Correio. Novembro / Dezembro de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Correio. Novembro / Dezembro de 2008 268"

Transcrição

1 Correio ABOMG Novembro / Dezembro de Retrospectiva Diretoria da ABO-MG faz um balanço da última gestão Com a certeza do dever cumprido, a diretoria da ABO-MG se prepara para passar a direção da Associação Brasileira de Odontologia, Seção Minas Gerais, para novas mãos. No balanço fi nal, fi caram registradas grandes realizações, muitas conquistas e a valorização constante da classe. Nas páginas 3 a 5, uma retrospectiva dos principais eventos realizados na gestão 2006/2008. Comemorações do Dia do Cirurgião-Dentista omenagens e reencontros no jantar no Minas II - Página 7 Foto A ABO-MG deseja a todos, diretores, associados, funcionários e parceiros um Natal cheio de paz e um 2009 de grandes realizações f f f f f MG Saúde na Praça ABO-MG participa da ação promovida pela AMMG Veja na íntegra a monografi a contendo os resultados desta experiência no endereço eletrônico aspx?idn=57 Página 20 Artigo Científico Mobilização Social Para a Prevenção do Câncer Bucal Uma Experiência Comunitária Veja na íntegra a monografi a contendo os resultados desta experiência no endereço eletrônico aspx?idn=54 Páginas 10 e 11 Congresso Brasileiro de Periodontologia e VI Encontro de Periodontia - B vai sediar o maior evento da América Latina f T f Página 6

2 2 Opinião Editorial A Odontologia observada entre conquistas e avanços Marcas de uma gestão comprometida Mudanças estruturais e importantes contribuições caracterizaram a gestão da Associação Brasileira de Odontologia Seção Minas Gerais, que aproxima de seu término com a certeza de ter avançado na consolidação da Odontologia como ciência e profissão indispensável para o alcance da saúde e qualidade de vida dos indivíduos. Em um panorama de retração do mercado privado para a Odontologia, mas num ambiente de indiscutível expansão e valorização pública da saúde bucal, a Diretoria atuou estrategicamente no sentido de otimizar as potenciais oportunidades oferecidas por esse cenário reestruturando-se, concomitantemente, para o melhor enfrentamento das dificuldades impostas. Assim, alguns de seus projetos visaram a organização interna da Associação, outros beneficiaram diretamente os associados, enquanto os demais focalizaram de forma ampliada a inserção e o avanço da Odontologia na sociedade. Deparou-se com um tempo novo em que a hegemonia das fortes e tradicionais instituições odontológicas foi rompida e colocada a prova em razão do desorganizado crescimento da oferta de escolas, faculdades e cursos refletindo a invasão capitalista e mercadológica também na esfera da Odontologia. A Diretoria presidida pelo Dr. Márcio da Silva Araújo não se pontuou apenas em obras e ações de curto prazo. ouve também um grande investimento no futuro, valorizando-se os empreendimentos que serão finalizados nos próximos mandatos. No dizer de Ruben Alves, atitudes assim são como árvores plantadas por homens de coragem e vocação, cuja sombra será percebida e desfrutada por novas gerações. Isso decorreu do voto de confiança dos associados que por meio de assembléia geral aprovaram a aquisição do lote para a futura construção de uma sede mais digna de administrar e receber profissionais e pacientes envolvidos na atenção odontológica. A obtenção do reconhecimento junto ao Ministério da Educação para os cursos de pós-graduação oferecidos na ABO-MG será lembrada como um marco entre as atividades dessa Diretoria. Da mesma forma, foram potencialmente importantes as iniciativas intersetoriais e as parcerias com instituições como a Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, Ministério da Saúde, Instituto Nacional do Câncer, Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais, Sindicato dos Odontologistas de Minas Gerais, Associação Médica de Minas Gerais, UFMG, PUC-MG, UNINCOR, FEAD, Faculdade Newton Paiva entre outras, que propiciaram nossa maior aproximação das instâncias de formulação de políticas, de decisões e de ensino-aprendizagem na área da saúde geral e bucal. Nesse período de gestão, a Escola de Aperfeiçoamento Profissional da ABO-MG formou 14 turmas de especialização com um total de 184 alunos, 22 turmas e aperfeiçoamento com um total de 317 alunos, 90 turmas de atualização com um total de 3324 alunos, 8 cursos de Auxiliares em Consultório Odontológico (ACD) com um total de 242 alunos entre inúmeras palestras, aulas, jornadas, fóruns e seminários, inclusive o 10 o Congresso Internacional de Odontologia que contou com mais de 5 mil participantes. A celebração de convênios de cooperação com empresas de diversas naturezas possibilitou facilidades e acesso a produtos e serviços de qualidade e custos diferenciados para os associados acadêmicos, graduados e pós-graduados. Por sua vez, a implantação de instrumentos de padronização de prontuários e formulários odontológicos nas clínicas internas da ABO preparou a entidade para o cumprimento dos legítimos princípios legais e éticos para salvaguardar direitos dos usuários, profissionais e da própria entidade. O fundamental, entretanto, é que a gestão atuou com idealismo, ética e honestidade, evidenciando a contribuição objetiva do setor odontológico para o conjunto de direitos sociais constitucionalmente conquistados pelos cidadãos. Diretoria Associação Brasileira de Odontologia Seção Minas Gerais Rua Tenente Renato César, 106 Cidade Jardim - Belo orizonte/ MG CEP Telefone: (31) Fax: (31) CEPAC: (31) DIRETORIA ( ) Márcio Silva Araújo Presidente Carlos Augusto Jayme Machado Vice-presidente Licínia Maria de Souza Pires do Rio Secretária geral Célia Cristina Dal Moro 1ª secretária Beatriz de Souza Araújo Barros 2ª secretária Maria Aparecida de Oliveira 3ª secretária João Victor Faria Velloso 1º diretor financeiro Rodrigo Cassini Marques 2º diretor financeiro Osmir Luiz Oliveira Diretor da EAP CONSELO DELIBERATIVO Efetivos: Arnaldo de Almeida Garrocho; Marcílio Moreira Miranda; Mauro Ivan Salgado; Wilde Brasil Vieira; Ailton Amado; Édison Stecca e umberto Nazareth da Costa Júnior Suplentes: Eustachio Oliveira Costa e Mara Valadares Abreu CONSELO FISCAL Efetivos: Luciano Roberto Rocha, Maria Leoni Lopes Gomes e Telma Advínculo Osório Suplente: Maria do Rosário Oliveira CONSELO CONSULTIVO Aírton Costa, Darcy Rebello, Edgar Carvalho Silva, Joaquim Resende, Maria de Lourdes Carvalho de Cabrera, Osmir Luiz Oliveira, Oswaldo Costa Filho, Paulo César Teixeira de Carvalho, Pedro Luiz Diniz Vianna, Rubens Guzela Notas de falecimento A ABOMG manifesta pesar pelo falecimento, no dia 19 de setembro de 2008, do Professor Dr. João Bosco Oliveira Ribeiro da Silva. O professor lecionava na Unifenas, em Alfenas, tendo prestado relevantes serviços a classe odontológica da região. Entre outros eventos, teve participação de destaque como palestrista e mediador de debates no primeiro EMEO - Encontro Mineiro de Especialidades Odontológicas. Deixa saudades também o Dr. élio Queiroga que, aos 92 anos, faleceu, no último dia 25 de novembro, deixando três filhos, nove netos e quatro bisnetos. Entre suas importantes atuações, foi presidente do CROMG nas gestões e em 1973, além de conselheiro nas gestões de , e Redação, diagramação e edição: AP Comunicação Empresarial LTDA Tel: (31) Fax: (31) Jornalista resp.: Cida Martins - MG JP Publicidade: ABO-MG Impressão: Sempre Editora Tiragem: exemplares Distribuição gratuita

3 Retrospectiva / 2007/ 2008: período de conquistas, crescimento e planos para o futuro A cada ano a ABO-MG se fortalece e mantém sua vitalidade, na busca incansável por novos caminhos e oportunidades para os profissionais da Odontologia. O crescimento da entidade, a união dos interesses comuns em prol do desenvolvimento se consolidam a cada etapa vencida e na gestão não poderia ter sido diferente. O presidente Dr. Márcio Silva Araújo, juntamente com o Dr. Carlos Augusto Jayme Machado (vice-presidente), a Dra. Licínia Maria de Souza Pires do Rio (Secretária geral), a Dra. Célia Cristina Dal Moro (1ª secretária), a Dra. Beatriz de Souza Araújo Barros (2ª secretária), a Dra. Maria Aparecida de Oliveira (3ª secretária), o Dr. João Victor Faria Velloso (1º diretor financeiro), o Dr. Rodrigo Cassini Marques (2º diretor financeiro) e o Diretor da EAP, Dr. Osmir Luiz Oliveira podem se orgulhar de terem feito um grande trabalho nesse período. Foto: Divulgação ABOMG Muitas foram as atividades desenvolvidas pela atual diretoria em prol da ABO-MG. O caminho trilhado foi árduo, mas na reta final fica a certeza de que muitas metas foram cumpridas. A Responsabilidade Social e ações de prevenção foram as grandes marcas desse período. Segundo a Secretária Geral, Dra. Licínia Maria de Souza Pires do Rio, as parcerias da ABO-MG, com outras entidades, funcionaram muito bem dentro da gestão. A participação da ABO-MG no evento anual do Minas Tênis Clube, dentro do projeto Dia do Voluntariado, é um bom exemplo de uma atividade que deve ser lembrada. Realizado durante três anos na praça JK, sempre no mês de dezembro, o projeto contou com um número bem significativo de crianças e adultos que receberam orientações de promoção de saúde bucal, e kits para higienização. Por essas e outras atividades, a Secretária Geral avalia que o resultado dos trabalhos realizados foi compensador. Ser secretária Geral da ABO-MG nesses três anos, foi motivo de honra e alegria, Dr. Márcio e todos os outros colegas permitiram e apoiaram todas as minhas iniciativas dentro da área de Responsabilidade Social da ABO-MG. Tentei reproduzir como Secretária Geral minha maneira de ser e de relacionar com as pessoas ou pacientes. Procurei pautar meu trabalho na ética, na transparência, motivação e na tentativa de envolver todos os agentes responsáveis pelas mudanças, comunidade, pacientes, funcionários, associados e diretoria, revela emocionada. Como atividade que mais representou sua atuação na gestão , Dra. Licínia Maria cita a Ação de Câncer Bucal que ocorreu em abril durante o 10º CIOMIG. Foi um evento maravilhoso, com repercussão na mídia, pela inovação e abrangência. Ele ocorreu dentro do Mercado Central, um espaço democrático por excelência - relembra a Secretária Geral. É necessário destacar que a consagração do evento se deu pela força das parcerias estabelecidas e a presença das faculdades parceiras: Newton Paiva, PUC MINAS, UFMG, FEAD, com o apoio do INCA (Instituto Nacional do Câncer) do SOME (Sociedade Mineira de Estomatologia) da Secretaria Estadual de Saúde e de todos os funcionários e diretores do Mercado Central. A todos estes parceiros meus sinceros agradecimentos, e que continuem nos apoiando. Neste momento de término da minha função como Secretária Geral gostaria de agradecer aos colegas de diretoria aos queridos e competentes funcionários e aos colegas associados pela confiança, e dizer que mesmo com um tempo reduzido, devido ao meu trabalho profissional, busquei cumprir com as minhas atribuições. Agora quero convocá-los a participar juntos com esta nova diretoria que inicia um novo mandato, para que eles possam continuar e aumentar o trabalho na área de responsabilidade Social, pois, para mim, só teremos reconhecimento social quando estivermos modificando a qualidade e vida da comunidade na qual estamos inseridos, finaliza. De acordo com a 1ª Secretária da ABO-MG, Dra. Célia Dal Moro, a gestão também foi muito produtiva. Ela atribui este sucesso à coesão do grupo e a abertura para inovação. Neste período tivemos grandes ganhos, conquistamos novas amizades e foi gratificante perceber como cada colega, de forma altruísta, deu um pouco de si, em prol de sua entidade, revela a 1ª Secretária. Dra. Célia acredita que seria difícil nomear a principal ação realizada nesse período, já que todas foram de suma importância para o processo, mas destaca, em sua área específica, os esforços em manter os cadastros dos associados e as parcerias com a empresas consolidadas. Posso considerar como atividade realizada na minha gestão, de forma constante, a celebração e manutenção dos convênios da ABO-MG, bem como a atualização do cadastro dos associados para o recebimento do jornal Correio ABO, informa. Na diretoria financeira da entidade, a manutenção da austeridade financeira da instituição, através do incentivo e captação de novos associados, além da promoção de novas formas potenciais de receitas e, sempre que possível, com cortes de despesas desnecessárias, foram os principais focos. Dr. Rodrigo Cassini Marques, 2º diretor financeiro, que acompanhou bem de perto esses processos, avaliou de forma bastante positiva, o tempo em que participou da gestão. Foi muito proveitoso participar desta gestão e poder contribuir para o desenvolvimento da entidade e da classe odontológica. Sempre focamos no compromisso e no propósito de oferecer aos associados serviços, parcerias e cursos de qualidade e bem estruturados. Não faltaram desafios, que foram enfrentados com trabalho e dedicação, sempre pautados pela ética e transparência. O aprendizado e o crescimento pessoal também foram muito grandes, principalmente em função da convivência e da troca de experiências. Deixo aqui os meus agradecimentos a todos os associados, colegas de diretoria e funcionários da ABO- MG pelo carinho e contribuição durante todo este período e desejo muito sucesso e êxito à nova diretoria, conclui o Diretor Financeiro. Convém lembrar que a diretoria da ABO-MG exerce um trabalho sem remuneração em prol da comunidade odontológica procurando incentivar, cada vez mais, a adesão de novos associados e a disseminação de maior conhecimento técnico cientifico para a classe. Parabéns ao Dr. Márcio Silva Araújo que pensando estrategicamente se pautou em obras presentes e futuras, colhendo frutos viçosos em sua gestão e semeando em terra fértil para os mandatos futuros. O Dr. João Victor Velloso gostaria de agradecer ao Dr. Márcio Silva Araújo pela oportunidade de servir à comunidade odontológica em sua honrosa gestão. Neste ano e oito meses que estive à frente da Primeira Diretoria Financeira, pude: - auxiliar na organização do Primeiro Feirão da ABO-MG, em outubro de 2007; - participar como Diretor Comercial do X CIOMIG, que teve ótimo resultado financeiro para a entidade e mais de 3500 inscritos; - organizar e celebrar o contrato entre a ABO-MG e a SOBRA- PE, para a realização, em maio de 2009, do XXIII Congresso Internacional de Periodontologia, no otel OuroMinas; - celebrar o significativo contrato de parceria entre a ABO- MG e a ODONTOPREV.

