PROFETAS & PROFETISMO: RESISTÊNCIA ESPIRITUAL E FORMAÇÃO INTEGRAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROFETAS & PROFETISMO: RESISTÊNCIA ESPIRITUAL E FORMAÇÃO INTEGRAL"

Transcrição

1

2 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA PROFETAS & PROFETISMO: RESISTÊNCIA ESPIRITUAL E FORMAÇÃO INTEGRAL ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA Pv 29.18: Onde não há profecia, o povo se desvia, mas como é feliz quem obedece a lei. Hb1.1-2: Tendo Deus outrora falado, aos pais, pelos profetas... Temática importante, pois, tem se tornado modismo (livros, sermões, filmes, ministérios...) infelizmente baseado numa compreensão equivocada da natureza da profecia bíblica (Osborne). A missão e a evangelização acontecem em determinado momento da história dum povo ou comunidade, e a situação de vida concreta das pessoas e da sociedade precisa ser levada em consideração na perspectiva da evangelização integral. A evangelização sempre contém, junto com anúncio a salvação, uma mensagem profética sempre atualizada, de confronto aos sinais de morte e do anti-reino presentes em determinada coletividade e cultura, junto com a chamada ao arrependimento e a uma nova vida. O Evangelho é anúncio de salvação, mas é também a resposta para os graves problemas políticos, econômicos e sociais, constituindo-se, portanto, em profecia. Em toda a história bíblica, o meio mais comum de Deus comunicar a direção para a conjuntura humana foi a profecia. A história da profecia é a história da comunicação de Deus com a humanidade. Todas as mensagens necessárias ao relacionamento adequado com Deus foram dadas por meio da profecia. Mas a quem se dirige essa comunicação? E sobre que temas versa? Será que a profecia trata apenas de questões verticais? Por meio dos profetas Deus dá direção e constitui valores a: Pessoas: tratando de direitos e deveres; Famílias: sem a qual a vida pessoal e social não se consubstancia; Sociedade: chamando a vida em comum, a justiça, igualdade, liberdade e fraternidade Relações Internacionais: paz e desenvolvimento sustentável entre as nações. Os profetas, portanto, fazem uma crítica social a partir dum profundo compromisso com o Deus da Aliança, o Deus preocupado com a Justiça (que cada um tenha o que lhe é devido), com os direitos de todas as pessoas, o Deus que se preocupa com os mais vulneráveis dentro da sociedade. Mas além de fazer a crítica à sociedade, anunciavam a salvação de Deus, (um novo mundo), chamavam à dedicação a Deus e produziram literatura (material que ampliou o seu ministério e fomentou esperança). Profetas, portanto, recebem e comunicam a revelação de Deus; são enviados de Deus para múltiplas tarefas, revelando uma perspectiva missional integral. 2 Faz-se necessário aprofundar a missão profética da igreja diante de cada nova conjuntura que se coloca.

3 EQUÍVOCO Maioria das pessoas concebe os profetas como aqueles que prenunciam ou preveem o futuro. Esse reducionismo é um entrave à compreensão e aplicação do profetismo hoje. A natureza da profecia: predição não é o principal elemento [27% apenas é futurista, sendo 2% messiânico; 5% referente à Nova Aliança e apenas 1% a eventos ainda vindouros para nós]; ou seja, tratavam, quando falavam do futuro, do futuro imediato ou iminente de Israel, Judá ou das nações circunvizinhas. Para ver profecias cumpridas é preciso olhar para trás (o que é importante elemento que atesta a veracidade do conjunto das suas palavras e discernimento). Equívoco reduzir à predição, ou continuar esperando pelo cumprimento de coisas que já ocorreram. Rejeitar a ênfase na profecia como algo alheio a história política, econômica e social do povo / nações. (Problema que se perde o modelo e referência dos profetas para ação da igreja hoje!). Função primária do profeta é falar de Deus para os seus contemporâneos e aprenderemos os princípios dessa ação, compreendendo os seus oráculos dentro desta dinâmica de modo a, sob direção do Senhor e da Sua Palavra, dar prosseguimento a este ministério hoje, no nosso contexto. Se os profetas forem lidos de modo não literalista (transporte descontextualizado das suas palavras para a atualidade), mas literalmente dentro do seu contexto histórico, abrir-se-á um novo panorama e horizonte para aplicar contextualmente a mensagem deles aos nossos dias; para fundamentar e enriquecer o necessário ministério profético da igreja hoje. PROFETISMO NO AT Profetas foram todos aqueles por meio dos quais a Revelação de Deus foi comunicada. NABI: Chamar, proclamar Deus chama por meio dos profetas, chama de volta e anuncia os juízos previstos na Lei pela transgressão à Aliança. A mensagem dos profetas não era deles, mas de Deus: Foi Deus quem os levantou; responderam a uma chamada divina e declaravam assim diz o Senhor a mensagem é retransmitida na diretamente, conforme recebida do Senhor. Os profetas não eram originais, nem foram inovadores, mas basicamente chamavam o povo de volta à Lei. São oficiais da Aliança, que vieram executar as advertências de juízo e promessas pré-estabelecidas na Lei Mosaica. Desde o estabelecimento da Aliança com o povo de Israel, nos dias de Moisés, passaram-se mais de 500 anos e agora havia chegado o tempo do acerto de contas. O PONTO DE CONTATO dos profetas com o povo era a Aliança, a Lei, o Culto e as instituições estabelecidas. PECADOS DENUNCIADOS: O profeta denuncia os pecados que são contra a Lei: dá nome e face aos pecados. (exemplos): Falta de pagamento de salários; Fraude; Juízes subornados; Recusa em cumprir o jubileu (liberação de escravos); Falta de humanidade com os pobres / ou com os que tomaram empréstimo; Chamar o mal de bem e vice-versa; ETC... m i MISSÃO na integra 3

