UMA TEOLOGIA BÍBLICA DE PRIMEIRO E SEGUNDO SAMUEL G. PATRICK HUBBARD II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA TEOLOGIA BÍBLICA DE PRIMEIRO E SEGUNDO SAMUEL G. PATRICK HUBBARD II"

Transcrição

1 UMA TEOLOGIA BÍBLICA DE PRIMEIRO E SEGUNDO SAMUEL DE G. PATRICK HUBBARD II

2 Índice Introdução 1 Reinado em Primeiro e Segundo Samuel 1 Batalha Cósmica em Primeiro e Segundo Samuel 6 Mudança da Sorte em Primeiro e Segundo Samuel 7 Conclusão 8 Bibliografia 10

3 INTRODUÇÃO O Livro de Juízes registra a natureza cíclica, porém em uma espiral descendente, do relacionamento de Israel com Yahweh. Ao final do livro, Israel se revela sendo uma nação em desordem, sem a liderança divina, onde todos fazem o que é correto aos seus próprios olhos (Juízes 21:25). Primeiro e Segundo Samuel pegam uma parte da história e registram o estabelecimento do reinado de Israel como o desenvolvimento histórico da aliança de Deus com Abraão e, assim, o avanço de Seu plano original para a raça humana como portadora da imagem. REINADO EM PRIMEIRO E SEGUNDO SAMUEL A teologia dos livros de Samuel concentra-se no importante tema da monarquia. O texto central para este tema é, naturalmente, o curso da Aliança davídica (II Samuel 7:12-17). Antes de se aprofundar na aliança de Deus com Seu servo Davi, será útil, primeiramente, desenvolver um pano de fundo para a monarquia. Isso pode ser feito ao olharmos resumidamente quatro importantes textos. É necessário assim fazer a fim de demonstrar que a introdução da monarquia em Israel é o desenvolvimento histórico da Aliança Abraâmica e, assim, a continuação do plano original de Deus para a humanidade, conforme é visto em Gênesis 1: A primeira passagem a ser revista é Gênesis 17:6-16. Nesta passagem, Deus ratifica Sua promessa anterior a Abraão (Gn 12:1-3), a quem Ele escolheu para executar esse trabalho no mundo. Em continuidade a Seu plano para a humanidade (Gn 1:26-28), Deus tornará Abraão frutífero e o multiplicará de tal forma que ele será o pai de muitas nações. No verso 6, Deus revela que, ao fazer de Abraão o pai de muitas nações, reis descenderiam dele. Isso indica, de maneira clara, que a Aliança Abrâmica está diretamente ligada à monarquia em Israel. 1 A segunda passagem a ser revista é Gênesis 49:8-12. No capítulo 49, Jacó, que está à beira da morte, abençoa seus filhos e os versículos de 8 a 12 focam a benção que ele dá a seu filho Judá. Nesta parte, Jacó descreve a posição de destaque à qual a tribo de Judá será levada. Será uma tribo poderosa que derrotará os seus inimigos e, assim, será louvada e reverenciada (vs. 8-9). Além do mais, o versículo 10 parece sugerir que Judá servirá como um guerreiro poderoso, bem como um fortíssimo rei que governa sobre a nação. 2 A ideia de uma monarquia em Israel é expandida aqui, já que a proeminência de Judá é prevista por Jacó. O terceiro texto que lida com o reinado em Israel está em Números 24:7, O profeta Balaão foi contratado por Balaque para amaldiçoar Israel, mas, em obediência ao Senhor, não o faz. Antes, ele abençoa Israel por diversas vezes. Em Números 24:7, ele

4 declara que o rei emergirá de Jacó e seu reino será exaltado. Dado o contexto histórico desta passagem, o cumprimento inicial deve ser entendido como o estabelecimento da monarquia em Israel. 3 A quarta e última passagem para se desenvolver o pano de fundo para o reinado em Samuel é Deuteronômio 17: Esta passagem é muito importante porque aqui Moisés dá as qualificações para qualquer rei que venha a governar Israel. No versículo 15, Moisés deixa claro que as pessoas podem colocar um rei como seu líder, contanto que seja o Senhor quem o escolha. Esta afirmação, considerada junto com as qualificações detalhadas nos versículos que seguem, deixa claro que a monarquia é, de fato, parte do futuro de Israel. Na verdade, essas quatro passagens revelam que Yahweh está guiando a história com o reinado em mente. 4 Com este entendimento do pano de fundo do reinado e de Juízes 21:25 em mente, voltamos nossa atenção para I Samuel. Nos capítulos iniciais, torna-se claro que a imoralidade que predomina em Juízes chega até o sacerdócio e o santo lugar. 5 Eli, o sacerdote, é juiz sobre Israel. Ele é um homem velho, cujos filhos não conhecem ao Senhor (I Samuel 2:12). Assim como todos os outros, eles fazem o que é certo aos seus próprios olhos em vez de obedecerem ao Senhor. Eles tratam as ofertas ao Senhor com desprezo (I Samuel 2:17) e dormem com as mulheres que servem no tabernáculo (I Samuel 2:22). Como consequência da indisposição de Eli em tratar do pecado de seus filhos, Yahweh rejeita a ele e sua casa como sacerdotes (I Samuel 2:30-32) e promete remover de lá tanto Eli como também seus filhos (I Samuel 2:33-34, 3:13). O Senhor levanta Samuel para ser um sacerdote fiel (I Samuel 2:35), e profeta (I Samuel 3:19-20). Por fidelidade à palavra de Yahweh, os filhos de Eli são mortos na guerra e ao ouvir essa notícia, Eli morre tendo julgado Israel por quarenta anos (I Samuel 4:17-18). Com a morte de Eli, Samuel julga Israel (I Samuel 7). Entretanto, nem mesmo Samuel consegue quebrar a espiral descendente vista em Juízes. Um velho Samuel faz de seus filhos juízes sobre Israel (I Samuel 8:1). Embora tenha sido um juiz fiel, seus filhos são homens maus que aceitam subornos e pervertem a justiça (I Samuel 8:1-3). Assim, o tempo dos juízes chega ao fim com a exigência do povo por um rei (I Samuel 8:4-5). Está claro, a partir da narrativa histórica, que os juízes não foram capazes de trazer obediência duradoura a Yahweh. Isso culmina com a exigência do povo por um rei. Yahweh deixa claro que o desejo popular por um rei, semelhante ao de outras nações, é uma rejeição a Seu governo e, como consequência, ao papel de servos (I Samuel 8:5-7). 6 À luz dessa clara rebelião, o status da Aliança Abraâmica está com problema. As pessoas a quem Deus resgatou do Egito para que pudessem cumprir a aliança com Abraão e, assim, o mandato da criação ao servir como um reino de sacerdotes (Êxodo

