A CRUZ, ÁPICE LUMINOSO DO AMOR DE DEUS QUE NOS GUARDA Chamados, também nós, a sermos guardiões por amor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A CRUZ, ÁPICE LUMINOSO DO AMOR DE DEUS QUE NOS GUARDA Chamados, também nós, a sermos guardiões por amor"

Transcrição

1 A CRUZ, ÁPICE LUMINOSO DO AMOR DE DEUS QUE NOS GUARDA Chamados, também nós, a sermos guardiões por amor Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! D: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. T: Amém. Canto Inicial: 1. Ele assumiu nossas dores / veio viver como nós. / santificou nossas vidas, / cansadas, vencidas de tanta ilusão. / Ele falou do teu reino e te chamava de Pai / E revelou tua imagem que deu-nos coragem de sermos irmãos. Ousamos chamar-te de Pai, / ousamos chamar-te Senhor. / //: Jesus nos mostrou que tu sentes e ficas presente onde mora o amor. :// * //:Pai nosso que estais no céu, Pai nosso que estais aqui. :// 2. Ele mostrou o caminho / veio dizer quem tu és / disse com graça e com jeito que os nossos defeitos tu vais perdoar. / Disse que a vida que destes / queres com juros ganhar / cuidas de cada cabelo que vamos perdendo sem mesmo notar. D: Na Via-Sacra que estamos prestes a começar, haverá uma referência constante ao dom de sermos guardados pelo amor de Deus, nomeadamente por Jesus crucificado, e ao dever de, por nossa vez, sermos por amor guardiões da criação inteira, de todas as pessoas, especialmente da mais pobre, de nós mesmos e das nossas famílias, para fazer brilhar a estrela da esperança. Queremos viver esta Via-Sacra numa profunda intimidade com Jesus. Vendo com atenção aquilo que está escrito nos Evangelhos, individuar-se-ão discretamente alguns sentimentos e pensamentos que poderiam ocupar a mente e o coração de Jesus naquelas horas de provação. Ao mesmo tempo, deixar-nos-emos interpelar por algumas situações de vida que caracterizam positiva ou negativamente os nossos dias. Expressaremos assim uma ressonância, que traduz o nosso desejo de realizar algum passo de imitação de Nosso Senhor Jesus Cristo na sua paixão. Oração D: Ó Pai, que quisestes salvar os homens com a morte do vosso Filho na Cruz, concedei-nos que, tendo conhecido na terra o seu mistério de amor, sejamos suas testemunhas, por palavras e obras, junto de todos aqueles que nos fazeis encontrar na vida diária. Por Cristo Senhor Nosso. Amém. 1

2 I ESTAÇÃO Jesus é condenado à morte Intimidade, traição, condenação L: Do Evangelho segundo São Marcos: «Tomando novamente a palavra, Pilatos disse-lhes: Então que quereis que faça daquele a quem chamais rei dos judeus? Eles gritaram novamente: Crucifica-o! ( ) Pilatos, desejando agradar à multidão, soltou-lhes Barrabás; e, depois de mandar flagelar Jesus, entregou-o para ser crucificado». L: Acabei de celebrar a Páscoa com os meus discípulos. Tinha-o desejado ardentemente: a última Páscoa, antes da paixão, antes de voltar para Ti! Inesperadamente, porém, senti-me turbado. A um discípulo meu, o diabo meteu-lhe no coração a ideia de me trair. No jardim do Getsémani, veio ter comigo. Com um gesto que significa amor, saudou-me dizendo: «Salve, Mestre!». E deu-me um beijo. Que amargura, naquele momento! Durante a ceia, implorei-te, Pai, que guardasses os meus discípulos no teu nome, para serem um só, como Nós o somos T: Nós somos, ó Jesus, / ainda mais frágeis na fé / do que os primeiros discípulos. / Corremos o risco de Vos trair, / quando o vosso amor deveria levar-nos a crescer / no amor por Vós. / Precisamos de oração, / vigilância, sinceridade e verdade./ Assim a fé crescerá. / E será robusta e jubilosa. D: Guardados pela Eucaristia. «O vosso corpo e o vosso sangue, Senhor Jesus, nos guardem para a vida eterna». Que este milagre se realize para os sacerdotes que presidem à Eucaristia e para todos nós, fiéis, que nos aproximamos do altar para receber-vos a Vós, pão vivo descido do céu. A morrer crucificado, * teu Jesus é condenado * //:Por teus crimes, pecador:// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 2