4 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA O CONTEXTO GERAL: Instabilidade política (divisão política de Israel), ESCOLA LIVRE expansão DE TEOLOGIA imperial e militar das nações à volta, problemas econômicos e sociais sem precedentes; infidelidade religiosa (19 reis do Norte foram idólatras; 20 dos 23 do Sul idólatras) e desdém para com Deus (idolatria); migrações em massa, exílio, diáspora. TIPOS DE LINGUAGEM: Judicial (Processo jurídico): Is; há o demandante, promotor, acusações, provas, juiz, tribunal, sentença e o réu (Israel/Judá) Ai (Maldição): Hbcq, Mq e Sf: anúncio da aflição, razão desta, e a desgraça. (Jesus em Mt 23) Promessas: Salvação, mudança radical, esperança. Naquele dia... Am; Is; Os; Jr. Poesia: ritmo, estrutura, rima. Metáforas: Atos Simbólicos: Oséias, Isaías, Jeremias, Ezequiel, Zacarias (cerca de 30 episódios) CRÍTICA: castigo por causa das transgressões; sentença por causa da ruptura da Aliança por parte de Israel (descrita como adultério); o Dia de Javé (juízo, nova ordem); são como que mediadores da Aliança (executam as sanções previstas na Lei) querem levar o povo ao arrependimento e ao cumprimento da Aliança. Basicamente criticam a falta de confiança, fidelidade e obediência do povo. ESPERANÇA: Do toco cortado nascerá um novo broto; haverá demolição, mas depois, reconstrução; haverá exílio, mas depois regresso e reunião; a Aliança foi rompida, mas haverá uma Nova Aliança; a vinha será destruída, mas depois, replantada; o tabernáculo de Davi que estava caído será reerguido; houve pecado mas haverá perdão (por graça, não por obrigação divina, muito menos mérito humano); há juízo e castigo, mas há esperança de renovação e bênçãos hiperbólicas no futuro, tanto para dentro da história, como meta históricas. Utopia em tempos de crise, porém, com fundamento na ação divina. Acima de tudo, virá um Messias! COMUNICAÇÃO: Há variação na forma de comunicação, devido ao contexto, mas o conteúdo representa aquilo que fora declarado no Pentateuco. Interpretaram, atualizaram e aplicaram a Lei. Em geral sua mensagem não é aceita Visavam formar uma nova consciência em relação a Lei, a Aliança, ao reinado de Deus na história. Fundamentalmente percebem o afastamento do povo da Lei (adoração a Deus e amor ao próximo) De onde vem sua mensagem? Inspiração (derivada da comunhão com Deus), Escritura (Aliança: a linguagem foi forjada a partir da Lei) e discernimento da realidade. Também sonhos e visões. Relacionamento com o Senhor: íntimos, oração, prática de disciplinas espirituais, recebem revelação (Inspiração). 4

5 Escritura: Conhecem e referem-se à legislação Mosaica principalmente ao entendimento quanto a Aliança Discernimento: quais meios utilizavam para fazer a leitura da realidade... qual era a mediação sócio analítica? São profundamente enraizados na história de Israel: em geral confrontam os poderes estabelecidos (a realeza embora não sejam ante monarquistas -, os sacerdotes corruptos Is, Os e Ml confrontam claramente os sacerdotes -, chamam o povo ao arrependimento, discernem os encaminhamentos do plano divino que envolve as nações ao derredor). Em geral tem forte crítica contra a religião institucionalizada, o templo, o culto, os sacrifícios chamando para uma espiritualidade que nasce do coração e se traduz efetivamente em obras (Is 58) NOTA HERMENÊUTICA: Os profetas precisam ser compreendidos à luz de Jesus: antecipam crítica que Jesus proferiu sobre falsa religião dos judeus; a visão sobre os institutos religiosos de Israel como transitórios se consubstancia no NT; PRECURSORES AO MOVIMENTO PROFÉTICO (PROFETISMO) Pré-Monárquicos; Pré-Clássicos; Clássicos (escritores) Há centenas de profetas referidos no AT, mas 16 tem seus oráculos registrados em livros. Sabemos algo do que fizeram e pouco de suas palavras, embora tenham desempenhado um papel muito importante no desenvolvimento do plano de Deus e na formação espiritual dos israelitas. Abel e Enoque (Gn 4 c/ Lc ; Gn 4.26; Gn c/jd 14-16) Duas dinastias, duas civilizações: dinastia de Caim X dinastia de Sete Civilização da Violência X Civilização dos que invocam a deus (proclamam) Sete, Enoque, Noé... um movimento profético primevo... Segundo Hebreus, não foram as obras ou virtudes que estabeleceram relacionamento de Enoque com Deus, mas sim a sua fé! Pela fé andou com Deus... de quem recebeu sua mensagem e foi para dentro da história (confronto), tendo sua palavra autenticada. Conquanto outros tenham sido designados por profetas (Abraão, por exemplo), o protótipo de profeta no AT é MOISÉS (Ex 7.1-2): Moisés (Dt 18.15; 34.10) mediou a AA. Senso de vocação, fragilidade, discernimento da realidade (tentou promover a proteção aos israelitas), senso profundo de transcendência, agente de libertação política, constituiu o povo como nação, legislador (formação espiritual culto e sociocultural). É a referência fundamental para toda a profecia. Profetas do AT retomam a temática do Êxodo e da Aliança, referindo-se sempre ao afastamento do povo dos desígnios divinos! GRUPOS EXTÁTICOS: I Sm 10.5ss I Sm 19; (hozéh, videntes) Samuel (I Sm 3.20), Natã, Gade, e Hulda (mulher)... [Mirãm, Débora, entre os juízes, e a esposa de Isaías também são chamadas de profetizas] m i MISSÃO na integra 5

6 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA ELIAS E ELISEU: Movimento profético Chamados principalmente de homem de Deus ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA Dão início a tradição profética: (Moisés havia constituído um círculo de anciãos, que receberam o Espírito e profetizavam..., mas ele era singular Nm 12.6). Foram Elias e Eliseu que criaram a escola de profetas. É com eles que o termo discípulo aparece pela primeira vez na Bíblia Padrão seguido depois por Isaías; Jeremias (Baruc); Ezequiel que se cercava de anciãos; Daniel um círculo de companheiros espirituais; Animados pelo Espírito; recebem a Palavra de Deus; tem o dom da revelação (discernimento, conhecimento especial que não é obtido pelo entendimento humano); tem como perspectiva comum o plano de salvação que Deus realizará. ERUPÇÃO PROFÉTICA: Relacionada à Monarquia que descamba para a idolatria e negligencia definitivamente a justiça social (Conforme Jeremias e Ezequiel)... Foram perseguidos pelos reis (Acabe, Manassés e Joaquim): Jesus mencionou que Jerusalém havia matado os profetas... MOVIMENTO DE RESISTÊNCIA ESPIRITUAL & DISCIPULADO I Rs 19: º e 2º Reis relatam a história espiritual da monarquia de Israel. Não se trata meramente de história política, das obras reais e das batalhas militares. Esses atos de governo são relatados em outros textos. Na verdade, esses livros, escritos no início do cativeiro babilônico, procuram compreender e interpretar teologicamente o período da monarquia diante do escândalo da deportação do povo eleito. 1º e 2º Reis buscam identificar as causas religiosas para o juízo divino, isto é, o abandono da nação a Javé, o crescimento da idolatria e o desdém para com a lei (ex. Manassés). Depois da guerra civil entre Roboão e Jeroboão, acontece a divisão política de Israel em Reino do Norte (10 tribos, Israel) e Reino do Sul (2 tribos, Judá). Para manter a identidade política e fortalecer a economia, os reis do Norte (Israel) procuraram criar alternativas ao culto de Jerusalém. Dos 19 reis de Israel (Norte), desde de Jeroboão até Oséias em 722 ac, quando da destruição de Samaria e deportação da população pelos Assírios, todos os reis foram idólatras, abandonando a aliança e fazendo o que era mau diante do Senhor. No Reino do Sul (Judá), desde de Roboão até Zedequias em 586 ac, quando da destruição de Jerusalém e deportação da população pelos babilônicos (Nabucodonosor), houve 20 reis, dos quais apenas 4 foram leais à aliança (Asa, Josafá, Ezequias e Josias). Os demais se corromperam, praticando a idolatria ou tolerando-a. Vários se casaram com filhas dos reis idólatras do Reino do Norte. 6

