Agenda. 5 - Microsoft Excel. Conceitos Fórmulas em Excel Operadores Endereços Funções em Excel. ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão/

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agenda. 5 - Microsoft Excel. Conceitos Fórmulas em Excel Operadores Endereços Funções em Excel. ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão/"

Transcrição

1 ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão/ FMH - Instituto de Motricidade Humana 5 - Microsoft Excel EXCEL V - 1 Agenda Conceitos Fórmulas em Excel Operadores Endereços Funções em Excel EXCEL V - 2 Excel V - 1

2 O Microsoft Excel O Microsoft Excel é um produto de software que permite criar e formatar folhas de cálculo e efectuar uma grande panóplia de operações e aplicação de funções sobre um determinado conjunto de dados. EXCEL V - 3 Características do Microsoft Excel Algumas das características do Microsoft Excel são a: Concepção de fórmulas pelos utilizadores; Utilização de funções predefinidas: estatísticas, financeiras, matemáticas, etc.; Elaboração e formatação de quadros de cálculo; Inserção, pesquisa, ordenação de dados; Inserção e formatação de texto e imagens; Criação de gráficos personalizados, etc.. EXCEL V - 4 Excel V - 2

3 Noção de Folha de Cálculo Ficheiro Código Designação Tipo Preço_Unitário Fornecedor Existências Valor... Ficha Registo Linha Folha de Cálculo Atributo Campo Coluna EXCEL V - 5 Cálculo do Valor por Produto Valor2 = D2*F2, Valor3= D2*F2,, V10= D10*F10, EXCEL V - 6 Excel V - 3

4 Fórmulas em Excel As fórmulas em Excel são: sempre iniciadas pelo sinal = ; Compostas por três elementos: = Constante Operador Constante = Endereço Operador Endereço Exemplos: = 25 * 100 = Variavél Operador Variável ou = A5 / B14 = X - Y EXCEL V - 7 Operadores Aritméticos Operador Operação Exemplos + - / * % ^ Adição Subtracção Divisão Multiplicação Percentagem Potenciação = B7 + C15 = A45 B9 = C2 / M12 = D33 * A5 = 1500 * 7% =C13 ^ 5 EXCEL V - 8 Excel V - 4

5 Operadores Lógicos ou de Comparação Operador Operação Exemplos = < > <= >= <> Igual Menor Maior Menor ou igual Maior ou igual Diferente = A7 = D23 = D4 < Z34 = C2 > 12 = D33 <= A5 = A43 >= C12 = B13 <> D55 EXCEL V - 9 Operadores de Referência Operador Operação Exemplos : Intervalo (Range) = B5:B17 (conjunto de células ou.. compreendidas entre dois = B5..B17 endereços) ; União (união de duas ou mais células) = F5;B9 EXCEL V - 10 Excel V - 5

6 A Ordem de execução dos Operadores Aritméticos Segue as regras gerais da matemática: : ; % * e / + e - EXCEL V - 11 Os Endereços A utilização de endereços das células, nas fórmulas ou funções em Excel, são muito úteis, uma vez que garantem que, sempre que os valores das células são alterados, o resultado da avaliação seja automaticamente actualizado. Os endereços podem ser: Relativos; Absolutos. EXCEL V - 12 Excel V - 6

7 Endereços Relativos O endereço, varia de acordo com a localização da fórmula ou função, isto é, sempre que uma fórmula ou função é copiada para outras linhas, os endereços das células das novas fórmulas alteram-se, identificando as novas coordenadas (relativas). Exemplos: Cópia = B3 C3*D3 = F3 G3*H3 EXCEL V - 13 Endereços Absolutos Endereços fixos, isto é, os endereços absolutos não se alteram quando as fórmulas são copiadas para outras linhas. O símbolo $ antes do número - referencia a linha O símbolo $ antes da letra - referencia a coluna Exemplos: = E3+(F3*$A$1) Cópia = K3+(L3*$A$1) EXCEL V - 14 Excel V - 7

8 Noção de Função em Excel Uma função é uma fórmula previamente construída, identificada por um nome e com uma sintaxe própria. Permite que lhe sejam introduzidos valores e realizará a(s) operação (ções) respectiva(s) retornando o(s) valore(s) resultante(s) dessa(s) operação(ções) sobre um dado conjunto de dados. Exemplos: =AVERAGE(A2:A6); = SUM(B23:B36); EXCEL V - 15 A Sintaxe de uma Função Sinal de igual Parêntesis = <nome_da_função> (xpto; xpto2; xpto) Nome da função Argumentos Separadores Os parêntesis são utilizados para indicar os argumentos da função. O separador de argumentos serve para separar os argumentos da função. Os argumentos são a informação que a função utiliza para realizar determinada operação e devolver um valor, podem ser outras funções. O que significa que podemos ter várias funções encaixadas umas nas noutras. EXCEL V - 16 Excel V - 8

9 Tipos de Argumentos: Números qualquer número com um máximo de precisão limitado a 15 caracteres; Texto o texto deve ser introduzido entre aspas e não pode exceder os 255 caracteres; Listas de valores (arrays) que podem ser utilizadas como argumento de uma função; Fórmulas podemos utilizar fórmulas como argumento até 7 níveis; Referências as referências podem ser relativas, absolutas ou mistas. Podemos utilizar a referência de uma célula, de um intervalo ou de várias células; Valores lógicos podem assumir os valores True e False, ou serem uma condição que retorna qualquer um destes valores. EXCEL V - 17 As Funções agrupam-se em: Math & Trig { Matemáticas e Trignométricas} Statistical { Estatísticas } Financial { Financeiras } Date & Time {Data e hora} Logical { Lógicas } Test {Textuais} Database {Base de Dados} Lookup & Reference { Consulta e Referência } EXCEL V - 18 Excel V - 9

10 A Função SUM (SOMA) Calcula a soma de um conjunto de células com valores numéricos. Sintaxe: SUM (number1; number2;...) ou SUM (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 19 A Função AVERAGE (Média) Calcula a média aritmética de um conjunto de valores. Sintaxe: AVERAGE (number1; number2;...) ou AVERAGE (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 20 Excel V - 10