3 II ESTAÇÃO Jesus abraça a cruz «Contado entre os pecadores» L: Do Evangelho segundo São Marcos «Depois de o terem escarnecido, tiraram-lhe o manto de púrpura e revestiram-no das suas vestes. Levaram-no, então, para o crucificarem». L: Rodeiam-me os soldados do governador. Para eles, já não sou uma pessoa, mas uma coisa. À minha custa querem divertir-se, fazer pouco de mim. Por isso me vestem de rei. Está pronta também uma coroa, mas de espinhos. Batem-me na cabeça com uma cana. Cospem sobre mim. Levam-me para fora. Ecoam em mim palavras dramáticas do profeta Isaías sobre o Servo do Senhor. Dizem que não tem aparência de beleza; é desprezado; é o homem das dores; é como um cordeiro levado ao matadouro; é eliminado da terra dos vivos; é ferido de morte. Aquele Servo sou Eu, para desvendar a grandeza do amor de Deus pelo homem. T: Assim Vós, ó Jesus, / fostes «contado entre os pecadores». / Na primeira geração cristã, / precisamente porque falavam publicamente de Vós, / Pedro e João, / Paulo e Silas / atravessaram o limiar da prisão. / E assim aconteceu muitas vezes ao longo dos séculos. Mesmo nestes dias, / há homens e mulheres que são presos, / condenados ou até mesmo trucidados, / só porque são crentes ou comprometidos / em prol da justiça e da paz. / Não se envergonham da vossa cruz. / São, para nós, admiráveis exemplos a imitar. COM AS PALAVRAS DE UM MÁRTIR (SHAHBAZ BHATTI) D: Na manhã do dia 2 de Março de 2011, o paquistanês Shahbaz Bhatti, Ministro das Minorias, foi morto por um grupo de homens armados. No seu testamento espiritual, tinha escrito: «Lembro-me de uma sexta-feira de Páscoa, quando tinha apenas treze anos: ouvi um sermão sobre o sacrifício de Jesus pela nossa redenção e pela salvação do mundo. E pensei que devia corresponder àquele seu amor dando amor aos nossos irmãos e irmãs, colocando-me ao serviço dos cristãos, especialmente dos pobres, dos necessitados e dos perseguidos que vivem neste país islâmico. Quero que a minha vida, o meu carácter, as minhas ações falem por mim e digam que estou a seguir Jesus Cristo. Este desejo é tão forte em mim, que me consideraria privilegiado se Jesus quisesse aceitar o sacrifício da minha vida». À luz deste testemunho, oremos: Senhor Jesus, sustentai intimamente os perseguidos. Difunda-se pelo mundo o direito fundamental à liberdade religiosa. Nós Vos damos graças por todos aqueles que oferecem, como «anjos», sinais maravilhosos do vosso Reino que vem. Com a cruz é carregado * e do peso acabrunhado, *//:vai morrer por teu amor:// 3

4 III ESTAÇÃO Jesus cai sob o peso da cruz «Eis o Cordeiro de Deus» L: Do Livro do profeta Isaías «Foi ferido por causa dos nossos crimes, esmagado por causa das nossas iniquidades. O castigo que nos salva caiu sobre ele, fomos curados pelas suas chagas». L: Sinto-me vacilar enquanto dou os primeiros passos para o Calvário. Já perdi muito sangue. Tenho dificuldade em aguentar o peso do madeiro que devo levar. E, assim, caio por terra. Alguém me levanta. Em volta de mim, vejo tantas pessoas. Certamente haverá também quem me ame. Outros são apenas curiosos. Penso em João Batista que, no início da minha vida pública, disse: «Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!» Revela-se agora a verdade daquelas palavras. T: Ó Jesus, / este é o dia em que de modo algum / devemos parecer-nos com o fariseu / que se louva a si mesmo, / mas com o publicano / que não ousa sequer levantar a cabeça. / Por isso, / Vos pedimos confiadamente a Vós, / Cordeiro de Deus, / o perdão dos nossos pecados/ por pensamentos, palavras, / atos e omissões. / Meditando no peso da vossa cruz, / não nos envergonharemos / de traçar sobre nós mesmos o sinal da cruz: / «É uma ajuda eficaz: / gratuita para os pobres / e, para quem é fraco, / não requer qualquer esforço. / Trata-se, efetivamente, / de uma graça de Deus». D: O vosso Filho partilhou a nossa vida humana. Nós Vos glorificamos, Pai Santo, porque repetidas vezes, pelos profetas, nos formastes na esperança da salvação. Nós Vos glorificamos, porque de tal modo amastes o mundo que nos enviastes o vosso Filho Unigénito. Para cumprir o vosso plano salvador, Ele viveu a nossa condição humana em tudo igual a nós, exceto no pecado; anunciou a salvação aos pobres, a libertação aos oprimidos, a alegria aos que sofrem. Obrigado, ó Pai! Pela cruz tão oprimido, * cai Jesus desfalecido //:pela tua salvação. :// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 4

5 IV ESTAÇÃO O encontro com a Mãe Uma espada trespassa a alma L: Do Evangelho segundo São Lucas «Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe: Este menino está aqui para queda e ressurgimento de muitos em Israel e para ser sinal de contradição; uma espada trespassará a tua alma. Assim hãode revelar-se os pensamentos de muitos corações. ( ) Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração». L: No meio da multidão, está a minha mãe. O meu coração bate agitado. Não consigo vê-la bem. O sangue escorreu-me também para o rosto. Quando tinha apenas quarenta dias, fui levado ao Templo, de acordo com a Lei de Moisés, para a oferta. Ao meu pai e à minha mãe, falou um profeta. Chamava-se Simeão. Tomou-me nos seus braços. Disse que eu haveria de ser um «sinal de contradição» e que, à minha mãe, «uma espada haveria de trespassar-lhe a alma». Palavras que, neste momento, se fazem ardente realidade para ela e para mim. Hoje tem plena realização a oferta daquele dia. T: «Ó Filho meu, / de linhagem divina, / sois arrastados pelas mãos destes génios do mal e suportai-los; / viestes pôr-vos em cadeias / e, voluntariamente, / deixais-vos levar por eles, / Vós que sois o libertador / das cadeias do género humano acorrentado! / Oh como me sinto destruída! / Dizei-me, / dizei-me uma palavra, / Palavra de Deus Pai, / não passeis, em silêncio, / diante da vossa serva feita vossa mãe». / Ó Jesus, / o drama que enfrentais, / juntamente com a vossa mãe, / por uma ruela de Jerusalém, / faz-nos pensar em tantos dramas familiares presentes no mundo. / Há-os para todos: / mães, pais, filhos, avós e avôs. / Julgar é fácil; / mais importante, porém, / é pormo-nos no lugar dos outros / e ajudá-los até onde nos for possível. / Vamos procurar fazê-lo. Canto: 1.Nossa Senhora implora * por nós junto ao Filho seu. * Nossa Senhora pede * uma bênção que vem de Deus. * Nossa Senhora é Mãe, * em Belém e também lá na cruz. * Chora, mas crê na vida que vê, * a Mãe do Senhor Jesus. Ave, Maria, Nossa Senhora, * //:roga noite e dia * pelo teu povo que chora. :// 2. Nossa Senhora implora * ao mundo que esquece Deus, * Nossa Senhora pede * com carinho aos filhos seus: * Rezem com devoção * a oração que meu Filho ensinou, * sejam fiéis na vida e na Cruz, * ao Nosso Senhor Jesus. D: «Fazei o que Ele vos disser» Maria Santíssima, mãe de Jesus, esposa de José, nós vos pedimos que acompanheis o Sínodo dos Bispos dedicado à família. Intercedei pelo Papa, pelos Bispos e por todos aqueles que estão diretamente envolvidos nele. Sejam dóceis ao Espírito Santo e cheguem a um válido discernimento. Sempre tenham presente o salmo que diz: «O amor e a verdade vão encontrar-se». Em Caná, ó Maria, sugeristes aos serventes: «Fazei o que Ele vos disser». Sustentai os esposos e os pais cristãos, chamados a dar testemunho da beleza duma família inspirada e guiada pelas diretrizes de Jesus. De Maria lacrimosa, * sua Mãe tão dolorosa, * //: vê a imensa compaixão:// 5