7 Para sobreviver em meio às fortes pressões militares e econômicas dos impérios internacionais (Assíria e Babilônia) os reis fizeram alianças de casamento com outros reis (Sidom, Egito, etc.), procurando integrar-se internacionalmente, o que constituía transgressão à aliança e acabou introduzindo idolatria e paganismo. É em meio a esse contexto de globalização regional e secularização que cresce o movimento profético. 1º e 2º Reis narram os fatos que tem relação com o declínio espiritual de Israel e Judá, focando, especialmente no surgimento do movimento profético. (Há trechos longos sobre reis que não tiveram tanta importância política, mas que trabalharam pelo estabelecimento da idolatria [Acabe], enquanto outros reis que foram importantes politicamente recebem atenção apenas no que tange aos fatos espirituais; enquanto isso os profetas tem grande destaque num livro que conta a história de reis). O movimento profético foi levantado por Deus, no contexto da pressão internacional que uniformizava o paganismo e diante do declínio espiritual de Israel e Judá, para denunciar o abandono da adoração a Javé e da aliança, chamando o povo de volta a Deus. Os profetas realizavam sua denúncia e resistência espiritual não apenas pregando e confrontando reis, mas escrevendo e formando discípulos que conheciam a lei e ajustavam a própria vida à aliança. Então, é relacionado ao movimento de resistência espiritual dos profetas que pela primeira vez a Bíblia (Revista e Atualizada) vai utilizar o termo discípulo (1 Reis 20:35; 2 Reis 2:3, 5, 7, 15; 2 Reis 4:1; 2 Reis 4:38; 2 Reis 5:22; 2 Reis 6:1; 2 Reis 9:1). A formação de grupos de discípulos foi utilizada pelos profetas como forma de resistir espiritualmente a decadência religiosa do povo de Deus diante das pressões de uma cultura mundial contrária a Javé. Veja como Isaías, um século depois de Elias, atuou (Is 8:11-20): 11 Porque assim o SENHOR me disse, tendo forte a mão sobre mim, e me advertiu que não andasse pelo caminho deste povo, dizendo: 12 Não chameis conjuração a tudo quanto este povo chama conjuração; não temais o que ele teme, nem tomeis isso por temível. 13 Ao SENHOR dos Exércitos, a ele santificai; seja ele o vosso temor, seja ele o vosso espanto. 14 Ele vos será santuário; mas será pedra de tropeço e rocha de ofensa às duas casas de Israel, laço e armadilha aos moradores de Jerusalém. 15 Muitos dentre eles tropeçarão e cairão, serão quebrantados, enlaçados e presos. 16 Resguarda o testemunho, sela a lei no coração dos meus discípulos. 17 Esperarei no SENHOR, que esconde o seu rosto da casa de Jacó, e a ele aguardarei. 18 Eis-me aqui, e os filhos que o SENHOR me deu, para sinais e para maravilhas em Israel da parte do SENHOR dos Exércitos, que habita no monte Sião. 19 Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos, que chilreiam e murmuram, acaso, não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos? 20 À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva. Deus deseja que desenvolvamos um vigoroso movimento de resistência espiritual por meio do discipulado. PROFETAS CLÁSSICOS Sentem o peso do mandato que receberam: Jeremias (jovem); Ezequiel (peso); Isaías o próprio pecado. Parece que vários experimentaram um tipo de angústia profunda (ou depressão). ESTUDO DE CASO 1: ÓSEIAS Oséias profetiza até por volta da destruição do Reino de Norte (Israel). Os capítulos (1 a 3) formam uma unidade distinta: são narrativos, enquanto os restantes são discursivos (4 a 14). 1ª Ênfase: Deus foi traído na sua aliança com Israel (1 a 3) m i MISSÃO na integra 7

8 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA A vida conjugal do profeta funciona como símbolo para a relação entre o Senhor e Israel. A história da mulher infiel (1 a 3) funciona como prólogo de todo o restante (4 a 14). ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA O profeta, por meio da tristeza do seu casamento frustrado, passara a ver o significado profundo do pecado terrível de Israel contra Deus. Oséias tinha amado com um amor puro, terno e sensível, recebendo sua mulher com honra e esperando felicidade perene. Posteriormente foram confirmadas dolorosas evidências de adultério: parece que o primeiro filho é de Oséias, enquanto os outros dois não. Em seguida sua mulher o abandona e entrega-se a prostituição, acabando por ser vendida como escrava prostituta. Num último ato, Oséias vai resgatar sua mulher, comprando-a de volta, embora a nova união não pudesse ser concebida sem um processo de disciplina e purificação. A cada passo os símbolos são explicados. A esposa adúltera é Israel. Os filhos são o povo dessa nação. A tristeza e a paciência de Oséias, assim como a redenção, purificação e restauração de Gômer são prenúncio da tristeza e amor divino por seu povo, culminando com a promessa de triunfo final. Por meio da tragédia doméstica Oséias compreendeu o adultério e prostituição espiritual de Israel. Seu lar se transformou em santuário da graça Oséias é o profeta do amor ultrajado, mas perseverante, revelando a Deus cheio de amor longânimo e benigno, que jamais abandona e deixa ir. A relação de Deus com Israel foi 1. Inaugurada pela graça; 2. Ameaçado pela inconstância de Israel; 3. Chega ao fundo poço na Monarquia; 4. É rompido pela invasão e exílio; 5. É restaurado com a volta de Israel para Deus. 2ª Ênfase: Deus é Santo e o pecado de Israel Intolerável (4-7) Os 4:1 Ouvi a palavra do SENHOR, vós, filhos de Israel, porque o SENHOR tem uma contenda com os habitantes da terra, porque nela não há verdade, nem amor, nem conhecimento de Deus. O que só prevalece é perjurar, mentir, matar, furtar e adulterar, e há arrombamentos e homicídios sobre homicídios. A Doença (Enfermidade) A raiz do problema jaz na falta dum conhecimento adequado de Deus e, por isso, na ausência completa de amor a Deus e de verdade nas relações interpessoais. Por causa da falta de verdade, amor (hesed) e conhecimento de Deus, só prevalecem a transgressão aos mandamentos. Há, então, uma relação entre culto correto e ética e a ausência desse e a imoralidade. Os Sintomas A idolatria (4:12-13; 8: 5-6; 10:5; 13: 1-2; 14:8) 8 O 1º mandamento proíbe a adoração de outras divindades. Toda a vida religiosa e cultural de Israel deriva desse monoteísmo radical. Qualquer coisa que desfaça o relacionamento com Deus quebra esse mandamento. Qualquer ser, objeto ou valor que recebe ou demanda lealdade e preferência acima de Javé são deuses estranhos.