11 A Função MAX (Máximo) Devolve a ocorrência mais elevada (o maior valor) de um conjunto de valores. Sintaxe: MAX (number1; number2;...) ou MAX (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 21 A Função MIN (Mínimo) Devolve a ocorrência mais baixa (o menor valor ) de um conjunto de valores. Sintaxe: MIN (number1; number2;...) ou MIN (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 22 Excel V - 11

12 A Função MODE (Moda) Devolve a ocorrência mais frequente (o valor que mais vezes se repete) de um conjunto de valores. Sintaxe: MODE(number1; number2;...) ou MODE (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 23 A Função VAR (Variância) Calcula a variância numa determinada amostra. Sintaxe: VAR(number1; number2;...) ou VAR (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 24 Excel V - 12

13 A Função STDEV (desvio padrão) Calcula o desvio padrão de um conjunto de valores. Sintaxe: STDEV (number1; number2;...) ou STDEV (Range) (argumentos da função) Exemplo: EXCEL V - 25 A Função ROUND (Arredondamento) Arredonda um número, permitindo especificar a quantidade de casas decimais do arredondamento. Sintaxe: ROUND (number; Nº_digitos) ou ROUND (Range) (Nº que se pretende arredondar) (Indica o nº de casas decimais) Exemplo: EXCEL V - 26 Excel V - 13

14 Funções Lógicas A função lógica se(), do inglês if( ) A função retorna um valor verdadeiro se a condição se verificar, e um valor falso se não se verificar. = IF( logical_text; Value_if_true; Value_if_false) ou em português = SE( condição; acção se verdadeira; acção se falsa) onde: Condição corresponde à condição que se pretende avaliar; Acção se verdadeira instrução que será efectuada se o resultado da avaliação da condição for verdadeira; Acção se falsa instrução que será efectuada se a condição não se verificar, isto é, se o resultado da avaliação for falsa. EXCEL V - 27 Funções Financeiras Argumentos (1/2) Per Pmt Nome Pv (Present value) Rate Descrição Período de tempo para o qual se pretende calcular o valor da amortização ou depreciação. (deve ser expresso na mesma unidade de tempo do parametro Life) Valor de uma prestação Valor actual ou o somatório de uma série de pagamentos futuros Taxa de juro EXCEL V - 28 Excel V - 14

15 Funções Financeiras Argumentos (2/2) Nome Fv (Future value) Nper Values Descrição Valor futuro considerado depois do pagamento da ultima prestação Número de períodos de pagamento de um empréstimo. Uma série de cash flows que correspondem à sequencia de pagamentos esperados num determinado período EXCEL V - 29 Princípios de Cálculo Financeiro O conceito de Valor Actual (VA): um Euro disponível hoje vale mais do que um Euro disponível amanhã. Onde, VA = Coeficiente de Actualização * C1 Coeficiente de actualização: 1/(1+r), onde r é a taxa de rendibilidade, prémio que os investidores exigem pela aceitação de um recebimento adiado C1: Recebimento esperado no final do ano 1 EXCEL V - 30 Excel V - 15

16 Funções Financeiras: NPV (Net Presente Value) O Valor Actual Liquido (VA) determina o VA(Valor Actual ) de um investimento com base numa taxa de desconto e num conjunto de cash flows futuros descontados a uma taxa fixa periódica. VAL = VA - Investimento Sintaxe: NPV (Rate;Value1;Value2, ) onde: Rate taxa de desconto, actualização ou custo de oportunidade de capital Value1..n valor dos cash-flows futuros EXCEL V - 31 FUNÇÕES FINANCEIRAS NPV(Taxa; Value1, value2, ) Exemplo: Será rentável um investimento de Euros num negócio que se prevê que irá gerar no futuro os seguintes cash-flows: Ano1:1000, Ano2:1000 e Ano3:5000, considerando uma taxa de actualização de 10%? Actualizar cada um dos cash-flows futuros para o momento actual =NPV(10%;D4:D6)+D Deve ser adicionado o investimento adicional. Este por ser do próprio ano de análise, Ano 0, não necessita de ser actualizado, e portanto não deverá fazer parte da fórmula NPV do Excel VAL= 3492 (Maior que zero). De acordo com o critério do VAL o projecto é considerado rentável EXCEL V - 32 Excel V - 16

17 Funções Financeiras: IRR (Internal Rate of Return) Calcula a Taxa Interna de Rendibilidade (TIR), que é a taxa de actualização que torna o valor actual líquido (VAL) de um investimento igual a zero Sintaxe: IRR (value1, value2, ) onde: Value1, Valor dos cash-flows futuros EXCEL V - 33 Funções Financeiras: IRR (Internal Rate of Return) Exemplo: Será rentável um investimento de Euros num negócio que se prevê que irá gerar no futuro os seguintes cash-flows: Ano1:1000, Ano2:1000 e Ano3:5000? Taxa de desconto alternativa=10% =IRR(D3:D6)= 68% De acordo com o critério da TIR o projecto é considerado rentável, uma vez que a TIR é superior à taxa de desconto (que corresponde à melhor taxa de rendibilidade alternativa) EXCEL V - 34 Excel V - 17

18 Funções Financeiras: PV (Present Value) Calcula o valor actual de um investimento com base numa série de cash flows constantes e uma taxa de juros constante ao longo de um determinado período. Sintaxe: PV (rate;nper;pmt) onde: rate taxa de juro por período do empréstimo nper nº total de períodos para o empréstimo pmt valor de uma prestação Exemplo: Qual o valor do empréstimo no mês 0, sabendo que a taxa de juro é de 5%, e tem 12 prestações mensais no valor de 5000Euros? PV(5%; 12; 5000)= 44316,26Euros EXCEL V - 35 Funções Financeiras: FV (Future Value) Calcula o valor futuro de um investimento com pagamentos periódicos e constantes e uma taxa de juros constantes ao longo do período Sintaxe: FV (rate;nper;pmt) onde: rate taxa de juro por período do empréstimo nper nº total de períodos para o empréstimo pmt valor de uma prestação EXCEL V - 36 Excel V - 18

