ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA RETIFICAÇÃO 01/2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA RETIFICAÇÃO 01/2012"

Transcrição

1 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA RETIFICAÇÃO 01/2012 TIPO: MENOR PREÇO LOTE 1- OBJETO O presente Termo de Referência tem como finalidade promover o REGISTRO DE PREÇOS, através de pregão presencial, com possibilidade de aquisição futura de Aquisição de Solução Educacional Softwares e Serviços do Projeto UCA JOÃO MONLEVADE da Rede Pública Municipal de Ensino da Prefeitura Municipal de João Monlevade, conforme condições e especificações estabelecidas no Edital e seus Anexos; 2 DA VIGÊNCIA 2.1 O Registro de Preços terá vigência durante um período de 12 (doze) meses. 3 DA FORMA DE AQUISIÇÃO 3.1 As aquisições decorrentes do Registro de Preços serão feitas de acordo com a necessidade e conveniência do Município, mediante a emissão de NAF - Nota de Autorização de Fornecimento ou NE - Nota de Empenho. 3.2 Este instrumento não obriga à contratação, nem mesmo nas quantidades indicadas, podendo o Município promover a aquisição de acordo com suas necessidades, obedecida à legislação pertinente, sendo assegurada ao detentor do registro à preferência, em igualdade de condições. 4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, QUANTIDADES E PREÇOS Composição Geral da Solução Educacional: Deverão ser licitadas unidades para as quantidades máximas previstas para o Projeto, conforme os quadros abaixo:

2 LOTE 1 - SOFTWARE E SERVIÇOS Item Descrição Unidade Medida Quantidades SOFTWARE DE SERVIDORES DAS ESCOLAS, inclusive instalação, garantia e serviços de suporte técnico remoto, conforme especificações técnicas do edital. Unid 8 SOFTWARE DE NETBOOKS DOS ALUNOS, inclusive instalação, garantia e serviços de suporte técnico remoto, conforme especificações técnicas do Unid edital. SOFTWARE DE NOTEBOOKS DE PROFESSORES, inclusive instalação, garantia e serviços de suporte técnico remoto, conforme especificações Unid 32 técnicas do edital. SOFTWARE DE DESKTOPS EXISTENTES DOS ALUNOS, inclusive instalação, garantia e serviços de suporte técnico remoto, conforme Unid 93 especificações técnicas do edital. SOFTWARE DE DESKTOP EXISTENTES DE PROFESSORES, inclusive instalação, garantia e serviços de suporte técnico remoto, conforme Unid 7 especificações técnicas do edital. SERVIÇOS DE MONITORAMENTO, inclusive serviços de hospedagem da central de monitoramento, garantia e serviços de suporte técnico remoto, Meses 12 conforme especificações técnicas do edital. SERVIÇOS DE OPERAÇÃO ASSISTIDA, inclusive mão de obra, encargos e gerenciamento, descolcamento até as escolas e alimentação, conforme Meses 12 especificações técnicas do edital. CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES, inclusive material didático e certificação, conforme especificações técnicas do edital. Turmas 32 CAPACITAÇÃO PARA TÉCNICOS, inclusive material didático e certificação, conforme especificações técnicas do edital. Turmas Os Pacotes de Software, parte da solução, são compostos por aplicativos LIVRES e LICENCIADOS demarcados em cada item e considerados conforme descrição a seguir: LIVRE: São aplicativos sem custo de licenciamento, sem compromisso técnico de manutenção, cujo código não será objeto de pagamento, devendo ser considerado apenas o custo de seleção e integração à solução LICENCIADO: São aplicativos proprietários, cujo acesso ao código é restrita ao criador ou distribuidor e tem sua usabilidade assegurada pelos mesmos sob contrato A solução proposta deverá possuir componentes que funcionem nos dispositivos a serem monitorados (ambiente cliente) e componentes que funcionam nos servidores da escola e central de monitoramento (ambiente servidor), de forma que o licenciamento seja dimensionado apenas pela quantidade de dispositivos a serem monitorados.

3 LOTE 01 - Especificação Técnica de Softwares e Serviços SOFTWARE DO SERVIDOR DA ESCOLA Lote: 01 Item: 01 Descrição: Software para os Servidores Locais das Escolas 1.1 Sistema Operacional A solução Integrada para os servidores das escolas participantes do Projeto deverá ser baseada em Linux kernel 2.6 ou superior, com todos os aplicativos em português do Brasil, possuindo ainda componentes para comunicação e instalação na Central de Monitoramento. O software deverá ter interface gráfica em português do Brasil. O servidor local da Escola deverá possuir funcionalidades de Gateway para acesso à Internet e controle de políticas de segurança. 1.2 Compartilhamento de Dados O sistema operacional deverá permitir o compartilhamento de dados armazenados em discos rígidos, entre ambientes operacionais Linux e Windows. 1.3 Configuração Remota O sistema operacional do servidor deverá possuir uma interface Web, estar em Português do Brasil, e permitir no mínimo as seguintes configurações: a. Administração de Software Deverá permitir a configuração remota via Web-Browser, a partir das estações de trabalho, de no mínimo: Configuração de roteamento de pacotes IPs, firewall, servidor de nomes (DNS), servidor Web, servidor proxy, servidor FTP, servidor SSH e servidor de impressão; Administração de usuários do sistema: contas de usuários e grupos de usuários, permitir o bloqueio e desbloqueio de contas de usuários; Administração do software: acerto de data e hora, fazer e restaurar copia de segurança dos arquivos de configuração do servidor (backup); Permitir a exibição de logs do servidor através de seleção para pelo menos os seguintes serviços: Firewall, impressão, Internet e mensagens gerais de sistema; A interface remota Web-Browser deverá ser em português do Brasil, para todos os serviços de administração do ambiente operacional. b. Serviços de Rede Deverá prover os serviços de: roteamento de pacotes IPs, firewall, servidor de nomes (DNS), servidor web, web mail, servidor proxy, servidor FTP, servidor SSH e servidor de impressão. 1.4 Software de Controle de Políticas de Acesso O software licenciado deverá possibilitar habilitar as políticas estabelecidas e criadas através do software de gerenciamento de políticas, devidamente instalado na Central de Monitoramento, permitindo assim o bloqueio de links, domínios e conteúdos, na rede local das Escolas. A interface com o usuário deverá ser gráfica e estar em português do Brasil..

4 1.5 Software de Sincronismo dos Dados dos Alunos e Professores O software licenciado deverá gerenciar os serviços de sincronismo de arquivos armazenados nas pastas pessoais dos alunos e professores no servidor local da escola. 1.6 Software de Gerenciamento de Conteúdos Educacionais O software licenciado deverá ter um sistema de busca que possibilite filtrar o assunto por categorias como, por exemplo: áudio, vídeo, textos, e-book, etc, além de filtro por idioma e repositório fonte de conteúdos educacionais. Funcionalidade de seleção individual de conteúdos para serem baixados. Deverá vir previamente carregado com pelo menos 10 (dez) mil conteúdos pedagógicos, todos eles com licenças livres de direito autoral, ou seja que permitam a sua livre utilização e distribuição, com conteúdos de obrigatoriamente, de no mínimo, as seguintes fontes: Khan Academy Português, Portal do Professor do MEC, Domínio Público e Banco Interamericano de Objetos Educacionais. Deverá possuir interface web e estar no idioma português do Brasil. 1.7 Sistema de Segurança Deverá possuir software licenciado de segurança antifurto, permitindo o bloqueio individualizado dos netbooks que possuem o chip TPM (trusted platform module), que obrigatoriamente obedeça os seguintes critérios: O software deverá permitir o cadastramento de uma data de bloqueio onde os netbooks que não receberem a autenticação do servidor até esta data, serão bloqueados. O software deverá permitir o cadastramento de uma quantidade de boots, onde os netbooks que não receberem a autenticação e forem reinicializados pela quantidade de boots definida anteriormente, será bloqueado. Desbloqueio dos netbooks: O netbook que estiver bloqueado deverá gerar um número de desbloqueio no momento do boot. Este número deverá ser inserido no sistema de antifurto instalado no servidor local da Escola, que irá gerar uma chave de ativação. Registrada esta chave no netbook, o mesmo irá destravar. 1.8 Software Agente de Monitoramento A solução deverá possuir software licenciado agente de monitoramento que faça a coleta de características de hardware do servidor, utilização dos recursos de hardware e utilização de programas aplicativos, de acordo com periodicidade de coleta agendada e configurada no Sistema da Central de Monitoramento (ITEM 06). O agente de monitoramento deve estar configurado para enviar as informações coletadas para o software Servidor de Monitoramento (ITEM 1.9), que fará o seu envio para a Central de Monitoramento através de conexão via protocolo TCP/IP. Todos os dados de monitoramento enviados e recebidos, devem ser criptografados. O software deverá possuir programa agente de monitoramento que execute comandos escritos nas linguagens BASH, PERL e Python, enviados e configurados no sistema da Central de Monitoramento. Os agentes de monitoramento deverão coletar no mínimo as seguintes informações das características do servidor e de utilização do hardware: tamanho da memória; modelo da CPU; tamanho de HDs e unidades RAID presentes; espaço disponível em disco; aplicativos utilizados; carga de processador;

