AVISO PARA ESTUDANTES- CANDIDATOS AO ENSINO SUPERIOR -2010/2011- (REGIMES ESPECIAIS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVISO PARA ESTUDANTES- CANDIDATOS AO ENSINO SUPERIOR -2010/2011- (REGIMES ESPECIAIS) www.emb-saotomeprincipe.pt www.daes-mctes.pt"

Transcrição

1 UNIDADE DISCIPLINA - TRABALHO República Democrática de S. Tomé e Príncipe EMBAIXADA PORTUGAL AVISO PARA CANDIDATOS AO ENSINO SUPERIOR ESTUDANTES /2011- (REGIMES ESPECIAIS) U Avenida Almirante Gago Coutinhon0 26 A Lisboa. Tel /06. Fax

2 UNIDADE DISCIPLINA TRABALHO República Democrática de S. Tomé e Príncipe EMBAIXADA PORTUGAL AVISO Para os devidos efeitos se avisa a todos os cidadãos são-tomenses que pretendam ingressar no Ensino Superior, ano lectivo 2010/2011, no quadro dos Regimes Especiais de Acesso, que deverão entregar as respectivas candidaturas nesta Missão Diplomática de 02 de Agosto a 16 de Acosto de Mais se avisa que só haverá uma e única fase de candidatura. Os documentos exigidos são os seguintes: > Certificado do 11 ano concluído em São Tomé e Príncipe. > Fotocópia do Passaporte com Visto de Estudo ou Autorização de Residência. > Certificado do 12 ano ou habilitação legalmente equivalente. > Declaração de Bolseiro, original (*) > Declaração de que não possui a nacionalidade portuguesa. (**) > Boletim de inscrição/matrícula para os Regimes Especiais. > Três fotografias, tipo passe, actualizadas. > Pré-Requisitos para alunos das áreas de Saúde. O pedido é feito num impresso modelo designado por: "REGIMES ESPECIAIS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - BOLETIM DE CANDIDATURA" (a ser adquirido nos locais indicados em anexo) Todos os documentos, à excepção do boletim, devem ser entregues em duplicado, ou seja um original e duas cópias. Findo o prazo estabelecido para a entrega dos processos, a Embaixada não receberá qualquer pedido e nem se responsabilizará pela candidatura dos faltosos. Lisboa, 02 de Agosto de ÍSWte f -MJ' ^^^^^ Alcínio Silva /Segundo Secretário/ (*) Po Governo São-tomense, a nível do Ministro da Educação e Cultura. (**) De acordo com a MINUTA, em anexo, com assinatura reconhecida e autenticada por MNECC para os estudantes aue se encontram em São Tomé e Príncipe. Avenida Almirante Gago Coutinho n 26 A Lisboa. Tel /06. Fax

3 MINUTA (DE NÃO POSSUIR NACIONALIDADE PORTUGUESA) (EM PAPEL BRANCO A4) DECLARAÇÃO (Nome) f abaixo assinado, c\óaóã(o) são-tomense, so\te\ro(a) natural de, Distrito de, filho(a) de ~~e oe -.-_- --._ --. -_^ nascido^ em de de portador^ de no emitido por em de de e válido até de de e residente no(a), declaro, por minha honra, que não possuo a Nacionalidade Portuguesa. Por ser verdade, a presente declaração vai, por mim, datada e com a assinatura reconhecida. Lisboa, de de. ^Assinatura legível Assinado, Avenida Almirante Gago Coutinho n 26 A Lisboa. Tel /06. Fax

4 LOCAIS DE AQUISIÇÃO DOS BOLETINS DE INSCRIÇÃO/MATRÍCULA PARA OS REGIMES ESPECIAIS GAES Lisboa: Universidade de Lisboa Universidade de Lisboa Alameda da Universidade Lisboa Telefone: Fax: acessoensinosuperiortjareítoria.ul.pt Universidade de Lisboa Alameda da Universidade Lisboa Telefone: Fax: acessoensinosuperior(q)reitoria.ul.pt GAES Lisboa: Universidade Nova de Lisboa Universidade Nova de Lisboa Campus de Campolide Lisboa Telefone: Fax: Recepção de candidaturas: Sala do Senado Universidade Nova de Lisboa Campus de Campolide Lisboa Telefone: Fax: E-maíl: aab-candidaturas(õ)unl.pt GAES Lisboa: Universidade Técnica de Lisboa Universidade Técnica de Lisboa Alameda Santo António dos Capuchos, l Lisboa Telefone: Telefone fperíodo de candidaturas): / Fax: acesso.e... Universidade Técnica de Lisboa Alameda Santo António dos Capuchos, l Lisboa Telefone: Telefone (período de candidaturas): / Fax:

