TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Uma Análise Nos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Uma Análise Nos"

Transcrição

1 FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CARLOS EDUARDO DA SILVA XAVIER TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Uma Análise Nos Escritórios de Contabilidade da Cidade de Paulo Afonso - Bahia PAULO AFONSO / BA JUN. / 2010

2 CARLOS EDUARDO DA SILVA XAVIER TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Uma Análise Nos Escritórios de Contabilidade da Cidade de Paulo Afonso - Bahia Monografia apresentada à Banca Examinadora do Curso de Graduação da FASETE Faculdade Sete de Setembro, como exigência para a obtenção do título de Bacharel em Sistemas de Informação. Orientador: Prof. Esp. Salomão David Vergne Cardoso. PAULO AFONSO / BA JUN. / 2010

3 Dedico este trabalho primeiramente a Deus, que me deu sempre forças para nunca desistir quando os problemas apareceram. Em especial aos meus pais José Salvador Xavier e Luzinete Maria da Silva Xavier que me apoiaram sempre.

4 AGRADECIMENTOS Meu agradecimento em especial é ao meu Deus, que por toda minha vida me acompanha, sempre me iluminando em minhas conquistas e me consolando nas derrotas. A minha mãe Luzinete Maria da Silva Xavier pelo amor constante de mãe, que sempre se preocupou com meu futuro me dando apoio sempre que precisei, a meu pai José salvador Xavier que com suas palavras sábias sempre me incentivou e me ensinou a grande virtude da honestidade e humildade. A minha irmã Claudia Denise da Silva Xavier pessoa importante em minha vida, pessoa em quem eu busco me espelhar. A todos os amigos do EJC Encontro de Jovens com Cristo que me dão sempre apoio e são pessoas que estão sempre dispostos a dar uma palavra de amizade, apoio e direção, em especial a Jailton e minha esposa Débora. Ao meu orientador Salomão David Vergne, por todo o conhecimento passado, pela sua competência, dedicação, paciência e incentivo do desenvolvimento desse trabalho. A todos os professores da FASETE que fizeram parte dessa jornada em especial aos professores Ricardo Azevedo Porto e Esdriane Cabral Viana.

5 As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável. Madre Teresa de Calcutá

6 XAVIER, Carlos Eduardo da Silva. Tecnologia da Informação: Uma Análise nos Escritórios de Contabilidade da Cidade de Paulo Afonso Bahia f. Monografia de graduação em Sistemas de Informação. FASETE. Paulo Afonso - Bahia. Com o avanço da Tecnologia da Informação (TI), as empresas estão cada dia mais dependente dos seus recursos. É notável que a evolução da TI tenha se estendido principalmente para o setor contábil, que faz uso de softwares e hardwares buscando melhorias no funcionamento interno quanto na qualidade dos serviços. O investimento em TI pode trazer diversas vantagens para a organização contábil. Dentro desse contexto, as organizações contábeis ao investir em TI estão providas de recursos que atendem todas as necessidades da rotina de trabalho contábil, porém, esse investimento deve ser bem planejado anteriormente para que seja evitado maiores gastos futuramente. Uma tecnologia indispensável para um bom funcionamento de uma empresa contábil é o uso de um Sistema de Informação Contábil (SIC), que disponibiliza todas as ferramentas necessárias para as rotinas de trabalho da contabilidade empresarial, fornecendo informações precisas para uma boa tomada de decisão. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é levantar a realidade da área de Tecnologia da Informação no setor contábil, mais detidamente escritórios de contabilidade de Paulo Afonso/BA, buscando fatores, tendências e impacto causado com a sua implantação. Como também fazer uma analise das tecnologias usadas na empresa. Para obter essa análise, uma pesquisa de campo qualitativa e quantitativa foi realizada, através de dois questionários respondidos pelos contabilistas e funcionários, onde participaram 29 empresas, onde 28 utilizam SIC. Os resultados alcançados com base na analise dos dados recolhidos, confirmam que o SIC é uma ferramenta indispensável nas rotinas de trabalho dos escritórios de contabilidade. Conclui-se que a tecnologia tem influencia constante nas empresas de contabilidade e que investir em recursos tecnológicos e principalmente em um bom SIC é a melhor maneira de garantir um bom desempenho da organização no mercado. Palavras Chave: Tecnologia da Informação (TI), Sistema de Informação Contábil (SIC), Escritórios de Contabilidade, Planejamento.

7 XAVIER, Carlos Eduardo da Silva. Information Technology: An Analysis of Accounting Offices in the City of Paulo Afonso - Bahia. In f. Senior thesis in Information Systems. FASETE. Paulo Afonso - Bahia. With the advancement of Information Technology (IT) companies are increasingly dependent on its resources. It is remarkable that the evolution of IT has been extended mainly to the accounting industry, which uses proprietary software and hardware seeking improvements in internal operations as well as in quality services. Investing in IT can bring several advantages to the accounting organization. Within this context, the accounting organizations to invest in IT are provided with features that meet all the needs of the routine accounting work, but this investment must be well planned in advance so as to avoid higher costs later. A technology essential for the proper functioning of an accounting firm is the use of an Accounting Information System (AIS) that provides all the tools necessary for the work routines of business accounting, providing accurate information for sound decision making. Thus, the objective of this research is to bring the reality of the area of Information Technology in the accounting industry, accounting firms more closely Paulo Afonso / BA, seeking factors, trends and impact to its deployment. While also offering an analysis of the technologies used in the company. For this analysis, a field research was conducted qualitatively and quantitatively by means of two questionnaires answered by accountants and officials, attended by 29 companies, where 28 using AIS. The results based on analysis of data collected confirm that the AIS is an indispensable tool in the routine work of accounting firms. It is concluded that the technology has constant influence in accounting firms and to invest in technological resources and mostly in a good AIS is the best way to ensure good performance of the organization in the market. Key - words: Information Technology (IT), Accounting Information System (AIS), Office of Accounting, Planning.

8 LISTA DE FIGURAS Figura 1: Certificado Digital da Autoridade Certificadora Raiz Brasileira ICP Figura 2: Tela do Mastermaq Folha em plataforma MS-DOS Figura 3: Tela do Mastermaq NG Folha com plataforma NG Mastermaq Figura 4: Tela do Domínio Contábil Plus LISTA DE GRÁFICOS Gráfico 1: Utilização de SIC na empresa Gráfico 2: Avaliação do SIC usado pela empresa Gráfico 3: Avaliação da qualidade dos relatórios gerados pelo SIC Gráfico 4: Avaliação da interface com usuário Gráfico 5: Integração do SIC com outras áreas da empresa Gráfico 6: Avaliação da integração do SIC com outras áreas da empresa Gráfico 7: Formação dos funcionários e contabilistas em informática básica Gráfico 8: Realização de Backup diário Gráfico 9: Uso de unidade especifica para backup Gráfico 10: Formatação dos computadores Gráfico 11: Certificado Digital contribuiu com o cotidiano da empresa? Gráfico 12: Planejamento da rede de computadores da empresa Gráfico 13: Possue contrato com empresas de serviço técnico em informática

9 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS AC Autoridade Certificadora CEF Caixa Econômica Federal CEFET Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais DAM Documento de Arrecadação Mercantil DARF Documento de Arrecadação da Receita Federal FGTS Fundo de Garantia do Tempo de Serviço GPS Guia da Previdência Social ICMS Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços IPI Imposto Sobre Produtos Industrializados ITI Instituto Nacional de Tecnologia da Informação SEFIP Sistema Empresa de Recolhimento SEGET Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia SI Sistemas de Informação SIC Sistema de Informação Contábil SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas TI Tecnologia da Informação UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

