Multi-Enterprise Condominium Management System Sistema de Gestão de Condomínios Multiempresa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Multi-Enterprise Condominium Management System Sistema de Gestão de Condomínios Multiempresa"

Transcrição

1 Multi-Enterprise Condominium Management System Sistema de Gestão de Condomínios Multiempresa João Miguel Almeida Magalhães Nº Mec. A21608 Mauro da Conceição Santos Nº Mec. A21879 Trabalho realizado sob a orientação do Professor Doutor Paulo Jorge Teixeira Matos Informática de Gestão 2011/2012

2

3 Multi-Enterprise Condominium Management System Sistema de Gestão de Condomínios Multiempresa Relatório da UC de Projeto de Informática Licenciatura em Informática de Gestão Escola Superior de Tecnologia e de Gestão João Magalhães, Mauro Santos 2011/2012 iii

4 A Escola Superior de Tecnologia e Gestão não se responsabiliza pelas opiniões expressas neste relatório. iv

5 Certifico que li este relatório e que na minha opinião, é adequado no seu conteúdo e forma como demonstrador do trabalho desenvolvido no âmbito da UC de Projeto de Informática. Paulo Jorge Teixeira Matos - Orientador Certifico que li este relatório e que na minha opinião, é adequado no seu conteúdo e forma como demonstrador do trabalho desenvolvido no âmbito da UC de Projeto de Informática. - Arguente Aceite para avaliação da UC de Projeto de Informática v

6 vi

7 Dedicatória A nós, por todo o percurso académico consagrado com grande louvor. vii

8 viii

9 Agradecimentos Existem documentos que assinamos ao longo da vida com manifesto interesse e relevância, este será um deles, não só pela componente da UC, mas por marcar o fim de um ciclo na nossa vida. Aproveito o espaço para agradecer ao meu amigo Mauro Santos, por ter aceite mais este desafio, tendo sido sem dúvida um prazer ter partilhado estes três anos de academia, onde a busca por nos superarmos um ao outro foi constante, culminando na amizade que hoje temos. Agradeço aos meus pais, pilares da minha sustentabilidade, que apesar da minha idade desenquadrada com aquela que se deseja para aluno de licenciatura, me permitiram esta oportunidade. João Magalhães Ao meu colega e amigo, João, pela paciência e coragem demonstradas ao longo do desenvolvimento deste projeto. Por não desistir, mesmo quando nada tínhamos que nos levantasse a moral. E acima de tudo pelo espírito competitivo que revelou ao longo do nosso percurso académico, sem o qual a minha motivação se teria desvanecido, num pequeno mundo onde a nossa competitividade foi singular. À minha família, sem a qual não teria tido esta oportunidade, e pelas horas de convívio perdidas, que a distância ajudou a intensificar. E em especial, à Ana Mota, minha companheira, pela compreensão, paciência e apoio revelados, que muito foram necessários, tendo sempre acreditado em mim. Mauro Santos Resta-nos deixar um especial agradecimento pela colaboração neste projeto, ao nosso orientador, Professor Doutor Paulo Jorge Teixeira Matos. ix

10 x

11 Resumo O presente documento surge no enquadramento da unidade curricular denominada por Projeto de Informática inserido na Licenciatura em Informática de Gestão. Pretende-se portanto, relatar e documentar toda a componente prática da UC. O projeto que se apresenta compreende a análise e desenvolvimento de um sistema de gestão de condomínios multiempresa, em PHP, suportado por uma base de dados MySQL, com recurso as linguagens HTML5, CSS e Javascript, onde se pretende uma participação ativa por parte dos condóminos. Palavras-chave: Plataforma, condomínio, empresa, gestão. xi

12 xii

13 Abstract This document arises in the context of the discipline of informatics project, inserted in informatics management degree. The aim is, therefore, report and document all the practical component of de course. The project that is presented includes the analysis and development of a condominium management system, multi-enterprise, that promotes an active participation of the clients into the management activities. The system was developed using HTML5, CSS, Javascript and PHP, supported by a MySQL database. Keywords: Platform, condominium, enterprise, management. xiii

14 xiv

15 Conteúdo 1 Introdução Enquadramento Objetivos do projeto Organização do documento Domínio do problema Contexto Arquitetura Conceptual Framework de desenvolvimento web O CodeIgniter Arquitetura MVC Funcionalidades Especificação de Requisitos UML e Enterprise Architect Requisitos Funcionais Diagramas dos subsistemas Perspetiva do Meta-Administrador (Backoffice) Perspetiva do Administrador da Empresa (Backoffice) Perspetiva do Utilizador (Backoffice) Implementação Modelo Relacional Desenho Aplicacional Visão Geral Processo de criação de uma empresa Geração de páginas Recurso ao AJAX Registo Log Conclusão Bibliografia xv

16 A Casos de Uso... 1 A.1 Diagramas... 1 A.1.1 Diagrama Geral... 2 A.2 Descrição dos Cenários... 4 B Diagrama Entidade-Relacionamento C Templates das Páginas C.1 Frontoffice do Meta-Site C.2 Backoffice do Meta-Site C.3 Frontoffice da Empresa C.4 Backoffice da Empresa D Codificação D.1 Processo de inserção de uma Empresa D.2 Classe Genpage

17 xvii

18 Lista de Figuras Ilustração 1 Arquitetura Conceptual... 7 Ilustração 2 Backoffice do Meta-administrador Ilustração 3 Backoffice do Administrador da Empresa Ilustração 4 Backoffice do Utilizador Ilustração 7 Estrutura Aplicacional PHP xviii

19 xix

20 Lista de Abreviaturas, Abreviações e Siglas PHP Hypertext Preprocessor; MVC Model, View and Controller; HTML Hypertext Markup Language; CSS Cascading Style Sheets; AJAX Asynchronous Javascript and XML; CMS Content Management System; PGC Plataforma de Gestão de Condomínios; UML Unified Modelling Language; OMT Object Oriented Modelling Technique; OOSE Object Oriented Software Engineering; OMG Open Management Group; ISO International Organization for Standardization; CASE Computer-Assisted Software Engineering; POO Programação Orientada por Objetos; xx

21 1 Introdução 1.1 Enquadramento Encontra-se atualmente em conceção (ainda na fase de análise do modelo de negócio) um projeto empreendedor que visa facultar meios às empresas de gestão de condomínios para que estas possam prestar serviços de melhor qualidade e complementares aos que atualmente prestam. Projeto este que visa suportar a criação de um spin-off nesta área de atividade. A realização deste projeto passa pela conceção e implementação de um portal cujos utilizadores são as empresas de gestão de condomínios (ou entidades individuais que desempenhem funções similares) e os clientes destas empresas (os condóminos). Trata-se assim de um portal com três perfis distintos, a saber: BackOffice de gestão para a própria empresa; BackOffice/FrontOffice de gestão para as empresas de gestão de condomínios; FrontOffice para os condóminos. Esta proposta, de projeto de fim de curso, vem no sentido de contactar alunos empenhados, motivados, com uma forte capacidade de concretização e com gosto para lidarem com problemas reais. A sua contribuição para este projeto será a conceção e implementação do já referido portal, ou pelo menos de algumas das funcionalidades mais pertinente. 1

22 1.2 Objetivos do projeto Os principais objetivos deste projeto prendem-se com o estudo do modelo de negócio e apresentação da melhor análise do mesmo, complementada com a implementação de uma solução arquitetural, o mais fiel possível. Posto isto, é objetivo principal obter como produto final, uma plataforma com funcionalidades bem definidas e de fácil utilização por parte dos utilizadores. Elaborar um produto final, eficiente, e acima de tudo, sustentável, sendo o mais autónomo possível, que faculte serviços de qualidade úteis para os utilizadores, destacando-se da restante oferta de mercado. No âmbito da disciplina de projeto de informática, pretende-se com este projeto, proporcionar um mecanismo de aprofundamento e aquisição de conhecimento, amadurecimento, e constatar com uma realidade um pouco diferente da visão académica. 2

23 1.3 Organização do documento Este relatório encontra-se organizado em 5 capítulos e 4 anexos conforme se resume de seguida. O capítulo 1 (Introdução) apresenta os conceitos gerais, visão do modelo de negócio e objetivos gerais. O capítulo 2 (Domínio do problema), contextualiza o domínio do problema, apresenta a arquitetura conceptual que deu base à estrutura aplicacional da plataforma, e introduz as arquitetura MVC, principal ferramenta de suporte à implementação. O capítulo 3 (Especificação de requisitos) apresenta a especificação e análise dos requisitos, transcritos em funcionalidades, com suporte em diagramas e descrição de cenários de utilização. O capítulo 4 (Implementação) incide sobre o desenvolvimento e implementação, mais precisamente a parte de codificação e as tecnologias em quais assenta. O capítulo 5 apresenta um resumo e conclusões do trabalho desenvolvido com ênfase no trabalho futuro a desenvolver em virtude da evolução da plataforma e essencialmente em virtude da não implementação de algumas das funcionalidades. O anexo A Casos de Uso é composto por três sub-anexos, onde constam os diagramas de casos de uso para as diferentes perspetivas da aplicação, e o dicionário de dados respetivamente. O anexo B Diagrama Entidade-relacionamento apresenta o diagrama entidaderelacionamento ilustrativo da estrutura da base de dados. O anexo C Templates das páginas apresenta os diferentes templates para as diferentes vistas da plataforma. O anexo D Codificação apresenta as principais classes representativas dos principais aspetos da fase de implementação. 3

24 2

25 2 Domínio do problema 2.1 Contexto O objeto de estudo deste projeto prende-se com a análise e implementação de uma plataforma que permita às empresas de gestão de condomínio prestar serviços de qualidade, e acima de tudo, serviços com total transparência. Atualmente a área de mercado na qual se insere esta atividade encontra-se saturada e viciada, no sentido que são muito poucas as empresas que prestam serviços honestos e com vista à satisfação dos seus clientes. Por isso, e assumindo o cliente final (o condómino) como o possível grande impulsionador deste conceito, pretende-se desenvolver esta plataforma, assente num conceito de fórum onde todos os participantes poderão consultar, comentar e discutir, os problemas do seu condomínio. Ao disponibilizar este serviço, paralelamente complementado com funcionalidades inovadoras, tais como a gestão de inventários dos edifícios, a reserva de equipamentos, assim como a divulgação e publicação das contas do condomínio, pretende-se atingir uma referência na gestão de condomínios. Com isto consegue-se a valorização da imagem da empresa, obtendo uma espécie de selo de garantia, certificando de certa forma, a transparência e honestidade na prestação dos serviços. Por outro lado, consegue-se ir de encontro às reais necessidades dos condóminos, prestando assim um serviço com qualidade, rapidez e eficácia. 5