5 GAES Lisboa: ISCTE-IUL I5CTE-IUL Avenida das Forcas Armadas Sala 1S5 COSI e 052 para candidaturas). Edifício I Lisboa Telefone: Fax: acessoomscte.pt ISCTE-IUL Avenida das Forcas Armadas Sala 155 fosl e OS2 para candidaturas). Edifício I Lisboa Telefone: Fax: GAES Lisboa: Instituto Politécnico de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa Estrada de Benfíca Lisboa Telefone: Fax: academica(õ)sc.ipl.pt Instituto Politécnico de Lisboa Estrada de Benfica Lisboa Telefone: Fax: academica(o)sc.ipl.pt GAES Lisboa: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Escola Superior Hotelaria e Turismo do Estoríl Av. Condes de Barcelona Estoril Telefone: / / Fax: relações.publicasgieshte.pt Este Gabinete Escola Superior Hotelaria e Turismo do Estoril Av. Condes de Barcelona Estoril Telefone: / / Fax: GAES Lisboa: Escola Superior de Enfermagem de LisboaEscola Superior de Enfermagem de Lisboa Pólo Calouste Gulbenkían Avenida Prof. Egas Moniz Lisboa Telefone: Este Gabinete não faz recepção de candidatura... Escola Superior de Enfermagem de Lisboa Pólo Calouste Gulbenkian Avenida Prof. Eaas Moniz Lisboa Telefone: elia.silvataesel.pt

6 OBSERVAÇÃO A DECLARAÇÃO DE BOLSEIRO (A) APENAS PODE SER PASSADA POR: > GOVERNO DE SÃO TOME E PRÍNCIPE, A NÍVEL DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. A EXCEPÇÃO DO DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO, SÓ SE ACEITAM DOCUMENTOS ORIGINAIS, INCLUINDO A DECLARAÇÃO DE BOLSEIRO. Avenida Almirante Gago Coutinho n 26 A Lisboa. Tel /06. Fax

AVISO AOS ESTUDANTES, CANDIDATOS A PROSSECUÇÃO DE CURSOS DE LICENCIATURA OU DE

AVISO AOS ESTUDANTES, CANDIDATOS A PROSSECUÇÃO DE CURSOS DE LICENCIATURA OU DE UNIDADE DISCIPLINA TRABALHO República Democrática de S. Tomé e Príncipe EMBAIXADA PORTUGAL AVISO AOS ESTUDANTES, CANDIDATOS A PROSSECUÇÃO DE CURSOS DE LICENCIATURA OU DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA NO ENSINO

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016 Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Ano académico de 2015/2016 1. Pergunta: Quais os documentos que devo de ler antes de apresentar o pedido? Devem ser lidos, pormenorizadamente,

Leia mais

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 1. Concurso Nacional de Acesso 1.1. Quem pode candidatar-se ao ensino superior? Podem candidatar-se ao ensino superior, os estudantes que satisfaçam cumulativamente, as seguintes

Leia mais

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados

Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Perguntas e respostas - FAQ sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados 1. Pergunta: Quais são os dados que devem ser lidos antes de apresentar o pedido? Resposta: Devem ser lidos pormenorizadamente

Leia mais

Fundação Cidade Lisboa

Fundação Cidade Lisboa Fundação Cidade Lisboa COLÉGIO UNIVERSITÁRIO DA COOPERAÇÃO - NUNO KRUS ABECASIS REGULAMENTO DE BOLSAS 2015/2016 I - DISPOSIÇÕES GERAIS 1 - O Colégio Universitário da Cooperação Nuno Krus Abecasis da Fundação

Leia mais

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior IESE A preencher pelos serviços Despacho DSSRES: Data: Índice n.º RD: Data: Selo de registo de entrada na DGES REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior Este formulário destina-se

Leia mais

申 請 人 須 於 研 究 生 資 助 發 放 技 術 委 員 會 的 網 上 系 統 填 寫 申 請 表, 然 後 列 印 並 簽 署, 連 同 有 關 申 請 文 件 一 併 遞 交

申 請 人 須 於 研 究 生 資 助 發 放 技 術 委 員 會 的 網 上 系 統 填 寫 申 請 表, 然 後 列 印 並 簽 署, 連 同 有 關 申 請 文 件 一 併 遞 交 申 請 人 須 於 研 究 生 資 助 發 放 技 術 委 員 會 的 網 上 系 統 填 寫 申 請 表, 然 後 列 印 並 簽 署, 連 同 有 關 申 請 文 件 一 併 遞 交 Os candidatos a bolsas de mérito para estudos pós-graduados devem preencher on-line o boletim de candidatura.