19 Funções Financeiras: PMT -Valor da prestação Calcula o valor da prestação ou pagamentos periódicos de um empréstimo com taxa de juro constante ao longo do período. Sintaxe: PMT (rate;nper;pv) onde: rate taxa de juro por período de empréstimo nper nº total de períodos para o empréstimo pv montante actual do empréstimo Exemplo: Foi contraída uma dívida no valor de 50000Euros em Outubro de 2006, por um período de 2 anos à taxa de 2% ao mês. Qual o valor de cada prestação? PMT(2%;24;50000)=2643,55Euros EXCEL V - 37 Funções Financeiras: IPMT Valor do juro Calcula o valor do juro pago num determinado período de um empréstimo com prestação e taxa de juros constantes ao longo do período. Sintaxe: IPMT (rate;per;nper;pv) onde: rate taxa de juro por período de empréstimo per período para o qual se calcula o valor do juro nper nº total de períodos para o empréstimo pv montante actual do investimento Exemplo: De acordo com os dados anteriores, calcule o montante pago em juros para o sexto mês. IPMT(2%,6;24;50000)=828,94Euros EXCEL V - 38 Excel V - 19

20 Funções Financeiras: NPER Nº de peródos Calcula o número de períodos necessários para o pagamento de um empréstimo com prestações e taxas constantes. Sintaxe: NPER (rate;pmt;pv) onde: rate taxa de juro por período de empréstimo pmt valor de uma prestação pv montante actual do investimento Exemplo: Foi contraído um empréstimo pessoal no montante de 50000Euros à taxa de 2% ao mês, e pretende-se que o valor de cada prestação seja de 2500Euros/mês. Quantos períodos são necessários para se efectuar a amortização da dívida? NPER(2%,2500;50000)~17 meses EXCEL V - 39 Funções Financeiras: RATE - Taxa Calcula a taxa de juros de um empréstimo com prestações periódicas e constantes. Sintaxe: RATE (npr;pmt;pv) onde: nper nº de períodos para o empréstimo pmt valor de uma prestação pv montante actual do investimento Exemplo: Calcule a taxa de juro mensal de um empréstimo contratado por 5 anos, no valor de 50000Euros e com prestações mensais de 1000Euros. RATE (60; 1000; 50000)=0,62% EXCEL V - 40 Excel V - 20

21 Bibliografia Utilizada: Brealey, R.A. e Myers, S.C. (1998) Princípios de Finanças Empresariais, 3ª Edição, McGraw-Hill, Portugal Rofrigues, A. J. e Nicolau, I. (2003) Elementos de Claculo Financeiro, 7ª Edição, ÀREAS EDITORA, Portugal, ISBN X. Walkenbach, John (2004). Microsoft Excel 2003 Formulas. John Wiley & Sons, New-York, ISBN EXCEL V - 41 Excel V - 21

MANUAL DO EXCEL. Os elementos mais usuais numa fórmula são os operadores, os endereços e os valores constantes. =15000*16% =(C10*12)/B12 =B3*12+4^2

MANUAL DO EXCEL. Os elementos mais usuais numa fórmula são os operadores, os endereços e os valores constantes. =15000*16% =(C10*12)/B12 =B3*12+4^2 MANUAL DO EXCEL FÓRMULAS E FUNÇÕES CRIAÇÃO DE FÓRMULAS As fórmulas de cálculo são necessárias à realização de operações aritméticas e actualização dos dados após modificação. Estes cálculos podem ser simples

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Documentação de apoio aos livros de Rogério Matias Escolar Editora. Documentação de apoio aos livros. Documento elaborado em 2015-07-05 Versão 2.

Documentação de apoio aos livros de Rogério Matias Escolar Editora. Documentação de apoio aos livros. Documento elaborado em 2015-07-05 Versão 2. Documentação de apoio aos livros Cálculo Financeiro Escolar Editora Algumas funções financeiras do Microsoft Excel Versão 2.0 i EFECTIVA (EFFECT) Calcula a taxa anual efetiva =EFECTIVA(12%;4) =EFECTIVA(i

Leia mais

Formadora: Vanda Martins 2

Formadora: Vanda Martins 2 Técnico/a de Informática Excel 2007 Óbidos Folha de Cálculo Microsoft Excel Formadora: Vanda Martins 2 Tipo de Dados Formadora: Vanda Martins 3 Tipo de Dados aceites Formadora: Vanda Martins 4 Formulas

Leia mais

Apêndice. Funções financeiras do Excel

Apêndice. Funções financeiras do Excel Apêndice B Funções financeiras do Excel B.1. INTRODUÇÃO...2 B.2. CÁLCULOS FINANCEIROS BÁSICOS...3 B.2.1. NOMENCLATURA E CONVENÇÕES ADOTADAS...3 B.2.2. FUNÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS SIMULADOR DA HP 12 C..

Leia mais

1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007

1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007 1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007 Funções são fórmulas predefinidas que efetuam cálculos usando valores específicos, denominados argumentos, em uma determinada ordem ou estrutura. As funções podem ser usadas para

Leia mais

Preenchimento automático, Séries

Preenchimento automático, Séries Preenchimento automático, Séries O Microsoft Excel pode preencher automaticamente datas, períodos de tempo e séries de números, incluindo números combinados com texto, como Mês 1, Mês 2,..., etc. Preenchimento

Leia mais

Módulo III. Folhas de Cálculo

Módulo III. Folhas de Cálculo Módulo III Ferramentas do Office Folhas de Cálculo Ferramentas de produtividade 1 Folhas de Cálculo O que é: Uma Folha de Cálculo é, por tradição, um conjunto de células que formam uma grelha ou tabela

Leia mais

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares Folha de cálculo Excel Agrupamento de Escolas de Amares Índice 1. Funcionalidades básicas... 3 1.1. Iniciar o Excel... 3 1.2. Criar um livro novo... 3 1.3. Abrir um livro existente... 3 1.4. Inserir uma

Leia mais

Excel. Excel conceitos básicos

Excel. Excel conceitos básicos Excel Docente: Ana Paula Afonso Excel conceitos básicos A folha de cálculo não é mais do que um programa que manipula um conjunto de células dispostas em formato de matriz, cujo conteúdo, quando numérico,