6 V ESTAÇÃO O Cireneu ajuda Jesus a levar a cruz Ao voltar do campo L: Do Evangelho segundo São Lucas «Quando o iam conduzindo, lançaram mão de um certo Simão de Cirene, que voltava do campo, e carregaram-no com a cruz, para a levar atrás de Jesus». L: Ouço gritos em redor de mim. À força agarram um camponês que passava por ali, talvez por acaso. Sem grandes explicações, constringem-no a carregar o meu peso. Sinto-me aliviado. Mandam-lhe que se ponha atrás de mim. Iremos juntos até ao lugar do suplício. Mais do que uma vez, ao pregar o Reino de Deus, eu dissera: «Quem não tomar a sua cruz para me seguir, não pode ser meu discípulo». [25] Mas agora este homem carrega inclusive a minha. Talvez não saiba sequer quem sou, mas entretanto ajuda-me e segue-me. EM LOUVOR DE SIMÃO T: «Bem-aventurado sejas também tu, Simão, / que levaste durante a vida a cruz / atrás do nosso Rei. / Sentem-se orgulhosos/ aqueles que levam as insígnias dos reis, / e contudo desvanecer-se-ão os reis com as suas insígnias. / Bem-aventuradas as tuas mãos / que se ergueram para levar em procissão a cruz de Jesus, / que nos deu a vida». / Também para alguns de nós, / o encontro convosco, ó Senhor, / talvez se tenha dado de forma totalmente imprevista. / Mas depois cresceu. / Consideramos ser uma grande graça vossa/ o fato de não faltarem, entre nós, cireneus. / Eles carregam a cruz dos outros. / Fazem-no com perseverança. / É o amor que os move. / A sua presença torna-se fonte de esperança. / Põem em prática o convite de São Paulo: / «Carregai as cargas uns dos outros». / E deste modo guardam os irmãos. D: Quem não precisa de um cireneu? Senhor Jesus, dissestes que «a felicidade está mais em dar do que em receber». Tornai-nos disponíveis, também a nós, para cumprirmos a tarefa do «cireneu». Quem observar o nosso estilo de vida, sinta-se encorajado vendo-nos cultivar o que é belo, justo, verdadeiro, essencial. Quem for frágil ver-nos-á humildes, porque, em muitos aspectos, também nós somos frágeis. Quem receber de nós sinais de gratuidade, perceberá que nós mesmos temos mil motivos para dizer «obrigado». Mesmo quem não puder correr, poderá estar tranquilo porque nos é querido; encontrar-nos-á prontos a abrandar: não queremos deixá-lo para trás. Em extremo desmaiado, * deve auxílio, tão cansado * //:receber do Cireneu. :// 6

7 VI ESTAÇÃO A Verónica limpa o rosto de Jesus Discípulas L: Do Evangelho segundo São Lucas «Jesus ia de cidade em cidade, de aldeia em aldeia, proclamando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. Acompanhavam-no os Doze e algumas mulheres, que tinham sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demónios; Joana, mulher de Cuza, administrador de Herodes; Susana e muitas outras, que os serviam com os seus bens». L: No meio da multidão, há muitas mulheres. A gentileza impele alguma delas a aproximar-se para me limpar o rosto. Este gesto faz-me aflorar ao pensamento diversos encontros. Um deu-se apenas há uma semana. Ceei, por amizade, em Betânia, hóspede de Marta, Maria e Lázaro. Maria ungiu-me os pés com perfume de nardo puro. Disse-lhe, para surpresa dela, que o conservasse para a minha sepultura. Vejo-me também sentado junto do poço de Sicar. Estava cansado e com sede. Chega então uma mulher samaritana com um cântaro. Peço-lhe água. Aludo a uma água que jorra para a vida eterna. Parecia que estivesse à espera deste dom para abrir o seu coração. Queria contar-me tudo sobre si mesma. Vi-a, maravilhado, escavar dentro da sua consciência. Regressou à praça da cidade, falando de mim e dizendo: «Não será ele o Messias?» T: Ó Jesus, / nesta noite, / é significativa entre nós a presença feminina. / Nos Evangelhos, / as mulheres ocupam um lugar relevante. / Assistiram-Vos, a Vós e aos apóstolos, / com os seus bens. / Algumas delas estiveram presentes durante a vossa paixão. / E serão as primeiras a levar o anúncio da vossa ressurreição. / O génio feminino / desafia-nos a viver a fé permeada de carinho para convosco. / Assim no-lo ensinam todos os Santos. / Queremos percorrer a sua estrada. D: O dom da maternidade espiritual. Senhor Jesus, o anúncio da fé no mundo e o caminho das comunidades cristãs são imensamente apoiados pelas mulheres. Conservai-as como testemunhas daquela felicidade que floresce do encontro convosco e constitui o segredo profundo da sua vida. Guardai-as como sinal luminoso de maternidade junto dos últimos que, no seu coração, se tornam os primeiros. O seu rosto ensanguentado, * por Verônica enxugado, * //: eis, no pano apareceu. :// Pela virgem dolorosa, * Vossa Mãe tão piedosa, //: perdoai-me, bom Jesus. :// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 7