5 19:4-6), rejeitaram o governo de Deus e o papel que tinham no mundo. Em vez de servirem ao Senhor como reis sacerdotes, eles agora exigem um rei, assim como as nações, para fazer isso por eles (I Samuel 8:19-20). Aqui há um paradoxo. Como foi mostrado acima, o plano para o povo de Deus sempre incluiu a monarquia. Contudo, Yahweh considera o pedido por um rei como uma rebelião. Parece que, em vez de ser o desenvolvimento da Aliança Abrâmica, o pedido do povo por um rei pode ser a ruína dela. O Senhor esperava dar ao povo um rei cujo coração fosse transformado pela lei que mediaria Seu reinado na terra. Israel rejeita esta visão de monarquia e exige um rei como as nações; um rei de estatura elevada. 7 Em Sua misericórdia, Yahweh concorda em dar à nação um rei. 8 Samuel unge Saul como rei e Yahweh dá a ele um novo coração (1 Samuel 10:1, 9). Yahweh deixa claro novamente que o povo rejeitara seu governo (I Samuel 10:19) e, por sorteio, Saul é escolhido rei (I Samuel 10:20-24). O Senhor capacita Saul a resgatar o povo de Jabes - Gileade e com essa vitória militar, Samuel e o povo fazem sacrifícios para renovar o reino (I Samuel 11). Embora os motivos do povo não tenham sido puros, ao exigir um rei, Samuel diz ao povo que se este, junto com seu rei, obedecesse Yahweh, então tudo correria bem (I Samuel 12:12-14). Entretanto, se o povo se rebelasse contra o Senhor, então Ele seria contra o povo e seu rei (I Samuel 12:15). As bênçãos e maldições de Deuteronômio 27 e 28 ainda estão em vigor. 9 Aí permanece a esperança para o povo da aliança de Deus se ele temesse ao Senhor e O obedecesse (I Samuel 12:20-24). Quase que imediatamente, a Aliança Abrâmica está mais uma vez a perigo, já que Saul mostra-se infiel a Yahweh. À beira da batalha com os filisteus, Saul, com medo de que o povo o abandonasse, passa de seus limites e desobedece Samuel ao fazer sacrifícios para o Senhor (I Samuel 13:8-12). Sua desobediência ao profeta de Deus é um sinônimo de desobediência a Deus. 10 Isso ilustra o relacionamento entre os profetas de Deus e os reis. Em questões religiosas, até mesmo o rei tinha de obedecer os profetas. Como consequência da desobediência de Saul, seu reino é interrompido e Deus levanta um homem segundo seu próprio coração (1 Samuel 13:13-14). Saul falhou, mas Yahweh é fiel à aliança que fizera com Abraão. Um rei deve agora vir de Abraão e Judá, mas será o rei que Deus escolher para o Seu povo; um rei cujo coração tenha sido transformado pela lei de Deus. O destino de Saul é selado quando, novamente, ele desobedece ao Senhor ao poupar Agague, rei dos amalequitas, e reter o melhor dos despojos. (I Samuel 15:1-15). Yahweh deseja um rei que obedeça e assim, o reino é tirado de Saul e dado a um homem melhor que ele (I Samuel 15:28). O povo teve de escolher seu rei e o escolheu como as nações; um rei de grande estatura que governaria como os reis pagãos que rodeavam Israel. 11 Agora, Yahweh é quem iria

6 escolher Seu rei, mas Sua escolha não seria baseada na aparência física: Ele olharia para o coração (I Samuel 16:7). O Senhor escolhe Davi, o mais jovem e menor dos filhos de Jessé, para ser rei. Ele é ungido por Samuel e o Espírito do Senhor se apodera dele desse momento em diante (I Samuel 16:13). Selando o destino de Saul, o Espírito de Deus o deixa e é substituído por um espírito maligno que o atormenta (I Samuel 16:14). Em seu tormento, busca alívio e Davi acaba por servi-lo. Toda vez que o espírito maligno vem sobre Saul, Davi toca a harpa, o espírito parte e Saul sente alívio (I Samuel 16:21-23). Embora Saul ainda sente no trono, Davi é que é o rei ungido e como tal, ele é o vice-regente que exerce domínio sobre o espírito maligno. 12 Davi, posteriormente, demonstra seu domínio como rei de Yahweh ao matar o gigante Golias, que atormenta o povo de Deus (uma passagem que será olhada de mais perto na seção sobre batalha cósmica). O restante de I Samuel detalha a transição de poder do rei do povo para o rei de Yahweh. Davi se recusa a atacar o ungido do Senhor (I Samuel 24:10) preferindo esperar que Yahweh o entregue, revelando, assim, a natureza de seu coração. Saul continua em sua desobediência e em suas tentativas inúteis de preservar seu reino ao tentar matar Davi, resultando, no final, em sua própria morte (I Samuel 28:16-19). Seu reinado foi de completo fracasso e Israel não obteve prosperidade maior do que na época dos juízes. Embora o primeiro rei de Israel falhasse clamorosamente, colocando em risco a aliança com Abraão, há esperança no início de II Samuel. Davi, o rei do Senhor, da tribo de Judá, é ungido rei sobre a casa de Judá (II Samuel 2:7). Em II Samuel 5, os dois reinos são unidos sob o governo de Davi e finalmente o filho de Jessé é rei sobre todo o Israel. Os filisteus procuram destruir Davi, mas Yahweh os entrega nas mãos do novo rei (II Samuel 5:20-25). Em II Samuel 6, Davi traz a arca de Deus para Jerusalém, sua recém estabelecida capital. A arca era o estrado para o trono de Yahweh (I Cr 28:2; Sl 99:5; 132:7). Como vice-regente de Yahweh, Davi exerce o papel adâmico de rei-sacerdote ao trazer a arca para Jerusalém. 13 A cidade se torna o centro da adoração em Israel e o lugar onde Deus habitará na presença de Seu povo. Davi, estando em sua casa de cedro e tendo recebido descanso de todos os seus inimigos em redor, deseja construir uma casa para a arca de Deus (II Samuel 7:1-2). Em resposta, Yahweh faz uma aliança com Davi. A Aliança Davídica (II Samuel 7:12-17) se torna a passagem mais significativa do Antigo Testamento no que diz respeito à monarquia. O Senhor faria grande o nome de Davi (II Samuel 7:9) assim como havia prometido a Abraão (Gênesis 12:2). Embora Yahweh não venha a permitir que Davi Lhe construa uma casa, o Senhor é que

