prova de que Eu te enviei virá quando tu tirares o povo do Egito. Todos vocês então se tornarão servos de D us* nesta montanha. Moisés disse a D us: Assim, eu irei aos israelitas e direi: O D us de seus pais enviou-me a vocês. Eles imediatamente me perguntarão qual é Seu nome. O que deverei lhes dizer? 4 Eu Serei Quem Eu Serei*, replicou D us a Moisés. (D us então) explicou: Isto é o que tu deves dizer aos israelitas: Eu Serei enviou-me a vocês. D us então disse a Moisés: Tu deves (em seguida) dizer aos israelitas: YHVH*, o D us de seus pais, o D us de Abraão, Isaac e Jacó, envioume a vocês. Este é Meu nome eterno*, e é assim que Eu devo ser recordado por todas as gerações. Vai, junta os anciãos de Israel*, e dize-lhes: YHVH, o D us de seus pais, apareceu-me o D us de Abraão, Isaac e Jacó. Ele disse: Eu lhes concedi providência especial* com referência ao que lhes está acontecendo no Egito. 7 Eu declaro que os farei sair da aflição do Egito, para a terra dos canaanitas, hititas, emoritas, perisitas, hivitas e iebusitas para uma terra em que fluem leite e mel. Eles acatarão seriamente o que tu lhes disser. Tu e os anciãos de Israel irão então ao rei do Egito. Tu deves dizer-lhe: YHVH, D us dos hebreus, revelou-se para nós. Agora rogamos que nos conceda tirar três dias de jornada* para o deserto, para sacrificar a YHVH nosso D us. Eu sei de antemão que o rei do Egito não lhes permitirá sair, a não ser que ele seja forçado a fazê-lo*. Eu então mostrarei Meu poder* e demolirei o Egito através de todos os atos miraculosos que realizarei em sua terra. Então o (Faraó) deixará vocês saírem. 2 Eu darei ao povo status entre os egípcios, e quando vocês todos finalmente saírem não irão de mãos vazias*. 22 Toda mulher tomará emprestados artigos de prata e ouro, assim como roupas, de sua vizinha ou da mulher que estiver vivendo com ela. Vocês os colocarão* sobre seus filhos e filhas, e vocês assim drenarão o Egito de (sua riqueza).

3 Quando Moisés (foi capaz) de replicar, ele disse: Mas eles não me acreditarão. Eles não me ouvirão. Eles dirão: D us não te apareceu. 2 O que é isto em tua mão?, perguntou D us. Um bordão. Atira-o ao chão. Quando (Moisés) o atirou ao chão ele transformou-se numa serpente, e Moisés fugiu dela. 4 D us disse a Moisés: Estende tua mão e a agarra pela cauda. Quando (Moisés) estendeu a mão e agarrou (a serpente), ela transformou-se de novo num bordão em sua mão. Assim eles acreditarão que D us te apareceu, (Ele disse), o D us de seus pais, o D us de Abraão, D us de Isaac e D us de Jacó. D us então disse a Moisés: Coloca tua mão (sobre teu peito) dentro de teu manto. Quando (Moisés) colocou sua mão em seu manto e a removeu de seu peito, ela estava leprosa, (tão branca) como a neve. 7 Coloca tua mão em teu manto de novo, disse (D us). (Moisés) colocou sua mão (de volta) em seu manto, e quando ele a removeu de seu peito, sua pele tinha voltado ao normal. Se eles não te acreditarem, (disse D us), e não prestarem atenção ao primeiro sinal miraculoso, então eles acreditarão na evidência do segundo sinal. E se eles também não acreditarem nesses dois sinais, e ainda não te levarem a sério, então tu tomarás água do Nilo e a derramarás no chão. A água que tu tiraste do Nilo transformar-seá em sangue no chão. 0 Moisés argumentou com D us: Eu Te peço, ó D us, eu não sou um homem de palavras nem de ontem, nem de anteontem nem desde o primeiro momento que Tu me falaste*. É difícil para mim falar e encontrar a linguagem certa*. Quem deu ao homem uma boca?, replicou D us. Quem faz uma pessoa muda ou surda? Quem dá visão a uma pessoa ou a faz cega? Não sou Eu D us? 2 Agora vai! Eu estarei com tua boca e ensinar-te-ei o que tu deves falar. Eu Te peço, ó Senhor, exclamou (Moisés). Por favor! Envia alguém mais apropriado*! 4 D us mostrou ira contra Moisés. Não é Aarão, o levita, teu irmão?, Ele disse. Eu sei que ele sabe como falar! Ele está se preparando para encontrar-te, e quando ele te vir seu coração alegrar-se-á. Tu terás condições de falar-lhe e colocarás as palavras em sua boca. Eu estarei com as bocas de (ambos), a dele e a tua, e Eu lhes ensinarei o que fazer. Ele falará ao povo por ti. Ele será teu porta-voz*, e tu serás seu guia*. 7 Toma este bordão em tuas mãos. Com ele tu realizarás os milagres. Moisés Deixa Midian Moisés foi embora e retornou a seu sogro Jetro*. Ele disse: Eu gostaria de ir e voltar à minha gente no Egito, para ver se eles ainda estão vivos. Vai em paz, disse Jetro a Moisés. Enquanto Moisés ainda estava em Midian, D us lhe disse: Vai, retorna ao Egito. Todos os homens que buscavam tua vida já morreram. Moisés tomou sua mulher e filhos*, colocouos sobre um jumento, e voltou para o Egito. Ele também levou o bordão divino em sua mão. 2 D us disse a Moisés: Em teu caminho de volta ao Egito concentra-se em todos os poderes maravilhosos que Eu coloquei em tua mão. Tu os usarás diante do Faraó. Mas eu o farei obstinado*, e ele não permitirá o povo ir. 22 Tu dirás ao Faraó: Isto é o que D us diz: Israel é Meu filho, Meu primogênito. 2 Eu te disse para deixares Meu filho ir e servir-me. Se tu recusares deixá-lo ir, Eu (finalmente) matarei teu próprio filho primogênito. 24 Quando eles estavam no lugar onde passaram a noite à beira do caminho, D us confrontou Moisés e desejou matá-lo*. 2 Tsiporá pegou uma pedra aguda e cortou o prepúcio de seu filho*, atirando-o* aos pés (de Moisés)*. Quanto a mim, tu estás desposado* ao sangue*, ela disse (para o menino*). 2 (D us) então poupou (Moisés). (Tu foste) desposado ao sangue por causa da circuncisão, ela disse. Primeiras Confrontações 27 D us disse a Aarão*: Vai encontrar Moisés no deserto. (Aarão) foi, e quando encontrou (Moisés) perto da Montanha de D us*, ele o beijou. 2 Moisés descreveu a Aarão tudo que D us lhe disse acerca de sua missão, assim como das provas miraculosas que Ele o tinha instruído para mostrar.

4 O povo é avisado que o Salvador chegou 2 Moisés e Aarão foram (para o Egito), e eles reuniram todos os anciãos de Israel. 0 Aarão relatou todas as palavras que D us tinha dito a Moisés, e ele demonstrou as provas miraculosas diante do povo. O povo acreditou. Eles aceitaram a mensagem de que D us tinha conferido providência especial aos israelitas, e que Ele tinha visto seu sofrimento. Eles inclinaram suas cabeças e se prostraram. Moisés e Aarão então foram ao Faraó e disseram: Isto é o que YHVH, D us dos hebreus, declara: Deixa Meu povo sair, para que eles possam sacrificar* a Mim no deserto. 2 O Faraó replicou: Quem é esse YHVH a quem eu devo obedecer e deixar Israel ir? Eu não reconheço YHVH. Nem deixarei Israel partir. O D us dos hebreus revelou-se para nós, disseram (Moisés e Aarão). Por favor, permitenos tirar três dias de jornada para o deserto, e deixa-nos sacrificar a YHVH, nosso D us. Se não Ele pode nos abater com a praga ou a espada. 4 O rei egípcio lhes disse: Moisés e Aarão, por que vocês estão distraindo o povo do seu trabalho? Voltem aos seus afazeres! Os camponeses estão ficando mais numerosos, disse o Faraó, e vocês querem que eles tirem férias do seu trabalho! Nesse dia, o Faraó deu novas ordens aos administradores do povo e encarregados e disse: 7 Não dêem ao povo palha para os tijolos* como antes. Que eles vão e juntem sua própria palha. Enquanto isso, vocês devem exigir deles a mesma cota de tijolos como antes. Não a reduzam. Eles são preguiçosos, e estão protestando que querem ir sacrificar a seu D us. Façam o trabalho mais pesado para os homens, e certifiquem-se de que eles o estão fazendo. Então eles pararão de prestar atenção a falsas idéias. 0 Os administradores e encarregados saíram e disseram ao povo: O Faraó disse que ele não mais lhes dará palha. Vocês devem ir e obter sua própria palha onde quer que vocês possam encontrá-la. Enquanto isso, vocês não podem reduzir a quantidade de trabalho que devem completar. 2 O povo espalhou-se por todo o Egito para juntar restolho para palha. Os administradores os pressionaram e disseram: Vocês devem completar sua cota diária de trabalho como antes, quando havia palha. 4 Os encarregados israelitas, a quem os administradores do Faraó tinham indicado, foram açoitados. Foi-lhes dito: Ontem e hoje vocês não completaram suas cotas. Por que vocês não fizeram tantos tijolos quanto antes? Os encarregados israelitas vieram e protestaram ao Faraó: Por que tu estás nos fazendo isso?, eles disseram. Não estão mais nos dando palha, mas nos foi dito para fazer tijolos. Nós somos aqueles que estão sendo açoitados, mas é culpa de tua gente*. 7 Vocês são preguiçosos!, respondeu o Faraó. Preguiçosos! Isso é porque vocês estão dizendo que querem sacrificar a D us. Agora vão! Ao trabalho! Não lhes será dada qualquer palha, mas vocês devem fornecer sua cota de tijolos. Os encarregados israelitas perceberam que estavam em sérios apuros. Claramente lhes foi dito que eles não podiam reduzir sua cota diária de tijolos. Quando eles estavam deixando o Faraó, (os encarregados) encontraram Moisés e Aarão esperando para reunir-se com eles. 2 Que D us olhe para vocês e seja Juiz de vocês, eles disseram. Vocês destruíram nossa reputação* com o Faraó e seus conselheiros. Vocês colocaram em suas mãos uma espada para nos matar. 22 Moisés retornou a D us e disse: Ó Senhor, por que Tu maltratas Teu povo? Por que Tu me enviaste? 2 Logo que cheguei ao Faraó para falar em Teu nome, ele fez as coisas piores para esse povo. Tu não fizeste nada para ajudar Teu povo. D us disse a Moisés: Agora tu começarás a ver o que Eu farei ao Faraó. Ele será forçado* a deixá-los ir. (Não apenas isso, mas) ele será forçado a expulsá-los de sua terra. Reafirmação Vaerá 2 D us falou a Moisés e lhe disse: Eu sou YHVH*. Eu revelei-me a Abraão, Isaac e Jacó como D us Todo Poderoso (El Shadai)*, e não lhes permiti conhecer-me por Meu nome YHVH*. 4 Eu também fiz Minha aliança com eles, (prometendo) dar-lhes a terra de Canaan, a terra de suas peregrinações, onde eles viveram como estrangeiros. Eu também ouvi o gemido dos

