LISBOA CARRIS. Net Bus. Pelos nossos Clientes damos a volta ao Mundo. N.º 66 Série III Ano 15 4.º Trimestre Out/Nov/Dez 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISBOA CARRIS. Net Bus. Pelos nossos Clientes damos a volta ao Mundo. N.º 66 Série III Ano 15 4.º Trimestre Out/Nov/Dez 2010"

Transcrição

1 LISBOA CARRIS N.º 66 Série III Ano 15 4.º Trimestre Out/Nov/Dez 2010 Net Bus Pelos nossos Clientes damos a volta ao Mundo

2 Propriedade Director José Maia Director-adjunto Luís Vale Conselho Redactorial Ana Figueiredo; António Araújo; Francisco Sousa; Maria João Branco; Martins Marques; Norberto Silva; Nuno Correia; Paulo Afonso; Sandra Pereira; Susana Fonseca. Apoio Fotográfico Gabinete de Comunicação e Imagem Editor Edifício Lisboa Oriente, Av. Infante D. Henrique, nº 333 H, 4º Piso Escritório Lisboa Telef Fax Impressão RPO Periodicidade: trimestral Tiragem: exemplares Distribuição gratuita aos colaboradores e reformados da Companhia CARRIS de Ferro de Lisboa Assinatura anual: 8 euros ISSN: X Depósito Legal nº /86 Isento de Registo no ICS ao abrigo do artigo 9º da Lei de Imprensa nº 2/99, de 13 de Janeiro Companhia Carris de Ferro de Lisboa Alameda António Sérgio, 62 Complexo de Miraflores Linda-a-Velha EDITORIAL 2011 Superar desafios Gostaria, neste final de ano, de deixar uma mensagem de optimismo para o novo ano que se aproxima. Infelizmente teremos de encarar, com realismo, que os tempos que se aproximam não serão fáceis. Para ultrapassar a difícil situação financeira com que o nosso País se confronta vão ser pedidos significativos sacrifícios a todos nós. Mas não podemos duvidar, nem por um momento, que os sacrifícios que nos são pedidos conduzirão aos resultados esperados. Os portugueses têm demonstrado, ao longo da sua História, a sua capacidade para superar, com êxito, os desafios com que foram confrontados. Acreditamos que desta vez não será diferente! A CARRIS, que vem praticando uma cultura de trabalho, de exigência e de rigor, como tem sido reconhecido, vai, naturalmente, continuar a prestar um serviço de qualidade aos seus clientes e à cidade, como é sua obrigação e será, ainda mais, necessário. A todos os colaboradores do universo CARRIS, no activo e reformados, e suas famílias, desejo um Feliz Natal e um Novo Ano que satisfaça os seus melhores desejos. José Maia

3 Mensagem de Natal do Presidente Natal é tempo para sermos solidários. Tempo para darmos um pouco mais de nós. Tempo para meditarmos sobre o que temos feito mas, muito especialmente, sobre o que temos para fazer na nossa vida pessoal, familiar e profissional será, como sabemos já, um ano difícil. O País exige-nos trabalho. Mais trabalho. Mas, sobretudo, melhor trabalho e menos gastos. Teremos de saber viver diferente, impondo-nos maior exigência e rigor. Não tenho dúvidas de que cada um de nós saberá dar o contributo adequado e necessário para ajudar Portugal a ultrapassar o momento difícil que hoje atravessa. Porque sempre assim foi, ao longo da nossa História quase milenar. E assim vai ser, uma vez mais. Porque os portugueses, quando querem, são capazes de realizações extraordinárias. Aproveito para desejar, a cada um de vós, um excelente Natal, na companhia dos vossos familiares e amigos. Desejo, também, que 2011 traga tudo o que de melhor desejam. Boas Festas para todos! Na CARRIS, na CARRISTUR e na CARRISBUS. 3 J. Manuel Silva Rodrigues Presidente do Conselho de Administração

4 EM FOCO Net Bus Muito mais que Internet a bordo 4 A CARRIS lançou o serviço Net Bus nas carreiras 36 e 745. E pretende alargá-lo a toda a rede. Trinta novos autocarros articulados, com serviço gratuito de internet a bordo, foram apresentados pela CAR- RIS, em Setembro último. A empresa, que pretende alargar o serviço Net Bus a toda a rede, convida desde já a navegar na Web os clientes das carreiras 36 e 745. Estes autocarros, que têm sido muito bem recebidos pelos clientes, oferecem, tal como a restante frota, elevados padrões de conforto ar condicionado, piso rebaixado, rampa de acesso para cadeira de rodas e indicadores de destino electrónicos, com tecnologia LED e iluminação multicolor, de acordo com a cor da zona que identifica a respectiva carreira. Também a nível da segurança os padrões são elevados, já que cada autocarro dispõe de um sistema de videovigilância. A aquisição dos novos autocarros representa um investimento de 11 milhões de euros, reafirmando a frota da CARRIS como uma das mais modernas a nível europeu. Menos automóveis a circular A modernização da frota da CARRIS é mais um passo no sentido de conquistar o utilizador do automóvel para o sistema de transportes públicos, assinalou o Secretário de Estado dos Transportes, Carlos Correia da Fonseca, na apresentação dos novos autocarros, no passado dia 22 de Setembro, que teve por cenário a Estação do Oriente. Para o membro do Governo, o objectivo

5 5 está claramente definido: Temos de tirar o automóvel da rua e continuar a promover um sistema de transportes públicos eficiente. José Manuel Silva Rodrigues, Presidente da CARRIS, sublinhou que a nova funcionalidade, o Net Bus, disponível nestes trinta autocarros, pretende dar vantagem aos transportes públicos face ao automóvel e aproximar o tempo psicológico sentido pelos passageiros nas viagens de autocarro do tempo real do percurso. Por um futuro sustentável A renovação continuada e sustentada da frota de autocarros tem sido essencial na estratégia de elevação da qualidade da oferta, resultando na conquista de novos clientes para o transporte público, tendência que se está a consolidar desde Frota renovada que, para a CARRIS, significa um contributo relevante para uma Lisboa mais sustentável e que oferece melhor qualidade de vida. É que, com autocarros mais amigos do ambiente, é possível reduzir as emissões de gases nocivos e de ruído. Aqui, o verbo renovar é, igualmente, sinónimo de diminuir concretamente ao nível dos custos de manutenção, com claros reflexos já notados no resultado operacional da CARRIS, que vem melhorando o seu desempenho económico e financeiro.

6 INICIATIVAS Os Desempenho + da estação de Santo Amaro Nós por cá com Desempenho + A estação de Santo Amaro foi o palco escolhido para a atribuição, a 9 de Outubro, do Prémio Desempenho +, referente ao 2.º quadrimestre de 2010, que distinguiu 138 motoristas e 40 guarda-freios, no total de 178 tripulantes. A política de reconhecimento do mérito e profissionalismo dos colaboradores da CARRIS tem revelado resultados muito interessantes ao nível do seu compromisso crescente com a qualidade do serviço. Os números falam por si: 10 tripulantes receberam o prémio pela 10.ª vez!; 7 em nove edições; e 5 pela sétima ocasião. De registar ainda que 21 tripulantes foram distinguidos pela primeira vez. 6 Um casal ainda + feliz Não há dúvida de que Ana Maria e João Augusto Escobar formam uma equipa de sucesso. Na vida profissional acabam de ser distinguidos com o Prémio Desempenho +. Para além dos autocarros e dos eléctricos, o que dizer de um casamento que já assinalou as vinte e cinco Primaveras? Uma união feliz, exemplar e inspiradora... João Augusto Escobar entrou para a CARRIS há vinte e oito anos. Actualmente é motorista da estação de Miraflores. Gosta muito de conduzir, conduz duas carreiras e já trata como amigos muitos dos seus passageiros. Igual sensação tem Ana Maria, que conduz eléctricos nas carreiras 12 e 15. Entrou para a empresa há exactamente quinze anos. Tal como o marido, elogia a evolução que a CARRIS vem conhecendo de então para cá. Em Outubro, o casal Escobar passou a partilhar algo mais Ambos receberam o Prémio Desempenho +, que distingue os melhores tripulantes da CARRIS, em razão do seu bom desempenho. João Augusto e Ana Maria viram assim reconhecidas a assiduidade, a pontualidade, a ausência de reclamações por parte dos clientes e zero acidentes. Tão importante como ter sorte diz João Augusto é procurá-la sempre, através de uma entrega diária e total ao nosso trabalho. Do Prémio, que Ana Maria já recebeu por quatro vezes, sendo que José Augusto está a apenas um de distância, dizem ser uma boa iniciativa da CAR- RIS. É um incentivo para trabalhar mais e melhor, diz Ana Maria, mas traz responsabilidade acrescida avisa. João Augusto acrescenta que o Prémio é bom para todos: Os colaboradores são reconhecidos, a empresa ganha tripulantes motivados e os clientes têm um serviço cada vez melhor. A distinção encheu a família de orgulho pois claro. E para o ano, quem sabe se Ana Maria não chega ao penta e João Augusto não faz o tetra Boa sorte!