7 construirá uma casa para Davi (II Samuel 7:11). A casa que Yahweh dará a Davi trata-se de uma dinastia real. 14 Em sua relação de aliança, Yahweh adota Davi e os futuros reis como filhos e, portanto, promete que Seu amor jamais sairá deles, como foi com Saul; contudo, Ele disciplinará os reis davídicos por causa da iniquidade (II Samuel 7:14-15). Como consequência, o reino davídico é estabelecido para sempre (II Samuel 7:17). A aliança com Davi se torna a chave para a redenção nacional de Israel, bem como do mundo, e, portanto, é um desenvolvimento posterior da Aliança Abraâmica. 15 Davi e seus descendentes se tornam o meio para o qual o Senhor cumprirá as promessas da aliança com Abraão. Se eles obedecerem ao Senhor, a nação e o mundo serão abençoados, mas se desobedecerem, a nação será castigada. Os reis davídicos também servirão como vice-regentes mediadores do Seu reino sobre a terra. Neste aspecto, a Aliança Davídica é, de fato, o desenvolvimento histórico da aliança de Deus com Abraão e, como tal, é o avanço do plano original de Yahweh para a humanidade para servir como Seus vice-regentes. Depois que a Aliança Davídica é estabelecida, Davi continua seu domínio e a estender seu controle sobre a terra que foi prometida a Abraão (II Samuel 8, 10). Ele cumpre com o que Saul jamais pôde cumprir, pois ele é o rei de Yahweh. Dois exemplos específicos demonstram a diferença entre Davi e Saul. O primeiro é a resposta de Davi a Natã quando confrontado com seu pecado com Bate-Seba. Diferentemente de Saul, que nega seu pecado para com Samuel, Davi responde em arrependimento e reconhece seu pecado perante Yahweh (II Samuel 11:13). Ele é verdadeiramente um homem segundo o coração de Deus. Assim como Yahweh prometera na aliança, Ele castiga seu filho Davi por causa de seu pecado (II Samuel 11:10-12). Muito do restante de II Samuel é o desenvolvimento histórico deste castigo. No clímax da estória, Davi foge de Jerusalém e, Absalão, seu filho rebelde, fica prestes a assumir o trono (II Samuel 16:15-17:29). No final, Davi torna-se livre de todos os seus inimigos e o trono fica a salvo (II Samuel 19:14-21:22). Yahweh é fiel a Sua palavra e preserva Davi como Seu rei. O segundo exemplo que ilustra a diferença entre Davi e Saul é encontrado no capítulo final de II Samuel. O Senhor, desejando julgar Israel, incita Davi a realizar um censo e este ordena Joabe a executá-lo (II Samuel 24:1-4). Mal as pessoas são contadas, Davi percebe o que fizera. Mais uma vez, diferente de Saul, ele clama pelo perdão de Yahweh (II Samuel 24:10). Davi se comportara como os reis das nações e colocara a confiança em seu poderio militar e não na força do Senhor. 16 Uma vez mais, Yahweh castiga Seu filho Davi. A Davi são dadas três opções de punição e ele escolhe os três dias de peste, já que

8 deseja cair nas mãos de Yahweh e não dos homens (II Samuel 24:14). Davi entende a bondade de Yahweh. 17 No entanto, quando o julgamento chega e Davi vê o povo sofrendo por causa de seu pecado, ele clama a Yahweh para focar o julgamento sobre si e sua casa (II Samuel 24:17). Em resposta, Yahweh ordena que Davi construa um altar e faça uma oferta (II Samuel 24:18). Davi se recusa a aceitar a oferta de Arauna em dar-lhe terra para o altar e insiste que não fará ofertas ao Senhor que não lhe custem nada (II Samuel 24:24). Esta atitude é extremamente importante porque aquele se tornará o local do futuro templo. A súplica de Davi para que o julgamento caia sobre si mesmo em vez de cair sobre o povo, juntamente com a compra do local do templo, demonstra seu coração por Yahweh e por Israel. Ele é o rei-pastor que está disposto a morrer por suas ovelhas (II Samuel 24:17). 18 A obediência de Davi em construir o altar resulta em bênção para a nação, assim como sua desobediência trouxe juízo. Quando II Samuel termina, há um retrato misto de Davi. Ele é o homem segundo o coração de Deus que ilustra o tipo de monarquia que Yahweh deseja. Mesmo em sua pecaminosidade, ele demonstra humildade e uma dependência de Yahweh, que permanece fiel à aliança e resgata Davi e a nação. Contudo, Davi não construirá a casa para Yahweh, que sugere que a esperança de Israel repousa em um futuro descendente: um rei maior. Quando o livro de Samuel chega ao final, a aliança com Abraão está segura porque o trono de Davi, o vice-regente de Deus, está seguro. Batalha Cósmica em Primeiro e Segundo Samuel A batalha cósmica também é um tema predominante nos livros de Samuel. Entretanto, o motivo da batalha é trabalhado dentro do contexto da monarquia. Davi, como rei de Yahweh, é o guerreiro ideal que derrota todos os inimigos de Deus. Por causa disso, ele começa a tornar real a esperança na descendência da mulher para esmagar a cabeça da serpente (Gênesis 3:15). 19 A batalha de Davi com Golias é um texto programático que servirá para ilustrar a relação entre batalha cósmica e monarquia em Samuel. Quase imediatamente depois que Davi é ungido rei de Yahweh, ele encara o gigante filisteu na guerra. Em uma irônica sucessão de acontecimentos, o rei que o povo escolheu para lutar por ele, com base unicamente na sua estatura (I Samuel 8:20) está com medo do gigante (I Samuel 17:11). Davi, por outro lado, mesmo sendo o mais jovem e menor de seus irmãos (I Samuel 16:11) está disposto a encarar Golias na batalha (I Samuel 17:32). (Isso é uma ilustração do tema da mudança de sorte em Samuel que será tratado com mais detalhes na próxima seção). Os filisteus continuam a zombar dos exércitos de Deus dia após dia. Contudo, está claro

