Professor Carlos - Taxonomia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Professor Carlos - Taxonomia"

Transcrição

1 1. As abelhas Trigona spnipes, Plebeia emerina, Plebeia saiqui, Melipona marginata, Melipona bicolor e Tetragonisca angustula pertencem a subfamília Meliponinae, que compreende abelhas nativas sem ferrão. Com relação aos organismos citados é correto afirmar que: (A) compreendem 6 gêneros e 6 espécies; (B) compreendem 4 gêneros e 6 espécies; (C) compreendem 4 famílias e 6 gêneros; (D) compreendem 6 gêneros e 6 subespécies; (E) compreendem 6 famílias e 6 espécies. 2. Os microorganismos, seres microscópicos, também chamados genericamente de micróbios ou germes, ocorrem em todos os ecossistemas, podendo também viver no interior de outros organismos. Estão representados nos três "domínios" de seres vivos, Archaea, Bacteria e Eucarya. Considere as características de quatro microorganismos, A, B, C e D, indicadas no quadro abaixo, relacionadas à presença (+) ou ausência (-) de estruturas celulares. 4. (UFRJ) A enorme diversidade das formas de vida sempre encanta aqueles que tentam descrever e classificar espécies. A taxonomia moderna não leva em consideração apenas as características do animal, mas procura correlacioná-la a outros organismos, baseando-se em estruturas hereditárias. Desse modo, à medida que se analisam as variações ocorridas na passagem do nível de ESPÉCIE para o nível do REINO, é possível observar que: a) diminui a diversidade biológica b) diminui a relação de parentesco c) aumenta a semelhança morfológica d) aumenta o número de estruturas comuns 5. Qual dos seguintes grupos contém a MENOR variedade de organismos: a) mamíferos d) Panthera b) carnívoros e) Panthera leo c) felídeos 6 - A classificação biológica pode ser comparada a um grande arquivo, onde cada espécie é um documento arquivado em pastas subdivididas. A figura a seguir representa os ancestrais dos homens. De acordo com esses dados, os microorganismos A, B, C e D são, respectivamente, De acordo com esses dados, os microorganismos A, B, C e D são, respectivamente, (A) uma ameba, uma levedura, uma euglena e uma cianobactéria. (B) uma euglena, uma ameba, uma cianobactéria e uma levedura. (C) uma levedura, uma cianobactéria, uma ameba e uma euglena. (D) uma cianobactéria, uma euglena, uma levedura e uma ameba. (E) uma levedura, uma ameba, uma euglena e uma cianobactéria. 3. Considere o desenho abaixo: Considerando o sistema hierárquico de taxonomia, se os triângulos correspondem a três espécies diferentes, seria correto afirmar que os círculos e o quadrado corresponderiam, respectivamente, a: (A) duas classes e uma ordem; (B) duas famílias e um gênero; (C) dois reinos e um filo; (D) dois gêneros e uma família; (E) duas ordens e uma família. Fonte: A MENOR categoria taxonômica em que os seres vivos da figura se agrupam é a) Filo d) Subespécie b) Gênero e) Espécie c) Ordem 7 LEIA: Crassostrea rhizophora, Rhizophora mangle e Crassostrea brasiliana são os nomes científicos de três espécies vegetais. Com base nos princípios da nomenclatura biológica pode-se CONCLUIR que a) há maior grau de parentesco entre Crassostrea rhizophora e Crassostrea brasiliana que entre Crassostrea rhizophora e Rhizophora mangle. b) há maior grau de parentesco entre Crassostrea rhizophora e Rhizophora mangle que entre Crassostrea rhizophora e Crassostrea brasiliana.

2 c) entre Crassostrea brasiliana e Rhizophora mangle evidencia-se uma relação de parentesco no nível de ordem. d) entre Crassostrea rhizophora e Rhizophora mangle evidencia-se uma relação de parentesco no nível de gênero. e) Crassostrea brasiliana e Crassostrea rhizophora são aparentadas, embora pertençam a famílias diferentes. 8 - Considerando o sistema de classificação taxonômica, se duas espécies pertencem a duas famílias diferentes, então (A) podem pertencer ao mesmo gênero. (B) podem pertencer à mesma ordem. (C) obrigatoriamente são da mesma classe. (D) pertencem a gêneros diferentes, mas não a ordens diferentes. (E) podem pertencer à mesma ordem, mas não à mesma classe. 9 - Carl von Linné ( ), denominado Lineu, em Português, através de sua obra Systema Naturae, propôs uma forma de denominar os seres vivos por intermédio do que chamou de "unidade básica de classificação" ou espécie. Como exemplo, a ave conhecida popularmente como quero-quero é classificada, segundo o modelo de Lineu, como Vanellus chilensis. De acordo com esses conceitos, analise as afirmativas abaixo. I. O nome científico de um organismo é sempre composto de duas palavras; a primeira designa o gênero e a segunda, a espécie. II. O termo específico do quero-quero é chilensis e o nome genérico é Vanellus. III. O nome científico do quero-quero é binominal, e Vanellus é seu epíteto específico. IV. O nome científico do quero-quero é binominal, e Chilensis, assim escrito, é seu epíteto específico. V. A espécie Vanellus chilensis inclui o gênero, seguido de seu epíteto específico: chilensis. Estão corretas apenas as afirmativas: (a) II e III. (d) I e III. (b) IV e V. (e) I e V. (c) II e V. 10. Um entomólogo, estudando a fauna de insetos da mata Atlântica, encontrou uma espécie cujos caracteres não se encaixam naqueles característicos dos gêneros de sua família. Isso levará o cientista a criar: a) uma nova família com um novo gênero b) somente uma nova espécie c) um novo gênero com uma nova espécie d) uma subespécie e) uma nova ordem com uma nova família 11. A enorme diversidade das formas de vida sempre encanta aqueles que tentam descrever e classificar espécies. A Taxonomia moderna não leva em consideração apenas as características do ser, mas procura correlacioná-las a outros organismos, baseando-se em estruturas hereditárias. Desse modo, a medida que se analisam as variações ocorridas na passagem do nível de espécies para o nível do reino, é possível observar que: a) diminui a diversidade biológica b) diminui a relação de parentesco c) aumenta a semelhança fisiológica d) aumenta o número de estruturas comuns e) diminui o número de espécies 12. Na classificação dos seres vivos, a nomenclatura binária ou binominal (difundida por Lineu) é empregada quando se quer escrever o nome de: a) uma espécie. b) um gênero. c) uma família. d) uma ordem. e) uma classe. 13. As categorias taxonômicas obedecem a uma hierarquia; assim, dois animais que fazem parte da mesma classe certamente pertencerão: a) ao mesmo gênero. b) ao mesmo filo. c) à mesma família. d) à mesma espécie. e) à mesma ordem. 14. Têm maior grau de semelhança entre si dois organismos que estão colocados dentro de uma das seguintes categorias taxonômicas: a) classe. b) divisão. c) família d) gênero. e) ordem. 15. A frase: ''Conjunto de organismos possuindo caracteres idênticos ou pouco diferentes e reproduzindo-se exclusivamente entre si'' servirá para definir: a) gênero. b) subfamília. c) subgênero. d) espécie. e) ordem. 16. Qual dos seguintes grupos contém a menor variedade de organismos? a) Mamíferos. b) Carnívoros. c) Felídeos. d) Panthera. e) Panthera leo.

