Contagem ganhará 18 novas Unidades Básicas de Saúde Prefeitura e os governos estadual e federal investirão R$ 22 milhões na construção das UBS's

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contagem ganhará 18 novas Unidades Básicas de Saúde Prefeitura e os governos estadual e federal investirão R$ 22 milhões na construção das UBS's"

Transcrição

1 Página 1 de XXX Contagem, quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 Ano 22 Edição 3287 Contagem ganhará 18 novas Unidades Básicas de Saúde Prefeitura e os governos estadual e federal investirão R$ 22 milhões na construção das UBS's Acompanhado do prefeito Carlin Moura, o governador Antonio Anastasia assina termo de parceria para construção de 18 UBS's no município Os moradores do bairro Vila Pérola, região da Ressaca, presenciaram um momento histórico para o sistema municipal de saúde de Contagem. O governador do estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia, assinou, nesta terça-feira (17/12) o termo de parceria para a construção de 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS's) em Contagem. A formalização da parceria aconteceu durante solenidade de entrega do Centro de Prevenção à Criminalidade do bairro Ressaca, do mesmo modo, realização em parceria com o governo do Estado de Minas Gerais. Ao todo, serão investidos R$ 22 milhões na construção das unidades. O governo do Estado participará com 40% do montante, o governo Federal com mais 32% e o município fará um aporte de 28% desse total. Agradecendo o caráter republicano das relações entre o governo do Estado e o município de Contagem, o prefeito Carlin Moura, falou das parcerias firmadas Temos celebrado com o governador Anastasia parcerias permanentes, com resultados concretos ao município. A construção destas 18 unidades desafogam o acolhimento dos usuários do sistema público de saúde e auxiliam a articulação dos trabalhos de atenção à saúde, agradeceu o prefeito. Recebemos a determinação enfática do governador Anastasia para participarmos de mais esse capítulo, dessa republicana política de ampliação de atenção à saúde, destacou o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge. O secretário explicou que as UBS's serão construídas na planta padrão do governo do Estado. Temos uma planta de projeto que promove o casamento entre a expectativa de acolhimento e as condições ideais de trabalho para os nossos profissionais de saúde. São aparelhos de saúde amplos, arejados, cuja construção é de rápida execução, asseverou. Após a conclusão do projeto executivo da construção, a expectativa para entrega é de 5 meses. O governador Antonio Anastasia, confidenciou que, em conversa com o secretário estadual de saúde, não se lembra de ter visto no estado um volume de obras tão significativo. Sobre a diligência do prefeito Carlin Moura, Contagem dá um passo significativo em sua política pública de saúde, dando clara prioridade aos trabalhos preventivos. O Estado sabe das dificuldades dos municípios no custeio à saúde pública, e temos a obrigação de auxiliar concretamente os municípios, enfatizou o governador. O secretário municipal de Saúde, Ricardo Faria, listou os ganhos que as unidades vão gerar para o atendimento no município. Vamos otimizar melhor os recursos da saúde, retirando um número considerável de prédios públicos da condição de aluguel. Acolheremos melhor nossos usuários. Os servidores atenderão em unidades mais amplas e estruturadas. Hoje é um dia histórico para a saúde de Contagem, disse. Elias Ramos "Este documento está assinado digitalmente nos termos da Lei /2006 e MP /2001. A assinatura digital constitui uma forma de encriptação eletrônica do documento. Os métodos criptográficos adotados pela Prefeitura de Contagem impedem que a assinatura eletrônica seja falsificada, ou que os dados do documento sejam adulterados ou copiados, tornando-os invioláveis. Portanto, encontram-se garantidas, pela assinatura digital, a autenticidade e a inviolabilidade de todos os dados do presente DIÁRIO OFICIAL DE CONTAGEM - MG (doc)." Para outras informações

2 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 1 de 11 Atos do Executivo DECRETO Nº 235, de 18 de dezembro de Declara ponto facultativo os dias que menciona e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM, no uso das atribuições legais e nos termos estabelecidos no artigo 2º do Decreto nº 08, de 15 de janeiro de 2013; D E C R E T A: Art.1º Ficam declarados como Ponto Facultativo os dias 23 e 30 de dezembro de 2013, passando a integrar o Calendário de Feriados e Pontos Facultativos do exercício de 2013, estabelecido no Anexo Único do Decreto nº 08, de 15 de janeiro de Art.2º Funcionarão normalmente, excetuando do disposto no artigo 1º, deste Decreto, os serviços executados: I - em todas as unidades de saúde, que compõe a Atenção Básica de Saúde, bem como os serviços de urgência e emergência; II - na Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil; III - no efetivo da Guarda Municipal, conforme jornada a ser estabelecida pelo Comando da Guarda Municipal. Art.3º Os serviços essenciais de transporte, funerário, limpeza, fiscalização, manutenção de parques e jardins e outros assim considerados, deverão manter plantões nos dias mencionado no artigo 1º deste Decreto, conforme escala a ser definida pelos titulares dos respectivos órgãos. Art.4º A rede de ensino municipal cumprirá o calendário escolar, aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. Art.5º Este Decreto entra em vigor na data de publicação. Palácio do Registro, em Contagem, aos 18 de dezembro de CARLOS MAGNO DE MOURA SOARES Prefeito de Contagem Prof. IRINEU INÁCIO DA SILVA Secretário Municipal de Administração DECRETO Nº 236, de 18 de dezembro de Altera o Decreto nº 045, de 16 de abril de 2013, que dispõe sobre consignação em folha de pagamento do agente público, ativo, inativo e pensionista do Município de Contagem, no âmbito do Poder Executivo Municipal e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais que lhes são conferidas pela Lei Orgânica do Município de Contagem; D E C R E T A: Art.1 o O artigo 3º do Decreto nº 045, de 16 de abril de 2013, passa a vigorar acrescido do inciso VII, com a seguinte redação: Art.3º [...] [...] VII empresa de prestação de serviços odontológicos. (NR) Art.2 o Fica alterada a redação do parágrafo único do artigo 16, do Decreto nº 045, de 16 de abril de 2013, que passa a ter a seguinte redação: Art.16 [...] Parágrafo único. A entidade de classe, associação ou clube representativos de servidores públicos do Município de Contagem não terão custos com a adesão estabelecida no caput deste artigo. (NR) Art.3 o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio do Registro, em Contagem, aos 18 de dezembro de CARLOS MAGNO DE MOURA SOARES Prefeito de Contagem Prof. IRINEU INÁCIO DA SILVA Secretário Municipal de Administração DECRETO nº 237, de 18 de dezembro de Declara de utilidade pública para fim de constituição de servidão o imóvel que menciona. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM, no uso de suas atribuições legais; DECRETA: Art.1º Fica declarado de utilidade pública, com base no art. 5, alínea i, do Decreto Lei n 3.365, de 21 de junho de 1941, para fim de constituição de servidão área de 36,80m2, aqui representada pela faixa de Servidão localizada no Lote 17 da Quadra 01, no Bairro Linda Vista, que envolve a desapropriação para execução de drenagem. Com as seguintes divisas e confrontações: a área demarcada situa-se de PI, com coordenadas: X= Y= , localizado a 189,54m da esqui-

3 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 2 de 11 na da Rua Tertuliano e Rua Anibal Barca. Segue do 1 numa distância de 14,84m até o P2, com coordenadas: X= Y= , deixando à esquerda O Lote 17 e a direita a área aqui descrita. Segue do P2 com ângulo de 85 00D e distância de 2,50m até o P3, com coordenadas: X= Y= Segue do P3 com ângulo de 90 00D e distância de 14,62 m até o P4, com coordenadas: X= Y= , e deixando a esquerda o terreno vizinho. Segue do P4 com ângulo de 81 00D e, distância de 2,50m até o PI, ponto inicial desta descrição já narrado aqui, deixando a esquerda a Rua Tertuliano e a direita a área aqui descrita, fechando assim o perímetro. Art.2 A área de que trata o art. 1 deste Decreto destina-se a obra de implantação do sistema de drenagem pluvial no Bairro Linda Vista. Art.3 As despesas decorrentes da execução do disposto neste Decreto correrão por conta das dotações orçamentária consignadas em Lei Orçamentária Anual. Art.4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio do Registro, em Contagem, 18 de dezembro de CARLOS MAGNO DE MOURA SOARES Prefeito de Contagem FLAVIO MAGELO DE SOUZA Secretário Municipal de Obras e Serviços Urbanos DECRETO nº 238, de 18 de dezembro de Regulamenta o Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto na Lei Municipal n.º 4.130, de 13 de dezembro de 2007 e suas alterações posteriores, DECRETA: CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1.º O Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, instituído pela Lei Municipal nº4.130, de 13 de dezembro de 2007 e alterado pela Lei Municipal n.º 4.607, de 21 de junho de 2013, tem por objetivo criar condições financeiras e de gerência dos recursos destinados ao desenvolvimento das ações de fomentação da Política Municipal de Meio Ambiente, previstas pela Lei Municipal nº 3.789, de 23 de dezembro de 2003, executando e/ ou coordenando programas, projetos e ações públicas e/ ou projetos especiais por organizações da sociedade civil de interesse público e organizações não-governamentais brasileiras sem fins lucrativos, com finalidade específica de defesa do meio ambiente, cujos objetivos sejam relacionados aos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, mediante convênios, termos de parceria, termo de cooperação técnica, acordos, ajustes ou outros instrumentos previstos em lei. 1º Os recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC serão priorizados para a execução de ações, programas, projetos, capacitação e atividades desenvolvidas pelo órgão competente e responsável pela execução da Política Ambiental do Município de Contagem. 2º Buscar-se-á as parcerias externa e interna para a execução das ações propostas. 3º Compete a cada setor do órgão ambiental elaborar e apresentar anualmente ao Gestor do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC os seus Planos de Trabalho, com detalhamento do material necessário e respectivos custos para a sua execução com previsão de revisão trimestral. 4º O órgão ambiental deverá criar, através de Portaria, uma Comissão Interna com 01 (um) representante de cada setor, com o gestor do órgão, para estabelecer as prioridades de execução dos planos de trabalho. 5º Uma vez definido o programa prioritário pela Comissão Interna, será criada conta específica para sua implementação. CAPÍTULO II DOS RECURSOS FINANCEIROS Art. 2º São receitas do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC aquelas mencionadas no art. 3º da Lei Municipal nº 4.130/ º As receitas serão depositadas obrigatoriamente na conta do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, mantida em instituição financeira oficial de crédito. 2º Fica autorizada a aplicação financeira dos recursos depositados na conta do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, que dependerá da existência de disponibilidade em função do cumprimento da programação. CAPÍTULO III DOS PROJETOS ESPECIAIS Art. 3º Para fins do art. 2º, incisos II, III, IV, V e VI, da Lei Municipal n.º 4.130/ 2007 consideram-se Projetos Especiais aqueles que contemplem: I- planejamento e fiscalização do uso dos recursos naturais, visando a racionalização do uso do solo, do subsolo, da água, do ar, a proteção dos ecossistemas, com a preservação de áreas representativas; Diário Oficial do Município de Contagem Órgãos dos Poderes Executivo e Legislativo Prefeito Municipal: Carlos Magno de Moura Soares Projeto editorial e produção: Jornalistas: Diúde Campos, Carolina Melo Cunha, Noême Ramos e Vanessa Trotta Diagramação:: Inês Guerra Distribuição: Protocolo Geral ( ) Prefeitura Municipal de Contagem: Praça Presidente Tancredo Neves, 200, bairro Camilo Alves - MG CEP / Telefone: (31) Assinatura Digital: Vladimir Rodrigues Santiago - Matricula: ASSINATURA DIGITAL