7 um carro.pt No bom caminho 7 Movimento menos um carro celebrou o 1.º aniversário. Conquistou mais três parceiros. E, pelos vistos, parece já estar a dar frutos A CARRIS comemorou, a 3 de Novembro, o 1.º aniversário do Movimento menos um carro, iniciativa que tem como objectivo sensibilizar os cidadãos para a utilização dos transportes públicos de forma mais racional e sustentável. Um ano depois e pela primeira vez em muitos anos há já uma pequena redução no número de carros que entram diariamente em Lisboa, indicando que o movimento que trouxe para o espaço público a discussão da mobilidade sustentável pode, também, estar a dar frutos. Em dia de aniversário, aderiram ao Movimento menos um carro a Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa (AMTL), o Instituto de Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT), e a Siemens. Recorde-se que a Câmara Municipal de Lisboa e a consultora TIS, também presentes na comemoração, tinham já aderido ao menos um carro no Verão. Os novos parceiros do menos um carro juntam-se à Polícia de Segurança Pública, Instituto Português da Juventude, Associação Portuguesa do Ambiente, Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta, Quercus, Direcção Geral de Saúde, Associação Salvador, ACAPO e Universidade Católica. Parceiros que, deste o primeiro dia, embarcaram neste movimento que, entretanto, já conquistou, igualmente, a adesão da Associação Portuguesa de Educação Ambiental, Associação Empresarial de Lisboa, GEOTA, EMEL, movimento 10:10 e do Metropolitano de Lisboa. O Presidente da CARRIS salientou, nestas comemorações, que a entrada de novos parceiros é sempre uma boa notícia, já que reforça a noção de que todos trabalhamos para um objectivo comum: a mobilidade sustentável. A Câmara Municipal de Lisboa acrescentou José Manuel Silva Rodrigues e as autoridades de transportes são parceiros fundamentais na mobilidade. Um operador não deve trabalhar isolado; é necessária uma perspectiva integrada e agregadora, porque os problemas são comuns. Concretamente, não é possível ganhar clientes para os transportes públicos se os operadores, nessa lógica integrada, não se unirem em torno de um mesmo compromisso: a prestação diária de serviços de qualidade inquestionável. ANO NOVO, SITE NOVO O movimento menos um carro vai ter um site novo a partir do início de Janeiro de O novo site terá uma maior dinamização de conteúdos, com actualizações mais frequentes, maior visibilidade para os aderentes e parceiros do movimento e uma maior interligação com as redes sociais, entre outras novidades. Na página no Facebook haverá algumas inovações, nomeadamente um jogo, onde todos poderão medir o seu índice de mobilidade sustentável.

8 Centenário da República 8 Historicamente dinâmicos A CARRIS, em parceria com a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República e a Câmara Municipal de Lisboa, organizou várias iniciativas para assinalar a data. O Autocarro do Centenário, que circulou durante todo o mês de Outubro, foi uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa e da CARRIS, com o apoio da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, proporcionando uma visita guiada pelos locais emblemáticos da cidade de Lisboa relacionados com a Revolução de 5 de Outubro de 1910 e a Implantação da República em Portugal. Uma viagem pela história, com início nos Paços do Concelho, seguindo pelo Terreiro do Paço, e stação do Rossio, Praça Marquês de Pombal, Quartel de Campolide, Quartel de Campo de Ourique e Quartel do Corpo de Marinheiros de Alcântara. O itinerário histórico envolveu ainda visitas às exposições patentes nos Paços do Concelho da CML e na Cordoaria Nacional.

9 No Autocarro da República Entretanto, foi, também, criado um mapa envolvendo especificamente a temática da efeméride, inspirado no mapa de rede da CARRIS e denominado Autocarro da República. Nele estavam identificados mais de 150 pontos de interesse em Lisboa com relevância artística, patrimonial e arquitectónica, incluindo escolas, associações e instituições centenárias ligadas a actividades económicas com a marca da I República e considerando a sua relação com a rede de transportes da CARRIS. Uma oportunidade acrescida para promover a mobilidade, convidando os lisboetas e os visitantes a conhecer a história da cidade, criando o seu próprio percurso de visita. e A República de Eléctrico A exposição A República de Eléctrico é uma iniciativa desenvolvida pela Companhia Carris de Ferro de Lisboa com o Museu da CARRIS e a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República. A ideia é simples: dar a conhecer a história e o património da CARRIS no período da I República. Visite a exposição A República de Eléctrico no Museu da CARRIS até 31 de Março de 2011, de segunda a sábado, das 10h00 às 17h00. 9

10 INOVAÇÃO 10 Missão: Inovar O dia 14 de Setembro foi Dia de Inovação na CARRIS. Houve entrega de prémios aos colaboradores que apresentaram projectos distintivos no compromisso de inovar. E workshop com vários convidados, que partilharam connosco as suas experiências no domínio da inovação. A poucos dias de comemorar 138 anos, a CARRIS mostrou ser uma empresa sempre em busca de inovação. Num encontro realizado em Miraflores, Álvaro Mendonça, do Jornal de Negócios, moderou um workshop sobre inovação, a partir do tema Por uma mobilidade sustentável. Como oradores estiveram Filipe Pamplona de Castro Soeiro, da Associação Portuguesa dos Business Angels, Ricardo Luz, da Gestluz Consultora e Invicta Angels, Miguel Pina Martins, da Science4you, José Magro, do Clube de Empresários do Brasil, e Lino Fernandes, da Agência da Inovação. As interessantes intervenções dos convidados foram depois partilhadas com os colaboradores da CARRIS, através da intranet. Muitos Parabéns! Após o workshop, José Manuel Silva Rodrigues, Presidente do Conselho de Administração da CARRIS, procedeu à entrega dos Prémios Inovação e Ideia 2010 mais uma forma, mais uma oportunidade de a empresa envolver os colaboradores na evolução da CARRIS.

11 Campanha anti-fraude A CARRIS vai recorrer ao humor para provocar nos clientes o sentido cívico e responsável de validar sempre o seu título de transporte. Após concluir que abordagens agressivas e didácticas não são suficientes, a aposta é agora no humor, mais coerente com a actual comunicação Andamos a pensar em si. Mas, como se pode envolver os clientes para validarem sempre? Através da personalização, do reconhecimento e do humor. Pretende-se que as pessoas se revejam na campanha. Desconstruindo as razões que podem levar alguém a não validar, a CARRIS dá razões suficientes para validarem. Uma abordagem indirecta, bem-humorada e não agressiva que aborda as resistências a validar como comuns a todos e não falhas pessoais que devam ser apontadas. Qualquer pessoa pode esquecer-se, não lhe apetecer, distrair-se ou ficar preguiçosa na hora de validar. Mas, na verdade, validar não custa nada. Ninguém gosta de parecer ridículo e, na sua comunicação, a CARRIS quer confrontar o cliente com esse reflexo de quem infringe. Estimular algum sentimento de vergonha por não ser capaz de ultrapassar as suas resistências para validar. Sem agressões, a campanha utiliza situações e estados que todos reconhecem em si. marketing Pague 10 passe 12 A CARRIS lançou, entre os dias 13 e 16 de Setembro, uma campanha de promoção do passe Pague 10, Passe 12 oferecendo, naquele período, uma lembrança a todos quantos adquiriram o passe anual. Com esta modalidade, o cliente paga apenas 10 meses e pode utilizar o passe durante todo o ano! 11 Todos a validar Verde O mês de Dezembro é assinalado pela nova campanha de validação da CARRIS. É de sublinhar o novo grafismo, mais apelativo e divertido, tendo como principal enfoque a validação com luz verde: E consigo o que é que se passa? Porque é que não valida Verde? duas questões que, no fundo, são um convite com todas as letras. Para além das peças de comunicação habituais, foi criado um guia interno com tópicos importantes que incentivam os clientes a validar. Contamos com o apoio de todos. Porque de todos depende o sucesso desta campanha! Uma ideia luminosa Ver e ser visto. Este é o lema da nossa nova campanha de redução da sinistralidade. Iniciada na estação de Miraflores em Abril, os seus resultados bastante animadores levaram a estender a iniciativa a toda a empresa, já em meados de Outubro. Os nossos motoristas e guarda-freios estão assim instruídos para ligarem os faróis médios, a qualquer hora do dia, sempre que se encontrem em circulação. Ao ligar os faróis, no início de cada viagem, pretendemos relembrar os nossos tripulantes, mesmo que de forma não deliberada, para a necessidade de prevenir o acidente, através de uma condução defensiva e mais segura. Bem sabemos que os faróis ligados não constituem, por si só, a solução para todos os problemas. Ver e ser visto não é um escudo protector... Mas é claramente um sinal do empenhamento da CARRIS na prevenção da sinistralidade.