3 17. Em 1877, Cobbold descreveu o parasita agente da filarose de Bancrofti sob o nome de Filaria bancrofti. Em 1921, Seurat transferiu essa espécie para o gênero Wuchereria, criado por Silvia Araújo, em Em face dessa modificação, qual das notações taxionômicas é a correta? a) Filaria bancrofti: Seurat, b) Wuchereria bancrofti (Cobbold, 1877) Serat, c) Wuchereria bancrofti Cobbold, d) Wuchereria (Filária) bancrifti (Cobbold, 1877). e) Filária (Wunchereria) bancrofti, 1921, Seuaut, 1877, Cobbold. 18. Em termos da classificação de animais e de plantas, o nível correspondente ao filo entre animais, corresponde, entre vegetais, a: a) classe. b) ordem. c) superfamília. d) família. e) divisão 19. Com base nas regras de nomenclatura, indique a alternativa INCORRETA. a) Homo sapiens. b) Tripanosoma Cruzi. c) Rana esculenta marmorata. d) Rhea americana americana. e) Anopheles Nyssurhynchus darlingi. 20. Anopheles (Nyssurhynchus) darlingi; Anopheles trianulatus trianulatus; Anopheles (Nyssurhynchus) trianulatos. Que categorias taxinômicas os insetos citados acima têm em comum? a) Família e gênero. b) Gênero e subgênero. c) Gênero e espécie. d) Subgênero e espécie. e) Espécie e subespécie. 21. Quando dois ou mais animais pertencem ao mesmo gênero, obrigatoriamente deverão pertencer à mesma: a) família. b) espécie. c) clase. d) ordem. e) três das anteriores são corretas. 22. A respeito do esquema acima, assinale a alternativa correta. zebra Equideae Equus cavalo Mammalia Perissocactyla Tapiridae Tapirus anta Rhinocerotidae Rhinocerus rinoceronte de um chifre Dicerus rinoceronte de dois chifres a) Cavalo e zebra pertencem a gêneros diferentes. b) As antas apresentam maior parentesco evolutivo com os cavalos do que com os rinocerontes. c) O parentesco evolutivo entre cavalo e zebra é maior do que entre rinocerontes de um chifre e rinocerontes de dois chifres. d) As antas pertencem à mesma família dos rinocerontes. e) Todos os animais citados acima pertencem à mesma família. 23. Dentre as categorias taxonômicas apresentadas abaixo, assinale aquela na qual os indivíduos apresentam maior grau de características semelhantes. a) ordem. d) reino. b) classe. e) gênero. c) família. 24. A cascavel (Crotalus terrificus) e a cobra coral (Micrurus coralinus) pertencem à mesma ordem e possuem, também em comum, a categoria: a) subespécie. b) classe. c) espécie. d) família. e) gênero. 25. Grupos e populações naturais potencialmente capazes de se cruzar e de produzir descendência fértil pertencem, necessariamente: a) a gêneros diferentes. b) a famílias diferentes. c) à mesma comunidade. d) à mesma sociedade. e) à mesma espécie.

4 26. No ano de 1500, os portugueses já se referiam ao Brasil como a ''Terra dos Papagaios'', incluindo nessa designação os papagaios, as araras e os periquitos. Essas aves pertencem a uma mesma família da ordem Psittaciformes. Dentre elas, pode-se citar: ARARAS PAPAGAIOS PERIQUITOS Araravermelha Ara chloroptera Papagaio-verdadeiro Amazona aestiva Periquito-de-cabeçaazul Aratinga acuticaudata Arara-canga Papagaio-da-cara-roxa Periquito-rei Ara macau Arara-canindé Ara ararauna Amazona brasiliensis Papagaio-chauá Amazona rhodocorytha O grupo de aves relacionadas compreende: a) 3 espécies e 3 gêneros. b) 9 espécies e 3 gêneros. c) 3 espécies de uma única família. d) 9 espécies de um mesmo gênero. e) 3 espécies de uma única família. Aratinga aurea Periquito-da-caatinga Aratinga cactorum 27. As categorias taxonômicas em Zoologia são ordenadas de modo ascendente da seguinte forma: a) espécie, gênero, ordem, classe e filo. b) filo, classe, família, gênero e espécie. c) filo, ordem, classe, família, gênero e espécie. d) espécie, classe, ordem, família, gênero e filo. e) espécie, gênero, família, ordem, classe e filo. 28. Analise o seguinte esquema como representativo das principais categorias sistemáticas, partindo de reino, e identifique a alternativa correta que descreve e caracteriza tais categorias. Para efeito de simplificação, cada categoria só está representada por um subconjunto. Reinoo o A B C D E F 29. O esquema representa quatro categorias de classificação inclusivas. Se os triângulos representam uma determinada espécie, o círculo será. a) um filo. d) uma família. b) um reino. e) um gênero. c) uma ordem. 30. O mocó é um mamífero endêmico da região Nordeste, cujo nome científico, escrito em latim, é Kerodon rupestris Wied-Neuwied, Essa denominação está de acordo com as regras do Sistema de Nomenclatura Binominal, criado por: a) Gregor Mendel. b) Charles Darwin. c) James Watson. d) Carolus Linnaeus. e) Jean-Baptiste Lamarck. 31. A taxonomia utiliza nomes em latim, para denominar os organismos e facilitar a comunicação científica. Os seguintes táxons: Commelinales, Poaceae e Zea mays representam categorias taxonômicas. Na figura abaixo estao representados os níveis hierárquicos. Indique a alternativa que indica sequência correta das categorias taxonômicas, respectivas aos táxons citados (Commelinales, Poaceae e Zea mays), associando-os aos níveis hierárquicos representados por números na figura a) As categorias representadas são: A, filo; B, ordem; C, família; D, classe; E, gênero; F, espécie. b) Filo congrega organismos com características morfológicas, fisiológicas e comportamentais semelhantes e está representado pela figura B. c) Organismos anatomicamente semelhantes, que convivem em um mesmo hábitat e apresentam o mesmo tipo de reprodução, são classificados em uma mesma família, que está representada pela figura C. d) A figura B representa uma classe, que é constituída por uma ou mais ordens. e) Espécie compreende organismos morfofisiologicamente semelhantes, capazes de cruzarem-se naturalmente entre si, gerando descendentes férteis; está representada pela figura E Categoria taxonômica Nível hierárquico a) Ordem, Família, Gênero -> 4, 6, 7 b) Classe, Família, Gênero -> 3, 5, 7 c) Classe, Ordem, Espécie -> 2, 3, 6 d) Classe, Ordem, Gênero -> 3, 4, 6 e) Ordem, Família, Espécie -> 4, 5, 7