4 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 3 de 11 II- controle e localização espacial adequada das atividades potencial ou efetivamente poluidoras, visando compatibilizar o desenvolvimento econômico do município com a proteção do meio ambiente; III- intervenção socioeducativa para a implementação de processos de formação, capacitação e produção de material didático relevante para a divulgação das questões pertinentes à Política Municipal de Meio Ambiente; IV- promoção da educação ambiental da população em geral e, em especial, das comunidades escolares; V- elaboração de estudos técnicos sobre a realidade socioambiental do município com fins a promoção do desenvolvimento sustentável. 1º A educação ambiental deverá ser desenvolvida em todos os Projetos Especiais. 2º Para fins de publicação de edital, os Projetos Especiais serão agrupados nas seguintes linhas de apoio: I- Educação Ambiental e Comunicação Ambiental; II- Consumo Consciente e Práticas Sustentáveis; III- Gestão de Recursos Naturais; IV- Pesquisa e Extensão Ambiental. Art. 4º Os Projetos Especiais serão selecionados pelo órgão ambiental do município de Contagem, dentre aqueles apresentados por organizações da sociedade civil de interesse público e organizações não-governamentais brasileiras sem fins lucrativos, com finalidade específica de defesa do meio ambiente com atuação no âmbito do município de Contagem, cujos objetivos sejam relacionados aos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC. 1º Além dos critérios específicos para cada Projeto Especial, que serão estabelecidos em edital a ser publicado no Diário Oficial de Contagem, somente poderá apresentar projetos a entidade que: I comprovar estar legalmente constituída e em atividade há mais de um ano; II apresentar o estatuto registrado em que conste objetivo expresso ligado a atividades ambientais; III apresentar a ata de eleição da última diretoria devidamente registrada; IV apresentar o cartão de inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas); V ter representatividade no Município de Contagem, demonstrada através de ações realizadas ou em curso, em seu território; 2º A publicação de edital para a seleção dos Projetos Especiais ocorrerá de dois em dois anos, exceto nos anos que ocorrerem as eleições municipais. 3º Não haverá seleção de projetos nos casos em que nenhum deles apresentar os requisitos do edital publicado. 4º O Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC destinará no mínimo 10% (dez por cento) das receitas provenientes dos incisos V, VI, VII e VIII do artigo 3º da Lei Municipal n.º 4.130, de 13 de dezembro de 2007, para implementação dos Projetos Especiais. Art. 5º A entidade ficará obrigada a prestar contas, em forma mercantil e devidamente acompanhada da respectiva documentação fiscal, dos recursos recebidos. 1º A entidade em atraso na prestação de contas, parcial ou final, de projetos especiais anteriormente firmados, fica impedida de apresentar novos projetos enquanto não cumprir sua obrigação legal. 2º A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, ao receber a proposta de projeto especial, deverá verificar se existe atraso na prestação de contas da entidade ou órgão solicitante. 3º A Secretaria Municipal de Fazenda deverá, sempre que solicitada, informar ao gestor do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC quanto a regularidade na prestação de contas de entidades. Art. 6º Não serão aprovados projetos especiais que prevejam ou permitam pagamento de gratificação, consultoria, assistência técnica ou qualquer espécie de remuneração adicional a servidores públicos ou seus parentes, na forma da Súmula 13 do Supremo Tribunal Federal. Art. 7º Não serão aceitos projetos especiais apresentados por entidades: I- que estejam irregulares ou inadimplentes com as obrigações fiscais ou contribuições legais para com a União ou com entidades da Administração Pública Federal Indireta, Estadual e Municipal; II- em que figurem como membros ou integrantes os agentes políticos e servidores públicos, bem como seus cônjuges e parentes afins ou consanguíneos até 2º grau, nos termos do art. 33 da Lei Orgânica do Município de Contagem. III- que não prestaram contas de recursos recebidos anteriormente do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC. Art. 8º Os projetos especiais poderão ser precedidos de chamamento público, a critério do Gestor do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, responsável pela execução da política pública objeto do Projeto Especial, visando à seleção de projetos ou entidades que tornem mais eficaz o objeto do ajuste. CAPÍTULO IV DAS ATRIBUIÇÕES DO CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE CONTAGEM Art. 9º Compete ao Conselho Municipal de Meio Ambiente de Contagem - COMAC: I- aprovar a prestação de contas e relatórios que deverão ser apresentados pelo Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC na última reunião do COMAC a realizar-se no ano; II- aprovar as diretrizes e programas de alocação de recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC, em consonância com a Política Municipal de Meio Ambiente, em especial, os Planos Anuais de Trabalho da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade na primeira reunião do COMAC a realizar-se no ano; CAPÍTULO V DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DA DESPESA Art. 10 Nenhuma despesa será executada sem a necessária autorização orçamentária. Parágrafo único. Para os casos de insuficiência e omissões orçamentárias serão utilizados os créditos adicionais suplementares e especiais, autorizados por lei e abertos por decretos do Executivo. Art. 11 As despesas realizadas com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC se constituirão de: I- financiamento total ou parcial de programas integrados de meio ambiente desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente ou por Órgãos ou Entidades com ela conveniados; II- aquisição do material de consumo e permanente necessários ao desenvolvimento dos programas, projetos e ações; III- construção, reforma, ampliação, benfeitorias, instalações, aquisição ou locação de imóveis necessários ao desenvolvimento de projetos ambientais; IV- estudos e projetos para a realização de obras e instalações;

5 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 4 de 11 V- desenvolvimento e aperfeiçoamento dos instrumentos de gestão, planejamento, administração e controle das ações a que se refere o art. 1º deste Decreto; VI- financiamento de projetos especiais; VII- atendimento de despesas diversas, de caráter urgente e inadiável, necessária à execução das ações mencionadas no art. 1º deste Decreto. CAPÍTULO VI DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 12 Para efeito do disposto no art. 116, da Lei n , de 21 de junho de 1993, a aquisição de produtos e a contratação de serviços com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente de Contagem - FMMAC transferidos a entidades privadas sem fins lucrativos deverão observar os princípios da impessoalidade, moralidade e economicidade, sendo necessária, no mínimo, a realização de cotação prévia de preços no mercado antes da celebração do contrato. Art. 13 Revogam-se as disposições em contrário, em especial o Decreto nº , de 17 de maio de Art. 14º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio do Registro, em Contagem, 18 de dezembro de CARLOS MAGNO DE MOURA SOARES Prefeito de Contagem IVAYR NUNES SOALHEIRO Secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade Controladoria Municipal Extrato da Portaria nº 275, de 12 de dezembro de 2013, da Corregedoria Geral. Designa defensor dativo para atuar no Processo Administrativo Disciplinar nº. 01/064/2013. Defensor Dativo : DRA. DANIELA ALMEIDA RODRIGUES, MATRÍCULA Nº Processado : C.C.O., MATRÍCULA Nº , AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS. Controladoria Geral do Município, Contagem, aos 12 de dezembro de Extrato da Portaria Nº 266, de 02 de dezembro de 2013, da Corregedoria Geral. Instauração de Processo Administrativo Disciplinar. Processado : R.F., MATRÍCULA Nº , DIRETOR DE ESCOLA MUNICIPAL Como medida cautelar e a fim de que o servidor não venha a influir na apuração da irregularidade, determino o AFASTAMENTO do servidor R. F., MATRÍCULA Nº , DIRETOR DE ESCOLA MUNICIPAL, pelo prazo de 60 (sessenta) dias, sem prejuízo da remuneração, com base no artigo 142, caput, da Lei Municipal nº /90; Comissão Processante: Presidente e Relator Bel. Philippe Augusto Lopes Ferreira. Membros: Camila Garcia Ramos. Yasmine Luciane Maia Bernardes. Controladoria Geral do Município, Contagem, aos 02 de dezembro de Portaria Nº 278, de 16 de dezembro de O CONTROLADOR GERAL DO MUNICÍPIO no uso de suas atribuições legais; nos termos do artigo 138 e seguintes da Lei Municipal nº 2.160, de 20 de dezembro de 1990; e artigo 20 da Lei Complementar nº 142, de 29 de maio de 2013: CONSIDERANDO: I a instauração do Processo Administrativo Disciplinar nº 01/016/2013, através da Portaria Nº 60 de 08 de abril de 2013, para apuração de irregularidades supostamente cometidas pelo servidor RICARDO SENDIN, matrícula , Médico Anestesista. II o Relatório Final da Comissão Disciplinar; RESOLVE: Art. 1º Determinar o ARQUIVAMENTO do PAD 01/016/2013, instaurada em face do servidor. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE Palácio do Registro, em Contagem, aos 16 de dezembro de VANDERLEI DANIEL DA SILVA Controlador Geral do Município Portaria Nº 279, de 16 de dezembro de O CONTROLADOR GERAL DO MUNICÍPIO no uso de suas atribuições legais; nos termos do artigo 138 e seguintes da Lei Municipal nº 2.160, de 20 de dezembro de 1990; e artigo 20 da Lei Complementar nº 142, de 29 de maio de 2013: CONSIDERANDO: I a instauração da Sindicância Indiciária nº 03/012/2013, através da Portaria Nº 62 de 08 de abril de 2013, para apuração de irregularidades supostamente cometidas pelo servidor LAURO DIAS OLIVEIRA, matrícula , Auxiliar de Enfermagem I. II o Relatório Final da Comissão Disciplinar; RESOLVE: Art. 1º Determinar o ARQUIVAMENTO da SI 03/012/2013, instaurada em face do servidor. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE

6 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 5 de 11 Palácio do Registro, em Contagem, aos 16 de dezembro de VANDERLEI DANIEL DA SILVA Controlador Geral do Município Secretaria Municipal de Administração AVISO DE LICITAÇÃO A Prefeitura Municipal de Contagem, através da Equipe de Pregão designada pela Portaria número 081, de 23/04/2013, torna público, para conhecimento dos interessados, que fará realizar licitação na modalidade PREGÃO, tipo menor preço, na Sala de Reuniões da Comissão Permanente de Licitações, conforme abaixo: 1) PREGÃO PRESENCIAL Nº. 092/2013 PROCESSO Nº. 253/2013 AQUISIÇÃO DE BIG BAG TIPO SACO DE RÁFIA E ECOBAG TIPO SACO DE RÁFIA marcado para o dia 08/01/2014, credenciamento de 09h00min às 09h15min e início da disputa às 09h15min; 2) PREGÃO PRESENCIAL Nº. 066/2013 PROCESSO Nº. 188/2013 REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE APARELHO DE AR CONDICIONADO marcado para o dia 03/01/2014, credenciamento de 09h00min às 09h15min e início da disputa às 09h15min. Os editais poderão ser obtidos da seguinte forma: através do site ou na sala da Comissão de Licitação, à Praça Presidente Tancredo Neves, 200, Bairro Camilo Alves, Contagem/MG, no horário de 08h00min às 12h00min e de 13h00min às 17h00min, para tanto os interessados deverão apresentar à Comissão um CDR Novo para gravação magnética sem custos. Informações pelo telefone (31) Contagem, 17/12/2013 Equipe de Pregão. ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais; e, considerando o disposto no art. 92, inciso II, da Lei Orgânica do Município; e, considerando o disposto na Lei Complementar n 142, de 29 de maio de 2013; RESOLVE: 1º EXONERAR do cargo de provimento em comissão de Assistente III, Nível III, CPC 181, o Servidor ROBERTO MARCIO CASADEI, a partir de 1º(primeiro) de julho de 2013, lotada na Secretaria Municipal de Administração. Art.2º NOMEAR para o cargo de provimento em comissão de Assistente III, Nível III, CPC 181, a Servidora MONICA MARTINS DA SILVA ANTUNES, a partir de 1º(primeiro) de julho de 2013, lotada na Secretaria Municipal de Educação. Art.3º NOMEAR para o cargo de provimento em comissão de Gerente, Nível III, CPC 206, o Servidor ROBERTO MARCIO CASADEI, a partir de 1º(primeiro) de julho de 2013, lotado na Secretaria Municipal de Administração. Palácio do Registro, em Contagem, aos 03 de julho de ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM, no uso de suas atribuições legais conferidas especialmente pelo artigo 92, inciso II, da Lei Orgânica do Município de Contagem; e, considerando o disposto na Lei Complementar nº 151, de 28 de agosto de 2013, que altera a estrutura organizacional da Fundação Municipal de Parques e Áreas Verdes de Contagem - ConParq; EXONERA do cargo de provimento em comissão de Assistente I, Nível I, CPC 09, lotada na Fundação Municipal de Parques e Áreas Verdes de Contagem ConParq, entidade que compõe a Administração Indireta do Município de Contagem, a Servidora ANDREA APARECIDA TOMAZ, a partir de 02 de dezembro de Palácio do Registro, em Contagem, aos 10 de dezembro de 2013 ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais; considerando o disposto na Lei Complementar nº. 073 de 28 de dezembro de 2009; Considerando ainda o Decreto nº de 13 de fevereiro de 2012; DESIGNA para o exercício da Função Especial de Monitor, Referência FE-1, CFE 14, lotado na Secretaria Municipal de Defesa Social, o Servidor FLAVIO ROBERTO DOS SANTOS MOREIRA, matrícula , a partir de 1º(primeiro) de novembro de Palácio do Registro, em Contagem, aos 10 de dezembro de ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais; e, considerando o disposto na Lei Complementar n 142, de 29 de maio de 2013, que dispõe sobre a Organização da Administração Direta do Poder Executivo; NOMEIA para o cargo de provimento em comissão de Assessor II, Nível V, CPC 374, lotado na Secretaria Municipal de Governo, o Servidor BRUNO REZENDE DE CASTRO, a partir de 1º(primeiro) de novembro de Palácio do Registro, em Contagem, aos 10 de dezembro de ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM, no uso de suas atribuições legais conferidas especialmente pelo artigo 92, inciso II, da Lei Orgânica do Município de Contagem; e, considerando o disposto na Lei Complementar nº 148, de 28 de agosto de 2013, que altera a estrutura organizacional da Fundação de Ensino de Contagem FUNEC; RESOLVE: Art.1º EXONERAR, a Servidora ARIADNE CRISTINA COELHO, do cargo em comissão de Diretora Geral do Departamento de Gestão de Pessoas, Nível VIII, CPC 39, lotada na Fundação de Ensino de Contagem FUNEC, a partir de 02 de dezembro de Art.2º NOMEAR para o cargo de provimento em comissão de Diretora Geral do Departamento de Educação Profissional, Nível VIII, CPC 41, lotada na Fundação de Ensino de Contagem FUNEC, a Servidora ARIADNE CRISTINA COELHO, a partir de 02 de dezembro de Palácio do Registro, em Contagem, aos 10 de dezembro de ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais; e, considerando o disposto no art. 110, da Lei de 20 de dezembro de 1990; RESOL- VE: Art.1º TORNA SEM EFEITO, no Ato Administrativo n de 28 de junho de 2013, a nomeação da Servidora MARIA DOS ANJOS SANTOS MARÇAL, nomeada para o cargo de provimento em comissão de Assessor II, Nível V, CPC 376, lotada na Secretaria Municipal de Educação. Art.2º TORNA SEM EFEITO, no Ato Administrativo n de 25 de julho de 2013, a nomeação do Servidor TARCISIO FLAVIO GOMES DE CASTRO, nomeado para o cargo de provimento em comissão de Coordenador de Segurança Alimentar e Abastecimento, Nível VIII, CPC 749, lotado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

7 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 6 de 11 Palácio do Registro, em Contagem, 10 de dezembro de ATO ADMINISTRATIVO Nº O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM no uso de suas atribuições legais; e, considerando o disposto na Lei Complementar n 142, de 29 de maio de 2013, que dispõe sobre a Organização da Administração Direta do Poder Executivo; EXONERA, do cargo de provimento em comissão de Assistente I, Nível I, CPC 146, lotada no Gabinete do Prefeito, a Servidora TACIANE GOMES VIEIRA, a partir de 1º(primeiro) de dezembro de 2013 Palácio do Registro, em Contagem, aos 12 de dezembro de Secretaria Municipal de Defesa Social Errata de publicação No Despacho de Julgamento publicado no Diário Oficial de Contagem DOC, edição n. 3284, de 13/12/2013, onde se lê: Acolho o relatório final apresentado pela Comissão Processante e nos termos do artigo 136, inciso II, da Lei Municipal 2.160/90, julgo PROCEDENTE a denúncia formulada contra o servidor V. P. Alvarenga, guarda municipal, matrícula n.º , por terem restado configurados os ilícitos a ele imputados. Condeno o servidor ao cumprimento da pena de SUSPENSÃO equivalente a 03 (três) dias de serviço. Leia-se: Nos termos do artigo 162 da Lei Municipal 2.160/90, julgo procedente a denúncia formulada contra o Guarda Municipal VINICIUS PEREIRA ALVARENGA, matrícula ,por ter restado configurados os ilícitos funcionais consistentes no desrespeito às normas legais e regulamentares (art. 112, III) e ausentar do serviço durante o expediente, sem a prévia autorização do chefe imediato (art. 113, I), ambos previstos na Lei Municipal n /90. Condeno o servidor ao cumprimento da pena de suspensão de 03 (três) dias de serviço, convertida em multa, na base de cinquenta por cento do dia de vencimento ou remuneração, nos termos art. 123, II C/C o art da Lei 2.160/90. Contagem, 16 de dezembro de José Rodrigues da Silva Secretário Municipal de Defesa Social Secretaria Municipal de Fazenda SEGUNDA INSTÂNCIA ADMINISTRATIVA - JUNTA DE RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº 085 PA Nº: 02.A.03799/2013, DE 13/06/2013. RECORRENTE: LARISSA FERNANDES ALONSO RELATOR: EDSON DA SILVA CUNHA EMENTA IPTU LANÇAMENTO PRESCRIÇÃO. REEXAME NECESSÁRIO EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO: ARTIGO 156, INCISO V, ARTIGO 174 DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIO- NAL E ARTIGO 46 DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM. No presente caso, em relação ao imóvel de índice cadastral n , os créditos tributários de IPTU e taxas que com ele são cobradas estão extintos por força do instituto da prescrição em relação aos exercícios de 2001 a Por unanimidade, na reunião do dia 10 de Dezembro de 2013, conheceram do recurso de ofício e, em reexame necessário, mantiveram a decisão de primeira instância que decidiu pela procedência do pedido, decretando a extinção dos créditos tributários de IPTU e taxas que com ele são cobradas, para os exercícios de 2001 a 2005 por prescrição, para o imóvel de índice cadastral Presidiu este julgamento o Sr. José Carlos Carlini Pereira, tendo também participado deste julgamento, o Sr. Luciano José Nosseis dos Santos, o Sr. Edson da Silva Cunha e o Sr. Marcelo Rodrigues do Carmo. ACÓRDÃO Nº 086 PTA Nº: 02.B.00650/2007, DE 01/06/2007. RECORRENTE: CONTABILIDADE INCONFIDÊNCIA LTDA RELATOR: JOSÉ CARLOS CARLINI PEREIRA EMENTA ISSQN. SOCIEDADE DE PROFISSIONAIS. CRITÉRIO EXCEPTIVO PARA CÁLCULO DO IMPOSTO. LEGISLAÇÃO DE REGÊNCIA À ÉPOCA DE OCORRÊNCIA DOS FATOS GERADO- RES. ART. 9 DO DL. 406/68 E ART. 94 DA LEI 1.611/83. RECOLHIMENTO EQUIVOCADO DA CONTRIBUINTE. DIREITO A RESTITUIÇÃO. No presente caso, havendo prova consistente nos autos de preenchimento dos requisitos para enquadramento da contribuinte como sociedade de profissionais, tem a requerente direito à restituição do ISSQN recolhido a maior, ou seu aproveitamento, na forma dos artigos de 39 a 41 do código Tributário do Município de Contagem. Por unanimidade, na reunião do dia 10 de 2013, em reexame necessário, mantiveram a decisão de primeira instância, reconhecendo o direito da contribuinte à restituição do ISSQN recolhido a maior no período de janeiro a julho de Presidiu este julgamento o Sr. José Carlos Carlini Pereira, tendo dele também participado, o Sr. Marcelo Rodrigues do Carmo, o Sr. Edson da Silva Cunha e o Sr. Luciano José Nosseis dos Santos. ACÓRDÃO Nº 087 RECURSO VOLUNTÁRIO PA Nº: 02.A.11321/2011, DE 24/11/2011. RECORRENTE: IGREJA EVANGÉLICA COMUNIDADE DA PAZ RELATOR: JOSÉ CARLOS CARLINI PEREIRA EMENTA