4 4 Retrospectiva Principais Eventos 2006 Pré-meeting - Luiz Narciso Baratieri - Odontologia Estética: Caminhos da Excelência, abordando o uso de compósitos em dentes anteriores e posteriores. 28 de abril de 2006, otel Mercure, Belo orizonte Palestra com o médico legista Malthus Fonseca Galvão, do Instituto Médico Legal do Distrito Federal (IML-DF), no dia 13 de abril de 2006, na ABO-MG, Belo orizonte O VIII Meeting Internacional de Estética - 15, 16 e 17 de junho 2006, no Minascentro, em Belo orizonte III Fórum Estadual de Convênios e Credenciamentos - 14 a 16 de setembro de 2006, ABO-MG e CRO-MG, em Belo orizonte Apoio da ABO-MG - Movimento Quero Mais Brasil na Feira do Empreendedor, promovida pelo Sebrae - 12 a 15 de setembro de 2006, Expominas, Belo orizonte IV Simpósio Brasileiro de Disfunções Temporomandibulares e Dores Orofaciais 17 e 18 de novembro de 2006, San Diego otel, Belo orizonte V Encontro de Periodontia Professor Juarez Correa da Silveira 23 a 25 de novembro de 2006, otel San Diego Suítes, Belo orizonte 2007 Seminário Flúor: uma abordagem atual- 25 de maio de 2007 promovido pela ABO-MG, Auditório do Clube dos Oficiais da Polícia Militar, Belo orizonte 3º Congresso Internacional de Implantodontia - 7 a 9 de junho de 2007, Minascentro, Belo orizonte. 2ª Jornada Acadêmica - 22 e 29 de setembro de 2007, na sede da Associação, Belo orizonte Ciclo de Palestras em comemoração ao mês do dentista - 5 e 31 de outubro de 2007, Belo orizonte VIII Congresso Brasileiro de omeopatia em Odontologia 6 a 8 de setembro 2007, Belo orizonte Feirão de Produtos e Equipamentos Odontológicos e Comida di Buteco, 20 de Outubro de 2007, Unidade III, Belo orizonte º CIOMIG de 17 e 20 de abril de 2008 Minascentro e outros Ações Sociais: uma das marcas da gestão Comemorações no Dia da Mulher, cursos de atualização gratuitos para os associados, manifestações de solidariedade com crianças e idosos carentes. Essas foram algumas das diversas ações realizadas pela diretoria da ABO-MG no período de A gestão, com certeza mostrou a necessidade de ultrapassar os limites dos consultórios associando-se aos colegas de profissão para compartilhar ideais com foco na promoção integral a saúde geral e bucal. Em 7 de junho de 2006, por exemplo, a ABO-MG doou 1000 kits de higiene bucal aos alunos da Escola Municipal Sadi Alves Vieira, localizada no município de Esmeraldas, região metropolitana de Belo orizonte. Dentistas do município, orientaram as crianças a respeito da escovação correta e dos cuidados que devem ter com a higiene oral. Um exemplo de cidadania e amor ao próximo. O Dia do Dentista na ABOMG é sempre tempo de agradecer e ajudar ao próximo por meio de ações sociais. Em 2006 e 2007 crianças e adultos freqüentadores da Praça JK, na zona sul de Belo orizonte, tiveram uma grata surpresa: ganharam kits de higiene bucal, aprenderam a cuidar da higiene oral, assistiram a palestras, divertiram- se com pintura no rosto além de medir a pressão e a glicemia. A todos que participaram direta e indiretamente, a ABO-MG agradece a parceria e retribui a atenção. Obrigada especial a Via Cristina, Dental Capital, Promodental, Topbras Seguradora, Septodonte, Colgate, Discos, Invovlar, Moet Chandon, Mary Kay, Ponto das Brocas, FGM, Coterc, Laboratótio JS, Protécnica, Protecter e Gamble, Projeto Economia, Ângelus, Oral-B, Glaxo Smith Klime, Livros Técnicos Científicos, Kulzer, Moisés Lonas, Cabines Sanitárias, Talher de Prata, Luciana Ulhôa (Emive), Carlos Lucena e sua filha Fernanda (música), Telmo Rodrigues (baixo), Amorim (som), Luiz Flávio Pimenta Vieira. E aos funcionários da ABO-MG: Anderson Barbosa, Anderson Fonseca, Flávio, Israel, João, Michele, Romeu e Viviane. Em 2007, a ABO-MG participou ainda da Ação Social Solidariedade, realizada na Escola Estadual Pedro Franca, no bairro Olhos D água, em Belo orizonte. A atividade, que contou com infra-estrutura para atender 25 mil pessoas, foi realizada pela Associação de Promoção umana Divina Providência, em parceria com a ABO-MG e a Grande Loja Maçônica de Belo orizonte. Em 2008, em parceria com essas mesmas instituições e contando também com o apoio da PMMG, nova ação social foi realizada em Contagem, na Escola Estadual Nova Contagem. Também ocorreu em 2008 a participação da ABO-MG na ação social desenvolvida pela Associação Médica de Minas Gerais. Ações Culturais: valorização do profissional de modo descontraído e alegre Incentivar e valorizar as atividades culturais e de lazer como forma de desenvolvimento humano, ampliando conhecimentos e aumentando a qualidade de vida dos associados é uma das premissas da ABO-MG. Essa valorização da cultura resultou em encontros, jantares e festa junina. Os congraçamentos em comemoração ao Dia do Dentista têm destaque especial na instituição que sempre procura valorizar o profissional da Odontologia. Em 2007, houve a realização do 1º Comida de Buteco: um almoço cuidadosamente preparado pelo restaurante Via Cristina, sorteio de brindes e o Feirão de Produtos e Equipamentos Odontológicos. Já em 2008, o evento ganhou um toque de sofisticação e foi realizado no salão do Minas Tênis Clube II, com direito a reencontro da turma de formandos de Na sede da entidade, em 11 de julho 2007, a ABOMG realizou o Arraial da ABO-MG. Muita animação, descontração e comidas típicas deram o tom da confraternização. É a ABOMG pensando sempre na possibilidade de aproximar seus associados oferecendo momentos de descontração e proximidade entre os dentistas.

5 Retrospectiva 5 Conquistas para o aperfeiçoamento da classe Implantação do prontuário padrão nas escolas de aperfeiçoamento da EAP, credenciamento da ABO-MG para cursos de pósgraduação latu senso, largada para a construção da unidade III da associação e modernização do site da ABO-MG: grandes conquistas da gestão para os associados. Dentre todas essas vitórias, vale destacar o pioneirismo da seção Minas Gerais no credenciamento junto ao MEC. Ela foi a primeira seccional a conseguir o aval do Ministério da Educação para ministrar cursos de pós graduação lato-senso. O processo terminou em 10 de outubro de 2007 com a assinatura da portaria 968 pelo Ministro Fernando addad. Outra conquista é o andamento da construção da nova sede da ABOMG, situada na rua Mucuri, 231, no bairro Floresta. O lote, com área de metros quadrados, tem possibilidade de construção física de metros quadrados e foi adquirido pelo valor de R$ ,00, à vista. Em 2007, os cursos de especialização da EAP/ABO-MG que realizaram atendimento clínico também passaram a adotar um prontuário padrão para registro de procedimentos realizados no atendimento a cada paciente. O modelo adotado foi desenvolvido pelo Departamento de Odontologia Legal da instituição. Como parte de uma série de iniciativas para conquista do credenciamento junto ao Ministério de Educação, a ABO-MG também realizou pequenas reformas, em busca de melhorias da estrutura oferecida a seus usuários alunos, professores e pacientes. Essas reformas consistiram em modificações dos espaços para torná-los mais adequados às atividades, mais eficientes e agradáveis, mas não envolveram custos altos. A reformulação do site da instituição também está entre as reformas para melhor atender aos associados. Desde maio de 1999 o site da ABOMG vem passando por reformulações para atender melhor ao dentista associado e interessado nos acontecimentos da classe. No primeiro semestre de 2008, o site ganhou, além de mais informações, um formato arrojado, contemporâneo, descomplicado e organizado. Por meio do endereço eletrônico os internautas ficam atualizados quanto aos cursos, congressos, novidades da profissão em tempo real. Mas a grande novidade está no cadastro dos parceiros associados a ABOMG. Navegue no site e confira as novidades dos convênios. Outros destaques O Ipsemg estava em débito com vários CDs e esta questão também foi resolvida na gestão Em 3 maio de 2006 o ex-presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais Ipsemg, Mauro Lobo Júnior, anunciou a assinatura da autorização do pagamento de 1 milhão e 200 mil reais aos cerca e 800 dentistas credenciados pelo órgão, em todo o Estado. O treinamento especializado dos funcionários também fez parte do processo de melhorar o atendimento ao associado. A palestra Excelência na Prestação de Serviços e Atendimento, realizada em 1º de agosto de 2007, reafirma da preocupação da diretoria em capacitar os funcionários da instituição. Estas são algumas das ações que demosntram os esforços no sentido de melhorar não só o atendimento, mas todo o processo de valorização e suporte aos profissionais. Escola de Aperfeiçoamento Profissional - EAP Conquistas e crescimento marcaram fortemente as atividades da gestão na EAP. De acordo com o Presidente da EAP, Dr. Osmir Luiz Oliveira, houve muito trabalho e muita disposição o que, com a ajuda dos colegas que compõem o quadro dirigente e dos funcionários, deixam a certeza do dever cumprido. Confira as principais atividades da EAP nesta gestão: 14 turmas de especialização com um total de 184 alunos 22 turmas e aperfeiçoamento com um total de 317 alunos 90 turmas de atualização com um total de 3324 alunos 8 cursos de ACD com um total de 242 alunos 3 Jornadas acadêmicas com a participação de 248 acadêmicos e profissionais 1 Seminário sobre Flúor com a participação de 207 profissionais Diversas palestras com assuntos de interesse da classe. Ações a EAP no decorrer do Ano de 2008: 04 reuniões com a Secretaria de Saúde; 92 Reuniões administrativas para organização de eventos (10º CIOMIG, 9º Meeting de Estética, Encontro de Implantodontia e Congresso de Periodontia); 28 contatos com regionais, telefônicos ou pessoalmente, para atendimento de pedidos de cursos e outros assuntos; 02 atendimentos a pacientes das clínicas (reclamações); 45 atendimentos a colegas e alunos; 40 reuniões acadêmicas; 24 participações em bancas examinadoras de monografias; 19 reuniões com empresas e organizações; 10 reuniões da EAP/ABO-MG; 12 comparecimentos em eventos sociais; 09 reuniões preparatórias para eleições da ABOMG; 04 reuniões administrativas.

6 6 Em 2009, B vai sediar o maior evento de Periodontologia da América Latina No período de 30 de abril a 02 de maio de 2009, o otel Ouro Minas de Belo orizonte vai abrigar o XXIII Congresso Brasileiro de Periodontologia e VI Encontro de Periodontia - Prof. Juarez Corrêa da Silveira. No maior evento de periodontologia da América Latina serão debatidos temas atuais e relevantes da área, fundamentados em experiências clínicas e científicas. De acordo com o presidente do evento, Dr. Joaquim Rezende, pesquisadores e clínicos terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos através de pôsteres e temas livres. Participar deste evento é, antes de tudo, aprofundar nossos conhecimentos científicos e exercitar o papel fundamental do profissional da saúde, revela o presidente. Além de grandes nomes nacionais da especialidade, três das maiores autoridades mundiais da Periodontologia, estarão no evento o Dr. Panos Papapanou, dos Estados Unidos, que ministrará uma palestra sobre O despertar de um novo caminho da periodontologia ; Dr. Thomas Van Dyke, Ação ABO também dos Estados Unidos, que abordará a temática Terapia Periodontal não Cirúrgica ; e o holandês Dr. Anton Sculean, que falará sobre a Terapia Periodontal Cirúrgica. De acordo com o Dr. JoãoVictor Velloso, tesoureiro do evento, a principal diferença desse evento é união das duas entidades mais representativas da Odontologia, a SOBRAPE e a ABO-MG. Segundo ele, os dois eventos são ligados umbilicalmente. O Prof. Juarez Correa da Silveira foi um grande professor de Peridontia e um dos presidentes mais ativos da ABO-MG. Em sua homenagem todos os anos realiza-se um evento regional da Periodontia, com grande atração de público especializado, esclarece o Dr. Velloso. Todos os odontologistas podem e devem participar, sendo associados da ABOMG ou não. É um encontro aberto à comunidade odontológica do Brasil e do exterior. As inscrições podem ser feitas pela internet, através do site br, ou nas dependências da ABO-MG. ASSPROM e ABO-MG Sucesso na inserção de menores aprendizes no mercado de trabalho Fotos: Divulgação ABOMG No dia 30 de outubro mais uma turma de alunos do curso de ACD - Auxiliar de Consultório Dentário formou-se na sede da ABO-MG. Com um número de 29 formandas, a formatura nesse semestre contou com a participação de alunas muito especiais. A ABO-MG e a ASSPROM - Associação dos Menores Aprendizes fizeram uma bela parceria e concederam a doze meninas dessa associação a oportunidade de aprender uma profissão. De acordo com a Dra. Alcione Lúcia Morais Rímulo, Coordenadora do Departamento de Odontologia em Saúde Coletiva, Coordenadora do curso de Saúde Coletiva e do curso de ACD, as aulas são bem arquitetadas em termos de conteúdo e prática. Durante o curso, as alunas tiveram, além de aula teórica e prática em laboratório, estágios supervisionados em clínicas da ABO-MG (dentre as especialidades ofertadas). Estágios obrigatórios em clínicas e consultórios particulares e públicos também fizeram parte do currículo. Ao final do curso os alunos fizeram estágios em promoção de saúde em escolas, asilos e hospitais, revela a coordenadora. A parceria entre a ABOMG e a ASSPROM aconteceu dentro do Plano de Ação anual das entidades. De acordo com a Chefe da Divisão de Formação e Orientação Profissional, Cláudia Ildefonso da Silva Furtado, ficou estabelecido que haveria uma turma de Auxiliar de Consultório Dentário para adolescentes que possuíssem perfil para a área. A ASSPROM fez uma pesquisa de mercado e definiu que seria na ABOMG por ter qualidade de curso e reconhecimento de mercado, revela a Chefe da Divisão. A participação dos menores no curso se deu por meio de divulgação das vagas, seleção, e após aprovação, encaminhamento para o curso. De acordo com Cláudia Ildenfonso, os jovens escolhidos demonstraram habilidades e competências para a área e alguns já estão empregados devido a qualidade do curso. O resultado do trabalho é muito bom. Os jovens elogiaram bastante e já temos inclusive algumas adolescentes empregadas. A qualidade do ensino e a equipe técnica da escola é muito boa. É um curso que oferece experiência na área da saúde, sendo uma oportunidade a mais para os jovens da Instituição, conclui.