12 sustentabilidade Futuro sustentável na CARRIS passa pela eficiência energética e utilização racional da energia 12 para sermos mais sustentáveis! A eficiência energética e a utilização racional da energia, aliadas à redução das emissões poluentes e de CO2, constituem preocupações da CARRIS, enquadradas na política que a empresa vem prosseguindo para garantir um desenvolvimento sustentável. Se a actividade transporte é, naturalmente, grande consumidora de energia e fonte de emissões poluentes e de CO2, onde temos incidido as principais preocupações, não é desprezível o consumo de energia nas designadas instalações fixas. Em ambos os casos, é fundamental a consideração dos factores humano e técnico, enquadrados por um sistema de gestão que permita medir e contabilizar resultados. nas instalações fixas Em 2006, por deliberação do Conselho de Administração, foi constituída uma Comissão Técnica cujo objectivo principal é estudar e propor medidas no âmbito da eficiência energética e da utilização racional de energia em edifícios. Funcionando no seio do Gabinete de Inovação e Desenvolvimento, esta Comissão conta com a colaboração e o empenho dos restantes órgãos da empresa para levar à prática as medidas preconizadas. As linhas de orientação estabelecidas, que conduziram já a poupanças significativas nos recursos energéticos, assentaram em 3 vectores considerados fundamentais: a implementação de um sistema de gestão de consumos de energia, água e gás; a realização de acções de sensibilização aos utilizadores; e a concretização de medidas de carácter técnico que permitam obter reduções de consumo. O sistema de gestão de consumos abrange, numa primeira fase, o Complexo de Miraflores, disponibilizando já os consumos de electricidade e gás, assim como alguns consumos de água. Na sequência de acções levadas a cabo anteriormente, vai ser lançada nova campanha interna de sensibilização para a necessidade de poupança de energia. Várias medidas de carácter técnico, que permitiram reduções significativas nos consumos de energia, foram concretizadas nos últimos três anos. Destacam-se as alterações introduzidas nos comandos da iluminação dos parques de estacionamento de autocarros e subterrâneo de Miraflores e a substituição de luminárias das zonas oficinais e administrativas por outras de maior eficiência energética. Está, igualmente, a ser estudada a implementação de novas medidas, como a substituição da iluminação da nave oficinal nº 1 de Miraflores com recurso à utilização de LED aproveitando as campânulas existentes e a introdução de interruptores horários no comando da iluminação dos edifícios A, B, e C que poderão proporcionar poupanças significativas no consumo de energia eléctrica do Complexo. e na condução A vasta renovação da frota de autocarros permitiu uma substancial redução das emissões dos diversos poluentes. Por outro lado, os aspectos ligados à condução têm sido parte integrante de muitas acções de formação. De facto, a condução económica e defensiva permite significativa redução do consumo de combustível e das consequentes emissões poluentes e de CO2, assim como se traduz num acréscimo do conforto e segurança dos nossos clientes e no aumento da segurança rodoviária. Contudo, o desempenho da condução necessita ser monitorizado de forma a detectar e corrigir comportamentos inadequados. Com esse objectivo, a CARRIS adquiriu um

13 sustentabilidade sistema X-TRaN DRIVE que ajudará a alcançar melhores níveis de conforto e segurança para os clientes, permitindo a redução, por um lado, da pegada ecológica da empresa derivada das emissões e, por outro, dos custos operacionais relacionados com o consumo de combustível. O sistema é composto por uma unidade de recolha dos dados de funcionamento ligada directamente ao sistema electrónico dos autocarros, transmitindo, em tempo real, todos os dados relevantes para a plataforma de integração no SAEIP. Incorpora, também, uma aplicação informática, de recolha cen tralizada, tratamento e suporte à análise de dados. Actualmente, o sistema encontra-se instalado em 40 autocarros, mais concretamente, em 20 autocarros articulados (Mercedes- -Benz O530 Cítaro G) da estação de Miraflores e em 20 autocarros médios (MAN HOCL) da estação da Pontinha, estando a aplicação informática também disponível nestas estações. Prevê-se que, brevemente, a mesma aplicação venha a ser alargada à estação da Musgueira, associada à instalação do sistema em autocarros VOLVO B7R MKIII, daquela estação. O X-TRaN DRIVE encontra-se assente em três pilares fundamentais: condução económica, conforto e segurança, analisando a qualidade da condução através de diferentes indicadores: acelerações e travagens acentuadas, tempo em marcha de inércia, tempo ao ralenti e perfis de velocidade, de rotações do motor e de utilização do acelerador. O consumo específico de combustível é o reflexo de todos os indicadores, sendo analisado como a consequência do tipo de condução adoptado. Com efeito, práticas de condução inadequadas reflectem-se, negativamente, no consumo de gasóleo e de gás natural. Os desafios que se nos colocam situam- -se, fundamentalmente, na redução de consumo de combustível, proporcionando, consequentemente, menores emissões poluentes e de CO2. Adicionalmente, proporcionaremos maior conforto aos nossos clientes, diminuindo Senhor Motorista: o segredo está no seu pé! as incidências de acidentes por adopção de uma prática de condução mais confortável e segura. O processo de análise dos dados começou no início de 2010, tendo o projecto sido divulgado na empresa, em particular junto dos motoristas e respectivos inspectores. Após análise dos dados registados, os otoristas, da Pontinha e de Miraflores, que conduziram, durante um mínimo de horas, os autocarros equipados com o X-TRaN DRIVE, foram confrontados pelos seus inspectores, com os resultados por si obtidos, comparados com a melhor performance nas mesmas condições de operação. A sensibilização foi efectuada com base nos quatro indicadores que mais influenciam o consumo de combustível: percentagem de tempo de condução com curso do acelerador abaixo dos 50%, o número de acelerações e de travagens acentuadas por cada 100 km percorridos e a percentagem de tempo circulação em marcha de inércia. Estes 4 indicadores, que influenciam muito o consumo, o conforto e a segurança da condução, apenas dependem de pequenos gestos que podem devem ser adoptados quer seja na condução profissional ao serviço da empresa ou na vida privada. A utilização da marcha de inércia é uma importante técnica a adoptar. Por exemplo, ao observar um obstáculo, um sinal vermelho ou se tiver que efectuar uma paragem, retire o pé do acelerador e deixe o autocarro, ou o seu próprio automóvel, deslizar aproveitando a inércia até se imobilizar em segurança, quase sem utilizar o travão. Os nossos motoristas que ainda não tiveram oportunidade de ver testado o seu estilo de condução poderão fazê-lo solicitando ao seu inspector que sejam escalados nas carreiras em que circulam os autocarros equipados com o X-TRaN DRIVE. Estão pois convidados a analisar o estilo de condução e melhorá-lo. para sermos mais sustentáveis! Pequenos gestos, grandes resultados! Qualidade reconhecida Mais de 70% das carreiras da CARRIS estão certificadas, num processo em que a qualidade do serviço oferecido ao cliente conta e muito! A CARRIS obteve, em Outubro, a certificação de mais 12 carreiras de autocarro. A CERTIF Associação para a Certificação de Produtos valorizou a qualidade do serviço oferecido aos clientes. A CARRIS alcança, assim, o número de 64 carreiras certificadas, o que equivale a mais de 70% da totalidade das suas carrreiras. As vantagens da certificação do serviço, que analisa vários índices desde a higiene ao cumprimento dos horários contribuem para o aumento da satisfação dos clientes e da sua fidelização aos transportes públicos. Além da satisfação do cliente, vital para o sucesso de qualquer actividade, a CARRIS está igualmente a contribuir para que o Transporte Público desempenhe um papel fundamental na resposta adequada à necessidade crescente de uma mobilidade sustentável na cidade de Lisboa e sua área metropolitana. A CARRIS iniciou já o processo de certificação de mais 7 carreiras em

14 NOVAS COLUNA DO PROVEDOR CARRIS aposta em novos canais de comunicação Inquérito de satisfação 2010: resultados O Inquérito de Satisfação dos Clientes de 2010, realizado pelo CESOP (Centro de Estudos e Sondagens de Opiniões da Universidade Católica) e concebido com a colaboração da QConsultores e da CARRIS, veio confirmar um aumento de satisfação dos clientes em relação ao serviço prestado no ano passado: 31% de Clientes satisfeitos (27% em 2009); 51% de Clientes muito satisfeitos (50% em 2009). Os indicadores relativos à Imagem da CARRIS, à Qualidade do Serviço, às Expectativas do Cliente e à Satisfação Global apresentam uma avaliação superior a 6 numa escala de 1 a 10, de onde se destacam o atendimento dos condutores e o atendimento nos postos de venda, com uma avaliação média claramente positiva de 7,4 e 7,5, respectivamente. De facto, 83% dos inquiridos avaliam positivamente o atendimento prestado pelos condutores (82% em 2009) e 82% pelo pessoal dos postos de venda (80% em 2009). De acordo com esta sondagem, apenas 4% dos clientes inquiridos apresentaram, no último ano, uma reclamação verbal ou por escrito acerca do serviço da CARRIS. Queixas do atendimento de condutores e postos de venda junto do Provedor do Cliente Em relação às queixas sobre atendimento, recebidas pelo Provedor do Cliente (entre Janeiro e Outubro de2010) verificou-se um decréscimo de 2,8%, em relação ao período homólogo. Embora pareça estarmos no bom caminho, considera-se realmente imprescindível melhorar o relacionamento cordial com os clientes. Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out A CARRIS posiciona-se como uma empresa moderna, dinâmica, inovadora. Nesse sentido, segue de perto as novas tendências e inovações tecnológicas, especialmente as que permitem melhorar a qualidade do serviço e promover o acesso à informação. A mobilidade e a rapidez são uma realidade dos dias de hoje. Daí, a crescente necessidade de, em qualquer local, a qualquer hora, poder aceder a informação actualizada sobre o serviço da empresa. Face às diferentes necessidades dos utilizadores, às características da internet móvel e dos dispositivos móveis, a internet mobile diferencia-se da internet convencional, tornando-se necessário criar plataformas adaptadas a estes modelos, que facilitem a navegação e optimizem a experiência do utilizador. Estas versões mobile não são versões miniatura dos sites convencionais. Trata-se de autênticas plataformas pensadas e desenvolvidas num contexto de mobilidade, ao encontro das diferentes necessidades dos utilizadores em movimento, tendo em conta, designadamente, as características específicas dos telemóveis, tais como o browser utilizado, a dimensão dos ecrãs e a capacidade de processamento de informação. É neste contexto que a CARRIS desenvolveu uma versão mobile do site www. carris.pt, adaptada aos principais devices móveis existentes em Portugal. Um projecto concluído e disponível já em Dezembro de Os widgets são pequenas aplicações alojadas no ambiente de trabalho do pc (desktop widget) ou na internet (web widget), através das quais se pode ter acesso permanente a informações actualizadas. À semelhança das informações climatéricas ou de trânsito, mais vulgarmente utilizadas neste tipo de aplicações, a CARRIS também disponibiliza ainda este mês a sua própria aplicação. Tendo por base a prestação de informação de serviço, os clientes poderão assim aceder a partir do seu ambiente de trabalho, de forma rápida e fácil, às notícias CARRIS, às carreiras, percursos e tempo de espera real até à próxima passagem do seu autocarro ou eléctrico na paragem seleccionada.

15 CARRIS assegura mobilidade durante Cimeira da NATO actualidade Durante dois dias, Lisboa foi a capital do Mundo, com a realização da Cimeira da NATO. Várias carreiras da CARRIS tiveram o seu percurso alterado, por razões de sem problemas de capacidade nem atrasos significativos. A franca cooperação com as autoridades policiais permitiu preparar esta vasta ope- NATO segurança e pela realização de manifestações. Estas perturbações tiveram maior relevância na área envolvente ao Parque das Nações, onde se realizou a Cimeira, assim como no centro da cidade, devido às deslocações das diferentes comitivas entre o Aeroporto, os hotéis de alojamento e o local de realização da Cimeira. Embora sujeita a essas restrições de circulação, com desvios de carreiras e paragens momentâneas à passagem das diversas comitivas, a CARRIS conseguiu assegurar a mobilidade de todos os lisboetas. À parte dessas situações, o serviço processou-se com grande normalidade, ração, antecipando os condicionamentos e minimizando impactos. Uma vasta equipa de várias dezenas de inspectores das estações e da Central de Comando de Tráfego esteve envolvida ao longo dos dois dias, quer na gestão centralizada do serviço, como nos diversos locais onde era previsível a ocorrência de maiores problemas. Para além das alterações previamente planeadas, não se registaram quaisquer incidentes, havendo a salientar a grande compreensão por parte dos nossos clientes em relação aos transtornos causados. Ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique em Miraflores Sempre bem-vindo! O Conselho de Administração de CARRIS recebeu, no Complexo de Miraflores, o Ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique, Tomás Augusto Simões, que teve oportunidade de conhecer a forma de trabalhar da empresa. 15 CAM - Certificação de Aptidão de Motoristas Continuamos a apostar no nosso capital humano Entre formação inicial e formação contínua, a CARRIS já qualificou cerca de uma centena dos seus motoristas de Serviço Público para o exercício da função. Esta é ainda a primeira fase do grande desafio de qualificação no âmbito do novo CAM (Certificado de Aptidão de Motoristas). A formação e certificação CAM passou a ser um requisito obrigatório, nos termos da regulamentação nacional e Europeia. Contudo, a CARRIS, num enorme esforço técnico e financeiro, e com o claro objectivo de apostar fortemente no desenvolvimento das competências dos seus tripulantes, vai mais longe! Para além das matérias obrigatórias de cariz generalista, foi aumentada a carga horária desta formação tendo em vista a introdução de outros conteúdos. Assim, é potenciada, designadamente, a aquisição e o aperfeiçoamento de conhecimentos específicos em Condução Económica e Defensiva, Língua Inglesa e Relacionamento e Atitude Comercial, em claro alinhamento com o perfil de competências organizacionais e relacionais da CARRIS: Compromisso Organizacional, Orientação para o Cliente e para os Resultados, Gestão de Conflitos, Ética e Responsabilidade Profissional, bem como o conhecimento do Sistema de Gestão e Sustentabilidade Integrado da Empresa. Este projecto de formação é desenvolvido pela área de Gestão das Pessoas e Capital Humano, em estreita colaboração com às áreas Operacionais, e conta com o envolvimento pessoal do Conselho de Administração da CARRIS. Em 2011, a CARRIS irá formar e certificar mais cerca de duas centenas dos seus tripulantes, tornando-os, de igual modo, preparados para os novos desafios que se colocam à empresa.

16 Visto de fora por serenella andrade 16 Lisboa sem a CARRIS seria uma cidade sem história O que significa para si a CARRIS? A CARRIS significa muito para mim. É a melhor forma de conhecer a cidade... E de forma confortável, sem ter de me preocupar com o estacionamento. Sim, porque a CARRIS é um mundo... Desde os confortáveis autocarros, aos mais variados eléctricos, passando pelos tradicionais ascensores e elevadores sempre cheios de turistas. Que recordações de infância tem da CARRIS? Da minha infância lembro-me sempre dos famosos autocarros verdes de dois andares e das correrias, juntamente com os meus dois irmãos, para ver quem chegava mais depressa lá acima!... Nos eléctricos, chegávamos a fazer duas e três vezes o mesmo percurso aquele que passava pelo Rossio, principalmente na época nata- lícia, pois era uma forma divertida de vermos as tão famosas iluminações. Mas principalmente, lembro-me das viagens efectuadas com a minha avó Maria Amélia, sempre alegre e bem- -disposta. Tem alguma história curiosa a bordo de um autocarro ou eléctrico da CARRIS? Quando comecei a trabalhar para a RTP, a contar as Histórias do Vitinho, lembro-me de entrar no autocarro e as pessoas começaram a cantar o tema. Eu ficava sempre muito envergonhada, mas essa era uma forma simpática de as pessoas demonstrarem o seu carinho. Imagina a cidade de Lisboa sem a CARRIS? Seria impossível imaginar Lisboa sem a CARRIS Seria quase como imaginar uma cidade sem história. Como vê a CARRIS actual? A CARRIS cresceu muito. Conta actualmente com inúmeros serviços, desde os autocarros, eléctricos, elevadores e ascensores. Uma nota destacada para os serviços especiais dirigidos aos clientes com mobilidade reduzida. Outra para o Bike Bus. E ainda outra, para o Net Bus, que é no fundo uma forma de poder continuar a trabalhar enquanto se viaja... E depois, há ainda as mil e uma iniciativas organizadas pela CARRIS, de modo a proporcionar a todos uma viagem pelo tempo ou pelo mundo da fantasia, como por exemplo o tão famoso eléctrico de Natal. PARABÉNS e, já agora, BOAS FESTAS!

17 o outro lado de... Manuel Sobral e Filipe Fraga Correr é o verbo 17 Dois técnicos que olham para a CARRIS com orgulho indisfarçável. Uma empresa com história valiosa, presente de grande exigência e futuro na linha do horizonte. Findo mais um dia de trabalho, reacende-se nos dois outra motivação diária: correr correr correr a pensar, quem sabe, no regresso à Maratona de Berlim. Manuel Sobral, administrador de Sistemas, entrou na CARRIS em Considera que a empresa tem efectuado um esforço constante de modernização do transporte público, procurando soluções inovadoras e sustentáveis de mobilidade voltadas para as necessidades dos clientes. Filipe Fraga, chefe de Serviço de Carros Eléctricos na Carrisbus desde Novembro, ingressou na CARRIS em 1982, sendo que as suas impressões sobre a evolução da empresa são semelhantes, sublinhando o espírito de inovação e desenvolvimento tecnológico ou seja, a CARRIS virada para o futuro e as novas gerações. Acrescenta, ainda, que trabalha numa empresa que se preocupa profundamente com os aspectos ambientais, de qualidade e de segurança. Manuel Sobral e Filipe Fraga têm algo mais que os une: o gosto pela corrida e pelas actividades ao ar livre. Recentemente, viveram uma experiência memorável, ao participarem na Maratona de Berlim. Manuel já praticou BTT, tendo participado em provas como os 100 Km de Mafra em 2006 e Mas, há três anos, desafiado a entrar na Corrida do Tejo, foi amor à primeira vista!... Superado o grande desafio, continuou a treinar. Em 2008, no dia em que completou 51 anos, estreou-se na Meia Maratona de Lisboa. Confrontado com uns quilinhos a mais, Filipe começou a frequentar o ginásio em Convocado por um amigo, começou a correr e, tal como Manuel, não mais parou. Os dois atletas treinam cerca de uma hora todos os dias, sendo que ao fim- -de-semana fazem três horas. Ambos já participaram em diversas provas, mas a vitória não é objectivo primeiro. O que lhes interessa é participar. Este ano, levaram o amor pelas corridas até à Alemanha. Juntos, correram os 42 km da Maratona de Berlim. Ainda assim, nenhum dos dois trocaria de profissão. Enquanto Filipe diz que é como engenheiro que se sente realizado, também Manuel também não trocaria de profissão, tal o orgulho que manifestam em fazer parte da CAR- RIS. Para Manuel Sobral, a empresa beneficia actualmente de uma imagem sem precedentes, desenvolvendo a sua actividade num quadro de valores éticos e princípios de desenvolvimento sustentáveis. Filipe Fraga confessa fazer parte de uma equipa que presta um serviço de qualidade e essencial para a sua cidade.

18 NOTÍCIAS DA BANDA DENTRO DE PORTAS 18 Concerto em Santo Amaro O Concerto Anual da Banda de Música da CARRIS decorreu no passado dia 20 de Novembro, tendo por cenário o Carbarn do Complexo de Santo Amaro, espaço foi gentilmente cedido pelo Conselho de Administração, representado no evento pelo Presidente da CARRIS, José Manuel Silva Rodrigues e pelas administradoras Maria Adelina Rocha e Isabel Cabaço. Os cerca de trezentos lugares disponíveis estiveram repletos de associados e colaboradores da empresa. A festa teve início pelas 16h00, tendo-se assistido na primeira parte à actuação do Grupo Coral, que se apresentou em público com 26 elementos, interpretando um repertório renovado, muito aplaudido pela assistência. A Orquestra Ligeira preencheu o resto da primeira parte com uma actuação de variados estilos de música ligeira, fazendo vibrar o público presente. A segunda parte começou com a apresentação dos três novos elementos da Banda de Música (dois filhos de colaboradores e um motorista): André Gonçalves (13 anos), Cheila Baessa (17) e Gonçalo Carmo (32). O Concerto da Banda revelou-se uma actuação extraordinária, fechando com chave de ouro mais uma grande tarde de convívio entre associados e colaboradores da empresa. Missa nos Jerónimos A já tradicional Missa pelos Sócios da Banda já falecidos teve lugar na belíssima Igreja dos Jerónimos, no passado dia 14 de Novembro, contando com a actuação do nosso Grupo Coral. Celebrada por Frei José Fernando (Pároco de S. Domingos de Benfica), acompanhado pelo nosso colega Diácono Vasco Rebelo, registou um número muito significativo de sócios e familiares, sendo de assinalar igualmente a presença do Presidente do Conselho de Administração da CARRIS, José Manuel Silva Rodrigues. Grupo Desportivo Do Xadrez ao Hóquei em Campo A nossa equipa de Xadrez irá iniciar, brevemente, a participação na 2ª. Divisão do Campeonato Nacional. Objectivo: atingir a melhor classificação possível, não sendo de excluir a luta pela subida de divisão. No Hóquei em Campo estamos a renascer, com um honroso registo, até agora, de duas vitórias e três derrotas (todas pela margem mínima), sendo de destacar o jogo disputadíssimo frente ao Grupo Desportivo de Lousada, crónico campeão nacional, que participa, igualmente, na Liga dos Campeões. Venceram mas não nos convenceram... Antes, motivaram-nos a seguir frente. O renascimento desta modalidade histórica para o Grupo Desportivo convoca- -nos a aplaudir o trabalho do treinador, Agostinho Franco, e a perseverança do seccionista, Luís Sequeira. Duas figuras exemplares.

19 NOVAS Certificação do Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho A 21 de Setembro de 2010, foi hasteada uma nova bandeira no Complexo de Miraflores, representativa da obtenção da certificação do Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST), de acordo com a NP 4397/ OHSAS 18001, atribuída pela APCER. O azul desta nova bandeira é um símbolo de protecção, estabilidade e tranquilidade, conceitos intrinsecamente associados aos pressupostos da recente certificação obtida e garante das condições de segurança e saúde no trabalho em que se desenvolve a actividade da CARRIS. O SGSST, em desenvolvimento desde 2009, encontra-se inserido no Sistema de Gestão Integrado da Qualidade, Ambiente e Segurança, constituindo a obtenção da sua certificação o corolário de uma intensa actividade de identificação, avaliação e controlo de riscos relacionados com a saúde e segurança no trabalho e de uma permanente preocupação com o bemestar dos colaboradores da CARRIS e respectivos prestadores de serviços, potenciando a sua motivação e identificação com os valores da empresa. Esta certificação reconhece o compromisso da CARRIS e o seu empenho na minimização dos riscos laborais, nomeadamente de acidentes e doenças profissionais, na abrangência das actividades de prevenção e na promoção e garantia de um ambiente de trabalho seguro e saudável em toda a Organização. DENTRO DE PORTAS NOTÍCIAS ARECA 19 PASSEIOS FAMILIARES Os destinos eleitos foram, agora, a Sertã, Alfeizerão e a Martingança, respectivamente, nos dias 12 de Setembro, 24 de Outubro e a 28 de Novembro. Cada passeio incluiu almoço e lanche, sempre animados com música ao vivo. CAMPEONATO DE SUECA Iniciou-se a 6 de Outubro, com a participação de seis equipas, num total de doze concorrentes, prevendo-se a sua conclusão em Dezembro. Um agradecimento muito especial, desde já, aos patrocinadores que nos ajudaram na compra dos troféus a atribuir às três primeiras equipas da classificação. Assinale-se que os restantes participantes serão distinguidos com medalhas de presença na competição. Um campeonato que terminará em festa, num almoço-convívio com todos os participantes e aberto aos sócios que desejem estar presentes. VIVA O SÃO MARTINHO A nossa sede, em Santo Amaro, reuniu meia centena de sócios e acompanhantes, num clima de grande cordialidade e confraternização, para mais uma celebração do Dia de S. Martinho. RÉVEILLON EM SANTO AMARO Contamos festejar a Passagem de Ano e Noite de Réveillon, na nossa sede. E para que isso seja possível, precisamos da inscrição de um razoável número de sócios e acompanhantes, junto da Associação. Já se inscreveu?... ESTAMOS CONVOCADOS Realizar-se-á no dia 26 de Janeiro de 2011, às 14h30, na sede da ARECA, em Santo Amaro, uma Assembleia-Geral ordinária para decidir sobre os vários aspectos da vida da nossa Associação, designadamente a apresentação do Relatório e Contas de 2010 e a eleição de novos elementos para os Corpos Gerentes Direcção, Assembleia Ge- ral e Conselho Fiscal para o biénio 2011/2012. Requer-se, por isso, que até 11 de Janeiro de 2011, sejam pensadas e organizadas listas concorrentes, para serem apresentadas e, nesse dia, votadas. DIA DO REFORMADO NA CARRIS No dia 9 de Março de 2011, comemoramos o 6.º aniversário da ARECA, em Santo Amaro. Esperamos que haja uma mobilização massiva de sócios nos festejos e que possamos contar, uma vez mais, com a presença sempre honrosa do Conselho de Administração da CAR- RIS. Contamos, também, com a participação da Orquestra Ligeira da CARRIS que certamente nos brindará com o seu sempre aplaudido virtuosismo. CONVÍVIO ANUAL DOS REFORMADOS DA CARRIS O próximo almoço anual será a 21 de Maio de 2011, na Quinta da Feteira, em Almeirim. As inscrições começam no mês de Fevereiro de 2011, junto da ARECA.

20 ACTUALIDADE GESBUS O nome diz tudo Vantagens da aplicação 20 Uma gestão eficiente das viaturas, tendo em consideração as condicionantes da Manutenção e as necessidades do serviço público em cada momento, continua a ser uma das nossas prioridades. GESBUS. Assim se chama a aplicação informática desenvolvida pela OPT, que também forneceu à CARRIS uma aplicação satélite o Quadro de Expedição que mostra no ecrã, junto às Expedições, a afectação das viaturas, permitindo a cada Tripulante conhecer a que lhe foi destinada. Comparando com a aplicação que desde há dez anos vinha apoiando a gestão de viaturas, GESBUS+Quadro de Expedição significa a possibilidade de se associar os Ainda mais acessíveis tripulantes a cada registo (horário de cada chapa). O novo software faz parte de um conjunto de aplicações, que, no seu conjunto, constituem uma verdadeira e completa gestão de viaturas. Entretanto, quer o sistema de pórticos que detectará as saídas e recolha às estações, quer a aplicação informática para a Manutenção que permite gerir a disponibilidade de veículos, carecem ainda de serem desenvolvidos e instalados. Interligação ao sistema GIST, em tempo real. Qualquer modificação efectuada no segundo reflecte-se, imediatamente, no primeiro. Maior rapidez e facilidade na elaboração da escala diária, libertando os expedidores para outras tarefas; Possibilidade de elaboração da escala ao longo do dia, de forma automática, para todas as saídas; Processo de afectação de viaturas mais flexível, embora respeitando as particularidades de cada carreira/chapa. Funcionalidades ao nível dos veículos solicitados pela Manutenção, permitindo que os pedidos sejam efectuados de acordo com as necessidades da parte oficinal. Enquanto operadora de transporte público, a CARRIS tem vindo a demonstrar a sua preocupação com a melhoria das condições de mobilidade na cidade de Lisboa, especialmente junto dos cidadãos com mobilidade reduzida. Nesse sentido, juntou às 22 que já oferecia mais duas carreiras cujos autocarros estão equipados com rampas de acesso para cadeiras de rodas: a carreira 36 (Cais do Sodré-Odivelas) e a 745 (Prior Velho-Santa Apolónia).

21 CURTAS No mundo dos selos A CARRIS esteve presente, em Outubro, na Exposição Mundial de Filatelia, que teve por cenário a FIL e contou com a presença do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. 125 anos de Glória A CARRIS celebrou, a 24 de Outubro, o 125.º aniversário do Ascensor da Glória, inaugurado em Ligando a Praça dos Restauradores ao Bairro Alto, o histórico Ascensor foi classificado em 2002 como Monumento Nacional, tal como os seus congéneres da Lavra e da Bica. Na parte da manhã, reservámos surpresas a todos os que se deslocaram ao Ascensor, oferecendo um concerto pela orquestra ligeira da Banda da CARRIS, que assinalou a data. A 28 agora em livro A obra Eléctrico 28 Uma viagem na História foi apresentada a 22 de Setembro, no Museu da CARRIS. Com textos de Nysse Arruda, fotografia de Clara Azevedo e design de Henrique Cayatte, o livro é dedicado a um dos mais emblemáticos meios de transporte de Lisboa. Editada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda com o apoio da CARRIS, esta obra pretende ampliar a divulgação do turismo histórico, patrimonial e cultural de Lisboa, dando a conhecer, em detalhe, os monumentos que pontuam a rota do 28. Já disponível em português e inglês, o livro tem prevista uma edição em castelhano para o início de Natal Electrizante Aos 30 anos, a iniciativa Eléctrico de Natal foi, mais uma vez, um sucesso. Entre os dias 2 e 18 de Dezembro, o Eléctrico fez as delícias de cerca de oito mil crianças de várias escolas. Ao longo de três semanas, com o Pai Natal como condutor e muita animação a bordo, o Eléctrico fez o percurso entre a Praça da Figueira e o Museu da CARRIS, na Estação de Santo Amaro. Como de costume, houve um dia reservado aos filhos dos colaboradores da CARRIS. 21 Beleza sobre rodas e carris A beleza andou a bordo da CARRIS, a 13 de Setembro, com as candidatas a Miss Mundo Portugal a passearem em vários veículos da empresa. As imagens recolhidas, em autocarros de serviço público e em veículos do Museu, serão utilizadas no filme de apresentação da vencedora no concurso internacional Miss Mundo. Autógrafos em Santa Justa O Elevador de Santa Justa foi palco, a 14 de Outubro, de uma sessão de autógrafos de Jaime Fragoso de Almeida, autor do livro Elevadores, Ascensores e Funiculares de Portugal. Editada pelos CTT Correios de Portugal, a obra pode ser adquirida no Elevador de Santa Justa, e integra seis selos e o bloco da emissão alusiva ao tema.

22 EM FORMA 22 Antibióticos Nem sempre Nem nunca... Os antibióticos estão a tornar-me uma obsessão das sociedades contemporâneas. Os pais nem pensam duas vezes Se a criança tem febre ou se queixa de dores de garganta, o antibiótico corta de certeza o mal pela raiz. Nem sempre... É que um antipirético e lavagens nasais podem bem ser a solução mais adequada e eficaz. Costuma-se dizer que no amor e na medicina, nem sempre, nem nunca O facto é que as crianças andam a tomar antibióticos em excesso. Por muito que se sublinhem os efeitos nocivos desse comportamento, poucos são os pais que levam a advertência a sério. Aos primeiros sintomas de febre ou dores de garganta, toca a correr atrás do antibiótico A resistência das bactérias aos antibióticos é uma realidade que tem motivado novas pesquisas em busca de substâncias cada vez mais eficazes no debelar das infecções. O consumo de antibióticos tem disparado nos países ocidentais, quer entre os adultos mas sobretudo entre as crianças. Talvez por via de um excesso de zelo dos pais que, perante a febre que teima em não baixar, ficam naturalmente preocupados, invadidos por um desejo único e compreensível: que os seus filhos se curem o mais depressa possível. O nariz funciona como um filtro contra as impurezas que circulam no ar que respiramos. E se não estiver limpo, não poderá desempenhar adequadamente essa função. Mas nas infecções respiratórias superiores, o nariz geralmente está congestionado e/ou com hipersecreção. Um antipirético e lavagens nasais podem ser quanto baste para ultrapassar dois ou três dias de febre e congestão nasal/hipersecreção numa criança. As secreções nasais, se não forem removidas, constituem um bom meio de cultura para outros agentes patogénicos. Ao escorrerem posteriormente para a garganta, podem também condicionar o aparecimento de otites médias. Limpar é, pois, preciso. Como fazê-lo? No caso das crianças mais pequenas, deve ser feita com a criança deitada, de cabeça virada para o lado esquerdo; introduz-se, então, a solução nasal na narina direita; voltar, de seguida, a cabeça para o lado direito para limpar a narina esquerda; deve actuar durante cerca de segundos; seguidamente, deve endireitar-se a criança, pegando-a nos braços para a ajudar a tossir e limpar/aspirar as secreções; deve repetir-se o procedimento se necessário, assegurando assim que ambas as narinas ficam desobstruídas. Quanto aos mais velhinhos, podem ser eles próprios a assumir esta tarefa, começando com um truque: tapar uma narina e soprar forte pela outra, depois inverter o processo. Uma solução nasal continua a ser necessária para limpar o nariz, devendo ser aplicada alternadamente em cada narina com a cabeça inclinada para a frente e de lado, alternando para a direita para aplicar a solução na narina esquerda e vice-versa. Manter o nariz limpo pode ser meio caminho andado para ajudar a prevenir a proliferação de germes nas vias respiratórias superiores.

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA O que é o ALD ProFleet2? É um serviço de dados que utiliza um sistema telemático avançado de gestão de frotas e que lhe permite administrar, localizar em

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

Transportes Sul do Tejo MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

Transportes Sul do Tejo MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Transportes Sul do Tejo MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Graça Calapez Barreiro, 22 de Outubro de 2010 HISTÓRIA A T.S.T. constitui-se a partir de um dos centros da Rodoviária Nacional. Foi privatizada em Janeiro

Leia mais

29082012_WF_reporting_bro_PT. www.tomtom.com/telematics

29082012_WF_reporting_bro_PT. www.tomtom.com/telematics 29082012_WF_reporting_bro_PT www.tomtom.com/telematics T E L E M AT I C S Relatórios WEBFLEET Let s drive business Relatórios WEBFLEET As decisões de trabalho mais difíceis ficam muito mais simples com

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

As mais-valias da Eco-Condução

As mais-valias da Eco-Condução As mais-valias da Eco-Condução Encontros com Energia Montijo, 21 de Novembro de 2013 Ana Isabel Cardoso Energia no sector dos transportes Consumo de energia final por sector em 2011 Dados: DGEG, 2013/Tratamento:

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 757/X ESTABELECE MEDIDAS DE INCENTIVO À PARTILHA DE VIATURAS

PROJECTO DE LEI N.º 757/X ESTABELECE MEDIDAS DE INCENTIVO À PARTILHA DE VIATURAS Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 757/X ESTABELECE MEDIDAS DE INCENTIVO À PARTILHA DE VIATURAS Exposição de motivos Existiam 216 milhões de passageiros de carros na UE a 25 em 2004, tendo o número

Leia mais

Projecto Eco-condução Portugal

Projecto Eco-condução Portugal Projecto Eco-condução Portugal Apresentação e Principais Actividades Hélder Pedro, ACAP 20 de Maio 2009 Introdução O conceito de Eco-condução tem nos últimos anos sido alvo de muito interesse em toda a

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015 2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra Lisboa, 13 de Junho de 2015 EMEL EMEL Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, E.M. S.A., tem como objecto a gestão

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro www.regiaodeaveiro.pt PIMT de Aveiro, Aveiro TIS.PT Transportes Inovação e Sistemas, S.A. 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD)

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) Recomenda ao Governo que utilize sistemas de teleconferência e videoconferência em substituição de reuniões presenciais I - Exposição de motivos A proposta de

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

viseu.tv televisão regional na internet

viseu.tv televisão regional na internet viseu.tv televisão regional na internet Projecto realizado no âmbito de estágio do Curso de Especialização Tecnológico de Técnicos de Desenvolvimento de Produtos Multimédia VTV Viseu.tv, Lda Aluna: Pedro

Leia mais

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005.

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. Cooperação empresarial, uma estratégia para o sucesso Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. É reconhecida a fraca predisposição

Leia mais

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ENQUADRAMENTO A INTEGRAÇÃO DA METRO DO PORTO E DA STCP E A PERSPECTIVA DE PRIVATIZAÇÃO COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ANÁLISE OBJECTIVOS MENSAGENS-CHAVE ACÇÕES A DESENVOLVER ENQUADRAMENTO

Leia mais

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias:

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias: REGULAMENTO Introdução O Prémio Healthy Workplaces - Locais de Trabalho Saudáveis pretende reconhecer e distinguir as organizações portuguesas com contributos notáveis e inovadores para a segurança, o

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES FICHA TÉCNICA Organização: Câmara Municipal da Amadora, Gabinete de Acção Social Equipa Técnica: Ana Costa, Rute Gonçalves e Sandra Pereira Design/Paginação: Estrelas

Leia mais

IDERANÇA E GESTÃO. Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho

IDERANÇA E GESTÃO. Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho L DE PESSOAS IDERANÇA E GESTÃO Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho Coordenadores e Chefias Intermédias Adquirir técnicas de Liderança, de

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO CONCELHO Aprovado na 3.ª Reunião Ordinária

Leia mais

Política de Responsabilidade Social

Política de Responsabilidade Social Política de Responsabilidade Social e Programa 2015 I. ENQUADRAMENTO A criação da Fábrica do Chocolate materializa por si só o sentido de responsabilidade social da empresa e das pessoas envolvidas na

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

ÍNDICE: Novembro de 2009

ÍNDICE: Novembro de 2009 ÍNDICE: 1. Início Ano Lectivo 2. Portugal Tecnológico 3. Gripe A Plano Contingência 4. Espaço de Leitura 5. Sonangol 6. Novos Órgãos Sociais da ETLA 7. Medalha de Mérito Concelho de Santiago do Cacém 8.

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 Relatório de Gestão e Sustentabilidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 As melhores vistas da cidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade Índice 1 MENSAGEM DA PRESIDENTE 7 2 O ANO DE 2011

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

» apresentação. WORKFLOW que significa?

» apresentação. WORKFLOW que significa? » apresentação WORKFLOW que significa? WORKFLOW não é mais que uma solução que permite sistematizar de forma consistente os processos ou fluxos de trabalho e informação de uma empresa, de forma a torná-los

Leia mais

PRESS KIT 18 de Setembro 2008

PRESS KIT 18 de Setembro 2008 PRESS KIT AGENDA 1. A CARRIS 2. 136º ANIVERSÁRIO 3. MAIS CARREIRAS CERTIFICADAS 4. 100 NOVOS AUTOCARROS EM 2008 E 2009 5. MOBILIDADE REDUZIDA 5.1 MAIS CARREIRAS EXCLUSIVAMENTE EQUIPADAS COM AUTOCARROS

Leia mais

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS questionários de avaliação da satisfação creche CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS 2ª edição (revista) UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Governo da República Portuguesa SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA

Leia mais

IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com

IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com CADERNO IDC Nº 53 IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com ROI - Retorno do Investimento OPINIÃO IDC Os anos 90 permitiram a inclusão das tecnologias

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

Regulamento 21ª MEIA MARATONA DE LISBOA. Organização

Regulamento 21ª MEIA MARATONA DE LISBOA. Organização Regulamento 21ª MEIA MARATONA DE LISBOA Organização 1. Numa organização do Maratona Clube de Portugal, vai realizar-se no dia 20 de Março, com partida às 10.30h, uma prova pedestre destinada a todos os

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

CTT. Consigo por um futuro sustentável.

CTT. Consigo por um futuro sustentável. CTT. Consigo por um futuro sustentável. Boas práticas no fornecimento de serviços/produtos CTT. Consigo por um futuro sustentável. CTT. Consigo por um futuro sustentável. Porquê e para quê? CTT. Consigo

Leia mais

Dário Afonso Fernanda Piçarra Luisa Ferreira Rosa Felisberto Módulo: 3786, Controlo de Riscos

Dário Afonso Fernanda Piçarra Luisa Ferreira Rosa Felisberto Módulo: 3786, Controlo de Riscos Medidas de Prevenção e Protecção Dário Afonso Fernanda Piçarra Luisa Ferreira Rosa Felisberto Módulo: 3786, Controlo de Riscos 30 - Novembro, 2010 ÍNDICE Introdução - Medidas de Prevenção e Protecção pág.

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

ECOXXI Galardão 2013 MODOS DE TRANSPORTE SUAVES EM TORRES VEDRAS

ECOXXI Galardão 2013 MODOS DE TRANSPORTE SUAVES EM TORRES VEDRAS ECOXXI Galardão 2013 MODOS DE TRANSPORTE SUAVES EM TORRES VEDRAS LOCALIZAÇÃO DE TORRES VEDRAS POPULAÇÃO O Município de Torres Vedras localiza-se na costa oeste de Portugal e a sua cidade,torres Vedras,

Leia mais

Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20

Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20 Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20 Não tendo podido estar presente na abertura das actividades

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais CIRCULAR Nº 021/2009 (G) CP/MS Lisboa, 04 de Março de 2009 Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais Caro Associado, A campanha Descubra um Portugal Maior, lançada pelo Turismo de Portugal

Leia mais

ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso

ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso O ruído tem vindo a assumir um lugar de destaque no conjunto de preocupações dos cidadãos em matéria ambiental. De acordo com informação

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

Solução de gestão de frota automóvel

Solução de gestão de frota automóvel Solução de gestão de frota automóvel Gisgeo Information Systems www.gisgeo.pt UPTEC Parque de Ciência e Tecnologia R. Actor Ferreira da Silva, 100 gisgeo@gisgeo.pt 4200-298 Porto +351 220301572 Portugal

Leia mais

Municípios Eco-Escolas apoiam a mobilidade sustentável

Municípios Eco-Escolas apoiam a mobilidade sustentável Municípios Eco-Escolas apoiam a mobilidade sustentável - enquadramento O Programa Eco-Escolas procura induzir estratégias de intervenção na comunidade, baseadas na identificação de problemas e na busca

Leia mais

Barraqueiro. Alugueres. Barraqueiro. Oeste. Barraqueiro Stº António. Boa Viagem. Barraqueiro. Esevel. Transportes, S.A. Estremadura.