5 32. Indique a alternativa que apresenta corretamente o nome científico da espécie humana: a) homo sapiens. d) Homo Sapiens b) Homo Sapiens. e) Homo sapiens. c) Homo sapiens. 33. Apesar do extenso litoral, da diversidade de espécies de peixes e do clima favorável, a produção de pescado no Brasil não é significativa e seu consumo é baixo. Entre as espécies de peixes produzidos comercialmente e/ou experimentalmente no Brasil temos o Salminus maxillosus (dourado), Pseudoplatystoma corruscans (pintado), Astynax sp (lambari), Hoplias lacerdae (trairão), Hoplias malabaricus (traíra), Brycon cephalus (matrinxã), Mugil cephalus (tainha), entre outros. (Fonte: Folhas técnicas em Aquicultura /UFPR/ série OPINIÃO. Número 1, Dezembro/2002) Indique a alternativa correta. a) Hoplias lacerdae e Hoplias malabaricus pertencem ao mesmo gênero. b) Salminus maxillosus e Pseudoplatystoma corruscans pertencem a classes diferentes. c) Brycon cephalus e Mugil cephalus pertencem à mesma espécie. d) Brycon cephalus e Mugil cephalus pertencem ao mesmo gênero. e) Hoplias lacerdae e Hoplias malabaricus pertencem à mesma espécie. 34. Um paleontólogo constatou inúmeras semelhanças morfológicas entre fósseis X e Y, e grandes diferenças entre esses dois e um terceiro fóssil Z. Constatou também acentuada semelhança entre o fóssil Z e um quarto fóssil W. Dentre as classificações abaixo, qual apresenta maior concordância com os dados? a) Os quatros fósseis pertencem à mesma espécie, mais a gêneros diferentes. b) Cada fóssil pertence a um reino diferente. c) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo filo, sendo que X e Y pertencem a um gênero e Z e W a outro gênero. d) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo filo, sendo que X e Y pertencem a um reino e Z e W a outro reino. e) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo gênero, sendo que X e Y pertencem a um filo e Z e W a outro filo. 35. O lobo-guará e a onça pintada são dois exemplares da nossa fauna ameaçados de extinção. O diagrama a seguir mostra as principais categorias taxonômicas a que pertencem estes animais: Lobo-guará: Cordado > mamífero > carnívoro > canídeo > Chrysocyon > C. brachyurus Onça-parda: Cordado > mamífero > carnívoro > felídeo > Felis > F. concolor A análise do diagrama permite dizer que os dois animais estão próximos na mesma categoria até: a) classe. d) gênero. b) filo. e) ordem. c) família. 36. Mais de 4 mil taturanas estão sendo depiladas com pinça e tesoura no Instituto Butantã. O trabalho destinase a fornecer matéria prima para a produção do soro que age como antídoto contra o veneno da taturana assassina. Lonomia obliqua é o nome científico do inseto. Embora ela causa pucos acidentes no Estado de São Paulo, no Rio Grande do Sul chega a provocar 400 acidentes anuais. Prepara-se um macerado dos pêlos em meio líquido. Esse veneno é então injetados em cavalos em doses muito pequenas, mais sucessivas e crescentes. O próximo passo é retirar o sangue do animal, a partir do qual é preparado o soro a ser injetado nas vítimas. A maioria das lagartas que chegam de São Paulo vem parasitada. O parasita é uma minúscula vespa que coloca os ovos na taturana; as larvas da vespa alimentam-se da taturana, que acaba morrendo antes de se transformar em mariposa. Como a maioria das taturanas vindas do Sul não está parasitada, pensa-se que as vespas estariam indiretamente protegente a população de São Paulo. (O Estado de S.Paulo, 19 fev com adaptações.) Com o auxílio dessa notícia, julgue os itens abaixo: 1. O texto incorre em erro ao classificar a taturana como inseto. 2. A taturana pertence à espécie Lonomia. 4. Com o procedimento descrito, o cavalo desenvolve anticorpos contra o veneno da taturana. 8. As ''vespas estariam indiretamente protegendo a população'' por diminuírem o número de taturanas em São Paulo. 16. Infere-se do texto que o Butantã quer produzir uma vacina contra a taturana. Soma: 37. Se reunirmos as famílias Canidae (cães), Ursidae (ursos), Hyaenidae (hienas) e Felidae (leóes), veremos que todos são carnívoros; portanto, pertencem à(ao) mesma(o): a) espécie. b) ordem. c) subespécie. d) família. e) gênero. 38. Os seres vivos classificados em vários grupos de acordo com suas semelhanças e diferenças. A alternativa na qual figura o grupo que contém a menor variedade de organismos é: a) mamíferos. b) carnívoros. c) carnídeos. d) Canis. e) Canis lupus.

6 39. Considerando a hierarquia das categorias taxonômicas, é correto afirmar que dois animais que fazem parte da mesma ordem obrigatoriamente pertencerão, e dois animais pertencentes sempre terão maior semelhança entre si. a) à mesma classe - à mesma espécie. b) à mesma família - ao mesmo gênero. c) ao mesmo gênero - à mesma família. d) ao mesmo gênero - à mesma espécie. e) à mesma espécie - à mesma classe. 40. A comissão Internacional de Nomenclatura Zoológica estabelece regras que são seguidas pelos cientistas de todo o mundo. Identifique abaixo o nome científico escrito corretamente. a) charadrius Collaris - maçarico-de-coleira. b) Eudocimus Ruber - guará. c) Arenaria interpres - maçarico-vira-pedras. d) falco Peregrinus - gavião-peregrino. e) Himantopus Himantopus - maçarico-pernilongo. 41. A expressão Entamoeba coli designa: a) uma espécie. b) um gênero. c) um gênero e uma espécie. d) um gênero e diversas espécies. e) diversos gêneros e uma espécie. 42. Maiores semelhanças embriológicas e fisiológicas devem ser encontradas entre animais: a) o mesmo reino. b) do mesmo filo. c) da mesma classe. d) da mesma raça. e) da mesma família. 43. Assinale a alternativa correta. a) Dois animais de um mesmo filo não podem pertencer à mesma família. b) Dois animais de um mesmo gênero não podem pertencer a uma mesma espécie. c) Dois animais da mesma classe não podem pertencer a uma mesma família. d) Dois animais de ordens diferentes podem pertencer a um mesmo reino. e) Dois animais de uma mesma classe podem pertencer a filos diferentes. 44. O cão doméstico (Canis familiaris), o lobo (Canis lupus) e o coiote (Canis letrans) pertencem a uma mesma categoria taxonômica. Esses animais fazem parte de um(a) mesmo(a) : a) gênero. b) espécie. c) subespécie. d) raça. e) variedade. 45. Em duas regiões isoladas, foram coletados exemplares de lagartos morfologicamente idênticos. Para determinar se pertencem à mesma espécie, é necessário: a) analisar o hábitat que ocupam. b) verificar se produzem descendentes férteis, quando cruzados entre si. c) observar o tipo de comportamento social que apresentam. d) identificar os hormônios que sintetizam. e) averiguar seu sistema de determinação cromossômica. 46. Certos fungos são empregados na produção de queijos, sendo responsáveis por sabores característicos. O fungo Penicillium roqueforti e Penicillium camembertii, por exemplo, são utilizados na fabricação de queijo dos tipos ''roquefort'' e camembert'', respectivamente. Pela análise dos nomes científicos acima citados, podemos concluir que esses seres não pertencem ao(à) mesmo(a): a) gênero d) ordem. b) classe. e) espécie. c) família. 47. O cão doméstico pertence ao gênero Canis, família Canidae, ordem carnívora, classe Mammalia, filo Chordata, reino Animalia. O lobo pertence ao mesmo gênero e a raposa à mesma família. Logo: a) lobo, raposa e cão não pertencem à mesma ordem. b) as semelhanças entre lobo e cão são maiores do que entre lobo e raposa. c) as semelhanças entre lobo e raposa são maiores do que lobo e cão. d) lobo, cão e raposa não são cordados. e) o cruzamento entre cão e raposa é, normalmente, possível. 48. Com relação ao nome científico do crustáceo Diacyclops bicuspidatus thomasi e as regras de nomenclatura biológica, é incorreto afirmar que: a) o nome da espécie deve ser destacado do texto. b) a espécie é sempre referida de forma trinominal. c) Diacyclops é nome genérico e deve ser escrito com inicial maiúscula. d) thomasi é uma categoria taxonômica inferior a bicuspidatus. e) bicuspidatus é o nome específico escrito sempre com inicial minúscula. 49. Em um trabalho de pesquisa, foram classificados dois mosquitos como sendo: Aedes (Stegomyia) aegypti e Anopheles (Myzomya) gambiae. O grau de semelhança entre esses mosquitos permite que sejam colocados no(a) mesmo(a) : a) espécie. d) subgênero. b) subespécie. e) família. c) gênero.