Leia mais

REGULAMENTO DO REGIME DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA. CAPÍTULO I Artigo 1º

REGULAMENTO DO REGIME DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA. CAPÍTULO I Artigo 1º REGULAMENTO DO REGIME DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA CAPÍTULO I Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento disciplina os regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência para os Cursos

Leia mais

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte Regulamento do concurso de acesso aos cursos ministrados pelos estabelecimentos de ensino da Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, CRL. C.E.S.P.U. Instituto Superior de Ciências

Leia mais

REGULAMENTO. Estudante Internacional

REGULAMENTO. Estudante Internacional Estudante Internacional REGULAMENTO Elaboradopor: Aprovado por: Versão Gabinete de Apoio à Reitoria Reitor 1.1 Revisto e confirmadopor: de Aprovação Inicial Secretario Geral 11 de Agosto 2014 de aplicação

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA PARA O EXTERIOR DO PAÍS 2º CONCURSO (PROGRAMA 2014) EDITAL Nº. 02/DGB/2015. ARTIGO I Princípios

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA PARA O EXTERIOR DO PAÍS 2º CONCURSO (PROGRAMA 2014) EDITAL Nº. 02/DGB/2015. ARTIGO I Princípios PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA PARA O EXTERIOR DO PAÍS 2º CONCURSO (PROGRAMA 2014) EDITAL Nº. 02/DGB/2015 ARTIGO I Princípios A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola, SONANGOL, E.P.,

Leia mais

REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA

REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA Edição Online e Coordenação Técnica: Icep Portugal/Unidade Conhecimento de Mercado Elaboração: Delegação do Icep Portugal em Luanda Data:

Leia mais

Candidatura 2011/12 SPO - ESMAIA

Candidatura 2011/12 SPO - ESMAIA Candidatura 2011/12 IMPORTANTE: ESTE DOCUMENTO NÃO SUBSTITUI A CONSULTA DOS DOCUMENTOS OFICIAIS RELATIVAMENTE AOS ASPECTOS RELATIVOS AO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR, E POR ISSO, NÃO DISPENSA A CONSULTA PERIÓDICA

Leia mais

EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR VISTOS DE ESTUDO 2015/16. Informações Gerais:

EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR VISTOS DE ESTUDO 2015/16. Informações Gerais: S. R. EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR Fevereiro/2015 VISTOS DE ESTUDO 2015/16 Informações Gerais: Fases do processo 1. Envio de listas com indicação dos candidatos: Enviadas até 10 de Julho;

Leia mais

DESPACHO SP/3/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

DESPACHO SP/3/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA DESPACHO SP/3/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA Nos termos dos artigos 2.º e 3.º do Regulamento do Estatuto do Estudante Internacional

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2016/2017

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2016/2017 Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Ano académico de 2016/2017 1. Pergunta: Quais os documentos que devo de ler antes de apresentar o pedido? Devem ser lidos, pormenorizadamente,

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 2014. ARTIGO I Princípios

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 2014. ARTIGO I Princípios PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 2014 ARTIGO I Princípios A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (SONANGOL E.P.) torna público os critérios e as etapas necessárias

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA Face à necessidade de ajustar o regime do Estudante Internacional do Instituto

Leia mais

Programa ERASMUS+ - Ação 1

Programa ERASMUS+ - Ação 1 Programa ERASMUS+ - Ação 1 Resultados de Seleção 2015 Ensino Superior Mobilidades para Aprendizagem Número de candidatura Nome da instituição Endereço da instituição Subvenção atribuída Estatuto 2015-1-PT01-KA103-012420

Leia mais

Documentos. Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo. Ano Lectivo 2010/2011. Serviços de Acção Social. Instituto Politécnico da Guarda

Documentos. Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo. Ano Lectivo 2010/2011. Serviços de Acção Social. Instituto Politécnico da Guarda Serviços de Acção Social Ano Lectivo 2010/2011 Instituto Politécnico da Guarda Documentos Para instrução da candidatura a Bolsa de Estudo As Bolsas de Estudo são co-financiadas pelo Fundo Social Europeu