26 2.2 Arquitetura Conceptual O conceito assenta assim, num modelo de negócio vocacionado para o comércio web, mais precisamente, a prestação de serviços, complementando serviços físicos com serviços virtuais, como o facultar para atingir os meios. É esta a filosofia que rege este modelo, que visa a massificação dos utilizadores intervenientes neste processo, permitindo assim a médio prazo, explorar o valor comercial do conceito, quando implementada no mercado. Este conjunto de serviços, exige o desenvolvimento de um website por cada empresa, com imagem e funcionalidades personalizáveis, o que seria incomportável, se se procedesse à conceção de raiz de cada um desses websites. Posto isto, a ideia será desenvolver um mecanismo que permita, de forma automática, gerar todo o sistema web individual de casa empresa. Assente nos pressupostos anteriormente mencionados, conseguem-se destacar três atores principais, intervenientes em todo este processo. Por um lado temos as empresas de gestão de condomínios, mais especificamente os seus gestores, aqui no papel de Administrador da empresa, responsável por usufruir do backoffice da empresa; por outro lado temos os condóminos, clientes das empresas de gestão de condomínios, aqui no papel de Utilizador da plataforma, responsável por usufruir do backoffice do utilizador; num nível mais acima, temos o responsável por gerir toda a plataforma central, que agrega todas as empresas, aqui no papel de Administrador-Meta. Com base nisto, decidiu-se elaborar um esquema representativo dos diferentes níveis em que assenta este modelo conceptual, conforme ilustra a figura abaixo. 6

27 Ilustração 1 Arquitetura Conceptual Como tal, e tendo como base uma hierarquia em pirâmide, descrevem-se os seguintes níveis conceptuais: Nível Meta: o nível Meta refere-se à aplicação no seu todo, mas do ponto de vista da gestão e agrupamento de dados. Toda a aplicação é criada, expandida e mantida em torno deste nível. Como tal, os administradores de topo da aplicação (administradores-meta) trabalham a este nível tendo o total controlo sobre a plataforma. Neste nível, o gestor global, poderá usufruir da plataforma, essencialmente para fins estatísticos, onde todos os fluxos de dados serão analisados com o objetivo de produzir informação útil para a gestão da plataforma. Complementarmente encontra-se todo o processo de criação e manutenção dos perfis das empresas de gestão de condomínios, incluindo a sua personalização. Uma outra componente deste nível prende-se com o fato de gerir o frontoffice principal da plataforma, constituindo um elo de comunicação entre o Administrador-meta e as potenciais novas empresas. 7

28 Nível Empresa: o nível Empresa refere-se, à parte aplicacional, gerida pela empresa de gestão de condomínios, e delimita a fronteira entre o nível Meta e o nível Empresa. Neste nível trabalham os administradores das empresas, gerindo e mantendo os edifícios e todos os seus dependentes (ocorrências, equipamentos, frações e utilizadores). A este nível existem duas perspetivas diferentes: o backoffice da empresa, que permite estabelecer uma interface de ligação da empresa com os condóminos; e o frontoffice da empresa, funcionando essencialmente como divulgador da imagem da empresa, facultando ao mesmo tempo a via de acesso ao backoffice. Nível Condómino: o nível Condómino refere-se à parte aplicacional gerida pelos utilizadores, mais propriamente os condóminos. É neste nível que os condóminos poderão usufruir da plataforma, acedendo ao backoffice do utilizador, elo de ligação do condómino à empresa de gestão de condomínios. Para o grupo principal de utilização da plataforma (condóminos), este será o nível responsável por gerar o maior fluxo de dados/informação, tendo um peso muito significativo na dinâmica geral dos serviços. Este esquema hierárquico permite assim evitar duplicação de tabelas com características idênticas para cada empresa, garantindo uma gestão integrada dos dados por parte do nível Meta. Significa que em determinado instante podemos ter o mesmo utilizador afeto a diferentes frações de diferentes edifícios da mesma empresa, otimizando o desempenho e eficiência do sistema. Conscientes das limitações, principalmente temporais, optou-se por valorizar, em termos de concretização/implementação, a estrutura aplicacional, independentemente da complexidade, tentando desenvolver um produto, o mais funcional possível, sem sacrificar o modelo de negócio. Algumas questões, funcionalidades mais concretamente, embora tendo sido identificadas, não poderam ser abordadas da devida forma, tendo sido remetidas para trabalho futuro. 8

29 2.3 Framework de desenvolvimento web O CodeIgniter No âmbito do projeto a que nos propusemos desenvolver, constatou-se logo na fase de levantamento de requisitos que o problema proposto era de grande dimensão. Posto isto, e uma vez que o tempo de desenvolvimento que detínhamos para a realização da unidade curricular era escasso, optou-se pela utilização de uma framework PHP opensource. O CodeIgniter é uma framework PHP gratuita, desenvolvida pela ElliseLab, que se encontra no momento de desenvolvimento deste projeto na versão 2.1. É uma framework extremamente leve, com uma curva de aprendizagem relativamente curta, e com uma comunidade ativa extremamente colaborativa. O uso de frameworks no desenvolvimento de aplicações de alta dimensão minimiza os tempos de desenvolvimento das bibliotecas e classes básicas e comuns a qualquer aplicação deste nível. Nos dias que correm e num mundo altamente competitivo como o que vivemos, em que a política da reutilização está cada vez mais patente, achou-se por bem abrir mão do desenvolvimento dos componentes básicos e usar as bibliotecas que nos são disponibilizadas pelo CodeIgniter, desenvolvidas por uma equipa especializada, e em constante melhoria, assentes em padrões bem definidos, bem testados, minimizando assim erros comuns, inerentes à atividade de codificação. A equipa do CodeIgniter providencia também um sistema de suporte bem documentado, complementado por uma comunidade de utilizadores experientes. O CodeIgniter utiliza na sua base o modelo de arquitetura MVC e está desenvolvido segundo os paradigmas da POO, o que se traduz em boas práticas e políticas de segurança e robustez no momento de desenvolvimento e implementação da aplicação Web. (CodeIgniter User Guide Version 2.1.2) Arquitetura MVC O model é usado para definir e gerir o domínio da informação e notificar sobre mudanças nos dados. (Model view controller) Pode ser encarado aqui como a camada de acesso aos 9

30 dados, pois é o responsável por aceder à base de dados e encaminhar os dados para os devidos Controllers e Views. A view apresenta o model num formato adequado ao utilizador, na saída de dados, e podem existir diferentes views para um mesmo model, seguindo diferentes propósitos. (Model view controller) Por exemplo, a mesma estrutura de dados a ser exibida (Model), pode ter várias representações visuais (Views), no que à disposição ou tipo de dados diz respeito, como num website. O controller recebe a entrada de dados e inicia a resposta ao utilizador ao evocar objetos do model, e por fim uma visão baseada na entrada. Ele é também responsável pela validação e filtragem da entrada de dados. (Model view controller) 2.4 Funcionalidades Relativamente aos objetivos em concreto deste projeto, conseguimos enumerar aqueles cuja sua importância é fulcral para a concretização da ideia de negócio. Como tal, e tendo em conta o referido anteriormente, consideraram-se os seguintes tópicos: A plataforma deverá ser capaz de permitir aos seus utilizadores, a inserção, atualização e remoção de perfis de utilizadores e administradores; a inserção, atualização e remoção dos perfis das empresas e respetivos edifícios; a inventariação dos equipamentos pertencentes aos edifícios, assim como a calendarização de reservas dos respetivos equipamentos; a criação de tópicos de discussão, inseridos num processo que engloba atividades como comentar, arquivar e eliminar as respetivas ocorrências; e para finalizar, todos estes processos deverão estar assentes na criação dinâmica e automatizada da estrutura aplicacional de cada uma das empresas criadas, permitindo a personalização da imagem à medida de cada empresa, para cada uma das respetivas páginas (front/backoffices). Paralelamente a estas funcionalidades, mais de vertente da gestão, encontra-se planeada, a implementação, de um sistema de gestão de anúncios, relacionados com a comercialização de bens e serviços por parte de terceiros, representativo do potencial económico/financeiro do modelo de negócio. Pretende-se, apoiado na utilização da plataforma, facultar um meio de publicidade e divulgação de serviços, por parte de empresas que operem nas áreas relacionadas com a gestão de condomínios e não só. Conscientes da dispersão geográfica que 10

31 a plataforma pode alcançar, será importante que este serviço funcione com base em regiões/localidades, de forma a atingir o público-alvo que interessa. Relativamente ao desenvolvimento do portal este deverá ser desenvolvido em linguagem PHP tendo por base uma arquitetura MVC e suportado pelo serviço de gestão de base de dados MySQL. O grafismo das várias vertentes do portal não deverá ser algo fundamental, no entanto pretende-se que seja intuitivo e fácil de utilizar. Para este fim, serão utilizadas as linguagens de desenvolvimento web, HTML, CSS, Javascript (com recurso ao jquery/ajax) assim como o Adobe Photoshop para a edição e tratamento da imagem dos front/backoffices. A par das funcionalidades centrais, identificaram-se ao longo da análise de requisitos, outras funcionalidades, não menos importantes, que no entanto, e devido ao fator temporal, se estima não virem a ser implementadas. Entre elas, consideraram-se os seguintes tópicos: Relativamente ao processo de gestão de ocorrências, concluiu-se ser vantajoso estruturar um workflow de atividades que permitisse, ao longo da sua discussão, atribuir estados às ocorrências, permitindo um processo de votação por parte dos utilizadores; identificou-se também a necessidade de ir mais longe na personalização do grafismo das páginas das empresas, tornando todo o processo mais automático e simplificado, permitindo a cada empresa escolher que funcionalidades estariam ativas em determinado momento, conferindo um aspeto de CMS à nossa plataforma. 11