9 que há mais coisas em jogo do que uma batalha entre homens. Golias representa Dagon, o deus dos Filisteus, e seu desafio aos exércitos de Israel representa o desafio de Dagon a Yahweh. 20 Esta batalha espiritual está em andamento e remonta a I Samuel 5, quando Dagon se prostrou perante a arca de Deus e perdeu sua cabeça (I Samuel 5:1-4). Já que esta batalha espiritual se desenrola na história da humanidade, Dagon, mais uma vez, é derrotado por Yahweh. Desta vez, o pequeno rei Davi,que vem representando o Deus de Israel consegue matar o gigante Golias que, semelhantemente, perde sua cabeça (I Samuel 17:45, 49). (Isto também é um exemplo do tema da mudança de sorte, encontrado em Samuel). A partir do discurso de Davi, fica claro que ele vê aquilo tudo como a batalha entre Yahweh e Dagon e, como vice-regente, ele está pelejando por Yahweh (I Samuel 17:46-47). Já aí, Davi está exercendo domínio e fazendo se cumprirem as promessas da aliança ao derrotar os inimigos de Yahweh. Este mesmo tema domina os livros de Samuel, já que Davi derrota os inimigos de Deus. A batalha com Golias serve para ilustrar a natureza da batalha no meio do povo de Deus. As batalhas sempre representam mais do que nações em guerra. Ao final, o conflito em Samuel e por toda a Escritura é o desenvolvimento de uma batalha cósmica entre o único Deus verdadeiro e os deuses das nações. 21 Davi compreendeu que a vitória não veio pelo poderio militar, mas pelo Senhor e as promessas da aliança seriam estabelecidas da mesma maneira. Mudança da Sorte em Primeiro e Segundo Samuel Um outro motivo teológico é a mudança - ou reviravolta - da sorte. O cântico de Ana em I Samuel 2 descreve isso em detalhes e se torna programático por muito do que se segue nos livros de Samuel. 22 O cântico em si é o resultado de uma grande reviravolta. No começo da narrativa, Ana é retratada como uma mulher fiel, mas o Senhor fechara seu ventre (I Samuel 1:2,5-6). O escritor deixa dolorosamente claro que Ana é estéril. Ana anseia por ter um filho e clama fervorosamente para que Yahweh a abençoe com um. Ela promete que se o Senhor abençoar com um filho homem, ela o dará para Yahweh a fim de que ele O sirva por toda a sua vida (I Samuel 1:10-11). Eli presta atenção em Ana devido à paixão com a qual ela ora e presume que ela esteja bêbada (I Samuel 1:12). Quando Ana explica sua situação, Eli a abençoa e diz que Deus lhe concederá sua petição (I Samuel 1:15-17). Yahweh, de fato, abençoa Ana e ela dá a luz a um menino (I Samuel 1:19-20), em uma grande reviravolta, o Senhor abre o ventre de uma mulher estéril. Esta sucessão de acontecimentos leva Ana a fazer a oração que dará o tom para o

10 desenvolvimento dos planos de Yahweh com o povo de Sua aliança. A oração dela revela que Yahweh é o grande reversor. Os fortes são quebrados e os fracos são tornados fortes (I Samuel 2:4). Os fartos ficarão famintos, mas os pobre serão saciados e a estéril se tornará sobremaneira fértil, enquanto a fértil se tornará estéril (I Samuel 2:5). O Senhor é quem empobrece e enriquece. Ele abaixa e exalta. É Yahweh quem levanta o pobre para fazê-lo assentar entre os príncipes (I Samuel 2:8). Todas essas grandes reviravoltas são vistas por todo o resto do livro. Samuel, embora sendo uma criança, é chamado por Deus para substituir Eli (I Samuel 3:10-14). O menino pastor se torna o rei de Yahweh e substitui o rei alto escolhido pelo povo (1 Samuel 15:28). Davi, o pequeno pastor, mata Golias, o guerreiro gigante, com uma pedra e uma funda (I Samuel 17:48-50). Através dessas reviravoltas, Yahweh revela como Seu reino funciona. Não é pelo poder ou pela força de Israel que as promessas da aliança a Abraão serão cumpridas. Se Israel simplesmente for fiel e obedecer, então Yahweh lutará por ele e todos os seus inimigos serão destruídos (I Samuel 2:9-10a). O final desta oração une estas reviravoltas ao tema da monarquia (I Samuel 2:10b). No futuro, Yahweh trabalhará por meio de um rei que servirá como vice-regente para mediar o reino de Yahweh na terra. Isso remonta às promessas feitas a Abraão (Gênesis 17:6) e as conecta de maneira coesa à Aliança Davídica (II Samuel 7:12-17). Também prevê uma nova ordem mundial onde Yahweh dá ao Messias o poder para governar o mundo. 23 Assim, a monarquia como o desenvolvimento da aliança de Deus com Israel resultará no cumprimento do plano original de Yahweh para a humanidade exercer domínio sobre a terra. Isso é seguido de humildade e fraqueza da parte de Israel porque seu Deus é o maior reversor. Conclusão A monarquia sempre foi o plano de Yahweh para a humanidade. Esse plano começou em Gênesis 1:26-28 quando Ele criou o homem a Sua imagem. Desse ponto em diante, era da vontade de Deus que a humanidade fosse os reis que mediariam Seu domínio sobre a Terra. Embora Adão e Eva caíssem no pecado, Yahweh não invalida Seu plano. Em vez disso, Ele começa a redimir a criação amaldiçoada pelo pecado e restaurar a humanidade ao Seu intento original. O Senhor fez isso através de relações de alianças, especialmente, Sua aliança com Abraão. Através de Abraão, Yahweh levantaria uma nação e, através dessa nação, um rei que abençoaria as nações. A Aliança Davídica é o desenvolvimento deste plano na história de Israel. Através desse relacionamento através de aliança com o Senhor, Davi

11 se torna o rei ideal que prefigura o Messias. Yahweh soberanamente guia Seu plano de redenção de Abraão a uma nação e de uma nação a um rei. Assim é a teologia dos livros de Samuel. Apesar da infidelidade de Israel, Yahweh permanece fiel. Quando a nação falha, Ele vira foca para o homem, o rei. Se ele servir fielmente o Senhor, então Yahweh abençoará. Embora o pecado de Davi, apesar de facilmente notado, sua humildade e seu amor para com Deus fazem dele o rei idealizado. Ele luta por Yahweh e derrota todos os Seus inimigos. Ele é o rei-pastor que está disposto a dar sua vida por suas ovelhas. Apesar dos livros de Samuel terminarem sem a vinda do reino escatológico, há esperança porque há um rei em Judá.