10 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA OBJETIVOS Geral Específicos HIPÓTESES JUSTIFICATIVA REFERENCIAL TEÓRICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TI Aplicada nos Escritórios de Contabilidade Tecnologias para o Mercado Contábil SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL (SIC) PLANEJAR ANTES DE INVESTIR EM TI METODOLOGIA E COLETA DE DADOS DELINEAMENTO DA PESQUISA SELEÇÃO DE AMOSTRA COLETA DOS DADOS TRATAMENTO E ANÁLISE DOS DADOS ANÁLISE DOS RESULTADOS RESULTADOS E ANÁLISES DO QUESTIONÁRIO APLICADO ÀS EMPRESAS DE CONTABILIDADE SOBRE SIC Utilização de SIC na Empresa De que Forma o SIC Colaborou na Empresa? O SIC Trouxe Beneficios a Empresa? Eficácia do SIC Usado Pela Empresa Avaliação do SIC Usado Pela Empresa Atualização dos Registros e Controles Contábeis Gerados pelo SIC Avaliação da Qualidade dos Relatórios Gerados pelo SIC Avaliação da Interface com Usuário Integração do SIC com Outras Áreas da Empresa Avaliação da Integração do SIC com Outras Áreas da Empresa

11 4.2. RESULTADOS E ANÁLISES DO QUESTIONÁRIO APLICADO ÀS EMPRESAS DE CONTABILIDADE SOBRE TI A Tecnologia tem Influenciado no Rendimento da Empresa? Formação dos Funcionários e Contabilistas em Informática Básica Realização de Backup Diário Uso de Unidade Especifica para Backup Formatação dos Computadores Uso do Certificado Digital Certificado Digital Contribuiu com o Cotidiano da Empresa? Segurança Antivírus Planejamento da Rede de Computadores da Empresa Possue Contrato com Empresa de Serviço Tecnico em Informática? CONCLUSÃO REFERÊNCIAS APÊNDICES APÊNDICE A QUESTIONÁRIO BASEADO EM SIC APLICADO ÀS EMPRESAS DE CONTABILIDADE APÊNDICE B QUESTIONÁRIO BASEADO EM TI, APLICADO ÀS EMPRESAS DE CONTABILIDADE

12 12 1. INTRODUÇÃO Dentro das organizações as mudanças vêm acontecendo constantemente e cada vez mais as empresas tem se tornado dependentes de infra-estrutura tecnológica para suprir as suas necessidades. Para o ambiente empresarial a Tecnologia da Informação (TI) vem trazendo cada vez mais benefícios para solucionar problemas diários que atrapalham o progresso das empresas. Para MEDEIROS et all (2007) a TI serve como base a novos modelos empresariais, novos processos de negócio e novos modos de compartilhamento de informações. Isso quer dizer que, a TI não sustenta apenas as operações de negócio existente, mas também permite que possa viabilizar novas estratégias empresariais. A TI é um conjunto de atividades e soluções que vem acompanhada de recursos de computação para auxiliar o gerenciamento de informações para tomada de decisão. Este trabalho estuda a implantação e os efeitos da Tecnologia da Informação nos escritórios de contabilidade da cidade de Paulo Afonso Bahia por meio de pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo baseada em questionário e entrevista. Na contabilidade o avanço tecnológico é visto positivamente uma vez que, a alguns anos os escritórios limitavam-se a maquinários que não atendia as necessidades e a pilhas de papéis que se acumulavam em cima das mesas e dentro de armários. Os efeitos da informatização foram significativos e com essa evolução aquele que estiver mais bem informatizado terá maiores condições de se manter em um mercado cada vez mais competitivo. As empresas de contabilidade têm um forte fator que gira a favor da melhoria nos escritórios que é o avanço tecnológico, atualmente o número de ferramentas disponíveis no mercado tem crescido devido à necessidade dessas empresas. Para FERREIRA (2006) a informática proporciona para a área contábil benefícios que facilitam os trabalhos habituais como, lançamentos, processamentos de informações e geração de relatórios.

13 13 Segundo HERNANDES (2009), já passou o tempo em que existia contador sem recursos tecnológicos e que a alguns anos era comum ver empresas de contabilidade anunciar em propagandas o uso de informatização nos seus escritórios para efeito de concorrência. Nos dias atuais as empresas de contabilidade não podem se manter na postura de antigamente, fazendo utilização de equipamentos velhos e software que não satisfaz as necessidades, mas pelo contrario, devem investir em equipamentos e ferramentas que possam suprir a necessidade do escritório. Segundo SILVA (2007), para obter sucesso no uso dos recursos de TI algumas condições básicas são necessárias como, utilização de Sistemas de Informação (SI), hardware adequados às necessidades e finalidades desejadas, além de pessoas capacitadas. Entretanto muitas empresas optam por investir em infra-estrutura de TI sem o devido planejamento se deixando levar pelo barateamento de recursos de hardware e software, e acabam tendo que amargar perdas consideráveis e resultados insatisfatórios. Para evitar esses tipos de problemas é preciso uma avaliação antes de investir em recursos tecnológicos, deve ser levado em conta fatores como, demanda, análise financeira, quantidade de empregados, quantidade de registros e documentos entre outros fatores, para que depois das necessidades levantadas a empresa possa avaliar o que realmente precisa e então comparar todos os aspectos oferecidos no mercado (custo/benefício) e escolher o que é mais eficaz para a organização. (MEDEIROS, PARENTE e MINORA, 2007). De acordo com BERALDI e FILHO (2000), a Tecnologia da Informação ajuda na organização e eficácia da empresa, traz benefícios como redução de arquivamento de papeis, fichas, pastas, contratos e uma infinidade de outros documentos que são arquivados. A modernização empresarial com TI pode facilitar e até eliminar atividades burocráticas que podem ser feitas facilmente no computador agilizando os trabalhos. Com a implantação de Tecnologia da Informação em um escritório contábil toda a rotina de trabalho muda facilitando os serviços, garantindo bom desempenho, lucro, competitividade e organização.

14 14 Mesmo com todo beneficio oferecido pela informatização algumas empresas ficam defasadas tecnologicamente optando por utilizar maquinário velho, hardware de má qualidade, software desatualizado e métodos que atrasam o cotidiano da organização. Talvez esse atraso seja pelo fato de não ter um capital favorável para investir em tecnologia ou simplesmente por existir certa resistência do empresário com a informatização. Com base nesses conceitos citados, foi importante à realização desse diagnóstico nos escritórios de contabilidade da cidade de Paulo Afonso BA, para que através desse estudo o empresário do ramo de contabilidade possa ficar ciente de como deve investir em TI, como um bom planejamento antes de investir pode trazer ainda mais benefícios para a empresa e as tendências tecnológicas para o mercado contábil DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA Para uma empresa de contabilidade ter sucesso atualmente, o uso da tecnologia é de fundamental importância na organização. Com base nisso surgiram alguns questionamentos a respeito da aplicação da TI nos escritórios de contabilidade no município de Paulo Afonso. Assim como verificar que tipo de tecnologia os escritórios fazem uso e se os componentes tecnológicos atendem as necessidades do serviço prestado. Como a Tecnologia da Informação pode ser viável para os escritórios de contabilidade e de que forma pode ser implantada na organização. Também identificar quais os recursos disponíveis atualmente no mercado para uma empresa contábil. Será que estas empresas e seus gestores estão tecnologicamente e conceitualmente adequados a real necessidade de uma empresa contábil nos dias atuais? Com base nesses problemas identificados se faz necessário a realização desse trabalho.