5 memória utilizada; memória livre; tamanho da partição raiz; área livre na partição raiz; número de acessos à Internet por site; número de bytes acessados por site; IP visível na Internet; partições existentes e seus respectivos tamanhos; nome do sistema operacional; volume de dados trafegado por tipo de protocolo; monitor de vídeo conectado; teclado conectado; mouse conectado. Além disto, o agente de monitoramento deverá suportar o recebimento de dados e comandos oriundos da Central de Monitoramento (ITEM 06) e executar os comandos no servidor da escola de forma automática, no momento em que for agendado. 1.9 Software Servidor de Monitoramento A solução deverá possuir software licenciado Servidor de Monitoramento que receba dados enviados pelos Agentes de Monitoramento, que coletam dados das estações de alunos e professores e do próprio Servidor, e faça o envio destes dados coletados para a Central de Monitoramento (ITEM 06) através de conexão via protocolo TCP/IP. Todos os dados enviados e recebidos devem ser criptografados. A aplicação também deve suportar receber dados e comandos enviados pela Central de Monitoramento (ITEM 06) repassando-os aos Agentes de Monitoramento que irão executar os comandos repassados nas estações de alunos e professores e no próprio Servidor da Escola Sistema de Atualização/Instalação de Software Deverá possuir software livre ou licenciado que permita a atualização dos aplicativos a partir de repositório armazenado no servidor da CONTRATADA na internet. Deverá permitir ao administrador a instalação e remoção de novos aplicativos diretamente do repositório da CONTRATADA, sem a necessidade de resolução de dependências de pacotes Manual do Usuário A proponente deverá fornecer Manual de Administrador, em formato PDF ou HTML, em português do Brasil, acessível via Browser ou leitor de PDF, contendo documentação completa de uso das funcionalidades básicas (configurações do sistema operacional do servidor, e funcionalidades técnicas relacionadas à administração de todo o ambiente), de forma didática, contendo modelos de telas e descrição das funções. A CONTRATADA deverá prover em seu site na web, sistema de FAQ (perguntas mais frequentes) em português do Brasil e com instruções para solucionar dúvidas e problemas mais comuns. SOFTWARE DOS NETBOOKS DOS ALUNOS Lote: 01 Item: 02

6 Descrição: Software dos Netbooks dos Alunos 1.12 Sistema Operacional O sistema operacional deverá ser baseado no Linux com Kernel versão 2.6 ou superior. Deverá ter interface gráfica baseada no projeto de software livre Meego 1.2 ou superior, em português do Brasil Aplicativos de Uso Geral Deverão ser fornecidos os seguintes aplicativos para utilização do aluno. Todos os aplicativos aqui descritos deverão estar no idioma português do Brasil: Software livre de automação de escritório LibreOffice ou BrOffice, compatível com arquivos.doc e.odt contendo no mínimo: editor de textos, editor de planilhas, editor de apresentações e editor de desenhos; Software livre navegador web (browser) com plug-ins compatíveis com Flash, Java e Acrobat Reader; Software livre de mensagens instantâneas, compatível com os padrões utilizados pelos softwares Jabber, MSN, IRC, ICQ, Yahoo Messenger, Google Talk e Facebook; Software livre para exibição de vídeos com pelo menos os seguintes codecs: AVI, MOV, MPEG, MP4 e WMV; Software livre para execução de áudio nos formatos: MP3, OGG e WMA; Software livre para edição de vídeos; Software livre para edição de áudio em diversos formatos (AUP, WAV, AIFF, MP3, etc); Software livre para tratamento de imagens e fotografias; Software livre de desktop publishing possuindo recursos avançados de layout, similares aos encontrados no Adobe PageMaker; Software livre de gerenciamento de e-books capaz de gerenciar e organizar uma biblioteca de livros eletrônicos de diferentes formatos, como o EPUB, MOBI e PDF; Software livre para envio e leitura de s; Software livre de workgroup com gerenciador de contatos, tarefa e agenda; Software livre para leitura de arquivos formato PDF, similar ao Adobe Acrobat Reader; Software livre para agrupar arquivos e reduzir a quantidade de espaço utilizado em disco (compactador e descompactador) nos formatos: ZIP, RAR, GZIP e outros similares com WinZip; Software livre para comunicação de voz sobre IP; Software livre para visualização de imagens da câmera (webcam); Software livre de teclado virtual, para utilização do netbook com a caneta (stylus); Software livre de reconhecimento de escrita que possibilita a interpretação de escrita e transformação em letras, para utilização do netbook com a caneta (stylus); Software livre para travar a posição da tela do netbook em 90 e 180 e destravá-la; Software livre para calibragem da tela touch; Software livre para visualização da situação de espaço livre e ocupado no dispositivo de armazenamento Aplicativos e Links Educacionais A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de uso educacional, para uso nos netbooks.

7 A solução deverá atender no mínimo aos seguintes requisitos: a. Arte e Música Software livre modelador/renderizador 3D, similar ao Blender ; Software livre de pintura digital, similar ao Tux Paint. b. Ferramentas de Aprendizado Software livre pedagógico de digitação, similar ao KTouch ; Software livre de digitação para crianças, similar Tux Typing ; Software livre para estímulo de raciocínio, similar ao Gbrainy. c. Física e Química Software livre contendo aulas interativas de Física, Applets de Física ; Software livre de simulações de Física, Física por Computador ; Software livre de tabela periódica, similar ao Kalzium. d. Geografia Software livre de atlas geográfico, similar ao KGeography ; Software livre de Globo Terrestre, similar ao Marble. Mapas de diversos países, link para o site Atlas Escolar ; Atlas Geográfico do Brasil, link para o site Atlas Geográfico ; Mapas do planeta Terra, link para o site Google Maps ; Cidades do Brasil, link para o site IBGE ; Mapas do Brasil e do Mundo, link para o site Atlas Geográfico Escolar do IBGE. e. História História Geral e do Brasil, link para o site História Net ; Sistema de Pesquisa Mitológica, link para o site Mithos. f. Idiomas Dicionário multilíngue; Curso de espanhol; Software livre de Gramática da Língua Portuguesa, similar ao Brazilian Portuguese. g. Matemática Software livre de aprendizado de geometria, similar ao Dr. Geo Software livre de apoio ao aprendizado de Teoria dos Grafos, similar ao Rocs. Software licenciado para ensino de matemática do 1 ao 5 ano do ciclo do Ensino Fundamental, com no mínimo os seguintes temas: números e operações, grandezas e medidas, espaço e forma. - As atividades do software deverão permitir aos alunos o acompanhamento de forma sequencial que facilite e estimule o aprendizado, manipulando objetos que simulam objetos reais e geométricos (2D e 3D). - O aplicativo deverá conter atividades de lógica - Disponibilizar no mínimo 40 exercícios para utilização do professor. h. Links e Portais Educacionais Conjunto de links para sites educacionais na Internet, abrangendo no mínimo os seguintes: dicionários, bibliotecas, enciclopédias, cursos de idioma, livros digitais, revistas e portais educacionais abertos.