8 VII ESTAÇÃO Jesus cai pela segunda vez «Não te afastes de mim» L: Do Evangelho segundo São Lucas «Então, vindo do Céu, apareceu-lhe um anjo que o confortava. Cheio de angústia, pôs-se a orar mais instantemente, e o suor tornou-se-lhe como grossas gotas de sangue, que caíam na terra». L: A fadiga não é apenas física. Há algo mais profundo que devo ter em conta. Ontem à noite, estive longamente a rezar ao Pai, prostrado no chão. O meu suor era como gotas de sangue. Estava já na agonia. Estou compartilhando a experiência suprema e difícil de todo o ser humano às portas da morte. Obrigado, meu Pai, por me teres mandado naquele momento um anjo do céu para me confortar! T: Jesus, / quanta tristeza no abismo de muitas almas / feridas pela solidão, / o abandono, / a indiferença, / a doença, / a morte de um ente querido! / Incalculável é, depois, / o sofrimento daqueles que estão no meio de acontecimentos cruéis, / de palavras de ódio e falsidade; / ou que encontram corações de pedra / que provocam lágrimas / e levam ao desespero. / O coração do homem / o coração de todos nós / espera por algo muito diverso: / uma guarda feita de amor. / Assim no-lo ensinais Vós, ó Jesus, / a nós e a todos os homens de boa vontade: / Amai-vos uns aos outros/ assim como Eu vos amei. D: Coração meu, guarda e consola! Abre-te, coração meu. Sê amplo como o coração de Deus. Abre-te para levares esperança. Abre-te para tomares ao teu cuidado. Abre-te para ouvir. Abre-te para pores bálsamo nas feridas. Abre-te para dares luz a quem está nas trevas. Guarda e consola hoje, amanhã e sempre. Outra vez desfalecido, * pelas dores abatido, * //: cai em terra o salvador. :// 8

9 VIII ESTAÇÃO Jesus encontra as mulheres de Jerusalém «Vós sois o sal da terra. ( ) Vós sois a luz do mundo» L: Do Evangelho segundo São Lucas «Seguiam Jesus uma grande multidão de povo e umas mulheres que batiam no peito e se lamentavam por Ele. Jesus voltou-se para elas e disse-lhes: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim, chorai antes por vós mesmas e pelos vossos filhos». L: Ainda poucos dias passaram da minha entrada em Jerusalém. Uma pequena multidão de discípulos fez-me festa. Até me aclamou dizendo: «Bendito seja o rei que vem em nome do Senhor». Na sua simplicidade, aquele momento foi solene. E contudo os fariseus deram mostras de desagrado. A festa não me impediu as lágrimas provocadas pela vista da cidade. Agora, enquanto sigo fadigosamente para o Gólgota, ressoam vozes de mulheres que se lamentam por mim e batem no peito. T: Também hoje, Jesus, / vendo as nossas cidades, / podereis talvez ter motivos para chorar. / É que também nós podemos ser cegos diante de Vós, / sem entender o caminho de paz por Vós indicado. / Mas agora sentimos como vossa chamada / aquela que expressastes no Sermão da Montanha: / «Felizes os puros de coração, porque verão a Deus. / Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus». / E aquilo que dissestes, depois, / aos vossos discípulos:/ «Vós sois o sal da terra. ( ) / Vós sois a luz do mundo. ( ) / Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, / de modo que, vendo as vossas boas obras, / glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus». D: Na luz da Jerusalém do Céu Senhor Deus, chamastes-nos para a Jerusalém do Céu, que é a tenda de Deus com os homens. Prometestes que lá serão enxugadas todas as lágrimas dos nossos olhos. Não haverá mais morte, nem luto, nem pranto, nem dor. Vós sereis o nosso Deus e nós o vosso povo. Guardai em nós a esperança de que, depois do tempo fatigoso da sementeira em lágrimas, chega o tempo jubiloso da ceifa. Das mulheres piedosas, * de Sião filhas chorosas, * //: é Jesus consolador. :// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 9