Leia mais

- RESOLUÇÕES BÁSICAS NA HP 12C

- RESOLUÇÕES BÁSICAS NA HP 12C - RESOLUÇÕES BÁSICAS NA HP 12C 1. Juros compostos, operação única PV 0 n ou 0 n PV 1.1. Quanto devo receber ao aplicar R$ 1.000,00 por 6 meses, à taxa de 5% ao mês? f CLEAR FIN 1.000 CHS PV -1.000,00 6

Leia mais

Curso Básico de Matemática Financeira. Celso H. P. Andrade

Curso Básico de Matemática Financeira. Celso H. P. Andrade Curso Básico de Matemática Financeira Celso H. P. Andrade ÍNDICE JURO... 3 FATOR DE FORMAÇÃO DE JURO... 4 JURO SIMPLES... 6 JURO COMPOSTO... 7 Equivalência de Taxa de Juros... 9 DESCONTO... 10 FLUXO DE

Leia mais

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br Matemática Financeira Aplicada www.adrianoparanaiba.com.br Conceitos Básicos - Juros Simples - Juros Composto Juros Simples: J = C x i x n M = C + J Juros Compostos M = C x (1 + i) n J = M C Exemplo: Aplicação

Leia mais

Microsoft Excel. Funções Financeiras PARTE 7 SUMÁRIO

Microsoft Excel. Funções Financeiras PARTE 7 SUMÁRIO Microsoft Excel Funções Financeiras PARTE 7 SUMÁRIO 1-) Funções financeiras no Excel... 2 1.1-) Função = VF( )... 2 1.2-) Função =VP( )... 3 1.3-) Função = PGTO ( )... 3 1.4-) Valor Presente Utilizando

Leia mais

Curso de Economia (2º semestre 2004) ISEG. Princípios básicos da teoria financeira na avaliação de empresas

Curso de Economia (2º semestre 2004) ISEG. Princípios básicos da teoria financeira na avaliação de empresas Análise Financeira Curso de Economia (2º semestre 2004) ISEG Princípios básicos da teoria financeira na avaliação de empresas Lisboa, Abril de 2004 Preparado por: Filipe de Almeida Pereira (filipepereira.iseg@iol.pt)

Leia mais

Formulas e Funções 1

Formulas e Funções 1 Formulas e Funções 1 Operadores Exemplo: 3 + 4 / 2 2 * 2^2 Para a fórmula acima, a ordem do cálculo é a seguinte: No 1.º passo fica 3 + 4 / 2 2 * 4 No 2.º passo fica 3 + 4 / 2 8 No 3.º passo fica - 3 2

Leia mais

Neste método o cálculo é efetuado de maneira exponencial, ou seja, juros são computados sobre os juros anteriormente calculados.

Neste método o cálculo é efetuado de maneira exponencial, ou seja, juros são computados sobre os juros anteriormente calculados. Microsoft Excel Aula 4 Objetivos Trabalhar no Excel com cálculos de juros simples e compostos Trabalhar com as funções financeiras VF e PGTO do Excel Trabalhar com a ferramenta Atingir Meta Apresentar

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura II Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Priorizando Projetos. Métodos Matemáticos. Métodos de análise de benefícios. Selecionando

Leia mais

Escola Secundária Infanta D. Maria Folha de cálculo Tarefa 4. Tarefa Excel Nº 4

Escola Secundária Infanta D. Maria Folha de cálculo Tarefa 4. Tarefa Excel Nº 4 Tarefa Excel Nº 4 Objectivos: Utilização de fórmulas simples numa folha de cálculo O botão Soma automática Referências relativas, absolutas e mistas Inserir funções numa folha de cálculo Copiar fórmulas

Leia mais

EXERCÍCIOS DE SUPORTE ÀS SESSÕES SOBRE UTILIZAÇÃO DE CALCULADORAS FINANCEIRAS

EXERCÍCIOS DE SUPORTE ÀS SESSÕES SOBRE UTILIZAÇÃO DE CALCULADORAS FINANCEIRAS EXERCÍCIOS DE SUPORTE ÀS (versão 2006/2007) Rogério Matias EXERCÍCIOS DE SUPORTE ÀS 1ª SESSÃO (Numeração dos exercícios do livro Cálculo Financeiro Teoria e Prática, excepto exercício designado por Extra

Leia mais

Introdução aos cálculos de datas

Introdução aos cálculos de datas Page 1 of 7 Windows SharePoint Services Introdução aos cálculos de datas Aplica-se a: Microsoft Office SharePoint Server 2007 Ocultar tudo Você pode usar fórmulas e funções em listas ou bibliotecas para

Leia mais

1. Ambiente de Trabalho

1. Ambiente de Trabalho 1 Ambiente de Trabalho 1. Ambiente de Trabalho Ao nível do ambiente de trabalho, depois de o Excel 2007 ter introduzido novos componentes (e.g., Botão Office e Friso) e eliminado alguns dos componentes

Leia mais

FICHA ORIENTADA Nº1. Barra de fórmulas. Área de trabalho T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O

FICHA ORIENTADA Nº1. Barra de fórmulas. Área de trabalho T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O FICHA ORIENTADA Nº1 INTRODUÇÃO À FOLHA DE CÁLCULO CRIAÇÃO DE UMA FOLHA DE CÁLCULO O Microsoft Excel é um programa que faz parte das

Leia mais

EER Economia das Energias Renováveis Mestrado em Energias Renováveis (MERCEUS)

EER Economia das Energias Renováveis Mestrado em Energias Renováveis (MERCEUS) EER Economia das Energias Renováveis Mestrado em Energias Renováveis (MERCEUS) Avaliação económica de projectos de energias renováveis Jorge Alberto Mendes de Sousa Professor Coordenador Webpage: pwp.net.ipl.pt/deea.isel

Leia mais

Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão [2] 2007/2008

Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão [2] 2007/2008 Licenciatura em Gestão Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão [2] 2007/2008 Noções Fundamentais Rendimento = Consumo + Poupança [Aforro] Aforro = Entesouramento + Investimento Financeiro Entesouramento

Leia mais

Técnicas de Avaliação. Técnicas BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Comparar os parâmetros das Decisões de Investimentos. Tópico Novo. O segundo passo...

