Mas de vento em popa, de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mas de vento em popa, de"

Transcrição

1

2 02 O PRESENTE EDITORIAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 Aos poucos, o rosa Apalpe-se. Lembra a campanha Outubro Rosa: Um toque pela vida, desenvolvida em Marechal Cândido Rondon para lembrar às mulheres - e também aos homens - sobre a importância da prevenção ao câncer de mama, doença que mata mais de dez mil mulheres todos os anos no Brasil. É o quarto ano consecutivo que o Conselho da Mulher Empresária do município encabeça e desenvolve a campanha, com palestras, ações solidárias e especialmente informação. O propósito é fazer com que todas as mulheres façam habitualmente o toque nos seios, à procura de imperfeições, carocinhos, que podem ser o primeiro sinal da doença. O objetivo: tratar o mais rapidamente, quando encontrado, para ampliar as chances de cura da paciente. Uma verdadeira avalanche cor-de-rosa invadiu a cidade. Crianças, adultos e idosos, homens, mulheres vestindo a marca que nada mais tem a dizer do que previna-se, faça o exame em casa, cuide-se, ame-se. A moda da camiseta cor-de-rosa, que estampa em branco o símbolo da campanha, cai bem com jaquetas, calça social, jeans, bermuda e chinelo. Cai bem no trabalho, na nigth, em casa. O rondonense abraçou a campanha, que cresce ano a ano, em números, em solidariedade, em amor. O Outubro Rosa em Rondon surgiu da observação de um grupo de mulheres, que percebeu a necessidade de controlar a doença, mas especialmente interessadas em compartilhar tristezas e conhecimentos, alegrias e tragédias, informação e ombro amigo. Mais do que uma campanha de camisetas, a manifestação mostra que as pessoas estão cada vez Mas de vento em popa, de outubro em outubro, a população tem percebido a importância de cuidar de suas mulheres, tem aumentado o grau de importância que se dá ao câncer de mama, tem finalmente entendido que prevenir é o melhor remédio mais interessadas em saber, cada vez mais informadas sobre os perigos do câncer de mama, o que mais acomete mulheres no mundo. Mais de seis mil camisetas já foram vendidas, mas o melhor: desde o início da campanha, em 2011, a adesão por exames como a mamografia tem aumentado, lenta, mas gradativamente. Muito ainda precisa ser feito, incluindo uma mudança na própria regra para a obtenção da mamografia. Hoje, no Sistema Único de Saúde (SUS) ela é oferecida somente para quem tem mais de 40 anos ou esteja inserida em grupos de risco, como mulheres com histórico de câncer na família. Mas a realidade é outra, incluindo a de Rondon, município que acolhe vítimas desde meninas com seus 20 e poucos anos a avós que passaram há tempos dos 70. A vida moderna, os dias curtos e corridos, o estresse, a tripla jornada, colocaram todas em risco. Mas de vento em popa, de outubro em outubro, a população tem percebido a importância de cuidar de suas mulheres, tem aumentado o grau de importância que dá ao câncer de mama, tem finalmente entendido que prevenir é o melhor remédio. As camisetas que fazem lembrar a importância do autoexame logo ganharão os armários. O recado dado e entendido, entretanto, precisa ser relembrado o ano todo. Maridos, mulheres, filhos e filhas devem participar, cobrar, exigir o autoexame. Ajudar, por que não? É um gesto simples, que pode salvar vidas, evitar sofrimentos, ampliar sonhos. O outubro passa, o rosa passa. O que fica é o ensinamento, a informação. Faça valer a pena. Apalpe-se por você, apalpe-se por quem te ama. A BATALHA E OS SAPOS Muita calma nesta hora é o que se recomenda aos dois finalistas federais e à acreana Marina Silva, desmontada por Dilma e seu time, mais o outro interessado, Aécio Neves. É verdade que Marina nada apresentou em seu curto período de campanha. Falou, falou e ficou difícil saber-se o que ela programava. Foi, porém, quem mais cobrou programas dos dois adversários, ambos disputando a posição de inimigo da própria. A calma, entretanto, não pode parecer medo e protelação, assim como a pressa pareceria só um temor. Na verdade, se temos uma situação nova, que não ocorreu no passado de Fernando Henrique e Lula da Silva, sempre surge a primeira vez. A decisão de Marina é importante para a presidente atual e o senador das Minas Gerais. Mas é, além do interesse generalizado dos brasileiros, uma posição que Marina tem de estudar com tranquilidade, pois aí está seu futuro. Ficar à margem, como ocorreu há quatro anos, ela não deve repetir sob pena de receber o carimbo de murista permanente. Dilma, de quem ela já foi colega de ministério, deve responder pela desconstrução da ambientalista. Aécio ajudou, é claro, mas não com tanto ímpeto. O PT, dizem o óbvio, não perdoa. Se para não levar um susto maior se fez necessário passar por cima de Marina, que se faça a operação. Em jogo está a República e o PT quer dar início já ao 16º ano continuado no Planalto. Por sua vez, Aécio soube aproveitar o final da campanha para situar-se melhor. E conseguiu com brilhantismo. Abandonado de modo geral, falando quase sozinho, foi o responsável pelo isolamento de que reclamara - nem o telefone bate. Deu a volta por cima e, no mais, todos acompanharam os finalmentes. E Lula, indaga-se, como ficará nisso tudo? Tranquilo, acreditamos. Para isso, é necessário partir-se do ponto de que Lula deverá ser candidato do PT em Seria agora caso Dilma fraquejasse. Mas é evidente que ou Lula vai para uma função de destaque em instituição internacional, muito difícil como se sabe, ou ajuda Dilma a permanecer quatro anos mais. Mas será que Lula vai preferir ser candidato de Dilma ou teria preferência por enfrentar o mineiro Aécio Neves, ele na oposição. Evidente que esta seria uma posição mais desejável. Não se pode, porém, querer marcar o ex-presidente como um traíra do seu próprio partido e de sua própria candidata. Lula é um socorrista. Líder inconteste do PT, limpou terreno e assumiu o comando único da legenda. Faz e desfaz, sendo o líder partidário mais temido do nosso momento político. Não tem por costume deixar um companheiro (a) ao relento. A impressão que se tem é que Lula poderá, isto sim, pegar a estrada, com Dilma embaixo do braço e recolocá-la nos palácios que ele já ocupou e que propiciou a Dilma a mesma ocupação. Com Lula ou sem líder petista, Aécio e Dilma precisam responder por si e sair pela estrada. Ambos não podem dividir o país entre o Norte/ Nordeste com Dilma e o Sul e mais alguma coisa com Aécio. Um dos dois será presidente (ou presidenta). Será punido aquele que patrocinar ou vacilar diante de uma possível divisão. Não precisam se dar as mãos, mas a torcida maior, de todos nós, será pela boa administração que terá início em 1º de janeiro próximo. Ainda que seja necessário engolir sapo. Tantos já fizeram isso, por que não os candidatos (um dos) e os brasileiros de modo geral? * O autor é jornalista em Curitiba

3 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 O PRESENTE 03 Arquivo/OP Incógnita Embora prefeitos dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu, em especial naquelas cidades com praias artificiais, façam investimentos todos os anos para receber os banhistas, as temporadas de verão têm se tornado uma incógnita. O motivo é o nível da água do reservatório. Neste ano, antes mesmo da temporada iniciar, já existe essa preocupação. Isto porque, em razão da deficiência de chuvas em algumas regiões do país, a Itaipu precisou ampliar sua geração de energia, o que ocasiona, como consequência, maior utilização de água. E caso as precipitações pluviométricas não se normalizem não há previsão da situação mudar. Se continuar neste ritmo as prainhas não serão um atrativo para os turistas, comenta o presidente do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e prefeito de Santa Helena, Jucerlei Sotoriva. Situação pior Para o dirigente, a situação neste ano é ainda pior do que no ano passado. Em 2013, relata, não houve tanto problema climático antecedendo o início da temporada de verão. Agora o efeito foi ao contrário. Infelizmente a expectativa do nível da água não é das melhores. A Itaipu tem a política de geração de energia, então nem podemos cobrá-la. Alguns municípios devem enfrentar dificuldade com relação ao nível do Lago de Itaipu, que é aquilo que muitos turistas buscam quando vão para as prainhas, comenta. Presidente do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, Jucerlei Sotoriva: Estamos vivendo um problema pior do vivido no ano passado Mudança nos planos Um dos reflexos da situação no Lago de Itaipu pode ser exemplificado pelo caso de Missal, que possui um tradicional torneio de pesca ao tucunaré. No entanto, como não havia condição de acesso dos barcos à água pelo município, o evento foi transferido para Santa Helena. Historicamente é o maior torneio que temos na região, com mais de 200 embarcações, mas neste ano vai acontecer em Santa Helena justamente pelo nível da água, afirma Sotoriva. A programação será realizada neste fim de semana. Favorito na disputa Tradicional pedra no sapato da presidenta Dilma Rousseff (PT), o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi reeleito e já tem no horizonte uma nova disputa. O líder da bancada do PMDB é a aposta do partido para ocupar a presidência da Câmara em Mudança à vista? O Palácio do Planalto incumbiu técnicos e advogados a estudar mudanças na Lei das Licitações. Em vigor desde 1993, ela estabeleceu o menor preço como o principal critério das concorrências públicas. O governo petista entende que a lei não eliminou a corrupção nem o superfaturamento. A intenção é equiparar outros critérios ao preço, como a qualidade. Resultado (altamente) expressivo Reeleito no primeiro turno, o governador Beto Richa (PSDB) saiu vitorioso em nada menos do que 357 municípios de um total de 399 cidades paranaenses. Isso representa 89,47% do total. Roberto Requião (PMDB), por sua vez, esteve à frente em 40 municípios, enquanto Gleisi Hoffmann (PT) conseguiu ser a primeira nas urnas em apenas duas cidades. Devolução de quase R$ 3 milhões O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou a devolução de R$ ,85, corrigidos monetariamente, à Câmara de Ponta Grossa. O valor é a soma do dinheiro desviado da folha de pagamento e por meio de despesas fictícias, entre 1º de junho de 2004 e 31 de janeiro de 2009, além de multa. No total, 16 pessoas - entre servidores e vereadores que presidiram o Legislativo no período - foram responsabilizadas pelo ressarcimento. Cabe recurso da decisão. Projeto aprovado Os vereadores de Palotina aprovaram, em primeira discussão, na sessão de segunda-feira (06), o projeto de lei, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a permuta e doação de lotes de propriedade do município. A medida visa a ampliação da área de campo experimental e pesquisa para as aulas práticas dos cursos ofertados pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). A matéria será votada em segundo e último turno na sessão de segunda-feira (13). Início do horário eleitoral A propaganda eleitoral gratuita para os candidatos a presidente da República que disputam o segundo turno das eleições, Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), começa às 20h30 de hoje (09), na televisão. A decisão foi tomada na sessão administrativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), realizada na noite de terça-feira (07). A propaganda será veiculada em dois períodos diários de 20 minutos, inclusive aos domingos, iniciando-se às 07 e às 12 horas no rádio, e às 13 horas e às 20h30 na televisão. O tempo da propaganda deve ser dividido igualmente entre os candidatos que disputarão o segundo turno para presidente (dez minutos para cada um). A veiculação encerra no dia 24, dois dias antes das eleições de segundo turno. Comentário do dia - I Serraglio é um Pessutinho que sabe ler e escrever. Mesma alma, mesmas atitudes, mesmo comportamento. Do senador Roberto Requião (PMDB). Comentário do dia - II O PT e PMDB erraram tanto que estão conseguindo fazer o PSDB parecer mudança (...). Ouvindo a Dilma dizer que todo governo tem corrupção, dá vontade de continuar na oposição. Declaração do senador Cristovam Buarque (PDT-DF).