9 2º mandamento proíbe radicalmente fabricar imagens de Javé para cultuá-lo. Deus é totalmente transcendente (irrepresentável pela criatura). Nenhuma semelhança seria adequada e cada tipo de imagem provocaria novo tipo de falsa compreensão. Deus é infinito e o homem é limitado para representar a Deus. A redução de Deus a uma imagem, ou uma especulação filosófica ou a um sentimento humano ou qualquer outra coisa, já faz com que o deus adorado não seja Javé. Enfatiza a espiritualidade de Javé e que sua adoração deverá ser espiritual. Outros Sintomas da Doença Espiritual Perjúrio e Mentira, Homicídio, Furto, Adultério, Violência e Opressão, Injustiça Social. 3ª Ênfase: Deus é justo e Israel será castigado (8-10) A trombeta do juízo (8:1) As maldições (8:7; 9:1-3) O Cativeiro (8:8) Castigo (9:7; 10:10) A Morte (9:12, 16) Rejeição (9:17) Destruição terrível (10: 7-8, 14) 4ª Ênfase: Deus é amor e restaurará seu povo 11:1-4 Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei o meu filho. Quanto mais eu os chamava, tanto mais se iam da minha presença; sacrificavam a baalins e queimavam incenso às imagens de escultura. Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os nos meus braços, mas não atinaram que eu os curava. Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer. 11: 8-9 Como te deixaria, ó Efraim? Como te entregaria, ó Israel? Como te faria como a Admá? Como fazer-te um Zeboim? Meu coração está comovido dentro de mim, as minhas compaixões, à uma, se acendem. Não executarei o furor da minha ira; não tornarei para destruir a Efraim, porque eu sou Deus e não homem, o Santo no meio de ti; não voltarei em ira. 13: 9 A tua ruína, ó Israel, vem de ti, e só de mim, o teu socorro. 14:1-3 Volta, ó Israel, para o SENHOR, teu Deus, porque, pelos teus pecados, estás caído. Tende convosco palavras de arrependimento e convertei-vos ao SENHOR; dizei-lhe: Perdoa toda iniqüidade, aceita o que é bom e, em vez de novilhos, os sacrifícios dos nossos lábios. A Assíria já não nos salvará, não iremos montados em cavalos e não mais diremos à obra das nossas mãos: tu és o nosso Deus; por ti o órfão alcançará misericórdia. 14:4-8 Curarei a sua infidelidade, eu de mim mesmo os amarei, porque a minha ira se apartou deles. Serei para Israel como orvalho, ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o cedro do Líbano. Estender-se-ão os seus ramos, o seu esplendor será como o da oliveira, e sua fragrância, como a do Líbano. Os que se assentam de novo à sua sombra voltarão; serão vivificados como o cereal e florescerão como a vide; a sua fama será como a do vinho do Líbano. m i MISSÃO na integra 9

10 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA CONCLUSÃO: Como se dará a cura? ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA 14:4b Será iniciativa divina, por causa do seu amor leal (não das obras) 14:4a Será cura da infidelidade, da falta do amor leal 14:1,2 Passa por profundo arrependimento e conversão 12:4,5 Choro, expectativa da Graça, ajuste da vida e fé no socorro divino 10:12 Arar o coração na busca ao Senhor e semear justiça 6:6 Cultivar amor leal a Deus, buscando conhecê-lo 14:8 Deus ouvira e cuidará ESTUDO DE CASO 2: OBADIAS Um pequeno livro, mas uma grande mensagem. Identidade e Contexto: 1. Edomitas são os descentes de Esaú, irmão de Jacó. Portanto são primos dos Israelitas. (Gn 36.8,9) 2. Quando povo vinha fugindo do Egito, edomitas proibiram a passagem por seu território. (Nm ) 3. Quando a monarquia se consolidou, Davi subjugou os edomitas, militar e economicamente. 4. Quando começa a expansão babilônica, edomitas se submetem aos babilônios. 5. Quando babilônicos atacam Jerusalém, no ano 586 AC, os edomitas não somente se alegraram com a derrota dos israelitas, mas também ajudam o inimigo (entregando prisioneiros) e aproveitam a oportunidade para roubar e levar consigo os bens dos moradores de Jerusalém. (Sl ) 6. O profeta Obadias denunciou o pecado dos edomitas e anunciou que seriam castigados e derrotados, junto com os outros povos que eram inimigos do povo de Deus. 1. Deus se interessa por todas as nações da terra. Obadias escreve sobre Edom, assim como Jonas e Naum escreveram sobre a Assíria / Nínive, e Habacuque sobre os babilônicos. Obadias nunca foi a Edom. A mensagem é sobre edomitas, mas visa conscientizar o povo de Deus da perspectiva divina sobre o mundo. Salvação das nações no AT 2. Deus julgará todo pecado de todos os povos. V.15, 16: Porque o Dia do SENHOR está prestes a vir sobre todas as nações... Porque, como bebestes no meu santo monte, assim beberão, de contínuo, todas as nações; beberão, sorverão e serão como se nunca tivessem sido. 10