7 Ação ABO 7 Jantar no Minas II: Dia de comemorar e rever os amigos Foto: Divulgação ABOMG A ABO-MG não poderia ter feito escolha melhor para sediar o Jantar de Comemoração ao Dia do Dentista. O Minas Tênis Clube II acolheu os convidados e ofereceu uma bela infra-estrutura ao jantar, tornando o evento seguro, elaborado e impecável. De acordo com a Secretária Geral da ABOMG, Dra Licínia Maria de Souza Pires do Rio, que organizou a festa juntamente com o Dr. Carlos Augusto, vice-presidente da associação, a qualidade do serviço prestado pela Sra. Mariana, responsável pelo Buffet, foi um dos itens importantes para a escolha do local. Somos parceiros já há alguns anos, e sabemos Depois de cinqüenta anos de formados a turma de 1958 se reuniu para relembrar as histórias. Dr. Fernando de Carvalho, um dos formandos da turma relembra como escolheu a profissão; o namoro com a odontologia começou com a visita ao prédio da faculdade a convite de um amigo. Eu fiquei maravilhado com a casa, mas foi uma aula de microbiologia, ministrada pelo professor Almeida Cunha, que fez o meu coração bater mais forte. Saí de lá sonhando com a profissão de dentista, relembra. De acordo com o Dr. Fernando de Carvalho, que além de odontologista, também é professor aposentado da UFMG, não foi fácil escolher e assumir a profissão à época, já que antigamente o dentista não era tão valorizado como hoje. Em 1954 três cadeiras eram cobiçadas pelo seu valor social: médico, engenheiro e advogado. Além dela, duas outras se destacavam, o delegado, pelo poder de autoridade, e o padre pelo seu papel de psicólogo no confessionário com o poder de perdão dos pecados. E o dentista onde se situava? Com certeza que podemos ficar tranqüilos quanto ao padrão do buffet. Realmente o jantar estava ótimo. As sobremesas, os salgados a mesa de café, tudo feito com muito carinho e cuidado, revela a Secretária Geral. A intenção da entidade era realizar um pequeno jantar, para apenas 230 pessoas, em homenagem ao colega Dentista. Entretanto, ao começar a venda dos ingressos, a festa tomou proporções que superou as expectativas da diretoria da ABO-MG. Tivemos que parar de vender convites porque o local não comportava mais que o planejado. Sentimos que se tivéssemos feito o jantar num local maior, teríamos tido um Reencontros e muita emoção ele ficava bem a parte do status quo. Apenas uma pequena parte dos profissionais havia escolhido a profissão por vocação. Quem participou do jantar do dia do dentista garante que foi um momento de belas homenagens e reencontros inesperados. Dra. Ieda Píramo Santiago, uma das seis mulheres que se formou em 1958, avalia que a festa foi preparada com muito gosto e carinho. Tivemos horas bastante agradáveis e felizes, encontramos colegas que há muito não víamos. O emocionante reencontro da turma se deve em grande parte ao empenho da mestra de cerimônia Dra.Licínia, que sempre prestativa e sorridente, carinhosamente cobriu de mesuras a todos ali presentes. Permito-me em nome de toda a turma de 1958 agradecer toda a diretoria da ABOMG, na pessoa do nosso presidente Dr. Marcio Araujo pelos momentos agradáveis e inesquecíveis que nos foram proporcionados naquele dia, agradeceu a Dra. Ieda. Em todas as homenagens ao dentista eu gosto de estar presente. Na ABO reservaram comparecimento bem grande, o que comprova a força aglutinadora da ABOMG, reflete Dra. Licínia Maria de Souza. É fundamental percebermos que o dentista gosta e necessita destes momentos de confraternização. Em 2009, a ABO-MG ainda pretende convidar para o congraçamento mais duas entidades amigas: o SOMGE (Sindicato dos Odontologistas de Minas Gerais) e o CRO-MG (Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais), revivendo os antigos Bailes dos Dentistas, com a participação de orquestras e salões bem enfeitados. No momento que antecedeu a distribuição de brindes uma mesa para a turma de 1958 e eu adorei. Para mim essa festa teve um sabor todo especial porque consegui ver meus colegas e ex-alunos da UFMG, completou Dr. Fernando de Carvalho. Para aqueles que sonham em completar 50 anos de profissão, Dr. Fernando de Carvalho conta o que aprendeu com o Dr. Goulart, seu mestre na vida acadêmica: Para você ser um bom profissional, não se meta em inventar coisas, faça a coisa e presentes, Dra. Licínia fez uma homenagem à turma de 1958 na pessoa da Dra. Iêda Santiago, citando uma frase de um poema de seu marido Rodrigo - Ficam as coisas pequenas, as palavras amigas, aquilo que a gente nem lembra. De acordo com a Secretária Geral, quando eles recordavam os 50 anos passados, o que importava era aquele momento presente que estavam vivendo no Minas, se foram 50 anos, 50 dias ou 50 minutos não importa, o importante é que estavam vivendo com intensidade, alegria e juntos; a amizade, a partilha de estarem reunidos, isto é o mais importante, finaliza. comum de maneira incomum. Faça cada trabalho seu como se dez profissionais melhores que você estivessem te observando e lembre-se sempre da presença de Deus ao seu lado. Defenda o seu trabalho como se fosse seu próprio filho. Dê tudo de você como se daquela anestesia, daquele dentinho dependesse a paz do universo. E por fim, afastese dos colegas que falam mal da nossa profissão. Com certeza, assim você terá mais chances de ser um profissional melhor.

8 8 Ação ABO Encontro Nacional de Saúde Bucal na Saúde Suplementar Planos odontológicos em alta O Encontro Nacional de Saúde Bucal na Saúde Suplementar, promovido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), reuniu no último dia 11 de novembro, cerca de 400 representantes de prestadores e de operadoras de assistência odontológica para discutir a saúde bucal nos planos de saúde. Pela primeira vez, foi promovido um evento de tamanho porte exclusivamente dedicado à odontologia na saúde suplementar, fato considerado um marco para o setor, principalmente para o segmento odontológico, cujo tamanho quase triplicou nos últimos oito anos. O segmento odontológico tem hoje uma importância assistencial e econômica extremamente grande no país, status que gera uma pauta de discussões. Este evento é um pontapé inicial, enfatizou o diretor-presidente da ANS, Fausto Pereira dos Santos, durante a abertura do encontro, que foi realizado no auditório do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro. oje, com 10 milhões de beneficiários, o segmento exclusivamente odontológico tem crescido mais do que o médico-hospitalar, demandando do mercado e também da ANS abordagens altamente especializadas. O segmento odontológico tem muitas particularidades que requerem atenção, lembrou o diretor de Normas e abilitação de Operadoras, Alfredo Cardoso. Os principais temas da saúde suplementar foram discutidos sob o enfoque odontológico, tais como acompanhamento econômico-financeiro, Troca de Informações em Saúde Suplementar (TISS), promoção da saúde e prevenção de doenças e Qualificação, entre outros. Além das palestras de membros da ANS e do setor, foram realizadas reuniões de atendimento de técnicos da Agência com representantes de operadoras odontológicas para tratar de questões específicas. Estou entusiasmado com a magnitude deste evento e com as perspectivas que se abrem para a odontologia como um todo na saúde suplementar, ressaltou o presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog), Carlos Roberto Squillaci. Promoção e prevenção na Saúde Bucal A importância do desenvolvimento de ações preventivas na saúde bucal foi um dos temas de debate. Durante o Encontro Nacional, foi lançado o livro Panorama das Ações de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças no Setor Suplementar de Saúde, publicação com análises sobre os programas desenvolvidos pelas operadoras, reflexões sobre a trajetória do tema nas ações regulatórias da ANS e estratégias para planejamento de programas. Promoção da saúde e prevenção de doenças é algo essencial para que o segmento odontológico possa crescer, disse o diretor-presidente da ANS, Fausto Pereira dos Santos. No entanto, ações preventivas em saúde bucal não são desenvolvidas apenas por operadoras exclusivamente odontológicas. De acordo com as informações de que a ANS dispõe, das 641 operadoras que desenvolvem programas de promoção e prevenção, 158 realizam ações na área de saúde bucal. Entre os temas mais abordados, estão higiene, cárie, doença periododontal e câncer bucal. Nesses programas, predominam os beneficiários de 20 a 49 anos. Quanto aos relatos das operadoras sobre principais resultados dos programas desenvolvidos, 36,1% reportaram redução do número de doenças bucais, 25,3% indicaram redução de custos e 22,8%, redução do número de exodontias. oje, a ANS tem uma postura indutora em relação à promoção e à prevenção, e nós comprovamos que a indução tem tido resultados melhores do que algumas ações normativas, explicou a gerente-geral Técnico-Assistencial de Produtos da ANS, Martha Oliveira, ao se referir à adesão espontânea das operadoras ao modelo assistencial preventivo proposto pelo órgão regulador. Já não vemos imagens de ambulâncias ou UTIs nas propagandas de planos de saúde, e sim, referências de qualidade, promoção e prevenção. Este enfoque já está assimilado, reforçou a gerente-geral. Logo após o lançamento do livro da ANS, o assessor técnico da Coordenação Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Alexandre Raphael O secretário-executivo da ANS, Alfredo Scaff, a gerente-geral Técnicoassistencial de Produtos, Martha Oliveira, o Assessor Técnico da Coordenação Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Alexandre Raphael Deitos, e a especialista em regulação de Saúde Suplementar, Michelle Mello Deitos, apresentou as diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal - Brasil Sorridente. á uma expectativa de articulação das ações de promoção da saúde e prevenção de doenças entre a saúde suplementar e o setor público. O setor suplementar já está maduro o suficiente para isso, já introjetou a promoção e a prevenção, concluiu o diretor-presidente da ANS, Fausto Pereira dos Santos. TISS: prazo para adaptação de prestadores odontológicos é até 30 de novembro Outro assunto bastante esperado era a discussão sobre a Troca de Informações em Saúde Suplementar (TISS) aplicada ao segmento odontológico, que precisa se adaptar ao padrão eletrônico de comunicação e segurança até o dia 30 de novembro. No entanto, independentemente do padrão eletrônico, as guias de papel já começaram a trazer resultados positivos capazes de cativar o mercado. O CFO está disposto a contribuir para que o TISS dê certo para que, daqui a dez anos, possamos dizer que contribuímos para algo bom, para o nosso crescimento, afirmou o representante do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Benício Paiva Mesquita. Durante a mesa de discussão sobre o TISS, o representante da Federação Nacional de Saúde Suplementar (Fenasaude), Josias Paulino da Costa, ressaltou os resultados que já podem ser percebidos a partir da implantação das guias do TISS em papel, mesmo antes da adoção do padrão eletrônico no segmento odontológico. A padronização das guias facilitou bastante. O índice de glosas administrativas (por erros de preenchimento) diminuiu muito, disse o representante da Fenasaude. A gerente-geral de Integração com o SUS, Jussara Macedo, apresentou aspectos gerais do TISS e falou sobre as guias odontológicas, ressaltando o longo caminho de consenso percorrido pela ANS e pelos membros do Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (Copiss). O processo TISS, apesar de ser uma resolução normativa, é indutivo. Acreditamos no incentivo e não na punição, garantiu Jussara Macedo. Informação e regulação: as operadoras precisam melhorar De maneira geral, em diferentes mesas de discussão, a qualidade das informações das operadoras foi analisada e debatida. Gerentes e técnicos da ANS apresentaram aos participantes do encontro a necessidade de aprimoramento das informações enviadas à Agência. A mesa de discussão sobre informações assistenciais contou com palestras sobre a qualidade da informação no Sistema de Informações de Produtos (SIP) e sobre os novos indicadores do programa de Qualificação da Saúde Suplementar. As operadoras precisam melhorar o envio das informações. O não envio de informações do SIP influencia diretamente o Índice de Desempenho Assistencial (Idas) da operadora, levando-o para baixo, alertou a gerente Técnico-Assistencial de Produtos, Andréia Ribeiro Abib.

9 Ação ABO 9 ABO Nacional enfatiza implantação dos LABORATÓRIOS REGIONAIS DE PRÓTESE DENTÁRIA - LRPDs em Minas Gerais A ABO Nacional, enfatizando a criação e expansão dos serviços de laboratório de prótese dentária no âmbito do Programa de Saúde da Família, publicou nota sobre a iniciativa das políticas públicas de saúde em promover a contratação de laboratórios vinculados aos Centros de Especialidades Odontológicas ou terceirizados. Segundo o político Flávio Arns, o Brasil Sorridente estrutura-se basicamente em torno do tripé formado pelas Equipes de Saúde Bucal (ESBs), pelos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e pelos Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPDs). As Equipes de Saúde Bucal atuam em Municípios brasileiros, com a participação de equipes em maio de A prestação de serviços de saúde bucal no Brasil se limitava a procedimentos de baixa complexidade com reduzida realização de procedimetnos de média e alta complexidade em saúde bucal. Com o objetivo de superar as desigualdades trazidas por uma lógica tradicionalmente hegemônica de atendimento, pensou-se na elabroação de uma política voltada a superação do abandono e da falta de ocmpromisso com a saúde bucal da população. Foi nesse contexto que a Política Nacional de Saúde Bucal (Brasil Sorridente) foi estruturada. Suas metas perseguem a reorganização da prática e a qualificação das ações e serviços oferecidos, no marco do fortalecimento da atenção básica, reunindo uma série de ações em saúde bucal voltada para os cuidados de todas as idades, com ampliação do acesso ao tratamento odontológico gratuito aos brasileiros, por meio do Sistema Único de Saúde. Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde concluída em 2003 (SB Brasil) mostrou que cerca de 22% da população não possuíam nenhum dente funcional em pelo menos uma arcada. Diante da demanda pelo serviço reabilitador protético e na perspectiva da assistência integral em saúde bucal, a partir de 2005, o Ministério da Saúde tem apoiado a implantação de Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias LRPD. Os Laboratórios recebem todos os equipamentos necessários para a confecção de prótese em resina além de receberem até R$16,94 mil por mês para a produção de próteses dentárias totais e parciais removíveis. O Ministério da Saúde está implantando mais 39 Laboratórios Regionais de Prótese Dentária (LRPD) com destaque para o Estado de Minas Gerais que obteve 6 LRPD s credenciados nos municípios de Além Paraíba, Itacarambi, Itanhandu, Jequitinhonha, Nova Serrana e Três Pontas somando-se 29 LRPD s no Estado e 320 no país. Desde 2005 até 2010 estima-se que sejam produzidas cerca de prótedes dentárias sendo que até dezembro de 2007, próteses já haviam sido produzidas dando uma demonstração clara de que está em curso o processo de reversão da situação encontrada em Aliando-se a esta ação vale a pena ressaltar a implantação de Equipes de Saúde Bucal, aumentando a capacidade de cobertura populacional para habitantes, 672 Centros de Especialidades Odontológicas, fluoretação dos sistemas de abastecimento público de água em mais de 500 municípios favorecendo para que a partir de dezembro de 2002, mais de 3 milhões de dentes deixassem de ser extraídos. Fonte: ABO Nacional Agradecimentos O Grande Secretário de Relações Públicas e Institucionais, da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais, José Augusto A. Montandon, agradece a participação da ABOMG no 2 Dia da Solidariedade Maçônica. Abaixo, trechos da carta enviada a associação. A Grande Loja Maçônica de Minas Gerais agradece sua participação no 2 Dia da Solidariedade Maçônica, realizado em conjunto com a Associação de Promoção umana Divina Providência, no dia 18 de outubro, na Escola Estadual Nova Contagem I, no Bairro Nova Contagem. Participaram cerca de 400 voluntários, entre Maçons, cunhadas e De Molays, assim como dentistas da ABOMG - Associação Brasileira de Odontologia e da Polícia Militar de Minas Gerais, amigos e colaboradores. Também tivemos a participação de membros da Polícia Militar de Minas Gerais, com apresentação da Banda na abertura das atividades, da Orquestra de Câmara que tocou durante o evento, e de membros da corporação que montaram um estande para orientação da população. O Corpo de Bombeiros, além de realizar a cobertura técnica, montou um estande com demonstrações de equipamentos de trabalho. O SESI Minas colocou à disposição 10 Escovódromos e um trailer para avaliação de pacientes, solicitados para o atendimento odontológico. O sucesso do evento, sem dúvida, foi fruto da sua participação. Foram realizados mais de 22 mil atendimentos em todas as áreas, proporcionando imensa ajuda à comunidade atendida, com grande repercussão social. Mas o maior retorno foi pessoal, pois pudemos ter a maravilhosa sensação de ajudar o próximo. Na oportunidade, desejamos a todos boas festas e que o ano que já vislumbra no horizonte seja uma oportunidade de levar à sociedade a realização material de uma de nossas virtudes basilares a Fraternidade. Representando a ABOMG participaram os seguintes CDs e acadêmicos: Maria Aparecida De Oliveira, Beatriz De Souza Araújo Barros, Célia Cristina D al Moro, Licínia Maria De Souza Pires Do Rio, Vinícius Silveira Fulgêncio, Amanda Érika Aguiar Durães, Breno Morais Damião, Cecília Maria Carvalho Soares Oliveira, Cristiane Miranda Carvalho, Eduardo Rêgo Araújo, Elizete Maria Rita Pereira, Fabiano Freitas Corrêa, Flávia De Oliveira Menezes Amaral, Lígia Carolina Moreira Braga, Lilian Pinto De Lima, Lívia Fulgêncio, Liziany David Cardoso, Luciana Quintão Foscolo Mello, Marcela De Almeida Ruback, Maria Carolina Palhares E Cordeiro, Marina Pereira Coelho, Paula Vitali Miclos, Rachel Ferraz Carmo Vieira, Silvia França Santos e Thiago Soares Kanazawa.