32 3 Especificação de Requisitos 3.1 UML e Enterprise Architect A especificação de requisitos foi efetuada com recurso à linguagem UML, utilizando como ferramenta de modelação o Enterprise Architect. O UML é uma linguagem diagramática, utilizável para especificação, visualização e documentação de sistemas de software. O UML surge em 1997 na sequência de um esforço de unificação de três das principais linguagens de modelação orientadas por objetos (OMT, Booch e OOSE). Seguidamente adquiriu o estatuto de norma no âmbito da OMG e da ISO, tendo vindo a ser adotado progressivamente pela indústria e academia em todo o mundo. O UML apresenta, entre outras, as seguintes características principais: (1) é independente do domínio de aplicação (i.e., pode ser usado em projetos de diferentes características, tais como sistemas cliente/servidor tradicionais; sistemas baseados na Web; sistemas de informação geográficos; sistemas de tempo real); (2) é independente do processo ou metodologia de desenvolvimento; (3) é independente das ferramentas de modelação; (4) apresenta mecanismos potentes de extensão; (5) agrega um conjunto muito significativo de diferentes diagramas/técnicas dispersas por diferentes linguagens (e.g., diagramas de casos de utilização, de classes, de objetos, de colaboração, de atividades, de estados, de componentes, e de instalação). (da Silva & Videira, 2001) A escolha da ferramenta de modelação (CASE), Enterprise Architect da empresa Sparx Systems, baseado na versão do UML, cingiu-se essencialmente ao fato de ser a ferramenta, cujos elementos participantes no projeto estavam inteirados, aquando do início do projeto. 12

33 3.2 Requisitos Funcionais No que aos requisitos diz respeito, e tendo em conta os principais tópicos identificados anteriormente, procedemos à sua descrição mais detalhada de forma a perceber em pormenor as classes de dados e respetivos atributos que a plataforma deverá comtemplar, assim como as relações entre elas. a) Uma empresa de gestão de condomínios possui características próprias. Entre elas, é de interesse personalizar questões como a imagem, template, layout, etc. Cada empresa de gestão será responsável pela gestão de vários edifícios (condomínios). b) Cada edifício é composto por várias frações e diferentes equipamentos (materiais de limpeza, barbecues, piscina, etc.), sendo que cada fração possui características próprias e tem associado, em determinado instante, um ou mais utilizadores. Cada utilizador possui também características próprias, e em cada instante estão associados a uma ou mais frações. i. A empresa é caracterizada por identificador, nome, identificador fiscal, moradas, contatos, logótipo, descrição, url, subdomínio, título e slogan. ii. iii. iv. O edifício é caracterizado por, identificador, nome, rua, lote, localidade, tipo (moradia, prédio, etc.), e poderá possuir uma série de equipamentos e espaços próprios. A fração é caracterizada por identificador, número de fração e tipologia. O utilizador é caracterizado por identificador, username, password, , nome, moradas, contatos, BI, NIF, data nascimento, estado civil, género, foto de perfil e tipo (administrador, administrador-meta ou utilizador), sendo que estes terão diferentes níveis de privilégios. c) A cada empresa criada estarão associados num determinado momento n edifícios. A empresa de gestão de condomínios poderá registar novos edifícios, desvincular edifícios dos quais já não possua a gestão, e alterar atributos de cada edifício. Cada edifício criado no sistema de gestão será composto por n frações. d) A cada empresa criada estarão num determinado momento n utilizadores associados. A afetação dos utilizadores às frações é feita pela empresa de gestão de condomínios, com base num login gerado (automaticamente) para cada utilizador, sendo registado o 13

34 período de utilização do mesmo. A cada fração poderão, num determinado espaço de tempo, estar associados um ou mais utilizadores. Por cada edifício será registado um histórico com as empresas detentoras da sua gestão, bem como os intervalos de datas associados a cada empresa. Por cada fração será registado um histórico de todos os utilizadores afetos à mesma, em que seja registado o utilizador, o tipo de utilizador, e o intervalo de datas entre os diferentes períodos. e) Cada edifício poderá conter espaços e equipamentos passíveis de reserva por parte dos utilizadores afetos ao mesmo. Haverá uma agenda de reservas que será entendida como uma funcionalidade gerida de forma autónoma. Cada reserva deverá ser feita por períodos de tempo estabelecidos pela empresa de gestão, podendo a empresa alterar ou anular a reserva. f) A cada edifício estará associado um fórum de debate moderado pela empresa de gestão, em que os utilizadores poderão criar ocorrências passíveis de serem debatidas, ou apenas para mera informação. A cada ocorrência poderão estar associados n documentos. Os documentos serão geridos pelo administrador da empresa e pelo criador da ocorrência. A cada edifício estarão associados lançamentos contabilísticos (despesas e recebimentos). A cada lançamento estará associado um documento que o comprove. Por cada lançamento financeiro será criada uma ocorrência com a possibilidade de discussão no fórum de debate. Cada ocorrência despoletada será de uma determinada categoria, e sequentemente terá um responsável por parte da empresa de gestão de condomínios que lhe dará seguimento e que lhe atribuirá um determinado estado (ativo, arquivado e eliminado); g) No backoffice da empresa, e relativamente ao processo responsável por controlar os anúncios publicitários, será da responsabilidade da empresa gerir os atributos, assim como a disposição dos anúncios; h) Relativamente à gestão centralizada por parte dos administradores da plataforma (Meta), pretende-se proceder à análise estatística dos dados guardados em base de dados, assim como implementar um sistema de logs onde seja possível, em caso de necessidade, alguns dados referentes à alteração e manipulação dos dados. 14

35 3.3 Diagramas dos subsistemas Perspetiva do Meta-Administrador (Backoffice) Ilustração 2 Backoffice do Meta-administrador Conforme ilustra a figura acima, e fazendo referência à estrutura de níveis anteriormente identificados, do ponto de vista do Administrador-Meta, conseguimos identificar os seguintes casos de uso (funcionalidades), na vertente de backoffice da empresa central. No seu todo, 15

36 todas as funcionalidades identificadas, pressupõem a autenticação do Administrador-Meta, estando nesta primeira fase, limitado a ações de consulta, no que a informação dos utilizadores diz respeito. Ou seja, não existe um contato direto entre o Administrador-Meta e os outros intervenientes do processo. Nesta fase, o principal papel do Administrador-Meta, prende-se com a criação e manutenção dos perfis das empresas. (Consultar anexo A.2 Descrição dos Cenários) 16

37 3.3.2 Perspetiva do Administrador da Empresa (Backoffice) Ilustração 3 Backoffice do Administrador da Empresa 17

38 Da perspetiva do Administrador da empresa de gestão de condomínios, a figura acima ilustra as funcionalidades principais, relacionadas com a gestão dos edifícios e utilizadores. Relativamente às restrições colocadas, o Administrador necessita de estar autenticado de forma a poder usufruir de todas as funcionalidades do backoffice da empresa, estando limitado o acesso aos dados apenas da sua empresa. Nesta primeira fase, o papel do Administrador, prende-se como a gestão e manutenção dos perfis dos utilizadores, assim como a gestão de todos os edifícios que agrega. É também da responsabilidade do Administrador, mediar o fórum de discussão das ocorrências. (Consultar anexo A.2 Descrição dos Cenários) 18

39 3.3.3 Perspetiva do Utilizador (Backoffice) Ilustração 4 Backoffice do Utilizador Da perspetiva do Utilizador (condómino), a figura acima ilustra as principais funcionalidades que o Utilizador pode executar. O papel do Utilizador nesta primeira fase, resume-se à gestão do seu próprio perfil, intervenção no fórum de discussão de ocorrências, consulta e reserva de equipamentos, assim como consulta das contas da empresa. Pressupõe que o Utilizador tenha de estar autenticado, limitando o seu acesso, apenas aos dados relacionados com o seu perfil, assim como limitado aos dados referentes aos edifícios a que está afeto. (Consultar anexo A.2 Descrição dos Cenários) 19

40 4 Implementação 4.1 Modelo Relacional Conscientes da dimensão que poderá vir a ter o universo de dados num serviço como este, decidiu-se apostar numa estrutura de dados o mais otimizada possível. Como tal, o principal objetivo prendeu-se com a eficiência e integridade dos dados. Portanto, e com base na arquitetura conceptual mencionada anteriormente, são identificadas as três tabelas principais sob a qual assentam todos os fluxos de dados. Temos assim, as empresas de gestão de condomínios [empresa], os edifícios [edifício] sob a alçada das empresas, e os utilizadores [utilizador], onde se agrupam todos os intervenientes com o formato de utilizador (Utilizador, Administrador e Administrador-Meta). O relacionamento entre a empresa e o utilizador é estabelecido por intermédio do edifício, cujo principal elo de ligação é estabelecido ao agregar utilizadores a frações. Este relacionamento poderá ter múltiplas instâncias, na medida que um utilizador poderá estar ligado à empresa por intermédio de várias frações. No entanto, esta multiplicidade é necessária, uma vez que entre as frações e a empresa, ainda existem os edifícios. Nesta primeira fase, interessa manter a integridade dos dados, e como tal foram evitadas ao máximo as redundâncias nos relacionamentos. As restantes tabelas, são o principal suporte de dados para as funcionalidades principais, permitindo guardar dados como, moradas, ocorrências, equipamentos, reservas e dados de cariz financeiro. Consegue-se assim perceber, que tudo gira em torno da entidade Edifício, pois este representa a estrutura, tanto física como virtual, de ligação entre os condóminos e as empresas de gestão de condomínios. A entidade Ocorrência tem aqui também, um papel importantíssimo, na medida que representa as reais motivações para o uso desta plataforma, constituindo a principal ferramenta de diálogo entre os intervenientes do processo. 20

41 4.2 Desenho Aplicacional Visão Geral Ilustração 5 Estrutura Aplicacional PHP A framework CodeIgniter está organizada, no âmbito do deste projeto, como ilustra a imagem acima. Tem na sua base três diretorias distintas, sendo que o desenvolvimento da aplicação se foca essencialmente na diretoria Application e Assets. A diretoria System contem todo o núcleo da framework nomeadamente as suas librarias nativas, os drivers de conexão aos diferentes motores de base de dados e os helpers, que nada mais são que classes que simplificam determinadas tarefas no momento do desenvolvimento da aplicação. A diretoria Assets é aquela que contem todos os imports de ficheiros javascript, css, imagens, assim como os uploads futuros da aplicação desenvolvida. A diretoria uploads tem a particularidade 21