12 BIBLIOGRAFIA Alexander, T. Desmond. From Eden to the New Jerusalem: An Introduction to Biblical Theology [Do Éden à Nova Jerusalém: Uma Introdução à Teologia Bíblica]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Kregel Academic & Professional, Bateman IV, Herbert W., Darrell L. Bock, e Gordon H. Johnston. Jesus The Messiah: Tracing The Promises, Expectations, and Coming Of Israel s King [Jesus, o Messias: Traçando as Promessas, Expectativas e a Vinda do Rei de Israel]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Kregel Academic, Beale, G. K. A New Testament Biblical Theology: The Unfolding of the Old Testament in the New [Uma Teologia Bíblica do Novo Testamento: O Desdobramento do Antigo Testamento no Novo]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Academic, Boyd, Gregory A. God At War: The Bible & Spiritual Conflict [Deus em Guerra: O Conflito e Espiritual]. Downers Grove, Illinois, EUA: IVP Academic, Dempster, Stephen G. Dominion and Dynasty: A Theology of the Hebrew Bible [Domínio e Dinastia: Uma Teologia da Bíblia Hebraica]. Downers Grove, Illinois, EUA: InterVarsity Press, Elwell, Walter A. ed. Evangelical Dictionary of Theology [Dicionário Evangélico de Teologia]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Academic, Gæbelein, Frank E. ed. The Expositor s Bible Commentary [Comentário Bíblico do Expositor], vol. 3. Grand Rapids, Michigan, EUA: Zondervan, Hafemann, Scott J. e Paul R. House. Central Themes in Biblical Theology: Mapping unity in diversity [Temas Centrais da Teologia Bíblica: Mapeando a Unidade na Diversidade].

13 Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Academic, House, Paul R. Old Testament Theology [Teologia do Antigo Testamento]. Downers Grove, Illinois, EUA: IVP Academic, Longman III, Tremper, e Raymond B. Dillard. An Introduction to the Old Testament [Uma Introdução ao Antigo Testamento]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Zondervan, Merrill, Eugene H., Mark E. Rooker, e Michael A. Grisanti. The World and the Word: An Introduction to the Old Testament [O Mundo e a Palavra: Uma Introdução ao Antigo Testamento]. Nashville, Tennessee, EUA: B&H Academic, Satterthwaite, Philip E., Richard S. Hess, e Gordon J. Wenham. eds. The Lord s Anointed: Interpretation of Old Testament Messianic Texts [O Ungido do Senhor: Uma Interpretação dos Textos Messiânicos do Antigo Testamento]. Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Books, 1995.

14 1 House, Paul R., Old Testament Theology [Teologia do Antigo Testamento]. (Downers Grove, Illinois, EUA: IVP Academic, 1998), Bateman IV, Herbert W., Darrell L. Bock, Gordon H. Johnston. Jesus The Messiah: Tracing The Promises, Expectations, And Coming of Israel s King [Jesus, o Messias: Traçando as Promessas, Expectativas e a Vinda do Rei de Israel]. (Grand Rapids, Michigan, EUA: Kregel Academic, 2012), Ibid, House, Old Testament Theology, Dempster, Stephen G. Dominion e Dynasty: A Theology of the Hebrew Bible [Domínio e Dinastia: Uma Teologia da Bíblia Hebraica] (Downers Grove, Illinois, EUA: InterVarsity Press, 2003), Stephen G. Dempster em seu artigo The Servant of the Lord [O Servo do Senhor] in Scott J. Hafemann e Paul R. House, eds. Central Themes in Biblical Theology: Mapping Unity in Diversity [Temas Centrais da Teologia Bíblica: Mapeando a Unidade na Diversidade] (Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Academic, 2007), Dempster, Dominion and Dynasty, House, Old Testament Theology, Ibid, Ibid, Hafemann and House, Central Themes in Biblical Theology, Dempster, Dominion and Dynasty, Beale, G. K. A New Testament Biblical Theology: The Unfolding of the Old Testament in the New [Uma Teologia Bíblica do Novo Testamento: O Desdobramento do Antigo Testamento no Novo]. (Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Academic, 2011), Bateman IV, Jesus The Messiah, Dempster, Dominion and Dynasty, Ibid, Ibid, Hafemann and House, Central Themes in Biblical Theology, 151.

15 19 Dempster, Dominion and Dynasty, Ibid, Boyd, Gregory A. God at War: The Bible & Spiritual Conflict. (Downers Grove, Illionois, EUA: IVP Academic, 1997), Satterthwaite, Philip E., Richard S. Hess, Gordon J. Wenham. The Lord s Anointed: Interpretation of Old Testament Messianic Texts [O Ungido do Senhor: Uma Interpretação dos Textos Messiânicos do Antigo Testamento]. (Grand Rapids, Michigan, EUA: Baker Books, 1995), Dempster, Dominion and Dynasty, 136.

EBA IBCU Ago e Set 2012 Wagner Fonseca João Mengaldo

EBA IBCU Ago e Set 2012 Wagner Fonseca João Mengaldo EBA IBCU Ago e Set 2012 Wagner Fonseca João Mengaldo Reino e Queda 1Samuel 13 a 19 Reinado e Decadência de Saul Saul o Primeiro Rei 30 anos e Reina por 42 anos Vs 13.1 Primeira batalha de Jônatas contra

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 SUMÁRIO NARRATIVA TEXTOS PÁG Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 Gráfico: A Integração dos Livros do Velho Testamento em Ordem Cronológica Gráfico:

Leia mais

Aula 40. 8.8 Área do Governo

Aula 40. 8.8 Área do Governo 148 Aula 40 Estudamos todo o significado da lei e vimos dez razões porque a lei foi dada. Falamos que essa é uma época que fazem muita confusão no ensino, inclusive dentro das igrejas. Quando entendemos

Leia mais

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR LIVRO INFANTIL PARA COLORIR Este livro foi formulado de tal maneira que os pais podem interagir e ensinar seus filhos a Palavra de Deus. Colorindo uma página por dia, e preenchendo as frases que acompanham

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 Definição de Dispensação: período de tempo durante o qual a humanidade é moralmente responsável diante de Deus em

Leia mais

Grandes coisas fez o Senhor!