Técnicas de Avaliação. Técnicas BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Comparar os parâmetros das Decisões de Investimentos. Tópico Novo. O segundo passo... Tópico Novo O segundo passo... Técnicas de Avaliação Comparar os parâmetros das Decisões de Investimentos Um breve resumo... Comparação e técnicas Ativo Passivo Bens + Direitos INVESTIMENTOS Obrigações

Leia mais

Exemplos com algumas das Funções básicas mais utilizadas

Exemplos com algumas das Funções básicas mais utilizadas Fórmulas e Funções Fórmulas Operadores e regras de prioridade; Tipos de Valores; Referências a células Funções Pré-definidas Sintaxe da função; Funções aninhadas ou embricadas; O Assistente de Funções

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA E ANÁLISE DE INVESTIMENTO AULA 02: CAPITALIZAÇÃO, DESCONTO E FLUXO DE CAIXA TÓPICO 03: FLUXO DE CAIXA (UNIFORME E IRREGULAR) FLUXO DE CAIXA Denomina-se fluxo de caixa, a sequência

Leia mais

VII Exemplos de Exercícios, Exames e de Projectos Fernanda Sampaio Winnie Picôto

VII Exemplos de Exercícios, Exames e de Projectos Fernanda Sampaio Winnie Picôto ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão/ FMH - Instituto de Motricidade Humana VII Exemplos de Exercícios, Exames e de Projectos Fernanda Sampaio Winnie Picôto 1 ISEG - Instituto Superior de Economia

Leia mais

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Objectivos: Consultar dados de uma tabela Utilizar operadores aritméticos, relacionais, lógicos, de concatenação de cadeias de caracteres, LIKE

Leia mais

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com

Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com Matemática Financeira - Vinícius Werneck, professor do QConcursos.com 1- Q236904 - Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Matemática Financeira Assuntos: Amortização; Sistema Francês

Leia mais

Introdução. Este arquivo compõe a coletânea Mega Cursos - www.megacursos.com.br -

Introdução. Este arquivo compõe a coletânea Mega Cursos - www.megacursos.com.br - Curso de Matemática financeira Introdução Este arquivo compõe a coletânea Mega Cursos - www.megacursos.com.br - AULA 1: Definições O que são juros? Por que variam tanto? Risco. Inflação - ilusão de remuneração.

Leia mais

Primeiro, vamos explicar o fundo teórico do assunto, depois praticamos nossos conhecimentos seguindo as instruções dum pequeno tutorial.

Primeiro, vamos explicar o fundo teórico do assunto, depois praticamos nossos conhecimentos seguindo as instruções dum pequeno tutorial. 45 Capítulo 4 Juros, Taxas e tudo isso Neste livro não quero enfatizar as aplicações do Excel aos negócios, mas uma breve introdução ao uso das funções financeiras é indispensável, assim como, num capítulo

Leia mais

Esta aplicação permite desempenhar tarefas relacionadas com o cálculo, análise e apresentação gráfica de dados, de uma forma rápida e eficaz.

Esta aplicação permite desempenhar tarefas relacionadas com o cálculo, análise e apresentação gráfica de dados, de uma forma rápida e eficaz. Apresentação do programa A folha de cálculo Excel é um componente do pacote Office. Esta aplicação permite desempenhar tarefas relacionadas com o cálculo, análise e apresentação gráfica de dados, de uma

Leia mais

1.4.4 Configurar serviços de armazenamento

1.4.4 Configurar serviços de armazenamento 1.4.4 Configurar serviços de armazenamento Esta versão do Office permite guardar os documentos na nuvem do OneDrive, de modo que possa posteriormente aceder aos seus conteúdos a partir de qualquer dispositivo

Leia mais

Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira

Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira Ficha de revisão Fórmulas Excel ano lectivo 2006/2007 Introdução As Fórmulas

Leia mais

1 MICROSOFT EXCEL. www.brunoguilhen.com.br 1

1 MICROSOFT EXCEL. www.brunoguilhen.com.br 1 INTRODUÇÃO 1 MICROSOFT EXCEL Uma planilha eletrônica é um software que permite a manipulação de cálculos financeiros e matemáticos, incluindo a criação de gráficos gerenciais. Dentre os softwares de planilhas

Leia mais

Instruções para a atividade

Instruções para a atividade 1/13 Instruções para a atividade 1. Orientações gerais. Leia atentamente: a. Esta é uma atividade contínua, baseada nos recursos do MS Excel. Foi idealizada para que a ferramenta em questão possa ter seus

Leia mais

Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel

Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel Estrutura geral de uma folha de cálculo: colunas, linhas, células, endereços Uma folha de cálculo electrónica ( electronic

Leia mais

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto

Março/2012 Parte 2. Pag.1. Prof. Alvaro Augusto Pag.1 Pag.2 Pag.3 Descontos Desconto é a liquidação de uma operação antes de seu vencimento, envolvendo um prêmio ou recompensa. Valor Nominal, Valor de Resgate ou Valor de Face é o valor de um título

Leia mais

1- Abra o Microsoft Excel e num livro em branco execute os seguintes pedidos, utilizando principalmente as funções financeiras.

1- Abra o Microsoft Excel e num livro em branco execute os seguintes pedidos, utilizando principalmente as funções financeiras. Exercício nº 30 Objectivo: Funções financeiras Nome do documento: Funções financeiras Pedidos: 1- Abra o Microsoft Excel e num livro em branco execute os seguintes pedidos, utilizando principalmente as

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Ricardo Ferro Tavares. Prof. Ricardo Ferro Tavares Site: www.financetraining.com.br E-Mail rftavares@uol.com.

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Ricardo Ferro Tavares. Prof. Ricardo Ferro Tavares Site: www.financetraining.com.br E-Mail rftavares@uol.com. MATEMÁTICA FINANCEIRA CONCEITOS MÁQUINA FUNDAMENTAIS FINANCEIRA HP12C Prof. Ricardo Ferro Tavares 1 SUMÁRIO 1. Máquina HP 12c. 2. Principais Teclas e Funções. 3. Cálculo do Montante ou Valor Futuro. 4.