8 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 7 de 11 IPTU/TAXAS. ISENÇÃO RETROATIVA. IMPOSSIBILIDADE. EDITAL ANUAL DE LANÇAMENTO. PRAZO PEREMPTORIO PARA REVISÃO. AJUIZAMNETO. AFETAÇÃO AO PODER JUDICIÁRIO. ENCERRAMENTO DA INSTÂNCIA ADMINISTRATIVA. FALTA DE PRESSUPOSTO PROCESSUAL. Pedidos de isenção devem ser feitos dentro do prazo do edital anual de lançamento dos tributos e não podem ser retroativos. A instância administrativa se encerra com a afetação do caso ao Poder Judiciário. Encaminhada a certidão de divida para cobrança executiva, cessa a competência do órgão fazendário para agir ou decidir quanto a ela. Em relação ao imóvel de índice cadastral n , já estando os débitos de IPTU/taxas para os exercícios de 2009 a 2011 ajuizados, não mais é possível se discutir a Dívida Ativa na esfera administrativa por declínio de competência, É o que se extrai do art. 247, combinado com art. 295, 2, ambos da Lei 1.611/83. Por unanimidade, na reunião do dia 13 de Dezembro de 2013, não conheceram do recurso voluntário, por falta de pressuposto de admissibilidade, ficando mantida a decisão de primeira instância. Presidiu este julgamento o Sr. José Carlos Carlini Pereira, tendo também participado deste julgamento, o Sr. Marcelo Rodrigues do Carmo, o Sr. Edson da Silva Cunha e o Sr. Luciano José Nosseis dos Santos. ACÓRDÃO Nº 088 PA Nº: 02.A.04881/2012, DE 16/05/2012. RECORRENTE: JOSÉ DA PIEDADE ALVES RELATOR: JOSÉ CARLOS CARLINI PEREIRA EMENTA IPTU/TAXAS. ENGLOBAMENTO DE LOTES. BASE DE DADOS INCORRETA. ÍNDICE CADASTRAL EM DUPLICIDADE. IMPROPRIEDADE DE LANÇAMENTOS. NULIDADE. BAIXA DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO. EXCLUSÃO DO SISTEMA. Apurada a impropriedade dos lançamentos de IPTU/Taxas feitos com base em assentamento de dados incorretos no Cadastro Técnico Imobiliário, em vista de coexistência de dois índices cadastrais para um mesmo imóvel objeto de englobamento, os créditos deles decorrentes devem ser baixados no sistema de arrecadação por nulidade absoluta em relação à obrigação tributária, assim como excluído do Cadastro o índice em duplicidade. Por unanimidade, na reunião do dia 13 de Dezembro de 2013, não conheceram do recurso voluntário, por falta de pressuposto de admissibilidade, ficando mantida a decisão de primeira instância para exclusão do índice cadastral do Cadastro Imobiliário, assim como desconstituição dos lançamentos de IPTU/Taxas pertinentes ao mesmo para os exercícios de 2009 a Presidiu este julgamento o Sr. José Carlos Carlini Pereira, tendo também participado deste julgamento, o Sr. Marcelo Rodrigues do Carmo, o Sr. Edson da Silva Cunha e o Sr. Luciano José Nosseis dos Santos. ACÓRDÃO Nº 089 PA Nº: 02.A.01397/2013, DE 27/02/2013. RECORRENTE: DÉCIO ANTÔNIO GAIA RELATOR: EDSON DA SILVA CUNHA EMENTA IPTU LANÇAMENTO PRESCRIÇÃO. REEXAME NECESSÁRIO EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO: ARTIGO 156, INCISO V, ARTIGO 174 DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO NA- CIONAL E ARTIGO 46 DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM. No presente caso, em relação ao imóvel de índice cadastral n , os créditos tributários de IPTU e taxas que com ele são cobradas estão extintos por força do instituto da prescrição em relação aos exercícios de 2001 a Por unanimidade, na reunião do dia 13 de Novembro de 2013, conheceram do recurso de ofício e, em reexame necessário, mantiveram a decisão de primeira instância que decidiu pela procedência do pedido, decretando a extinção dos créditos tributários de IPTU e taxas que com ele são cobradas, para os exercícios de 2001 a 2007 por prescrição, para o imóvel de índice cadastral Presidiu este julgamento o Sr. José Carlos Carlini Pereira, tendo também participado deste julgamento, o Sr. Luciano José Nosseis dos Santos, o Sr. Edson da Silva Cunha e o Sr. Marcelo Rodrigues do Carmo. JUNTA DE JULGAMENTO FISCAL- 1ª INSTÂNCIA A Secretária da Junta de Julgamento Fiscal 1ª Instância, matrícula no exercício de suas atividades, faz publicar as decisões abaixo indicadas: Processo Data Assunto Nome / Razão Social Data Decisão Decisão Nº da Decisão 02.A.04619/ /07/13 PRESCRIÇÃO AGOSTINHO HENRIQUE DA COSTA 11/12/2013 PROCEDENTE A.05496/ /08/13 PRESCRIÇÃO HIRAN KEPLER DE OLIVEIRA LIMA 12/12/2013 PROCEDENTE A.04859/ /07/13 PRESCRIÇÃO JOÃO DA SILVA NETO 12/12/2013 PROCEDENTE A.04232/ /07/13 CANC. DE IPTU JOÃO LUZIA DE OLIVEIRA 13/12/2013 IMPROCEDENTE A.04661/ /07/13 PRESCRIÇÃO JOSÉ APARECIDO DOS SANTOS 5/12/2013 IMPROCEDENTE A.04187/ /07/13 PRESCRIÇÃO JOSÉ CARLOS DA SILVA 12/12/2013 PROCEDENTE A.05029/ /08/13 PRESCRIÇÃO JOSÉ CLIMÉRIO RODRIGUES 12/12/2013 PROCEDENTE A.05228/ /08/13 ISENÇÃO DE IPTU JOSÉ EPIFÂNIO PEREIRA 4/12/2013 PROCEDENTE A.04627/ /07/13 PRESCRIÇÃO JOSÉ LÉO VERGILDO MATOS MUNIZ 11/12/2013 PROCEDENTE A.06286/ /10/13 ISENÇÃO DE IPTU JOSÉ RAIMUNDO ALVES FERREIRA 5/12/2013 PROCEDENTE A.05900/ /09/13 ISENÇÃO DE IPTU GEDEON RODRIGUES DE SANTANA 6/12/2013 IMPROCEDENTE A.05229/ /08/13 ISENÇÃO DE IPTU LAIZE RAFAEL FELIX 4/12/2013 PROCEDENTE A.04636/ /07/13 PRESCRIÇÃO LILIAN CORRÊA DO PRADO BARRETO 11/12/2013 PROCEDENTE A.04716/ /07/13 PRESCRIÇÃO LUCAS CARDOSO DA SILVA 10/12/2013 PROCEDENTE A.04521/ /07/13 PRESCRIÇÃO MAURÍLIO MOREIRA REZENDE 9/12/2013 PROCEDENTE A.04522/ /07/13 PRESCRIÇÃO MAURÍLIO MOREIRA REZENDE 6/12/2013 IMPROCEDENTE A.04723/ /07/13 PRESCRIÇÃO MÁRIO LÉCIO LOPES DO VAL 10/12/2013 IMPROCEDENTE A.04770/ /07/13 PRESCRIÇÃO MARCELO FERREIRA GUIMARÃES 10/12/2013 PROCEDENTE A.04732/ /07/13 PRESCRIÇÃO OSMAR MARÇAL SOBRINHO 6/12/2013 PROCEDENTE 7960 Ficam estes Contribuintes cientificados do prazo de 30 (trinta) dias para interposição de Recurso Voluntário conforme parágrafo único do artigo 282 do CTMC

9 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 8 de 11 Secretaria Municipal de Saúde Município de Contagem através da Secretaria Municipal de Saúde / Fundo Municipal de Saúde, vem em conformidade com a Lei Federal nº 8.666/93, Tornar Público a Homologação do Pregão Presencial nº 103/2013, cujo objeto é CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PRE- VENTIVA E CORRETIVA EM EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES E LABORATORIAIS, COM FORNECIMENTO DE PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA ATENDER À SECRETARIA DE SAÚDE DE CONTAGEM - VIGÊNCIA DE 12 (DOZE) MESES. No valor de R$ ,00 (Um Milhão Quatrocentos e Cinqüenta e Nove Mil reais); a licitante WF TECNOLOGIA CIENTIFÍCA LTDA EPP CNPJ: / ; Dotação Orçamentária: ; Projeto: / / ; Elemento da Despesa : / CR 707/ / CR 748/ / CR 779/787; Fonte: /051003/ O Secretario, Ricardo Rocha de Faria. Em 17/12/2013. Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação RESOLUÇÃO CENTRO PÚBLICO DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM 02/2013 Dispõe sobre a prorrogação do Edital para inscrições das instituições dentro do seguimento da Entidade de apoio e fomento. A Comissão de Constituição do Processo Eleitoral do Conselho Geral Gestor- CGG do Centro Público Economia Popular Solidária do Município de Contagem, no uso de sua atribuições legais, considerando o disposto no DECRETO nº 300, de 26 de janeiro de 2006 e Lei Municipal de 18 de julho de 2006, no que se refere a participação das instituições representantes da sociedade civil junto ao Conselho, Resolve: Artigo 1º- Em virtude da ausência de quórum para inscrições, dentro do seguimento de Entidades de Apoio e Fomento, no processo eleitoral dos Representantes da Sociedade Civil ao Conselho Geral Gestor CGG do Centro Público de Economia Popular Solidária do Município de Contagem, informamos a prorrogação do período de inscrições, e reformulação das demais datas, conforme cronograma em anexo. Contagem, 17 de dezembro de Comissão de Constituição do Processo Eleitoral do CGG EDITAL N 001/2013 ASSUNTO: Convocação e regulamento do processo eleitoral dos Representantes da sociedade civil ao Conselho Geral Gestor- CGG do Centro Público de Economia Popular Solidária do Município de Contagem. CRONOGRAMA Nº DESCRIÇÃO DATA/HORÁRIO/LOCAL 1 Inscrição das instituições em formulário próprio 06 a 10 de Janeiro de 2014 De 08:00 às 17:00 de segunda a sexta-feira Centro Público de Economia Popular Solidária, situado na Rua São Marcos, nº247, Bairro Água Branca, Contagem-MG, no horário de 08:00 às 17:00, segunda a sexta-feira. Ponto de referência: Praça do Sô Teco e Agência dos Correios. 2 Análise das organizações candidatas pela Comissão Eleitoral 15 e 16 de Janeiro de Publicação das Instituições Aptas Até 20 de Janeiro de Pedidos de impugnação de candidatura das instituições. 21 a 24 de Janeiro de Decisão dos Pedidos de impugnação de candidatura de instituições pela Comissão Eleitoral. (02) dois dias Até 27 de Janeiro de 2014 uteis após decisão. 6 Divulgação final das candidaturas, pela Comissão Eleitoral. Até 31 de Janeiro de de Fevereiro de 2014 a) Das 14:00 às 14:30 horas: Credenciamento; 7 Assembleia Geral para Eleição dos representantes não b) Das 14:30 às 14:45 Acolhida, plenária, leitura e aprovação do regimento eleitoral; governamentais para CGG. c) Das 14:45 às 15:15: (Plenárias por seguimento das instituições candidatas a eleição); d) Das 15:15 às 16:00 Plenária Final da Assembleia; Das 16:00: Proclamação das instituições eleitas para o Conselho Geral Gestor- CGG. ATA DA CENTESIMA DECIMA QUARTA REUNIÃO ORDINÁRIA (114ª)DO COMIC CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO DE CONTAGEM REALIZADA NO DIA DEZ DE OUTU- BRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE 10/10/2013. Com início às nove horas e vinte minutos e término às onze horas e cinco minutos,deu-se, com o quórum regulamentar nossa centésima décima quarta reunião ordinária, tendo em foco a seguinte pauta: abertura-oração presidida pelo presidente do COMIC, Ildeu Ribeiro, leitura da mensagem do dia, leitura do ofício pra GRANBEL, avaliação da semana da Pessoa Idosa,informes, CNPJ do Fundo Municipal do Idoso, Fundo Estadual do Idoso, desligamento dos Conselheiros,Telma e Davidson,agradecimentos.Participaram da plenária representantes do governo:secretaria Municipal da Saúde Omerene Lúcia Cardoso Pessanha,Secretaria de Educação,Marisol Ramos Cobo,Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude,José Antônio de Oliveira,Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte TRANSCON,Margarete Maria Silveira,Câmara Municipal de Contagem,Arnaldo de Oliveira.Conselheiros da sociedade civil:grupo de Convivência Aconchego,Ana