5 israelitas, a quem os egípcios estão mantendo como escravos, e Eu lembrei Minha aliança. Portanto, dize aos israelitas (em Meu nome), Eu sou D us. Eu tirarei vocês do trabalho forçado no Egito e livrarei vocês da escravidão deles. Eu livrarei vocês com uma demonstração do Meu poder*, e com grandes atos de julgamento. 7 Eu tomarei vocês para Mim como uma nação, e Eu serei para vocês como um D us. Vocês saberão que Eu sou D us, o Senhor de vocês, Aquele que está trazendo vocês de sob o jugo dos egípcios. Eu trarei vocês para a terra com referência à qual Eu ergui Minha mão*, (jurando) que Eu a daria a Abraão, Isaac e Jacó. Eu a darei a vocês como uma herança. Eu sou D us. Moisés relatou isso aos israelitas, mas em virtude do desapontamento* deles e duro trabalho, eles não mais o ouviram. Moisés Duvida 0 D us falou a Moisés, dizendo*: Vai*, fala ao Faraó, rei do Egito, e ele permitirá que os israelitas deixem sua terra. 2 Moisés falou, interrompendo a revelação*: Mesmo os israelitas não me ouvirão, ele disse. Como posso esperar que o Faraó me ouça? Não tenho autoconfiança quando falo*. [ Aarão é Incluído] D us (então) falou para (ambos) Moisés e Aarão. Ele lhes deu instruções com respeito aos israelitas e ao Faraó, rei do Egito, de modo a habilitá-los a tirar os israelitas do Egito. [ Genealogia] 4 Estes são os cabeças de suas famílias ampliadas*: Os filhos do primogênito de Israel, Reuben: Enoch, Palu, Chetsron e Carmi. Estas são as famílias de Reuben*. Os filhos de Simão*: Yemuel, Yamin, Ohad, Yachin e Tsochar, assim como Saul, filho de mulher canaanita. Estas são as famílias de Simão. De acordo com seus registros familiares*, estes são os nomes dos filhos de Levi*: Guershon, Kehat e Merari. Os anos de vida de Levi foram 7. 7 As famílias descendentes de Guershon*: Livni* e Shimi*. Os filhos de Kehat*: Amram*, Yits har*, Hebron (Chevron)* e Uziel. Os anos de vida de Kehat foram. Os filhos de Merari*: Machli* e Mushi*. De acordo com seus registros familiares, os acima são as famílias de Levi. Amram casou com sua tia* Yocheved*, e ela gerou-lhe Aarão e Moisés. E foram os anos de vida de Amram 7 anos. 2 Os filhos de Yits har*: Korach*, Nefeg e Zichri. 22 Os filhos de Uziel*: Mishael*, Eltsafan* e Sitri. 2 Aarão casou com a irmã de Nachshon*, Elisheva*, filha de Aminadav*. Ela gerou-lhe* Nadav, Avihu*, Eleazar* e Itamar*. 24 Os filhos de Korach*: Assir*, Elkana* e Aviassaf*. Estas são as famílias dos korachitas. 2 O filho de Aarão, Eleazar, casou com a filha de Putiel*, e ela gerou-lhe Pinchás*. Os acima são os cabeças dos clãs levitas de acordo com suas famílias. 2 Esta então (é a linhagem) de Moisés e Aarão, a quem D us disse: Tragam os israelitas do Egito em massa*. 27 Eles são aqueles que falaram ao Faraó, rei do Egito, com a finalidade de tirar os israelitas do Egito. Isto (envolveu a ambos) Moisés e Aarão. 2 Ainda, nesse dia no Egito, D us falou (somente*) a Moisés. Segunda Dúvida 2 D us falou a Moisés* e disse: Eu sou D us. Relata ao Faraó, rei do Egito, tudo que estou te dizendo. 0 Interrompendo a revelação*, Moisés disse: Eu não tenho autoconfiança* para falar. Como o Faraó prestará atenção em mim? D-us Disse o Que Aguardar D us disse a Moisés: Observa! Eu te farei como um deus* para o Faraó, e teu irmão Aarão será teu profeta*. 2 Tu deves anunciar* tudo que te ordeno, e teu irmão Aarão o relatará ao Faraó. Ele então permitirá aos israelitas deixarem sua terra. Eu farei o Faraó obstinado*, e assim terei a oportunidade para mostrar muitos sinais

6 miraculosos e maravilhas no Egito. 4 Por isso o Faraó não prestará atenção a ti. Mas então Eu mostrarei Meu poder* contra o Egito, e com grandes atos de julgamento, Eu trarei Minhas legiões do Egito Meu povo, os israelitas. Quando Eu mostrar Meu poder* e trouxer os israelitas do meio deles, o Egito saberá que Eu sou D us. Moisés e Aarão assim fizeram. Eles fizeram exatamente* como D us lhes tinha instruído. 7 Quando eles falaram ao Faraó, Moisés tinha 0 anos de idade, e Aarão tinha anos de idade. As 0 pragas O Bordão Vira Uma Serpente D us disse a Moisés e Aarão: Quando o Faraó falar a vocês, ele dirá a vocês para provarem com um sinal miraculoso. Tu (Moisés) deves dizer a Aarão, então: Toma teu bordão e atira-o diante do Faraó. Que ele se torne* uma víbora!* 0 Moisés e Aarão vieram para o Faraó. Eles fizeram exatamente como D us tinha dito. Aarão lançou seu bordão diante do Faraó, e ele virou uma víbora. O Faraó convocou seus sábios e mágicos. Os magos simbolistas* foram capazes de fazer a mesma coisa com seus artifícios mágicos*. 2 Quando cada um deles atirou seu bordão, (os bordões) todos viraram víboras. O bordão de Aarão então engoliu seus bordões. Mas o Faraó permaneceu obstinado e ele não lhes prestou atenção, como D us havia predito. Sangue [Advertência Para a Primeira Praga] 4 D us disse a Moisés: O Faraó está obstinado e ele recusa deixar o povo sair. Faz uma visita ao Faraó pela manhã, quando ele sai para a água. Permanece onde tu o encontrarás, na ribanceira do Nilo. Leva em tua mão o bordão que foi transformado em serpente. Dize-lhe: D us, Senhor dos hebreus, enviou-me a ti com a mensagem Envia Meu povo, e que eles Me adorem no deserto. Até agora tu não prestaste atenção. 7 D us (agora) diz Através disso tu saberás que Eu sou D us. Eu golpearei a água do Nilo com o bordão que está em minha mão, e (a água) transformar-se-á em sangue. O peixe no Nilo morrerá, e o rio tornar-se-á pútrido. Os egípcios terão que parar de beber água do Nilo. [Sangue: A Primeira Praga] D us disse a Moisés: Dize a Aarão para tomar seu bordão e estender sua mão sobre as águas do Egito sobre seus rios, seus canais*, seus reservatórios*, e todo lugar em que a água é mantida* e (a água) transformar-se-á em sangue. Haverá sangue através de todo o Egito, até em (barris) de madeira e (jarras) de pedra*. Moisés e Aarão fizeram exatamente como D us tinha instruído. (Aarão) segurou o bordão, e então golpeou a água do Nilo na presença do Faraó e seus serviçais. A água do Nilo foi transformada em sangue. 2 O peixe no Nilo morreu, e o rio se tornou tão poluído que os egípcios não foram mais capazes de beber a água do Nilo. Havia sangue em toda parte no Egito. 22 Contudo, quando os magos simbolistas do Egito foram capazes de produzir o mesmo efeito com suas artes ocultas*, o Faraó se tornou obstinado. Ele não prestou atenção a (Moisés e Aarão) como D us tinha predito. 2 O Faraó voltoulhes as costas e foi para seu palácio. Mesmo para esse (milagre) ele não prestou atenção. 24 Os egípcios cavaram em volta do Nilo por água potável, desde que não podiam beber a água do Nilo. 2 Depois que D us golpeou o Nilo, (ele permaneceu assim) por sete dias completos. Rãs: A Segunda Praga 2 D us disse a Moisés: Vai ao Faraó e dize-lhe em Meu nome*: Envia Meu povo para que Me sirva. 27 Se tu recusares deixá-los sair, golpearei todos os teus territórios com rãs. 2 O Nilo fervilhará de rãs, e quando elas emergirem, estarão em teu palácio, em teu quarto de dormir, e (até) em tua cama. (Elas também estarão nas) casas de teus serviçais e teu povo, e até em teus fornos e tigelas de massa. 2 Quando as rãs emergirem, elas estarão todas sobre ti, teu povo, e teus serviçais. D us disse a Moisés: Dize a Aarão para apontar o bordão em sua mão para os rios, canais e reservatórios, e ele fará rãs emergirem sobre o Egito. 2 Aarão estendeu sua mão sobre as águas do Egito, e as rãs emergiram, cobrindo o Egito. Os