11 Obadias vai do juízo de Edom para o julgamento mundial. Julgamento de Edom preconiza julgamento universal. É o paradigma do julgamento mundial (Edom é o arquétipo). Dia do Senhor é o dia da intervenção do Senhor na história. Na escatologia do AT a história é dividida em duas etapas: a era presente e a era futura, divididas pelo dia do Senhor. O dia do Senhor é quando todas as coisas começam a ser colocadas em ordem. Deus não tolerará por muito tempo o descumprimento da sua vontade Profetas falam muito do juízo sobre as nações. Is 13.11: castigarei o mundo por causa da sua maldade e os perversos, por causa da sua iniquidade; farei cessar a arrogância dos atrevidos e abaterei a soberba dos violentos. Quais os pecados condenados aqui? Soberba: confiança exagerada em si mesmo; presunção; elevar-se em relação aos outros; altivez; arrogância. Confiavam na sua posição geográfica (4,5) Confiavam na sua riqueza (6) Confiavam nas suas alianças (7) Confiavam no seu conhecimento (ciência) (8) Confiavam na sua força militar (9) Se manifesta no olhar com prazer e alegria a destruição do próximo (12, 13). Edom representa o orgulho nacionalista, a auto-suficiência, e a confiança na ciência e poder humanos. Violência (10) Invadiram Jerusalém Saquearam Jerusalém Procuraram matar os que escapavam de Jerusalém (Procedimento desumano) Por causa da cobiça procuraram levar vantagem (oportunistas) Foram cruéis e sem compaixão: a falta de misericórdia sempre atrai o juízo. 3. Deus sustenta o funcionamento da ordem moral V.15:... como tu fizeste, assim se fará contigo; o teu malfeito tornará sobre a tua cabeça. Deus rege o mundo e fará a justiça prevalecer. Como Edom semeou injustiça: Traiu Judá (11) Será traído por aliados (7) Roubou Judá (13) Será roubado (5,6) Foi Violento (10) Sofrerá violência (9) Buscou destruir (12-14) Será destruído (10, 18) Entregou restantes (14) Terá terra possuída pelo remanescente (19) m i MISSÃO na integra 11

12 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA A justiça e reparação está na mão do Senhor: Mansos herdarão a terra (Mt 5.3) 4. O reino de Deus triunfará sobre a terra ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA V.21 Salvadores hão de subir ao monte Sião, para julgarem o monte de Esaú; e o reino será do SENHOR. Há um contraste, no livro todo, entre os dois montes, isto é, Sião e Esaú (Edom). Ambos os montes representam dois estilos de vida, duas filosofias, duas perspectivas de existência em relação a Deus. O significado mais profundo de Obadias consiste nesse sentido típico. Sião-Judá e Esaú-Edom são o tipo das duas civilizações básicas que existem na terra. Existe, desde o princípio do AT um interesse nos sucessivos pares que são apresentados: Abel e Caim, Abraão e Babel, Isaque e Ismael, Jacó e Esaú. Nessas duplas, Abel, Abraão, Isaque e Jacó representam o povo que teme ao Senhor. Por outro lado, Caim, Babel, Ismael e Esaú, são os representantes da civilização humana independente de Deus. Edom é um tipo de todas as nações que se fazem inimigas de Deus, mostrando antecipadamente os atos vindouros de Deus contra o presente sistema mundial. O que a grande babilônia é em Apocalipse (Ap 17 e 18), Edom é em Obadias. Babilônia representa aquela civilização, sistema político e econômico, anti Deus. Em Obadias essa função é desempenhada por Edom. O alvo final de Obadias é o estabelecimento do Reino do Senhor, acima, inclusive da restauração de Israel no passado. Obadias vê na restauração de Israel apenas um passo em direção ao propósito maior do Senhor que é estabelecer o seu Reino sobre toda a terra. Obadias anuncia o livramento, a santidade e a posse da herança como elementos desse futuro dominado pelo reino do Senhor (v ). Quando isso se tornar realidade o Reino do Senhor estará plenamente estabelecido. Veja que Jesus aparece dizendo que o tempo está cumprido e o reino já está ao alcance (Mc 1.14,15). A era do Reino já (presente, próximo) começou, a partir da encarnação de Jesus. O Reino está se instalando progressivamente como Obadias sugere. Agora ele é quase imperceptível, mas um dia será manifestado em glória (Cl 3:4). CONCLUSÃO Podemos ter esperança, pois Deus não abandonou seu povo. O Senhor vai prevalecer e fará o acerto de contas. O restante herdará as bênçãos. OS FALSOS PROFETAS: Diziam o que o povo queria ouvir: um bom exemplo é Jeremias (avisou que cativeiro teria longa duração, que deveriam preparar-se para habitar na terra distante...). Falam em seu próprio nome; falam sem terem sido enviados. Balaão... Em geral encaminham para a idolatria Dt 13 Agendam, inveridicamente, a volta de Cristo 12 PROFETISMO NO NT

13 Zacarias, Simeão, Ana... João Batista: A palavra de Deus Veio a João (3.2) Aplica a Lei em termos das exigências para vida cotidiana: João anunciava o Evangelho ao povo (3.18) O Messias Prometido Chegou Chama ao arrependimento Anuncia a era do Espírito (em continuidade aos profetas do AT) Jesus de Nazaré Jesus foi chamado de profeta (Mt 21.11; Lc 24.19) e identificado como profeta, ungido pelo Espírito, e sua mensagem teve continuidade com os profetas (Lc 4). Ele anuncia o cumprimento das promessas e das profecias, indica os sinais dos tempos (indícios de cumprimentos), retoma a crítica dos profetas, especialmente contra a religião, faz seus discípulos perceberem que fazem parte de uma linhagem (a dos profetas), vendo na rejeição à sua mensagem uma identificação com os profetas que o antecederam. Mas é mais que profeta... Ele é a expressão exata... a imagem visível... tudo que Deus quis dizer... Jesus revela e implanta o Reino no mundo, através de uma nação/povo e diz para os discípulos reproduzirem esse modelo em outras nações. Ele cumpre profecias, ele profetiza (confronta, chamando a conversão, exigindo mudanças e nova mentalidade: arrependimento), denuncia presença do mal na vida das pessoas e na cultura e sociedade do seu tempo (inclusive na religião) e faz anúncios futuros, tanto acerca de fatos históricos como da plenitude do Reino (Mc 13). A Igreja como continuadora da obra de Jesus A Igreja ungida com o Espírito, o que suscitaria um movimento prenhe de visões e sonhos... comunicando uma explosão de Graça e ação redentora de Deus no mundo... Pelo Espírito a Igreja comunica a Cristo para as nações/povos/culturas/: palavra de salvação e transformação. Atos relata como a igreja primeva confrontou a liderança política e religiosa de dos judeus em Jerusalém (At 3 e 4) e depois como confrontou os poderes religiosos (idolatrias) e políticos por onde quer que passasse. A proclamação do reino suscita resistência e mudanças por onde quer que passe (sinal de autenticidade), pois, faz tomar consciência do mal tanto no coração humano como no coração da cultura em foco. (Não quer dizer que a cultura toda seja má...) EXEMPLOS em Atos e nos primeiros séculos... Evangelização das pessoas e da coletividade (refutação do pecado estrutural), indo à raiz da civilização e da cultura humana. A própria igreja (hoje) se torna sinal profético quando, num contexto de narcisismo e individualismo exacerbado, chama à comunhão dos santos. m i MISSÃO na integra 13