10 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 9 de 11 Maria de Jesus Lima,Grupo de Convivência Estrela Dalva,Conceição Soares Simões,Grupo de Convivência Gente Nova Vida Nova,Ildeu Ribeiro dos Santos,Maria Ivone Machado,Sociedade de São Vicente de Paulo Joaquim Gomes de Fátima.Convidados e colaboradores: Lúcia Garcia de Oliveira Costa,Pedro Bernardes Bomtempo, - Espaço do Saber, Lucélia de Paula G. Silva e Helena A. V. Souza- Grupo Viver Igreja Batista do Eldorado, Véritas Maria Batista- Espaço Bem Viver Luiz Palhares, Fernanda Luíza do Nascimento- Marcelo Lino Gustavo Gontijo Dias-Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Zoraida Antônio Esper- UNAI/PUC, Nívia Tironi Pinto,Sociedade São Vicente de Paulo- Eva de Lourdes M. Assis- Pastoral da Pessoa Idosa e Vicentina, Telma Oliveira-Vicentina, Carmezinda Santos-Grupo Manancial da Vida,Zaíde Prata Oliveira-Grupo Guerreiros da Terceira Idade, Kelly Carvalho-Estagiária de Serviço Social,Vânia Conceição Ferreira- Secretária Executiva do COMIC Ildeu presidente, convocou os presentes para realizar a oração do Pai Nosso, procedida de comentários feitos pelo José Antônio de Oliveira, citando Evangelho de São Lucas, mandado seguir nesses dias pela Igreja Católica quando os discípulos de Jesus Cristo pedem que Ele os ensine a rezar, surgindo daí esta sublime oração do perdão mútuo.feita a seguir pela Lúcia da Pastoral da Pessoa Idosa mensagem espiritual Feliz Sou EU, um compêndio de situações em que o indivíduo se doa a pessoa idosa de forma benigna, minimizando o sofrimento, dessa, sem exigir retorno de qualquer ordem, acompanhando a mesma até sua partida para o Lar Eterno.Ato subsequente foi feita a leitura da ata nº113, da última plenária que teve uma duração recorde dada a gama de assuntos tratados naquela ocasião.a mesma recebeu diversos elogios, inclusive do Conselheiro Arnaldo de Oliveira que ressaltou a beleza do escrito e a correção do texto escrito pelo secretário que atribuiu à Telma a facilidade de proporcionar-lhe o desenvolvimento dos tópicos, sua maneira especial de redigir.lamentou tão grande perda para si e para o Conselho que, na sua opinião deveria somar esforços para tê-la ainda que fosse como voluntária.finda a leitura o José Antônio perguntou à Vânia, em tom de afetividade, porque ela não quis usar no início da ata a palavra adredemente cujo significado é antecipadamente o que ela afirmou desconhecer o vocábulo mas se sentia compensada em passar a saber.na sequência a ata foi posta a aprovação o que aconteceu sem nenhuma ressalva.a seguir foi feita por Vânia a leitura de um ofício ao Sr Prefeito enquanto vice presidente da GRANBEL para busca de solução do Transporte Coletivo gerenciado pelo DER, buscando a liberação da população idosa de Contagem em transpor a roleta quando a parte dianteira do ônibus oferecer lugar vazio, redação colocada em votação pelo Sr Ildeu, presidente do COMIC, a qual foi aprovada por unanimidade. Vânia, no ato seguinte pediu a apreciação dos Conselheiros para a programação da Semana do Idoso. Marisol, elogiou a abertura e justificou sua ausência no restante do evento em virtude do seu estado de saúde naqueles dias.omerene, elogiou a programação, e informou a composição do corpo de geriatras que está atendendo no Iria Diniz e Véritas falou de sua participação em todo o evento e teceu elogios à Comissão Organizadora do mesmo em especial a Vânia que trabalhou com garra para a realização do evento. Ildeu, elogiou e agradeceu a contribuição espontânea de todos, externando sua tristeza pelo pouco comparecimento de participantes no Lar Maria Clara, que possivelmente a chuva forte prejudicou a participação, em destaque ressaltou a participação de Vânia em todo o processo. Záide, elogiou o evento o qual foi brilhante,pediu licença para proceder a leitura de uma carta de desabafo em relação ao ônibus 101, pois fora impedida de chegar até a UNA faculdade devido a dificuldade com o referido ônibus.a carta provocou emoção aos participantes. Arnaldo teceu elogios a programação da Semana da Pessoa Idosa e colocou-se a disposição para ajudar no que for possível em relação ao ônibus 101 situação exposta por Zaide. Margareth, sugeriu uma agenda para dia 17 com uma Comissão e o presidente da TRANSCON, a referida Comissão ficou formada da seguinte maneira: Arnaldo, Margarete, Conceição, Joaquim, Ildeu,Zaíde, Omerene.Caso não seja possível a referida data a mesma marcaria outro dia. Arnaldo, neste instante pediu licença para cumprir outra agenda.omerene, anunciou que o CSU do Industrial foi doado ao município e será segundo promessa do secretário de saúde um centro de referência em atenção ao Idoso, neste instante fora aplaudida pelos participantes.vânia, expôs a situação da Faculdade Nova Faculdade a qual está ausente nas plenárias e em todos os eventos conduzidos pelo COMIC, havendo justificativa de ausência nas 03 plenárias consecutivas, mas a ausência da referida instituição ocorreu nos meses 07,08,09,10 e 11 somando 05(cinco) plenárias. Fora colocado em votação a substituição da Nova Faculdade pela faculdade SENAC sendo eleita como 1ª suplente na eleição do COMIC para o Biênio 2013/2015, sendo aprovado referido documento por todos conselheiros. Eu, José Antônio de Oliveira, lavro essa ata a qual estando de acordo os conselheiros a mesma será assinada. ATA DA CENTESIMA DECIMA QUINTA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COMIC CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO DE CONTAGEM REALIZADA NO DIA CATORZE DE NOVEM- BRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE 14/11/2013 Em data de 14 de novembro do ano de dois mil e treze, devidamente constituído, reuniu-se em assembléia geral ordinária o COMIC Conselho Municipal do Idoso de Contagem para dar cumprimento a seguinte pauta:abertura,leitura da mensagem do dia, leitura da ata da plenária de outubro/2013,apresentação de Roseane Aguiar Lisboa,apresentação de Daniela Fabrícia Gonçalves/Programa Vida Saudável, plano de ação COMIC/2014, visitas institucionais,reunião da comissão para construção do Regimento Interno do COMIC,reunião da comissão de acompanhamento do Idoso em situação de violação de direitos, Ônibus gerenciados pelo DER e informes. Às 09:25 horas, presentes conselheiros, colaboradores e convidados Sr. Ildeu Ribeiro, presidente do COMIC deu abertura a plenária. Convidando aos presentes a orar o Pai Nosso, pedindo a Deus bênção para a condução dos trabalhos.feita a oração passou-se à leitura da Mensagem do Dia, trazida pela Srª Nívia Tironi Pinto, psicóloga e membro da Sociedade de São Vicente de Paulo Dia do Idoso que nos propõe as seguintes perguntas: O Brasil já não é um País dos jovens e em pouco tempo seremos o país de idosos. Estamos caminhando conscientes dessa maturidade? Oferecemos aos nossos idosos um espaço de inserção social, profissional e pessoal em nossas cidades? Os guardiões da memória são valorizados em suas histórias de vida? Sabemos olhar os cabelos grisalhos como resultado de longas experiências?as respostas a estas perguntas é a afirmação do que todos nós queremos, jovens ou velhos,desejamos a compreensão da humanidade existente em cada um de nós, o respeito e a valorização daquilo que somos e do legado que deixamos ao passar por esse mundo.estavam presentes representantes governamentais :Secretaria Municipal de Saúde- Omerene Lucia Cardoso Pessanha,Secretaria Municipal de Educação- Marisol Ramos Cobo, Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude,José Antônio de Oliveira-Câmara de Vereadores- Arnaldo Oliveira e Jerson Braga Maia.Sociedade Civil,Grupo de Convivência Gente Nova Vida Nova- Ildeu Ribeiro dos Santos e Maria Ivone Machado, Grupo de Convivência Aconchego- Ana Maria de Jesus Silva,Sociedade de São Vicente de Paula-Joaquim Gomes de Fátima,Instituição de Longa Permanência Lar Maria Clara- Lísia Valéria,Faculdade SENAC- Roseane Aguiar Lisboa Narciso,PUC-Contagem- Universidade Aberta ao Idoso- Zoraida Antônio Esper -Véritas Maria Pereira Batista-Espaço Bem Viver Luiz Palhares.Convidados e colaboradores.lucia Garcia Oliveira Costa- Pastoral da Pessoa Idosa, Helena Souza- Grupo Viver Igreja Batista do Eldorado, Nívia Tironi Pinto- Sociedade de São Vicente de Paulo-Eva Lourdes Martins Assis- Pastoral da Pessoa Idosa/Vicentina,Carmezinda Batista Santos- Grupo Manancial da Vida,Zaide Prata Oliveira- Grupo Guerreiros da 3 ª Idade,Daniela Fabrícia Gonçalves, Marcio De Oliveira Junior e Fernanda Luiza e Gustavo Gontigo - Secretaria da Pesssoa com Deficiência, Mobilidade Reduzida e Atenção ao Idoso.Patrícia Cássia da Silva- CMASC,Andréia Muniz Lar Maria Balbina de Jesus,Elisabete Maria- Casa Lar Maria de Nazaré Fonte de Vida, Lúcia Garcia- Pastoral da Pessoa Idosa e Apostolado Oração- Luiz Russo- CONSEP- Ariana da Silva Pereira- trabalhadora da TRASCON- Vânia Conceição Ferreira- Secretária Executiva do COMIC.Em tempo seguinte foi apresentada a Srª Roseane Aguiar Lisboa Narciso, da Faculdade SENAC que declarou sua satisfação em fazer parte de tão seleto grupo voltado ao idoso falou do projeto Gerontovida do SENAC o qual indica melhorias no atendimento à pessoa idosa,o próximo assunto foi a apresentação da Srª Daniela Fabrícia Gonçalves da SEPEDI( Secretaria da Pessoa com Deficiência,Mobilidade Reduzida e atenção ao Idoso), a qual será técnica referência do Programa Vida Saudável em Contagem, Daniela demonstrou está aberta as demandas dos grupos de convivência no município.márcio salientou que a SEPEDI irá buscar possibilidades para melhoria da qualidade vida da população idosa em Contagem e que o Programa Vida Saudável será um grande avanço para o município. Enquanto coordenador na defesa dos direitos da pessoa idosa irá visitar com sua equipe de trabalho a rede sócio assistencial com objetivo de conhecer os equipamentos para otimizar, unir forças e fortalecer a rede de serviço em prol da população idosa nesse município.em seguida foi aprovada a ata 114 do COMIC com algumas ressalvas a serem corrigidas.nos comentários sobre o teor da ata o conselheiro Arnaldo de Oliveira afirmou que se colocava plenamente de acordo com a substituição da Nova Faculdade no COMIC que por cinco vezes consecutivas deixou de comparecer as plenárias desse conselho provocando vacância ao cargo de titular e suplente, enquanto instituição de ensino superior tendo assento no COMIC.Sr.Ildeu leu documento vindo da assembléia legislativa do coordenador da Comissão Parlamentar de Defesa de Direitos da Pessoa Idosa, o qual informa que até o 1 º semestre de 2014 os ônibus gerenciados pelo DER estarão adaptados para que o idoso possa transpor a roleta quando houver lugares vazios no salão traseiro do ônibus.destacou que essa luta deu-se gradativamente mas o COMIC foi o primeiro conselho da região metropolitana a iniciar a discussão com a assembléia de Minas Gerais. Vânia, proferiu a fala apresentando Plano de Ação/2014 do COMIC o qual agradou aos conselheiros que se manifestaram favoráveis ao mesmo.a proposta consecutiva foi a reunião com a Comissão de Acompanhamento do Idoso em Situação de Violação de direitos marcada para ás 09:00horas do dia15/11/2013 para traçar plano de visitas às Instituições de Longa Permanência ILPI s. Zaide pediu a palavra para agradecer a