10 10 Artigo Científico Mobilização social para a prevenção do Câncer Bucal Uma experiência comunitária Na matéria científica desta edição cirurgiões-dentistas e acadêmicos relatam os resultados de uma experiência desenvolvida junto a comunidade de Nova Contagem - MG, como parte das comemorações do Dia do Dentista. A ABO-MG escolheu o enfoque à prevenção do câncer bucal em resposta a uma questão levantada pelo Ministério da Saúde como prioridade na odontologia: a necessidade de modificar as tendências crescentes de sua incidência e prevalência. Apresentação A ação comunitária Mobilização Social para Prevenção do Câncer Bucal, implementada no dia 18 de outubro de 2008, na Escola Estadual Nova Contagem I, foi idealizada a partir de uma parceria entre instituições comprometidas com as questões sociais e humanitárias presentes no cotidiano de populações marginalizadas. Por meio da atuação compartilhada da Associação de Promoção umana Divina Providência (APDP), da Grande Loja Maçônica, da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-MG), do Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais (CBMMG) e do Serviço Social do Comércio (SESC-MG), entre outras, foi possível inserir ações e serviços de saúde bucal na programação do evento. O câncer bucal, juntamente com outros tipos de câncer, toma posição dianteira entre as causas de mortalidade e morbidade populacional, deixando para trás a supremacia das doenças infectocontagiosas. A ocorrência do câncer de boca na população tem sido imputada também ao descaso da odontologia curativa e estética que, por décadas, esqueceu-se de exercer seu papel educador e de promotor de saúde na sociedade 1. Objetivo Implementar ações de empoderamento e socialização dos conhecimentos, por meio da educação em saúde sobre a prevenção do câncer de boca, aproximando os cuidados da Odontologia ao contexto cultural e social desta população. Quadro 1 Distribuição do atendimento em fases segundo atividades. Nova Contagem, 2008 Fases Fase 1 Fase 2 Fase 3 Atribuições 1) Palestra, 2)autoexame, 3) discussão. Fonte: planejamento da ação comunitária 1) Orientação sobre formulários e levantamento de dados, 2) preenchimento do termo de consentimento, 3) aplicação dos questionários, 4) levantamento de risco, 5)distribuição dos kits de escovação aos indivíduos sem risco. As atividades foram realizadas na seguinte sequência: Orientações sobre o autoexame Encaminhamento a exames especializados t t u Recepção dos pacientes acima de 18 Palestra de Prevenção Câncer Bucal Questionário Apresenta risco? Confirmado no exame clínico? Entrega do Kit - Alta FIGURA 1 Fluxograma de Atendimento no Setor Odontológico u q q 1)Exame clínico 2) alta ou encaminhamento para a atenção secundária, 3)distribuição dos kits de escovação aos indivíduos com risco. t u Orientaçãoes Material e Métodos Foram envolvidas 316 pessoas da comunidade, de 18 a 82 anos de idade, classificadas mediante anamnese como de risco ou não para o desenvolvimento de lesões de mucosa bucal. Considerou-se como individuo com risco aquele que apresentou 3 ou mais dos seguintes fatores: idade superior a 40 anos; tabagistas crônicos; etilistas crônicos; desnutridos / imunodeprimidos; portadores de próteses mal ajustadas ou que sofram de outra irritação crônica da mucosa bucal e trabalho constante ao sol sem proteção. O espaço físico foi dividido em ambientes capazes de atender às diferentes etapas das atividades, descritas no Quadro 1: Resultados Do universo de 316 pessoas, 89 (28,16%) preencheram os requisitos para o exame clínico odontológico. Dos indivíduos examinados, 46(14,56%) apresentavam lesões não cancerizáveis, principalmente traumáticas, e 19 (6,01%) eram portadoras de lesões com potencial para malignização. Essas últimas foram encaminhadas para os exames especializados e atenção secundária. Embora indivíduos com idades mais avançadas apresentem maior risco para o câncer, os fatores desencadeantes das lesões malignas e malignizáveis incidem anos antes do aparecimento da lesão 2. Na presente mobilização social o grupo etário predominante está compreendido na faixa etária de 18 a 40 anos (49,68%), acompanhando a distribuição demográfica da população local e do público presente no evento. Isto promove validade e importância de se incluir os grupos etários mais jovens nos programas e ações de prevenção. ouve representativa e homogênea participação das faixas etárias de 41 a 60 anos (25%) e de 61 a 80 anos (24,68%), com decréscimo das idades mais avançadas. Apenas dois indivíduos acima de 80 anos fizeram parte do público participante. Também o fator sexo interfere como uma das variáveis que compõem a multifatorialidade do câncer, sendo que no caso do câncer de boca este é um fator intrínseco de grande impacto, com proporção de ocorrência de 3 casos em homens para cada caso em mulheres em quase todos os países 3. No Brasil e principalmente na região Sudeste esta discrepância aumenta 4. No presente evento a maior presença foi a feminina representando 81,65% dos participantes, contando-se com representativos 56 (17,72%) de público masculino. Ressalta-se que o importante papel que a mulher exerce na educação familiar é também motivo para adotá-las como pessoas chave nos movimentos de prevenção das doenças.

11 Artigo Científico 11 A população de Nova Contagem participante do evento relatou baixo envolvimento com o uso diário de fumo, nas suas diversas formas (18,35%). O sinergismo entre o consumo de fumo e álcool soma maior impacto na predisposição à carcinogênese, sendo que já foram detectadas importantes correlações entre o câncer da cavidade bucal e a associação de álcool, tabaco, chimarrão, churrasco e o cozimento de alimentos em fogão de lenha 5. Entre os elementos de proteção à incidência de câncer, a literatura aponta o fator nutricional destacando que as frutas e vegetais frescos vegetais ricos em beta-caroteno (cenoura, mamão, abóbora, batata doce, couve e espinafre) têm sido considerados fator protetor especificamente contra o câncer de boca. Em contrapartida, uma dieta rica em gorduras, álcool e ferro ou pobre em proteínas, vitaminas (A, E, C, B2) e alguns minerais, tais como cálcio e selênio, é considerada um importante fator de risco 6. Na população em estudo um relativo percentual (9,18%) queixou de problemas nutricionais e/ou queda da resistência orgânica (29 pessoas). Uma outra variável de influência, principalmente no caso do câncer de lábio é a exposição solar durante as atividades ocupacionais ou de lazer, em especial em pessoas de pele clara 7,8. Mesmo que incomum em centros urbanos, a exposição laboral ao sol foi relatada por 86 pessoas deste estudo, o que corresponde a 27,22% dos participantes da ação comunitária, apontando para a odontologia um achado de grande importância, muitas vezes relegado. O Gráfico 1 ilustra os dados. Fonte: dados do levantamento Gráfico 1 - Indivíduos em exposição constante ao sol durante o trabalho Da análise das variáveis comentadas foi obtida a pontuação de risco dos participantes, cujos resultados são apresentados no Gráfico 2. No somatório da pontuação, cerca de 89 pessoas apresentaram 3 ou mais fatores de risco, merecendo uma atenção mais focada por parte dos profissionais. Este universo equivale a quase 30% dos participantes. Entendeu-se que as questões da nutrição e exposição ao sol tiveram papel preponderante nesta distribuição de pesos, principalmente quando comparada com o hábito de fumar e o consumo de bebidas alcoolicas, os quais costumam ser os fatores críticos em populações com perfil similares. Fonte: dados do levantamento Gráfico 2 - Indivíduos selecionados para o exame clínico preventivo de câncer bucal Perguntados sobre a experiência com o autoexame de câncer bucal, somente 30 (9,49%) pessoas já se submeteram ao mesmo, o que revela um grande volume de indivíduos nessa ação social recebendo orientações do autoexame pela primeira vez na vida. Fonte: dados do levantamento Gráfico 3 - Indivíduos que já haviam realizado anteriormente o exame clínico preventivo de câncer bucal Por meio do exame clínico detectou-se alto percentual de indivíduos com lesões traumáticas, aftosas, herpéticas, entre outras detectadas (14,56% do universo participante). Chamou a atenção o volume de traumas mecânicos na mucosa bucal, decorrentes de mordida e lesões provocadas pelos remanescentes e bordas dentais cariadas e fraturadas. Descartadas as lesões que ao exame clínico puderam ser diagnosticadas como não cancerizáveis, focou-se naquelas cujo aspecto macroscópico fosse compatível com a malignização ou gerasse dúvidas e suspeitas. Estas foram localizadas em em 6,01% dos casos. Considerando a totalidade de 316 participantes, 24 pessoas (7,59%) apresentaram lesões bucais cujo diagnóstico não foi possível presumir apenas com o exame clínico, merecendo o encaminhamento para avaliações especializadas. Cerca de 13 lesões foram localizadas no soalho bucal, 10 envolveram a mucosa labial e 1 nos tecidos da língua. O Gráfico 4 ilustra a distribuição das lesões nos tecidos bucais. Fonte: dados do levantamento Gráfico 4 - Localização bucal das lesões suspeitas de potencial cancerizável Finalmente, objetivando detectar a percepção dos participantes sobre a importância da experiência, os mesmos foram convidados a conceituar o valor do evento sob o seu ponto de vista. De acordo com as respostas, quase a totalidade dos participantes de Nova Contagem (92,72%) consideraram de grande importância a experiência por eles vivida, sinalizando para a equipe odontológica a fertilidade que pode advir dos contatos participativos junto a comunidade. Considerações Finais Através desta ação comunitária pretendeu-se levar aos adultos moradores de Nova Contagem e adjacências conhecimentos sobre a utilização de técnicas básicas para exame caseiro preventivo do câncer bucal e os vários aspectos que demonstram a importância da saúde bucal, seja em relação à capacidade mastigatória, fonação e deglutição, como na interação com a sociedade. Tentando superar modelos tradicionais, meramente biologicistas e clínicos, buscouse embasar as atividades da ação em metodologias atrativas, que favorecessem e sensibilizassem os níveis afetivo, cognitivo e psicológico dos indivíduos participantes, para em última instância direcionar positivamente as atitudes dos mesmos em relação aos cuidados com a saúde bucal e geral. Veja na íntegra a monografia contendo os resultados desta experiência no endereço eletrônico com/abo/noticias_leia_mais. aspx?idn=54 Bibliografia SILVA, Dorival Pedroso. I Campanha de Popularização de Auto-Exame Conta o Câncer de Boca, I Fórum de Políticas Publicas em Câncer de Boca Disponível em: fo.usp.br/arrquivos/forum.pdf. Acesso em: 30 ago 2008.KLEIER, D.J.; ICK, M.J.; FLAITZ, C.M. A Comparison of Ultrapassed and xtraspeed Dental X- Ray Film : in vitro study of the radiographic and histologic appearance of interproximal lesions. Quintessence Int, v.18, p , SOUZA, A.; STEVAUX, O. M.; SAN- TOS, G. G. & MARCUCCI, G. Epidemiologia do carcinoma epidermóide da mucosa bucal-contribuição ao estudo sobre três variáveis: sexo, faixa etária e raça. Revista de Odontologia. v.8, n.2, p , FERLEY, J.; PARKIN, D. M. & PISANI, P. Globocan 1: Cancer incidence and mortality worldwide (CD-ROM). Lyon, IARC Press, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Instituto Nacional de Câncer. Estimativa da Incidência e Mortalidade por Câncer no Brasil Disponível na Internet: cgi/idb2006/d05.htm.acessado em: 08 ago FRANCO, E.; KOWALSKI, L. P.; OLIVEIRA, B. V.; CURADO, M. P.; PE- REIRA, R. N.; SILVA, M. E.; FAVA, A. S. & TORLONI,. Risk factors for oral cancer in Brazil: a case control study. International Journal of Cancer, v.43, p , LA VECCIA, C.; NEGRI, E.; D AVANZO, B.; BOYLE, P. & FRAN- CESCI, S. Dietary Indicators of oral and pharyngeal cancer. International Journal of Epidemiology, v.20, n.1, p.39-44, GUNNARSKOG, J.; STENBECK, M. & OLM, L. Lip, Oral Cavity and Mesopharynx. Cancer (suppl.), mar, JITOMIRSKI, F. Câncer bucal. In: Saúde Bucal Coletiva. (PINTO, V.G.) p , São Paulo: Editora Santos, Autores da pesquisa: Oliveira, Maria Aparecida de; Barros, Beatriz de Souza Araújo; D al Moro, Célia Cristina; Pires do Rio, Licínia Maria de Souza; Fulgêncio, Vinícius Silveira; Morais, Breno Damião; Durães, Amanda Érika Aguiar; Espinosa, Carla Fernanda; Bittencourt, Carlos Alberto Rodrigues; Carvalho, Cristiane Miranda; Silva Júnior, Djalma Oliveira da; Araújo, Eduardo Rêgo; Corrêa, Fabiano Freitas; Pereira, Elizete Maria Rita; Menezes, Flávia Oliveira; Silva, Itamar Ferreira da; Lima, Lílian Pinto; Cordeiro, Maria Carolina Palhares e; Coelho, Marina Pereira; Fulgêncio, Lívia; Braga, Lígia Carolina Moreira Braga; Miclos, Paula Vitali; Oliveira, Cecília M. Soares Carvalho; Cardoso, Liziany David; Foscolo, Luciana Quintão; Ruback, Marcela de Almeida; Costa, Mônica Magalhães; Vieira, Rachel Ferraz Carmo; Santos, Silvia França; Thiago; Antônio Maria, Waldeque; Ferreira,Vinícius Dias Cunha