4 04 O PRESENTE GERAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 COFRES PÚBLICOS Aposentadoria especial vira moeda de troca para eleição na Assembleia Deputados dizem que escolha de próximo presidente do Legislativo estadual passa pela discussão do fundo para pagamento de pensões a parlamentares O início precoce da disputa pela presidência da Assembleia Legislativa do Paraná para o biênio reacendeu um polêmico tema que parecia enterrado: o plano de aposentadoria complementar dos deputados. A criação do fundo, que é questionada no Supremo Tribunal Federal (STF), depende apenas do aval do presidente da Casa para sair do papel. E já há parlamentares que condicionam o voto no ano que vem à promulgação da proposta. Ninguém será eleito sem assinar o plano de previdência, resume um deputado. O assunto se arrasta desde janeiro de 2009, quando o então governador Roberto Requião não se manifestou sobre a matéria no prazo de 15 dias após a aprovação da Assembleia e houve a chamada sanção tácita da proposta. Entretanto, para ela passar a valer o presidente da Casa precisa promulgá-la, o que nunca ocorreu. Em dezembro de 2012, um grupo de 25 deputados chegou a entregar um abaixo-assinado ao atual presidente do Legislativo estadual, Valdir Rossoni, para que ele assinasse a criação do fundo. Orientado pela Procuradoria da Casa, porém, o tucano negou o pedido sob o argumento de que a matéria já havia sido arquivada ao fim da legislatura anterior, conforme determina o regimento interno da Assembleia. PRESSÃO À época, a discussão pareceu definitivamente encerrada. Agora, no entanto, com o início das negociações em torno da eleição para presidente, em fevereiro do ano que vem, o assunto voltou a tomar conta dos bastidores da Casa. A estratégia dos parlamentares é usar como moeda de troca eleitoral a exigência de que os candidatos à Presidência se comprometam a assinar a lei que institui o plano de previdência. Se tudo for feito como a aposentadoria parlamentar paga no Congresso, não vejo problema, defende um deputado. Por ora, quatro nomes despontam como pré-candidatos ao cargo: Ademar Traiano (PSDB), Artagão Jr. (PMDB), Plauto Miró (DEM) e Ratinho Jr. (PSC). Questionados pela imprensa estadual, todos foram evasivos: não disseram se promulgariam a matéria, mas também não afirmaram que não o fariam. A maior polêmica em torno da medida está no fato de a Assembleia precisar entrar com uma contrapartida financeira para a instituição do plano. Para diversos especialistas, é ilegal destinar recursos públicos a um fundo privado. De acordo com estimativas de dois anos atrás, seriam necessários pelo menos R$ 50 milhões para iniciar o sistema. À época, como o valor da aposentadoria chegaria a R$ 17 mil (o teto do INSS é de R$ R$ 4,4 mil), seria necessário um aporte imediato entre R$ 3 milhões e R$ 3,5 milhões para pagar o primeiro parlamentar que solicitasse o benefício assim que ele passasse a valer. Dos 54 deputados da atual legislatura, 20 já exercem mandatos eletivos há pelo menos 20 anos, tempo mínimo exigido para que um parlamentar tenha direito ao plano de aposentadoria, conforme o texto à espera de homologação. Ex-parlamentares que se enquadrem nessa regra também teriam direito ao benefício. PSB aprova apoio a Aécio e abre caminho para adesão de Marina Após mais de três horas de reunião e com algumas divergências, a Executiva Nacional do PSB, o partido de Marina Silva, aprovou na tarde de ontem (08) o apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência. Foram 21 votos a favor contra sete que optavam pela neutralidade. O senador João Capiberibe (AP) foi o único a defender o apoio à Dilma Rousseff (PT). Aliado do PT e oposição aos tucanos durante boa parte de sua história, o PSB rompeu com o governo petista. No primeiro turno, o PSB acusou os petistas de patrocinarem uma campanha de mentiras contra a ex-senadora. A decisão do partido foi liderada pelo vice na chapa de Marina, Beto Albuquerque (RS), e pela seção pernambucana da legenda, a mesma do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo em agosto. A decisão do partido de Marina faz parte do processo montado por ela para, ao que tudo indica, selar a adesão à candidatura tucana hoje (09). Derrotada no 1º turno, ela costura um apoio dos partidos de sua coligação à essa decisão. O desgaste do volta Lula Há uma dura disputa em andamento neste segundo turno da campanha eleitoral de 2014: a força de um governo aparelhado através 39 ministérios, estatais com suas diretorias ocupadas por políticos sem capacitação específica para o cargo, contra uma população mais exigente, descontente com o rumo que as coisas estão tomando. Basta olhar ao redor para perceber que uma forma estranha de esquerdismo ditatorial toma conta de boa parte dos países vizinhos. Razão para uma postura anti-bolivariana dos que vão enfrentar a atual representante de um petismo que fugiu a seus fundamentos iniciais estar agora em discussão. Está ainda na lembrança de todos o volta Lula, que durante alguns meses, antes da definição do continuísmo de Dilma, povoou a vontade dos mais autênticos do partido, provocando grande desgaste na imagem da presidente Dilma. Era manifestação de descontentamento dos próprios companheiros que a levaram ao cargo; uma crítica indireta ao próprio líder maior, que forçara essa candidatura. Talvez por isso a tese ontem (08) exposta nesta coluna de que Lula está pouco confortável nesta campanha encontre explicação. Há muita insatisfação no país. Não só dos adversários políticos, como se vê! Companheiros que não deixaram o partido, sem o entusiasmo aguerrido que sempre caracterizou as lutas anteriores, iniciadas antes de 1989, hoje não vestem a camisa petista com o mesmo entusiasmo. Daí as dificuldades que o governo, apesar de seu poderio, encontra na fase final da campanha. Benesses já incorporadas ao dia a dia, como o Bolsa Família, perdem a força no longo prazo. Os mesmos que as recebem, querem mais. A impressão dominante é que projetos sociais necessitam ser ampliados, acrescentando aos atuais uma porta de saída. Números iniciais Já começaram as pesquisas, desta vez do Vox Populi, mostrando dianteira de Aécio. Importantes na condução da opinião pública, não obstante o final do primeiro turno tenha apresentado resultados pouco confiáveis de quase todos os institutos. Como se anuncia, uma disputa bastante aquecida, com resultados que vão sofrendo alterações na medida em que os programas, agora igualados em tempo de rádios e TVs, coloquem as posições de cada candidato. Os apoios políticos, anunciados a cada dia, podem não ser fundamentais. O desempenho dos candidatos e o humor popular é que contarão. Reflexos... No Paraná, situações definidas pelo resultado das urnas em relação à representatividade dos partidos na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal mudam o cenário de meses atrás, quando a maioria do governo Beto Richa contava com 38 deputados estaduais em sua base. O cenário dentro do PT enfraquecido pela perda de dois representantes aguarda a decisão que pode vir de parcela do PMDB que, encabeçada por Requião Filho, será oposição ao governo.... do primeiro turno Metade da bancada peemedebista, antes beneficiada pelas benesses do governo Richa, tendo à frente Alexandre Curi e Luiz Claudio Romanelli, mais Artagão Jr. e Jonas Guimarães, tende a permanecer na base. Nereu Moura defende o partido na oposição, ao lado de Anibelli Neto. A posição do oitavo componente da enfraquecida bancada, antes formada por 13 parlamentares, Ademir Bier, é indefinida. O fiel da balança ficará nas mãos do bem votado Ratinho Junior, que, com seus fantásticos mais de 300 mil votos, alavancou a candidatura de mais 11 companheiros. Tudo indica que voltará à importante Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano (Sedu). Presidir a Assembleia no novo mandato poderá desgastar sua imagem. Dedicação integral A decisão da vice-prefeita curitibana, a petista Mirian Gonçalves, de tirar férias para se dedicar integralmente à campanha à reeleição de Dilma Rousseff, já era esperada. Vai integrar o comando da campanha estadual da presidente. A mesma postura poderá ser tomada pela senadora Gleisi Hoffmann, em relação ao Senado. Requião, embora declarando apoio a Dilma, certamente não pedirá licença. Vencedores e vencidos O entusiasmo com que as principais lideranças do PSDB e partidos agora acoplados à candidatura de Aécio Neves entram na campanha do senador mineiro, mantendo toda a estrutura que levou Beto Richa e Alvaro Dias a votações marcantes, deverá ser o diferencial neste segundo turno. Ao contrário dos adversários, que, derrotados por expressivas margens de votos, ainda se ressentem do mau desempenho nas urnas do Paraná.

5 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 COM 54% GERAL O PRESENTE 05 Pesquisa mostra que Aécio lidera disputa pelo 2º turno Aécio Neves (PSDB) largou na frente da presidenta Dilma Rousseff (PT) neste início da campanha de segundo turno para as eleições presidenciais. É o que mostra uma pesquisa encomenada pela revista Época junto ao instituto Paraná Pesquisas. Se a eleição fosse hoje, Aécio teria 49% das intenções de voto contra 41% de Dilma. Não sabe ou não responderam somam 10%. Em votos válidos, Aécio tem 54% e Dilma, 46%. Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os candidatos, o tucano tem 45% e a petista 39%. O instituto Paraná Pesquisas entrevistou, entre segunda-feira (06) e ontem (08) eleitores. Foram feitas entrevistas pessoais com eleitores maiores de 16 anos em 19 Estados e Já a presidenta Dilma Rousseff (PT) surge com 46% das intenções de voto. Hoje (09) devem ser divulgadas as pesquisas Datafolha e Ibope 152 municípios. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR 01065/2014. O nível de confiança é de 95%, com uma margem de erro de 2,2% para mais ou para menos. Se a eleição fosse hoje, a votação de Aécio variaria, portanto, de 52% a 56%; e a de Dilma, de 44% a 48% dos votos válidos. Podemos afirmar que Aécio Neves inicia o segundo turno com uma boa vantagem, porque herdou mais votos de Marina Silva (a terceira colocada). Vamos ver como o eleitor se comportará após o início do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, afirma o economista Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas. A pesquisa também avaliou a rejeição dos candidatos. Dilma Rousseff é rejeitada por 41%. Outros 32% afirmaram que não votariam em Aécio de jeito nenhum. Apenas 16% disseram que não rejeitam nenhum dos candidatos e 8% não souberam ou não quiseram responder. De acordo com Hidalgo, a rejeição é sempre um fator fundamental em eleições de segundo turno. No quesito escolaridade, Dilma é a preferida dos eleitores com apenas o Ensino Fundamental. Ela tem 46% das intenções, ante 45% de Aécio. Entre os eleitores com Ensino Superior completo, Aécio lidera com 55% das intenções, e Dilma apresenta 34%. Aécio também está na frente no eleitorado feminino, com 50% das intenções de voto, ante 40% de Dilma. Entre os homens, Aécio tem 47% das preferências, para 43% de Dilma. Dilma pode vir ao Paraná na disputa de segundo turno A presidenta Dilma Rousseff, que tenta a reeleição pelo PT, pode vir a Curitiba durante o segundo turno das eleições presidenciais. A presidenta Dilma está disposta a vir. Ela quer fazer uma caminhada de rua no Paraná. Vamos repassar duas sugestões de datas para a coordenação nacional da campanha, disse, por meio de nota, a senadora Gleisi Hoffmann (PT). A assessoria da candidata à Presidência informa, contudo, que ainda não há data marcada para a visita. Em encontro realizado ontem (08) entre Gleisi, dirigentes estaduais do PMDB, PDT, PCdoB, PRB e PTN e outros políticos, foram definidas as coordenações estadual, regional e setorial da campanha de Dilma no estado. Além de Gleisi, a coordenação estadual da campanha pela reeleição de Dilma no Paraná será formada pelo senador Roberto Requião (PMDB), Enio Verri (PT), Dr. Rosinha (PT), Haroldo Ferreira (PDT), Antônio Hanauer (PDT), Ricardo Gomyde (PCdoB), Pastor Edson Praczyk (PRB) e Elizeu Chociai (PTN). Entre as ações a serem adotadas durante o segundo turno, a ex-ministra da Casa Civil enfatizou que irá fazer uma ofensiva de comunicação, a fim de mostrar para a população quanto este país avançou. E a petista completou: Não vamos deixar nada sem resposta. Vamos mobilizar a militância e ir às ruas. PSC e PV anunciam apoio a Aécio; PSOL fala em neutralidade Após mais de duas horas de reunião a portas fechadas, senadores e deputados do PSC decidiram ontem (08), em Brasília, apoiar a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República. O partido, que teve Pastor Everaldo como candidato no primeiro turno, ficou em quinto lugar no resultado final das eleições. Pastor Everaldo explicou que o senador tucano pediu apoio na segunda-feira (06), mas, antes de oficializar a posição, precisou ouvir representantes do PSC nos Estados e nas bancadas da Câmara e do Senado. Pelos seus ideais, o partido faz opção pelo senador Aécio Neves. Estaremos daqui a pouco com ele para manifestar nossa decisão em favor do seu nome, declarou. Segundo ele, a mudança de rumo político do PSC, que já compôs a base do atual governo, foi motivada pelas denúncias envolvendo o PT e outros partidos aliados. Isso nos impulsionou a optar por Aécio Neves. Foi um dos principais e mais relevantes motivos, salientou. O ex-candidato à Presidência da República disse que PSC não exigirá mudanças no programa de Aécio. Acrescentou que as propostas do partido e as do PSDB são semelhantes. Entretanto, adiantou que cobrará de Aécio Neves, caso eleito, muito trabalho para devolver o Brasil para os brasileiros. No primeiro turno, Pastor Everaldo conquistou 780 mil (0,75%) votos nas urnas, ficando atrás de Dilma Rousseff (PT), Aécio Ne- ves (PSDB), Marina Silva (PSB) e Luciana Genro (PSOL), que teve mais de 1,5 milhão dos votos. PV Com votos (0,61%) recebidos no último domigo (05), o Partido Verde do candidato Eduardo Jorge também decidiu pelo apoio ao presidenciável Aécio Neves no segundo turno das eleições. A decisão ocorreu durante reunião da executiva nacional do partido realizada ontem. Segundo o secretário de Relações Internacionais do PV, Fabiano Carnevale, a votação interna resultou em 32 votos a favor de Aécio - incluindo o voto de Jorge - e seis para Dilma Rousseff, além de três abstenções. PSOL Já o PSOL, por maioria absoluta de votos (15 a 2), optou em liberar seus filiados e não apoiar qualquer candidatura no segundo turno das eleições presidenciais. Mesmo sem declarar apoio à candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, o partido vai recomendar aos militantes que não votem no candidato do PSDB, Aécio Neves. Não é cabível qualquer apoio de nossos filiados à sua candidatura, diz documento da sigla sobre o tucano. O partido não está se posicionando em favor de nenhuma candidatura, mas é contra a de Aécio, afirmou Luciana Genro. Em entrevista, ela falou que não é uma posição totalmente neutra, porque, embora não se alinhe a qualquer dessas opções, nega o voto em Aécio.