11 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 10 de 11 acolhida na TRANSCON quando uma comissão fora pleitear melhorias no atendimento da linha 101 Nacional. Destaca que após reunião houve melhoria no atendimento, circulando com maior freqüência um alívio para os passageiros.foram dados parabéns à Psicóloga Nivia Tironi Pinto pela grandeza do texto da mensagem, e boas vindas à Roseane Aguiar Lisboa Narciso e à Daniela Fabrícia Gonçalves que passam a integrar o nosso grupo de zeladores pelos interesses dos idosos. Parabenizamos Patrícia pelo seu aniversário que ocorreu dia 13 de novembro, recebendo felicitações de todos os presentes.com pesar lembramos o falecimento do filho de Márcio Oliveira o qual nos deixou para um plano superior.o conselheiro Arnaldo de Oliveira enfatizou a dedicação de Márcio, que, a seu ver se entregou de corpo e alma em benefício do filho, que a esta altura está enviando de cima a sua gratidão pelo desvelo recebido.lísia, pediu a palavra para demonstrar satisfação com a frequência de público no evento beneficiente organizado pelo Lar Maria Clara. Neste instante às 10:45 horas(dez horas e quarenta e cinco minutos) o conselheiro Arnaldo de Oliveira como havia comunicado, em cumprimento de outro compromisso assumido, retirou-se da reunião.luiz Russo, solicitou que através do COMIC possamos agendar uma audiência com a Metropolitana,TRANSCON e DER para discutirmos os problemas enfrentados pelo transporte coletivo no município.zaide, convidou a todos para uma visita ao CRAS Nacional pois há insatisfação dos usuários idosos com atendimento do referido equipamento. Márcio da coordenadoria de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa informou que estará visitando todos os CRAS do município e na visita ao CRAS Nacional a mesma será convidada a participar desse momento relevante e então poderá expor seus questionamentos.vânia, convidou a todos os participantes a participarem do dia 12 de dezembro do ano de 2013, última plenária de 2013, quando faremos um momento de trocas de presentes. Então convidou a todos a trazer um presente unissex no valor de 15(quinze) reais para trocarmos e o sorteio será na abertura da reunião.para constar, lavrei a presente ata, na esperança que tenham sido narrados os fatos mais marcantes ocorridos e que assim sendo submeto à apreciação de todos e que se de acordo seja aprovada pelos membros do Conselho,nesta cidade de Contagem, aos catorze dias do mês de novembro do ano de dois mil e treze: 14/11/2013,COMIC, José Antônio de Oliveira Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania ATA DA 11 ª (DÉCIMA PRIMEIRA) REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR- CONDECON/CONTAGEM/MG Aos 20 de novembro 2013, às 9 h, na sede do PROCON, localizada na Av. João César de Oliveira, nº 3.481, Bairro Eldorado Contagem, reuniu-se os membros do Conselho, para deliberarem sobre a realização da conferência para eleição das entidades não governamentais que irão compor o CONDECON no próximo biênio (2014/2015). A conselheira Sra. Nesmina Melo, Presidente do CONDECON/CONTAGEM, abriu os trabalhos justificando as ausências dos conselheiros, Rogério Lisboa (OAB/MG) e da Sra. Regina (Associação Bela Vista). Ausentes os representantes da CDL e da Câmara Municipal de Contagem. A Conselheira Nesmina Melo abriu a reunião com a leitura da Ata da 30º (trigésima) Reunião Ordinária que foi aprovada por unanimidade pelos Conselheiros. Em seguida, informou que mediante a indagação proferida pelo Conselheiro Sr. Rogério Lisboa na última Reunião Ordinária sobre quem é o representante do PROCON perante o CONDECON, encaminhou ofício para o Secretário no qual o Órgão está vinculado. Entretanto, até a presente data não obtivemos nenhuma resposta sobre a solicitação encaminhada. A Conselheira Nesmina Melo, apresentou para os Conselheiros presentes as atribuições dos cargos de Diretor Geral e Gestor III, elencados na Lei Complementar número 142/2013, bem como ressaltou a posição do Conselheiro Daniel Maia proferido na reunião do CONDECON, que segundo a Lei Complementar número 093/2010, o representante do PROCON perante este Conselho é o Coordenador do Órgão, ou seja, o Diretor Geral do PROCON. O Conselheiro Maurício Cassim, chamou atenção para o artigo 10 da Lei Complementar número 093/2010, que enumera os representantes do Poder Público, órgãos e entidades representativas de fornecedores e consumidores deste Conselho, bem como sugeriu que as entidades a serem incluídas neste Conselho, possam participar das próximas reuniões do CONDECON como convidados até aprovação do projeto de alteração da referida lei. A Conselheira Nesmina Melo, informou ainda o que o Ministério Público encaminhou um convite via para uma reunião, com a finalidade de tratar assuntos referentes à Defesa do Consumidor. Nesta reunião foi proposto a realização de Fiscalização de Natal envolvendo fiscais do PROCON e do Ministério Público no período de 09 a 19 de dezembro de O Conselheiro Geovane Teixeira, informou que o órgão está correndo um grande risco de perder a agilidade na solução das demandas dos consumidores, com o fim da CIP eletrônica, além de gerar um custo maior para o Município com o aumento de notificação realizada através de carta registrada. O Conselheiro Ângelo Frederico ressaltou que o direito do consumidor deve ser respeitado e pediu mais informações sobre a CIP Eletrônica. A Conselheira Nesmina Melo em resposta ao ilustre Conselheiro informou que a decisão de acabar com a CIP Eletrônica foi da Gestora Pública Sra. Maria Lúcia Scarpelli, com a alegação que o órgão está aplicando multas e a notificação realizada por via eletrônica pode dar nulidade do processo. Entretanto, a CIP Eletrônica tem validade, uma vez que esta é firmada através de Termo de Cooperação Técnica entre o PROCON e os Fornecedores, e hoje já existem 16 (dezesseis) acordos de Cooperação Técnica firmados com as seguinte empresas: Ricardo Eletro; B2W (www.americanas.com, e www. submarino.com); Banco do Brasil SA; TNL PCS S/A (OI); Embratel; Claro; Banco Santander; Banco Bradesco; Banco Itaú; Banco Citibank S/A; Nova Casa Bahia S/A; Via Varejo S/A (Ponto Frio); Banco Carrefour S/A; Caixa Econômica Federal; LG Eletrônics do Brasil e Banco BMG S/A. O Conselheiro Ângelo Frederico ressaltou que: quem define a Política de Defesa do Consumidor no município é o CONDECON. O Sr. Paulo César da Silva, representante da Procuradoria Municipal, informou que a nulidade processual deve ser questionada pela empresa reclamada e não de ofício pelo Órgão, uma vez que ao assinar um termo de Cooperação Técnica com o PROCON, valida a forma de notificação contida no referido termo. O Conselheiro Ângelo Frederico questionou a implementação da CIP Eletrônica pelo Órgão afirmando: é bom ou ruim para o consumidor? O Conselheiro Maurício Cassim, sugeriu que a presidente do CONDECON, solicite por escrito ao Conselheiro Geovane Teixeira e a Sra. Maria Lúcia Scarpelli, seus posicionamentos quanto ao fim ou a manutenção da CIP Eletrônica pelo Órgão, para posterior apreciação dos demais membros do CONDECON. A Conselheira Nesmina Melo informou também, que hoje existem mais de (três mil, quatrocentos e noventa e cinco) processos pendentes passíveis de aplicações de multas, a seguir: (hum mil, duzentos e onze) processos referentes ao ano de 2009; (hum mil, duzentos e trinta e oito) processos referentes ao ano de 2010; 172 (cento e setenta e dois) processos referentes ao ano de 2011; 135 (cento e trinta e cinco) processos referentes ao ano de 2012 e 739 (setecentos e trinta e nove) processos referentes ao ano de 2013 até o dia 01/11/2013. O Conselheiro Ângelo Frederico propôs a realização de um mutirão com trabalho voluntário com servidores de outras secretárias e membros deste conselho, para proferirem decisões nos processos supracitados. A Conselheira Nesmina Melo informou também que já encaminhou ofício para a Secretaria no qual o Órgão está vinculado (Direitos Humanos e Cidadania) sobre a realização da Conferência a ser realizada para escolher os representantes das entidades não-governamentais que irão integrar o CONDECON. Segundo o Secretário, é inviável a realização desta conferência este ano, em virtude da alteração da Lei Complementar número 093/2010, ainda não encaminhado para apreciação e aprovação na Câmara Municipal, bem como o baixo orçamento financeiro para realização deste evento/ato. Ainda, sugeriu a publicação de um Decreto Municipal prorrogando o mandato dos atuais Conselheiros até a realização da Conferência que elegerá os Conselheiros representantes da entidades não governamentais. O Conselheiro Maurício Cassim informou que na Lei Complementar número 093/2010, não há previsão de prorrogação dos mandatos dos Conselheiros via Decreto Municipal, bem como também não há dispositivo em contrário que vede a posse dos Conselheiros indicados por seus representados antes da realização da referida conferência, de forma a não prejudicar os trabalhos do CONDECON. Assim, o ilustre Conselheiro sugeriu que os Órgãos do Poder Público e das entidades representativas de fornecedores elencados no artigo 10 da Lei Complementar número 093/2013, que não necessitam de eleição de seu pares através de conferência, formalize a indicação de seus representantes que irão representá-los no próximo biênio 2014/2015 perante o CONDECON. Quanto a posse dos representantes indicados, esta pode ser provisória e empossados pelo próprio Conselho, e após a realização da conferência e eleitos os representantes das entidades não-governamentais, a posse formal de todos os membros do Conselho pelo Prefeito. A Conselheira Nesmina Melo deu a