15 OBJETIVOS GERAL Levantar a realidade da área de Tecnologia da Informação no setor contábil, mais detidamente escritórios de contabilidade de Paulo Afonso, buscando fatores, tendências e impacto causado com a sua implantação ESPECÍFICOS Elencar os efeitos do avanço tecnológico na área contábil. Realizar um levantamento Bibliográfico sobre Tecnologia da Informação (TI). Identificar algumas tecnologias que estão no mercado que possam ser úteis nas empresas de contabilidade. Fazer uma pesquisa nos escritórios de contabilidade da cidade de Paulo Afonso - Bahia para avaliar a quantidade de empresas que fazem uso de tecnologia da informação. Fazer uma pesquisa nos escritórios de contabilidade da cidade de Paulo Afonso - Bahia identificando os tipos de tecnologias adotadas pela organização assim como a sua viabilidade HIPÓTESES Algumas empresas do ramo contábil perdem a oportunidade de crescer e ficam de fora da concorrência do mercado por não investir em Tecnologia da Informação e as que investem não fazem um planejamento prévio adequado. As empresas que investem em planejamento e implantação de Tecnologia da Informação têm resultados superiores em relação as que não investem.

16 JUSTIFICATIVA A Tecnologia é algo indispensável em uma empresa, e quando se trata de setor de contabilidade não é diferente. NORTON (1996, p. 493) diz que, nenhum departamento depende tão fortemente de tecnologia do que os setores de contabilidade. Em torno desta afirmação e tendo em vista este cenário, é importante fazer uma análise nos escritórios de contabilidade no município de Paulo Afonso para saber das reais necessidades dessas empresas e ver claramente que investimento em recursos tecnológico promove benefícios a favor do bem estar da organização, para isso é necessário que a aquisição desses recursos sejam bem planejados. Por outro lado um mau planejamento pode vir a fazer perder tempo e dinheiro e o resultado não ser o esperado. O tema Tecnologia da Informação: Uma Análise Nos Escritórios de Contabilidade da Cidade de Paulo Afonso - Bahia foi escolhido por conter informações importantes para empresários de escritórios de contabilidade que não tem e pretendem adotar a TI em sua empresa ou até saber mais informações de novas tecnologias do mercado para a área de contabilidade. Este trabalho apresenta um conjunto de resultados sobre teorias que possam ser aplicadas para compreender o impacto da TI, sua utilização e identificar fatores relacionados ao sucesso da sua implantação nas organizações.

17 17 2. REFERENCIAL TEÓRICO Apresenta informações do levantamento bibliográfico sobre Tecnologia da Informação (TI) sua aplicação nos escritórios contábeis, bem como, tendências tecnológicas para as empresas de contabilidade como o Sistema de Informação Contábil (SIC) e planejamento para implantação de TI TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Com o grande avanço e inovações da tecnologia e a integração empresarial à informatização, a Tecnologia da Informação (TI) tem um papel fundamental nos negócios e na administração das empresas. REZENDE apud BEAL (2001) diz que, Tecnologia da Informação serve para designar o conjunto de recursos tecnológicos e computacionais para a geração e uso da informação. A TI está fundamentada nos seguintes componentes Segundo ORTOLANI (2006) [...] a Tecnologia da Informação também existe quando se trata de planejamento da informática, desenvolvimento de software, suporte ao software, aos processos de produção e operação, ao suporte de hardware. A Tecnologia da Informação não se limita somente a hardware, software e comunicação de dados. A TI serve para auxiliar o empresário com informações importantes sobre tecnologia e orienta-lo nos processos de investimento de melhoria dos recursos a serem aplicados ou melhorados, com isso, aumentando o conhecimento sobre TI e tornando apto a uma melhor tomada de decisão. WIKIPEDIA (2008) diz que A informação trata-se do resultado do processamento, manipulação e organização de dados, que represente uma modificação no conhecimento de quem a recebe. Segundo CRUZ et al. (2003), não se pode negar que a tecnologia tenha influência constante sobre as empresas de contabilidade. Mas com a competitividade empresarial, os mais informados estão superando facilmente os desinformados quando se trata de investir em tecnologia na organização. Em torno disso se propõe

18 18 que o contador se atualize e busque informações dos processos de atualização do mercado, a fim de prestar seus serviços com qualidade TI APLICADA NOS ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE De acordo com FERREIRA (2007), nos últimos trinta anos ocorreram importantes mudanças nos procedimentos contábeis se tratando de evolução tecnológica, desde a escrituração manuscrita, passando pelo procedimento mecânico até o informatizado. OLIVEIRA apud FERREIRA (2007), explica a evolução desses processos na contabilidade da seguinte forma: Procedimento Manuscrito: Este procedimento era feito manualmente desde preenchimento de livro caixa, livro razão, livro diário, controle de duplicatas, controle de contas a pagar e etc.; Procedimento Mecânico: A escrituração era feita através de maquinas de datilografia; Procedimento Informatizado: Este é o novo cenário vivido pelas empresas de contabilidade. A escrituração é feita de forma eletrônica fazendo uso de computador. Todos os livros foram substituídos por formulários contínuos ou folhas soltas. E ainda tem a disposição aplicativos na internet para a área fiscal da empresa como, guias de recolhimento de impostos e contribuições, termos de abertura e encerramento, antes tudo feito à mão ou em maquinas de datilografia. Levando em consideração a citação descrita acima, fica claro que o avanço tecnológico tem trazido benefícios para as empresas contábeis e que esses benefícios que a TI tem proporcionado fez com que essas empresas obtivessem ganhos em qualidade de serviço, agilidade entre outras vantagens. Segundo DIÓGENES (2006), a informatização oferece as empresas contábeis varias facilidades seja nos lançamentos e processamentos de informações, relatórios ou qualquer outro serviço exercido pela empresa. Atualmente as empresas estão

19 19 aprendendo a ser mais abertas as informações. É imprescindível que os contadores atentem para a velocidade, segurança e atualização das informações para uma tomada de decisão eficaz. Com o adequado tratamento da informática aplicada na contabilidade, é possível obter vantagens competitivas no mercado de trabalho como mostra a seguir. Aumento da produtividade: Com a velocidade no processamento das informações ao utilizar o computador, gera aumento na produtividade. Ao se realizar os trabalhos de balancete ou outro relatório no sistema informatizado ganha tempo agilizando o serviço. Melhoria na qualidade dos serviços: O uso de bons equipamentos como impressoras torna o trabalho mais apresentável. Mais estimulo para os profissionais da área: O trabalho se torna menos cansativo, com isso mais estimulante. Facilidade para leitura prévia de relatórios: Os relatórios gerados pelo sistema podem ser pré-visualizados antes da impressão, sendo permitido alterações caso tenha algum erro. Facilidade de acesso às informações da empresa: Através do sistema é possível ter acesso às informações da empresa de forma mais rápida, localização de lançamentos, demonstrativos, relatórios de receitas e despesas. Maior segurança das informações: Os discos compactos (CD) facilitam a guardar e manusear as informações já processadas e ao organizar ocupa menos espaço nos armários do que os arquivos de papeis. Essas são algumas das vantagens que justificam a implantação de tecnologia da informação nas empresas de contabilidade, levando em conta a necessidade operacional e organizacional da empresa, e que a qualidade obtida na organização com aquisição de tecnologias se adquire um bom rendimento empresarial. SEBRAE (2009), diz que a TI contribui com fatores como redução de custo, mais produtividade, pesquisa sobre informações, bom relacionamento com clientes e fornecedores e outros fatores que são de grande importância para empresas que buscam seu espaço no mercado.