8 1.15 Software de Gestão de Sala de Aula Software licenciado para interação entre professor e alunos, que possibilite realizar as seguintes atividades nos equipamentos dos alunos (módulo instalado nos netbooks dos alunos): Permitir que os alunos se conectem ao professor disponível na rede da escola, de forma que, os alunos que estiverem conectados ao professor, necessitem da permissão do mesmo para se desconectarem da aula; Permitir visualizar a tela do professor, quando liberado pelo professor; Permitir aos alunos receber e enviar arquivos de documentos para o professor; Permitir responder a testes com questões de múltipla escolha e questões abertas enviadas pelo professor; Permitir visualizar o resultado individual das avaliações, corrigidas e liberadas pelo professor quando o mesmo autorizar; Permitir interação por chat com professor e demais alunos, quando liberado pelo professor; Efetuar a comunicação entre o netbook do aluno e o computador do professor sem a necessidade de utilização de um servidor Software de Gestão de Acessos Software licenciado que permita a criação de políticas de acesso a sites na Internet e/ou a aplicativos Software de Sincronismo dos Dados dos Alunos Deverá possuir software licenciado de sincronismo capaz de transmitir e sincronizar arquivos de dados do aluno com o servidor local da escola, através de pasta configurável pelo usuário. O aplicativo deverá possibilitar o agendamento automático do sincronismo por período (horas definidas no dia) Software Agente de Monitoramento Software licenciado agente de monitoramento a serem instalados nos netbooks devem estar configurados para enviar as informações coletadas para um software Servidor de Monitoramento, existente no Servidor da Escola (ITEM 1.9), que receberá as informações e fará o seu envio para a Central de Monitoramento através de conexão via protocolo TCP/IP. O software deverá executar comandos escritos nas linguagens BASH, PERL e Python, enviados e configurados no sistema da Central de Monitoramento. Os agentes de monitoramento deverão coletar no mínimo as seguintes informações das características e de utilização do hardware: tamanho da memória; modelo da CPU; tamanho do HD; espaço disponível em disco; aplicativos utilizados; carga de processador; memória utilizada; memória livre Sistema de Atualização/Instalação de Software O software licenciado ou livre deverá prover sistema de atualização dos aplicativos a partir de repositório armazenado no servidor da escola ou em servidor da CONTRATADA disponível na Internet. Deverá permitir ao administrador a instalação e remoção de novos aplicativos diretamente do repositório da CONTRATADA, sem a necessidade de resolução de dependências de pacotes. A lista dos aplicativos disponíveis para o usuário deverá ser atualizada no momento em que o mesmo inicializar o aplicativo de instalação Sistema de Segurança Software licenciado de segurança que permita o bloqueio do equipamento caso o mesmo seja extraviado ou permaneça fora da rede da escola (que possui o servidor de autenticação configurado pelo administrador) por um tempo determinado (parâmetros configuráveis via software do servidor).

9 1.21 Dispositivo de Recuperação dos Sistemas Operacionais A empresa CONTRATADA deverá disponibilizar 02 (dois) pendrives de no mínimo 8 GB para cada escola participante do Projeto e que receberão os netbooks. O pendrive deverá ter a funcionalidade de recuperação dos sistemas operacionais, em caso de problemas que necessitem de uma nova instalação dos mesmos. O sistema de recuperação deverá retornar as mesmas configurações da imagem original de fábrica. Não deverá alterar ou excluir os dados contidos na partição de dados do aluno. Será de responsabilidade da SME, realizar este procedimento de recuperação quando necessário nos equipamentos Documentação do Software O software deverá oferecer manual de instalação, configuração e utilização em formato PDF ou HTML, em português do Brasil. A CONTRATADA deverá prover em seu site na web, sistema de FAQ (perguntas mais freqüentes) em português do Brasil e com instruções para solucionar dúvidas e problemas mais comuns.

10 SOFTWARE DOS NOTEBOOKS DOS PROFESSORES Lote: 01 Item: 03 Descrição: Software dos Notebooks dos Professores 2.1 Sistema Operacional O sistema operacional deverá ser baseado no Linux Ubuntu com Kernel versão 2.6 ou superior. Deverá ter interface gráfica em português do Brasil. 2.2 Aplicativos de Uso Geral Deverão ser fornecidos os seguintes aplicativos para utilização do professor. Todos os aplicativos aqui descritos deverão estar no idioma português do Brasil: Software livre de automação de escritório LibreOffice ou BrOffice, compatível com arquivos.doc e.odt contendo no mínimo: editor de textos, editor de planilhas, editor de apresentações e editor de desenhos; Software livre navegador web (browser) com plug-ins compatíveis com Flash, Java e Acrobat Reader; Software livre de mensagens instantâneas, compatível com os padrões utilizados pelos softwares Jabber, MSN, IRC, ICQ, Yahoo Messenger, Google Talk e Facebook; Software livre para exibição de vídeos com pelo menos os seguintes codecs: AVI, MOV, MPEG, MP4 e WMV; Software livre para execução de áudio nos formatos: MP3, OGG e WMA; Software livre para gravação de CD-RW e DVD-RW, de audio, video e dados, similar ao K3B ; Software livre para criação de diagramas e fluxogramas; Software livre para edição de vídeos; Software livre para edição de áudio em diversos formatos (AUP, WAV, AIFF, MP3, etc); Software livre para tratamento de imagens e fotografias; Software livre de edição de desenhos vetoriais; Software livre para leitura, organização e exibição de fotos de câmera digital; Software livre de desktop publishing possuindo recursos avançados de layout, similares aos encontrados no Adobe PageMaker; Software livre de gerenciamento de e-books capaz de gerenciar e organizar uma biblioteca de livros eletrônicos de diferentes formatos, como o EPUB, MOBI e PDF. Software livre para envio e leitura de s; Software livre de workgroup com gerenciador de contatos, tarefas e agenda; Software livre para leitura de arquivos formato PDF, similar ao Adobe Acrobat Reader; Software livre para agrupar arquivos e reduzir a quantidade de espaço utilizado em disco (compactador e descompactador) nos formatos: ZIP, RAR, GZIP e outros similares com WinZip; Software livre para comunicação de voz sobre IP; Software livre para visualização de imagens da câmera (webcam); Software livre de utilitários diversos para: calculadora, editor de texto simples, editor de fórmulas matemáticas, gravador de sons, visualizador de imagens em diversos formatos; Software livre para visualização da situação de espaço livre e ocupado no dispositivo de armazenamento;

11 2.3 Aplicativos e Links Educacionais A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de uso educacional, para uso nos notebooks. A solução deverá atender no mínimo aos seguintes requisitos: a. Arte e Música Software livre modelador/renderizador 3D, similar ao Blender ; Software livre de pintura digital, similar ao Tux Paint ; Software livre simulador de bateria, similar ao Hydrogen ; b. Ferramentas de Aprendizado Software livre pedagógico de digitação, similar ao KTouch ; Software livre de digitação para crianças, similar Tux Typing ; Software livre para estímulo de raciocínio, similar ao Gbrainy. c. Física e Química Software livre de aulas interativas de Física, Applets de Física ; Software livre de simulações de Física, Física por Computador ; Software livre de tabela periódica, similar ao Kalzium ; Software livre de planetário virtual, similar ao Kstars ; Software livre de planetário virtual, similar ao Celestia ; Software livre de planetário virtual, similar ao Stelarium ; Software livre para construir moléculas 3D, similar ao Pymol. d. Matemática Software livre de aprendizado de geometria, similar ao Dr.Geo ; Software livre para ensino de álgebra, similar ao Kalgebra ; Software livre para ensino geometria interativa, similar ao CaRMetal ; Software livre para matemática dinâmica, similar ao Geogebra ; Software livre de apoio ao aprendizado de Teoria dos Grafos, similar ao Rocs ; Software livre de geometria interativa, similar ao Kig ; Software livre de desenho de gráficos e funções matemáticas, similar ao KmPlot. Software licenciado para ensino de matemática do 1 ao 5 ano do ciclo do Ensino Fundamental, com no mínimo os seguintes temas: números e operações, grandezas e medidas, espaço e forma. - As atividades do software deverão permitir aos alunos o acompanhamento de forma sequencial que facilite e estimule o aprendizado, manipulando objetos que simulam objetos reais e geométricos (2D e 3D); - O aplicativo deverá conter atividades de lógica; - Disponibilizar no mínimo 40 exercícios para utilização do professor. e. Geografia Software livre de atlas geográfico, similar ao KGeography ; Software livre de Globo Terrestre, similar ao Marble. Mapas de diversos países, link para o site Atlas Escolar ; Atlas Geográfico do Brasil, link para o site Atlas Geográfico ; Mapas do planeta Terra, link para o site Google Maps ; Imagens do planeta Terra, link para o site Google Earth ; Cidades do Brasil, link para o site IBGE ; Mapas do Brasil e do Mundo, link para o site Atlas Geográfico Escolar do IBGE. f. História