12 Contagem, 18 de dezembro de 2013 Página 11 de 11 palavra para a Gestora Municipal que cumprimentou os Conselheiros presentes e colocou-se a disposição para quaisquer esclarecimentos, tendo em vista que já foram lavradas 20 (vinte) decisões com aplicação de multas. A Conselheira Nesmina Melo, Presidente do CONDECON agradeceu a presença de todos os Conselheiros e deu-se a reunião por encerrada. Encerrou-se às 11 horas e 10 minutos esta reunião. Lavrei a presente ata que vai assinada por mim, Paulo Hamilton Santos de Oliveira, com os presentes: Sra. Nesnina Maria de Melo, Sr. Frederico Ricardo Fonseca Carneiro, Sr. Aylton Rodrigues Magalhães, Sr. Paulo César da Silva, Sr. Arlindo Márcio Lacerda, Sra. Árida de Jesus Ribeiro, Sr. Geovane Teixeira Xavier, Sra. Fabiana Friaça Serpa Corrêa, Sr. Adiel Anacleto da Rocha, Sr. Maurício Cassim, Sr. Lincoln Edson Matos, Sr. Frederico Soares Vilarinho. Atos do Legislativo CÂMARA MUNICIPAL DE CONTAGEM HOMOLOGAÇÃO Processo de Licitação nº 047/ Tipo Carta Convite de Menor Preço por lote, Carta Convite nº 022/2013-Objeto: Contratação de empresa para fornecimento de combustível (gasolina comum, etanol e diesel S10), troca de óleo e filtros do motor, filtros do ar e filtros de combustível, lavagem geral com cera para este legislativo. Empresa vencedora dos Lotes 01,02 e 03 Posto Rem Ltda. No importe de R$ ,50 (vinte mil trezentos e trinta reais e cinqüenta centavos), dotação orçamentária material de consumo Serviços de Terceiros. Contagem/MG, 16/12/2013. Vereador Gil Antônio Diniz Presidente. CÂMARA MUNICIPAL DE CONTAGEM HOMOLOGAÇÃO Processo de Licitação nº 049/ Tipo Carta Convite de Menor Preço global, Carta Convite nº 023/2013-Objeto: Contratação de empresa para fornecimento de catracas biometricas para este legislativo. Empresa vencedora Técnica Benelli Ltda. No importe de R$ ,00 (vinte e dois mil seiscentos e setenta reais), dotação orçamentária material de consumo Serviços de Terceiros e material permanente. Contagem/MG, 16/12/2013. Vereador Gil Antônio Diniz Presidente. CÂMARA MUNICIPAL DE CONTAGEM HOMOLOGAÇÃO Processo de Licitação nº 051/ Tipo Carta Convite de Menor Preço por lote, Carta Convite nº 024/2013-Objeto: Contratação de empresa para fornecimento de Tablet para este legislativo. Empresa vencedora Ponto com Comercio Ltda. No importe de R$ ,00(setenta e quatro mil e cento e quarenta reais), dotação orçamentária material de consumo e material permanente. Contagem/MG, 18/12/2013. Vereador Gil Antônio Diniz Presidente.

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso:

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso: PROJETO DE LEI Nº 2.093/09, de 30 de junho de 2.009 Dispõe sobre criação do Conselho Municipal de Direitos do Idoso e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, faz saber

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jacobina publica:

Prefeitura Municipal de Jacobina publica: Prefeitura Municipal de Jacobina 1 Terça-feira Ano IX Nº 798 Prefeitura Municipal de Jacobina publica: Decreto Nº 089 de 10 de Fevereiro de 2014 - Prorroga a situação de emergência no Município de Jacobina

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 1 9 6 3 1 9 6 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 Lei nº 299/ 2008. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Idoso, do Fundo Municipal do Idoso e dá outras

Leia mais

Marcones Libório de Sá Prefeito

Marcones Libório de Sá Prefeito Mensagem n. 010 /2015 Salgueiro, 14 de Setembro de 2015. Senhor Presidente, Senhores (as) Vereadores (as), Considerando os princípios de descentralização e transparência, que tem levado esta administração

Leia mais

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO BEM ESTAR SOCIAL E CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL A ELE VINCULADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRCIO CASSIANO DA

Leia mais

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV,

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV, DECRETO Nº 5218 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. EMENTA: Regulamenta os procedimentos de declaração, avaliação, emissão de guias de recolhimento, processo de arbitramento e a instauração do contencioso fiscal

Leia mais

Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso

Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Norte Responsável: Dra. Janaína Gomes Claudino Criação do Conselho Municipal do Idoso Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. Acresce o 7 ao artigo 9º da Instrução Normativa nº 003, de 23 de setembro de 2009, que estabelece

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA LEI Nº 2.255/2007 Dá nova redação a Lei nº 1.453/200 que cria o Conselho de Alimentação Escolar e dá outras providências. A PREFEITA MUNICIPAL DE MOSSORÓ,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA D E C R E T O Nº 10.629, de 25 de setembro de 2013 EMENTA:Cria no âmbito do Município de Itabuna, o Programa VIV-À-RTE, vinculado administrativamente à Fundação Marimbeta- Sítios de Integração da Criança

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

Art. 2º Ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - compete:

Art. 2º Ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - compete: LEI Nº 12.911, de 22 de janeiro de 2004 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - e do Fundo Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - FUNSEA-SC

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES - CONSELHO ACADÊMICO Av. Minas Gerais, 5.189 - Bairro Ouro

Leia mais

MUNICÍPIO DE PANAMBI RS

MUNICÍPIO DE PANAMBI RS DECRETO MUNICIPAL Nº 064/2014, DE 02 DE JULHO DE 2014. REGULAMENTA A LEI MUNICIPAL 3.681/2013, INSTITUIDORA DO FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. Miguel Schmitt Prym,

Leia mais

CAPÍTULO I DA FINALIDADE

CAPÍTULO I DA FINALIDADE LEI Nº 1.392, DE 11 DE SETEMBRO DE 2009. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DO IDOSO, CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO E O FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. (Alterado pela

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ.

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. PREÃMBULO 1994 EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. A Prefeitura Municipal de Marabá, por intermédio

Leia mais

, Prefeito Municipal de. FAÇO saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

, Prefeito Municipal de. FAÇO saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno, cria a Controladoria Municipal e dá outras providências., Prefeito Municipal de FAÇO saber a todos os habitantes deste Município

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 008/2013

RESOLUÇÃO Nº 008/2013 RESOLUÇÃO Nº 008/2013 Súmula: Define critérios para apresentação de projetos para o valor R$966.734,86 (Novecentos e sessenta e seis mil, setecentos e trinta e quatro reais e oitenta e seis centavos) do

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 490, DE 24 DE JANEIRO DE 2008 REGULAMENTO DE CONSELHO DE USUÁRIOS DO STFC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras básicas para implantação,

Leia mais

LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010.

LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010. Pág. 1 de 5 LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010. CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL FMHIS E INSTITUI O CONSELHO GESTOR DO FMHIS. O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL ACRE, EM EXERCÍCIO,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS O PREFEITO DE MANAUS LEI DELEGADA N 10, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014.

DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014. DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais, o valor da Unidade Financeira Municipal (UFM) e os preços do metro quadrado de terrenos

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001

LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001 LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001 Dispõe sobre a relação entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, suas autarquias, fundações, sociedades de economia mista e outras entidades

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CAMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Gabinete do Vereador Rodrigo da Zaeli

ESTADO DE MATO GROSSO CAMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Gabinete do Vereador Rodrigo da Zaeli Autoria: VEREADOR RODRIGO DA ZAELI PROJETO DE LEI Nº. 08, DE 28 DE MAIO DE 2013. EMENTA: Dispõe sobre conceder autorização ao poder executivo para a instituição o Programa de VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre a estrutura organizacional do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte e dá outras providências. A GOVERNADORA

Leia mais

DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013.

DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013. DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais para o exercício de 2014. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE, no uso das atribuições

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014.

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014. TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014. Dispõe sobre a concessão de bolsa de estudo para curso de língua estrangeira no âmbito do Tribunal Superior

Leia mais

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 Povo do Município de Viçosa, por seus representantes legais, aprovou e eu, em seu nome, sanciono e promulgo a seguinte Lei: Das disposições Gerais Art.

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO.

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. Estado do Rio Grande do Norte Município de Mossoró CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. REGIMENTO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 09/2015, DE 23 DE MARÇO DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 09/2015, DE 23 DE MARÇO DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 09/2015, DE 23 DE MARÇO DE 2015. CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTES, ABRE CRÉDITO ESPECIAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS faz saber, em cumprimento ao disposto

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO)

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) Publicação: DODF nº 192 de 5/10/2000 PÁG.01 e 02. Regulamentada pelo Decreto nº 21.933, de 31/01/2001 DODF nº 23,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA FEPISA

REGIMENTO INTERNO DA FEPISA REGIMENTO INTERNO DA FEPISA Artigo 1º. - A FUNDAÇÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DE ILHA SOLTEIRA - FEPISA, além das disposições constantes de seu Estatuto, fica sujeita às determinações deste Regimento

Leia mais

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2014 SELEÇÃO DE ENTIDADE DA SOCIEDADE CIVIL PARA INTEGRAR O CONSELHO MUNICIPAL DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Leia mais

LEI Nº 599/2011. Artigo 1 - As consignação Pública direta e indireta do Município de Novo São Joaquim são disciplinadas por esta Lei.

LEI Nº 599/2011. Artigo 1 - As consignação Pública direta e indireta do Município de Novo São Joaquim são disciplinadas por esta Lei. LEI Nº 599/2011 DISPÕE SOBRE AS CONSIGNAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEONARDO FARIAS ZAMPA, Prefeito Municipal de Novo São Joaquim MT faz saber

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre a transformação da Universidade Virtual do Estado de Roraima UNIVIRR, para a categoria de Fundação Pública e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO MODELO O conteúdo desse Modelo de Regimento Interno representa a contribuição do MEC, colocada à disposição dos Governos Municipais, a título de apoio técnico, previsto no art. 30, I, da Lei nº 11.494,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E ASSUNTOS DO MERCOSUL.

SECRETARIA DE ESTADO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E ASSUNTOS DO MERCOSUL. ANEXO REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DO PARANÁ CAPÍTULO I NATUREZA E COMPETÊNCIAS Art. 1º. Ao Fórum Regional Permanente das Microempresas

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 030/2013.