6 06 O PRESENTE GERAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 ECONOMIA Inflação acumulada em 12 meses é a maior em três anos Taxa de 6,75% está acima do teto estipulado pelo governo federal, que é de 6,5% A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acumulou uma taxa de 6,75% em 12 meses, a maior desde outubro de 2011, quando o IPCA acumulou índice de 6,97%. O IPCA, calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi idealizado para mostrar os preços no comércio para o público final. É considerado o índice oficial de inflação do país. A taxa de 6,75% está acima do teto da meta de inflação, estipulada pelo governo federal, que é de 6,5%. Os principais responsáveis por essa taxa acumulada foram os alimentos, com uma inflação de 8,21%. Entre os itens que contribuíram para a alta dos alimentos está a refeição fora de casa, que ficou 10,29% mais cara no acumulado de 12 meses. (Há) uma questão de demanda: as pessoas estão cada vez mais comendo fora. Os alimentos estão mais caros, mas os estabelecimentos que vendem essa refeição também sentem o aumento do custo do aluguel, da energia elétrica, dos salários que vêm subindo mais. (Não há) muito limite para aumentos que venham a acontecer, disse a coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos. O grupo de despesa habitação, com taxa de 8,7%, também teve uma contribuição relevante para a taxa. O período de coleta do IPCA vai do dia 1º ao dia 30 ou 31, envolvendo estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços, domicílios (para verificar valores de aluguel) e concessionárias de serviços públicos. Os preços obtidos são os efetivamente cobrados ao consumidor, para pagamento à vista. Brasil precisa fortalecer as linhas de bloqueio ao ebola, diz ministro O ministro da Saúde, Arthur Chioro, avaliou ontem (08) como preocupante a situação do ebola na África Ocidental. Embora o risco continue sendo muito baixo de termos casos no Brasil, não podemos desconsiderar a gravidade da situação. Estamos tomando todas as medidas, disse. Ele lembrou que os esforços da Organização Mundial da Saúde (OMS), no sentido de conter os casos na região atingida pela epidemia, não impede, por exemplo, que voluntários adoeçam e precisem ser repatriados, como já aconteceu nos Estados Unidos e na Espanha. Isso é uma possibilidade que existe e temos que estar preparados, destacou. Segundo Chioro, o Brasil precisa fortalecer a construção de uma segunda e terceira linhas de bloqueio de casos a partir de uma investigação feita em portos e aeroportos. A nossa vantagem em relação à Europa é que não temos voos diretos com esses países (afetados pelo ebola). Sempre serão casos onde a primeira linha de bloqueio será feita na própria África e a segunda em um aeroporto ou porto antes de embarcar para o Brasil, explicou. O ministro destacou que o governo brasileiro está atento aos desdobramentos da epidemia e adiantou que fará uma simulação de caso suspeito da doença, no Porto de Santos, para aprofundar a integração entre a Secretaria Especial de Portos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as autoridades sanitárias locais. É sempre mais remota a possibilidade de entrada (da doença) por um navio do que por um avião, mas não podemos desprezar essa possibilidade. Estamos tratando todas as frentes possíveis com a seriedade que o caso exige, expôs. O último balanço da OMS indica que o ebola já infectou pessoas e matou delas. Ainda de acordo com o levantamento, os países com casos confirmados da doença até o momento são: Guiné, Libéria, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Espanha e Estados Unidos. Receita abre consulta ao 5º lote de restituição A Receita Federal abriu ontem (08) a consulta ao 5º lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) São contemplados contribuintes, em um total que ultrapassa os R$ 2,1 bilhões. O valor da restituição será depositado no próximo dia 15, corrigido em 5,42%, percentual que equivale à variação da taxa Selic entre os meses de maio e outubro. Também poderão ser consultadas as restituições a lotes residuais das declarações de 2008 a 2013, que também serão liberadas. Aqui, serão contemplados contribuintes em um total liberado de R$ 86,856 milhões, segundo a Receita. A consulta poderá ser feita na página da Receita na internet (www.receita.fazenda. gov.br), ou por telefone, ligando para o Receitafone no número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-cac, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora. A partir do dia 15, a restituição ficará disponível no banco por um ano. Se o valor não tiver sido depositado o contribuinte deve se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento no número (Capitais), (demais localidades) e (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF. Contadora diz que deu dinheiro para pagar multa de condenado do mensalão Em depoimento prestado ontem (08) à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga denúncias de irregularidades na Petrobras, a contadora Meire Poza disse que sua empresa emitiu R$ 7 milhões em notas frias para as empresas do doleiro Alberto Youssef, para quem trabalhava. Emiti R$ 7 milhões em notas frias. Tenho uma empresa de contabilidade e a exceção foram essas notas, disse Poza. Ela revelou também que deu dinheiro para Enivaldo Quadrado pagar a multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. O líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), reagiu. Estamos aqui com uma fornecedora de nota fiscal fria. Ela admitiu o que é, uma ré confessa, declarou. Ele informou que o PMDB vai pedir a quebra dos sigilos fiscal e bancário da contadora. Em outro momento, Meire Poza admitiu que recebia 7% de comissão sobre as notas frias e que a porcentagem era dividida em partes iguais com Enivaldo Quadrado. Ele foi condenado por lavagem de dinheiro no julgamento do mensalão, e teve de pagar multa de R$ 28,6 mil. A ex-contadora de Alberto Youssef negou ter informações sobre operações entre ele e funcionários da Petrobras. Eu trabalhei com o senhor Alberto Youssef. Vi algumas operações feitas no escritório, mas não tenho informações diretas das Petrobras, ressaltou. Ela garantiu que nunca entregou dinheiro na mão de políticos, mas fez pagamentos para parentes de alguns, como do deputado Luiz Argôlo (SD-BA). O deputado André Vargas (sem partido-pr) e o também deputado e ex-ministro das Cidades, Mário Negromonte (PP), se beneficiaram do esquema de lavagem de dinheiro. Os dois respondem a processo no Conselho de Ética da Câmara. Fiz pagamento para o deputado André Vargas para uma viagem ao Nordeste, disse. A contadora enviou dinheiro para outras pessoas que ela não conhece e não sabe que grau de parentesco têm com os parlamentares, e que a lista com os nomes está com a Polícia Federal. CCJ da Câmara adia análise de recurso de André Vargas Por falta de quórum, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados adiou a análise de um recurso do deputado André Vargas (sem partido-pr) contra um parecer do Conselho de Ética que pede a sua cassação. Apenas 11 deputados registraram ontem (08) presença na comissão, quando o número mínimo para abrir a sessão é de 34 parlamentares. Vargas é acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal no âmbito da operação Lava Jato, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. Youssef assinou recentemente um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal. Em 20 de agosto, o Conselho de Ética da Casa aprovou um parecer pedindo a perda do mandato parlamentar, que não concorreu à reeleição.