7 50. Numa feira de ciências estavam expostos vários exemplares de animais e vegetais. Entre eles estavam o pinheiro-do-paraná, o café, o barbeiro, uma lâmina com ameba e um esqueleto do ser humano. Indique a alternativa que mostra o nome científico de uma das espécies citadas acima, escrito corretamente. a) Homem Sapiens b) Cândida arábica c) Amoeba proteus d) Araucária do Paraná e) Barbeiro cruzi 51.Os ratos caseiros (Mus domesticus) e os pardais (Passer domesticus) pertencem: a) a uma mesma espécie, mas a gêneros diferentes. b) a uma mesma espécie, mais a famílias diferentes. c) a um mesmo gênero, mas a espécies diferentes. d) a um mesmo gênero, mas a famílias diferentes. e) a espécies diferentes. 52. Classificando-se os seres vivos é possível estabelecer uma ordem na diversidade da natureza, facilitando sua compreensão. Sobre esse tema avalie as proposições abaixo. ( ) O sistema binominal de nomenclatura adota a Espécie como unidade básica de classificação. ( ) Um determinado vegetal pertencerá obrigatoriamente a um Reino, a um Filo(Divisão), a uma Classe, a uma Ordem, a uma Família, a um Gênero e a uma Espécie. ( ) O Reino Protista engloba organismos eucariontes. ( ) O Reino Fungi engloba os cogumelos, os líquens e as briófitas. 53. Guerra aos inimigos dos laranjais Sob o patrocínio da Fapesp (Fundação de amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), será realizado no Brasil, até o ano 2000, o primeiro sequenciamento genético completo de um organismo fora do eixo EUA- Europa-Japão. O projeto sequenciará o genoma da bactérias Xylella fastidiosa, causadora da doença conhecida como praga do amarelinho, que afeta 30% dos pomares de laranjas paulistas. Os resultados deverão ajudar a citricultura a aumentar suas defesas contra a X. fastidiosa, uma vez que será conhecido o comportamento da bactéria causadora da praga. Globo Ciência, nº 78. Levando em consideração as regras da nomenclatura científica, podemos afirmar que: a) a grafia das duas citações da bactéria está incorreta, pois a espécie deve ser escrita com letra maiúscula. b) é correto a segunda citação da bactéria no texto, pois na segunda vez que é citado, o gênero pode vir abreviado seguido da espécie com inicial minúscula. c) é incorreto a segunda citação da bactéria no texto, pois o nome do genérico não está escrito por extenso. d) ambas grafias relativas à bactéria estão incorretas, pois não foram grifadas ou sublinhadas. e) a primeira citação da bactéria é correta, mais a segunda está errada, pois o gênero não pode ser abreviado. RESPOSTAS: 1. B 2. A. Há vinte e sete anos, Woese e Fox (1977) revolucionaram o pensamento científico quando, baseados na análise de seqüências de RNAr, propuseram uma bipartição dos procariontes em Eubacteria e Archaeabacteria, posteriormente renomeados Archaea e Bacteria (Woese et al., 1990). Com esta proposta o mundo vivo passou a ser classificado em três grandes domínios: Bacteria, Archaea e Eukarya. Os membros de dois destes domínios, Archaea e Bacteria, são considerados procariontes porque não apresentam uma carioteca compartimentalizando o cromossomo e nem as organelas típicas de eucariontes; na classificação de Whittaker (5 reinos) pertencem ao reino Monera. Em geral o seu genoma está organizado num grande cromossomo circular, ocasionalmente acompanhado de um ou mais plasmídios. Estes dois domínios diferem na composição do RNA ribossômico, na estrutura da parede celular e no metabolismo. As arqueobactérias vivem em ambientes extremos, onde não há possibilidade de vida para outros seres. Há arqueobactérias em fontes termais a quase 100ºC (Thermus aquaticus), no Mar Morto, com salinidade altíssima, em ambientes próximos a vulcões, em fontes de enxofre, etc. O surgimento da carioteca identifica os Eucarya que incluem, além de animais e vegetais, os fungos e os protistas. Assim, uma Amoeba, um protista e um protozoário sarcodino, não possui parede celular nem realiza fotossíntese mas possui carioteca (eucarionte) e mitocôndrias. Uma levedura (fungo) possui parede celular quitinizada, carioteca e mitocôndrias mas não realiza fotossíntese. Euglena sp., um protozoário flagelado, é um autótrofo facultativo, realizando fotossíntese. Cianofíceas ou Cianobactérias são organismos também unicelulares procariontes, capazes de formarem colônias, que possuem, sempre, pigmentos fotossintetizantes, principalmente ficobilina, que lhes atribui a cor azulada, daí a denominação de algas azuis.

8 3. D. As categorias sistemáticas, taxionômicas ou da classificação, pode ser lembradas por um recurso de memorização (mnemônica é a ciência e arte de memorizar): "ReFiCOFaGe". O Re para lembrar reino, Fi para lembrar filo, C de classe, O de ordem, Fa de família, G de gênero e E para lembrar a espécie, conjunto de indivíduos que se intercruzam com descendência fértil, em condições naturais, e que é a categoria básica da classificação. Lendo da menor para a maior categoria teremos que um conjunto de espécies forma um gênero (dois triângulos no mesmo círculo) e que gêneros similares formam uma família (dois círculos no mesmo quadro). 4. B. 5. E. 6. B 7. A 8. B 9. C 10. C 11. B 12. A 13. B 14. D 15. D 16. E 17. B 18. E 19. E 20. A 21. E 22. C 23. E 24. B 25. E 26. B 27. E 28. D 29. D 30. D 31. E 32. E 33. A 34. C 35. E B 38. E 39. A 40. C 41. A 42. D 43. D 44. A 45. B 46. E 47. B 48. B 49. E 50. C 51. E 52. V, V, V, F 53. D

SISTEMÁTICA E TAXONOMIA CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

SISTEMÁTICA E TAXONOMIA CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS SISTEMÁTICA E TAXONOMIA CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemática ou Classificação Biológica Conceito: É ramo da Biologia que estuda a diversidade dos seres vivos. Taxonomia: nomeia e classifica os seres

Leia mais

Colégio Estadual Julio de Castilhos Disciplina: Biologia Ano: 2ª Ensino Médio. Domínios e Reinos. Profª.Msc. Brenda Fürstenau

Colégio Estadual Julio de Castilhos Disciplina: Biologia Ano: 2ª Ensino Médio. Domínios e Reinos. Profª.Msc. Brenda Fürstenau Colégio Estadual Julio de Castilhos Disciplina: Biologia Ano: 2ª Ensino Médio Domínios e Reinos Profª.Msc. Brenda Fürstenau Domínio = categoria superior a reino. Relembrando: Domínio Reino Filo Classe

Leia mais

Várias classificações já foram propostas. Adotaremos a classificação proposta por Whittaker e adotada pelo naturalista sueco Lineu (1707-1778).