PROJETO DE LEI N.º 030/2013. PROJETO DE LEI N.º 030/2013. Institui o Programa Menor Aprendiz no âmbito do Município de Bela Vista de Minas e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Bela Vista de Minas, Estado de Minas Gerais,

Leia mais

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO LEI DE N 142/2013 de 18 de abril de 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O Conselho Municipal de Planejamento Urbano, criado pela Lei Complementar nº 510,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO ASSESSORIA TÉCNICO-LEGISLATIVA DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO ASSESSORIA TÉCNICO-LEGISLATIVA DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 PUBLICADO EM PLACAR Em / / Dispõe sobre a regulamentação da Lei Complementar nº 187, de 12 de agosto de 2009, que autoriza a transação tributária para fins de

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETO Nº 13.346, DE 24 DE JUNHO DE 2013. Regulamenta a Lei Complementar nº 4.403, de 5 de junho de 2013, que Estabelece obrigação de uso do sistema ITBI

Leia mais

LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014.

LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014. LEI Nº 467 DE 26 DE MARÇO DE 2014. DISPÕE SOBRE O SERVIÇO VOLUNTÁRIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE IRAMAIA, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTÂNCIA VELHA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTÂNCIA VELHA DECRETO MUNICIPAL N.º 102/2014, de 11 de dezembro de 2014. REGULAMENTA PROCEDIMENTOS, RELATIVOS A AIDOF, NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO, ESCRITURAÇÃO FISCAL E REQUERIMENTOS E APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPICUIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPICUIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPICUIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO Conforme aprovado em reunião do Conselho Municipal de Habitação, realizada aos 29 de maio de 2012; REGIMENTO

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 O CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CONANDA, faz publicar o Edital de Convocação para a eleição das entidades da sociedade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010 Aprova o Regimento Interno da Comissão Interna de Supervisão da Carreira dos Cargos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA DE C R E T O Nº 11.347, de 25 de setembro de 2015 EMENTA:Cria o PROGRAMA MUNICIPAL DOS AGENTES AMBIENTAIS, no âmbito Administração Pública Municipal de Itabuna, e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014.

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. Dispõe sobre adequação da Lei nº 1.253, de 12 de abril de 1996 que instituiu o Conselho de Alimentação Escolar do Município de Ananindeua, e dá outras providências.

Leia mais

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011 Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial, de 07/07/2011 LEI Nº 810 DE 6 DE JULHO DE 2011. Dispõe sobre a reorganização dos Conselhos Escolares do Sistema Estadual de Ensino e dá

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 342, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2008

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 342, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2008 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 342, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2008 Altera a Portaria Interministerial nº 127/MP/MF/CGU, de 29 de maio de 2008,

Leia mais

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO LEI Nº 2.998/2007 REGULAMENTA O CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO URBANO - COPLAN, CRIADO NO ARTIGO 2º, DA LEI COMPLEMENTAR N.º 037/2006, DE 15 DE DEZEMBRO, QUE DISPOE SOBRE NORMAS DE

Leia mais

LEI N. 084/91. O PREFEITO MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, etc.

LEI N. 084/91. O PREFEITO MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, etc. LEI N. 084/91 Institui o Fundo Municipal de Saúde e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, etc. Faço saber que a Câmara

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

EDITAL PROGRAD 02/2014

EDITAL PROGRAD 02/2014 EDITAL PROGRAD 02/2014 PAPIA PROGRAMA ACADÊMICO DE PROMOÇÃO DA INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE 2014 A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Federal de Minas Gerais, Professora Antônia Vitória Soares Aranha,

Leia mais

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI Nº 2.566, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009. CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / JANE APARECIDA FERREIRA =Responsável pelo placard= Altera a Lei nº 2.313

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Dispõe sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico FNDCT, e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 Dispõe sobre os procedimentos para cadastramento de Fundações Privadas ou Associações pela Comissão de Cadastramento de ONGs e Associações, de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 147/2011 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 7.953 PROCESSO N

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS FUNDO SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS LEI Nº 14.830, de 11 de agosto de 2009 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual do Artesanato e da Economia Solidária - CEAES, e adota outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais

º 000107-AL LEI COMPLEMENTAER Nº. 0042, DE 15 DE AGOSTO DE

º 000107-AL LEI COMPLEMENTAER Nº. 0042, DE 15 DE AGOSTO DE Referente ao Projeto de Lei Complementar n. º 000107-AL LEI COMPLEMENTAER Nº. 0042, DE 15 DE AGOSTO DE 2007. Publicada no Diário Oficial do Estado nº 4073, de 20.08.07 Autor: Deputado Jorge Amanajás Autoriza

Leia mais

Páginas: RESUMO DE TERMO ADITIVO N 001/2015 AO CONTRATO Nº 045-B/2014

Páginas: RESUMO DE TERMO ADITIVO N 001/2015 AO CONTRATO Nº 045-B/2014 Páginas: 8 Índice do diário Contas Públicas Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 045-B/2014 Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 046-A/2014 Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 051/2014 Atos Oficiais

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS MINUTA DE LEI LEI N Dispõe sobre a Política Municipal do Idoso e dá outras providências. A Câmara Municipal de Piraí, aprova e eu sanciono a seguinte Lei, TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Esta Lei dispõe

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia PORTARIA Nº 14/2009 Aprova o Regulamento da I Conferência Municipal de Cultura de Eunápolis-BA e dá outras providências. A SECRETÁRIA

Leia mais

ESTADO DO ACRE PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 19/091 MÂNCIO LIMA ACRE, 06 DE NOVEMBRO DE 1991.

ESTADO DO ACRE PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 19/091 MÂNCIO LIMA ACRE, 06 DE NOVEMBRO DE 1991. LEI Nº 19/091 MÂNCIO LIMA ACRE, 06 DE NOVEMBRO DE 1991. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LUIS HELOSMAN DE FIGUEIREDO, PREFEITO MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA, ESTADO

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Ano XXV Nº 4256-A Uberlândia - MG, quinta-feira, 10 de outubro de 2013. ATOS DO PODER EXECUTIVO ADMINISTRAÇÃO DIRETA LEI COMPLEMENTAR LEI COMPLEMENTAR Nº 573, DE 10 DE OUTUBRO

Leia mais

REGIMENTO DO CENTRO DE GESTÃO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS QUÍMICOS

REGIMENTO DO CENTRO DE GESTÃO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS QUÍMICOS REGIMENTO DO CENTRO DE GESTÃO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS QUÍMICOS TÍTULO I DO CENTRO E SEUS FINS Artigo 1 O Centro de Gestão e Tratamento de Resíduos Químicos é um órgão auxiliar, de natureza técnica e científica,

Leia mais

Semanário Oficial Nº 2.348 Campina Grande, 10 a 14 de Fevereiro de 2014. Pág. 1

Semanário Oficial Nº 2.348 Campina Grande, 10 a 14 de Fevereiro de 2014. Pág. 1 Semanário Oficial Nº 2.348 Campina Grande, 10 a 14 de Fevereiro de 2014. Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 49.377, DE 16 DE JULHO DE 2012. (publicado no DOE n.º 137, de 17 de julho de 2012) Institui o Programa

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015.

LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015. LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015. DISPÕE SOBRE O SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO MUNICÍPIO DE MORMAÇO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LUÍS CARLOS MACHADO PREFEITO MUNICIPAL DE MORMAÇO, Estado do Rio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. Regulamenta o artigo 66, do Estatuto dos Servidores Públicos de São Leopoldo, Lei nº 6.055 de 14 de Setembro de 2006, Da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes-

Leia mais

BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro 19 de Novembro de 2013

BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro 19 de Novembro de 2013 BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro, Agricultura e Abastecimento PODER EXECUTIVO: ATOS DO PREFEITO MUNICIPAL ATOS DO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GOVERNO ATOS DO PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.620 DE 14 DE MAIO DE 2001. (publicada no DOE nº 91, de 15 de maio de 2001) Institui o Programa de Garantia

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, CONSELHOS COMUNITÁRIOS Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHOS COMUNITÁRIOS ORGAO COLEGIADO GABINETE DO PREFEITO Tornar os cidadãos parte ativa no exercício do governo, mediante

Leia mais

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI ÓRGÃO COLEGIADO SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS DO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES DECRETO Nº 6.106/2013 REGULAMENTA AS LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE, DE QUE TRATAM OS ARTS. 80, I; 82 A 100, DA LEI MUNICIPAL Nº 1.132, DE 02 DE JULHO DE 1990 (ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO

Leia mais

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Edição Número 214 de 06/11/2012 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre o Sistema de Seleção Unificada - Sisu. O MINISTRO DE ESTADO DA

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014.

Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014. DECRETO Nº 39680 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2014 Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL RESOLUÇÃO Nº. 073/12-COGEP de 07/12/12 Curitiba

Leia mais

1 de 5 03/12/2012 14:32

1 de 5 03/12/2012 14:32 1 de 5 03/12/2012 14:32 Este documento foi gerado em 29/11/2012 às 18h:32min. DECRETO Nº 49.377, DE 16 DE JULHO DE 2012. Institui o Programa de Gestão do Patrimônio do Estado do Rio Grande do Sul - Otimizar,

Leia mais

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Confere nova regulamentação ao Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.502. III - exercício de cargos em órgãos estatutários; V - cancelamento da autorização para funcionamento.

CIRCULAR Nº 3.502. III - exercício de cargos em órgãos estatutários; V - cancelamento da autorização para funcionamento. CIRCULAR Nº 3.502 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelas cooperativas de crédito para instrução de processos referentes a pedidos de autorização e dá outras providências. A Diretoria Colegiada

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.099, DE 1º DE DEZEMBRO DE 1993 "Dispõe sobre a constituição do Conselho Estadual do Bem-Estar Social e a criação do Fundo Estadual a ele vinculado e dá outras providências." O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 031/2015 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL CAMPUS BENTO GONÇALVES DO IFRS O Diretor-Geral da Unidade Organizacional

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO Autor: Poder Executivo. LEI Nº. 1.191/2015 SÚMULA: DISPÕE SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA MUNICIPAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR-SMDC E INSTITUI A COORDENADORIA MUNICIPAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR PROCON MUNICIPAL

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2015 A, por seu Secretário de Município Sr. Cleide Torres Rodrigues - torna público, no uso de suas atribuições legais conferidas pela Portaria nº 009/2013

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO LEI N 495, DE 21 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ESPORTES E DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Povo do Município de Nepomuceno, Minas Gerais,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA Artigo 1º A Comissão de Ética, pretende de maneira independente, imparcial, sigilosa e soberana, assegurar a apuração das representações, apresentadas pelos associados

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Município de Boquira - Bahia Poder Executivo Ano VI Nº 743 17 de Março de 2014 DECRETOS RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: DECRETO Nº 15 /2014 DE 14 DE

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO MINUTA DE RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO MINUTA DE RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA MINUTA DE RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Regulamenta o teletrabalho no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO TST, no uso de suas atribuições

Leia mais

CONSIDERANDO a realização da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas, nos dias 06 e 07 de junho de 2013;

CONSIDERANDO a realização da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas, nos dias 06 e 07 de junho de 2013; RESOLUÇÃO CES/AM Nº. 012 DE 28 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre o Regimento Interno da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas. A Plenária do Conselho Estadual de Saúde do Amazonas, na sua

Leia mais

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VIRADOURO 2 Atos Oficiais 2 Licitações e Contratos 7 Secretaria de Negócios Jurídicos 7 Outros Atos 7 Secretaria

Leia mais