20 20 A Contabilidade tem evoluído significativamente através dos tempos, no atual cenário em que a classe contábil está vivendo é de fundamental importância que as empresas façam investimento em TI, pois o mercado está cada vez mais competitivo e as organizações que estiverem bem equipadas com recursos tecnológicos que atenda as suas necessidades estarão à frente no mercado TECNOLOGIAS PARA O MERCADO CONTÁBIL Com a introdução de tecnologia da informação na contabilidade foram adquiridos inúmeros benefícios para esses profissionais. Para isso é preciso que os contabilistas estejam sempre bem informados das inovações tecnológicas presentes no mercado. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2009), diz que, um escritório de contabilidade atualmente precisa investir em atualização de hardware e software para que seja suprida a necessidade da empresa tendo em vista um mercado cada vez mais competitivo. É notável que a evolução da tecnologia tenha sido grande, vários sistemas foram criados e para nível contábil varias outras ferramentas, recursos ou sistemas estão disponíveis no mercado para melhor atender as necessidades das empresas, são: Internet, intranet, certificação digital, smart card, Sistema de Informação Contábil (SIC), backup, Antivírus. Internet: Para BARRETO (2010), a internet é um conjunto de diversas redes que se comunicam através de protocolos TCP/IP, permite a troca de informações como, enviar e receber mensagens, busca de informações seja ela de qualquer ponto do planeta, permite o contato entre pessoas e etc. Na contabilidade é indispensável o uso de internet, uma vez que, a maioria dos trabalhos realizados pelos escritórios de contabilidade é feito através da rede, um software que precisa de uma conexão para que seja necessário o envio de informações processadas por exemplo, alguns dos serviços utilizados pelos escritórios através da internet segundo SEBRAE (2010), são:

21 21 Abertura, transferência, fechamento de empresa através da Junta Comercial; etc.; Serviço Contábil: Lucro Real, Lucro Presumido, Simples, Balancetes, e Serviço Fiscal: Livros de Entrada, Saída, Apuração do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), Apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), entre outros; Serviço Trabalhista: Folha de Pagamento, Guia da Previdência Social (GPS), Sistema Empresa de Recolhimento (SEFIP), Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF), Documento de Arrecadação Mercantil (DAM), Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e etc.; Intranet: Segundo CHOO (2007), intranet é um grupo de computadores em uma rede fechada e exclusiva, onde são liberados somente computadores registrados na rede. A comunicação intranet é muito importante dentro de um escritório de contabilidade, pois ainda de acordo com CHOO (2007), fica possível a utilização de programas de forma simultânea entre os usuários da mesma rede. Certificação Digital : De acordo com ITI (2010), a certificação digital é a garantia de privacidade de informações para utilização de serviços pela Receita Federal (Nota Fiscal Eletrônica, Escrituração Contábil Digital e Escrituração Fiscal Digital), Caixa Econômica Federal (CEF) entre outros disponíveis na internet. Este certificado pode ser armazenado tanto no computador quanto em um Smart Card e contem dados como nome, identidade civil, assinatura da Autoridade Certificadora (AC) que o emitiu, entre outras informações. Segundo UFSC (2010), o certificado digital veio para substituir os papeis, pois esta tecnologia tem a mesma validade jurídica de um documento de papel assinado a próprio punho.

22 22 Figura 1: Certificado Digital da Autoridade Certificadora Raiz Brasileira ICP Fonte: ITI, Smart Card: De acordo com TORRES (2002), o Smart Card é um cartão que contem um chip responsável por gerar e armazenar certificados digitais e informações do usuário. É uma ferramenta de segurança que está começando a ser utilizada e tem a finalidade de garantir que a integridade e o sigilo das informações sejam protegidas seja ela pessoa física ou jurídica. Com o Smart card é possível acessar serviços disponíveis na internet através do Smart Card e-cnpj como, por exemplo, os serviços oferecidos pelo Governo Federal nesse caso as empresas podem enviar a declaração de Imposto de Renda pela internet. (ITI, 2010). Backup: Existem inúmeras formas de se perder informações em um computador, uma queda de energia, uma imprevista falha no disco rígido, um descuido e pressionar no teclado do computador shift + delete e todas as informações selecionadas são perdidas. Por isso a importância do escritório de contabilidade ter um sistema de backup diário. De acordo com UFSC (2009) existem muitas ferramentas no mercado que ajudam a realizar essa

23 23 tarefa como Unidade de Backup, CD-ROM, HD externo e etc. O backup tem dois principais objetivos que são a segurança e integridade das informações e a recuperação dos arquivos. Programa Antivírus: Para CEFET (2010), os Antivírus é um software projetado para detectar e eliminar vírus, eles podem ajudar a prevenir a infecção do computador. Os vírus são programas maliciosos que quando executados podem causar danos como destruição de arquivos, alteração no funcionamento do computador e até mesmo prejudicar o seu processamento. Sistema de Informação Contábil (SIC): Segundo ABREU (2005) o SIC é um conjunto de subsistemas integrados seu papel é de receber, processar, armazenar e distribuir as informações. Por meio disso é possível que o contador efetive a contabilidade e a informação contábil na organização. Para LUCENA (2007), o SIC é o sistema de informações que acumula informações de vários outros subsistemas de informações e as comunica a um subsistema de processamento de informações. O SIC é o mais importante instrumento do contador, com o SIC o profissional contábil vai exercer seus trabalhos e controlar todos os níveis, operacional, tático e estratégico da empresa. 2.2 SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL (SIC) Atualmente, com um mercado tão competitivo e exigente, a uma necessidade das empresas contábeis estarem bem informadas, para isso é indispensável e de total necessidade da empresa ter um bom Sistema de Informação Contábil na organização. De acordo com PASSOLONGO e SOUZA (2004), o SIC disponibiliza informações exatas permitindo uma tomada de decisão mais adequada dos administradores, tornando possível o bom desempenho da empresa no mercado com qualidade de serviço, redução de custo e tempo. Na contabilidade existe a necessidade de se ter informações, e é através de demonstrativos contábeis gerados pelo SIC que essas informações podem ser

24 24 fornecidas e analisadas para a tomada de decisões e contribui na geração de informações através de relatórios contábeis e financeiros. Segundo ABREU (2005), O Sistema de Informação Contábil processa dados e os transforma em informações úteis para o processo decisório de toda a empresa em todos os níveis. Ainda de acordo com ABREU (2005), sita os principais subsistemas interligados ao SIC que contribuem com o processo de tomada de decisão que são: Escrita Fiscal: É o banco de dados da contabilidade, ele auxilia no gerenciamento da empresa com a distribuição dos dados para outros sistemas, a principal função é gerar os relatórios dos lançamentos contábeis, livro diário, livro razão e balanço patrimonial. Controle Patrimonial: Atende a movimentação física dos bens da empresa dentro das necessidades legais e fiscais. Custo Contábil: Faz o controle do estoque das movimentações geradas como: valorização do estoque em entrada, saída e saldo. Gestão de Impostos: Distribui os principais tributos como: impostos, taxas, contribuições, mercadorias e serviços, lucro e folha de pagamentos. Analise Financeira e de Balanços: É a analise de gestão da empresa distribuído entre, contas a pagar e receber, fluxo de caixa, etc. Orçamento: Expressa as receitas e despesas do plano operacional da empresa. Custo: São os gastos unitários dos produtos fabricados ou de revenda da empresa. SMITH e ASHBURNE apud SEGET (2005), afirma que o SIC é de inteira importância para o sistema de informação da empresa que possibilita que a contabilidade repasse uma ampla visão da situação da empresa para os usuários com informações úteis para apoiar o processo de tomada de decisão, assim como viabiliza uma integração do sistema com outras áreas da empresa. Em torno desta afirmação e tendo em vista este cenário, pode-se concluir que o Sistema de Informação Contábil se trata de uma tecnologia que tem o objetivo de melhorar o desempenho da empresa através de informações precisas sobre as rotinas da empresa com foco principal nas tomadas de decisão.