Leia mais

34318 Diário da República, 2.ª série N.º 227 22 de novembro de 2013

34318 Diário da República, 2.ª série N.º 227 22 de novembro de 2013 34318 Diário da República, 2.ª série N.º 227 22 de novembro de 2013 Diretiva n.º 23/2013 Diferenciação de imagem no setor elétrico Ao abrigo do disposto nos artigos 36.º, n.º 2, alínea e) e 47.º, n.º 2

Leia mais

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 A Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) de São Paulo, sob a responsabilidade do diretor-geral de graduação, professor Luiz

Leia mais

Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS

Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS Boletim de Inscrição Instruções de Preenchimento e Entrega 1 - Este boletim é constituído por 4 páginas, sem contar com a presente. 2 -

Leia mais

Conservatória dos Registos Centrais

Conservatória dos Registos Centrais Data de Recepção na C.R.Centrais: Antes de preencher, leia atentamente as instruções Quadro 1: Identificação do interessado Nome completo DECLARAÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DA NACIONALIDADE PORTUGUESA Filhos de

Leia mais

Regulamento de Frequência Conselheiros de Segurança

Regulamento de Frequência Conselheiros de Segurança Academia do Profissional L. Teixeira & Melo, Lda. Regulamento de Frequência Conselheiros de Rua Sousa Aroso, 556-4º Esq. / 4º Esq. Tr. 4450-287 Matosinhos Tel. 229 396 700 Fax: 229 396 709 Avenida D. João

Leia mais

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Pagamento e entrega de documentos (nos

Leia mais

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA VISTO PARA TRABALHAR EM PORTUGAL Actividade profissional subordinado ( Artº 30) OU Actividade profissional independente ( Artº 31) Os pedidos de visto devem ser apresentados pelo requerente com uma antecedência

Leia mais

FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO

FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO FICHA DE PERCURSO PROFISSIONAL E DE FORMAÇÃO NRP / (A atribuir pelo IEFP) UNIDADE ORGÂNICA RECEPTORA Data de Recepção - - Técnicos Responsáveis: O Técnico Receptor PREENCHER ESTA PÁGINA COM LETRAS MAIÚSCULAS

Leia mais

Bolsa de Mérito para Estudos Pós-Graduados em Artes

Bolsa de Mérito para Estudos Pós-Graduados em Artes Bolsa de Mérito para Estudos Pós-Graduados em Artes 1. Objectivo: A Fundação Macau (FM) e o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior (GAES), em cooperação, criaram a Bolsa de Mérito para Estudos Pós-Graduados

Leia mais

Visto de Permanência Temporária

Visto de Permanência Temporária Visto de Permanência Temporária Documentos necessários: Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, com assinatura reconhecida no Notário

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ESPECIAL DE VERÃO 2009/1 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº 1.566, de 27

Leia mais

SEC~ETÁRJO DE ESTADO DO ENSIIIIO SUPERIOR

SEC~ETÁRJO DE ESTADO DO ENSIIIIO SUPERIOR 03/06 2014 15:32 FAX 351 217928369 CCISP/ADISPOR 141001 'GOVERNO DE PORTUGAl SEC~ETÁRJO DE ESTADO DO ENSIIIIO SUPERIOR ~~;tf 2]. os- 2014 f' r-ro ti" e-~ Exmo. Senhor Presidente do Conselho Coordenador

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 02

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 02 PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 02 SUMÁRIO 1. Da Validade... 3 2. Das Inscrições... 5 3. Período de Inscrição e Horário... Erro! Indicador não definido. 4. Da Avaliação... 5 5. Da Matrícula...