Leia mais

Matemática Financeira - NOÇÕES SOBRE A CALCULADORA FINANCEIRA HP-12C

Matemática Financeira - NOÇÕES SOBRE A CALCULADORA FINANCEIRA HP-12C Matemática Financeira - NOÇÕES SOBRE A CALCULADORA FINANCEIRA HP-12C Matemática Financeira - Turma B Departamento de Matemática - ICE - UFJF 2009 Preparação para o uso FUNÇÃO NA COR LARANJA = TECLA LARANJA

Leia mais

Curso: Excel Intermédio. Formador: Carlos Maia

Curso: Excel Intermédio. Formador: Carlos Maia Curso: Excel Intermédio Formador: Carlos Maia 1 Programa para o Módulo Excel Revisão dos conceitos básicos de Excel Operações com ficheiros Manipulação de folhas (sheet) Comandos de edição Fórmulas Formatações

Leia mais

Capítulo 9: Análise de Projectos de Investimento. 9.1. A dimensão temporal e o cálculo financeiro

Capítulo 9: Análise de Projectos de Investimento. 9.1. A dimensão temporal e o cálculo financeiro Capítulo 9: Análise de Projectos de Investimento Conteúdo Temático 1. A dimensão temporal e o cálculo financeiro 2. Critérios de análise da rendibilidade de projectos de investimento 9.1. A dimensão temporal

Leia mais

Matemática Financeira Funções da calculadora financeira HP-12C

Matemática Financeira Funções da calculadora financeira HP-12C Matemática Financeira Funções da calculadora financeira HP-12C Prof. Msc. Sergio Silva Braga Junior Consultor Financeiro Observações Gerais É indispensável o uso da calculadora financeira HP-12C O curso

Leia mais

Matemática Financeira FN1200C

Matemática Financeira FN1200C Matemática Financeira FN1200C 0 Índice Introdução... 2 Principais Funções... 2 Juros... 8 Capitalização Simples ou Linear... 9 Capitalização Composta ou Exponencial... 12 Taxas Equivalentes... 16 Prestações

Leia mais

Cálculo de Juros Simples e Composto no Excel - Parte 1

Cálculo de Juros Simples e Composto no Excel - Parte 1 Cálculo de Juros Simples e Composto no Excel - Parte 1 Grau de Dificuldade: 5 Olá turma... Nos próximos artigos, estarei exemplificando diversas maneiras para trabalhar com Juros Simples e Composto no

Leia mais

Empréstimos e Financiamentos. Matemática Financeira. Empréstimos e Financiamentos. Empréstimos e Financiamentos. Empréstimos e Financiamentos

Empréstimos e Financiamentos. Matemática Financeira. Empréstimos e Financiamentos. Empréstimos e Financiamentos. Empréstimos e Financiamentos Matemática Financeira Resumo Prof. Adriana C. Ferrazza Semana Acadêmica Curso de matemática O que são juros? Porque cobrar juros? O que significa Amortizar? Quais os sistemas de amortização? Quando os

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 INICIANDO O EXCEL Para abrir o programa Excel,

Leia mais

CALCULADORA HP 12C 1. OPERAÇÕES BÁSICAS. 1.1. LIGAR E DESLIGAR Pressione ON

CALCULADORA HP 12C 1. OPERAÇÕES BÁSICAS. 1.1. LIGAR E DESLIGAR Pressione ON CALCULADORA HP 12C 1. OPERAÇÕES BÁSICAS 1.1. LIGAR E DESLIGAR Pressione ON 1.2. NOTAÇÃO DECIMAL A máquina HP 12C possui duas formas de separar a parte fracionária da parte inteira de um número: utilizando

Leia mais

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa 1. Calcule o valor presente do fluxo de caixa indicado a seguir, para uma taxa de desconto de 1 % ao mês, no Resposta: $13.147,13 2.

Leia mais

Trabalho de Informática de Gestão Funções Financeiras: SLN, AMORLINC, PMT, RATE

Trabalho de Informática de Gestão Funções Financeiras: SLN, AMORLINC, PMT, RATE Introdução Com este trabalho pretendemos relacionar os conteúdos leccionados na Unidade Curricular de Contabilidade Financeira I com os de Informática de Gestão. Assim sendo, iremos abordar as funções

Leia mais

Prof. Luiz Felix. Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA

Prof. Luiz Felix. Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Luiz Felix Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA Sistemas de amortização de empréstimos e financiamentos São desenvolvidos basicamente para operações de empréstimos e financiamentos de longo prazo, envolvendo

Leia mais

Formação Microsoft Excel Nível Intermédio

Formação Microsoft Excel Nível Intermédio Formação Microsoft Excel Nível Intermédio António Araújo Silva - 2010 INTRODUÇÃO O presente documento procura efectuar a Planificação de uma acção de formação a decorrer nas instalações da Escola EBI de

Leia mais

Fundamentos do Cálculo Financeiro. 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27

Fundamentos do Cálculo Financeiro. 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27 Índice Índice de casos propostos 13 Prefácio 17 Apresentação 19 Considerações e abreviaturas 23 Capítulo 1 Fundamentos do Cálculo Financeiro 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27 2. Conceitos

Leia mais

Escolha de investimentos via fluxos de caixa irregulares

Escolha de investimentos via fluxos de caixa irregulares Escolha de investimentos via fluxos de caixa irregulares descontados WERNKE, Rodney. Gestão financeira: ênfase em aplicações e casos nacionais. Rio de Janeiro, Saraiva, 2008. Capítulo 4 Aula de Fernando

Leia mais

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1 EXCEL BÁSICO Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041 www.melissalima.com.br Página 1 Índice Introdução ao Excel... 3 Conceitos Básicos do Excel... 6

Leia mais

MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007 1 MÓDULO - III CÁLCULOS... 3 Fazer contas... 3 Fórmulas com operadores básicos... 3 Fórmulas com funções... 4 Funções mais usadas... 8 Soma... 8 Media...