12 História Geral e do Brasil, link para o site História Net ; Sistema de Pesquisa Mitológica, link para o site Mithos. g. Idiomas Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao KWordQuiz ; Software livre de ordenação de palavras, similar ao Kanagram ; Software livre de estudo em Japonês, similar ao Kiten ; Software livre pedagógico do alfabeto, similar ao KLettres ; Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao Parle ; Dicionário multilíngue; Curso de espanhol; Software livre de Gramática da Língua Portuguesa, similar ao Brazilian Portuguese. h. Links e Portais Educacionais Conjunto de links para sites educacionais na Internet, abrangendo no mínimo os seguintes: dicionários, bibliotecas, enciclopédias, cursos de idioma, livros digitais, revistas e portais educacionais abertos. 2.4 Software de Gerenciamento de Conteúdos Educacionais Deverá possuir software licenciado capaz de realizar downloads de conteúdos educacionais provenientes de portais educacionais livres na Internet ou do servidor local da escola, com no mínimo os seguintes formatos: texto, áudio, vídeo, documentos PDF e animações. O software deverá ter um sistema de busca que possibilite filtrar o assunto por categorias como, por exemplo: áudio, vídeo, textos, e-book, etc., além de filtro por idioma e repositório fonte de conteúdos educacionais. Funcionalidade de seleção individual de conteúdos para serem baixados. Deverá estar no idioma português do Brasil. 2.5 Software de Gestão de Sala de Aula Software licenciado para interação entre professor e alunos, que possibilite realizar as seguintes atividades nos equipamentos dos professores (módulo instalado nos notebooks dos professores): Permitir que os alunos conectem ao professor disponível na rede da escola, e que os mesmos necessitem da permissão do professor para se desconectarem da aula através de um comando remoto; Permitir o bloqueio de teclado e mouse dos netbooks através de um comando enviado pelo professor; Permitir que a tela do professor, ou parte dela, seja visualizada em todos ou alguns netbooks, com opções de bloqueio do mouse e teclado, ou livre utilização dos mesmos; Permitir que o professor visualize a tela em tempo real de um aluno definido por ele. Permitir que os demais alunos possam visualizar a tela o computador de um aluno, definido pelo professor. Permitir que o professor visualize a tela de um aluno, de forma a permitir que o professor passe a ter o controle do equipamento do aluno; Permitir abrir links nos equipamentos através de um comando remoto do professor; Permitir abrir e fechar aplicativos nos equipamentos dos alunos através de um comando remoto do professor; Permitir ao professor, enviar e receber arquivos de documentos entre professor e alunos; Permitir ao professor enviar um documento para os alunos como uma atividade para casa, onde o mesmo poderá através de um comando remoto, recolher estes arquivos das estações dos alunos para possível correção;

13 Permitir ao professor ter as opções de habilitar conversas via chat entre alunos e professor, ou somente entre alunos, ou ainda desabilitar todos os chats. Permitir a reprodução de vídeos nos computadores dos alunos. Permitir salvar em arquivo em formato PDF os chats das conversas entre professores e alunos e entre alunos. Permitir salvar em arquivo em formato PDF as perguntas e respostas feitas entre professores e alunos durante a aula do professor; Permitir ao professor elaborar questionários avaliativos para serem aplicados nos netbooks dos alunos; Permitir ao professor elaborar testes com questões abertas e de múltipla escolha, com recursos multimídia (áudio, imagem e vídeo); Permitir a correção automática pelo sistema de testes com questões de múltipla escolha. Permitir a criação de banco de dados de questões elaborados pelo professor a serem aplicadas nos testes. Permitir o lançamento das notas dos testes e atividades dos alunos em um diário virtual do próprio aplicativo. 2.6 Software de Gestão de Acessos Software licenciado que permite ao professor criar políticas de acesso a sites na Internet e/ou a aplicativos e que aplique essa política para os alunos utilizando o netbook em sua sala de aula. 2.7 Software de Sincronismo dos Dados dos Professores Deverá possuir software licenciado de sincronismo capaz de transmitir e sincronizar arquivos de dados do professor com o servidor local da escola, através de pasta configurável pelo usuário. O aplicativo deverá possibilitar o agendamento automático do sincronismo por período (horas definidas no dia). 2.8 Software Agente de Monitoramento O software licenciado agente de monitoramento instalados nos notebooks devem estar configurados para enviar as informações coletadas para um software Servidor de Monitoramento, existente no Servidor da Escola (ITEM 1.9), que receberá as informações e fará o seu envio para a Central de Monitoramento através de conexão via protocolo TCP/IP. O software deverá executar comandos escritos nas linguagens BASH, PERL e Python, enviados e configurados no sistema da Central de Monitoramento. Os agentes de monitoramento deverão coletar no mínimo as seguintes informações das características e de utilização do hardware: tamanho da memória; modelo da CPU; tamanho do HD; espaço disponível em disco; aplicativos utilizados; carga de processador; memória utilizada; memória livre. 2.9 Sistema de Atualização/Instalação de Software O software licenciado deverá prover sistema de atualização dos aplicativos a partir de repositório armazenado no servidor da CONTRATADA na Internet. Deve obrigatoriamente permitir a instalação e remoção de aplicativos diretamente do repositório da CONTRATADA, sem a necessidade de resolução de dependências de pacotes pelo usuário. A lista dos aplicativos disponíveis para o usuário deverá ser atualizada no momento em que o mesmo inicializar o aplicativo de instalação Sistema Operacional e Sistema de Particionamento do Disco Rígido O notebook do professor deverá compreender um particionamento conforme o seguinte esquema: Partição 1: Windows

14 - Sistema operacional deverá vir instalado nos equipamentos dos notebooks dos professores Partição 2: Linux - Sistema operacional: Linux (conforme especificado neste ITEM 03); - Este sistema será instalado pela SME ou empresa por ela designada; Partição 3: Dados e Conteúdo Educacional - Os conteúdos desta partição serão instalados pela SME ou empresa por ela designada; 2.11 Documentação do Software O software deverá oferecer manual de instalação, configuração e utilização em formato PDF ou HTML, em português do Brasil. A CONTRATADA deverá prover em seu site na web, sistema de FAQ (perguntas mais freqüentes) em português do Brasil e com instruções para solucionar dúvidas e problemas mais comuns. SOFTWARE DAS ESTAÇÕES DE TRABALHO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - ALUNOS Lote: 01 Item: 04 Descrição: Software das Estações de Trabalho para utilização dos alunos nos Laboratórios de Informática das Escolas 3.1 Características Gerais A solução de software para as estações de trabalho a ser instalada nos laboratórios de informática das escolas participantes do projeto deverá ser baseada em Linux, com todos os aplicativos em português do Brasil, conforme requisitos abaixo relacionados. 3.2 Sistema Operacional A solução proposta deverá carregar o Sistema Operacional Linux baseado no Linux Kernel 2.6 ou superior, e ter total compatibilidade com equipamentos. Os softwares deverão ser compatíveis com a interface gráfica em português do Brasil. Todos os aplicativos descritos neste item deverão ser compatíveis com a arquitetura de multiterminal conforme o projeto PROINFO do MEC, e também laboratórios que utilizam PCs Desktops comuns. Para estações Desktops, o sistema operacional deve ser instalado na estação e possuir os mesmos aplicativos presentes na imagem do sistema operacional das estações multiterminais. Para as estações multiterminais fornecidas pelo PROINFO do MEC, a CONTRATADA deverá utilizar o sistema operacional Linux Educacional, mantendo as licenças de software originais recebidas pela SME, e instalar neste sistema operacional todas as aplicações especificadas neste item. 3.3 Aplicativos de Uso Geral A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de apoio, para uso nas estações de trabalho, atendendo aos seguintes requisitos: Software livre de automação de escritório LibreOffice ou BrOffice, compatível com arquivos.doc e.odt contendo no mínimo: editor de textos, editor de planilhas, editor de apresentações e editor de desenhos;