7 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 NO LUGAR DO PT POLÍTICA PMDB bate o pé e assume comando da campanha de Dilma no Paraná Já a bancada peemedebista na Assembleia Legislativa tem demonstrado pouco interesse em se engajar na campanha da petista no segundo turno da eleição presidencial O PMDB, liderado pelo senador Roberto Requião, vai coordenar a campanha da presidenta Dilma Rousseff (PT) no Paraná. Depois de uma disputa com os petistas do Estado e com os partidos da coligação da senadora Gleisi Hoffmann (PT) na briga pelo Governo do Paraná, os peemedebistas conseguiram a coordenação da campanha presidencial para o segundo turno. O recém-eleito deputado estadual Requião Filho afirma que a condição do partido se deve ao número de votos dos candidatos no primeiro turno e a maior bancada eleita na Assembleia. Coordenar a campanha significa organizar comitês, distribuir cargos de liderança e funcionários. O PMDB do Paraná fez oito deputados, eles (o PT) fizeram três, fizemos muito mais votos do que eles em Curitiba e região, que é onde eles estão muito mal. Então é uma parceria, mas queremos estar na cabeça da parceria, impõe. O número de votos no primeiro turno foi o principal argumento do PMDB para assumir o controle da campanha de Dilma no Paraná. Requião fez 27,56% ( votos) e Gleisi, 14,87% ( votos) na eleição ao governo estadual. JÁ A BANCADA... Se o senador e candidato derrotado ao governo, Roberto Requião, já decidiu e declarou publicamente o voto em Dilma Rousseff, a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa demonstra pouco interesse em se engajar na campanha da petista no segundo turno da eleição presidencial. O líder do partido na Casa, deputado Nereu Moura, diz que a legenda ainda deve se reunir nos próximos dias para discutir a questão, mas desde já faz duras críticas ao PT e ao governo federal. Nunca fomos chamados para nada. Apoiar o governo só para apoiar não vem ao caso, afirma. Segundo Moura, o PT e Dilma nunca se preocuparam em dar espaço para que o PMDB do Paraná tivesse participação na administração. O PT cometeu graves erros. Tinha o governo federal sozinho. Não dividiu com ninguém, reclama. Abstenções, votos nulos e brancos poderiam eleger 19 deputados Dos 7,8 milhões de eleitores paranaenses, mais de 2,1 milhões ou quase um terço do total, não votou para deputado federal e estadual nas eleições de domingo (05). O número é o resultado da soma dos que se ausentaram, votaram em branco ou anula am o voto, e dá o tamanho do desinteresse e da rejeição do eleitorado à política no Estado. Caso esses mesmos eleitores resolvessem votar, poderiam eleger até 19 deputados estaduais e seis deputados federais. No caso da Assembleia Legislativa, seria a maior bancada da Casa, superando os 12 eleitos pelo PSC de Ratinho Júnior. Para se conquistar uma cadeira na Assembleia é preciso que o candidato independente, com apenas o próprio partido na chapa, consiga o quociente eleitoral, que significa o número de votos válidos ( neste ano) dividido pelo número de cadeiras na Assembleia. O relatório do Tribunal Superior Eleitoral com o número de abstenções justificadas deve ser divulgado até dezembro, já que os eleitores que faltaram podem justificar em até 60 dias após a votação. A média de votos justificados é de 60% das abstenções, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR). Segundo o coordenador de comunicação do TRE, Marden Machado, as abstenções estão dentro da média histórica do Paraná. Não tivemos aumento significativo se comparado às eleições passadas, afirma. Para o cientista político Emerson Cervi, a pouca variação do número de eleitores que decidiram não votar confirma que o comportamento dos eleitores não teve influência das manifestações ou propostas de reforma política. Os votos brancos e nulos são uma decisão legítima do eleitor; ele viu os candidatos disponíveis e optou por não escolher nenhum, é uma decisão convicta, analisa. O PRESENTE 07 Veja Dunga faz mistério, mas Elias deverá ser titular da Seleção. Costa deixa o Rio para depor sobre contratos da Petrobras. ESPN/SportsCenter Documentos comprovam que pai e Neymar deixaram #Santos de lado em negociação com o #Barcelona. Com ajuda da viúva de Fernandão, Inter prepara estátua para homenagear ídolo. Jornal O Globo Pela 1ª vez, Coreia do Norte admite ter campos de concentração para reformar cidadãos. Terra Notícias Petição tenta impedir sacrifício de cachorro de enfermeira espanhola infectada pelo ebola. Inflação em 12 meses atinge 6,75% em setembro, diz IBGE; índice está acima do teto da meta do BC, que é de 6,5%. CGN Uso de locomotivas próprias trazem bons resultados para a Ferroeste. UOL Notícias Nível do sistema Cantareira cai para 5,5% e atinge seu nível mais crítico. Boca Maldita PMDB-PR só pedirá votos se assumir a coordenação de Dilma, diz João Arruda. Miriam Leitão Jornalista Marina não é uma líder autoritária, por isso ouve os integrantes da Rede antes de anunciar o apoio. Rádio Senado Mesário que não comparece para trabalhar deve se apresentar ao juiz eleitoral. #Eleições2014. Portal Brasil Ministério aprova estudos para concessão da Ponte Rio-Niterói. Roberto Requião Senador do PMDB Auxílio-moradia devíamos garantir ao brasileiro sem teto. O corporativismo é a manifestação coletiva do individualismo. Ruim isto, muito ruim! MST Oficial Juízes com auxílio-moradia vão condenar pobres sem-teto e sem-terra? Reuters Brasil Impacto do ebola na África pode chegar a US$ 32,6 bilhões até 2015, diz Banco Mundial. CBN Cascavel Aeroporto de Cascavel é o 7º melhor do Brasil para desenvolvimento. Estadão Receita abre consulta ao quinto lote de restituição do IR. Fábio Campana Jornalista PPS anuncia apoio formal a Aécio Neves no segundo turno. Rubens Bueno Deputado federal do PPS FMI reduz crescimento e aponta problemas internos: desempenho fraco e a insuficiência de investimentos e baixa confiança dos empresários. O Jornal O Presente também está no Twitter. Acompanhe: twitter.com/o_presente

8 08 O PRESENTE ESTADO QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 QUADRIMESTRE Governo do Estado aplicou 13,43% em Saúde Sandro Nascimento/Alep Percentual atingido no acumulado de maio a agosto significa R$ 1,9 bilhão já investido nas ações e serviços de saúde no Paraná O Durante reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, secretário estadual de Saúde em exercício, René José Moreira dos Santos, disse que o percentual atingido no acumulado de janeiro a agosto significa R$ 1,9 bilhão já investidos nas ações e serviços secretário estadual da Saúde em exercício, René José Moreira dos Santos, apresentou ontem (08), na Assembleia Legislativa do Paraná, o relatório quadrimestral da Saúde que contabiliza a aplicação de 13,43% do orçamento do Estado na área. O fato de já termos atingido a aplicação de 13,43% do orçamento do Estado em Saúde neste segundo quadrimestre, nos garante que chegaremos ao final deste ano cumprindo integralmente o que determina a Lei 141 e a emenda 29, aplicar em % das receitas correntes líquidas estaduais em saúde e repor os valores do orçamento de 2013 que ainda estavam pendentes, informou. Em 2013, o percentual aplicado na área chegou a 11,22%. O percentual atingido no acumulado de janeiro a agosto significa R$ 1,9 bilhão já investidos nas ações e serviços de saúde no Paraná. Desde 2011, a Secretaria Estadual da Saúde tem um planejamento estratégico que prioriza os investimentos nas Redes de Atenção à Saúde, com destaque para a Rede Mãe Paranaense e à Rede Paraná Urgência, já consolidadas, disse o secretário. Ele destacou que foram lançados em 2014 as redes de Saúde Bucal e de Saúde Mental e que o repasse de recursos aos municípios foi priorizado, principalmente para fortalecer a atenção primária e a vigilância em saúde. O diretor do Fundo Estadual de Saúde, Olavo Gasparin, detalhou a aplicação dos recursos e informou que a Secretaria da Saúde já totaliza 74,31% de execução orçamentária no fechamento do segundo quadrimestre. Entre os projetos prioritários em execução no Estado, o secretário enumerou a construção dos Centros de Especialidades do Paraná. O Governo do Estado já liberou recursos para construção de 11 centros (Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Apucarana, Cascavel, Toledo, Pato Branco, Francisco Beltrão, Guarapuava, Cianorte e Jacarezinho) e os que estão com obras em conclusão já tiveram a liberação de recursos para a compra de equipamentos. Esse é o caso dos Centros de Especialidades de Toledo, Pato Branco, Francisco Beltrão e Cornélio Procópio, que já deverão estar em funcionamento em Esse é um projeto que deverá ser ampliado nos próximos anos e que dá respostas à demanda crescente da população por consultas e exames especializados na rede pública, disse Santos. Ele informou que o Paraná pretende oferecer residência técnica profissional na área de especialidades vinculada às universidades estaduais. Na área de investimentos em obras, também teve destaque a construção, reforma e ampliação de Unidades da Saúde da Família. No segundo quadrimestre, foram repassados R$ 35 milhões para essas obras em 91 municípios. VIGILÂNCIA No enfrentamento às enchentes no Paraná, no mês de junho, o programa Vigiasus foi estratégico para a liberação de recursos aos municípios em estado de calamidade. Rapidamente, o Governo do Estado liberou R$ 6 milhões para que esses municípios pudessem pagar horas extras de servidores para atuação no atendimento às pessoas desabrigadas, na compra de suprimentos, aquisição de maquinários, entre outros itens. Os técnicos da Vigilância em Saúde também organizaram videoconferências e encontros para discutir o Plano de Contingência para enfrentamento do ebola no Paraná. O Brasil não tem nenhum caso confirmado, no entanto, o Estado discutiu as estratégias para o enfrentamento da doença caso seja necessário. UTI Questionado sobre a ampliação da oferta de leitos de UTI no Estado, o secretário informou que a licitação para a construção da UTI adulto no Hospital Regional do Norte Pioneiro já foi publicada e que a obra deve ser iniciada ainda em René Santos ressaltou que o Paraná conseguiu ampliar em 30% a oferta de UTIs, oferecendo, até agosto deste ano, 390 leitos de Unidade de Terapia Intensiva a mais em todas as regiões do Estado. Até o final de 2014, o Paraná vai contar com 670 leitos de UTI adulto, infantil e neonatal, garantiu. ORÇAMENTO 2015 O secretário aproveitou a oportunidade para apresentar aos deputados a previsão orçamentária da pasta para o ano de O orçamento total, que já está em análise na Assembleia Legislativa, chegará a R$ 4,4 bilhões, com crescimento de R$ 278 milhões do tesouro do Estado para serem investidos na implantação dos Centros de Especialidades, no reforço do transporte aéreo de pacientes, na construção, reforma e ampliação de unidades de saúde, entre outros projetos prioritários.

9 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 ESTADO O PRESENTE 09 DE JULHO PARA AGOSTO IBGE mostra aumento da produção industrial paranaense A produção da indústria do Paraná avançou 2,1% na passagem de julho para agosto de 2014, diante crescimento na média nacional de 0,7%, segundo a Pesquisa Industrial Mensal Regional - Produção Física (PIM-PF), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada ontem (08). É o segundo mês consecutivo que o Estado apresenta taxa positiva. Somando, entre julho e agosto, o ganho foi de 9,7%. Com esse resultado, o índice trimestral registrou variação positiva de 0,3%, interrompendo a trajetória descendente iniciada em março. Segundo o IBGE, dez dos 14 locais pesquisados apresentaram aumento no ritmo da produção industrial. No Paraná, houve recuperação de nove das 13 atividades industriais do Estado, com destaque para o ramo de produtos químicos, máquinas, aparelho e materiais elétricos, madeira, borracha e material plástico e móveis. Em agosto de 2014, comparado com agosto de 2013, o setor fabril paranaense apontou recuo de 10,3%, frente contração de 5,4% para o Brasil. A pesquisa mostra que, neste indicador, foi registrada retração em 11 dos 14 locais pesquisados. Os setores que afetaram o desempenho da indústria no Paraná foram veículos automotores, reboques e carrocerias (-30,2%), pressionado, especialmente, pela menor produção de automóveis, caminhões e caminhão-trator para reboques e semirreboques; fabricação de móveis (-13%); produtos alimentícios (-9,3%), explicados pela menor produção de açúcar Avanço foi de 2,1% no período. No Brasil aumento foi de 0,7%. É o segundo mês consecutivo que o Estado apresenta taxa positiva cristal e VHP, rações e outras preparações utilizadas na alimentação de animais, bombons e chocolates em barras contendo cacau, tortas, bagaços, farelos e outros resíduos da extração do óleo de soja e carnes e miudezas de aves congeladas. As contribuições positivas mais importantes sobre o total da indústria paranaense vieram do setor celulose e papel (2,1%), produtos de madeira (1%) e fabricação de bebidas (0,4%). OITO E DOZE MESES No acumulado dos oito primeiros meses de 2014, a indústria do Paraná desacelerou 5,6%, ante redução de 3,1% na produção nacional. Dos 13 setores pesquisados, nove diminuíram a produção, puxados por fabricação de veículos automotivos (-18,9%), móveis (-9,9%), máquinas e equipamentos (-8,6%), produção de alimentos (-6,4%) e máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-2,6%). No indicador acumulado de 12 meses, encerrado em agosto, a produção industrial regional manteve a trajetória descendente, registrando recuo de - 2,3%. Os principais impactos negativos para a média global vieram dos setores veículos automotores, reboques e carrocerias (-10,5%), móveis (-6,9%), produtos alimentícios (-3,1%) e produtos químicos (-2,2%). ENFRAQUECIMENTO DA ECONOMIA Para o economista Francisco José Gouveia de Castro, do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), os números da produção industrial nacional e regional reproduzem o enfraquecimento da economia brasileira, determinado pelos efeitos da política econômica. A política econômica do governo federal vêm provocando deterioração das expectativas dos consumidores e dos empresários em relação ao futuro, como resultado da opção feita pela atual gestão pelo abandono do tripé macroeconômico, formado pela meta de inflação, superávit primário e câmbio flutuante, diz Gouveia. Ele explica que algumas atividades da matriz industrial paranaense vêm demonstrando sinais de contágio da regressão da economia brasileira, especialmente o setor automotivo, que passa por uma forte retração das vendas internas e aumento dos estoques nas fábricas e revendas, fruto, também da restrição do crédito. Como consequência, as grandes montadoras vêm adotando medidas de corte de produção, suspensão temporária de contratos de trabalho, férias coletivas e programas de demissão voluntária, afirma. TV éparaná transmite no sábado aulas de Inglês, Espanhol e Arte para o Enem Inglês, espanhol, artes visuais, teatro, dança e música são as aulas de sábado (11) na TV éparaná, começando às 14 horas. Elas são produzidas por professores da rede estadual de educação do Paraná e servem para apoiar os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) deste ano. Através do site pr.gov.br os telespectadores podem consultar em qual canal a éparaná é transmitida em sua cidade, ou acompanhar a programação ao vivo pela internet. O conteúdo também será reprisado nas terças, quartas e sextasfeiras, às 17h30. Este é o 11º episódio do Gabaritando Enem, iniciativa da Secretaria da Educação em parceria com a Secretaria de Comunicação Social, com o objetivo de oferecer aulas preparatórias completamente gratuitas e de qualidade pela televisão e internet. Faltando apenas um mês para o Enem, os candidatos também podem conferir as aulas que já foram ao ar no portal Dia a Dia Educação (www.alunos.diaadia.pr. gov.br) e no Youtube.