25 25 A implantação de tecnologia nas organizações é uma condição básica para que as empresas possam entrar na concorrência do mercado, mas não basta apenas investir, é necessário planejar antes, para que o investimento atual não se torne um problema e ocasione mais gastos, seja ele a longo ou curto prazo. 2.3 PLANEJAR ANTES DE INVESTIR EM TI Ao aplicar TI na organização a empresa está se preparando para se posicionar melhor no mercado e garantir mais benefícios, porém se não for feito um planejamento antes desse investimento a empresa poderá estar fazendo um investimento desnecessário ou até mesmo não conseguindo suprir a necessidade da organização. Segundo ALECRIM (2004), [...] é necessário fazer uso de recursos de TI de maneira apropriada, ou seja, é preciso utilizar ferramentas, sistemas ou outros meios que façam das informações um diferencial competitivo. Além disso, é necessário buscar soluções que tragam bons resultados, mas que tenham o menor custo possível. É preciso fazer uma análise das reais necessidades da empresa, a atividade que é realizada no dia a dia, o grau de conhecimento dos funcionários e empresário com a tecnologia a ser implantada, quantidade de pessoas que serão usuárias, o tipo de serviço prestado, entre outros, para que não se torne um gasto desnecessário ou um investimento inviável e com isso amargar perdas importantes tanto no bolso quanto na competição no mercado. Um exemplo é se uma empresa de contabilidade com quadro de 5 (cinco) funcionários e que trabalha apenas com ferramentas básicas e software leve que tem como funções apenas fornecimento de balancetes, guias de recolhimento, contracheques e outros, fizer investimento em 6 (seis) computadores com placa de vídeo offboard, memória de 4 gigabytes e monitor de 21 cada computador, estaria fazendo um gasto totalmente desnecessário para empresa, uma vez que, se a empresa investisse na quantidade de máquina que fossem ser utilizadas e que cada maquina fosse composta por placa de vídeo integrada, memória de 2 gigabytes e

26 26 monitor de 15 já estaria atendendo as necessidades da organização e com menos custo. De acordo com ROSA (2008), ainda que seja uma pequena rede de computadores para se comunicar com uma filial, por exemplo, contratar serviços sem planejamento e sem um estudo sobre as reais necessidades da empresa pode gerar gastos desnecessários ou não-prioritários para o momento. Então como fazer um investimento correto e sem maiores transtornos? DIOGENES (2006) explica que, devem ser avaliados alguns fatores ainda na fase de implantação do sistema como, por exemplo: Estrutura geral da empresa; Estrutura da contabilidade; Nível de capacitação dos profissionais; Tendência ou perspectivas de crescimento da empresa; Possibilidade da integração do sistema com outras áreas da empresa; Configuração adequada dos equipamentos necessários; Suporte ou apoio técnico necessário; HERNANDES (2009) recomenda alguns cuidados quando a empresa contábil for investir em tecnologia seja na implantação ou na renovação: Trocar 1/3 dos equipamentos a cada ano; Formatar anualmente as maquinas; Computadores com pouca memória RAM e HD de pouca capacidade influenciam na qualidade dos serviços e na produtividade da equipe; Realizar backup diariamente para evitar perda de dados importantes; Segundo SEBRAE (2009), o planejamento técnico é uma ação imprescindível para a implantação da TI na empresa. O objetivo deste planejamento é especificar que tecnologia e quais os padrões, procedimentos e controles deverão ser empregados. Com base nesta afirmação é possível dizer que o planejamento técnico antes de implantar TI na organização é mais que necessário para que a empresa faça uma implantação bem sucedida trazendo bons resultados.

27 27 3. METODOLOGIA DE COLETA DE DADOS São mostrados detalhadamente todos os métodos usados no trabalho de pesquisa, e as formas de coleta, tratamento e analise dos dados DELINEAMENTO DA PESQUISA O tipo de pesquisa utilizada no presente estudo, do ponto de vista da sua natureza, pode ser definida como pesquisa bibliográfica. Conforme REIS & MENDES (2005) a pesquisa só é bibliográfica quando tem base em material já publicado, principalmente de livros, artigos e atualmente com material disponibilizado na internet. Quanto aos meios de coleta de dados foi utilizada a pesquisa de campo, o qual os instrumentos utilizados foram incluídos entrevistas e aplicação de questionários. Segundo ANDRADE (1999, p. 128), a pesquisa de campo utiliza técnicas específicas, que tem o objetivo de recolher e registrar, de maneira ordenada, os dados sobre o assunto em estudo SELEÇÃO DE AMOSTRA Segundo FERREIRA (2008), amostra é um grupo de sujeitos selecionados de um grupo maior (população). Esta pesquisa aqui documentada tem destacado um grupo de microempresas do município de Paulo Afonso no estado da Bahia, das microempresas foram destacados apenas os escritórios de contabilidade, onde são mostrados dados específicos para este meio empresarial COLETA DE DADOS Para ANDRADE (1999, p. 134), Para a coleta de dados deve-se elaborar um plano que especifique os pontos de pesquisa e os critérios para a seleção dos possíveis entrevistados e dos informantes que responderão aos questionários ou formulários. A estratégia de coleta de dados para a pesquisa foi baseada em questionário constituído de perguntas fechadas e abertas. A composição do questionário não

28 28 apresenta qualquer solicitação de dados da empresa como, nome ou qualquer dado fiscal garantindo o sigilo da empresa. Para a realização da coleta de dados é necessário um planejamento, para isso foi feito primeiramente um contato por telefone para agendar a entrega do questionário e também foi informada a segurança da entrevista como, por exemplo, o sigilo do nome da empresa. Ao chegar à empresa foi feita uma apresentação formal com o contador e em seguida explicado resumidamente o objetivo da coleta das informações, no mesmo momento já foi agendado o retorno para o recolhimento do questionário TRATAMENTO E ANÁLISE DOS DADOS Após toda a elaboração da coleta de dados foi analisado todo material coletado e verificada cada informação adquirida transformando todas as respostas em material gráfico para uma melhor visualização e entendimento dos dados obtidos. A composição das perguntas do questionário foi com pleno foco e ligação com o tema abordado neste trabalho. Os questionários foram respondidos por todos os profissionais da área contábil do município de Paulo Afonso. Roesch (2005, p.154), afirma pesquisa qualitativa "como algo independente do paradigma positivista, mais como algo que precede o teste de hipóteses. Seus métodos de coleta e analise de dados são apropriados para uma fase exploratória da pesquisa". Roesch (2005, p. 130), afirma que pesquisa quantitativa "são chamados delineamentos analíticos e relacionais, planejados para explorar as associações entre variáveis especificas". O método aplicado à pesquisa foi quantitativo e qualitativo, os questionários foram compostos por questões de marcação objetiva e por questões subjetivas para que a pergunta fosse respondida abertamente.