Leia mais

Excel para concursos Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/aulas

Excel para concursos Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/aulas Excel para concursos Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/aulas São as principais fórmulas do Excel: Soma; Multiplicação; Mínimo; Máximo; condição SE; Média; PROCV. Porém,

Leia mais

Folha de Cálculo 101. José Carvalho (http://paginas.fe.up.pt/~jfbc/)

Folha de Cálculo 101. José Carvalho (http://paginas.fe.up.pt/~jfbc/) Folha de Cálculo 101 José Carvalho (http://paginas.fe.up.pt/~jfbc/) Mestrado Integrado em Engenharia Industrial e Gestão, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto, 2011 O que é uma folha

Leia mais

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Objectivos: Funções de agregação Agrupamento e sumário de dados Funções de agregação Nesta tarefa orientada iremos formular consultas que sumariam os

Leia mais

Introdução ao Excel. Principais fórmulas de Cálculo

Introdução ao Excel. Principais fórmulas de Cálculo Introdução ao Excel Principais fórmulas de Cálculo Mínimo Devolve o menor número num conjunto de valores. MÍNIMO(n NIMO(núm1;n m1;núm2;...) m2;...) Núm1; núm2,... são de 1 a 30 números cujo valor mínimo

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Exame 2.ª época de Contabilidade Financeira 2.º semestre 2008/09 Data: 19 de Junho de 2009 Início: 12h30m Duração: 2h00m Cotação e tempo esperado de resolução:

Leia mais

Para acharmos as taxas equivalentes utilizamos a fórmula abaixo: Te = ( n Ö 1+i) 1

Para acharmos as taxas equivalentes utilizamos a fórmula abaixo: Te = ( n Ö 1+i) 1 Para acharmos as taxas equivalentes utilizamos a fórmula abaixo: Te = ( n Ö 1+i) 1 Onde: Te = Taxa equivalente de determinado período n = número do período i = percentual de juros do período em que você

Leia mais

Anterior Sumário Próximo MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRA

Anterior Sumário Próximo MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRA Anterior Sumário Próximo MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRA Clicando no link indicado por o usuário é conduzido para a seguinte tela:, Nesta página que se refere ao conteúdo de Matemática Financeira, os

Leia mais

TAXA INTERNA DE RETORNO - IRR

TAXA INTERNA DE RETORNO - IRR TAXA INTERNA DE RETORNO - IRR A taxa interna de retorno é a taxa de juros (desconto) que iguala, em determinado momento do tempo, o valor presente das entradas (recebimentos) com o das saídas (pagamentos)

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA E INSTRUMENTOS DE GESTÃO

MATEMÁTICA FINANCEIRA E INSTRUMENTOS DE GESTÃO MATEMÁTICA FINANCEIRA E INSTRUMENTOS DE GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO [LGE103] EXERCÍCIOS #2 [Matemática Financeira] 2007-2008 FACULDADE DE ECONOMIA DO PORTO Exercício 1 Uma taxa de juro anual nominal

Leia mais

Este é um guia prática com algumas teclas e funções da calculadora HP 12C

Este é um guia prática com algumas teclas e funções da calculadora HP 12C 1. Inicialização da HP 12C Este é um guia prática com algumas teclas e funções da calculadora HP 12C 2. AS TECLAS Função f corresponde à segunda função da citada tecla (gold) Função g corresponde à terceira

Leia mais

Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0

Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0 Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0 Documentação de apoio ao livro Rogério Matias Escolar Editora (2004) ISBN 972-592-176-3 i EFECTIVA (EFFECT) Calcula a taxa anual efectiva =EFECTIVA(12%;4)

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL TABELA

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL TABELA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS AVANÇADOS DO EXCEL TABELA! Fazendo simulações rapidamente! Comparando resultados na análise de sensibilidade! Relacionando variáveis e gerando valores para uma tomada de decisão!

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG. Projeto Institucional de Formação Continuada

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG. Projeto Institucional de Formação Continuada 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG Projeto Institucional de Formação Continuada Aprendizagem de Matemática Mediada por suas Aplicações 6 o Encontro: Matemática Financeira Professor José Carlos

Leia mais

http://www.excelpratico.com

http://www.excelpratico.com http://www.excelpratico.com Direitos Autorais: - Este E-book é cortesia do site excelpratico.com, a sua venda está proibida. - Este material não deve ser modificado, no entanto pode ser distribuído livremente.

Leia mais

O valor do dinheiro varia ao longo do tempo, ou seja, não é indiferente dispor hoje ou daqui a um ano de uma dada quantia em dinheiro.

O valor do dinheiro varia ao longo do tempo, ou seja, não é indiferente dispor hoje ou daqui a um ano de uma dada quantia em dinheiro. Tópico complementar 5. Valor temporal do dinheiro Objectivo específico: No final deste capítulo, o leitor deverá estar apto a: - Conhecer o significado e o modo de utilização da taxa de actualização (medida

Leia mais

Aula 3 Matemática Financeira para BDMG

Aula 3 Matemática Financeira para BDMG Aula 3 Matemática Financeira para BDMG Sistemas de Amortização... 2. Conceito... 2.2 Sistema Francês de Amortização (Sistema de Amortização Progressiva)... 2.2. Tabela Price... 3.2.2 Descrição das parcelas

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Conceitos. Conceitos

GESTÃO FINANCEIRA. Conceitos. Conceitos GESTÃO FINANCEIRA Conceitos Capital (C ou PV) é o valor do dinheiro que você pode aplicar ou emprestar. Também chamado de Capital Inicial ou Principal, representado pela letra C ou PV (Valor Presente abreviação

Leia mais

Aplicações de conceitos da

Aplicações de conceitos da Aplicações de conceitos da matemática financeira WERNKE, RODNEY. Gestão financeira: ênfase em aplicações e casos nacionais. Rio de Janeiro, Saraiva, 2008. Capítulo 2. Aula de Fernando Nogueira da Costa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE ÍNDICE CAPÍTULO 5 CÁLCULOS NO EXCEL... 2 Utilizando Fórmulas...2 As Funções do Excel...3 Lista de funções...3! Função DIAS360(data inicial;data final)... 4! Função AGORA()... 4! Função DATA(ano;mês;dia)...4!