7 magos simbolistas foram capazes de produzir o mesmo efeito com suas artes ocultas, fazendo as rãs emergirem sobre a terra do Egito. 4 O Faraó convocou Moisés e Aarão, e disselhes: Rezem a D us! Que Ele tire as rãs de mim e meu povo. Eu deixarei o povo sair e sacrificar a D us. Experimenta e testa-me*, replicou Moisés. Exatamente quando deverei rezar por ti, teus serviçais e teu povo? As rãs (imediatamente) partirão de ti e teus lares, permanecendo somente no Nilo. Amanhã!, disse (o Faraó). Como tu dizes, replicou (Moisés). Tu então saberás que não há ninguém como D us nosso Senhor. 7 As rãs partirão de ti, assim como de tuas casas, teus serviçais e teu povo. Elas permanecerão somente no Nilo. Moisés e Aarão deixaram o Faraó, e Moisés clamou a D us com referência às rãs que Ele tinha trazido sobre o Faraó. D us fez assim como Moisés disse, e as rãs nas casas, pátios e campos morreram. 0 (Os egípcios) as juntaram em montões, e a terra cheirou mal. Quando o Faraó viu que tinha havido um repouso, ele endureceu seu coração e não os ouviu, conforme D us tinha predito. Piolho: A Terceira Praga 2 D us disse a Moisés: Dize a Aarão para empunhar seu bordão e golpear o pó da terra. Ele transformar-se-á em piolho sobre todo o Egito. Eles fizeram isso. Aarão estendeu sua mão com seu bordão, e golpeou o pó da terra. Os piolhos apareceram, atacando homem e animal. Através de todo o Egito o pó tinha se transformado em piolhos. 4 Os magos simbolistas tentaram produzir piolhos com suas artes ocultas, mas eles não puderam. (Enquanto isso), os piolhos foram atacando homem e besta igualmente. É o dedo* de D us, disseram os magos simbolistas do Faraó. Mas o Faraó permaneceu obstinado e não ouviu, como D us tinha predito. Criaturas Daninhas: A Quarta Praga ] D us disse a Moisés: Levanta cedo pela manhã, e te apresenta ao Faraó quando ele sai para a água. Dize-lhe em Meu nome*: Envia Meu povo para Me servir. 7 Se tu não enviares Meu povo, Eu enviarei enxames de criaturas daninhas* (para atacar)-te, teus serviçais, teu povo, e tuas casas. As casas do Egito, e até o chão sobre o qual elas estão, ficarão cheias com essas criaturas. Nesse dia, Eu miraculosamente separarei a terra de Goshen, onde Meu povo permanece, de modo que não haverá nenhuma criatura daninha ali. Tu então saberás que Eu sou D us, aqui mesmo na terra. Eu, portanto, farei uma distinção* entre Meu povo e teu povo. Esse sinal miraculoso ocorrerá amanhã. D us fez isso, e uma grande multidão de criaturas atacou os palácios do Faraó e seus serviçais. Através de todo o Egito a terra foi devastada pelas criaturas. 2 O Faraó convocou Moisés e Aarão: Vão!, ele disse. (Vocês têm permissão para) sacrificar ao D us de vocês aqui em (nossa) terra. 22 Isso dificilmente seria apropriado, replicou Moisés. O que nós sacrificaremos a D us nosso Senhor é sagrado* aos egípcios. Poderíamos sacrificar o animal sagrado dos egípcios diante de seus olhos sem que eles nos apedrejassem? 2 O que devemos fazer é uma jornada de três dias ao deserto. Lá nós teremos possibilidade de sacrificar a D us nosso Senhor, justamente como Ele nos disse. 24 Eu os enviarei, disse o Faraó, desde que vocês não irão demasiado longe. Vocês podem sacrificar a D us o Senhor de vocês no deserto. Mas reza por mim! 2 Moisés respondeu: Quando eu deixar tua presença, eu rezarei a D us. Amanhã as criaturas sairão do Faraó*, seus servos e seu povo. Mas que o Faraó não nos engane de novo, recusando permitir que o povo sacrifique a D us.

8 2 Moisés deixou a presença do Faraó e rezou a D us. 27 Fazendo como Moisés pediu, D us fez as criaturas deixarem o Faraó, seus servos e seu povo. Nenhuma só permaneceu. 2 Mas dessa vez, de novo, o Faraó se obstinou, e ele não enviou o povo. Epidemia: A Quinta Praga D us disse a Moisés para ir ao Faraó e, em nome de* D us, Senhor dos hebreus, dizer-lhe: Envia Meu povo para Me servir. 2 Pois se tu recusares deixá-los sair, e continuares os retendo, o poder* de D us será dirigido contra teu gado no campo. Os cavalos, jumentos, camelos, gado e rebanho (morrerão de) uma epidemia muito séria. 4 D us (de novo) fará uma distinção miraculosa, (dessa vez) entre o gado de Israel e o do Egito. Nem um só (animal) pertencente aos israelitas morrerá. D us fixou um tempo, e anunciou que Ele golpeará* a terra com isso amanhã. No dia seguinte, D us fez isso, e todo o gado no Egito morreu. Do gado dos israelitas, no entanto, nem um só foi afetado. 7 E o Faraó mandou ver e descobriu que dentre o gado dos israelitas nem um só (animal) tinha morrido. Mas o Faraó permaneceu obstinado e não deixou o povo sair. Furúnculos: A Sexta Praga D us disse a Moisés e Aarão: Tomem um punhado* de fuligem* da fornalha e atirem-na ao ar diante dos olhos do Faraó. Ela assentará como pó sobre todo o Egito, e quando ele cair sobre homem ou animal em qualquer lugar no Egito, ele causará uma úlcera eruptiva em furúnculos*. 0 Eles tomaram a fuligem da fornalha e permaneceram diante do Faraó. Moisés atirou-a ao ar, e ela causou uma úlcera, que rompia em furúnculos em homem e animais. Os magos simbolistas não puderam permanecer diante de Moisés como resultado da úlcera, uma vez que a úlcera tinha atacado os simbolistas (juntamente com) o resto do Egito. 2 (Agora foi) D us que fez o Faraó obstinado. Ele não ouviu a (Moisés e Aarão), como D us tinha predito. [Advertência] D us disse a Moisés para levantar-se cedo pela manhã e apresentar-se ao Faraó, dizendo-lhe em nome de D us, Senhor dos hebreus*: Envia Meu povo para Me servir. 4 Dessa vez, Eu estou preparado para enviar todas as Minhas catástrofes contra teu coração. (Elas golpearão) teus serviçais e teu povo, de modo que tu saberás que não há ninguém como Eu em todo mundo. Eu poderia ter desatrelado o Meu poder*, matando-te e ao teu povo com a epidemia (enviada contra os animais), e tu terias sido eliminado do mundo. O único motivo por Eu ter deixado que sobrevivesses foi para mostrar-te Minha força, de modo que Meu nome será anunciado sobre toda a terra. 7 Mas agora tu ainda estás espezinhando* Meu povo, recusando enviá-lo. Amanhã, a esta hora, Eu trarei um granizo muito pesado. Nunca houve antes no Egito, desde o dia que ele foi fundado, algo igual. Agora envia mensagem e faz preparativos para abrigar teu rebanho e tudo mais que tu tenhas no campo. Qualquer pessoa ou animal que permanecer no campo, e não se recolher, será apedrejado pelo granizo e morrerá. Alguns* dos servos do Faraó temeram a palavra de D us, e fizeram seus escravos e gado fugirem para as casas. 2 Mas aqueles que não temeram a palavra de D us deixaram seus escravos e gado no campo. Granizo: A Sétima Praga 22 D us disse a Moisés: Estende tua mão em direção ao céu e haverá granizo através de todo o Egito. (Ele cairá) sobre homem e animal, e em todas as plantas ao ar livre* em todo o Egito. 2 Moisés apontou seu bordão para o céu, e D us fez trovejar e chover pedra, com relâmpagos golpeando o solo*. D us então fez chover pedra na terra do Egito. 24 Havia granizo, com relâmpagos flamejantes* entre as pedras do granizo. Ele foi extremamente pesado, diferente de qualquer coisa