42 de ser gerada dinamicamente conforme o número de empresas instanciadas (sites gerados dinamicamente) Processo de criação de uma empresa A diretoria Application compreende todas as classes próprias da aplicação, e é nesta diretoria que está assente a aplicação efetivamente. Por cada empresa instanciada, isto é, por cada site gerado, será também gerada uma subdiretoria de Controllers para essa mesma empresa, sendo essa diretoria gerada com base num conjunto de classes previamente desenvolvidas e que estão perfeitamente adaptáveis a cada empresa. Aqui é importante explicar o processo de criação de uma empresa. Este processo pressupõe uma série de passos, desde o preenchimento do formulário de dados da empresa, por parte do Administrador-Meta, até à criação das diretorias específicas para cada empresa. Para além dos dados característicos de cada empresa, existe um campo de preenchimento, à volta do qual se processa todo este mecanismo. É o campo subdomínio o responsável por identificar a empresa enquanto parte integrante da estrutura aplicacional. Permite logo à partida, aceder ao website da empresa, fazendo parte integrante do url, assim como permite caraterizar a diretoria raiz da empresa na aplicação. Com base neste subdomínio, processa de forma automática, a criação da empresa na base de dados, assim como a criação da estrutura de pastas na aplicação. Este processo é comum a todas a empresas criadas, uma vez que consiste em duplicar um conjunto de diretorias genéricas, previamente criadas, capazes de se adaptar a cada empresa. É em torno deste estrutura que se processam todos os Controllers, Models e Views, para cada empresa. (Consultar anexo D.1) Geração de páginas A diretoria Views compreende os vários templates necessários para cada estado da aplicação. Os templates foram concebidos para se adaptarem a cada empresa consoante a sua informação (título, cores, slogan, logótipo, etc.). Aqui interessa referir o processo de geração das páginas pela aplicação. Cada Controller tem um atributo de nome html, que nada mais é que um array 22

43 que será carregado com os dados relativos à empresa. Cada vez que o Controller é instanciado, através da função function gethtml($subdominio) do Model Empresa_model, esta função recebe a variável subdomínio que corresponde ao subdomínio da empresa, que com base nessa variável, devolve um array com os dados da empresa. Todas as páginas são geradas de forma dinâmica pela classe Genpage. Esta classe é parte integrante de todos os Controllers, que fazem uso das suas funções para gerar as páginas HTML. Esta classe está composta pelas seguintes funções: public function desenharpaginameta($data = "") ; public function desenharpaginaadmin($data = ""); public function desenharpaginauser($data = ""); Cada uma destas funções é responsável por gerar as páginas da área de administração do Meta-site, da Empresa, e do Utilizador, respetivamente. Estas funções recebem uma variável data do tipo array onde poderão constar para além dos dados HTML, o caminho para as views a serem carregadas, assim como os respetivos dados a serem carregados com as views. function desenharpaginafrontofficeempresa($data = "",$error=""); Função responsável por gerar a página de frontoffice da empresa. Esta função recebe dois parâmetros, o parâmetro data, que contém todas as variáveis que serão geradas dinamicamente no código HTML, e o parâmetro error, que exibirá, caso existam, as mensagens de erro para cada uma das situações de erro. (Consultar anexo D.2) Recurso ao AJAX Chegados a um determinado nível da implementação, concluímos ser necessário atribuir um nível de dinamismo e interatividade mais elevado, no que à apresentação da informação diz respeito. Como tal, optou-se por utilizar a função Ajax da framework JQuery. Esta tecnologia consiste em estabelecer solicitações assíncronas de informação. Assim, o utilizador não necessita de esperar que a página carregue de cada vez que nova informação é solicitada. Este conceito reduz consideravelmente os tempos de respostas assim como a fluidez com que se processam as ações do utilizador. 23

44 No caso desta plataforma, existem, em todas as áreas de administração, quatro áreas onde são carregados de forma dinâmica e temporizada, as ocorrências que vão sendo guardadas na base de dados. O carregamento das ocorrências é feito com base nos edifícios a que o utilizador/administrador está associado, sendo que são carregadas as últimas quatro ocorrências de cada tipo. O pedido é efectuado por ajax às funções function get_oc_administrador($tipo) e function get_oc_utilizador($tipo) do Controller Ocorrencias, conforme o tipo de utilizador. A função entretanto recebe um pedido AJAX que passa por POST o tipo de ocorrência a carregar. Com base no tipo, é evocado o método function get_oc_by_tipo($ids, $tipo) do Model Ocorrencias_model que recebe como parâmetros um array com os identificadores dos edifícios a que determinado utilizador está afeto, assim como o tipo das ocorrências a pesquisar, devolvendo um array com as últimas 4 ocorrências. De seguida a função gera links para a página de cada uma das ocorrências de forma dinâmica. O recurso ao AJAX surge também para o carregamento de determinadas Views. Ao aceder às opções disponíveis no perfil de Utilizador (Adicionar morada, Adicionar contacto, alterar perfil) são despoletados por meio de jquery, pedidos aos Controllers Contacto e Utilizador, que através das funções function add_morada_user(), function add_morada_empresa( ), function add_contacto_user(), function add_morada_empresa() e function editar_perfil($id_utilizador = ""), processam os dados recebidos por POST através de AJAX, gerando dinamicamente um formulário de inserção de dados, tornando assim as páginas muito mais dinâmicas e interativas. 24

45 4.2.5 Registo Log Devido ao grande fluxo de dados expetado, concluiu-se ser necessária, a implementação de um sistema de registo de atividades, mais precisamente, atividades relacionadas com a manipulação de dados. Numa primeira fase, identificamos três tipos de operações básicas, de interesse serem registadas. Temos assim, as operações de inserção, alteração e eliminação dos dados. Sempre que um interveniente no processo, executa uma destas três operações, o sistema regista numa tabela [log], a ação, tabela e instância afetadas, assim como a hora e data. Interessa fazer referência à classe responsável por registar todas estas operações. private function registar_actividade($id_tipo_log, $tabela, $id_registo) { $data['id_tipo_log'] = $id_tipo_log; $data['tabela'] = $tabela; $data['instancia'] = $id_registo; $data['data_log'] = $this->agora(); return $this->db->insert("log", $data); } Esta função está presente em todos os Models que compõem o projeto, e em função dos métodos evocados, sejam eles relacionados com a inserção, alteração ou eliminação, e insere na tabela log o devido registo. 25

46 26

47 5 Conclusão Antes de mais, podemos começar por dizer que, durante o período de desenvolvimento deste projeto, e mesmo não tendo sido um período significativamente grande, muitos fatores foram postos à prova, no que às nossas capacidades diz respeito. No início este projeto começou por ser encarado como uma incubadora para um desenvolvimento sólido desde a base, com vista a uma eventual continuidade da ideia de negócio, tendo no entanto vindo a revelar-se, ao longo do desenvolvimento do mesmo, que essa não seria a melhor abordagem nessa altura. A nossa pesquisa foi constatando com uma realidade ligeiramente diferente do que se espectava, começando a tornar-se clara a necessidade de alterar o rumo anteriormente delineado. Como equipa, e não descurando o fato de que as diferentes necessidades e perspetivas individuais são por vezes incompatíveis, optamos por encarar este projeto como um desafio académico e pessoal, em prol da visão comercial/empresarial imprevisível numa altura de instabilidade como esta que vivemos. Relativamente aos pressupostos a que nos propusemos, apenas interessa referir um ou outro aspeto, que não tendo sido implementados, asseguraram um papel importante em toda a estruturação desta plataforma. O seu reconhecimento, aquando da análise de requisitos, valorizam o projeto em estudo, assim como deixam em aberto a possibilidade futura da sua implementação. Como tal, e referindo os tais aspetos, temos a questão da personalização da imagem da empresa, que poderá ser um pormenor a ter em conta, disponibilizando um mecanismo mais automatizado, estilo CMS, valorizando significativamente o produto; assim como a questão de poder representar entidades físicas/virtuais numa relação 1:1, evitando assim dados duplicados. No âmbito académico, este projeto permitiu-nos assimilar e adquirir novas competências, no que a novas tecnologias diz respeito, assim como consolidar um grande leque de conhecimento adquirido anteriormente. Numa altura em que o mercado de trabalho se prepara para nos receber, é importante salientar acima de tudo, a capacidade demonstrada, como equipa, na resolução de todos os problemas com que nos fomos deparando (e não foram 27

48 poucos). Por vezes não é fácil encontrar o devido suporte, e o fator tempo não abonou em nosso favor. Independentemente de todos os obstáculos pelos quais passamos, na nossa opinião, o resultado revelou-se bastante positivo. Desenvolver uma aplicação em PHP, com uma estrutura de codificação complexa, assente numa base de dados robusta, de dimensão considerável (de longe muito superior a qualquer exercício académico), complementada por três backoffices e dois frontoffices, enche-nos de orgulho, independentemente do real valor do nosso trabalho. Acima de tudo, permitiu-nos obter uma visão mais perto de uma realidade, com a qual nos podemos deparar brevemente, mas ao mesmo tempo, conscientes que o real conhecimentos ainda está para vir. 28

49 Bibliografia CodeIgniter User Guide Version (s.d.). Obtido em 15 de 08 de 2012, de CodeIgniter: da Silva, A. R., & Videira, C. E. (2001). UML, Metodologias e Ferramentas CASE. Lisboa: Edições Centro Atlântico. (s.d.). Obtido em 01 de 09 de 2012, de Model view controller. (s.d.). Obtido em 21 de 08 de 2012, de Wikipedia, the free encyclopedia: 29

50

51 Anexo A A Casos de UsoErro! Auto-referência de marcador inválida. A.1 Diagramas 1

52 A.1.1 Diagrama Geral 2

53 3

54 A.2 Descrição dos Cenários Caso de Uso: Alocar Utilizador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Alocar Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Frações Casos de Uso.Criar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Alocar Utilizador Cenários: O actor pressiona o botão "Alocar Utilizador" e é evocado o caso de uso "Criar". Alternativo Criar perfil tuilizador Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar perfil utilizador" e será evocado o caso de uso "Criar Perfil Utilizador". Caso de Uso: Alocar a Fração Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Alocar a Fração Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador 4

55 Cenários: O actor pressiona o botão "Alocar a fração" e o sistema apresenta um conjunto de caixas de listagem que permitem escolher a fração em função do edifício escolhido, e alocar o utilizador seleccionado à fração escolhida. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas pode Aprovado alocar utilizadores da sua empresa a frações dos edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Alterar Password Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Alterar Password Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Cenários: O actor pressiona o botão "Alterar password" e o sistema envia um para o utilizador com o link para a página de recuperação da password. O utilizador nessa página introduz uma nova password. O sistema altera a password na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O utilizador apenas poderá Aprovado alterar a sua prórpia password. 5