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1 EXCEL 2007 O Excel 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft Office System de 2007, que sucede ao Office 2003. Relativamente à versão anterior (Excel 2003), o novo programa introduz inúmeras

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS FOLHAS DE CÁLCULO

INTRODUÇÃO ÀS FOLHAS DE CÁLCULO Departamento de Informática INTRODUÇÃO ÀS FOLHAS DE CÁLCULO Prof. Carlos Pampulim Caldeira Évora, Versão Primavera 2006 ÍNDICE 1. EXEMPLO DE UMA APLICAÇÃO DE FOLHA DE CÁLCULO...1 1.1 INTRODUÇÃO...1 1.2

Leia mais

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Objectivos: Criação de tabelas teste Comando INSERT INTO Inserção de dados Comando INSERT Actualização de dados Comando UPDATE Eliminação de dados Comando DELETE

Leia mais

Engenharia de Software e Sistemas Distribuídos. Enunciado Geral do Projecto

Engenharia de Software e Sistemas Distribuídos. Enunciado Geral do Projecto LEIC-A, LEIC-T, LETI, MEIC-T, MEIC-A Engenharia de Software e Sistemas Distribuídos 2 o Semestre 2014/2015 Enunciado Geral do Projecto O que se segue é uma descrição geral do domínio do projecto a desenvolver

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

Olá pessoal! Sem mais delongas, vamos às questões.

Olá pessoal! Sem mais delongas, vamos às questões. Olá pessoal! Resolverei neste ponto a prova para AFRE/SC 2010 realizada pela FEPESE no último final de semana. Nosso curso teve um resultado muito positivo visto que das 15 questões, vimos 14 praticamente

Leia mais

VAL- 1 VALOR EM FINANÇAS

VAL- 1 VALOR EM FINANÇAS VAL- 1 VALOR EM FINANÇAS VAL- 2! Objectivo: " Identificação de uma teoria do valor (ainda rudimentar)! Caso os mercados funcionem bem os preços igualarão o valor dos diferentes produtos e serviços.! Qual

Leia mais

Ao conjunto total de tabelas, chamamos de Base de Dados.

Ao conjunto total de tabelas, chamamos de Base de Dados. O QUE É O ACCESS? É um sistema gestor de base de dados relacional. É um programa que permite a criação de Sistemas Gestores de Informação sofisticados sem conhecer linguagem de programação. SISTEMA DE

Leia mais

4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL

4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL 4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL 4.1 Auto Preenchimento O Excel possui um recurso de grande ajuda para quem necessita digitar uma seqüência de células cujo conteúdo é seqüencial. Esse recurso, chamado

Leia mais

Curso Profissional Mod 1 - Excel. Ficha de Trabalho nº 6

Curso Profissional Mod 1 - Excel. Ficha de Trabalho nº 6 Curso Profissional Mod 1 - Excel Ficha de Trabalho nº 6 Nome : Nº : Data : (2º Período) Objectivos a atingir: Exercícios com referências: Relativas Absolutas Mistas Circulares Exercício nº 1 Uma Drogaria

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 02. Prof. Mário Leitão

MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 02. Prof. Mário Leitão MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 02 Prof. Mário Leitão Conceitos. A matemática financeira é um ramo da matemática que estuda as variações do dinheiro ao longo de tempo. Dinheiro e tempo... Se seu amigo lhe pedisse

Leia mais

COMO CRIAR UM PLANO DE AMORTIZAÇÃO

COMO CRIAR UM PLANO DE AMORTIZAÇÃO COMO CRIAR UM PLANO DE AMORTIZAÇÃO! Sistemas de amortização de empréstimos! Sistema Price! SAC! Fórmulas do Excel! Planilha fornecida Autores: Francisco Cavalcante(cavalcante@netpoint.com.br) Administrador

Leia mais

Microsoft Excel 2007

Microsoft Excel 2007 Microsoft Excel 2007 O Microsoft Excel é um aplicativo para a construção e edição de planilhas eletrônicas, que permite o trabalho com: formulários, tabelas, gráficos e outros. 2.1 CONCEITOS INICIAIS:

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL OPINE CONSULTORIA CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL CALCULADORA HP 12C: Operações Financeiras Básicas A calculadora HP 12C é uma

Leia mais

Práticas Empresariais em Excel. Professor: Pádua

Práticas Empresariais em Excel. Professor: Pádua Práticas Empresariais em Excel Professor: Pádua SUMÁRIO 1 FÓRMULAS... 4 2 FUNÇÕES... 5 2.1 Data e hora... 5 2.1.1 Hoje... 5 2.1.2 Dia, Mês e... 5 2.1.3 Agora... 5 2.1.4 Hora, Minuto e Segundo... 5 2.2

Leia mais

Escolha de investimentos. Aula de Fernando Nogueira da Costa

Escolha de investimentos. Aula de Fernando Nogueira da Costa Escolha de investimentos via fluxos de caixa descontados Aula de Fernando Nogueira da Costa Idéia Capital Valor do dinheiro no tempo: o capital emprestado (ou investido) em determinado período deve ser

Leia mais

&XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO

&XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática &XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Setembro de

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES Olá pessoal! Neste ponto resolverei a prova de Matemática Financeira e Estatística para APOFP/SEFAZ-SP/FCC/2010 realizada no último final de semana. A prova foi enviada por um aluno e o tipo é 005. Os

Leia mais

Excel - VBA. Macrocomandos (Macros) O que é uma macro? São programas que executam

Excel - VBA. Macrocomandos (Macros) O que é uma macro? São programas que executam Excel - VBA Docente: Ana Paula Afonso Macrocomandos (Macros) O que é uma macro? São programas que executam tarefas específicas, automatizando-as. Quando uma macro é activada, executa uma sequência de instruções.

Leia mais

Microsoft Excel. Índice

Microsoft Excel. Índice Índice Introdução...2 Fórmulas...3 Cópia Relativa...3 Cópia Não Relativa...3 Funções...4 Assistente de Função...4 Formação de Preço de Venda...5 Ponto de Equilíbrio com a ferramenta Atingir Meta...7 Cálculo

Leia mais

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO EXCEL 2003 SUMÁRIO INICIANDO O EXCEL... 2 CONHECENDO AS BARRAS DO EXCEL... 4 OS COMPONETES DO EXCEL 2003... 7 ENTENDENDO FUNÇÕES... 8 BOLETIM ESCOLAR... 16 QUADRO DE RENDIMENTO DO ALUNO... 17 CHAMADA ESCOLAR...

Leia mais

Microsoft Access. Nível I. Pedro Fernandes

Microsoft Access. Nível I. Pedro Fernandes Microsoft Access Nível I Introdução Objectivos Introdução; Criar tabelas; Fazer consultas; Elaborar formulários; Executar relatórios. 2 Introdução aos Sistemas de Gestão de Bases de Dados (SGBD) Desde

Leia mais