9 que o Egito tivesse experimentado desde que se tornou uma nação. 2 Por todo o Egito, o granizo matou todo homem e animal que estava de fora. O granizo destruiu todas as plantas que estavam fora, e quebrou todas as árvores nos campos. 2 Somente em Goshen, onde os israelitas viviam, não houve granizo. 27 O Faraó enviou mensagem e convocou Moisés e Aarão. Ele lhes disse: Dessa vez eu sou culpado! D us é Justo! Eu e meu povo estamos errados! 2 Reza a D us. Já houve bastante desses trovões e granizo sobrenaturais*. Eu os enviarei e vocês não mais permanecerão aqui. 2 Moisés lhe disse: Quando eu sair da cidade*, estenderei minhas mãos (em prece) a D us. O trovão então cessará, e não haverá mais granizo. Tu então saberás que todo o mundo pertence a D us. 0 Eu sei que tu e teus servos ainda não temem a D us. O linho* e a cevada foram destruídos, uma vez que a cevada estava madura, e o linho tinha formado talos. 2 Mas o trigo e o centeio* não foram destruídos, uma vez que eles brotam tardiamente*. Moisés deixou a presença do Faraó, e saiu da cidade. Tão logo ele estendeu as mãos a D us, o trovão cessou, e o granizo e a chuva pararam de cair na terra. 4 Mas quando o Faraó viu que não havia mais chuva, granizo ou trovão, ele continuou em suas atitudes pecaminosas. Ele e seus serviçais continuaram a se obstinar. O Faraó endureceu seu coração e não enviou os israelitas, conforme D us tinha previsto através de Moisés. [Advertência] Bô D us disse a Moisés: Vai* ao Faraó. Eu o fiz, e a seus conselheiros teimosos, de modo que Eu poderei mostrar esses miraculosos sinais entre eles. 2 Tu então poderás confidenciar* a teus filhos e netos como Eu fiz os egípcios de tolos*, e como realizei sinais miraculosos entre eles. Vocês então saberão plenamente que Eu sou D us. Moisés e Aarão vieram ao Faraó. Em nome de D us, Senhor dos hebreus, eles lhe disseram: Até quando tu recusarás a te submeter a Mim? Envia Meu povo para Me servir. 4 Se te recusas a enviar Meu povo, Eu trarei os gafanhotos a teus territórios amanhã. Eles cobrirão toda partícula visível da terra, de modo que tu não poderás ver o chão, e eles comerão tudo que te foi poupado pelo granizo, devorando toda árvore que cresce no campo. Eles encherão teus palácios, assim como as casas de teus serviçais e de todo o Egito. Será algo que teus pais e os pais de teus pais nunca viram, desde o dia em que estiveram na terra. Com isso (Moisés) virou suas costas e deixou o Faraó. 7 Os serviçais do Faraó disseram-lhe: Até quando esse (homem) continuará a ser uma ameaça para nós? Envia os homens, e que sirvam a D us, o Senhor deles. Tu ainda não percebes que o Egito está sendo destruído? Moisés e Aarão foram trazidos de volta ao Faraó: Vão servir a D us, o Senhor de vocês, ele disse. Mas exatamente quem irá? Os jovens e os velhos igualmente irão, replicou Moisés. Nós iremos com nossos filhos e nossas filhas, com nosso rebanho e gado. É um festival a D us para (todos*) nós. 0 Que D us esteja com vocês assim como eu enviarei vocês com suas crianças!*, replicou o Faraó. Vocês devem perceber que serão confrontados* pelo mal*. Mas não será dessa maneira. Os homens irão e adorarão a D us, se é isso realmente que vocês querem! Com isso ele os despediu de sua presença. Gafanhotos: A Oitava Praga 2 D us disse a Moisés: Estende tua mão sobre o Egito (para trazer) os gafanhotos, e eles emergirão sobre o Egito. Eles comerão toda a folhagem na terra que foi poupada pelo granizo. Moisés ergueu sua mão sobre o Egito, e todo esse dia e noite, D us fez um vento leste soprar sobre a terra. Quando veio a manhã, o vento leste* estava carregando os gafanhotos. 4 Os gafanhotos invadiram o Egito, se instalando sobre todo o território egípcio. Foi uma (praga) muito severa. Nunca antes tinha havido tal praga de gafanhotos, e nunca de novo (seria visto assim). Os (gafanhotos) cobriram toda a superfície da terra, fazendo o chão negro. Eles comeram todas as plantas no solo e todas as frutas nas árvores, tudo que tinha sido poupado pelo granizo. Nada verde permaneceu nas árvores e plantas através de todo o Egito. O Faraó apressadamente convocou Moisés e Aarão: Eu cometi um crime, ele disse, tanto contra D us, o Senhor de vocês, como contra

10 vocês. 7 Agora relevem minha ofensa mais essa vez. Rezem a D us, o Senhor de vocês! Apenas afastem de mim essa morte! (Moisés) deixou a presença do Faraó e rezou a D us. D us virou o vento, (transformando-o num) forte vento ocidental. Ele carregou os gafanhotos, e lançou-os* no Mar Vermelho*. Nem um só gafanhoto permaneceu dentro de todos os limites do Egito. Porém, uma vez mais D us fez o Faraó se obstinar, e ele não enviou os israelitas. Escuridão: A Nona Praga 2 D us disse a Moisés: Estende tua mão em direção ao céu, e haverá escuridão no Egito. A escuridão será palpável*. 22 Moisés ergueu sua mão em direção ao céu, e houve uma escuridão opaca em todo o Egito, durando por três dias. 2 As pessoas não podiam se ver umas às outras, e ninguém deixou seu lugar por três dias. Os israelitas, no entanto, tinham luz nas áreas em que viviam. 24 O Faraó convocou Moisés: Vão!, ele disse. Adorem a D us! Até suas crianças podem ir com vocês. Apenas deixem seus rebanhos e gados atrás. 2 Tu então nos providenciarás* sacrifícios e holocaustos*, de modo que possamos oferecê-los a D us nosso Senhor?, replicou Moisés. 2 Nosso gado deve também ir conosco. Nem um simples casco pode ser deixado atrás. Nós devemos tomálos para servir a D us nosso Senhor, uma vez que não sabemos o que necessitaremos para adorar a D us até que cheguemos lá. 27 D us fez o Faraó se obstinar, e ele não quis mais enviar (os israelitas). 2 Deixa minha presença!, disse o Faraó a (Moisés). Não ouses ver minha face de novo! No dia em que apareceres diante de mim, tu morrerás! 2 Como tu dizes, replicou Moisés. Eu não verei tua face de novo. Preparativos para a Praga Final D us disse a Moisés: Há uma praga a mais que Eu enviarei contra o Faraó e o Egito. Após esta, ele enviará vocês deste lugar. Quando ele os enviar, ele realmente os expulsará daqui. 2 Agora fala ao povo discretamente*, e que cada homem peça* a seu companheiro artigos de ouro e prata. Que cada mulher faça (o mesmo) pedido às suas amigas. D us deu status ao povo entre os egípcios. Moisés era também altamente respeitado no Egito, tanto pelos serviçais do Faraó como pelo povo. [ A Morte dos Primogênitos] 4 Moisés disse (ao Faraó) em nome de D us*: Por volta da meia-noite, Eu sairei no meio do Egito. Todo primogênito no Egito morrerá, desde o primogênito do Faraó sentado no seu trono, até o primogênito da escrava atrás dos moinhos. Todo primogênito de animal (também morrerá). Haverá um grande grito de angústia através de todo o Egito. Nunca antes houve algo semelhante, e nunca depois haverá igual. 7 Mas entre os israelitas, nem mesmo um cão ganirá* por causa de homem ou animal. Tu então saberás que D us está fazendo uma miraculosa distinção entre Egito e Israel. Todos os teus serviçais aqui virão e se curvarão a mim. Eles dirão: Saia! Tu e todos teus seguidores! Somente então eu sairei. Ele deixou o Faraó em grande fúria. [Certeza Final] D us disse a Moisés: O Faraó não te ouvirá. Assim será para que Eu possa fazer mais maravilhas no Egito. 0 Moisés e Aarão tinham feito todas essas maravilhas diante do Faraó. Mais uma vez, porque D us fez o Faraó se obstinar, ele não permitiria que os israelitas deixassem sua terra. A Descrição do Pessach D us disse a Moisés e Aarão no Egito: 2 Este mês* será para vocês o princípio dos meses. Ele será o primeiro mês do ano*. Falem a toda a comunidade de Israel, dizendo: No décimo (dia) desse mês*, todo homem deve tomar um cordeiro* (ou cabrito) para cada família*, um cordeiro (ou cabrito) para cada casa. 4 Se a casa for muito pequena para um cordeiro (ou cabrito), então ele e um vizinho próximo podem obter um (cordeiro ou cabrito juntos), contanto que seja para indivíduos especificamente designados*. Indivíduos serão designados para um cordeiro (ou cabrito) de acordo com a quantidade que cada um comerá.