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 03/DGB/2015. ARTIGO I Princípios

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 03/DGB/2015. ARTIGO I Princípios PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO DE LICENCIATURA NO EXTERIOR DO PAÍS EDITAL 03/DGB/2015 ARTIGO I Princípios A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (SONANGOL E.P.) torna público os critérios e as etapas

Leia mais

ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008

ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008 ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008 Evolução do ensino superior em Portugal. Bases da acção social (Dec( Dec-Lei nº 129/93 de 22 de Abril) Evolução do ensino superior em Portugal

Leia mais

VISTO DE TURISMO. Autorização de Viagem por parte dos tutores, com assinaturas reconhecidas; G O

VISTO DE TURISMO. Autorização de Viagem por parte dos tutores, com assinaturas reconhecidas; G O VISTO DE TURISMO Documentos necessários: ESTRNG e O Ã E Ç Formulário e ficha devidamente preenchidos, com letra de imprensa ou dactilografados com tinta preta e assina- R G I dos pelo requerente, sem rasuras

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 14/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 14/2015 EDITAL Nº 14/2015 EDITAL DO PROCESSO PARA SOLICITAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO E EXPEDIÇÃO DE DECLARAÇÃO PARCIAL DE PROFICIÊNCIA COM BASE NO RESULTADO DO ENEM 2014 O REITOR DO INSTITUTO

Leia mais

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, R G I com assinatura

Leia mais

C1 C2 C3 C4 C5 C6 a) 6 2 1 2 1. Licenciatura em Design a) 20 8 10 14 8

C1 C2 C3 C4 C5 C6 a) 6 2 1 2 1. Licenciatura em Design a) 20 8 10 14 8 EDITAL 1º Ciclo de Estudos - Ano Letivo 2015/2016 Concurso para os regimes de Reingresso, Mudança de Curso, Transferência, e Concursos Especiais de Ingresso (titulares de curso médio ou superior e maiores

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA NA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais Artigo 1.º (Objecto e âmbito)

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO de PORTALEGRE

INSTITUTO POLITÉCNICO de PORTALEGRE INSTITUTO POLITÉCNICO de PORTALEGRE Boletim de Candidatura a Bolsa de Estudo ANO LECTIVO 200 / 200 N.º de Processo FOTO (Obrigatório Colar) 1 Nome: Sexo: Estado Civil: Data de Nascimento: / / B.I.: de

Leia mais

REQUERIMENTO DE CANDIDATURA BOLSAS DE ESTUDO - ENSINO SUPERIOR - ANO LETIVO 2014-2015-

REQUERIMENTO DE CANDIDATURA BOLSAS DE ESTUDO - ENSINO SUPERIOR - ANO LETIVO 2014-2015- MUNICÍPIO DE MÊDA DESC- Divisão Educativa e Sócio Cultural Largo do Município 6430 197 Meda Telefone: 279.880040 Fax: 279.888290 E-mail: divisaosociocultural@cm-meda.pt REQUERIMENTO DE CANDIDATURA BOLSAS

Leia mais

Anexo 7 CTC 25/1/2012

Anexo 7 CTC 25/1/2012 Anexo7 CTC25/1/2012 INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso da Escola Superior de Educação de Lisboa

Leia mais

PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores

PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores PROGRAMA DE CRIAÇÃO DE TALENTOS PARA ANGOLA BOLSA ESCOM Bolsa de Estudo para Cursos Superiores A pretende impulsionar as actividades de Responsabilidade Social em Angola, contribuindo para o seu desenvolvimento.

Leia mais

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO \ UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO MANUAL DE PROCEDIMENTOS BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO VICE-REITORIA PARA A INVESTIGAÇÃO E COOPERAÇÃO (VRIC) 2011 1. Índice 1. Índice...página 2 2. Objetivo...página

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO E DOS CONCURSOS ESPECIAIS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO (IPVC)

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO E DOS CONCURSOS ESPECIAIS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO (IPVC) REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO E DOS CONCURSOS ESPECIAIS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO (IPVC) Nos termos do disposto nos artigos 12º e 15º do Decreto-Lei

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO. Artigo 1.º. Objecto e âmbito

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO. Artigo 1.º. Objecto e âmbito REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 O presente regulamento disciplina, no cumprimento da Portaria n.º 401/2007, de 5 de Abril, os concursos

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO TRABALHO PRIVILEGIADO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO TRABALHO PRIVILEGIADO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA Vistos de Privilegiado Documentos necessários: Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o visto, com assinatura reconhecida pelo Notário e visado por este Consulado; Formulário

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Atribuição de Bolsas de Estudo a alunos do Ensino Superior Ano letivo 2014/2015 1. IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Nome Completo Data de Nascimento / / Filiação Pai Mãe Nacionalidade

Leia mais

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO. DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO. DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA 1º semestre de 2016 A Diretoria da Faculdade da Saúde e Ecologia Humana, no uso de suas atribuições, e considerando o disposto na legislação

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO Solicitação de Intercâmbio Acadêmico para alunos UVA