15 Software livre navegador web (browser) com plug-ins compatíveis com Flash, Java e Acrobat Reader ; Software livre de desktop publishing possuindo recursos avançados de layout, similar ao Scribus ; Software livre de mensagens instantâneas, compatível com os padrões utilizados pelos softwares Jabber, MSN, IRC, ICQ, Yahoo Messenger, Google Talk e Facebook; Software livre para exibição de vídeos com pelo menos os seguintes CODECS: MPEG4, DIVX e XVID; Software livre para execução de áudio nos formatos: MP3, OGG e WAV; Software livre para edição de áudio em diversos formatos (AUP, WAV, AIFF, MP3, etc), similar ao Audacity ; Software livre para criação de diagramas e fluxogramas, similar ao Dia ; Software livre para gerência de projetos, similar ao Dotproject ; Software livre para tratamento de imagens, similar ao Gimp ; Software livre para leitura, organização e exibição de fotos de câmera digital, similar ao Digikam ; Software livre de gerenciamento de e-books capaz de gerenciar e organizar uma biblioteca de livros eletrônicos de diferentes formatos, como o EPUB, MOBI e PDF; Software livre para tratamento de imagens, similar ao KPaint ; Software livre de edição de desenhos, similar ao Inkscape ; Software livre para gravação de CD-RW e DVD-RW, de audio, video e dados, similar ao K3B ; Software livre para envio e leitura de s, similar ao Kmail ; Software livre para leitura de arquivos formato PDF, similar ao KPDF ; Software livre para agrupar arquivos e reduzir seu tamanho (compactador e descompactador) nos formatos: ZIP, RAR, GZIP; Software livre para leitura de RSS, similar ao Akregator ; Software livre para comunicação de voz sobre IP, similar ao Ekiga ; Software livre para gerenciamento de transferência de arquivos via FTP, similar ao GFTP ; Software livre de programação de páginas web, similar ao NVU ; Software livre que permite a visualização e controle do desktop de uma outra máquina, similar ao X11VNC ; Software livre utilitários diversos como: calculadora cientifica, editor de texto simples, editor de fórmulas matemáticas, gravador de sons, visualizador de imagens em diversos formatos; Deverá possuir software licenciado de sincronismo capaz de transmitir e sincronizar dados dos usuários com um servidor local da Escola. 3.4 Aplicativos e Links Educacionais A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de uso educacional, para uso nas estações de trabalho, atendendo aos seguintes requisitos: a. Arte e Música Software livre modelador/renderizador 3D, similar ao Blender ; Software livre de pintura digital, similar ao Tux Paint ; Software livre simulador de bateria, similar ao Hydrogen ; b. Ferramentas de Aprendizado Software livre pedagógico de digitação, similar ao KTouch ; Software livre de digitação para crianças, similar Tux Typing ; Software livre para estímulo de raciocínio, similar ao Gbrainy. c. Física e Química Software livre de aulas interativas de Física, Applets de Física ; Software livre de simulações de Física, Física por Computador ;

16 Software livre de tabela periódica, similar ao Kalzium ; Software livre de planetário virtual, similar ao Kstars ; Software livre para construir moléculas 3D, similar ao Pymol. d. Matemática Software livre de aprendizado de geometria, similar ao Dr.Geo ; Software livre de apoio ao aprendizado de Teoria dos Grafos, similar ao Rocs ; Software livre de geometria interativa, similar ao Kig ; Software livre de desenho de gráficos e funções matemáticas, similar ao KmPlot ; Software licenciado para ensino de matemática do 1 ao 5 ano do ciclo do Ensino Fundamental, com no mínimo os seguintes temas: números e operações, grandezas e medidas, espaço e forma. - As atividades do software deverão permitir aos alunos o acompanhamento de forma sequencial que facilite e estimule o aprendizado, manipulando objetos que simulam objetos reais e geométricos (2D e 3D). - O aplicativo deverá conter atividades de lógica - Disponibilizar no mínimo 40 exercícios para utilização do professor nos laboratórios de informática. e. Geografia Software livre de atlas geográfico, similar ao KGeography ; Software livre de Globo Terrestre, similar ao Marble. Mapas de diversos países, link para o site Atlas Escolar ; Atlas Geográfico do Brasil, link para o site Atlas Geográfico ; Mapas do planeta Terra, link para o site Google Maps ; Imagens do planeta Terra, link para o site Google Earth ; Cidades do Brasil, link para o site IBGE ; Mapas do Brasil e do Mundo, link para o site Atlas Geográfico Escolar do IBGE. f. História História Geral e do Brasil, link para o site História Net ; Sistema de Pesquisa Mitológica, link para o site Mithos. g. Idiomas Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao KWordQuiz ; Software livre de ordenação de palavras, similar ao Kanagram ; Software livre de estudo em Japonês, similar ao Kiten ; Software livre pedagógico do alfabeto, similar ao KLettres ; Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao Parle ; Dicionário multilíngue; Curso de espanhol; Software livre de Gramática da Língua Portuguesa, similar ao Brazilian Portuguese. h. Links e Portais Educacionais Conjunto de links para sites educacionais na Internet, abrangendo no mínimo os seguintes: dicionários, bibliotecas, enciclopédias, cursos de idioma, livros digitais, revistas e portais educacionais abertos. 3.5 Software de Gestão de Sala de Aula a. Módulo do Aluno

17 A solução contratada deverá prover software licenciado contendo uma série de funcionalidades para interação entre professor e alunos, acessados através das estações dos alunos no laboratório, possibilitando realizar as seguintes atividades: Permitir que os alunos se conectem ao professor disponível na rede da escola, de forma que, os alunos que estiverem conectados ao professor, necessitem da permissão do mesmo para se desconectarem da aula; Permitir visualizar a tela do professor, quando liberado pelo professor; Permitir que os alunos recebam arquivos de documentos enviados pelo professor; Permitir aos alunos enviar e receber arquivos de documentos para o professor; Permitir responder a testes com questões de múltipla escolha e questões abertas enviados pelo professor; Permitir visualizar o resultado individual das avaliações, corrigidas e liberadas pelo professor quando o mesmo autorizar; Permitir interação por chat com professor e demais alunos, quando liberado pelo professor. 3.6 Software Agente de Monitoramento A solução deverá possuir software licenciado agente de monitoramento que faça a coleta de características de hardware das estações dos laboratórios de informática, além dos recursos de hardware em uso e outras informações, de acordo com periodicidade de coleta agendada e configurada no Sistema da Central de Monitoramento (ITEM 06). O Agente deve ser configurado para enviar as informações coletadas para uma aplicação servidor de monitoramento (ITEM 1.9), instalada no Servidor da Escola, que receberá as informações e fará o seu envio para a Central de Monitoramento (ITEM 06) através de conexão via protocolo TCP/IP. Todos os dados de monitoramento, enviados e recebidos, devem ser criptografados. O software deverá possuir programa agente de monitoramento que execute comandos escritos nas linguagens BASH, PERL e Python, enviados e configurados no sistema da Central de Monitoramento. Os agentes de monitoramento deverão coletar, no mínimo, as seguintes informações das características e de utilização do hardware: tamanho da memória; memória utilizada; memória livre. modelo da CPU; carga de processador; tamanho do dispositivo de armazenamento (HD e/ou memória flash); espaço disponível no dispositivo de armazenamento; aplicativos utilizados; monitor de vídeo conectado; teclado conectado; mouse conectado. Além disto, o agente de Monitoramento deverá suportar o recebimento de dados e comandos oriundos da Central de Monitoramento (ITEM 06) e executar os comandos de forma automática. 3.7 Sistema de Atualização e Instalação de Softwares A solução deverá possuir software livre ou licenciado que permita a atualização dos aplicativos a partir de repositório armazenado no servidor de rede local ou em servidor da CONTRATADA na internet. Deverá permitir ao administrador a instalação e remoção de novos aplicativos diretamente do repositório da CONTRATADA, sem a necessidade de resolução de dependências de pacotes. A lista dos aplicativos disponíveis para o usuário deverá ser atualizada no momento em que o mesmo inicializar o aplicativo de instalação.