56 Caso de Uso: Alterar Reserva Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Alterar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Reserva Cenários: O actor pressiona o botão "Alterar Reserva" e o sistema apresenta um formulário com os dados da reserva para edição. O actor altera os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema altera os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado alterar as reservas referentes aos equipamentos dos edifícios da sua empresa. O utilizador apenas poderá alterar as reservas efetuadas por si. Aprovado Caso de Uso: Anexar Documento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Anexar Documento Extend Casos de Uso.Criar Ocorrência Cenários: O actor pressiona o botão "Anexar documento" e o sistema apresenta uma janela onde o actor seleciona o documento que quer anexar. O sistema associa o documento à 6

57 ocorrência em causa. Caso de Uso: Arquivar Ocorrência Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Arquivar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Cenários: O actor pressiona o botão "Arquivar Ocorrência" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação do arquivo da ocorrência seleccionada. O actor valida o arquivo da ocorrência. O sistema coloca a ocorrência a arquivada na base de dados. (deixa de ser possível comentar a ocorrência). Restrições: Nome Estado Notas Apenas o administrador poderá Aprovado arquivar de todas as ocorrências de todos os edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Arquivar Relato Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: 7

58 Caso de Uso: Avaria Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Avaria Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Comentar Ocorrência Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Comentar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Cenários: O actor preenche o formulário existente no fundo de cada ocorrência com os dados do comentário. O actor pressiona o botão "Submeter comentário". O sistema insere os dados na base de dados. 8

59 Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá comentar as ocorrências dos seus edifícios. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá comentar todas as ocorrências de todos os edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Consultar Edificio Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Edificio Extend Casos de Uso.Listar Edificios Casos de Uso.Listar Frações Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Criar Frações Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Eliminar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Editar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Listar Utilizadores Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Consultar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Listar Equipamentos Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Listar Reservas Extend Casos de Uso.Consultar Edificio 9

60 Cenários: O actor pressiona o botão "consultar edificio" e o sistema apresenta uma tabela com os dados do perfil do edificio, assim como uma tabela com as frações que ele possui. Alternativo Editar edificio Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Editar Edificio" e será evocado o caso de uso "Editar Edifício". Alternativo Eliminar Edifício Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Eliminar edificio" e será evocado o caso de uso "Eliminar Edifício". Alternativo Criar Frações Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar frações" e será evocado o caso de uso "Criar Frações". Alternativo Listar Utilizadores Alternativo Consultar frações Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar frações" e será evocado o caso de uso "Consultar Frações". Alternativo Listar Equipamentos Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Listar equipamentos" e será evocado o caso de uso "Listar Equipamentos". Alternativo Listar Ocorrências Em qualquer altura o actor poderá pressionar os botões "Listar Ocorrências" por tipo de ocorrência e será evocado o caso de uso "Listar Ocorrências Por Tipo". Alternativo Listar Reservas Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Listar reservas" e será evocado o caso de uso "Listar Reservas". 10

61 Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá aceder ao perfil dos edificios aos quais está afecto, bem como não poderá aceder à listagem das frações para esses edificios. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá aceder ao perfil dos edificios que a sua empresa possui. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá aceder ao perfil de todos os edificios da base de dados. Caso de Uso: Consultar Equipamento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Casos de Uso.Reservar Equipamento Extend Casos de Uso.Consultar Equipamento Casos de Uso.Consultar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Equipamento Cenários: O actor pressiona o botão "Consultar equipamento" e o sistema apresenta uma tabela com os dados do equipamento seleccionado, assim como uma tabela com as reservas referentes a esse equipamento, se existirem. Alternativo Em qualquer altura o utilizador poderá pressionar o botão "Consultar reserva" e será evocado o caso de uso "Consultar 11

62 Consultar Reserva Reserva". Alternativo Reservar equipamento Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Reservar equipamento" e será evocado o caso de uso "Reservar Equipamento". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá consultar equipamentos dos edifícios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá consultar equipamentos de todos os edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Consultar Informação Empresa Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Espectador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Informação Empresa Cenários: O actor pressiona o botão "Sobre Nós" (frontoffice da Empresa) e o sistema exibe a informação acerca da empresa. 12

63 Caso de Uso: Consultar Informação Serviço Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Espectador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Informação Serviço Cenários: O actor pressiona o botão "Sobre Nós" (frontoffice do Meta) e o sistema exibe a informação do serviço prestado pela plataforma(meta). Caso de Uso: Consultar Ocorrência Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Ocorrência Extend Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Casos de Uso.Comentar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Casos de Uso.Arquivar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Casos de Uso.Eliminar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Casos de Uso.Download Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência 13

64 Documento Cenários: O actor pressiona o botão "Consultar Ocorrência" e o sistema apresenta uma tabela com os dados referentes à ocorrência seleccionada. Alternativo Arquivar ocorrência A qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Arquivar occorrência" e será evocado o caso de uso "Arquivar Ocorrência". Alternativo Eliminar Ocrorrência A qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Eliminar occorrência" e será evocado o caso de uso "Eliminar Ocorrência". Alternativo Comentar Ocorrência A qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Comentar occorrência" e será evocado o caso de uso "Comentar Ocorrência". Alternativo Download do Documento A qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Dowload documento" e será evocado o caso de uso "Download Documento". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá consultar ocorrências referentes aos edifícios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá visualizar todas as ocorrências de todos os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá visualizar todas as ocorrências de todos os edifícios da base de dados. 14

65 Caso de Uso: Consultar Perfil Administrador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Editar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Casos de Uso.Eliminar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Cenários: O actor pressiona o botão visualizar perfil de administrador e o sistema apresenta uma tabela com os dados do administrador. Alternativo Editar Perfil de Aministrador Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Editar perfil" e é evocado o caso de uso "Editar Perfil Administrador". Alternativo Eliminar Perfil de Administrador Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Eliminar perfil" e é evocado o caso de uso "Eliminar Perfil Administrador". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, pode visualizar o seu perfil e o perfil dos outros administradores da sua 15

66 empresa. Se estiver autenticado como administrador-meta, pode visualizar o perfil de todos os administradores de todas as empresas. Aprovado Caso de Uso: Consultar Perfil Administrador Meta Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Editar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Casos de Uso.Eliminar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Extend Casos de Uso.Listar Administradores Meta Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Cenários: O actor pressiona o botão "visualizar perfil de administradormeta" e o sistema apresenta uma tabela com os dados do administrador-meta seleccionado. Alternativo Editar Perfil Administrador Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Editar perfil" e é evocado o caso de uso "Editar Perfil Administrador". Alternativo Eliminar Perfil Administrador Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Eliminar perfil" e é evocado o caso de uso "Eliminar Perfil Admnistrador". 16

67 Caso de Uso: Consultar Perfil Empresa Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Editar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Listar Empresas Casos de Uso.Eliminar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Listar Administradores Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Listar Utilizadores Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Consultar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Cenários: O actor pressiona o botão "consultar perfil empresa" e o sistema apresenta uma tabela com os dados da empresa seleccionada, assim como uma tabela com uma listagem dos edifícios pertencentes à empresa. 17

68 Alternativo Editar Perfil da Empresa Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Editar perfil" e é evocado o caso de uso "Editar Perfil Empresa". Alternativo Eliminar Perfil Empresa Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Eliminar Perfil" e é evocado o caso de uso "Eliminar Pefil Empresa". Alternativo Listar Administradores Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Listar administradores" e é evocado o caso de uso "Listar Administradores". Alternativo Listar Utilizadores Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Listar utilizadores" e é evocado o caso de uso "Listar utilizadores". Alternativo Consultar Edificio Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Ver perfil edificio" e é evocado o caso de uso "Consultar Edifício". Restrições: Nome Estado Notas No caso do utilizador estar Aprovado autenticado como utilizador, (na tabela de edificios) apenas serão listados os edificios aos quais ele pertence. Caso de Uso: Consultar Perfil Utilizador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador 18

69 Casos de Uso.Editar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Utilizadores Casos de Uso.Eliminar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Casos de Uso.Alocar a Fração Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Frações Casos de Uso.Alterar Password Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Cenários: O actor pressiona o botão "Consultar perfil de utilizador" e o sistema apresenta uma tabela com os dados do utilizador seleccionado. Alternativo Editar Perfil Utilizador Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Editar perfil" e é evocado o caso de uso "Editar Perfil Utilizador". Alternativo Eliminar Perfil Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Eliminar perfil" e é evocado o caso de uso "Eliminar Perfil Utilizador". Alternativo Alocar Fração Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Alocar a fração" e é evocado o caso de uso "Alocar a Fração". Alternativo Alterar password Em qualquer altura o actor pode pressionar o botão "Alterar passwordl" e é evocado o caso de uso "Alterar Password". 19

70 Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá visualizar o seu próprio perfil, e o perfil dos utilizadores afectos aos mesmo edifícios que ele. Caso de Uso: Consultar Reserva Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Reserva Extend Casos de Uso.Listar Reservas Casos de Uso.Alterar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Reserva Casos de Uso.Eliminar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Reserva Casos de Uso.Consultar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Equipamento Cenários: O actor pressiona o botão "Consultar reserva" e o sistema apresenta uma tabela com os dados referentes à reserva seleccionada. Alternativo Eliminar Reserva Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Eliminar reserva" e será evocado o caso de uso "Eliminar Reserva". Alternativo Alterar Reserva Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Alterar reserva" e será evocado o caso de uso "Alterar Reserva". 20

71 Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador apenas poderá visualizar as reservas referentes aos equipamentos dos edificios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá visualizar as reservas referentes aos equipamentos de todos os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta não poderá visualizar reservas de nenhum equipamento de nenhum edifício. Caso de Uso: Criar Edificio Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Edificio Extend Casos de Uso.Listar Edificios Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Criar Edificio Cenários: O actor pressiona o botão "Criar Edifício" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados do novo edifício. O actor pressiona o botão "Gravar dados" e o sistema insere os novos dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado associar novos edifícos à sua empresa. 21

72 Caso de Uso: Criar Equipamento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Cenários: O actor pressiona o botão "Criar Equipamento" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados do novo equipamento. O actor preenche os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema insere os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O utilizador apenas poderá Aprovado associar novos equipamentos a edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Criar Frações Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Frações Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: 22

73 O actor pressiona o botão "Criar frações" o o sistema apresenta um formulário onde o utilizador insere o número de pisos do edifício e o número de frações por piso. O actor pressiona o botão "Gravar dados" e o sistema cria as frações na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado criar frações em edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Criar Ocorrência Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Ocorrência Extend Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Casos de Uso.Anexar Documento Extend Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Reclamação Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Avaria Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Evento Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Genérica Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Lançamento Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Reunião Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Casos de Uso.Relato Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência 23