SOLICITAÇÃO DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO Solicitação de Intercâmbio Acadêmico para alunos UVA SOLICITAÇÃO DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO Solicitação de Intercâmbio Acadêmico para alunos UVA Cada candidato deve enviar todos os documentos listados abaixo* Pedido de admissão para Programas de Intercâmbio

Leia mais

BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR 1 IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR Nome: NIF: Data de nascimento / / Estado Civil: NISS: Cartão Cidadão n.º Válido até: / / Nacionalidade: Natural de: Filiação:

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO 1. Nos termos do nº 2 do artigo 21º da Lei nº 2/2004, de 15 de Janeiro, com a redacção dada pela Lei nº 51/2005, de 30 de Agosto, e pela

Leia mais

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Edital Cursos de Mestrado em Enfermagem (Despachos n.º 23087/2009, n.º 23089/2009, n.º 23088/2009 20 de Outubro de 2009). 1 Por

Leia mais

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1.

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1. Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos Artigo 1.º (Objecto) O presente Protocolo tem por objecto a criação de um mecanismo

Leia mais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos.

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Regulamento n.º 100/2006 (Diário da República II Série de 16 de Junho de 2006) Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade

Leia mais

Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais. Ano Letivo 2013/2014

Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais. Ano Letivo 2013/2014 Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais (Decreto-Lei nº393-b/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-lei nº64/2006, de 21 de março, pelo Decreto-Lei nº88/2006, de 23 de maio, e pela

Leia mais

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Processo Seletivo de Alunos PSA nº 007/2015 para ingresso aos Cursos Técnicos em Hospedagem, Informática, Logística, Contabilidade, Secretariado, Administração e Multimeios

Leia mais

CET. Desenvolvimento de Produtos Multimédia. Curso de Especialização Tecnológica ÁREA DE FORMAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL

CET. Desenvolvimento de Produtos Multimédia. Curso de Especialização Tecnológica ÁREA DE FORMAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL CET Curso de Especialização Tecnológica Desenvolvimento de Produtos Multimédia ÁREA DE FORMAÇÃO Ciências Informáticas IPCA PERFIL PROFISSIONAL Técnico de Desenvolvimento de Produtos Multimédia LOCAL DE

Leia mais

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Tratamento Médico, com assinatura R G I reconhecida

Leia mais

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro 2006 a 2010 DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira Outubro de 2011 Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro ÍNDICE: 1. Enquadramento e apreciação dos resultados.. pág. 2 2. Estatísticas dos candidatos,

Leia mais

Nacionalidade Portuguesa Folheto Informativo

Nacionalidade Portuguesa Folheto Informativo Nacionalidade Portuguesa Folheto Informativo Lei da Nacionalidade Portuguesa Lei nº 37/81, de 3 de Outubro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 25/94, 19 de Agosto Regulamento da Nacionalidade Portuguesa

Leia mais

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas)

VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas) VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas) Documentos necessários: R G I ESTRNG e O Ã E Ç IRO Passaporte com validade superior a 9 meses e 2 folhas seguidas livres para a aposição do visto; S Duas

Leia mais

Certificado do registo criminal (pessoas singulares)

Certificado do registo criminal (pessoas singulares) Certificado do registo criminal (pessoas singulares) 1. Quem pode pedir um certificado do registo criminal? a) O próprio; b) Os ascendentes, relativamente a descendentes menores, ausentes do país ou impossibilitados

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

UAL. Objectivos do Curso: proporcionar conhecimentos especializados nas mais diversas áreas do Direito do Desporto.

UAL. Objectivos do Curso: proporcionar conhecimentos especializados nas mais diversas áreas do Direito do Desporto. PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO DIREITO E ORGANIZAÇÃO DO DESPORTO ANO LECTIVO: 2014/2015 Coordenação do Curso: Mestre Helena Tomaz Objectivos do Curso: proporcionar conhecimentos especializados nas mais diversas

Leia mais

A leitura deste documento informativo não dispensa a consulta do site da Direcção Geral do Ensino Superior.