10 IX ESTAÇÃO Jesus cai pela terceira vez A «viagem» de Jesus L: Do Evangelho segundo São João «Saí do Pai e vim ao mundo; agora deixo o mundo e vou para o Pai». L: A minha viagem terrena está prestes a terminar. Quando nasci, a minha mãe recostou-me numa manjedoura. Passei quase toda a minha vida em Nazaré. Mergulhei na história do povo eleito. Como enviado itinerante do Pai, anunciei a largura do seu amor, que não esquece ninguém; o comprimento do seu amor, fiel através de todas as gerações; a altura do seu amor, esperança que vence a própria morte; e a profundidade do seu amor, que me enviou, não para os justos, mas para os pecadores. Muitos me ouviram e seguiram, tornando-se meus discípulos; outros não me compreenderam. Também alguns me combateram e, por fim, condenaram-me. Mas neste momento, mais do que nunca, sou chamado a revelar o amor de Deus pelo homem. T: Jesus, / perante o vosso amor e o do Pai, / perguntamo-nos sobre o risco de nos deixar fascinar pelo mundo, / para quem a vossa paixão e morte / não passam de «loucura e escândalo», / quando na verdade são «poder e sabedoria de Deus»? / Porventura não seremos cristãos mornos, / ao passo que o vosso amor é um mistério de fogo? / Porventura damo-nos conta de que, / antes de Deus vir até junto de nós, / não sabíamos quem pudesse ser Deus? / Quando chegastes Vós, Filho Unigénito, / Deus, que nos tinha plasmado à sua imagem, / permitiu-nos levantar o olhar para Ele / e prometeu-nos o Reino dos céus? / Como não havemos então de amar Aquele que nos amou primeiro? D: «Abbá, ó Pai» Senhor Deus, ousamos dizer-vos: «Pai nosso». Pensar em nós mesmos como filhos é um dom maravilhoso do qual Vos somos eternamente gratos. Sabemos, ó Pai, que não somos apenas um grão de pó no universo. Destes-nos uma grande dignidade, chamastes-nos à liberdade. Libertai-nos de toda a forma de escravidão. Não nos deixeis vagar longe de Vós. Guardai, ó Pai, cada um de nós. Guardai cada homem que habita na terra. Cai terceira vez prostrado, * pelo peso redobrado* //: dos pecados e da cruz.:// 10

11 X ESTAÇÃO Jesus despojado das vestes A túnica L: Do livro dos Salmos «Repartem entre si as minhas vestes e sorteiam a minha túnica». L: Mantenho-me em silêncio. Sinto-me humilhado por um gesto aparentemente banal. Já fui despojado horas atrás. Penso na minha Mãe, aqui presente. A minha humilhação é também a sua. Também desta forma é trespassada a sua alma. A Ela devo a túnica que me foi arrancada e que é um símbolo do seu amor por mim. T: A vossa túnica, Senhor, / leva-nos a meditar sobre um momento de graça / e, simultaneamente, / sobre factos que violam a dignidade do homem. / A graça é a do Batismo. / À criança que acaba de se tornar cristã, diz-se: / «És nova criatura e estás revestida de Cristo. / Esta veste branca seja para ti símbolo da dignidade cristã: / ajudada pela palavra e o exemplo dos teus pais e padrinhos, / conserva-a imaculada até à vida eterna». / Aqui está a verdade mais profunda da existência humana. / Ao mesmo tempo / o amor com que guardais todas as criaturas / faz-nos pensar em situações terríveis:/ o tráfico de seres humanos, / a condição das crianças-soldado, / o trabalho que se torna escravidão, / as crianças e os adolescentes despojados de si mesmos, / feridos na sua intimidade, / barbaramente profanados. / Vós impelis-nos a pedir humildemente perdão / a quantos sofrem estes ultrajes / e a rezar para que, finalmente, / desperte a consciência de quem obscureceu o céu na vida das pessoas. / Diante de Vós, ó Jesus, / renovamos o propósito de «vencer o mal com o bem». D: Os dois caminhos «Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem toma parte na reunião dos libertinos; antes põe o seu enlevo na lei do Senhor e nela medita dia e noite. É como a árvore plantada à beira da água corrente: dá fruto na estação própria e a sua folhagem não murcha; em tudo o que faz, é bem sucedido». Dos vestidos despojado, * por verdugos maltratado, * //: eu vos vejo, meu Jesus. :// Pela virgem dolorosa, * Vossa Mãe tão piedosa, //: perdoai-me, bom Jesus. :// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 11

12 XI ESTAÇÃO Jesus é pregado na cruz A suprema cátedra do amor de Deus L: Do Evangelho segundo São João «Então entregou-o para ser crucificado ( ). Pilatos redigiu um letreiro e mandou pô-lo sobre a cruz. Dizia: Jesus Nazareno, Rei dos Judeus». L: Estão a pregar-me mãos e pés. Os braços são estendidos. Os pregos penetram dolorosamente na minha carne. Estou bloqueado no corpo, mas livre no coração, tal como livremente vim ao encontro da minha paixão. Livre, porque sou habitado pelo amor, um amor que quereria incluir a todos. Observo quem está a crucificar-me. Penso naqueles que lho ordenaram: «Perdoa-lhes, Pai, porque não sabem o que fazem». Ao meu lado, estão outros dois condenados à crucifixão. Um deles pede-me que o recorde quando estiver no meu reino. Sim digo-lhe, «hoje estarás comigo no Paraíso». T: Vemo-Vos, Jesus, / pregado na cruz. / E, na nossa consciência, / surgem fortemente estas interrogações: / Quando será abolida a pena de morte, / praticada ainda hoje em numerosos Estados? / Quando será cancelada toda a forma de tortura / e a supressão violenta de pessoas inocentes? / O vosso Evangelho é a mais firme defesa do homem, / de cada homem. D: «Tende piedade de nós!» Senhor Jesus, abraçastes a cruz para nos ensinar a dar a nossa vida por amor; na hora da morte, prestastes ouvidos ao ladrão arrependido. Salvador inocente, fostes contados entre os iníquos e sujeitastes-vos ao juízo dos pecadores. Tende piedade de nós! Sois por mim à cruz pregado, * insultado, blasfemado, * //: com cegueira e com furor. :// Pela virgem dolorosa, * Vossa Mãe tão piedosa, //: perdoai-me, bom Jesus. :// 12