Várias classificações já foram propostas. Adotaremos a classificação proposta por Whittaker e adotada pelo naturalista sueco Lineu (1707-1778). NOMENCLATURA CIENTÍFICA E AS CATEGORIAS TAXONÔMICAS Nome científico de uma espécie Para escrevermos o nome científico de uma espécie, utilizamos as regras propostas por Lineu: 1. O nome deve ser escrito

Leia mais

Biologia. 2º ano do Ensino médio Lista de exercícios Classificação, critérios de classificação dos animais e das plantas e introdução à genética

Biologia. 2º ano do Ensino médio Lista de exercícios Classificação, critérios de classificação dos animais e das plantas e introdução à genética 01 (UFSC) De acordo com a figura anterior, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). (01) A espécie humana e os camundongos originaram-se de um mesmo ancestral. (02) Os chimpanzés compartilham maior número

Leia mais

BIOLOGIA PROFº. SÓSTENEZ 14/03/20

BIOLOGIA PROFº. SÓSTENEZ 14/03/20 BIOLOGIA PROFº. SÓSTENEZ 14/03/20 1. UEM-2012 Sobre as denominações Canis lupus lupus, Canis lupus arabs e Canis lupus familiaris, assinale o que for correto. 01) Indicam populações diferentes de uma mesma

Leia mais

MATÉRIA. Juliana. Fósseis / Falta de alimento / Mutações / Seleção natural / Darwin / Evolução

MATÉRIA. Juliana. Fósseis / Falta de alimento / Mutações / Seleção natural / Darwin / Evolução Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Ciências PROFESSOR(A) Juliana ANO SEMESTRE DATA 7º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Relacione as palavras do quadro abaixo com

Leia mais

Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N. -Taxonomia-

Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N. -Taxonomia- Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N -Taxonomia- Taxionomia Os biólogos têm especial interesse pelo estudo dos organismos

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CONSULTAR Disciplina: Microbiologia Geral CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS Microbiologia Tortora, G. J.; Funke, B. R.; Case, C. L.. Capítulo 1 Pag. 2-6 Capítulo 2 Pag. 276-284 Classificação dos microrganismos

Leia mais

2ª SÉRIE Ensino Médio

2ª SÉRIE Ensino Médio E n s in o F o r t e e d e R e s u l t a do s Estudante: Centro Educacio nal Juscelino K ub itschek G u a r á / Valp ar a íso Exercícios Rec. Semestral 2º Bimestre B I O L O G I A 2ª SÉRIE Ensino Médio

Leia mais

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO)

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (7 ANO) 1- Uma das etapas do ciclo de vida é o processo da reprodução. O comportamento reprodutivo varia muito entre os seres vivos e é por meio dele que uma espécie de ser vivo

Leia mais

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano O termo célula foi usado pela primeira vez pelo cientista inglês Robert Hooke, em 1665. Por meio de um microscópio

Leia mais

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS Apesar da diversidade entre os seres vivos, todos guardam muitas semelhanças, pois apresentam material genético (DNA) em que são encontradas todas as informações

Leia mais

A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam

A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam adaptaremse aos diversos habitat. A enorme diversidade dificulta

Leia mais

Aula 1 Introdução ao estudo da Sistemática e da Biodiversidade Vegetal. Prof. MSc. Allan Pscheidt

Aula 1 Introdução ao estudo da Sistemática e da Biodiversidade Vegetal. Prof. MSc. Allan Pscheidt Imagem: Tree of Life Web Project Botânica II (Criptógamas) Aula 1 Introdução ao estudo da Sistemática e da Biodiversidade Vegetal Prof. MSc. Allan Pscheidt WWF (1989): A diversidade biológica é riqueza

Leia mais

Histórico da Classificação Biológica

Histórico da Classificação Biológica Texto Base: Aula 9 Histórico da Classificação Biológica Autoras: Suzana Ursi e Sônia Lopes Iniciamos nosso texto propondo que você observe por um instante os organismos representados nas figuras ao lado.

Leia mais

Lista de exercícios 2º e 3º ano taxonomia

Lista de exercícios 2º e 3º ano taxonomia 1. (Unicamp) De acordo com o sistema binomial de nomenclatura estabelecido por Linnaeus, o nome científico 'Felis catus' aplica-se a todos os gatos domésticos como angorás, siameses, persas, abissínios

Leia mais

BIOLOGIA. Questões de 27 a 34. 27. Os esquemas abaixo mostram separações cromossômicas que ocorrem em anáfases de divisões celulares.

BIOLOGIA. Questões de 27 a 34. 27. Os esquemas abaixo mostram separações cromossômicas que ocorrem em anáfases de divisões celulares. BIO. 12 BIOLOGIA Questões de 27 a 34 27. Os esquemas abaixo mostram separações cromossômicas que ocorrem em anáfases de divisões celulares. A B Sobre essas separações cromossômicas, pode-se afirmar: A)

Leia mais

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular.

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Neurônio Sistema Nervoso Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Dendritos prolongamentos ramificados que captam os estímulos nervosos. Axônio prolongamento único e responsável

Leia mais

BIOLOGIA 2ª Série do Ensino Médio Atividades direcionadas Prova final - 2011

BIOLOGIA 2ª Série do Ensino Médio Atividades direcionadas Prova final - 2011 Para a prova final da 2ª Série do Ensino Médio, o aluno deverá ser capaz de: Interpretar árvores filogenéticas; Identificar as principais características dos grupos vegetais; Identificar as principais

Leia mais

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.)

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Assunto: Classificação dos seres vivos Os cientistas estabeleceram um sistema

Leia mais

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Curso: EF II Ano: 7º ano A Componente Curricular: Ciências Naturais Professor: Mario

Leia mais

b) Explique por que eles são considerados parasitas intracelulares obrigatórios.

b) Explique por que eles são considerados parasitas intracelulares obrigatórios. 1º BIM P2 LISTA DE EXERCÍCIOS CIÊNCIAS 7º ANO Aluno (a): Professor: Turma: Turno:... Data: / /2014 Unidade: ( ) Asa Norte ( ) Águas Lindas ( )Ceilândia ( ) Gama ( )Guará ( ) Pistão Norte ( ) Recanto das

Leia mais

Exercícios Extras - Taxonomia e Sistemática - Fernando

Exercícios Extras - Taxonomia e Sistemática - Fernando Exercícios Extras - Taxonomia e Sistemática - Fernando Questão 01 UFSCAR Alguns livros do ensino médio definem uma espécie biológica como um grupo de populações naturais cujos membros podem cruzar naturalmente

Leia mais

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, em sua versão 2012, apresentará uma redação e 180 questões objetivas, divididas nas quatro áreas do conhecimento: - Ciências