11 Vocês devem ter um animal jovem, sem defeito, macho e de um ano de idade. Vocês podem tomá-lo das ovelhas ou das cabras. Guardem-no em segurança até o décimo quarto dia do mês. Toda a comunidade de Israel os abaterá (seus sacrifícios) à tarde*. 7 Devem tomar o sangue e o colocar nos dois umbrais e nas vergas das portas das casas nas quais comerão (o sacrifício*). Comam a carne (do sacrifício) durante a noite, grelhada sobre o fogo. Comam-na com matsá* e ervas amargas*. Não a comam mal passada ou cozida na água, mas somente grelhada sobre o fogo, incluindo* sua cabeça, suas pernas, e seus órgãos internos. 0 Não deixem sobrar nada dele até a manhã. Qualquer parte que seja deixada até a manhã deve ser queimada no fogo. Vocês devem comê-lo com suas cinturas cingidas, seus sapatos em seus pés, e seus bordões em suas mãos*, e vocês deverão comê-lo com pressa. É a oferenda de Pessach* a D us. 2 Eu passarei através do Egito nessa noite, e Eu matarei todo primogênito no Egito, homem e animal. Eu realizarei atos de julgamento contra todos os deuses do Egito. Eu (somente) sou D us. O sangue será um sinal para vocês nas casas onde estiverem. Eu verei o sangue e saltarei (passach) sobre vocês. Não haverá nenhuma praga mortal entre vocês quando Eu golpear o Egito. 4 Esse dia deverá ser aquele que vocês lembrarão. Vocês deverão guardá-lo como um festival a D us por todas as gerações. É uma lei por todo o tempo, que vocês deverão celebrar. Comam matsá por sete dias. Mas ao primeiro dia vocês devem ter suas casas livres de todo fermento*. Todo aquele que comer fermento desde o primeiro dia até o sétimo dia, terá sua alma extirpada de Israel*. O primeiro dia será um feriado sagrado, e o sétimo dia será (também) um feriado sagrado. Nenhum trabalho será feito nesses (dias). O único (trabalho) que vocês poderão fazer é aquele necessário para permitir a cada um comer*. 7 Sejam cuidadosos com respeito à matsá, pois nesse mesmo dia Eu retirei suas multidões do Egito. Vocês devem cuidadosamente guardar esse dia por todas as gerações; é uma lei para todos os tempos. Desde o décimo quarto dia do primeiro mês, à tarde*, até a noite do vigésimo primeiro dia do mês, vocês devem comer (somente) matsá. Durante (esses) sete dias, nenhum fermento pode ser encontrado em suas casas. Se alguém comer alguma coisa levedada sua alma será extirpada da comunidade de Israel. (Assim será) se ele for um prosélito ou uma pessoa nascida na nação*. Vocês não devem comer nada levedado. Em todas as áreas em que vocês viverem, comam matsá. Preparativos para o Pessach 2 Moisés convocou os anciãos de Israel*, e lhes disse: Juntem (o povo*) e obtenham cordeiros (ou cabritos) para as suas famílias, de modo que vocês poderão abater o sacrifício de Pessach. 22 Vocês então tomarão um ramo de hissopo* e o molharão no sangue que (estará colocado) numa bacia. Toquem a verga da porta e os dois umbrais com parte do sangue da bacia. Nenhum de vocês pode sair da porta de sua casa até a manhã. 2 D us então passará para golpear o Egito. Quando Ele vir o sangue sobre a porta e os dois umbrais, D us passará sobre essa porta, e não permitirá que a força da destruição* entre em suas casas para golpear. 24 Vocês devem guardar esse ritual como uma lei, para vocês e seus filhos para sempre. 2 Quando vocês vierem para a terra que D us lhes dará, conforme Ele prometeu, vocês devem (também) guardar esse serviço. 2 Seus filhos podem (então) lhes perguntar: O que é este serviço para vocês? 27 Vocês devem responder: É o serviço de Pessach a D us. Ele passou sobre as casas dos israelitas no Egito, quando Ele feriu os egípcios, poupando nossos lares. O povo curvou suas cabeças e se prostrou. 2 Os israelitas foram e fizeram como D us tinha instruído a Moisés e Aarão. Eles o fizeram exatamente. A Praga Final 2 Era meia-noite. D us matou todo primogênito no Egito, desde o primogênito do Faraó, sentado em seu trono, até o primogênito do prisioneiro no calabouço, assim como todo primogênito de animal. 0 O Faraó ficou acordado nessa noite, juntamente com todos os seus serviçais e todo o resto do Egito. Houve um grande clamor, uma vez

12 que não houve uma casa onde não houvesse um morto. (O Faraó) mandou buscar Moisés e Aarão durante a noite: Apressem-se!, ele disse. Saiam dentre meu povo vocês e os israelitas! Vão! Adorem a D us como vocês pediram! 2 Levem seus rebanhos e gados, como vocês disseram! Vão! Abençoem-me também! Os egípcios também estavam estimulando o povo a se apressar e deixar a terra. Nós somos todos homens mortos!, eles disseram. 4 O povo levou sua massa antes que estivesse levedada. O restante de sua massa* foi enrolada em seus mantos (e colocada) sobre seus ombros. Os israelitas (também) fizeram como Moisés lhes dissera*. Eles pediram artigos de prata e ouro e roupas dos egípcios. D us fez os egípcios respeitarem o povo, e eles atenderam a seus pedidos. (Os israelitas), assim, drenaram o Egito de sua riqueza. O Êxodo 7 Os israelitas viajaram de Ramsés* em direção a Sucot*. Havia cerca de varões adultos* a pé*, além das crianças*. Uma grande mistura (de nacionalidades) foi com eles*. Havia (também) rebanhos e gado, uma grande quantidade de animais. (Os israelitas) cozinharam a massa que eles tinham trazido do Egito em tortas não levedadas (matsá), uma vez que ela não tinha fermentado. Eles tinham sido expulsos do Egito e não puderam demorar, e eles não tinham preparado qualquer outra provisão. 40 O tempo* que os israelitas permaneceram no Egito tinha sido de 40 anos. 4 Ao fim de 40 anos, todos os exércitos de D us deixaram o Egito em plena luz do dia*. 42 Houve uma noite de vigília por D us, (preparando) para trazê-los do Egito. Esta noite permanece para os israelitas uma vigília a D us por todas as gerações. As Leis do Pessach 4 D us disse a Moisés e Aarão: Esta é a lei do sacrifício do Pessach: Nenhum estranho pode comer dele. 44 Se um homem comprar um escravo a dinheiro e circuncidá-lo, então (o escravo) pode comê-lo. 4 (Mas se um gentio for) um residente temporário ou um mercenário, ele não pode comer a carne (o sacrifício de Pessach). 4 Ele deve ser comido por um único grupo*. Não tragam qualquer de sua carne para fora do grupo. Não quebrem qualquer de seus ossos. 47 Toda a comunidade de Israel deve guardar (esse ritual). 4 Quando um prosélito junta-se a vocês e deseja oferecer o sacrifício de Pessach a D us, todo varão (em sua casa) deve ser circuncidado. Ele então pode se juntar na observância, e ser como um natural (israelita). Mas nenhum incircunciso pode comer (o sacrifício). 4 A mesma lei será aplicada tanto para o natural (israelita) quanto para o prosélito que se junta a vocês. 0 Todos os israelitas fizeram como D us tinha instruído a Moisés e Aarão. Eles o fizeram exatamente. [. Deixando o Egito] Nesse mesmo dia, D us tirou os israelitas do Egito em grupos organizados. Comemorando o Êxodo D us falou a Moisés, dizendo: 2 Santifica para Mim todo primogênito que inicia todo útero dentre os israelitas. Ambos, dentre o homem e o animal são Meus. Moisés disse ao povo: Lembrem esse dia como (o tempo) em que vocês deixaram o Egito, o lugar da escravidão, quando D us tirou vocês daqui com uma demonstração de força*. Nenhuma levedura pode ser comida. 4 Vocês saíram neste dia, no mês em que os grãos amadurecem*. Chegará um tempo em que D us te trará para a terra dos canaanitas, hititas, emoritas, hivitas e jebusitas*. Ele jurou a teus ancestrais que Ele a daria a ti uma terra em que fluem leite e mel. (Lá também) tu terás de guardar esse serviço nesse mês. Comam matsá por sete dias, e façam do sétimo dia um festival para D us. 7 Uma vez que deve ser comida matsá por (esses) sete dias, nenhuma levedura pode ser vista em tua posse. Nenhuma levedura pode ser vista em todo o teu território. Nesse dia, tu deves dizer a teu filho: Por isso que D us agiu por mim quando deixei o Egito.