18 3.8 Manual do Usuário A proponente deverá fornecer Manual de Usuário, em formato PDF ou HTML, em português do Brasil, acessível via Browser ou leitor de PDF, contendo documentação completa de uso das funcionalidades básicas, gerência de senha, conexão com câmeras digitais, configuração de multimídia, software de gerenciamento de sala de aula e aplicativos (editor de texto, planilha eletrônica, editor de apresentação, mensageiro eletrônico, navegador de Internet, etc) de forma didática, contendo modelos de telas e descrição das funções. A CONTRATADA deverá prover em seu site na web, sistema de FAQ (perguntas mais frequentes) em português do Brasil e com instruções para solucionar dúvidas e problemas mais comuns. SOFTWARE DAS ESTAÇÕES DE TRABALHO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - PROFESSOR Lote: 01 Item: 05 Descrição: Software das Estações de Trabalho para utilização dos professores nos Laboratórios de Informática das Escolas 3.9 Características Gerais A solução de software para as estações de trabalho a ser instalada nos laboratórios de informática das escolas participantes do projeto deverá ser baseada em Linux, com todos os aplicativos em português do Brasil, conforme requisitos abaixo relacionados Sistema Operacional A solução proposta deverá carregar o Sistema Operacional Linux baseado no Linux Kernel 2.6 ou superior, e ter total compatibilidade com equipamentos. Os softwares deverão ser compatíveis com a interface gráfica em português do Brasil. Todos os aplicativos descritos neste item deverão ser compatíveis com a arquitetura de multiterminal conforme o projeto PROINFO do MEC, e também laboratórios que utilizam PCs Desktops comuns. Para estações Desktops, o sistema operacional deve ser instalado na estação e possuir os mesmos aplicativos presentes na imagem do sistema operacional das estações multiterminais. Para as estações multiterminais fornecidas pelo PROINFO do MEC, a CONTRATADA deverá utilizar o sistema operacional Linux Educacional, mantendo as licenças de software originais recebidas pela SME, e instalar neste sistema operacional todas as aplicações especificadas neste item Aplicativos de Uso Geral A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de apoio, para uso nas estações de trabalho, atendendo aos seguintes requisitos: Software livre de automação de escritório LibreOffice ou BrOffice, compatível com arquivos.doc e.odt contendo no mínimo: editor de textos, editor de planilhas, editor de apresentações e editor de desenhos; Software livre navegador web (browser) com plug-ins compatíveis com Flash, Java e Acrobat Reader ;

19 Software livre de desktop publishing possuindo recursos avançados de layout, similar ao Scribus ; Software livre de mensagens instantâneas, compatível com os padrões utilizados pelos softwares Jabber, MSN, IRC, ICQ, Yahoo Messenger, Google Talk e Facebook; Software livre para exibição de vídeos com pelo menos os seguintes CODECS: MPEG4, DIVX e XVID; Software livre para execução de áudio nos formatos: MP3, OGG e WAV; Software livre para edição de áudio em diversos formatos (AUP, WAV, AIFF, MP3, etc), similar ao Audacity ; Software livre para criação de diagramas e fluxogramas, similar ao Dia ; Software livre para gerência de projetos, similar ao Dotproject ; Software livre para tratamento de imagens, similar ao Gimp ; Software livre para leitura, organização e exibição de fotos de câmera digital, similar ao Digikam ; Software livre de gerenciamento de e-books capaz de gerenciar e organizar uma biblioteca de livros eletrônicos de diferentes formatos, como o EPUB, MOBI e PDF; Software livre para tratamento de imagens, similar ao KPaint ; Software livre de edição de desenhos, similar ao Inkscape ; Software livre para gravação de CD-RW e DVD-RW, de audio, video e dados, similar ao K3B ; Software livre para envio e leitura de s, similar ao Kmail ; Software livre para leitura de arquivos formato PDF, similar ao KPDF ; Software livre para agrupar arquivos e reduzir seu tamanho (compactador e descompactador) nos formatos: ZIP, RAR, GZIP; Software livre para leitura de RSS, similar ao Akregator ; Software livre para comunicação de voz sobre IP, similar ao Ekiga ; Software livre para gerenciamento de transferência de arquivos via FTP, similar ao GFTP ; Software livre de programação de páginas web, similar ao NVU ; Software livre que permite a visualização e controle do desktop de uma outra máquina, similar ao X11VNC ; Software livre utilitários diversos como: calculadora cientifica, editor de texto simples, editor de fórmulas matemáticas, gravador de sons, visualizador de imagens em diversos formatos; Deverá possuir software licenciado de sincronismo capaz de transmitir e sincronizar dados dos usuários com um servidor local da Escola Aplicativos e Links Educacionais A solução contratada deverá prover, junto com o sistema operacional, uma série de programas de uso educacional, para uso nas estações de trabalho, atendendo aos seguintes requisitos: a. Arte e Música Software livre modelador/renderizador 3D, similar ao Blender ; Software livre de pintura digital, similar ao Tux Paint ; Software livre simulador de bateria, similar ao Hydrogen ; b. Ferramentas de Aprendizado Software livre pedagógico de digitação, similar ao KTouch ; Software livre de digitação para crianças, similar Tux Typing ; Software livre para estímulo de raciocínio, similar ao Gbrainy. c. Física e Química Software livre de aulas interativas de Física, Applets de Física ; Software livre de simulações de Física, Física por Computador ; Software livre de tabela periódica, similar ao Kalzium ; Software livre de planetário virtual, similar ao Kstars ;

20 Software livre para construir moléculas 3D, similar ao Pymol. d. Matemática Software livre de aprendizado de geometria, similar ao Dr.Geo ; Software livre de apoio ao aprendizado de Teoria dos Grafos, similar ao Rocs ; Software livre de geometria interativa, similar ao Kig ; Software livre de desenho de gráficos e funções matemáticas, similar ao KmPlot ; Software licenciado para ensino de matemática do 1 ao 5 ano do ciclo do Ensino Fundamental, com no mínimo os seguintes temas: números e operações, grandezas e medidas, espaço e forma. - As atividades do software deverão permitir aos alunos o acompanhamento de forma sequencial que facilite e estimule o aprendizado, manipulando objetos que simulam objetos reais e geométricos (2D e 3D). - O aplicativo deverá conter atividades de lógica - Disponibilizar no mínimo 40 exercícios para utilização do professor nos laboratórios de informática. e. Geografia Software livre de atlas geográfico, similar ao KGeography ; Software livre de Globo Terrestre, similar ao Marble. Mapas de diversos países, link para o site Atlas Escolar ; Atlas Geográfico do Brasil, link para o site Atlas Geográfico ; Mapas do planeta Terra, link para o site Google Maps ; Imagens do planeta Terra, link para o site Google Earth ; Cidades do Brasil, link para o site IBGE ; Mapas do Brasil e do Mundo, link para o site Atlas Geográfico Escolar do IBGE. f. História História Geral e do Brasil, link para o site História Net ; Sistema de Pesquisa Mitológica, link para o site Mithos. g. Idiomas Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao KWordQuiz ; Software livre de ordenação de palavras, similar ao Kanagram ; Software livre de estudo em Japonês, similar ao Kiten ; Software livre pedagógico do alfabeto, similar ao KLettres ; Software livre de treinamento de vocabulário, similar ao Parle ; Dicionário multilíngue; Curso de espanhol; Software livre de Gramática da Língua Portuguesa, similar ao Brazilian Portuguese. h. Links e Portais Educacionais Conjunto de links para sites educacionais na Internet, abrangendo no mínimo os seguintes: dicionários, bibliotecas, enciclopédias, cursos de idioma, livros digitais, revistas e portais educacionais abertos Software de Gestão de Sala de Aula a. Módulo do Professor A solução contratada deverá prover um software licenciado contendo uma série de funcionalidades para interação entre professor e alunos, a ser instalado em uma estação por laboratórios de informática, possibilitando que somente esta estação possa ter a permissão de realizar as seguintes atividades:

EDITAL N 100/2012 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 22/2012.