Grandes coisas fez o Senhor! Grandes coisas fez o Senhor! Sl 126:3 "Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres." Este Salmo é um cântico cheio de alegria que se refere ao retorno do povo judeu do cativeiro babilônico,

Leia mais

A VIDA DO REI SALOMÃO

A VIDA DO REI SALOMÃO Momento com Deus Crianças de 09 a 11 anos NOME: DATA: 17/08//2014 A VIDA DO REI SALOMÃO Versículos para Decorar: 1 - Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente,

Leia mais

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos.

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Esperança em um mundo mal Obadias 1-21 Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Introdução Obadias É o livro mais curto do Antigo Testamento. Quase nada se sabe sobre o autor.

Leia mais

A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS

A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS Gn 5 1 Esta é a lista dos descendentes de Adão. Quando criou os seres humanos, Deus os fez parecidos com ele. 2 Deus os criou homem e mulher, e os abençoou, e lhes deu o nome de

Leia mais

REIS BONS E REIS MAUS

REIS BONS E REIS MAUS Bíblia para crianças apresenta REIS BONS E REIS MAUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua

Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua Lição 3 A Glória de Deus Deixa o Templo: Visões da Corrupção de Jerusalém (Ezequiel 8:1-11:25) Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua viagem fantástica

Leia mais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais Preparado para a Associação de Igrejas Batistas Regulares do Rio Grande do Norte 6-9 de Janeiro de 2010, Acampamento Elim, RN Pr. Barry Alan Farlow Professor

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento

Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento PARA ENTENDER CORRETAMENTE A ESCATOLOGIA BÍBLICA, é preciso vê-la como um dos aspectos integrantes de toda a revelação bíblica. A escatologia

Leia mais

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento,

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento, OS LEVITAS Vamos ao um breve estudo sobre os levitas, que há muito tempo, nas igrejas evangélicas e até mesmo nos templos católicos, é um título dado aos instrumentistas e cantores. Biblicamente falando,

Leia mais

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Introdução ao Evangelho

Introdução ao Evangelho CENTRO ESPÍRITA ISMAEL DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE INTRODUÇÃO AO EVANGELHO AULA 6 OS POVOS HEBREU E JUDEU PRÓXIMA AULA Parábola da Rede Os Reis de Israel Samuel foi o último e maior de

Leia mais

SAUL, UM REI BONITO E TOLO

SAUL, UM REI BONITO E TOLO Bíblia para crianças apresenta SAUL, UM REI BONITO E TOLO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório. Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11.

Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório. Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11. Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11.11 Introdução Negar princípios parece ser uma coisa comum em nossos

Leia mais

Livros Históricos 2 SEFO 2013 Livros de 1 e 2 Crônicas- 2ª Aula

Livros Históricos 2 SEFO 2013 Livros de 1 e 2 Crônicas- 2ª Aula Livros Históricos 2 SEFO 2013 Livros de 1 e 2 Crônicas- 2ª Aula Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Conteúdo Programático Seção Título Slide 1. Introdução

Leia mais

Samuel. Nascimento de Samuel

Samuel. Nascimento de Samuel Samuel Nascimento de Samuel H ouve um homem de Ramataim Zofim da montanha de Efraim cujo nome era Elcana. Este tinha duas esposas uma era Ana e a outra Penina. Penina tinha filhos e Ana não tinha. Todo

Leia mais

Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava

Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava Lição 5 Uma História de Amor Incrível: Como Deus Tratou Jerusalém Infiel (Ezequiel 16:1-17:24) Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava preparando um castigo

Leia mais

LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13

LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13 LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13 Exercícios para prática e discussão 1. Em que período e contexto Jeremias desenvolveu seu ministério? 2. Por que é importante

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT CRONOLOGIA DO AT CRONOLOGIA DO AT 1. Da criação a Abraão (criação 2000

Leia mais

A VIDA DO REI SALOMÃO

A VIDA DO REI SALOMÃO Momento com Deus Crianças de 07 a 08 anos NOME: DATA: 17/08//2014 A VIDA DO REI SALOMÃO Versículos para Decorar: 1 - Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente,

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

ADORADOR X GUERREIRO

ADORADOR X GUERREIRO ADORADOR X GUERREIRO Texto Chave ISamuel 16:17-18 17 E Saul respondeu aos que o serviam: Encontrem alguém que toque bem e tragam- no até aqui. 18 Um dos oficiais respondeu: Conheço um filho de Jessé, de

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

DAVI, O REI (PARTE 1)

DAVI, O REI (PARTE 1) Bíblia para crianças apresenta DAVI, O REI (PARTE 1) Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Você foi criado para Dominar

Você foi criado para Dominar Você foi criado para Dominar Gênesis 1:26, 2:7 e 2:15 Gênesis, como todos nós sabemos, significa começo. Este livro começa relatando a obra da criação, e o capítulo 1 encerra com Deus criando o homem.

Leia mais

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler Linha do tempo A História é a grande mestra Aprendamos dela! Importa saber ler 1 Como ler a História Linha reta: tudo já está determinado. Não há participação, nem liberdade Círculo: tudo se repete. O

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b)

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b) Evangelho A palavra Evangelho significa: Boas Novas. Portando, não temos quatro evangelhos, mas quatro evangelistas que escreveram, cada um, conforme sua visão, as boas-novas de salvação, acerca do Senhor

Leia mais

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil.

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. SAMUEL, O PROFETA Lição 54 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. 2. Lição Bíblica: 1 Samuel 1 a 3 (Base bíblica para a história o professor) Versículo

Leia mais

Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros

Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros Lição 6 Deus Age por Amor do Nome Dele: Sua Justiça e Misericórdia (Ezequiel 18:1-20:44) Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros pela tática perversa de

Leia mais

O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61. 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós.