74 Cenários: O actor pressiona o botão "Criar Ocorrência" em função do tipo de ocorrência (Avaria/Evento/Genérica/Lançamento/Reclamação/Relato/ Reunião) e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados da ocorrência. O actor pressiona o botão "Gravar dados" e o sistema insere a ocorrência na base de dados. Alternativo Anexar documento Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Anexar documento" e será evocado o caso de uso "Anexar Documento". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá criar ocorrências dos tipos: -Avaria; -Reclamação; -Evento; -Genérica; Se o utilizador estiver autenticado como adiministrador, poderá criar ocorrências de todos os tipos. Aprovado Caso de Uso: Criar Perfil Administrador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Meta 24

75 Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Cenários: O actor pressiona o botão "Criar administrador" em função do tipo(administrador/administrador-meta) e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados do novo administrador. O actor preenche os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema insere os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas Se utilizador estiver autenticado Aprovado como administrador, apenas poderá criar perfis de administrador afectos à sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá criar perfis de administrador (e administrador-meta) associados a qualquer empresa. Caso de Uso: Criar Perfil Empresa Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Listar Empresas Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Criar Perfil Empresa 25

76 Cenários: O actor pressiona o botão "Criar Empresa" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados da nova empresa. O actor preenche os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema insere os dados na base de dados. Caso de Uso: Criar Perfil Utilizador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Alocar Utilizador Cenários: O actor pressiona o botão "Criar Utilizador" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados do novo utilizador. O actor preenche os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema insere os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado criar utilizadores associados à sua empresa. Caso de Uso: Download Documento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase:

77 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Download Documento Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Cenários: O actor pressiona o botão "Download documento" e o sistema envia o ficheiro directamente para o computador do utilizador. Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá efectuar download de documentos anexos às ocorrências dos seus edifícios. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá efectuar download de todos os documentos anexos às ocorrências de todos os edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Editar Edificio Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Editar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: 27

78 O actor pressiona o botão "Editar Edifício" e o sistema apresenta um formulário com os dados do edifício para edição. O actor altera os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema altera os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado editar os perfis dos edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Editar Perfil Administrador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Editar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Casos de Uso.Editar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Cenários: O actor pressiona o botão "Editar Perfil" e o sistema apresenta um formulário com os dados do administrador para edição. O actor altera os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema altera os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador apenas poderá editar o seu perfil ou os perfis dos administradores da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá editar o perfil de qualquer 28

79 administrador da base dados. Caso de Uso: Editar Perfil Empresa Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Editar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Cenários: O actor pressiona o botão "Editar Perfil" e o sistema apresenta um formulário com os dados da empresa para edição. O actor altera os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema altera os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador apenas poderá editar o perfil da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá editar o perfil de qualquer empresa da base dados. Caso de Uso: Editar Perfil Utilizador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino 29

80 Casos de Uso.Editar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Editar Perfil Utilizador Cenários: O actor pressiona o botão "Editar Perfil" e o sistema apresenta um formulário com os dados do utilizador para edição. O actor altera os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema altera os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador apenas poderá editar os perfis dos utilizadores da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador apenas poderá editar o seu perfil. Caso de Uso: Eliminar Edificio Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Edificio Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Edifício" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação do edifício seleccionado. O actor valida a eliminação do edifício. O sistema coloca o edifício como inactivo na base de dados. (não elimina os dados). 30

81 Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado eliminar edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Eliminar Equipamento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Equipamento" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação do equipamento seleccionado. O actor valida a eliminação do equipamento. O sistema coloca o equipamento como inactivo na base de dados. (não elimina os dados). Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado eliminar equipamentos de edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Eliminar Ocorrência Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino 31

82 Casos de Uso.Eliminar Ocorrência Extend Casos de Uso.Consultar Ocorrência Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Ocorrência" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação da ocorrência seleccionada. O actor valida a eliminação da ocorrência. O sistema coloca a ocorrência a inactiva na base de dados. (não elimina os dados). Restrições: Nome Estado Notas O administrador poderá Aprovado efectuar download de todos os documentos anexos às ocorrências de todos os edifícios da sua empresa. Caso de Uso: Eliminar Perfil Administrador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Casos de Uso.Eliminar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Perfil" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação do perfil do administrador seleccionado. O actor valida a eliminação do administrador. O sistema coloca o perfil do administrador a inactivo na base de dados. (não elimina os dados). 32

83 Caso de Uso: Eliminar Perfil Empresa Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Perfil" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação do perfil da empresa seleccionada. O actor valida a eliminação da empresa. O sistema coloca o perfil da empresa a inactivo na base de dados. (não elimina os dados). Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá eliminar o perfil de qualquer empresa na base dados. Caso de Uso: Eliminar Perfil Utilizador Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador 33

84 Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Perfil" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação do perfil do utilizador seleccionado. O actor valida a eliminação do utilizador. O sistema coloca o perfil do utilizador a inactivo na base de dados. (não elimina os dados). Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado eliminar perfis de utilizadores da sua empresa. Caso de Uso: Eliminar Reserva Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Eliminar Reserva Extend Casos de Uso.Consultar Reserva Cenários: O actor pressiona o botão "Eliminar Reserva" e o sistema apresenta uma mensagem de confirmação da eliminação da reserva seleccionada. O actor valida a eliminação da reserva. O sistema coloca a reserva como inactivo na base de dados. (não elimina os dados). Restrições: Nome Estado Notas O administrador apenas poderá Aprovado eliminar reservas referentes a equipamentos de edifícios da sua empresa. O utilizador apenas poderá Aprovado eliminar as suas próprias reservas. 34

85 Caso de Uso: Evento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Evento Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Genérica Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Genérica Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Lançamento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: 35

86 Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Lançamento Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Listar Administradores Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Administradores Casos de Uso.Listar Administradores Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Administradores Cenários: O actor pressiona o botão listar administradores e o sistema apresenta uma tabela com todos os administradores disponíveis. Alternativo Consultar Perfil Administrador Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar perfil" e é evocado o caso de uso "Consultar Perfil Administrador". 36

87 Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, pode listar todos os administradores da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, pode listar todos os administradores de todas as empresas. Caso de Uso: Listar Administradores Meta Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Perfil Administrador Meta Extend Casos de Uso.Listar Administradores Meta Casos de Uso.Criar Perfil Administrador Extend Casos de Uso.Listar Administradores Meta Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Administradores Meta Cenários: O actor pressiona o botão listar administradores-meta e o sistema apresenta um tabela com o todos os administradores-meta disponíveis. Alternativo Consultar Perfil Administrador-Meta Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar perfil" e é evocado o caso de uso "Consultar Perfil Administrador-Meta". 37

88 Caso de Uso: Listar Edificios Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Edificios Casos de Uso.Consultar Edificio Extend Casos de Uso.Listar Edificios Casos de Uso.Criar Edificio Extend Casos de Uso.Listar Edificios Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Edificios Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Edificios Cenários: O actor pressiona o botão listar edificios e o sistema apresenta uma tabela com os edifícios disponíveis. Alternativo Consultar Edifício Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar Perfil" e é evocado o caso de uso "Consultar Edificio". Alternativo Criar Edifício Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar edifício" e é evocado o caso de uso "Criar Edifício". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, pode listar apenas os edifícios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, pode listar todos 38

89 os edificios pertencentes à sua empresa. Se o utilizador estiver autenticado como administrador-meta, pode listar todos os edificios referentes a todas as empresas. Aprovado Caso de Uso: Listar Empresas Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Listar Empresas Casos de Uso.Criar Perfil Empresa Extend Casos de Uso.Listar Empresas Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Empresas Cenários: O actor pressiona o botão "listar empresas" e o sistema mostra uma tabela com as empresas disponíveis. Alternativo Criar Empresa Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar Perfil" e é evocado o caso de uso "Criar Perfil Empresa". Alternativo Consultar Perfil Empresa Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar Perfil" e é evocado o caso de uso "Consultar Perfil Empresa". 39

90 Caso de Uso: Listar Equipamentos Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Equipamentos Casos de Uso.Consultar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Casos de Uso.Criar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Casos de Uso.Eliminar Equipamento Extend Casos de Uso.Listar Equipamentos Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Equipamentos Casos de Uso.Listar Equipamentos Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: O actor pressiona o botão "Listar equipamentos" e o sistema apresenta uma tabela com uma listagem dos equipamentos disponíveis. Alternativo Consultar Equipamento Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar equipamento" e será evocado o caso de uso "Consultar Equipamento". Alternativo Criar equipamento Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar equipamento" e será evocado o caso de uso "Criar Equipamento". 40

91 Alternativo Eliminar equipamento Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Eliminar equipamento" e será evocado o caso de uso "Eliminar Equipamento". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá listar equipamentos referentes aos edifícios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá listar equipamentos de todos os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, não poderá listar nenhum equipamento de nenhum edifício da base de dados. Caso de Uso: Listar Frações Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Listar Frações Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Casos de Uso.Alocar Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Frações Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Frações Cenários: O actor pressiona o botão "Listar frações" e o sistema apresenta uma tabela com os dados da frações pertencentes ao edifício seleccionado. 41

92 Alternativo Alocar Utilizador A qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Alocar utilizador" e será evocado o caso de uso "Alocar utilizador". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá consultar os dados das frações às quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá consultar os dados de todas as frações de todos os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá consultar os dados de todas as frações de todos os edifícios da base de dados. Caso de Uso: Listar Ocorrências por Tipo Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Casos de Uso.Criar Ocorrência Extend Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Casos de Uso.Consultar Ocorrência Extend Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo 42

93 Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Ocorrências por Tipo Cenários: O actor pressiona os botões "Listar Ocorrências" em função do tipo de ocorrência, e o sistema apresenta uma tabela com uma listagem de ocorrências do tipo seleccionado. Alternativo Consultar Ocorrencia Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar ocorrência" e será evocado o caso de uso "Consultar Ocorrência". Alternativo Criar ocorrência Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Criar ocorrência" e será evocado o caso de uso "Criar Ocorrência". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador, apenas poderá visualizar as ocorrências referentes aos edifícios aos quais ele está afecto e de todos os tipos de ocorrências excepto o tipo "Relato". Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá consultar todas as ocorrências de todos os tipos, para os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá visualizar todas as ocorrªencias de todos os tipos de todos os edifícios. 43

94 Caso de Uso: Listar Reservas Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Reservas Casos de Uso.Consultar Reserva Extend Casos de Uso.Listar Reservas Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Reservas Casos de Uso.Listar Reservas Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: O actor pressiona o botão "Listar Reservas" e o sistema apresenta uma tabela com uma listagem das reservas disponíveis. Alternativo Consultar Reserva Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar Reserva" e será evocado o caso de uso "Consultar Reserva". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como utilizador apenas poderá visualizar as reservas referentes aos equipamentos dos edificios aos quais está afecto. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, poderá visualizar as reservas referentes aos equipamentos de todos os edifícios da sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta não poderá visualizar reservas de nenhum equipamento de nenhum edifício. 44