14 ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA SE houver atenção ao Evangelho na sua integralidade o contexto será confrontado com as exigências do Reino de Deus. ESCOLA LIVRE DE TEOLOGIA Esperança e utopia: não se fundamenta em sonhos humanos, mas nas promessas de Deus isso sustenta o povo de Deus em momentos de profunda crise (e o ministério dos profetas tem uma dimensão de renovação de esperança, de modo nenhum alienado, mas consciente dos problemas). Não é otimismo ilusório frente ao desencanto Há ainda uma dimensão da profecia para dentro da igreja (edificação, exortação e consolação), mas tal profecia se no âmbito da comunidade, devendo ser avaliada (na presença de presbíteros), verificando-se a procedência de qualquer comunicação. APOCALIPSE O Apocalipse não é mera escatologia; na verdade é profecia que aponta para a missão da igreja no mundo. A leitura do Apocalipse divorciada do senso de missão vira especulação. Profecia combinada com elementos apocalípticos, num contexto de opressão política. O juízo vindouro sobre o mundo é um chamamento extremo ao arrependimento do mundo, que o recusa; antes se levanta e se opõe a tudo quanto tem o nome de Deus. Dirigido inicialmente a situação atual daqueles cristãos: perseguição e encorajamento; a relação da igreja e do estado; o testemunho; o sofrimento e o martírio; a soberania de Cristo; o julgamento sobre o mundo e satã. Ap 11 prevê a renovação dum forte ministério profético que antecede a vinda de Cristo, confrontando poderes, principados e potestades. Tanto nos dias de João, a profecia do Apocalipse, como eventualmente no futuro (As 2 testemunhas) como foi no passado desmascara as pretensões absolutistas do estado. Não parece referir-se a uma igreja retirada para o céu; mas sim de uma igreja militante, que por causa da sua ação suscita perseguição (Ap 12) e embate com poderes usurpadores (Ap 13). Apocalipse aponta não para o escape do mundo, mas para a descida do Céu para uma nova terra, com uma nova ordem onde predomina a Justiça! A volta de Cristo, além de encher o coração de esperança, parece que há tarefas que Cristo há de realizar (missão!). CONCLUSÃO Rm 15.4 declara o grande valor da profecia: * serve para nosso ensino; * serve para encorajar; * serve para dar bom ânimo; * serve manter a esperança. 14

15 Realização m i MISSÃO na integra

Conceitos Básicos. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos

Conceitos Básicos. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos Oséias Salvação Conceitos Básicos Oséias, o profeta, era filho de Beeri. Profetizou em Israel, durante o reinado de Jeroboão II (Século VIII a.c.), cumpre seu ministério por 30 anos O nome Oséias era comum

Leia mais

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos.

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Esperança em um mundo mal Obadias 1-21 Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Introdução Obadias É o livro mais curto do Antigo Testamento. Quase nada se sabe sobre o autor.

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

Livros Históricos. Recapitulação

Livros Históricos. Recapitulação Livros Históricos Recapitulação Em nosso Cânon, os livros históricos são doze: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Autoria: São anônimos Compiladores:

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento Jörg Garbers Ms. de Teologia 26.10.2013 08:00-09:30 Profetas e profetismo na história de Israel 09:50-11:50 A ressurreição

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3

ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 ESTUDO SOBRE A DISPENSAÇÃO DA LEI (1.718 Anos) Ex 3:1-10 Ex 12:37-38 Lc 16:16 Mt 3:1-3 Definição de Dispensação: período de tempo durante o qual a humanidade é moralmente responsável diante de Deus em

Leia mais

Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento

Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento Capítulo 1 A perspectiva escatológica do Antigo Testamento PARA ENTENDER CORRETAMENTE A ESCATOLOGIA BÍBLICA, é preciso vê-la como um dos aspectos integrantes de toda a revelação bíblica. A escatologia

Leia mais

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4. AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.1-42 INTRODUÇÃO A narrativa da Mulher Samaritana se desenvolve

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14

Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14 Tema: O Cordeiro e o Leão ESTUDO 2 Titulo: O Leão da Tribo de Judá Texto base: Ap 5:1-14 Ao examinarmos o contexto do cap. 5 de Apocalipse entendemos o titulo O Leão da Tribo de Judá, se refere ao ministério

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT CRONOLOGIA DO AT CRONOLOGIA DO AT 1. Da criação a Abraão (criação 2000

Leia mais

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler Linha do tempo A História é a grande mestra Aprendamos dela! Importa saber ler 1 Como ler a História Linha reta: tudo já está determinado. Não há participação, nem liberdade Círculo: tudo se repete. O

Leia mais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais

A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais A Aliança Abraâmica e as Suas Implicações Atuais Preparado para a Associação de Igrejas Batistas Regulares do Rio Grande do Norte 6-9 de Janeiro de 2010, Acampamento Elim, RN Pr. Barry Alan Farlow Professor

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros

Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros Lição 6 Deus Age por Amor do Nome Dele: Sua Justiça e Misericórdia (Ezequiel 18:1-20:44) Opovo da época de Ezequiel, como fazem muitas pessoas hoje, tentava justificar seus erros pela tática perversa de

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso Água do Espírito De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso EXISTE O DEUS PODEROSO QUE DESFAZ TODO LAÇO DO MAL QUEBRA A LANÇA E LIBERTA O CATIVO ELE MESMO ASSIM FARÁ JESUS RIO DE ÁGUAS LIMPAS QUE NASCE