13 XII ESTAÇÃO Jesus morre na cruz «Ó Cristo, temos necessidade de Vós» (Beato Paulo VI) AS PALAVRAS DE JESUS NA CRUZ L: Jesus clamou com voz forte: «Meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?» Depois, dirigindo-se à mãe: «Mulher, eis o teu filho!» E ao discípulo João: «Eis a tua mãe!» Disse ainda: «Tenho sede»; mais tarde: «Tudo está consumado»; e por fim: «Pai, nas tuas mãos, entrego o meu espírito». (Pequeno silêncio) T: Na cruz, Vós rezastes, Jesus. / E precisamente assim / vivestes o auge da vossa vocação e missão. / Naquele momento, / falastes à vossa mãe e ao discípulo João. / Através deles, faláveis também a nós. / Fomos confiados à vossa Mãe. / Pedistes-nos para a acolhermos na nossa vida, / a fim de sermos guardados por Ela / tal como o fostes Vós. / Intensa impressão nos fez o fato de, / ao longo duma agonia que durou horas, / terdes clamado com voz forte a Deus / usando as palavras do Salmo 21, / que exprimem os sofrimentos/ mas também as esperanças do justo. / O evangelista Lucas recorda que, / pouco antes de morrer, dissestes: / «Pai, nas tuas mãos, / entrego o meu espírito». / A resposta do Pai virá:/ será a vossa ressurreição. ORAÇÃO D: «Temos necessidade de Vós, ó Cristo, para conhecer o nosso ser e o nosso destino. Temos necessidade de Vós, para encontrar as verdadeiras razões da fraternidade entre os homens, os alicerces da justiça, os tesouros da caridade, o bem supremo da paz. Temos necessidade de Vós, ó grande Sofredor das nossas dores, para conhecer o sentido do sofrimento. Temos necessidade de Vós, ó Vencedor da morte, para nos libertar do desespero e da incoerência. Temos necessidade de Vós, ó Cristo, para aprender o amor verdadeiro e percorrer, com a alegria e a força da vossa caridade, o nosso caminho cansativo, até ao encontro final convosco, amado, esperado, bendito pelos séculos dos séculos». (Santo Ambrósio) Por meus crimes padecestes, * meu Jesus, por mim morrestes! * //: Como é grande a minha dor. :// 13

14 XIII ESTAÇÃO Jesus é descido da cruz A estrada régia da Igreja L: Do Evangelho segundo São Mateus «O centurião e os que com ele guardavam Jesus, ( ) disseram: Este era verdadeiramente o Filho de Deus! Estavam ali, a observar de longe, muitas mulheres ( ). Entre elas, estavam Maria de Magdala, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu». Canto: 1.Ia longe o dia em Jerusalém, * junto a cruz, Maria: * tão triste, não vi mais ninguém. //:Quero, Maria, ser teu Jesus, mesmo que um dia morra na cruz.:// 2. Quanta dor sentias, * Mãe, ao contemplar *teu Jesus querido, na cruz meus pecados pagar. 3. Desde aquele dia jamais encontrei, * ser igual Maria, * tão triste, nem vi mais ninguém. L: Jesus passou deste mundo para o Pai. A sua paixão dá-nos a graça de descobrir, no seio da história, a paixão de Deus pelo homem. Os santos corresponderam a ela, tornando-se discípulos e apóstolos. A isto somos chamados também nós. T: «Em Vós, Jesus, / Palavra feita carne, / somos chamados a ser a Igreja da misericórdia. / Em Vós, pobre por opção, / a Igreja é chamada a ser pobre / e amiga dos pobres. / Contemplando o vosso rosto, / o nosso não poderá ser diferente do vosso. / A nossa fraqueza será força e vitória, / se tornar presente a humildade / e a mansidão do nosso Deus». D: «Estendei a toda a família humana, ó Pai, o reino de justiça e de paz que preparastes por meio do vosso Filho Unigénito, nosso rei e salvador. Assim será concedida aos homens a verdadeira e dulcíssima paz; os pobres encontrarão justiça; serão confortados os aflitos e todas as tribos da terra serão abençoadas n Ele, nosso Senhor e nosso Deus, que vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos». Do madeiro vos tiraram * e nos braços vos deixaram * //: de Maria que aflição! :// Pela virgem dolorosa, * Vossa Mãe tão piedosa, //: perdoai-me, bom Jesus. :// Refrão orante Palavras do Papa Francisco, aos jovens na Via Sacra, JMJ Ninguém pode tocar * a Cruz do Bom Jesus, * sem a seus pés deixar * um pouco do que é seu, * e sem trazer pra si * um pouco desta Cruz! 14