95 Caso de Uso: Listar Utilizadores Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Consultar Perfil Utilizador Extend Casos de Uso.Listar Utilizadores Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Listar Utilizadores Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Listar Utilizadores Casos de Uso.Listar Utilizadores Extend Casos de Uso.Consultar Perfil Empresa Casos de Uso.Listar Utilizadores Extend Casos de Uso.Consultar Edificio Cenários: O actor pressiona o botão "listar utilizadores" e o sistema apresenta uma tabela com os utilizadores disponíveis. Alternativo Consultar Perfil Utilizador Em qualquer altura o actor poderá pressionar o botão "Consultar perfil" e é evocado o caso de uso "Consultar Perfil Utilizador". Restrições: Nome Estado Notas Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador, apenas poderá listar os utilizadores pertencentes à sua empresa. Se o utilizador estiver Aprovado autenticado como administrador-meta, poderá listar todos os utlizadores 45

96 existentes na base de dados. Se o utilizador estiver autenticado como utilizador, apenas poderá listar utilizadores que estejam afectos aos mesmos edifícios que ele. Aprovado Caso de Uso: Login Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Espectador UseCaseLink Casos de Uso.Login Cenários: O espectador preenche os campos do formulário de autenticação e pressiona o botão "Iniciar Sessão". O espectador muda de estado para utilizador autenticado. Alternativo Erro de autenticação O processo de autenticação falha e o caso de uso dá-se por terminado. Caso de Uso: Logout Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino 46

97 Actors.Utilizador UseCaseLink Casos de Uso.Logout Actors.Administrador UseCaseLink Casos de Uso.Logout Actors.Administrador Meta UseCaseLink Casos de Uso.Logout Cenários: O utilizador pressiona o botão Terminar Sessão e o sistema termina a sessão de utilização da plataforma para aquele utilizador. Caso de Uso: Pedido Informações Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Espectador UseCaseLink Casos de Uso.Pedido Informações Cenários: O actor pressiona o botão "Pedido de informações" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento. O actor preenche os campos do formulário e submete os dados. O sistema envia um para o administrador-meta com os dados do pedido de informação. 47

98 Caso de Uso: Reclamação Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Reclamação Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Recuperar Password Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Actors.Espectador UseCaseLink Casos de Uso.Recuperar Password Cenários: O actor pressiona o botão recuperar password e o sistema apresenta um formulário com preenchimento do usernome e do da conta a qual se pretende recuperar a password. O actor preenche os dados e submete o formulário. O actor é informado do envio de um com um link para a recuperação da password. O actor configura uma nova password e o sistema altera os dados na base de dados. Caso de Uso: Relato 48

99 Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Relato Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência Caso de Uso: Reservar Equipamento Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso.Reservar Equipamento Extend Casos de Uso.Consultar Equipamento Cenários: O actor pressiona o botão "Reservar Equipamento" e o sistema apresenta um formulário de preenchimento dos dados da nova reserva. O actor escolhe um intervalos de datas disponível, preenche os dados e pressiona o botão "Gravar dados". O sistema insere os dados na base de dados. Restrições: Nome Estado Notas o utilizador apenas poderá Aprovado reservar equipamentos dos edifícios aos quais esta afecto. 49

100 Caso de Uso: Reunião Estado: Proposed Version: 1.0 Phase: 1.0 Autor: Ice Tea Created: Modified: Notas: Ligado a: Origem Relação Destino Casos de Uso. Reunião Generalization Casos de Uso.Criar Ocorrência 50

101 Anexo B 51

102 B Diagrama Entidade-Relacionamento Casos de UsoErro! Auto-referência de marcador inválida. 52

103 53

104 Anexo C C Templates das Páginas 54

105 C.1 Frontoffice do Meta-Site 55

106 C.2 Backoffice do Meta-Site 56

107 C.3 Frontoffice da Empresa 57

108 C.4 Backoffice da Empresa 58

Portal Web para empresa de materiais de construção civil CasaMais

Portal Web para empresa de materiais de construção civil CasaMais Portal Web para empresa de materiais de construção civil CasaMais Gilberto Leonel Dias Pereira nº 26634 Trabalho realizado sob a orientação de: Professor João Paulo Ribeiro Pereira Informática de Gestão

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Docentes Universidade Atlântica 1 Introdução O conceito do Moodle (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) foi criado em 2001 por Martin Dougiamas, o conceito

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003 Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via de Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5 1.3 Autenticação...5

Leia mais

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11 Índice Parte 1 - Introdução 2 Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4 Parte 2 Desenvolvimento 5 Primeiros passos com o e-best Learning 6 Como aceder à plataforma e-best Learning?... 6 Depois

Leia mais

3 ao Quadrado - Agenda Web

3 ao Quadrado - Agenda Web 3 ao Quadrado - Agenda Web Relatório de Gestão de Projectos de Software - Grupo A - LEIC 2001/2002 http://gnomo.fe.up.pt/gps01a João Montenegro - ei97023@fe.up.pt André Teixeira - ei97024@fe.up.pt Carlos

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS LABORATÓRIO DE GESTÃO DE PROJECTO Carlos Frias Manuel Seixas Sérgio Junior FACULDADE DE ENGENHARIA UNIVERSIDADE DO PORTO 22 Março 2013 Filipe Mota Manuel Melo Tiago

Leia mais

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico LNDnet Lançamento de notas pelos docentes Portal académico A base para elaboração do presente manual foi o manual da Digitalis (SIGES.11.0.0 Manual de Utilizador) ao no qual foram registada as adaptações

Leia mais

Manual de Utilizador Utentes 2015-01.V01 DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Manual de Utilizador Utentes 2015-01.V01 DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE QUALIFICAÇÃO Centro Nacional de Qualificação de Formadores Manual de Utilizador Utentes 2015-01.V01 Índice Índice... 2 1. Introdução... 4 1.1.

Leia mais

novo ManageToRefresh

novo ManageToRefresh novo ManageTo Refresh ENGINE2CONTENT P2/10 Novo ENGINE2CONTENT P3/10 Engine2Content v4.0 O motor para os seus conteúdos A nova ferramenta de gestão de backoffice Engine2content v4.0, permite de uma forma

Leia mais

Adenda R4. Entidades Adjudicantes. Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001

Adenda R4. Entidades Adjudicantes. Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001 Adenda R4 Entidades Adjudicantes Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001 Índice 1. Introdução 2. Novas Funcionalidades anogov R4 3. Novas Abordagens anogov R4 4. Novas Soluções anogov R4+ 5. Índice

Leia mais

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e atividades O e-campus do ISPA - Instituto

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal Departamento de Sistemas e Informática Projecto Final Computação na Internet Ano Lectivo 2002/2003 Portal de Jogos Executado por:

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Iniciação para docentes Universidade Atlântica Versão: 1 Data: Fevereiro 2010 Última revisão: Fevereiro 2010 Autor: Ricardo Gusmão Índice Introdução... 1 Registo no Moodle...

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/10 GereComSaber Ana Duarte, André Guedes, Eduardo

Leia mais

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Pedro Beça 1, Miguel Oliveira 1 e A. Manuel de Oliveira Duarte 2 1 Escola Aveiro Norte, Universidade de Aveiro 2 Escola Aveiro Norte, Departamento

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Carregamento automatizado de Bases de Dados

Carregamento automatizado de Bases de Dados Carregamento automatizado de Bases de Dados André Neiva de Lemos nº 21276 Trabalho realizado sob a orientação de João Paulo Ribeiro Pereira Engenharia Informática 2014/2015 Carregamento automatizado de

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Ferramentas como, por exemplo, linhas de conexão, formas automáticas, sombras pendentes, WordArt, etc.

Ferramentas como, por exemplo, linhas de conexão, formas automáticas, sombras pendentes, WordArt, etc. Ambiente de trabalho Ambiente de trabalho Porquê criar páginas web? A World Wide Web é a melhor forma das pessoas comunicarem umas com as outras. Nos dias de hoje, é importante poder comunicar com outras

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Planificação Anual da Disciplina de TIC Módulos 1,2,3-10.ºD CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA Ano Letivo 2015-2016 Manual adotado:

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais Manual de Utilizador Externo - Comunicação de Horários e Turnos Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5

Leia mais

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES INTRODUÇÃO O principal objetivo deste livro é auxiliar o leitor na sua aprendizagem sobre os recursos avançados do Excel em especial na interligação com o Visual Basic for Applications (VBA). Pretende-se

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

YMT REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA

YMT REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA REQUISITOS FUNCIONAIS + REFLEXÃO VIABILIDADE TÉCNICA YMT DeCA NTC ANO3 PROJECTO NTC SEM2 RENATO COSTA RICARDO CARVALHO TIAGO FIGUEIREDO MARTIM SANTOS JOÃO ELVAS REQUISITOS FUNCIONAIS 1. Paradigma de interacção

Leia mais

I. Perfil de elaboração:

I. Perfil de elaboração: Página: 1 I. Perfil de elaboração: Resultante do briefing com todas as partes intervenientes no projecto, com ênfase nas necessidades do cliente Zenlive será desenvolvido o supracitado projecto. Algumas

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 05 Material preparado por Fernanda Madeiral Delfim Tópicos Aula 5 Contextualização UML Astah

Leia mais

GereComSaber. Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software. Sistema de Gestão de Serviços em Condomínios

GereComSaber. Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software. Sistema de Gestão de Serviços em Condomínios Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática 3ºAno Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/2010 GereComSaber Sistema de

Leia mais

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo 03 A SÈTIMA A SÉTIMA produz soluções de software maioritariamente com recurso à WEB, de modo a dar suporte ao crescimento tecnológico que é já a maior realidade do século XXI. Esta aposta deve-se ao facto

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.!

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.! Assinare Apresentação Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica. De forma a responder ao ambiente altamente competitivo a que as empresas e organizações hoje

Leia mais

O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto Metodista Granbery: uma ferramenta de acompanhamento e relacionamento

O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto Metodista Granbery: uma ferramenta de acompanhamento e relacionamento Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Sistemas de Informação - N. 7, JUL/DEZ 2009 O Sistema de Controle de Egressos utilizado pelo Instituto

Leia mais

1ª Edição Outubro de 2007

1ª Edição Outubro de 2007 1 Ficha Técnica Título: Manual de utilização da ELGG - Aluno Autoria: Célia Tavares Direcção Pedagógica e Técnica: Paula Peres Copyright: Projecto de Apoio On-line 1ª Edição Outubro de 2007 O Manual de

Leia mais

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções Portal da Imprensa Regional Actualizações e Correcções Índice Versão: 3.1.3... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.1... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.0... 4... 4 BackOffice... 4 Histórico de Versões...