O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61. 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós. O REINO (ISRAEL) É DIVIDIDO Lição 61 1 1. Objetivos: Ensinar que enquanto estamos seguindo a Deus, Ele cuida de nós. 2. Lição Bíblica: 1 Reis 11 a 14 (Base bíblica para a história o professor) Versículo

Leia mais

Livros Históricos. Introdução

Livros Históricos. Introdução Livros Históricos Introdução Em nosso Cânon, os livros históricos são doze: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Cânon Judaico: Josué, Juízes, 1 e 2 Samuel,

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14

Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14 Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14 Ao examinarmos o contexto do cap. 5 de Apocalipse entendemos o titulo O Leão da Tribo de Judá, se refere ao ministério

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ http://cachorritosdelsenor.blogspot.com/ A páscoa Volume 29 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 11 Ola Filhotes, vocês sabem o que é páscoa e quando ela começou?

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins

A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins A TEOLOGIA DE GENESIS Márcio Martins O LIVRO DE GENESIS PODE SER CONSIDERADO COMO A BASE TEOLÓGICA DO NOVO TESTAMENTO. GENESIS DE CERTA FORMA ESTÁ MAIS PROXIMO DO NOVO TESTAMENTO DO QUE DO VELHO. VARIOS

Leia mais

Conceitos Básicos. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos

Conceitos Básicos. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos Oséias Salvação Conceitos Básicos Oséias, o profeta, era filho de Beeri. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos O nome Oséias era comum

Leia mais

Educação de Filhos de 0 a 5 anos. Edilson Soares Ribeiro Cláudia Emília Ribeiro 31/03/2013

Educação de Filhos de 0 a 5 anos. Edilson Soares Ribeiro Cláudia Emília Ribeiro 31/03/2013 Educação de Filhos de 0 a 5 anos Edilson Soares Ribeiro Cláudia Emília Ribeiro 31/03/2013 Bom dia! Aula 4 Nosso Objetivos Educando Filhos segundo a Vontade de Deus Desenvolvimento da criança Influências

Leia mais

Estudo 18 Misericórdia quero e não holocaustos. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 18 Misericórdia quero e não holocaustos. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 18 Misericórdia quero e não holocaustos Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que a misericórdia

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 4 Divisão Mais Usual PENTATEUCO HISTÓRICOS POÉTICOS Maiores PROFÉTICOS Menores Gn Ex Lv Nm Dt Js Jz Rt 1 Sm 2 Sm 1 Re 2 Re 1 Cr

Leia mais

Decida buscar o Senhor

Decida buscar o Senhor Decida buscar o Senhor Textos bíblicos: 2º Reis 22.8, 10-11; 23.1-3 e 24-25: 8. Então, disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei o Livro da Lei na Casa do Senhor. Hilquias entregou o livro

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Ef 6.12,13 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século,

Leia mais

LIBERTAÇÃO FINANCEIRA

LIBERTAÇÃO FINANCEIRA Textos: Nm 13:2; Pv 3:33; SI 109:17-18 LIBERTAÇÃO FINANCEIRA I - Satanás quer a igreja e os membros pobres a - Deus quer uma igreja próspera - membros próspero b - O que é prosperidade bíblica. c - Saia

Leia mais

O Princípio de Autoridade Espiritual

O Princípio de Autoridade Espiritual O Princípio de Autoridade Espiritual Só tem autoridade aquele que se submete as autoridades. A lei do universo é o auto-sacrifício Auto-sacrifício é o fundamento sobre o qual o universo foi construído

Leia mais

O rei Davi e o seu palácio

O rei Davi e o seu palácio O rei Davi e o seu palácio 2 Sm 11:1-5 Estes versículos registram um terrível e assustador período na vida do rei Davi que poderia ter sido evitado, se o mesmo não escolhesse desprezar suas responsabilidades

Leia mais

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1)

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) Ministério de Intercessão A Intercessão e a Batalha Espiritual Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) O que é Intercessão?

Leia mais

Autoridade Espiritual

Autoridade Espiritual Autoridade Espiritual Romanos 13:1-7 (Submissão à autoridade) 1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; por que não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas

Leia mais

APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA. Responda o questionário! Tema "Conhecendo a Bíblia."

APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA. Responda o questionário! Tema Conhecendo a Bíblia. APRENDENDO SOBRE A BIBLIA. TEOLOGIA PURA Responda o questionário! Tema "Conhecendo a Bíblia." Responda estas questões relacionadas à bíblia, e teste seus conhecimentos e quem acertar acima de 88% ganha

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

OS LIVROS SAMUEL E REIS

OS LIVROS SAMUEL E REIS Jörg Garbers OS LIVROS SAMUEL E REIS INTRODUÇÃO, TEOLOGIA E HISTÓRIA 1 INTRODUÇÃO 1.1 NOME Os livros Js até 2Rs têm na Bíblia hebraica o nome: "Os profetas anteriores. Por quais motivos os judeus deram

Leia mais

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c.

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Depois de Davi, veio Salomão. O Reino de Davi e Salomão

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 Reinos Vindouros LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 II. Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor sobre os Reinos Vindouros, 2:1-49 A. O sonho e o decreto de Nabucodonosor, 2:1-16 1. Nabucodonosor pede aos sábios

Leia mais

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias.

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias. Apesar dos surpreendentes e espantosos acontecimentos experimentados nestes dias, o maior de todos os sinais do fim dos tempos - e, contudo, o menos enfatizado - é o retorno do povo judeu à Terra Prometida

Leia mais

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural Tesouro em vaso de barro Quando o natural é visitado pelo sobrenatural O paradoxo humano Dignidade x Depravação Virtude x pecado Beleza x feiura Consagração Enchendo o vaso com o tesouro - parte 1 Jz.