12 12 Ação ABO Encontro de Reabilitação Oral na capital dos capixabas A Sociedade Brasileira de Reabilitação Oral SBRO vai promover no período de 1º a 3 de outubro de 2009 o seu XVI Encontro Nacional, no Centro de Convenções de Vitória no Espírito Santo. O evento receberá cirurgiões dentistas de todo o país na áreas de Reabilitação Oral, Estética, Implantodontia, além de contar com uma programação científica com renomados especialistas brasileiros e internacionais. O último Encontro Nacional aconteceu em outubro do ano passado na cidade de Porto de Galinhas, em Pernambuco, com um enorme sucesso. Dezessete ministradores, dentre eles os professores Paulo Malo, Sascha A. Jovanovic, Adauto de Freitas Jr., Claudio Pinho, trabalharam com uma grade cientifica bem O voto do senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) favorável à regulamentação do exercício das profissões de Técnico em Saúde Bucal (TSB) e de Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) foi acolhido no últmo dia 22 de outubro/2008 pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A matéria que foi aprovada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, define também as atribuições, as competências e os critérios de capacitação das duas profissões. Pela proposta (PLC 3/07), só poderão exercer as duas profissões os portadores de diplomas ou certificados que atendam às normas do Conselho Federal de Educação. De acordo com o texto, o técnico em saúde bucal é o profissional qualificado em nível médio que, sob supervisão direta ou indireta do cirurgião-dentista, executa dinâmica e de alto valor cientifico. Vitória, uma das mais belas capitais brasileiras, receberá o evento promovido pela SBRO em CCJ aprova regulamentação das profissões de técnico e auxiliar em saúde bucal outubro do ano que vem e terá a oportunidade de apresentar as grandes mudanças urbanísticas que tem vivido. De acordo com o presidente da SBRO, Dr. Gerson Braga Machado, vai valer a pena participar do encontro em Vitória. Aqueles que já conhecem a cidade se surpreenderão e os que ainda não a visitaram terão a oportunidade de encontrar um alto desenvolvimento urbano, aliado a uma deliciosa cozinha regional e belezas naturais bem preservadas. Além disso, toda a programação cientifica está sendo feita com muito carinho e estará disponível, bem como as fichas de inscrição, a partir de 15 de dezembro no site da SBRO. (www.sbro.com.br) revela. Em Belo orizonte, quem desejar obter informações sobre o Encontro de Reabilitação Oral, pode se dirigir à sede da SBRO, na rua Pirapetinga, nº 322, sala Serra ou ligar para (31) ações de saúde bucal. Já o auxiliar em saúde bucal é o profissional de nível médio que, sob a supervisão direta ou indireta do cirurgião-dentista ou do Técnico em Saúde Bucal, executa as tarefas auxiliares no tratamento da saúde bucal. Com base nas atribuições definidas, o Técnico em Saúde Bucal poderá ensinar técnicas de higiene bucal e realizar a prevenção de doenças bucais por meio da aplicação tópica do flúor, conforme orientações do cirurgiãodentista. Poderá ainda supervisionar o trabalho dos auxiliares em saúde bucal e proceder à limpeza e à antisepsia do campo operatório, antes e após atos cirúrgicos, inclusive em ambientes hospitalares. Também poderá exercer as competências no âmbito hospitalar, bem como instrumentar o cirurgião-dentista em ambientes clínicos e hospitalares. Já o Auxiliar em Saúde Bucal poderá, entre várias atividades, organizar e executar as atividades de higiene bucal; processar filme radiológico; preparar o paciente para atendimento; preparar modelos em gesso e executar limpeza, assepsia, desinfecção e esterilização do instrumental, equipamentos odontológicos e do ambiente de trabalho. Ambas as categorias profissionais não poderão exercer suas atividades de forma autônoma ou prestar assistência, direta ou indiretamente, a paciente sem a supervisão do cirurgiãodentista e, no caso ainda do auxiliar, a supervisão também do Técnico em Saúde Bucal. Eles não poderão fazer igualmente propaganda de seus serviços, mesmo em revistas, jornais e folhetos especializados da área odontológica. O projeto ainda prevê punição para os cirurgiões-dentistas que permitirem que técnicos e auxiliares em saúde bucal sob sua supervisão e responsabilidade extrapolem suas funções específicas. Nesse caso, o cirurgião responderá pelo erro perante os Conselhos Regionais de Odontologia, conforme a legislação em vigor. Apesar de terem votado favoravelmente ao projeto, os senadores Demóstenes Torres (DEM-GO) e Antonio Carlos Junior (DEM-BA) manifestaram-se contrários ao exame, pelo Senado, de propostas relacionadas à regulamentação de profissões. - Isso é assunto interno dos ministérios - afirmou Demóstenes. O projeto será analisado agora pelo Plenário do Senado.

13 Ação ABO 13 Curvelo Dra. Cristiane Palhares(presidente), Dra. Luciana Corrêa(Vicepresidente), Dra.Geovana Martins(secretária), Dra. Janice Fernandes(tesoureira), Dra.Ângela Fonseca, Dr. Valmir Mendes e Dr. Valério Soares(diretores científicos), Dr. José Newton Chaves e Dra. elenice Pereira(sociais) Projeto Viver Melhor Com o objetivo de efetivar a integração Comunidade / Cirurgião Dentista, a ABO Curvelo, desenvolveu o Projeto Viver Melhor, em parceria com a Prefeitura Municipal de Curvelo. O Projeto teve duração de uma semana, entre os dias 20 a 25 de outubro de 2008, e foi finalizado na Praça Central do Brasil, com apresentações dos trabalhos de 12 escolas municipais da rede urbana de ensino do município de Curvelo. Visando promover a saúde geral e bucal e prevenir os riscos e agravos que acometem a comunidade curvelana, o projeto buscou fortalecer a autonomia do indivíduo, através de recursos que os tornassem capazes de autogerir sua saúde bucal, com vistas à melhoria da qualidade de vida. Foram feitas apresentações de teatro, causos, danças, reconto, paródia, músicas, poesias e exposições na área interna da Casa da Cultura. Após cada apresentação, a escola recebeu um troféu de participação e brindes doados pelas empresas curvelanas. A parceria financeira com as empresas de Curvelo viabilizou o desenvolvimento do projeto. Também foi celebrada uma Missa em Ação de Graças ao Dia do CD e um curso, no dia 31 de novembro, de Prótese Fixa, ministrado pela professora Karine Taís Tavano/UFVJM, de Diamantina. No dia 25 de outubro, foi comemorado o Dia do CD, com a realização de um appy our, no restaurante Denise I, ao som da banda appy-hour, com muita descontração e animação. Durante o evento foram distribuídos 15 mil informativos na comunidade com o seguinte alerta: A quem você está entregando sua Saúde Bucal? João Monlevade VI Semana de Odontologia Programa de Atualização Profissional Foi realizada nos dias 25 a 31 de outubro a VI Semana de Odontologia de João Monlevade. A abertura aconteceu no dia 25 de outubro, Dia do Dentista, no auditório da Prefeitura Municipal, com a palestra sobre Nutrição e Saúde,com o professor Frederico Pretti. No dia 28 de outubro, foi ministrada pela gerência executiva do INSS (Programa de Educação Prevdenciária) palestra sobre A aposentadoria do cirurgião-dentista. Durante a semana, foram realizadas outras palestras pelos dentistas da cidade sobre temas odontológicos, abordando cuidados com o traumatismo dentário e divulgando a cartilha educativa reeditada em projeto da ABO com a Prefeitura e com as professoras Maria Ilma Cortês e Juliana Vilela. Já no dia 31 de outubro foi realizado o Primeiro Baile do Dentista, com a presença marcante dos colegas. Raquel Drumond (ABO-João Monlevade), Janaína Barbosa (coordenadora de Saúde Bucal), Prof. Rodrigo Cassini Marques e Jaqueline Domingues (ABO- João Monlevade) O Curso sobre O uso do flúor em Odontologia fluorose dentária e Tratamento Restaurador Atraumático (ART), ministrado pelo professor Rodrigo Cassini Marques, foi realizado no dia 28 de novembro. Este foi o sétimo curso de atualização promovido em 2008 pela Regional de João Monlevade, em parceria com a Prefeitura Municipal. Os temas abordados contribuíram muito para a atualização científica dos cirugiões-dentistas da cidade, principalmente aos que atuam no setor público com a promoção da saúde da população.

14 14 Cursos de Especialização Aprovados pelo CFO e MEC (portaria 968 de 10/10/2007) EAP Odontologia em Saúde Coletiva - VI Turma Coordenação: Profª Alcione Lúcia Morais Rímulo Duração: 18 meses Carga horária: 606 horas/aula Inscrições abertas Especialização em Periodontia V Turma Coordenação: Profª Drª Andréa Mara de Oliveira Azevedo Especialista em Periodontia (PUC/MG) Mestre em Periodontia (UFMG) Doutora em Educação Professores: Profª Eugênio José Pereira Lages Especialista em Periodontia (PUC/MG) Mestre em Periodontia (UFMG) Especialista em Implantodontia (Castelo Branco/SP)] Doutorando em Periodontia Prof. Renato de Araújo Prates Especialista em Periodontia (ABO/MG) Mestre em Laser em Odontologia Doutorando em Engenharia Nuclear (USP) Profª Drª Telma Medeiros Lorentz Especialista e Mestre em Periodontia (UFMG) Doutora em Peridontia Prof. Sérgio Diniz Ferreira Especialista e Mestre em Periodontia Duração: 22 meses (aulas de 3ª à sábado uma vez ao mês) Carga horária: 855 horas/aula Inscrições abertas Odontologia Legal IV Turma Coordenador: Prof. Ronaldo Radicchi Mestre em Odontologia Legal FOP / UNICAMP Duração: 18 meses 1 vez ao mês Carga orária: 606 horas/aula Inscrições abertas Odontopediatria VII Turma Coordenação: Profª Renata Antonini Pimenta Profª Maria Iolanda Gonçalves de A. Araújo e Profª Maria Emir Silbiger Professores convidados: Prof. Rodrigo Cassini Marques Profª Célia Cristina Dal Moro Profª Maria do Rosário Oliveira Profª Maria Cristina Cabral Duração: 22 meses Carga horária: 865 horas/aula Inscrições abertas Ortopedia Funcional dos Maxilares - II Turma Coordenação: Prof. Orlando Santiago Júnior Duração: 29 meses Carga horária: horas/aula Inscrições abertas Radiologia Odontológica e Imaginologia VI Turma Coordenação: Profª Fernanda Fonseca Nunes Duração: 16 meses Carga horária: 640 horas/aula Inscrições abertas 9º Curso de Especialização em Endodontia Seleção: a defi nir Coordenador: Dr. Rogério Machado Silva Mestre em Endodontia pela UFPEL Professores: Dr. Rogério Machado Silva (Coordenador do Curso, Especialista e Mestre em Endodontia) Dra. Vania Morsani (Especialista e Mestre em Endodontia) Dr. Nelson Figueredo (Especialista e Mestre em Endodontia e Professor da PUC) Dra. Maria Rita Freitas (Especialista e Mestre em Endodontia e Professora da PUC) Dr. Carlos Magno de Oliveira (Especialista em Endodontia) Dr. Adelmo Morais (Doutor em Microcirurgia) Dr. Rodrigo Amaral (Especialista em Endodontia) Dr. Luiz Fernando Soares (Especialista em Endodontia) Incrições abertas Especialização em Dentística COORDENAÇÃO: Prof. Dr. Rodrigo de Castro Albuquerque PROFESSORES: Prof. Dr. Rodrigo de Castro Albuquerque Prof. Dr. Luiz Thadeu de Abreu Poletto Prof. Dr. Lincoln Dias Lanza Professores convidados Duração: 24 meses Inscrições abertas Data de seleção: a confi rmar Odontologia do Trabalho II Turma Curso inteiramente presencial, com professores das áreas de Odontologia Legal, Engenharia e Medicina do Trabalho e Saúde Coletiva. Aulas práticas em Indústrias do Estado de Minas Gerais. Duração do curso: 18 meses Inscrição para seleção: abertas Critérios para seleção: Análise de currículo e entrevista ATENÇÃO CIRURGIÕES-DENTISTAS: O Curso de Especialização em Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial da EAP/ABO- MG, abriu inscrições para atendimento a pacientes. Caso tenha interesse encaminhe seu paciente para a ABO/MG, entrando em contato com Magda (31) CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM IMPLANTODONTIA VI TURMA Coordenador: Prof. Roger Lanes Silveira Especialista, Mestre e Doutor em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Duração do curso: 24 meses Início do curso: Março 2009 Nº de vagas: 12 Inscrições para seleção: ABERTAS Atenção: A EAP/ABOMG está oferecendo a seus ex-alunos de diversos cursos de especialização, a oportunidade de terem a certifi cação acadêmica (MEC), através da solicitação de aproveitamento de estudos. Informe-se em nossa secretaria (31) Atenção: Os cursos estão sujeitos a alteração de data e número de inscritos para sua realização Informações para inscrição e matrícula: Requisitos: Ser associado da ABO/MG ou de outra ABO, Regional ou Estadual e estar quite com a entidade Estar registrado em Conselho Regional de Odontologia DOCUMENTAÇÃO PARA SELEÇÃO: Currículum com Xérox das certificações Xerox do documento do CRO Xerox CPF e Identidade Cópia do recibo de pagamento da anuidade ou declaração de quitação com a entidade (quando de outra ABO) 1 foto 2 x 4 recente Pagamento da taxa de inscrição DOCUMENTAÇÃO PARA MATRÍCULA istórico Escolar do Curso de Graduação Diploma do curso superior de graduação Certidão de nascimento ou casamento CRO válido e definitivo CPF Identidade 1 foto 3 x 4 recente Observações: a) Todos os documentos pessoais ou escolares deverão ser em cópias autenticadas ou cópias simples, neste caso acompanhados dos respectivos originais, para a devida conferência. b) A primeira mensalidade do curso é paga no ato da matrícula. c) No ato da matrícula será assinado um contrato de prestação de serviços educacionais entre a ABO/MG e o candidato. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: As vagas são limitadas. As inscrições poderão ser encerradas sem aviso prévio. Os cursos estão sujeitos à existência de quorum mínimo de alunos e poderão ser adiados ou cancelados. Programação, corpo docente, valores dos cursos, consulte nossa secretaria (31) ou acesse nosso site: / eap