15 XIV ESTAÇÃO Jesus é depositado no sepulcro Guardados para sempre L: Do Evangelho segundo São João «Depois disto, José de Arimateia ( ) pediu a Pilatos que lhe deixasse levar o corpo de Jesus. E Pilatos permitiu-lhe. Veio, pois, e retirou o corpo. Nicodemos ( ) apareceu também trazendo uma mistura de perto de cem libras de mirra e aloés. Tomaram então o corpo de Jesus e envolveram-no em panos de linho com os perfumes, segundo o costume dos judeus». SENTIMENTOS DE DOIS AMIGOS DE JESUS L: O corpo dos condenados à crucifixão era considerado indigno até de sepultura. Mas, ao contrário, dois homens influentes, José de Arimateia e Nicodemos, guardaram solicitamente o corpo de Jesus. Homens: «Que sorte, para mim e para vós / diz-nos José de Arimateia, / termo-nos tornado discípulos de Jesus! / Eu, antes, era-o às escondidas. / Mas agora encontro em mim uma grande coragem. / Até enfrentei Pilatos para ter o corpo de Jesus. / Mais do que a coragem, / foram decisivos o carinho e a alegria. / Estou contente por ter disponibilizado / um sepulcro novo, / escavado na rocha. / Digo-vos: /Amai o nosso Salvador!» L: Nicodemos poderia acrescentar: «Teve lugar em horas noturnas o meu primeiro encontro com Jesus. Por Ele, fui convidado a renascer do Alto. Mas só pouco a pouco fui compreendendo aquelas suas palavras. Agora estou aqui para honrar os seus membros. De bom grado adquiri uma mistura de mirra e aloés. Mas a verdade é que Ele fez muito mais por mim: perfumou a minha vida!» MARIA FALA AO NOSSO CORAÇÃO Mulheres: «João manteve-se ao meu lado. / Ao pé da cruz, / a minha fé foi posta a dura prova. / Como fiz em Belém / e, depois, em Nazaré, / também agora em silêncio medito. / Confio em Deus. / Não se apagou a minha esperança de mãe. / Confiai vós também! /Para vós todos, / peço a graça duma fé forte. / Para aqueles que atravessam dias sombrios, / a consolação». D: Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. No sepulcro vos deixaram, * enterrado vos choraram, * //: magoado coração. :// ORAÇÃO FINAL D. Deus de bondade, meditando a paixão de vosso Filho, compreendemos mais a grandeza de sua dedicação, o amor sem limites que se entregou por nós. Fazei que, unidos na caridade, estejamos sempre mais unidos a vós, que sois Deus e viveis e renais com o Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém D: O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna. T: Amém! Canto Final: 1.Mais perto do meu Deus, ó Pai dos Céus! * Na dor ou bem-estar hei de te amar. Quando a aflição bater, com fé hei de dizer: mais perto do meu Deus, ó Pai dos Céus! 2. Se a dúvida vier e anoitecer, sem luz que me conduz ao teu olhar, * então serei fiel e gritarei feliz: mais perto do meu Deus, ó Pai dos Céus! 3. Na mão do meu irmão encontro a paz, sentindo tua presença, que me satisfaz. * Então te louvarei, teu nome bendirei! Mais perto do meu Deus, ó Pai dos Céus! 15

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém.

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. Lucas 9.51-50 51 Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52 E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE Romeiros da Matriz de Vila Franc a do Campo VIA SACRA EUCARÍSTICA Quaresma 2014 D: Graças e louvores se dêem a todo o momento! (3x) Todos: Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento! D: Em nome do Pai, do

Leia mais

O QUE E A IGREJA ESQUECEU

O QUE E A IGREJA ESQUECEU 51. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52. E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe

Leia mais

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO Pai nosso que estais nos céus Santificado seja o vosso nome Venha a nós o vosso reino Seja feita a vossa vontade Assim na Terra como no Céu O pão nosso de cada dia nos dai hoje

Leia mais

Toda bíblia é comunicação

Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação de um Deus amor, de um Deus irmão. É feliz quem crê na revelação, quem tem Deus no coração. Jesus Cristo é a palavra, pura imagem de Deus Pai. Ele é

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

I DOMINGO DA QUARESMA

I DOMINGO DA QUARESMA I DOMINGO DA QUARESMA LITURGIA DA PALAVRA / I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 Leitura do Livro do Génesis O Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou em suas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso Água do Espírito De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso EXISTE O DEUS PODEROSO QUE DESFAZ TODO LAÇO DO MAL QUEBRA A LANÇA E LIBERTA O CATIVO ELE MESMO ASSIM FARÁ JESUS RIO DE ÁGUAS LIMPAS QUE NASCE

Leia mais

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ SEIA 23 DE JUNHO 2013 ENTRADA NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, POVO SACERDOTAL, IGREJA SANTA

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

O PLANO CONTRA LÁZARO

O PLANO CONTRA LÁZARO João 12 Nesta Lição Estudará... Jesus em Betânia O Plano Contra Lázaro Jesus Entra em Jerusalém Alguns Gregos Vão Ver Jesus Anuncia a Sua Morte Os Judeus Não Crêem As Palavras de Jesus Como Juiz JESUS

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Assim que Maria Madalena vira o túmulo vazio, correu à Jerusalém atrás de Pedro e João. Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Festa da Avé Maria 31 de Maio de 2009

Festa da Avé Maria   31 de Maio de 2009 Festa da Avé Maria 31 de Maio de 2009 Cântico Inicial Eu era pequeno, nem me lembro Só lembro que à noite, ao pé da cama Juntava as mãozinhas e rezava apressado Mas rezava como alguém que ama Nas Ave -

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I DOMINGO VII DA PÁSCOA (Onde a solenidade da Ascensão não é transferida para este Domingo). Semana III do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo III. Ant. 1 Elevado ao mais

Leia mais

o amor andou entre nós

o amor andou entre nós o amor andou entre nós Amados, amemo-nos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 1 João 4:7-11

Leia mais

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Solenidade LEITURA I 2 Sam 5, 1-3 «Ungiram David como rei de Israel» Leitura do Segundo Livro de Samuel Naqueles dias, todas as tribos