A leitura deste documento informativo não dispensa a consulta do site da Direcção Geral do Ensino Superior. EXAMES NACIONAIS / ACESSO ENSINO SUPERIOR A leitura deste documento informativo não dispensa a consulta do site da Direcção Geral do Ensino Superior. www.dges.mctes.pt 1.QUEM SE PODE INSCREVER NOS EXAMES

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3. Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.ª Edição 2014/2015 EDITAL A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de

Leia mais

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado;

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado; VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do requerente, devidamente fundamentada, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Fixação R G I IRO e

Leia mais

Candidatura ao Ensino Superior

Candidatura ao Ensino Superior Candidatura ao Ensino Superior Para concluir o ensino secundário, os alunos têm que obter aprovação a todas as disciplinas do plano de estudos do respetivo curso. Nas disciplinas não sujeitas à realização

Leia mais

Candidatura ao Ensino Superior

Candidatura ao Ensino Superior Candidatura ao Ensino Superior Para concluir o ensino secundário, os alunos têm que obter aprovação a todas as disciplinas do plano de estudos do respectivo curso. Nas disciplinas não sujeitas à realização

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DE APOIO À CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM 1º Ciclo CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM Número de vagas: - Ingresso - 30 - Transferência (1) - 01 - Mudança de Curso (1) - 01 - Maiores

Leia mais

EDITAL N o 06/2014-REITORIA, DE 05 DE MARÇO DE 2014

EDITAL N o 06/2014-REITORIA, DE 05 DE MARÇO DE 2014 Governo do Estado do Ceará Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior Universidade Estadual do Ceará REITORIA EDITAL N o 06/2014-REITORIA, DE 05 DE MARÇO DE 2014 Estabelece as normas e fixa

Leia mais

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO DESPORTO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A

Leia mais

MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA

MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA EDITAL ANO LECTIVO: 2011/2013 1ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA O Mestrado em Enfermagem Veterinária

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO Concurso Barbot Apoia a Arte Pública

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO Concurso Barbot Apoia a Arte Pública REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO Concurso Barbot Apoia a Arte Pública Artigo 1.º (Objecto) 1. O Concurso Barbot apoia a Arte Pública é uma iniciativa da Barbot, realizado em parceria com a escola de arte MArt-

Leia mais

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DA BULGÁRIA SOBRE CONTRATAÇÃO RECÍPROCA DOS RESPECTIVOS NACIONAIS.

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DA BULGÁRIA SOBRE CONTRATAÇÃO RECÍPROCA DOS RESPECTIVOS NACIONAIS. Decreto n.º 23/2003 Aprova o Acordo entre a República Portuguesa e a República da Bulgária sobre Contratação Recíproca dos Respectivos Nacionais, assinado em Sófia em 26 de Setembro de 2002 Considerando

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

Nome da instituição: Universidade Católica Portuguesa Campus Porto

Nome da instituição: Universidade Católica Portuguesa Campus Porto Nome da instituição: Universidade Católica Portuguesa Campus Porto Formulário de aplicação online (Este documento poderá ser encontrado no seguinte link: http://inqueritos.porto.ucp.pt/limesurvey/index.php?sid=39543&lang=en).

Leia mais

Guia de Apoio ao Fornecedor. Introdução:

Guia de Apoio ao Fornecedor. Introdução: Guia de Apoio ao Fornecedor Introdução: A Feira Viva, EEM ao abrigo do Código dos Contratos Públicos adquiriu o acesso a uma plataforma electrónica, construlink, para elaboração dos procedimentos necessários

Leia mais

Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela

Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela REPÚBLICA DE ANGOLA Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela PEDIDO DE VISTO DE ENTRADA Tratamento Médico Trabalho Ordinário Fixação de Residência Trânsito Privilegiado Permanência Temporária Turismo

Leia mais

a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora.

a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui FUNCHAL a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. CAE Rev_3: 49310, 49391 e 49392 TRANSPORTE RODOVIÁRIO

Leia mais

Cartão Cliente Vista Alegre Atlantis

Cartão Cliente Vista Alegre Atlantis Cartão Cliente Vista Alegre Atlantis Proposta de adesão AVENIDA ALMIRANTE GAGO COUTINHO, 76 1700-031 LISBOA Vista Alegre Atlantis, S.A. Vista Alegre Atlantis, S.A. vaacard@vaa.pt vistaalegreatlantis.com

Leia mais

ÍNDICE. 1 Disposições Gerais...3. 2 Ensino Básico...4. 3 Ensino Secundário...5. 4 Alunos Portadores de Deficiência...7

ÍNDICE. 1 Disposições Gerais...3. 2 Ensino Básico...4. 3 Ensino Secundário...5. 4 Alunos Portadores de Deficiência...7 MUNICÍPIO DE VILA FRANCA DE XIRA TRANSPORTES ESCOLARES NORMAS DE PROCEDIMENTO CANDIDATURA AO SUBSÍDIO DE TRANSPORTE ÍNDICE 1 Disposições Gerais...3 2 Ensino Básico...4 3 Ensino Secundário...5 4 Alunos