10 10 O PRESENTE POLÍTICA QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 JOSÉ CARLOS SCHIAVINATO Serei o deputado estadual do agronegócio Ex-prefeito de Toledo, o mais novo integrante da Assembleia Legislativa a partir de 2015 também enaltece seu comprometimento com os prefeitos do Oeste Foram 33 anos de vida pública na Prefeitura de Toledo, seja como engenheiro civil ou depois, durante oito anos, como prefeito. Em suas duas gestões, o município passou por uma transformação, se tornou um canteiro de obras e um modelo na região. Cerca de dois anos depois de deixar o paço municipal, José Carlos Schiavinato (PP) foi eleito deputado estadual. O reconhecimento veio nas urnas: obteve votos, sendo 39,5 mil somente em Toledo, ou 54% dos votos válidos. Em visita ao Jornal O Presente, ontem (08), o mais novo deputado estadual fez uma análise de sua votação, falou de que forma pretende auxiliar os prefeitos, destacando que seu objetivo é focar também no agronegócio, e revelou que pretende ser um parceiro do prefeito Beto Lunitti (PMDB), que integra o grupo político adversário no município toledano. Confira. O Presente (OP): O senhor foi eleito com uma votação expressiva de votos. Já imaginava que o resultado nas urnas seria esse? A que se deve, na sua opinião, esse desempenho? José Carlos Schiavinato (JCS): Sempre fiz um trabalho técnico dentro da política. Fui funcionário da prefeitura por 25 anos, como engenheiro civil, e me tornei prefeito, permanecendo no paço municipal por 33 anos. Não esperava receber uma votação tão expressiva aqui no Oeste do Paraná e em outros municípios do Estado, como em Curitiba, onde fiz 765 votos. Isso tudo é fruto do conhecimento que as pessoas têm do Schiavinato pela vivência que tiveram no nosso município. É o voto de credibilidade em quem aprendeu fazendo e tem oportunidade e possibilidade de ajudar muito o Estado pelo conhecimento que adquirimos ao longo da vida. OP: Em Marechal Cândido Rondon, o senhor foi o terceiro candidato a deputado estadual mais votado, somando votos. Embora o município já tenha dois deputados estaduais (Ademir Bier e Elio Rusch), é possível ter um terceiro parlamentar atuando aqui? JCS: Tenho um carinho muito especial por Marechal Rondon. No que terminei o meu mandato em Toledo, o prefeito Moacir (Froehlich, PMDB) me acolheu e pude ajudá-lo na prefeitura. Tenho uma gratidão por isso, pois, para mim, foi importante continuar exercitando minha condição técnica e auxiliando o município. Aqui temos dois deputados eleitos e vamos estar juntos com a administração pública. Vou ajudar, sim, o prefeito Moacir Se houver algum convite do governo estadual ou federal para alguma ação, a decisão não será do Schiavinato, mas de um consenso dos prefeitos nas ações que envolvem o Estado. Tenho um bom relacionamento com o Ademir e o Elio e durante todo o processo eleitoral não tive atrito e nem dificuldade com eles. Isso me dá condição de poder agora me juntar aos dois para ajudar o desenvolvimento das cidades. OP: Em Toledo o senhor recebeu 39,5 mil votos (54% dos votos válidos). Já o deputado estadual Elton Welter (PT), que disputou a reeleição, fez 11% dos votos válidos (8.121). Esse resultado é o reconhecimento de suas duas gestões como prefeito ou seria um eventual descontentamento da população com o atual governo municipal, do qual o petista é aliado? JCS: Diria que é um reconhecimento do trabalho que fizemos. Na campanha de prefeito tive um descontentamento em ir nos conjuntos habitacionais que trabalhamos tanto para viabilizar e ver uma grande quantidade de manifestação de placas com os candidatos adversários. Aquilo me magoava, porque tinha trabalhado e não havia resultado, pois as pessoas não estavam comigo. Agora aconteceu exatamente o contrário. Tive uma grande aceitação destas pessoas que foram beneficiadas pelo sistema. Nunca tive, por exemplo, a aceitação de grande parte dos meus companheiros de trabalho na prefeitura. Agora, no entanto, recebi o apoio da maioria dos servidores públicos. Houve um reconhecimento daquilo que fizemos e um reconhecimento do avanço de Toledo durante nossa estada como prefeito. Então tudo isso foi reconhecido pela comunidade, que depositou um voto de confiança por tudo o que fizemos e, acima de tudo, na certeza absoluta de que poderemos fazer muito mais. OP: Na próxima legislatura o senhor será o único deputado estadual de Toledo. Como o senhor espera que seja a relação com o prefeito Beto Lunitti, que faz parte de um grupo adversário ao seu? JCS: Já tive a oportunidade de falar com o prefeito Beto Lunitti. Sempre tivemos uma cordialidade no nosso período. Fiquei um ano e meio sem nunca ter ido em uma emissora de rádio ou feito qualquer comentário com referência à administração pública, respeitando o resultado do processo eleitoral. Diria que este respeito é mútuo e agora teremos a oportunidade de estar dentro da administração do Estado do Paraná para auxiliar os municípios. É lógico que vou auxiliar o município de Toledo, porque lá eu tive mais de 39 mil votos. Faremos isso sem qualquer tipo de indisposi-

11 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 POLÍTICA O PRESENTE 11 ção e vamos procurar trazer o Estado mais próximo do município. OP: Que reflexos, na sua opinião, essa votação pode trazer para a eleição municipal de Toledo em 2016? JCS: Essa eleição, no nosso caso do Partido Progressista, mostrou que a comunidade tem que entender que as pessoas que se dedicam e se doam por inteiro ao sistema têm uma certa preferencialidade nos processos eleitorais. Sem dúvida teremos o nosso candidato e vamos trabalhar para sermos vencedores no processo futuro. E este resultado, na eleição agora, nos dá condição de poder liderar a escolha desse candidato e poder fazer um trabalho muito forte, pois a comunidade aceitou o nosso nome novamente dentro do processo eleitoral. Perderam alguns vereadores que estiveram conosco durante oito anos e que utilizaram muito a amizade e o relacionamento com o prefeito Schiavinato, mas que não souberam reconhecer isso agora nos ajudando. Essas pessoas serão vistas pela comunidade, que questionará porque o fulano ficou tantos anos junto ao Schiavinato e no momento como esse trouxe um candidato de fora para poder apoiar. Essas pessoas serão avaliadas e muitas que lá estão terão dificuldade no futuro pela sua conduta. OP: O seu grupo político ficou dividido? JCS: Alguns desses já tinham saído do nosso grupo, mas deviam respeito a nós. Sozinho ninguém faz nada e é preciso ter o apoio da sociedade e dos companheiros, acima de tudo, para poder conseguir êxito. Logicamente muitos que se lançaram aí precisam fazer sua análise pessoal. Alguns deles praticamente definiram seus futuros sendo quase que eliminados do processo. OP: O senhor tem uma vasta experiência em gestão pública municipal. Existe a possibilidade de assumir um cargo no governo estadual? JCS: Tenho uma responsabilidade com os municípios. Se houver algum convite do governo estadual ou federal para alguma ação, a decisão não será do Schiavinato, mas de um consenso dos prefeitos. Considero muito os prefeitos, mesmo os que não estiveram comigo por questões de apoio em outros candidatos. Se houver algum convite vou ouvir os líderes públicos do Oeste do Paraná para poder tomar uma decisão. Logicamente fui eleito por Toledo para ser deputado e essa é a minha vontade. OP: No modelo vigente no país, a União fica com a grande parte dos recursos Hoje é impossível fazer campanha diante da situação que vivemos. São muitos candidatos e muitos partidos que não contribuem em nada arrecadados, e repassa, em menor fatia, aos Estados e municípios. Os governos estaduais, de maneira geral, possuem pouco caixa para investimento. Já os municípios reclamam que a arrecadação tem diminuído cada vez mais. Como deputado estadual eleito e com oito anos de experiência de prefeito, de que forma o senhor pretende ajudar os prefeitos? JCS: Exerci uma liderança no Brasil a partir da Frente Nacional de Prefeitos. Algumas ações do governo federal surgiram justamente nas nossas reuniões nessa Frente. Isso dá condição de poder ajudar a formatar alguns projetos e poder contribuir com conhecimento. Acho importante poder se colocar à disposição do sistema. Logicamente que a reforma tributária é fundamental. Não tem como administrar hoje sem que haja essa reforma. Vou trabalhar para isso e estarei muitas vezes em Brasília, junto com o deputado federal Dilceu Sperafico (PP), ajudando pelo conhecimento que tenho. A reforma política também tem que ser feita independente de quem seja o governante, e de imediato. Hoje é impossível fazer campanha diante da situação que vivemos. São muitos candidatos e muitos partidos que não contribuem em nada com a melhoria da qualidade de vida do cidadão. OP: O PP, em nível nacional, é coligado com o PT da presidenta Dilma Rousseff. A executiva nacional já repassou alguma orientação de como o partido deve se posicionar, no Paraná, nesta disputa em segundo turno? JCS: A executiva nacional deu um tombo no nosso partido. Me senti traído, assim como muitos brasileiros se sentiram traídos pelo nosso presidente. Agora temos a liberdade plena de poder decidir. O Paraná está com o Aécio Neves (PSDB), sem dúvida. Vamos despertar o interesse da sociedade em entender que a hora da mudança é agora. Se queremos reforma política e reforma tributária, precisamos mudar o gerenciamento nacional e é a hora do Aécio. Maria Cristina Kunzler Deputado estadual eleito pelo PP, José Carlos Schiavinato: Muitos que se lançaram aí precisam fazer sua análise pessoal. Alguns deles praticamente definiram seus futuros sendo quase que eliminados do processo OP: O senhor acredita que é vantagem para o Paraná, no caso do governador Beto Richa (PSDB), se eleger no primeiro turno, ou seria melhor um debate em segundo turno para a eleição ao Governo do Estado? JCS: Para o processo político, quando existe a discussão em segundo turno é melhor, pois fortalece muito os companheiros. Mas no caso do Paraná a decisão foi muito boa. Pela condição técnica do nosso governador, não tenho dúvida que ele vai fazer uma administração muito melhor. OP: O que os eleitores podem esperar do deputado estadual Schiavinato? JCS: A minha luta vai ser diminuir um pouco a desigualdade entre o Oeste do Paraná e o Norte do Estado, por exemplo. Temos que receber muito mais investimentos, tanto do governo estadual como federal, pela produtividade que possuímos. Serei o deputado estadual do agronegócio. Assumi um compromisso com todos os presidentes de cooperativas e vou estar à frente de todos os procedimentos que envolvem o agronegócio no Paraná, bem como vou ajudar a escrever programa de ação de governo que traga benefício ao homem do campo.