Leia mais

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações como ordenado pelo Capítulo Interprovincial da Terceira Ordem na Revisão Constitucional de 1993, e subseqüentemente

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Animador(a): Neste ano, em preparação para as comemorações de seu Centenário, a Diocese de Guaxupé iniciou, na quinta-feira

Leia mais

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS CANTATA DE NATAL 2015 ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS 1. O PRIMEIRO NATAL AH UM ANJO PROCLAMOU O PRIMEIRO NATAL A UNS POBRES PASTORES DA VILA EM BELÉM LÁ NOS CAMPOS A GUARDAR OS REBANHOS DO MAL NUMA NOITE

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal 1ª Leitura Eclo 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) Leitura do Livro do Eclesiástico 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) 3Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles,

Leia mais

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João Upanema/RN, 03 de Agosto de 2013 1º VESTIBULAR BÍBLICO DA Livro de João Leia com atenção as instruções abaixo: 1. Verifique se o caderno de prova contém 30 (trinta) questões. Em caso negativo, comunique

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto. Mateus 4, 1-11 Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.». Este caminho de 40 dias de jejum, de oração, de solidariedade, vai colocar-te

Leia mais

Transformação. Texto Bíblico

Transformação. Texto Bíblico Texto Bíblico Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. Ele veio a Jesus, à noite, e disse: Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005 FESTA DO Pai-Nosso Igreja de S. José de S. Lázaro 1º ano 1 7 de Maio de 2005 I PARTE O acolhimento será feito na Igreja. Cada criança ficará com os seus pais nos bancos destinados ao seu catequista. Durante

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação PSCDOR Introdução: D (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção D qual é o meu destino, minha vocação Carregar tua palavra, qualquer direção Dm Dm chamar outras almas, em outros mares pescar Pescador

Leia mais

Hora Santa pela santificação do Clero

Hora Santa pela santificação do Clero Hora Santa pela santificação do Clero Solenidade do Sagrado Coração de Jesus - 12 de Junho de 2015 1. ABERTURA Animador: Caríssimos irmãos e irmãos, neste dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado

Leia mais

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM XV DOMINGO DO TEMPO COMUM Jesus chamou os doze Apóstolos e começou a enviá-los dois a dois 1. Admonição de entrada 2. Entrada: Em nome do Pai Refrão: Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa)

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) HINÁRIO O SIGNO DO TEU ESTUDO Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) Chico Corrente 1 www.hinarios.org 2 01 O SIGNO DO TEU ESTUDO Marcha O signo do teu estudo Estou aqui para te dizer

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

Tríduo Pascal - Ano C

Tríduo Pascal - Ano C 1 A celebração da Missa Vespertina da Ceia do Senhor inaugura o Sagrado Tríduo Pascal, o coração do ano litúrgico, no qual celebramos a morte, sepultura e a ressurreição de Jesus Cristo. Trata-se de um

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS

UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS Bíblia para crianças apresenta UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M. Maillot; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia)

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia) Vamos adorar a Deus //: SI LA SOL LA SI SI SI LA LA LA SI SI SI SI LA SOL LA SI SI SI LA LA SI LA SOOL SOOL :// Vamos adorar a Deus, Meu Senhor e Salvador Vamos adorar a Deus, com o nosso louvor. B I S

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO PROGRAMA A HORA MILAGROSA Assim nos ensinou o Santo Irmão Aldo sobre o poder da oração e da santificação: Todo o filho de Deus deve ser dado à oração e à meditação.

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO ORAÇÃO DO INÍCIO DA NOVENA SENHOR JESUS CRISTO, Vós nos encorajastes a Vos trazer nossa preocupação na oração. Se me pedirdes alguma coisa em meu

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

1-SANTÍSSIMA TRINDADE

1-SANTÍSSIMA TRINDADE Ordinário 1-SANTÍSSIMA TRINDADE A E7 A A7 D BM A E7 A EM NOME DO PAI, EM NOME DO FILHO, EM NOME DO ESPÍRITO SANTO, ESTAMOS AQUI. (BIS) D E C#M F#M BM E7 A D E C#M F#M PARA LOUVAR E AGRADECER, BENDIZER

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30 PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:2730 FILIPENSES 1:2730 Somente deveis portarvos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor!

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor! TUDO POR AMOR A dor, o espinho vil, as lágrimas, o seu sofrer, o meu Senhor na cruz está. Não posso suportar! O que o fez se entregar, pagar o preço lá na cruz? Como um cordeiro foi morrer pra vir me resgatar!

Leia mais

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA 27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA [Este subsídio destina-se a ser usado por uma família durante o curto percurso de entrada para a Porta Santa. Dependendo

Leia mais

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação.

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. I Domingo do Advento I Domingo do Advento Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. Podes contar comigo. Estou atento para Te escutar e para que tenhas

Leia mais

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança.

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança. 2ª feira, 01 de junho: Dia Mundial da Criança Bom dia! Hoje é o dia Mundial da Criança. Hoje é dia de lembrarmos todos a criança que existe em nós. Porque todos devemos ser sempre crianças. Desde o vosso

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

Jubileu de Prata 25 ANOS

Jubileu de Prata 25 ANOS Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL

Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL 1 Os encontros de Jesus O cego de nascença AS TRÊS DIMENSÕES DA CEGUEIRA ESPIRITUAL 04/03/2001 N Jo 9 1 Jesus ia caminhando quando viu um homem que tinha nascido cego. 2 Os seus discípulos perguntaram:

Leia mais