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

Lição 6 para 7 de novembro de 2015

Lição 6 para 7 de novembro de 2015 Lição 6 para 7 de novembro de 2015 «Falei aos profetas, e multipliquei a visão; e pelo ministério dos profetas propus símiles» (Oséias 12:10) Na Bíblia encontramos muitos símbolos. Cenas ou objetos que

Leia mais

Livros Históricos. Introdução

Livros Históricos. Introdução Livros Históricos Introdução Em nosso Cânon, os livros históricos são doze: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Cânon Judaico: Josué, Juízes, 1 e 2 Samuel,

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que é importante

Leia mais

PODEMOS VENCER A BATALHA ESPIRITUAL

PODEMOS VENCER A BATALHA ESPIRITUAL 1 PODEMOS VENCER A BATALHA ESPIRITUAL Zc 1 18 Tive outra visão e vi quatro chifres de boi. 19 Perguntei ao anjo que falava comigo: Que querem dizer estes chifres? Ele respondeu: Eles representam as nações

Leia mais

A BÍBLIA. Leituras - 2 Tm 3.10-17; Sl 19, 119.105-112; Is 40.1-11

A BÍBLIA. Leituras - 2 Tm 3.10-17; Sl 19, 119.105-112; Is 40.1-11 A BÍBLIA Leituras - 2 Tm 3.10-17; Sl 19, 119.105-112; Is 40.1-11 DIVISÃO E CONTEÚDO A palavra "bíblia" vem do grego bíblia, plural de biblion, que traduzido quer dizer "grupo de "livros". Desta forma a

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

O Antigo Testamento Deus mostra-se no Antigo Testamento como Aquele que criou o mundo por amor e permanece fiel ao ser humano, mesmo que este, pelo

O Antigo Testamento Deus mostra-se no Antigo Testamento como Aquele que criou o mundo por amor e permanece fiel ao ser humano, mesmo que este, pelo A missão na Bíblia A Bíblia No Antigo Testamento, a Missão é o convite para que o povo se purifique da idolatria e da magia e caminhe junto de Deus. No Novo Testamento, a Missão é envio aos confins do

Leia mais

I. A decadência espiritual da sociedade - O Sal Se tor vers. 1-5

I. A decadência espiritual da sociedade - O Sal Se tor vers. 1-5 ESTUDO 09-6:1-13 A MANIFESTAÇÃO DA IRA E DA GRAÇA DE DEUS : Existem aspectos no Evangelho de Cristo que são extremamente duros, e ao mesmo tempo consoladores. Quando pensamos na seriedade do pecado diante

Leia mais

Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava

Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava Lição 5 Uma História de Amor Incrível: Como Deus Tratou Jerusalém Infiel (Ezequiel 16:1-17:24) Os primeiros capítulos do livro de Ezequiel apresentam os temas principais. Deus estava preparando um castigo

Leia mais

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA TEXTO: 1 SAMUEL CAPITULO 3 HOJE NÃO É SOBRE SAMUEL QUE VAMOS CONHECER, SABEMOS QUE SAMUEL foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas. Ele foi comissionado para ungir asaul, o primeiro rei, e a David,

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado.

Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. 1 Mosaicos #2 Um Novo e superior Testamento Hb 1:1-3 Introdução: Se desejamos compreender o hoje, muitas vezes precisaremos percorrer o passado. Neste sentido a Carta aos Hebreus é uma releitura da lei,

Leia mais

LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13

LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13 LIÇÃO 01 CHAMADO PARA SER PROFETA A vocação e a vida de Jeremias Jeremias 1, 13 Exercícios para prática e discussão 1. Em que período e contexto Jeremias desenvolveu seu ministério? 2. Por que é importante

Leia mais

Arquidiocese de Curitiba Curso de Teologia Introdução ao Antigo Testamento Prof. João Luis Fedel Gonçalves

Arquidiocese de Curitiba Curso de Teologia Introdução ao Antigo Testamento Prof. João Luis Fedel Gonçalves Arquidiocese de Curitiba Curso de Teologia Introdução ao Antigo Testamento Prof. João Luis Fedel Gonçalves 3 1 2 5 6 4 1. Fase das tradições quase só orais (1850-1030). Pode ter durado quase oito séculos.

Leia mais

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR LIVRO INFANTIL PARA COLORIR Este livro foi formulado de tal maneira que os pais podem interagir e ensinar seus filhos a Palavra de Deus. Colorindo uma página por dia, e preenchendo as frases que acompanham

Leia mais

LIÇÃO 1 A SUPERIORIDADE DE CRISTO Cristo é superior a tudo e a todos, portanto, reina sobre tudo e todos Hebreus 1.1-2.18; 5.1-10

LIÇÃO 1 A SUPERIORIDADE DE CRISTO Cristo é superior a tudo e a todos, portanto, reina sobre tudo e todos Hebreus 1.1-2.18; 5.1-10 LIÇÃO 1 A SUPERIORIDADE DE CRISTO Cristo é superior a tudo e a todos, portanto, reina sobre tudo e todos Hebreus 1.1-2.18; 5.1-10 1. Pesquise cinco passagens no Antigo Testamento que anunciem o Messias,

Leia mais

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção.

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção. Ungidos Para Servir Apesar dos esforços teológicos, a história cristã avançou dois mil anos e não conseguiu, em sua trajetória, evitar a má interpretação sobre o chamado ministerial dos santos e sobre

Leia mais

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c.

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Depois de Davi, veio Salomão. O Reino de Davi e Salomão

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 SUMÁRIO NARRATIVA TEXTOS PÁG Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 Gráfico: A Integração dos Livros do Velho Testamento em Ordem Cronológica Gráfico:

Leia mais

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural).

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural). O Poder das Palavras LEITURA: Marcos 11:12-14 12. E, no dia seguinte, quando saíram de Betânia, teve fome. 13. Vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e chegando

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 6 Divisão Mais Usual PENTATEUCO HISTÓRICOS POÉTICOS Maiores PROFÉTICOS Menores Gn Ex Lv Nm Dt Js Jz Rt 1 Sm 2 Sm 1 Re 2 Re 1 Cr

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido Nesta Lição Estudará... A Natureza da Profecia Bíblica A Importância das Profecias O Desenvolvimento da Profecia Messiânica O Ritual Profético As Profecias Sobre o Messias Humano e Divino Sacrifício e

Leia mais

Estudo 15 Adorar a Deus em todo tempo e lugar. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 15 Adorar a Deus em todo tempo e lugar. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 15 Adorar a Deus em todo tempo e lugar Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende a importância da adoração

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural Tesouro em vaso de barro Quando o natural é visitado pelo sobrenatural O paradoxo humano Dignidade x Depravação Virtude x pecado Beleza x feiura Consagração Enchendo o vaso com o tesouro - parte 1 Jz.