Leia mais

7º ANO Ensino Fundamental

7º ANO Ensino Fundamental E n s in o F o r t e e d e R e s u l t a do s Estudante: Centro Educacio nal Juscelino K ub itschek G u a r á Exercícios Rec. Semestral 2º Bimestre C I Ê N C I A S 7º ANO Ensino Fundamental Data: / / Turno:

Leia mais

Tema 5. Crescimento e renovação celular. UNIDADE 1. Crescimento e renovação celular

Tema 5. Crescimento e renovação celular. UNIDADE 1. Crescimento e renovação celular Tema 5. Crescimento e renovação celular Crescimento e renovação celular Distinção entre DNA e RNA quanto às suas características estruturais e funcionais. Reconhecimento de que os organismos necessitam

Leia mais

CITOLOGIA *ESTUDA A CÉLULA *MENOR PORÇÃO ORGANIZADA DOS SERES VIVOS *UNIDADE DE CONSTITUIÇÃO DOS SERES VIVOS * ALICERCE DA BIOLOGIA

CITOLOGIA *ESTUDA A CÉLULA *MENOR PORÇÃO ORGANIZADA DOS SERES VIVOS *UNIDADE DE CONSTITUIÇÃO DOS SERES VIVOS * ALICERCE DA BIOLOGIA CITOLOGIA Prof. Jefferson Almeida *ESTUDA A CÉLULA *MENOR PORÇÃO ORGANIZADA DOS SERES VIVOS *UNIDADE DE CONSTITUIÇÃO DOS SERES VIVOS * ALICERCE DA BIOLOGIA Histórico 1591 Inventado o microscópio por 2

Leia mais

Seminário de Genética BG - 380 Principal Resumo Professores Componentes Bibliografia Links

Seminário de Genética BG - 380 Principal Resumo Professores Componentes Bibliografia Links Seminário de Genética BG - 380 Principal Resumo Professores Componentes Bibliografia Links Darwin Voltar Filogenia anatômica e fisiológica Filogênia Molecular A teoria da evolução de Darwin gerou o conceito

Leia mais

Exercícios de Evidências da Evolução

Exercícios de Evidências da Evolução Exercícios de Evidências da Evolução Material de apoio do Extensivo 1. (Unesp) No filme Avatar, de James Cameron (20th Century Fox, 2009), os nativos de Pandora, chamados Na Vi, são indivíduos com 3 metros

Leia mais

Gabarito Caderno de atividades Biologia - Diversidade da Vida Volume 1-2013

Gabarito Caderno de atividades Biologia - Diversidade da Vida Volume 1-2013 Gabarito Caderno de atividades Biologia - Diversidade da Vida Volume 1-2013 1. A origem da vida na Terra 1) A 2) B 3) E 4) E 5) C 6) C 7) C 8) C 9) D 10) C 11) A 12) C 13) C 14) B 15) D 2. A evolução biológica

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA. Professora: Alexsandra Ribeiro

EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA. Professora: Alexsandra Ribeiro CONTEÚDO: CAP. 1, 2 e 3 EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA Professora: Alexsandra Ribeiro 1. O esquema abaixo nos mostra como a vida está organizada no planeta. A complexidade da

Leia mais

Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos

Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos Prova de Avaliação de Capacidade & Prova Específica de Avaliação de Conhecimentos Prova Escrita de Biologia Decreto-Lei n.º 43/2014, de 18 de março/ Nº2 do artigo 6º do Regulamento dos Tesp da Ualg. Prova

Leia mais

6) (ANÁPOLIS) Dois seres vivos pertencentes à mesma ordem são necessariamente:

6) (ANÁPOLIS) Dois seres vivos pertencentes à mesma ordem são necessariamente: Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1 Ano Disciplina: Biologia 1) Com que finalidade se classificam os seres vivos? 2) Considere os seguintes

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares VUNESP 2007 questões escritas www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares VUNESP 2007 questões escritas www.planetabio.com 1- O que divide os especialistas não é mais se o aquecimento global se abaterá sobre a natureza daqui a vinte ou trinta anos, mas como se pode escapar da armadilha que criamos para nós mesmos nesta esfera

Leia mais

Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br

Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br Profa. Josielke Soares josisoares@ig.com.br A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Biodiversidade é o conjunto de diferentes formas de vida no planeta. De todos os seres vivos que constituem atualmente a biosfera, já foram identificadas cerca

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios. Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios. Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios Recuperação Nome: Nº 7º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Ciências Data: Professor(a): Carlos Eduardo Nota: 01 Leia o fragmento de texto abaixo sobre

Leia mais

DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES???

DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES??? DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES??? Vegetais inferiores? Vegetais inferiores Classificação dos organismos em cinco Reinos: Reino no. de espécies Monera bactérias

Leia mais

Professor(a): Marco Rossellini Disciplina: Biologia Aluno(a): Ano: 3 EM Nº: Data: / / Bimestre: 3º NOTA: Exercícios - Geekie

Professor(a): Marco Rossellini Disciplina: Biologia Aluno(a): Ano: 3 EM Nº: Data: / / Bimestre: 3º NOTA: Exercícios - Geekie 1) Leia os trechos seguintes, extraídos de um texto sobre a cor de pele humana. A pele de povos que habitaram certas áreas durante milênios adaptou-se para permitir a produção de vitamina D. À medida que

Leia mais

PROFESSOR: FÁBIO GIOVANNI BIOLOGIA

PROFESSOR: FÁBIO GIOVANNI BIOLOGIA PROFESSOR: FÁBIO GIOVANNI BIOLOGIA 1º) Erros podem ocorrer, embora em baixa freqüência, durante os processos de replicação, transcrição e tradução do DNA. Entretanto, as conseqüências desses erros podem

Leia mais

b) a transpiração estomatar e a força de adesão das moléculas de água com as paredes dos vasos liberianos.

b) a transpiração estomatar e a força de adesão das moléculas de água com as paredes dos vasos liberianos. 21 c BIOLOGIA A figura mostra a subida da água, desde a raiz até as folhas. Essa subida envolve principalmente: a) a transpiração cuticular e a força de coesão das moléculas de água. b) a transpiração

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 2ª fase - específicas www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 2ª fase - específicas www.planetabio.com 1- O quadro abaixo mostra diferenças que ocorrem no reino animal quanto ao plano corporal e aos sistemas digestório, circulatório e nervoso: Os anelídeos, por exemplo, apresentam as características A3,

Leia mais

COLÉGIO SOUZA MARQUES Rio de Janeiro,... de... de 2012. Professora: Priscilla Moniz Aluno(a):...Turma: 611 Nº:

COLÉGIO SOUZA MARQUES Rio de Janeiro,... de... de 2012. Professora: Priscilla Moniz Aluno(a):...Turma: 611 Nº: COLÉGIO SOUZA MARQUES Rio de Janeiro,... de... de 2012. Professora: Priscilla Moniz Aluno(a):...Turma: 611 Nº: GABARITO 1. (0,5) (UPE) Dentre as categorias taxonômicas apresentadas abaixo, assinale aquela

Leia mais

A TAXONOMIA E A NOMENCLATURA EM ANIMAIS

A TAXONOMIA E A NOMENCLATURA EM ANIMAIS A TAXONOMIA E A NOMENCLATURA EM ANIMAIS Aula Multimídia Prof. David Silveira Taxonomia ou Sistemática é o ramo das ciências naturais que se ocupa com a classificação dos organismos. Existe uma Taxonomia