13 (Estas palavras*) devem também ser um sinal sobre teu braço e uma lembrança no centro de tua cabeça*. A Torá de D us estará então em tua língua*. Foi com uma demonstração de força que D us te trouxe do Egito. 0 Esta lei deve, portanto, ser guardada em seu tempo designado de ano para ano. A Consagração do Primogênito Chegará um tempo, quando D us te tiver trazido para a terra dos canaanitas, o que Ele prometeu a ti e a teus ancestrais, e Ele a terá dado a ti. 2 Tu então trarás a D us todo (primogênito) que inicia o útero. Sempre que tu tiveres um jovem* animal primogênito, os machos pertencem a D us*. Todo jumento primogênito será redimido por um cordeiro. Se ele não for redimido tu lhe quebrarás a nuca*. Tu deves (também) redimir todo primogênito dentre teus filhos*. 4 Teu filho pode, mais tarde, te perguntar: O que é isso? Tu deves então responder-lhe: Com uma demonstração de poder D us nos tirou do Egito, o lugar da escravidão. Quando o Faraó teimosamente recusou nos enviar, D us matou todos os primogênitos no Egito, homem e animal igualmente. Eu, portanto, sacrifico a D us todo macho primogênito (dos animais) e redimo todo primogênito dos meus filhos. (Essas palavras) serão (também) um sinal sobre teu braço* e insígnia* no centro de tua cabeça. (Tudo isso) é porque D us nos tirou do Egito com uma demonstração de força. A Saída do Egito Beshalach 7 Quando o Faraó enviou o povo, D us não o conduziu através da Estrada dos Filisteus*, embora ela fosse a rota mais curta. A consideração de D us foi que se o povo encontrasse resistência armada, ele se arrependeria e voltaria ao Egito. D us então fez o povo tomar uma trilha indireta, pelo caminho do deserto* para o Mar Vermelho*. Os israelitas estavam bem preparados* quando eles deixaram o Egito. Moisés tomou os restos de José com ele. José tinha comprometido os israelitas com um juramento: D us concederá a vocês* especial providência, e vocês devem então tirar meus restos daqui com vocês. Os israelitas partiram de Sucot*, e eles acamparam em Etam*, à margem do deserto. 2 D us ia diante deles, durante o dia, com uma coluna de nuvem para guiá-los ao longo do caminho. De noite aparecia como uma coluna de fogo, dando-lhes luz. Eles podiam assim viajar dia e noite. 22 A coluna de nuvem de dia e a coluna de fogo de noite nunca deixavam (sua posição) em frente ao povo. O Egito Persegue D us falou a Moisés, dizendo: 2 Fala aos israelitas e dize-lhes para voltarem e acamparem diante do Vale da Liberdade*, entre Torre* e o mar, face ao Deus-do-Norte*. Acampem oposto a ele, próximo do mar. O Faraó dirá então que os israelitas estão perdidos na área e presos no deserto. 4 Eu endurecerei o coração do Faraó e ele virá atrás deles. Eu triunfarei* sobre o Faraó e todo o seu exército, e o Egito saberá que Eu sou D us. (Os israelitas) fizeram como (tinham sido instruídos). Enquanto isso, o rei do Egito recebeu a notícia de que o povo estava fugindo. O Faraó e seus serviçais mudaram de idéia em relação ao povo, e eles disseram: O que nós fizemos? Como pudemos liberar Israel de fazer nosso trabalho? (O Faraó) arreou* sua carruagem, e convocou seu povo para ir com ele. 7 Ele tomou 00 carruagens com equipagem escolhida, assim como* todas as carruagens do Egito, com apoio de infantaria* para todas elas. D us endureceu o coração do Faraó, rei do Egito, e ele perseguiu os israelitas. Enquanto isso, os israelitas estavam saindo em triunfo*. Partindo atrás (dos israelitas), os egípcios os alcançaram enquanto eles estavam acampados perto do mar, no Vale da Liberdade, oposto a Deus-do-Norte. Todos os cavalos das carruagens do Faraó, cavaleiros e infantaria estavam lá. 0 Assim que o Faraó chegou perto, os israelitas levantaram os olhos. Eles viram os egípcios

14 marchando à retaguarda deles, e o povo ficou muito amedrontado. Os israelitas clamaram a D us. Eles disseram a Moisés: Não havia suficientes sepulturas no Egito? Por que tu tinhas de nos trazer até aqui para morrer no deserto? Como tu pudeste nos fazer tal coisa, tirando-nos do Egito? 2 Não te dissemos no Egito para nos deixar sozinhos e nos deixar trabalhar para os egípcios? Teria sido melhor sermos escravos no Egito que morrer (lá) no deserto! Não tenham medo, replicou Moisés ao povo. Fiquem firmes e vocês verão o que D us fará para salvá-los hoje. Vocês podem ver os egípcios hoje, mas vocês não voltarão a vê-los nunca mais. 4 D us lutará por vocês mas vocês devem permanecer quietos*. Cruzando o Mar D us disse a Moisés: Por que tu estás gritando para Mim? Fala aos israelitas e que eles comecem a caminhar. Ergue teu bordão e estende tua mão sobre o mar. Tu dividirás o mar, e os israelitas poderão cruzar sobre ele em terra seca. 7 Eu endurecerei os corações dos egípcios, e eles te seguirão. Assim Eu triunfarei sobre o Faraó e todo o seu exército, suas carruagens e cavalaria. Quando Eu tiver esse triunfo sobre o Faraó, suas carruagens e cavalaria, o Egito saberá que Eu sou D us. O anjo de D us vinha caminhando em frente ao acampamento dos israelitas, mas agora ele mudou e se colocou atrás deles. A coluna de nuvem assim mudou da frente e se colocou à retaguarda deles. Ela se interpôs entre os acampamentos dos egípcios e dos israelitas. Havia nuvem e escuridão nessa noite, impedindo toda visibilidade*. Em toda essa noite (os egípcios e os israelitas) não puderam se aproximar uns dos outros. 2 Moisés estendeu sua mão sobre o mar. Durante toda a noite D us retornou o mar com um poderoso vento leste, transformando o leito do mar em terra seca. As águas foram divididas. 22 Os israelitas entraram no leito do mar sobre terra seca. O mar estava à direita e à esquerda deles como (duas) muralhas*. 2 Os egípcios perseguiram e vieram atrás (dos israelitas). Todos os cavalos do Faraó, carruagens e cavalaria, foram para o meio do mar. 24 Para o final da noite* D us golpeou* o exército* egípcio com as colunas de fogo e nuvem. Ele confundiu o exército egípcio. 2 As rodas das carruagens atolaram* e eles só podiam se mover com grande dificuldade. Os egípcios gritaram: Fujamos de Israel! D us está combatendo por eles contra o Egito! [ A Queda dos Egípcios] 2 D us disse a Moisés: Estende tua mão sobre o mar. As águas voltarão sobre os egípcios, cobrindo suas carruagens e cavaleiros. 27 Justamente antes da manhã, Moisés estendeu sua mão sobre o mar, e o mar retornou à sua condição normal. Os egípcios estavam fugindo (da água)*, mas D us revolveu os egípcios no meio do mar. 2 As águas voltaram e cobriram a cavalaria e as carruagens. De todo o exército do Faraó, que tinha seguido (os israelitas) ao mar, nenhum só permaneceu. 2 Enquanto isso*, os israelitas foram andando no meio do mar em terra seca. A água estava à sua direita e à sua esquerda como (duas) muralhas. 0 Assim, nesse dia, D us livrou os israelitas do Egito. Os israelitas viram os egípcios mortos à beira-mar. Os israelitas viram o grande poder* que D us tinha desatrelado contra os egípcios, e o povo estava em temor de D us. Eles acreditaram em D us e em Seu servo Moisés. O Cântico Moisés e os israelitas então cantaram este cântico* a D us: Eu cantarei a D us por Sua grande vitória*, Cavalo e cavaleiro Ele lançou no mar. 2 Minha força* e cântico é D us E esta é minha salvação; este é meu D us, eu Lhe farei um santuário* D us do meu pai, eu O exaltarei. D us é o Senhor* da guerra, D us é Seu nome. 4 As carruagens e o exército do Faraó Ele jogou no mar; Seus melhores oficiais Foram afogados no Mar Vermelho. As profundezas os cobriram;

15 Eles submergiram ao fundo Como uma pedra. Tua Mão direita, ó D us, É temível em poder; Tua Mão direita, ó D us, esmaga o inimigo. 7 Em Tua grande Majestade Tu quebraste Teus oponentes; Tu emitiste Tua cólera, Ela os devorou como palha. Ao sopro de Tuas Narinas as águas se amontoaram. Águas corrente permaneceram como muralha, As profundezas congelaram No coração do mar. O inimigo disse: Eu os perseguirei; Eu alcançarei, dividirei os despojos, eu me saciarei. Eu desembainharei minha espada; Minha mão os demolirá. 0 Tu fizeste Teu vento soprar; O mar os cobriu. Eles submergiram como chumbo Nas águas poderosas*. Quem é como Tu entre as potências, D us? Que é como Tu, majestático em santidade, Temível em louvores, fazendo maravilhas? 2 Tu estendeste Tua Mão direita; A terra os engoliu. Com amor, Tu conduziste o povo que Tu redimiste; Com poder, Tu (os) conduziste à Tua morada sagrada. 4 Nações ouviram e estremeceram; O terror se apoderou daqueles que moram na Filistéia. Os chefes* de Edom entraram em pânico; os heróis de Moab foram tomados pelo tremor; os residentes de Canaan se derreteram. Medo e pavor caíram sobre eles. À grandeza de Teu Braço eles ficam calados como pedra. Até que Teu povo passasse, ó D us, Até que o povo que Tu ganhaste passasse. 7 Ó, traze-os e planta-os no monte que Tu possuis. O lugar em que Tu moras é Tua realização, D us. O santuário de D us Tuas Mãos fundaram. D us reinará para todo o sempre. (Este cântico foi cantado) quando* o cavalo do Faraó veio para o mar juntamente com suas carruagens e cavalaria, e D us fez o mar retornar sobre eles. Os israelitas tinham caminhado sobre a terra seca, no meio do mar. [ A Canção de Miriam] Miriam*, a profetisa, irmã de Aarão, tomou o tambor* em sua mão, e todas as mulheres a seguiram com tambores e dançando*. 2 Miriam as conduziu no refrão: Cantem a D us por Sua grande vitória, cavalo e cavaleiro Ele jogou no mar*.