29 29 4. ANÁLISE DOS RESULTADOS A base de respondente foi de 29 microempresas do ramo de contabilidade do município de Paulo Afonso - BA, as questões foram respondidas por contabilistas e funcionários dessas empresas, devidamente aptos a responder as perguntas que compunha os questionários, estes divididos entre questões que envolvem a TI e outro especifico sobre o SIC usado pelas empresas pesquisadas RESULTADOS E ANÁLISES DO QUESTIONÁRIO APLICADO ÀS EMPRESAS DE CONTABILIDADE SOBRE SIC. São apresentados os resultados e analises do questionário sobre SIC onde estão demonstradas as respostas no ponto de vista dos empresários do ramo de contabilidade UTILIZAÇÃO DE SIC NA EMPRESA. 66% 3% 97% 31% SIM NÃO MASTERMAQ OUTROS Gráfico 1: Utilização de SIC na empresa. Fonte: Pesquisa de Campo abril/maio/2010. Pode-se visualizar de acordo com o gráfico 1, quando perguntado sobre o uso de algum Sistema de Informação Contábil na empresa que 97% dos respondentes disseram usar um tipo de Sistema de Informação Contábil e apenas 3% não usa, e das empresas que usa algum SIC 66% dessas empresas usam o sistema da Mastermaq e 31% usam outros sistemas.

30 30 Com base nos resultados obtidos acima, foi analisado que a maioria das empresas de contabilidade do município de Paulo Afonso-BA, possui um Sistema de Informação Contábil, e que o sistema da Mastermaq é predominante entre os escritórios contábeis com 66% das empresas que fazem uso dos seus recursos DE QUE FORMA O SIC COLABOROU NA EMPRESA? Nesta questão foi perguntado aos respondentes como o SIC colaborou na empresa, e as respostas mais freqüentes foram: Organização dos trabalhos diários trazendo qualidade nos serviços. Mais agilidade nos trabalhos, com isso, ganhou-se economia do tempo gasto nas atividades. Exatidão nos trabalhos, disponibilidade de relatórios de maior precisão. Mais produtividade, pois, trabalhos que levariam semanas para serem concluídos, são feitos em um ou alguns dias. As empresas consideram que o SIC trouxe muitas vantagens colaborando principalmente com agilidade dos trabalhos, qualidade nos serviços, organização e precisão dos relatórios, dessa forma pode-se dizer que o Sistema de Informação Contábil é uma ferramenta viável e indispensável em uma empresa de contabilidade O SIC TROUXE BENEFICIOS A EMPRESA? Na questão aqui mencionada foi perguntado se o SIC trouxe benefícios para a empresa, 100% dos respondentes disseram que sim. Tendo em vista o resultado positivo na questão acima mencionada, chegou-se a conclusão que, os profissionais da área contábil vêem uma grande importância de se ter um Sistema de Informação Contábil na organização, uma vez que colabora com os trabalhos diários e traz benefícios para a empresa. Nessa mesma questão foi perguntado também qual o beneficio que o SIC trouxe para a empresa, as respostas mais freqüentes foram: Agilidade e qualidade nos serviços

31 31 Mais comodidade Segurança das informações Aumento na produtividade Precisão das informações Melhor desempenho no trabalho Custo benefício É importante destacar que, os resultados positivos em relação ao SIC deixa claro que depois da inclusão do sistema na empresa toda a rotina de trabalho dos escritórios mudaram trazendo principalmente aumento na produtividade e melhoria na qualidade dos serviços EFICÁCIA DO SIC USADO PELA EMPRESA. Foi perguntado se o sistema é eficaz e ajuda a resolver os problemas diários da contabilidade, 100% dos respondentes disseram que sim. Isso demonstra que os sistemas têm um bom desempenho nas rotinas de trabalho dos escritórios de contabilidade. O resultado indica que de forma geral, o uso de um Sistema de Informação Contábil oferece aos usuários a possibilidade de exercer os serviços com maior qualidade AVALIAÇÃO DO SIC USADO PELA EMPRESA. Gráfico 2: Avaliação do SIC usado na empresa. Fonte: Pesquisa de Campo abril/maio/2010.

32 32 Conforme os dados do gráfico 2 que se refere a avaliação de qualidade do Sistema de Informação Contábil usado na empresa, 36% dos respondentes avaliam como excelente o SIC e 64% avaliam como bom. Essa aceitação acontece devido à confiabilidade e costume do usuário com o sistema, mas apesar de todos esses dados positivos, parte desses usuários demonstraram interesse em trocar o SIC usado na organização, mais especificamente o Mastermaq pelo sistema Domínio Contábil Plus, isso esta ocorrendo com as empresas que usam o sistema Mastermaq defasado com plataforma em MS-DOS, os contabilistas alegam ser caro o processo de atualização e que o sistema concorrente (Domínio Contábil Plus) é mais barato e tem mais funções disponíveis, a figura 2 à seguir mostra a tela do sistema Mastermaq com plataforma MS-DOS. Figura 2: Tela do Mastermaq Folha em plataforma MS-DOS. Fonte: Escritório de Contabilidade ORTAC. Na figura acima apresenta o sistema que algumas empresas de contabilidade ainda estão usando, com plataforma MS-DOS, esse sistema da Mastermaq atualmente está defasado, pois existem no mercado novos sistemas com interface mais agradáveis para os usuários e com mais recursos disponíveis.

33 33 Figura 3: Tela do Mastermaq NG Folha com plataforma NG Mastermaq. Fonte: Escritório de Contabilidade ERISCONT. A figura 3 mostra o sistema Mastermaq, em plataforma atual desenvolvida pela própria empresa chamada NG Mastermaq, a dificuldade que algumas empresas têm de migrar o sistema para o SIC mais atual é que o custo para adquirir esse sistema é muito alto em implantação e treinamento por esse motivo alguns escritórios preferem manter seus dados e trabalharem com o SIC defasado ou migrar para um outro sistema o qual foi citado anteriormente, o Domínio Contábil Plus, que segundo os respondentes a sua implantação é mais barata e possui algumas vantagens em relação à Mastermaq.

34 34 Figura 4: Tela do Domínio Contábil Plus. Fonte: Escritório de Contabilidade JKI Contabilidade. A figura 4 mostra a tela do sistema Domínio Contábil Plus, desenvolvido em plataforma Windows, o sistema tem algumas vantagens em relação ao SIC Mastermac, segundo os respondentes o sistema Domínio Contábil Plus além de ser mais financeiramente acessível possui integração com o sistema Microsoft Word disponibilizando o contrato de abertura de empresa previamente preenchido, uma vez que esse documento é muito usado nos escritórios de contabilidade e tem que ser feito sempre que é preciso fazer abertura de uma nova empresa e oferece um recurso de protocolo que auxilia nas entradas e saídas de documentos da empresa ATUALIZAÇÃO DOS REGISTROS E CONTROLES CONTÁBEIS GERADOS PELO SIC. Com relação a atualizações dos registros e controles gerados pelo Sistema de Informação Contábil, 100% dos respondentes disseram que sim, são feitas atualizações. Mais uma vez é evidenciada a eficácia em outro ponto importante do Sistema de Informação Contábil usado pela empresa, uma vez que as atualizações dos registros e controles trazem mais segurança e precisão das informações adquiridas.

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Nunca foi tão fácil utilizar

Nunca foi tão fácil utilizar Nunca foi tão fácil utilizar o Conectividade Social da CAIXA O que antes era feito com a autenticação de disquetes e precisava do antigo programa CNS para o relacionamento com a CAIXA e prestação de informações

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

A Importância da Informática na Contabilidade

A Importância da Informática na Contabilidade A Importância da Informática na Contabilidade Douglas Pedro Simas Herbert Esdras Alves Wesslyne K. Ribeiro Geraldes Cabral Unirondon Centro Universitário Cuiabá MT Brasil douglas_simas@hotmail.com h.cic@hotmail.com

Leia mais

Certificado Digital Usos e Aplicações

Certificado Digital Usos e Aplicações Certificado Digital Usos e Aplicações Certificado Digital: Onde usar? O certificado digital é um documento eletrônico que proporciona agilidade em muitas das atividades realizadas atualmente por seu titular.