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2014. Trabalho de Estudos Independentes Biologia Janeiro/2015

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2014. Trabalho de Estudos Independentes Biologia Janeiro/2015 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2014 Trabalho de Estudos Independentes Biologia Janeiro/2015 Nome Nº Turma 2º EJA Data Nota Disciplina Biologia Prof. Marisa Medeiros Teixeira Valor 30

Leia mais

ZOOLOGIA E PARASITOLOGIA

ZOOLOGIA E PARASITOLOGIA ZOOLOGIA E PARASITOLOGIA Aula I- A Taxonomia e a nomenclatura em animais Professora: Luciana Alves de Sousa VARIEDADE DOS SERES VIVOS MONERA: procariontes. Algas azuis e bactérias PROTISTA: unicelulares,

Leia mais

Microscópio de Robert Hooke Cortes de cortiça. A lente possibilitava um aumento de 200 vezes

Microscópio de Robert Hooke Cortes de cortiça. A lente possibilitava um aumento de 200 vezes CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula é a Citologia (do grego: cito = célula; logos = estudo). A invenção do microscópio no final do século XVI revolucionou a Biologia. Esse instrumento possibilitou

Leia mais

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA Laranjeiras do Sul: Av. 7 de Setembro, 1930. Fone: (42) 3635 5413 Quedas do Iguaçu: Pça. Pedro Alzide Giraldi, 925. Fone: (46) 3532 3265 www.genevestibulares.com.br / contato@genevestibulares.com.br PROFESSOR

Leia mais

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria Zoologia e Botânica 1. A doença de Chagas atinge milhões de brasileiros, que podem apresentar, como sintoma, problemas no miocárdio, que levam à insuficiência cardíaca. Por que, na doença de Chagas, ocorre

Leia mais

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 (Fuvest 2010) Um determinado animal adulto é desprovido de crânio e apêndices articulares. Apresenta corpo alongado e cilíndrico. Esse

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Fonte: O Estado de S.Paulo, 10/12/ 97.

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Fonte: O Estado de S.Paulo, 10/12/ 97. CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 13. Ao chegar ao Pará (Belém), encontrei a cidade, antes alegre e saudável, desolada por duas epidemias: a febre amarela e a varíola. O governo tomou todas as precauções sanitárias

Leia mais

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm A biodiversidade em diferentes ambientes http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm Unidade básica da vida a célula Quem foi Robert Hooke? Por volta de 1667, o cientista inglês

Leia mais

Guia de estudo - Ciências

Guia de estudo - Ciências Nome: Nº Professor: Ano: 8º Turma: - Data: / /2014 Esta ficha não substitui o livro e seus exercícios! É um guia de estudo! Bom trabalho! Guia de estudo - Ciências Você já assistiu algum filme que possuía

Leia mais

Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre

Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre Pessoal a matéria da prova de Biologia é dos Módulos 1 a 5 (Edgard) e Módulo 1 (Ricardo). Parte I O Gabarito está na última folha. 1. Ordene as categorias

Leia mais

A descoberta da célula

A descoberta da célula A descoberta da célula O que são células? As células são a unidade fundamental da vida CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula)

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Ciências

PROVA BIMESTRAL Ciências 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Ciências Escola: Nome: Turma: n o : 1. Os animais apresentam diferentes formas de locomoção, alimentação e revestimento do corpo, características estas que os organizam

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE 1- Leia o texto e responda as questões Todos os animais, independentemente do seu estilo de vida, servem como fonte de alimento para outros seres vivos. Eles estão

Leia mais

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS BIOLOGIA PROTISTAS PROFº. LINSMAR

LISTA DE EXERCÍCIOS BIOLOGIA PROTISTAS PROFº. LINSMAR LISTA DE EXERCÍCIOS BIOLOGIA PROTISTAS PROFº. LINSMAR 1- Considere as seguintes afirmações a respeito de medidas profiláticas às doenças parasitárias: I. As verduras que são ingeridas cruas, em saladas,

Leia mais

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE Fl-1 SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO MÉDIO ELABORADO EM 2007 BIOLOGIA 2º ANO CARGA HORÁRIA: 90 HORAS Nr SESSÕES: 120 HORAS-AULA PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT

Leia mais

Lista de Exercícios (BIO-LEO)

Lista de Exercícios (BIO-LEO) Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. (Fgv 2015) As estruturas ilustram os ossos das mãos ou patas anteriores de seis espécies de mamíferos, não pertencentes obrigatoriamente ao mesmo ecossistema. V. A recombinação

Leia mais

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Teste de avaliação Nome ----------------------------------------------------------------------- Numero -------------------------------

Leia mais

BIOLOGIA ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS

BIOLOGIA ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS BIOLOGIA Prof. Fred ECOLOGIA - CONCEITOS ECOLÓGICOS Ecologia: definição e importância Ecologia é o estudo das relações entre os seres vivos e entre estes e o ambiente em que vivem. Envolve aspectos do

Leia mais

Ecologia Geral (ECG33AM) Curso de Graduação em Engenharia Ambiental UTFPR Francisco Beltrão

Ecologia Geral (ECG33AM) Curso de Graduação em Engenharia Ambiental UTFPR Francisco Beltrão Ecologia Geral (ECG33AM) Curso de Graduação em Engenharia Ambiental UTFPR Francisco Beltrão Antes de continuarmos... ainda algumas orientações! Orientações gerais (muito importantes) 1) O prazo máximo

Leia mais

Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno:

Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno: Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno: 1. Diferencie e explique a diferença Célula eucariota de célula procariota quanto

Leia mais

46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA:

46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA: 2 o PROCESSO SELETIVO/2005 2 O DIA GABARITO 1 29 BIOLOGIA QUESTÕES DE 46 A 60 46. Com relação à pequena circulação, assinale a afirmativa CORRETA: a) A artéria pulmonar sai do ventrículo esquerdo e transporta

Leia mais

VÍRUS E BACTÉRIAS. Disciplina: Ciências Série: 6ª série EF - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Vírus e Bactérias

VÍRUS E BACTÉRIAS. Disciplina: Ciências Série: 6ª série EF - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Vírus e Bactérias Disciplina: Ciências Série: 6ª série EF - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Vírus e Bactérias VÍRUS E BACTÉRIAS Vírus e bactérias foram, por muito tempo, juntamente com seres unicelulares

Leia mais

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Sistema de Classificação Inicialmente a classificação das espécies modo de lidar com a diversidade dos organismos. Era como se cada espécie fosse colocada num escaninho

Leia mais

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que Exercícios Evolução - parte 2 Professora: Ana Paula Souto Nome: n o : Turma: 1) Selecione no capítulo 7 duas características de defesa de plantas. a) DESCREVA cada característica. b) Para cada característica,

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA Corpúsculo basal Membrana ondulante Citoplasma núcleo flagelo Reprodução assexuada em flagelados Parasita Leishmania brasiliensis Transmissor homem Phlebotomus

Leia mais

Monera. Protista. Fungi. Plantae. Animalia. Tipo de nutrição. Exemplos. Organização celular. Reino / Critério. Autotróficos. Procariontes Unicelulares