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ http://cachorritosdelsenor.blogspot.com/ A páscoa Volume 29 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 11 Ola Filhotes, vocês sabem o que é páscoa e quando ela começou?

Leia mais

Acostumando-se com os Milagres

Acostumando-se com os Milagres Acostumando-se com os Milagres Ap. Ozenir Correia 1. VOCÊ NÃO PERCEBE O TAMANHO DO MILAGRE. Enxame de moscas Naquele dia, separarei a terra de Gósen, em que habita o meu povo, para que nela não haja enxames

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 1 1. Objetivos: Ensinar que quando Moisés aproximou-se de Deus, os israelitas estavam com medo. Ensinar que hoje em dia, por causa de Jesus, podemos nos sentir perto de Deus

Leia mais

Deus Faz. Novas todas as coisas!

Deus Faz. Novas todas as coisas! Deus Faz Novas todas as coisas! Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas an9gas já passaram; eis que surgiram coisas novas! (2Corín9os 5.17) Aquele que estava assentado no trono disse:

Leia mais

O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR

O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR Bíblia para crianças apresenta O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot; Lazarus Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido

Leia mais

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 12 de abril de 2009 igrejabatistaagape.org.br Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal. A celebração

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

sumário 1. rumo ao SINAI... 3 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62

sumário 1. rumo ao SINAI... 3 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62 sumário 1. rumo ao SINAI... 3 2. os mandamentos... 14 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62 6. israel avança... 78 7. o cântico de débora... 95 8. gideão, o guerreiro...

Leia mais

2012/2013. Continuando o Processo em Tempo de Transição

2012/2013. Continuando o Processo em Tempo de Transição 2012/2013 Continuando o Processo em Tempo de Transição Gênesis 37 Jacó habitou na terra de Canaã, onde seu pai tinha vivido como estrangeiro. Esta é a história da família de Jacó: Quando José tinha dezessete

Leia mais

Expresso da Galáxia Escola Bíblica de Férias Panfleto para a Classe dos Cadetes

Expresso da Galáxia Escola Bíblica de Férias Panfleto para a Classe dos Cadetes Expresso da Galáxia Escola Bíblica de Férias Panfleto para a Classe dos Cadetes Classe dos Cadetes Livro do Estudante e Estação de Revisão Livro do Estudante e Estação de Revisão Aqui você encontrará instruções

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

DAVI, O REI (PARTE 1)

DAVI, O REI (PARTE 1) Bíblia para crianças apresenta DAVI, O REI (PARTE 1) Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

SAUL, UM REI BONITO E TOLO

SAUL, UM REI BONITO E TOLO Bíblia para crianças apresenta SAUL, UM REI BONITO E TOLO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

Grandes coisas fez o Senhor!

Grandes coisas fez o Senhor! Grandes coisas fez o Senhor! Sl 126:3 "Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres." Este Salmo é um cântico cheio de alegria que se refere ao retorno do povo judeu do cativeiro babilônico,

Leia mais

A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria

A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria Samaria: Era a Capital do Reino de Israel O Reino do Norte, era formado pelas 10 tribos de Israel, 10 filhos de Jacó. Samaria ficava a 67 KM de Jerusalém,

Leia mais

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus?

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? 2 Coríntios 5:18-20 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber,

Leia mais

Para onde vou Senhor?

Para onde vou Senhor? Para onde vou Senhor? Ex 40:33-38 "Levantou também o pátio ao redor do tabernáculo e do altar e pendurou a coberta da porta do pátio. Assim, Moisés acabou a obra. Então a nuvem cobriu a tenda da congregação,

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

ADORADOR X GUERREIRO

ADORADOR X GUERREIRO ADORADOR X GUERREIRO Texto Chave ISamuel 16:17-18 17 E Saul respondeu aos que o serviam: Encontrem alguém que toque bem e tragam- no até aqui. 18 Um dos oficiais respondeu: Conheço um filho de Jessé, de

Leia mais

JÓ Lição 05. 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus.

JÓ Lição 05. 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus. JÓ Lição 05 1 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus. 2. Lição Bíblica: Jô 1 a 42 (Base bíblica para a história e o professor)

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Enquanto dormimos. É inútil que madrugueis, que tarde Salmos 127:2

Enquanto dormimos. É inútil que madrugueis, que tarde Salmos 127:2 Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Joaquim Costa Jr 1 Enquanto dormimos. É inútil que madrugueis, que tarde 2 repouseis, Que comais o pão de dores: Aos seus amados ele o dá enquanto dormem.

Leia mais

Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e (habitarei) à casa do Senhor enquanto eu viver. (Salmo 23.

Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e (habitarei) à casa do Senhor enquanto eu viver. (Salmo 23. Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e (habitarei) à casa do Senhor enquanto eu viver. (Salmo 23.6) Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias

Leia mais

A Aliança de Yahweh com Abraão

A Aliança de Yahweh com Abraão A Aliança de Yahweh com Abraão Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela, e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, te abençoarei, e te engrandecerei o nome.

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

A CAMINHADA DO POVO DE DEUS. Ir. KatiaRejaneSassi

A CAMINHADA DO POVO DE DEUS. Ir. KatiaRejaneSassi A CAMINHADA DO POVO DE DEUS Ir. KatiaRejaneSassi Os desafios da travessia Aqueles que viveram a maravilhosa experiência de conseguir libertar-se da dominação egípcia sentem no deserto o desamparo total.

Leia mais

Etapas da maturidade de Eliseu

Etapas da maturidade de Eliseu Etapas da maturidade de Eliseu TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 2.5-11 5 - Então os filhos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu, e lhe disseram: Sabes que o SENHOR hoje tomará o teu senhor

Leia mais

A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão

A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão 1 Reis 15:9-15 No ano vinte do reinado de Jeroboão em Israel, Asa se tornou rei de Judá 10 e governou quarenta e um anos em Jerusalém. A sua avó foi Maacá, filha

Leia mais

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 Refletindo Sua glória, em meio a ventos contrários. Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas;

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O ENGANADOR

Bíblia para crianças. apresenta O ENGANADOR Bíblia para crianças apresenta JACÓ O ENGANADOR Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot; Lazarus Adaptado por: M Kerr; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Isaque permaneça nesta terra mais um pouco, e eu estarei com você e o abençoarei

Isaque permaneça nesta terra mais um pouco, e eu estarei com você e o abençoarei Abraão sai da tua terra e vai para uma terra que te mostrarei Gn 12.1 Isaque permaneça nesta terra mais um pouco, e eu estarei com você e o abençoarei Gn 28.3 Jacó volte para a terra de seus pais e de

Leia mais

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso Água do Espírito De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso EXISTE O DEUS PODEROSO QUE DESFAZ TODO LAÇO DO MAL QUEBRA A LANÇA E LIBERTA O CATIVO ELE MESMO ASSIM FARÁ JESUS RIO DE ÁGUAS LIMPAS QUE NASCE

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 1 1. Objetivos: Mostrar que o Senhor Jesus morreu na cruz e foi sepultado. Ensinar que o Senhor Jesus era perfeito; não havia nada que o condenasse. Ensinar que depois

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ O BATISMO DO SENHOR JESUS CRISTO E O COMEÇO DE SEU MINIST ÉRIO Volume 03 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 5) VAMOS BRINCAR DE FORCA? Marque com um x na letra

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O PEQUENO DE GIDEÃO

Bíblia para crianças. apresenta O PEQUENO DE GIDEÃO Bíblia para crianças apresenta O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 SUMÁRIO NARRATIVA TEXTOS PÁG Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 Gráfico: A Integração dos Livros do Velho Testamento em Ordem Cronológica Gráfico:

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento,

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento, OS LEVITAS Vamos ao um breve estudo sobre os levitas, que há muito tempo, nas igrejas evangélicas e até mesmo nos templos católicos, é um título dado aos instrumentistas e cantores. Biblicamente falando,

Leia mais

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. A VIDA DE ISAQUE Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. (Rm 8,28) 1. Hoje você terá a consciência das promessas e

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM. «Eu sou o pão da vida: quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede».

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM. «Eu sou o pão da vida: quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede». XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM «Eu sou o pão da vida: quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede». Perdão, Senhor. «Eu farei que chova para vós pão do céu.» Leitura do

Leia mais

ÊXODO. Capítulo 1. São estes, pois, os nomes dos filhos de Israel que entraram com Jacó no Egito, cada um com a sua respectiva família: 2

ÊXODO. Capítulo 1. São estes, pois, os nomes dos filhos de Israel que entraram com Jacó no Egito, cada um com a sua respectiva família: 2 ÊXODO Capítulo A Opressão no Egito São estes, pois, os nomes dos filhos de Israel que entraram com Jacó no Egito, cada um com a sua respectiva família: 2 Rúben, Simeão, Levi e Judá; 3 Issacar, Zebulom

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

Efatá. Marcos 7:34 depois, erguendo os olhos ao céu, suspirou e disse: Efatá!, que quer dizer: Abre-te!

Efatá. Marcos 7:34 depois, erguendo os olhos ao céu, suspirou e disse: Efatá!, que quer dizer: Abre-te! Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1 Efatá. Marcos 7:34 depois, erguendo os olhos ao céu, suspirou e disse: Efatá!, que quer dizer: Abre-te! Introdução: Efatá significa:

Leia mais

O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61. 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós.