15 EAP 15 Cursos de Aperfeiçoamento Aprimorar-se sempre. Eis o segredo do profissional de sucesso! Capacitação em Miniimplantes (COD. 1062) O Curso tem, como fi nalidade, capacitar o cirurgião-dentista a planejar e realizar instalação de Miniimplantes ortodônticos, estabelecendo um protocolo cirúrgico para instalação e remoção dos mesmos. Ministrador: Dr. Leonardo Augusto da Matta Fonseca especialista em Ortodontia MBA em Gestão de Saúde Professor no Curso de Atualização em Ortodontia CETRO Professor no Curso de Mini-Implante Ortodôntico CETRO TRAGA SEU PACIENTE Programa do Curso: 1 TEÓRICO: istórico da ancoragem absoluta, Tipos de ancoragem esquelética: Tipos de parafusos ortodônticos Osseointegração x estabilidade mecânica Considerações anatômicas: Seleção dos sítios: Localização / Angulação Técnica Cirúrgica: Guia cirúrgico Tipos de guia e confecção Técnica de implantação Considerações biomecânicas na ancoragem com Miniimplantes: Ativação imediata ou tardia Manutenção e higienização Sucessos e Insucessos. 2 LABORATORIAL ANDS ON : Instalação de miniimplantes em manequins 3 CLÍNICA Instalação de miniimplantes em pacientes Data: 06 e 07 de março de 2009 orário: 08:00 as 18:00 VAGAS LIMITADAS INSCRIÇÕES ABERTAS IV CURSO DE CIRURGIA AVANÇADA DE IMPLANTODONTIA (Cód. 994) Coordenadores: Prof. Newton Miranda de Carvalho - Secretário Geral da ABO-Nacional; Especialista em Implantodontia; Mestre em Implantodontia S.L. Mandic-SP. Prof. Maurício Miranda de Carvalho Especialista em Implantodontia Natureza: Teórico Prático Periodicidade: Mensal - Sábado (Manhã e Tarde) Duração: 09 meses - Carga horária: 72 horas/aula Inscrições Abertas XII Aperfeiçoamento em Implantodontia (Formação Cirúrgico/ Protético) (Ênfase ao Planejamento e Desenvolvimento Teórico-Prático) (Cód. 1044) Prof. Maurício Miranda Carvalho. Especialista em Implantodontia Coordenadores: Prof. Newton Miranda de Cavalho.Secretário Geral da ABO-Nacional. Especailista em Implantodontia. Mestre em Implantodontia S.L. Mandic-SP Natureza: Teórico- Prático Periodicidade:Mensal - Sextas-feiras (manhã e tarde) - Sábados (manhã e tarde) Duração: 10 meses - Carga orária: 180 h/a Vagas: Máximo 21 Inscrições Abertas II CURSO DE APER- FEIÇOAMENTO EM ENDODONTIA Teórico / Pré-Clínico e Clínico Sua aliança com o futuro da Endodontia Coordenadores: Dr. Geraldo Moreira Avelar Dr. Marcos Rogério Rabelo Dr. Otaviano Luiz Durães Pereira Objetivo: Proporcionar ao profi ssional o conhecimento técnico-científi co para executar uma endodontia racional, através de um reformulado conceito didático. O profi ssional irá compreender, de forma fácil, efi ciente e inteligente, como vencer os desafi os existentes em cada anatomia, na visão de grandes nomes da endodontia, com isso, assimilando a maneira mais consistente de limpar e modelar esse complexo anatômico imprevisível. Neste curso estaremos abordando a endodontia com informações científi cas e técnicas diferenciadas, baseadas em uma visão interdisciplinar, critérios sólidos e uma abordagem voltada para um padrão de atendimento completo. Natureza: Conhecimento teórico-científi co e aplicação técnica intensiva pré-clínica e clínica Perfi l do público alvo: Especialista e clínico em endodontia Duração: 12 meses Carga horária: 212 horas / aula Vagas limitadas em 24 Inscrições abertas - Início: a defi nir IX Curso de Aperfeiçoamento em Odontologia Estética Teórico/prático com atendimento à pacientes (Cód. 1060) COORDENADORES Dr. Artur Napoleão Pereira Araújo Especialista em Dentística Operatória Professor da EAP ABO/MG Mestre em Dentística Professor da UNINCOR Betim Dr. Ari Castelo Branco Especialista em Periodontia Dr. Miguel Vigatti Professor da EAP ABO/MG Mestre em Endodontia PROFESSORES CONVIDADOS Dr. Paulo Emilio Pinheiro Especialista em Prótese Dr. Ricardo Marçal Mestre em Dentística Previsão de início: 27 de fevereiro de 2009 (Sextas-Feiras e Sábados uma vez por mês) orário: 14:00 às 22:00 horas (Sextas-Feiras) e 08:00 às 18:00 horas (Sábados) Duração: 10 meses Carga horária: 160 horas/aula Vagas: 24 Programação Teórica Plano de tratamento Condutas terapêuticas integradas Ananmese Exames Clínicos Exames complementares Enceramento diagnóstico Núcleo Pré fabricado (Estéticos e Metálicos) Tipos de pinos Indicações / Aplicações Vantagens Desvantagens Noções de oclusão em dentística Relação Cêntrica M.I Contatos prematuros Refi namento oclusal Inlay / Onlay (Cerâmica e resina) Moldagem Casquete Silicone de adição Lâminas Anteriores Resinas anteriores e posteriores Coroas Metalo Cerâmica e puras Clareamento dental Inscrições abertas! Informe seu à EAP e receba a programação mensal de cursos e eventos.

16 16 Outros cursos para 2009 EAP CURSO: ESTADO DA ARTE EM CLAREAMENTO DENTAL (COD. 1058) Curso Teórico com o que existe de mais atual em Clareamento Dental: Técnicas de consultório (LED, ultra-som, ZOOM) Novos produtos para clareamento caseiro (noturno/diurno) Clareamento em dentes não vitais o que usar? Controle da sensibilidade no clareamento (caseiro/consultório) Novos produtos para isolamento do paciente Coordenador: Prof. Dr. Lívio de Barros Silveira Ministrador: Prof. Dr. Marcus Vinicius Lucas Ferreira Secretário do Departamento de Laserterapia da EAP/ABO-MG Mestre em Lasers IPEN FOUSP Doutor em Bioengenharia UFMG Data: de 18:30 as 21:30 Nº vagas: 60 Investimento: R$ 50,00 CURSO DEMONSTRATIVO SOBRE CLAREAMENTO (COD. 1059) Aos alunos que realizarem o curso Estado da Arte em Clareamento Dental será oferecida a possibilidade de se fazer o curso demonstrativo de clareamento dental em cons ultório, com as técnicas que utilizam o LED azul e a lâmpada de arco curto livre de vapor de sódio (ZOOM) Data: de 09:00 as 12:00 Nº de vagas: 12 Investimento: R$ 150,00 Cursos de Planejamento Integrado em Reabilitação Oral: Prótese Periodontia Implantodontia (Teórico/ Laboratorial e Clinico) (Cód. 1043) Coordenadores Prof. Gustavo Diniz Greco. Pós Graduado em Periodontia Univ. Itaúna. Especialista em Prótese Dentária CEO IPSEMG. Mestre em Clínicas Odontológicas com Ênfase Prótese Dentária PUC Minas. Doutorando em Clínica Odontológica UFMG Prof. Fernando Antônio M. de Abreu. Especialista em Periodontia Univ. Itaúna. Especialista em Implantodontia PUC Minas. Mestre em Clínicas Odontológicas com Ênfase em Periodontia PUC Minas Objetivos: O curso tem por finalidade oferecer ao CD conhecimentos científicos atualizados, nos aspectos teóricos, laboratoriais e clínicos. Transmitindo sempre o ideal de planejamento multidisciplinar integrado (Prótese, Periodontia, Implantodontia, Cirurgia Avançada, Estomatologia, Imaginologia, Endodontia, Ortodontia, Dentística, etc), visando o melhor diagnóstico, plano de tratamento e prognóstico dos casos clínicos. O curso tem, também, como objetivo, estimular a auto-confiança e espírito crítico dos profissionais, capacitandoos a atuarem com maior segurança e confiança, proporcionando uma melhor qualidade de vida a seus pacientes. Público alvo: Cirurgiões Dentistas Clínicos Especializados Início: Março de 2009 orário: 8h às 22h, às sextasfeiras, e de 8h às 12h, aos sábados - Carga horária: 160 h/a Local : ABO/MG Rua Tenente Renato César, 106 Bairro Cidade Jardim VAGAS LIMITADAS - INSCRIÇÕES ABERTAS V Curso de Formação Teórico / Prático de Auxiliar de Consultório Dentário (ACD) Diurno Nova turma Objetivo: formar recursos humanos para atuar na equipe odontológica tanto no setor público como no privado; dentro de princípios éticos, de políticas de saúde vigentes, de controle de infecção e de relação interpessoal da Odontologia atual; através do domínio de conhecimentos adquiridos em atividades teóricas, práticas e estágios supervisionados e obrigatórios. Coordenadores: Drª Alcione Lúcia Morais Rímulo Dr. Anilton Rímulo Conteúdo Programático Ética Profi ssional Trabalho em equipe e relações humanas Equipamentos odontológicos Manutenção de equipamentos Instrumentais e materiais odontológicos Promoção de saúde Administração de consultório Controle de infecção Ergonomia Estrutura e organização do Sistema de Saúde Especialidades odontológicas Obs.: Material ditático incluso Duração: 08 meses Carga horária: 312 h Vagas: 40 Inscrições abertas! DEPARTAMENTO DE OMEOPATIA O Departamento de omeopatia está convidando os Cirurgiões-Dentistas interessados em participar do Grupos de Estudos de omeopatia em Odontologia, realizados 2 vezes por mês, sempre às 6ªs feiras, a partir de 14:30 horas, conforme cronograma abaixo: Outubro: dias 10 e 24 Novembro: dias 14 e 28 Dezembro: dia 12 Os pacientes interessados em tratamento omeopático poderão procurar a ABO/MG, para agendamento de consulta. Maiores informações pelo telefone (31) , com Magda.

17 Balanço 17

18 18 Atendimento domiciliar Clínica Dr. Edson Mariano CRO-MG 3559 Professor da FO-UFMG Fones: (31) /(31) Dra. Enia Salles Rocha CRO-MG Especialista em Odontogeriatria Mestre em Clínica FOUFMG Av. Prudente de Morais, 287 sl 704 Cidade Jardim B Fones (31) / / Dr. Mauro Ivan Salgado CRO-MG CRMMG 6963 Mestre e Doutor em medicina - Cirurgia FM- UFMG Professor Adjunto FM-UFMG Diagnóstico - Cirurgia Bucal - Atendimento de pessoas com deficiência - Domiciliar e ospitalar Rua Gonçalves Dias, sala 703 Fones: (31) / DTM e Dor Orofacial Clínica Dr. Edson Mariano CRO-MG Professor da FO-UFMG Especialista em DTM e Dor Orofacial Fisioterapia para DTM Av. do Contorno, Savassi B/MG - Fone: (31) / Dra. Madalena Caporali P. Rabelo CRO-MG Dr. Márcio J. M. Rabelo CRO-MG Especialistas em Disfunções Temporomandibulares e Dores Orofaciais Pós-graduação c/ 2 anos de Residência no Centro de Dor Orofacial da Kentucky University-USA. End.Praça da Bandeira, 200 Mangabeiras/B-MG/Telefax(31) Clínica Dr. Marcelo Mascarenhas CRO-MG Especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial Especialista em Disfunções Temporomandibulares e Dores Orofaciais Fisioterapeuta NOVO ENDEREÇO: Av. Bandeirantes, 412 Mangabeiras Telefax: (31) Pequenos Anúncios Dra. Cláudia Maria R. Cruvinel CRO-MG Especialista em Endodontia. Casos especiais com uso de microscópio. Tratamento de perfurações. Rua Carijós, 136 Sala 1007 B MG Fone: (31) Dr. Eduardo Nunes CRO-MG Doutor, Mestre e Especialista F.O. Bauru(USP) Especialista em Radiologia (ABO-MG), Prof. Adjunto da Pós-Graduação em Endodontia - PUC - Minas. R. Rodrigues Caldas, 726/1104 Sto. Agostinho - B (31) Dr. Fernando Antônio Costa Zuba CRO-MG Especialista em Endodontia pela UFMG Av. do Contorno, 6.283/ Savassi - B/MG Fone: (31) / Dr. elmon Ângelo Cotta CRO-MG 207 Especialista em Endodontia Av. Brasil, sala 1401 Tel: (31) Cel: (31) Endodontia Dra. Maria Ilma de S. Côrtes CRO-MG Endodontia e traumatismo dentário Plantão permanente para emergências, inclusive com atendimento hospitalar (31) R. Gonçalves Dias, 142/502 Funcionários - B/MG - (31) Odontologia - Apnéia e Ronco Dr. Jorge Machado Caram CRO-MG Ortodontia, ronco e apnéia do sono Prótese bucal de uso noturno R. Rodrigues Caldas, 726 sala Santo Agostinho - B/M Fones: (31) / VENDA Vendo clínica odontológica, excelente local, clientela formada, 2 salas, valor R$ ,00. Fone: / / ALUGUEL Consultórios na Av. Bandeirantes. Casa com 2 consultórios e um escritório em 1º andar, central de esterilização, 2 vagas na garagem. Tel Prótese e Implantodontia Dr. Célio Soares de Oliveira Jr. CRO-MG Prof. Adjunto da FO-UFMG; Especialista em Implantodontia - Especialista em Periodontia - Mestre e Doutor em Prótese pela F.O. Bauru - USP R. Felipe dos Santos, 825 salas Tel.: (31) / / Telefax (31) Dr. Luiz Gonzaga de Oliveira CRO-MG 0973 Professor da UFMG Implantodontia e Periodontia Rua Gonçalves Dias, Sala 305 -B/MG Consultório: (31) Residência: (31) Dr. José Alfredo Mendonça CRO-MG Planej. e execução cirúrgica p/ protesistas Especialista, Mestre e Doutor em Periodontia (USP-FO-Bauru) Especialista em Prótese (Ipsemg-MG) Prof. Adjunto III do curso de Mestrado em Implantodontia da PUC-Minas Tecnologia Nobel - Guide - Fixação de Implantes sem Retalho Cirurgias Avançadas em Implantodontia Analgesia com Sedação, Anestesia Geral Av. Pasteur, 89 / Conj B/MG PABX: (31) ome Page: Dr. Paulo Coelho Andrade CRO-MG Mestre em Implantodontia - Campinas; Especialista em Implantes - ABO; Pós-graduado em Cirurgias Avançadas - Sociedade Americana de Implantes e Transplantes; Pós graduado em Periodontia ABO e em Odontologia Estética Av. Bandeirantes, Mangabeiras - B/MG Fone: (31) / Dr. Oswaldo Magela Lima CRO-MG Implantes ósseo-integrados Execução cirúrgica e protética Estacionamento para cliente no próprio prédio Av. do Contorno, 2646 sls 1003/1005 Área ospitalar Fones: (31) / Dr. Rodrigo Cassini Marques CRO-MG Especialista em Odontopediatria pela ABOMG; Prof. do Curso de Especialização em Odontopediatria da EAP/ABO-MG Rua Sta. Rita Durão, B - MG Fone: (31) / Indicador Dr. Adauto Lopes CRO-MG Mestre em Ortodontia - PUC Minas Especialista em Ortodontia - FO Bauru Professor do Curso de Especialização em Ortodontia da EAP/ABO-MG R. Pernambuco, 1002 Sala 801 Savassi - B - MG - Fone: (31) Dr. Denis de Paula Pereira CRO-MG Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial R. Sergipe, 1.167/503 - Savassi B - MG - Fone: (31) Ortodontia Dra. Alessandra Simões Machado CRO-MG Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial Professora do Curso de Aperfeiçoamento em Ortodontia da EAP/ABO-MG Atendimento a crianças, adolescentes e adultos. Av. do Contorno, 5351 sala Cruzeiro - B/MG Fone: (31) Radiologia Radiografias Bucodental e SERO Dr. Fernando A. Fonseca CRO-MG 1972 Dr. Carlos Matheus Mangelli CRO-MG Anos de confiabilidade e credibilidade Radiodiagnóstico e Documentações odontológicas Rua Pernambuco, Sobreloja Fone: (31) Rua Paraíba, 330/1504 Central Shopping Fone: (31) Odontopediatria Dra. Maria de Fátima Léles CRO-MG Especialista em Odontopediatria pela PUC-MG Av. João César de Oliveira, 2959 sala 207 Eldorado - Contagem MG Telefax: (31)