Leia mais

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Realização de Eventos Multimédia

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Realização de Eventos Multimédia Instituto Superior da Maia ISMAI CET Realização de Eventos Multimédia CoordenadorA Professora Doutora Célia Sousa Vieira cvieira@ismai.pt fundamentos e Objectivos A área de formação deste CET reside nos

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA PR 2016 LEI ELEITORAL para o PRESIDENTE DA REPÚBLICA (LEPR) Decreto-Lei nº 319-A/76, de 3 de maio Com as alterações introduzidas pelas pelos seguintes diplomas

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EXAMES, CERTIFICAÇÃO E EQUIVALÊNCIAS

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EXAMES, CERTIFICAÇÃO E EQUIVALÊNCIAS REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EXAMES, CERTIFICAÇÃO E EQUIVALÊNCIAS AVISO DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA A CONCESSÃO DE EQUIVALÊNCIAS AOS GRAUS OBTIDOS NO

Leia mais

SEGUNDO SEMESTRE 2015

SEGUNDO SEMESTRE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE PSIQUIATRIA- IPUB EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ESPECIALIZAÇÃO EM NEUROCIÊNCIAS APLICADAS

Leia mais

PEDIDO DE VISTO. Nome: Data de nascimento / / Local de nascimento. País de nascimento Nacionalidade origem. Nacionalidade actual Passaporte nº

PEDIDO DE VISTO. Nome: Data de nascimento / / Local de nascimento. País de nascimento Nacionalidade origem. Nacionalidade actual Passaporte nº REPUBLICA DE ANGOLA SECÇÃO CONSULAR DE ANGOLA EM BUENOS AIRES PEDIDO DE VISTO TRÂNSITO TURISMO CURTA DURAÇÃO ORDINÁRIO Nome: Estado Civil Sexo Data de nascimento / / Local de nascimento País de nascimento

Leia mais

Decreto do Governo n.º 6/84 Acordo Europeu sobre o Regime da Circulação das Pessoas entre os Países Membros do Conselho da Europa

Decreto do Governo n.º 6/84 Acordo Europeu sobre o Regime da Circulação das Pessoas entre os Países Membros do Conselho da Europa Decreto do Governo n.º 6/84 Acordo Europeu sobre o Regime da Circulação das Pessoas entre os Países Membros do Conselho da Europa O Governo decreta, nos termos da alínea c) do n.º 1 e do n.º 2 do artigo

Leia mais

- Ano Lectivo 2010/2011

- Ano Lectivo 2010/2011 - Ano Lectivo 2010/2011 CANDIDATURA A BOLSA DE ESTUDO Serviços de Acção Social Recebido por: Nº MECANOGRÁFICO Nº ALUNO ENTRADA Nº Data de Entrada FOTO (Colada) OBRIGATÓRIO I IDENTIFICAÇÃO E RESIDÊNCIA

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Ficam aprovadas, conforme anexo, as Políticas de Atendimento a Discentes Estrangeiros da FAE Centro Universitário.

R E S O L U Ç Ã O. Ficam aprovadas, conforme anexo, as Políticas de Atendimento a Discentes Estrangeiros da FAE Centro Universitário. RESOLUÇÃO CONSEPE N. 22/2011 APROVA AS POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A DISCENTES ESTRANGEIROS DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das atribuições

Leia mais

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014 Reitoria despacho RT-55/2014 A Universidade do Minho tem vindo a atrair um número crescente de estudantes estrangeiros, que hoje representam um importante contingente da sua comunidade estudantil. Com

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº. 01/2011

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº. 01/2011 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº. 01/2011 1 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO

Leia mais

Nome completo Data de Nascimento (dd-mm-aaaa) Morada Familiar Código Postal Freguesia. B.I. NIF (Contribuinte) Telefone Telemóvel

Nome completo Data de Nascimento (dd-mm-aaaa) Morada Familiar Código Postal Freguesia. B.I. NIF (Contribuinte) Telefone Telemóvel Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Barcelos C A N D I D A T U R A A B O L S A D E E S T U D O E N S I N O S U P E R I O R Responda a todos os itens de forma mais completa possível. 1. Estabelecimento

Leia mais