Leia mais

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Israel Costa 1 MANTO QUE TRAZ DE VOLTA O QUE FOI PERDIDO. Orou Eliseu e disse: Jeová, abre os seus olhos, para que veja. Abriu Jeová os olhos do moço,

Leia mais

A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão

A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão A Vida do Rei Asa - Bisneto de Salomão 1 Reis 15:9-15 No ano vinte do reinado de Jeroboão em Israel, Asa se tornou rei de Judá 10 e governou quarenta e um anos em Jerusalém. A sua avó foi Maacá, filha

Leia mais

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO Artigos Digitais Os uritanos Os Cinco Pontos do Calvinismo no Período Mosaico 2012, Editora os Puritanos/Clire 1ª Edição em Português dezembro

Leia mais

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA TEXTO: 1 SAMUEL CAPITULO 3 HOJE NÃO É SOBRE SAMUEL QUE VAMOS CONHECER, SABEMOS QUE SAMUEL foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas. Ele foi comissionado para ungir asaul, o primeiro rei, e a David,

Leia mais

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da O Pentateuco A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da humanidade, do povo escolhido. As histórias

Leia mais

O CIÚME DE SAUL Lição 57

O CIÚME DE SAUL Lição 57 CIÚME DE SAUL Lição 57 1 1. bjetivos: Ensinar sobre os perigos de ciúmes. 2. Lição Bíblica: 1 Samuel 18 a 20 (Base bíblica para a história o professor) Versículo para decorar: 1 Samuel 18.14 Davi lograva

Leia mais

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido Nesta Lição Estudará... A Natureza da Profecia Bíblica A Importância das Profecias O Desenvolvimento da Profecia Messiânica O Ritual Profético As Profecias Sobre o Messias Humano e Divino Sacrifício e

Leia mais

segunda-feira, 20 de agosto de 12

segunda-feira, 20 de agosto de 12 o perigo: abordagens contemporâneas (remakes) Sempre e sempre, de novo, a figura de Jesus tem sido terrivelmente amputada a fim de adaptar-se ao gosto de cada geração. Durante toda a história da igreja

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado.

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. 1 Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. Neste sentido a Carta aos Hebreus é uma releitura da lei,

Leia mais

União de Israel e Igreja. Escrito por Mário Moreno Ter, 22 de Setembro de 2009 10:12

União de Israel e Igreja. Escrito por Mário Moreno Ter, 22 de Setembro de 2009 10:12 Quando falamos sobre a união de Israel e da Igreja devemos nos lembrar que este é um processo que já vem sendo anunciado através de toda a Bíblia até que finalmente se consuma no século primeiro de nossa

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

Revisão de DANIEL 1-9. Exemplos da fidelidade de Deus Exemplos da fidelidade de homens de Deus Demonstração da soberania de Deus sobre o mundo

Revisão de DANIEL 1-9. Exemplos da fidelidade de Deus Exemplos da fidelidade de homens de Deus Demonstração da soberania de Deus sobre o mundo Revisão de DANIEL 1-9 Exemplos da fidelidade de Deus Exemplos da fidelidade de homens de Deus Demonstração da soberania de Deus sobre o mundo Daniel 1-6 História Sonhos e visões proféticas Daniel 1 Terceiro

Leia mais

A Vida de Jacó. 1- Gálatas 6:7 Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.

A Vida de Jacó. 1- Gálatas 6:7 Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá. A Vida de Jacó 1- Gálatas 6:7 Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá. 2- Gênesis 25:19-26 Esta é a história de Isaac, filho de Abraão. Isaac tinha quarenta

Leia mais

GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS

GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS Jörg Garbers GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS ORIGEM CARACTERÍSTICAS CONCEITOS RELIGIOSOS 1 FARISEUS 1.1 O NOME O nome fariseu provavelmente significa, os que se separam, os separados. O nome já expressa

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO. Aula 1- Considerações Iniciais

PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO. Aula 1- Considerações Iniciais PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO Aula 1- Considerações Iniciais a) A importância de uma visão panorâmica Resumir grandes eventos da nossa vida é, por si só, um grande desafio. Esquecer detalhes importantes

Leia mais

SAUL, O PRIMEIRO REI DE ISRAEL Lição 55

SAUL, O PRIMEIRO REI DE ISRAEL Lição 55 SAUL, O PRIMEIRO REI DE ISRAEL Lição 55 1 1. Objetivos: Ensinar que nós podemos pedir conselho de Deus como Samuel fazia quando temos decisões para fazer. Ensinar que obediência agrada a Deus, mas Ele

Leia mais

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção.

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção. Ungidos Para Servir Apesar dos esforços teológicos, a história cristã avançou dois mil anos e não conseguiu, em sua trajetória, evitar a má interpretação sobre o chamado ministerial dos santos e sobre

Leia mais

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Então aqueles que temeram ao Senhor falaram frequentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

A MISSÃO DA PATERNIDADE

A MISSÃO DA PATERNIDADE 1 A MISSÃO DA PATERNIDADE Tx Mult 09/08/2015 INTRODUÇÃO 1. Uma pequena menina disse uma vez à mãe dela, Mamãe, se o Papai Noel traz nossos presentes, e Deus nos dá nosso pão diário, e o governo nos paga

Leia mais

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito 9.9 Jesus Cristo é homem perfeito Aula 48 Assim como é importante verificarmos na Palavra de Deus e crermos que Jesus Cristo é Deus, também é importante verificarmos e crermos na humanidade de Jesus após

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

As Escrituras n 02 - A Antiga Aliança Teologia Bíblica do Pentateuco

As Escrituras n 02 - A Antiga Aliança Teologia Bíblica do Pentateuco Recomendável a leitura do Guia do Professor da série As Escrituras - AT, que traz informações gerais sobre toda a série, disponível pela internet no link www.cbn.org.br/escriturasat/suplementogeral.pdf

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 3

Ajuntai tesouros no céu - 3 "Ajuntai tesouros no céu" - 3 Mt 6:19-21 Como já vimos nas mensagens anteriores, Jesus queria que os seus discípulos tivessem seus valores alinhados aos valores do seu Reino, ou seja, os discípulos de

Leia mais

ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas.

ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas. ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas. Em relação à volta do Senhor Jesus, a única unanimidade que há entre os teólogos é que ela acontecerá. Nos demais aspectos, são várias correntes defendidas. Cada

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

UM FORTE HOMEM DE DEUS

UM FORTE HOMEM DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline)

Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline) Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline) Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem.

Leia mais

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras C A P Í T U L O 3 8 Pérola de Grande Valor Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras escrito por profetas. Há cinco partes em Pérola de Grande Valor: o livro de Moisés, o livro de Abraão, Joseph

Leia mais

I. A decadência espiritual da sociedade - O Sal Se tor vers. 1-5

I. A decadência espiritual da sociedade - O Sal Se tor vers. 1-5 ESTUDO 09-6:1-13 A MANIFESTAÇÃO DA IRA E DA GRAÇA DE DEUS : Existem aspectos no Evangelho de Cristo que são extremamente duros, e ao mesmo tempo consoladores. Quando pensamos na seriedade do pecado diante

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais