OUTUBRO DE 2011 CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OUTUBRO DE 2011 CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES 3224-8281 3212-7493"

Transcrição

1 EDITORA IF LTD TDA. A. CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES OUTUBRO DE 2011 EDITORA IF LTDA - INFORMATIVO FISCAL AV. BORGES DE MEDEIROS, CONJ PORTO ALEGRE - RS. SITE: FONES: EXEMPLAR DE ASSINANTE

2 SUMÁRIO ASSUNTO PÁGINAS OBRIGAÇÕES DE OUTUBRO DE a 14 TABELAS DIVERSAS - CÓDIGOS PARA RECOLHIMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS e 19 - CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS - TABELAS DE SALÁRIOS-BASE PARA SEGURADOS CON- TRIBUINTE INDIVIDUAL E FACULTATIVO INSCRITOS NO REGIME GERAL DE PREVIDENCIA SOCIAL ATÉ 28/11/99 - TABELAS APLICÁVEIS ATÉ A COMPETÊNCIA MARÇO DE TABELA PARA CÁLCULO DE IRF E CARNÊ-LEÃO TABELAS DE CONTRIBUIÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADOS, EMPREGADOS DOMÉSTICOS E TRABALHADORES AVULSOS TABELAS DE INDICADORES ECONÔMICOS DIVERSOS ANOS: 2009, 2010 e ICMS, ISSQN - PORTO ALEGRE SIMPLES NACIONAL E MEI - APÊNDICE VI - CAE DAS DEMAIS ATIVIDADES a 25 - CAE - CÓDIGO DE ATIVIDADE ECONÔMICA CST - (CÓDIGO DE SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA) ICMS - ACRÉSCIMOS MORATÓRIOS ICMS - CÓDIGOS PARA RECOLHIMENTOS ISSQN - MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE a 33 - MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) - PERCENTUAIS PARA CÁLCULO DO DAS NOTA FISCAL ELETRÔNICA OPTANTE DO SIMPLES NACIONAL - DECLARAÇÃO PARA NÃO RETENÇÃO DE CSLL, COFINS E PIS PISOS SALARIAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SIMPLES GAÚCHO - TABELAS DE DESCONTOS PARA CÁLCULO DO DAS e 36 LEGISLAÇÃO TRAB. E PREVIDENCIÁRIA - INFORMAÇÕES DIVERSAS - ADICIONAL DE INSALUBRIDADE - ATENÇÃO AVISO PRÉVIO - INFORMAÇÕES DIVERSAS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DOS SEGURADOS CONTRIBUINTE INDIVIDUAL E FACULTATIVO EVOLUÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO e 43 - GESTANTE - INFORMAÇÕES DIVERSAS GPS - CÓDIGOS PARA RECOLHIMENTO COM BASE NO ART. 199-A DO DEC. nº 3.048/ GPS - RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO a 46 - PAGAMENTOS A EMPREGADOS - INCIDÊNCIAS DIVERSAS PRAZOS DE PAGAMENTO NAS RESCISÕES QUADRO DAS PARCELAS QUE INCIDEM NAS RESCISÕES SALÁRIO-MATERNIDADE - PRORROGAÇÃO e 38 - SERVIÇOS - DISPENSA DA RETENÇÃO DOS 11%... 39

3 03 VENC. NORMAL ATENÇÃO DATA LIMITE OBRIGAÇÕES DE OUTUBRO DE TIPO DE OBRIGAÇÕES Em caso de feriados estaduais e municipais, os vencimentos dos tributos e contribuições federais serão antecipados ou prorrogados de acordo com a legislação de regência. A T E N Ç Ã O D I V E R S O S Na hipótese de extinção, incorporação, fusão ou cisão de pessoa jurídica em atividade no ano do evento, a pessoa jurídica extinta, incorporadora, incorporada, fusionada ou cindida deverá apresentar: - até o quinto dia útil do segundo mês subsequente ao do evento, o Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais (Dacon Mensal); - até o décimo quinto dia útil do segundo mês subsequente ao do evento, a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Mensal (DCTF Mensal); - a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) até o último dia útil: a) do mês de junho, para eventos ocorridos nos meses de janeiro a maio do respectivo anocalendário; ou b) do mês subsequente ao do evento, para eventos ocorridos no período de 1º de junho a 31 de dezembro; - o Demonstrativo do Crédito Presumido do IPI (DCP) até o último dia útil: a) do mês de março, para eventos ocorridos no mês de janeiro do respectivo ano-calendário; ou b) do mês subsequente ao do evento, para eventos ocorridos no período de 1º de fevereiro a 31 de dezembro. - A obrigatoriedade de apresentação da DIPJ, da DCTF Mensal e do Dacon Mensal, na forma prevista acima, não se aplica à incorporadora nos casos em que as pessoas jurídicas, incorporadora e incorporada, estejam sob o mesmo controle societário desde o ano-calendário anterior ao do evento. - EXCEPCIONALMENTE, DE ACORDO COM A IN Nº 1.178, DE 1º/08/2011, O DACON relativo a fatos geradores ocorridos nos meses de ABRIL A JULHO DE 2011 deverá ser apresentado até o 5º (QUINTO) DIA ÚTIL DO MÊS DE OUT/2011, prazo que também se aplica nos casos de extinção, incorporação, fusão, cisão parcial ou cisão total ocorridos nos meses de ABRIL A JULHO/ Nos casos de extinção, incorporação, fusão ou cisão de pessoa jurídica que permanecer inativa durante o período de 1º de janeiro até a data do evento, a pessoa jurídica extinta, incorporada, fusionada ou cindida deverá apresentar a Declaração Simplificada da Pessoa Jurídica (DSPJ) - Inativa até o último dia útil do mês subsequente ao do evento. - No caso de extinção, decorrente de liquidação, incorporação, fusão ou cisão total, a pessoa jurídica extinta deverá apresentar a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), relativa ao respectivo ano-calendário, até o último dia útil do mês subsequente ao da ocorrência do evento. OBS. - A DIRF em questão deverá ser entregue até o último dia útil do mês de março quando o evento ocorrer no mês de janeiro do respectivo ano-calendário. - Na hipótese de saída definitiva do País ou de encerramento de espólio, a Dirf de fonte pagadora pessoa física, relativa ao respectivo ano-calendário, deverá ser apresentada: I - no caso de saída definitiva do Brasil, até: a) a data da saída do País, em caráter permanente; e b) trinta dias contados da data em que a pessoa física declarante completar doze meses consecutivos de ausência, no caso de saída do País em caráter temporário; II - no caso de encerramento de espólio, no mesmo prazo previsto para a entrega, pelos demais declarantes, da Dirf relativa ao ano-calendário. - A DECLARAÇÃO FINAL DE ESPÓLIO DEVERÁ SER APRESENTADA ATÉ O ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS DE ABRIL DO ANO-CALENDÁRIO SUBSEQUENTE AO: I - da decisão judicial da partilha, sobrepartilha ou adjudicação dos bens inventariados, que tenha transitado em julgado até o último dia do mês de fevereiro do ano-calendário subsequente ao da decisão judicial; II - da lavratura da escritura pública de inventário e partilha; III - do trânsito em julgado, quando este ocorrer a partir de 1º de março do ano-calendário subsequente ao da decisão judicial da partilha, sobrepartilha ou adjudicação dos bens inventariados. - Nos casos de extinção, fusão, incorporação e cisão total da pessoa jurídica, a Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob) de Situação Especial deverá ser apresentada até o último dia útil do mês subsequente à ocorrência do evento.

4 04 VENC. NORMAL A T E N Ç Ã O D I V E R S O S DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES Observe os seguintes dispositivos do Ato Declaratório Executivo da CODAC nº 62, DE (DOU DE ). REF. CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS "Art No recolhimento das contribuições previdenciárias decorrentes de RECLAMATÓRIA TRABALHISTA sob os códigos 1708, 2801, 2810, 2909 e 2917, deve-se considerar como mês de apuração o mês da prestação do serviço e como vencimento a data de vencimento do tributo na época de ocorrência do fato gerador, havendo sempre a incidência de acréscimos legais. 1º - Na hipótese de não reconhecimento de vínculo, e quando não fizer parte da sentença condenatória ou do acordo homologado a indicação do período em que foram prestados os serviços aos quais se refere o valor pactuado, será adotada a competência referente, respectivamente, à data da sentença ou da homologação do acordo, ou à data do pagamento, se este anteceder aquelas. 2º - O recolhimento das contribuições sociais devidas deve ser efetuado no mesmo prazo em que devam ser pagos os créditos encontrados em liquidação de sentença ou em acordo homologado, sendo que nesse último caso o recolhimento será feito em tantas parcelas quantas as previstas no acordo, nas mesmas datas em que sejam exigíveis e proporcionalmente a cada uma. 3º - Caso a sentença condenatória ou o acordo homologado seja silente quanto ao prazo em que devam ser pagos os créditos neles previstos, o recolhimento das contribuições sociais devidas deverá ser efetuado até o dia 20 (vinte) do mês seguinte ao da liquidação da sentença ou da homologação do acordo ou de cada parcela prevista no acordo, ou no dia útil imediatamente anterior, caso não haja expediente bancário no dia 20 (vinte)." REF. SIMPLES NACIONAL "Art Nos casos de extinção, cisão total, cisão parcial, fusão ou incorporação, a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN) deverá ser entregue até o último dia do mês subsequente ao do evento, exceto nos casos em que essas situações especiais ocorram no primeiro quadrimestre do anocalendário, hipótese em que a declaração deverá ser entregue até o último dia do mês de junho. Parágrafo único - Com relação ao ano-calendário de exclusão da Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) do Simples Nacional, esta deverá entregar a DASN, abrangendo os fatos geradores ocorridos no período em que esteve na condição de optante, até o último dia do mês de março do ano-calendário subsequente ao de ocorrência dos fatos geradores." REF. ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL "Art Nos casos de extinção, cisão parcial, cisão total, fusão ou incorporação, a Escrituração Contábil Digital (ECD) deverá ser entregue pelas pessoas jurídicas extintas, cindidas, fusionadas, incorporadas e incorporadoras até o último dia útil do mês subsequente ao do evento. Parágrafo único - A obrigatoriedade de entrega da ECD, na forma prevista no caput, não se aplica à incorporadora nos casos em que as pessoas jurídicas, incorporadora e incorporada, estejam sob o mesmo controle societário desde o ano-calendário anterior ao do evento." REF. DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICO E DE SAÚDE "Art No caso de extinção decorrente de liquidação, incorporação, fusão ou cisão total ocorrida no ano-calendário de 2011, a pessoa jurídica extinta deverá apresentar a Declaração de Serviços Médico e de Saúde (Dmed) 2011, relativa ao ano-calendário de 2011, até o último dia útil do mês subsequente ao da ocorrência do evento. " REF. CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO (FCONT) "Art O Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont) deverá ser entregue no mesmo prazo da apresentação da DIPJ. 1º - Excepcionalmente para os dados relativos ao ano-calendário de 2010, o Fcont deverá ser entregue até o dia 30 de novembro de º - Nos casos de cisão, cisão parcial, fusão, incorporação ou extinção ocorridos em 2010 e em 2011, até o mês de outubro de 2011, o Fcont deverá ser entregue até o dia 30 de novembro de 2011." VARIÁVEL - MERCADORIA ORIUNDA DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - De acordo com o RICMS, Livro III, art. 53-A, na hipótese de estabelecimento receber de outra unidade da Federação mercadoria relacionada no Apêndice II, Seções II e III, sem substituição tributária, o imposto relativo às operações subsequentes e à diferença entre a alíquota interna e a interestadual quando a mercadoria for destinada ao ativo permanente ou ao uso ou consumo do destinatário é devido no momento da entrada da mercadoria no território deste Estado, ocasião em que deverá comprovar seu pagamento mediante a apresentação de guia de recolhimento ou comprovante de pagamento auto-atendimento. Sobre cálculo do imposto, veja o art. 53-B do Livro III. Sobre dispensa de pagamento antecipado e concessão de prazo especial, veja o art. 53-E do Livro III e a IN DRP nº 45/1998, Capítulo VI do Título I, Seção 5.0. Já na hipótese de estabelecimento que comercialize mercadorias receber de outra unidade da Federação mercadoria classificada nos Capítulos 01 a 97 da NBM/SH-NCM, exceto as

5 05 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES VARIÁVEL - sujeitas à substituição tributária relacionadas no Apêndice II, Seções II e III, parte do imposto relativo à operação subsequente, calculada na forma das Notas 02 e 03 do 4º do art. 46 do Livro I do RICMS, é devida no momento da entrada da mercadoria no território deste Estado, devendo ser paga nos seguintes prazos (veja-os na discriminação das obrigações diárias): a) até o dia fixado para o pagamento das operações do estabelecimento onde ocorreu a entrada, quando se tratar de estabelecimento enquadrado na categoria geral; b) até o dia 20 do segundo mês subsequente, quando se tratar de estabelecimento optante do Simples Nacional. MERCADORIA IMPORTADA - De acordo com o RICMS, Livro III, art. 53-C, na hipótese de estabelecimento comercial importar mercadoria relacionada no Apêndice II, Seções II e III, o imposto relativo às operações subsequentes é devido no momento do desembaraço aduaneiro, ocasião em que deverá comprovar seu pagamento mediante a apresentação de guia de recolhimento ou comprovante de pagamento de auto-atendimento. Sobre cálculo do imposto, veja o art. 53-D do Livro III. Sobre dispensa de pagamento antecipado e concessão de prazo especial, veja o art. 53-E do Livro III e a IN DRP nº 45/98, Capítulo VI, Título I, Seção 5.0. VARIÁVEL OU COM PRAZO ESPECIAL - ICMS A RECOLHER NO MOMENTO DA OCORRÊNCIA DO FATO GERADOR OU NO PRAZO ESPECIAL CONCEDIDO a) Nas saídas de arroz em casca, canjicão, canjica e quirera, com destino a contribuinte deste Estado. Se houver concessão de prazo especial, o recolhimento deverá ser efetuado até o dia 12 do mês subsequente (RICMS, Livro I, art. 46, I, "a" e art. 50, I, "b"). b) Nas operações de saídas, relativamente ao débito próprio e de responsabilidade por substituição tributária, de gado vacum, ovino e bufalino, sua carne verde e subprodutos comestíveis resultantes da sua matança. Pode haver concessão de prazos especiais, que são: responsabilidade por substituição tributária - até o dia 9 do mês seguinte; débito próprio do estabelecimento industrial - até o dia 21 do mês subsequente; saídas para outras unidades da Federação, promovidas por comerciante atacadista ou varejista - até o dia 9 do mês subsequente. (RICMS, Livro I, art. 48, I e art. 50, I, "a", 1 e 2). c) Na importação de mercadoria ou bem, importados do exterior, inclusive quando apreendidos ou abandonados e posteriormente arrematados em leilões ou adquiridos em licitação promovida pelo Poder Público (RICMS, Livro I, art. 47). O chefe da CAC, em POA, ou o Delegado da Fazenda Estadual, no interior, cfe. a localização do contribuinte e observadas as instruções do DRPE, poderá autorizar prazos especiais, na importação de mercadoria ou bem, por contribuinte inscrito no CGC/TE, quando o despacho aduaneiro ocorrer em território deste Estado, devendo ser efetuado no menor prazo de pagamento previsto para o contribuinte no Apêndice III, Seção I, do RICMS, ou, na falta deste, no prazo autorizado para o contribuinte em outro sistema especial de pagamento (RICMS, Livro I, art. 50, IV). d) Nas saídas de couro e de pele, classificados no Capítulo 41 da NBM/SH-NCM, exceto os classificados nos códigos e , tanto nas operações internas quanto para outras unidades da Federação. Sobre concessão de prazo especial de pagamento, veja o RICMS, Livro I, art. 46, I, "d", NOTA 01. Se concedido, o prazo será até o dia 21 do mês subsequente. VARIÁVEL - ICMS A RECOLHER NO MOMENTO DA ENTRADA DE CARNE NO TERRITÓRIO DESTE ESTADO PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO, EM RELAÇÃO ÀS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES - O devedor é o destinatário da mercadoria (comerciante atacadista ou varejista). O comerciante atacadista recolherá inclusive sobre a venda no varejo (RICMS, Livro I, art. 48, II). VARIÁVEL - ICMS NA IMPORTAÇÃO DE CARNE - OBRIGAÇÕES DO IMPORTADOR, COMERCIANTE ATACADISTA OU VAREJISTA, QUANTO ÀS OPERAÇÕES SUBSEQUENTES - O ICMS será pago na entrada no Estado, se o desembaraço ocorrer em outra unidade da Federação; no desembaraço dessas mercadorias, se desembaraçadas neste Estado (RICMS, Livro I, art. 48, III, "a" e "b").

6 06 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES VARIÁVEL - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE - De acordo com o RICMS, Livro I, art. 46, III, o ICMS deve ser recolhido no início da prestação de serviços de transporte: a) de pessoas, caso o transportador seja autônomo ou não-inscrito no CGC/TE; b) de cargas, caso o transportador seja autônomo, não inscrito no CGC/TE ou não estabelecido nesta unidade da Federação, e não ocorra a transferência de responsabilidade pelo pagamento do imposto prevista no Livro III, arts. 2º e 54; c) RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE CARGAS, CASO O TRANSPORTADOR SEJA INSCRITO NO CGC/TE E NÃO OCORRA A TRANSFERÊNCIA DA RESPONSABILIDADE PELO PAGAMENTO DO IMPOSTO PREVISTO NO LIVRO III, ART. 2º. PODE HAVER CONCESSÃO DE PRAZO ESPECIAL (RICMS, LIVRO I, ART. 50, VI), QUE SERÁ ATÉ O DIA 21 DO MÊS SUBSEQUENTE. (VER DECRETO Nº /99 - ALTERAÇÕES 722, 723, 725 E 726.) VARIÁVEL OU COM PRAZO ESPECIAL - RECOLHER O ICMS NO MOMENTO DA SAÍDA PARA OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO, OU NOS PRAZOS ESPECIAIS CONCEDIDOS, NOS SEGUINTES CASOS: a) Nas saídas dos seguintes produtos listados pelo DRPE: batata inglesa (batatinha); Carnes de animais caprinos e equinos e os produtos comestíveis de sua matança (frescos, salgados, defumados, resfriados ou congelados); Cebola; Cevada; Dormentes, de madeira e de concreto; Erva-mate (em qualquer estado ou acondicionamento); Farinha de mandioca; Feijão; Frisos de madeira para assoalhos; Fumo em corda; Gado em pé (suíno, caprino, equino e muar); Lãs, pelos, cabelos, de origem animal (em bruto ou lavados); Lenha em qualquer forma; Linhaça; Madeira em bruto (inclusive descascada ou simplesmente desbastada); Madeira simplesmente esquadrinhada; Madeira simplesmente serrada longitudinalmente, cortada ou desenrolada; Madeira aplainada, entalhada, emalhetada, com macho-fêmea, chanfrada ou semelhantes; Mandioca; Milho (em grão e farinhas); Palanques, moirões e tramas, de madeira; Pescado em geral, como tal entendido os peixes e suas ovas, os crustáceos e os moluscos (frescos, congelados, resfriados, salgados, secos, eviscerados, filetados, postejados, defumados, fervidos ou cozidos); Postes de madeira; Sorgo; Trigo; Trigo mourisco. b) Nas saídas de ferro velho, papel usado, sucata de metais, ossos e fragmentos, cacos, resíduos ou aparas de papéis, de vidros, de plásticos ou de tecidos. Pode ser concedido prazo especial, que será o do comércio (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 6 e art. 50, I, "f"). c) Nas saídas de mercadorias destinadas a venda ambulante. Pode ser dispensado o recolhimento antecipado, desde que não seja relativo a operações com as mercadorias listadas pela SAT, gado vacum, ovino e bufalino, sua carne e subprodutos comestíveis resultantes da sua matança, submetidos à salga, secagem ou desidratação. Aplica-se o prazo do comércio ou da indústria, cfe. o caso (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 8 e art. 50, II). d) Nas saídas de mercadorias acompanhadas de Nota Fiscal de Produtor. Pode ser concedido prazo especial, quando se tratar de fumo em corda, que será igual ao da indústria (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 5 e art. 50, I, "a"). e) Nas saídas de lingotes e de tarugos de metais não-ferrosos classificados nas posições 7403, 7502, 7601, 7801, 7901 e 8001 da NBM/SH (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 7). f) Nas saídas de soja em grão, quirera, canjicão, canjica, arroz em casca e beneficiado. Pode haver concessão de prazos especiais, cfe. veremos a seguir (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 2 e art. 50, I, "c" e "i" e 51, III): - nas saídas de arroz beneficiado, quirera, canjicão e canjica, promovidas pelos respectivos estabelecimentos industrializadores, segue-se o prazo de indústria; - nas saídas interestaduais de soja em grão em embalagem de até 1kg: prazo de indústria; - nas saídas interestaduais de soja em grão em outras embalagens: para as saídas de 1º a 10, até o dia 12 do mesmo mês; para as saídas de 11 a 20, até o dia 22 do próprio mês; para as saídas de 21 ao último dia do mês, até o dia 02 do mês subsequente. g) Nas saídas de produto gorduroso não comestível de origem animal, inclusive sebo, de osso, de chifre e de casco (RICMS, Livro I, art. 46, I, "b", 3). h) Nas saídas de café cru, em grão ou em coco. Veja RICMS, Livro I, Art. 46, I "b", 4, Nota. VARIÁVEL - ICMS EMPRESAS DE "COURIER" OU EQUIPARADAS - Recolher o ICMS devido na importação de mercadorias ou bens contidos em encomendas aéreas internacionais, antes do início da prestação do serviço de transporte respectivo. Se houver concessão de prazo especial, o vencimento normal será no dia 09 do mês seguinte (RICMS, Livro I, art. 46, IV, e art. 50, III).

7 07 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES VARIÁVEL - ICMS A SER PAGO NO MOMENTO DA SAÍDA DO ESTABELECIMENTO - OUTRAS HIPÓTESES (RICMS, Livro I, art. 46, II): a) calculado sobre o valor provável da venda futura, relativamente ao estoque final de mercadorias existentes no estabelecimento, nos casos de baixa ou cancelamento de inscrição, bem como em relação às mercadorias encontradas sem documentação fiscal ou em estabelecimento não-inscrito; b) quando for utilizada a chamada Nota Fiscal Avulsa, inclusive a Nota Fiscal de Produtor Avulsa; c) nas operações efetuadas por contribuintes eventuais. DIA DO FATO GERADOR - IRF S/PAGAMENTO A BENEFICIÁRIO NÃO IDENTIFICADO - Recolher o IRF pelo CÓDIGO DARF 5217, relativamente a fato gerador ocorrido no mesmo dia. VARIÁVEL - ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE REF. OPERAÇÕES DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE DE CARGA, QUANDO O PRESTADOR NÃO FOR ESTABELECIDO NO RS - Recolha-o até o dia fixado p/pagamento do débito próprio do responsável, relativamente ao período de apuração 01 a O responsável é o contribuinte deste Estado que tenha entregue as mercadorias para serem transportadas. A responsabilidade fica transferida para o destinatário da mercadoria, se deste Estado, nas saídas promovidas por estabelecimento produtor. Excetua-se o caso em que o destinatário também seja produtor. Nas saídas interestaduais promovidas por estabelecimento produtor, está suspensa a substituição tributária (RICMS, Livro III, art. 54 e Apêndice III, Seção II, VII, "a"). VARIÁVEL - IMPOSTO SOBRE A EXPORTAÇÃO - Recolher s/exportação, cujo registro da declaração para despacho aduaneiro tenha se verificado 15 dias antes. CÓDIGO DARF VARIÁVEL - IRF SOBRE RENDIMENTO DO TRABALHO SUJEITO À TRIBUTAÇÃO EXCLUSIVA SOBRE REMUNERAÇÃO INDIRETA - Recolher o IRF pelo CÓDIGO DARF 2063, relativamente a fato gerador ocorrido no mesmo dia. VARIÁVEL - PIS/PASEP E COFINS NA IMPORTAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS (LEI nº /04) - Recolher sobre fatos geradores ocorridos no mesmo dia. PIS/PASEP - CÓDIGO DARF 5434 (Serviços) (Bens) COFINS - CÓDIGO DARF 5442 (Serviços) (Bens) DATA DE VENC. DO INSS NA ÉPOCA DA OCOR- RÊNCIA DO FATO GERADOR DIV. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DE PERÍODOS DIVERSOS - Recolher pelos seguintes códigos GPS: Reclamatória trabalhista - NIT/PIS/PASEP Reclamatória trabalhista - CEI Reclamatória trabalhista - CEI - pag. exclusivo p/outras entidades (Sesc, Sesi, Senai, etc.) Reclamatória trabalhista - CNPJ Reclamatória trabalhista - CNPJ - pag. exclusivo p/outras entidades (Sesc, Sesi, Senai, etc.) ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERESTADUAIS DE SOJA EM GRÃO (OUTRAS EMBALAGENS) - Recolhimento relativo às operações de 21 a º DIA ÚTIL DO DECÊNDIO SEGUINTE 5º DIA ÚTIL DO MÊS SEGUINTE 5º DIA ÚTIL DE OUT/ IOF - DIVERSOS - Recolher o valor relativo às operações do 3 decêndio de SETEMBRO/ IRF - Recolher os valores retidos no 3º DECÊNDIO DE SETEMBRO/2011 relativos a juros remuneratórios do capital próprio (DARF CÓD. 5706) e multa ou vantagem previstas no art. 70 da Lei nº 9.430/96 (DARF CÓD. 9385) (Ver Lei nº /05, art. 70). 06 SALÁRIOS - Prazo final para pagar a folha de SETEMBRO de DACON MENSAL - Apresentar o relativo aos fatos geradores ocorridos nos meses de ABRIL, MAIO, JUNHO, JULHO e AGOSTO/2011.

8 08 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES FGTS E SEFIP - Recolher o valor correspondente à competência SETEMBRO/2011. Entregar a SEFIP obrigatoriamente, mesmo sem recolher o FGTS CAGED DA COMPETÊNCIA SETEMBRO DE Prazo final para remetê-lo à DRT ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS DE GADO E CARNES PARA OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO, PROMOVIDAS POR COMERCIANTE ATACADISTA OU VAREJISTA - Recolhimento sobre as saídas do período de 01 a ICMS - EMPRESAS DE "COURIER" COM PRAZO ESPECIAL - Recolher o valor ref. às operações de SETEMBRO de ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS DE SORVETES - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS DE MEDICAMENTOS, PRODUTOS FARMACÊUTICOS, PNEUMÁTICOS E CÂMARAS, TINTAS, VERNIZES E OUTROS PRODUTOS DA INDÚSTRIA QUÍMICA - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS DE CIGARROS, CIGARRILHAS E PRODUTOS AFINS - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS DE DISCOS E FITAS, FILMES, LÂMINAS DE BARBEAR, APARELHOS DE BARBEAR DESCARTÁVEIS, ISQUEIROS, LÂMPADAS, PILHAS E BATERIAS ELÉTRICAS - Recolher o valor apurado de 1º a ICMS - PRAZO ESPECIAL PARA RECOLHIMENTO REF. OPERAÇÕES SUBSEQUENTES NA HIPÓTESE DE MERCADORIA ORIUNDA DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO, RELACIONADA NO AP. II, SEÇÕES II E III, RECEBIDA SEM SUBST. TRIBUTÁRIA, OU PROVENIENTE DO EXTERIOR - Recolher sobre operações de SETEMBRO/ ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS DE CERVEJA, CHOPE, REFRIGERANTE, EXTRATO CONCENTRADO, ÁGUA MINERAL, GELO - Recolher o valor apurado no período de 01 a ATÉ O 10º DIA DO MÊS SUBSEQUENTE ATÉ O DIA 10 DO MÊS SUB- SEQUENTE 10 IPI S/CIGARROS (CLASSIFICAÇÃO TIPI - CÓDIGO ) - Recolher o IPI do mês de SETEMBRO DE CÓDIGO: IPI - CIGARRO REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO APLICÁVEL ÀS INCORPORAÇÕES IMOBILIÁRIAS E AO PROGRAMA "MINHA CASA, MINHA VIDA" - Tributação de acordo com a IN SRF nº 934, de , relativamente ao mês de SET/2011: A IN SRF nº 934/2009 foi publicada à página 196 da seção I.Renda do Caderno nº 09/ COMPROVANTE DE PAGTº OU CRÉDITO, A PESSOAS JURÍDICAS, DE JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO - Prazo para sua entrega a PJ beneficiária, relativamente aos juros de SETEMBRO/2011. Ver IN nº 41/98 à p. 105 da seção I. Renda/ GUIA NACIONAL DE INFORMAÇÃO E APURAÇÃO DO ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - GIA - ST - Substitutos tributários estabelecidos em outras unidades da Federação deverão enviá-la pela INTERNET, relativamente à competência SETEMBRO DE 2011, à SEFAZ OBRIGAÇÃO DE CARTÓRIO JUNTO AO INSS - Obrigação prevista no art. 228 do Decreto nº 3.048/99. Observe: "Art O titular de cartório de registro civil e de pessoas naturais fica obrigado a comunicar, até o dia dez de cada mês, na forma estabelecida pelo Instituto Nacional do Seguro Social, o registro dos óbitos ocorridos no mês imediatamente anterior, devendo da comunicação constar o nome, a filiação, a data e o local de nascimento da pessoa falecida. Parágrafo único - No caso de não haver sido registrado nenhum óbito, deverá o titular do cartório comunicar esse fato ao Instituto Nacional do Seguro Social, no prazo estipulado no caput."

9 09 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES GPS DA COMPETÊNCIA SETEMBRO DE Enviar cópias ao SINDICATO representativo da categoria profissional mais numerosa entre os empregados. Com o novo prazo para recolher a GPS, a cópia desta, em tese, deve ser enviada até o dia ISSQN - RECEITA BRUTA E ISSQN FONTE - DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE - Recolhimento relativo à competência SETEMBRO DE CONSIGNAÇÃO INDUSTRIAL - OBRIGAÇÕES DO CONSIGNANTE - Remeter ao DRPE arquivo magnético demonstrando as operações de consignação industrial e as correspondentes devoluções ocorridas no mês anterior. VIDE 4º do art. 62 A do Livro II do RICMS (Decreto nº /01, art. 1º, alteração nº 1018). ATÉ O DIA 10 DO 2º MÊS SUBSE- QUENTE 10 ICMS SOBRE SAÍDAS, PROMOVIDAS POR ESTABELECIMENTO ABATEDOR, DE CARNE VERDE DE AVES, INCLUSIVE AS SIMPLESMENTE TEMPERADAS - O prazo condiciona-se ao fato de o abate ser feito em estabelecimento registrado no SERPA ou em órgão estadual equivalente e, ainda, que as entradas sejam provenientes deste Estado. RECOLHER O ICMS DA COMPETÊNCIA AGOSTO/2011. (Dec. nº / 00, ALT DOE 11/08/00). Aplica-se o mesmo prazo em relação aos estabelecimentos do abatedor inscritos como ponto de venda ou de distribuição SAÍDA DE EQUIPAMENTO QUE EMITA CUPOM FISCAL - O fabricante, o importador ou o revendedor que a promover deve preencher o formulário "COMUNICAÇÃO DE ENTREGA DE EQUIPAMENTO DE CONTROLE FISCAL", relativamente às operações do mês anterior, e enviá-lo à DTIF/DRP Nas observações deverá constar o ramo de atividade do destinatário. À operação de assistência técnica por empresa credenciada não se aplica esta exigência (IN CGICM nº 45/98, Título I, Capítulo XV, Seção 1.0, item ) DECLARAÇÃO MENSAL REF. ISSQN PORTO ALEGRE - Apresentação pelos contribuintes em geral, relativamente ao mês de SETEMBRO DE GIA - MOD. 2 - ICMS - ENVIAR PELA INTERNET A DO MÊS DE SETEMBRO DE ICMS DO COM. MOD. GERAL - Recolher o ICMS do período de 1º a ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERESTADUAIS DE SOJA EM GRÃO (OUTRAS EMBALAGENS) - Recolhimento relativo às operações de 1º a ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERNAS DE ARROZ EM CASCA, CANJICÃO, CANJICA E QUIRERA - Recolher o ICMS apurado no período de 01 a , nas saídas a contribuintes deste Estado ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERESTADUAIS DE FERRO VELHO, PAPEL USADO, SUCATAS E RESÍDUOS DIVERSOS - Recolhimento relativo às operações de 1º a ICMS - PRAZO ESPECIAL SOBRE AS SAÍDAS DOS PRODUTOS LISTADOS PELO DRPE - Recolhimento sobre as saídas do período 01 a ICMS - SUPER E MINIMERCADOS CLASSIFICADOS NO CAE MODALIDADE GERAL - Recolher o ICMS apurado no mês de SETEMBRO/2011. Caso a apuração seja quinzenal, recolher o ICMS da 2ª QUINZENA DE SETEMBRO/2011.

10 10 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES ESTABELECIMENTO DA MODALIDADE GERAL QUE COMERCIALIZE MERCADORIAS RECEBIDAS DE OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO, EXCETUADAS AS SUJEITAS À SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - Recolher o ICMS sobre as aquisições de SETEMBRO/ CÓD. P/RECOLHIMENTO: 227. Base legal: RICMS Livro I, art. 46, 4º, "caput" e alínea "a". Para cálculo do imposto, ver RICMS, Livro I, art. 46, 4º, Nota 02. Para aproveitamento do crédito, ver RICMS, Livro I, art. 31, inciso II, alínea "c". Sobre emissão da NF correspondente ao débito, ver RICMS, Livro II, art. 25, inciso X. Sobre dispensa do pagamento e da correspondente obrigação de debitar-se, ver RICMS, Livro I, art. 50, inciso VII e suas Notas 01 e 02. Para os registros fiscais, observe a IN DRP nº 6/2009, que acrescentou o Cap. LII ao Título I da IN DRP nº 45/98. Se não houver dispensa, a NF correspondente ao débito poderá ser emitida a cada entrada ou ao final do período de apuração, desde que baseada em planilha com a discriminação das aquisições. 3º DIA ÚTIL DO DECÊNDIO SEGUINTE ÚLTIMO DIA ÚTIL DA QUIN- ZENA SUBS. À DE RETENÇÃO 14 IRF - RECOLHER OS VALORES RETIDOS NO 1º DECÊNDIO DE OUT/2011 relativos a juros remuneratórios do capital próprio (DARF CÓD. 5706) e multa ou vantagem previstas no art. 70 da Lei nº 9.430/96 (DARF CÓD. 9385) (Ver Lei nº /05, art. 70). 14 IOF - DIVERSOS - Recolher o relativo às operações do 1º DECÊNDIO DE OUT/ RETENÇÃO DE CSLL, COFINS E PIS S/ PAGAMENTOS SUPERIORES A R$ 5.000,00 NO MÊS (4,65%) - Recolher os valores retidos na 2ª QUINZENA DE SETEMBRO/ EMPRESAS BENEFICIÁRIAS DO FUNDOPEM/RS - Remeter, para a Divisão de Estudos Econômico - Tributários do DRPE da SEFAZ, cópia das Notas Fiscais emitidas que identifiquem a apropriação do crédito fiscal presumido relativo ao incentivo do FUNDOPEM/ RS do mês anterior. (Res. Normativa nº 39/97 - FUNDOPEM/RS - DOE de ) ICMS - ATACADISTAS E VAREJISTAS DE AUTOPEÇAS E ACESSÓRIOS - EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL - Recolher a 29ª de até 30 parcelas relativas ao estoque de autopeças inventariadas em , no termos do RICMS, Livro V, art GIA - CDO - GUIA DE INFORMAÇÃO E APURAÇÃO DA TAXA CDO - Transmitir a relativa ao mês de SETEMBRO/2011 (Ver IN RE n 004/11) ICMS - OBRIGAÇÃO PREVISTA NO ART. 183-A DO LIVRO II DO RICMS. Art. 183-A - O contribuinte usuário de sistema eletrônico de processamento de dados remeterá às Secretarias de Fazenda, Finanças ou Tributação das unidades da Federação destinatária das mercadorias ou dos serviços, até o dia 15 (quinze) de cada mês, arquivo magnético com registro fiscal, relativo às operações ou às prestações interestaduais efetuadas no mês anterior, conforme instruções baixadas pelo Departamento da Receita Pública Estadual. Nota 01 - O arquivo remetido a cada unidade da Federação restringir-se-á às operações e prestações com contribuintes nela localizados. Nota02 - Não deverão constar do arquivo os conhecimentos emitidos em função de redespacho ou subcontratação. Nota 03 - O arquivo magnético deverá ser previamente consistido por programa validador fornecido pelo Dep. da Receita Pública Estadual. Nota 04 - A Fiscalização de Tributos Estaduais poderá dispensar o contribuinte da remessa prevista neste artigo, desde que o contribuinte entregue a este Estado os arquivos magnéticos contendo o registro fiscal de suas operações e prestações. Parágrafo único - Sempre que, informada uma operação em arquivo, por qualquer motivo a mercadoria não for entregue ao destinatário, far-se-á geração de arquivo esclarecendo o fato, com o código de finalidade 5, que será remetido juntamente com o relativo ao mês em que se verificar a ocorrência INSS DE CONTRIBUINTE INDIVIDUAL - Recolher a contribuição relativa à competência SETEMBRO/2011 de acordo com os seguintes códigos da GPS: Contribuinte Individual - Recolhimento mensal NIT/PIS/PASEP Contribuinte Individual - Opção: aposentadoria apenas por idade - Recolhimento mensal NIT/PIS/PASEP Segurado Facultativo - Recolhimento mensal - NIT/PIS/PASEP Facultativo - Opção: aposentadoria apenas por idade - Recolhimento mensal - NIT/PIS/PASEP Segurado Especial - Recolhimento mensal - NIT/PIS/PASEP Empregado Doméstico - Recolhimento mensal - NIT/PIS/PASEP (parte do empregador e do empregado).

11 11 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES ÚLTIMO DIA ÚTIL DO 2 DECÊNDIO DO MÊS SUBSE- QUENTE AO DE RETEN- ÇÃO ATÉ O DIA 20 DO MÊS SUBSE- QUENTE 20 IRF - RECOLHER OS VALORES RETIDOS EM SETEMBRO DE Sobre os pagamentos de salários e pro-labore (ambos DARF CÓD. 0561), de trabalho sem vínculo empregatício (DARF CÓD. 0588), de aluguéis a pessoa física (DARF CÓD. 3208), e sobre serviços prestados por pessoas jurídicas em geral (DARF CÓD. 1708), empresas de factoring (DARF CÓD. 5944) e cooperativas de trabalho (DARF CÓD. 3280). No caso de rendimentos do trabalho pagos em decorrência de decisão da Justiça do Trabalho, use o DARF CÓDIGO INSS DESCONTADO DOS COOPERADOS PELAS COOP. DE TRABALHO - Recolher os valores descontados em SETEMBRO/2011. (Decr /1999, art. 216, 31, com a redação dada pelo art. 1º do Decr /03 - DOU 10/06/2003). CÓDIGO PARA RECOLHIMENTO PIS/PASEP - ENTIDADES FINANCEIRAS E EQUIPARADAS - Recolhimento pelo Código , competência SETEMBRO DE De acordo com o 1º do art. 22 da Lei nº 8.212/ 91, são consideradas "entidades financeiras e equiparadas" bancos comerciais, bancos de investimentos, bancos de desenvolvimento, caixas econômicas, sociedades de crédito, financiamento e investimento, sociedades de crédito imobiliário, sociedades corretoras, distribuidoras de títulos e valores mobiliários, empresas de arrendamento mercantil, cooperativas de crédito, empresas de seguros privados e de capitalização, agentes autônomos de seguros privados e de crédito e entidades de previdência privada abertas e fechadas COFINS - Recolhimento do valor correspondente à competência SETEMBRO DE Entidades Financeiras e Equiparadas - CÓD PARCELAMENTOS PREVIDENCIÁRIOS - Pagamento da prestação de acordo com a GPS emitida pela Previdência Social. ATÉ O DIA 20 DO MÊS SUBSE- QUENTE 20 CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS DA COMPETÊNCIA SETEMBRO DE As empresas deverão recolher de acordo com os seguintes códigos da GPS: Simples - CNPJ Empresas optantes pelo Simples - CNPJ - recolhimento sobre aquisição de produto rural do produtor rural pessoa física Empresas optantes pelo Simples - CNPJ - recolhimento sobre contratação de transporte rodoviário autônomo Empresas em geral - CNPJ Empresas em geral - CEI Filantrópicas com isenção - CNPJ Filantrópicas com isenção - CEI Comercialização da produção rural - CNPJ Contribuição retida sobre a NF/Fatura da empresa prestadora de serviços - CNPJ Contribuição retida sobre a NF/Fatura da empresa prestadora de serviços - CEI Comercialização da produção rural - CEI SIMPLES NACIONAL - Recolher o valor ref. competência SETEMBRO DE ICMS SOBRE ESTOQUE DE EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL a) REF. FERRAMENTAS, MATERIAIS ELÉTRICOS E MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, ACABAMENTO, BRICOLAGEM OU ADORNO (RICMS, AP. II, SEÇÃO III, ITENS XXIV A XXVI) - Recolher a 20ª de até 30 parcelas mensais. b) REF. ARTIGOS DE PAPELARIA, INSTRUMENTOS MUSICAIS E DEMAIS PRODUTOS ELETRÔNICOS, ELETROELETRÔNICOS E ELETRODOMÉSTICOS (RICMS, AP. II, SEÇÃO III, ITENS XXXIII A XXXV) - Recolher a 18ª de até 18 parcelas mensais ESTABELECIMENTO DO SIMPLES NACIONAL QUE COMERCIALIZE MERCADORIAS RECEBIDAS DE OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO, EXCETUADAS AS SUJEITAS À SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - Recolher o ICMS sobre as aquisições de AGOSTO/2011. Para cálculo do valor a recolher, ver RICMS, Livro I, art. 46, 4º, Nota 03. Sobre prazo, ver RICMS, Livro I, art. 46, 4º, alínea "b". Sobre dispensa do pagamento do ICMS e da obrigação de debitar-se, ver RICMS, Livro I, art. 50, inciso VII e suas Notas 01 e 02. Sobre obrigações acessórias, emissão de NF e GIA - SIMPLES NACIONAL, ver IN DRP nº 6/2009. A GIA-SN, caso haja o que informar, poderá ser enviada até o último dia do mês subsequente ao das aquisições.

12 12 VENC. NORMAL DATA LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES ICMS - EMPRESAS EXTRATORAS DE SUBSTÂNCIAS MINERAIS - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - PRODUTORES - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE - Recolher o valor apurado no período de 01 a ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS DE FUMOS - Recolhimento sobre as saídas do período de 01 a ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS DE ARROZ BENEFICIADO, QUIRERA, CANJICÃO E CANJICA, PROMOVIDAS PELOS INDUSTRIALIZADORES, DESTI- NADAS A OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO - Recolhimento relativo às operações de 1º a ICMS - INDÚSTRIAS CLASSIFICADAS NO CGC/TE NA CATEGORIA GERAL - Recolher o ICMS relativo a SETEMBRO DE ICMS - PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERESTADUAIS DE SOJA EM GRÃO (EMBALAGENS DE ATÉ 1 KG) - Recolhimento relativo às operações de 1º a ICMS PRAZO ESPECIAL NAS SAÍDAS INTERESTADUAIS DE SOJA EM GRÃO (OUTRAS EMBALAGENS) - Recolhimento relativo às operações de 11 a DIA ÚTIL DO 2 MÊS SUBS. AO DOS FATOS GERADORES ATÉ O DIA 23 DO 2 MÊS SUBSE- QUENTE 3º DIA ÚTIL DO DECÊNDIO SEGUINTE 24 DCTF MENSAL DE AGOSTO/ Apresentação pelas empresas obrigadas à remessa mensal. 24 ICMS - DÉBITO DE RESPONSABILIDADE NAS SAÍDAS INTERNAS DE RAÇÕES TIPO "PET", AUTOPEÇAS, ARTIGOS DE COLCHOARIA, COSMÉTICOS E PERFUMARIA, FERRAMENTAS, MATERIAIS ELETRICOS, MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, ACABAMENTO, BRICOLAGEM OU ADORNO, BICICLETAS, BRINQUEDOS, MATERIAIS DE LIMPEZA, PRODUTOS ALIMENTÍCIOS, ARTEFATOS DE USO DOMÉSTICO, BEBIDAS QUENTES, ARTIGOS DE PAPELARIA, INSTRUMENTOS MUSICAIS, PRODUTOS ELETRÔNICOS, ELETROELETRÔNICOS E ELETRODOMÉSTICOS - Recolher o valor apurado no período de 1º a IRF - Recolher os valores retidos no 2º DECÊNDIO DE OUTUBRO DE 2011 relativos a juros remuneratórios do capital próprio (DARF CÓD. 5706) e multa ou vantagem previstas no art. 70 da Lei nº 9.430/96 (DARF CÓD. 9385) (Ver Lei nº /05, art. 70). 25 IOF - DIVERSOS - Recolher o valor relativo às operações do 2º DECÊNDIO DE OUTUBRO DE 2011 (Lei nº /2005, art. 70) PIS/PASEP - FATURAMENTO - Recolhimento sobre a venda de mercadorias, serviços, ou mercadorias e serviços, competência SETEMBRO DE CÓDIGO PIS - FORMA NÃO-CUMULATIVA - CÓD PIS/PASEP - FOLHA DE SALÁRIOS - Recolhimento pelas entidades listadas no art. 13 da MP nº , de , relativamente à folha de SET/ CÓDIGO PIS/PASEP - PJ - DIREITO PÚBLICO - Recolhimento pelo Código , competência SETEMBRO DE COFINS - Recolhimento do valor correspondente à competência SETEMBRO DE CÓD COFINS - FORMA NÃO-CUMULATIVA - CÓD ATÉ O DIA 25 DO MÊS SUB- SEQUENTE 25 IPI PRODUTOS EM GERAL - Recolher o IPI do mês de SETEMBRO DE ICMS - TRANSFERÊNCIA DE SALDO CREDOR - Prazo final para sua solicitação por contribuinte enquadrado na categoria GERAL ARQUIVOS DA EFD - COMP. SETEMBRO/ Entrega à SEFAZ/RS pelos contribuintes obrigados ou optantes pela Escrituração Fiscal Digital. Ver IN DRP nº 45/98, Título I, Capítulo LI, Seção 3.0.

13 13 VENC. DATA NORMAL LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES ÚLTIMO DIA ÚTIL DA QUIN- ZENA SUBS. À QUINZENA DE RETENÇÃO 31 RETENÇÃO DE CSLL, COFINS E PIS SOBRE PAGAMENTOS EM VALOR SUPERIOR A R$ 5.000,00 NO MÊS (4,65%) - Recolher os valores retidos na 1ª QUINZENA DE OUTUBRO DE ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS SEGUINTE ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS SE- GUINTE 31 IRPF - CARNÊ-LEÃO REFERENTE RECEBIMENTOS DE SETEMBRO DE Recolha o valor do imposto, apurado pela tabela de IRF. CÓD. DA RECEITA IRPF - GANHOS LÍQUIDOS OPERAÇÕES EM BOLSA - Recolhimento pelo CÓDIGO 6015, relativamente ao valor apurado em SETEMBRO DE IRPF - IMPOSTO SOBRE GANHO DE CAPITAL DE SET/ Recolher o valor correspondente a 15% do ganho percebido em SET/2011, cfe. apurado através do programa Demonstrativo da Apuração dos Ganhos de Capital. CÓDIGO DA RECEITA ISSQN TRABALHO PESSOAL E ISSQN TÁXI-LOTAÇÃO - MUNICÍPIO DE PORTO ALE- GRE - Recolhimento ref. à competência OUT/2011. Decreto nº 9.616/89, art. 1º, I. 31 IRPJ - SOBRE GANHO DE CAPITAL DE EMPRESA OPTANTE PELO "SIMPLES" - Pagar 15% sobre o ganho de capital decorrente da alienação de ativos no mês de SETEMBRO DE 2011 (Ver Res. CGSN nº 04/2007, art. 5º, 1º, VI e 3º, 4º, 5º e 6º, páginas 02 e 03 do Caderno nº 11/2007). Código DARF IRPJ - RENDA VARIÁVEL - Recolher o IRPJ sobre os ganhos líquidos de SETEMBRO/2011, auferidos em bolsas de valores, de mercadorias, etc. Cód IRPJ E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO - FORMA ESTIMADA COMPETÊNCIA SETEMBRO/ A empresa obrigada ao Lucro REAL, se quiser, poderá recolher pela estimativa utilizando o CÓD para o IRPJ e o CÓD para a CONTRIBUIÇÃO SOCIAL. Se uma PJ não obrigada ao lucro real optar pela estimativa, recolherá o IRPJ pelo CÓD e a CSLL pelo CÓD. 2484, ficando sujeita ao LUCRO REAL ANUAL. 31 REFIS - Pagamento da parcela mensal apurada em CÓDIGOS: REFIS - Parcelamento vinculado à receita bruta; REFIS - Parcelamento alternativo; REFIS - ITR/Exercícios até 1996; REFIS - ITR/Exercícios a partir de ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS SUBSE- QUENTE ÚLTIMO DIA ÚTIL DO 1º MÊS QUENTE AO SUBSE- TRIMES- TRE 31 DIF - BEBIDAS - Apresentação pelas pessoas jurídicas envasadoras de bebidas das posições 2201, 2202, 2203, 2204, 2205, 2206 e 2208, exceto álcool etílico do código , da TIPI, relativamente aos fatos geradores de SETEMBRO DE Veja a IN SRF nº 325/03 - (p. 028 da seção IPI - IMP./EXP ). 31 IRPJ E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DO 3º TRIMESTRE DE 2011, APURAÇÃO PELO LUCRO REAL, PRESUMIDO OU ARBITRADO - Pagamento da 1ª QUOTA ou QUOTA ÚNICA (PARCELAMENTO - VALOR MÍNIMO DA QUOTA - R$ 1.000,00) CÓDIGOS: PJ obrigada ao lucro real (balanço trimestral) IRPJ C. SOCIAL PJ não obrigada ao lucro real (optante pelo balanço trimestral) IRPJ C. SOCIAL Lucro presumido IRPJ C. SOCIAL Lucro arbitrado IRPJ C. SOCIAL

14 14 VENC. DATA NORMAL LIMITE TIPO DE OBRIGAÇÕES ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS SUBSE- QUENTE 31 DECLARAÇÃO SOBRE OPERAÇÕES IMOBILIÁRIAS - DOI - Apresentação pelos Cartórios, relativamente às operações do mês de SETEMBRO DE 2011 na versão 6.1 (ver IN nº 1.112/2010). 31 DNF SETEMBRO DE Apresentação DEMONSTRATIVO DE NOTAS FISCAIS. Para maiores detalhes, consulte a IN n 359/03 (p IPI - IMP/EXP.03). ÚLTIMO 31 PARCELAMENTO ESPECIAL - Pagamento das prestações do PAES. CÓDIGOS: 7042, para pessoa física; 7093, para microempresa; 7114, para empresa de pequeno porte; 7122, para as demais pessoas jurídicas; 7288, PARA PARCELAMENTO DOS DÉBITOS RELATIVOS AO ITR. DIA 31 REFIS III - Pagamento da prestação relativa ao parcelamento cfe. Medida Provisória nº 303/2006. ÚTIL DO MÊS 31 PARCELAMENTOS CFE. LEI nº / Recolher os valores mínimos previstos para antes da consolidação dos débitos ou os débitos decorrentes da consolidação. 31 PARCELAMENTOS PARA INGRESSO NO SIMPLES NACIONAL - Pagar as prestações relativas aos débitos federais, estaduais ou municipais, inclusive em relação ao novo parcelamento. 31 CONSIGNAÇÃO INDUSTRIAL - OBRIGAÇÕES DO CONSIGNATÁRIO E DO CONSIGNANTE - Emissão da Nota Fiscal conforme previsto no Livro II, art. 62A, 2º, "a" e "b" (Decreto nº /01, art. 1º, alteração nº 1018). 31 IRPF - DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL REF. ANO-CALENDÁRIO DE Pagamento da 7ª quota. (Acréscimos: selic maio/11 + selic jun/11 + selic jul/11 + selic ago/11 + selic set/11 + 1%) ICMS - ATACADISTA E VAREJISTA DE AUTOPEÇAS E ACESSÓRIOS - MODALIDADE GERAL - Escriturar, a débito, a 30ª de até 30 parcelas relativas ao estoque de autopeças inventariadas em , nos termos do RICMS, Livro V, art ICMS SOBRE ESTOQUE DE EMPRESA MODALIDADE GERAL - REF. FERRAMENTAS, MATERIAIS ELÉTRICOS E MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, ACABAMENTO, BRICOLAGEM OU ADORNO (RICMS, AP. II, SEÇÃO III, ITENS XXIV A XXVI) - Escriturar, a débito, a 21ª de até 30 parcelas mensais GUIA DE INFORMAÇÃO E APURAÇÃO DO ICMS - SIMPLES NACIONAL - GIA - SN - Apresentação sobre as operações de SETEMBRO de 2011, relativamente a diferencial de alíquota de ICMS sobre mercadorias sujeitas à ST que vieram sem o seu pagamento e antecipação do ICMS nas aquisições provenientes de outras unidades da Federação (IN DRP nº 45/98, Título I, Capítulo LIII). ÚLTIMO DIA ÚTIL DO MÊS 31 ITR - Pagamento da 2ª quota.

15 15 TABELA DE INDICADORES ECONÔMICOS DIVERSOS ANOS 2009, 2010 e 2011 PARTE I MÊS/ TAXA FGTS % (DIA INPC IBGE IPCA ICV IGP-DI IGPM IPC POUPANÇA TR ANO SELIC % 10 DO MÊS) % MÊS IBGE % DIEESE % FGV % FGV % FIPE % NO MÊS % % JAN/09 1,05 0,4620 0,64 0,48 0,69 0,01 (-0,44) 0,46 0,6849 0,1840 FEV/09 0,86 0,4310 0,31 0,55 0,02 (-0,13) 0,26 0,27 0,5453 0,0451 MAR/09 0,97 0,2918 0,20 0,20 0,40 (-0,84) (-0,74) 0,40 0,6445 0,1438 ABR/09 0,84 0,3907 0,55 0,48 0,31 0,04 (-0,15) 0,31 0,5456 0,0454 MAIO/09 0,77 0,2921 0,60 0,47 0,23 0,18 (-0,07) 0,33 0,5451 0,0449 JUN/09 0,76 0,2916 0,42 0,36 0,05 (-0,32) (-0,10) 0,13 0,5659 0,0656 JUL/09 0,79 0,3123 0,23 0,24 0,49 (-0,64) (-0,43) 0,33 0,6056 0,1051 AGO/09 0,69 0,3519 0,08 0,15 0,30 0,09 (-0,36) 0,48 0,5198 0,0197 SET/09 0,69 0,2663 0,16 0,24 0,27 0,25 0,42 0,16 0,5000 0,0000 OUT/09 0,69 0,2466 0,24 0,28 0,53 (-0,04) 0,05 0,25 0,5000 0,0000 NOV/09 0,66 0,2466 0,37 0,41 0,60 0,07 0,10 0,29 0,5000 0,0000 DEZ/09 0,73 0,2466 0,24 0,37 0,08 (-0,11) (-0,26) 0,18 0,5536 0,0533 ACUMULADO NO ANO 3,8970 4,11 4,31 4,05 (-1,43) (-1,72) 3,65 6,9200 0,7089 JAN/10 0,66 0,3000 0,88 0,75 1,72 1,01 0,63 1,34 0,5000 0,0000 FEV/10 0,59 0,2466 0,70 0,78 0,59 1,09 1,18 0,74 0,5000 0,0000 MAR/10 0,76 0,2466 0,71 0,52 0,47 0,63 0,94 0,34 0,5796 0,0792 ABR/10 0,67 0,3260 0,73 0,57 0,22 0,72 0,77 0,39 0,5000 0,0000 MAIO/10 0,75 0,2466 0,43 0,43 0,15 1,57 1,19 0,22 0,5513 0,0510 JUN/10 0,79 0,2977 (-0,11) 0,00 0,02 0,34 0,85 0,04 0,5592 0,0589 JUL/10 0,86 0,3056 (-0,07) 0,01 0,14 0,22 0,15 0,17 0,6157 0,1151 AGO/10 0,89 0,3620 (-0,07) 0,04 0,25 1,10 0,77 0,17 0,5914 0,0909 SET/10 0,85 0,3377 0,54 0,45 0,53 1,10 1,15 0,53 0,5706 0,0702 OUT/10 0,81 0,3169 0,92 0,75 0,93 1,03 1,01 1,04 0,5474 0,0472 NOV/10 0,81 0,2939 1,03 0,83 1,04 1,58 1,45 0,72 0,5338 0,0336 DEZ/10 0,93 0,2803 0,60 0,63 0,65 0,38 0,69 0,54 0,6413 0,1406 ACUMULADO NO ANO 3,6184 6,47 5,91 6,91 11,30 11,32 6,41 6,8991 0,6887 JAN/11 0,86 0,3875 0,94 0,83 1,28 0,98 0,79 1,15 0,5719 0,0715 FEV/11 0,84 0,3183 0,54 0,80 0,41 0,96 1,00 0,60 0,5527 0,0524 MAR/11 0,92 0,2991 0,66 0,79 0,91 0,61 0,62 0,35 0,6218 0,1212 ABR/11 0,84 0,3681 0,72 0,77 0,80 0,50 0,45 0,70 0,5371 0,0369 MAIO/11 0,99 0,2836 0,57 0,47 0,04 0,01 0,43 0,31 0,6578 0,1570 JUN/11 0,96 0,4040 0,22 0,15 (-0,34) (-0,13) (-0,18) 0,01 0,6120 0,1114 JUL/11 0,97 0,3583 0,00 0,16 0,44 (-0,05) (-0,12) 0,30 0,6235 0,1229 AGO/11 1,07 0,3698 0,42 0,37 0,39 0,61 0,44 0,39 0,7086 0,2076 SET/11 0,4547 0,6008 0,1003 ACUMU- LADO NO ANO 3,2904 4,14 4,42 3,98 3,52 3,48 3,86 5,6217 0, MESES 4,2135 7,40 7,23 7,29 7,81 8,00 6,83 7,4515 1,2090 ANOS 2009, 2010 e 2011 PARTE II MÊS/ SALÁRIO PISO SAL./RS SALÁRIO ISENÇÃO DEPENDENTE CUB UPC UPF/RS UFM/ ANO MÍNIMO/R$ 1ª FAIXA FAMÍLIA/R$ IRF ATÉ VALOR P/IRF R$ R$ R$ POA20 JAN/ ,00 477,40 24,23/17, ,59 144, ,83 21,67 11,0617 2,3659 FEV/09 465,00 477,40 25,66/18, ,59 144, ,34 21,67 11,0617 2,3659 MAR/09 465,00 477,40 25,66/18, ,59 144,20 EXTINTO 21,67 11,0617 2,3659 ABR/09 465,00 477,40 25,66/18, ,59 144,20 " 21,75 11,0617 2,3659 MAIO/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,75 11,0617 2,3659 JUN/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,75 11,0617 2,3659 JUL/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,78 11,0617 2,3659 AGO/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,78 11,0617 2,3659 SET/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,78 11,0617 2,3659 OUT/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,81 11,0617 2,3659 NOV/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,81 11,0617 2,3659 DEZ/09 465,00 511,29 25,66/18, ,59 144,20 " 21,81 11,0617 2,3659 JAN/ ,00 511,29 27,64/19, ,15 150,69 UIF-RS 15,15 21,82 11,5241 2,4657 FEV/10 510,00 511,29 27,64/19, ,15 150,69 15,21 21,82 11,5241 2,4657 MAR/10 510,00 511,29 27,64/19, ,15 150,69 15,32 21,82 11,5241 2,4657 ABR/10 510,00 511,29 27,64/19, ,15 150,69 15,44 21,84 11,5241 2,4657 MAIO/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,52 21,84 11,5241 2,4657 JUN/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,61 21,84 11,5241 2,4657 JUL/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,68 21,86 11,5241 2,4657 AGO/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,68 21,86 11,5241 2,4657 SET/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,68 21,86 11,5241 2,4657 OUT/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,69 21,92 11,5241 2,4657 NOV/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,76 21,92 11,5241 2,4657 DEZ/10 510,00 546,57 27,64/19, ,15 150,69 15,88 21,92 11,5241 2,4657 JAN/ ,00 546,57 29,43/20, ,15 150,69 16,01 21,97 12,1913 2,6048 FEV/11 540,00 546,57 29,43/20, ,15 150,69 16,11 21,97 12,1913 2,6048 MAR/11 545,00 610,00 29,43/20, ,15 150,69 16,24 21,97 12,1913 2,6048 ABR/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,37 22,02 12,1913 2,6048 MAIO/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,50 22,02 12,1913 2,6048 JUN/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,63 22,02 12,1913 2,6048 JUL/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,71 22,09 12,1913 2,6048 AGO/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,74 22,09 12,1913 2,6048 SET/11 545,00 610,00 29,43/20, ,61 157,47 16,77 22,09 12,1913 2,6048 OUT/11 545,00 610,00 29,43/20,74 1,566,61 157,47 12,1913 2,6048

16 16 TABELA PARA CÁLCULO DE IRF E CARNÊ-LEÃO DE JANEIRO/2010 A MARÇO/2011 BASE DE CÁLCULO ALÍQUO- PARCELA A DEDUZIR (R$) TA (%) DO IR (R$) Até 1.499, De 1.499,16 até 2.246,75 7,5 112,43 De 2.246,76 até 2.995, ,94 De 2.995,71 até 3.743,19 22,5 505,62 Acima de 3.743,19 27,5 692,78 - DEPENDENTE - R$ 150,69 - PARTE ISENTA DOS PROVENTOS DE INATIVIDADE OU PENSÃO DE MAIORES DE 65 ANOS - R$ 1.499,15 DE ABRIL/2011 EM DIANTE BASE DE CÁLCULO ALÍQUO- PARCELA A DEDUZIR (R$) TA (%) DO IR (R$) Até 1.566, De 1.566,62 até 2.347,85 7,5 117,49 De 2.347,86 até 3.130, ,58 De 3.130,52 até 3.911,63 22,5 528,37 Acima de 3.911,63 27,5 723,95 - DEPENDENTE - R$ 157,47 - PARTE ISENTA DOS PROVENTOS DE INATIVIDADE OU PENSÃO DE MAIORES DE 65 ANOS - R$ 1.566,61 CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS - TABELAS DE SALÁRIOS-BASE PARA SEGURADOS CONTRIBUINTE INDIVIDUAL E FACULTATIVO INSCRITOS NO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL ATÉ 28/11/99 - TABELAS APLICÁVEIS ATÉ A COMPETÊNCIA MARÇO DE 2003 COMPETÊNCIAS DE DEZ/2000 a MAR/2001 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 151,00 De 30,20 a 5 12 a 664,13 20,00 a 132, ,95 20,00 159, ,77 20,00 185, ,61 20,00 212, ,43 20,00 239, ,25 20,00 265,65 COMPETÊNCIAS ABR/2002 e MAIO/2002 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 200,00 De 40,00 a ,00 20,00 171, ,99 20,00 200, ,01 20,00 228, ,00 20,00 257, ,00 20,00 286,00 COMPETÊNCIAS ABR/2001 e MAIO/2001 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 180,00 De 36,00 a 5 12 a 664,13 20,00 a 132, ,95 20,00 159, ,77 20,00 185, ,61 20,00 212, ,43 20,00 239, ,25 20,00 265,65 COMPETÊNCIAS JUN/2002 a NOV/2002 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 200,00 De 40,00 a 6 12 a 936,94 20,00 a 187, ,08 20,00 218, ,26 20,00 249, ,40 20,00 281, ,56 20,00 312,31 COMPETÊNCIAS JUN/2001 a NOV/2001 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 180,00 De 36,00 a 5 12 a 715,00 20,00 a 143, ,00 20,00 171, ,99 20,00 200, ,01 20,00 228, ,00 20,00 257, ,00 20,00 286,00 COMPETÊNCIAS DEZ/2002 a MAR/2003 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 200,00 De 40,00 a ,26 20,00 a 249, ,40 20,00 281, ,56 20,00 312,31 COMPETÊNCIAS DE DEZ/2001 a MARÇO/2002 CLASSE Nº DE MESES DE SALÁRIO- ALÍQUO- CONTRIBUI- PERMANÊNCIA BASE TA (%) ÇÃO (R$) De 1 De 180,00 De 36,00 a ,00 20,00 171, ,99 20,00 200, ,01 20,00 228, ,00 20,00 257, ,00 20,00 286,00 COMPETÊNCIAS A PARTIR DE ABRIL/2003 A PARTIR DE 1º DE ABRIL/2003, OS CONTRIBUINTES INDIVIDUAIS E FACULTATIVOS SUJEITAM-SE ÀS NORMAS DA IN Nº 87/2003 (P. 78 DA SEÇÃO LEGIS- LAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA DE 2003).

17 17 TABELAS DE CONTRIBUIÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADOS, EMPREGADOS DOMÉSTICOS E TRABALHADORES AVULSOS COMPETÊNCIAS DEZEMBRO/2003 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 565,94 7,65 de 565,95 até 720,00 8,65 de 720,01 até 943,23 9,00 de 943,24 até 1.886,46 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/06/03 até 30/04/04 - R$ 13,48 - P/segurado com remuneração mensal de valor até R$ 560,81 VIGÊNCIA DE JANEIRO/2004 A ABRIL/2004 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 720,00 7,65 de 720,01 até 1.200,00 9,00 de 1.200,01 até 2.400,00 11,00 COTA - Salário-Família a partir de 01/06/03 até 30/04/04 - R$ 13,48 - P/segurado com remuneração mensal de valor até R$ 560,81 VIGÊNCIA DE MAIO/2004 A ABRIL/2005 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 752,62 7,65 de 752,63 até 780,00 8,65 de 780,01 até 1.254,36 9,00 de 1.254,37 até 2.508,72 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/05/2004 até 30/04/2005 R$ 20,00 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 390,00 R$ 14,09 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 390,01 até R$ 586,19 VIGÊNCIA DE MAIO/2005 A MARÇO/2006 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 800,45 7,65 de 800,46 até 900,00 8,65 de 900,01 até 1.334,07 9,00 de 1.334,08 até 2.668,15 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/05/2005 até 30/03/2006 R$ 21,27 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 414,78 R$ 14,99 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 414,79 até R$ 623,44 VIGÊNCIA DE ABRIL/2006 A JULHO/2006 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 840,47 7,65 de 840,48 até 1.050,00 8,65 de 1.050,01 até 1.400,77 9,00 de 1.400,78 até 2.801,56 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/04/2006 até 31/07/2006 R$ 22,33 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 435,52 R$ 15,74 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 435,53 até R$ 654,61 VIGÊNCIA DE AGOSTO/2006 A MARÇO/2007 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 840,55 7,65 de 840,56 até 1.050,00 8,65 de 1.050,01 até 1.400,91 9,00 de 1.400,92 até 2.801,82 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/08/2006 até 31/03/2007 R$ 22,34 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 435,56 R$ 15,74 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 435,57 até R$ 654,67. VIGÊNCIA DE ABRIL/2007 A DEZEMBRO/2007 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 868,29 7,65 de 868,30 até 1.140,00 8,65 de 1.140,01 até 1.447,14 9,00 de 1.447,15 até 2.894,28 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/04/2007 até 29/02/2008 R$ 23,08 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 449,93 R$ 16,26 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 449,94 até R$ 676,27. VIGÊNCIA DE JANEIRO/08 E FEVEREIRO/08 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 868,29 8,00 de 868,30 até 1.447,14 9,00 de 1.447,15 até 2.894,28 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/04/2007 até 29/02/2008 R$ 23,08 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 449,93 R$ 16,26 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 449,94 até R$ 676,27. VIGÊNCIA DE MARÇO/2008 A JANEIRO/2009 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 911,70 8,00 de 911,71 até 1.519,50 9,00 de 1.519,51 até 3.038,99 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/03/2008 até 31/01/2009 R$ 24,23 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 472,43 R$ 17,07 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 472,44 até R$ 710,08. VIGÊNCIA DE FEV/2009 A DEZ/2009 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 965,67 8,00 de 965,68 até 1.609,45 9,00 de 1.609,46 até 3.218,90 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/02/2009 até 31/12/2009 R$ 25,66 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 500,40 R$ 18,08 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 500,41 até R$ 752,12. VIGÊNCIA DE JANEIRO/2010 A JUNHO/2010 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 1.024,97 8,00 de 1.024,98 até 1.708,27 9,00 de 1.708,28 até 3.416,54 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/01/2010 até 31/12/2010 R$ 27,64 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 539,03 R$ 19,48 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 539,04 até R$ 810,18. VIGÊNCIA DE JULHO/2010 A DEZEMBRO/2010 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 1.040,22 8,00 de 1.040,23 até 1.733,70 9,00 de 1.733,71 até 3.467,40 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/01/2010 até 31/12/2010 R$ 27,64 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 539,03 R$ 19,48 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 539,04 até R$ 810,18. VIGÊNCIA DE JANEIRO/2011 A JUNHO/2011 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 1.106,90 8,00 de 1.106,91 até 1.844,83 9,00 de 1.844,84 até 3.689,66 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/01/2011 R$ 29,43 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 573,91 R$ 20,74 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 573,92 até R$ 862,60. VIGÊNCIA A PAR ARTIR DE JULHO/2011 SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA (%) até 1.107,52 8,00 de 1.107,53 até 1.845,87 9,00 de 1.845,88 até 3.691,74 11,00 Cota Salário-Família a partir de 01/01/2011 R$ 29,43 - P/segurado c/remuneração mensal até R$ 573,91 R$ 20,74 - P/segurado c/remun. mensal de R$ 573,92 até R$ 862,60.

18 18 CÓDIGOS PARA RECOLHIMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS TRIBUTOS/CONTRIBUIÇÕES CÓD. DARF IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE OBS. Deve ser recolhidos no mesmo dia do fato gerador Pagamento a beneficiário não identificado IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE OBS. VER NOVOS PRAZOS NO ART. 5º DA MP n 447/2008, PÁG Caderno nº 21/2008 SOBRE RENDIMENTOS DE CAPITAL Aluguéis e royalties pagos a pessoa física Day-trade - Operações em Bolsas Demais rendimentos de capital Fundo de Investimento em Ações Fundos de Investimento Imobiliário Fundo de Investimento - Renda Fixa Juros s/remun. de capital próprio (art. 9º, lei nº 9.249/95) Juros de Empréstimos Externos Operações de swap Rend. partes beneficiárias ou de fundador Títulos de renda fixa - Pessoa Física Títulos de renda fixa - Pessoa Jurídica SOBRE RENDIMENTOS DO TRABALHO Trabalho assalariado, pro labore e part. dos trab. nos lucros Trabalho sem vínculo empregatício Resgate previdência privada e Fapi Rendimentos decorrentes de decisão da Justiça do Trabalho SOBRE OUTROS RENDIMENTOS Demais rendimentos Indenizações por danos morais Juros e indenizações de lucros cessantes Pagamento de PJ a cooperativa de trabalho Pagamento de PJ a PJ por serviços de factoring Prêmios obtidos em bingos Prêmios obtidos em concursos e sorteios Remuneração de serviços prestados por pessoa jurídica Rendimentos decorrentes de decisão da Justiça Federal S/Rendimentos e ganhos de capital de PF ou PJ residente ou domiciliado no exterior Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) IMPOSTO DE RENDA - PESSOA FÍSICAS Quota Declaração de Ajuste Anual Multa por atraso na entrega da Declaração Aj. Anual OBS. - Os tributos a seguir têm período de apuração mensal e devem ser recolhidos até o último dia útil do mês subseqüente ao do fato gerador: Carnê-leão Ganhos de capital na alienação de bens e direitos Ganhos de capital/operações em moeda estrangeira Ganhos líquidos em operações em bolsa IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS PJ obrigadas à apuração com base no lucro real Entidades Financeiras Balanço trimestral Estimativa mensal Demais entidades Balanço trimestral Estimativa mensal PJ não obrigadas à apuração com base no lucro real Optantes pela apuração com base no lucro real Balanço trimestral Estimativa mensal Lucro Presumido (período de apuração trimestral) Lucro Arbitrado (período de apuração trimestral) IRPJ - Ganhos Líquidos em Operações na Bolsa - Lucro Real IRPJ - Ganhos Líquidos em Operações na Bolsa - Lucro Presumido ou Arbitrado IRPJ - FINOR/Balanço Trimestral IRPJ - FINOR/Estimativa IRPJ - FINAM/Balanço Trimestral IRPJ - FINAM/Estimativa IRPJ - FUNRES/Balanço Trimestral IRPJ - FUNRES/Estimativa IRPJ - Saldo do imp. apurado na Declaração de Ajuste baseada no lucro real anual, a ser pago em quota única Entidades Financeiras Outras obrigadas ao lucro real Demais entidades IRPJ - FINOR/Saldo decorrente do ajuste anual, a ser pago em quota única IRPJ - FINAM/Saldo decorrente do ajuste anual, a ser pago em quota única IRPJ - FUNRES/Saldo decorrente do ajuste anual, a ser pago em quota única MULTA por atraso na entrega da Declaração de IRPJ Multas e vantagens

19 19 TRIBUTOS/CONTRIBUIÇÕES CÓD. DARF CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO - CSLL PJ que apuram o IRPJ com base no lucro real Entidades Financeiras Balanço trimestral Estimativa mensal Demais entidades Balanço trimestral Estimativa mensal PJ que apuram o IRPJ com base no lucro presumido ou arbitrado Saldo da diferença apurada no ajuste anual, a ser pago em quota única Entidades Financeiras Demais entidades IMPOSTO SOBRE A EXPORTAÇÃO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS IPI - Automóveis IPI - Bebidas do capítulo 22 da TIPI IPI - Cigarros do código da TIPI IPI - Demais produtos e no caso de ME e EPP não optantes pelo SIMPLES COFINS COFINS - Combustíveis COFINS - Demais Entidades COFINS - Entidades Financeiras e Equiparadas COFINS - Fabricantes/Importadores de Veículos em substituição tributária COFINS - Importação de Serviços COFINS - Não-cumulativa SISTEMA INTEGRADO DE PAGAMENTO DE IMPOSTOS E CONTRIB. DAS ME E EPP - SIMPLES... DARF-SIMPLES PIS/PASEP - Entidades financeiras e equiparadas PIS/PASEP - Faturamento PIS/PASEP - Folha de salários PIS/PASEP - Importação de Serviços PIS/PASEP - Pessoa jurídica de direito público PIS - Combustíveis PIS - Fabricantes/Importadores de Veículos em substituição tributária PIS - FORMA NÃO-CUMULATIVA (SÓ PARA P. JURÍDICA TRIBUTADA P/LUCRO REAL) CAGED - MULTA POR ATRASO NA POSTAGEM DO CAGED CNPJ - 2ª VIA CARTÃO CNPJ CUSTAS JUDICIAIS JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU CUSTAS JUDICIAIS JUSTIÇA FEDERAL DE 2º GRAU CUSTAS JUDICIAIS INSCRITAS EM DÍVIDA ATIVA CUSTAS JUDICIAIS NOS DEMAIS CASOS DARF - SIMPLES DARF - PARCELAMENTO DO SIMPLES DARF - Registro do Comércio (Junta Comercial) DCTF - MULTA POR ENTREGA DE DCTF EM ATRASO DIRF - MULTA POR ATRASO NA ENTREGA DA DIRF ITR - Imposto Territorial Rural RAIS - MULTA POR ATRASO NA ENTREGA DA RAIS SIMPLES - MULTA POR FALTA DA PLACA INDICATIVA MULTA POR FALTA DE COMUNICAÇÃO DA EXCLUSÃO DO SIMPLES MULTAS RELACIONADAS COM O VALE-PEDÁGIO OBRIGATÓRIO SIMPLES - IMPOSTO DE RENDA SOBRE GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE ATIVOS PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL - REFIS REFIS - Parcelamento vinculado à receita bruta REFIS - Parcelamento alternativo REFIS - ITR/Exercícios até REFIS - ITR/Exercícios a partir de IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS IOF - Aplicações Financeiras IOF - Factoring (art. 58 da Lei nº 9.532/97) IOF - Operações de crédito - P. Jurídica IOF - Operações de crédito - P. Física IOF - Operações de câmbio - Entrada de moeda IOF - Operações de câmbio - Saída de moeda IOF - Ouro, Ativo Financeiro IOF - Seguros CONTRIBUIÇÃO PROVISÓRIA SOBRE MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA - CPMF CPMF - Operações de lançamento a débito em conta CPMF - Operações de liquidação ou pagamento sem crédito em conta CPMF - Devida pela instituição financeira, na condição de contribuinte PARCELAMENTOS CFE. LEI nº /03: - PAES para pessoa física para microempresa para empresa de pequeno porte para as demais pessoas jurídicas PARCELAMENTO DOS DÉBITOS RELATIVOS AO ITR, CFE. LEI nº /03: para parcelamentos de débitos no âmbito da SRF RETENÇÃO apenas do PIS/PASEP (0,65%) RETENÇÃO apenas da COFINS (3,0%) RETENÇÃO apenas da CSLL (1,0%) RETENÇÃO de 4,65% CSLL, COFINS e PIS/PASEP Rendimentos decorrentes de decisão da Justiça Federal

20 20 ICMS - CÓDIGOS PARA RECOLHIMENTOS TRIBUTO ICMS - Outros Pagamentos Antecipados ICMS - Pagamento Antecipado de Produtor ICMS - Pagamento de Produtor ICMS - Pagamento Antecipado de Carne e Gado ICMS - Modalidade Geral - Comércio - Pagto. Fora do Prazo ICMS - Modalidade Geral - Indústria - Pagto. Fora do Prazo ICMS - Modalidade Geral - Comércio ICMS - Modalidade Geral - Indústria ICMS - Substituição Tributária Interestadual ICMS - Microempresa e Microprodutor Rural ICMS - Serviços ICMS - Pagamento Antecipado nas Entradas de Mercadorias Oriundas de outras Unidades da Federação ICMS - Pagamento Antecipado de Serviços ICMS - Responsabilidade por Subst. Trib. de Serv. de Transporte ICMS - Importação de Mercadoria Estrangeira ICMS - Denúncia Espontânea de Infração* ICMS - Carne e Gado - Pagamento Fora do Prazo ICMS - Substituição Tributária Interna ICMS - Imp. ou Arrem. de Merc. Estr. - Pag. no Desemb. Aduan ICMS - Empresa de Pequeno Porte (EPP) * Sujeita-se à Correção Monetária s/multa pelo Código 244. PRINCI- PAL CORREÇÃO MONETÁRIA S/PRINCIPAL MULTA JUROS DE MORA ICMS - ACRÉSCIMOS MORATÓRIOS - DOS JUROS MORATÓRIOS A contar do primeiro dia do mês subsequente ao do vencimento do prazo para pagamento, serão aplicados juros equivalentes à taxa SELIC, acumulada mensalmente, até o mês anterior ao do pagamento, e de 1% (um por cento) no mês do pagamento. (Lei nº 6.537/73, art. 69). - MULTAS MORATÓRIAS ACRÉSCIMO DE 0,25% do valor do tributo, por dia de atraso, até o limite 15% (art. 71 da Lei 6.537/73). NOTA FISCAL ELETRÔNICA AJUSTE SINIEF Nº 3/ ANEXO ÚNICO - CÓDIGOS DE DETALHAMENTO DO REGIME E DA SITUAÇÃO TABELA A - Código de Regime Tributário - CRT 1 - Simples Nacional 2 - Simples Nacional - excesso de sublimite da receita bruta 3 - Regime Normal NOTAS EXPLICATIVAS: O código 1 será preenchido pelo contribuinte quando for optante pelo Simples Nacional. O código 2 será preenchido pelo contribuinte optante pelo Simples Nacional mas que tiver ultrapassado o sublimite de receita bruta fixado pelo estado/df e estiver impedido de recolher o ICMS/ISS por esse regime, conforme arts. 19 e 20 da LC 123/06. O código 3 será preenchido pelo contribuinte que não estiver na situação 1 ou 2. TABELA B - Código de Situação da Operação no Simples Nacional - CSOSN Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito - Classificam-se neste código as operações que permitem a indicação da alíquota do ICMS devido no Simples Nacional e o valor do crédito correspondente Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito - Classificam-se neste código as operações que não permitem a indicação da alíquota do ICMS devido pelo Simples Nacional e do valor do crédito, e não estejam abrangidas nas hipóteses dos códigos 103, 203, 300, 400, 500 e 900.

AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL: DEZEMBRO DE 2015 - ADE CODAC Nº 37, DE 20/11/2015

AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL: DEZEMBRO DE 2015 - ADE CODAC Nº 37, DE 20/11/2015 AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL: DEZEMBRO DE 2015 - ADE CODAC Nº 37, DE 20/11/2015 Divulga a Agenda Tributária do mês de dezembro de 2015. O COORDENADOR-GERAL DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA, no uso da atribuição

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS FEDERAIS JULHO/12

OBRIGAÇÕES FISCAIS FEDERAIS JULHO/12 CIRCULAR 37/12 Novo Hamburgo, 02 de julho de 2012. OBRIGAÇÕES FISCAIS FEDERAIS JULHO/12 DIA 04 IR-FONTE Pessoas obrigadas: pessoas jurídicas que efetuaram retenção na fonte nos pagamentos ou créditos decorrentes

Leia mais

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 1 2 3 4 5 6 Clique e veja o compromisso do dia aqui

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 1 2 3 4 5 6 Clique e veja o compromisso do dia aqui Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA ao SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

EDITORA IF LTDA. CALENDÁRIO MENSAL OUTUBRO DE 2012 DE OBRIGAÇÕES 3212-7493

EDITORA IF LTDA. CALENDÁRIO MENSAL OUTUBRO DE 2012 DE OBRIGAÇÕES 3212-7493 CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES OUTUBRO DE 2012 EDITORA IF LTDA. Av. Borges de Medeiros, 612 - Conj. 36 90020-022 - PORTO ALEGRE - RS. Fones: 3224-8699 - 3224-8281 3212-7493 E-MAIL: editoraif@brturbo.com.br

Leia mais

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7. Clique e veja o compromisso do dia.

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7. Clique e veja o compromisso do dia. Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA à SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 45/2014 2ª SEMANA NOVEMBRO DE 2014

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 45/2014 2ª SEMANA NOVEMBRO DE 2014 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 45/2014 2ª SEMANA NOVEMBRO DE 2014 DESTAQUES DA SEMANA: TRIBUTOS

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 04/09/2015 GIA/Água Natural Fornecedores de água natural canalizada Prazo para transmitir pela internet a GIA até o dia 4 do segundo mês subsequente da ocorrência

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS COÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA DETALHADA OUTUBRO/2015 *

AGENDA TRIBUTÁRIA DETALHADA OUTUBRO/2015 * AGENDA TRIBUTÁRIA DETALHADA OUTUBRO/2015 * DIA 05 DE OUTUBRO DE 2015 (Segunda-feira) IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio do mês anterior. IRRF SALÁRIOS FGTS Pagamento do Imposto de Renda Retido

Leia mais

D S T Q Q S S. aneiroj OBRIGAÇÕES FISCAIS E TRABALHISTAS DO MÊS DE OUTUBRO DE 2015

D S T Q Q S S. aneiroj OBRIGAÇÕES FISCAIS E TRABALHISTAS DO MÊS DE OUTUBRO DE 2015 aneiroj TRABALHISTAS DO MÊS IOF Pagamento do IOF apurado no terceiro decêndio de Setembro de 2015. 05 (segunda-feira) 06 (terça-feira) 07 (quarta-feira) 09 Salário do mês de Setembro de 2015 FGTS CAGED

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2014. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos.

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2014. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos. Até dia Obrigação AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2014 Histórico ocorridos no período de 21 a 31.07.2014, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra "b", da Lei nº 11.196/2005 ): 5

Leia mais

Calendário mensal das obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2011 05.01 (4ª feira)

Calendário mensal das obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2011 05.01 (4ª feira) Calendário mensal das obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2011 05.01 (4ª feira) IR-FONTE Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital

Leia mais

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia.

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia. Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA à SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA NOVEMBRO/2007

AGENDA TRIBUTÁRIA NOVEMBRO/2007 Fonte: Portal Tributário AGENDA TRIBUTÁRIA NOVEMBRO/2007 06/11/2007 IOF IRF Recolhimento do - 3º decêndio de AGOSTO/2007 - Bebidas - capítulo 22 da T e Cigarros 2402.20.00 T Recolhimento do IOF relativo

Leia mais

Agenda de Obrigações Dezembro/2014

Agenda de Obrigações Dezembro/2014 Agenda de Obrigações Dezembro/204 Federal IOF IOF IR/FONTE IR/FONTE CAGED - CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS CAGED - CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS CBE - DECLARAÇÃO DE CAPITAL

Leia mais

Fevereiro/ 2014. Diário Federal RAIS; Minas Gerais Rio Grande do Sul. Santa Catarina Arquivo Eletrônico SCANC; Minas Gerais Santa Catarina

Fevereiro/ 2014. Diário Federal RAIS; Minas Gerais Rio Grande do Sul. Santa Catarina Arquivo Eletrônico SCANC; Minas Gerais Santa Catarina Fevereiro/ 2014 Diário RAIS; 02 ICMS-MG GIA/Água Natural; 03 Arquivo Eletrônico SCANC; 04 05 06 07 MG-DAPI 1; ICMS-MG Arquivo Eletrônico SCANC; Aprendizagem - Número de Matrículas Novas; IRRF; IOF; ICMS-MG

Leia mais

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

Agenda de Obrigações Novembro/2014

Agenda de Obrigações Novembro/2014 Agenda de Obrigações Novembro/14 Federal COMPROVANTE MENSAL DE RETENÇÃO DA PARA O PIS/PASEP E DA COFINS - AUTOPEÇAS COMPROVANTE MENSAL DE RETENÇÃO DA PARA O PIS/PASEP E DA COFINS - AUTOPEÇAS IOF IOF IR/FONTE

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 47/2013 4ª SEMANA NOVEMBRO DE 2013

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 47/2013 4ª SEMANA NOVEMBRO DE 2013 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 47/2013 4ª SEMANA NOVEMBRO DE 2013 DESTAQUES DA SEMANA: FEDERAL

Leia mais

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2015

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2015 Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2015 Nota: Os dias de vencimentos apresentados são de nível nacional e respeitando os referidos feriados, caso for feriado

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2011 (ÂMBITO FEDERAL)

OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2011 (ÂMBITO FEDERAL) OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2011 (ÂMBITO FEDERAL) 04.05 (4ª feira) IOF Imposto Sobre Operações Financeiras Último dia para o recolhimento do IOF referente ao

Leia mais

http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/7cb?f=templates&fn=document-fra...

http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/7cb?f=templates&fn=document-fra... 0 http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/7cb?f=templates&fn=document-fra... Junho Notas Cenofisco: 1ª) É facultado ao contribuinte pessoa física que auferir, no ano-calendário,

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL (SRF e INSS)

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL (SRF e INSS) AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 06/12/2011 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de NOVEMBRO/2011 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. Dia 07/12/2011 FGTS - Recolhimento do mês de NOVEMBRO/2011

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS ABRIL/2014. Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de Março/2014:

AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS ABRIL/2014. Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de Março/2014: AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS ABRIL/2014 03/Abril. 5ª Feira. IOF - Imposto sobre Operações Financeiras. Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de Março/2014: - Operações

Leia mais

C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES

C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES j a n e i r o / 2 0 1 5 DIA 05 SEGUNDA 06 TERÇA 07 QUARTA 09 SEXTA 10 SÁBADO IMPOSTO /CONTRIBUIÇÃO ICMS/SP - Geral e Sub. Tributária - ref. 12/2014 - Código Prazo

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/04/2010 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de MARÇO/2010 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de MARÇO/2010 - Base legal:

Leia mais

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2014

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2014 Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2014 03/02-2 Feira - INSS - GPS - Fixação no Quadro de Horário O art. 225, VI do Decreto nº 3.048/1999, estabelece

Leia mais

http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/170?f=templates&fn=document-fra...

http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/170?f=templates&fn=document-fra... 0 http://agenda.cenofisco.com.br/agenda/agenda.dll/infobase/5/11/13/170?f=templates&fn=document-fra... Outubro Notas Cenofisco: 1ª) Além das obrigações relacionadas neste Calendário, o assinante poderá,

Leia mais

Fevereiro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina

Fevereiro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina Fevereiro/ 2015 02 a)contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Diferencial de alíquotas- FG de Novembro/2014; b)simples NACIONAL Pagamento Antecipado na entrada no Estado de de mercadorias sujeitas

Leia mais

GFIP/SEFIP GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social) transmitida via Conectividade Social - referente ao mês

GFIP/SEFIP GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social) transmitida via Conectividade Social - referente ao mês 04/03 (4ª Feira) IR Retido na Fonte - Fato Gerador - 21 a 28/02/2015. IRRF - Juros sobre Capital Próprio e Aplicações Financeiras, Prêmios e outros rendimentos de Capital - pagamento ou crédito. IOF -

Leia mais

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004 ICMS Substituição Tributária Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador, gerando uma antecipação do pagamento do imposto incidente nas operações seguintes. Responsabilidade Tributária

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/07/2011

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/07/2011 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 06/07/2011 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de JUNHO/2011 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. Dia 07/07/2011 FGTS - Recolhimento do mês de JUNHO/2011

Leia mais

Novembro/ 2015. Minas Gerais ICMS-MG. Santa Catarina. São Paulo. Rio Grande do Sul Santa Catarina Minas Gerais

Novembro/ 2015. Minas Gerais ICMS-MG. Santa Catarina. São Paulo. Rio Grande do Sul Santa Catarina Minas Gerais Novembro/ 2015 02 ICMS-MG 03 04 05 a) Contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Diferencial de alíquotas- Fato Gerador de Agosto/2015; b) Contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Pagamento Antecipado

Leia mais

IRPJ. Lucro Presumido

IRPJ. Lucro Presumido IRPJ Lucro Presumido 1 Características Forma simplificada; Antecipação de Receita; PJ não está obrigada ao lucro real; Opção: pagamento da primeira cota ou cota única trimestral; Trimestral; Nada impede

Leia mais

AGENDA - Janeiro de 2016

AGENDA - Janeiro de 2016 OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE JANEIRO.: (ÂMBITO FEDERAL) :. AGENDA - Janeiro de 2016 PRAZO NATUREZA DISCRIMINAÇÃO 04.01 08.01 GPS SALÁRIOS CAGED GFIP FGTS SIMPLES DOMÉSTICO

Leia mais

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES 1 Entradas de mercadorias de outros Estados sujeitas ao regime da substituição tributária no Rio Grande do Sul ( ICMS ST pago na Entrada ) Procedimentos

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA SETEMBRO DE 2015

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA SETEMBRO DE 2015 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA SETEMBRO DE 2015 Até dia Obrigação 3 IRRF Salário de Agosto de 2015 Histórico ocorridos no período de 21 a 31.08.2015, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra

Leia mais

Agenda de Obrigações Federal - Abril/2015

Agenda de Obrigações Federal - Abril/2015 Agenda de Obrigações Federal - Abril/2015 Até: Segunda-feira, dia 6 IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de março/2015: - Operações de crédito - Pessoa Jurídica - Cód. Darf 1150 - Operações de crédito

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2015

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2015 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2015 Até dia Obrigação 4 IRRF Histórico Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.01.2015,

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/12/2009 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de NOVEMBRO/2009 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de NOVEMBRO/2009 - Base

Leia mais

IOF-Imposto sobre Operação Financeira de 21 a 31/08/2015. * Operações de crédito - Pessoa Jurídica 1150 * Operações de crédito - Pessoa Física 7893

IOF-Imposto sobre Operação Financeira de 21 a 31/08/2015. * Operações de crédito - Pessoa Jurídica 1150 * Operações de crédito - Pessoa Física 7893 IOF-Imposto sobre Operação Financeira de 21 a 31/08/2015. * Operações de crédito - Pessoa Jurídica 1150 * Operações de crédito - Pessoa Física 7893 03/09 (5ª Feira) * Operações de câmbio - Entrada de Moeda

Leia mais

ISSQN - Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - Mês 12/2014.

ISSQN - Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - Mês 12/2014. ICMS relativo às operações em que exige a NF de Entrada. 05/01(2ª Feira) Data de recolhimento do imposto relativo às operações de entrada de mercadoria nos casos em que se exige a emissão da nota fiscal

Leia mais

Agenda de Obrigações Federal - Maio/2015

Agenda de Obrigações Federal - Maio/2015 Agenda de Obrigações Federal - Maio/2015 Até: Quarta-feira, dia 6 IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de abril/2015: - Operações de crédito - Pessoa Jurídica - Cód. Darf 1150 - Operações de crédito

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA DEZEMBRO DE 2014

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA DEZEMBRO DE 2014 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA DEZEMBRO DE 2014 Até dia Obrigação 3 IRRF Histórico Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.11.2014,

Leia mais

OBRIGAÇÕES FEDERAIS OUTUBRO/2008

OBRIGAÇÕES FEDERAIS OUTUBRO/2008 OBRIGAÇÕES FEDERAIS OUTUBRO/2008 DIA 2 (Quinta) CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PESSOAS OBRIGADAS: Empregadores, inclusive domésticos, que participaram de ação judicial na Justiça

Leia mais

Setembro / 2014. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo

Setembro / 2014. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo Setembro / 2014 01 02 03 04 05 ICMS-MG IRRF; IOF Código de Prazo de Recolhimento (CPR): 1031 - FG Agosto/2014 MG - DAPI 1; ICMS-MG Fumo; ICMS-MG GIA/Água Natural APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS;

Leia mais

IR-FONTE Rendimentos de Aplicações Financeiras, Juros Sobre Capital Próprio, Prêmios, Multas e Vantagens, de que trata o art. 7º da Lei nº 9.

IR-FONTE Rendimentos de Aplicações Financeiras, Juros Sobre Capital Próprio, Prêmios, Multas e Vantagens, de que trata o art. 7º da Lei nº 9. AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL JANEIRO DE 2016 06.01 (4ª Feira) IR-FONTE Rendimentos de Aplicações Financeiras, Juros Sobre Capital Próprio, Prêmios, Multas e Vantagens, de que trata o art. 7º da Lei nº 9.430/1996

Leia mais

Julho/2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul Minas Gerais

Julho/2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC. Santa Catarina Minas Gerais. Federal Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul Minas Gerais Julho/2015 01 02 03 04 05 06 07 ICMS-MG IRRF; IOF; APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS. Código de Prazo de Recolhimento (CPR): 1031 - FG GIA/Água Natural MG - DAPI 1; ICMS-MG Fumo; ICMS-MG ICMS/

Leia mais

Página 1 de 12 Agenda Tributária Emissão: às 14:02h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Estado: São - Cidade: São - Dia Inicial: 1 - Dia Final: 31 Dia

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA NOVEMBRO DE 2015

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA NOVEMBRO DE 2015 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA NOVEMBRO DE 2015 Até dia Obrigação 5 IRRF Histórico Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.10.2015,

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 07/2015 3ª SEMANA FEVEREIRO DE 2015

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 07/2015 3ª SEMANA FEVEREIRO DE 2015 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 07/2015 3ª SEMANA FEVEREIRO DE 2015 DESTAQUES DA SEMANA: TRIBUTOS

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DO MÊS DE MARÇO DE 2010

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DO MÊS DE MARÇO DE 2010 CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DO MÊS DE MARÇO DE 2010 03/03 05/03 (6ª. Feira) 09/03 (3ª. Feira) 10/03 IR Retido na Fonte - Apurado no 3 Decêndio de deze mbro - Período de 21 a 28/02/2010 IRRF -

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 10/2015 2ª SEMANA MARÇO DE 2015

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 10/2015 2ª SEMANA MARÇO DE 2015 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 10/2015 2ª SEMANA MARÇO DE 2015 DESTAQUES DA SEMANA: TRIBUTOS

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2011

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2011 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA FEVEREIRO DE 2011 Até dia Obrigação Histórico 3 IRRF Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.01.2011,

Leia mais

Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015

Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015 Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015 Dia: 13 CIDE - Combustíveis - 9331 Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a comercialização de petróleo e seus derivados, gás

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

Agenda Tributária: de 07 a 13 de maio de 2015

Agenda Tributária: de 07 a 13 de maio de 2015 Agenda Tributária: de 07 a 13 de maio de 2015 Dia: 07 CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados Envio ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) da relação das admissões, demissões e transferências

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES FISCAIS. Período de 01.01 a 31.01.2016

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES FISCAIS. Período de 01.01 a 31.01.2016 033 18/12/2015 1 de 14 DIA 04 1.ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Recolhimento do ICMS/ Substituição Tributária correspondente a fatos geradores ocorridos no mês de outubro/2015 pelas empresas cujas autopeças,

Leia mais

67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal?

67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal? OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS 67. As ME e EPP, optantes ou não pelo Simples Nacional, podem emitir que tipo de nota fiscal? Nas operações de vendas a contribuinte, a Nota Fiscal, modelos 1 e 1-A ou a Nota Fiscal

Leia mais

Outubro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; Santa Catarina Minas Gerais. Rio Grande do Sul Minas Gerais

Outubro/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; Santa Catarina Minas Gerais. Rio Grande do Sul Minas Gerais Outubro/ 2015 01 02 04 05 06 07 ICMS-MG GIA/Água Natural MG - DAPI 1; ICMS-MG Fumo; ICMS-MG IRRF; IOF; APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS; ICMS/ Débito Próprio -Distribuidora de Combustíveis; ICMS/

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES NOVEMBRO/2015

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES NOVEMBRO/2015 CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES NOVEMBRO/2015 05.11 (5ª feira) - IRRF Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte, correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.10.2015, incidente sobre

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS 1ª PARTE

OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS 1ª PARTE OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS 1ª PARTE OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE AGOSTO DE 2011 (ÂMBITO FEDERAL) PRAZO NATUREZA DISCRIMINAÇÃO 03.08 03.08 05.08

Leia mais

Maio/ 2014. Minas Gerais Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG. Federal Paraná Rio de Janeiro. Rio Grande do Sul.

Maio/ 2014. Minas Gerais Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG. Federal Paraná Rio de Janeiro. Rio Grande do Sul. 02 Maio/ 2014 ICMS-MG 04 MG - DAPI 1; ICMS-MG 05 06 07 APRENDIZAGEM; ICMS-MG ICMS-PR Empresas Prestadoras de Serviços de Telecomunicações; Contribuintes a que se refere o Decreto 31.235/2002 GIA/Água Natural;

Leia mais

OBRIGAÇÕES EMPRESARIAIS (FISCAIS,TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS) MARÇO DE 2010

OBRIGAÇÕES EMPRESARIAIS (FISCAIS,TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS) MARÇO DE 2010 OBRIGAÇÕES EMPRESARIAIS (FISCAIS,TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS) MARÇO DE 2010 03.03 (4ª feira) Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital próprio, aplicações

Leia mais

Agenda Tributária: de 18 a 24 de junho de 2015

Agenda Tributária: de 18 a 24 de junho de 2015 Agenda Tributária: de 18 a 24 de junho de 2015 Dia: 18 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 5, 6 e 7 Os contribuintes com a inscrição estadual final 5, 6 ou 7, deverão

Leia mais

Agenda de Obrigações Federal - Junho/2015

Agenda de Obrigações Federal - Junho/2015 Agenda de Obrigações Federal - Junho/2015 Até: Quarta-feira, dia 3 IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de maio/2015: - Operações de crédito - Pessoa Jurídica - Cód. Darf 1150 - Operações de crédito

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES SETEMBRO/2015

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES SETEMBRO/2015 CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES SETEMBRO/2015 03.09 (5ª feira) - IRRF Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte, correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.08.2015, incidente sobre

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010 1 CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010 Dia 06-10-2010 (Quarta-feira): SALÁRIOS Todos os empregadores, assim definidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Fato

Leia mais

Agenda de Obrigações Tributárias, Trabalhistas e Previdenciárias

Agenda de Obrigações Tributárias, Trabalhistas e Previdenciárias Agenda de Obrigações Tributárias, Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2016 Tipo Dia Obrigação 01/02-2ª Feira 03/02-4ª Feira INSS GPS - Fixação no Quadro de Horário O art. 225, VI do Decreto n 3.048/1999,

Leia mais

ANEXO I IMPOSTO SOBRE A RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS (IRPJ) ANEXO II IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE (IRRF) Item Código/ Variação

ANEXO I IMPOSTO SOBRE A RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS (IRPJ) ANEXO II IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE (IRRF) Item Código/ Variação 1 ANEXO I IMPOSTO SOBRE A RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS (IRPJ) Item Código/ Variação Periodicidade Período de Apuração do Fato Denominação Gerador 1 0220/01 Tr i m e s t r a l A partir do 1º trimestre de

Leia mais

Maranhão > Novembro/2015

Maranhão > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Maranhão >

Leia mais

Ato Declaratório Executivo Corat nº 27, de 27 de março de 2003

Ato Declaratório Executivo Corat nº 27, de 27 de março de 2003 Ato Declaratório Executivo Corat nº 27, de 27 de março de 2003 Divulga a Agenda Tributária do mês de abril de 2003. O COORDENADOR-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA, no uso de suas atribuições declara:

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 37/2014 3ª SEMANA SETEMBRO DE 2014

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 37/2014 3ª SEMANA SETEMBRO DE 2014 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 37/2014 3ª SEMANA SETEMBRO DE 2014 DESTAQUES DA SEMANA: TRIBUTOS

Leia mais

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Como trabalhamos? no passado a pouco tempo Daqui para frente ECD Escrituração Contábil Digital IN RFB 787/07 O que é? : É a substituição

Leia mais

Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2015

Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2015 Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Janeiro de 2015 Dia: 07/01/2015 Pagamento de Salários Pagamento mensal de salários até o 5º dia útil. Fundamento: 1º do art. 459 e art. 465, ambos da

Leia mais

DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E COFINS

DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E COFINS O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, LEI Nº 9.718, DE 27 DE NOVEMBRO DE 1998. Altera a Legislação Tributária Federal. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Esta Lei aplica-se

Leia mais

EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários

EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários Sumário 1. Conceito 2. Procedimentos Fiscais na Extinção 2.1 - Pessoa Jurídica Tributada Com Base no Lucro Real 2.2 - Pessoa Jurídica Tributada Com Base

Leia mais

Agenda de Obrigações Federal - Fevereiro/2015

Agenda de Obrigações Federal - Fevereiro/2015 Agenda de Obrigações Federal - Fevereiro/2015 Até: Quarta-feira, dia 4 IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de janeiro/2015: - Operações de crédito - Pessoa Jurídica - Cód. Darf 1150 - Operações

Leia mais

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO

DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO Agosto de 2015 Palestra DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NA AQUISIÇÃO DE MERCADORIAS INTRERESTADUAIS Tributação do ICMS nas entradas de outra Unidade da Federação

Leia mais

Descrição da Obrigação

Descrição da Obrigação Obrigações Federais Agenda de Obrigações Fiscais Notas Cenofisco: CALENDÁRIO 1ª) Tendo em vista que o Calendário foi elaborado com base na legislação vigente em 10/08/2015, o assinante deverá manter-se

Leia mais

Distrito Federal > Novembro/2015

Distrito Federal > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Distrito Federal

Leia mais

FEDERAÇÃO DOS CONTABILISTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA

FEDERAÇÃO DOS CONTABILISTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Obrigação Histórico Documento/ Formulário 03/07/2013 -Quarta-feira Código IOF IRRF Pagamento do Imposto sobre Operações Financeiras correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21/06/13 a 30/06//13,

Leia mais

OBRIGAÇÕES FEDERAIS JUNHO/2008

OBRIGAÇÕES FEDERAIS JUNHO/2008 OBRIGAÇÕES FEDERAIS JUNHO/2008 2 4 (Quarta) 5 (Quinta) 6 CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PESSOAS OBRIGADAS: Empregadores, inclusive domésticos, que participaram de ação judicial

Leia mais

Outubro/ 2013. Santa Catarina Arquivo Eletrônico SCANC; Santa Catarina. Federal. Santa Catarina. São Paulo. Federal Rio Grande do Sul.

Outubro/ 2013. Santa Catarina Arquivo Eletrônico SCANC; Santa Catarina. Federal. Santa Catarina. São Paulo. Federal Rio Grande do Sul. Outubro/ 2013 01 02 03 04 07 09 10 IRRF; IOF; Código de Prazo de Recolhimento (CPR): 1031 - FG APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS; SALÁRIOS; GIA/Água Natural; DACON DE AGOSTO/2013; FGTS; CAGED;

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº - 99,

ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº - 99, ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº - 99, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2011(DOU de 02/01/2012) Dispõe sobre o preenchimento da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF), em relação a fatos geradores

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA ATO DECLARATÓRIO Nº 33, de 28 de agosto de 2000. O COORDENADOR-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO

Leia mais

Histórico: Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de

Histórico: Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de Agenda de Obrigações Federal - Outubro/2015 Até: Segunda-feira, dia 5 IOF Pagamento do IOF apurado no 3º decêndio de setembro/2015: - Operações de crédito - Pessoa Jurídica - Cód. Darf 1150 - Operações

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2012

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2012 Page 1 of 5 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2012 06/02/2012 SALÁRIOS 07/02/2012 Pagamento de salários - mês de JANEIRO/2012 Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT.

Leia mais

Página 1 de 28 Agenda Tributária Emissão: às 14:00h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Dia Inicial: 1 - Dia Final: Dia Área Assunto Obrigação Cód.

Leia mais

Cape contabilidade LUCRO REAL

Cape contabilidade LUCRO REAL 1. CONCEITO LUCRO REAL No regime do lucro real o Imposto de Renda devido pela pessoa jurídica é calculado sobre o valor do lucro líquido contábil ajustado pelas adições, exclusões e compensações prescritas

Leia mais

C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES

C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES C A L E N D Á R I O D E O B R I G A ÇÕES DIA 04 QUARTA F E V E R E I ro/ 2 0 1 5 IMPOSTO /CONTRIBUIÇÃO IRRF (Fato Gerador 21/01/2015 a 31/01/2015) Juros sobre capital próprio e aplicações financeiras,

Leia mais

Agenda Tributária: de 06 a 12 de Março de 2014

Agenda Tributária: de 06 a 12 de Março de 2014 Agenda Tributária: de 06 a 12 de Março de 2014 Dia: 06 SP - Transmissão Eletrônica de Dados - Operações Interestaduais com Combustíveis - Importador O contribuinte importador de combustíveis deverá entregar,

Leia mais

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped.

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped. 001 O que é a EFD-Contribuições? A EFD-Contribuições é a Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2013

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2013 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2013 INFORMAÇÕES GERAIS Pessoa Jurídica Lucro Real Tributação com base no lucro efetivo demonstrado através do livro diário de contabilidade (obrigatório) 1. Empresas obrigadas à apuração

Leia mais

NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016. Daisy Machado

NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016. Daisy Machado NOVIDADES NA CONTABILIDADE EMPRESARIAL EM 2016 Daisy Machado Regras para NFCe e NFe Na NFC-e a identificação é opcional, mas para entrega em domicílio (campo indpres=4), independentemente do valor da operação,

Leia mais

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 28/2014 2ª SEMANA JULHO DE 2014

CCA BERNARDON DESTAQUES DA SEMANA: CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 28/2014 2ª SEMANA JULHO DE 2014 News Consultoria, treinamento para gestão administrativa e atuação em processos e negócios. CCA BERNARDON CONTADORES E ADVOGADOS SEMANÁRIO Nº 28/2014 2ª SEMANA JULHO DE 2014 DESTAQUES DA SEMANA: TRIBUTOS

Leia mais

Junho/ 2013. São Paulo. Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul. Federal. São Paulo. Federal. Federal. Federal

Junho/ 2013. São Paulo. Santa Catarina São Paulo. Rio Grande do Sul. Federal. São Paulo. Federal. Federal. Federal 02 03 Junho/ 2013 ICMS Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR); ICMS Scanc Importador; ICMS Scanc TRR; 04 05 06 07 10 GIA/Água Natural; IRRF; IOF; APRENDIZAGEM - NÚMERO DE MATRÍCULAS NOVAS; CPR

Leia mais

IR Retido na Fonte - Apurado no Período do Fato Gerador - 21 a 31 de agosto de 2012.

IR Retido na Fonte - Apurado no Período do Fato Gerador - 21 a 31 de agosto de 2012. 05/09(4ª. Feira) IR Retido na Fonte - Apurado no Período do Fato Gerador - 21 a 31 de agosto de 2012. IRRF - Juros sobre Capital Próprio e Aplicações Financeiras, Prêmios e outros rendimentos de Capital

Leia mais

Federal - Maio 2015 COMPROVANTE MENSAL DE RETENÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E DA COFINS - AUTOPEÇAS 06 IOF 06 IR/FONTE

Federal - Maio 2015 COMPROVANTE MENSAL DE RETENÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E DA COFINS - AUTOPEÇAS 06 IOF 06 IR/FONTE Federal - Maio 15 Data Tributos Descrição 05 06 IOF COMPROVANTE MENSAL DE RETENÇÃO DA PARA O PIS/PASEP E DA COFINS - AUTOPEÇAS 06 IR/FONTE 07 CAGED - CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS - INTERNET

Leia mais