19 Indicador 19 Ortopedia Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilofacial Reabilitação Oral Dra. Ieda Píramo Moreira Santiago CRO-MG 1174 Especialista em O.F.M. e D.T.M. e Dor Orofacial Coordenadora da especialidade O.F.M. da ABO de Muriaé-MG CONSULTÓRIO: Av. do Contorno, Conj Santo Agostinho Belo orizonte - MG Tel: (31) Dr. Orlando Santiago Júnior CRO-MG Mestre em Patofisiologia Geral Especialista em OFM e DTM e Dor Orofacial Coordenador do curso de Especialização da ABO-MG CONSULTÓRIO: Av. do Contorno, Conj Santo Agostinho Belo orizonte - MG Tel: (31) Dr. Adriano do Valle Fernandes CRO-MG Especialista, pós-graduado pela USP-Bauru Cirurgias Bucais Cirurgias Ortognáticas Patologias Bucomaxilofaciais Fraturas da Face - Implantes dentários Atendimento hospitalar Av. Brasil, 1831 sala Bairro Funcionários - CEP: Tel: (31) Urgências: (31) (24 horas) Dr. Edgard Carvalho Silva CRO-MG 015 Cirurgia - Radiologia - Diagnóstico Bucal Professor Titular da UFMG Av. Afonso Pena, B - MG - Fone: (31) Dr. Leandro Napier de Souza CRO-MG Espec. Cirurgia Bucomaxilofacial e Mestre Estomatologia - Prof. Newton Paiva - Coord. Especializ. Estomatologia ABO - Cir. Bucal, ortognática, fraturas, implantes e diagnóstico Av. Contorno, 4747/705 - Lifecenter (31) / Urgências Dr. Belini Freire Maia CRO-MG Espec. e Mestre em Cirurgia Bucomaxilofacial; Prof. da PUC-Minas; Implantes Orais / Cir. Avançadas; Fraturas faciais e Cirurgia Ortognática Lifecenter, Av. do Contorno, 4747/Conj Fone: (31) / Urgência Dr. Ronaldo Raivil Arruda CRO-MG Cirurgia e Traumatologia; Bucomaxilofaciais; Cirurgia Oral; Implantes; Enxertos Av. do Contorno, Sala 507 B - MG - Fone: (31) Dr. Sebastião élio Pereira Godinho CRO-MG Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofaciais; Implantes Branemark Grupo Odontológico Mangabeiras Praça da Bandeira, Mangabeiras B - MG - Fone: (31) Dr. João do Carmo Marquez CRO-MG Especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial Mestrando em Implantodontia, Prof. da FOUI, Implantes Orais, Enxertos Ósseos, Cirurgias Menores e Ortognáticas. Rua Ceará, 1431 / 301 Funcionários Av. Sinfrônio Brochado, 624 / 101 Barreiro (31) / Dr. Carlos Roberto Martins CRO-MG Periodontista e Estomatologista Professor da UFMG e PUC-MG Rua do Ouro, 136-1º andar Serra - B - MG Fone: (31) Clínica Dr. Edson Mariano CRO-MG 3559 Professor da FO-UFMG Implantodontia e Prótese Especialista em DTM e Dor Orofacial Fisioterapia para DTM LASERTERAPIA ATENDIMENTO DOMICILIAR EMERGÊNCIA - 24 oras Inclusive Domingos e Feriados Av. do Contorno, Savassi (31) Telefax: (31) Mantenha seu endereço sempre atualizado. Envie um para Periodontia Dr. Lívio de Barros Silveira CRO-MG Clínica Odontológica - Laserterapia Especialista em Periodontia Av. Raja Gabaglia, s/902 - Estoril - B - MG - Tel: (31) (cons.) (31) (res.) Dra. Cássia Pascoal Menezes CRO-MG Periodontia e Laserterapia Av. João César de Oliveira, Sala 118 Eldorado - Contagem - MG Fone: (31) Pça Clemente Faria Barro Preto Fone: (31) Dr. Gerdal Roberto de Sousa CRO-MG Especialista em Periodontia Mestre em Lasers - IPEN - FOUSP Rua Espírito Santo, 1204 Conj. 1202/1204 B - MG - Fone: (31) Dr. erbert de Simone Molina CRO-MG Periodontia Especialista pela UNICAMP Av. José Pedro Muniz, 100 Jardim Agenor de Lima - Guaxupé MG - Fones: (35) / Dr. Glênio Coutinho de Oliveira CRO-MG Periodontia Rua Rio Grande do Norte, 726/ B - MG Fone: (31) (Cons.) (31) (Res.) Dr. José Geraldo Martins CRO-MG Periodontia Rua do Ouro, 136 1º andar Serra - B - MG Fone: (31) Fax: (31) Dr. Vagner Pereira dos Santos CRO-MG Especialista em Periodontia Av. Afonso Pena, Sala B/ MG Fone: (31) (Cons.) (31) (Res.) Dr. José Fernando V. Machado CRO-MG Periodontia De 2ª a 5ª, das 13 às 20 hs - e 6ª, das 9 às 13 hs Av. Brasil, Salas 601/602 - B - MG Fone: (31) (Consult) (31) (Res.) Dr. Fernando de Oliveira Costa CRO-MG Especialista e Mestre em Periodontia, Prof. Adjunto em Periodontia da FOUF-MG, Dr. em ciência da saúde Av. Contorno, 4849/5º andar - Funcionários B/MG Fone: (31) / Dr. Joaquim Resende CRO-MG 905 Exclusivamente Periodontia Rua Santa Rita Durão, 321 sala 611 B - MG - Telefax: (31) Dr. José Cláudio Faria Amorim CRO-MG Implantodontia - Periodontia - Laserterapia - Doutor / UFMG R.Espírito Santo, 1204/806 B (31) Pça Dr. Augusto Gonçalves, 146/ Itaúna 5ª e 6ª feiras - (37)

20 20 Ação ABO Um grande mutirão em prol da prevenção de doenças marcou a segunda edição do evento Saúde na Praça, promovido pela Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), no último dia 16 de outubro, na Praça da Liberdade, em Belo orizonte. Este ano, a ABO-MG também esteve presente, além das 26 Sociedades de Especialidades Médicas que compõem a AMMG, as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, a Sociedade de Acadêmicos de Medicina de Minas Gerais,e da Comissão de Controle do Tabagismo, Alcoolismo e Uso de Outras Drogas (Contad-AMMG). Todos se uniram para reforçar a importância do cuidado com a saúde. Nem mesmo o calor de mais de 30 graus tirou o ânimo dos profissionais e da população, que compareceu em peso à procura de informações e orientação. Profissionais e estudantes davam orientações e esclarecimentos sobre doenças e os principais cuidados. A ABO-MG montou um espaço especial, o Escovódromo onde deu dicas de escovação, distribuiu kits de higiene e folhetes explicativos. A criançada se divertiu e aprendeu como escovar corretamente os dentes. Cerca de três mil pessoas passaram pelo local. O evento atingiu seu objetivo. É muito comum as pessoas procurarem o médico somente quando a doença já se instalou. Se o indivíduo mantém ABO-MG participa do Saúde na Praça evento aproxima profissionais e população hábitos de vida saudáveis e fica atento aos sinais que nosso próprio corpo nos dá, o diagnóstico de uma possível doença é feito de forma precoce, o tratamento é mais fácil e as chances de cura aumentam, reforça o presidente da AMMG. Os visitantes, além das orientações com os especialistas, puderam medir a pressão arterial, altura, peso e circunferência abdominal. Foi disponibilizado também o teste de função pulmonar, que avalia a capacidade respiratória, especialmente indicado para fumantes e asmáticos. Quem passou pela Praça da Liberdade também teve a oportunidade de fazer um curso de primeiros socorros e aprender como auxiliar vítimas de parada cardiorrespiratória. ouve ainda demonstrações com o bafômetro, além do alerta sobre os riscos de se associar álcool e direção de veículos. A Secretaria de Estado da Saúde montou a Casinha da Dengue, com o intuito de para trabalhar as formas de prevenção à doença. Já a Secretaria Municipal de Saúde de Belo orizonte orientou visitantes em relação à assistência médica em postos de saúde e hospitais da rede pública. Do universo de 111 crianças atendidas pela equipe de dentistas e acadêmicos da ABO-MG 38 (34,23%) eram da faixa etária de 0 a 3 anos, enquanto 73 (65,77%) tinham de 4 a 12 anos de idade. Destes, 56 (50,45%) eram meninos e 55 (49,55%) eram meninas. Dos 111 participantes e seus familiares 47 (42,34%) eram moradores da redondeza da Praça da Liberdade, ou seja, provinham da zona sul de Belo orizonte, enquanto outros 57 (51,35%) eram famílias que deslocaram de bairros da zona norte em função do evento. Este mix de coletivo social enriqueceu o evento, despertando em todos o sentimento de igualdade de condições, de universalidade de atenção e de equidade de acesso às ações. Endereço: Rua Tenente Renato César, Cidade Jardim - B/MG - CEP Correio

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com.

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com. Outubro 2012 NATAL www.unirn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 30 anos de história no RN www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE ANS - n.º 34531-8 Palavra

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento.

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento. DISCURSO DE POSSE Boa Noite a todos! Cumprimento o ex-diretor presidente Sebastião Calais, o Prefeito Leris Braga, o vice-prefeito Alcemir Moreira, o presidente da Câmara de Vereadores Juarez Camilo, o

Leia mais

Para a sociedade Promover soluções de acesso a tratamentos odontológicos.

Para a sociedade Promover soluções de acesso a tratamentos odontológicos. REGIONAL VOLUNTÁRIO 2010 / 2011 CONHECENDO A TURMA DO BEM A Turma do Bem é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público fundada em 2002 que tem como missão mudar a percepção da sociedade

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo Sinog Março / 2011 Press Kit para Imprensa Sinog Sindicato Nacional das Empresas

Leia mais

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo Sinog Dezembro/ 2011 Press Kit para Imprensa Sinog Sindicato Nacional das Empresas

Leia mais

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Escola Técnica de Saúde Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 Proposta de trabalho apresentada como pré-requisito para inscrição no processo

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Senior Dados da empresa Razão Social: Sorridents Franchising Ltda Nome Fantasia: Sorridents Clínicas Odontológicas

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Mutum

Prefeitura Municipal de Nova Mutum LEI Nº 1.854, DE 20 DE ABRIL DE 2015. Dispõe sobre a Política Municipal dos Direito da Pessoa Idosa e cria o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e dá outras providências. O Sr. Leandro Félix

Leia mais

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110

informe COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Abril 2012 www.uniodontorn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 Abril 2012 NATAL www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DESTAQUES DESTA EDIÇÃO: Convenção da Uniodonto Nordeste... pág. 03 Assembleia dos cooperados reelege a atual Diretoria... pág.

Leia mais

MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL

MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL 2010 TURMA DO BEM A Turma do Bem é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público fundada em 2002

Leia mais

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal Discurso 04/12/2003 Dr. Alfredo Setubal Presidente do Conselho de Administração do IBRI - Instituto Brasileiro de Relações com Investidores Boa Noite! Esta cerimônia de final de ano é a minha última à

Leia mais

Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar

Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar março de 2012 Introdução Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar na gestão pública. A criação

Leia mais

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 Apresentação Nossa história Objetivos, Atribuições e Compromisso Nosso Método de Trabalho Manifestações dos Usuários 1. Quantidade 2. Tipos 3. Percentual

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Minas Gerais 2013 1 SUMÁRIO Resultados Gerais Junior Achievement... 2 Resultados Conquistados desta parceria... 3 Resultados Conquistados

Leia mais

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br Psicologia Intensiva uma especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br PSICOLOGIA INTENSIVA O intensivismo é uma especialidade que apresenta um caráter interdisciplinar voltado

Leia mais

Durante três dias, Juiz

Durante três dias, Juiz INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA Juiz de fora out/nov de 2012 nº 06 Durante três dias, Juiz de Fora foi a capital brasileira da Odontologia. Isso porque o 8º Congresso de Odontologia

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

Epidemia de Doenças Crônicas: Como enfrentar esse desafio? Rio de Janeiro, 27 de Setembro de 2010 Martha Oliveira Assessoria da Presidência- ANS

Epidemia de Doenças Crônicas: Como enfrentar esse desafio? Rio de Janeiro, 27 de Setembro de 2010 Martha Oliveira Assessoria da Presidência- ANS Epidemia de Doenças Crônicas: Como enfrentar esse desafio? Rio de Janeiro, 27 de Setembro de 2010 Martha Oliveira Assessoria da Presidência- ANS I A ANS e a Saúde Suplementar I A ANS e a Saúde Suplementar

Leia mais

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos RELATÓRIO OFICINA FNEPAS ESTADUAL MINAS GERAIS INTEGRALIDADE E QUALIDADE NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS EM SAÚDE: Integrando Formação, Serviços, Gestores e Usuários Local: COBEM Uberlândia Data: 22 de outubro

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico.