EDITAL N 100/2012 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 22/2012. EDITAL N 100/2012 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 22/2012. ANDERSON JOSÉ TOMIELLO HOFFMEISTER, Prefeito Municipal de Tramandaí, no uso de suas atribuições legais, torna público, para

Leia mais

DESCRIÇÃO DO SOFTWARE. Projetor Proinfo. LINUX Educacional

DESCRIÇÃO DO SOFTWARE. Projetor Proinfo. LINUX Educacional Descrição do Software Projetor Proinfo PJSW.16/2U DESCRIÇÃO DO SOFTWARE Projetor Proinfo LINUX Educacional 69.000.70210-1 Descrição do Software Projetor Proinfo 1-2 Versão Original 2011 PROCOMP Amazônia

Leia mais

Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013

Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013 Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013 Perfil da Empresa Metasys é uma solução tecnológica completa e integrada, especialmente projetada para apoiar os trabalhos de alunos, educadores

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows 8 Aula 2 1 - Introdução ao Windows 8 1.1. Novidades da Versão...21 1.2. Tela de Bloqueio...21 1.2.1. Personalizar

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Manual de Uso AcessaLivre 3.0

Manual de Uso AcessaLivre 3.0 Manual de Uso AcessaLivre 3.0 ÍNDICE 03 04 05 06 08 13 17 20 25 30 Carta de Apresentação Novidades do Acessa Livre 3.0 Atualizações de versão Área de Trabalho usuário e monitor Aplicativos Menu Escritório

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Instrutor(a): Nilcéa Lima

Instrutor(a): Nilcéa Lima Instrutor(a): Nilcéa Lima João Pessoa, abril de 2008 HORÁRIO TURMA TARDE: 14h00 18h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA QUINTA 2ª SEMANA: SEGUNDA - QUINTA HORÁRIO TURMA NOITE: 18h00 22h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA

Leia mais

Uso de Softwares Livres para Educação Experiências Metasys. Home

Uso de Softwares Livres para Educação Experiências Metasys. Home Uso de Softwares Livres para Educação Experiências Metasys Experiência Metasys na Educação Projeto Escolas em Rede Pilotos UCA Projetos Internacionais Casos de Sucesso: Escolas em Rede Secretaria de Educação

Leia mais

Mais recursos para professores. Maior controle para TI.

Mais recursos para professores. Maior controle para TI. Acronus System Mais recursos para professores. Maior controle para TI. Características do produto Controle de hardware Permite desligar a internet, pen drive, teclado, mouse e monitor. Transferência de

Leia mais

Introdução ao. Linux do MEC

Introdução ao. Linux do MEC Introdução ao Linux do MEC Abril/2006 ÍNDICE Software Livre 3 Linux do MEC 4 Inicializando e finalizando o sistema 5 Área de trabalho 6 Operações com arquivos 7 Administração do ambiente 9 Navegador Internet

Leia mais

Polo UAB JALES LINUX 21/10/11. Software Livre. Taylson Molina Martinez

Polo UAB JALES LINUX 21/10/11. Software Livre. Taylson Molina Martinez Polo UAB JALES LINUX Software Livre 21/10/11 Taylson Molina Martinez Sumário Software Livre Historia do Software Livre Projeto GNU O que é Linux? Porque o Linux é gratuito? Porque Utilizar Linux? Distribuições

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 ÍNDICE Aula 1 Conhecendo o Linux... 3 Apresentação... 3 Tela de Logon... 4 Área de trabalho... 5 Explorando o Menu

Leia mais

Serviços de TIC Soluções e demandas

Serviços de TIC Soluções e demandas Serviços de TIC Soluções e demandas Superintendência de Governança Eletrônica e de Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC/UFSC) 16/07/2015 CSS/SeTIC 1 Agenda SeTIC Apresentação dos serviços, por

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

gladiador INTERNET CONTROLADA

gladiador INTERNET CONTROLADA gladiador INTERNET CONTROLADA funcionalidades do sistema gladiador sistema Gerenciamento de usuários, gerenciamento de discos, data e hora do sistema, backup gladiador. Estações de Trabalho Mapeamento

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

1. P03 Dispositivos de Acesso. Configuração Mínima de Softwares para Estações de Trabalho P03.001

1. P03 Dispositivos de Acesso. Configuração Mínima de Softwares para Estações de Trabalho P03.001 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P03.001 Revisão v. 2014 2. PUBLICAÇÃO Órgão IplanRio Diretoria DOP Diretoria de Operações Setor GSA - Gerência de Suporte e Atendimento 1 de 6 epingrio@iplanrio.rio.rj.gov.br

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Fundamentos do uso de tecnologia da informação F U P A C V R B P R O F. C H R I S T I E N L. R A C H I D

Fundamentos do uso de tecnologia da informação F U P A C V R B P R O F. C H R I S T I E N L. R A C H I D Fundamentos do uso de tecnologia da informação O USO CONSCIENTE DA TECNOLOGIA PARA O GERENCIAMENTO F U P A C V R B P R O F. C H R I S T I E N L. R A C H I D Organização 1. Vínculo Administração-Tecnologia

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04 Prof. André Lucio Competências da aula 3 Servidor de DHCP. Servidor de Arquivos. Servidor de Impressão. Aula 04 CONCEITOS

Leia mais

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO DIRETORIA DE INCLUSÃO DIGITAL DIRETORIA DE GOVERNO ELETRÔNICO APOSTILA LINUX EDUCACIONAL (Conteúdo fornecido pelo Ministério da Educação e pela Pró-Reitoria de Extensão da UNEB)

Leia mais

Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo

Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo 1. Esta Especificação destina-se a orientar as linhas gerais para o fornecimento de equipamentos. Devido às especificidades de cada central e

Leia mais

Winconnection 6. Internet Gateway

Winconnection 6. Internet Gateway Winconnection 6 Internet Gateway Descrição Geral O Winconnection 6 é um gateway de acesso à internet desenvolvido dentro da filosofia UTM (Unified Threat Management). Assim centraliza as configurações

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 Conteúdo 1. LogWeb... 3 2. Instalação... 4 3. Início... 6 3.1 Painel Geral... 6 3.2 Salvar e Restaurar... 7 3.3 Manuais... 8 3.4 Sobre... 8 4. Monitoração... 9 4.1 Painel Sinóptico...

Leia mais

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional Belo Horizonte, 11 de junho de 2013 À Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Rod. Pref. Américo Gianetti, Serra Verde - Prédio Minas, 11º andar 31.630-900 Belo Horizonte Minas Gerais Ref.: Consulta

Leia mais

Atualização de computadores para Windows 10 INSTALAÇÃO LIMPA. Windows10. Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV.