Leia mais

AUTOR(ES): IANKSAN SILVA PEREIRA, ALINE GRAZIELE CARDOSO FEITOSA, DANIELE TAMIE HAYASAKA, GABRIELA LOPES COELHO, MARIA LETICIA VIEIRA DE SOUSA

AUTOR(ES): IANKSAN SILVA PEREIRA, ALINE GRAZIELE CARDOSO FEITOSA, DANIELE TAMIE HAYASAKA, GABRIELA LOPES COELHO, MARIA LETICIA VIEIRA DE SOUSA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: TECNOLOGIA E SUA INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA GESTÃO CONTÁBIL. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

A Importância da Informática na Profissão Contábil

A Importância da Informática na Profissão Contábil A Importância da Informática na Profissão Contábil Sumário: I Introdução. II Importância da Informática na Contabilidade. III A Valorização do Profissional Contábil com o Uso da Informática. IV A Vantagem

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações.

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações. Diadema (SP), 17 de outubro de 2011. CIRCULAR Nº. 12/2011 Referente: SPED Caro(s) Diretor(es), Gerente(s) e Supervisor(es), Saudações! Como é de seu conhecimento os órgãos da administração federal e estadual

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO P á g i n a 3 INTRODUÇÃO A Administração de Materiais compreende as decisões e o controle sobre o planejamento, programação, compra, armazenamento e distribuição dos materiais indispensáveis à produção

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial Prof. Pedro Luiz de O. Costa Bisneto 14/09/2003 Sumário Introdução... 2 Enterprise Resourse Planning... 2 Business Inteligence... 3 Vantagens

Leia mais

OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG

OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG Fernanda Martins LEMOS (IC - nandove15@hotmail.com) 1 Lorena Camila Martins ARAUJO (IC - lorenalo90@hotmail.com) 1 Luciana Chaves SILVA (IC

Leia mais

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo;

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo; Conceitos Comunicação; Formas de escritas; Bacharel Rosélio Marcos Santana Processo de contagem primitivo; roseliomarcos@yahoo.com.br Inicio do primitivo processamento de dados do homem. ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS OBJETIVO DA SOLUÇÃO GERCLIM WEB A solução GERCLIM WEB tem por objetivo tornar as rotinas administrativas e profissionais de sua clínica,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO NOVE DE JULHO UNINOVE

CENTRO UNIVERSITÁRIO NOVE DE JULHO UNINOVE CENTRO UNIVERSITÁRIO NOVE DE JULHO UNINOVE MODELO CONCEITUAL E PROCESSO DE ESTRUTURAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL NO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL JOSE CARLOS PANTAROTO Orientador: Prof.

Leia mais

ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL

ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL 1 ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL ORGANIZATION THE FIRST STEP TO BUSINESS CONTROL Adriane C. Lopes * Elisiane Godoy* Emanuel O. Batista* Sheila C. M. Guilherme* Aparecida Vani Frasson

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Estudo de Viabilidade SorveTech (Sistema de Gerenciamento) Professora: Carla Silva Disciplina: Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação UNIFEI Universidade Federal de Itajubá Prof. Dr. Alexandre Ferreira de Pinho 1 Componentes de uma empresa Organizando uma empresa: funções empresariais básicas Funções

Leia mais

APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO

APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO COMO FAZEMOS? QUEM SOMOS? ByeByePaper é uma empresa que atua no segmento de Gestão Eletrônica de Documentos e Certificado Digital, oferecendo ferramentas para gestão de conteúdo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS Linha de pesquisa: Sistema de informação gerencial Pâmela Adrielle da Silva Reis Graduanda do Curso de Ciências

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 FERNANDES, Alexandre Roberto Villanova 2 ; KIRINUS, Josiane Boeira 3 1 Trabalho de Pesquisa _URCAMP 2 Curso de Ciências Contábeis da

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP Atualmente, a DpComp, visando ampliar a capacidade corporativa de seus clientes, acompanha a evolução tecnológica e trabalha hoje com o banco de dados MySQL, um dos bancos

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL

A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL Contador da Empresa Menendez Amerino & Cia Ltda Contato: Sumário: I Introdução. II Importância da Informática na Contabilidade. III A Valorização do Profissional

Leia mais

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Auditoria em Sistemas de Informação Prof. Fabio Costa

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 Banco de Dados Introdução Por: Robson do Nascimento Fidalgo rdnf@cin.ufpe.br IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson

Leia mais

Simplificando a TECNOLOGIA

Simplificando a TECNOLOGIA 3 Simplificando a TECNOLOGIA SEGURANÇA DESENVOLVIMENTO BANCO DE DADOS S O L U Ç Õ ES E M T E C N O L O G I A MISSÃO VISÃO Contribuir com o sucesso dos Clientes através da Ser a melhor provedora de Soluções

Leia mais

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Planejamento Estratégico para as PMEs Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Maio/2007 Rio Quente- Goiás Nivaldo Cleto Na era da tecnologia da informação, o mercado exige um empresário dinamicamente

Leia mais

Universal sistema oficial CBO

Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário 2013 Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário Universal 14/2/2013 2 Conteúdo 1. O que é o P2D Prontuário Universal?... 3 2. Quanto custa?... 3 3. Quais os benefícios?... 3 4. Quais os

Leia mais

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Perfil do Palestrante: Contador, Consultor e Professor Universitário Colaborador do Escritório Santa Rita desde 1991 Tributação das Médias e Pequenas Empresas Como

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Tema: Apresentador: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Objetivo desta palestra será resolver as seguintes questões: Porque fazer um PDTI? Quais os benefícios

Leia mais

Av. Santos Dumont, 505 - Sala 203 Londrina-PR CEP 86039-090 Tel.: 43 3029 4544 e-mail: comercial@arandusistemas.com.br Site:

Av. Santos Dumont, 505 - Sala 203 Londrina-PR CEP 86039-090 Tel.: 43 3029 4544 e-mail: comercial@arandusistemas.com.br Site: ARANDU SISTEMAS O objetivo principal da Arandu é oferecer ferramentas que facilitem a GESTÃO EMPRESARIAL, que sejam inteligentes, viáveis e rápidos, procurando sempre a plena satisfação do Cliente. As

Leia mais

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Não há mais dúvidas de que para as funções da administração - planejamento, organização, liderança e controle

Leia mais

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos Denis Alcides Rezende Do processamento de dados a TI Na década de 1960, o tema tecnológico que rondava as organizações era o processamento de

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE SISTEMAS ERP NAS EMPRESAS DE MÉDIO E PEQUENO PORTE

A IMPORTÂNCIA DE SISTEMAS ERP NAS EMPRESAS DE MÉDIO E PEQUENO PORTE REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - ISSN 1807-1872 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE C IÊNCIAS J URÍDICAS E G ERENCIAIS DE G ARÇA/FAEG A NO II, NÚMERO, 03, AGOSTO DE 2005.