12 12 O PRESENTE GERAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 TROCA DE COMANDO Ademar Bloch assume a Prefeitura de Nova Santa Rosa Rodrigo Fernandes passou o cargo de prefeito por sete dias para o viceprefeito Ademar Bloch em solenidade realizada na terça-feira (07) Rodrigo Fernandes se licencia do Executivo por um período de sete dias Luiz Fernando Cerni Obras de passagens de pedestres na BR-277 entram na segunda fase Divulgação O vice-prefeito Ademar Bloch assumiu interinamente o Executivo de Nova Santa Rosa na terça-feira (07), em solenidade de transmissão do cargo realizada na sala de reuniões da prefeitura. Bloch assumiu como prefeito interino no lugar de Rodrigo Fernandes, por um período de sete dias. A cerimônia de transmissão de cargo contou com a presença da esposa do prefeito interino, Sigrid Bloch, do secretário de Administração e Planejamento, Luiz Vicente München, da secretária de Assistência Social, Josema Ladwig, do secretário de Finanças, Arlindo Wutzke, da secretária de Educação e Cultura, Vera Lúcia Lorenzatto, do secretário de Atividades Institucionais, Marcos Elieser, da responsável pela Secretaria de Saúde, Evellin Aliny Canabarro, do diretor administrativo, Silvio Hettwer, do presidente da Câmara de Vereadores, Lari Hitz, dos vereadores Helvino Schmitt, Ivete Maria Niedermeyer, Salete Kronbauer, Geraldo Wutzke, Jaime Thelen e os vereadores licenciados Amauri Ladwig, Jairon Arndt e João Modes. Prefeito Ricardo Endrigo e o secretário de Obras, Arlei Conti, reunidos com o gerente de engenharia da Ecocataratas, Silvio Caldas, e o coordenador de Conservação, Rudinei Jank, para tratar sobre as obras O prefeito de Medianeira, Ricardo Endrigo, recebeu na terça-feira (07) o gerente de engenharia da Ecocataratas, Silvio Caldas, e o coordenador de Conservação, Rudinei Jank, juntamente com o secretário municipal de Obras, Arlei Conti, para discutir sobre a segunda fase de execução das obras das passagens de pedestres na BR-277. Obras estas que iniciam na próxima semana, sendo necessárias alterações no fluxo de veículos na Avenida 24 de Outubro em torno das trincheiras. Motoristas devem ficar atentos às sinalizações, pois, para que não haja transtornos, a Avenida 24 de Outubro ficará em mão única entre a Rua Acre e a Avenida José Callegari (próximo ao posto Ipê), onde será permitido o fluxo de veículos apenas ao Bairro Ipê. Na passagem de pedestres do Km 672/681 (em frente à Frimesa), a Avenida 24 de Outubro ficará em mão única entre a Avenida Pedro Soccol e a Rua Maranhão, sendo o fluxo de veículos apenas no sentido centro. Mercedes recebe mais uma ambulância A prefeita Cleci Loffi repassou, ontem (08), mais uma ambulância para o município. O veículo foi adquirido com recursos do Estado, conquistados por intermédio do deputado estadual Ademir Bier. O valor de investimento soma R$ 128 mil. Segundo a secretária de Saúde, Arlete Martins, tratase de mais uma importante conquista para o povo mercedense. Podemos melhorar ainda mais o atendimento à comunidade, pontua. A entrega oficial aconteceu em frente ao paço municipal. A prefeita e o vice-prefeito e secretário de Viação, Obras e Serviços, Vilson Martins, fizeram o repasse da chave para a equipe da Secretaria de Saúde. Divulgação Autoridades durante entrega da chave à equipe da Secretaria de Saúde

13 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 AUXÍLIO FINANCEIRO GERAL O PRESENTE 13 Apae rondonense recebe R$ 17,7 mil em doações Comissão Central Organizadora do Prêmio Marechal repassou R$ 15 mil à entidade e o Núcleo de Bicicletarias da Acimacar outros R$ 2.731,53 A Apae de Marechal Cândido Rondon recebeu, na terça-feira (07), a doação de R$ ,53. O valor foi repassado durante assembleia geral extraordinária da Acimacar. No ato, esteve presente Roseli Weber, que é integrante da diretoria da Apae. Primeiro foi entregue um cheque de R$ 15 mil, referente ao lucro do show beneficente realizado em 26 de setembro, no Clube Concórdia, com as bandas Storehouse e Star Beetles. O evento, que reuniu cerca de 900 pessoas, foi uma promoção da Comissão Central Organizadora (CCO) do Prêmio Marechal Rondon, que é formada pela Acimacar, JCI, Lions Club, Rotarys Clubes (Marechal Cândido Rondon, Beira Lago, Guarani e 25 de Julho), Lojas Maçônicas Tiradentes e Quintino Bocaiúva, Sindicato do Comércio Varejista, Coordenadoria Regional da Fiep, Conselho de Desenvolvimento Agropecuário e rádios Difusora e Educadora, além do patrocinador do Prêmio Marechal Rondon 2014, o Sicoob. Sensibilizadas com o momento de dificuldade que a Apae atravessa e considerando sua importância na vida dos portadores de necessidades especiais, foi organizado Entrega dos cheques aconteceu durante assembleia extraordinária da Acimacar o show beneficente para contribuir com a continuidade das atividades da entidade. A entrega do cheque no valor de R$ 15 mil foi feita por Sidnei Bombassaro, coordenador desta edição do Prêmio Marechal Rondon; pelo presidente da Acimacar, Josué Maioli, e pelo diretor financeiro do Sicoob, Luciano Cremonese. Outra doação, no valor de Divulgação R$ 2.731,53, foi feita pelo Núcleo de Bicicletarias da Acimacar. O montante repassado é resultado de promoções realizadas pelo Núcleo, que decidiu contribuir também com a Apae. As empresas que integram o Núcleo são as bicicletarias: Bike Center, Globo, MCR Bikes, Refran Bikes, Confiança, Chico, Cicles Griep e Bike Mania. Observatório Social presta contas amanhã O Observatório Social, de Marechal Cândido Rondon, promove amanhã (10) cerimônia de encerramento do concurso de redação e projetos e apresentação do 13º relatório quadrimestral e prestação de contas. O evento está marcado para as 19 horas, no auditório da Associação Comercial (Acimacar). Conforme o presidente da entidade, João Vianei Werlang, o concurso de redação e projetos tem como objetivo despertar nos jovens o interesse em acompanhar a aplicação dos recursos públicos e conscientizá-los de seus direitos e deveres, como cidadãos, nesse processo. Já o relatório de atividades e prestação de contas, segundo ele, consiste na apresentação do trabalho realizado pelo Observatório Social no período de maio a agosto. Toda a comunidade está convidada a participar, reforça Werlang.

14 14 O PRESENTE GERAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 MARECHAL RONDON Pré-Oktoberfest acontece hoje na Rua Santa Catarina Concurso das soberanas tem nove candidatas e será realizado a partir das 20 horas A Rua Santa Catarina já está decorada e pronta para receber o público da Pré-Oktoberfest que acontece hoje (09), em frente ao Saae, em Marechal Cândido Rondon. O evento terá início às 17 horas e contará com várias atrações, a começar pelo bierwagen (carro de chope), que desfilará pela cidade convidando a população para participar da festa. A Pré-Oktoberfest será animada pela banda Sentido Musical. Haverá venda de cuca e linguiça, já que a proposta é resgatar tradições alemãs. No decorrer do evento, o público poderá adquirir chope no Caminhão Bar Brahma, uma atração itinerante exclusiva da Oktoberfest deste ano. À noite, haverá apresentação de danças de grupos folclóricos infantil, juvenil e adulto, além da Orquestra de Sopros do município. Fotos: Divulgação SOBERANAS Conforme a secretária municipal de Cultura, Carmen Borzatto, o concurso das soberanas acontecerá durante a Pré-Oktoberfest de hoje, a partir das 20 horas, e tem nove candidatas. São elas: Danieli Gish, Francieli Wisch, Jhenifer Pacheco, Luana Karling, Maria Bruna Grenzel, Sieli Freitag, Thais Arndt, Thais Rieger e Tuise Schwambach. Elas serão avaliadas nos quesitos beleza, animação e simpatia. Uma comissão de jurados será formada por sete pessoas. Haverá desfile coletivo e individual, sendo que as candidatas usarão trajes típicos alemães, detalha Carmen. Será coroada uma rainha, além da 1ª Princesa e 2ª Princesa. As três escolhidas irão participar da programação de abertura da 26ª Oktoberfest, na próxima quinta-feira (16), às 20 horas, na Casa da Cultura, junto ao Parque de Exposições. PARTICIPAÇÃO LIVRE Como se trata de um evento de rua, não haverá cobrança de ingressos para participação da Pré-Oktoberfest. A promoção de hoje é uma realização da Associação dos Servidores Municipais de Marechal Cândido Rondon (Assemar) e a correalização do Núcleo Multissetorial da Rua Santa Catarina. O evento tem como parceiros a Associação Comercial e Empresarial (Acimacar), o Sebrae, prefeitura e empresários que fazem parte do núcleo.

15 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 GERAL O PRESENTE 15

16 16 O PRESENTE GERAL QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 MARECHAL RONDON Interior ganha novos abastecedouros comunitários Secretaria de Agricultura e Política Ambiental também realiza reformas. Trabalhos contam com adequação às novas normas ambientais Desde o ano passado, a Secretaria de Agricultura e Política Ambiental de Marechal Cândido Rondon vem trabalhando para viabilizar novos abastecedouros comunitários para o interior, bem como realizar a reforma dos já existentes. A partir de um levantamento, buscou-se identificar os locais de maior necessidade e, então, foram iniciados os trabalhos. De acordo com o chefe da pasta, Hilário Gauer, a ação é muito importante para que os agricultores tenham um local apropriado para abastecer os pulverizadores quando da utilização de defensivos nas lavouras. Tanto os novos abastecedouros quanto os que estão sendo reformados são adequados às novas normas ambientais, especialmente quanto ao solo, que deve receber camadas de materiais a fim de filtrar os produtos tóxicos que por ventura forem despejados. Tudo isso serve para minimizar os impactos ambientais causados por estes produtos, especialmente em rios e córregos, que em anos anteriores eram utilizados como principal fonte de água para este fim, o que causava inúmeros prejuízos ambientais, destaca Gauer. Desde 2013 já foram realizadas reformas e instalados novos equipamentos em Linha Curvado, Esquina Guaíra, Linha Guará, Linha Ajuricaba, Linha Perdigão, Linha Paço Fundo, Linha Apepu, Linha Palmital e São José do Iguaçu. Vamos dar continuidade a esta ação para atender todos os locais onde há necessidade. Abastecedouro comunitário de Linha Palmital foi concluído recentemente O trabalho é realizado com recursos da secretaria e em alguns casos com o apoio da Itaipu Binacional. Além disso, estamos atuando no sentido de orientar os agricultores sobre como devem proceder nestes locais, a fim Hellygton Webber de evitar danos ambientais. Estamos trabalhando no sentido de ajudar os agricultores, finalizou.

17 QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 GERAL O PRESENTE 17 PESCA AO TUCUNARÉ Torneio de Pesca vai reunir 200 equipes em Santa Helena Largada dos barcos está marcada para as 08h30 de sábado (11) A administração de Santa Helena e a Associação Náutica de Pesca Esportiva Missal (Anpemi) promovem, no fim de semana, o Torneio Internacional de Pesca ao Tucunaré. Cerca de 200 equipes estão confirmadas para o evento. Melhorias foram promovidas no local de acesso dos barcos ao Lago de Itaipu para atender bem os participantes. O torneio sempre foi realizado no município de Missal, que, neste ano, enfrenta dificuldades de estrutura na prainha, decorrentes do baixo nível da água do Lago de Itaipu. Em vista disso, foi firmada parceria para a competição em Santa Helena. A prerrogativa do município é de que serviços como alimentação, bebidas e outros consumos de ordem organizacional sejam adquiridos com empresas santa-helenenses, a fim de incentivar o comércio local. As equipes chegam ao balneário amanhã (10), quando serão recepcionadas e receberão os kits de pesca. No sábado (11) será servido café colonial aos participantes, a partir de 06 horas. A largada dos barcos está marcada para as 08h30. O encerramento das medições será às 16h30. Às 19 horas haverá jantar de confraternização no Centro de Eventos do Balneário e, em seguida, entrega da premiação, que tem valor estimado em R$ 75 mil. Serão premiados os dez primeiros classificados e haverá sorteio de brindes entre os participantes. Para o primeiro lugar será oferecida uma lancha como prêmio. O segundo e o terceiro lugares levarão um motor de popa 15 HPs cada, seguido de um vale-desconto de R$ 5 mil para compra de um barco. Os outros prêmios são uma carreta para lancha, dois pacotes de pesca, quatro conjuntos de varas e carretilhas e dois motores elétricos. Evento literário envolve estudantes de Entre Rios A 2ª Amostra Literária, que está sendo realizada desde segunda-feira (06) em Entre Rios do Oeste, segue hoje (09) com a Feira Literária com Seminário do Pacto, a partir das 19 horas, na Escola Municipal Presidente Médici. Já amanhã (10) haverá entrega da exposição de trabalhos e entrega de boletins dos alunos, das 07h40 às 11h40 e das 13h30 às 17 horas, na Escola Municipal. Para o sábado (11), a partir das 14 horas, em parceria com o Centro Municipal de Educação Infantil, está programada uma tarde recreativa no Centro de Eventos, alusiva ao Dia das Crianças, comemorado no domingo (12). A programação, que tem por objetivo atrair interesse e proporcionar o hábito da leitura, além de estimular o conhecimento, autoexpressão e autoconfiança nas crianças, também conta com a Feira do Livro, junto à Escola Municipal. Também já foi realizada a apresentação do espetáculo O fantástico mistério de Feiurinha, no Centro Cultural, na terça-feira (07). Divulgação Peça teatral O fantástico mistério da Feiurinha foi apresentada na terça-feira (07), no Centro Cultural