Atualização de computadores para Windows 10 INSTALAÇÃO LIMPA. Windows10. Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV. Atualização de computadores para Windows 10 INSTALAÇÃO LIMPA Windows10 Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV. CCE Desktop E365, C23, C43 CM23 e M23. CCE Notebook U25, U25B, HT345TV,

Leia mais

Daniel Gondim. Informática

Daniel Gondim. Informática Daniel Gondim Informática Microsoft Windows Sistema Operacional criado pela Microsoft, empresa fundada por Bill Gates e Paul Allen. Sistema Operacional Programa ou um conjunto de programas cuja função

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

: LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA : OTIMIZANDO RECURSOS

: LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA : OTIMIZANDO RECURSOS Título: LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA : OTIMIZANDO RECURSOS Área Temática: Educação e Comunicação / Tec. Educacionais Autores: FREDERICO HENRIQUE GOLDSCHMIDT NETO e EDEMILSON JORGE BRANDÃO Instituição: Universidade

Leia mais

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco O processo de Instalação Limpa irá remover todos os programas e arquivos de dados do seu computador, substituindo eles com uma instalação

Leia mais

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Windows 7 1. Área de Trabalho ou Desktop 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Noções de Informática Henrique Sodré

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Informática :: Presencial

Informática :: Presencial MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL A nossa meta é envolver alunos e professores num processo de capacitação no uso de ferramentas tecnológicas. Para isto, mostraremos ao professor como trabalhar as suas disciplinas (matemática, português,

Leia mais

Boolean Sistemas 2 MANUAL DA ROTINA MENU DOS SISTEMAS Atualizado em Maio/2006

Boolean Sistemas 2 MANUAL DA ROTINA MENU DOS SISTEMAS Atualizado em Maio/2006 Boolean Sistemas 2 MANUAL DA ROTINA DE MENU DOS SISTEMAS Atualizado em Maio/2006 Empresas Especiais Suporte 2.01. Cadastro das empresas 2.02. Relação das empresas 2.03. Controle das emissões 2.04. Exclusão

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO ::

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: 1 de 5 Firewall-Proxy-V4 D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY, MSN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE Página 1 de REVISÃO DATA VERSÃO DO HISTÓRICO DAS ALTERAÇÕES SISTEMA 00 1.0 Emissão inicial. Página 2 de Sumário 1. Introdução... 4 2. Modelo Conceitual... 4 3. Programa Cliente... 5 3.1 Telas de Configuração...

Leia mais

KeeP Desenvolvimento e Tecnologia

KeeP Desenvolvimento e Tecnologia KeeP Desenvolvimento e Tecnologia Transformar Necessidade em Realidade! KeeP Integrando Soluções: Conectando pessoas, processos e dados. KeeP-Backup Nós da KeeP desenvolvemos uma solução de backup/clonagem

Leia mais

GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI

GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI GUIA DE MELHORES PRATICAS NA AREA DE TI Ambiente Windows Small Business Rev 10501 DATA : 5 / 07/ 2007 Pag : 1 de7 1) Servidores a) Hardware o Servidor Alocado em Rack Fechado em ambiente reservado e refrigerado

Leia mais

ROTEIRO PARA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA ACESSO AO PERSUS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS E PROTOCOLO DE IMPUGNAÇÕES E RECURSOS ANS Agência Nacional de

ROTEIRO PARA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA ACESSO AO PERSUS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS E PROTOCOLO DE IMPUGNAÇÕES E RECURSOS ANS Agência Nacional de ROTEIRO PARA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE PARA ACESSO AO PERSUS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS E PROTOCOLO DE IMPUGNAÇÕES E RECURSOS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar ROTEIRO PARA CONFIGURAÇÃO DO AMBIENTE

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, e tendo em vista o que consta do Processo

Leia mais

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões.

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões. CAMERA IP SERIE AV O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013.

PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013. PORTARIA N Nº 189 Rio de Janeiro, 17 de Abril de 2013. ACRESCENTA À ARQUITETURA DE PADRÕES TECNOLÓGICOS DE INTEROPERABILIDADE -, NO SEGMENTO DISPOSITIVOS DE ACESSO, O PADRÃO TECNOLÓGICO CONFIGURAÇÃO MÍNIMA

Leia mais

www.leitejunior.com.br 26/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 26/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO CONCURSO: SEGER / ES Com referência à tela Painel de controle do sistema operacional Windows e ao sistema operacional Windows, julgue os itens a seguir. 31 No Windows,

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Softwares O que é Software? Conjunto de instruções/funções/tarefas que definem o que o computador deve executar para chegar

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO.

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. 1 - Qual arquitetura devo usar para instalar no meu computador, 32bits ou 64bits? a) Simplificando bastante para ter uma opção viável,

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Tutorial Webconferência EaD/UFGD. Elaborado por Equipe da TI EaD UFGD

Tutorial Webconferência EaD/UFGD. Elaborado por Equipe da TI EaD UFGD Tutorial Webconferência EaD/UFGD Elaborado por Equipe da TI EaD UFGD Tópicos da Parte I 1. Introdução 1.1 Salas de Webconferência 1.2 Webconferência e RNP 1.3 Adobe Connect 1.4 Uso adequado da Webconferência

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Informática Software Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de

Leia mais

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES

Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES Atualização de computadores CCE para Windows 8.1 ATUALIZAÇÃO SIMPLES ATUALIZAÇÃO SIMPLES O processo de Atualização Simples mantém configurações do Windows, arquivos pessoais e aplicativos compatíveis com

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3 REFLEXÃO 3 Módulos 0771, 0773, 0774 e 0775 1/5 18-02-2013 Esta reflexão tem como objectivo partilhar e dar a conhecer o que aprendi nos módulos 0771 - Conexões de rede, 0773 - Rede local - instalação,

Leia mais

SETOR DE INFORMÁTICA CTCD Campus Party Recife 2012 26 a 30 de Julho de 2012

SETOR DE INFORMÁTICA CTCD Campus Party Recife 2012 26 a 30 de Julho de 2012 SETOR DE INFORMÁTICA CTCD Campus Party Recife 2012 26 a 30 de Julho de 2012 APRESENTAÇÃO GERAL DOS MINI-CURSOS Monitores das Oficinas: Kleberson Trindade da Silva Everton José Alves Apresentação: Serão

Leia mais

PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS

PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS A Caltech Informática desenvolveu 2 soluções alternativas para simulação da Prova Brasil utilizando o Software de Autoria Visual Class: A) Utilizando o pacote Visual Class

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo

Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo Informática Básica: aplicativos de escritório Aula 2 Instrutores: Arisneuza Gonçalves Isail Araújo Danilo Azevedo História do Linux 1987 S.O Minix Andrew S. Tanembaum 1960 Multics Unics - Unix S.O Ken

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede)

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede) FACSENAC SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO Versão: 1.2 Data: 25/11/2011 Identificador do documento: Documento de Visão V. 1.7 Histórico de revisões Versão Data Descrição Autor 1.0 03/10/2011 Primeira Edição

Leia mais

Manual Técnico BRMA BALANCE

Manual Técnico BRMA BALANCE B R M A B a l a n c e Manual Técnico BRMA BALANCE EMPRESA Atuando no segmento de comunicação de dados desde 1998, a BRconnection vem se destacando por desenvolver e disponibilizar ao mercado a solução

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

DistribuiçãoGNU/Linuxdo. Governo do Estado desanta Catarina

DistribuiçãoGNU/Linuxdo. Governo do Estado desanta Catarina DistribuiçãoGNU/Linuxdo Governodo Estado de Santa Catarina Manual 01 Usuário Básico Dezembrode 2003 Introdução O YARA/GNU LINUX, é uma distribuição customizada pelo Centro de Automação de Santa Catarina

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores : Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Professor: Marissol Martins Alunos: Edy Laus,

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente:

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO 6 INFORMÁTICA QUESTÕES DE 21 A 40 21. Dentre as alternativas abaixo, assinale a que apresenta CORRETAMENTE ferramentas existentes em softwares de escritório (BrOffice ou Microsoft

Leia mais

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes.

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. A versão Enterprise é o pacote que compreende todos os recursos disponíveis para o Sistema Digifort, oferecendo

Leia mais

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS - OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS Índice 1. INTRODUÇÃO...5 2. MÓDULO DE GESTÃO DE

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Introdução a microinformática William S. Rodrigues HARDWARE BÁSICO O hardware é a parte física do computador. Em complemento ao hardware, o software é a parte lógica, ou seja,

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Orientações aos docentes

Orientações aos docentes MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Orientações aos docentes Este manual tem por objetivo informar o docente a respeito dos recursos tecnológicos disponíveis na Escola

Leia mais