Barraqueiro. Alugueres. Barraqueiro. Oeste. Barraqueiro Stº António. Boa Viagem. Barraqueiro. Esevel. Transportes, S.A. Estremadura. Barraqueiro Alugueres Barraqueiro Oeste Barraqueiro Transportes, S.A. Barraqueiro Stº António Boa Viagem Esevel Estremadura Frota Azul Mafrense A empresa Barraqueiro Transportes, S.A. é a maior empresa

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

RECINTOS DESPORTIVOS - ASSISTENTE DE RECINTO DESPORTIVO

RECINTOS DESPORTIVOS - ASSISTENTE DE RECINTO DESPORTIVO RECINTOS DESPORTIVOS - ASSISTENTE DE RECINTO DESPORTIVO Portaria n.º 1522-B/2002 de 20 de Dezembro Assistente de recinto desportivo...3 Definições...3 Funções...3 Deveres...4 Formação...4 Módulos de formação

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002 Plano de Comunicação para o QCA III Relatório de Execução de 2002 Após o período de lançamento do QCA III o ano de 2002 foi de consolidação dos projectos iniciados e de apresentação dos primeiros resultados.

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

Página. Plano. de Gestão Sustentável do IFDR. Poupança. Boas Práticas. Energia. Reciclagem. Plano de Gestão Sustentável do IFDR

Página. Plano. de Gestão Sustentável do IFDR. Poupança. Boas Práticas. Energia. Reciclagem. Plano de Gestão Sustentável do IFDR Página Plano de Gestão Sustentável do IFDR 2010 Energia Poupança Boas Práticas Reciclagem Dezembro de 2010 Página 2 Energia Poupança Página Reciclagem Boas Práticas Índice 1. Enquadramento 5 2. Objectivos

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 1 2 EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 3 4 TÍTULO: Empreendedorismo jovem - metodologia

Leia mais

Programa de Demostração de Mobilidade Elétrica no MAOTE Relatório de Monitorização II 1 setembro 2014 31 outubro

Programa de Demostração de Mobilidade Elétrica no MAOTE Relatório de Monitorização II 1 setembro 2014 31 outubro Programa de Demostração de Mobilidade Elétrica no MAOTE Relatório de Monitorização II 1 setembro 2014 31 outubro Indice Enquadramento Principais trabalhos no período Análise de resultados Indicadores de

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro. PIMT Região de Aveiro 1 16

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro. PIMT Região de Aveiro 1 16 Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) decidiu desenvolver o Plano Intermunicipal de

Leia mais

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Quem somos TIS A TIS tem como missão a geração de valor na área da mobilidade e transportes para os seus clientes e acionistas, baseado em soluções sustentáveis do ponto de vista

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Países de Língua Portuguesa 24 e 25 de Março de 2011 1 Senhor

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

ALUGUER DE CARROS À HORA COMBUSTÍVEL E PARQUÍMETRO INCLUÍDOS

ALUGUER DE CARROS À HORA COMBUSTÍVEL E PARQUÍMETRO INCLUÍDOS ALUGUER DE CARROS À HORA COMBUSTÍVEL E PARQUÍMETRO INCLUÍDOS Combustível e parquímetro O QUE É O MOB CARSHARING 2 A QUEM SE DESTINA 4 VANTAGENS ECONÓMICAS 5 VANTAGENS AMBIENTAIS 6 MOB CARSHARING PARTICULARES

Leia mais

Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real

Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real A referenciação dos percursos como componentes da estrutura edificada (in Magalhães, Manuela; Arquitectura

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

ALD SHARING. HÁ NOVAS FORMAS DE MOBILIDADE NAS CIDADES CHEGOU O ALD SHARING! O primeiro sistema de partilha de veículos e mobilidade para empresas

ALD SHARING. HÁ NOVAS FORMAS DE MOBILIDADE NAS CIDADES CHEGOU O ALD SHARING! O primeiro sistema de partilha de veículos e mobilidade para empresas ALD SHARING HÁ NOVAS FORMAS DE MOBILIDADE NAS CIDADES CHEGOU O ALD SHARING! O primeiro sistema de partilha de veículos e mobilidade para empresas SOLUCÕES INOVADORAS Uma das grandes prioridades para a

Leia mais

PUB. Interface. Banca &Seguros

PUB. Interface. Banca &Seguros Interface Banca &Seguros PUB DOSSIER Marketing Bancário: focos em tempo de crise RADAR Sistema financeiro no triângulo estratégico DOSSIER Tecnologias de informação e gestão de fraude Tendências Mobilidade

Leia mais

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS COMO CHEGAR À AMBITHUS? FICHA DE CANDIDATURA PARA A FORMAÇÃO

Leia mais

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier METRO DO PORTO Melhoria da mobilidade Foto do site da Bombardier Rui Site: Rodrigues www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 15 de Dezembro de 2003 METRO DO PORTO

Leia mais

Carta de Compromisso da Rede ROTA VICENTINA

Carta de Compromisso da Rede ROTA VICENTINA Carta de Compromisso da Rede ROTA VICENTINA A Rota Vicentina (RV) é uma rota pedestre ao longo do Sw de Portugal que pretende afirmar esta região enquanto destino internacional de turismo de natureza,

Leia mais

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Este guia foi produzido como parte da Campanha de Consciencialização Pan-Europeia sobre RSE, uma iniciativa da Comissão Europeia, Directoria

Leia mais

MOB CARSHARING PROTOCOLOS

MOB CARSHARING PROTOCOLOS O QUE É O MOB CARSHARING A QUEM SE DESTINA VANTAGENS ECONÓMICAS VANTAGENS AMBIENTAIS MOB CARSHARING PARTICULARES MOB CARSHARING EMPRESAS MOB CARSHARING PROTOCOLOS COMO FUNCIONA A FROTA CONTACTOS 01 02

Leia mais

Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009

Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009 Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009 Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009 ÍNDICE Título Fonte Data Pág/Hora Lisboa â Prova Correio Manhã 25-06-2009 18 Lisboa (e Marvila) â Prova Time Out 17-06-2009

Leia mais

Manual da Marca Priolo

Manual da Marca Priolo 2015 Manual da Marca Priolo Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo ÍNDICE RESUMO 01 1. NOTA INTRODUTÓRIA 02 1.1 Justificação da necessidade de criação da Marca Priolo 02 2. PROCEDIMENTO

Leia mais

CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme

CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme IV Congresso Rodoviário Português Estoril, 5 a 7 de Abril de 2006 Apresentação 6 Novembro 1520 Carta Régia D. Manuel I (Ofício

Leia mais

Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental

Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental Estratégias adoptadas As estratégias adoptadas e o desempenho da APFF nos três domínios da sustentabilidade encontram-se

Leia mais

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM Energia sustentável A ONU declarou 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos. Esta iniciativa pretende chamar

Leia mais

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária 2ª Edição REGULAMENTO 1. Organização: A AFESP - Associação Portuguesa de Sinalização e Segurança Rodoviária, com sede na

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 3.8.2005 COM(2005) 361 final 2005/0147 (COD) Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que revoga a Directiva 90/544/CEE do Conselho relativa

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na info Gondomar Newsletter N.º14 Julho 2012 Semestral Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na revista

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015" RELATÓRIO FINAL

SESSÃO SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015 RELATÓRIO FINAL SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 015" RELATÓRIO FINAL ENQUADRAMENTO No âmbito da Semana Europeia da Energia Sustentável (15 a 19 de Junho de 015),, a Câmara Municipal de Lisboa e a Lisboa

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO REMOTA DE EQUIPAMENTOS Sobre a SOL-S e SOLSUNI Fundada em 1992; Integrador de Soluções, com vasta experiência de Tecnologias de Informação, disponibiliza um completo portfolio

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

Evolução da avaliação de desempenho para a gestão do desempenho

Evolução da avaliação de desempenho para a gestão do desempenho Evolução da avaliação de desempenho para a gestão do desempenho 1 Evolução da avaliação de desempenho para a gestão do desempenho O facto de estarmos a assistir a um paradigma na gestão de pessoas, que

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO PREÂMBULO A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro) consagrou a interacção com a comunidade educativa local como um pilar fundamental da política educativa. Por essa razão o nº

Leia mais