18 A campanha Outubro Rosa: Um toque pela vida, desenvolvida pelo quarto ano consecutivo em Marechal Cândido Rondon com o objetivo de alertar as mulheres para o câncer de mama, tem tido mais adesão ano a ano. Em 2011, na primeira edição do evento, o Conselho da Mulher Empresária vendeu pouco mais de 1,8 mil camisetas, símbolo da campanha rondonense. Neste ano, às vésperas de completar um mês do lançamento e há 15 dias do fim, já são quase 6,5 mil camisetas comercializadas. As camisetas cor-de-rosa, com o símbolo da campanha estampado em branco, estão por toda parte. Virou moda no comércio, em casa, na escola. Toda a consciência percebida nas ruas do município é observada também no aumento de visitas aos consultórios médicos. Lentamente aumenta o número de mamografias feitas pelas mulheres de Marechal Cândido Rondon, tanto no setor público quanto no privado. De acordo com a operadora particular de plano de saúde Sempre Vida, que atua também em municípios vizinhos, o aumento tem sido lento, mas gra-

19 dativo. Em 2011, quando o Outubro Rosa iniciou, foram realizados exames de mamografia, média de 202 por mês. Em 2012 foram (média de 210/mês) e no ano passado foram (225 por mês). Nos primeiros nove meses de 2014, a operadora já realizou procedimentos, alcançando média de 241 mamografias por mês. O aumento de 2011 a 2014 beira os 20%. No setor público a procura também aumentou, conforme a responsável pela Clínica da Mulher, enfermeira Renate Hensel. Os exames são agendados no município, mas disponibilizados pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar) em Toledo. Sentimos que a cada ano as mulheres têm se preocupado mais em fazer a mamografia, até porque o exame, aos poucos, começa a ser mais conhecido e campanhas de divulgação são feitas. Em 2011 e 2012 levávamos para Toledo em média dois grupos por mês, com média de 15 mulheres por grupo, destaca Renate. A média era próxima de 600 exames por ano. No ano passado, revela a responsável pela Clínica da Mulher, foram realizados 890 exames, em um incremento de mais de 40%. Os números são otimistas para a coordenadora da campanha Outubro Rosa, Carla Rieger Bregoli, que comemora o avanço na conscientização pela mamografia, mas lembra que o exame do toque ainda é a principal ferramenta para descobrir a doença em estágio inicial, garantindo mais chances de cura. A mulher precisa se conhecer, fazer o exame de toque das mamas mensalmente. Se nesse exame ela perceber algo diferente, deve procurar o médico imediatamente para fazer a mamografia, destaca. O exame, a exemplo do ultrassom, é uma espécie de raio X que faz uma varredura nos seios a procura de possíveis nódulos. Sobram vagas para mamografia pelo SUS em Rondon Marechal Cândido Rondon não oferece a mamografia por não ter o aparelho, mas o público do município encontra o serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar). Apesar da maior procura pelo exame, indicado para todas as mulheres em idade adulta, mas disponível pelo SUS somente para aquelas acima dos 40 anos ou pertencentes a grupos de risco, quase a metade dos exames disponíveis para o município não são usados. Em 2013, a Clínica da Mulher ofereceu cerca de 1,5 mil exames, mas somente 890 foram feitos. As outras mais de 600 vagas que estavam disponíveis ficaram ociosas. De acordo com a enfermeira Renate Hensel, a média de exames de moradoras de Rondon gira entre 70 e 90 por mês, apesar dos 150 disponíveis. Fica muita vaga em aberto, apesar do aumento na procura, destaca a responsável pela Clínica da Mulher. Excepcionalmente neste mês, quando a campanha acontece, segundo a enfermeira, o número de interessadas aumenta consideravelmente. A moda agora é rosa O principal objetivo do Outubro Rosa, de acordo com uma das entusiastas da campanha, Carla Rieger, é alertar a mulher para fazer o autoexame, mensalmente, para detectar possíveis nódulos e tratar da doença o mais rápido possível. Com o exame mensal, a mulher pode observar alguma diferença no seio com mais antecedência e assim garantir maiores chances de cura. Em estágios iniciais, o câncer ainda não está enraizado, o que pode facilitar no tratamento, destaca. O foco central da campanha nunca muda; é a prevenção, amplia. A camiseta cor-de-rosa, líder absoluta em vendas, de acordo com Carla, é um lembrete para que o autoexame seja feito regularmente. A camiseta pode ser usada o ano todo e especialmente neste mês alerta para a prevenção. A camiseta está disponível para homens e mulheres, por R$ 20, com as integrantes do Conselho da Mulher ou na Loja Contêiner, instalada na Rua Sete de Setembro, no centro da cidade. Parte da renda é revertida ao Hospital do Câncer de Cascavel (Uopeccan). E a adesão tem sido cada vez maior. O crescimento nas vendas se aproxima de 250% em quatro anos. Na primeira edição, em 2011, foram vendidas 1,8 mil camisetas, com repasse de R$ 1,5 mil à Uopeccan. No ano seguinte foram 3,9 mil camisetas (R$ 6,6 mil para o hospital) e em 2013 foram comercializadas 4,8 mil, com repasse de R$ 8 mil. A expectativa, segundo Carla, é de que a campanha neste ano comercialize sete mil camisetas, com repasse de aproximadamente R$ 15 mil à entidade hospitalar. Ficamos muito felizes em ver que as camisetas estão em toda parte. Temos adesão do comércio, das escolas, de profissionais liberais e de outros setores, destaca. Não é pelo valor que será repassado à Uopeccan, mas para lembrar a mulher da importância do autoexame. Por isso é que estamos satisfeitas, diz. O Conselho da Mulher entende que somente a prevenção pode reduzir os números de mortes por conta desse tipo de doença. Somente neste ano, no Brasil, entre 57 e 60 mil mulheres devem ser diagnosticadas com câncer de mama. Dessas, entre 12 e 13 mil falecem, destaca. Temos que prevenir para reduzir o número de mulheres tiradas da vida das nossas famílias, ratifica.

20 20 O PRESENTE QUINTA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO DE 2014 LORENA KUNZLER Mario Marcante Os noivos Emanuele e Gabriel Berwig, que trocaram o sim no dia 27 de setembro, em Toledo, com recepção aos convidados no Olinda Park Hotel HOJE É DIA DE PRÉ-OKTOBER Acontece hoje (09) a Pré-Oktoberfest na Rua Santa Catarina, nas proximidades do Saae, a partir das 17 horas, em Marechal Cândido Rondon. Trata-se de uma iniciativa do Núcleo das Empresas da Rua Santa Catarina, que conta com o apoio do Espaço Rondon, Sebrae, Acimacar e Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo. A intenção é resgatar a tradição de realizar Pré-Oktoberfest na rua, como acontecia antigamente, na época na Rua Sete de Setembro. Na oportunidade haverá a escolha das Soberanas (rainha e princesa) da Oktoberfest de Marechal Rondon, além de apresentações folclóricas, tudo isso regrado de muita música, bebida e comida típica alemã. Edson Luiz Camozzato e Rose Carniel em recente evento social em Santa Helena Dia 09: André de Oliveira Lima Dia 09: Cátia Claudia Lang Metz Dia 09: Daniel Ilimar Foch Dia 09: Dionisio Alves Gomes Dia 09: Domingos Nelson Biondo Dia 09: Janaina Aparecida dos Santos Dia 09: Jurema Adam Tauchert Dia 09: Marci Fidler Dia 09: Nelso Mattia Dia 09: Noemia Franco Lourenço

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados Datafolha, propaganda e eleitores nos estados 23 de agosto de 2010 1. Vitória de Dilma no 1º turno Bastou uma semana de horário eleitoral gratuito em rádio e televisão ao lado do presidente Lula para Dilma

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho Indicadores CNI PESQUISA CNI-IBOPE Avaliação do governo e pesquisa eleitoral Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno Na pesquisa estimulada, com a apresentação do disco com os nomes dos candidatos,

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

Resultados da 120ª Pesquisa CNT/MDA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014

Resultados da 120ª Pesquisa CNT/MDA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014 Resultados da 120ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 27/08/2014 A 120ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 21 a 24 de agosto de 2014 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra cenários para

Leia mais

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente 2014 PO813734 19 e 20/02/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE FEVEREIRO DE 2014 MESMO COM DESEJO DE MUDANÇA, DILMA MANTÉM LIDERANÇA NA CORRIDA ELEITORAL 67% preferem ações

Leia mais

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente da República PO813749 01 e 02/07/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JULHO DE 2014 EM MÊS MARCADO POR COPA, DILMA RECUPERA PREFERÊNCIA DE ELEITORES Queda nos votos em

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA JUNHO DE 2007 Dados Técnicos Pesquisa Pesquisa de opinião pública nacional Universo Eleitores e potenciais eleitores brasileiros que

Leia mais

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente RESULTADOS DA 129ª PESQUISA CNT/MDA A 129ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 20 a 24 de outubro de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos índices de popularidade

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno

Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno Panorama Edição 07 Sexta-feira, 3 de de 2014 Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno das eleições presidenciais demonstrou a importância da internet e das redes sociais. Elas

Leia mais

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha?

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha? Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal Gazeta do Povo, do Paraná Publicada em 08 de fevereiro de 2009 Jornalista: O Brasil ainda tem

Leia mais

Cem edições para informar e formar cidadãos!

Cem edições para informar e formar cidadãos! ParaTod Mandato do Deputado Tadeu Veneri-PT nº 100 Dezembro 2014 s Acesse: www.tadeuveneri.com.br facebook.com/tadeuveneri Edição Especial Número 100 Cem edições para informar e formar cidadãos! Do primeiro

Leia mais

AVALIAÇÃO DA INTENÇÃO DE VOTO EM MINAS GERAIS PARA AS ELEIÇÕES 2014

AVALIAÇÃO DA INTENÇÃO DE VOTO EM MINAS GERAIS PARA AS ELEIÇÕES 2014 AVALIAÇÃO DA INTENÇÃO DE VOTO EM MINAS GERAIS PARA AS ELEIÇÕES 2014 MINAS GERAIS JUNHO DE 2014 REGISTRO TSE: MG 00048/2014 REGISTRO TSE: BR 00188/2014 INTRODUÇÃO Este relatório contém os resultados de

Leia mais

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Aline Bruno Soares Rio de Janeiro, julho de 2010. Desde seu início, o ano de 2010 tem se mostrado marcante em relação

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL CANDIDATURAS: PRESIDENTE / GOVERNADOR / SENADOR ELEIÇÕES 2014 LONDRINA (PR)

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL CANDIDATURAS: PRESIDENTE / GOVERNADOR / SENADOR ELEIÇÕES 2014 LONDRINA (PR) PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL CANDIDATURAS: PRESIDENTE / GOVERNADOR / SENADOR ELEIÇÕES 2014 LONDRINA (PR) QUANTITATIVA EXTERNA PESQUISA REGISTRADA E PROTOCOLIZADA: TRE

Leia mais

presidente Brasil Por Nízea Coelho

presidente Brasil Por Nízea Coelho a PRIMEIRA presidente do Brasil Por Nízea Coelho 1 Lula é um fenômeno no mundo Historiador, mestre e futuro doutor. Este é Leandro Pereira Gonçalves, professor de História do Centro de Ensino Superior

Leia mais

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF O Estado de S.Paulo Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF Nardes, do TCU, é citado na Zelotes O Estado de S. Paulo - 10/09/2015 Investigadores analisam informações sobre suposto envolvimento

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff Homero de Oliveira Costa Revista Jurídica Consulex, Ano XV n. 335, 01/Janeiro/2011 Brasília DF A reforma política, entendida como o conjunto

Leia mais

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br Intenção de voto presidente Avaliação governo Dilma Rousseff Opinião sobre os protestos Expectativas econômicas PO813747 03 a 05/06/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JUNHO DE 2014 DILMA CAI, MAS ADVERSÁRIOS

Leia mais

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa passa por correção após 4 altas Aécio avança e cresce chance de eleição B2W reduz prejuízo do trimestre em 5,7% Lucro da Marisa cresce 57,3% no 1º tri Lucro da Raia Drogasil dobra no

Leia mais

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52 É política de boa vizinhança. Evidentemente quando você apoia um partido ou um candidato, no futuro eles vão procurar ajudá-lo, afirmou o empresário Cristiano Kok, da empreiteira Engevix, em entrevista

Leia mais

BRASIL: CENARIOS ELEITORAL E ECONÔMICO

BRASIL: CENARIOS ELEITORAL E ECONÔMICO BRASIL: CENARIOS ELEITORAL E ECONÔMICO 1 Brasil 3 Panorama Geral Mercado atento às pesquisas eleitorais. Mostram a candidata Dilma Rousseff em torno de 38/40%, Aécio Neves 20/22% e Eduardo Campos 8/10%.