Leia mais

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

Apresentação Análise Essencial Projeto Implantação do Sistema Treinamento Suporte Técnico

Apresentação Análise Essencial Projeto Implantação do Sistema Treinamento Suporte Técnico Apresentação Um projeto de informatização tem como principal função analisar as características da empresa e apontar os pontos onde são necessários controles informatizados, fazendo uma análise junto à

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são palestras

Leia mais

ESTOQUE. Manual Estoque Atualizado em 29/06/2007 Pág. 1

ESTOQUE. Manual Estoque Atualizado em 29/06/2007 Pág. 1 MANUAL ESTOQUE Pág. 1 INTRODUÇÃO AO MÓDULO ESTOQUE Sua empresa seja de pequeno, médio, ou grande porte, precisa de um sistema que contemple as principais rotinas de controle de estoque. É para contornar

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul O segredo do sucesso da sua empresa é conhecer e entender o que entra e o que sai do caixa durante um dia, um mês ou um ano. 1 Fluxo de caixa: organize

Leia mais

Manual Fechamento Fiscal

Manual Fechamento Fiscal Manual Fechamento DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Silmara Rebeca e Mauro Martinelli Aprovado em: março de 2013 Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE INTRODUÇÃO Na intenção de realizar um novo sistema financeiro para a gestão de recursos de convênios celebrados pela Academia Brasileira de Ciências, o setor de informática juntamente com o setor financeiro

Leia mais

Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS

Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS Salvador, 2003 MARIA AMÁLIA SILVA COSTA A D M I N I S T R A Ç Ã O E S T R A T É G I C A E

Leia mais

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO 2015 A LINHA CRIATIVA é uma solução de TI focada em produtos inteligentes e simples, actuando no sector de empresas de médio e pequeno porte, nas áreas

Leia mais

PROJETO DE GESTÃO DE APOIO À SAÚDE

PROJETO DE GESTÃO DE APOIO À SAÚDE PROJETO DE GESTÃO DE APOIO À SAÚDE maio/2015 CONSULTORIA DE PROJETOS Consultoria nasceu com o objetivo de ajudar as Prefeituras a: Captarem recursos junto ao BID. Criarem e viabilizarem projetos de investimentos.

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Sped altera realidade fiscal e contábil das empresas

Sped altera realidade fiscal e contábil das empresas Sped altera realidade fiscal e contábil das empresas O governo brasileiro, por meio da Receita Federal do Brasil (RFB), está implantando mais um avanço na informatização da relação entre o fisco e os contribuintes.

Leia mais

Universal sistema oficial CBO

Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário 2012 Universal sistema oficial CBO P2D Prontuário Universal 1/9/2012 2 Conteúdo 1. O que é o P2D Prontuário Universal?... 3 2. Quanto custa?... 3 3. Quais os benefícios?... 3 4. Quais os

Leia mais

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Virtualização Microsoft: Data Center a Estação de Trabalho Estudo de Caso de Solução para Cliente Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Visão

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações

Tecnologia e Sistemas de Informações Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 3 Componentes de SIs Pessoas SI Organiz. Unidades que exercem diferentes funções, tais

Leia mais

Certificado Digital Co C mo u sar? r

Certificado Digital Co C mo u sar? r Certificado Digital Como usar? Certificado Digital Documento eletrônico que identifica pessoas físicas e jurídicas e cuja validade é garantida por uma terceira parte de confiança Garante a identidade do

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Plano de Segurança da Informação

Plano de Segurança da Informação Governança de Tecnologia da Informação LUSANA SOUZA NATÁLIA BATUTA MARIA DAS GRAÇAS TATIANE ROCHA GTI V Matutino Prof.: Marcelo Faustino Sumário 1. OBJETIVO... 2 2. DESCRIÇÃO DO SERVIÇO... 2 3. ETAPAS

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FÁBIO AMÉRICO DO SANTOS A UTILIZAÇÃO DO CONTROLE DE ESTOQUE

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

Os obstáculos da aplicação de TI nas pequenas empresas

Os obstáculos da aplicação de TI nas pequenas empresas Os obstáculos da aplicação de TI nas pequenas empresas Ricardo Roberto de Lima UNIBRATEC-PB João Pessoa - PB ricardoricrob@hotmail.com RESUMO O referido artigo visa ilustrar, de forma prática e rápida,

Leia mais

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí.

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. RESUMO Andressa Lima da CUNHA ; Aline Martins CHAVES ; Gabriel da SILVA 2 Pós-Graduada em Administração de

Leia mais

SPED Contábil. ECD Escrituração Contábil Digital. Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC. www.spednet.com.br 1

SPED Contábil. ECD Escrituração Contábil Digital. Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC. www.spednet.com.br 1 SPED Contábil ECD Escrituração Contábil Digital Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC www.spednet.com.br 1 Programa Apresentação e Objetivos Regulamentação Livros contemplados Aspectos importantes da legislação

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL 2015 Sabemos que as empresas atualmente utilizam uma variedade muito grande de sistemas de informação. Se você analisar qualquer empresa que conheça, constatará que existem

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Desenvolvimento de Software, sem custo, no auxílio à Gestão de Micro e Pequenas Empresas e Incubadoras Tecnológicas

Desenvolvimento de Software, sem custo, no auxílio à Gestão de Micro e Pequenas Empresas e Incubadoras Tecnológicas Desenvolvimento de Software, sem custo, no auxílio à Gestão de Micro e Pequenas Empresas e Incubadoras Tecnológicas Aline de Oliveira Galvão (UTFPR) alineoliveiragalvao@gmail.com Simone Bello Kaminski

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação

Estratégias em Tecnologia da Informação Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 6 Sistemas de Informações Estratégicas Sistemas integrados e sistemas legados Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados Material de apoio 2 Esclarecimentos

Leia mais

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy?

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy? Por que a sua empresa merece Quem somos? A Otimizy Sistemas Inteligentes é a desenvolvedora do software ErpSoft, um Sistema de Gestão Empresarial voltado a resultados, que automatiza processos operacionais

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01

Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01 Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 31 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Professor do curso ESAMI

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem.

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. BOX like a Boss Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. mandic CLOUD SOLUTIONS Mais e mais empresas buscam soluções para dar suporte

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES 1 1. Conceito e caracterização CONTABILIDADE GERENCIAL A Contabilidade

Leia mais

TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR"

TÍTULO: COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR" CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE PERGAMUM NA ESCOLA BÁSICA DR. PAULO FONTES Florianópolis

Leia mais

A pesquisa de campo foi realizada com questões para os núcleos administrativo, pessoal e acadêmico e procura explorar duas situações distintas:

A pesquisa de campo foi realizada com questões para os núcleos administrativo, pessoal e acadêmico e procura explorar duas situações distintas: 4 Pesquisa de campo Neste capitulo será apresentado o resultado dos questionários da pesquisa de campo que serviu para o estudo de caso. A coleta de dados será dividida em: Núcleo administrativo Núcleo

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Tipos de SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução 2 n As organizações modernas competem entre si para satisfazer as necessidades dos seus clientes de um modo

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 INTRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 Há algum tempo, podemos observar diversas mudanças nas organizações,

Leia mais

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos. Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens. Clientes

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos. Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens. Clientes Agenda A Empresa História Visão Conceito dos produtos Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens Clientes A empresa WF História Em 1998, uma ideia que continua atual: Soluções Corporativas via Web;

Leia mais

gladiador INTERNET CONTROLADA

gladiador INTERNET CONTROLADA gladiador INTERNET CONTROLADA funcionalidades do sistema gladiador sistema Gerenciamento de usuários, gerenciamento de discos, data e hora do sistema, backup gladiador. Estações de Trabalho Mapeamento

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PREFEITURA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Cargo de Nível Médio Agente Administrativo Contribuir com o correto fluxo de atividades, informações e materiais

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS

IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS CICLO DE VIDA DE PROJETOS (viabilidade até a entrega / iniciação ao encerramento) RELEVÂNCIA SOBRE AS AREAS DE CONHECIMENTO FATORES IMPACTANTES EM PROJETOS

Leia mais