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

Distribuição Gratuita Venda Proibida

Distribuição Gratuita Venda Proibida O Atalaia de Israel Um Estudo do Livro de Ezequiel Dennis Allan 2009 www.estudosdabiblia.net Distribuição Gratuita Venda Proibida O Atalaia de Israel Um Estudo do Livro de Ezequiel Dennis Allan Introdução

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

LIÇÃO TRIMESTRE 2015 ISRAEL OS ÚLTIMOS5REIS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

LIÇÃO TRIMESTRE 2015 ISRAEL OS ÚLTIMOS5REIS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida OS ÚLTIMOS5REIS DE ISRAEL 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida OS ÚLTIMOS CINCO REIS DE ISRAEL INTRODUÇÃO Nunca tinha sido intenção de Deus dar um rei a Israel. Um após outro, esses

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6

Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Malaquias 4: 16-18; 4: 5 e 6 Então aqueles que temeram ao Senhor falaram frequentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para

Leia mais

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Ef 6.12,13 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século,

Leia mais

Você quer ser um Discípulo de Jesus?

Você quer ser um Discípulo de Jesus? Você quer ser um Discípulo de Jesus? A História do povo de Israel é a mesma história da humanidade hoje Ezequel 37:1-4 Eu senti a presença poderosa do Senhor, e o seu Espírito me levou e me pôs no meio

Leia mais

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor!

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! 16º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 19 de julho de 2015 Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! Leituras: Jeremias 23, 1-6; Salmo 22 (23), 1-3a.3b-4.5.6 (R/1.6a); Efésios 2, 13-18;

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

#101r. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar.

#101r. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar. #101r Na aula passada, iniciamos o estudo do cap13 de Apocalipse, onde, como falamos de certa forma descreve o personagem mais importante da

Leia mais

Considerações sobre o Evangelho de João

Considerações sobre o Evangelho de João 1 Considerações sobre o Evangelho de João. O Evangelho de João nasceu do anúncio vivo, da memória de homens e mulheres que guardavam e transmitiam os ensinamentos transmitidos por Jesus.. O chão = vida

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras C A P Í T U L O 3 8 Pérola de Grande Valor Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras escrito por profetas. Há cinco partes em Pérola de Grande Valor: o livro de Moisés, o livro de Abraão, Joseph

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

Aula 40. 8.8 Área do Governo

Aula 40. 8.8 Área do Governo 148 Aula 40 Estudamos todo o significado da lei e vimos dez razões porque a lei foi dada. Falamos que essa é uma época que fazem muita confusão no ensino, inclusive dentro das igrejas. Quando entendemos

Leia mais

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Conhecendo a Bíblia A BÍBLIA Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Divisão em capítulos: Stephen Langton, em 1227 e Cardeal Hugo de Sancto Caro, por volta de 1260. Divisão por versículos:

Leia mais

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright A MISSÃO DE DEUS Christopher Wright Christopher Wright faz duas contribuições importantes. Primeiro, ele demonstra que a Bíblia, do início até

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

cerj G uia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (42-43) Dia 29: Dia 30: Leitura de Romanos 9, 10 e 11 em diferentes versões.

cerj G uia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (42-43) Dia 29: Dia 30: Leitura de Romanos 9, 10 e 11 em diferentes versões. Pág. 1 Dia 29: Leitura de Romanos 9, 10 e 11 em diferentes versões. Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência: tenho grande tristeza e incessante

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP A! Uma grande biblioteca 66 livros Escritos por cerca de 40 homens Em um período de 1600 anos Livros agrupados

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

6ª Aula A Vontade de Deus

6ª Aula A Vontade de Deus 6ª Aula A Vontade de Deus Objetivo do curso: Ajudar cada cristão a orar mais! Ajudar cada cristão a entender que a oração é o meio pelo qual Deus é CONVIDADO a fazer parte de nossas vidas (não há outra

Leia mais

Mesmo com a queda de Jerusalém se aproximando, a nação de Israel continuou a se enganar,

Mesmo com a queda de Jerusalém se aproximando, a nação de Israel continuou a se enganar, Lição 4 E Sabereis que Não Foi sem Motivo Deus Promete Julgar o Povo de Israel (Ezequiel 12:1-15:8) Mesmo com a queda de Jerusalém se aproximando, a nação de Israel continuou a se enganar, negando o seu

Leia mais

O Discipulado e a Vida da Igreja

O Discipulado e a Vida da Igreja Série Estudo Bíblico Nº 06 O Discipulado e a Vida da Igreja Um Estudo Bíblico Sobre Adoração e Louvor Ademir Ifanger E s t u d o s B í b l i c o s P á g i n a 2 Índice Introdução... 03 1. Definindo Adoração

Leia mais

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS 2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS Sergio Bensur 1. RESUMO E OBJETIVO Resumo Os Evangelhos Sinóticos não apresentam uma visão unitária da missão. Embora tendo um pano de fundo comum cada um deles tem seu próprio

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

Portanto, sempre existiu aqueles que eram de Deus, e aqueles que não eram de Deus, ou seja, os santos, e os pecadores.

Portanto, sempre existiu aqueles que eram de Deus, e aqueles que não eram de Deus, ou seja, os santos, e os pecadores. Santidade ao Senhor Antigo Testamento Ex 28:36 "Também farás uma lâmina de ouro puro e nela gravarás à maneira de gravuras de selos: Santidade ao Senhor." Novo testamento 1 Pe 1:15 "mas, como é santo aquele

Leia mais

apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina" (Efésios 2:20).

apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina (Efésios 2:20). LIÃO 30 COMO FORTALECER O MINISTÉRIO TEXTO: Mateus 16.18 Introdução. Quando o Senhor Jesus Cristo veio à terra disse:" Edificarei a Minha igreja" (Mateus 16:18b). O apóstolo Paulo ensinou: "Edificados

Leia mais

Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua

Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua Lição 3 A Glória de Deus Deixa o Templo: Visões da Corrupção de Jerusalém (Ezequiel 8:1-11:25) Este trecho é mais um relato altamente simbólico e impressionante. Ezequiel descreve a sua viagem fantástica

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME Toda família tem um nome, este nome é o identificador de que família pertence esta pessoa, o qual nos aqui no Brasil chamamos de Sobrenome. Então este nome além de identificar

Leia mais