Monera. Protista. Fungi. Plantae. Animalia. Tipo de nutrição. Exemplos. Organização celular. Reino / Critério. Autotróficos. Procariontes Unicelulares Reinos e Domínios. Em 1969 Robert Whittaker agrupou os seres vivos em 5 reinos: 1. Monera 2. Protista 3. Fungi 4. Plantae ou Metaphyta 5. Animalia ou Metazoa. Recentemente os seres vivos têm sido agrupados

Leia mais

DOS GRANDES GRUPOS DE SERES VIVOS. Prof. Rabelo

DOS GRANDES GRUPOS DE SERES VIVOS. Prof. Rabelo ORIGEM DAS ESPÉCIES E DOS GRANDES GRUPOS DE SERES VIVOS Prof. Rabelo ORIGEM DAS ESPÉCIES E DOS GRANDES GRUPOS DE SERES VIVOS Esqueleto fossilizado de um pequeno animal que se acredita ser um ancestral

Leia mais

Resolução Resolução OBJETIVO 2004

Resolução Resolução OBJETIVO 2004 1 Nas bactérias, a cadeia respiratória encontra-se associada à membrana plasmática e os ácidos nucléicos estão associados ao citoplasma. a) É assim também em um protista, em um animal e em um vegetal?

Leia mais

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável E C O L O G I A Deriva do grego oikos, com sentido de casa e logos com sentido de estudo Portanto, trata-se do estudo do ambiente da casa Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 7º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Perspectivas da Evolução das Espécies

Perspectivas da Evolução das Espécies X SEMINÁRIO FILOSOFIA DAS ORIGENS 2 a 4 de junho de 2011 Perspectivas da Evolução das Espécies Marcia Oliveira de Paula Centro Universitário Adventista de São Paulo Diretrizes Curriculares para o Curso

Leia mais

Simulado Biologia UNICAMP 2014-2013

Simulado Biologia UNICAMP 2014-2013 1. (Unicamp 2014) Considere os seguintes componentes celulares: I. parede celular II. membrana nuclear III. membrana plasmática IV. DNA É correto afirmar que as células de a) fungos e protozoários possuem

Leia mais

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ PRINCIPAIS ESQUEMAS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ORGANISMOS VIVOS Esquema de classificação Reinos Linnaeus (1753) Plantae

Leia mais

BIOLOGIA EVOLUÇÃO PROF ESTEVAM

BIOLOGIA EVOLUÇÃO PROF ESTEVAM BIOLOGIA EVOLUÇÃO PROF ESTEVAM TESTES 1) (Santos) Muitos antibióticos, inicialmente usados com sucesso contra bactérias patogênicas, parecem ter perdido sua eficiência. Um mesmo antibiótico, usado para

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas

Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas MOUZER COSTA O que é Ecologia? É a parte da Biologia que estuda as relações dos seres vivos entre si e com o ambiente. Conceitos Básicos Espécie População

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA I. O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. H 2 O + PRODUTOS ORGÂNICOS DA FOTOSSÍNTESE

PROVA DE BIOLOGIA I. O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. H 2 O + PRODUTOS ORGÂNICOS DA FOTOSSÍNTESE 24 PROVA DE BIOLOGIA I Q U E S T Ã O 4 0 O esquema representa alguns aspectos metabólicos e fisiológicos de uma planta. PRODUÇÃO ABSORÇÃO O 2 Processo A CO 2 O 2 CO 2 H 2 O Processo B LIBERAÇÃO H 2 O Processo

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1. Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Estudo do Universo Sistema Solar 2. Movimentos da Terra e da Lua Dia e noite Estações

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA Série: 2ª EM Disciplina: Biologia Professor (a): Bernardo Grieco Aluno (a): Caro (a) aluno (a), O roteiro de recuperação abrange todo conteúdo trabalhado ao longo

Leia mais

Bacteria Archaea Eukarya

Bacteria Archaea Eukarya PROVA PARA AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS 2014/2015 Instituto Superior de Engenharia Licenciatura em Tecnologia e Segurança Alimentar Componente específica

Leia mais

Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA

Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA 1 Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA Objectivos 2 Compreender a importância da diversidade biológica na manutenção da vida; Identificar diferentes tipos de interacção entre seres

Leia mais

História do pensamento evolutivo

História do pensamento evolutivo Biologia Evolutiva História do pensamento evolutivo Victor Martin Quintana Flores Evolução significa mudança a em seres vivos por descendência com modificação Evolução significa mudança, mudança na forma

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

Tudo começou em África

Tudo começou em África Tudo começou em África (Expresso: 25-04-1998) Análises do D A confirmam a origem africana da espécie humana, uma ideia já defendida no século passado por Charles Darwin e Thomas Henry. A nossa árvore genealógica

Leia mais

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que:

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: Aula n ọ 02 01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: a) utilizam-se do ar atmosférico para respirar através de pulmão. b) o caramujo

Leia mais

Guia para identificação de pegadas

Guia para identificação de pegadas Guia para identificação de pegadas Apoio: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo Programa ABC na Educação Científica - Mão na Massa Coordenador do Programa ABC na Educação Científica - Mão

Leia mais

Redi teria chegado às mesmas conclusões caso usasse apenas frascos abertos ou frascos fechados? Explique. R.:

Redi teria chegado às mesmas conclusões caso usasse apenas frascos abertos ou frascos fechados? Explique. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ 01- Em seu experimento, Redi utilizou

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. Aluno: Nº: Turma:

ENSINO FUNDAMENTAL. Aluno: Nº: Turma: Ensino Fundamental 9º Ano Biologia / /2013 Aluno: Nº: Turma: 01. (UNESP-SP) Os vírus são organismos obrigatoriamente parasitas, uma vez que só se reproduzem quando no interior de seus hospedeiros. Sobre

Leia mais

Prof. Maria Alice Z. Coelho www.eq.ufrj.br/biose/courses.html

Prof. Maria Alice Z. Coelho www.eq.ufrj.br/biose/courses.html Prof. Maria Alice Z. Coelho www.eq.ufrj.br/biose/courses.html MICRO microscópio de Robert Hooke (1635-1703) microscópios primitivos de uma lente feitos por van Leeuwenhoek (1632-1723) Fatia fina de cortiça,

Leia mais

O desmatamento das florestas tropicais responde por 25% das emissões globais de dióxido de carbono, o principal gás de efeito estufa.

O desmatamento das florestas tropicais responde por 25% das emissões globais de dióxido de carbono, o principal gás de efeito estufa. Biodiversidade Introdução Na Estratégia Nacional para a Biodiversidade, desenvolvida pelo Ministério do Meio Ambiente, acordou-se que o Brasil deve dar ênfase para seis questões básicas: conhecimento da

Leia mais

Entre os seres vivos de um ecossistema, há um inter relacionamento dinâmico e equilibrado, que permite a troca de matéria e de energia.

Entre os seres vivos de um ecossistema, há um inter relacionamento dinâmico e equilibrado, que permite a troca de matéria e de energia. Cadeia alimentar A biosfera, parte do planeta onde vivem os seres vivos, é formado por ecossistemas. O ecossistema é constituído por comunidades (parte biótica) e os fatores físicos e químicos do meio

Leia mais

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva A primeira pessoa a relatar a observação de estruturas com um microscópio foi o inglês Robert Hooke em 1665 - microscópio

Leia mais

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN 2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS 1. Um tipo de característica que pode ser levada em conta quando vamos trabalhar com Biologia Comparada são as características observadas

Leia mais