O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61. 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós. O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61 1 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós. 2. Lição Bíblica: 1 Reis 11 a 14 (Base bíblica para a história o professor) Versículo

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

A Fé do Pardal (Craig Hill)

A Fé do Pardal (Craig Hill) A Fé do Pardal (Craig Hill) Mateus 6:24 Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a

Leia mais

Você quer ser um Discípulo de Jesus?

Você quer ser um Discípulo de Jesus? Você quer ser um Discípulo de Jesus? A História do povo de Israel é a mesma história da humanidade hoje Ezequel 37:1-4 Eu senti a presença poderosa do Senhor, e o seu Espírito me levou e me pôs no meio

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

Para colocar a vida em ordem é preciso primeiro cuidar do coração. O coração é a dimensão mais interior da nossa existência

Para colocar a vida em ordem é preciso primeiro cuidar do coração. O coração é a dimensão mais interior da nossa existência Para colocar a vida em ordem é preciso primeiro cuidar do coração O coração é a dimensão mais interior da nossa existência Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes

Leia mais

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil.

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. SAMUEL, O PROFETA Lição 54 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. 2. Lição Bíblica: 1 Samuel 1 a 3 (Base bíblica para a história o professor) Versículo

Leia mais

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Bíblia para crianças apresenta AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F DUS INFINITO utor: Marília Mello Intro: F / /D Db F / /D Db F m b F Senhor eu te apresento o meu coração m b F u coloco toda minha vida em tuas mãos b /b m Dm Porque sei que tudo sabes de mim, Senhor b

Leia mais

Toda bíblia é comunicação

Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação de um Deus amor, de um Deus irmão. É feliz quem crê na revelação, quem tem Deus no coração. Jesus Cristo é a palavra, pura imagem de Deus Pai. Ele é

Leia mais

Julgamento e Juizo (Onde está o sangue?)

Julgamento e Juizo (Onde está o sangue?) Julgamento e Juizo (Onde está o sangue?) Quando Israel estava no Egito e a eles fora enviado um libertador (Moisés), na etapa da última praga que atingiu o Egito, a morte dos primogênitos; foi necessário

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

2011 ano Profético das Portas Abertas

2011 ano Profético das Portas Abertas 2011 ano Profético das Portas Abertas Porta Aberta da Oportunidade I Samuel 17:26 - Davi falou com alguns outros que estavam ali, para confirmar se era verdade o que diziam. "O que ganhará o homem que

Leia mais

LETRAS CD "AQUI VOU EU" GABRIEL DUARTE

LETRAS CD AQUI VOU EU GABRIEL DUARTE CELEBRAREI TUA GLÓRIA - Gabriel Duarte Sairei ao teu encontro Pra o teu nome exaltar E em meio a tua glória Erguer as mãos E te adorar e te adorar Celebrarei tua glória, celebrarei. Celebro com dança,

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural).

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural). O Poder das Palavras LEITURA: Marcos 11:12-14 12. E, no dia seguinte, quando saíram de Betânia, teve fome. 13. Vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e chegando

Leia mais

... VEM O FIM, O FIM VEM SOBRE OS QUATRO CANTOS DA TERRA. (Ezequiel 7: 2)

... VEM O FIM, O FIM VEM SOBRE OS QUATRO CANTOS DA TERRA. (Ezequiel 7: 2) ASSIM DIZ O SENHOR... ... VEM O FIM, O FIM VEM SOBRE OS QUATRO CANTOS DA TERRA. (Ezequiel 7: 2)... OS CÉUS PASSARÃO COM GRANDE ESTRONDO, E OS ELEMENTOS ABRASADOS SE DESFARÃO, E A TERRA E AS OBRAS QUE NELA

Leia mais

A Praga do Poço do Abismo

A Praga do Poço do Abismo A Praga do Poço do Abismo Apocalipse 9:1-21 O quinto anjo tocou a trombeta, e vi uma estrela caída do céu na terra. E foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Ela abriu o poço do abismo, e subiu fumaça

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

00.035.096/0001-23 242 - - - SP

00.035.096/0001-23 242 - - - SP PAGINA 1 O CARÁTER CRISTÃO 7. O CRISTÃO DEVE TER UMA FÉ OPERANTE (Hebreus 11.1-3) Um leitor menos avisado, ao ler o texto pode chegar à conclusão de que a fé cria coisas pelas quais esperamos. A fé não

Leia mais

Pão e vinho: páscoa com sabor divino! O sabor da obediência.

Pão e vinho: páscoa com sabor divino! O sabor da obediência. Introdução: muitos diálogos na Bíblia nos chamam a atenção. Principalmente, os que envolvem Jesus. Eles invariavelmente, nos ensinam lições, fazem exortações, nos alertam contra perigos, e até nos permitem

Leia mais

O PROFETA ELISEU Lição 64. 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo.

O PROFETA ELISEU Lição 64. 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo. O PROFETA ELISEU Lição 64 1 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 2, 4, 5 (Base bíblica para a

Leia mais

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural Tesouro em vaso de barro Quando o natural é visitado pelo sobrenatural O paradoxo humano Dignidade x Depravação Virtude x pecado Beleza x feiura Consagração Enchendo o vaso com o tesouro - parte 1 Jz.

Leia mais

Recomendação Inicial

Recomendação Inicial Recomendação Inicial Este estudo tem a ver com a primeira família da Terra, e que lições nós podemos tirar disto. Todos nós temos uma relação familiar, e todos pertencemos a uma família. E isto é o ponto

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 04 RESSURREIÇÃO DE DORCAS / CORNÉLIO E PEDRO Nome: Professor: Sala

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 04 RESSURREIÇÃO DE DORCAS / CORNÉLIO E PEDRO Nome: Professor: Sala MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 04 RESSURREIÇÃO DE DORCAS / CORNÉLIO E PEDRO Nome: Professor: Sala VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos a Bíblia na Nova Versão Internacional

Leia mais

O rei Davi e o seu palácio

O rei Davi e o seu palácio O rei Davi e o seu palácio 2 Sm 11:1-5 Estes versículos registram um terrível e assustador período na vida do rei Davi que poderia ter sido evitado, se o mesmo não escolhesse desprezar suas responsabilidades

Leia mais

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Então aqueles que temeram ao Senhor falaram frequentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para

Leia mais

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito 9.9 Jesus Cristo é homem perfeito Aula 48 Assim como é importante verificarmos na Palavra de Deus e crermos que Jesus Cristo é Deus, também é importante verificarmos e crermos na humanidade de Jesus após

Leia mais

Quanto é que eu levo nisso? Diego Fernandes

Quanto é que eu levo nisso? Diego Fernandes Quanto é que eu levo nisso? Diego Fernandes 1 Timóteo 6:10 pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor!

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor! TUDO POR AMOR A dor, o espinho vil, as lágrimas, o seu sofrer, o meu Senhor na cruz está. Não posso suportar! O que o fez se entregar, pagar o preço lá na cruz? Como um cordeiro foi morrer pra vir me resgatar!

Leia mais

UM FORTE HOMEM DE DEUS

UM FORTE HOMEM DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

O QUE E A IGREJA ESQUECEU

O QUE E A IGREJA ESQUECEU 51. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52. E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe

Leia mais

28 Ele se indignou e não queria entrar; saindo, porém, o pai, procurava conciliá-lo. 29 Mas ele respondeu a seu pai: Há tantos anos que te sirvo sem

28 Ele se indignou e não queria entrar; saindo, porém, o pai, procurava conciliá-lo. 29 Mas ele respondeu a seu pai: Há tantos anos que te sirvo sem QUAL NOSSO VALOR PARA DEUS? (Lc.15:11-32) 11 Continuou: Certo homem tinha dois filhos; 12 o mais moço deles disse ao pai: Pai, dáme a parte dos bens que me cabe. E ele lhes repartiu os haveres. 13 Passados

Leia mais

RAABE E A TRAVESSIA DO RIO JORDÃO

RAABE E A TRAVESSIA DO RIO JORDÃO Momento com Deus Crianças de 09 a 11 anos NOME: DATA: 06/04//2014 RAABE E A TRAVESSIA DO RIO JORDÃO Versículos para Decorar: 1- Vocês que temem ao Senhor, confiem no Senhor! Ele é o seu socorro e o seu

Leia mais

A Bíblia realmente afirma que Jesus

A Bíblia realmente afirma que Jesus 1 de 7 29/06/2015 11:32 esbocandoideias.com A Bíblia realmente afirma que Jesus Cristo é Deus? Presbítero André Sanchez Postado por em: #VocêPergunta Muitas pessoas se confundem a respeito de quem é Jesus

Leia mais

LIÇÃO 2 Esteja Preparado

LIÇÃO 2 Esteja Preparado LIÇÃO 2 Esteja Preparado Lembra-se do dia em que começou a aprender a ler? Foi muito difícil, não foi? No princípio não sabemos nada sobre leitura. Depois ensinaramlhe a ler as primeiras letras do alfabeto.

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

POR AMOR AOS ESCOLHIDOS. William Soto Santiago Domingo, 12 de Junho de 2016 Venezuela. Solicite Literaturas Gratuitamente:

POR AMOR AOS ESCOLHIDOS. William Soto Santiago Domingo, 12 de Junho de 2016 Venezuela. Solicite Literaturas Gratuitamente: 20 POR AMOR AOS ESCOLHIDOS Solicite Literaturas Gratuitamente: William Soto Santiago Domingo, 12 de Junho de 2016 Venezuela CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO cder@mgconecta.com.br centroder@hotmail.com

Leia mais