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico. Todos nós precisamos das clínicas odontológicas seja para fazer uma restauração, limpeza, clareamento de dentes e outros serviços, que em determinados momentos pode ser até uma cirurgia. Já sabemos também

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

CARTA DAS OUVIDORIAS PÚBLICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CARTA DAS OUVIDORIAS PÚBLICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CARTA DAS OUVIDORIAS PÚBLICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Em 08 e 09 de julho de 2015, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), realizouse o II Fórum de Ouvidorias Públicas do Estado do Rio de Janeiro. Participaram

Leia mais

Categoria Franqueado

Categoria Franqueado PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Razão Social: Natureza Comércio e Representações Ltda Nome Fantasia: O Boticário Data de fundação:

Leia mais

ABRA A BOCA CONTRA O CÂNCER BUCAL

ABRA A BOCA CONTRA O CÂNCER BUCAL Protocolo Nº: 002-S. Unidade(s) de aprendizagem ou disciplina de referência: Diagnóstico Bucal ( Unidade de Aprendizagem); Patologia Buco Dental e Estomatologia I e II ( disciplina de referência) Ementa:

Leia mais

Brasília, 9 de maio de 2012

Brasília, 9 de maio de 2012 Brasília, 9 de maio de 2012 Discurso do presidente Alexandre Tombini em evento no Sebrae para lançamento do Plano de Ação para Fortalecimento do Ambiente Institucional para a Adequada Inclusão Financeira

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IBIPORÃ Estado do Paraná

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IBIPORÃ Estado do Paraná A CÂMARA MUNICIPAL DE IBIPORÃ,, aprovou e eu, Prefeito do Município, sanciono a seguinte: L E I Nº 2.299/2009 SÚMULA: Dá nova redação a Lei Municipal n 1989/2006, de 20 de janeiro de 2006, que instituiu

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

Voluntariado. Cabe na sua vida. Ser voluntário #issomudaomundo NOTÍCIAS. Ação Estudar Vale a Pena mobiliza mais de 800 voluntários Itaú Unibanco

Voluntariado. Cabe na sua vida. Ser voluntário #issomudaomundo NOTÍCIAS. Ação Estudar Vale a Pena mobiliza mais de 800 voluntários Itaú Unibanco NOTÍCIAS Ação Estudar Vale a Pena mobiliza mais de 800 voluntários Itaú Unibanco Mobilizar. Colaborar. Transformar. Muitas foram as motivações que levaram você e mais 791 colaboradores Itaú Unibanco (e

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES 21/06/2014 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde

Leia mais

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA RELATO DE EXPERIÊNCIA SEMANA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA Mestranda Rita Aparecida Nunes de Souza da Luz PROGEPE UNINOVE Resumo O objetivo desse trabalho é relatar a experiência

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015 Portal D24 AM Saúde 03 de Setembro de 2015. Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/semsa-anuncia-estrategias-paradiminuir-filas-ubss-manaus/139451 Semsa

Leia mais

Disciplina MSP 0670-Atenção Primária em Saúde I. Atenção Básica e a Saúde da Família 1

Disciplina MSP 0670-Atenção Primária em Saúde I. Atenção Básica e a Saúde da Família 1 Disciplina MSP 0670-Atenção Primária em Saúde I Atenção Básica e a Saúde da Família 1 O acúmulo técnico e político dos níveis federal, estadual e municipal dos dirigentes do SUS (gestores do SUS) na implantação

Leia mais

10/09 CRMV-RN comemora, com êxito, o Dia do Médico Veterinário

10/09 CRMV-RN comemora, com êxito, o Dia do Médico Veterinário 10/09 CRMV-RN comemora, com êxito, o Dia do Médico Veterinário O Dia do Médico Veterinário, 9 de setembro, foi comemorado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

Carta da Região Sudeste

Carta da Região Sudeste I FÓRUM ESTADUAL DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES I SEMINÁRIO SUDESTE DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES Carta da Região Sudeste Gestores da Saúde, Servidores da Saúde, Representantes de

Leia mais

PROPONENTE. Razão Social: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO PARÁ. ANTONIO REIS GRAIM NETO (Presidente da Comissão de Jovens Advogados)

PROPONENTE. Razão Social: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO PARÁ. ANTONIO REIS GRAIM NETO (Presidente da Comissão de Jovens Advogados) PROPONENTE Razão Social: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO PARÁ Nome de Fantasia - OAB-PA CNPJ 05.070.008/0001-48 Endereço: Praça Barão do Rio Branco, 93 CEP 66015-060 Fone: (91) 40068600 Email: gabinetediretoria@oabpa.com.br

Leia mais

TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO

TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO TÍTULO: A DIMENSÃO TÉCNICO-OPERATIVO DO TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL: RELEITURA DOS INSTRUMENTOS E TÉCNICAS UTILIZADOS NA PROFISSÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: SERVIÇO

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética Comissão de Ética Introdução As ações desenvolvidas pela Comissão de Ética em 2014 foram pautadas nos parâmetros do Questionário de Avaliação da Ética elaborado pela Comissão de Ética Pública (CEP) que

Leia mais

NORIEL VIANA PEREIRA Candidato a Diretor ESTES

NORIEL VIANA PEREIRA Candidato a Diretor ESTES NORIEL VIANA PEREIRA Candidato a Diretor ESTES CHAPA: InterAÇÃO: Equidade e Responsabilidade Propostas para a Gestão Junho/2013 a Junho/2017 UBERLÂNDIA 2013 1.0 APRESENTAÇÃO DO CANDIDATO Bacharel e Licenciado

Leia mais

SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, JURÍDICA E DE ESTUDOS SOBRE A PESSOA IDOSA

SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, JURÍDICA E DE ESTUDOS SOBRE A PESSOA IDOSA 110. ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( x ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA SALA DE ESPERA DIREITOS DOS IDOSOS: SUBPROJETO DO NÚCLEO

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RECURSOS HUMANOS O PROGRAMA O Programa Municipal de Voluntariado

Leia mais

Fortaleza, 4 de novembro de 2013.

Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, no V Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira Senhoras e senhores, boa tarde a todos.

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

Brincar de ler e escrever

Brincar de ler e escrever I Edital FNA 2015 Brincar de ler e escrever A Fundação Negro Amor - FNA foi criada em 2008 e, desde então, desenvolve ações na área socioeducativa e cultural, com foco na promoção da educação infantil

Leia mais

Objetivo: Nosso negócio:

Objetivo: Nosso negócio: Informações sobre o Programa Nome do Programa Bob s Melhor Idade Início do Programa: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social Contato: Vinitius Fernandes Cargo: Coordenador de Responsabilidade

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LIG Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão

Leia mais

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 1 VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 Anna Maria de Oliveira Salimena 2 Maria Carmen Simões Cardoso de Melo 3 Ívis Emília de Oliveira

Leia mais

A UNIVERSIDADE E OS PROJETOS SOCIAIS: PROJETO RONDON COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E COMUNIDADES DO ESTADO DO MATO GROSSO / MT

A UNIVERSIDADE E OS PROJETOS SOCIAIS: PROJETO RONDON COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E COMUNIDADES DO ESTADO DO MATO GROSSO / MT A UNIVERSIDADE E OS PROJETOS SOCIAIS: PROJETO RONDON COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE E COMUNIDADES DO ESTADO DO MATO GROSSO / MT Myrian Lucia Ruiz Castilho André Luiz Castilho ** A educação é um direito

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

Você sabe onde quer chegar?

Você sabe onde quer chegar? Você sabe onde quer chegar? O Ibmec te ajuda a chegar lá. Gabriel Fraga, Aluno de Administração, 4º periodo, Presidente do Ibmex, Empresa Jr. Ibmec. Administração Ciências Contábeis Ciências Econômicas

Leia mais

Institucional Invest Oral

Institucional Invest Oral Institucional Invest Oral A Invest Oral Fundada em 2003, por nosso sócio fundado Dr. Fabio Loriato Calmon; possui grande expertise conquistada ao longo de seus 12 anos de existência; Uma empresa operadora

Leia mais

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos.

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos. Plano de Ação 2013 Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias Objetivos Origem dos Recursos Infraestrutura Público Alvo Capacidade de Atendimento Recursos Financeiros Utilizados Recursos

Leia mais

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão NOTÍCIAS Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão Mobilizar e ampliar de forma estruturada. Esse foi o propósito da ação voluntária Estudar Vale a Pena, que em cinco anos de atuação impactou

Leia mais

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE Um modelo de assistência descentralizado que busca a integralidade, com a participação da sociedade, e que pretende dar conta da prevenção, promoção e atenção à saúde da população

Leia mais

Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - CONASEMS EDITAL DE PATROCÍNIO

Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - CONASEMS EDITAL DE PATROCÍNIO Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - CONASEMS EDITAL DE PATROCÍNIO AO O XXIX Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde Data do evento: 07 a 10 de Julho de 2013 Brasília/DF

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE

CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE CARTA DE SÃO PAULO 5º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS E A SEGURANÇA DO PACIENTE A realização do I Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos

Leia mais

Regimento Interno. Capítulo I Da natureza da Renoi. Capítulo II Dos objetivos da Renoi

Regimento Interno. Capítulo I Da natureza da Renoi. Capítulo II Dos objetivos da Renoi Rede Nacional de Observatórios de Imprensa Capítulo I Da natureza da Renoi Regimento Interno Art. 1º - A Rede Nacional de Observatórios de Imprensa Renoi - é uma rede de organizações e pessoas que atuam

Leia mais

PROJETO ESCOLA PARA PAIS

PROJETO ESCOLA PARA PAIS PROJETO ESCOLA PARA PAIS Escola Estadual Professor Bento da Silva Cesar São Carlos São Paulo Telma Pileggi Vinha Maria Suzana De Stefano Menin coordenadora da pesquisa Relator da escola: Elizabeth Silva

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE CARTILHA DO VOLUNTÁRIO

Leia mais

X Encontro Nacional de Escolas de Governo

X Encontro Nacional de Escolas de Governo X Encontro Nacional de Escolas de Governo Painel Cursos de pós-graduação nas escolas de governo A experiência da Enap na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu Carmen Izabel Gatto e Maria Stela Reis

Leia mais

Prof. Ana Cláudia Fleck Coordenadora da Academia de Professores da ESPM-Sul

Prof. Ana Cláudia Fleck Coordenadora da Academia de Professores da ESPM-Sul PROGRAMA GUIA ESPM-Sul Programa de Acompanhamento Discente e Excelência Profissional Prof. Ana Cláudia Fleck Coordenadora da Academia de Professores da ESPM-Sul Pensamento ESPM. São Paulo, 25/04/2014.

Leia mais

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18)

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18) https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/178 3-educacao-amplia-interlocucao-com-representantes- do-movimento-sindical Notícia veicula no site Portal da Educação em 17/02/11 Secretária Ana Lúcia

Leia mais

Evolução das Matrículas por Modalidade 2000-2004 58.396 43.396 46.277 37.242 30.730

Evolução das Matrículas por Modalidade 2000-2004 58.396 43.396 46.277 37.242 30.730 Informe Técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial APRESENTAÇÃO DESEMPENHO & OFERTA v.2, n.1, março de 25 Criado com o propósito de divulgar o comportamento do desempenho institucional no curto

Leia mais

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012 JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012 Com a presença de mais de 100 executivos e profissionais do segmento do livro, aconteceu na capital paulista no último dia 04 de dezembro, o Jantar de Confraternização

Leia mais

Profª Márcia Rendeiro

Profª Márcia Rendeiro Profª Márcia Rendeiro CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLOGIAS PRÁTICA ODONTOLÓGICA AMBIENTES INSTRUMENTOS MATERIAIS RECURSOS HUMANOS O PROCESSO DE TRABALHO ODONTOLÓGICO VEM SOFRENDO TRANSFORMAÇÕES AO LONGO

Leia mais

Díli Terça-feira, 26 de Novembro

Díli Terça-feira, 26 de Novembro ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, KAY RALA XANANA GUSMÃO, POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARA DENTISTAS E ENFERMEIROS ODONTOLÓGICOS SOBRE O

Leia mais

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL 2013 1. IDENTIFICAÇÃO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL ESTADUAL DE GOIÁS GEFE/GO 2. APRESENTAÇÃO O curso a distância de Disseminadores de Educação Fiscal constitui

Leia mais

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção

Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Concepção Programa de Extensão Núcleo de Desenvolvimento Lingüístico: primeiras experiências Marcello de Oliveira Pinto (UERJ) Márcia Magarinos (UERJ) Marina Dias O presente trabalho tem como objetivo apresentar

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 325/2013 Data: 04 de Novembro de 2013 SÚMULA: Dispõe sobre o Plano Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, que tem por finalidade fortalecer e estruturar o COMAD como órgão legítimo para coordenar,

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO CONSELHO NACIONAL DO SESI Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. Um Selo que surge para reconhecer o trabalho das pessoas e instituições que, em parceria com o SESI, constroem pontes para que adolescentes

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

Diretoria de Marketing

Diretoria de Marketing Proposta de Candidatura Diretoria de Marketing Lucas Ferreira Rios 1. Dados Básicos de Identificação Nome: Lucas Ferreira Rios Idade: 25 anos Cargo Atual: Auxiliar Executivo de Marketing Ingresso na Empresa:

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Proposta de Gestão Marcos Amorielle Furini Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Continuidade, Avanço e Consolidação de uma Gestão Transparente e Participativa. Prezados servidores e alunos.

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF)

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) Introdução O Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de

Leia mais

ANS. Eixos Temáticos da Regulamentação e Garantia de Acesso à Informação como o empregador pode participar. Bruno Sobral de Carvalho

ANS. Eixos Temáticos da Regulamentação e Garantia de Acesso à Informação como o empregador pode participar. Bruno Sobral de Carvalho ANS Eixos Temáticos da Regulamentação e Garantia de Acesso à Informação como o empregador pode participar. Bruno Sobral de Carvalho Diretor de Desenvolvimento Setorial São Paulo, maio de 2011 Plano Coletivo

Leia mais

CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR

CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR LOMBARDO, Antonio lombardo@net.em.com.br, lombardo@crea-mg.com.br Universidade de Itaúna, Departamento de Engenharia Mecânica Campus Verde Universidade de Itaúna 35.680-033

Leia mais

AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA

AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA 1- Definição A Capelania Espírita é a prestação de apoio religioso espírita, oferecido a pacientes internados em hospitais e/ou a seus familiares,

Leia mais

ZÉLIA LUBÃO: A SIMONSEN E O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO

ZÉLIA LUBÃO: A SIMONSEN E O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO Revista Digital Simonsen 6 Entrevista ZÉLIA LUBÃO: A SIMONSEN E O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO Por: Rodrigo Amaral e Fernando Gralha N esta terceira edição da RDS entrevistamos a Coordenadora Administrativa

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO EM ESPANHOL

CURSO DE EXTENSÃO EM ESPANHOL ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM ESPANHOL Rosmário Zapora Tatiane Lima de Paiva Elda Cristina Silveira Lucimar Araújo Braga Valeska Graciso Carlos RESUMO O presente projeto tem por objetivo

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: FLY IDIOMAS Nome Fantasia: WIZARD Data de fundação: 10/07/2010 Número de funcionários:

Leia mais

?- Período em que participavam das aulas.

?- Período em que participavam das aulas. Iniciativa Apoio como foi a campanha HISTÓRIAS EX ALUNOS 1997 2013 as perguntas eram relacionadas ao:?- Período em que participavam das aulas. - Impacto que o esporte teve na vida deles. - Que têm feito

Leia mais

SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM

SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM Caro dentista, agora você faz parte da Turma do Bem! É com grande satisfação que preparamos esse manual com informações sobre o Projeto DENTISTA DO BEM.

Leia mais