Leia mais

Contratação de Escola. Manual de Utilizador - Candidato

Contratação de Escola. Manual de Utilizador - Candidato - Janeiro de 2012 Índice Conteúdo 1 ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Aspetos gerais... 5 1.2 Principais Orientações... 5 1.3 Normas Importantes de Acesso e Utilização da Aplicação... 5 1.4 Definições, Abreviaturas,

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Luís Filipe Borges Pinto Resumo: Este projecto consiste na implementação de uma aplicação WEB para monitorização

Leia mais

Prémio Excelência no Trabalho 2015

Prémio Excelência no Trabalho 2015 FAQ Frequently Asked Questions Índice Prémio Excelência no Trabalho 2015 INSCRIÇÃO... 2 COMUNICAÇÃO INTERNA... 4 QUESTIONÁRIO DIRIGIDO AOS COLABORADORES... 5 INQUÉRITO À GESTÃO DE TOPO... 7 TRATAMENTO

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Internet Explorer. *

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) http://curriculum.degois.pt Março de 2012 Versão 1.5 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador

Leia mais

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e - Front-Office V1.0 Página 1 Índice Índice... 2 1. Introdução... 3 2. Instruções Gerais... 4 2.1 Acesso... 5 2.1.1 Regras para Aceder

Leia mais

PROJECTO ASP - Site MDB.com - Loja Online

PROJECTO ASP - Site MDB.com - Loja Online Microsoft Windows 7 Configuração do IIS e Ligação ODBC Microsoft Access 2007 Criação da Base de Dados, Tabelas e Relações Adobe Photpshop CS4 Manipulação das Imagens utilizadas no site Adobe Illustrator

Leia mais

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot Proposta Loja Virtual Schmitt Tricot Apresentação: Atualmente atuo no mercado de sites e lojas virtuais desde 2010, desenvolvendo novas ideias, trabalhando com agilidade, para sempre atender a todas as

Leia mais

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE REDIVE GUIA LMS PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos PHC dsuporte Externo DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Externo permite prestar assistência técnica pós-venda, aumentar de forma significativa a eficiência e a qualidade do serviço, o que resulta na maior

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

Descrição de Funcionalidades

Descrição de Funcionalidades Gestão Integrada de Documentos Descrição de Funcionalidades Registo de documentos externos e internos O registo de documentos (externos, internos ou saídos) pode ser efectuado de uma forma célere, através

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR. Bolsa de Contratação de Escola. Candidatura

MANUAL DO UTILIZADOR. Bolsa de Contratação de Escola. Candidatura MANUAL DO UTILIZADOR Bolsa de Contratação de Escola Candidatura 22 de julho de 2015 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 4 1.1 Aspetos gerais... 4 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 5 2

Leia mais

A sua empresa é uma Beta-Tester da Imoplataforma. Guia de Utilização

A sua empresa é uma Beta-Tester da Imoplataforma. Guia de Utilização 1. A sua Imoplataforma 2. O primeiro login 3. Página de acolhimento 4. Inserir imóveis A sua empresa é uma Beta-Tester da Imoplataforma Guia de Utilização 5. Editar imóveis 6. Gerir as exportações 7. Eliminar

Leia mais

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BPstat manual do utilizador Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BANCO DE PORTUGAL Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projetos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projetos em que estão envolvidos, interagindo na otimização dos

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática Índice Sobre o Livro... XV Capítulo 1 Configurar o Excel... 1 1.1 Iniciar o Excel... 1 1.2 Ambiente de trabalho... 3 1.3 Personalização do ambiente de trabalho... 6 1.3.1 Opções da interface do utilizador...

Leia mais

» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc?

» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc? » PERGUNTAS MAIS FREQUENTES FAQ s - https://gesdoc.uevora.pt» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc?» Aqui encontra algumas respostas às perguntas mais frequentes

Leia mais

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0 PLATAFORMA Versão 1.0 31 de Março de 2008 TABELA DE REVISÕES Versão Autores Descrição da Versão Aprovadores Data António Rocha Cristina Rodrigues André Ligeiro V0.1r Dinis Monteiro Versão inicial António

Leia mais

Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos

Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos Sistema de Informação da Organização do Estado (SIOE-RH) XML março de 2012 Introdução De acordo com o previsto na Lei n.º 57/2011, de 28 de novembro,

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Configuração Índice Criar conta de Administrador... 3 Criar Negócio... 5 Back office... 7 Criar Locais... 11 Criar Menu... 13 Itens complexos... 18 One Click... 19 Painel de Pedidos... 20 QR

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS GUARAPUAVA CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET HELBERT DA ROCHA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO GUARAPUAVA 2013 HELBERT DA ROCHA RELATÓRIO FINAL DE

Leia mais

Plataforma de Inventários. Setembro de 2013

Plataforma de Inventários. Setembro de 2013 Plataforma de Inventários Setembro de 2013 Ligações externas Home Page * do site www.inventarios.pt Página inicial Acedendo a www.inventarios.pt no browser, a página inicial será parecida a esta. Página

Leia mais

Guião para as ferramentas etwinning

Guião para as ferramentas etwinning Guião para as ferramentas etwinning Registo em etwinning Primeiro passo: Dados de quem regista Segundo passo: Preferências de geminação Terceiro passo: Dados da escola Quarto passo: Perfil da escola Ferramenta

Leia mais

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa PHCWorkflow DESCRITIVO O PHC Workflow permite que o conjunto de acções a executar, sigam uma ordem pré- -definida de acordo com as normas da empresa, aumentando a agilidade e produtividade dos colaboradores.

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO Técnico de Eletrotecnia e Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos / 2015/2018 DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

ESCOLA. Contratos e Aditamentos

ESCOLA. Contratos e Aditamentos MANUAL DO UTILIZADOR ESCOLA Contratos e Aditamentos 9 de julho de 2015 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Aspetos gerais... 5 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 5 2 INSTRUÇÕES DE

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 2 Departamento de Segurança Privada Março de 2014 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 2. (Março de 2014)

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DSI

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DSI UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DSI Gestor de Listas de Distribuição de Emails versão: 0.9.1 Nelson Rodrigues DSI 20-07-2010 ÍNDICE: Introdução... 3 Definição de Mailing List... 3 Grupos de endereços

Leia mais

Plataforma. Manual de Utilização Concurso Público Normal. Electrónica BizGov 2009

Plataforma. Manual de Utilização Concurso Público Normal. Electrónica BizGov 2009 Plataforma Manual de Utilização Electrónica BizGov 2009 Índice 1 Introdução 2 Criação do Procedimento 3 Publicação de Procedimento/ Envio de Convites 4 Submissão de Propostas 5 Esclarecimentos e Notificações

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR/A. mwba.montemor.jeec an.pt mwba.viseu.jeec an.pt

MANUAL DE UTILIZADOR/A. mwba.montemor.jeec an.pt mwba.viseu.jeec an.pt MANUAL DE UTILIZADOR/A mwba.montemor.jeec an.pt mwba.viseu.jeec an.pt Síntese Este manual está estruturado tendo em conta, numa primeira fase, o acesso às redes interempresariais criadas, nomeadamente

Leia mais

4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos

4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos 4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos 4.3.2. Google Sites Célio Gonçalo Marques a) Introdução O Google Sites foi lançado oficialmente no dia 23 de Outubro de 2008 em mais de 37 línguas,

Leia mais

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO Marcelo Karpinski Brambila 1, Luiz Gustavo Galves Mahlmann 2 1 Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação da ULBRA Guaíba < mkbrambila@terra.com.br

Leia mais

Instituto Superior Politécnico Gaya. Mestrado de Administração de Redes e Sistemas Informáticos. Disciplina Estagio Profissional

Instituto Superior Politécnico Gaya. Mestrado de Administração de Redes e Sistemas Informáticos. Disciplina Estagio Profissional Instituto Superior Politécnico Gaya Mestrado de Administração de Redes e Sistemas Informáticos Disciplina Estagio Profissional Gestão Documental e Workflow Alexandra Sofia dos Santos Rocha nº 1572 assr@ispgaya.pt

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Termos Básicos Pesquisa Registo Fazendo Propostas A Minha Conta Pedindo Cotações Ajuda: Geral Bem-vindo! No texto que se segue iremos transmitir noções básicas sobre os termos e modos

Leia mais

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 BRIP Índice I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 1 Aulas interativas 05 2 E-manuais 09 Temas 09 Pesquisa global de Recursos Educativos Digitais 11.1 Pesquisa

Leia mais

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação.

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação. ANEXO 11 O MATRIZ Para o desenvolvimento de sites, objeto deste edital, a empresa contratada obrigatoriamente utilizará o framework MATRIZ desenvolvido pela PROCERGS e disponibilizado no início do trabalho.

Leia mais

Breves indicações para a utilização do sistema pelo Fabricante/Mandatário

Breves indicações para a utilização do sistema pelo Fabricante/Mandatário Registo de Dispositivos Médicos e Dispositivos Médicos para Diagnóstico In Vitro pelos Fabricantes/Mandatários Breves indicações para a utilização do sistema pelo Fabricante/Mandatário Índice 1 Introdução...

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema, sobre a Carreira especial médica

FAQ s para os Administradores do Sistema, sobre a Carreira especial médica FAQ s para os Administradores do Sistema, sobre a Carreira especial médica Este documento disponibiliza FAQ s sobre a avaliação de elementos da Carreira Médica no GeADAP. Clique sobre o tema que lhe interessa

Leia mais

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador Avaliação do Desempenho do Pessoal Docente Manual de Utilizador Junho de 2011 V6 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 4 1.1 Aspectos gerais... 4 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 4 1.3

Leia mais

Publicação em contexto académico: OJS na prática

Publicação em contexto académico: OJS na prática Publicação em contexto académico: OJS na prática sumário 1. Publicações científicas em ambiente académico: um cenário pouco homogéneo 1.1 o papel das bibliotecas de ensino superior 2. OJS Open Journal

Leia mais

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS anual Índice de conteúdos INTRODUÇÃO...3 CONFIGURAR DADOS PESSOAIS...5 Preferências Pessoais...6 Alterar senha...7 Consultar dados...8 SECÇÃO INTRANET...9 Conteúdo Intranet...12

Leia mais