Leia mais

Veja pesquisas Datafolha para presidente em SP, MG, RJ, RS, PR, PE e DF

Veja pesquisas Datafolha para presidente em SP, MG, RJ, RS, PR, PE e DF Veja pesquisas Datafolha para presidente em SP, MG, RJ, RS, PR, PE e DF Pesquisas Datafolha realizadas em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco e Distrito Federal

Leia mais

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Produção: Ação conjunta: Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Parceiro:

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Incerteza ronda a CPI da Saúde http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim POLÍTICA DATA: 29/07/2015 Incerteza ronda a CPI da Saúde Othelino Neto, Rogério e Levi Pontes estão otimistas

Leia mais

Você pode contribuir para eleições mais justas

Você pode contribuir para eleições mais justas Procuradoria Regional Eleitoral no Estado de SP Defesa da democracia, combate à impunidade. Você pode contribuir para eleições mais justas Os cidadãos e as cidadãs podem auxiliar muito na fiscalização

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CARLOS SCHNEIDER (PMN) Vice: Maximiliano Andrade (PMN) Nome: Carlos Otavio Schneider Partido: Partido da Mobilização Nacional Tempo de horário eleitoral (estimado):

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 Boletim Econômico Edição nº 56 fevereiro de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 As duas medidas visam economizar R$ 18 bilhões

Leia mais

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo Cliente: Trade Energy Veículo: Portal R7 Assunto: Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas Data: 21/01/2015 http://noticias.r7.com/economia/saiba-o-que-vai-mudar-no-seu-bolso-com-as-novas-medidaseconomicas-do-governo-21012015

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

A Semana no Congresso Nacional

A Semana no Congresso Nacional A Semana no Congresso Nacional Brasília, 10/08/2015 CÂMARA Câmara instalará seis comissões mistas para analisar MPs Relator da CPI do BNDES apresentará plano de trabalho Comissão de Finanças e Tributação

Leia mais

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano Mais um plano CONJUNTURA ECONÔMICA A chave da agenda positiva tão perseguida pelo governo federal em tempos de crise política e volta da inflação parece ser a preservação dos empregos. Na última terça-feira

Leia mais

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013 AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA Abril/2013 Cenário Político 2 A conjuntura política brasileira aponta uma antecipação dos debates em torno da eleição presidencial de 2014,

Leia mais

DADOS. Histórico de lutas

DADOS. Histórico de lutas MULHERES O partido Solidariedade estabeleceu políticas participativas da mulher. Isso se traduz pela criação da Secretaria Nacional da Mulher e por oferecer a esta Secretaria completa autonomia. Acreditamos

Leia mais

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13 Até Maradona coraria. Teve a mão de Deus, disse o ministro Gilmar Mendes na quarta 16 ao defender seu longo pedido de vista, de um ano e cinco meses, no julgamento do Supremo Tribunal Federal que analisa

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO

AVALIAÇÃO DO GOVERNO Indicadores CNI Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO Popularidade cresce no segundo semestre Mas presidente Dilma encerra primeiro mandato com popularidade menor que no seu início A popularidade da

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Os bancos públicos e o financiamento para a retomada do crescimento econômico

Os bancos públicos e o financiamento para a retomada do crescimento econômico Boletim Econômico Edição nº 87 outubro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Os bancos públicos e o financiamento para a retomada do crescimento econômico 1 O papel dos bancos

Leia mais

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Fevereiro de 2015 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Fevereiro de 2015...

Leia mais

Em defesa da Saúde pública para todos

Em defesa da Saúde pública para todos Boletim Econômico Edição nº 57 março de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Em defesa da Saúde pública para todos 1 A saúde pública faz parte do sistema de Seguridade Social

Leia mais

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto 14.07.2012 Portal De Fato Xx Xx Postado em 14/07/2012-09:09 Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto O Programa Senac Gratuidade (PSG) disponibilizará mais de 540 bolsas de estudos integrais para

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. Na pessoa física as taxas de juros tiveram uma pequena elevação sendo esta a décima quinta

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO JUNHO DE 2010 SEAI 06/2010 Brasília, julho de 2010 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Eleições:

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 127ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 23/03/2015 A 127ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 16 a 19 de março de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DEBATE Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DE BRASÍLIA - No último debate em busca do aval dos procuradores para permanecer por mais dois anos na chefia do Ministério Público, o procurador-geral

Leia mais

Propostas de luta para tornar nossa. vida melhor. Maio de 2003

Propostas de luta para tornar nossa. vida melhor. Maio de 2003 Propostas de luta para tornar nossa vida melhor Maio de 2003 Companheiros e companheiras A s políticas capitalistas neoliberais, aplicadas com mais força no governo FHC, foram muito duras com os trabalhadores

Leia mais

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB Resolução da 5ª reunião do CC - eleito no 12º Congresso Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB A maioria da nação enalteceu a eleição de Dilma Rousseff para a presidência da República

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 29 de novembro de 2011 JORNAIS O fim da história Diário do Sul Prêmio Finep Notisul SITES

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Esta cartilha traz o primeiro diagnóstico

Esta cartilha traz o primeiro diagnóstico introdução A Armadilha do Crédito Fundiário do Banco Mundial Esta cartilha traz o primeiro diagnóstico abrangente sobre os programas do Banco Mundial para o campo no Brasil. O estudo foi realizado pela

Leia mais

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em maio/2014, sendo esta a décima segunda elevação seguida, quinta elevação no ano. Estas elevações podem ser atribuídas

Leia mais

INSTITUTO METHODUS www.institutomethodus.com.br methodus@institutomethodus.com.br (51) 3094-1400 PESQUISA ELEITORAL ESTADUAL

INSTITUTO METHODUS www.institutomethodus.com.br methodus@institutomethodus.com.br (51) 3094-1400 PESQUISA ELEITORAL ESTADUAL INSTITUTO METHODUS www.institutomethodus.com.br methodus@institutomethodus.com.br (51) 3094-1400 PESQUISA ELEITORAL Pesquisa registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (Resolução nº 23.400) e protocolada

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

Romer Mottinha Santos 2 Doacir Gonçalves de Quadros 3 Faculdade Internacional de Curitiba Grupo Uninter - Curitiba, PR

Romer Mottinha Santos 2 Doacir Gonçalves de Quadros 3 Faculdade Internacional de Curitiba Grupo Uninter - Curitiba, PR Jornal Impresso e Eleições: Um Panorama da Cobertura dos Jornais Gazeta do Povo, O Estado do Paraná e Folha de Londrina, sobre as Eleições 2010 para Governador do Paraná 1 Romer Mottinha Santos 2 Doacir

Leia mais

Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres

Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres META 3 Eliminar as disparidades entre os sexos no ensino fundamental e médio, se possível, até 2005, e em todos os níveis de ensino, o mais

Leia mais

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR Nas contas do ex-reitor da USP, anteprojeto da reforma não atende ao acordo com os reitores REFORMA UNIVERSITÁRIA Gabriel Manzano Filho O aumento de recursos

Leia mais

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação #92 É hora de apostar na renda fixa? Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Para quê moeda? Brasileiros utilizam cada

Leia mais

Guria Informação & Sistemas

Guria Informação & Sistemas Zero Hora (RS) Projeto tenta prevenir acidentes com caminhões Será lançado em setembro o projeto DM - Vida Urgente na Estrada, uma parceria da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga e da DM Internacional, líder

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. Denise Zandonadi dzandonadi@redegazeta.com.br O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. O presidente Luiz Inácio Lula da

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina TOP ATUALIDADES Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina Campanha de Beto Richa (PSDB) é investigada por compra de madeira com propina Polícia prende ex-presidente da Assembleia de

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 http://noticias.terra.com.br/brasil/golpe-comecou-invisivel-diz-sobrinho-de-substitutode-jango,bc0747a8bf005410vgnvcm4000009bcceb0arcrd.html acesso em 31-03-2014

Leia mais

CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS

CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS CLIPPING SINFARMIG RETORNO DE MÍDIA PESQUISA GENÉRICOS Fonte: Jornal Estado de Minas - Caderno Opinião Fonte: Agência Brasil Fonte: Jornal Hoje em Dia - Carderno Economia Fonte: Jornal O Tempo VERSÕES

Leia mais

HOSPITAIS FILANTRÓPICOS: A UM PASSO DO CAOS; REFLEXOS EM DOURADOS (MS)

HOSPITAIS FILANTRÓPICOS: A UM PASSO DO CAOS; REFLEXOS EM DOURADOS (MS) Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 05/08/2014. HOSPITAIS FILANTRÓPICOS: A UM PASSO DO CAOS; REFLEXOS EM DOURADOS (MS) Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados,

Leia mais

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE:

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE: PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Os temas saúde pública e exercício profissional médico foram debatidos nesta 5ª (30/8), na sede

Leia mais

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende *

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado é a expressão da participação da sociedade na vida pública mais significativa da atualidade. Os movimentos de participação

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo.

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo. Intervenção proferida pelo Deputado Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Novembro de 2006 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros

Leia mais

Guia de Reforma Política

Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política - 2 de 13 O que os partidos querem com a Reforma Política e a proposta do Movimento Liberal Acorda Brasil O Movimento Liberal Acorda Brasil avaliou as

Leia mais

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos Cursos humanizados - A Educar e Transformar se dedica ao sonho de gerar cursos para lideranças profissionais de recursos humanos, com mentalidade de humanização na administração, cursos para líderes, motivação,

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 21 A 27 DE ABRIL SEMANA 21 A 27 DE ABRIL. Material: Raquel Basilone

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 21 A 27 DE ABRIL SEMANA 21 A 27 DE ABRIL. Material: Raquel Basilone Europa decide agir após tragédias no mar Redução de tropas da ONU no Haiti pré-eleições preocupa brasileiros ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Material: Raquel Basilone Dilma sanciona Orçamento com R$

Leia mais

A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação,

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2011 (Do Sr. Antonio Carlos Magalhães Neto)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2011 (Do Sr. Antonio Carlos Magalhães Neto) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2011 (Do Sr. Antonio Carlos Magalhães Neto) Solicita informações ao Sr. Ministro de Estado do Esporte, Orlando Silva de Jesus Júnior, sobre o Programa Segundo Tempo e

Leia mais

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Comunicação é um direito de todos No Brasil, os meios de comunicação estão concentrados nas mãos de poucas empresas familiares que têm a

Leia mais

O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS

O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014 Luma Doné Miranda 1 RESUMO: Este artigo analisa as inserções na programação de televisão dos candidatos à

Leia mais